Você está na página 1de 32

PLANOS E PROGRAMAS

Folha: 1 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

ESCRITÓRIO CENTRAL

REV. DESCRIÇÃO
00 Emissão Inicial

REVISÃO 00
DATA 30/04/2011.
ELABORA Marta Nascimento de Almeida/ Téc.
DO Seg. do Trabalho SSST/MTE
Carlos Pereira da Silva / Engº Seg.
VERIFICA
Trabalho
DO
CREA 506.193.9022/
APROVAD Rede Educacional Creative / Empresa
O

PARA USO DA FISCALIZAÇÃO

LIBERADO ________________________________
Assinatura e Carimbo
LIBERADO COM COMENTARIOS

NÃO LIBERADO DATA:

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 2 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA
Nome da Empresa: Rede Educacional Creative
Endereço:
CNPJ _________________
CÓDIGO DE ATIVIDADE: _____________
GRAU DE RISCO: _________
GRUPO: ________

LOCAL DOS TRABALHOS:

RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DO PROGRAMA


Técnico de Segurança do Trabalho
SSST/MTE
Tel.
E-mail:

RESPONSÁVEL PELO CUMPRIMENTO DO PROGRAMA


Função do Responsável:
Tel.
E-mail:

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 3 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO....................................................................................................................4
2. OBJETIVO..........................................................................................................................4
3. CAMPO DE APLICAÇÃO....................................................................................................4
4. REFERÊNCIA.....................................................................................................................4
5. DEFINIÇÕES E RESPONSABILIDADES............................................................................4
6. ATIVIDADES.......................................................................................................................5
6.1. ANÁLISE PRELIMINAR...................................................................................................5
6.2. ANÁLISES ERGONÔMICAS............................................................................................5
6.3. BENEFÍCIOS DA ERGONOMIA......................................................................................5
7. ORIENTAÇÕES ERGONÔMICAS......................................................................................5
7.1. ENSINO CORRETO SOBRE LEVANTAMENTO, TRANSPORTE E MANUSEIO DE
MATERIAIS.............................................................................................................................5
7.2. CARACTERÍSTICAS IDEAIS DE UM POSTO DE TRABALHO INFORMATIZADO.........6
8. ANÁLISE ERGONÔMICA DO TRABALHO.........................................................................8
8.1. RISCOS ERGONÔMICOS...............................................................................................9
9. CRONOGRAMA DE ANÁLISE ERGONÔMICA DO TRABALHO......................................10
10. ANÁLISE ERGONÔMICA DAS FUNÇÕES.....................................................................11
TABELAS DE ANÁLISE ERGONÔMICA DO TRABALHO..................................................12
PLANOS E PROGRAMAS.....................................................................................................1
29
PLANOS E PROGRAMAS...................................................................................................31
ENCERRAMENTO...............................................................................................................32
PLANOS E PROGRAMAS...................................................................................................32

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 4 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

1. INTRODUÇÃO

Este documento foi desenvolvido em resposta à demanda por parte da Rede


Educacional Creative Ltda, devido à necessidade de um gerenciamento das condições
ergonômicas existentes em todo o seu processo produtivo e organizacional, no que se
refere ao Escopo do Escritório Central, para que possa servir a organização como um
Manual de Gerenciamento Ergonômico, baseado nos preceitos da política de saúde e
segurança do trabalho e da legislação vigente do Ministério do Trabalho e Emprego,
de forma a atender os quesitos dos sistemas desenvolvidos na unidade.

2. OBJETIVO

O Gerenciamento Ergonômico (GE) tem como objetivo:


• Promover ações ergonômicas aos colaboradores e a organização, através da
aplicação de programas e projetos em prol de uma administração eficiente da
saúde e segurança do trabalho, visando um melhor ambiente de trabalho, a
prevenção de acidentes, e a melhoria da qualidade de vida de todos os envolvidos;
• Colaborar com a organização no respeito ao ser humano, zelando pela integridade
física e psicológica de todos os que contam com as atividades;
• Buscar o comprometimento com a organização visando à redução ou eliminação
dos riscos ergonômicos, realizando, através de melhoria continua a análise
ergonômica do trabalho;
• Atender à NR- 17, da Portaria 3.214, de 8 de Junho de 1978, complementada pela
Portaria 3.751, de 23/11/1990, do Ministério do Trabalho e Emprego, estabelecendo
diretrizes e parâmetros para permitir a adaptação das condições de trabalho às
características psicofisiológicas dos trabalhadores de modo a proporcionar um
máximo de conforto, segurança, produtividade e competividade.

3. CAMPO DE APLICAÇÃO

Todas as atividades desenvolvidas pela Rede Educacional Creative Ltda. Para o que é
vigente na Legislação NR - 17 para o atendimento ao escopo do Contrato mencionado
nas suas redes de ensino.

4. REFERÊNCIA

NR-17 Ergonomia

5. DEFINIÇÕES E RESPONSABILIDADES

Coordenador do Gerenciamento Ergonômico (GE)


Responsabilidade do Engenheiro de Segurança do Trabalho ou Coordenador de SMS.
Tem a função de gerenciar as atividades do GE em toda a empresa. Elabora, prioriza e
revisa métodos e procedimentos de Gerenciamento Ergonômico.
Multiplicadores / Monitores do GE
Responsabilidade da Enfermeira do Trabalho ou Médico do Trabalho. Fornece suporte
a todos, quanto aos aspectos do GE, implementação e gerenciamento das atividades,
conforme previsto em cronograma ou solicitado pelas frentes de serviços.

