Você está na página 1de 40

Funções

Inorgânicas
BASES
De acordo com Arrhenius, base ou hidróxido é toda
substância que, dissolvida em água, dissocia-se
fornecendo como ânion exclusivamente OH- (hidroxila,
hidróxido ou oxidrila).

NaOH → Na+ + OH-

Ca(OH)2 → Ca2+ + 2OH-

Al(OH)3 → Al3+ + 3OH-


Propriedades
• As bases são compostos iônicos, pois
possuem pelo menos uma ligação iônica.

• Possuem OH na sua composição;

• Formados por metais;

• Compostos sólidos;

• Soluções fixas.
(exceção)

* NH3 + H2O ↔ NH4OH

 Ametais;
 Solução aquosa;
 Volátil.
Classificação

1. Quanto ao Número de Hidroxilas

- Monobases: Apresentam um único íon OH-


NaOH; NH4OH
- Dibases: Possuem dois íons OH-
Ca(OH)2; Mg(OH)2
- Tribases: Possuem três íons OH-
Al(OH)3; Fe(OH)3
- Tetrabases: Possuem quatro íons OH-
Pb(OH)4; Sn(OH)4
2. Quanto ao Grau de Dissociação Iônica (α)

É a medida de quanto uma base se dissocia


quando dissolvida em água.

Conforme o grau de dissociação (α), as bases


são classificadas em:

• Fortes: Os hidróxidos de metais alcalinos (G1) e


metais alcalinos terrosos (G2).

α ≅ 100 %)
NaOH → Na+ + OH- base forte (α
2. Quanto ao Grau de Dissociação Iônica (α)

• Fracas: Nesse grupo incluem-se o hidróxido de


amônio (NH4OH) e as demais bases.

NH4OH α < 5 %)
NH4+ + OH - Base fraca (α
3. Quanto à Solubilidade em Água

- Totalmente solúveis: os hidróxidos dos metais alcalinos e


o hidróxido de amônio (NH4OH).
- Parcialmente solúveis: hidróxidos dos metais alcalino-
terrosos.
- Insolúveis: todos os demais hidróxidos.

Monobase Tribase
KOH Forte Al(OH)3 Fraca
Solúvel Insolúvel
Determinando a fórmula de uma base
As fórmulas da bases são obtidas juntando-se um
cátion ao ânion OH- e obedecendo o princípio já utilizado
em outros compostos: a soma total das cargas deve
ser zero.

– O cátion Al3+ forma a base Al(OH)3.

– O cátion NH4+ forma a base NH4OH.

• Se o cátion de uma base for representado por “B” e a


sua carga por y, então a fórmula da base será
B(OH)y.
Nomenclatura

Para nomear uma base devemos considerar os


números de oxidação dos seus cátions.

1 – Se o cátion tem somente um número de


oxidação (Nox):
Hidróxido de _________________
Nome do cátion

NaOH hidróxido de sódio

Ca(OH)2 hidróxido de cálcio


2 - Se o cátion tem dois números de oxidação:

Hidróxido de ______________ + _______________


Nome do cátion Nox do cátion
(algarismos romanos)

– Fe(OH)2 - hidróxido de ferro II

– Fe(OH)3 - hidróxido de ferro III

• Alternativamente pode se usar as terminações –oso para o


menor número de oxidação e –ico para o maior
Características gerais das bases

 Apresentam sabor caústico;

 Neutralizam ácidos formando sal e água;

 Conduzem corrente elétrica quando em solução.


Bases importantes:

1) NaOH – Hidróxido de sódio (Soda caústica - comercial)

É um sólido branco floculado muito solúvel em


água além de extremamente caústico.

É usado na desidratação de gorduras, no


branqueamento de fibras (celulose), na fabricação de
sabões e detergentes e como desentupidor de ralos e
esgotos.

*Sabões e detergentes são chamados de agentes


tensoativos e possuem caráter básico.
2) Ca(OH)2 – Hidróxido de cálcio (cal apagada, hidratada)

• É uma suspensão aquosa de aparência leitosa, obtida


a partir do CaO (cal virgem).

• É usada na caiação de paredes e muros, na


neutralização de solos ácidos e na fabricação de doces.

CaO + H2O → Ca(OH)2


3) Mg(OH)2 – Hidróxido de magnésio (Leite de magnésia)

• É uma suspensão leitosa, obtida a partir do MgO.

