Você está na página 1de 38

LEGAL TECH

MINING REPORT
2018

REALIZAÇÃO

APOIO
04. Introdução
22. Ecossistema
05. Missão > Associações
> Eventos
06. Quem somos

ÍNDICE
> Fóruns de discussão e
difusão de conteúdo
07. Metodologia
> Iniciativas de corporações
08. Artigo KPMG > Iniciativas de escritórios
de advocacia
09. Report > Artigo Maurício Vedovato
> Iniciativas públicas de
> Categorias inovação no poder judiciário
> Radar > Artigo Inovajusp
> Artigo Neoway > Programas de aceleração
> Divisão: Categorias > Funding
> Divisão: Regional
> Destaque por estado
> Idade das LegalTechs 33. Cenário
Internacional
> Análise do setor LegalTech
> Número de funcionários > Evolução de investimento
de LegalTechs no mundo
> Perfil dos sócios
> Case Ross
> Case Juridoc
> Artigo Bruno Meyerhof
> Case Mercatório
Salama

37. Termos de uso


INTRODUÇÃO
DIREITO, TECNOLOGIA estamos numa fase inicial de desenvolvimento;
entretanto, considerando o avanço em outros
E OPORTUNIDADES países, não há melhor momento para sermos
FOTO: DIVULGAÇÃO

inseridos, em posição ativa, nesse contexto.


A onda de inovação que tem mexido com
Com a evolução tecnológica em todos os
diversas estruturas do mercado tradicional
setores e a rapidez com que as soluções digitais
terá o mesmo sucesso no meio jurídico? Essa
simplificam nossas vidas, imaginar que o meio
provocação ainda permite dúvidas, porém,
jurídico não será impactado pode se revelar
Reinaldo Rabelo
a experiência com o tema nos oferece uma
um erro estratégico. Manter-se reativo a esse
resposta mais objetiva e coerente com o
chamado, então, apenas iria retardar o processo
ambiente que baliza essa tentativa ambiciosa
Diretor Jurídico | Mercado Bitcoin em um horizonte de tempo irrelevante.
de trazer disrupção para setor tão formal.
A regulação, nesse caso, não é premissa:
Fundador | Aquarium No mundo jurídico, há tempos nos utilizamos
é consequência. Porque a história da
de algumas ferramentas que contribuem para
humanidade mostra que nenhuma lei pode
a gestão de informações e processos entre
antecipar uma revolução; e a revolução se
colaboradores, em maior ou menor medida.
encarregará de construir as leis adequadas,
Empreguei algumas delas na experiência em
após aprovação (likes) da sociedade.
escritórios e dentro de corporações. E esses
softwares evoluíram com a aplicação de Aqueles que estiverem atentos às
Uma empresa criada para fomentar
tecnologias inteligentes e mais avançadas, possibilidades tecnológicas e à mudança
o ecossistema de LegalTechs e
como inteligência artificial e machine learning. cultural, mais rapidamente estarão
SocialTechs. Aqui, as startups do setor
Agora, vemos no horizonte novas possibilidades preparados para exercer uma nova função
encontram espaço e apoio para criar
trazidas pelas Legaltechs. como indivíduo-advogado: cada vez melhor
soluções baseadas em tecnologia que
integrado às necessidades de seu cliente,
garantam mais agilidade e eficiência Como costumo refletir, não é mais possível
ao conselho altamente qualificado e à busca
na entrega de serviços legais. ignorar o que acontece nesse ecossistema.
por resultados mais eficientes ao trade-off
Também, parece irresponsabilidade apoiar-se em
de risco e retorno.
Saiba mais em pretensões vagas de que as startups não passam
www.legalthings.com.br de moda ou de que as associações irão impedir A inovação já está acontecendo no meio
que elas nos tomem trabalhos e faturamento. jurídico. Quem abrir os olhos, verá que
Quando pensamos no mercado brasileiro, sim, o novo mundo já aparece no horizonte.
MISSÃO
Ser a principal referência sobre novas
tecnologias e inovação no mercado
jurídico no Brasil.

Esse é o objetivo do LegalTech Mining


Report. E não por acaso. Gerar conhecimento,
disseminar a cultura de inovação e incentivar o
desenvolvimento desse ecossistema faz parte
do DNA de todos os envolvidos na realização
deste estudo.

Com o LegalTech Mining Report, assumimos


a obrigação de transformar tudo o que há de
informação, dado e tendência do mercado
jurídico em oportunidades de negócio para
seus diversos players.
QUEM SOMOS
Distrito é uma plataforma de inovação para startups, empresas
e investidores que buscam o próximo passo de sua evolução.

Unimos uma poderosa rede de conexões, dados, inteligência analítica,


criatividade e espírito empreendedor para contribuir ativamente na
transformação tecnológica que está mudando o mundo.

Acreditamos na inovação aplicada para construir um futuro melhor.

Saiba mais em www.distrito.me

Somos um ambiente em que startups interessadas em promover a evolução


e a quebra de barreiras culturais do mercado jurídico e social encontram
apoio para criar soluções baseadas em tecnologia que garantam mais
agilidade e eficiência na entrega de serviços jurídicos e negócios de impacto.

Conectamos pessoas e empresas para um único objetivo: estimular a troca


de conhecimento e expertises e transformá-los em resultados para os
ecossistemas de Legaltechs e Socialtechs no Brasil.

