Você está na página 1de 25

MANUTENÇÃO DE BENEFÍCIOS: VT, VR e VA

O cálculo dos benefícios de Vale Transporte (VT), Vale Refeição (VR) e Vale Alimentação (VA) deve ser feito
de forma automática pelo Protheus. Para isso, devemos cadastrar o benefício para o empregado no
momento da admissão.

CADASTRO DE VALE ALIMENTAÇÃO/VALE REFEIÇÃO

Acesse o módulo 07 – GESTÃO DE PESSOAL, menu Atualizações> Benefícios>


Vt/Vr/Va> Atualização. Em seguida, selecione o tipo do benefício desejado e clique em
“OK”:

Selecione o empregado desejado.

Caso o empregado já tenha o


benefício cadastrado e haja a
necessidade de fazer alguma
Para cadastrar o benefício para o alteração, clique em “Outras
empregado, clique em “Incluir”. Ações> Alterar”.
Para cadastrar o benefício, preencha apenas os campos em destaque:

Selecione o tipo de benefício Informe a quantidade de vales por


desejado. dia útil (Sempre 1).

O Protheus está parametrizado para calcular a quantidade total do benefício para o empregado. Porém, em
Após preencher os campos, clique
caso de exceções, é possível informar ao sistema uma quantidade específica. Exemplo: A quantidade padrão
em “Salvar”.
de VA é 24, mas eu quero descontar 5 referentes a faltas do mês anterior. Para isso, basta informar, na
coluna “D.Prop.Inf”, a quantidade de VA com o desconto, ou seja, 19.

Após o cadastro, é possível fazer o cálculo individual do benefício.

O sistema exibirá a tela de processamento e, em seguida, o log com as informações do cálculo realizado.

.....................
Após o cálculo, é possível consultar na mesma tela os valores calculados.
Nº de dias úteis no Valor descontado
mês do empregado

Nº de dias calculados
Valor diário de Valor pago pela
Vale Alimentação empresa

Custo total com o benefício

Histórico de Vale Alimentação dos


meses anteriores

CADASTRO DE VALE TRANSPORTE

Acesse o módulo 07 – GESTÃO DE PESSOAL, menu Atualizações> Benefícios>


Vt/Vr/Va> Atualização. Em seguida, selecione o tipo do benefício desejado e clique em
“OK”:

Selecione o empregado desejado.


Caso o empregado já tenha o
benefício cadastrado e haja a
necessidade de fazer alguma
Para cadastrar o benefício para o alteração, clique em “Outras
empregado, clique em “Incluir”. Ações> Alterar”.

Para cadastrar o benefício, preencha apenas os campos em destaque:

Informe o valor da tarifa do Informe a quantidade


transporte. de viagens por dia útil.

O Protheus está parametrizado para calcular a quantidade total Após preencher os


do benefício de acordo com os dias trabalhados. Porém, em caso campos, clique em
de exceções, é possível informar ao sistema uma quantidade “Salvar”.
específica. Exemplo: O mês tem 21 dias trabalhados, mas eu
quero descontar 1 dia referente à falta do mês anterior. Para
isso, basta informar, na coluna “D.Prop.Inf”, a quantidade de dias
com o desconto, ou seja, 20.

IMPORTANTE:
1. Caso o valor da tarifa desejada não conste na lista, solicite a inclusão do valor para a Coordenação
de Departamento Pessoal.
2. O benefício deve ser concedido ao empregado para o transporte de ida e volta de casa para o
trabalho. Não deve contemplar transporte para faculdade ou deslocamento durante o horário de
almoço.
Após o cadastro, é possível fazer o cálculo individual do benefício.

O sistema exibirá a tela de processamento e, em seguida, o log com as informações do cálculo realizado.

.....................

Após o cálculo, é possível consultar na mesma tela os valores calculados.

