Você está na página 1de 7

1)

“A grande questão econômica da Era Lula se relaciona com o potencial dinamizador de


uma estratégia socialmente orientada, em uma versão adaptada (e muito atenuada) do
sucesso europeu na era socialdemocrata. Mas esta lição não diz respeito apenas ao
sucesso ou ao que foi conquistado. As dificuldades econômicas e políticas dos últimos
dois ou três anos sinalizam que uma verdadeira sociedade civilizada (ou
socialdemocrata) não pode ser construída apenas com base no (1) de massas, sem os
outros elementos típicos e virtuosos dos arranjos sociais mais avançados. A prioridade
para a melhoria dos serviços públicos e uma (2) progressiva surgem, portanto, como as
diretrizes mais adequadas para aprofundar e renovar o “social-desenvolvimentismo”
esboçado, evitar o retorno a uma agenda liberal (ou uma busca a qualquer custo da
competitividade) e retomar a o (3).” 

Escolha a alternativa que preenche corretamente as lacunas do texto: 

Alternativas:

 Consumo; reforma tributária; crescimento econômico.

checkCORRETO

 Consumo; inflação; crescimento econômico.


 Endividamento; reforma tributária; regime de bandas cambiais.
 Endividamento; reforma tributária; crescimento econômico.
 Endividamento; reforma tributária; câmbio flutuante.

Resolução comentada:

“A grande questão econômica da Era Lula se relaciona com o potencial dinamizador de


uma estratégia socialmente orientada, em uma versão adaptada (e muito atenuada) do
sucesso europeu na era socialdemocrata. Mas esta lição não diz respeito apenas ao
sucesso ou ao que foi conquistado. As dificuldades econômicas e políticas dos últimos
dois ou três anos sinalizam que uma verdadeira sociedade civilizada (ou
socialdemocrata) não pode ser construída apenas com base no consumo de massas, sem
os outros elementos típicos e virtuosos dos arranjos sociais mais avançados. A
prioridade para a melhoria dos serviços públicos e uma reforma tributária progressiva
surgem, portanto, como as diretrizes mais adequadas para aprofundar e renovar o
“social-desenvolvimentismo” esboçado, evitar o retorno a uma agenda liberal (ou uma
busca a qualquer custo da competitividade) e retomar a o crescimento econômico.” 

Código da questão: 27298


2)

Apesar dos muitos sucessos do plano real, parte de sua estratégia de implementação foi
responsável por danos estruturais à economia brasileira, na década de 1990. Com base
nisso, analise os itens abaixo com relação a esses elementos. 
I. A elevação da taxa de juros para amenizar o endividamento externo. 

II. O elevado custo de manutenção da paridade cambial, com correspondente


endividamento externo. 

III. O crescimento da informalidade e do desemprego, no período. 

IV. A vulnerabilidade externa frente aos movimentos internacionais de capitais. 

Agora, assinale a alternativa que apresenta somente os itens corretos. 

Alternativas:

 I, II, III.
 I, II, III, IV.

checkCORRETO

 II, IV.
 I, III.
 I, II, IV.

Resolução comentada:

Todas as alternativas listam diferentes limitações do plano, responsáveis por danos


estruturais à economia brasileira e comprometimento da estabilidade no médio-longo
prazo. 

Código da questão: 27290


3)

O crescimento do período 2003-2012 pode ser explicado a partir da conjuntura


internacional e de decisões peculiares da política econômica, no âmbito nacional.
Respectivamente, essas explicações partem da(do): 

Alternativas:

 Adoção da âncora cambial e desindexação.


 Elevação da renda média e programas de transferência de renda.
 Todas as alternativas anteriores.
 Disponibilidade de capitais nos mercados financeiros internacionais e ciclo de
privatizações.
 Alta no preço das commodities e políticas pautadas no crescimento com
distribuição de renda.

checkCORRETO
Resolução comentada:

O expressivo crescimento observado nesse período pode ser creditado a alta no preço
das commodities e à condução da política econômica com vistas às finalidades de
crescimento e distribuição de renda. 

Código da questão: 27303


4)

Assinale a alternativa correta. Em um modelo keynesiano simples, se a propensão


marginal a poupar for 50% e houver um aumento de $200 milhões na demanda por
investimento, a expansão no produto nacional:

Alternativas:

 Não pode ser calculada, pois não se sabe qual a propensão marginal a consumir.
 Será de $ 200 milhões
 Será de $ 400 milhões.

checkCORRETO

 Será de $ 600 milhões.


 Não ocorrerá.

Resolução comentada:

Lembrando que a medida da variação da renda e/ou do produto a partir do investimento


é o multiplicador keynesiano do gasto, só nos resta calculá-lo. Como k = 1/PMgS,
temos que k = 1/0,5 . Logo, K=2. Assim, expansão no produto nacional será de duas
vezes a expansão no investimento: $400 milhões.

