Você está na página 1de 192

Manual de Serviço

Autoclaves

V.1 - 05/2013
Índice Geral - Grupos (Linha Autoclaves, 06/2013)

Índice Geral - Grupos

Aplicação nos Modelos: Todos

Índice
Grupo 01 - Informações Gerais ....................................................................................................... 01-01-1

Grupo 02 - Gerador de Vapor.......................................................................................................... 02-01-1

Grupo 03 - Portas .......................................................................................................................... 03-01-1

Grupo 04 - Circuito Hidráulico ......................................................................................................... 04-01-1

Grupo 05 - Circuitos Elétricos.......................................................................................................... 05-01-1

3/192
4/192
Grupo 01 - Informações Gerais (Linha Autoclaves, 06/2013)

Grupo 01 - Informações Gerais

Aplicação nos Modelos: Todos

Índice
Seção 01-01 - Introdução ............................................................................................................... 01-01-1

Seção 01-02 - Instruções Sobre Segurança ...................................................................................... 01-02-1

Seção 01-03 - Manutenção Preventiva ............................................................................................. 01-03-1

Seção 01-04 - Especificações .......................................................................................................... 01-04-1

Seção 01-05 - Instalação da Autoclave ............................................................................................ 01-05-1

Seção 01-06 - Painéis Externos ....................................................................................................... 01-06-1

5/192
6/192
1 Seção 01-01 - Introdução (Linha Autoclaves, 06/2013) 1

Seção 01-01 - Introdução

Aplicação nos Modelos: Todos

Índice
VISÃO GERAL DO MANUAL ............................................................................................................. 01-01-2

7/192
2 Seção 01-01 - Introdução (Linha Autoclaves, 06/2013) 2

VISÃO GERAL DO MANUAL


Este manual descreve os procedimentos de manutenção e de reparos em Autoclaves hospitalares fabricadas
pela Ortosíntese Indústria e Comércio Ltda. até a data de sua publicação.
Em função da constante preocupação desta empresa em oferecer produtos de qualidade e que acompanhem
o desenvolvimento tecnológico, poderão ocorrer com o passar do tempo, alterações no produto.
Isto implica em que algumas das informações, poderão ser passíveis de alterações futuras. Por este motivo, no
cabeçalho de cada página é registrada a data de cada seção. Procure usar sempre as informações mais
atualizadas.
O manual está estruturado em grupos e seções, estando as seções específicas do sistema reunidas em seus
grupos pertinentes.
Um grupo descreve uma parte específica do equipamento. O manual está dividido em cinco grupos:
• Grupo 1 - Informações Gerais
• Grupo 2 - Gerador de Vapor
• Grupo 3 - Portas
• Grupo 4 - Circuito Hidráulico
• Grupo 5 - Circuitos Elétricos
No início de cada seção, existe uma referência clara sobre para quais modelos de Autoclaves os procedimentos
descritos são aplicáveis.
Durante o transcorrer de uma operação de reparo ou manutenção, um procedimento complementar poderá ser
citado como fonte de consulta ou operação preliminar.
Por exemplo, para se executar a manutenção de um componente interno, é necessária a remoção dos painéis
de acabamento. Haverá neste caso, uma referência a esta operação, com destaque, que ao ser sobreposta pelo
cursor poderá ser acessada automaticamente com o simples toque sobre o botão esquerdo do seu “mouse”.

8/192
1 Seção 01-02 - Instruções Sobre Segurança (Linha Autoclaves, 06/2013) 1

Seção 01-02 - Instruções Sobre Segurança

Aplicação nos Modelos: Todos

Índice
AVISOS QUE APARECEM NESTE MANUAL ........................................................................................ 01-02-2

TIPOS DE RISCOS.......................................................................................................................... 01-02-3


Acidentes Provocados por Pressão ............................................................................................. 01-02-3
Acidentes Provocados por Calor .................................................................................................01-02-3
Acidentes Provocados por Explosão ........................................................................................... 01-02-3
Acidentes Provocados por Procedimento Incorreto ...................................................................... 01-02-3
Acidentes Provocados por Choque Elétrico.................................................................................. 01-02-4

ALERTAS QUE APARECEM NA AUTOCLAVE ...................................................................................... 01-02-5

9/192
2 Seção 01-02 - Instruções Sobre Segurança (Linha Autoclaves, 06/2013) 2

AVISOS QUE APARECEM NESTE MANUAL


Durante a descrição de um procedimento, aparecerão avisos com os seguintes objetivos:
• Lembrar as operações preliminares que irão garantir segurança para o técnico e maior eficiência nos reparos.
• Garantir a integridade física do técnico, evitando acidentes pessoais, bem como assegurar a integridade das
peças e do próprio equipamento em manutenção.
Estes avisos são os seguintes:
Preparativos para a operação: Relaciona as ações necessárias antes do início de um procedimento.
2 CUIDADO: Para indicar que, se um procedimento não for corretamente observado poderá
resultar em danos à Autoclave ou às peças a serem aplicadas.

2 ATENÇÃO: Para indicar que, se um procedimento não for corretamente observado poderá
resultar em ferimentos pessoais.
PROIBIDO: Para indicar um procedimento que não deve ser realizado. Caso contrário, poderá
resultar em ferimentos pessoais e danos ao equipamento.
NOTA: Para indicar informações necessárias para realizar um reparo completo e satisfatório.

10/192
3 Seção 01-02 - Instruções Sobre Segurança (Linha Autoclaves, 06/2013) 3

TIPOS DE RISCOS
Acidentes Provocados por Pressão
Antes de iniciar qualquer reparo, observe a indicação do vácuo-
manômetro.
Este instrumento, que indica a pressão dentro da câmara interna,
deve estar indicando zero.

Acidentes Provocados por Calor


As partes diretamente em contato com as câmaras interna e
externa bem como toda a tubulação, permanecem quentes por
algum tempo depois de encerrado o ciclo de esterilização.
Certifique-se de que a temperatura está baixa o suficiente para o
manuseio das peças para evitar ferimentos causados por
queimaduras.

Acidentes Provocados por Explosão


Evite colocar em esterilização, materiais combustíveis, voláteis,
plásticos ou explosivos.
Antes de colocar algum material ou objeto incomum em
esterilização, consulte a tabela de materiais passíveis de
esterilização, no Manual do Operador que acompanha cada
Autoclave.

Acidentes Provocados por Procedimento Incorreto


Esta é uma pequena relação de causas de grande parte dos
acidentes durante o trabalho:
• Falta de atenção durante o trabalho.
• A queda acidental de um instrumento sobre o operador.
• Deixar a mão ou braço na trajetória da porta.
• Uso de ferramentas danificadas, adaptadas ou incorretas.
• A falta de equipamentos de proteção individual durante o trabalho
(EPI).

11/192
4 Seção 01-02 - Instruções Sobre Segurança (Linha Autoclaves, 06/2013) 4

Acidentes Provocados por Choque Elétrico


A regra básica para qualquer procedimento de manutenção nas
Autoclaves é:
“Desligue o equipamento da fonte de energia”.

2 ATENÇÃO: em algumas operações é necessário que o


sistema esteja com energia, neste caso, redobre a atenção
para evitar acidentes.

12/192
5 Seção 01-02 - Instruções Sobre Segurança (Linha Autoclaves, 06/2013) 5

ALERTAS QUE APARECEM NA AUTOCLAVE


Para evitar que um técnico de manutenção ou operador da Autoclave seja exposto a uma situação de risco,
vários selos são aplicados na máquina, alertando sobre a possibilidade de risco naquele local.
As principais etiquetas que serão encontradas na Autoclave são:

Acesso proibido a pessoas não


Corrente alternada trifásica
autorizadas

Ligado/desligado apenas para Terminal de aterramento para


uma parte do equipamento proteção

Atenção! Consultar documentos


Superfície quente
que acompanham o equipamento

Perigo! Tensão elétrica Saída/entrada de água

Risco de choque elétrico em caso Marcação CE (CE classe I =


de abertura estéril)

Além destes símbolos, pode aparecer outros símbolos estabelecidos internacionalmente por normas da ISO 780
(embalagens), EM 980 (especificações médicas) e IEC 60601 (padrões médicos internacionais).

13/192
14/192
1 Seção 01-03 - Manutenção Preventiva (Linha Autoclaves, 06/2013) 1

Seção 01-03 - Manutenção Preventiva

Aplicação nos Modelos: Todos

Índice
SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO.......................................................................................................... 01-03-2
Plano de Manutenção Preventiva para Autoclaves Hospitalares .................................................... 01-03-2
Limpeza da Câmara Interna ......................................................................................................01-03-2
Lubrificantes, Trava Química e Solução de Limpeza..................................................................... 01-03-3

15/192
2 Seção 01-03 - Manutenção Preventiva (Linha Autoclaves, 06/2013) 2

SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO
Todo equipamento de uso contínuo sofre desgaste natural com o funcionamento. Alguns equipamentos podem
permanecer parados por algum período para uma manutenção corretiva (decorrente de uma falha por quebra,
por exemplo). Seguramente, este não é o caso de uma Autoclave Hospitalar. Por este motivo, e também para
redução de custo operacional, por reparos em decorrência de quebra são normalmente mais dispendiosos, sem
considerar o custo da interrupção do serviço executado pelo equipamento, é que foi estabelecido um Plano de
Manutenção Preventiva para Autoclaves Hospitalares fabricadas pela Ortosítese Indústria e Comércio Ltda.
Plano de Manutenção Preventiva para Autoclaves Hospitalares

Período de Manutenção
Item Semanal Mensal 3 meses 4 meses 6 meses Anual
Sensores de nível de água – Limpar – – Trocar –
Válvula de segurança mecânica – Limpar – – – Trocar
Limpar e
Válvulas de pressão com solenoide – – – – –
avaliar
Reparo das válvulas – – – – Trocar –
Filtro Y – Limpar – Limpar – –
Registro de agulha – – Limpar – – –
Trocar Trocar
Guarnição de portas – – – –
(*1) (*2)
Diafragma da porta – – – – Trocar –
Câmara interna Limpar – – – – –
Contatos elétricos – Revisar – – – –

(*1) para funcionamento de 24 horas


(*2) para funcionamento de 12 horas/dia
Limpeza da Câmara Interna
A câmara interna deve ser limpa diariamente, ainda fria, com uma solução de 250 gramas de vaselina líquida
diluída em 1 litro de álcool 96° GL.
Instruções:
• Umedecer uma flanela com a solução e aplicar nas paredes internas da câmara antes do início de operação.
• Em caso de uso contínuo (24 horas), esperar a câmara esfriar antes de efetuar a limpeza.

16/192
3 Seção 01-03 - Manutenção Preventiva (Linha Autoclaves, 06/2013) 3

Lubrificantes, Trava Química e Solução de Limpeza


Tipo Local de aplicação
Rolamentos da dobradiça (porta com braços
concêntricos)
Graxa a base de silicone, resistente a altas Mecanismo de acionamento da fechadura (porta com
temperaturas braços concêntricos)
Mecanismo de travamento (porta com braços
concêntricos)
Graxa à base de grafite Canaletas de deslocamento das portas guilhotina
Todos os parafusos usados na porta com braços
Loctite® 275
concêntricos
Vaselina líquida em solução alcoólica Limpeza diária das paredes da câmara interna

17/192
18/192
1 Seção 01-04 - Especificações (Linha Autoclaves, 06/2013) 1

Seção 01-04 - Especificações

Aplicação nos Modelos: Todos

Índice
MODELOS E OPÇÕES DISPONÍVEIS ................................................................................................ 01-04-2

DIMENSÕES .................................................................................................................................. 01-04-3


Autoclaves - Braços Concêntricos Painel Frontal .......................................................................... 01-04-3
Autoclaves - Porta Guilhotina..................................................................................................... 01-04-4

TORQUES...................................................................................................................................... 01-04-5
Tabela de Torque Máximo em Parafusos .................................................................................... 01-04-5

19/192
2 Seção 01-04 - Especificações (Linha Autoclaves, 06/2013) 2

MODELOS E OPÇÕES DISPONÍVEIS


Controlador e painel

Número Resistores
Capacidade (litros)

Potência (kW)
Braços Conc.
Guilhotina
Abertura
Modelo

MCA64 Mega-CA Touch Mega-CA Unidade de


comando

AC 54 54 1 Não Sim 3x3.000W

Sistema com tela sensível ao toque.

Sistema com teclas em membrana.


AC 75 75 1 ou 2 Não Sim 9 3x3.000W

Todas com braços concêntricos

Opção disponível para todos os

Opção disponível para todos os


modelos com porta guilhotina

modelos com porta guilhotina

Mandatório para Autoclaves


AC 96 96 1 ou 2 Não Sim 3x3.000W

com porta guilhotina


AC 127 127 1 ou 2 Sim Sim 12 3x4.000W

(1 ou 2 portas)
AC 200 200 1 ou 2 Sim Sim 3x7.000W
21
AC 254 254 1 ou 2 Sim Sim 3x7.000W
AC 365 365 1 ou 2 Sim Sim 3x10.000W
AC 400 400 1 ou 2 Sim Sim 3x10.000W
AC 523 523 1 ou 2 Sim Sim 30 3x10.000W
AC 600 600 1 ou 2 Sim Sim 3x10.000W
AC 697 697 1 ou 2 Sim Sim 3x10.000W

Opções de fábrica:
• Tensão de operação para todos os modelos: 220V, 380V ou 440V (definido pelo Cliente).
• Entrada de água por meio de filtro de osmose reversa (opcional).
• Dispositivo de segurança contra esmagamento (disponível apenas para modelos com porta guilhotina).
Opções de instalação:
• Alimentação de vapor pela rede do Cliente.
• Abastecimento de água pela rede de água filtrada do Cliente.

20/192
3 Seção 01-04 - Especificações (Linha Autoclaves, 06/2013) 3

DIMENSÕES
Autoclaves - Braços Concêntricos Painel Frontal

Dimensões Externas Dimensões Internas


Capacidade (litros) Portas
(L x A x P mm) (L x A x P mm)
570 x 1600 x 1130 300 x 300 x 600 54 01
590 x 1600 x 1130 400 x 600 75 01
690 x 1600 x 1130 400 x 400 x 600 96 01
690 x 1600 x 1130 400 x 400 x 600 96 02
720 x 1700 x 1130 460 x 460 x 600 127 01
720 x 1700 x 1390 460 x 460 x 600 127 02
720 x 1700 x 1520 460 x 460 x 950 200 01
720 x 1700 x 1720 460 x 460 x 950 200 02
720 x 1700 x 1820 460 x 460 x 1200 254 01
720 x 1700 x 2020 460 x 460 x 1200 254 02
720 x 1800 x 1900 460 x 660 x 1200 365 01
720 x 1800 x 2020 460 x 660 x 1200 365 02
720 x 1800 x 1970 485 x 660 x 1200 400 01
720 x 1800 x 2090 485 x 660 x 1200 400 02
920 x 1800 x 1920 660 x 660 x 1200 523 01
920 x 1800 x 2020 660 x 660 x 1200 523 02
890 x 1800 x 2180 630 x 630 x 1510 600 01
890 x 1800 x 2280 630 x 630 x 1510 600 02
890 x 1800 x 2420 630 x 630 x 1750 697 01
890 x 1800 x 2520 630 x 630 x 1750 697 02

21/192
4 Seção 01-04 - Especificações (Linha Autoclaves, 06/2013) 4

Autoclaves - Porta Guilhotina

Dimensões Externas Dimensões Internas


Capacidade (litros) Portas
(L x A x P mm) (L x A x P mm)
1120 x 1800 x 900 460 x 460 x 600 127 01
1120 x 1800 x 980 460 x 460 x 600 127 02
1120 x 1800 x 1250 460 x 460 x 950 200 01
1120 x 1800 x 1330 460 x 460 x 950 200 02
1120 x 1800 x 1530 460 x 460 x 1200 254 01
1120 x 1800 x 1610 460 x 460 x 1200 254 02
1120 x 1900 x 1630 460 x 660 x 1200 365 01
1120 x 1900 x 1610 460 x 660 x 1200 365 02
1120 x 1900 x 1780 460 x 660 x 1350 400 01
1120 x 1900 x 1760 460 x 660 x 1350 400 02
1320 x 1900 x 1680 660 x 660 x 1200 523 01
1320 x 1900 x 1680 660 x 660 x 1200 523 02
1290 x 1900 x 1990 630 x 630 x 1510 600 01
1290 x 1900 x 1990 630 x 630 x 1510 600 02
1290 x 1900 x 2230 630 x 630 x 1750 697 01
1290 x 1900 x 2230 630 x 630 x 1750 697 02

22/192
5 Seção 01-04 - Especificações (Linha Autoclaves, 06/2013) 5

TORQUES
Os parafusos e porcas têm especificações próprias de aperto, não só para que exerçam sua função de elemento
de união de peças. Bem como para que não sejam danificados por aperto excessivo.
Ao instalar os parafusos e porcas durante a montagem dos conjuntos desmontados, use a tabela de torque
abaixo, que define valores em função das dimensões dos parafusos.
Tabela de Torque Máximo em Parafusos
Resistência do material
4.6 5.5 6.9 8.8 10.0 12.9
Medida Torques a serem aplicados em N.m Medida
Rosca Para Kgf.m, dividir por 10 Sextavado
M4 1 1,3 2,6 34 3 5,1 7
M5 2 2,5 5,1 6 8,5 10,2 8
M6 3,4 4,5 8,7 10,3 14,7 17,6 10
M7 5,6 7,4 14,2 17,1 24,5 28,4 11
M8 8,2 10,8 21,6 25,5 35,3 42,2 13
M10 16,7 21,6 42,2 50 70,6 85,3 15
M12 28,4 38,2 73,5 87,3 122 147 18
M14 45,1 60,8 116 138 194 235 22
M16 69,6 93,2 178 211 299 358 24
M18 95,1 127 245 289 412 490 27
M20 135 180 384 412 579 696 30
M22 182 245 471 559 784 941 32
M24 230 309 598 711 1000 1196 36
M27 343 461 887 1049 1481 1775 41
M30 466 623 1206 1422 2010 2403 46