Nº de dias calculados Nº de dias Valor unitário do Valor descontado Valor pago pela
úteis no mês Vale Transporte do empregado empresa

Custo total com o benefício

Histórico de Vale Transporte


dos meses anteriores
CÁLCULO DOS BENEFÍCIOS

O cálculo dos benefícios deve ser feito após finalizarmos os cadastros e ajustes do mês. Ele pode ser feito
de forma individual, conforme tratado anteriormente, ou por meio de um cálculo geral por roteiro, como
nas orientações a seguir.
Acesse o módulo 07 – GESTÃO DE PESSOAL, menu Miscelânea> Cálculos> Cálculo
Integrado.

Informe os filtros para a execução do cálculo e selecione o item a ser calculado.

Após preencher os
filtros e selecionar os Número da Unidade Número do processo Nome do roteiro (sempre em
itens para cálculo, no Protheus (sempre 00001) letras maiúsculas)
clique em CALCULAR.
Em seguida, informe os
critérios do cálculo e
clique em OK.

Seleção para cálculo Código do Número do


período pagamento
(ano/mês) (sempre 01)

O sistema exibirá a tela de processamento e, em seguida, o log com as informações do cálculo realizado:

Número de empregados
calculados
GERAÇÃO DO MAPA DE BENEFÍCIOS

Após calculados os benefícios, deve ser gerado o mapa para conferência. Se for identificada alguma
inconsistência nos valores, os ajustes devem ser feitos e o benefício deve ser recalculado para a geração de
um novo mapa sem inconsistências.

IMPORTANTE: O mapa deverá ser enviado à Coordenação de Departamento Pessoal no prazo apontado
pelo Cronograma de Fechamento e deve expressar a realidade da compra dos benefícios, ou seja, o valor
do mapa deve ser o mesmo da fatura de compra do benefício.

Acesse o módulo 07 – GESTÃO DE PESSOAL, menu Atualizações> Benefícios>


Vt/Vr/Va> Impressão do Mapa. Em seguida, selecione o tipo do benefício desejado e
clique em “OK”:

Clique em Outras Opções> Parâmetros. Ainda nessa tela, é possível alterar as


configurações padronizadas do mapa que será gerado.

Nome do arquivo

Tipos de arquivo

Tipo e orientação do
papel

Ordenação dos
empregados no mapa.
Pode ser por matrícula,
nome ou centro de custo.
Número do Processo
(sempre 00001)

Período desejado

Número do pagamento
(não editável)

Número da filial

Se deseja gerar o mapa de


toda a empresa, deixe
este campo em branco.

A matrícula ou o nome só
são necessários em caso
de geração do mapa para
um empregado específico.

Escolha se deseja
imprimir cada centro de
custo em uma página
diferente.

Selecione as “Situações” e
“Categorias” que deseja
imprimir.

Após preencher os
parâmetros, clique em
“OK”.

Após a confirmação dos parâmetros, o sistema retornará à tela anterior. Clique em “Imprimir”.
O mapa será gerado e exibido na tela para impressão e conferência.

..............................
PONTO ELETRÔNICO - PROTHEUS

Este comunicado tem como objetivo orientar os usuários quanto à parametrização e ao


funcionamento do módulo Ponto Eletrônico no Protheus.

O pleno funcionamento do módulo está condicionado à realização prévia de alguns cadastros,


cujas informações organizam os registros de ponto de cada empregado, conforme o passo a
passo a seguir:

ACESSO AO SISTEMA

Data base: última data do período (períodos anteriores) ou


data atual.

Filial: Código da Unidade (filial).

Ambiente: 16 – Ponto Eletrônico.

CADASTRO DE TURNO
Atualizações > Cadastros Gerais > Turnos de Trabalho > Confirma > Incluir.

Aba “Gerais”:

Campo de preenchimento Preencher conforme o padrão estabelecido


automático conforme sequência. no quadro de turnos de trabalho.

1
Para melhor visualização e entendimento, o nome do turno de trabalho deverá ser
uniformizado conforme o padrão a seguir.

FUNÇÃO (função do empregado) 01 (numerador para mais de um horário na mesma função)


HORÁRIO (hora trabalhada) DIAS (dias trabalhados).