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 5 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

6. ATIVIDADES

6.1. ANÁLISE PRELIMINAR

A Análise Preliminar de Riscos Ergonômicos associados a cada atividade deverá ser


gerada após a realização dos Levantamentos em Campo que serão realizados
juntamente com PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais, sendo
apresentados através da tabela Reconhecimento de Riscos Ambientais.

6.2. ANÁLISES ERGONÔMICAS

São análises das frentes de serviços e funções, visando identificar possíveis riscos
ergonômicos à saúde dos trabalhadores, procurando atender aos critérios legais e
normativos, sendo estas consolidadas através da Análise Ergonômica do Trabalho, a
qual deve ser desenvolvida pelo multiplicador do GE.

6.3. BENEFÍCIOS DA ERGONOMIA

A implantação da ergonomia em uma empresa vem a incentivar os empregados a


novos hábitos de vida, já que pode ser aplicada em atividades diárias e de rotina
mesmo fora da empresa. Isto gera um ambiente de trabalho com uma nova cultura,
que tem como principal reflexo o aumento da produtividade e diminuição do
absenteísmo devido à diminuição de acidentes e doenças ocupacionais, aumento da
motivação, pois funcionários satisfeitos com a empresa rendem mais no trabalho.

7. ORIENTAÇÕES ERGONÔMICAS

7.1. ENSINO CORRETO SOBRE LEVANTAMENTO, TRANSPORTE E MANUSEIO DE


MATERIAIS

Após avaliar o que vai ser movimentado, a direção e a distância a percorrer, o


colaborador deve:

• Posicionar-se junto à carga, mantendo os pés afastados com um pé mais a frente


que o outro, para aumentar a sua base de sustentação;
• Abaixar-se dobrando os joelhos e mantendo a cabeça e as costas em linha reta;
• Segurar firmemente a carga, usando a palma da mão e todos os dedos;
• Levantar-se usando somente o esforço das pernas e mantendo os braços
estendidos e a coluna reta;
• Aproximar bem a carga do corpo;
• Manter a carga centralizada em relação às pernas durante o percurso;
• Usar equipe para cargas mais pesadas.

Antes de qualquer uma das ações devemos verificar:

• O tamanho, a forma e o volume da carga, para avaliar a maneira mais segura de


levantá-la;
• O peso da carga, para verificar se não ultrapassa a capacidade individual de
levantamento de peso;
• A existência de pontas ou rebarbas, para não se acidentar;
• A necessidade de utilizar equipamento de proteção individual;

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 6 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

• O caminho a ser percorrido, observando se o mesmo está desimpedido, limpo, não


escorregadio, e a distância a ser transposta;
• Quando a carga possuir forma assimétrica, o centro de gravidade deve ficar
próximo ao centro do corpo;
• Deve-se evitar o levantamento ou transporte de peso quando a diferença de altura
dos colaboradores provocarem desnível de carga;
• No caso do volume de carga ser excessivo é aconselhável o emprego de dois
colaboradores;
• Deve-se evitar o transporte de cargas com uma das mãos, procurando distribuir o
peso nas duas mãos;
• No transporte de cargas, deve-se sempre manter a cabeça e as costas em linha
reta;
• Ao armazenar cargas ou objetos pesados de uso freqüente, coloque-os em
prateleiras que posicionem na altura de seu tórax.

Recomendações importantes

• Não dobrar as costas;


• Não ficar muito longe da carga;
• Não escorar a carga na perna ou no joelho;
• Não manter as pernas fixas no chão e virar o corpo com a carga;
• Não torcer o corpo para pegar a carga.

Utilize sempre um carrinho ao transportar volumes, e sempre empurre ao invés de


puxar, desta forma você poderá manter o corpo ereto ao deslocar a carga.
Mesmo seguindo os procedimentos corretos, se você estiver com um peso excessivo,
você pode prejudicar a sua coluna.

7.2. CARACTERÍSTICAS IDEAIS DE UM POSTO DE TRABALHO


INFORMATIZADO

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 7 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 8 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

• A borda anterior da mesa deve ser arredondada, evitando com isto compressões
não nível de punho.
• Todo o colaborador deve ser treinado quanto a orientações postura is e saúde física
no trabalho.
• Todo o colaborador quando recebe uma cadeira ou muda de posto de trabalho,
deve receber treinamento para adaptação ao mesmo (a)
• A iluminação do ambiente, calor e ruído devem ser adequados para o tipo de
trabalho, de acordo com normas de segurança industrial, atendendo os parâmetros e
quesitos presentes na legislação, e proporcionando u m maior conforte para o
colaborador.
• O monitor dever estar ao nível dos olhos.
• Manter a cabeça e o pescoço reto e ombros relaxados.
• Manter o cotovelo junto ao corpo.
• Manter os pés apoiado no chão ou quando recomendado usar descanso para os pés.

8. ANÁLISE ERGONÔMICA DO TRABALHO

Serão utilizadas análises qualitativas em todas as baias de trabalho, utilizando análise


quantitativa em para os itens previstos na NR-17. As ferramentas básicas utilizadas
para análise ergonômica serão as seguintes:
• Observação e acompanhamento: As funções e o trabalho dos colaboradores serão
inspecionados, acompanhados e avaliados.
• Fotografias: Os principais itens de avaliação e as não conformidades na avaliação
de riscos ergonômicos serão registrados por meio de fotografias e anexados no
presente documento.
• Para as avaliações quantitativas utilizaremos anemômetro digital, Decibelímetro
Digital e Termômetro digital

Em geral, serão avaliados os seguintes aspectos:


• Espaço de trabalho:
• Mobiliário (posto de Trabalho);
• Acessórios de trabalho:
• Uso da força das mãos/manipulação;
• Posturas adotadas na execução do trabalho;
• Trabalho em pé/sentado;
• Painéis e controles;
• Ferramentas de trabalho:
• Ritmo de trabalho;
• Demanda visual:
• Levantamento, transporte e manuseio de materiais;
• Organização geral do trabalho;
• Fatores de Conforto Ambiental: térmico, acústico e visual.