• É usada como antiácido estomacal e também como


laxante.

Mg(OH)2 + 2HCl → MgCl2 + 2H2O

*Antigamente era aplicada nas axilas para impedir a ação dos


ácidos que causam odores indesejáveis.
4) Al(OH)3 – Hidróxido de alumínio (Maalox)

É uma suspensão gelatinosa que pode adsorver


moléculas orgânicas que por ventura estejam em
solução aquosa (no tratamento da água).

É usada como antiácido estomacal, para


tingimentos e na preparação de lacas (resina ou verniz)
para pintura artística.

*Como antiácido estomacal recebe os nomes de Mylantha plus e Gelmax .


SAIS
Sais
Sal é todo composto que em água dissocia
liberando um cátion ≠ de H+ e um ânion ≠de OH-.
A reação de um ácido com uma base recebe o
nome de neutralização ou salificação.

Ácido + Base ↔ Sal + Água

Salificação

HCl + NaOH ↔ NaCl + H2O


Neutralização
1 - Sal neutro ou sal normal
Quando em uma reação de neutralização todos
os cátions H+, originados do ácido, neutralizam todos
os ânions OH-
(H+ ionizáveis = OH-):

H2CO3 + Ca(OH)2 ↔ CaCO3 + 2 H2O

2 NaOH + H2SO4 → NaSO4 + 2 H2O


2 - Sais Ácidos e Sais Básicos
Se a quantidade de ácido ou base for menor
do aquela necessária para neutralizar todos os
íons H+ ou OH- disponíveis, a neutralização é
chamada parcial. (H+ ionizáveis ≠ OH-)

H2CO3 + NaOH ↔ NaHCO3 + H2O

Sal ácido ou hidrogenossal

HCl + Mg(OH)2 ↔ Mg(OH)Cl + H2O


Sal básico ou hidróxissal
Ex. NaOH + H3PO4 → NaH2PO4 + H2O

OH-- H – O
Na+ OH
H–O P O
H–O

Formará o sal ácido ou hidrogenossal

Na+ O-
H–O P O + H–O–H
H–O
Al(OH)3 + HCl → Al(OH)2Cl + H2O

Al+3 OH- + H+ Cl- → Al+3 Cl- + H–O–H


OH- OH-
OH- OH-

Formará o sal básico ou hidroxissal → contém


um ou mais íons OH-, devido a neutralização
parcial da base.
3 - Sais Mistos

Contém em sua fórmula dois cátions diferentes


ou dois ânions diferentes.

3.1 - Sal originado da reação de um ácido com


duas bases diferentes:

NaOH + KOH + H2SO4 → NaKSO4 + 2H2O


sal
3 - Sais Mistos

3.2 - Sal originado da reação de uma base com


dois ácidos diferentes

HNO3 + H2SO4 + Al(OH)3 → Al(NO)3SO4 + 3H2O


sal
4 - Sais hidratados e anidros

• Se dissolvermos um sal qualquer em água, seus


íons se separam (fenômeno da dissociação). Se
depois disso, a água for evaporada, os íons
começam a se reagrupar, formando um retículo
cristalino sólido organizado segundo um padrão
geométrico definido (cubo, prisma hexagonal, etc.).

• Esse processo é chamado de cristalização.


4 - Sais hidratados

De maneira geral, os retículos cristalinos


contêm apenas os íons (+ e -) de um sal, mas
há casos em que esses íons, ao se agruparem,
arrastam consigo moléculas de água, que
passam a fazer parte do retículo → são os sais
hidratados.
• Eles apresentam em suas fórmulas um certo
número de moléculas de H2O presentes em cada
conjunto iônico sólido.

– CaCl2 . 2H2O

– CaSO4 . 5H2O

• A apresentação nH2O significa que no sal existem n


moléculas de água.

• Ex. Na2SO4 . 10 H2O - para cada conjunto de dois


cátions Na+ e um ânion SO4- existem dez moléculas
de água → chamadas de águas de hidratação.
5 - Sais anidros

• Aquecido a uma temperatura adequada, um sal


hidratado perde suas águas de hidratação.

• Essa temperatura varia de uma substância para


outra e é chamada → temperatura de
desidratação.

• O sal resultante é um sal anidro


6 – Sais duplos
• Se dissolvermos em água dois sais ao mesmo tempo
e depois evaporarmos a água, os íons se arranjarão
formando um só retículo, diferente dos retículos
originais de cada sal.