No quadro a seguir, seguem alguns exemplos de utilização do padrão dos turnos de trabalho.
Caso a Unidade identifique a necessidade de cadastrar uma nova função não mencionada, deve
consultar seu técnico na Coordenação de Departamento Pessoal.

Função Horário Exemplo


Administrativo (duplo vínculo) 08:00 - 12:00 ADM 02 - 08:00 12:00 SEG A SEX
Administrativo (um vínculo) 08:00 - 12:00 - 13:00 - 17:00 ADM 01 - 08:00 12:00 13:00 17:00 SEG A SEX
Auxiliar de Saúde Bucal 08:00 - 12:00 - 14:00 - 18:00 ASB 01 - 08:00 12:00 14:00 18:00 SEG A SEX
Auxiliar de Serviços Gerais 08:00 - 11:30 - 13:30 - 18:00 SERV GER 01 - 08:00 11:30 13:30 18:00 SEG A SAB
Fisioterapeuta 14:00 - 18:00 FISIO 01 - 14:00 18:00 SEG A SEX
Instrutor 08:00 - 12:00 - 13:00 - 17:00 INSTR 01 - 08:00 12:00 13:00 17:00 SEG A SEX
Nutricionista 09:00 - 13:00 NUTRI 01 - 09:00 13:00 SEG A SEX
Odontólogo 08:00 - 12:00 ODONT 01 - 08:00 12:00 SEG A SEX
Porteiro (diurno) 07:00 - 19:00 PORTE D 01 - 07:00 19:00 SEG A SEX
Porteiro (noturno) 19:00 - 07:00 PORTE N 01 - 19:00 07:00 SEG A SEX
Promotor de Esporte e Lazer 08:30 - 12:00 - 13:00 - 17:30 PEL 01 - 08:30 12:00 13:00 17:30 SEG A SEX
Psicólogo 09:00 - 12:00 - 13:00 - 18:00 PSICO 01 - 09:00 12:00 13:00 18:00 SEG A SEX
Salva-Vidas 07:00 - 12:00 - 13:00 - 16:00 SV 01 - 07:00 12:00 13:00 16:00 TER A DOM
Téc. de Formação Profissional 08:00 - 12:00 - 13:00 - 17:00 TFP 01 - 08:00 12:00 13:00 17:00 SEG A SEX

OBSERVAÇÃO: Os horários descritos acima são meramente ilustrativos. É de responsabilidade do Gestor


da Unidade definir o horário de trabalho da equipe de acordo com a carga horária estipulada em Ato.
Na descrição do turno é permitido apenas o hífen (-) e dois pontos (:) como caractere especial. Os
demais são rejeitados pelo e-Social.

Aba “Informações Folha”:

Na aba “Informações Folha”, não é necessário o preenchimento de nenhum campo.


Aba “Informações Ponto”:

Para todas as funções, exceto para Porteiro, o único campo que deve ser alterado é “Tp.
Jornada”. Os demais campos foram pré-definidos.

Para todas as funções, exceto para os porteiros,


selecionar a opção “00 – Normal”.

Para a função de 12x36, deve-se preencher da seguinte forma:

NÃO - Em caso de saída NÃO - Em caso de NÃO – Essa informação vem NÃO - Em caso de falta,
antecipada, não considerar atrasos, não considerar da regra de apontamento não considerar horas
horas noturnas. horas noturnas. dos porteiros. noturnas.

SIM – Considera hora Preencher regra de


noturna trabalhada. revezamento com “12X36”.

SIM – Considera
intervalo noturno Para os porteiros, selecionar a
trabalhado. opção “01 – Escala 12X36”.
TABELA DE HORÁRIO PADRÃO – 12x36
Informar quantas
Informar quantas
horas antes do
horas após o
Informar se é um horário o
horário, o
dia trabalhado, empregado
empregado poderá
não trabalhado, ou poderá registrar o Informar “SIM” para a
registrar o ponto
DSR. Para cada ponto para a “1ª.S.Interv.” e “NÃO” para
para a marcação
semana marcação ser Informar o horário “2ª.S.Interv.”, pois somente a
ser considerada no
(sequência), deve considerada no de trabalho do primeira saída se trata de um
mesmo dia.
haver um DSR. mesmo dia. porteiro. intervalo.