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 9 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

8.1. RISCOS ERGONÔMICOS

Nº CLASSE CARACTERIZAÇÃO RISCOS


Posturas prejudicias
resultantes de Desconforto postural, Fadiga
inadequações do postural, Patologias
posto de trabalho, musculoesqueléticas por fadiga
1 Posturais
como características muscular (tendinites bursites,
antropométricas, lombalgias, cervicalgias,
falta de apoios, mialgias, etc.
dentre outros.
Incongruentes
arranjos físicos de
ferramentas e
Desconforto no manuseio,
materiais
2 Instrumentais Patologias musculoesqueléticas
manipulados que
de contato
acarretam
dificuldades no
manuseio.
Deficiências na
detecção,
discriminação e
identificação de
informações, em
3 Informacionais Erro humano
painéis de
informações,
comandos, telas,
placas de
sinalização.
Constrangimentos
biomecânicos e
Fadiga muscular, Patologias
cinesiológicos
musculoesqueléticas por
funcionais no ataque
4 Acionais repetição ou distenção
acional a comandos.
(lombalgias, tendinites,
Ângulos,
bursites, mialgias)
movimentação e
aceleração.
Distúrbios no
conforto térmico,
acústico e visual
que possam gerar Fadiga ou Desconforto
5 Ambientais fatores de ambiental (visual, auditivo,
desconforto do térmico)
trabalhador e que
devem ser avaliados
e monitorados.

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 10 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

Nº CLASSE CARACTERIZAÇÃO RISCOS


Distúrbios
psicológicos e
outros como
dificuldade de
decodificação,
aprendizagem,
6 Cognitivos Stress, insatisfação
memorização,
excesso de
informação, carga
de trabalho, excesso
de jornada, maus
relacionamentos.
Excesso de peso,
distância do curso
da carga, freqüência
de movimentação
7 Movimentacionais Multas, não conformidades
dos objetos a
levantar ou
transportar. Manual
de material.
Deficiência de fluxo, Insatisfação, irritação, Esforço
8 Espaciais acesso, circulação, postural, Acidentes (quedas,
isolamento. torções, escorregão)
Reclamações,
queixas,
insatisfação do
funcionário em
9 Insatisfação, irritação,
Conforto relação às
Desconforto, Reclamação
atividades que
desenvolve ou ao
posto /situação de
trabalho.
Não cumprimento a
normas e
procedimentos
obrigatórios e /ou de
10 Legislação certificação, tais Multas, Não conformidade
como NR 17, OS
606, nt 060, OHSAS
18001, BS 8800,
dentre outras.

9. CRONOGRAMA DE ANÁLISE ERGONÔMICA DO TRABALHO

2009 2010
Set
Fev
Dez

Jun
Mai

Jul
Mar

Abr

Ago

Out
Nov

Jan

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 11 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

Análise das
X
Funções
Treinament
X X
o

10. ANÁLISE ERGONÔMICA DAS FUNÇÕES

Segue Tabela de Análise Ergonômica do Trabalho.

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 12 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

TABELAS DE ANÁLISE ERGONÔMICA DO TRABALHO


Para esta análise, são consideradas as seguintes funções e suas respectivas
descrições:

FUNÇÕES DESCRITIVO DAS ATIVIDADES


Assessora a empresa em assuntos relacionados a questões fisco tributárias,
cíveis, trabalhistas, processos ou ações judiciais, bem como marcas e
Advogado patentes, parte societária e contratos com órgãos públicos. Possui
conhecimento para solução dos problemas simples da área. Trabalha sob
supervisão direta

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 13 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

Tabela de Análise Ergonômica do Trabalho - 01


DEPARTAMENTO – LOCAL DE TRABALHO DENTRO DE ESCRITORIO
GRUPO HOMOGÊNEO (SOB O PONTO DE VISTA ERGONÔMICO)
FUNÇÕES DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Descritas Acima Descritas acima
Levantamento – Transporte – Descarga de Materiais
Transporte por impulsão/ tração manual, carros
Transporte Manual de mão e levantamento de materiais com
equipamento mecânico de ação manual.
Treinamento Não Aplicado
específico
Exercido por Não Aplicado
mulheres ou Não Aplicado
menores de 18 anos
Mobiliário dos Postos de Trabalho
Em todas as funções avaliadas o trabalho é realizado na posição sentado.
CADEIRAS - ASSENTOS MESAS – BANCADAS – ESCRIVANINHAS - PAINEIS
Altura ajustável à estatura do Altura e
funcionário e à atividade características da
exercida superfície de trabalho
SI
compatíveis com o SIM
M
tipo de atividade e
com a altura do
assento
Pouca ou nenhuma conformação Área de trabalho de
na base do assento SI fácil alcance e
SIM
M visualização pelo
trabalhador
Borda frontal arredondada Carcteristicas
dimensionais que
possibilitam
SI posicionamento e
SIM
M movimentação
adequada aos
seguimentos
corporais
Encosto com forma levemente SI
adaptada ao corpo M
TRABALHOS EM PÉ TRABALHOS COM UTILIZAÇÃO DOS PÉS
Não Aplicado Não Aplicado
Informações visuais recebidas Informações táteis
Sensibilidade para execução das Sensibilidade para execução das tarefas
tarefas inerentes à atividade inerentes à atividade
Espaço físico Arranjo físico
Situação do espaço compatível com
a função exercida no setor. O local A posição dos moveis permite o bom acesso e
tem dimensão suficiente para o circulação dos funcionários pelo ambiente.
desempenho satisfatório do trabalho.
POSTURAS ASSUMIDAS ATIVIDADES MOTORAS E SENSORIAIS

