Você está na página 1de 68

EasyBender Series

EasyBender
NS2
usando EasyB

MANUAL
DE
USUÁRIO
201810

I
EasyBender Series
Sumário

Sumário ............................................................................................... II

I. Instruções de segurança .........................................................................................................1

A. Etiquetas de Segurança................................................................................................................................ 1

B. Ruído ................................................................................................................................................................... 2

C. Desligamento da máquina .................................................................................................................... 3

D. Requisitos Gerais de Segurança ............................................................................................................... 4

E. Botão de emergência e medidas de segurança: .................................................................................. 5


F. Zonas de Perigo .............................................................................................................................................. 6

II. Instalação e manuseio no transporte ..................................................................................8

A. Informações da instalação e manuseio no transporte ...................................................................... 8

i. Preparação do caixote de madeira na Seoul D&S Co., Ltd ................................................................ 8

ii. Considerações de segurança. ......................................................................................................................... 8

iii. Transporte do caixote .......................................................................................................................................... 8

iv. Desembalando os caixotes. ............................................................................................................................. 8

v. Caixote e conteúdo das caixas ..................................................................................................................... 9

B. Desembalar e Instalar a máquina .............................................................................................................. 9

i. Desembalando ........................................................................................................................................................ 9

ii. Colocação ............................................................................................................................................................... 10

III. Introdução a máquina e programas de operação ...................................................... 11

A. Especificações...............................................................................................................................................11
B. Sobre as ferramentas EasyBender.........................................................................................................11
i. Tipos de ferramentas na EasyBender ........................................................................................................ 12

C. Operação da máquina .................................................................................................................................14

II
EasyBender Series
i. Abrindo um Arquivo Existente .................................................................................................................... 14

ii. Traçar o Trajeto ................................................................................................................................................... 14

iii. A Janela de Parâmetro ................................................................................................................................. 16

iv. Executar o Trajeto........................................................................................................................................... 17

v. Ajustando Ângulos e Arcos ............................................................................................................................ 19

vi. Salvando Informação .................................................................................................................................... 21

vii. Salvando informação do Trajeto ............................................................................................................. 21

D. Operação Manual ..........................................................................................................................................22

i. Módulo de Ferramenta .................................................................................................................................... 23

ii. Ferramenta ............................................................................................................................................................. 23

iii. Picotes (Opcional)........................................................................................................................................... 23

iv. Operação Manual ........................................................................................................................................... 23

E. Parada de emergência e reiniciar a máquina ......................................................................................25

i. Como executar uma parada de emergência .......................................................................................... 25

ii. Como parar a máquina .................................................................................................................................... 25

IV. EasyB ....................................................................................................................................... 26


A. Tela principal ..................................................................................................................................................26
B. Utilizando comandos ....................................................................................................................................27
i. Menu Arquivo ................................................................................................................................................... 27

ii. Menu Visualizar ................................................................................................................................................ 28

iii. Menu Desenhar ............................................................................................................................................... 30

iv. Menu Mostrar Pontos .................................................................................................................................. 31

v. Menu Editar ........................................................................................................................................................ 32

vi. Menu Trabalho ................................................................................................................................................ 35

C. Menu de Configuração...............................................................................................................................38

III
EasyBender Series
i. PARÂMETERO 1.................................................................................................................................................. 38

ii. PARÂMETERO 2.................................................................................................................................................. 41

D. Calibração de Comprimento .....................................................................................................................46

i. Modo Rotativo ..................................................................................................................................................... 46

ii. Modo Comprimento.......................................................................................................................................... 49

E. Calibração de Origem de Dobra ..............................................................................................................51

i. Calibração Manual .............................................................................................................................................. 52

ii. Calibração Automática ..................................................................................................................................... 53

F. Centralizando Origem de Dobra ..............................................................................................................53

G. Calibração de Ângulos e Arcos ...............................................................................................................56

i. Ensinar Ângulo ..................................................................................................................................................... 56

ii. Ensinar Arco .......................................................................................................................................................... 59

H. Constante de alongamentos .....................................................................................................................61

I. Alongamento de Ângulo .............................................................................................................................62

V. Manutenção e Resolução de Problemas .................................................................. 63

A. Manutenção ....................................................................................................................................................63

i. Manutenção semanal ........................................................................................................................................ 63

ii. Manutenção mensal .......................................................................................................................................... 63

iii. Registro de manutenção ................................................................................................................................. 63

iv. Peças de Reposição ....................................................................................................................................... 64

B. Resolução de Problemas ...........................................................................................................................65

IV
EasyBender Series
I. Instruções de Segurança
A fabricante, Seoul D&S, acredita que, através de testes extensivos da máquina, reduziu ou eliminou
todos os riscos razoáveis e previsíveis incorridos durante sua operação e / ou manutenção.

