Você está na página 1de 5

Escola de Química/UFRJ

Lista 8_2017_1 – Extração Líquido – Líquido

1. Pretende-se extrair acetona de uma solução aquosa com 20% em massa de acetona, usando benzeno a 15 0C como
solvente. Admita que água e benzeno são totalmente imiscíveis. Calcule:
a. As composições do extrato e do rafinado usando 2 kg de benzeno para cada kg de solução a tratar.
b.A quantidade de solvente necessária para 100kg de solução aquosa de acetona para a obtenção de 3% em massa de
acetona no rafinado.

2. Uma corrente de 400 kg/h com 10% (% mássica) de acetona e 90% de clorofórmio é usada para extrair ( a 1 atm e 25
0
C) a acetona presente em 250 kg/h de uma solução aquosa com 55% de acetona e 5% de clorofórmio.
i. Usando apenas um estágio, determine as composições e as vazões das correntes de extrato e rafinado.
ii. Como opção, foi proposto efetuar a mesma separação em dois estágios em corrente cruzada com 400 kg/h da solução
do mesmo solvente em cada estágio. Calcule as composições dos produtos extrato e rafinado.
Dados de Equilíbrio Líquido-Líquido Acetona/Clorofórmio/Água (Frações Mássicas) (25 oC, 1 atm):
3. O dioxano presente em 4536 kg/h de uma solução aquosa com 25% em massa de dioxano deve ser extraído com
6804 kg/h de benzeno puro a 25 0C. Admita que o benzeno e a água são insolúveis. Para selecionar o método para a
extração mais eficiente, estude analiticamente o efeito do número de estágios de equilíbrio e a respectiva disposição,
determinando a porcentagem de dioxano extraída pelo benzeno, quando a extração é realizada das seguintes maneiras:
i. Um estágio de equilíbrio.
ii.Dois estágios de equilíbrio com as correntes de alimentação e do solvente:
a.Em co-corrente.
b.Corrente cruzada, usando metade do solvente em cada estágio.
c.Em contracorrente.
Dados de Equilíbrio líquido – líquido a 250C e 1 atm.
𝒀(𝒇𝒂𝒔𝒆 𝒐𝒓𝒈â𝒏𝒊𝒄𝒂)
𝑲𝑫 = = 𝟏, 𝟐
𝑿(𝒇𝒂𝒔𝒆 𝒂𝒒𝒖𝒐𝒔𝒂)

4. Faça o diagrama em base ternária e o diagrama em base isenta de solvente (diagrama de Janecke) para o sistema
propano (solvente) - ácido oléico (rafinado) – óleo de algodão (soluto), a 98,50C e 625 psia.
Em cada diagrama determine a composição das duas fases presentes na mistura cuja composição global é em % molar:
zc=0,10 e zs=0,30

Dados Experimentais do Sistema: Propano – Ácido Oléico – Óleo de Algodão

Curva Extrato (%molar) Curva Rafinado (%molar)


yc ys xc xs
0 0,970 0 0,360
0,025 0,955 0,050 0,365
0,050 0,945 0,100 0,380
0,075 0,925 0,150 0,400
0,200 0,410
0,250 0,430
0,300 0,440
0,350 0,460
0,365 0,500
0,450 0,550
Dados da Curva de Distribuição:

xc yc xs ys
0,10 0,01 0,38 0,965
0,175 0,02 0,41 0,960
0,230 0,03 0,42 0,950
0,325 0,05 0,45 0,935
0,365 0,06 0,47 0,925
0,410 0,07 0,53 0,920