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 14 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

A atividade é desempenhada na
posição sentado. Eventualmente os
funcionários se deslocam para outro
Adequado alcance físico dos membros
setor. Poderá ser exigido suporte
superiores (braços e mãos)
para os pés que se adapte com o
comprimento das pernas dos
funcionários

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 15 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

EQUIPAMENTOS DOS POSTOS DE TRABALHO


Todos os equipamentos que compõem os postos de trabalho estão adequados às
características psicofisiológicas dos trabalhadores e à natureza do trabalho a ser
executado
LEITURA DE DOCUMENTOS PARA EQUIPAMENTOS ELETRONICOS
DIGITAÇÃO
É fornecido suporte adequado para a Monitor com mobilidade suficiente para
leitura dos documentos, respeitando as permitir o ajuste à iluminação do ambiente,
distancias olho-teclado, olho-documento, evitando reflexos e proporcionando ângulos
proporcionando boa postura, corretos de visualização. Teclado
visualização e operação, evitando independente, com mobilidade para ajuste
movimentação freqüente do pescoço e de acordo com a atividade a ser realizada.
evitando fadiga visual. Os documentos (exigências dispensadas em caso de
são confeccionados em papel que não utilização eventual).
causam ofuscamento da visão.
(exigências dispensadas em caso de
utilização eventual).
Organização do Trabalho
Normas de Produção Modo Operatório
Produção executada de acordo com as Realizado de acordo com a necessidade do
necessidades do serviço efetuado. serviço a ser executado
Normas de Trabalho Tempo Exigido na Execução das Tarefas
Organização das atividades de acordo Suficiente para o trabalho exigido no setor
com as necessidades do serviço efetuado
Ritmo de Trabalho Conteúdo das Tarefas
Serviços administrativos referentes ao
Leve
cargo que ocupa
ATIVIDADES DE PROCESSAMENTO DE DADOS
Os funcionários não são submetidos a qualquer sistema de avaliação de desempenho
para efeito de remuneração e vantagens de qualquer espécie, baseados no numero
individual de toques sobre o teclado. O numero real de toques não ultrapassa 8.000
por hora trabalhada. O tempo efetivo de entrada de dados não ultrapassa 5 horas. Os
funcionários têm intervalos de 10 minutos de descanso a cada 50 minutos trabalhados.
CONCLUSÕES
Atividade desenvolvida no setor é considerada adequada, sob o ponto de vista da
condição existente. Lembramos de adotar postura correta, para realização de serviços
no setor que deve ser corrigida para não causar problemas de coluna.

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 16 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

Tabela de Análise Ergonômica do Trabalho - 02


DEPARTAMENTO – LOCAL DE TRABALHO- Veículo
GRUPO HOMOGÊNEO (SOB O PONTO DE VISTA ERGONÔMICO)
FUNÇÕES DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
MOTORISTA DE Dirigir veículos de passeio da empresa, para transportar diretores e demais
VEÍCULOS funcionários nas diversas localidades solicitadas, e entregar e/ou retirar
documentos, materiais, produtos ou outros volumes, entre as obras e
LEVES fornecedores, bancos e escritório. Realizar serviços bancários diversos,
conforme orientações recebidas de seu superior. Manter os veículos em
condições de utilização, verificando calibragem dos pneus e níveis de água e
óleo, e informando a seu superior sobre a necessidade de reparos mecânicos,
elétricos e/ou de funilaria.
Levantamento – Transporte – Descarga de Materiais
Transporte por impulsão/ tração manual,
Transporte Manual carros de mão e levantamento de
materiais com equipamento mecânico de
ação manual.
Treinamento
Não Aplicado
específico
Exercido por
Não Aplicado
mulheres ou Não Aplicado
menores de 18
anos
Mobiliário dos Postos de Trabalho
Em todas as funções avaliadas o trabalho é realizado na posição Sentado
CADEIRAS – ASSENTOS MESAS – BANCADAS – ESCRIVANINHAS -
PAINEIS
Altura ajustável à estatura Altura e
do funcionário e à atividade características da
exercida superfície de
Sim trabalho compatíveis Não aplicado.
com o tipo de
atividade e com a
altura do assento
Pouca ou nenhuma Área de trabalho de
conformação na base do fácil alcance e
Sim Não aplicado.
assento visualização pelo
trabalhador
Borda frontal arredondada Características
dimensionais que
possibilitam
posicionamento e
Sim Não aplicado.
movimentação
adequada aos
seguimentos
corporais
Encosto com forma
levemente adaptada ao Sim
corpo
TRABALHOS EM PÉ TRABALHOS COM UTILIZAÇÃO DOS
PÉS
Não Sim

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 17 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

Informações visuais recebidas Informações táteis


Sensibilidade para execução das Sensibilidade para execução das tarefas
tarefas inerentes à atividade inerentes à atividade
Espaço físico Arranjo físico
Situação do espaço compatível com a A posição do setor permite o bom acesso e
função exercida no setor. O local tem circulação dos funcionários pelo ambiente.
dimensão suficiente para o desempenho
satisfatório do trabalho.

