Você está na página 1de 2

BIS 11 – Crivo de correção

Utilize a folha de respostas para completar este crivo. Busque os itens que compõem cada fator, pontue conforme indicado
no crivo e some os valores para cada fator. Vire a página para terminar a correção e interpretação.

Impulsividade por (Falta de) Controle Inibitório

raramente ou de vez em com quase sempre/


nunca quando frequência sempre
2. Eu faço coisas sem pensar. 1 2 3 4
3. Eu tomo decisões rapidamente. 1 2 3 4
5. Eu não presto atenção. 1 2 3 4
6. Eu tenho pensamentos que se atropelam. 1 2 3 4
8. Eu tenho autocontrole.* 4 3 2 1
9. Eu me concentro facilmente.* 4 3 2 1
11. Eu fico me contorcendo na cadeira em peças de teatro ou palestras. 1 2 3 4
14. Eu falo coisas sem pensar. 1 2 3 4
16. Eu troco de emprego. 1 2 3 4
17. Eu ajo por impulso. 1 2 3 4
18. Eu fico entediado com facilidade quando estou resolvendo problemas 1 2 3 4
mentalmente.
19. Eu ajo no “calor” do momento. 1 2 3 4
20. Eu mantenho a linha de raciocínio (“não perco o fio da meada”)* 4 3 2 1
21. Eu troco de casa (residência). 1 2 3 4
22. Eu compro coisas por impulso. 1 2 3 4
23. Eu só consigo pensar em uma coisa de cada vez. 1 2 3 4
24. Eu troco de interesses e passatempos (“hobby”). 1 2 3 4
25. Eu gasto ou compro a prestação mais do que ganho. 1 2 3 4
26. Enquanto estou pensando em uma coisa, é comum que outras ideias 1 2 3 4
me venham à cabeça ou ao mesmo tempo.
28. Eu me sinto inquieto em palestras ou aulas. 1 2 3 4

Total – Falta de Controle Inibitório

Impulsividade por Falta de Planejamento

raramente ou de vez em com quase sempre/


nunca quando frequência sempre
1. Eu planejo tarefas cuidadosamente.* 4 3 2 1
4. Eu sou despreocupado (confio na sorte, "desencanado"). 1 2 3 4
7. Eu planejo viagens com bastante antecedência.* 4 3 2 1
10. Eu economizo (poupo) regularmente.* 4 3 2 1
12. Eu penso nas coisas com cuidado.* 4 3 2 1
13. Eu faço planos para me manter no emprego (eu cuido para não 4 3 2 1
perder meu emprego).*
27. Eu tenho mais interesse no presente do que no futuro. 1 2 3 4
30. Eu me preparo para o futuro* 4 3 2 1

Total – Falta de planejamento

Itens que não compõem nenhum fator

raramente ou de vez em com quase sempre/


nunca quando frequência sempre
15. Eu gosto de pensar em problemas complexos.* 4 3 2 1
29. Eu gosto de jogos e desafios mentais.* 4 3 2 1

Total – Itens sem fator

*Itens com asteriscos são aqueles cuja pontuação é invertida. O próprio crivo já realiza esta inversão.
BIS 11 – Crivo de correção

Some os resultados de cada fator para encontrar o escore geral da BIS


Total – Falta de Total – Falta de Total – Itens sem BIS – Escore
Controle Inibitório planejamento fator Geral
+ + =

Tabela 1. Resultados da BIS-11


BIS - Fatores Escore bruto Percentil Interpretação
Controle Inibitório
Não-planejamento
Total
Nota. BIS = Barrat Impulsiviness Scale

Preencha a tabela 1, com os escores brutos, percentis e interpretação. Para encontrar os percentis, use a tabela que lhe foi
entregue (página 247 – Normative data for BIS-11). A tabela está em inglês, basta usar a seguinte sigla:
Total = Escore Geral
Inhibitory Control = Impulsividade por (Falta de) Controle Inibitório
Non-planning = Impulsividade por não-planejamento

O valor percentílico será aquele mais próximo do resultado que você obteve. Se o valor estiver entre dois percentis, escolha
o percentil mais baixo.

Para realizar a interpretação, use o quadro abaixo.

Percentil Interpretação
Até 5 Muito Baixo
6 a 25 Baixo
26 a 74 Médio
75 a 94 Alto
= > 95 Muito Alto

Tabela 2. Definições dos diferentes tipos de impulsividade da BIS-11


Definição
BIS – (Falta de) Controle inibitório Tendência de não conseguir inibir comportamentos já iniciados (em curso) ou automáticos,
e dificuldade de gerenciar o foco atencional
BIS – Falta de planejamento Tendência em fazer escolhas mais imediatistas, sem medir as consequências futuras

Interpretação

Impulsividade por Falta de Controle Inibitório

Muito Alto ou Alto – Indica que o participante tem dificuldades acima da média em inibir comportamentos em curso ou automáticos,
além de poder apresentar mais dificuldades em controlar o foco atencional.
Médio – O nível médio observado aponta que o participante apresenta padrões dentro do esperado em inibir comportamentos em curso
ou automáticos, além de relatar conseguir gerenciar seu foco atencional em um nível dentro do esperado.
Baixo ou Muito Baixo – Indica que o participante relata ter capacidade acima da média de inibir comportamentos em curso ou
automáticos, além de relatar apresentar maior controle do foco atencional do que o esperado.
Impulsividade por Falta de Planejamento

Muito Alto ou Alto – Indica que o participante tem tendências acima da média de fazer escolhas mais imediatistas e não planejar muito
suas ações visando consequências futuras.
Médio – O nível médio observado aponta que o participante apresenta comportamento dentro do esperado em planejar e medir as
consequências de suas ações a longo prazo.
Baixo ou Muito Baixo – Indica que o participante tende a pensar mais antes de tomar decisões e a medir as consequências de suas ações
com mais cuidado.