Você está na página 1de 14

Operações de Simetria

São operações que levam a rede a coincidir com ela própria

• Identidade
• Translacção
• Rotação
• Reflexão
• Inversão
• Roto-inversão ou rotação imprópria
Identidade

• É a operação em que não se faz nada ao objecto


ou em que ele sofre uma rotação de 360º, e que
todos os objectos apresentam. Necessário para
definir inversos, é equivalente ao 1 na
multiplicação.

• Simbologia:
– Notação Internacional: 1
– Notação de Schoenflies: E (do alemão Einheit,
que quer dizer unidade)
Translacção

• É a operação de simetria que consiste no


deslocamento do motivo paralelamente a si
próprio e que ocorre numa rede cristalina.
Rotação
• Operação definida por um eixo e um ângulo de
rotação.
• Eixo de rotação de grau n → recta em torno da
qual se roda a rede cristalina de 2π/n, de forma a
haver coincidência da rede.
• n → ordem de rotação (n = 1, 2, 3, 4 ou 6)
• Simbologia:
– Notação Internacional: n
– Notação de Schoenflies: Cn
– Símbolo: ▲■¤
Rotação

Rotação de 180º Rotação de 120º Rotação de 90º Rotação de 60º


(1/2 volta) (1/3 volta) (1/4 volta) (1/6 volta)
Rotação

A rotação de 180º (2(C2)) permite obter novamente a molécula de H2O,


pelo que H2O tem o elemento de simetria 2 (C2). O mesmo não acontece
com o elemento 4 (C4).
Reflexão (espelho)
• Operação que divide a rede em duas partes
iguais em que uma está para a outra como um
objecto está para a sua imagem.
• Operação definida pelo plano de simetria e pela
sua perpendicular.
• Simbologia:
– Notação Internacional: m
– Notação de Schoenflies: σ (σh,σv,σd)
Reflexão (espelho)

A molécula de H2O apresenta 2 planos de reflexão, ambos paralelos ao


principal eixo de rotação.
Inversão

• Operação que relaciona duas figuras tal que, a


cada ponto de uma figura, corresponde na outra
um ponto oposto, relativamente a um ponto no
espaço.
• Operação definida por um ponto ou um centro, o
centro de inversão ou centro de simetria.
• Simbologia: _
– Notação Internacional: 1
– Notação de Schoenflies: i
Rotação-inversão ou
rotação imprópria

• Operação composta por rotação de 2π/n


em torno de um eixo, seguida de reflexão
no plano perpendicular ao eixo de rotação.
• Simbologia: _
– Notação Internacional: n
– Notação de Schoenflies: Sn
Exemplos
Simetria
As propriedades de simetria de um objecto (ou de
uma molécula) podem ser descritas em termos da
presença de certos elementos de simetria e das
operações de simetria associadas.

Elemento Operação Símbolo


Plano de simetria Reflexão no plano m (σ)
Centro de inversão Inversão: cada ponto x, y, z _
sofre uma translacção para -x, 1 (i)
-y, -z.
Eixo de rotação Rotação de um eixo de 2π/n n (Cn)
próprio
Eixo de rotação Rotação de um eixo de 2π/n, _
impróprio seguido de reflexão no plano n (Sn)
┴ ao eixo de rotação
Simetria

• Elementos de simetria: elementos geométricos


(eixo de rotação, plano de reflexão, vector de
translacção, ...) relativamente aos quais se
realizam determinadas operações de simetria, tal
que o cristal coincide consigo próprio.
• Operações de simetria: São operações que levam
a rede a coincidir com ela própria (identidade,
reflexão, rotação,...).
Grupos de Simetria
• Grupos de simetria: conjunto de operações de simetria
que garante a coincidência da rede antes e após a sua
aplicação e que formam um grupo no sentido matemático
do termo:
1. Tem elemento neutro, a identidade 1(E). P1=1P=P
2. O produto de duas operações também pertence ao grupo. PQ=R
3. Para cada operação R, existe o seu inverso R-1, tal que RR-1=1(E)
4. A multiplicação de operações é associativa. (PQ)R=P(QR)
• Grupos pontuais de simetria: Grupos de simetria
centrados num ponto fixo, tal que esse ponto fica
imutável após qualquer operação de simetria, por não
incluirem translacção.
• Grupos espaciais de simetria: englobam todos os
elementos de simetria.