23/192
24/192
1 Seção 01-05 - Instalação da Autoclave (Linha Autoclaves, 06/2013) 1

Seção 01-05 - Instalação da Autoclave

Aplicação nos Modelos: Todos

Índice
ORIENTAÇÕES SOBRE A INSTALAÇÃO DA AUTOCLAVE .................................................................... 01-05-2

25/192
2 Seção 01-05 - Instalação da Autoclave (Linha Autoclaves, 06/2013) 2

ORIENTAÇÕES SOBRE A INSTALAÇÃO DA AUTOCLAVE


O bom desempenho de uma autoclave começa com os cuidados em sua instalação.
As orientações sobre este assunto, incluindo desenhos com plantas sugestão para o local de trabalho, estão
detalhadamente descritas no Manual do Operado que acompanha cada equipamento.
Apesar disso, relacionamos os principais cuidados a serem observados durante uma visita técnica antes da
instalação do equipamento.
Preparação do Local
• O local de instalação deverá possuir desnivelamento máximo de 30 milímetros.
• A tubulação do esgoto deverá ser de cobre, de 22mm mínimo, colocado sob o piso e individual para o
equipamento.
NOTA: A utilização de rede de esgoto coletiva ou interligada a outra autoclave poderá acarretar
retenção e retorno de vapor, prejudicando o correto funcionamento do equipamento.
• Devem ser seguidas as medidas especificaçõesdas no lay-out de instalação.
• Instale um registro de esfera de 1/2" entre a rede e a entrada de água da autoclave. Deve haver espaço
suficiente para a abertura e fechamento deste registro, quando necessário.
Suprimento de Água
• Vazão mínima: 25 litros/ hora
• Pressão máxima: 4,5 bar
• Alimentação com filtro de osmose reversa: Deve atender à portaria No.1469 de 29 de dezembro de 2000 do
Ministério da Saúde (disponível no site www.anvisa.gov.br )
• Alimentação sem filtro de osmose reversa: Deve atender à Norma NBR ISSO 11134.
Suprimento de Energia Elétrica
• Tensão 380V ± 10%, corrente 60 A, trifásico, cabo flexível de 16mm² ou,
• Tensão 220V ± 10%, corrente 100 A, trifásico, cabo flexível de 25mm².
Nivelamento do Equipamento
Use um nível de precisão, colocado no meio da câmara interna e verificar se a bolha do nível encontra-se no
centro. Caso não esteja, gire os pés de apoio da autoclave até que a máquina fique nivelada.
Remoção da Embalagem e Transporte
• Remova a tampa e as laterais da embalagem;
• Com auxílio de uma paleteira manual com os braços apoiados na estrutura inferior, remova a autoclave do
suporte de madeira e transporte a mesma até o local da instalação definitiva.
2 CUIDADO:
• Após a remoção do suporte de madeira (parte inferior da embalagem), abaixe os braços da
paleteira até o mais próximo possível do piso.
• Antes de iniciar o transporte, garanta que todo o trajeto esteja livre de objetos ou danos no piso
que possam provocar choques ou a queda da autoclave.
Para informações sobre a instalação de uma Autoclave, consulte o Manual do Operador que acompanha o
equipamento.

26/192
1 Seção 01-06 - Painéis Externos (Linha Autoclaves, 06/2013) 1

Seção 01-06 - Painéis Externos

Aplicação nos Modelos: Todos

Índice
REMOÇÃO E INSTALAÇÃO DOS PANÉIS EXTERNOS.......................................................................... 01-06-2
Painéis Laterais ........................................................................................................................ 01-06-2
Remoção ............................................................................................................................ 01-06-2
Instalação........................................................................................................................... 01-06-2
Painéis Frontais ........................................................................................................................ 01-06-3

27/192
2 Seção 01-06 - Painéis Externos (Linha Autoclaves, 06/2013) 2

REMOÇÃO E INSTALAÇÃO DOS PANÉIS EXTERNOS


As operações de manutenção exigem a remoção e a instalação dos painéis de acabamento da Autoclave em
reparo.
Na maioria dos casos, as remoções dos painéis laterais atendem às necessidades de acesso aos componentes.
Painéis Laterais
Remoção
1. Com as duas mãos segure firmemente nas extremidades do
painel a ser removido e puxe para fora para soltar a trava do
fecho tipo “velcro” aplicado no painel e na cantoneira da
estrutura.

2. Ainda segurando a parte inferior com as duas mãos, empurre


a placa para cima e libere os ganchos de apoio da parte
superior.
3. Remova a placa e deposite a mesma em local seguro para que
esta não sofra danos.

Instalação
1. Apoie os ganchos de fixação superior sobre a cantoneira da
estrutura da Autoclave.

2. Empurre a parte inferior do painel contra a cantoneira da


estrutura inferior da Autoclave até que as faces do fecho
“velcro” tenham contato de se acoplem.

28/192
3 Seção 01-06 - Painéis Externos (Linha Autoclaves, 06/2013) 3

Painéis Frontais
Nos modelos com porta guilhotina, os painéis frontais são compostos por mais de uma peça.
Neste caso, o conjunto do painel é unido por parafusos e removido como um todo. Este conjunto não precisa
ser desmontado a menos que haja a necessidade de substituição de uma das peças.
Nas Autoclaves com porta tipo braços concêntricos, como a parte frontal é significativamente menor, o painel
de acabamento é uma peça única.
1. No lado oposto ao do painel de controle, remova os parafusos
de fixação do painel de acabamento.

2. Abra o painel de controle. Solte o parafuso de união da


estrutura lateral (do painel de controle) à estrutura da
Autoclave.
NOTA: não é necessário remover os parafusos. A placa
de acabamento é prensada entre as duas estruturas.
3. Remova o painel frontal.
4. Para a instalação, siga o processo de remoção na ordem
inversa.

29/192
30/192
Grupo 02 - Gerador de Vapor (Linha Autoclaves, 06/2013)

Grupo 02 - Gerador de Vapor

Aplicação nos Modelos: Todos

Índice
Seção 02-01 - Manutenção do Gerador de Vapor.............................................................................. 02-01-1

31/192
32/192
1 Seção 02-01 - Manutenção do Gerador de Vapor (Linha Autoclaves, 06/2013) 1

Seção 02-01 - Manutenção do Gerador de Vapor

Aplicação nos Modelos: Todos

Índice
DESPRESSURIZAÇÃO DO GERADOR DE VAPOR................................................................................ 02-01-2

SUBSTITUIÇÃO DAS RESISTÊNCIAS................................................................................................ 02-01-3


Remoção ................................................................................................................................. 02-01-3
Instalação ................................................................................................................................ 02-01-4

MANUTENÇÃO PERIÓDICA DOS SENSORES DE NÍVEL ...................................................................... 02-01-5


Remoção ................................................................................................................................. 02-01-5
Instalação ................................................................................................................................ 02-01-6

UNIDADE GERADORA DE VAPOR .................................................................................................... 02-01-7


Remoção ................................................................................................................................. 02-01-7
Instalação ................................................................................................................................ 02-01-8

33/192
2 Seção 02-01 - Manutenção do Gerador de Vapor (Linha Autoclaves, 06/2013) 2

DESPRESSURIZAÇÃO DO GERADOR DE VAPOR


NOTA: a pressão interna no gerador de vapor é a mesma da câmara externa.
1. Remova a pressão interna do gerador de vapor.
• Abra o registro geral até que o manômetro e o vácuo-
manômetro indique a ausência de pressão e água.

2. Verifique se os manômetros não registram pressão no sistema.

34/192
3 Seção 02-01 - Manutenção do Gerador de Vapor (Linha Autoclaves, 06/2013) 3

SUBSTITUIÇÃO DAS RESISTÊNCIAS


Remoção
2 CUIDADOS:
• Desligue o disjuntor de entrada antes de iniciar qualquer tipo de manutenção.
• Certifique-se de que o equipamento está frio.
• Certifique-se de que o gerador de vapor não está pressurizado. Para mais informações, consulte
o item “DESPRESSURIZAÇÃO DO GERADOR DE VAPOR”, nesta seção.
1. Remova as tampas laterais e a tampa inferior (do lado das
resistências) da autoclave.
Para mais informações, consulte o item “REMOÇÃO E
INSTALAÇÃO DOS PANÉIS EXTERNOS”, neste manual.

2. Remova as porcas de fixação dos cabos de alimentação das


resistências.
NOTA: antes de remover, use etiquetas para marcar a
posição das ligações, o que irá facilitar a instalação.

3. Com o auxílio de um multímetro:


• Verifique se existe contato entre os bornes das resistências
e a carcaça do gerador de vapor (isto ocorre quando a
resistência ao queimar, dobra e entra em contato com o
corpo do gerador de vapor.
• Meça a continuidade entre os bornes da resistência.
NOTA: neste caso, antes de fazer a verificação, desligue
a fiação para avaliar uma resistência por vez). Após
esta verificação, reinstale a fiação.

4. Remova a resistência danificada usando uma chave adequada.


5. Caso a resistência removida esteja incompleta, remova os
resíduos da mesma de dentro do gerador de vapor.

35/192
4 Seção 02-01 - Manutenção do Gerador de Vapor (Linha Autoclaves, 06/2013) 4

Instalação
1. Envolva a parte roscada no conjunto da resistência com fita de
vedação à base de teflon.

2. Instale o conjunto da resistência em seu alojamento.

3. Conecte os terminais nos bornes da resistência substituída


obedecendo ao esquema de ligação correto.
NOTA: instale a fiação na mesma posição de antes da
desmontagem. Para isto, use as etiquetas de
identificação colocadas na remoção.

4. Teste a instalação quanto à ocorrência de vazamentos:


• Ligue o sistema e inicie o processo de aquecimento.
• Se houver vazamento de pressão, desligue o equipamento e remova a resistência. Para mais
informações, consulte o item “SUBSTITUIÇÃO DAS RESISTÊNCIAS – Remoção”, nesta seção.
NOTA: durante a montagem, aplique uma quantidade maior de fita de vedação.
5. Instale os painéis de acabamento da Autoclave.

36/192
5 Seção 02-01 - Manutenção do Gerador de Vapor (Linha Autoclaves, 06/2013) 5

MANUTENÇÃO PERIÓDICA DOS SENSORES DE NÍVEL


Remoção
Os sensores de nível por estarem constantemente em contato com a água, muitas vezes com grande
quantidade de compostos químicos (como por exemplo, cloro) sofrem um processo de oxidação que prejudica
sua condutividade, o que dificulta a sua função.
Por este motivo, periodicamente eles devem ser removidos para limpeza.
NOTAS:
• O procedimento que segue está mostrando um dos sensores. O processo é o mesmo para os dois
sensores (de nível máximo e de nível mínimo).
• Este procedimento deve ser usado para as remoções nas manutenções periódicas dos sensores
de nível.
2 CUIDADOS:
• Desligue o disjuntor de entrada antes de iniciar qualquer tipo de manutenção.
• Certifique-se de que o equipamento está frio.
• Certifique-se de que o gerador de vapor não está pressurizado. Para mais informações, consulte
o item “DESPRESSURIZAÇÃO DO GERADOR DE VAPOR”, nesta seção.
1. Remova as tampas laterais da Autoclave.
Para mais informações, consulte o item “REMOÇÃO E
INSTALAÇÃO DOS PANÉIS EXTERNOS”, neste manual.

2. Remova a porca de fixação do cabo de contato com o sensor


de nível.
NOTA: observe que o fio com anilha 4 é ligado ao sensor
de nível mínimo e o fio com anilha 5 ao sensor de nível
máximo.

3. Remova o sensor de nível com uma chave adequada.


2 CUIDADO: os dois sensores têm diferença em seu
comprimento. Marque a posição antes da remoção para
que sejam mantidos em sua posição original.

37/192
6 Seção 02-01 - Manutenção do Gerador de Vapor (Linha Autoclaves, 06/2013) 6

4. Limpe as hastes dos sensores de nível máximo (haste curta) e


do sensor de nível mínimo (haste longa), com auxílio de uma
esponja adequada.

Instalação
1. Envolva a parte roscada no conjunto do sensor de nível com fita
de vedação à base de teflon.

2. Instale o sensor de nível em seu alojamento no gerador de


vapor.

3. Conecte o terminal do cabo de contato e instale a porca de


fixação.

4. Teste a instalação quanto à ocorrência de vazamentos:


• Ligue o sistema e inicie o processo de aquecimento.
• Se houver vazamento de pressão, desligue o equipamento e remova o sensor de nível. Para mais
informações, consulte o item “MANUTENÇÃO PERIÓDICA DOS SENSORES DE NÍVEL – Remoção”, nesta
seção.
NOTA: durante a montagem, aplique uma quantidade maior de fita de vedação.
5. Instale os painéis de acabamento da Autoclave.

38/192
7 Seção 02-01 - Manutenção do Gerador de Vapor (Linha Autoclaves, 06/2013) 7

UNIDADE GERADORA DE VAPOR


Remoção
2 CUIDADOS:
• Desligue o disjuntor de entrada antes de iniciar qualquer tipo de manutenção.
• Certifique-se de que o equipamento está frio.
• Certifique-se de que o gerador de vapor não está pressurizado. Para mais informações, consulte
o item “DESPRESSURIZAÇÃO DO GERADOR DE VAPOR”, nesta seção.
1. Remova os painéis de acabamento da Autoclave.
• Para mais informações, consulte o item “REMOÇÃO E
INSTALAÇÃO DOS PANÉIS EXTERNOS”, neste manual.

2. Remova as porcas de fixação dos cabos de alimentação das


resistências.
Para mais informações, consulte o item "SUBSTITUIÇÃO DAS
RESISTÊNCIAS", nesta seção.

3. Remova a porca de fixação do cabo de contato com o sensor


de nível.

4. Solte as duas uniões (luvas) do tubo superior do gerador de


vapor (tubo de saída de vapor para as câmaras externas).
NOTA: não tente soltar a conexão na entrada do
gerador de vapor, pois não há espaço suficiente para
girar a tubulação.

39/192
8 Seção 02-01 - Manutenção do Gerador de Vapor (Linha Autoclaves, 06/2013) 8

5. Solte as três uniões (luvas) do tubo inferior do gerador de


vapor (tubo de entrada de água).
NOTA: neste caso, o espaço seria suficiente para soltar
a conexão na entrada do gerador de vapor, mas em
alguns modelos não haverá espaço para abaixar o
conjunto do gerador de vapor.

6. Solte os parafusos de fixação do gerador de vapor às câmaras


externas centrais (6 parafusos em cada flange).
7. Remova o gerador de vapor.

Instalação
NOTA:
• Caso o mesmo gerador de vapor seja reutilizado, remova das duas flanges, os resíduos
eventualmente deixados pela junta de vedação. Caso contrário, transfira para o novo gerador de
vapor as resistências e os sensores de nível.
• Use sempre uma nova junta de vedação durante a instalação
1. Posicione o gerador de vapor em seu local de trabalho já com
a nova junta de vedação posicionada.
2. Instale os parafusos de fixação do gerador de vapor às câmaras
externas centrais (6 parafusos em cada flange).

3. Reinstale as três uniões (luvas) do tubo inferior do gerador de


vapor (tubo de entrada de água).
NOTA: não se esqueça de aplicar uma camada generosa
de fita de vedação nas roscas das luvas.

40/192
9 Seção 02-01 - Manutenção do Gerador de Vapor (Linha Autoclaves, 06/2013) 9

4. Reinstale as duas uniões (luvas) do tubo superior do gerador


de vapor (tubo de saída de vapor para as câmaras externas).
NOTA: não se esqueça de aplicar uma camada generosa
de fita de vedação nas roscas das luvas.

5. Conecte o terminal do cabo de contato e instale a porca de


fixação.

6. Instale os cabos e as porcas de fixação dos cabos de


alimentação das resistências.
Para mais informações, consulte o item "SUBSTITUIÇÃO DAS
RESISTÊNCIAS", nesta seção.

7. Teste a instalação quanto à ocorrência de vazamentos nos pontos que foram reacoplados:
• Ligue o sistema e inicie o processo de aquecimento.
• Se houver vazamento de pressão, desligue o equipamento e refaça as conexões.
NOTA: durante a montagem, aplique uma quantidade maior de fita de vedação.
8. Instale os painéis de acabamento da Autoclave.