Seoul D&S recomenda que todos os procedimentos deste manual sejam cumpridos ao máximo, e não
será responsabilizado por qualquer dano sofrido pelo operador ou suas respectivas propriedades quando
não estiver em conformidade com as normas de segurança contidas neste manual.

A. Rótulos

Rótulo Descrição
O raio com um símbolo triangular destina-se a alertar o usuário para a
presença de "Tensão Perigosa" para constituir choque elétrico às pessoas.

A exclamação dentro de um triângulo destina-se a alertar o usuário


sobre a presença de instruções importantes de operação e
manutenção no manual.

O símbolo "CE" indica a conformidade desta máquina com os padrões MD


(Diretriz de Maquinário) da Comunidade Européia.

Este símbolo alerta ao usuário, onde marca o lugar que esta conectado com
terra plana.

Este símbolo destina-se a alertar o usuário para a presença de "partes


móveis" e "fiação elétrica" que possa constituir possíveis ferrimentos as
pessoas. Acesso limitado apenas a pessoas autorizadas.

Este símbolo destina-se a alertar o usuário para a presença de "partes


móveis" e "engrenagem móvel" que possa constituir um ferimento as
pessoas. Não opere com a proteção removida.

Este símbolo destina-se a alertar o usuário para a presença de "partes


móveis" e "correia móvel" que possa constituir ferimento as pessoas. Não
opere com a proteção removida.

1
EasyBender Series
Este símbolo destina-se a alertar o usuário para a presença de "partes
móveis" e cortantes que possam constituir uma lesão as pessoas. Não
remova a proteção durante operação.

Este símbolo destina-se a alertar o usuário para a presença de "Alta


Tensão" que possa constituir um ferimento as pessoas. Acesso limitado
apenas a pessoas autorizadas.

Este símbolo significa que o usuário pode se ferir ao trabalhar com esta
máquina. Portanto, o usuário deve usar sempre luvas de proteção.

B. Ruído

O nível de ruído desta máquina foi medido na dianteira, atrás e em ambos os lados da máquina, com sua
condição de operação 100% normal. Esta máquina não precisa de EPI para proteção de ouvido.

Ruído de fundo (dB (A)) 60.8

Distância entre o microfone e a máquina (m) 1

Distância entre o chão e o microfone (m) 1.6

Ponto de Nível de pressão


Posição
medição sonora dB(A)

1 Dianteira da Máquina 67.2

2 Lado Esquerdo da Máquina 66.5

3 Parte traseira da máquina 65.5

4 Lado Direito da Máquina 67.5

Valores declarados de emissão de ruído de dois dígitos de acordo com EN ISO 4871

- Nível máximo de pressão sonora de emissão ponderada A (LpA): 67,5dB (A)

2
EasyBender Series
- Incerteza (KpA) : 5dB(A)
(Valores determinados de acordo com o código de teste de ruído fornecido em EN ISO 11202)

C. Desligamento da máquina

Como desligar a máquina:


Quando for desligar a máquina, vire a chave de alimentação principal (Main power) para
a esquerda como indica a ilustração abaixo.

Quando a energia estiver desligada, verifique o suporte de bloqueio.

Em seguida, tranque o suporte de bloqueio.

3
EasyBender Series

Quando trancado, por favor coloque etiqueta de aviso como imagem abaixo.

D. Requisitos Gerais de Segurança

1. Sempre desconecte o cabo de alimentação CA antes de conectar ou desconectar cabos ou quando


for limpar qualquer componente.

4
EasyBender Series
2. Para evitar risco de choque, esta máquina deve usar um cabo de alimentação principal de CA de três
condutores que inclua uma conexão de aterramento.

3. Para reduzir o risco de choque elétrico, não remova o painel traseiro. Se você precisar de um reparo,
entre em contato com pessoal qualificado.

4. Não tente consertar por conta própria. Se ocorrer um problema, entre em contato com técnicos
qualificados.

5. Desligue e tire da tomada a máquina durante tempestades com relâmpagos.

6. Nunca molhe ou derrame líquido dentro do gabinete.

7. Ao trabalhar com a máquina, nunca use roupas, gravatas, correntes, colares e outros objetos soltos,
pois eles podem ficar presos nas partes móveis da máquina.

