Você está na página 1de 2

PROCEDIMENTO PRO 7.

CONTROLE DE PROJETOS REV. 01 Página 1 de 2

DESCRIÇÃO DAS ALTERAÇÕES / REVISÕES


Rev. Data Alterações
00 13/07/10 Emissão inicial

01 13/05/11 Alterado o responsável pela análise crítica

Elaboração / Revisão Análise Crítica Aprovação

Sérgio Henrique Terra Sérgio Henrique Terra Sérgio Henrique Terra


Diretor de Operações Diretor de Operações Diretor de Operações

1. OBJETIVO

Estabelecer a sistemática e responsabilidades analisar criticamente os projetos fornecidos pelos clientes e executar
os projetos das obras (etapas da obra ou todo).

2. DEFINIÇÕES

Projeto: Conjunto de todos os elementos necessários e suficientemente completos para a execução de uma obra ou
serviço, sendo apresentados de formas objetivas, precisas e detalhadas.

Análise Crítica de Projeto: Atividade realizada para determinar a pertinência, a adequação e a eficácia do projeto
que está sendo examinado, para alcançar os objetivos estabelecidos;

Documentação Técnica: Documentos complementares aos projetos e necessários para a boa execução das obras,
tais como: Desenhos, Memoriais, Especificações Técnicas, Caderno de Detalhes, dentre outros.

3. DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES E RESPONSABILIDADES

3.1. Análise Crítica dos Projetos e Documentação Técnica

Os projetos e a documentação técnica fornecidos pelo cliente são analisados criticamente antes da execução da
obra. O responsável pela análise crítica desses documentos é o Diretor de Operações ou responsável pelo Setor de
Engenharia.

A análise crítica deve verificar:


 Clareza das informações;
 Detalhamento suficiente;
 Adequação do projeto;
 Compatibilidade do processo executivo;
 Compatibilidade entre as diversas atividades técnicas (hidráulica, elétrica, estrutura, arquitetura, etc.);
 Necessidades de alterações ou adaptações;
 Outros aspectos julgados necessários;

A evidência da análise dos projetos e documentação técnica é o carimbo no próprio projeto com o visto do
responsável pela atividade, conforme modelo abaixo:
PROCEDIMENTO PRO 7.3

CONTROLE DE PROJETOS REV. 01 Página 2 de 2

O carimbo é batido nas cópias originais dos projetos e que são enviados à obra.

NOTA: A análise dos projetos não exime o projetista da responsabilidade técnica e civil sobre o projeto e não
implica que a GEPLAN esteja assumindo a responsabilidade sobre eventuais falhas não detectadas no projeto.

3.2. Necessidade de Ações e Comunicação ao Cliente

A análise crítica dos projetos e documentação técnica pode apontar algumas ações sobre os mesmos. Essas ações
são registradas e enviadas via correio eletrônico ou através de ofício, com a descrição de todas as observações
apontadas.

3.3. Controle de Distribuição dos Projetos

A distribuição dos projetos e documentação técnica é realizada através da Lista Mestra que fica no escritório e é
controlada pelo RD.

Quando houver alguma alteração de um projeto ou inclusão de projeto novo, a informação é passada ao RD que
atualiza a lista mestra.

4. REGISTROS

Os registros que evidenciam o cumprimento dessas atividades e seus controles são os seguintes:

Identificação Armazenamento Recuperação Proteção Tempo de Retenção Disposição

Projetos e Documentação Arquivo


Obra Por obra Armário Até o término da obra
Técnica permanente

Ofícios de Análise dos Projetos Arquivo


Setor de Engenharia Por obra Pasta Até o término da obra
e Documentação Técnica permanente