Saiba mais em www.legalthings.com.br


METODOLOGIA
Com o objetivo de entender o panorama do mercado de Para facilitar o processo de análise, foram estabelecidas
LegalTechs no Brasil, foram realizadas entrevistas com categorias que refletem os segmentos em que estas
empreendedores e profissionais do setor, além de parcerias empresas estão atuando e como está sendo formado
estratégicas para o levantamento e análise de informações. o ecossistema brasileiro de LegalTechs: (i) Analytics e
Jurimetria, (ii) Automação e Gestão de Documentos, (iii)
O primeiro passo para a construção deste relatório foi Gestão de Escritórios e Departamentos Jurídicos, (iv)
um amplo trabalho de pesquisa em diversas fontes, Gestão de Processos e Conteúdo Jurídico, (v) Rede de
além da busca ativa feita pela equipe responsável e Profissionais, (vi) Resolução de Conflitos Online.
recomendações enviadas por parceiros. Entre as bases de
dados consultadas, destacam-se as startups cadastradas Por fim, realizamos uma série de análises sobre o setor
no Distrito Ventures, batches de aceleradoras, dados com base nos dados das referidas empresas coletados
abertos, conexões com diversos agentes do mercado e no mês de maio de 2018. Por não haver informação
portais especializados. disponível de todas as empresas mapeadas, as análises
apresentadas no estudo contemplam as informações
Como resultado deste levantamento, foram mapeadas de 78 empresas.
e incluídas no Mapa de LegalTech 121 empresas,
entre startups e corporações já estabelecidas. Este Entre as variáveis consideradas no estudo, uma
levantamento considerou os seguintes critérios: demandou estimativas e análises estatísticas:
- Desempenhar atividade relacionada a pelo menos uma
das categorias pré-definidas, conforme destacadas abaixo; Faturamento presumido - a partir da combinação entre
- Estar em estágio operacional e ter clientes ativos; modelagem estatística e regras de negócio (ex: limites
- Desenvolver tecnologia proprietária; de faturamento para cada formato jurídico) é gerado
- Ter nacionalidade brasileira. um nível de faturamento presumido para cada empresa.
A NOVA ERA DA
INTELIGÊNCIA REGULATÓRIA
No jogo da transformação digital não existe meio 1 - Implementar tecnologias para reduzir custos e
termo. Alguém sempre assumirá a liderança e será aumentar a produtividade;
FOTO: DIVULGAÇÃO

agente da mudança. Isso ficou evidente no 4º


2 - Mudar a abordagem tradicional com base em
Simpósio Internacional de Automação Inteligente,
dados e inteligência regulatória;
da KPMG, quando ficou evidente que as máquinas
já são mais “humanas”. Para a Microsoft, a paridade 3 - Suportar o negócio com base nos problemas e

Dustin Pozzetti
no comportamento é de 96% para visão, 94% na riscos de punições;
fala, 88% em leitura de texto e 70% em tradução. 4 - Construir forte relação com o ecossistema de
Sócio de Tecnologia, Mídia e A função regulatória é um dos alvos da inovação;
Telecomunicações e líder de transformação digital. O volume de regulamentos e 5 - Adotar novas técnicas de trabalho e modelos
Regulação da KPMG no Brasil a complexidade geram oportunidades de melhoria mentais.
da observância e reduzem o custo associado.
Implantar obrigações regulatórias gera custos Os agentes reguladores vêm incentivando
A KPMG é uma das maiores firmas de US$ 1 bilhão por ano, segundo o Instituto novas tecnologias para facilitar a entrega de
globais de serviços de consultoria, obrigações, como Financial Conduct Authotity
Internacional de Finanças.
auditoria, e impostos, trabalhando lado a (FCA), Prudential Regulations Authotity (PRA),
lado com seus clientes, com ofertas de Sobre a estratégia regulatória, está a capacidade International Telecommunications Union (ITU)
excelência lastreadas em capacidades de extrair inteligência para a tomada de decisões, e National Association of Regulatory Utility
profissionais de altíssimo padrão e envolvendo regulamentos, penalidades e desafios. Commissioners (NARUC). Sendo a transformação
conhecimento de indústria. As firmas A produtividade regulatória, impulsionada por
membro da KPMG atendem clientes de
digital fundamental na estratégia de setores
Robotic Process Automation, Inteligência Artificial, altamente regulados, importante implementar um
todos os setores da economia e podem
Data & Analytics e Blockchain, pode transformar ecossistema que entenda bem os impactos da
ser encontradas em 154 países.
todo o arcabouço legal e regulatório. inovação no modelo tradicional e execute jornadas
Além da aplicação das tecnologias, está o de transformação com resultados expressivos.
desenvolvimento de modelos mentais para
transformar a forma de atingir resultados. Nessa
jornada, é essencial:

LEGALTECH - CENÁRIO INTERNACIONAL


LEGALTECH
MINING REPORT
CATEGORIAS

ANALYTICS E AUTOMAÇÃO E GESTÃO GESTÃO DE ESCRITÓRIOS E


JURIMETRIA DE DOCUMENTOS DEPARTAMENTOS JURÍDICOS
Plataformas de análise, Softwares e plataformas de Portais voltados para pesquisa,
compilação de dados automação de documentos jurídicos monitoramento, gestão de processos
e jurimetria. (contratos, petições etc.), negociação (judiciais, administrativos, propriedade
e gestão destes documentos intelectual, etc.) e conteúdos jurídicos
e seus processos operacionais. (educação, legislação, projetos de lei,
jurisprudência, gravames, societário, etc).

GESTÃO DE PROCESSOS REDE DE RESOLUÇÃO DE


E CONTEÚDO JURÍDICO PROFISSIONAIS CONFLITOS ONLINE
Soluções de gestão de Plataformas digitais que reúnem Plataformas digitais dedicadas à
informações para escritórios uma rede de profissionais e resolução online de conflitos por
e departamentos jurídicos, permitem sua conexão com outros formas alternativas ao processo
incluindo gestão de processos, profissionais do Direito e, também, judicial como mediação, arbitragem
equipes, clientes, financeiro etc. com clientes em todo o Brasil. e negociação de acordos.

LEGALTECH - REPORT 10
RADAR

LEGALTECH
INVESTIDOR
ANALYTICS E JURIMETRIA ES
AUTOMAÇÃO E GESTÃO
DE DOCUMENTOS GESTÃO DE ESCRITÓRIOS
MINING REPORT E DEPARTAMENTOS JURÍDICOS
2018 – BRASIL
COPYRIGHT 2018

GESTÃO DE PROCESSOS
E CONTEÚDO JURÍDICO

RESOLUÇÃO DE CONFLITOS ONLINE

RAS
RADO
LE
E
AC

REDE DE PROFISSIONAIS 11
ANÁLISE DE BIG DATA E TECNOLOGIA
APLICADA A NEGÓCIOS APOIAM
ÁREA JURÍDICA
FOTO: DIVULGAÇÃO

A tecnologia impacta a sociedade de diferentes Atualmente, a inteligência artificial já consegue


maneiras e o mundo jurídico não está imune ler processos judiciais e entendê-los. Por
a isso. As mudanças recentes que levaram à meio de uma plataforma de big data analytics,
digitalização de documentos representam não também é possível cruzar informações de casos