Sempre que a escala for variável como a dos porteiros – que, em


uma semana, trabalham às segundas, quartas, sextas e aos
domingos, e na outra semana, trabalham às terças, quintas e aos
sábados –, mais uma sequência deve ser cadastrada. A sequência
aparece na tela ao finalizar o primeiro cadastro, com a indicação
do número no canto superior direito da tela.

Após cadastradas todas as sequências, é possível consultá-las por completo ao selecionar o


horário e clicar em “Visualizar”:
TABELA DE HORÁRIO PADRÃO – NORMAL

Informar quantas
Informar se é um Informar quantas
horas antes do
dia trabalhado, horas após o
horário o
ou DSR. Para horário o
empregado
instrutores, não empregado poderá Informar “SIM” para a
poderá registrar o
devem existir registrar o ponto “1ª.S.Interv.” e “NÃO” para
ponto para a
dias para a marcação “2ª.S.Interv.”, pois somente a
marcação ser Informar o horário
compensados ou ser considerada no primeira saída se trata de um
considerada no de trabalho do
não trabalhados. mesmo dia. intervalo.
mesmo dia. instrutor.

Para os instrutores, deverão ser cadastrados seis dias como trabalhados e um dia como DSR (o
DSR deve ser o dia em que a Unidade dará folga ao empregado).

O horário de trabalho deve ser informado em apenas uma sequência, e os limites inferior e
superior devem ser cadastrados de maneira que compreendam todo o horário em que é
possível que o instrutor possa trabalhar, considerando possíveis variações.

O horário de trabalho do instrutor terá característica flexível, ou seja, o sistema buscará o


cálculo da quantidade de horas trabalhadas no dia independentemente dos horários de
entrada, saída e intervalo. O caráter flexível desse horário não isenta o empregado do
cumprimento da sua carga horária diária

Nos dias de folga do instrutor, serão gerados débitos que devem ser abonados com o motivo da
justificativa “Folga”.
TABELA DE HORÁRIO PADRÃO – diversos
Informar quantas Informar quantas
horas antes do horas após o
horário o horário, o
empregado Informar se a primeira ou
empregado poderá segunda saída se trata de um
poderá registrar o registrar o ponto
Informar se é um ponto para a intervalo. Como se trata de um
para a marcação odontólogo, que possui vários
dia trabalhado, marcação ser Informar o horário
ser considerada no intervalos, devemos marcar
não trabalhado considerada no de trabalho com
mesmo dia. “SIM”.
ou DSR. mesmo dia. todos os intervalos.

O horário do odontólogo possui vários intervalos, que são as pausas de 10 (dez) minutos a cada
90 (noventa) minutos trabalhados. Eles devem ser registrados na tabela de horário padrão e,
em função disso, os campos “1ª.S.Interv.” e “2ª.S.Interv.” são marcados como “SIM”.

TROCA DE TURNO
Atualizações > Funcionários > Troca de Turno > Confirma > Busca o empregado > Outras Ações
> Alterar.

Quando surgir a necessidade de alterar o horário do empregado, utilize a rotina de troca de


turno, em que devem ser informadas qual a sequência e qual a regra a que o empregado está
vinculado.

Para os empregados que possuem escala de trabalho, como os porteiros, o campo “sequência”
é muito importante, pois é nele que deve ser informado em qual sequência, “01” ou “02”, o
empregado estava trabalhando no primeiro dia do período (em casos de períodos anteriores)
ou a data em que, de fato, ocorreu a mudança. É a partir dessa informação que as marcações
serão gravadas corretamente.
Outro campo importante é o “REGRA”. Nesse campo, estão cadastrados os parâmetros para
apuração das marcações. As funções que têm apuração diferenciada das demais possuem
regras específicas, como os odontólogos, instrutores e porteiros.