• Este retículo único, obtido através da cristalização de


dois sais, constitui um sal duplo. Que pode ou não
ser hidratado.

• KCl . MgCl2 . 6H2O

• K2SO4 . Al2(SO4)3 . 24H2O (pedra-ume)


7 - Sais Oxigenados e não-oxigenados

- Oxissais ou sais oxigenados:

CaSO4 , CaCO3 , KNO3

- Halóides ou sais não oxigenados:

NaCl , CaCl2 , KCl


1 - Classificação Quanto ao Número
de Elementos

– Binários: NaCl , KBr , CaCl2


– Ternários: CaSO4 , Al2(SO4)3
– Quaternários: NaCNO , Na4Fe(CN)6
2. Quanto à Presença de Água

- Hidratados: CuSO4.5 H2O; CaSO4.2 H2O


- Anidro: KCl; NaCl; CaSO4

3. Quanto à Natureza
- Neutros ou normais: NaBr; CaCO3
- Ácidos ou Hidrogenossais: NaHCO3; CaHPO4
- Básicos ou Hidroxissais: Ca(OH)Br
- Duplos ou mistos: NaKSO4; CaClBr
Nomenclatura
Obedece à expressão:
(nome do ânion) de (nome do cátion)

O nome do sal normal guarda correspondência


com o nome do ácido que o origina:

Sufixo do ácido Sufixo do ânion


ídrico eto
ico ato
oso ito

H2SO4 + Ca(OH)2 ↔ CaSO4 + 2 H2O


Sulfato de cálcio (gesso)
NOMEANDO HIDROGENOSSAIS E
HIDROXISSAIS
• O nome desses sais é formado pelo acréscimo dos prefixos
numéricos gregos mono-, di-, tri-, tetra-, penta- ... de acordo
com o número de H ou de OH da fórmula.

NaH2PO4 - diidrogenofosfato de sódio

Na2HPO4 - monoidrogenofosfato de sódio - hidrogenofosfato...

Al(OH)2F - diidroxifluoreto de alumínio

Ca(OH)Cl – hidroxicloreto de cálcio


NOMEANDO SAIS HIDRATADOS

• Indicamos o número de moléculas de água de


hidratação com os prefixos numéricos gregos.

• Exemplos:

CaCl2 . 2H2O – cloreto de cálcio diidratado

Na2SO4 . 10H2O – sulfato de sódio decaidratado


NOMEANDO SAIS MISTOS
Indicamos os nomes de todos os cátions e
ânions da fórmula:

• Exemplos:

NaCa(PO4) – fosfato de sódio e cálcio

KAl(SO4)2 – sulfato de potássio e alumínio

Mg(NH4)(PO4) – fosfato de magnésio e amônio

Mg(NO3)I – iodetonitrato de magnésio


Sais importantes:
1) NaHCO3 – Bicarbonato de sódio (ENO,Sonrisal)

É um pó branco que perde CO2 com facilidade


(efervescência).
É usado como antiácido estomacal , fermento
químico e nos extintores de incêndio.
H2CO3

NaHCO3 + H2O → NaOH + H2O+ CO2↑

*Pode ser usado para neutralizar os ácidos graxos na manteiga


rançosa.
2) CaCO3 – Carbonato de cálcio (mármore, calcáreo)

É um sólido branco que por aquecimento perde


CO2 e produz CaO (calcinação).
É usado na fabricação de cimentos(Portland),
como corretivo do solo e como fundente em
metalurgia.

CaCO3 → CaO + CO2↑

*Na Espanha é encontrado na região de Aragón, daí seu nome mineral


(aragonita). Na forma de estalagmites pode ser chamado de calcita (mármore
Carrara).
3) NaNO3 – Nitrato de sódio (Salitre do Chile)

• É um sólido cristalizado no sistema cúbico, além de


ser um ótimo oxidante para reações químicas.

• É usado na fabricação de fertilizantes e explosivos.

*Nos Andes era utilizado na conservação da carne por ser


higroscópico.
4) NH4Cl – Cloreto de amônio (Sal amoníaco)

• É um sólido granulado obtido do líquido amoniacal


das fábricas de gás.

• É usado na fabricação de fabricação de pilhas secas,


na soldagem , na galvanização do ferro e na
fabricação de tecidos.

*Por ser higroscópico é utilizado na fabricação de bolachas.