Jaime de Paula
apenas um avanço no que tange aos impactos julgados anteriormente com outros bancos de
no meio ambiente, como abrem espaço para a dados, analisando diversas variáveis possíveis
utilização de tecnologia de ponta para agilizar para indicar como a equipe jurídica deve agir.
CEO da Neoway processos e economizar recursos.
A aplicação da estatística ao Direito também
Geramos bilhões de dados diariamente, ao usar permite que o juiz compreenda com maior
A Neoway, maior empresa de Inteligência aplicativos no celular, fazer pagamentos, realizar profundidade as possíveis consequências de
de Mercado da América pesquisas na internet, entre outras atividades suas decisões; o advogado antecipe o resultado
Latina, desembarcou em Nova York e se
rotineiras, e os processos judiciais não são de suas escolhas durante o processo judicial; e
prepara para abrir escritórios em Portugal,
diferentes. Analisar cada informação complexa, o gestor entenda os fatores que interferem em
Índia, México e Colômbia. A companhia,
que foi fundada em 2002, tem sede em
porém, é um desafio e tanto. Para resolver esse seu planejamento estratégico.
Florianópolis e filial em São Paulo. Possui entrave, é preciso investir em tecnologia de ponta.
Na prática, as empresas podem prever o
aproximadamente 350 funcionários e é Um dos exemplos de aplicação da tecnologia na tempo médio que um processo possivelmente
parceira da Endeavor desde 2013. área jurídica é a jurimetria, ou seja, a aplicação levará e as chances de ganhar ou perder uma
Saiba mais em www.neoway.com.br
de métodos quantitativos e qualitativos, como ação. Ou seja, investir em análise de big data,
a estatística, ao Direito e seus diversos campos. machine learning, inteligência artificial, entre
Este método busca, por exemplo, entender as outras tecnologias, em pouco tempo passará
características e variáveis que estão associadas de um diferencial para parte do dia a dia das
e influenciam na decisão judicial ou no tempo de empresas. Você está se preparando?
duração de uma ação judicial.

LEGALTECH - REPORT 12
DIVISÃO: CATEGORIAS Quantidade de LegalTechs por categoria

28
Gestão de
Escritórios e
Departamentos
Jurídicos
30
Gestão de Processos
e Conteúdo Jurídico

18 121
Rede de
LegalTechs
selecionadas 10
Analytics
Profissionais
e Jurimetria

21
Resolução de
14
Automação
Conflitos Online e Gestão de
Documentos
FONTE: DISTRITO E AQUARIUM

LEGALTECH - REPORT 13
DIVISAO
DIVISAO
REGIONAL
REGIONAL
DIVISÃO:
QUANTIDADE
QUANTIDADE REGIONAL
DE STARTUPS
DE STARTUPS
POR REGIAO
POR REGIAO
Quantidade de LegalTechs por região

PI
1% CE
1%
PB
1%
Nordeste PE
6% 3%
DF BA
Centro-Oeste 3% 1%
8% GO MG
Sudeste 5% 11%
67% MS RJ
1% 7%
SP
PR
Sul 49%
18% 6% SC
7%
RS
5%

FONTE: NEOWAY

LEGALTECH - REPORT 14
DESTAQUES POR ESTADO
DESTAQUE POR ESTADO
CE
PI

PB

PE

BA
DF

GO
MG

MS
RJ

PR SP

RS
SC

FONTE: NEOWAY

LEGALTECH - REPORT 15
IDADE DAS STARTUSP DISTRIBUICAO POR FATURAMENTO

IDADE DAS LEGALTECHS


IDADE DAS STARTUSP
DISTRIBUICAO POR FATURAMENTO
ANO DE ABERTURA PRESUMIDO X IDADE DA EMPRESA

IDADE
ANO DAS STARTUSP
DE ABERTURA
ANO DE ABERTURA
PRESUMIDO XPOR
DISTRIBUICAO IDADE DA EMPRESA
FATURAMENTO
DISTRIBUIÇÃO DO FATURAMENTO PRESUMIDO X IDADE DA EMPRESA

ANO DE ABERTURA PRESUMIDO8% X IDADE DA EMPRESA


16% 17%
Antes dos 8%
Anos 2000 11.2%
Anos 2000 14% 33% 33% 67%

100% 30MM +
84%
2010-2018 74.8% 5MM - 30MM

50% 50% 25% 360 mil - 5MM

< 360 mil


8%
0-2 3-5 6-10 11-15 15+
Anos Anos Anos Anos Anos
27
NÚMERO MÉDIO DE FUNCIONÁRIOS POR IDADE DA EMPRESA

14 6 18 17 33 53
13
11
8 0-2 3-5 6 - 10 11 - 15 15+ ANOS
ANOS ANOS ANOS ANOS

1 2 2 2
2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018

FONTE: NEOWAY

LEGALTECH - REPORT 16
ANALISE DO SETOR LEGALTECH
COMPARAÇÃO DO FATURAMENTO
ANÁLISE DO
FATURAMENTO SETOR
PRESUMIDO LEGALTECH
PRESUMIDO ENTRE CATEGORIAS
ANALISE DO SETOR LEGALTECH
FATURAMENTO PRESUMIDO COMPARAÇÃO
COMPARAÇÃO DEDO FATURAMENTO
FATURAMENTO PRESUMIDO ENTRE CATEGORIAS
FATURAMENTO PRESUMIDO PRESUMIDO ENTRE CATEGORIAS
Analytics e
< 360 mil 55% Jurimetria 71,4% 28,6%

360 mil - 5MM 27,5% Automação


e Gestão de 72,7% 27,3%
Documentos
5MM - 30MM 15%
Gestão de Escritórios
IDADE DAS STARTUSP DISTRIBUICAO33,3%
e Departamentos POR FATURAMENTO
33,3% 33,3%
30MM + 2,5% Jurídicos
ANO DE ABERTURA PRESUMIDO X IDADE DA EMPRESA
IDADE DAS STARTUSP
DISTRIBUICAO POR FATURAMENTO
ESCALABILIDADE DAS CATEGORIASANO DE ABERTURAIDADE DAS STARTUSP PRESUMIDO X IDADE DA EMPRESA
DISTRIBUICAO POR FATURAMENTO
Gestão de Processos
e ANO
Conteúdo 38,9% 27,8% X IDADE
PRESUMIDO 27,8% 5,6%
DA EMPRESA
DE Jurídico
ABERTURA IDADE DAS STARTUSP DISTRIBUICAO POR FATURAMEN
ANO DE ABERTURA PRESUMIDO X IDADE DA EMPR
R$ 64 MIL R$ 36 MIL R$ 131 MIL Rede de
Gestão de Escritórios Profissionais 57,1% 35,7% 7,1%
Analytics Automação e Gestão
e Jurimetria de Documentos e Departamentos
Jurídicos

