Você está na página 1de 4

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO UEMA

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO - PROG

PLANO DE CURSO
CÓDIGO:
DISCIPLINA: ANTROPOLOGIA

PERÍODO: ANO/SEMESTRE: 2019.2

CH TEÓRICA: CH PRÁTICA: CH TOTAL: NÚCLEO:


30 H 30 H 60 H ( ) COMUM
( ) ESPECÍFICO
( ) LIVRE

PROFESSOR(A): JADEYLSON FERREIRA MOREIRA

O Campo de Estudo da Antropologia. O significado das diferenças culturais. O sistema


cultural e a política. Antropologia e saúde. Cidadania e saúde, corpo, envelhecimento e seus
significados.

(Explicitar a importância dos conteúdos a serem trabalhados e sua articulação com o projeto
pedagógico do curso.)
EMENTA

JUSTIFICATIVA

OBJETIVO

Possibilitar uma ampla visão da Antropologia como ciência, seus objetos e campos de estudo
associada à cidadania, corpo e saúde.
COMPETÊNCIAS

Identificar, analisar e produzir materiais e recursos para a utilização no campo da saúde,


diversificando as possíveis atividades e potencializando seu uso em diferentes situações
PROGRAMA

U.T. C/H
Unidade Temática 1 - Introdução à Antropologia

Competências: conhecer as diversas correntes teóricas que fundamentaram 10 H


a ascensão da antropologia enquanto ciência.

Unidade Temática 2 – Marcos Para um Pensamento Antropológico

Competências: compreender a constituição histórica da antropologia 10 H


através dos clássicos da escola evolucionista.

Unidade Temática 3 - A Antropologia nos Quadros das Ciências

Competências: Relacionar a Antropologia como ciência passível de 10 H


aplicação no campo da saúde.

Unidade Temática 4 - As Condições de Produção Social do Discurso do


médico – científico no campo da Antropologia da Saúde no Brasil.
Competências: Estabelecer um vínculo comum entre a produção científica 10 H
no campo da saúde e o campo sócio – antropológico.

Unidade Temática 5 - As Tensões Constitutivas da Prática Científica no


Campo da Saúde: um debate entre Antropologia e Enfermagem

Competências: Relacionar a Antropologia e a Enfermagem no contexto de 10 H


social do campo da saúde.

Unidade Temática 6 - As Principais Tendências da Antropologia


Contemporânea.

Competências: Demonstrar a utilidade da Antropologia nos quadros da 10 H


vivência da enfermagem

Carga Horária Total:

METODOLOGIA

Serão adotadas aulas expositivas bem como aulas dialogadas com a discussão de textos
após prévia leitura dos alunos, apresentação de seminários e outros procedimentos
avaliativos a ser discutidos com a turma. Com a utilização de recursos como: data show,
notebooks, etc.

AVALIAÇÃO

A avaliação levará em conta a participação da sala de aula, entrega de trabalhos escritos


(resumos, fichamentos e outros) e a realização de provas escritas/ e ou artigos aliada ao trabalho
de campo a ser adotado, a partir da discussão com os alunos.

REFERÊNCIAS

Referência Básica
CARDOSO DE OLIVEIRA, Roberto. O trabalho do antropólogo: olhar, ouvir e escrever. In:
trabalho do antropólogo. ___. Brasília: Ed. Paralelo; São Paulo: UNESP, 2000.

GEERTZ, Clifford. A interpretação das culturas. Rio de Janeiro: Ed. LTC, 1989.

KANUTH, DR. Representações Sobre Doença e Cura Entre Doentes Internados em Uma
Instituição Hospitalar. In: Cadernos de Antropologia 5, 1992.

LAPLANTINE, François. Antropologia da Doença. São Paulo: Martins Fontes, 1986.

LAPLANTINE, François. Aprender Antropologia. 3a Ed. São Paulo: Editora Brasiliense,2003.

LEVI-STRAUSS, Claude. A eficácia simbólica. In: ___. Antropologia Estrutural. Rio de Janeiro:
Ed. Tempo Brasileiro, 2003.

MALINOWSKI, Branislaw. Argonautas do Pacífico ocidental. São Paulo: Abril Cultural, 1984.

MAUSS, Marcel. O ensaio sobre a dádiva. In: ___. Sociologia e Antropologia. São Paulo: Editora
Cosac e Naify, 2003.

NINA RODRIGUES, Raimundo. Os Africanos no Brasil. Brasília: Ed. Universidade de Brasília,


2010.
RIGOTTO, RM. As Técnicas de Relatos Orais e o Estudo das Representações Sociais em Saúde.
In: Ciência e Saúde Coletiva 3, 1998.

Referência Complementar:

ALVES PC. La Antropologia Médica en Brasil y el Problema de la Interdisciplinariedad en los


Estudios Sobre Salud, pp. 187-196. In R Briceño-Leon (coord.). Ciencias sociales y salud en
America Latina: un balance. Fundación Polar, Caracas, 1998.
BARROS JUNIOR, Antônio Walter Ribeiro de et al. Antropologia: uma reflexão sobre o homem.
Bauru, SP: Bauru, 2011.

GEERTZ, Clifford. Nova luz sobre a antropologia. Rio de Janeiro: Ed. Jorge Zahar, 2011.

PROFESSOR(A)

Entregue em ___/____/______

_____________________________________
Professor(a) Responsável

APROVAÇÃO

Aprovado em reunião do Colegiado do Curso de


Em ___/____/______

_____________________________________
Coordenador do curso