Você está na página 1de 9

ENIMPACTO E ESTRATÉGIA ESTADUAL NO RIO DE JANEIRO

Lucas Ramalho Maciel


Enimpacto

05 de novembro de 2020
POR QUE CRIAMOS A
ENIMPACTO?
ENIMPACTO
Objetivo e Formato da
Enimpacto

Articular órgãos de governo e parceiros da sociedade na promoção de um


ambiente favorável ao desenvolvimento de empreendimentos capazes de
gerar soluções de mercado para os problemas sociais e ambientais no Brasil

Ampliação da Aumento dos Fortalecimento Melhoria do


Oferta de Negócios de das Macroambiente
69 ações nos 4 Capital Impacto Organizações Normativo
Intermediárias
eixos até 2027
Marcos
1) Decretos nº 9.244/17 e
9.977/19: Instituição do
Comitê Enimpacto
2) Parceria com EUROsociAL
3) Publicação Reino Unido e
Fórum Econômico Mundial
4) Declaração de Líderes do G-
20
5) Instituição de Estratégias
Locais de Investimento e
Negócios de Impacto (RN,
RJ, MG e SP)
Desafios da atuação do
Estado nessa agenda

• Desafios demandam articulação de vários


órgãos de governo
• Coordenação de muitos atores é complexa
• Estrutura grande para um ecossistema
pequeno
• Burocracia e regras atrapalham a inovação e o
desenho de instrumentos mais adequados

• Burocracia de médio escalão garante


continuidade da agenda com mudanças de
governos
Rede Latino Americana de
Governos

• Projeto com recursos do EUROsociAL


• Comunidade Prática de Servidores Públicos
• Troca de Experiências
• Melhores Práticas
• Articulação de ações conjuntas
• Maior visibilidade para o setor
SISTEMA NACIONAL
DE IMPACTO:
SIMPACTO

• Estrutura de Governança entre os três níveis


federativos
• Vasos de Comunicação e articulação entre as
instâncias
• Promoção de cooperação e articulação

• Necessidade de recursos federais para


instrumentalizar os entes
Obrigado!
Lucas Ramalho Maciel
lucas.maciel@economia.gov.br
http://www.mdic.gov.br/index.php/inovacao/enimpacto