Resolução de
Conflitos Online 73,3% 13,3% 6,7%
6,7%
R$ 486 MIL R$ 131 MIL R$ 873 MIL
Gestão de Processos Resolução de
Rede de Profissionais
e Conteúdo Jurídico Conflitos Online < 360 mil 360 mil - 5MM 5MM - 30MM 30MM +
FONTE: NEOWAY

LEGALTECH - REPORT 17
ANÁLISE DO NÚMERO DE FUNCIONÁRIOS
QUANTIDADE MÉDIA DE FUNCIONÁRIOS MÉDIA DE FUNCIONÁRIOS POR CATEGORIA
ANALISE DO NUMERO DE FUNCIONARIOS *20% das LegalTechs não
tem funcionários registrados,

21 a 50 0* ou seja, funcionam apenas


com seus founders e PJs

51 a 1006,5100+ 16,5 42,1


QUANTIDADE MEDIA DE FUNCIONARIOS
4%
7%

ANALYTICS E AUTOMAÇÃO E GESTÃO GESTÃO DE ESCRITÓRIOS E


20% JURIMETRIA DE DOCUMENTOS DEPARTAMENTOS JURÍDICOS
12%

27% 30% 17,5 14,4 6,8

6 a 20 1a5

GESTÃO DE PROCESSOS REDE DE RESOLUÇÃO DE


E CONTEÚDO JURÍDICO PROFISSIONAIS CONFLITOS ONLINE
FONTE: NEOWAY

MEDIA DE FUNCIONARIOS POR CATEGROIA


LEGALTECH - REPORT 18
PERFIL DOS SÓCIOS
SEXO IDADE
40%
31%
25% 75%
12%
FEMININO MASCULINO 10% 6%
2%

ATÉ 25 26 A 35 36 A 45 46 A 55 56 A 65 ACIMA DE
ANOS ANOS ANOS ANOS ANOS 66 ANOS

DF
LOCALIDADE (em porcentagem) BA

SP MG RJ PR RS SC AM PE
QUANTIDADE MÉDIA DE SÓCIOS
40% 13,3% 11,1% 8,9%
3 número médio de
sócios por empresa 6,7% 4,4% 2,2%

6,7% 4,4% 2,2%


FONTE: NEOWAY

LEGALTECH - REPORT 19
PONTOS DE
CASE - JURIDOC DESTAQUE

Quais foram os principais obstáculos enfrentados pela


Juridoc e as medidas adotadas para superá-los?
Maxime Troubat*: Um dos nossos maiores desafios é educar
o nosso público-alvo para confiar na nossa solução e fazê-lo
entender que pode ter documentos legais de qualidade a preços
acessíveis e sem contratar um advogado. Para isso, investimos
em marketing de conteúdo e temos diferentes soluções online. Mais de
TRÊS MIL USUÁRIOS
Qual a missão principal da Juridoc?
Maxime Troubat*: Revolucionar os serviços jurídicos por meio da
FOTO: DIVULGAÇÃO

tecnologia. Nosso objetivo é fornecer o melhor serviço aos nossos


clientes. Temos no nosso DNA a inovação permanente, o que nos
impulsiona a ajudar nossos clientes a estarem sempre um passo
à frente. Não somente no Brasil, mas também em todo o mundo.

PARCERIAS FIRMADAS:
Aceleração Rodada de
Criada em 2017, a Juridoc lançou com Nfe, GSM - Certificado digital,
Startup investimento
sucesso uma plataforma jurídica que Farm Seed Investimento ABStartups, Vouclicar
permite a pequenas e médias empresas
gerar documentos jurídicos personalizados
e de forma 100% online. Além disso, os
Rodada de
usuários terão acesso a um mercado de
investimento
documentos legais elaborados pela Juridoc Nascimento Startup Farm
e por advogados parceiros.
O diferencial está em sua parceria com
a IBM Watson. A Juridoc usará a IA para
ajudar os empreendedores a se tornarem setembro/
2017 dezembro
2017 junho 2018
melhores negociadores.

*Maxime Troubat, founder da Juridoc

LEGALTECH - REPORT 20
PONTOS DE
CASE - MERCATÓRIO DESTAQUE

Em que momento a Mercatório percebeu que a inovação


proposta poderia ser uma alternativa viável, mesmo em um
mercado complexo como os precatórios?
Breno Rodrigues*: A Mercatório percebeu, em contato com os
fundos de investimento, que existiam etapas onde os processos eram
feitos de forma manual e demorada. Assim, unificamos as informações
e aplicamos inteligência artificial para gerar mais eficiência em um TECNOLOGIAS:
mercado que movimenta bilhões de reais anualmente. web scrappers, text/data mining
e machine learning
FOTO: DIVULGAÇÃO

Sob o ponto de vista da Mercatório, qual o principal desafio


encontrado atualmente no ambiente de Legaltechs no Brasil?
Breno Rodrigues*: Pode-se dizer que, um dos principais desafios,
é o desconhecimento dos serviços prestados. Os clientes escutam
falar sobre inteligência artificial, mas, não sabem o valor do
desenvolvimento e para que desejam, assim, não entendem com o
que e como podem utilizar a tecnologia em prol de seus serviços.
Premiada como uma
das STARTUPS MAIS
A Mercatório acredita que as empresas PROMISSORAS de 2017
precisam aumentar o uso de tecnologia Fundada
para se tornarem mais eficientes. no Startup Rodada de Aceleração
Com essa motivação, mapeamos os Weekend em Investimento Innovativa
precatórios municipais, estaduais e Belo Horizonte
federais já expedidos e fazemos a análise
Selecionado para Aceleração
dos processos em diferentes fases,
o FIEMGlab Darwin Starter
fornecendo informações qualificadas. Em
nossa plataforma, é possível gerenciar os
créditos em fase de aquisição e obter dados
estatísticos sobre os devedores. Assim,
nossos clientes economizam tempo e são 2016 2017
dezembro 2017 maiojunho julho agosto Segundo lugar no
agosto
mais assertivos que seus concorrentes. PROGRAMA LEMONADE
*Breno Rodrigues, founder da Mercatório de aceleração