Na troca de turno, a data a ser informada é a do primeiro dia do período em caso de alteração
para meses anteriores. Caso a troca de turno ocorra no mês corrente, a data a ser informada é
a que ocorreu efetivamente a alteração.

OBSERVAÇÃO: O turno no cadastro do empregado será atualizado após o fechamento do


período.

Nesses campos, o sistema Aqui, devemos informar


mostra o turno, a para qual turno,
sequência e a regra em sequência e regra
que o empregado se desejamos transferir o
encontra cadastrado. empregado.
CADASTRO DE RELÓGIO
Atualizações – Cadastro do Ponto – Relógios – Confirma – Incluir.

Para cadastrar um relógio no Protheus, acesse somente a aba “Geral”. As demais abas não
sofrerão alterações.
Informar o nome do Buscar o arquivo AFD na pasta
relógio. “SEST” ou Informar o número
C:\Temp\Ponto\. do REP.
“SENAT”.

Caso não exista, será necessário criar uma pasta “C:\TEMP\PONTO” para armazenar os arquivos
AFD.txt. Em caso de dúvidas ao criar a pasta, procure a Coordenação de Informática. O caminho
do arquivo não deve ser extenso, pois o campo possui limite de caracteres.

O número do REP (Registrador Eletrônico do Ponto) é encontrado no arquivo “AFD” e é


composto por 13 dígitos. A leitura somente é feita com a informação do número correto.

Todos os arquivos AFD devem conter Cabeçalho, Número do REP e Totalizador, caso contrário,
o arquivo será inválido.

Cabeçalho

Número do REP

Totalizador
CADASTRO DE MOTIVO DE ABONO/JUSTIFICATIVA
Atualizações > Cadastro de Ponto > Motivos Abono/Justificativa > Confirma > Incluir

Informar se abona Informar o nome da Informar se abona


DSR: SIM. justificativa. horas: SIM.

Essa rotina serve para incluir um motivo específico de abono no sistema. As principais
justificativas já estão cadastradas.

LEITURA/APONTAMENTO MARCAÇÕES
Miscelânea > Cálculos > Leitura/Apontamento Marcações > Confirma

IMPORTANTE: Para fins de leitura/apontamento, a data-


base deve ser sempre um dia anterior. Caso a leitura
seja de um período passado, a data deve ser o último
dia do período desejado.

Ao abrir a tela
de leitura das
marcações,
clique em
“Parâmetros.
Informar o código da
Unidade.

A utilização do
campo vazio até
9999 ou ZZZZZ é
utilizada para não
restringir a leitura,
alcançado, assim,
todos os registros.
Caso a intenção seja
ler algum
empregado ou
grupo específico,
esses campos
podem ser
informados.

Informar o período o
qual se deseja fazer
a leitura.

Informar de vazio
até 99 para ler todas
as regras de
apontamento.

Preencher esses
campos conforme
descrito na imagem.

Após preencher os
parâmetros, clicar
em OK.
Após a confirmação, o sistema iniciará o processo de leitura das marcações. Ao concluir a
leitura das marcações, será gerado o “LOG de Ocorrências”. No LOG, é possível identificar o
número de marcações lidas e gravadas ou visualizar se ocorreu algum erro durante a leitura das
marcações que impossibilitou a gravação.

Indica que, dos


arquivos lidos, um
estava inválido.

Informa o número
de marcações lidas.

Informa o número
de marcações
gravadas.

Informa o número
de empregados que
tiveram as
marcações lidas.

MARCAÇÕES
Atualizações > Lançamentos > Marcações > Confirma

É possível inserir marcações ou excluir marcações indevidas por meio dos atalhos a seguir. Os
motivos de inclusão e exclusão devem ser informados.

Exclusão de marcação: Selecione a


marcação desejada e pressione F4.

