Você está na página 1de 14

Universidade Federal do Piauí

Centro de Ciências da Natureza


Departamento de Química

Química - DQU0109
Química Geral II

A química de ácidos e bases

Prof. Dr. José Milton Elias de Matos


1

Objetivos da Aula

❖ Utilizar os conceitos de Brønsted-Lowry de ácidos e


bases

❖ Aplicar os princípios de equilíbrio a ácidos e bases


em solução aquosa

❖ Prever o resultado de reações de ácidos e bases

❖ Compreender a influência das estruturas e ligações


sobre as propriedades ácido-bases

Page 1
1
Ácidos e bases
• Arrhenius
✓ Ácidos: libera íons H+ em água

✓ Bases: libera íons OH- em água

• Brønsted-Lowry
✓ Ácidos: doador de íons H+

✓ Bases: receptor de íons H+

HCl + H2O  Cl + H3O+


ácido base
4

A natureza do próton hidratado

H3O+ = H+ = próton em água


5

Ácidos, bases e conceito de equilibrio


 Um ácido foi definido como qualquer substância que, quando
dissolvido em água é capaz de aumentar a concentração de
íons H+

 Uma base foi definido como qualquer substância que, quando


dissolvido em água é capaz de aumentar a concentração de
íons OH-

 Além dessas, duas outras caracteríscticas de ácidos e


bases podem ser introduzidas

✓ Um ácido e uma base podem ser descritos também como


eletrólitos fortes (HCl, HNO3 e NaOH) e eletrólitos fracos
(CH3CO2H, e NH3)

Page 2
2
Eletrólitos

 Um eltrólito forte é o
ácido ou base que em
água se ioniza 100%

✓ Ex.: HCl e NaOH

 Um eltrólito fraco é o
ácido ou base que em
água se ioniza muito
pouco

✓ Ex.: CH3CO2H, e NH3

A constante de equilíbrio e a química acido-base

 Um ácido ou base que se ioniza extensivamente, com K > 1,


são chamados ácidos ou bases fortes

✓ 100% dissociado
✓ Bom doador H+
• Forte  ✓ O equilíbrio está muito para a direita (HNO3)
✓ Gera base fraca (NO3-)

 Um ácido ou base que não se ionizam extensivamente, com K <


1, são chamados ácidos ou bases fracos

✓ < 100% dissociado


✓ Fraco doador H+
• Fraco  ✓ O equilíbrio está muito deslocado para a esquerda (CH3COOH)
✓ Gera base forte (CH3COO-)
8

De acordo com Brønsted-Lowry

 Um ácido de Brønsted é capaz de doar um próton a outra


substância.

✓ Podem ser compostos moleculares como o HNO3

HNO3 (aq) + H2O (l)  NO3- (aq) + H3O+ (aq)


ácido

✓ Pode ser cátions como o NH4+

NH4+ (aq) + H2O (l)  NH3 (aq) + H3O+ (aq)


ácido

Page 3
3
De acordo com Brønsted-Lowry

 Uma base de Brønsted é capaz de aceitar um próton de outra


substância.

✓ Podem ser compostos moleculares como NH3

NH3 (aq) + H2O (l)  NH4+ (aq) + OH- (aq)


base

✓ Pode ser ânions como o CO32-

CO32- (aq) + H2O (l)  HCO3- (aq) + OH- (aq)


ânion

✓ Pode ser cátions como o [Al(H2O)5(OH)]2+

[Al(H2O)5(OH)]2-(aq) + H2O (l)  [Al(H2O)6]3+( (aq) + OH- (aq)


cátion
10

Àcidos e bases Brønsted-Lowry


 Uma variedade de ácidos como HF, HCl e CH3CO2H são capazes
de doar um próton são chamados de ácidos monopróticos

Ex.: HCl (aq) + H2O (l)  Cl- (aq) + H3O+ (aq)


ácido

 Outros ácidos, denominados polipróticos são capazes de doar


dois ou mais prótons

Ex.: H2SO4 (aq) + H2O (l)  HSO4 - (aq) + H3O+ (aq)