LEGALTECH - REPORT 21
ECOSSISTEMA
LEGALTECH - REPORT
ASSOCIAÇÕES
17º Fórum Internacional de Software Livre,
organizado pela ABJ

ABStartups – Associação Brasileira de Startups ABJ – Associação Brasileira de Jurimetria


Fundada em Junho/2011, tem por objetivo Fundada em Maio/2017, visa, por meio de diversas
fomentar o desenvolvimento do ecossistema de atividades, (i) incentivar e divulgar a jurimetria
empreendedorismo tecnológico nacional, elevando a aos seus associados e ao público em geral, bem
qualidade e competitividade das startups brasileiras. como sua utilização na elaboração e avaliação
Possui, atualmente, 9 comitês divididos por setores de políticas públicas; (ii) promover a criação,
e temas (Fintech, Agtech, Cleantech, Edtech, organização e disponibilização de bases de dados
Indtech, Corporate, Internacionalização, Assuntos jurídicos; (iii) colaborar com entidades públicas e
Jurídicos e Diversidade e Inclusão) para maximizar o privadas no esforço estratégico de aperfeiçoar os
seu impacto, sendo que cada um deles foca e ataca mecanismos de prestação jurisdicional através
demandas específicas do seu nicho para fazer as da elaboração de leis e da administração dos
startups crescerem mais rápido e ganharem mais tribunais; e (iv) disciplinar a jurimetria como um
poder diante de outros players do mercado. ramo do conhecimento jurídico.

OAB – Ordem dos Advogados do Brasil


Associação de classe dos advogados no âmbito
nacional. A seccional de São Paulo é a maior
AB2L – Associação Brasileira de Lawtechs
do país e mantém mais de 100 comissões
e Legaltechs
atuantes. Em 2017 a OAB/SP criou duas
Fundada em Junho/2017, visa criar um espaço de diálogo comissões - Comissão de Empreendedorismo
entre empresas de tecnologia, advogados, escritórios de Criativo e Comissão de Estudos da Legislação em
advocacia, departamentos jurídicos e demais instituições Empreendedorismo Criativo e Startups - voltadas
jurídicas. Almeja incentivar boas práticas e contribuir para o estudo sobre os temas de inovação,
com o desenvolvimento de um ambiente de tecnologia empreendedorismo e startups, convidando o meio
e inovação na prática jurídica. Oferece comitês e fóruns jurídico a se engajar nessas questões, debater as
Fórum Lawtech: Imersão, Prática e
de discussão sobre diversos temas relacionados à principais dificuldades deste mercado e buscar
Inovação, apoiado pela AB2L tecnologia aplicada ao Direito. Atualmente conta soluções criativas, com foco na manutenção do
com a adesão de mais de 100 associados. equilíbrio entre regulação e inovação.
FOTOS: DIVULGAÇÃO/REPRODUÇÃO

LEGALTECH - ECOSSISTEMA 23
EVENTOS
Congresso Internacional de Direito, Lawtech Conference
Governo e Tecnologia
Evento organizado pela StartSe, que conta com a
Organizado pelo Instituto Brasileiro de Inteligência participação de profissionais renomados no setor
Artificial, reúne especialistas internacionais e jurídico falando sobre inovação neste mercado, tais LegalTech Forum
representantes de grandes empresas, do governo e como empreendedores de startups, magistrados,
de legaltechs para a demonstração e discussão do advogados de escritórios e de empresas, gestores
uso de tecnologia de ponta nas mais diversas áreas de associações ligadas ao setor. Há, também,
do campo jurídico. a Startup Village, que consiste numa área com
estandes para que as startups possam apresentar
seus produtos aos participantes.
Congresso Nacional de Direito Digital
Organizado pela OAB/SC, tem o objetivo de propor
uma discussão multidisciplinar sobre o uso da LegalTech Forum
tecnologia aplicada ao mundo jurídico, abordando Realizado pela InteliJur Inteligência Jurídica,
a inteligência artificial, a internet das coisas, o apresenta cases de como as empresas e os
blockchain, as criptomoedas e outros assuntos atuais. escritórios estão se preparando para as novas
tecnologias e projetos que estão revolucionando
a advocacia. Conta com uma exposição que
Fenalaw reunirá estandes de empresas com soluções para
Exposição e congresso focado para o Mercado o mercado jurídico e, também, um congresso
Jurídico, é considerado o maior evento jurídico com a participação de especialistas com larga
da América Latina. Além da exposição, que reúne experiência no mercado abordando temas como
novas soluções, produtos e serviços destinados segurança da informação, direito digital, eficiência
para escritórios de advocacia e departamentos e produtividade, tecnologia nos tribunais, etc.
jurídicos, o evento oferece o mais bem conceituado
conteúdo do mercado com foco em administração
legal e sessões estruturadas de networking.

FOTOS: DIVULGAÇÃO/REPRODUÇÃO

LEGALTECH - ECOSSISTEMA 24
FÓRUNS Discussão e difusão de conteúdo

Comissão de Empreendedorismo Criativo – Elas in Tech


OAB/SP
Movimento colaborativo, fundado em
Tem a missão de debater as principais Novembro/2017 por uma advogada, que visa a real
dificuldades jurídicas enfrentadas pelos agentes inclusão de mulheres no ecossistema tecnológico,
do ecossistema de inovação e startups e por meio (i) do aumento do número de palestrantes
apresentar possíveis soluções a fim de fomentar mulheres em eventos da área, (ii) do estímulo de
o empreendedorismo e a inovação no Brasil. mentorias para ajudá-las a empreender, (iii) da
promoção de parcerias para a efetiva contratação
de mulheres, e (iv) da possibilidade de acesso
Comissão de Estudos da Legislação em à investimento para empresas lideradas por
Empreendedorismo Criativo e Startups mulheres. São realizados diversos eventos que
- OAB/SP Subseção Pinheiros reúnem empreendedoras e profissionais de
diversas formações, incluindo Direito.
Fundada em Novembro/2017, com a missão de
promover debates sobre empreendedorismo,
startups e inovação, convidando o meio jurídico
a se engajar nessas questões, com especial
foco no equilíbrio entre regulação e inovação.