41/192
42/192
Grupo 03 - Portas (Linha Autoclaves, 06/2013)

Grupo 03 - Portas

Aplicação nos Modelos: Todos

Índice
Seção 03-01 - Visão Geral .............................................................................................................. 03-01-1

Seção 03-02 - Porta Guilhotina........................................................................................................ 03-02-1

Seção 03-03 - Correntes de Acionamento das Portas ........................................................................ 03-03-1

Seção 03-04 - Guarnição de Vedação das Portas .............................................................................. 03-04-1

Seção 03-05 - Ajuste das Portas Guilhotina ...................................................................................... 03-05-1

Seção 03-06 - Portas com Braços Concêntricos ................................................................................ 03-06-1

43/192
44/192
1 Seção 03-01 - Visão Geral (Linha Autoclaves, 06/2013) 1

Seção 03-01 - Visão Geral

Aplicação nos Modelos: Todos

Índice
CARACTERÍSTICAS DAS PORTAS .................................................................................................... 03-01-2
Vista Superior da Placa do Acionador da Porta Guilhotina ............................................................ 03-01-2
Vista Frontal da Porta com Braços Concêntricos .......................................................................... 03-01-3

45/192
2 Seção 03-01 - Visão Geral (Linha Autoclaves, 06/2013) 2

CARACTERÍSTICAS DAS PORTAS


As Autoclaves hospitalares Ortosíntese podem ser equipadas com dois tipos de portas:
• Porta com Braços Concêntricos; ou
• Porta Guilhotina.
Ambos os tipos de portas são construídas com uma sólida estrutura para garantir a vedação total da máquina
e principalmente para garantir a segurança do operador e o bom funcionamento da máquina por longo tempo.
Todas as Autoclaves possuem sistema operacional semelhante, com variações em função da capacidade em
volume e da tensão de operação definida pelo cliente, independente do tipo de porta adotado.
Entretanto, as Autoclaves equipadas com porta guilhotina possuem além de todos os conjuntos eletromecânicos
dos modelos com porta de braços concêntricos, mecanismos de operação e componentes eletrônicos de
controle para garantir a abertura e fechamento das portas.
Estas portas podem equipar os dois lados da Autoclave ou apenas em um dos lados (Barreira).
Quando a Autoclave tem portas duplas, é incluído no projeto da máquina, um sistema de comando que impede
a abertura da porta de saída de material esterilizado com a porta de entrada aberta.
O acionamento mecânico de ambas as portas são idênticos. Na ilustração abaixo, são identificadas as partes do
mecanismo de acionamento elétrico das portas guilhotinas.
Vista Superior da Placa do Acionador da Porta Guilhotina

1. Motor 220V (ou 380V) 6. Batente limitador inferior 11. Engrenagens de tração das
2. Caixa de redução 7. Mancais externos correntes das portas
3. Engrenagem acionadora 8. Eixo de operação das portas 12. Base do mecanismo
4. Mancais e polias-guia das correntes 9. Engrenagem acionada
5. Suporte de ajuste da corrente 10. Mancal da luva da engrenagem
acionadora acionada

46/192
3 Seção 03-01 - Visão Geral (Linha Autoclaves, 06/2013) 3

O sistema de travamento e vedação da porta é feito por um eixo


chanfrado, movimentado por um acionador elétrico cujo motor é
alimentado com a tensão de 24V.

Cada porta tem o seu curso de abertura ou fechamento limitado por


sensores de fim de curso, cuja função é a de interromper a
alimentação do motor de acionamento quando a porta atinge o seu
limite de curso operacional.
Interrompendo a alimentação do motor, os sensores protegem as
correntes contra ruptura.

Além dos dispositivos já relacionados, as portas guilhotina contam ainda com guarnição de vedação, guias de
deslocamento e opcionalmente podem ser equipadas com sistema adicional se segurança antiesmagamento.
O funcionamento das portas com braços concêntricos é mais simples em função de toda operação ser manual.
As portas com braços concêntricos possuem um dispositivo mecânico acionado pela pressão da câmara interna,
que impede a abertura das mesmas durante o ciclo de esterilização.
Vista Frontal da Porta com Braços Concêntricos

1. Batente da porta (faz parte da 3. Braços concêntricos (parte 5. Ferrolhos (10 peças)
câmara interna) integrante da dobradiça) 6. Eixo da dobradiça
2. Corpo da porta 4. Volante

47/192
48/192
1 Seção 03-02 - Porta Guilhotina (Linha Autoclaves, 06/2013) 1

Seção 03-02 - Porta Guilhotina

Aplicação nos Modelos: com Porta Guilhotina

Índice
OPERAÇÃO MANUAL DAS PORTAS GUILHOTINA .............................................................................. 03-02-2
Autoclaves Hospitalares com 2 Portas Guilhotina......................................................................... 03-02-2
Abertura da Porta Guilhotina 1 (Entrada de Material) ............................................................. 03-02-2
Fechamento Manual da Porta Guilhotina 1 (Entrada de Material) ............................................ 03-02-3
Abertura da Porta Guilhotina 2 (Saída de Material) ................................................................ 03-02-4
Fechamento Manual da Porta Guilhotina 2 (Saída de Material)................................................ 03-02-6
Autoclaves Hospitalares com 1 Porta Guilhotina .......................................................................... 03-02-7
Abertura da Porta Guilhotina ................................................................................................ 03-02-7
Fechamento Manual da Porta Guilhotina 1 (Entrada de Material) ............................................ 03-02-8

49/192
2 Seção 03-02 - Porta Guilhotina (Linha Autoclaves, 06/2013) 2

OPERAÇÃO MANUAL DAS PORTAS GUILHOTINA


Autoclaves Hospitalares com 2 Portas Guilhotina
NOTA: as ilustrações e procedimentos dos próximos passos aplicam-se à porta número 1 (lado de
entrada de material) das Autoclaves de duas portas.
Abertura da Porta Guilhotina 1 (Entrada de Material)
1. Preparativos para a operação:
• Posicione a porta para cima (totalmente fechada).
• Abra o painel de controle. Para mais informações sobre ao acesso ao painel de controle, consulte Grupo
01 - Informações Gerais – “Seção 01-01 - Introdução”, neste manual.
2. Localize o contator que alimenta o travamento da porta 1.
3. Desligue o conjunto de fios do lado direito do contator (fio com
anilha 26).

4. Usando uma chave de fendas de ponta fina, pressione o botão


do contator para desaplicar o sistema de travamento da porta
(eixo excêntrico).
Certifique-se de que o atuador de travamento foi acionado até
o fim do curso.

50/192
3 Seção 03-02 - Porta Guilhotina (Linha Autoclaves, 06/2013) 3

5. Ainda com a extremidade da chave de fendas, pressione o


contator de abertura da porta 2.
NOTA: a porta deve ser aberta o necessário para a
execução do serviço para o tipo de operação.
• Aproximadamente 15 centímetros para manutenção nas
correntes de tração (veja “REGULAGEM DAS CORRENTES”).
• Até o batente inferior, para troca de guarnição, manutenção
nas guias, etc.
2 CUIDADO: para a operação manual da porta
guilhotina, os sensores de fim de curso estarão
desacoplados do sistema. Por este motivo, esteja
atento para o momento em que aporta atinge o
batente. Continuar aplicando tração na porta poderá
causar a quebra das correntes.

Após a execução operação de manutenção, feche a porta seguindo os passos abaixo.


Fechamento Manual da Porta Guilhotina 1 (Entrada de Material)
1. Pressione o contator de fechamento da porta 1 até a altura
adequada.

51/192
4 Seção 03-02 - Porta Guilhotina (Linha Autoclaves, 06/2013) 4

2. Conecte o conjunto de fios no lado direito do contator (anilha


26). Verifique se o atuador travou adequadamente a porta.
3. Feche o painel de controle.
4. Teste a abertura e o fechamento da porta usando os comandos
de operação normal.

Abertura da Porta Guilhotina 2 (Saída de Material)


1. Preparativos para a operação:
• Posicione a porta para cima (totalmente fechada).
• Abra o painel de controle. Para mais informações sobre ao acesso ao painel de controle, consulte Grupo
01 - Informações Gerais – “Seção 01-01 - Introdução”, neste manual.
2. Localize o contator que alimenta o travamento da porta 2.
3. Desligue o conjunto de fios do lado direito do contator (fio com
anilha 34).

52/192
5 Seção 03-02 - Porta Guilhotina (Linha Autoclaves, 06/2013) 5

4. Usando uma chave de fendas de ponta fina, pressione o botão


do contator para desaplicar o sistema de travamento da porta
(eixo excêntrico).

5. Ainda com a extremidade da chave de fendas, pressione o


contator de abertura da porta 2, como mostrado.
NOTA: na operação de ajuste das correntes, a porta
deve ser aberta aproximadamente 15 centímetros (o
suficiente para a introdução de uma alavanca adequada
para pressionar a porta para baixo).

53/192
6 Seção 03-02 - Porta Guilhotina (Linha Autoclaves, 06/2013) 6

Fechamento Manual da Porta Guilhotina 2 (Saída de Material)


1. Pressione o contator de fechamento da porta 2, como mostrado
na figura ao lado.

2. Conecte o conjunto de fios no lado direito do contator (anilha


34). Verifique se o atuador travou adequadamente a porta.
3. Feche o painel de controle.
4. Teste a abertura e o fechamento da porta usando os comandos
de operação normal.

54/192
7 Seção 03-02 - Porta Guilhotina (Linha Autoclaves, 06/2013) 7

Autoclaves Hospitalares com 1 Porta Guilhotina


Abertura da Porta Guilhotina
1. Preparativos para a operação:
• Posicione a porta para cima (totalmente fechada).
• Abra o painel de controle. Para mais informações sobre ao acesso ao painel de controle, consulte Grupo
01 - Informações Gerais – “Seção 01-01 - Introdução”, neste manual.
2. Localize o contator que alimenta o travamento da porta.
3. Desligue o conjunto de fios do lado direito do contator (fio com
anilha 26).

4. Usando uma chave de fendas de ponta fina, pressione o botão


do contator para desaplicar totalmente o sistema de
travamento da porta (eixo excêntrico).

55/192
8 Seção 03-02 - Porta Guilhotina (Linha Autoclaves, 06/2013) 8

5. Ainda com a extremidade da chave de fendas, pressione o


contator de abertura da porta.
NOTA: a porta deve ser aberta o necessário para a
execução do serviço para o tipo de operação.
• Aproximadamente 15 centímetros para manutenção nas
correntes de tração (veja “REGULAGEM DAS CORRENTES”).
• Até o batente inferior, para troca de guarnição, manutenção
nas guias, etc.

Após a execução operação de manutenção, feche a porta seguindo os passos abaixo.

Fechamento Manual da Porta Guilhotina 1 (Entrada de Material)


1. Pressione o contator de fechamento da porta 1.

56/192
9 Seção 03-02 - Porta Guilhotina (Linha Autoclaves, 06/2013) 9

2. Conecte o conjunto de fios no lado direito do contator (fio com


anilha 26).
3. Feche o painel de controle.
4. Teste a abertura e o fechamento da porta usando os comandos
de operação normal.

57/192
58/192
1 Seção 03-03 - Correntes de Acionamento das Portas (Linha Autoclaves, 06/2013) 1

Seção 03-03 - Correntes de Acionamento das Portas

Aplicação nos Modelos: com Porta Guilhotina

Índice
REGULAGEM DAS CORRENTES ....................................................................................................... 03-03-2
Correção da Folga das Correntes ............................................................................................... 03-03-2
Correção da Folga no Lado Externo das Correntes ................................................................. 03-03-2
Correção da Folga no Lado Interno das Correntes ................................................................. 03-03-4
Substituição das Correntes das Portas ........................................................................................ 03-03-6
Correntes de Tração das Portas............................................................................................ 03-03-6
Corrente Acionadora do Eixo de Tração da Porta ................................................................... 03-03-7
Eixo de Operação das Portas ..................................................................................................... 03-03-7
Remoção ............................................................................................................................ 03-03-7
Instalação........................................................................................................................... 03-03-9
Substituição dos Rolamentos do Eixo de Operação das Portas.................................................... 03-03-11
Rolamentos dos Mancais Laterais do Eixo............................................................................ 03-03-11
Rolamentos do Cubo da Engrenagem Acionada, no Mancal Central do Eixo de Operação das
Portas ................................................................................................................03-03-12
Substituição do Eixo e da Engrenagem na Caixa de Redução................................................ 03-03-12
Substituição do Acionador da Trava da Porta Guilhotina ....................................................... 03-03-14
Regulagem do Travamento Mecânico das Portas Guilhotina.................................................. 03-03-16

59/192
2 Seção 03-03 - Correntes de Acionamento das Portas (Linha Autoclaves, 06/2013) 2

REGULAGEM DAS CORRENTES


1. Preparativos para a operação:
• Posicione a porta para cima (totalmente fechada).
• Desligue o equipamento da fonte de energia.
• Remova as placas de acabamento.
2. Avalie qual a parte da corrente se apresenta com folga, pois
isto vai definir o tipo de procedimento para o ajuste:
(1) Parte externa. Para mais informações, consulte o item
“Correção da Folga no Lado Externo das Correntes”, nesta
seção.
(2) Parte interna. Para mais informações, consulte o item
“Correção da Folga no Lado Interno das Correntes”, nesta
seção.

Correção da Folga das Correntes


Correção da Folga no Lado Externo das Correntes
1. Ligue a autoclave à rede elétrica.
2. Abra o painel de controle.
3. Remova as placas do acabamento externo. Para mais
informações, consulte o item “REMOÇÃO E INSTALAÇÃO DOS
PANÉIS EXTERNOS”, neste manual.
NOTA: ajuste sempre um lado da corrente de cada vez.

60/192
3 Seção 03-03 - Correntes de Acionamento das Portas (Linha Autoclaves, 06/2013) 3

NOTA: para a operação que segue, são necessárias 2


pessoas.
4. Solicite ao auxiliar que, com o uso de uma alavanca, pressione
a porta para baixo.
Assim que a pressão na corrente for aliviada, remova o pino de
acoplamento da corrente ao tensor.

5. Gire o tensor no sentido horário (para esticar a corrente) ou no


sentido anti-horário (para aliviar a tensão na corrente).

6. Solicite novamente ao auxiliar que pressione a porta. Encaixe o


pino de acoplamento.
7. Repita o processo na outra corrente de movimentação, no
outro lado da porta.
NOTA: após a regulagem, verifique se a porta está
alinhada com o fim do curso superior.

8. Instale as placas do acabamento externo. Para mais informações, consulte o item “REMOÇÃO E
INSTALAÇÃO DOS PANÉIS EXTERNOS”, neste manual.
9. Feche o painel de controle.
10. Ligue a Autoclave à rede elétrica.
11. Teste a abertura e o fechamento da porta usando os comandos de operação normal.

61/192
4 Seção 03-03 - Correntes de Acionamento das Portas (Linha Autoclaves, 06/2013) 4

Correção da Folga no Lado Interno das Correntes


1. Ligue a Autoclave à rede elétrica.
2. Abra o painel de controle.
3. Feche as portas completamente (até o fim do curso superior).
4. Desligue a Autoclave da rede elétrica.

5. Remova o gradil superior para acessar a roldana de ajuste


superior.

6. Se a folga da corrente não for suficiente para a remoção do


pino de acoplamento, solte os parafusos localizadores dos eixos
das roldanas superiores das correntes.

NOTA: ajuste sempre um lado de cada vez.


7. Remova o pino localizador da corrente de um dos lados.
8. Gire o parafuso de regulagem:
• Apertando o parafuso a folga diminui.
• Soltado o parafuso, a folga aumenta.
9. Instale o pino localizador.

62/192
5 Seção 03-03 - Correntes de Acionamento das Portas (Linha Autoclaves, 06/2013) 5

10. Aperte os parafusos localizadores do eixo da roldana superior


da corrente até que a corrente esteja completamente esticada.
NOTA: aperte com igual número de voltas os parafusos
de localização de uma mesma roldana para evitar que
haja inclinação no eixo.

11. Se após este procedimento a corrente ainda estiver com folga,


remova as placas do acabamento externos laterais. Para mais
informações, consulte o item “REMOÇÃO E INSTALAÇÃO DOS
PANÉIS EXTERNOS”, neste manual.

12. Aperte com igual número de voltas os parafusos de localização


do eixo da roldana inferior.

NOTA: aperte com igual número de voltas os parafusos de localização de uma mesma roldana
para evitar que haja inclinação no eixo.
13. Repita o processo na outra corrente de movimentação no outro lado da porta.
14. Instale as placas do acabamento externo. Para mais informações, consulte o item “REMOÇÃO E
INSTALAÇÃO DOS PANÉIS EXTERNOS”, neste manual.
15. Feche o painel de controle.
16. Ligue a Autoclave à rede elétrica.
17. Teste a abertura e o fechamento da porta usando os comandos de operação normal.

63/192
6 Seção 03-03 - Correntes de Acionamento das Portas (Linha Autoclaves, 06/2013) 6

Substituição das Correntes das Portas


Correntes de Tração das Portas
2 CUIDADO: ao substituir uma corrente rompida, verifique se a nova corrente tem o mesmo
tamanho da corrente não rompida.
Ambos os lados da porta devem ter correntes de mesmo comprimento.
1. Preparativos para a operação:
• Desligue o equipamento da fonte de energia.
• Remova as placas de acabamento. Para mais informações, consulte o item “REMOÇÃO E INSTALAÇÃO
DOS PANÉIS EXTERNOS”, neste manual.
2. Remova o pino de acoplamento da corrente ao tensor superior
(lado de cima da porta).

3. Remova o pino de acoplamento da corrente ao tensor inferior


(lado inferior da porta)
4. Instale a nova corrente.

5. Ajuste a tensão da corrente. Para mais informações, consulte o item “REGULAGEM DAS CORRENTES”,
nesta seção.
6. Teste o funcionamento do mecanismo de acionamento da porta usando os comandos de operação normal.
• Se necessário, faça a mesma operação do outro lado do mecanismo de operação da porta.
• Ligue a fonte de energia.
• Instale as placas de acabamento. Para mais informações, consulte o item “REMOÇÃO E INSTALAÇÃO
DOS PANÉIS EXTERNOS”, neste manual.

64/192
7 Seção 03-03 - Correntes de Acionamento das Portas (Linha Autoclaves, 06/2013) 7

Corrente Acionadora do Eixo de Tração da Porta


1. Preparativos para a operação:
• Desligue o equipamento da fonte de energia.
• Remova as placas de acabamento.
2. Solte os parafusos de fixação do suporte de ajuste da corrente
acionadora (4 parafusos – 2 de cada lado).
NOTA: não é necessário remover os parafusos, somente
soltar o necessário para deslocar a placa.

3. Se houver necessidade (no caso de quebra, por exemplo)


instale uma nova corrente com o mesmo comprimento da
corrente substituída.
2 CUIDADO: apesar do orifício de regulagem ter a
tendência de manter o paralelismo, ao deslocar a base
de regulagem, certifique-se de que as engrenagens
motora e movida estejam alinhadas.

4. Desloque do suporte de ajuste para o lado do motor (esticar)


ou para o lado do redutor (afrouxar) para regular a tensão na
corrente.
5. Aperte os parafusos com o torque adequado. Para informações
sobre o torque, consulte o item “Tabela de Torque Máximo em
Parafusos”, neste manual.