5. A acetona presente em 2000 kg/h de uma solução aquosa com 50% (em massa) de acetona deve ser extraída em
contracorrente a 25 0C e 1 atm em um extrator com multiestágios com 2000 kg/h de tricloroetano. Deseja-se que a
composição final de acetona na fase rafinado seja de 4% em massa. Determine:
i.As vazões e as composições das correntes de saída do extrator.
ii.O número de estágios de equilíbrio.
iii.Discuta a miscibilidade do sistema ternário e indique como seria possível simplificar o cálculo do número de estágios.
Dados de Equilíbrio do Problema 5.
6. Dispomos de 1500 kg/h de uma solução aquosa com 50% em massa de piridina. Deseja-se reduzir a concentração de
piridina desta solução para menos de 3% em massa através de um processo em contracorrente, usando clorobenzeno
como solvente. Calcule:
i.A quantidade mínima de clorobenzeno que se pode usar.
ii.O número de estágios sabendo que se usam 1500 kg/h de clorobenzeno.
iii.As quantidades das correntes das correntes de extrato e de rafinado que deixam o extrator.
Dados de Equilíbrio do Problema 6;
7. Metilciclohexano deve ser extraído de uma solução com n-heptano usando anilina como solvente. A carga tem uma
vazão 100 kg/h com 45% em massa de metilciclohexano e 55% em massa de hexano. É desejado um produto rafinado
com 20% em massa de metilciclohexano. O solvente usado contém 98% em massa de anilina e 2% em massa de n-
heptano. O solvente recuperado do separador de solvente contém 99,7 % em massa de anilina e 0,3% em massa de n-
heptano. O produto extrato recolhido do separador contém 85% em massa de metilciclohexano e 10% em massa de n-
heptano. A razão de refluxo é 0,115. Determine os pontos diferenças e as vazões de solvente, produto extrato que deixa
a coluna e que deixa o separador e produto rafinado.
Dados de Equilíbrio e solubilidade do Problema 7
Fase Orgânica (%massa) Fase rica em Anilina (%massa)
Metilciclohexano n-Heptano Metilciclohexano n-Heptano
xC xA yC yA
0,0 92,6 0,0 6,2
9,2 83,1 0,8 6,0
18,6 73,4 2,7 5,3
22,0 69,8 3,0 5,1
33,8 57,6 4,6 4,5
40,9 50,4 6,0 4,0
46,0 45,0 7,4 3,6
59,0 30,7 9,2 2,8
67,2 22,8 11,3 2,1
71,6 18,2 12,7 1,6
73,6 16,0 13,1 1,4
83,3 5,4 15,6 0,6
88,1 0,0 16,9 0,0

8. 1000 lb/h de uma solução 40% molar de ácido acético em água é misturada com 1000 lb/h de éter isopropílico puro
a 25°C. As duas fases resultantes são separadas e a solução aquosa é misturada novamente com 1000 lb/h de éter
isopropílico. Duas novas fases resultam do processo.
a) que porcentagem de ácido acético da carga inicial permanece na fase aquosa após o segundo estágio?

b) para as mesmas condições do item (a), isto é, de rafinado final e mesma relação solvente/carga e escoamento em
contra corrente, qual seria a composição da fase extrato final e quantos estágios seriam necessários?

Dados de Equilíbrio a 25 0C e 1 atm. (% em peso)

Fase Orgânica Fase aquosa


Álcool Éter H2O Álcool Éter H2O
2,4 96,7 0,9 8,1 1,8 90,1
3,2 95,7 1,1 8,6 1,8 89,6
5,0 93,6 1,4 10,2 1,5 88,3
9.3 88.6 2.1 11.7 1.6 86.7
24.9 69.4 5.7 17.5 1.9 80.6
38.0 50.2 11.8 21.7 2.3 76.0
45.2 33.6 21.2 26.8 3.4 69.8
Dados da Curva Binodal (% em peso)

Álcool Éter H2O


45.37 29.70 24.93
44.55 22.45 33.00
39.57 13.42 47.01
36.23 9.66 54.11
24.74 2.74 72.52
21.33 2.06 76.61
0 0.6 99.4
0 99.5 0.5

9. O sistema docosano–difenilhexano(DPH)-furfural representa o sistema mais complexo encontrado no refino de óleos


Kg
lubrificantes. 500 de uma mistura com 40% em peso de DPH em docosano é continuamente separado em uma
h
Kg
coluna de extração que opera a 45 0C e 1 atm, com 500 de um solvente que contém 98% em peso de furfural e 2%
h
em peso de DPH produzindo um produto rafinado que contém 5% em peso de DPH. Calcule o número de estágios
teóricos de equilíbrio necessários e a vazão de DPH na fase extrato.

Dados de Solubilidade do Sistema Docosano-DPH-Furfural a 45 0C e 1 atm.

Docosano DPH Furfural


96.0 0.0 4.0
84.0 11.0 5.0
67.0 26.0 7.0
52.5 37.5 10.0
32.6 47.4 20.0
21.3 48.7 30.0
13.2 46.8 40.0
7.7 42.3 50.0
4.4 35.6 60.0
2.6 27.4 70.0
1.5 18.5 80.0
1.0 9.0 90.0
0.7 0.0 99.3
Dados de Equilíbrio do sistema Docosano-DPH-Furfural a 45 0C e 1 atm:

Fase rica em docosano Fase rica em Furfural


Docosano DPH Furfural Docosano DPH Furfural
85.2 10.0 4.8 1.1 9.8 89.1
69.0 24.5 6.5 2.2 24.2 73.6
43.9 42.6 13.3 6.8 40.9 52.3