Você está na página 1de 4

Conto Contigo7

COTAÇÃO DO 5.º TESTE DE 7.º ANO

GRUPO I GRUPO II GRUPO III GRUPO IV

Texto A

1.1. ......... 3 pontos 1. .......... 5 pontos 1.a) .... 1,5 pontos Tema e género textual.....5 pontos

2.1. ......... 3 pontos 2. .......... 4 pontos 1.b) ....1,5 pontos Coerência e pertinência
da informação..................5 pontos
2.2. ......... 3 pontos 3. .......... 4 pontos 1.c) .... 1,5 pontos
Estrutura e coesão...........5 pontos
2.3. ......... 3 pontos Texto B 1.d) ....1,5 pontos
Morfologia e sintaxe........5 pontos
3. ............ 3 pontos 1. ......... 3 pontos 1.e) …. 1,5 pontos
Repertório vocabular.......5 pontos
2.1. ..... 4 pontos 1.f) .... 1,5 pontos
Ortografia........................5 pontos
2.2. ..... 4 pontos 2. ….… 6 pontos

3. …….... 3 pontos 3. …….. 3 pontos

3.1. ..... 6 pontos

4. ……. 4 pontos

____________ ____________ ___________ _______________


15 pontos 37 pontos 18 pontos 30 pontos

TOTAL: 100 pontos

1
CENÁRIOS DE RESPOSTA

ITENS DE RESPOSTA
COTAÇÕES
Grupo I – Oralidade

1.1. C 3

3
2.1. B

2.2. C 3

2.3. D 3

3
2. As três opções são possíveis se devidamente justificadas.
Resposta aberta
Total 15

ITENS DE RESPOSTA
COTAÇÕES
Grupo II – Leitura – Texto A

5
1. (D) (F) (A) (E) (C) (B)
2. “Os textos analisados tal como aparecem nos lenços, com todos os seus «desvios» 4
da língua culta e da ortografia padrão, conservam assim todo o seu valor documental
como testemunhos da fala popular.”

3.1. A jovem usaria o lenço ao domingo na trincha da saia ou no bolso do avental;


mais tarde oferecê-lo-ia somente ao rapaz que amava como compromisso de amor, 4
este passaria a usar o lenço ao pescoço ou no bolso do casaco do fato domingueiro.
Total 13

ITENS DE RESPOSTA
COTAÇÕES
Grupo II – Leitura – Texto B

1. No primeiro terceto, o rapaz pediu um cravo ao sujeito poético e, no segundo, pediu 3


um lenço de mão.

2.1 O sujeito poético satisfez os pedidos do rapaz. No entanto, guardou o afeto, 4


representado pela palavra “coração”, que tinha ainda para dar.

2.2. O recurso expressivo é uma metáfora. 4

3. O sujeito poético dirige-se à mãe. 3


Conto Contigo7

3.1. O sujeito poético tem uma relação de confiança muito próxima com a sua mãe. 6
Por isso, pensa na mãe quando tem que decidir. De facto, a mãe é conselheira, a
quem não pode desagradar.

4.As duas primeiras estrofes são tercetos e a última estrofe é uma quadra. 4

Total 24

ITENS DE RESPOSTA
COTAÇÕES
Grupo III – Gramática
1. 1,5
a) Complemento direto

b) Vocativo 1,5

c) Complemento indireto 1,5

d) Complemento oblíquo 1,5

e) Predicativo do sujeito 1,5

f) Sujeito simples 1,5

2. de – preposição 1

entre – preposição 1

já – advérbio de predicado 1

alguns – pronome indefinido 1

os – determinante artigo definido 1

quadras – nome comum 1

3. a) Oração coordenada adversativa 3

Total 18

ITENS DE RESPOSTA
COTAÇÕES
Grupo IV – Escrita

Na redação do texto, o aluno deverá: 5 × 6 = 30


– escrever um texto de opinião, cumprindo as instruções fornecidas relativamente ao
tema e à extensão do texto;
– produzir um discurso coerente do ponto de vista da informação fornecida;

3
– usar adequadamente parágrafos, marcadores do discurso e pontuação;
– integrar adequadamente a estrutura formal do texto de opinião, incluindo uma
descrição;
– utilizar vocabulário adequado, pertinente e variado;
– escrever com correção ortográfica e morfossintática.

Transcrição do áudio
(Carolina Deslandes)

Amor, o mundo quebra-te os sonhos


Às vezes cai-te todo nos ombros
Eu levanto-o inteiro por ti
Eu viro cavaleiro por ti

Amor, o mundo deixa-te ao frio


Às vezes larga-te no vazio
Eu pinto-o de todas as cores por ti
Eu viro Leonardo Davinci por ti

Refrão
Fiz-te um avião de papel
Daqueles das cartas de amor
Para voarmos nele quando o mundo é cruel
E não há espaço que chegue para a dor
Fiz-te um avião de papel
Daqueles dos quantos queres
Para voarmos daqui em lua de mel
Pra te levar para onde quiseres

(Rui Veloso)
Amor, o mundo tira-te o ar
Chega a proibir-te de dançar
Eu danço as músicas todas por ti
Eu viro bailarino por ti

Amor, o mundo fez-te mulher


Mais cedo do que tinha que ser
Eu faço o tempo voltar por ti
Eu viro super-homem por ti

Refrão (Carolina Deslandes e Rui Veloso:)


Fiz-te um avião de papel
Daqueles das cartas de amor
Para voarmos nele
Quando o mundo é cruel
E não há espaço que chegue para a dor

(…)

Fiz-te um avião de papel


Daqueles dos quantos queres
Para voarmos daqui
Em lua de mel
Pra te levar para onde quiseres

https://www.youtube.com/watch?v=T4gRW7ffl1M