ácido

HSO4- (aq) + H2O (l)  SO4 2- (aq) + H3O+ (aq)


ácido

11

Ácidos e bases polipróticos

Forma ácida Forma anfiprótica Forma básica


H2S (ácido sulfidrico) HS- (íon hidrogeno sulfeto) S2- (íon sulfeto)
H3PO4 (ácido fosfórico) H2PO4- (íon dihidrogenofosfato) PO43- (íon fosfato)
H2CO3 (ácido carbônico) HCO3- (íon hidrogenocarbônico) CO32- (íon carbônico)
H2C2O4 (ácido oxalico) HC2O4- (íon hidrogeno-oxalato) C2O42- (íon oxalato)

 Assim como existem os ácidos que podem doar mais de um


próton, existem algumas bases polipróticas como SO42-, PO43-,
CO32-, C2O42-

Ex.: CO32- (aq) + H2O (l)  HCO3- (aq) + OH- (aq)


base

HCO3- (aq) + H2O (l)  H2CO3 (aq) + OH- (aq)


base
12

Page 4
4
 Algumas moléculas ou alguns íons são capazes de se comportar
como um ácido ou uma base de Brønsted. Essas são chamadas
de anfipróticas

Ex.: HPO42- (aq) + H2O (l)  H3O+ (aq) + PO43- (aq)


ácido base

HPO42- (aq) + H2O (l)  H2PO42- (aq) + OH- (aq)


base ácido

Aplicação
a) Escreva a equação balanceada para a reação que ocorre quando o H3 PO4, doa
um próton à água para formar o dihidrogenofosfato. Esse íon é um ácido, uma
base ou um anfiprótico?

b) Escreva a equação balanceada para a reação que ocorre quando o íon cianeto,
CN-, aceita um próton da água para formar HCN. O CN- é um um ácido ou uma
base de Brønsted?
13

Pares ácido-Base conjugados

Par conjugado

Ácido + Base Base + Ácido

Par conjugado

Base conjugada:
permanece após o H+ ser perdido
ácido: HCl base conjugada: Cl-

Ácido conjugado:
permanece após o H+ ser ganho
base: NH3 ácido conjugado: NH4+

14

Ex. Par conjugado

HCO3- (aq) + H2O (l) CO32-(aq) + H3O+ (l)


Ácido Base Base Ácido

Par conjugado

Exemplos de pares ácido-base conjugados

15

Page 5
5
Ácido-Base de Brønsted-Loury

• Mecanismo de reação

H O H
O H + H Br + Br
H Base
H Ácido
Base Ácido Conjugada
Conjugado

I H + NH3 NH4 + I
Ácido Base
Base
Ácido Conjugado Conjugada

Aplicação
Na reação a seguir, identifique o ácido e sua base conjugada.
Identifique a base e seu ácido conjugado.

HNO3 (aq) + NH3 (aq) ⇌ NO3- (aq) + NH4+ (aq)

Aplicação geral

Resolver exercícios do livro Kotz V. 2, capítulo 17, Questões 1 a 4

17

A água e a escala de pH
 Como geralmente usamos soluções aquosas de ácidos e bases, e
como as reações ácido-base em nosso organismo ocorrem em
meio aquoso, deparamo-nos com o comportamento da água
Nome Ácido 1 Base 2 Base 1 Ácido 2
Ácido clorídrico HCl + H2O  Cl- + H3O+
Ácido nítrico HNO3 + H2O  NO3- + H3O+
Hidrogenocarbonato HCO3- + H2O ⇌ CO32- + H3O+
Ácido acético CH3CO2H + H2O ⇌ CH3CO2- + H3O+
Ácido cianídrico HCN + H2O ⇌ CN- + H3O+
Sulfeto de Hidrogênio H2S + H2O ⇌ HS- + H3O+
Amônia H2O + NH3 ⇌ OH- + NH4+
Íon carbonato H2O + CO32- ⇌ OH- + HCO3-
água H2O + H2O ⇌ OH- + H3O+

Page 6
6
Autoionização da água e constante de ionização da água, Kw
 Não é necessário a presença de um ácido para que o íon hidrônio
exista em água
✓ Duas moléculas de água interagem entre si para produzir um íon
hidrônio

➢ Esta reação é chamada de autoionização

 Quando a água se autoioniza, o equilíbrio desloca-se para a


esquerda.