8. Não opere a máquina a menos que todas as proteções fixas e removíveis estejam no lugar e
devidamente colocadas.

9. Nunca deixe a máquina sem supervisão enquanto estiver em operação.

10. Sempre que o operador estiver manuseando os materiais, luvas de proteção devem ser usadas.

11. Ao trabalhar em qualquer parte da máquina que esteja funcionando com ar comprimido, sempre
desconecte o fluxo de ar para a máquina.

12. Nunca abra a porta do gabinete de componentes eletrônicos ou trabalhe em qualquer fiação elétrica
ativa sem antes desligar a máquina e desconectar a fonte de alimentação.

13. Boas condições de iluminação são necessárias para promover um funcionamento seguro e normal da
máquina, uma vez que a máquina não possui um sistema de iluminação incorporado.

14. O uso de óculos de proteção durante a operação da máquina é altamente recomendado.

15. Seoul D&S não pode ser responsabilizada por quaisquer danos ou ferimentos causados por
ferramentas que não tenham sido afiados por Seoul D&S.

E. Parada de emergência e medidas de segurança:

Ao contrário das proteções de segurança, que estão sempre em vigor, esses dispositivos de segurança
exigem uma ação por parte do operador para ativá-los.

① O botão de parada de emergência é o botão vermelho localizado no lado superior esquerdo da unidade
de desbobinamento. Ele irá congelar qualquer funcionamento da máquina em caso de emergência.

5
EasyBender Series
② Apertando o botão Pause/Break no teclado, enquanto a máquina estiver funcionando, cancelará as
comunicações entre a máquina e o computador. Isso permite que o operador termine uma tarefa em
situação de emergência ou não emergencial.

③ Um disjuntor está localizado na parte interna do gabinete de componentes eletrônicos, que fica no
lado esquerdo da máquina. Se, por qualquer motivo, a máquina não responder aos ativadores acima,
o operador só precisa puxar a alavanca preta sobre o disjuntor, que terminará o fluxo elétrico. O uso
do disjuntor leva à perda de qualquer trabalho que não tenha sido salvo corretamente e pode causar
a fragmentação de todos os programas que estavam abertos no momento da desconexão.

④ Há também o interruptor de alimentação principal localizado no lado da máquina. Pode-se desligar a


energia da máquina completamente desta forma, no entanto, tenha em mente que isso
provavelmente causaria danos a quaisquer programas e / ou arquivos que estavam abertos no
momento da desconexão. Todos os dados não salvos também serão perdidos.

Nota: A adulteração ou desativação de qualquer um dos dispositivos de segurança, proteções físicas ou

quaisquer outros recursos de segurança pode resultar em perigo para as pessoas expostas à máquina.

Seoul D&S não pode ser responsabilizada por quaisquer danos e / ou ferimentos a pessoas resultantes
de proteções de máquinas que tenham sido adulterados.

F. Zonas de Perigo

Existem certas áreas dentro e / ou sobre a máquina em que todos os riscos não podem ser
completamente eliminados; no entanto, dados os procedimentos operacionais adequados, qualquer
possibilidade de exposição a danos ou ferimentos pessoais podem ser evitados.

① Existem fios vivos dentro da máquina; portanto, deve-se ter extremo cuidado ao manipular qualquer
dispositivo dentro do gabinete da máquina. A porta do gabinete da máquina, se for equipada com
uma fechadura, cuja chave deve estar disponível apenas para aqueles indivíduos que tenham amplo
conhecimento de todas as informações contidas nos manuais fornecidos. A menos que seja instruído
a fazê-lo por um técnico qualificado da Seoul D&S, a remoção da tampa de segurança que impede o
contato com fios elétricos é estritamente proibida. Antes de manipular qualquer componente dentro
do gabinete da máquina, o operador deve desligar toda a energia da máquina e desconectar o cabo
de alimentação da tomada. Em todas as outras condições, a tampa frontal deve estar no lugar e
devidamente trancada.

② Para que a máquina funcione sem risco elétrico, ela deve ser conectada a uma tomada de aterramento
suficiente. O (s) operador (es) também deve (m) garantir que a classificação de voltagem da tomada
pretendida para uso seja a mesma que a da máquina.

③ A área frontal da máquina, onde o nariz está situado, é considerada uma zona de perigo. Os dedos do
operador e / ou mãos podem ser esmagados pelos dedos de dobra quando estão sendo
6
EasyBender Series
acionados / retraídos e durante o processo de dobra. A área está claramente marcada e o operador é
proibido de colocar as mãos e / ou os dedos nas proximidades enquanto a máquina estiver em
operação.