6. Ligue a Autoclave à rede elétrica.


7. Teste o funcionamento das portas usando os comandos de operação normal.
8. Instale as placas do acabamento externo. Para mais informações, consulte o item “REMOÇÃO E
INSTALAÇÃO DOS PANÉIS EXTERNOS”, neste manual.

Eixo de Operação das Portas


Remoção
1. Preparativos para a operação:
• Desligue o equipamento da fonte de energia.
• Remova as placas de acabamento.
• Calce a porta com um suporte de madeira de tamanho adequado, para evitar uma queda acidental.

65/192
8 Seção 03-03 - Correntes de Acionamento das Portas (Linha Autoclaves, 06/2013) 8

2. Solte os parafusos de fixação e desloque do suporte de ajuste


para o lado do redutor para soltar a corrente do motor.
3. Desencaixe a corrente da engrenagem motriz (no eixo do
redutor).

4. Solte os dois parafusos de fixação da luva da engrenagem


acionada ao eixo de operação das portas.

5. Remova os dois parafusos (um de cada lado) de fixação do


mancal da engrenagem acionada (mancal central do eixo).

6. Remova os quatro parafusos de fixação das engrenagens


laterais (engrenagens de tração das correntes das portas) ao
eixo de operação das portas.

7. Solte as correntes de acionamento das portas em ambos os


lados. Para isto, remova o pino de ligação da corrente à parte
inferior da porta. Para mais informações, consulte o item
“Correção da Folga no Lado Externo das Correntes”, nesta
seção.

66/192
9 Seção 03-03 - Correntes de Acionamento das Portas (Linha Autoclaves, 06/2013) 9

8. Remova os parafusos de fixação dos dois mancais laterais.


9. Remova o eixo de operação das portas.

Instalação
1. Posicione no eixo, a engrenagem acionada já instalada em seu mancal. Instale nesta engrenagem, a
corrente acionadora do eixo de tração.
2. Posicione as engrenagens de tração das correntes das portas.
NOTA: observe a posição de montagem. O cubo das duas engrenagens devem ficar voltados
para dentro e a parte dentada, para fora.
2 CUIDADO: aperte os parafusos com o torque adequado. Para informações sobre o torque,
consulte o item “Tabela de Torque Máximo em Parafusos”, neste manual.
3. Aperte os parafusos dos mancais externos do eixo de operação
das portas.

4. Aperte os parafusos do mancal central e os parafusos de


fixação da engrenagem acionada ao eixo de operação das
portas.

5. Instale a corrente acionadora do eixo na engrenagem da caixa


de redução.
6. Estique a corrente acionadora e aperte os parafusos da placa
de fixação do conjunto motor/caixa de redução. Para mais
informações, consulte o item “Corrente Acionadora do Eixo de
Tração da Porta”, nesta seção.

67/192
10 Seção 03-03 - Correntes de Acionamento das Portas (Linha Autoclaves, 06/2013) 10

7. Instale as correntes de acionamento das portas em ambos os


lados. Para isto, reinstale o pino de ligação da corrente à parte
inferior da porta. Para mais informações, consulte o item
“Correção da Folga no Lado Externo das Correntes”, nesta
seção.

8. Avalie a folga das correntes e ajuste, se necessário. Para mais


informações, consulte o item “Correção da Folga no Lado
Externo das Correntes”, nesta seção.
• Ligue o equipamento na fonte de energia.
• Teste o sistema de abertura e fechamento das portas
usando os comandos de operação normal.
• Instale as placas de acabamento. Para mais informações,
consulte o item “REMOÇÃO E INSTALAÇÃO DOS PANÉIS
EXTERNOS”, neste manual.

68/192
11 Seção 03-03 - Correntes de Acionamento das Portas (Linha Autoclaves, 06/2013) 11

Substituição dos Rolamentos do Eixo de Operação das Portas


Rolamentos dos Mancais Laterais do Eixo
1. Preparativos para a operação:
• Desligue o equipamento da fonte de energia.
• Remova as placas de acabamento.
• Calce a porta com um suporte de madeira de tamanho adequado, para evitar uma queda acidental.
NOTA: faça a substituição em um mancal por vez.
2. Libere a corrente do lado onde o mancal será removido. Para
mais informações, consulte o item “Correção da Folga no Lado
Externo das Correntes”, nesta seção.

3. Remova os parafusos de fixação do mancal e remova o mancal.

NOTA: os mancais são montados com baixa


interferência, tanto na extremidade do eixo como no
alojamento do mancal. Por este motivo, não se faz
necessário o uso de ferramentas especiais.
4. Remova o rolamento, teste quanto a ruídos e desgaste
excessivo.
Substitua se necessário.

5. Instale e ajuste a corrente do lado onde o mancal será


removido. Para mais informações, consulte o item “Correção da
Folga no Lado Externo das Correntes”, nesta seção.

6. Repita a mesma sequência par substituir o rolamento no mancal da outra extremidade do eixo.
7. Instale as placas de acabamento. Para mais informações, consulte o item “REMOÇÃO E INSTALAÇÃO DOS
PANÉIS EXTERNOS”, neste manual.
8. Ligue o equipamento na fonte de energia e teste a abertura e o fechamento das portas usando os
comandos de operação normal.

69/192
12 Seção 03-03 - Correntes de Acionamento das Portas (Linha Autoclaves, 06/2013) 12

Rolamentos do Cubo da Engrenagem Acionada, no Mancal Central do Eixo de


Operação das Portas
1. Remova o eixo de operação das portas. Para mais informações, consulte o item “Eixo de Operação das
Portas”, nesta seção.
2. Com o auxílio de um alicate saca travas, remova o anel elástico
de retenção do rolamento do cubo da engrenagem acionada.

3. Usando um martelo plástico, aplique pancadas leves ao cubo


da engrenagem empurrando o mesmo para fora da pista
interna do rolamento.
4. Remova o rolamento do corpo do mancal.
5. Instale um novo rolamento no corpo do mancal

6. Posicione o cubo da engrenagem e instale um novo anel


elástico.

7. Instale o eixo de operação das portas. Para mais informações, consulte o item “Eixo de Operação das
Portas”, nesta seção.
Substituição do Eixo e da Engrenagem na Caixa de Redução
Autoclaves Hospitalares com 1 ou 2 Portas Guilhotina
Remoção
1. Preparação para a operação:
• Desligue o equipamento da fonte de energia.
• Remova os painéis de acabamento. Para mais informações, consulte o item “REMOÇÃO E INSTALAÇÃO
DOS PANÉIS EXTERNOS”, neste manual.
2. Antes de remover a corrente acionadora, remova o parafuso de
fixação do eixo da engrenagem ao cubo da caixa de redução.
NOTA: caso a corrente esteja rompida, fixe a
engrenagem para permitir a remoção do parafuso. Isto
evita que as engrenagens do redutor sejam forçadas.

70/192
13 Seção 03-03 - Correntes de Acionamento das Portas (Linha Autoclaves, 06/2013) 13

3. Remova a corrente acionadora do eixo de tração da porta. Para


mais informações, consulte o item “Corrente Acionadora do
Eixo de Tração da Porta”, nesta seção.

4. Usando um pino de metal macio e um martelo, empurre o eixo


da engrenagem acionadora para fora do cubo da caixa
redutora.
NOTA: remova também chaveta caso esta permaneça
presa ao cubo da caixa redutora.
5. Remova o eixo e a engrenagem.

Instalação
2 CUIDADO: aperte os parafusos com o torque adequado. Para informações sobre o torque,
consulte o item “Tabela de Torque Máximo em Parafusos”, neste manual.
1. Antes de iniciar a instalação examine os dentes da
engrenagem, as soldas entre o eixo e a engrenagem, os
parafusos de fixação da engrenagem ao eixo e o próprio eixo
quanto a riscos e amassados.

2. Instale o eixo no cubo da caixa de redução.


3. Instale a chaveta do eixo.

4. Instale a arruela e o parafuso de fixação do eixo.


NOTA: fixe o eixo pela engrenagem para não forças as
engrenagens da caixa de redução.

71/192
14 Seção 03-03 - Correntes de Acionamento das Portas (Linha Autoclaves, 06/2013) 14

5. Instale a corrente acionadora do eixo de tração.


6. Regule a tensão da corrente. Para mais informações, consulte
o item “Corrente Acionadora do Eixo de Tração da Porta”, nesta
seção.
2 CUIDADO: apesar do orifício de regulagem ter a
tendência de manter o paralelismo, ao deslocar a base
de regulagem, certifique-se de que as engrenagens
motora e movida estejam alinhadas.

7. Verifique o resultado da operação:


• Ligue o equipamento da fonte de energia.
• Teste o funcionamento do sistema.
• Instale os painéis de acabamento.
Substituição do Acionador da Trava da Porta Guilhotina
Autoclaves Hospitalares com 1 ou 2 Portas Guilhotina
Remoção
2 CUIDADO:
Antes de substituir o conjunto eletromecânico de acionamento da trava da porta avalie:
• Se existe tensão na entrada da fonte de alimentação do acionador da trava.
• Se existe tensão na saída da fonte de alimentação do acionador da trava (24 V).
Para sua segurança, consulte a “Seção 05-01 - Diagramas Elétricos”, neste manual.
1. Preparação para a operação:
• Remova os gradis de acabamento superior do equipamento.
• Desligue o equipamento da fonte de energia.
• Remova as placas de acabamento frontal (se necessário). Para mais informações, consulte o item
“REMOÇÃO E INSTALAÇÃO DOS PANÉIS EXTERNOS”, neste manual.
2. Remova as conexões elétricas do acionador das travas das
portas.
NOTA: identifique os fios com etiquetas para facilitar o
trabalho de instalação. A inversão dos fios poderá
causar funcionamento incorreto do sistema.

3. Remova o pino elástico no pino de acoplamento do acionador


com o braço de tração eixo came.
4. Remova o pino de acoplamento do acionador à barra trava.

72/192
15 Seção 03-03 - Correntes de Acionamento das Portas (Linha Autoclaves, 06/2013) 15

5. Remova o pino elástico no pino de acoplamento do acionador


com o apoio traseiro.
• Remova o pino de acoplamento da articulação do acionador
da trava da porta.
6. Remova o acionador da trava da porta.

Instalação
1. Posicione o novo acionador da trava da porta em seu local de
trabalho e instale o pino de acoplamento da articulação do
acionador.

2. Solte em ambos os lados, os parafusos da barra trava, que


ligam a barra ao acionador do came.

3. Instale o pino de acoplamento do acionador à barra trava.


4. Instale novos pinos elásticos no pino da articulação traseira e
no pino de acoplamento com a barra trava.

5. Refaça as conexões elétricas do acionador das travas das


portas.
NOTA: não inverta a posição dos fios. Para mais
informações, consulte a “Seção 05-01 - Diagramas
Elétricos”, neste manual.

6. Ligue o equipamento na fonte de energia.

73/192
16 Seção 03-03 - Correntes de Acionamento das Portas (Linha Autoclaves, 06/2013) 16

7. Faça o procedimento de ajuste dos cames. Para mais informações, consulte o item “Regulagem do
Travamento Mecânico das Portas Guilhotina”, nesta seção.
8. Após a regulagem dos cames, instale as placas de acabamento e reinstale os gradis de acabamento
superior do equipamento.
Regulagem do Travamento Mecânico das Portas Guilhotina
Autoclaves Hospitalares com 1 ou 2 Portas Guilhotina
2 CUIDADO: se a porta estiver permanentemente travada, antes de iniciar a regulagem verifique:
• Se existe tensão na entrada da fonte de alimentação do acionador da trava.
• Se existe tensão na saída da fonte de alimentação do acionador da trava (24 V).
Para sua segurança, consulte a “Seção 05-01 - Diagramas Elétricos”, neste manual.
2 CUIDADO: para a operação manual da porta guilhotina, os sensores de fim de curso estarão
desacoplados do sistema.
Por este motivo, esteja atento para o momento em que a porta atinge o batente. Continuar
aplicando tração na porta poderá causar a quebra das correntes.
1. Preparação para a operação:
• Remova os painéis de acabamento.
• Abra a porta até o batente de apoio inferior. Para mais informações, consulte o item “OPERAÇÃO
MANUAL DAS PORTAS GUILHOTINA”, nesta seção.
2. Solte as porcas trava (1) dos parafusos da barra trava.
3. Solte em ambos os lados, os parafusos da barra trava (2), que
ligam a barra ao acionador do came.

4. Posicione manualmente os cames na posição “DESAPLICADO”


e instale em ambos os lados, sargentos para mantê-los nesta
posição.

5. Abra o painel de controle e desligue o acionamento fio de


alimentação do acionamento automático das portas:
• Fio com anilha 26 para a porta 1 (tanto para Autoclaves com
duas portas como para as com porta única).

74/192
17 Seção 03-03 - Correntes de Acionamento das Portas (Linha Autoclaves, 06/2013) 17

• Fio com anilha 34 para a porta 2 (lado limpo).

6. Acione manualmente o contator para abrir a trava da porta.


Com uma chave de fendas fina, pressione o contator:
(1) Para recolher o braço do acionador da trava da porta 1
(Autoclave com duas portas).
(2) Para recolher o braço do acionador da porta 2.
(3) Para recolher o braço do acionador da trava da porta 1
(Autoclave com uma porta).

7. Gire o parafuso de regulagem da barra trava até que seja


possível encaixar o parafuso de união da barra com o braço de
acionamento do came.
8. Repita a operação na outra extremidade da barra trava.

9. Aperte a porca de ajuste (1) do parafuso da barra trava.


10. Aperte o parafuso de união (2) da barra trava ao braço de
acionamento do came.

11. Remova os sargentos em ambos os lados.

75/192
18 Seção 03-03 - Correntes de Acionamento das Portas (Linha Autoclaves, 06/2013) 18

12. Ligue o fio de alimentação do acionamento automático das


portas:
• Fio com anilha 26 para a porta 1 (tanto para Autoclaves com
duas portas como para as com porta única).

• Fio com anilha 34 para a porta 2 (lado limpo).

13. Teste o funcionamento das portas e do dispositivo de travamento usando os comandos de operação
normal.
14. Instale os painéis de acabamento removidos para esta operação.

76/192
1 Seção 03-04 - Guarnição de Vedação das Portas (Linha Autoclaves, 06/2013) 1

Seção 03-04 - Guarnição de Vedação das Portas

Aplicação nos Modelos: com Porta Guilhotina

Índice
SUBSTITUIÇÃO DA GUARNIÇÃO DE VEDAÇÃO DAS PORTAS............................................................. 03-04-2
Autoclaves Hospitalares com 1 ou 2 Portas................................................................................. 03-04-2
Remoção ............................................................................................................................ 03-04-2
Instalação........................................................................................................................... 03-04-3

77/192
2 Seção 03-04 - Guarnição de Vedação das Portas (Linha Autoclaves, 06/2013) 2

SUBSTITUIÇÃO DA GUARNIÇÃO DE VEDAÇÃO DAS PORTAS


Autoclaves Hospitalares com 1 ou 2 Portas
Remoção
1. Preparação para a operação:
• Remova os painéis de acabamento.
• Abra a porta.
NOTA: a operação seguinte aplica-se somente à porta guilhotina.
2 CUIDADO: para a operação manual da porta guilhotina, os sensores de fim de curso estarão
desacoplados do sistema. Por este motivo, esteja atento para o momento em que aporta
atinge o batente. Continuar aplicando tração na porta poderá causar a quebra das correntes.
2. Abra a porta até que a mesma atinja o batente de apoio
inferior. A abertura até o batente é importante para permitir o
acesso à parte inferior da guarnição da porta. Para mais
informações, consulte o item “OPERAÇÃO MANUAL DAS
PORTAS GUILHOTINA”, neste manual.

NOTA: as operações descritas a seguir são as mesmas para qualquer tipo de porta.
3. Inicie a remoção da guarnição antiga pela emenda (localizada
na parte superior da porta).
NOTA: a união das duas extremidades é feita com
silicone. Ao remover a guarnição, elimine todo o
resíduo e silicone a superfície do canal de instalação.
4. Complete a remoção e limpe o calha de alojamento da
guarnição.

78/192
3 Seção 03-04 - Guarnição de Vedação das Portas (Linha Autoclaves, 06/2013) 3

Instalação
1. Corte uma fina camada em uma das extremidades da
guarnição para garantir que a superfície fique perfeitamente
perpendicular à guarnição.

2. Em seguida, faça um chanfro na parte traseira da guarnição.


NOTA: este espaço será preenchido com silicone no
final da instalação. Inicie a instalação pela parte
superior, a partir da metade do comprimento do
alojamento.

3. 2 CUIDADO: observe o perfil da guarnição. Um dos


lábios de vedação é mais largo. Este lado deve ser
montado para o lado de fora.
Inicie a instalação pela parte superior, a partir da metade do
comprimento do alojamento.
NOTA: a pressão de instalação de uma guarnição nova
é pequena, mas se necessário, utilize um martelo
plástico para auxiliar a operação.

4. Após completar a instalação em quase todo o perímetro do


batente da porta, meça e corte a guarnição no tamanho
necessário.

5. Remova parcialmente a extremidade final e faça um chanfro na


parte traseira da guarnição.
NOTA: este espaço será preenchido com silicone no
final da instalação.

79/192
4 Seção 03-04 - Guarnição de Vedação das Portas (Linha Autoclaves, 06/2013) 4

6. Aplique no ponto de junção das duas extremidades da


guarnição, uma quantidade generosa de silicone.
7. Comprima as extremidades e remova o excesso de silicone.
NOTA: a remoção do excesso de silicone poderá ser
feita após a cura, com muito cuidado, usando um
estilete afiado.

8. Esta operação só é necessária na Autoclaves com portas guilhotina:


• Feche a porta. Para mais informações, consulte o item “OPERAÇÃO MANUAL DAS PORTAS
GUILHOTINA”, neste manual.

