Profº Francisco Meira ARTHUR FELIPE SILVA DE OLIVEIRA

Nº4

2ºA

A PRIMEIRA LEI DE MENDEL
Gregor Johann Mendel, (1822-1884) monge agostiniano, botânico e
meteorologista austríaco. Nasceu na região de Troppau (hoje chamada Opava), na Silésia, que então pertencia à Áustria. Foi o criador de uma teoria que mais tarde seria uma grande descoberta, ´As leis de Mendelµ assim conhecidas atualmente. A ervilha Psim sativum: planta de fácil cultivo e ciclo de vida curto, com flores hermafroditas e que reproduzem por autofecundação, além de suas características contrastantes, sem intermediários: amarelas ou verdes; lisas ou rugosas; altas ou baixas; flores púrpuras ou brancas, dentre outras. Executando a fecundação cruzada da parte masculina de uma planta de semente amarela com a feminina de uma verde (geração parental, ou P), observou que os descendentes, que chamou de geração F1, eram somente de sementes amarelas. Autofecundando estes exemplares, a F2 se apresentou na proporção de 3 sementes amarelas para 1 verde (3:1). Com esses dados, Mendel considerou as sementes verdes como recessivas e as amarelas, dominantes. Fazendo o mesmo tipo de análise para as outras características desta planta, concluiu que em todos os casos, havia a mesma proporção de 3:1. Com esse experimento, deduziu que: ‡ As características hereditárias são determinadas por fatores herdados dos pais e das mães na mesma proporção; ‡ Tais fatores se separam na formação dos gametas; ‡ Indivíduos de linhagens puras possuem todos seus gametas iguais, ao passo que híbridos produzirão dois tipos distintos, também na mesma proporção. Assim, a Primeira Lei de Mendel pode ser enunciada desta forma: ´Cada caráter é determinado por um par de fatores genéticos denominados

uma vez que os caracteres. CONCLUSÃO A Transferência de Genes ocorre de acordo com as características paterna e materna. concluindo que o amarelo e o liso eram caracteres domin antes. realizou a autofecundação dos indivíduos F1. obtendo na geração F2 indivíduos com quatro fenótipos diferentes. pai e mãe transmitem apenas um para seu descendente. amarelo e liso eram dominantes. os cruzamentos que realizou envolveram os caracteres cor (amarela e verde) e forma (lisas e rugosas) das sementes. pois as características que predominam são as que vão . na formação dos gametas.alelos. Mendel usou ervilhas de linhagens puras com sementes amarelas e lisas e ervilhas também puras com sementes verdes e rugosas. Em 556 sementes obtidas em F2.µ Após o estudo detalhado de cada um dos sete pares de caracteres em ervilhas. verifica-se que obedecem à 1ª Lei de Mendel. Para realizar estas experiências. desta forma. todos os indivíduos com sementes amarelas e lisas. em F1. permanece a proporção de três dominantes para um recessivo. como os pais dominantes. verdes e lisas). individualmente. simultaneamente. Em F 2. Mendel então cruzou a geração parental (P) de sementes amarelas e lisas com as ervilhas de sementes verdes e rugosas. que já haviam sido estudados. verificou-se a seguinte distribuição: Fenótipos observados em F2 Valor Absoluto Amarelas lisas Amarelas rugosas Verdes lisas Verdes rugosas Números Obtidos Relação 315 101 108 32 315/556 101/556 108/556 32/556 Os números obtidos aproximam-se bastante da proporção 9: 3: 3: 1 Observando-se as duas características. são separados e. Estes. Posteriormente. incluindo duas combinações inéditas (amarelas e rugosas. se considerarmos cor e forma de modo isolado. obtendo. Portanto. O resultado de F1 já era esperado por Mendel. Mendel passou a estudar dois pares de caracteres de cada vez.

htm http://www. resultaria em outro ser com as qualidades diferentes dos avós. isto pelo fato de que neste caso as características do pai dominam.brasilescola. e que às vezes somos muito idênticos ao pai do que à mãe por exemplo.brasilescola. Se o filho cruzar com outro ser de características diferentes. Por isso quando nos comparamos com nossos pais percebemos algo em comum entre eles. BIBLIOGRAFIA http://www.com/biologia/segunda-lei-mendel.com/biologia/primeira-lei-mendel.prevalecer e dar característica ao filho.htm .