Você está na página 1de 29

METODOLOGIA CIENTÍFICA

Profa. Gisélia Evangelista de Sousa


TIPOS DE CONHECIMENTO

• As diversas formas de conhecer estão relacionadas à busca


empreendida pelo homem, em sua tentativa compreender o
funcionamento das coisas ao seu redor.

Você sabe quais são os tipos de conhecimento?

Conhecimento Popular
Conhecimento Religioso
Conhecimento Filosófico
Conhecimento Científico
CONHECIMENTO POPULAR

• Também denominado conhecimento vulgar, empírico ou senso


comum.

• Resulta do modo espontâneo e corrente de conhecer.

• É passado de pai para filho nas relações cotidianas.

• Deu embasamento aos outros tipos de conhecimento.

• Surgiu a partir da relação do homem com o mundo.

• Coexiste com as demais formas de conhecer.


Exemplos

• CHÁ DE LIMÃ O: Para curar resfriado, gripes, tosse alé rgica

• SIMPATIA PARA DEIXAR DE RONCAR: Antes de a pessoa


que ronca deitar, fazê-la tomar um gole de á gua e colocar os
seus sapatos e chinelos embaixo da cama, virados para embaixo.
Repetir até a pessoa deixar de roncar.
CONHECIMENTO RELIGIOSO

• Ou teológico;

• Busca compreender a realidade do homem e do Universo.

• Explica tudo pela fé e revelação divina.

• As "verdades" tratadas são infalíveis e indiscutíveis, por consistirem


em "revelações" da divindade.

• Não pode, por sua origem, ser confirmado ou negado.

• Depende da formação moral e das crenças de cada indivíduo.


Exemplos

• Acreditar que algué m foi curado por um milagre;

• Acreditar em duendes, fadas e outros seres invisíveis;

• Acreditar em reencarnação.
CONHECIMENTO FILOSÓFICO

• A Filosofia tem como propósito questionar os problemas reais,


usando princípios racionais.

• Caracteriza-se pelo esforço da razão pura para questionar os


problemas humanos e poder discernir entre o certo e o errado,
unicamente recorrendo às luzes da própria razão humana.
Exemplos

• "O homem é a ponte entre o animal e o alé m-homem"


(Friedrich Nietzsche)

Quando um ser tem vida?

A partir do ato da fecundação ou com 4 semanas de


desenvolvimento embrionário?

Ou será que ele tem vida quando forma-se o zigoto (ovo


fecundado)?
CONHECIMENTO CIENTÍFICO
• O conhecimento científico é representado pela Ciência e pode ser definido
como o conjunto organizado de conhecimentos sobre um determinado
objeto, obtidos mediante a observação, a experiência dos fatos e um
método próprio.

REQUISITOS BÁSICOS DO CONHECIMENTO CIENTÍFICO:

• que o campo do conhecimento seja delimitado, bem caracterizado e


formulado o assunto que se deseja investigar;
• que existam métodos adequados de pesquisa para o estudo em questão.
• possibilidade de analisar, de explicar, de justificar, de induzir ou aplicar
leis, isto é, de predizer com segurança eventos futuros.
Exemplos:

• Todo corpo em queda livre cai com a aceleração da gravidade.

• O ouvido humano consegue ouvir frequências entre 20 e 20.000 Hz.

• A chuva é causada pela condensação das nuvens.


CONHECIMENTO CIENTÍFICO x CONHECIMENTO POPULAR

• Enquanto o conhecimento popular diz que “manga com leite faz mal”, o
conhecimento científico busca outras explicações:

• A má reputação dessa mistura não passa de um mito, fabricado


intencionalmente na época do Brasil Colonial. "O leite era, então, um
alimento bastante raro, e caro, exclusivo dos patrões, os senhores de
engenho. Como eles não queriam que essa preciosidade fosse consumida
por seus escravos, inventaram e espalharam a lenda, que sobreviveu até
hoje", afirma a nutricionista Anita Sachs, da Universidade Federal de
São Paulo (Unifesp).
NORMAS
ABNT VANCOUVER
• Estilo ou Normas
Associação Brasileira de de Vancouver -conjunto de regras
Normas Técnicas para a publicação de manuscritos
no âmbito das Ciências da Saúde.
NBR 6023 subconjunto dessas normas
referido à forma de
NBR 10520 realizar referências bibliográficas.
• Tem esse nome devido aa
uma reunião celebrada
em Vancouver (Canadá) em 1978,
que levou à criação do Comité
Internacional de Editores de
Revistas Médicas (ICMJE)
Objetivo da aula