80/192
1 Seção 03-05 - Ajuste das Portas Guilhotina (Linha Autoclaves, 06/2013) 1

Seção 03-05 - Ajuste das Portas Guilhotina

Aplicação nos Modelos: com Porta Guilhotina

Índice
AJUSTES DE CONTATO DE VEDAÇÃO DAS PORTAS GUILHOTINA...................................................... 03-05-2
Autoclaves Hospitalares com 1 ou 2 Portas Guilhotina ................................................................. 03-05-2
Ajuste nos Apoios da Trava da Porta (Came)......................................................................... 03-05-3
Remoção dos Espaçadores da Calha da Porta Guilhotina ........................................................ 03-05-4
Substituição e Regulagem dos Sensores de Fim de Curso....................................................... 03-05-6
Dispositivo Antiesmagamento (Opcional) – Teste e Substituição ............................................. 03-05-7

81/192
2 Seção 03-05 - Ajuste das Portas Guilhotina (Linha Autoclaves, 06/2013) 2

AJUSTES DE CONTATO DE VEDAÇÃO DAS PORTAS GUILHOTINA


Autoclaves Hospitalares com 1 ou 2 Portas Guilhotina
O ajuste das portas guilhotina para garantir a retenção de pressão nas Autoclaves pode ser feito por três
processos:
1. Substituição da guarnição.
2. Ajuste nos apoios da trava da porta (came).
3. Inserção ou remoção de calços no quadro da porta.
Como o processo “1. Substituição da guarnição” faz parte do Plano de Manutenção Preventiva para Autoclaves,
deve ser usado como primeira opção.
Caso a vedação continue ineficiente, os processos “2” e “3” devem ser usados.
NOTA: antes verifique se não existem deformações ou empenamentos na porta. Em caso positivo,
o ajuste simplesmente não resolverá o problema. Neste caso, será necessária a substituição da
porta.

1. Conjunto de parafusos de fixação e 3. Parafuso de fixação das peças da 5. Suporte de montagem dos
regulagem da profundidade do eixo calha da porta guilhotina sensores de fim de curso
came (a quantidade varia com a (2 peças do lado esquerdo do
(2 conjuntos por lado) capacidade do equipamento, na conjunto)
2. Parafusos e contraporcas de ajuste figura, 8 por lado)
da profundidade do eixo came 4. Parafusos de fixação e regulagem
(3 conjuntos por lado) dos guias da porta
(2 conjuntos por lado)

82/192
3 Seção 03-05 - Ajuste das Portas Guilhotina (Linha Autoclaves, 06/2013) 3

Preparação para a operação


• Remova os painéis de acabamento.
• Verifique o funcionamento do sistema de travamento (came) e ajuste, se necessário. Para mais informações,
consulte o item “Regulagem do Travamento Mecânico das Portas Guilhotina”, neste manual.
• Feche a porta até o nível máximo superior.
• Desligue o equipamento da fonte de energia.
Ajuste nos Apoios da Trava da Porta (Came)
NOTA: os passos seguintes estão mostrando o lado direito da calha da porta. A operação deve ser
feita em ambos os lados com a mesma sequência.
1. Solte os parafusos de fixação (1) dos suportes superior e
inferior do eixo came.
Solte o parafuso central (2) de apoios dos mancais superior e
inferior do eixo came.

2. Solte as porcas de travamento e solte os parafusos de pressão


dos apoios do eixo came.

3. Aperte lentamente os parafusos de apoio, a partir dos


parafusos centrais até os parafusos de pressão dos mancais.
NOTA: aperte seguindo a ordem de 1 a 6.

4. Após o ajuste, reaperte os parafusos de fixação dos mancais


superiores e inferiores do eixo came.

83/192
4 Seção 03-05 - Ajuste das Portas Guilhotina (Linha Autoclaves, 06/2013) 4

5. Ligue a Autoclave à fonte de energia e inicie um teste de


estanqueidade de vácuo. Para mais informações, consulte o
Manual do Operador.
Caso o teste indique a ocorrência de vazamento, repita os
passos anteriores.

Remoção dos Espaçadores da Calha da Porta Guilhotina


2 CUIDADO: para a execução desta operação, a trava da porta deverá estar desaplicada. Para
mais informações sobre o destravamento da porta, consulte o item “OPERAÇÃO MANUAL DAS
PORTAS GUILHOTINA”, neste manual.
As calhas de operação da porta guilhotina são formadas por 4 peças principais:

1. Barra frontal 3. Eixo Came (não faz parte da 4. Barra lateral


2. Calço estrutura da calha da porta) 5. Barra traseira

1. Remova os parafusos de fixação (1) e o de regulagem de


pressão dos mancais superior e inferior do eixo came (2). Para
mais informações, consulte o item “Ajuste nos Apoios da Trava
da Porta (Came)”, nesta seção.

84/192
5 Seção 03-05 - Ajuste das Portas Guilhotina (Linha Autoclaves, 06/2013) 5

2. Remova os parafusos de fixação da barra frontal à barra lateral.

3. Remova o calço.

4. Verifique o posicionamento dos mancais do eixo came,


posicione a barra frontal sobre a barra lateral e instale os
parafusos de fixação da barra frontal.

5. Instale e aperte os parafusos de fixação e de regulagem de


pressão do eixo came.

85/192
6 Seção 03-05 - Ajuste das Portas Guilhotina (Linha Autoclaves, 06/2013) 6

6. Ligue a Autoclave à fonte de energia e inicie um teste de


estanqueidade de vácuo. Para mais informações, consulte o
Manual do Operador.

Substituição e Regulagem dos Sensores de Fim de Curso


As portas guilhotina possuem dois sensores de fim de curso, cuja função é a de interromper a alimentação do
motor de acionamento da porta quando esta atinge a sua posição de operação.
Caso o sensor deixe de funcionar, o sintoma é a interrupção da movimentação das portas. Neste caso, substitua
e confira a regulagem como segue:
1. Verifique a existência de tensão na entrada do sensor. Para
mais informações, consulte a “Seção 05-01 - Diagramas
Elétricos”, neste manual.
2. Remova os cabos de alimentação e saída do sensor.
NOTAS:
• Remova os fios do lado do sensor.
• Observe a posição de cada fio para facilitar a
instalação.
• Compare a fiação do novo sensor com a do sensor
removido.
3. Remova os parafusos de fixação e substitua o sensor por uma
nova peça.
4. Conecte os fios do novo sensor ao terminal de junção,
respeitando a posição de montagem dos condutores.

5. Ligue a Autoclave à fonte de energia e inicie a regulagem da


posição do sensor.
NOTA: observe que o suporte de fixação do sensor
possui dois conjuntos de furos, o que possibilita a
instalação do sensor em 3 posições horizontais e 3
verticais, num total de 9 posições diferentes.

86/192
7 Seção 03-05 - Ajuste das Portas Guilhotina (Linha Autoclaves, 06/2013) 7

Se esta combinação de 9 posições não for suficiente,


ainda existe a possibilidade de se efetuar mais um
ajuste, soltando a porca da haste do sensor e
modificando a posição do apalpador.

6. Acione a porta manualmente até o fim do curso superior e ajuste o sensor de fim de curso superior.
7. Acione a porta manualmente até o fim do curso inferior e regule o sensor de fim de curso inferior.
NOTA: quando o apalpador é tocado pelo acionador de fim de curso, a tensão na saída do
sensor deve ser de 0 V. Efetue a regulagem usando o auxílio de um voltímetro CA com
capacidade de tensão compatível com a tensão do equipamento.
Dispositivo Antiesmagamento (Opcional) – Teste e Substituição
Algumas Autoclaves são equipadas com um dispositivo antiesmagamento. Este acessório é opcional.
1. Quando disponível, o sensor do sistema antiesmagamento é
composto por:
(1) Uma barra suspensa em molas na parte superior da porta.
(2) Um sensor de fim de curso, montado sob a capa externa
de acabamento da porta.

2 CUIDADO: o fio de conexão do sensor do sistema de


antiesmagamento deve ser fixado por fitas plásticas ao
conjunto da porta para que acompanhe o movimento
da mesma.

2. As operações de teste, regulagem de contato e substituição seguem os mesmos passos aplicados aos
sensores de fim de curso. Para mais informações, consulte o item “Substituição e Regulagem dos Sensores
de Fim de Curso”, nesta seção.

87/192
88/192
1 Seção 03-06 - Portas com Braços Concêntricos (Linha Autoclaves, 06/2013) 1

Seção 03-06 - Portas com Braços Concêntricos

Aplicação nos Modelos: Todos

Índice
VISÃO GERAL ................................................................................................................................ 03-06-2
Identificação dos Componentes Principais .................................................................................. 03-06-2

SUBSTITUIÇÃO DOS ROLAMENTOS DA DOBRADIÇA ........................................................................ 03-06-3

AJUSTE DE FOLGA DOS BRAÇOS DE FECHAMENTO (FERROLHOS) .................................................... 03-06-5

SUBSTITUIÇÃO DO DIAFRAGMA DA TRAVA DE SEGURANÇA ............................................................ 03-06-6

MECANISMO ATUADOR DA FECHADURA DA PORTA ......................................................................... 03-06-8


Remoção ................................................................................................................................. 03-06-8
Instalação ................................................................................................................................ 03-06-9

89/192
2 Seção 03-06 - Portas com Braços Concêntricos (Linha Autoclaves, 06/2013) 2

VISÃO GERAL
As portas com braços concêntricos são bem mais simples que as portas guilhotina, mas nem por isto deixam
de atender às normas de segurança ou são menos eficientes.
Sua construção é bastante sólida e também possuem dispositivos de segurança contra aberturas com o
processo de trabalho em andamento, como veremos a seguir.
Identificação dos Componentes Principais

Vista frontal

Corte da vista superior

1. Braço concêntrico (faz parte da 5. Mecanismo atuador 9. Guarnição


dobradiça) 6. Alojamento do mecanismo de trava 10. Batente da porta (faz parte da
2. Eixo da dobradiça de segurança câmara interna)
3. Braços de fechamento (ferrolhos) 7. Volante 11. Suportes da dobradiça
4. Travas dos braços de fechamento 8. Capa de proteção do mecanismo 12. Anel de fixação (apoio inferior da
atuador dobradiça)

90/192
3 Seção 03-06 - Portas com Braços Concêntricos (Linha Autoclaves, 06/2013) 3

SUBSTITUIÇÃO DOS ROLAMENTOS DA DOBRADIÇA


2 ATENÇÃO:
• Verifique se a câmara interna não está pressurizada (vacuomanômetro deve marcar zero). Esta
precaução é necessária, pois se o diafragma da trava de segurança estiver danificado, o
mecanismo atuador poderá acidentalmente permitir a abertura da porta.
• Verifique se a Autoclave está fria, caso contrário a temperatura elevada poderá causar
queimaduras graves.
1. Mantenha os braços de fechamento expandidos para que a
porta possa ter o seu peso sustentado pelo batente da
Autoclave.

2. Remova, com o auxílio de um saca pinos, os 3 pinos elásticos


de fixação dos braços concêntricos ao eixo da dobradiça e o do
limitador de apoio inferior ao eixo da dobradiça.

3. Solte os quatro parafusos de fixação do braço concêntrico


superior à porta.

4. Remova o braço concêntrico superior e desloque para cima o


eixo da dobradiça.
NOTA: ao remover o eixo, segure com uma das mãos o
anel de fixação (apoio inferior da dobradiça).

91/192
4 Seção 03-06 - Portas com Braços Concêntricos (Linha Autoclaves, 06/2013) 4

5. Substitua os rolamentos de apoio da dobradiça da porta.


NOTA: lubrifique as pistas e a gaiola das esferas com
graxa a base de silicone, resistente a altas
temperaturas (“Pasta/SM” ou similar).

6. Monte o eixo da dobradiça:


• Posicione o anel de fixação.
• Insira o eixo da dobradiça.
• Instale o braço concêntrico superior.

7. Instale os quatro parafusos de fixação do braço concêntrico


superior à porta e aplique o torque correto (para mais
informações, consulte o item “Tabela de Torque Máximo em
Parafusos”, neste manual).
NOTA: se os parafusos antigos forem reutilizados,
limpe muito bem a rosca dos mesmos e aplique uma
camada de trava química (Loctite® 275).

8. Instale os 3 pinos elásticos de fixação dos braços concêntricos


ao eixo da dobradiça e o do limitador de apoio inferior ao eixo
da dobradiça.
NOTA: use pinos elásticos novos durante a montagem.
9. Teste a abertura e o fechamento da porta.

92/192
5 Seção 03-06 - Portas com Braços Concêntricos (Linha Autoclaves, 06/2013) 5

AJUSTE DE FOLGA DOS BRAÇOS DE FECHAMENTO (FERROLHOS)


2 ATENÇÃO:
• Verifique se a câmara interna não está pressurizada (vacuomanômetro deve marcar zero). Esta
precaução é necessária, pois se o diafragma da trava de segurança estiver danificado, o
mecanismo atuador poderá acidentalmente permitir a abertura da porta.
• Verifique se a Autoclave está fria, caso contrário a temperatura elevada poderá causar
queimaduras graves.

NOTA: este processo de ajuste deve ser feito todas as vezes em que ocorrer a substituição da
guarnição da(s) porta(s).
Para mais informações sobre a substituição da guarnição, consulte o item “SUBSTITUIÇÃO DA
GUARNIÇÃO DE VEDAÇÃO DAS PORTAS”, neste manual.
1. Mantenha os braços de fechamento expandidos.

2. Com as mãos, tente movimentar cada um dos braços de


fechamento. Marque com uma caneta adequada o braço que
apresentar folga.
3. Abra a porta.

4. Remova os parafusos, os roletes, a trava e o apoio.

5. Aplique calços debaixo do apoio.


6. Monte o conjunto formado pelo apoio, os roletes e a trava.
7. Feche a porta e repita a verificação para verificar se a folga
desapareceu.
8. Se ainda apresentar folga, repita a operação aumentando o
número de calços.

93/192
6 Seção 03-06 - Portas com Braços Concêntricos (Linha Autoclaves, 06/2013) 6

SUBSTITUIÇÃO DO DIAFRAGMA DA TRAVA DE SEGURANÇA


2 ATENÇÃO:
• Verifique se a câmara interna não está pressurizada (vacuomanômetro deve marcar zero). Esta
precaução é necessária, pois se o diafragma da trava de segurança estiver danificado, o
mecanismo atuador poderá acidentalmente permitir a abertura da porta.
• Verifique se a Autoclave está fria, caso contrário a temperatura elevada poderá causar
queimaduras graves.
1. Usando uma chave adequada, remova a tampa do alojamento
do diafragma da trava de segurança.

2. Remova o diafragma.

3. Remova o eixo da trava de segurança.


4. Examine o eixo, a mola e os dentes de acoplamento quanto a
desgaste ou danos. Substitua se necessário.

5. Instale um novo diafragma.

94/192
7 Seção 03-06 - Portas com Braços Concêntricos (Linha Autoclaves, 06/2013) 7

6. Usando a chave adequada, instale a tampa do alojamento do


diafragma da trava de segurança.
2 CUIDADO: para evitar que o atrito da tampa com o
diafragma provoque danos na nova peça, comprima o
conjunto do diafragma, eixo e mola para dentro do
alojamento e gire o volante no sentido anti-horário
para manter o conjunto nesta posição durante a
instalação da tampa.

95/192
8 Seção 03-06 - Portas com Braços Concêntricos (Linha Autoclaves, 06/2013) 8

MECANISMO ATUADOR DA FECHADURA DA PORTA


2 ATENÇÃO:
• Verifique se a camada interna está pressurizada (vacuomanômetro deve marcar zero). Esta
precaução é necessária, pois se o diafragma da trava de segurança estiver danificado, o
mecanismo atuador poderá funcionar abrindo a porta.
• Verifique se a Autoclave está fria, caso contrário a temperatura elevada poderá causar
queimaduras graves.

Remoção
1. Remova a capa de proteção externa.

2. Remova o parafuso de fixação e remova o volante.

3. Remova a chaveta do volante.

4. Remova o diafragma.

96/192
9 Seção 03-06 - Portas com Braços Concêntricos (Linha Autoclaves, 06/2013) 9

5. Remova a trava de segurança.


Para mais informações, consulte o item “SUBSTITUIÇÃO DO
DIAFRAGMA DA TRAVA DE SEGURANÇA” nesta seção.

6. Solte, sem remover, os parafusos de fixação do disco externo.


NOTA: a liberação do disco externo faz com que os
braços de fechamento fiquem livres.
7. Remova cuidadosamente os braços de fechamento.

8. Remova os parafusos de fixação do disco interno.

9. Remova os parafusos de fixação do eixo da trava móvel.


10. Remova o eixo da trava móvel.

Instalação
1. Posicione o eixo da trava móvel.
2. Instale os parafusos de fixação do eixo da trava móvel.

97/192
10 Seção 03-06 - Portas com Braços Concêntricos (Linha Autoclaves, 06/2013) 10

3. Instale os parafusos de fixação do disco interno.

4. Instale os parafusos de fixação do disco externo, mantendo


entre este e o disco interno o espaço suficiente para encaixar
os braços de fechamento.
5. Instale cuidadosamente os braços de fechamento.
6. Aperte os parafusos de fixação de forma uniforme e
diagonalmente.

7. Instale o diafragma.

8. Instale a trava de segurança.


Para mais informações, consulte o item “SUBSTITUIÇÃO DO
DIAFRAGMA DA TRAVA DE SEGURANÇA” nesta seção.

9. Instale a chaveta do volante.

98/192
11 Seção 03-06 - Portas com Braços Concêntricos (Linha Autoclaves, 06/2013) 11

10. Posicione o volante e instale o parafuso de fixação.

11. Instale a capa de proteção externa.


12. Teste o fechamento da porta.
13. Ligue a Autoclave à fonte de energia e inicie um teste de
estanqueidade de vácuo. Para mais informações, consulte o
Manual do Operador.

