Você está na página 1de 14

Introdução à Geometria Plana II - Postulados ou Axiomas:

Afirmações em que NÃO há necessidade


1) Definição: Estudo das medidas e propriedades de demonstrações
das figuras no plano.
A) Postulado 1: Numa reta, bem como fora
2) Sistema axiomático: dela, existem infinitos pontos
(quantos se queira imaginar)
Conceitos Postulados
Primitivos ⇒ ou Axiomas ⇒ Definições Exemplo:
𝒓


Teoremas

I - Conceitos primitivos:
B) Postulado 2: Dois pontos distintos
Conceitos em que NÃO há possibilidade
de uma definição determinam uma única reta

Exemplos: Exemplo:
𝒓
Ponto Reta Plano
𝝅 B
𝒓 A
A
𝒓 = 𝑨𝑩
III - Definições: C) Retas concorrentes:
Enunciado que explica o significado de um Duas retas que se encontram num único ponto
termo/conceito Exemplo:
A) Semirreta:
𝒓
Parte de uma reta, limitada por um ponto
Exemplo: A 𝒔

𝒓 ∩ 𝒔 = {𝑨}
A
D) Retas paralelas:
B) Segmento de reta: Duas retas contidas num mesmo plano e que
Parte de uma reta, limitada por dois pontos NÃO se que se encontram
Exemplo: 𝝅
Exemplo:
𝒓
𝑨𝑩
𝒔
B A
A

DICA: Postulado 3
A menor distância entre 2 pontos é o segmento ∃𝝅 / 𝒓 ⊂ 𝝅 e 𝒔 ⊂ 𝝅
de reta que os une 𝒓 𝒔 ⟺ e
𝒓∩𝒔=∅
DICA: Postulado de Euclides
Dados uma reta e um ponto fora dela, passa 𝒎𝒆𝒅 𝑨𝑩 = 𝟒 𝒄𝒎 OU 𝒎 𝑨𝑩 = 𝟒 𝒄𝒎
uma única reta por esse ponto que seja paralela
à reta dada 𝑨𝑩 = 𝟒 𝒄𝒎
IV - Teoremas: DICA: Segmentos congruentes
Afirmações mais complexas que
Dois segmentos de reta são ditos congruentes
necessitam de uma demonstração quando possuem a mesma medida
Exemplo: Teorema de Pitágoras
3) Segmentos de reta:
II - Ponto médio (𝑴):
“Divide um segmento no meio”
I - Medida: “Tamanho”
Comparação com a “unidade” A 𝑴 B 𝑨𝑩

Exemplo: Unidade = 𝟏 𝒄𝒎 𝒅 𝒅

A B 𝑨𝑩 𝑨𝑩 = 𝟐𝒅 OU 𝒅=
𝑨𝑩
𝟐
A 𝑴 B 𝑨𝑩

𝒙+𝟔 𝟐𝒙 − 𝟑

a) R: 𝒙 + 𝟔 = 𝟐𝒙 − 𝟑 ⇒ 𝟔 = 𝒙 − 𝟑
a) R: 𝟐𝒙 − 𝟔 = 𝒙 + 𝟒 ⇒ 𝒙−𝟔 =𝟒
∴ 𝒙=𝟔+𝟑 ⇒ 𝒙=𝟗
∴ 𝒙=𝟒+𝟔 ⇒ 𝒙 = 𝟏𝟎

b) R: 𝑨𝑩 = 𝟐𝒅 e 𝒅 = 𝒙 + 𝟒 b) R: 𝑨𝑩 = 𝟐𝒅 e 𝒅 = 𝒙 + 𝟔
∴ 𝒅 = 𝟏𝟎 + 𝟒 ⇒ 𝒅 = 𝟏𝟒 ∴ 𝒅 = 𝟗 + 𝟔 ⇒ 𝒅 = 𝟏𝟓