④ As mãos do operador e / ou os braços podem ser cortados pela régua de aço quando a máquina
estiver processando uma peça. A presença de uma proteção neste local proibiria a máquina de
processar certas formas. Portanto, o operador deve manter suas mãos / braços afastados da zona
acima mencionada enquanto a máquina está em operação por este motivo também. No caso em que
múltiplas peças estão sendo geradas, o operador pode empregar o uso do ponteiro magnético
fornecido com a máquina, para “agarrar” peças da máquina enquanto esta estiver em operação.

⑤ Não olhe diretamente para a seção de corte ou dobra da máquina sem usar óculos de segurança.
Lesões graves podem resultar em caso de falha mecânica do componente.

7
EasyBender Series
II. Instalação e manuseio no transporte

A. Informações de instalação e manuseio no transporte

i. Preparação do caixote de madeira na Seoul D&S Co., Ltd.

A máquina e outras peças serão cuidadosamente embaladas, envolvidas com os materiais de


embalagem necessários e, em seguida, serão encaixotados em caixotes de madeira sólida.

ii. Considerações de segurança.

Um caixote fechado com máquina e outros pertences pesa no mínimo 590 kg


ou 1298 lbs (até 670 kg ou 1474 lbs). O uso de empilhadeira hidráulica é
altamente recomendado. Pelo menos quatro (4) pessoas devem desembalar a
caixa para evitar ferimentos ao pessoal ou danos à máquina. Para evitar farpas
ou lascas de madeira nas mãos, deve usar luvas.

iii. Transporte do Caixote.

A caixa pode ser transportada com empilhadeiras ou empilhadeira manual para transporte. O caixote de
madeira construída com um único deck, entrada de duas vias e palete na parte inferior para facilitar o uso
com empilhadeiras e empilhadeira manual.

.Peso máximo do caixote: 1298 kg ou 1474 lbs


.Tamanho máximo do caixote: 1920mm x 1140mm x 1490mm
.Nota: A largura máxima da porta para um caminhão transportador comum é de 90” (2286 mm) de largura.

iv. Desembalando os caixotes.

Ferramentas necessárias para desembalar o caixote:


Tenha as seguintes ferramentas disponíveis ao desembalar o caixote.

① Uma faca afiada


② Chave aberta de 13mm ou chave de caixa.
③ Chave de catraca de 13mm.
④ Pé de cabra
⑤ Chave de fenda plana

8
EasyBender Series
Nota: Para desembalar a caixa, é necessária uma folga de 1,80 m à frente e atrás da caixa de embalagem.
Essas folgas permitem a fácil colocação do painel frontal na base do caixote e a remoção da caixa de
compensado da base do caixote.

v. Caixote e Conteúdo das Caixas.

As caixas a seguir estão incluídas no caixote:

① Manual de Instrução
② Dobradeira
③ Mesa da Dobradeira
④ Proteção da Mesa da Dobradeira
⑤ Cassetes de bobina
⑥ Tampa de segurança do cassete de bobina
⑦ Suporte de cassete de bobina
⑧ Monitor de computador
⑨ Caixa de Ferramentas
⑩ Blocos de Ferramentas
⑪ Nariz e Dedos Extras

B. Desembalar e Instalar a máquina

i. Desembalando

Sob nenhuma circunstância você deve considerar desembalar a máquina sem a assistência

adequada, como danos pessoais e danos à máquina.

Os caixotes de transporte usadas para transportar a máquina devem ser mantidas na posição
vertical (conforme indicado pelas setas na parte externa dos caixotes) em todos os momentos durante o
procedimento de desembalagem. Não tente levantar o caixote sozinho. Permaneça sempre o mais reto
possível e tente usar o músculo das pernas para levantar a máquina. Guarde todo o material de
embalagem para uso futuro.

A caixa de madeira é de 1,5 metros de altura no palete com um painel removível em cada lado.