99/192
100/192
Grupo 04 - Circuito Hidráulico (Linha Autoclaves, 06/2013)

Grupo 04 - Circuito Hidráulico

Aplicação nos Modelos: Todos

Índice
Seção 04-01 - Visão Geral .............................................................................................................. 04-01-1

Seção 04-02 - Identificação e Posição dos Componentes .................................................................. 04-02-1

Seção 04-03 - Reparos na Parte Hidráulica ......................................................................................04-03-1

Seção 04-04 - Válvula de Atuação e Sensores .................................................................................. 04-04-1

Seção 04-05 - Válvulas ................................................................................................................... 04-05-1

Seção 04-06 - Manutenção de Filtros............................................................................................... 04-06-1

Seção 04-07 - Calibragens .............................................................................................................. 04-07-1

101/192
102/192
1 Seção 04-01 - Visão Geral (Linha Autoclaves, 06/2013) 1

Seção 04-01 - Visão Geral

Aplicação nos Modelos: Todos

Índice
CICLO DE OPERAÇÃO .................................................................................................................... 04-01-2
Sistema de Segurança Eletrônico ............................................................................................... 04-01-3
Sistema de Segurança Mecânico ................................................................................................ 04-01-3
Sistema de Drenagem de Água (Purgador) ................................................................................. 04-01-3
Válvula Manual de Controle de Fluxo de Vapor............................................................................ 04-01-4
Sistema de Segurança Contra Abertura da(s) Porta(s) Durante a Operação................................... 04-01-4

CIRCUITO HIDRÁULICO TÍPICO DE UMA AUTOCLAVE HOSPITALAR.................................................. 04-01-5

103/192
2 Seção 04-01 - Visão Geral (Linha Autoclaves, 06/2013) 2

CICLO DE OPERAÇÃO
O circuito hidráulico das Autoclaves é composto por:
• Um conjunto de dutos de cobre adequadamente unidos por solda ou por elementos de união dotados de
rosca.
• Uma série de válvulas comandadas eletricamente pelo circuito elétrico.
• Um conjunto de válvulas limitadoras de passagem.
• Filtros de partículas convenientemente posicionados.
• Válvulas de comando manual.
O ciclo de operação de uma Autoclave hospitalar Ortosíntese pode ser dividido nas seguintes fases:
I. Início de operação:
• O controlador recebe informação sobre o nível de água no gerador de vapor e, liga a bomba d’água até
que o nível esteja correto.
• As resistências do gerador de vapor são ligadas e o vapor gerado é enviado para as câmaras externas.
Quando a pressão atinge o valor programado, inicia-se a fase seguinte.
II. Pré-vácuo:
• É aberta a passagem de água para o anel hidráulico (mancal) da bomba de vácuo.
• É aberta a tubulação entre a bomba de vácuo e a câmara interna.
• A bomba de vácuo é ligada, baixando a pressão até o valor programado.
• A bomba de vácuo é desligada.
• A válvula de esterilização é aberta liberando a ligação entre a câmara externa e a câmara interna, e o
vapor sob pressão preenche a câmara interna.
• Quando a pressão na câmara interna atinge o valor programado, a ligação entre as câmaras é fechada
e a pressão interna é aliviada pela abertura da câmara interna para o sistema de drenagem.
• A bomba de vácuo volta a funcionar gerando um novo pulso de vácuo.
NOTA: o pré-vácuo é composto por 3 pulsos completos como descrito acima. É possível a
programação de um pulso adicional pelo operador da Autoclave.
III. Esterilização:
• É aberta a válvula de esterilização e o vapor entra na câmara interna onde permanentemente a pressão
e a temperatura são monitorados.
Esta fase é mantida durante o tempo estabelecido na programação, dependendo do tipo de material que
está sendo esterilizado.
• Finalizando o tempo de esterilização, a ligação entre as câmaras é novamente fechada e a pressão
interna é aliviada (para não danificar a bomba de vácuo) pela abertura da câmara interna para o sistema
de drenagem.
IV. Secagem:
• A bomba de vácuo funciona novamente, mantendo a baixa pressão dentro da câmara interna durante
o tempo estabelecido pela programação, possibilitando a secagem dos objetos esterilizados.
• Decorrido este tempo, a válvula de alívio de vácuo é aberta, permitindo a passagem de ar filtrado para
dentro da câmara interna, eliminando o vácuo e possibilitando a abertura da máquina.
Para que este ciclo funcione corretamente, garantindo a melhor eficiência do processo e a segurança ao
operador, as Autoclaves hospitalares Ortosíntese contam com os dispositivos relacionados a seguir:

104/192
3 Seção 04-01 - Visão Geral (Linha Autoclaves, 06/2013) 3

Sistema de Segurança Eletrônico


Pressostato elétrico: este dispositivo é regulado para desligar
todo o sistema quando a pressão interna atingir o valor de 2,9 bar.

Sistema de Segurança Mecânico


Válvula limitadora de pressão: sua função é a de abrir o sistema
para a atmosfera, aliviando assim a pressão interna da câmara
externa sempre que esta pressão atinja o valor de 3 bar.

Sistema de Drenagem de Água (Purgador)


Este sistema é composto por válvulas de agulha, que permitem um
fluxo contínuo de água condensada para o sistema de drenagem,
evitando excesso de umidade na área de esterilização e fluxo
contínuo de vapor.

105/192
4 Seção 04-01 - Visão Geral (Linha Autoclaves, 06/2013) 4

Válvula Manual de Controle de Fluxo de Vapor


Esta válvula, regulada na fábrica ou pelo técnico responsável pela
instalação da máquina, não deve ter sua abertura alterada por
pessoa não autorizada.
Ela vai garantir que o fluxo de vapor para a câmara interna seja
feito na vazão ideal para o funcionamento do equipamento.
NOTA: esta válvula está localizada na parte superior da
Autoclave. Não deve ser confundida com a válvula de
descarga, localizada na parte inferior da máquina.

Sistema de Segurança Contra Abertura da(s) Porta(s) Durante a


Operação
Porta(s) guilhotina(s): o sistema é comandado eletricamente,
acionado pelo sistema de travamento mecânico da(s) porta(s).

Porta(s) com braços concêntricos: dispositivo de trava


mecânico acionado por diafragma, instalado na parte interna da(s)
porta(s).

106/192
5 Seção 04-01 - Visão Geral (Linha Autoclaves, 06/2013) 5

CIRCUITO HIDRÁULICO TÍPICO DE UMA AUTOCLAVE HOSPITALAR

Câmara interna

Gerador de vapor

Bomba
d’água Entrada de água

Saída de água/vapor

Bomba
de
vácuo

1. Bomba d’água 10. Válvula de segurança (mecânica) 19. Válvula de controle de fluxo de
2. Válvula de entrada de água 11. Pressostato (válvula de segurança) vapor
(elétrica) 12. Sensores de pressão (pressostatos) 20. Válvula de esterilização (elétrica)
3. Válvula de retenção (sentido único) 13. Filtro “Y 21. Válvula de retenção (sentido único)
4. Válvula de descarga (manual) 14. Válvula de retenção (sentido único) 22. Válvula de alívio de vácuo (elétrica)
5. Bomba de vácuo 15. Registro de drenagem de água 23. Filtro de ar
6. Válvula de vácuo (elétrica) 16. Válvula de retenção (sentido único) 24. Registro de drenagem de água
7. Válvula de retenção (sentido único) 17. Válvula de alívio de pressão/vácuo 25. Vácuo/manômetro
8. Filtro “Y” 18. Válvula de descarga de pressão 26. Manômetro
9. Válvula do anel hidráulico (elétrica)

107/192
108/192
1 Seção 04-02 - Identificação e Posição dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 1

Seção 04-02 - Identificação e Posição dos Componentes

Aplicação nos Modelos: Todos

Índice
CIRCUITO HIDRÁULICO DA PARTE SUPERIOR................................................................................. 04-02-2

CIRCUITOS HIDRÁULICOS - VISTA LATERAL - LADO DA BOMBA DE VÁCUO ...................................... 04-02-3

CIRCUITOS HIDRÁULICOS - VISTA LATERAL - LADO DA BOMBA D’ÁGUA .......................................... 04-02-4

109/192
2 Seção 04-02 - Identificação e Posição dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 2

CIRCUITO HIDRÁULICO DA PARTE SUPERIOR

1. Termostato de segurança 4. Válvula de esterilização (abre 7. Registro de drenagem de água –


2. Válvula de segurança ligação entre as câmaras externa e purgador da câmara interna
3. Transdutores de monitoramento de interna) 8. Válvula de alívio de vácuo e filtro de
pressão (sensores que definem o 5. Registro de controle de fluxo de ar
início do ciclo) vapor (regulagem inicial – não
alterar)
6. Válvula de descarga de segurança

110/192
3 Seção 04-02 - Identificação e Posição dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 3

CIRCUITOS HIDRÁULICOS - VISTA LATERAL - LADO DA BOMBA DE


VÁCUO

1. Bomba de vácuo 6. Válvula de descarga 11. Válvula de retenção (sentido único)


2. Válvula de retenção (sentido único) 7. Válvula de alívio de pressão/vácuo 12. Filtro “Y”
3. Válvula de abertura do vácuo (da 8. Registro de drenagem de água – 13. Válvula de retenção (sentido único)
câmara interna para a bomba de purgador da câmara interna
vácuo) 9. Filtro “Y”
4. Válvula de retenção (sentido 10. Válvula de entrada de água (fica do
único)” lado da bomba d’água)
5. Filtro “Y”

111/192
4 Seção 04-02 - Identificação e Posição dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 4

CIRCUITOS HIDRÁULICOS - VISTA LATERAL - LADO DA BOMBA D’ÁGUA

1. Bomba d’água 3. Válvula do anel hidráulico da


2. Válvula de entrada de água bomba de vácuo
4. Filtro “Y”

112/192
1 Seção 04-03 - Reparos na Parte Hidráulica (Linha Autoclaves, 06/2013) 1

Seção 04-03 - Reparos na Parte Hidráulica

Aplicação nos Modelos: Todos

Índice
BOMBA D’ÁGUA ............................................................................................................................. 04-03-2
Remoção ................................................................................................................................. 04-03-2
Instalação ................................................................................................................................ 04-03-3

BOMBA DE VÁCUO......................................................................................................................... 04-03-4


Remoção ................................................................................................................................. 04-03-4
Instalação ................................................................................................................................ 04-03-5

113/192
2 Seção 04-03 - Reparos na Parte Hidráulica (Linha Autoclaves, 06/2013) 2

BOMBA D’ÁGUA
Remoção
1. Preparativos para a operação:
• Desligue o equipamento da fonte de energia.
• Remova os painéis de acabamento para acessar os componentes a serem substituídos.
• Feche a entrada de água.
• Esgote a água remanescente abrindo o registro de drenagem de água.
NOTA: todas as bombas, em todas as Autoclaves, possuem os mesmos tipos de conexões
hidráulicas. As fotos que ilustram a operação foram feitas em um modelo aleatório, mas a
sequência é idêntica para todas as máquinas.
2. Remova a tampa das conexões do motor da bomba.
Remova os fios de alimentação do motor da bomba d’água.
2 CUIDADO: identifique os fios para facilitar a
instalação. A inversão dos fios pode danificar
permanentemente a bomba dágua.

3. Usando duas chaves, solte a luva no tubo de saída da bomba


d’água.

4. Ainda com o auxílio de duas chaves, solte a luva do tubo de


entrada de água na bomba d’água.

5. Remova os parafusos de fixação da bomba d’água à estrutura


da Autoclave.
6. Remova a bomba d’água.

114/192
3 Seção 04-03 - Reparos na Parte Hidráulica (Linha Autoclaves, 06/2013) 3

Instalação
2 CUIDADO: aperte os parafusos com o torque adequado. Para informações sobre o torque,
consulte o item “Tabela de Torque Máximo em Parafusos”, neste manual.
1. Posicione o motor da bomba d’água sobre o seu suporte e
instale-os sem apertar os parafusos e porcas de fixação.
2. Alinhe os tubos e instale a luva do tubo de entrada da bomba
d’água.
NOTA:
• Use uma camada generosa de fita veda-rosca.
• Não aperte ainda a luva de conexão.

3. Instale a luva do tubo de saída da bomba d’água.


NOTA: use uma camada generosa de fita veda-rosca.
4. Usando duas chaves, aperte a luva do tubo de saída.

5. Ainda usando as duas chaves, aperte a luva de união do tubo


de entrada da bomba d’água.
6. Aperte os parafusos e porcas de fixação do motor.

7. Refaça a ligação elétrica do motor, respeitando a posição


original dos fios. Para mais informações, consulte a “Seção 05-
01 - Diagramas Elétricos”, neste manual.

8. Feche o registro de drenagem de água.


9. Refaça a ligação com a entrada de água.
10. Instale os painéis de acabamento.
11. Ligue o equipamento na fonte de energia.

115/192
4 Seção 04-03 - Reparos na Parte Hidráulica (Linha Autoclaves, 06/2013) 4

BOMBA DE VÁCUO
Remoção
2 CUIDADO:
• A bomba de vácuo deve girar sempre em um só sentido.
• Apesar das Autoclaves hospitalares Ortosíntese possuírem um dispositivo de proteção contra
inversão de fase, esta proteção só funciona para inversões na entrada de alimentação de
energia.
• Inversões de ligações no circuito interno da máquina poderão causar danos irreparáveis à
bomba de vácuo.
NOTA: todas as bombas de vácuo, em todas as Autoclaves, possuem os mesmos tipos de conexões
hidráulicas. As fotos que ilustram a operação foram feitas em um modelo aleatório, mas a
sequência é idêntica para todas as máquinas.
1. Preparativos para a operação:
• Desligue o equipamento da fonte de energia.
• Remova os painéis de acabamento para acessar os componentes a serem substituídos.
• Feche a entrada de água.
• Esgote a água remanescente abrindo o registro de drenagem de água.
2 CUIDADO: coloque etiqueta nos fios para não alterar a posição dos mesmos durante a
instalação. Se houver alteração de posição, a bomba de vácuo poderá ser danificada.
2. Desligue os fios de alimentação da bomba de vácuo.

3. Remova a conexão do tubo de alimentação do anel hidráulico


da bomba de vácuo.

4. Remova a porca da luva do tubo de entrada da bomba de


vácuo.

116/192
5 Seção 04-03 - Reparos na Parte Hidráulica (Linha Autoclaves, 06/2013) 5

5. Remova a porca da luva do tubo de saída da bomba de vácuo.

6. Remova os parafusos e porcas de fixação da bomba de vácuo


ao suporte e remova a bomba de vácuo.
NOTA: tampe os orifícios dos tubos de entrada, de saída
e de alimentação do anel hidráulico da bomba de vácuo
usando tampões adequados. Isto evitará a entrada de
impurezas no sistema durante o período em que a
bomba estiver removida.

Instalação
2 CUIDADO: aperte os parafusos com o torque adequado. Para informações sobre o torque,
consulte o item “Tabela de Torque Máximo em Parafusos”, neste manual.
1. Posicione o motor da bomba de vácuo sobre o seu suporte e
instale, sem apertar, os parafusos e porcas de fixação.

2. Alinhe os tubos e instale a luva do tubo de entrada da bomba


de vácuo.
NOTA:
• Use uma camada generosa de fita veda-rosca.
• Não aperte ainda a luva de conexão.

117/192
6 Seção 04-03 - Reparos na Parte Hidráulica (Linha Autoclaves, 06/2013) 6

3. Instale a luva do tubo de saída da bomba d’água.


NOTA: use uma camada generosa de fita veda-rosca.

4. Instale a conexão do tubo de alimentação do anel hidráulico da


bomba de vácuo.

5. Ligue os fios de alimentação da bomba de vácuo.

2 CUIDADO:
• Respeite a posição de ligação dos fios. Uma inversão acidental poderá causar danos à bomba de
vácuo.
• A bomba de vácuo não pode funcionar sem que exista água na linha de alimentação do anel
hidráulico. Isto provoca danos à bomba.
6. Feche o registro de drenagem de água.
7. Refaça a ligação com a entrada de água.
8. Instale os painéis de acabamento.
9. Ligue o equipamento na fonte de energia.

118/192
1 Seção 04-04 - Válvula de Atuação e Sensores (Linha Autoclaves, 06/2013) 1

Seção 04-04 - Válvula de Atuação e Sensores

Aplicação nos Modelos: Todos

Índice
APRESENTAÇÃO DOS COMPONENTES ............................................................................................. 04-04-2

MANUTENÇÃO E SUBSTITUIÇÃO DE REPAROS ................................................................................ 04-04-6


Válvula de Vapor com Diafragma – Bobina Posicionada por Pressão ............................................. 04-04-6
Substituição da Bobina do Solenoide..................................................................................... 04-04-6
Substituição do Diafragma ................................................................................................... 04-04-7
Válvula de Vapor com Êmbolo de Ação Direta (Bobina Prensada) ................................................. 04-04-8
Substituição da Bobina do Solenoide..................................................................................... 04-04-8
Válvula de Vapor com Diafragma ............................................................................................. 04-04-10
Substituição da Bobina do Solenoide e do Diafragma ........................................................... 04-04-10
Válvula de Vapor Tipo Êmbolo (Bobina com Trava) ................................................................... 04-04-12
Substituição da Bobina do Solenoide e Vedadores................................................................ 04-04-12

119/192
2 Seção 04-04 - Válvula de Atuação e Sensores (Linha Autoclaves, 06/2013) 2

APRESENTAÇÃO DOS COMPONENTES


NOTA:
• Os componentes mostrados nesta seção são os componentes usados à época do
desenvolvimento deste manual.
• Existe a possibilidade de serem encontrados componentes com a aparência física diferente, cujo
funcionamento, o resultado operacional e o sistema de ligação elétrica são idênticos ao do
mostrado a seguir.
• Procuramos registrar as válvulas dos tipos mais usadas, respeitando as diferenças construtivas
de cada fornecedor.
Válvula de Vapor Tipo Êmbolo (Bobina Prensada)
• Válvula servo operada por êmbolo de ação direta.
• Posição de repouso normalmente fechada.
• Bobina passível de substituição, posicionada por pressão e
protegida por capa adicional.

