Você está na página 1de 1

Campos da investigação filosófica:

1º. O do conhecimento da realidade última de todos os seres, ou da essência de toda a


realidade. Como, em grego, ser se diz on e os seres se diz ta onta, este campo é chamado de
ontologia (que, na linguagem de Aristóteles, se formava com a metafísica e a teologia).

2º. O do conhecimento das ações humanas ou dos valores e das finalidades da ação humana:
das ações que têm em si mesmas sua finalidade, a ética e a política, ou a vida moral (valores
morais) e a vida política (valores políticos); e das ações que têm sua finalidade num produto ou
numa obra: as técnicas e as artes e seus valores (utilidade, beleza, etc.).

3º. O do conhecimento da capacidade humana de conhecer, isto é, o conhecimento do próprio


pensamento em exercício. Aqui, distinguem-se: a lógica, que oferece as leis gerais do
pensamento; a teoria do conhecimento, que oferece os procedimentos pelos quais
conhecemos; as ciências propriamente ditas e o conhecimento do conhecimento científico,
isto é, a epistemologia.