9
EasyBender Series
① Coloque o caixote de madeira em um lugar de trabalho eficiente com espaço.
② Usando uma chave catraca de soquete ou soquete, remova os parafusos que prendem o compensado.
③ Você pode usar uma chave de fenda grande ou uma alavanca para abrir o caixote de madeira, se foi
pregado.
④ Remova o painel superior do caixote. Segure a borda externa do painel e puxe-o para longe do
caixote.
⑤ Remova os parafusos no painel frontal.
⑥ Remova o painel frontal.
⑦ Remova o painel lateral de ambos lados.
⑧ Remover caixas e cartons de dentro do caixote.
⑨ Remova a capa de plástico contra poeira da máquina
⑩ Remova a cinta de nylon ao redor da máquina.
⑪ Usando uma empilhadeira, remova a máquina do caixote.
⑫ Se a empilhadeira não estiver disponível, com pelo menos duas (2) pessoas na frente da máquina
para suportar seu peso e duas (2) pessoas segurarem a parte de trás da máquina, deslize a
máquina cuidadosamente para a frente. A máquina é extremamente pesada e deve ser
manuseada com muito cuidado para evitar possíveis ferimentos ou danos à unidade ao tentar
levantá-la.
⑬ Ao apoiar a máquina, continue deslizando a máquina para frente até que as rodas na parte inferior
da máquina toquem o solo e remova a máquina.

ii. Colocação

① A máquina é projetada para ficar no chão e deve ser usada somente em ambientes internos. O
chão deve suportar 600 kg.
② Deve ter uma área de trabalho suficiente no mínimo de A1800mm x L2200mm x C1700mm.
③ Temperatura e umidade: nunca exponha esta máquina a temperaturas extremamente altas ou
baixas. A máquina pode estar operando à temperatura ambiente (faixa: 10-35 ℃)
④ Nunca opere esta máquina com atmosfera explosiva.
⑤ Coloque todas as tampas de segurança antes de ligar a máquina.
⑥ Não bloqueie o fluxo de ar através de aberturas de ventilação ou dissipadores de calor.
⑦ Para evitar risco de choque, esta máquina deve usar um cabo de alimentação principal de três
condutores CA, que inclui uma conexão de aterramento. Cabos de extensão CA não são
recomendados para uso com esta máquina.
⑧ A voltagem de operação desta máquina é (220-240VAC) dentro do regulamento CE.

10
EasyBender Series
III. Introdução a máquina e programas de operação

A. Especificações

As especificações e o desempenho publicados podem ser ligeiramente diferentes. Todas as


especificações estão sujeitas a alterações a qualquer momento, pois a fabricação aprimora e atualiza
continuamente a máquina.

Classificações Itens Especificações Etc.,

Potência Sistema 220 VAC, 15A, 50/60Hz

Pico Máximo de Corrente 15A, 3KW

Corrente Média 3A, 690W

Rúido Pico Máximo de Rúido 67.5 dB

Dimensão Física Sistema (Monitor excluído) L1,560 x C770 x


A1,430 mm

Cassete de bobina

Peso Peso Operativo 440 kg

Peso de Envio/Frete 570 kg

Pressão do Ar Pressão Máxima 9 kg/cm2

Faixa de operação (típico) 100 kg/cm2 ( 0.5 Mpa )

Especificação Temperatura 10~35˚C (50~95˚F)


Ambiental
Especificação Espessura Opcional (2pt, 3pt, 4pt)
de bobina
Altura 23~80 mm

B. Sobre as ferramentas da EasyBender

11
EasyBender Series
A “EasyBender” foi projetado para produzir a melhor de laminas para matrizes ao trabalhar com
material em bobina. Por causa disso, nossa máquina possui muitas ferramentas que dependem da
especificação da máquina, como o “Alimentador”, “Dobradeira”, “Unidade de Perfuração”, “Cortes”,
“Corte Vertical” e “ Unidade de Nicking (Picote) ”. Esse conjunto de ferramentas proporcionam a melhor
qualidade para matrizes gráficas.

i. Tipos de ferramentas no EasyBender

O EasyBender tem muitas ferramentas de trabalho. Esta é uma descrição simples das ferramentas.

Alimentadores

A “Unidade de Alimentação” é parte que move o material. É um dispositivo que alimenta o material
para o comprimento desejado usando o aperto ou prensa em rolo aderente. Essa parte é muito
importante para a qualidade do comprimento das laminas do produto do cliente. O ponto crítico da
matriz é o comprimento da lamina. Nossa máquina oferece melhor qualidade de comprimento ao cliente.

Dobradeira

A dobradeira é um dispositivo que dobra o material para o ângulo ou arco desejado.