Legal Hackers
Movimento global, originado nos EUA em 2012,
que reúne profissionais de diferentes formações
acadêmicas em várias cidades do mundo para
discutir temas relacionados a Direito e Tecnologia e
implementar soluções tecnológicas na área jurídica.
Atualmente possui 7 capítulos no Brasil, localizados
em São Paulo - SP, Campinas - SP, Rio de Janeiro
- RJ, Natal - RN, Brasília - DF, Curitiba - PR, Porto
Alegre - RS e Belo Horizonte - MG.

FOTOS: DIVULGAÇÃO/REPRODUÇÃO

LEGALTECH - ECOSSISTEMA 25
INICIATIVAS Corporações

Apesar do movimento de inovação ser liderado pelas


startups, algumas das grandes corporações multinacionais
acompanham esta tendência, inclusive no setor jurídico.
Em sua maioria são empresas da área de tecnologia, que
oferecem soluções inovadoras para garantir maior eficiência
na prestação de serviços jurídicos, mas há, também, aquelas
que atuam em parceria com as Legaltechs para aprimorar as
soluções que estas trazem ao mercado. Alguns exemplos de
empresas que estão atuando de olho nesse movimento são
IBM, Totvs, Thomson Reuters, entre outras.
Esta é uma perfeita demonstração de que há espaço para
todos no mercado, inclusive para que trabalhem em conjunto
na busca de um objetivo comum: um sistema judiciário
eficiente e maior produtividade do profissional operador do
Direito em todas as esferas, públicas e privadas.
A tecnologia possibilita a melhora nos níveis de produtividade,
redução melhora nos níveis de produtividade, redução ou,
até, eliminação de trabalhos repetitivos e burocráticos,
redução de custos, aprimoramento dos mecanismos de
controle e avaliação pelos gestores jurídicos, entre outros
benefícios. Vale lembrar uma frase de Thomas John Watson
Jr (ex-presidente da IBM e nomeado uma das 100 pessoas
mais influentes do século XX pela revista Time): “Nossas
máquinas não devem ser nada além do que ferramentas para
empoderar ainda mais os seres humanos que as usam”.

LEGALTECH - ECOSSISTEMA 26
INICIATIVAS Escritórios de Advocacia

A inovação e o uso de modernas tecnologias (p.ex. inteligência


artificial, machine learning, entre outras) no mercado jurídico já
é uma realidade, ainda que o movimento seja incipiente no Brasil.
Desta forma, todos os operadores do Direito e as instituições em que
atuam, sejam elas públicas ou privadas, precisam estar atualizadas
e com seu modelo mental aberto a conhecer e incorporar tais
inovações no dia a dia de suas atividades profissionais.
De olho nesse crescente movimento e nas diferentes características
e necessidades demandadas pelas startups, alguns escritórios de
advocacia estão adotando planos de ação para acompanhar essa
tendência e estarem aptos a atender seus clientes. Algumas destas
ações se refletem no treinamento de suas equipes para entenderem
o ecossistema e a linguagem das startups e do movimento global
de inovação, na adequação de seus modelos de atendimento e
precificação moldados exclusivamente para startups, participação
em programas de aceleração de startups para mentoria dos
empreendedores e suas equipes, promoção e participação em
eventos relacionados à inovação e até incubação de startups, como
é o caso da Lexio, uma legaltech incubada por um dos principais
escritórios de advocacia com sede na cidade de São Paulo.
Nesse sentido, vale destacarmos o trabalho que vem sendo
feito por alguns dos mais renomados escritórios de advocacia
brasileiros: Baptista Luz Advogados, Barreto Veiga & Advogados,
TozziniFreire Advogados, Pinheiro Neto, BNZ for Startups,
Derraik & Menezes, Lilla, Huck, Otranto, Camargo
Advogados, Kasznar Leonardos e Veirano Advogados
Essas iniciativas, além de permitirem aos escritórios a captação
de um novo perfil de clientes (startups), fomentam o ecossistema
de inovação como um todo, incluindo as Legaltechs, e nos
mostram que é preciso não apenas observar ou falar sobre
inovação, mas agir efetivamente em prol do desenvolvimento
dos profissionais operadores do Direito para que possam
acompanhar a evolução do mercado e da sociedade,
cada vez mais vinculada à e aprimorada pela tecnologia.

LEGALTECH - ECOSSISTEMA 27
BLOCKCHAIN E
ATIVIDADES JURÍDICAS
Sempre que se desenvolveu uma nova forma a Stampery, entidade espanhola que presta serviços
de armazenar informações, a humanidade deu como proof-of-ownership e proof-of-existence; a
FOTO: DIVULGAÇÃO

um salto evolutivo, ao menos nas condições Bernstein, empresa alemã que oferece soluções
materiais de sua existência. Foi assim com os para o registro e gerenciamento de propriedade
nossos ancestrais e as suas pinturas rupestres, intelectual; e a Kleros, plataforma francesa que,
que permitiram a comunicação entre ausentes; por meio de criptografia e incentivos baseados na

Maurício
com a escrita e seus suportes rudimentares, que teoria dos jogos, propõe-se a garantir a segurança
possibilitaram a transmissão de conhecimento; de provas, a escolher jurados e a fazer com que

Vedovato
com a prensa de Gutenberg, uma das pontes para tais jurados julguem o caso corretamente (por mais
o Iluminismo; e com a internet e a revolução digital elástico que esse conceito possa ser), ou seja, uma
que vivemos. Pierre Lévy explica esse fenômeno de plataforma que se propõe a exercer o papel de
Sócio de Lilla, Huck, Otranto, forma mais abrangente, explorando a introdução árbitro ou de juiz na resolução de conflitos, além de
Camargo Advogados de novas técnicas como condicionantes de eventos vários outros projetos que também visam prestar
Relator do Grupo de Trabalho históricos em seu livro Cibercultura (Ed. 34, 1999). serviços de Judge as a Service – JaaS.
de Smart Contracts da Temos agora o privilégio de viver mais um Como se vê, as possibilidades são inúmeras
Associação Brasileira de desses momentos, impulsionado desta vez pela e, novamente nas palavras de Pierre Lévy, a
Normas Técnicas – ABNT Blockchain, conjunto de técnicas que vêm sendo Blockchain – assim como a internet – pode ser
desenvolvidas há décadas, mas cuja compreensão mais um pharmakon – termo vindo do grego
e adoção ainda estão em sua infância. arcaico que significa ao mesmo tempo veneno e
Lilla, Huck, Otranto, Camargo
remédio – sendo um “veneno para aqueles que
Advogados As soluções baseadas em Blockchain já aparecem
Escritório que oferece amplo dela não participam (e ninguém pode participar
nas mais diversas áreas, inclusive na jurídica.
atendimento, inclusive nas áreas completamente dela, de tão vasta e multiforme que
Exemplos são a OpenLaw, plataforma americana
de internet, mídia, tecnologia e é) e um remédio para aqueles que mergulham em
destinada à criação e cumprimento de contratos
telecomunicações. seus turbilhões e conseguem controlar a própria
com linguagem semelhante à utilizada na Wikipedia;
deriva no meio de suas correntes” (op. cit, p.30).