Código da questão: 27232


5)

“No plano fiscal, a ausência de uma reforma tributária que simplifique e reduza a carga
tributária sobre as atividades produtivas, além evidentemente de reverter seu caráter
concentrador da renda, é outro elemento negativo que deve ser destacado. A atual
estrutura tributária brasileira, além de impedir o crescimento mais acelerado das
atividades produtivas, reduz  os impactos das políticas de distribuição da renda.”

Escolha a alternativa abaixo que melhor explica a crítica proposta pelo autor. 

Alternativas:

 A necessidade de realização de uma reforma tributária abrangente para


internalização dos ganhos do boom de commodities.
 O sacrifício da estabilidade econômica a partir da adoção de medidas perdulárias
de gasto governamental.
 A não realização da reforma tributária mencionada está ligada diretamente aos
interesses políticos articulados em torno dos governos Lula e Dilma.
 A reforma tributária garantiria que a política de distribuição de renda tivesse
resultados superiores aos observados no período.

checkCORRETO

 A ausência de uma reforma tributária abrangente compromete a estabilidade de


preços no médio prazo.

Resolução comentada:

A reforma tributária garantiria que a política de distribuição de renda tivesse resultados


superiores aos observados no período. 

Código da questão: 27294


6)

Assinale a alternativa correta. A oferta agregada é desenhada como a representação de


uma das proposições fundamentais da Teoria Geral do Emprego, do Juro e da Moeda, a
obra de J. M. Keynes que serve de marco fundamental da macroeconomia moderna.
Trata-se da:

Alternativas:

 Identidade entre renda, produção e dispêndio, no chamado fluxo circular da


renda.
 Operação das economias capitalistas em desemprego de fatores, no caso geral, e
pleno emprego, em casos específicos.

checkCORRETO

 Teoria quantitativa da moeda, comprovada por Keynes em seus Ensaios


 Relação de determinação da poupança sobre o investimento.
 Causalidade entre gastos governamentais e elevação do nível geral de preços.

Resolução comentada:

No modelo keynesiano básico, o formato e a atuação da oferta agregada não


correspondem a uma função específica, mas à relação entre os momentos em
que a economia que pretendemos analisar opera com desemprego de fatores
e pleno emprego.

Código da questão: 27229


7)
Uma estrutura tributária é considerada (1) quando a alíquota cobrada aumenta quando a
renda do contribuinte aumenta. A estrutura tributária é considerada (2) quando, quanto
maior a renda do contribuinte, menor a tributação em proporção a sua renda.
Finalmente, uma estrutura tributária é considerada (3) ou neutra quando todos os
contribuintes pagam uma mesma parcela de imposto em relação a sua renda. Escolha a
alternativa que preenche correta e respectivamente as lacunas do texto. 

Alternativas:

 Regressiva; progressiva; equilibrada.


 Regressiva; progressiva; desproporcional.
 Progressiva; regressiva; desproporcional.
 Progressiva; regressiva; proporcional.

checkCORRETO

 Regressiva; progressiva; proporcional.

Resolução comentada:

Uma estrutura tributária é considerada progressiva quando a alíquota cobrada aumenta


quando a renda do contribuinte aumenta. A estrutura tributária é considerada regressiva
quando, quanto maior a renda do contribuinte, menor a tributação em proporção a sua
renda. Finalmente, uma estrutura tributária é considerada proporcional ou neutra quando
todos os contribuintes pagam uma mesma parcela de imposto em relação a sua renda. 

Código da questão: 27268


8)

De forma análoga, a crise do modelo de desenvolvimento encampado nesse período


pode ser entendida a partir de: 

Alternativas:

 Desaceleração dos mercados internacionais e crise política interna.

checkCORRETO

 Disputas comerciais entre os membros dos BRICS.


 Retorno à paridade cambial.
 Inflação causada pela elevação acumulada do salário mínimo.
 Agravamento da conjuntura econômica internacional e manutenção do cânone
de política econômica dos anos anteriores.

Resolução comentada:
A queda repentina da performance dos mercados internacionais, pós-2008, não atinge
imediatamente a economia brasileira, mas seus resultados são sentidos de forma
decisiva meia década mais tarde. A diminuição do ritmo de crescimento e uma modesta
elevação do nível geral de preços causam certa instabilidade, que desencadeia uma crise
política sem precedentes. 

Código da questão: 27304


9)

Um dos dados fundamentais do modelo keynesiano básico é a ligação entre lado real e
lado monetário da economia. O elemento central dessa ligação é a:

Alternativas:

 Taxa de câmbio.
 Especulação.
 Inflação.
 Taxa de juros.

checkCORRETO

 Demanda agregada.

Resolução comentada:

A ligação entre essas duas dimensões é garantida pela taxa de juros, preço de equilíbrio
do mercado de moeda e elemento determinante da demanda de investimento.

Código da questão: 27252

10)

Alternativas:

 Oligopólio.

checkCORRETO

 Monopólio.
 Concorrência perfeita.
 Nenhuma das alternativas anteriores.
 Concorrência monopolista.

Resolução comentada:

O pequeno número de empresas (Nintendo, Sony e Microsoft) e a divisão do mercado


em fatias significativas entre elas é representativa de um oligopólio.
Código da questão: 51273