Ferramentas de Corte

As “Ferramentas de Corte” são unidades de punção para corte de lâminas de corte e vinco. As lâminas
precisam ser cortadas para um encaixe adequado na matriz. Nossa máquina fornece várias ferramentas de
corte para as necessidades do cliente. Dependendo dos modelos de máquinas. Existem “Reto”, “Bico
Inicial”, “Bico Final”, “Ponte”, “Perfuração”, “Corte de Vinco” e algumas ferramentas especiais. Se precisar de
um trabalho mais especial, você pode encomendar um novo bloco de ferramentas de perfuração e aplicar
em sua máquina.

Niking (Picote)

A ferramenta “Picote” é uma ferramenta para fazer pequenas pontas no lado da lâmina. A quantidade de
ferramentas de picote depende da especificação da máquina. O EasyBender S1 pode obter uma
ferramenta de picote. Mas o EasyBender NS2 pode obter 5 ferramentas de picote.

Broacher

12
EasyBender Series
O “Corte Vertical” ou “Broaching” é uma ferramenta de corte V para a posição de dobra. Adicionando
o corte V na posição da dobra, o produto ficará mais nítido e claro. E também pode usar na função de
corte de esquadro.
※ Se não houver material no espaço de trabalho da máquina, a máquina pode sofrer danos por essa
ferramenta. Sempre verifique o material na máquina.

C. Operação da máquina

Nossa empresa fornece o software "EasyB". O “EasyB” é um poderoso programa de operação com o
EasyBender para produzir produtos para matrizes. O cliente pode facilmente transformar lâminas em

qualquer formato. Este capítulo explica de maneira simples como fazer uma lâmina de corte e vinco. E
também explica como controlar a máquina para uma situação especial.

i. Abrindo um Arquivo Existente

① Clique em "Arquivo" (File) no menu suspenso


② Clique em "Abrir" (Open) (ou clique no ícone de abrir arquivo [OpenFile]).
③ Usando o Windows padrão, pesquise em qualquer lugar no computador ou na rede.

Selecione Visualizar para ver o desenho CAD. Lembre-se de selecionar a escala adequada: Normal para

mm ou Polegadas. Clique duas vezes no arquivo com o qual deseja trabalhar ou clique em OK. Se os
arquivos CAD estiverem em polegadas, verifique sempre a escala do arquivo. Os padrões do
programa são métricos e podem ocorrer problemas quando um desenho em polegadas é trazido na

escala errada. Selecione o ícone Info de Desenho (ou Exibir / Info de Desenho e clique em uma linha. O
comprimento exibido deve ser razoável para a lâmina que você está fazendo e sua configuração atual de
unidade.

Se a linha parece ser 25 vezes muito pequena, selecione Arquivo / Escalar (ou o ícone Escalar) e escolha a
opção x 25.4 para trazê-la de polegadas para milímetros. Se a linha parece ser 25 vezes maior, escolha a

opção 1/25 para dimensionar o desenho.

13
EasyBender Series
ii. Traçar Trajeto

O Trajeto define e registra o caminho de processamento da lâmina. Isso consistirá em todas as geometrias,

linhas, arcos e pontes que compõem uma seção individual da lâmina.

Neste momento, você também pode querer ampliar a área do desenho que deseja registrar. Veja o

capítulo sobre as funções de Zoom para mais detalhes.

Como Traçar o Trajeto

④ Clique no ícone Trajeto (ou selecione Trajeto no menu suspenso Trabalho). Use a função da
janela de zoom, se necessário, para uma melhor visualização.
⑤ Selecione um ponto de partida para o trajeto da lâmina. A seção inicial da lâmina será destacada.
Uma seta marcará o ponto de partida. Quando a seção inicial do trajeto estiver designada
corretamente, vá para a etapa 3.

⑥ Se o Ponto Final errado estiver marcado, você poderá alterar as direções clicando uma vez com
o botão direito do mouse. Clique com o botão esquerdo para selecionar o elemento final da
lâmina. O elemento final mudará de cor. Se este não for o elemento correto, clique com o
botão esquerdo em um elemento diferente. Quando o elemento final correto estiver destacado,
clique no mesmo elemento mais uma vez para confirmar.
⑦ O programa irá agora procurar um caminho contínuo do ponto inicial até o elemento final. Neste
momento, o programa pode solicitar instruções em pontes ou interseções para determinar qual
das duas ou mais opções possíveis deve constituir o próximo elemento no trajeto. O ícone do
mouse exibirá o comando Selecionar Linha, enquanto uma caixa de diálogo aparecerá na junção.
Clique com o botão esquerdo na próxima linha para designar o caminho correto.
⑧ Quando a caixa Selecionar Linha aparece em uma ponte, a linha a seguir é geralmente muito
curta. Tenha cuidado para selecionar a linha correta clicando no final da linha mais próxima da
ponte. Use as funções de Zoom, se necessário, para encontrar o elemento correto.