∴ 𝑨𝑩 = 𝟐 . 𝟏𝟒 ∴ 𝑨𝑩 = 𝟐𝟖 ∴ 𝑨𝑩 = 𝟐 . 𝟏𝟓 ∴ 𝑨𝑩 = 𝟑𝟎
III - Classificação dos segmentos: C) Adjacentes: 3 requisitos
A) Colineares: - Colineares
Estão contidos na mesma reta suporte
- Consecutivos
Exemplos: 𝒓
B - NÃO possuem pontos internos em comum
A
A B C 𝒓 C
Exemplo:
𝒔
𝑨𝑩, 𝑩𝑪 e 𝑨𝑪 𝑨𝑩 e 𝑩𝑪 NÃO 𝑨𝑩 e 𝑩𝑪
A B C
são colineares são colineares são adjacentes

B) Consecutivos: “Um acaba, o outro começa”


Possuem uma única extremidade em D) Congruentes:
comum Possuem a mesma medida
Exemplos: Exemplo: Ponto médio
B
A
A A 𝑴 B 𝑨𝑩
B C C
𝑨𝑩, 𝑩𝑪 e 𝑨𝑪 𝑨𝑩, 𝑩𝑪 e 𝑨𝑪 𝒅 𝒅
são consecutivos são consecutivos - Adjacentes
𝑨𝑴 e 𝑴𝑩
- Congruentes
4) Ângulos geométricos: B) Adjacentes: 2 requisitos
I - Definição: “Abertura” - Consecutivos
União de duas semirretas de mesma - NÃO possuem pontos internos em comum
origem Exemplo:
Exemplo: 𝑨Ô𝑩 𝑩Ô𝑨
A C
Externa ∠𝑨𝑶𝑩 ∠𝑩𝑶𝑨 A 𝑨Ô𝑩 e 𝑨Ô𝑪
Interna
O são adjacentes
B O
Ô ∠𝑶
B
Legenda:
O: vértice 𝑶𝑨 e 𝑶𝑩: Lados C) Ângulo raso e nulo:
II - Classificação dos ângulos: Lados são colineares
A) Consecutivos:
Raso Nulo
Possuem um único lado em comum
Exemplo:
C
A 𝑨Ô𝑩, 𝑨Ô𝑪 e 𝑩Ô𝑪 A O B O AB
são consecutivos
O
B
III - Medida: “Tamanho da abertura” DICA: Submúltiplos
Comparação com a “unidade” 𝒊) Minutos: 𝟏° = 𝟔𝟎′
𝒎 𝒓𝒂𝒔𝒐 𝒊𝒊) Segundos: 𝟏′ = 𝟔𝟎"
A) Grau (°): 𝟏° = 𝟏𝟖𝟎
⇒ 𝒎 𝒓𝒂𝒔𝒐 = 𝟏𝟖𝟎°

Exemplo: B) Grado (𝒈𝒓): 𝟏𝒈𝒓 = 𝒎 𝟐𝟎𝟎


𝒓𝒂𝒔𝒐

∴ 𝒎 𝒓𝒂𝒔𝒐 = 𝟐𝟎𝟎 𝒈𝒓
𝟏°

A O B Exemplo:

𝟏 𝒈𝒓

A O B

DICA: Conversão
𝟐𝟎𝟎 𝒈𝒓 = 𝟏𝟖𝟎°
𝒎 𝒓𝒂𝒔𝒐 𝟏𝟖𝟎°
a) R: 𝒎 Â = 𝟐
=
𝟐
∴ 𝒎 Â = 𝟗𝟎°

෡ = 𝒎 𝒓𝒂𝒔𝒐 = 𝟏𝟖𝟎° ∴ 𝒎 𝑩
b) R: 𝒎 𝑩 ෡ = 𝟒𝟓°
𝟒 𝟒

෡ = 𝟐. 𝒎(𝒓𝒂𝒔𝒐) = 𝟐. 𝟏𝟖𝟎°
c) R: 𝒎 𝑪
෡ = 𝟑𝟔𝟎°
∴ 𝒎 𝑪
DICA: Ângulos congruentes
Possuem a mesma medida
Exemplo:
A C
a) R:
𝟏𝟖𝟎° 𝟐𝟎𝟎 𝒈𝒓 𝟔𝟎° 𝟔𝟎°
÷𝟐 ÷𝟐 O V
𝟗𝟎° 𝒙 B D
𝟗𝟎.𝟐𝟎𝟎 𝟐𝟎𝟎 ෡ 𝑩 ≅ 𝑪𝑽
𝑨𝑶 ෡𝑫
𝟏𝟖𝟎. 𝒙 = 𝟗𝟎. 𝟐𝟎𝟎 ⇒ 𝒙 = 𝟏𝟖𝟎
= 𝟐
𝟐 ෡ 𝑩 = 𝒎(𝑪𝑽
𝒎 𝑨𝑶 ෡ 𝑫)
∴ 𝒙 = 𝟏𝟎𝟎 𝒈𝒓
IV - Bissetriz:
b) R:
“Semirreta que divide um ângulo no meio”
𝟐𝟎𝟎 𝒈𝒓 𝟏𝟖𝟎°
÷𝟒 ÷𝟒 Exemplo:
𝟓𝟎 𝒈𝒓 𝒚 A ෡ = 𝒎(𝑩𝑶𝑪)

𝒎 𝑨𝑶𝑪
Bissetriz
𝟏𝟖𝟎° (𝒙) (𝒙)
∴ 𝒚= ∴ 𝒚 = 𝟗𝟎° 𝒙 C
𝟒
c) R: 𝒙 ෡
𝒎 𝑨𝑶𝑩 = 𝟐𝒙
O
𝟏𝟖𝟎° 𝟐𝟎𝟎 𝒈𝒓 B
×𝟐 ×𝟐
𝟑𝟔𝟎° 𝒛

෡ e 𝑩𝑶𝑪 - Adjacentes
𝑨𝑶𝑪
∴ 𝒛 = 𝟐𝟎𝟎. 𝟐 ∴ 𝒛 = 𝟒𝟎𝟎 𝒈𝒓 - Congruentes
V - Ângulo reto:
Bissetriz do ângulo raso o divide em dois
ângulos retos

𝒙
Exemplo: 𝒎 𝒓𝒂𝒔𝒐
𝒎 𝒓𝒆𝒕𝒐 =
𝒙 𝟐
C 𝟏𝟖𝟎°
𝒎 𝒓𝒆𝒕𝒐 = 𝟐

𝒎 𝒓𝒆𝒕𝒐 = 𝟗𝟎°
A O B

DICA: Nomenclatura
R:
𝟏𝟎° + 𝒙 + 𝒙 = 𝟓𝟎° 𝒊) Ângulo agudo: 𝟎° < 𝒎𝒆𝒅𝒊𝒅𝒂 < 𝟗𝟎°
𝟏𝟎° + 𝟐𝒙 = 𝟓𝟎° ⇒ 𝟐𝒙 = 𝟓𝟎° − 𝟏𝟎° Exemplos: 𝟑𝟎°, 𝟒𝟓° e 𝟔𝟎°
𝟒𝟎° 𝒊𝒊) Ângulo obtuso: 𝟗𝟎° < 𝒎𝒆𝒅𝒊𝒅𝒂 < 𝟏𝟖𝟎°
∴ 𝟐𝒙 = 𝟒𝟎° ⇒ 𝒙 = ⇒ 𝒙 = 𝟐𝟎°
𝟐 Exemplos: 𝟏𝟐𝟎°, 𝟏𝟑𝟓° e 𝟏𝟓𝟎°
෡ = 𝟏𝟎° + 𝒙 = 𝟏𝟎° + 𝟐𝟎°
𝒎 𝑩𝑶𝑪

෡ = 𝟑𝟎°
∴ 𝒎 𝑩𝑶𝑪
VI - Soma das medidas: 𝟑(𝟗𝟎 − 𝒙) = 𝟏𝟖𝟎 − 𝟐
𝒙

A) Complementares: 𝒙 + 𝒚 = 𝟗𝟎° 𝒙
Exemplo: Complementar de 30°? 𝟐𝟕𝟎 − 𝟑𝒙 = 𝟏𝟖𝟎 −
𝟐
×𝟐 ×𝟐
𝟑𝟎° + 𝒚 = 𝟗𝟎° ⇒ 𝒚 = 𝟗𝟎° − 𝟑𝟎° ∴ 𝒚 = 𝟔𝟎° 𝟓𝟒𝟎 − 𝟔𝒙 = 𝟑𝟔𝟎 − 𝒙

