Você está na página 1de 3

1.

Compressores

A função de um compressor em um sistema de refrigeração por compressão é


extrair continuamente o vapor refrigerante do evaporador, de modo que uma pressão
baixa possa ser mantida no evaporador no qual o refrigerante pode extrair calor do
espaço refrigerado. O compressor então tem que aumentar a pressão do refrigerante para
um nível que pode ser condensado rejeitando calor para o meio de condensação no
condensador. (IIT Kharagpur). Os compressores usados em sistemas de refrigeração
podem ser classificados de várias maneiras:

a) Baseado em seu princípio de funcionamento:


i. Deslocamento positivo: Em compressores de deslocamento positivo,
a compressão é obtida prendendo um vapor refrigerante em um
espaço fechado e diminuindo seu volume. (IIT Kharagpur)
ii. Rotação dinâmica: Em compressores roto-dinâmicos, o aumento de
pressão do refrigerante é conseguido através da transmissão de
energia cinética a uma corrente de refrigerante que flui
continuamente por um elemento mecânico rotativo e depois
convertendo em pressão à medida que o refrigerante flui através de
uma passagem divergente. (IIT Kharagpur)
b) Baseado em sua construção estrutural:
i. Compressor aberto: Em compressores de tipo aberto, o eixo giratório
do compressor se estende através de uma vedação no cárter para um
acionamento externo. O acionamento externo pode ser um motor
elétrico ou um motor a diesel. O compressor pode ser acionado por
correia ou acionado por engrenagem. Os compressores de tipo aberto
são normalmente usados em sistemas de refrigeração de médio e
grande porte. (IIT Kharagpur)
ii. Compressor hermético: Em compressores herméticos, o motor e o
compressor são colocados juntos (em um lugar fechado) para evitar
vazamento do refrigerante. (IIT Kharagpur)
iii. Compressor semi hermético: Em um compressor semi-hermético, a
cabeça do cilindro geralmente é removível. (IIT Kharagpur)

2 Condensadores

O condensador é uma superfície de transferência de calor. O calor do vapor


refrigerante passa através das paredes do condensador para o meio de condensação.
Com o resultado da liberação de calor para o meio de condensação, o vapor refrigerante
é primeiro resfriado até a saturação e depois condensado para o estado líquido.
(DOSSAT, 1961). Podemos classificar os condensadores em três tipos, condensadores
resfriados a ar, condensadores resfriados a água e condensadores evaporativos.
2.1 Condensadores resfriados a ar

Condensadores resfriados a ar, como o próprio nome diz utiliza-se ar como


fluido externo. O fluido refrigerante rejeita calor para o ar que flui sobre o condensador.
Os condensadores a ar ainda são divididos em dois tipos, convecção natural e convecção
forçada. (IIT Kharagpur)

2.1.1 Convecção natural

Na convecção natural, o calor transferido do condensador acontece por radiação.


Como a vazão do ar é pequena e a transferência de calor por radiação também não é
muito alta, o coeficiente de transferência de calor nesses condensadores é pequeno.
Como visto, é necessária uma superfície de condensação relativamente grande para
rejeitar uma determinada quantidade de calor. Portanto, esses condensadores são usados
para sistemas de refrigeração de pequeno porte, como refrigeradores e freezers
domésticos. (IIT Kharagpur)

2.1.2 Convecção forçada

Nos condensadores de convecção forçada, a circulação de ar sobre a superfície


do condensador é mantida usando um ventilador. Esses condensadores normalmente
usam aletas no lado do ar para uma boa transferência de calor. (IIT Kharagpur)

2.2 Condensadores resfriados a água

Nos condensadores resfriados a água, a água é utilizada como fluido externo


para transferência de calor. De acordo com sua construção, podemos classifica-los
como: shell and tube, shell and coil e tube in tube

2.2.1 Shell and tube

Os condensadores shell and tube são construídos em tamanhos de 3,5 a 35000


kW. O refrigerante condensa fora dos tubos e a água de resfriamento circula
internamente aos tubos em circuitos simples ou de multi passos. (UFPR, [200- ?])

2.2.2 Shell and coil

Os condensadores shell and coil são construídos de uma ou mais serpentinas de


tubo liso ou tubo com aletas encerradas numa carcaça de aço soldada em tamanhos de
1,8 a 53 kW. A água de condensação circula através das serpentinas, enquanto o
refrigerante é contido na carcaça que circunda as serpentinas. (UFPR, [200- ?])

2.2.3 Tube in tube

Os condensadores tube in tube consistem de dois tubos dispostos de tal modo


que um fica no interior do outro. A água corre a través de um tubo interno enquanto o
refrigerante flui na direção oposta no espaço entre os tubos interno e externo. São
construídos em tamanhos de 1 a 180 kW. (UFPR, [200- ?])
2.3 Condensadores evaporativos

Nos condensadores evaporativos, tanto o ar quanto a água são usados para


extrair o calor do fluido refrigerante. Os evaporativos combinam as características de
uma torre de resfriamento e de um condensador resfriado a água em um só dispositivo.
(IIT Kharagpur)

REFERENCIAS

DOSSAT, R.J. Principles of refrigeration. Wiley International Edition. 1961

IIT KHARAGPUR. Lesson 18 Refrigeration System Components: Compressors.


Disponível em: <https://nptel.ac.in/downloads/112105129/> Acesso em 22 de setembro
de 2018

IIT KHARAGPUR. Lesson 22 Condensers & Evaporators. Disponível em:


<https://nptel.ac.in/downloads/112105129/> Acesso em 23 de setembro de 2018

UFPR – Disciplina:TM182 Refrigeração e climatização. Refrigeração.