Obs.: em água pura ou soluções aquosas diluidas, a concentração da


água pode ser considerada constante, 55,5 mol L-1. Assim, [H2O]2
é incluída na constante K e a expressão da constante de equilíbrio
torna-se
K[H2O]2 = [H3O+][OH-] = Kw


constante de
ionização da água

 Medidas de condutividade eletrica a 25 C mostram que

[H3O+] = [OH-] = 1,0 x 10-7 mol L-1

✓ Portanto, Kw = 1,0 x 10-14 mol L-1 a 25 C


✓ Para soluções aquosas a 25 C podemos dizer que:


▪ Em solução neutra, [H3O+] = [OH-] = 1,0 x 10-7 mol L-1
▪ Em solução ácida, [H3O+] > [OH-]; [H3O+] > 1,0 x 10-7 mol L-1
▪ Em solução básica, [H3O+] < [OH-]; [OH-] > 1,0 x 10-7 mol L-1

Aplicação
Quais são as concentrações dos íons hidróxido e hidrônio em uma
solução de NaOH 0,0012 mol L-1?
21

Page 7
7
A escala de pH
 O pH de uma solução é definido como o negativo do logarítmo na
base 10 da concentração de íons hidrônio

✓ pH = -log [H3O+]

✓ De modo semelhante, pOH = -log [OH-]

Obs.: 1) em água pura o pH = -log [H3O+] = -log (1,0 x 10-7) = 7,0


2) em água pura o pOH = -log [OH-] = -log (1,0 x 10-7) = 7,0

 Se tomarmos os logarítmos negativos de ambos os lados da


expressaõ Kw = [H3O+] [OH-] obteremos
Kw = 1,0 x 10-14 = [H3O+] [OH-]

-logKw = -log(1,0 x 10-14) = -log [H3O+] [OH-]

pKw = 14,00 = -log [H3O+] + (-log[OH-])


22

pKw = 14,00 = pH + pOH

23

Determinando e calculando o pH

 O papel de tornassol comum mostrará se uma solução é ácida ou


básica, e exise disponível uma variedade de corantes chamados
indicadores (como fenoftaleína) ácido-base que mudam de cor em
um intervalo conhecido de pH

papel de tornassol

Aplicação
 O pH de um refrigerante dietético é 4,25 a 25 C. Quais são as
concentrações de íons hidróxido e hidrônio no refrigerante?
24

Page 8
8
A constante de equilíbrio de ácidos e bases

 Como podemos definir quantitativamente até que ponto um ácido


ou uma base reage com água? Isto é, como podemos definir as
forças relativas de ácidos e bases?
✓ Uma maneira de definir as forças relativas de uma série de ácidos e
bases é medir o pH, quanto menor o pH mais forte o ácido

▪ Para um ácido forte, [H3O+] em solução será igual à concentração


original do ácido. De modo analoga similar, para uma base forte,
[OH-] será igual à concentração original da base

▪ Para um ácido Fraco, [H3O+] será menor do que a concentração


original do ácido. De modo modo analoga, para uma base fraca,
[OH-] será menor do que a concentração original da base

25

 Para uma série de ácidos fracos monopróticos (do tipo HA) com a
mesma concentração, [H3O+] aumantará (e o pH diminuirá) à
medida que os ácidos tornam-se mais fortes. De modo
semelhante ocorre com as bases
✓ A força relativa de um ácido ou de uma base pode ser expressa
quantivamente com uma constante de equilíbrio

▪ Para um ácido geral HA, temos HA (aq) + H2O (l) ⇌ H3O+ (aq) + A- (aq)

▪ Para uma base geral B, temos B (aq) + H2O (l) ⇌ BH+ (aq) + OH- (aq)

26

Ka, Kb, [H3O+] e pH

Menor pH
Aumenta
a força do
ÁCIDO
Maior pH
Ka e [H3O+] aumentam

Kb e [OH-] aumentam

Aumenta Maior pH
a força da
BASE
Menor pH

27

Page 9
9
Muitas bases orgânicas podem ser derivadas a partir do
NH3 por meio da substituição de átomos de H

Amônia Metilamia Anilina

Kb = 1,8 x 10-5 Kb = 5,0 x 10-4 Kb = 4,0 x 10-10

✓ Qual é mais fraco e qual é mais básica?