Válvula de Vapor Tipo Êmbolo (Bobina com Trava)


• Válvula servo operada por êmbolo de ação direta.
• Posição de repouso normalmente fechada.
• Bobina passível de substituição e posicionada por trava mecânica
no corpo do alojamento do êmbolo.

Válvula de Vapor com Diafragma


• Válvula servo operada por êmbolo de ação sobre um diafragma.
• Posição de repouso normalmente fechada.
• Bobina passível de substituição, posicionada por pressão e
protegida por capa adicional.

120/192
3 Seção 04-04 - Válvula de Atuação e Sensores (Linha Autoclaves, 06/2013) 3

Válvula de Vapor com Diafragma


• Válvula servo operada por êmbolo de ação sobre um diafragma.
• Posição de repouso normalmente fechada.
• Bobina passível de substituição e posicionada por trava mecânica
no corpo do alojamento do êmbolo.

Válvula de Retenção
Este tipo de válvula permite o fluxo de fluido em uma única direção.
Nas Autoclaves a vapor, elas são aplicadas para impedir que
durante o funcionamento de uma fase que use dutos em comum,
haja interferência desta fase sobre outra.
Um bom exemplo de sua aplicação é a válvula usada na entrada da
bomba de vácuo, cuja função é a de impedir a entrada de pressão
na bomba, protegendo a integridade da mesma.

Válvula de Agulha
Trata-se de uma válvula de controle preciso de vazão.
Nas Autoclaves fabricadas pela Ortisítese, são usadas para permitir
a passagem de água formada pela condensação de vapor para a
saída de descarga.

Válvula de Esfera
Como a anterior, esta também é uma válvula de controle de vazão.
São usadas em dois pontos do circuito hidráulico:
• Na parte superior, como controle de fluxo da quantidade de
vapor que passa da câmara externa para a câmara interna.
• Na parte inferior (válvula de descarga), para permitir a abertura
do sistema para a descarga, provocando o escoamento rápido
da pressão interna para o esgoto.

121/192
4 Seção 04-04 - Válvula de Atuação e Sensores (Linha Autoclaves, 06/2013) 4

Sensores de Pressão (Transdutores de Pressão)


São dispositivos de monitoramento da pressão das câmaras.
Um deles monitora a câmara externa e o outro, a câmara interna,
fornecendo estas informações ao controlador, para que este
comande a operação das diversas fases de funcionamento do ciclo
de esterilização.

Sensor de Pressão de Segurança


Este pressostato é ligado diretamente ao sistema de vapor e está
programado para desligar a energia do sistema (via controlador)
sempre que esta pressão ultrapassar o valor de segurança.

Válvula de Descarga de Segurança


Como a pressão pode continuar a aumentar mesmo depois do
desligamento das resistências do gerador de vapor, esta válvula é
aberta com uma pressão de 0,2 bar a mais que a a pressão que
comandou o desligamento.
Uma vez acionada, ela abre o sistema para a atmosfera,
provocando a queda rápida da pressão.

122/192
5 Seção 04-04 - Válvula de Atuação e Sensores (Linha Autoclaves, 06/2013) 5

Sensor de Temperatura
Trata-se de um termistor, que inserido em um ponto adequado da
linha de vapor, informa ao controlador a temperatura dessa linha
para que o processo de esterilização ocorra de forma correta.

Filtro “Y”
Filtro de partículas grandes, instalado antes das válvulas para
impedir que resíduos carregados pelo movimento do fluido possam
impedir o fechamento completo de uma válvula.

Filtro de Ar
Trata-se de um filtro que impede a entrada de impurezas do
ambiente no sistema durante o processo de entrada de ar após o
processo de secagem no ciclo de funcionamento da Autoclave.

123/192
6 Seção 04-04 - Válvula de Atuação e Sensores (Linha Autoclaves, 06/2013) 6

MANUTENÇÃO E SUBSTITUIÇÃO DE REPAROS


Preparativos para a operação:
• Desligue o equipamento da fonte de energia.
• Remova os painéis de acabamento para acessar os componentes a serem substituídos.
• Feche a entrada de água.
• Esgote a água remanescente abrindo o registro de drenagem de água.
• Identifique qual o tipo de válvula a ser reparada.
NOTA: não é necessário remover a válvula para a substituição do reparo.
Entretanto, para efeito didático, algumas operações serão mostradas com a válvula removida.

Válvula de Vapor com Diafragma – Bobina Posicionada por Pressão

Substituição da Bobina do Solenoide


1. Desligue os fios de alimentação do solenoide da válvula.

124/192
7 Seção 04-04 - Válvula de Atuação e Sensores (Linha Autoclaves, 06/2013) 7

2. Remova a trava da tampa e a tampa de proteção da bobina do


solenoide.

3. Remova:
(1) Trava da tampa.
(2) Tampa da bobina.
(3) Arruela de pressão.
(4) Bobina.
(5) Guia dos cabos.
4. Substitua a bobina do solenoide, se necessário.
5. Para a instalação da bobina, siga o processo de remoção na
ordem inversa.
Substituição do Diafragma
1. Remova a capa da bobina e remova a bobina, como mostrado
acima.

2. Remova os parafusos de fixação da parte superior ao corpo da


válvula.
NOTA: o procedimento é idêntico para válvulas cuja
tampa é fixada com parafusos sextavados ou com
parafusos tipo Torx.

3. Separe a tampa do corpo da válvula.

125/192
8 Seção 04-04 - Válvula de Atuação e Sensores (Linha Autoclaves, 06/2013) 8

4. Substitua o kit de reparo da válvula.


NOTA: verifique a composição do conjunto de reparo
específico para cada fabricante de válvula.
Na maioria destes, o conjunto é composto pelo diafragma e as
molas.
NOTA: nunca altere o comprimento das molas por meio
de tração.
5. Para montagem, siga o processo de remoção na ordem inversa.

Válvula de Vapor com Êmbolo de Ação Direta (Bobina Prensada)


Substituição da Bobina do Solenoide

1. Desligue as conexões elétricas.


NOTA: não há necessidade de marcar a posição dos fios.

126/192
9 Seção 04-04 - Válvula de Atuação e Sensores (Linha Autoclaves, 06/2013) 9

2. Remova, com auxílio de uma chave de fenda, a trava da tampa


da bobina do solenoide.

3. Remova:
(1) Tampa da bobina.
(2) Arruela de pressão (pressão sobre a bobina).
(3) Bobina do solenoide.
(4) Guia da fiação.

4. Caso seja necessário, remova o alojamento do êmbolo. Para


mais informações, consulte a “Seção 04-05 - Válvulas”.
NOTA: para esta operação, mantenha a válvula
imobilizada com o auxílio de uma chave fixa aplicada ao
corpo da mesma.
5. A montagem deve seguir, em ordem inversa, os passos da
desmontagem.

127/192
10 Seção 04-04 - Válvula de Atuação e Sensores (Linha Autoclaves, 06/2013) 10

Válvula de Vapor com Diafragma


Substituição da Bobina do Solenoide e do Diafragma

1. Desconecte os cabos de alimentação da bobina do solenoide.


NOTA: não há necessidade de marcar a posição dos fios.

2. Com o auxílio de uma chave de fenda, desloque o conjunto da


bobina do solenoide para cima.

128/192
11 Seção 04-04 - Válvula de Atuação e Sensores (Linha Autoclaves, 06/2013) 11

3. Remova:
(1) Bobina do solenoide.
(2) Anel de vedação.

4. Remova os parafusos de fixação da capa do êmbolo e o corpo


da válvula.

5. Remova a capa do êmbolo.

6. Substitua o diafragma.
7. A montagem deve seguir a ordem inversa aos passos da
desmontagem.

129/192
12 Seção 04-04 - Válvula de Atuação e Sensores (Linha Autoclaves, 06/2013) 12

Válvula de Vapor Tipo Êmbolo (Bobina com Trava)


Substituição da Bobina do Solenoide e Vedadores
1. Desconecte os cabos de alimentação da bobina do solenoide.
NOTA: não há necessidade de marcar a posição dos fios.

2. Com o auxílio de uma chave de fenda, desloque o conjunto da


bobina do solenoide para cima.

3. Remova o anel de vedação externo.

4. Caso seja constatado vazamento entre a capa do êmbolo e o


corpo da válvula, remova os parafusos de fixação.

5. Substitua o vedador interno.


6. A montagem deve seguir a ordem inversa aos passos da
desmontagem.

130/192
13 Seção 04-04 - Válvula de Atuação e Sensores (Linha Autoclaves, 06/2013) 13

Após terminar a operação de manutenção nas válvulas


1. Feche o registro de drenagem de água.
2. Abra a entrada de água.
3. Ligue o equipamento na fonte de energia.
4. Verifique se há ocorrência de vazamentos.
5. Instale os painéis de acabamento.

131/192
132/192
1 Seção 04-05 - Válvulas (Linha Autoclaves, 06/2013) 1

Seção 04-05 - Válvulas

Aplicação nos Modelos: Todos

Índice
RECOMENDAÇÕES DE SERVIÇO...................................................................................................... 04-05-2
Preparativos para a Operação.................................................................................................... 04-05-2
Durante a Operação ................................................................................................................. 04-05-2

133/192
2 Seção 04-05 - Válvulas (Linha Autoclaves, 06/2013) 2

RECOMENDAÇÕES DE SERVIÇO
Preparativos para a Operação
• Desligue o equipamento da fonte de energia.
• Remova os painéis de acabamento para acessar os componentes a serem substituídos.
• Feche a entrada de água.
• Esgote a água remanescente abrindo o registro de drenagem de água.
As observações que seguem são aplicáveis a todos os tipos de válvulas usadas em Autoclaves fabricadas pela
Ortisíntese.
Durante a Operação
1. Durante a remoção ou instalação de uma válvula, use sempre
uma chave fixa para manter a imobilidade da mesma.
O movimento de rotação deve ser aplicado sobre o duto e
nunca sobre a válvula

2. PROIBIDO:
Nunca instale uma válvula de vapor com a parte
elétrica voltada para baixo.
A não observação desta norma pode provocar curto
circuito em caso de vazamento pelos vedadores.

3. Ao instalar a bobina, esteja seguro que a mesma está


perfeitamente acomodada em sua posição de trabalho. As
bobinas do tipo com trava interna, ao atingirem a posição
correta, emitem um ruído característico.
4. Nunca deixe de instalar os vedadores, quando o modelo de
válvula exigir.
5. É recomendável o uso de filtro de partículas (tipo “Y”) antes das
válvulas. Nunca elimine um filtro já instalado.

134/192
1 Seção 04-06 - Manutenção de Filtros (Linha Autoclaves, 06/2013) 1

Seção 04-06 - Manutenção de Filtros

Aplicação nos Modelos: Todos

Índice
FILTRO TIPO “Y” ........................................................................................................................... 04-06-2
Preparativos para a Operação.................................................................................................... 04-06-2

FILTRO DE AR DO SISTEMA DE ALÍVIO DE VÁCUO .......................................................................... 04-06-4


Preparativos para a Operação.................................................................................................... 04-06-4

135/192
2 Seção 04-06 - Manutenção de Filtros (Linha Autoclaves, 06/2013) 2

FILTRO TIPO “Y”


Preparativos para a Operação
• Desligue o equipamento da fonte de energia.
• Remova os painéis de acabamento para acessar os componentes a serem substituídos.
• Feche a entrada de água.
• Esgote a água remanescente abrindo o registro de drenagem de água.
NOTA: não é necessário remover o filtro para a manutenção. Entretanto, para efeito didático,
algumas operações serão mostradas com o filtro removido.
Os filtros tipo “y” são componentes totalmente metálicos,
especialmente desenvolvidos para trabalho em linha de vapor, onde
ocorrem altas pressões e altas temperaturas.
Estes filtros são compostos basicamente por 3 peças:
(1) Corpo do filtro.
(2) Filtro metálico para retenção de partículas.
(3) Porca de abertura para manutenção.

Para maior eficiência, o sentido do fluxo indicado na parte externa


do filtro deve ser respeitado.

1. Solte usando uma chave adequada, a porca de abertura para


manutenção e suporte do filtro metálico

2. Remova o filtro metálico e limpe o mesmo com detergente


neutro, lave com água e seque com ar comprimido.
2 ATENÇÃO: para trabalhar com ar comprimido, use
os equipamentos de proteção individual adequados.

136/192
3 Seção 04-06 - Manutenção de Filtros (Linha Autoclaves, 06/2013) 3

3. Posicione o filtro metálico na porca de abertura para


manutenção e instale o conjunto no corpo do filtro.
NOTA: ao inserir o conjunto no corpo do filtro,
certifique-se de que o filtro metálico não está sendo
forçado contra as paredes do alojamento.

4. Feche o registro de drenagem de água.


5. Abra a entrada de água.
6. Ligue o equipamento na fonte de energia.
7. Verifique se há ocorrência de vazamentos.
8. Instale os painéis de acabamento.

137/192
4 Seção 04-06 - Manutenção de Filtros (Linha Autoclaves, 06/2013) 4

FILTRO DE AR DO SISTEMA DE ALÍVIO DE VÁCUO


Preparativos para a Operação
• Desligue o equipamento da fonte de energia.
• Remova o gradil superior do equipamento.
• Certifique-se de que o sistema está frio.
1. Usando uma chave fixa para imobilizar a válvula, remova o
filtro de ar girando-o com a mão no sentido anti-horário.
2. Instale um novo filtro, girando-o com a mão no sentido horário.

138/192
1 Seção 04-07 - Calibragens (Linha Autoclaves, 06/2013) 1

Seção 04-07 - Calibragens

Aplicação nos Modelos: Todos

Índice
TERMISTOR DE SEGURANÇA .......................................................................................................... 04-07-2

TRANSDUTORES DE PRESSÃO DANFOSS......................................................................................... 04-07-3

TRANSDUTORES DE PRESSÃO AMCP............................................................................................... 04-07-6

139/192
2 Seção 04-07 - Calibragens (Linha Autoclaves, 06/2013) 2

TERMISTOR DE SEGURANÇA
Preparativos para a Operação
• Remova a grade de proteção superior da autoclave.
• Ligue a autoclave.
• Ajuste os controles para o Modo de Manutenção. Para mais informações, consulte o Manual do Operador.
• Ajuste a pressão para 2,5 bar.
1. Usando uma chave adequada, gire o parafuso superior no
termostato de proteção no sentido anti-horário até que este
dispositivo interrompa a energia emitindo o som característico
(disparo).

2. Aperte o parafuso (no sentido horário) por meia volta. Isto


assegura o “corte” quando a pressão da câmara externa atingir
o valor de 2,9 bar.

140/192
3 Seção 04-07 - Calibragens (Linha Autoclaves, 06/2013) 3

TRANSDUTORES DE PRESSÃO DANFOSS


NOTA: as autoclaves hospitalares fabricadas pela Ortosíntese Indústria e Comércio Ltda. podem
ser equipadas com transdutores de pressão de dois fornecedores diferentes.
Procedimento para o Transdutor de pressão Danfoss:

Preparativos para a Operação


• Remova o gradil de proteção superior da autoclave.
• Identifique o tipo de termistor usado na máquina em manutenção.
• Ligue a autoclave.
• Ajuste os controles para o Modo de Manutenção e ajuste para o modo de “Pressão”. Para mais informações,
consulte o Manual do Operador.
• Abra as portas da autoclave.
1. Solte o parafuso de fixação e remova o conector do transdutor.

2. Remova o vedador do conector.

3. Gire a porca no sentido anti-horário e remova a porca de


fixação do suporte dos terminais de contato.

141/192
4 Seção 04-07 - Calibragens (Linha Autoclaves, 06/2013) 4

4. Remova o suporte dos terminais de contato.

5. Com uma chave de fendas pequena, gire o parafuso “zero”


(lado dos fios preto e amarelo) e observe o mostrador no painel
da autoclave até que valor mostrado seja compatível com o
especificado.
NOTA: execute a sequência acima para o transdutor
ligado à câmara interna e ao transdutor ligado à câmara
interna.

6. Os valores registrados no painel devem ser:


• Para a câmara externa: 0.00.
• Para a câmara interna: 0.04.

7. Após o ajuste:
• Desconecte o conector.
• Posicione o suporte dos terminais de contato no transdutor.
(1) Certifique-se de que o anel de vedação esteja
corretamente posicionado.
(2) A instalação do suporte deve ser feita de forma a
manter a posição original do conector. Observe a
posição dos terminais.

8. Instale a porca de fixação do suporte dos terminais de contato


girando a mesma no sentido horário.
2 CUIDADO: aperte somente com a mão. Não use
ferramenta.

142/192
5 Seção 04-07 - Calibragens (Linha Autoclaves, 06/2013) 5

9. Instale o vedador do conector.

10. Acople o conector e aperte o parafuso de fixação.


11. Instale o gradil de proteção superior.

Procedimento para o Transdutor AMCP.

143/192
6 Seção 04-07 - Calibragens (Linha Autoclaves, 06/2013) 6

TRANSDUTORES DE PRESSÃO AMCP


Preparativos para a Operação
• Remova o gradil de proteção superior da autoclave.
• Identifique o tipo de termistor usado na máquina em manutenção
• Ligue a autoclave.
• Ajuste os controles para o Modo de Manutenção e ajuste para o modo de “Pressão”. Para mais informações,
consulte o Manual do Operador.
• Abra as portas da autoclave.
1. Remova os dois parafusos localizados nas laterais do
transdutor de pressão e remova a tampa.

2. Com uma chave de fendas pequena, gire o parafuso de


regulagem (o mais próximo do sensor de pressão) e observe o
mostrador no painel da autoclave até que valor mostrado seja
compatível com o especificado.
NOTA: execute a sequência acima para o transdutor
ligado à câmara interna e ao transdutor ligado à câmara
interna.

3. Os valores registrados no painel devem ser:


• Para a câmara externa: 0.00.
• Para a câmara interna: 0.04.

4. Posicione a tampa da caixa do transdutor e instale os dois


parafusos localizados nas laterais do transdutor de pressão.
5. Instale o gradil de proteção superior da autoclave.