B) Suplementares: 𝒙 + 𝒚 = 𝟏𝟖𝟎° 𝟓𝟒𝟎 − 𝟑𝟔𝟎 = 𝟔𝒙 − 𝒙


Exemplo: Suplementar de 30°? 𝟏𝟖𝟎 = 𝟓𝒙
𝟑𝟎° + 𝒚 = 𝟏𝟖𝟎° ⇒ 𝒚 = 𝟏𝟖𝟎° − 𝟑𝟎° ∴ 𝒚 = 𝟏𝟓𝟎°
𝟏𝟖𝟎
C) Replementares: 𝒙 + 𝒚 = 𝟑𝟔𝟎° 𝒙= ⇒ 𝒙 = 𝟑𝟔°
𝟓
Exemplo: Replementar de 30°?
𝟏𝟖𝟎° 𝟐𝟎𝟎 𝒈𝒓
𝟑𝟎° + 𝒚 = 𝟑𝟔𝟎° ⇒ 𝒚 = 𝟑𝟔𝟎° − 𝟑𝟎° ∴ 𝒚 = 𝟑𝟑𝟎° ÷𝟓 ÷𝟓
𝟑𝟔° 𝒙
𝟐𝟎𝟎
𝒙= ⇒ 𝒙 = 𝟒𝟎 𝒈𝒓
𝟓

b)R: 𝒙 + 𝒘 = 𝟑𝟔𝟎° ⇒ 𝒘 = 𝟑𝟔𝟎° − 𝒙


a)R: 𝒙 + 𝒚 = 𝟗𝟎° ⇒ 𝒚 = 𝟗𝟎° − 𝒙 ⇒ 𝒘 = 𝟑𝟔𝟎° − 𝟑𝟔° ∴ 𝒘 = 𝟑𝟐𝟒°
𝒙 𝒙
𝟐
+ 𝒛 = 𝟏𝟖𝟎° ⇒ 𝒛 = 𝟏𝟖𝟎° −
𝟐

𝟑𝒚 = 𝒛 𝟏𝟖𝟎° 𝟐𝟎𝟎 𝒈𝒓
𝒘 = 𝟑𝟔𝟎 𝒈𝒓
𝟑𝟐𝟒° 𝒘
VII - Ângulos opostos pelo vértice (O.P.V.): a)R: 𝟑𝒙 + 𝟐𝟎° = 𝟒𝒙 − 𝟏𝟎°
Exemplo: 𝟐𝟎° + 𝟏𝟎° = 𝟒𝒙 − 𝟑𝒙 ∴ 𝒙 = 𝟑𝟎°
෡ 𝑩 = 𝑪𝑶
𝑨𝑶 ෡𝑫

A B ෡ 𝑩 + 𝑩𝑶
𝑨𝑶 ෡ 𝑫 = 𝟏𝟖𝟎°
𝒙 − ෡ 𝑫 = 𝟒. 𝟑𝟎° − 𝟏𝟎° = 𝟏𝟐𝟎° − 𝟏𝟎°
b)R: 𝒎 𝑪𝑶
෡ 𝑫 + 𝑩𝑶
𝑪𝑶 ෡ 𝑫 = 𝟏𝟖𝟎°
O
෡ 𝑩 − 𝑪𝑶
𝑨𝑶 ෡ 𝑫 = 𝟎° ෡ 𝑫 = 𝟏𝟏𝟎°
𝒎 𝑪𝑶
C 𝒙 D
෡ 𝑩 = 𝑪𝑶
𝑨𝑶 ෡𝑫
෡ 𝑫 + 𝒎 𝑪𝑶
c)R: 𝒎 𝑩𝑶 ෡ 𝑫 = 𝟏𝟖𝟎°

෡ 𝑫 + 𝟏𝟏𝟎° = 𝟏𝟖𝟎°
𝒎 𝑩𝑶

෡ 𝑫 = 𝟏𝟖𝟎° − 𝟏𝟏𝟎°
𝒎 𝑩𝑶

෡ 𝑫 = 𝟕𝟎°
𝒎 𝑩𝑶

෡𝑪 = ?
d)R: 𝒎 𝑨𝑶

෡ 𝑪 = 𝒎(𝑩𝑶
𝒎 𝑨𝑶 ෡ 𝑫) (OPV)