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 18 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

POSTURAS ASSUMIDAS ATIVIDADES MOTORAS E SENSORIAIS


A atividade é desempenhada na Adequado alcance físico dos membros
posição em sentado. superiores e inferiores
Equipamentos dos Postos de Trabalho
Todos os equipamentos que compõem os postos de trabalho (veículo) estão
adequados às características psicofisiologicas dos trabalhadores e à natureza do
trabalho à ser executado.
LEITURA DE DOCUMENTOS PARA EQUIPAMENTOS ELETRONICOS
DIGITAÇÃO
Não Aplicado Não Aplicado

Organização do Trabalho
Normas de Produção Modo Operatório
Produção executada de acordo com Realizado de acordo com a necessidade do
as necessidades do serviço efetuado. serviço a ser executado
Normas de Trabalho Tempo Exigido na Execução das Tarefas
Organização das atividades de Suficiente para o trabalho exigido no setor
acordo com as necessidades do
serviço efetuado
Ritmo de Trabalho Conteúdo das Tarefas
Leve Serviços operacionais referentes ao cargo
que ocupa
ATIVIDADES DE PROCESSAMENTO DE DADOS
Não Aplicado
CONCLUSÕES
Atividade desenvolvida no setor é considerada adequada, sob o ponto de vista da
condição existente.

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 19 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

Tabela de Análise Ergonômica do Trabalho - 03


DEPARTAMENTO – LOCAL DE TRABALHO – Copa – Serviço Terceirizado
GRUPO HOMOGÊNEO (SOB O PONTO DE VISTA ERGONÔMICO)
FUNÇÕES DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Copeira Preparar e servir café. Higienização das louças e utensílios utilizados.

Levantamento – Transporte – Descarga de Materiais


Transporte por impulsão/ tração manual, carros
Transporte Manual de mão e levantamento de materiais com
equipamento mecânico de ação manual.
Treinamento
Não Aplicado
específico
Exercido por
Não Aplicado
mulheres ou Não Aplicado
menores de 18
anos
Mobiliário dos Postos de Trabalho
Em todas as funções avaliadas o trabalho é realizado na posição em pé.
CADEIRAS - ASSENTOS MESAS – BANCADAS – ESCRIVANINHAS - PAINEIS
Altura ajustável à estatura Altura e
do funcionário e à características da
atividade exercida superfície de
Não
trabalho
Aplica
compatíveis com o SIM
do
tipo de atividade e
com a altura do
assento
Pouca ou nenhuma Área de trabalho de
Não
conformação na base do fácil alcance e
Aplica SIM
assento visualização pelo
do
trabalhador
Borda frontal arredondada Características
dimensionais que
possibilitam
Não
posicionamento e
Aplica SIM
movimentação
do adequada aos
seguimentos
corporais
Encosto com forma Não
levemente adaptada ao Aplica
corpo do
TRABALHOS EM PÉ TRABALHOS COM UTILIZAÇÃO DOS PÉS
SIM NÃO
Informações visuais recebidas Informações táteis
Sensibilidade para execução das Sensibilidade para execução das tarefas
tarefas inerentes à atividade inerentes à atividade
Espaço físico Arranjo físico
Situação do espaço compatível com a A posição dos maquinários e painéis de controle
função exercida no setor. O local tem permite boa mobilidade
dimensão suficiente para o
desempenho satisfatório do trabalho.

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 20 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

POSTURAS ASSUMIDAS ATIVIDADES MOTORAS E SENSORIAIS


A atividade é desempenhada na Adequado alcance físicodos membros
posição em pé. Funcionários se superiores (braços e mãos)
deslocam constantemente entre
setores

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 21 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

Equipamentos dos Postos de Trabalho


Todos os equipamentos que compõem os postos de trabalho estão adequados às
características psicofisiologicas dos trabalhadores e à natureza do trabalho à ser
executado
LEITURA DE DOCUMENTOS PARA EQUIPAMENTOS ELETRONICOS
DIGITAÇÃO
Não Aplicado Não Aplicado

Organização do Trabalho
Normas de Produção Modo Operatório
Produção executada de acordo com Realizado de acordo com a necessidade do
as necessidades do serviço serviço a ser executado
efetuado.
Normas de Trabalho Tempo Exigido na Execução das Tarefas
Organização das atividades de Suficiente para o trabalho exigido no setor
acordo com as necessidades do
serviço efetuado
Ritmo de Trabalho Conteúdo das Tarefas
Leve Conforme descrito acima
ATIVIDADES DE PROCESSAMENTO DE DADOS
Não Aplicado
CONCLUSÕES
Atividade desenvolvida no setor é considerada adequada, sob o ponto de vista da
condição existente. Lembramos de adotar postura correta, para realização de
serviços no setor que deve ser corrigida para não causar problemas de coluna.

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 22 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

Tabela de Análise Ergonômica do Trabalho - 04


DEPARTAMENTO – LOCAL DE TRABALHO – Escritório – Serviço Terceirizado
GRUPO HOMOGÊNEO (SOB O PONTO DE VISTA ERGONÔMICO)
FUNÇÕES DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Auxiliar de limpeza Realizar a coleta do material das lixeiras existentes nos postos de trabalho e
sanitários. Higienização e abastecimento dos sanitários. Limpeza de móveis,
utensílios e pisos, utilizando equipamentos apropriados.
Levantamento – Transporte – Descarga de Materiais
Transporte por impulsão/ tração manual,
Transporte Manual carros de mão e levantamento de materiais
com equipamento mecânico de ação manual.
Treinamento Não Aplicado Não Aplicado
específico
Exercido por
mulheres ou Não Aplicado
menores de 18
anos
Mobiliário dos Postos de Trabalho
Em todas as funções avaliadas o trabalho é realizado na posição em pé.
CADEIRAS - ASSENTOS MESAS – BANCADAS – ESCRIVANINHAS -
PAINEIS
Altura ajustável à estatura do Altura e
funcionário e à atividade características da
exercida superfície de
Não
trabalho
Aplica SIM
compatíveis com o
do
tipo de atividade e
com a altura do
assento
Pouca ou nenhuma Área de trabalho
Não
conformação na base do de fácil alcance e
Aplica SIM
assento visualização pelo
do
trabalhador
Borda frontal arredondada Características
dimensionais que
possibilitam
Não
posicionamento e
Aplica SIM
movimentação
do adequada aos
seguimentos
corporais
Encosto com forma levemente Não
adaptada ao corpo Aplica
do
TRABALHOS EM PÉ TRABALHOS COM UTILIZAÇÃO DOS PÉS
Sim Não Aplicado
Informações visuais recebidas Informações táteis
Sensibilidade para execução das Sensibilidade para execução das tarefas
tarefas inerentes à atividade inerentes à atividade
Espaço físico Arranjo físico
Situação do espaço compatível com a A posição dos moveis permite o bom acesso e
função exercida no setor. O local tem