144/192
Grupo 05 - Circuitos Elétricos (Linha Autoclaves, 06/2013)

Grupo 05 - Circuitos Elétricos

Aplicação nos Modelos: Todos

Índice
Seção 05-01 - Diagramas Elétricos ............................................................................................................................................................................... 05-01-1

Seção 05-02 - Vista dos Componentes.......................................................................................................................................................................... 05-02-1

145/192
146/192
1 Seção 05-01 - Diagramas Elétricos (Linha Autoclaves, 06/2013) 1

Seção 05-01 - Diagramas Elétricos

Aplicação nos Modelos: Todos

Índice
Sistema de Proteção Ativa ........................................................................................................................................................................................... 05-01-2

Sistema de Proteção Passiva (Inversão de Fases).......................................................................................................................................................... 05-01-3

Sistema de Controle - Unidade de Comando Mega-CA - Sensores de Temperatura........................................................................................................... 05-01-4

Sistema de Controle - Unidade de Comando Mega-CA - Sensores ................................................................................................................................... 05-01-5

Sistema de Controle - Unidade de Comando Mega-CA - Atuadores ................................................................................................................................. 05-01-6

Sistema de Controle - Unidade de Comando Mega-CA - Atuadores ................................................................................................................................. 05-01-7

Sistema de Controle do Nível D’água ............................................................................................................................................................................ 05-01-8

Sistema de Aquecimento ............................................................................................................................................................................................. 05-01-9

Sistema de Bomba D’água ..........................................................................................................................................................................................05-01-10

Sistema de Bomba de Vácuo.......................................................................................................................................................................................05-01-11

Sistema da Porta 1.....................................................................................................................................................................................................05-01-12

Sistema da Porta 2.....................................................................................................................................................................................................05-01-13

Sistema de Travamento da Porta 1..............................................................................................................................................................................05-01-14

Sistema de Travamento da Porta 2..............................................................................................................................................................................05-01-15

Sistema de Esterilização .............................................................................................................................................................................................05-01-16

147/192
2 Seção 05-01 - Diagramas Elétricos (Linha Autoclaves, 06/2013) 2

Sistema de Proteção Ativa

0 (VM) 1 (AZ)

1
Pressostato

Botão de Interruptor
emergência liga/desliga

2 2 33

S/N
Disjuntor
Válvula de
segurança
0

MSAC0501001
0

148/192
3 Seção 05-01 - Diagramas Elétricos (Linha Autoclaves, 06/2013) 3

Sistema de Proteção Passiva (Inversão de Fases)

0 S/N 1 Válvula de
Unidade 19 esterilização
3 1 de
R S T Relé da
Aviso comando contatora de
19 19
Relé seq. sonoro 3 fechamento
de fases Controle da porta 2
19 de nível Relé da
8C 6A 5F d’água contatora de
Relé da 3 19 fechamento
19 contatora da
da porta 1
bomba d’água
Relé Relé da
19 cíclico contatora
19 19 19
Válvula da linha de abertura
de vapor da porta 2
19 21
(se equipado)
Válvula Relé da
19 19 19 contatora de
de purga 19
abertura da
Contatora porta 1
19 da
resistência
0 Válvula anel Relé de
líquido da 19 travamento
Unidade de Fonte 19 bomba de
comando da porta 1
chaveada Disjuntor vácuo
Mega - CA 24V
Relé da
Relé de
C4 contatora
19 19 destravamento
da bomba
da porta 1
de vácuo
Válvula de
retirada de
3 3 19 ar da Relé de
3 19
câmara travamento
Válvula de interna da porta 2
19 entrada
de ar
Válvula Relé de
anel 19 destravamento
19 líquido da da porta 2
bomba de
vácuo

MSAC0501002

149/192
4 Seção 05-01 - Diagramas Elétricos (Linha Autoclaves, 06/2013) 4

Sistema de Controle - Unidade de Comando Mega-CA - Sensores de Temperatura

Sensor de
temperatura

+ -
SS1

SS2

SS4
SS3

SS6
SS5
Sl1

Sl2

Sl3

Sl6
Sl5
Sl4
Comum

Unidade de comando Mega-CA

MSAC0501003

150/192
5 Seção 05-01 - Diagramas Elétricos (Linha Autoclaves, 06/2013) 5

Sistema de Controle - Unidade de Comando Mega-CA - Sensores

16
Terra/ Transdutor
16 16
carcaça de pressão
16 16 da câmara Controle
externa de nível
Sensor Sensor d’água
da porta 1 da porta 2
fechada fechada Transdutor
de pressão Fonte
Sensor Sensor da câmara chaveada
da porta da porta 2 interna 24V
1 aberta aberta 45

+
35 36 37 38 16 45 45
P1Fech

P2Fech

Nível B
Nível A
Analog

Analog

+ 24V
P1Abr

P2Abr

Terra

Pext
Pint
Unidade de comando Mega - CA

MSAC0501004

151/192
6 Seção 05-01 - Diagramas Elétricos (Linha Autoclaves, 06/2013) 6

Sistema de Controle - Unidade de Comando Mega-CA - Atuadores

Unidade de comando Mega - CA

F2 F3 F4 F5 F6 F7 F8
0,5A 0,5A 0,5A 0,5A 0,5A 0,5A 0,5A

2 3 4 5 6 7 8

6 8 10 11 13

Relé da Contatora Relé da


contatora Válvula de
contatora da
da bomba esterilização
da bomba resistência 10
d’água de vácuo

Válvula da Válvula de Válvula de


linha de retirada de ar entrada de Aviso
vapor (se da câmera ar sonoro
equipado) interna

MSAC0501005

152/192
7 Seção 05-01 - Diagramas Elétricos (Linha Autoclaves, 06/2013) 7

Sistema de Controle - Unidade de Comando Mega-CA - Atuadores

Unidade de comando Mega - CA

F10 F11 F12 F13 F14 F15 F16 F17


0,5A 0,5A 0,5A 0,5A 0,5A 0,5A 0,5A 0,5A

10 11 12 13 14 15 16 17

23 24 25 26 31 32 33 34

Fim de Fim de Relé de Fim de Fim de Relé de


curso curso destravamento curso curso destravamento
Fc1 Fc2 da porta 1 Fc3 Fc4 da porta 2

28 27 30 29

Contatora Contatora Relé de Contatora Contatora Relé de


C7 C6 travamento C9 C8 travamento
C6 C7 da porta 1 C8 C9 da porta 2

28 27 30 29

Relé da Relé da Relé da Relé da


contatora de contatora de contatora de contatora de
fechamento abertura da fechamento abertura da
da porta 1 porta 1 da porta 2 porta 2
MSAC0501006

153/192
8 Seção 05-01 - Diagramas Elétricos (Linha Autoclaves, 06/2013) 8

Sistema de Controle do Nível D’água

Relé seq.
de fases 6A 19 b
Es1 5 Nível alto
Controle de Gerador de
nível vapor
Ei1 4 Nível baixo
Disjuntor 3 a

11 Er 14

45 45 Nível A
Unidade de
comando
Mega- CA
45 Nível B

MSAC0501007

154/192
9 Seção 05-01 - Diagramas Elétricos (Linha Autoclaves, 06/2013) 9

Sistema de Aquecimento

0 S/N 1

19 6A Relé seq.
de fases
Contatora
da RC
resistência
4 Unidade de
8 controle
Mega-CA

Resistência MSAC0501008

155/192
10 Seção 05-01 - Diagramas Elétricos (Linha Autoclaves, 06/2013) 10

Sistema de Bomba D’água

0 S/N 1

Contatora
da bomba 19 6A Relé seq.
de fases
d’água
RC

-
-
-
19
Relé térmico 2 Unidade de
da bomba 6 controle
d’água Mega-CA

Bomba
d’água
MSAC0501009

156/192
11 Seção 05-01 - Diagramas Elétricos (Linha Autoclaves, 06/2013) 11

Sistema de Bomba de Vácuo

0 S/N 1

Contatora
da bomba 19 6A Relé seq. 6A 19
de fases Válvula do
de vácuo anel
RC RC líquido da
-
-
-

19
bomba de
Relé térmico 5 Unidade de 5 vácuo
da bomba de 10 controle 10
vácuo Mega-CA

Válvula de
retirada
RC de ar da
câmara
interna

Bomba
de vácuo
MSAC0501010

157/192
12 Seção 05-01 - Diagramas Elétricos (Linha Autoclaves, 06/2013) 12

Sistema da Porta 1

27

~ ~

27 1 S/N 0 0 S/N 1
27

19 6A
Relé seq. 6A 19
de fases
Contatora de Contatora
fechamento RC RC de abertura
da porta 1 da porta 1
Contatora Fim de 10 Unidade de 11 Fim de Contatora
28 C7 28 curso 1 23 controle 24 curso 27 C6 27
-
-
-

-
-
-
C6 Fc1 Mega-CA Fc2 C7
28
Relé térmico de Relé térmico
fechamento da de abertura
porta 1 da porta 1
28

28

Motor da
porta 1
MSAC0501011

158/192
13 Seção 05-01 - Diagramas Elétricos (Linha Autoclaves, 06/2013) 13

Sistema da Porta 2

29

~ ~

29 1 S/N 0 0 S/N 1
29

19 6A Relé seq. 6A 19
de fases
Contatora de Contatora
fechamento de abertura
RC RC da porta 2
da porta 2
Contatora Fim de 14 Unidade de 15 Fim de Contatora
30 C9 30 curso 1 31 controle 32 curso 29 C8 29
-
-
-

-
-
-
C8 Fc3 Mega-CA Fc4 C9
30 Relé térmico de Relé térmico
fechamento da de abertura
porta 2 da porta 2
30

30

Moto da
porta 2
MSAC0501012

159/192
14 Seção 05-01 - Diagramas Elétricos (Linha Autoclaves, 06/2013) 14

Sistema de Travamento da Porta 1

24VCC 24VCC

- + - +

Relé
19 6A seq. de 6A 19
fases
Relé de Relé de
travamento RC RC destravamento
da porta 1 da porta 1
12 Unidade de 13
25 controle 26
Mega-CA

41 42 41

42 41

42

42 41

Acionador
da trava
MSAC0501013

160/192
15 Seção 05-01 - Diagramas Elétricos (Linha Autoclaves, 06/2013) 15

Sistema de Travamento da Porta 2

24VCC 24VCC

- + - +

Relé
19 6A seq. de 6A 19
fases
Relé de Relé de
travamento RC RC destravamento
da porta 2 da porta 2
16 Unidade de 17
33 controle 34
Mega-CA

39 40 39

40 39

40

40 39

Acionador
da trava
MSAC0501014

161/192
16 Seção 05-01 - Diagramas Elétricos (Linha Autoclaves, 06/2013) 16

Sistema de Esterilização

Relé Válvula de 6
seq. de 6A 19 19 entrada de 11
fases ar
Unidade de
controle
Mega - CA
Válvula de 7
19 13
esterilização

19 3
Relé
ciclico

21

Válvula de
purga
19 3

MSAC0501015

162/192
1 Seção 05-02 - Vista dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 1

Seção 05-02 - Vista dos Componentes

Aplicação nos Modelos: Todos

Índice
Botão de Emergência (Vista Traseira)........................................................................................................................................................................... 05-02-3

Contatora da Resistência ............................................................................................................................................................................................. 05-02-4

Controle do Nível D’água ............................................................................................................................................................................................. 05-02-5

Controle do Nível ........................................................................................................................................................................................................ 05-02-6

Disjuntor .................................................................................................................................................................................................................... 05-02-7

Interruptor Liga/desliga (Vista Traseira) ....................................................................................................................................................................... 05-02-8

Fim de Curso .............................................................................................................................................................................................................. 05-02-9

Fonte Chaveada 24V ..................................................................................................................................................................................................05-02-10

Pressostato ...............................................................................................................................................................................................................05-02-11

Relé da Contatora da Bomba D’água ...........................................................................................................................................................................05-02-12

Relé da Contatora da Bomba de Vácuo........................................................................................................................................................................05-02-13

Relé da Contatora de Abertura da Porta 1....................................................................................................................................................................05-02-14

Relé da Contatora de Abertura da Porta 2....................................................................................................................................................................05-02-15

Relé da Contatora de Fechamento da Porta 1 ..............................................................................................................................................................05-02-16

Relé da Contatora de Fechamento da Porta 2 ..............................................................................................................................................................05-02-17

Relé de Destravamento da Porta 1 ..............................................................................................................................................................................05-02-18

163/192
2 Seção 05-02 - Vista dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 2

Relé de Destravamento da Porta 2 ..............................................................................................................................................................................05-02-19

Relé de Travamento da Porta 1...................................................................................................................................................................................05-02-20

Relé de Travamento da Porta 2...................................................................................................................................................................................05-02-21

Relé Sequenciador de Fases .......................................................................................................................................................................................05-02-22

Válvula do Anel Líquido da Bomba de Vácuo ................................................................................................................................................................05-02-23

Válvula da Linha de Vapor ..........................................................................................................................................................................................05-02-24

Válvula de Entrada de Ar ............................................................................................................................................................................................05-02-25

Válvula de Esterilização ..............................................................................................................................................................................................05-02-26

Válvula de Retirada de Ar da Câmara Interna...............................................................................................................................................................05-02-27

Válvula de Segurança.................................................................................................................................................................................................05-02-28

164/192
3 Seção 05-02 - Vista dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 3

Botão de Emergência (Vista Traseira)

2 33

165/192
4 Seção 05-02 - Vista dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 4

Contatora da Resistência

S/N
19 8

x x

0 x x x 1

x x x
~ ~

166/192
5 Seção 05-02 - Vista dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 5

Controle do Nível D’água

S/N (VD/AM) 4

3 5

x x x x x
a 11 c Ei1 Es1

12 14 Er b
x x x x x

19

45 S/N (VD/AM

167/192
6 Seção 05-02 - Vista dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 6

Controle do Nível

VD/AM 4

3 5

x x x x x
a 11 c Ei1 Es1

12 14 Er b
x x x x x

VD/AM

45 19

168/192
7 Seção 05-02 - Vista dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 7

Disjuntor

33 0

x x
1

C4 0

x
3 19

169/192
8 Seção 05-02 - Vista dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 8

Interruptor Liga/desliga (Vista Traseira)

33

170/192
9 Seção 05-02 - Vista dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 9

Fim de Curso

x x
23 28

x x PORTA 1
24 27

31 30
PORTA 2
32 29

171/192
10 Seção 05-02 - Vista dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 10

Fonte Chaveada 24V

3 (VM)

19 (VM)

- PT
+ 24V (VM)

172/192
11 Seção 05-02 - Vista dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 11

Pressostato

S/N

173/192
12 Seção 05-02 - Vista dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 12

Relé da Contatora da Bomba D’água

S/N

0 1

x x x
x x x 19

RC

x x x
x x x
PONTE

x x x x
6
x x x
6 6
6

174/192
13 Seção 05-02 - Vista dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 13

Relé da Contatora da Bomba de Vácuo

S/N 1

x x x
x x x 19

RC

x x x
x x x
PONTE

x x x x
10
x x x
10 10
10

175/192
14 Seção 05-02 - Vista dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 14

Relé da Contatora de Abertura da Porta 1

S/N 1

x x x 28
x x x 19

RC

x x x
x x x
PONTE

x x x x
27
x x x
S/N S/N
S/N

176/192
15 Seção 05-02 - Vista dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 15

Relé da Contatora de Abertura da Porta 2

S/N

0 1

x x x 30
x x x 19

RC

x x x
x x x
PONTE

x x x x
29
x x x
2+2 2+2
2+2

177/192
16 Seção 05-02 - Vista dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 16

Relé da Contatora de Fechamento da Porta 1

S/N

0 1

x x x 27
x x x 19

RC

x x x
x x x
PONTE

x x x x
28
x x x
1+2 1+2
1+2

178/192
17 Seção 05-02 - Vista dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 17

Relé da Contatora de Fechamento da Porta 2

S/N

0 1

x x x 29
x x x 19

RC

x x x
x x x
PONTE

x x x x
30
x x x
2 2
2

179/192
18 Seção 05-02 - Vista dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 18

Relé de Destravamento da Porta 1

MR + PT -

x x x 19

x x x

RC

x x x
x x x 26

41 42

180/192
19 Seção 05-02 - Vista dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 19

Relé de Destravamento da Porta 2

MR + PT -

x x x 19

x x x

RC

x x x
x x x 34

39 40

181/192
20 Seção 05-02 - Vista dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 20

Relé de Travamento da Porta 1

PT - MR +

x x x 19

x x x

RC

x x x
x x x 25

41 42

182/192
21 Seção 05-02 - Vista dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 21

Relé de Travamento da Porta 2

MR + PT -

x x x 19

x x x

RC

x x x
x x x 33

39 40

183/192
22 Seção 05-02 - Vista dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 22

Relé Sequenciador de Fases

19 19

x x
5F 6A 8C

R S T
x x
0 1
S/N

184/192
23 Seção 05-02 - Vista dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 23

Válvula do Anel Líquido da Bomba de Vácuo

19 10

RC

185/192
24 Seção 05-02 - Vista dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 24

Válvula da Linha de Vapor

19

RC

22

186/192
25 Seção 05-02 - Vista dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 25

Válvula de Entrada de Ar

19

RC

11

187/192
26 Seção 05-02 - Vista dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 26

Válvula de Esterilização

19

RC

13

188/192
27 Seção 05-02 - Vista dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 27

Válvula de Retirada de Ar da Câmara Interna

19

RC

10

189/192
28 Seção 05-02 - Vista dos Componentes (Linha Autoclaves, 06/2013) 28

Válvula de Segurança

S/N

RC

190/192
Ortosintese Indústria e Comércio Ltda.
Rua Professor Afonso José Fioravanti, nº 63 - São Paulo - SP - Brasil
Tel: +55 11 3948.4000 - Fax: +55 11 3948.4029
vendas.equipamentos@ortosintese.com.br - www.ortosintese.com.br