Nesta aula você deve compreender o que são citações direta e indireta,
recursos indispensáveis ao texto acadêmico e aprender a fazer isso da
maneira apropriada.
CITAÇÃO DIRETA

CURTA (ATÉ 3 LINHAS)


• NO TEXTO – SOMENTE A PRIMEIRA LETRA É MAIÚSCULA
• ENTRE PARÊNTESES – TODAS AS LETRAS SÃO MAIÚSCULAS.
“O Brasil detém a maior diversidade biológica no mundo e o
cerrado é um dos seus principais biomas, tanto em área quanto em
biodiversidade.” (BIZERRIL, 2003, p. 64).

– Nas referências:
BIZERRIL, Marcelo Ximenes Aguiar. O cerrado nos livros didáticos de geografia e ciências.
Ciência Hoje, v.32, n. 192, p. 56-60, abr. 2003.
CITAÇÃO DIRETA

LONGA (MAIS DE 3 LINHAS)

A esse respeito, Piovesan (2005) declara:

O processo de universalização dos direitos humanos permitiu a formação de um


sistema internacional de proteção desses direitos. Esse sistema é integrado por
tratados internacionais de proteção que refletem, sobretudo, a consciência
ética contemporânea compartilhada pelos Estados, na medida em que invocam
o consenso internacional acerca de temas centrais dos direitos humanos,
fixando parâmetros protetivos mínimos. (p. 45)

Recuo de 4 cm-espaçamento simples-fonte menor que o texto


-espaçamento duplo entre este e a citação
CITAÇÕES INDIRETAS
O uso de citações no texto acadêmico serve para fundamentar as ideias defendidas
ou refutadas pelo autor, inserindo-as num contexto histórico-científico. Trata-se de
um recurso que permite utilizar, de forma honesta, o texto/ ideia elaborado(a) por
outro autor.

Veja exemplo de citação indireta:

Segundo Bizerril (2003), encontra-se no Brasil a maior diversidade


biológica do mundo, sendo que o cerrado é um de seus mais importantes
ecossistemas.

A citação indireta consiste em realizar uma paráfrase daquilo que foi dito por outro
sujeito. Entretanto, o fato de reescrever o texto não muda o fato de que há um autor
primeiro que nos serviu de base.
CITAÇÕES INDIRETAS

VEJA MAIS EXEMPLOS E COMO INTRODUZI-LAS:

✔ Bizerril (2003) afirma que o cerrado é um dos principais biomas do Brasil.

✔ De acordo com Bizerril (2003), o cerrado é um dos mais importantes biomas


de nossa nação.

✔ No Brasil, o cerrado desponta como um dos principais biomas (BIZERRIL,


2003).

✔ Em conformidade com as pesquisa desenvolvidas por Bizerril (2003), um dos


principais biomas existentes no Brasil é o cerrado.
Citação de citação
Apud = citado por, conforme, segundo.
Transcrição direta ou indireta de um texto em que não se teve
acesso ao original (retirada de fonte citada pelo autor da obra
consultada)

“O homem é precisamente o que ainda não é. O homem não se


define pelo que é, mas pelo que deseja ser." (ORTEGA Y
GASSET, 1963, apud SALVADOR, 1977, p. 160).

Segundo Silva (1983 apud ABREU, 1999, p. 3) diz ser [ . . . ]


Referências

▪ A norma para elaboração de referências é a NBR 6023 da ABNT.

▪ As referências são constituídas de elementos essenciais e elementos


complementares:

os elementos essenciais são informações indispensáveis à identificação do


documento;
os elementos complementares são informações que acrescentadas aos
elementos essenciais, permitem melhor caracterizar os documentos.
Referências

LIVRO NO TODO:
AZEVEDO, M. A.; GUERRA, V. N. A. Mania de bater: a punição corporal
doméstica de crianças e adolescentes no Brasil. São Paulo: Iglu, 2001. 386 p.

CAPÍTULO DE LIVRO
BANKS-LEITE, L. As questões lingüísticas na obra de Piaget: apontamentos
para uma reflexão crítica. In: ________. (Org.). Percursos piagetianos. São
Paulo: Cortez, 1997. p. 207-223.

GRIZE, J. B. Psicologia genética e lógica. In: BANKS-LEITE, L. (Org.). Percursos


piagetianos. São Paulo: Cortez, 1997. p. 63-76.
Referências
Dois ou três autores - os nomes devem ser separados por ponto-e-vírgula,
seguido de espaço.