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 23 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

dimensão suficiente para o desempenho circulação dos funcionários pelo ambiente.


satisfatório do trabalho.
POSTURAS ASSUMIDAS ATIVIDADES MOTORAS E SENSORIAIS
A atividade é desempenhada na Adequado alcance físico dos membros
posição em pé. Funcionários se superiores (braços e mãos)
deslocam para outro setor
frequentemente.

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 24 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

Equipamentos dos Postos de Trabalho


Todos os equipamentos que compõem os postos de trabalho estão adequados às
características psicofisiologicas dos trabalhadores e à natureza do trabalho à ser
executado
LEITURA DE DOCUMENTOS PARA EQUIPAMENTOS ELETRONICOS
DIGITAÇÃO
Não Aplicado Não Aplicado

Organização do Trabalho
Normas de Produção Modo Operatório
Produção executada de acordo Realizado de acordo com a necessidade do
com as necessidades do serviço serviço a ser executado
efetuado.
Normas de Trabalho Tempo Exigido na Execução das Tarefas
Organização das atividades de Suficiente para o trabalho exigido no setor
acordo com as necessidades do
serviço efetuado
Ritmo de Trabalho Conteúdo das Tarefas
Leve Conforme descrito acima
ATIVIDADES DE PROCESSAMENTO DE DADOS
Não Aplicado
CONCLUSÕES
Atividade desenvolvida no setor é considerada adequada, sob o ponto de vista da
condição existente. Lembramos de adotar postura correta, para realização de
serviços no setor que deve ser corrigida para não causar problemas de coluna.

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 25 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

Tabela de Análise Ergonômica do Trabalho - 05


DEPARTAMENTO – LOCAL DE TRABALHO – Escritório – Serviço Terceirizado
GRUPO HOMOGÊNEO (SOB O PONTO DE VISTA ERGONÔMICO)
FUNÇÕES DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Eletricista Manutenção das instalações elétricas, todas em baixa tensão: troca de
(terceirizado ou vindo de disjuntores, interruptores, tomadas e lâmpadas.
outro Departamento)
Técnico em Manutenção dos aparelhos de ar condicionado: limpeza, verificações das
Refrigeração condições de trabalho, substituição de peças.
(Terceirizado)
Levantamento – Transporte – Descarga de Materiais
Transporte por impulsão/ tração manual,
Transporte Manual carros de mão e levantamento de materiais
com equipamento mecânico de ação manual.
Treinamento Não Aplicado Não se Aplica
específico
Exercido por
mulheres ou Não Aplicado
menores de 18
anos
Mobiliário dos Postos de Trabalho
Em todas as funções avaliadas o trabalho é realizado na posição em pé.
CADEIRAS - ASSENTOS MESAS – BANCADAS – ESCRIVANINHAS -
PAINEIS
Altura ajustável à estatura do Altura e
funcionário e à atividade características da
exercida superfície de
Não
trabalho
Aplica Não Aplicado
compatíveis com o
do
tipo de atividade e
com a altura do
assento
Pouca ou nenhuma Área de trabalho
Não
conformação na base do de fácil alcance e
Aplica Não Aplicado
assento visualização pelo
do
trabalhador
Borda frontal arredondada Características
dimensionais que
possibilitam
Não
posicionamento e
Aplica Não Aplicado
movimentação
do
adequada aos
seguimentos
corporais
Encosto com forma levemente Não
adaptada ao corpo Aplica
do
TRABALHOS EM PÉ TRABALHOS COM UTILIZAÇÃO DOS PÉS
Sim Não
Informações visuais recebidas Informações táteis
Sensibilidade para execução das Sensibilidade para execução das tarefas

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 26 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

tarefas inerentes à atividade inerentes à atividade


Espaço físico Arranjo físico
Situação do espaço compatível com a A posição dos maquinários e painéis de
função exercida no setor. O local tem controle permite boa mobilidade
dimensão suficiente para o
desempenho satisfatório do trabalho.
POSTURAS ASSUMIDAS ATIVIDADES MOTORAS E SENSORIAIS
A atividade é desempenhada na Adequado alcance físico dos membros
posição sentada. Constantemente os superiores (braços e mãos)
funcionários se deslocam para outro
setor.