28

Aplicação
a) Qual é o ácido mais forte: H2SO4 ou H2SO3?

b) Qual tem a base conjugada mais forte: o ácido acético ou o ácido


bórico?

Soluções aquosas de sais

 Alguns ácido ou bases são cátions ou ânions. Alguns ânions


podem atuar como bases de Brønsted

Ex. CO32- (aq) + H2O (l) ⇌ HCO3- (aq) + OH- (aq) Kb = 2,1 x 10-4

29

Propriedades ácido-base de alguns íons em solução aquosa


Neutros Básicos Ácidos
Ânions Cl- NO3- CH3CO2- CN- SO42- HSO42-
Br- ClO4- HCO2- PO42- HPO42- H2PO42-
I- CO22- HCO3- SO32- HSO32-
S2- HS- OCl-
F- NO2-

Cátions Li+ [Al(H2O)5(OH)2+] [Al(H2O)62+]


Na+ Ca2+ Fe(H2O)63+]
K+ Ba2+

Aplicação
Verifique se cada um dos seguintes fromará uma solução ácida,
básica ou neutra
a) NaNO3 b) K3PO4 c) FeCl2 d) NaHCO3 e) NH4F
30

Page 10
10
Aplicação geral

Resolver exercícios do livro Kotz V. 2, capítulo 17, Questões 5 a 14

31

Constantes de equilíbrio e reações ácido-base


 De acordo com o conceito de Brønsted, todas as reações ácido-base
podem ser escritas com equilíbrios que envolvem o ácido, a base e seus
conjugados

Ácido + Base  Base conjugada do ácido + Ácido conjugada do Base

Relembrando: As reações com K > 1 são produto favorecido e as com


com K < 1 são regente favorecido

Prevendo a direção de reações ácido-base


 O HCl é um ácido de Brønsted. Sua constante de equilíbrio para a reação
com água é muito grande, e o equilíbrio efetivamente encontra-se
totalmente deslocado para a direita
HCl (aq) + H2O (l)  H3O+ (aq) + Cl- (aq)
Ácido forte [H3O+]  concentração
( 100% ionizado) inicial do ácido
K >> 1 32

Obs: Para a reação de um ácido forte com água, o ácido no lado dos
reagentes, da equação balanceada é mais forte que o ácido no
lado dos produtos (e a base no lado dos reagentes é mais forte
que a base no lado dos produtos

Par conjugado 1
Par conjugado 2

K >1
HCl(aq) + H2O(l) H3O+(aq) + Cl-(aq)
Ácido mais Base mais Ácido mais Base mais
forte que forte que fraco que fraco que
H3O+ Cl- HCl H2O
33

Page 11
11
 Em comparação com o HCl e outros ácidos fortes, o ácido acético
ioniza-se pouco, é considerado um ácido de Brønsted fraco

CH3CO2H (aq) + H2O (l)  H3O+ (aq) + CH3CO2- (aq)


Ácido fraco [H3O+] << concentração
(< 100% ionizado) inicial do ácido
K = 1,8 x 10-5

Par conjugado 1
Par conjugado 2

K <1
CH3CO2H(aq) + H2O(l) H3O+(aq) + CH3CO2-(aq)
Ácido mais Base mais Ácido mais Base mais
fraco que fraca que forte que forte que
H3O+ CH3CO2- CH3COH H2O