14
EasyBender Series
Trajeto Atualizado

A versão mais recente do software EasyB é atualizada e mais avançado. Existem três itens aprimorados,
ou seja, Trajeto Automático, Trajeto Reverso e Realçar Trajeto.

- Trajeto Automático

A direção de partida é automaticamente indicada quando mouse estiver encima de uma linha para
definir o trajeto. Basta clicar duas vezes no ponto inicial para gerar automaticamente o trajeto

completo sem clicar no ponto final. Nota: Se o trajeto tiver uma cor, uma camada, um tipo de linha,
etc. diferentes, ou se o trajeto atingir um ponto dividido, o trajeto será encerrado nesse ponto.

- Trajeto Reverso

Quando a janela de configuração de parâmetros é exibida depois de definir o Trajeto, você pode

ver que há o botão Executar nela. Apenas pressionando o botão, você pode produzir peças de

lâminas depois de traçar o trajeto. Também o botão Trajeto Reverso lhe dará imediatamente o
trajeto invertida a partir do trajeto especificado, sem modificar sua direção. Este botão é mostrado

e ativado ao clicar no Trajeto plotada para modificar.

- Realçar Trajeto

Esta função é para destacar o trajeto plotada. Quando um dos ícones de configuração do parâmetro a
seguir é pressionado, ou seja, o ícone Ajustar, Limpar Segmento, Executar Único ou Trajeto, se mover o

mouse sobre o trajeto especificado, a tela destacará o trajeto.

iii. A Janela de Parâmetro

15
EasyBender Series
Quando o programa tiver completado com sucesso o trajeto, a janela Configuração de Trajeto irá na área
de desenho. Select and change the parameter that you wish to change. Selecione e altere o parâmetro que
você deseja alterar. Depois de terminar a configuração do parâmetro e clique em OK.

① Marcação de Peças : Use apenas no EasyCutter. O valor de marcação indica o número de lâminas a serem
processadas com marcas de ponto de dobra. (Não deve exceder a quantidade)
② Quantidade : O número de peças idênticas a serem processadas.
③ Corte Inicial : Tipo de corte no ponto inicial. Isso é usado para aumentar ou diminuir o comprimento do
segmento inicial ou o comprimento da linha traçada com o trajeto. Digite o comprimento na caixa de texto. O
channel bender usa apenas o corte CR, seja qual for o corte. (Aqui, CR significa Corte Reto.)
④ Corte Final : Tipo de corte no ponto final. Isso é usado para aumentar ou diminuir o comprimento do segmento final
ou o comprimento da linha traçada com o trajeto. Digite o comprimento na caixa de texto.
⑤ Nome de Segmento : O nome padrão começa com o nome do arquivo de desenho cad e uma série de números.
Você pode renomear o segmento. Cada novo segmento reterá automaticamente o novo nome e sequenciará o
número.
⑥ L : Somente EasyCutter
⑦ % de Dobra : Define a porcentagem de dobra. Uma % de Dobra de 100%, dobra cada arco e
ângulo na seção da lâmina exatamente conforme prescrito no banco de dados de lâminas atual. Então a %
de Dobra de 90% irá " dobrar menos" cada elemento em 10%, enquanto uma % de Dobra de 105%
"dobrará a mais" cada elemento em 5%.
(Observação: é comum usar uma porcentagem de dobra maior em peças de forma livre que consistem em um
grande número de linhas e arcos muito curtos).
⑧ Ponte Baixa : Isso escolha o menor dos dois cortes da mesma largura. Isso corresponde ao número de índice nos
parâmetros da ferramenta do menu de configuração.
⑨ Opção Espelhar : Marque esta caixa para produzir uma imagem espelhada da peça registrada.
⑩ Um por Vez : Repita a execução única o número de vezes que foi digitado na caixa de texto Quantidade e o mesmo
número de peças de lâmina resultante.

iv. Executar o Trajeto

O trajeto pode ser executado em um único modo (Executar Único) ou em um modo lote (Executar Lote).

O modo Executar Único pode processar várias partes de lâminas de um vez só trajeto. O modo Executar

Lote é um grupo do modo Executar Único.

16
EasyBender Series
① Clique no ícone Processar um exemplo
② Selecione um trajeto definido com o botão esquerdo do mouse e uma janela de confirmação aparecerá.
③ Passo 3. Clique Ok para proceder. (Obs: Clicando em dará a opção de produzir uma peça de amostra

Amostra
idependente da quantidade de peças que digitou.) Ou clique no botão Executar Lote.