Equipamentos dos Postos de Trabalho


Todos os equipamentos que compõem os postos de trabalho estão adequados às
características psicofisiologicas dos trabalhadores e à natureza do trabalho à ser
executado
LEITURA DE DOCUMENTOS PARA EQUIPAMENTOS ELETRONICOS
DIGITAÇÃO
Não Aplicado Não Aplicado

Organização do Trabalho
Normas de Produção Modo Operatório
Produção executada de acordo com Realizado de acordo com a necessidade do
as necessidades do serviço efetuado. serviço a ser executado
Normas de Trabalho Tempo Exigido na Execução das Tarefas
Organização das atividades de acordo Suficiente para o trabalho exigido no setor
com as necessidades do serviço
efetuado
Ritmo de Trabalho Conteúdo das Tarefas
Moderado Conforme descrito anteriormente
ATIVIDADES DE PROCESSAMENTO DE DADOS
Não Aplicado
CONCLUSÕES
Atividade desenvolvida no setor é considerada adequada, sob o ponto de vista da
condição existente. Lembramos de adotar postura correta, para realização de serviços
no setor que deve ser corrigida para não causar problemas de coluna.

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 27 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

Tabela de Análise Ergonômica do Trabalho - 06


DEPARTAMENTO – LOCAL DE TRABALHO – Escritório e Frente de Serviços
GRUPO HOMOGÊNEO (SOB O PONTO DE VISTA ERGONÔMICO)
FUNÇÕES DESCRIÇÕES DAS ATIVIDADES
Coordenar corporativamente as atividades de segurança, saúde, meio
ambiente e qualidade, atendendo aos requisitos das Normas
Regulamentadoras, manuais específicos e sistema de gestão da
Coordenador de
qualidade da instituição. Elaborar e acompanhar os programas e
QSMS
campanhas de meio ambiente e saúde ocupacional.
Participar de projetos ligados ao absenteísmo e atendimento da lei de
cotas para deficientes. Visitas às obras.
Técnico de Garantir a aplicação das Normas de Segurança, Legislações pertinentes
Segurança do e Procedimentos Internos, visando à eliminação de passivos e
Trabalho acidentes de trabalho. Visitas às obras.
Engº de Garantir a aderência das ações de segurança do trabalho e meio
Segurança do ambiente com as Normas Regulamentadoras (NRs)/ legislação e
Trabalho Sistema de Gestão Integrada (SGI). Visitas às obras.
Apoiar nas atividades de planejamento inicial das obras. Coordenar o
sistema da qualidade. Prestar apoio na elaboração de orçamentos das
Engenheiro da concorrências. Elaborar, acompanhar os procedimentos da qualidade
Qualidade e, também, formatar as instruções de trabalho, monitorar os
indicadores da qualidade, através do sistema " SIPDOC. Visitas às
obras.
Atuar com a equipe de segurança, saúde e qualidade na definição e
implementação de práticas em meio ambiente visando a prevenção e
Técnico de Meio
conservação ambiental, analisando aspectos e impactos ambientais,
Ambiente
não conformidades e adequações à legislação e normas vigentes.
Visitas às obras.
Levantamento – Transporte – Descarga de Materiais
Transporte por impulsão/ tração manual,
Transporte Manual carros de mão e levantamento de
materiais com equipamento mecânico de
ação manual.
Treinamento Não Aplicado
específico
Exercido por
Não Aplicado
mulheres ou Não Aplicado
menores de 18
anos
Mobiliário dos Postos de Trabalho
Em todas as funções avaliadas o trabalho é realizado na posição sentado e em
pé, na proporção aproximada de 70% sentado e 30% em pé.

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 28 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

CADEIRAS – ASSENTOS MESAS – BANCADAS – ESCRIVANINHAS -


PAINEIS
Altura ajustável à estatura Altura e
do funcionário e à atividade características da
exercida superfície de
Sim trabalho compatíveis Sim
com o tipo de
atividade e com a
altura do assento
Pouca ou nenhuma Área de trabalho de
conformação na base do fácil alcance e
Sim Sim
assento visualização pelo
trabalhador
Borda frontal arredondada Características
dimensionais que
possibilitam
posicionamento e
Sim Sim
movimentação
adequada aos
seguimentos
corporais
Encosto com forma
levemente adaptada ao Sim
corpo
TRABALHOS EM PÉ TRABALHOS COM UTILIZAÇÃO DOS
PÉS
SIM Não
Informações visuais recebidas Informações táteis
Sensibilidade para execução das Sensibilidade para execução das tarefas
tarefas inerentes à atividade inerentes à atividade
Espaço físico Arranjo físico
Situação do espaço compatível com a A posição do setor permite o bom acesso e
função exercida no setor. O local tem circulação dos funcionários pelo ambiente.
dimensão suficiente para o
desempenho satisfatório do trabalho.
POSTURAS ASSUMIDAS ATIVIDADES MOTORAS E SENSORIAIS
A atividade é desempenhada na Adequado alcance físico dos membros
posição sentada e em pé. superiores e inferiores
Equipamentos dos Postos de Trabalho
Todos os equipamentos que compõem os postos de trabalho estão adequados às
características psicofisiologicas dos trabalhadores e à natureza do trabalho à ser
executado.

LEITURA DE DOCUMENTOS PARA EQUIPAMENTOS ELETRONICOS


DIGITAÇÃO
É fornecido suporte adequado para Monitor com mobilidade suficiente para
a leitura dos documentos, permitir o ajuste à iluminação do ambiente,
respeitando as distancias olho- evitando reflexos e proporcionando ângulos
teclado, olho-documento, corretos de visualização. Teclado
proporcionando boa postura, independente, com mobilidade para ajuste

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 29 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

visualização e operação, evitando de acordo com a atividade a ser realizada.