34

Tipos de reações ácido-base


Tipo de reação ácido-base Exemplo
Ácido forte + base forte HCl + NaOH
Ácido forte + base fraca HCl + NH3
Ácido fraco + base forte CH3CO2H + NaOH
Ácido fraco + base fraca CH3CO2H + NH3

Reação de um ácido forte com uma base forte


 Ácidos e bases fortes se ionizam 100% em solução. Portanto, a equação
iônica completa para a reação entre o HCl e o NaOH é:

H3O+ (aq) + Cl- (aq) + Na+ (aq) + OH- (aq) ⇌ 2H2O (l) + Na+ (aq) + Cl- (aq)

Que leva à reação global H3O+ (aq) + OH- (aq) ⇌ 2H2O (l) K = 1/Kw = 1,0 x 1014

Obs: A mistura de quantidades equimolares de um ácido forte com uma


base forte produz uma solução neutra (pH = 7 a 25 C)
35

Reação de um ácido forte com uma base fraca


 A equação global para uma reação do HCl com a NH3 é

H3O+ (aq) + NH3 (aq) ⇌ H2O (l) + NH4+ (aq)

Obs: A mistura de quantidades equimolares de um ácido forte com uma


base fraca produz um sal cujo cátion é o ácido conjugado da
base fraca. A solução é ácida, e o pH depende do Ka para o
cátion

Reação de um ácido fraco com uma base forte


 A equação global para uma reação do HCO2H com a NaOH é

HCO2H (aq) + OH- (aq) ⇌ H2O (l) + HCO2- (aq)

Obs: A mistura de quantidades equimolares de uma base forte com um


ácido fraco produz um sal cujo ânion é o ácido conjugado do
ácido fraco. A solução é básica, e o pH depende do Kb
36

Page 12
12
Reação de um ácido fraco com uma base fraca
 A equação global para uma reação do CH3CO2H com a NH3 é
CH3CO2H (aq) + NH3 (aq) ⇌ NH4+ (aq) + CH3CO2- (aq)

Obs: A mistura de quantidades equimolares de um ácido fraco com uma


base fraca produz um sal cujo cátion é o ácido conjugado da
base fraca e o ânion é o base conjugado do ácido fraco. O pH da
solução depende dos valores relativos de Ka e Kb

Ácidos e bases polipróticos


 O H3PO4 é um ácido poliprótico
H3PO4 (aq) + H2O (l) ⇌ H3O+ (aq) + H2PO4 - (aq) Ka1 = 7,5 x 10-3

H2PO4- (aq) + H2O (l) ⇌ H3O+ (aq) + HPO4 2-


(aq) Ka2 = 6,2 x 10-8

HPO42- (aq) + H2O (l) ⇌ H3O+ (aq) + PO4 3- (aq) Ka3 = 3,6 x 10-13
37

O conceito de Lewis de ácidos de bases


 Um ácido de Lewis é uma substância capaz de aceitar um par de
elétrons de outro átomo para formar uma nova ligação
 Uma base de Lewis é uma substância capaz de doar um par de
elétrons para outro átomo para formar uma nova ligação

A + B  BA
Ácido Base Aduto

Base Ácido
Ácido conjugado Base conjugada
pKa = 9,2

Base Ácido
Ácido conjugado Base conjugada
pKa = 10,6 38

Estrutura molecular, ligações químicas e o comportamento


ácido-base
 Porque o HF é um ácido fraco e o HCl é um ácido forte?

HX (aq) + H2O (aq) ⇌ H3O+ (l) + X- (aq)

Obs: Experimentos mostram que a força do ácido aumenta na ordem


HF << HCl < HBr < HI

 Porque o HNO2 é um ácido fraco e o HNO3 é um ácido forte?

Obs: Para os oxiácidos, a força do ácido aumenta à medida que o


número de oxigênio ligado ao átomo central aumenta
39

Page 13
13
 Porque os ácidos carboxílicos são ácidos de Brønsted?

 Porque as aminas orgânicas são bases de Brønsted e de Lweis?

40

Aplicação geral

Resolver exercícios do livro Kotz V. 2, capítulo 17, questões 1 a 38

41

FIM!

42

Page 14
14