ADES, L.; KERBAUY, R. R. Obesidade: realidade e indignações. Psicologia USP.


São Paulo, v. 13, n. 1, p. 197-216, 2002.

Mais de três autores - indica-se apenas o primeiro, acrescentando-se a


expressão latina et al. Mudança 2018 -pode colocar até 6 autores

PETERSON, L. et al. Improvement in quantity and quality of prevention


measurement of toddler injuries and parental
interventions. Behavior Therapy, New York, v. 33, n. 2, p. 271-297, 2002.
ANTES
MIGUEZ, Paulo. Organização da cultura na “Cidade
da Bahia”.
Disponivel em:
<http:<//www.cult.ufba.br/arquivos/tese_de_doutorado
_paulo_miguez_facom_ufba_2002.pdf>
Acesso em: 24 de fevereiro de 2018.

ATUAL
MIGUEZ, Paulo. Organização da cultura na “Cidade
da Bahia”.
Disponível em:
http://www.cult.ufba.br/arquivos/tese_de_doutorado_p
aulo_miguez_facom_ufba_2002.pdf
Acesso em: 24 fev. 2021.
VANCOUVER
•Os autores são indicados por seu sobrenome em letras
minúsculas seguido das iniciais do nome. Limita-se a duas
iniciais para cada autor.
• Quando houver até seis autores , todos devem ser indicados.
•Quando houver mais de seis autores indicar até o sexto,
seguido da expressão et al.
Exemplos:
DÁLCIO ROBERTO DOS REIS Reis, DR.
Reis DR. Gestão da inovação tecnológica. 2. ed. Barueri: Manole; 2008. 206 p.
(ABNT= REIS, D.R.)
DOIS AUTORES:
Berger PL, Luckmann T
Título no idioma original apresentado em letras minúsculas
sem recursos de destaque
Ex. A importância de conhecer sobre o autismo
Citação
Segundo Montenegro, Guerreiro 5 (2010) “a epilepsia
caracteriza-se pela presença de crises epiléticas
recorrentes, na ausência de condição toxicometabólica ou
febril.”
Nota de referências:
5- Montenegro MA, Guerreiro MM. Epilepsia. In:
Moura-Ribeiro MV, Ferreira LS. Condutas em neurologia
infantil. 2. ed. Rio de Janeiro: Revinter; 2010. p. 73-112.
Artigo científico
PRIMEIRO ESTABELEÇA O TEMA E O PROBLEMA
DE PESQUISA
• pesquise e escreva sobre um tema que
realmente seja o de seu interesse porque
trabalhos acadêmicos costumam exigir muita
dedicação
• O problema de pesquisa exige que você olhe
para o tema e busque um aspecto particular
dentro deste campo que seja relevante.
Artigo Científico
ESTRUTURE O SEU ARTIGO E SUA
ARGUMENTAÇÃO
• Comece a fazer alguns rascunhos de
desenvolvimento e levante algumas hipóteses.
• Liste os argumentos que conseguiu encontrar
para sustentar a pesquisa. Cada item pode se
tornar uma seção do seu artigo.
• Inclua embasamentos teóricos de autores
relacionados ao seu tema, e caso necessário,
imagens e gráficos e siga na sua argumentação.
Artigo científico
• CUIDADO COM A COERÊNCIA E COM A
LINGUAGEM
• Preste muito atenção no encadeamento de ideias, na coesão e na
coerência porque é comum que os conceitos pareçam confusos e você
acabe se perdendo na argumentação.

• Revise o artigo científico. Sugestão: pedir para um amigo ler e ver se


consegue compreender o que você está querendo dizer.

• Linguagem clara e objetiva.


Artigo Científico
• SUBMETA A UM PERIÓDICO

Caso não conheça uma boa revista científica peça


auxílio ao seu professor/orientador.
Quanto á formatação propriamente dita, algumas
revistas podem exigir elementos diferentes ou formatos
próprios para que o artigo seja escrito.

• FIQUE ATENTO À REPERCUSSÃO QUE SEU


ARTIGO TERÁ
Indicações
Manual-2015-EBOOK.indd (unifacs.br)
Manual de normalização da UNIFACS

Manual de estilo acadêmico: trabalhos de conclusão de curso,


dissertações e teses.
Lubisco, Nídia Maria Lienert; Vieira, Sônia Chagas

Mecanismo Online para Referências


MORE | Início (ufsc.br)