LEGALTECH - ECOSSISTEMA 28
INICIATIVAS Públicas de Inovação no Poder Judiciário

Rede InovaGov
Rede de estímulo à inovação no setor público brasileiro,
conectando organizações, pessoas do governo, empresas,
sociedade civil e academia. Seu objetivo é fomentar e incentivar
empresas a inovar e apoiar ações inovadoras, novas tecnologias
e espalhar a cultura de inovação dentro da Administração
Pública. Por parte do setor público vinculado ao Poder Judiciário,
atualmente, participam desta rede: Conselho da Justiça Federal,
Defensoria Pública da União, Justiça Federal de 1º Grau de São
Paulo e do Rio Grande do Sul, Ministério da Justiça e Cidadania,
Ministério Público Federal, Procuradoria Federal do Paraná,
Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, Tribunal Regional Federal
da 1ª Região e os Tribunais Superiores do Trabalho e Eleitoral.
3ª semana de inovação,
organizado pelo InovaGov

Programa iNovaJusp
A Diretoria do Foro da Justiça Federal - Seção Judiciária de
São Paulo – iniciou, em Maio/2016, um ambicioso programa
de gestão baseado na construção coletiva e inovadora
de ações que promovam mudanças na operacionalidade
das atividades administrativas, propiciando melhores
resultados ao serviço público prestado. Entre as iniciativas
do Programa, a Justiça Federal de São Paulo inaugurou em
junho de 2017 o Laboratório de Inovação da Justiça Federal
de SP, um ambiente novo em que “problemas” e desafios
são pensados coletivamente por colaboradores de áreas
e funções diversas. O artigo a seguir apresenta um breve
depoimento indicando a trajetória percorrida e a perspectiva
de crescimento deste movimento dentro do Poder Judiciário.

Laboratório de Inovação
da Justiça Federal de SP

FOTOS: DIVULGAÇÃO/REPRODUÇÃO

LEGALTECH - ECOSSISTEMA 29
INOVAÇÃO E PIONEIRISMO NA
JUSTIÇA FEDERAL DE SÃO PAULO
Luciana Zanoni Para superar o desafio de alcançar excelência modelo de remoções de servidores, e na de
Juíza Federal e administrar uma estrutura judiciária em São gestão de processos de trabalho, com a revisão
Paulo envolvendo cerca de 2,5 milhões de de todos os fluxos de trabalho do administrativo
processos em andamento, a Justiça Federal central, que haviam sido mapeados. Nele
implantou em 2016 o iNovaJusp (Programa também foi incubado o Projeto Rede PJe,
de Gestão e Inovação) – um programa de verdadeiro olhar disruptivo para uma nova
gestão baseado nos seguintes eixos: gestão solução organizacional do Judiciário que está
da inovação, gestão estratégica, rede de avançando de forma democrática no âmbito
governança integrada e participativa, gestão do Tribunal Regional Federal da 3ª Região.
da comunicação e gestão por resultados.
Os bons resultados do iNovaJusp e do iJusplab
FOTOS: DIVULGAÇÃO

Para implementação do iNovaJusp, foi criado produziram efeito multiplicador com a criação
também em 2016 o iJuspLab – o primeiro de programas e laboratórios de inovação no
laboratório de inovação do Poder Judiciário de Judiciário Federal a partir desta experiência, tais
que se tem notícia. Trata-se de um espaço de como no Rio Grande do Norte e no Espírito Santo.

Paulo Cezar
produção provido de instalações e equipamentos
O iJuspLab atua como plataforma e meio
próprios para a realização de estudos, pesquisas,
de comunicação com os demais ramos
criação e desenvolvimento de projetos e
Juiz Federal programas, com o uso de metodologias e
do Judiciário, do Poder Público e com
o empreendedor particular, promovendo
técnicas colaborativas que propiciem a solução
transparência e prospecção de novas
Justiça Federal – de problemas complexos, tais como o design
Seção Judiciária de São Paulo
ideias para a Justiça, além de incubador
thinking, modelagens de serviços e uso de
A Diretoria do Foro da Seção Judiciária de inovações tecnológicas.
plataformas de inovação aberta, lançamento e
de São Paulo é responsável pela maturação de projetos, bem como realizando O programa revela-se como uma importante
administração dos fóruns da primeira ferramenta para excelência dos serviços
pilotos e modelagem de estrutura de gestão.
instância do Poder Judiciário Federal no jurisdicionais. Acreditamos estarmos no caminho
estado de São Paulo. Por meio do iJuspLab foi dado início a
certo, sendo que as parcerias com a iniciativa
Para mais informações acesse importantes projetos na área de recursos
privada, com a Academia e no próprio setor
www.jfsp.jus.br/inovajusp humanos, como o de aperfeiçoamento do
público propiciarão avanços ainda maiores.

LEGALTECH - ECOSSISTEMA 30
PROGRAMAS DE ACELERAÇÃO

LEGALTECH - ECOSSISTEMA 31
FUNDING Pré-seed, Seed, Series A, B & C

PRÉ-SEED SERIES A, B & C

LEGALTECH - ECOSSISTEMA 32
CENÁRIO
INTERNACIONAL
LEGALTECH - CENÁRIO INTERNACIONAL 33
EVOLUÇÃO
investimento DE INVESTIMENTO
mundial LegalTechs no mundo

investimento mundial
Volume de Investimento ($MM)
Quantidade de Deals
129
583,1

477,09
98
108

450,81
66
35 168,39

101,01

2014 2015 2016 2017 2018*

Fonte; CBInsights *Valor calculado atualizando os investimentos que ocorreram até a metade do ano de 2018