෡ 𝑪 = 𝟕𝟎°
𝒎 𝑨𝑶
VIII - Ponteiros de um relógio: Exemplo3: 3h 05 min
menor ângulo
Hora exata 𝜽𝑮 + 𝒙 = 𝜽𝑷
entre os ponteiros? 𝜽𝑷
𝜽𝑮

Exemplo1: 3h 00 min ⇒ 𝒙 = 𝟗𝟎° 𝒙 𝒙 = 𝜽𝑷 − 𝜽𝑮

𝒙 = 𝟗𝟐, 𝟓° − 𝟑𝟎°
𝒙 = 𝟔𝟐, 𝟓°
𝒙=?

𝒙 = |𝜽𝑷 − 𝜽𝑮 |

DICA: Determinação de 𝜽𝑮 e 𝜽𝑷
Exemplo2: 1h 15 min 𝒉 horas e 𝒎 minutos
𝜽𝑷 + 𝒙 = 𝜽𝑮 Grande: minutos Pequeno: horas
×𝟔 ÷𝟐
𝜽𝑮
𝜽𝑷
𝒙
𝒙 = 𝜽𝑮 − 𝜽𝑷 𝟔𝟎 𝒎𝒊𝒏 𝟑𝟔𝟎° 𝟔𝟎 𝒎𝒊𝒏 𝟑𝟎°
𝒙 = 𝟗𝟎° − 𝟑𝟕, 𝟓° 𝒎 𝜽𝑮 𝒎 𝜽𝑷𝒎𝒊𝒏

𝒙 = 𝟓𝟐, 𝟓° OU ×𝟔 ÷𝟐
𝒎
𝜽𝑮 = 𝟔. 𝒎 𝜽𝑷 = 𝟑𝟎. 𝒉 +
𝒙 = 𝟓𝟐 ° 𝟑𝟎′ 𝟐
IX - Reta transversal (𝒕):
Exemplo: 𝒕

Conclusão: 𝒙 = | 𝟑𝟎. 𝒉 − 𝟏𝟏𝒎 | 𝒓


𝟐 𝑨

𝑩
𝒔
𝟏𝟎
𝟏𝟏.𝟐𝟎
a)R: 𝒙 = |𝟑𝟎. 𝟒 − | = |𝟏𝟐𝟎 − 𝟏𝟏𝟎| DICA: 𝒓 𝒔
𝟐
“Duas paralelas cortadas por uma transversal”
𝒙 = 𝟏𝟎°
𝒕
𝟐𝟎
𝟏𝟏.𝟒𝟎 𝒓
b)R: 𝒙 = |𝟑𝟎. 𝟒 − 𝟐
| = |𝟏𝟐𝟎 − 𝟐𝟐𝟎| 𝜶 𝜷
𝒔
𝒙 = 𝟏𝟎𝟎°
𝜶 e 𝜷 são chamados de alternos internos

𝒓 𝒔⇔ 𝜶=𝜷
𝟐𝟎°
𝟐𝒙
𝟐𝟎°
𝟏𝟎°

𝟏𝟎°

R: 𝒙 = 𝟐𝟎° + 𝟏𝟎° ∴ 𝒙 = 𝟑𝟎°


a)R: 𝟐𝒙 = 𝟒𝒙 − 𝟐𝟎° ⇒ 𝟐𝒙 = 𝟐𝟎°

∴ 𝒙 = 𝟏𝟎°

b)R: 𝒚 + 𝟏𝟎° = 𝟒𝒙 − 𝟐𝟎°


𝒚 + 𝟏𝟎° = 𝟒. 𝟏𝟎° − 𝟐𝟎°
𝒚 + 𝟏𝟎° = 𝟒𝟎° − 𝟐𝟎°
𝒚 + 𝟏𝟎° = 𝟐𝟎°

𝒚 = 𝟐𝟎° − 𝟏𝟎° ⇒ 𝒚 = 𝟏𝟎°