Inclusão de marcação: As marcações


devem ser incluídas no local correto,
pois elas não são reordenadas. Para
incluí-las, selecione a marcação após a
que deseja incluir e pressione F5.
APONTAMENTO
Atualizações > Lançamentos > Apontamentos > Confirma

Essa rotina possibilita abonar ausências, atrasos e saídas antecipadas. Selecione a ocorrência a
ser abonada e clique na lupa da coluna “Mot.Abono” para escolher o tipo.

Caso seja necessário abonar parcialmente um débito, selecione a linha correspondente e


pressione F4. Na tela que se abrirá, informe o código do abono e, em “Hrs. Abonadas”, informe
a quantidade de horas que deseja abonar. Na mesma tela, é possível excluir o lançamento de
um apontamento ao selecionar o apontamento e pressionar “Delete”.

Observe no exemplo
que o débito é de
1h27 no dia
10/5/2018, mas foi
abonada apenas 1
hora.
REAPONTAMENTO DE MARCAÇÕES

Sempre que fizer alterações nas batidas após a leitura/apontamento das marcações, é
necessário reapontá-las para que o sistema organize novamente as batidas e considere os
lançamentos feitos, calculando horas extras, atrasos, saídas antecipadas, etc. Essa rotina
trabalha em conjunto com o cálculo mensal e pode ser feita de duas formas: geral e individual.

Geral: Miscelânea > Cálculos > Leitura/Apontamento Marcações > Confirma

Essa é a mesma rotina para


leitura/apontamentos, porém, ao preencher o
campo “Processamento” nos parâmetros,
escolha a opção APONTAMENTO.

Ao preencher os parâmetros, troque a opção


“AMBOS” por APONTAMENTO.

Individual: Atualizações > Lançamentos > Marcações > Confirma

Ao acessar a rotina, a tela de


marcações será aberta. Aperte a
tecla F9 e será aberta a tela ao
lado. Clique em “Salvar”.
BANCO DE HORAS
Atualizações > Lançamentos > Banco de Horas > Confirma

O banco de horas registra os créditos e débitos gerados diariamente para fins de compensação.
Nessa rotina, é possível realizar lançamentos manualmente, seja para inclusão de saldo inicial,
seja resultante de trabalho externo. Os valores lançados impactam diretamente o saldo mensal
de horas.

Para incluir saldo anterior, informe uma data anterior ao período em questão, o código do
evento e a quantidade de horas.

Para inclusão de saldo anterior, informe uma data anterior Informe a quantidade
ao período atual. Para inclusão de banco referente a de horas.
trabalho externo, informe a data atual. Em seguida, clique na
lupa e selecione o código do evento desejado.

CÁLCULO MENSAL
Miscelânea > Cálculos > Cálculo Mensal > Confirma

Após a realização de todos os ajustes,


justificativas e abonos necessários, deve ser
realizado o cálculo mensal para a ordenação
e apuração das marcações de acordo com as
configurações vinculadas para cada
empregado. Ao acessar a rotina, será aberta
a tela ao lado. Clique em “Parâmetros”.
Informar o código da
Unidade.

A utilização do
campo vazio até
9999 ou ZZZZZ é
utilizada para não
restringir a pesquisa,
alcançado, assim,
todos os registros.
Nesse exemplo, foi
solicitada a geração
de uma única
matrícula, mas é
possível solicitar
para todas deixando
de campo vazio até
ZZZZZ.

Preencher esses
campos conforme
descrito na imagem.

Informar o período o
qual se deseja fazer
o cálculo.

Informar de vazio
até 99 para calcular
todos os registros.

Após preencher os
parâmetros, clicar
em “SIM”.
ESPELHO DE PONTO
Relatórios > Sest/Senat > Espelho de Ponto > Confirma

1º - Escolha o
diretório onde o
arquivo deverá ser
salvo.

3º - Defina a
orientação da
impressão.

4º - Selecione o
formato.

2º - Defina os
parâmetros para
impressão.

5º - Clique em “OK”
para a geração do
espelho de ponto.