LEGALTECH - CENÁRIO INTERNACIONAL


PONTOS DE
CASE INTERNACIONAL - ROSS DESTAQUE

A ROSS Intelligence (EUA) traz soluções de tecnologia de inteligência


artificial de ponta, entre outras, para o mundo jurídico.
Seu carro chefe é o ROSS, o primeiro advogado digital do mundo,
baseado na tecnologia Watson, da IBM. Ele foi alimentado com textos
legais, bem como treinado sobre taxonomia e conceitos jurídicos.
O usuário faz sua pergunta como se estivesse conversando com
um colega. O Ross entende a linguagem humana, busca evidências TECNOLOGIAS: Inteligência
e responde de forma praticamente instantânea, com indicação da Artificial, Machine Learning,
base utilizada. E ele ainda aprende a partir do feedback dos usuários, Natural Language Processing
que classificam suas respostas. e Computação Cognitiva
Serve tanto aos usuários que não podem pagar por um advogado,
REPRODUÇÃO

como os advogados e escritórios de advocacia. Enquanto “trabalha”,


ele também se atualiza (24h por dia) nas questões relacionadas com
as suas especialidades (Falência/Insolvência; Propriedade Intelectual
e Legislação trabalhista).
“O Ross é capaz de peneirar mais de um bilhão de documentos
de texto em um segundo e retornar a passagem exata que o
usuário precisa.” (Fonte: www.ibm.com)

Primeiro ADVOGADO
FUNDADA EM QUANTIDADE DE RODADAS
DIGITAL do Mundo
2014 4

tempo não faturável para tempo faturável


*com base em uma conversão de 25% do
HEADQUARTER PRINCIPAIS INVESTIDORES
SÃO FRANCISCO, EUA INOVIA CAPITAL (LEAD
INVESTMENT), REAL
ÚLTIMA CAPTAÇÃO VENTURES, NEXTLAW
SERIES A EM OUT/2017 LABS E Y COMBINATOR.
Fontes:
rossintelligence.com
Traz aumento na receita
TOTAL DE FUNDING
crunchbase.com/organization/ross- de U$ 13.067 POR
intelligence#section-overview US$ 13,1 MM
ADVOGADO*

LEGALTECH - CENÁRIO INTERNACIONAL 35


O “DEMMAND PULL” POR TECNOLOGIA
NO DIREITO BRASILEIRO
O senso comum do law tech no Brasil costuma se learning e document assembly que possam
apresentar assim: novas tecnologias computacionais otimizar procedimentos e reduzir custos.
FOTO: DIVULGAÇÃO

estão sendo desenvolvidas nos Estados Unidos.


Um segundo fator de demanda frequentemente
Empreendedores, cientistas da computação e
esquecido decorre do formato das decisões
advogados daquele país estão implementando
judiciais brasileiras. Ao contrário das comumente
novos modelos de negócio e trabalho para diminuir
idiossincráticas opinions dos juízes americanos,

Bruno Meyerhof
custos, ofertar produtos, otimizar processos e
as peças dos juízes brasileiros são padronizadas:
aumentar margens de lucro. Estão assim abertas
partes, número do processo, relatório, fatos,
novas oportunidades para exploração de modelos de
Salama
decisão. Os próprios integrantes do Judiciário
negócio parecidos no Brasil.
se beneficiam de ferramentas que otimizem o
Nessa narrativa, a causalidade vai do surgimento burocrático trabalho de redigir decisões judiciais
UC Berkeley - Professor Visitante da nova tecnologia para a mudança nos negócios. muito parecidas. Assim o Poder Judiciário e o
Direito FGV SP - Professor Na teoria da inovação, esse encadeamento recebe setor público em geral são potenciais clientes de
UC Berkeley - Doutor em Direito o nome de “technology push”. O processo e a ferramentas de law tech.
FGV-EESP - Mestre em Economia prática jurídica brasileira, no entanto, cria dois
A difusão de tecnologia não é automática e
FADUSP - Bacharel em Direito relevantes fatores de “demmand pull”.
muitas vezes é imprevisível. Basta lembrar que
Admitido a praticar direito no Brasil e nos EUA
O primeiro é o litígio de massa altamente mobile money é mais popular no Quênia do
numeroso e estandardizado. Conta-se aos milhões que nos Estados Unidos. Parte da diferença
o número de processos envolvendo contas de está na política e na economia, e parte na
telefone, luz, e operações de crédito. A super- institucionalidade de cada país. O direito brasileiro
litigância dessa magnitude é particularidade possui características – fatores de demanda –
brasileira. Ela gera uma necessidade – um que o tornam receptível ao law tech. O mercado
demmand pull, se quisermos – da indústria pelo está aberto para empreendedores com visão, tino
uso de processos como data mining, machine comercial e boas ideias.

LEGALTECH - CENÁRIO INTERNACIONAL 36


TERMOS DE USO E REPRODUÇÃO DESTE MATERIAL
O LegalTech Mining Report tem por objetivo explorar, aprofundar e entender como o ecossistema de LegalTechs brasileiras
influencia na criação de novas tecnologias e na disruptura do mercado nacional.

Todas as informações e conteúdos presentes neste material são propriedade dos seus realizadores. É vedada sua
utilização para finalidades comerciais e publicitárias sem prévia autorização. Restam igualmente proibidas a reprodução,
distribuição e divulgação, total ou parcial, dos textos, figuras, gráficos que compõem o presente report, sob qualquer
adulteração e sem que a sua fonte seja citada.

INVESTIDORES E STARTUPS EM BUSCA DO PRÓXIMO PASSO?


VENTURES@DISTRITO.ME

GRANDES EMPRESAS BUSCANDO INOVAÇÃO APLICADA?


INTELLIGENCE@DISTRITO.ME

STARTUPS EM BUSCA DE UM LUGAR INSPIRADOR E OPORTUNIDADES?


EXPERIENCE@DISTRITO.ME

STARTUPS, EMPRESAS E INVESTIDORES INTERESSADOS EM INOVAÇÃO?


DATAMINER@DISTRITO.ME

37
REALIZAÇÃO

APOIO

EQUIPE

DISTRITO AQUARIUM

Gustavo Gierun Gustavo Araujo Carolina Sarti Debora Andrade


Partner Partner Innovation and Social Innovation Business
Impact Specialist and Social Impact
Development
Diego Ranciaro Tiago Ávila
Investment Analyst Investment Analyst
Anderson Araujo Reinaldo Rabelo
Insights & Strategy Founder
Victória Oliveira Rafael Castro Manager
Startup Hunter Creative Leader