movimentação freqüente do (exigências dispensadas em caso de
pescoço e evitando fadiga visual. utilização eventual).
Os documentos são confeccionados
em papel que não causam
ofuscamento da visão. (exigências
dispensadas em caso de utilização
eventual).
Organização do Trabalho
Normas de Produção Modo Operatório
Produção executada de acordo com Realizado de acordo com a necessidade do
as necessidades do serviço efetuado. serviço a ser executado
Normas de Trabalho Tempo Exigido na Execução das Tarefas
Organização das atividades de Suficiente para o trabalho exigido no setor
acordo com as necessidades do
serviço efetuado
Ritmo de Trabalho Conteúdo das Tarefas
Leve Conforme descrito anteriormente
ATIVIDADES DE PROCESSAMENTO DE DADOS
Os funcionários não são submetidos a qualquer sistema de avaliação de
desempenho para efeito de remuneração e vantagens de qualquer espécie,
baseados no numero individual de toques de produtividade executadas. Os
funcionários tem intervalo de descanso de acordo com a execução dos trabalhos.
CONCLUSÕES
Atividade desenvolvida no setor é considerada adequada, sob o ponto de vista da
condição existente. Lembramos de adotar postura correta, para realização de
serviços no setor que deve ser corrigida para não causar problemas de coluna.

ANEXO III – AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS

Foram realizadas avaliações quantitativas conforme NR-17 – Ergonomia nos dois


andares ocupados pela Construtora Passarelli e foram obtidos os seguintes resultados:

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 30 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

RUÍDO DE
LOCAL / ILUMINÂN TEMPERAT VELOCIDAD UMIDADE
FUNÇÃO CONFORTO
NOME DEPARTAMENT CIA (500 URA (Entre E DO AR RELATIVA DO
AVALIADA (Entre 45 e 60
O LUX) 20 e 23°C) (>0,75 m/s) AR (> 40%)
dB(A)
GIOVANA MARTINS CC - Conselho
ARGENTATI SECRETÁRIA PL I Consultivo 530 22,07 55 0 52,80%
EDUARDO MORAES VICE PRESIDENTE DO CC - Conselho
PASSARELLI CONSELHO Consultivo 570 22,1 49 0,1 56,60%
ACACIO ALAOR PANTIGA SEGUNDO SECRETÁRIO CC - Conselho
PARRA DO CONSELHO Consultivo 540 22,71 49 0 58,40%
PRESIDENTE DO CC - Conselho
JOSE PASSARELLI NETTO CONSELHO Consultivo 620 22,98 49 0 56,43%
VENANCIO CARLOS DE SECRETÁRIO DO CC - Conselho
ALMEIDA DUARTE CONSELHO Consultivo 1080 22,35 48 0 54,96%
SUPERINTENDENTE DE
LUCA BANFI PASSARELLI APOIO CON - Contabilidade 740 22,89 53 0 57,48%
LUIZ CAMPOS MARQUES APRENDIZ CON - Contabilidade 610 22,18 50 0 64,00%
ASSISTENTE CONTÁBIL
PATRICIA OSTROWSKI PL CON - Contabilidade 510 22,36 50 0 59,96%
ANTONIO BENJAMIM
COSTA MOREIRA ANALISTA FISCAL PL CON - Contabilidade 500 22,44 56 0 56,86%
ELAINE CRISTINA ANALISTA DE DAF - Diretoria Adm.
SANTOS DE BARROS CONTROLADORIA SR Financeira 710 22,88 50 0 57,04%
DCO - Diretoria
PAULO SAID BITTAR DIRETOR COMERCIAL Comercial 1100 22,35 48 0 58,98%
DCO - Diretoria
VLAMIR PETRERE JUNIOR GERENTE COMERCIAL Comercial 780 22,64 49 0 53,75%
MARCIA PASSARELLI DIRETOR DE DESENV. DDO - Diretoria
SCOTT ALVES ORGANIZACIONAL Desenv. Organizacional 740 22,33 48 0 49,48%
LEILA ROSA DE
AZEVEDO SECRETÁRIA PL II DTE - Diretoria Técnica 600 22,92 55 0 51,01%
PAULO DE NICOLO E
SILVA DIRETOR TÉCNICO DTE - Diretoria Técnica 1480 22,16 47 0 46,12%
CARLOS EDUARDO DIRETOR DE ÁREAS DE EDINF - Edificações e
PASSARELLI SCOTT NEGÓCIOS Infr. Urbana 940 22,18 47 0 46,67%
GERENTE DE
RODRIGO DANIEL VECHI CONTRATOS ENGENHARIA 610 22,09 56 0 47,18%
RONALD HARRY GERENTE DE
SPITZKOPF CONTRATOS ENGENHARIA 550 22,68 55 0 47,15%
MAIRA APARECIDA DE AUXILIAR DE
ALMEIDA PEREIRA ESCRITÓRIO FIN - Financeiro 540 22,92 52 0 47,24%

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 31 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

RUÍDO DE
LOCAL / ILUMINÂN TEMPERAT VELOCIDAD UMIDADE
FUNÇÃO CONFORTO
NOME DEPARTAMENT CIA (500 URA (Entre E DO AR RELATIVA DO
AVALIADA (Entre 45 e 60
O LUX) 20 e 23°C) (>0,75 m/s) AR (> 40%)
dB(A)
GIRLANE SANTOS
MADEIRA APRENDIZ FIN - Financeiro 520 22,82 52 0 46,89%

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA


PLANOS E PROGRAMAS
Folha: 32 de 32
PROGRAMA DE ERGONOMIA - PROERGO

ENCERRAMENTO

Assinam abaixo, o PROERGO – Programa de Ergonomia, os profissionais abaixo


mencionados, devidamente qualificados.

Maracanaú, ___ de __________________ de 2010

__________________ __________________________ ___________________________


Téc.Seg. do Trabalho Engº de Segurança do Empresa
Trabalho
SSST/MTE CREA Nº _________________ CNPJ:_________________

CONSTRUTORA ERGONOCONS LTDA