Selecione todos os trajetos definidos que você deseja processar. Você pode escolher as peças
individualmente marcando a caixa Selecionar ou clique Selecionar Tudo (All Sel) para selecionar tudo.
Quando as peças desejadas estiverem selecionadas, clique em OK para executar o lote. Enquanto as partes
estão em execução, o recurso multitarefa do EB Windows permite que você continue trabalhando no
programa de edição.

Um recurso poderoso do Modo Lote é a capacidade de visualizar todas as peças. Eles são exibidos oito
de cada vez e você pode folhear rapidamente todo o arquivo de segmento para o seu trabalho atual.
Além da geometria de cada seção, o Modo Lote exibe o Nome do Segmento,Quantidade, Comprimento,

Corte Inicial e Final e Designação do Módulo de Ferramenta. Isso permite que você verifique se cada
peça foi registrada corretamente antes de executá-lo no Modo Lote. Se determinadas seções da lâmina
precisarem ser modificadas, como peças espelhadas num trabalho de embalagem dobrável, é simples
para alterar os parâmetros no Modo Lote. Basta clicar na imagem da peça que precisa ser modificada e
o menu Parâmetros aparecerá. Faça as alterações necessárias. Selecione a peça e execute.

17
EasyBender Series

DICA: O sistema operacional Windows permite que você "capture" a imagen de qualquer tela,
simplesmente pressionando ALT + Print Screen ao mesmo tempo. Se você capturar as páginas da sua
tela Executar Lote, colá-las num documento e imprimi-las, poderá armazená-las ou fornecê-las com a

matriz como um guia de referência útil para futuros reparos ou para refazer lâminas. Observe, no
entanto, que o comprimento reflete apenas o desenho CAD e não inclui ajuste, alongamento ou

acréscimos ou subtrações de comprimento em cada extremidade da lâmina.

v. Ajustando Ângulos e Arcos

Algumas peças podem exigir ajuste de arcos ou ângulos individuais. Isso pode ocorrer quando uma

dobra acentuada ou um raio pequeno é seguido por outra dobra acentuada ou raio pequeno. Se ambas
as curvas estiverem na mesma direção, a peça será dobrada a menos. Se as dobras estiverem em
direções opostas, a peça será dobrada a mais. Se a geometria estiver muito apertada, pode haver
interferência com o dedo de dobramento e / ou nariz. Ocasionalmente, um ajuste de comprimento em

uma seção da lâmina pode ser necessário para encaixar corretamente na matriz.

18
EasyBender Series
O ajuste de ângulos e arcos é apenas em modo percentual. O comprimento é adicionado inserindo
um valor. O comprimento é subtraído inserindo um sinal de menos e o valor.

① Clique no botão Ajustar, ou selecione Editar / Ajustar.


② Selecione o Trajeto que precisa de ajuste. O menu Ajustar aparecerá na parte superior da tela. Use
sua seta (sentido p/cima ou p/ baixo) para percorrer a tabela até que a seção correta da lâmina seja
destacada. À medida que você rola, a cor do arco ou da linha correspondente mudará, para ajudar a
verificar sua escolha. Um ângulo está no ponto em que duas linhas se encontram. Movendo-se a
partir do ponto inicial da seção da lâmina, a linha logo após o ângulo é a linha a ser selecionada para
alterar a porcentagem de dobra do ângulo. (Se você digitar um raio na caixa de texto Substituição de
Raio e digitar uma porcentagem na caixa de texto Porcentagem e selecionar Substituição, o
programa aplicará a porcentagem a todos os raios dentro de uma tolerância próxima do raio inserido.)

③ Digite as alterações.
④ Selecione Aplicar para salvar as alterações e Sair para sair do menu Ajustar. Os diagramas abaixo mostram o
efeito quando o ajuste é aplicado a vários arcos e ângulos. Uma % de Ângulo de 120, um ângulo reto
produzirá um ângulo agudo. Uma % de Arco de 90 em um raio de 180 ° abrirá um raio em aproximadamente
18 ° (+ ou - alguns graus). O comprimento adicionado de 3 mm aumentará a seção selecionada em
exatamente 3 mm.

19
EasyBender Series
vi. Salvando Informação

Salvar dados regularmente é uma boa prática de programação. O ícone salvar se aplica APENAS ao
arquivo CAD original que foi importado. Ele salvará o arquivo no mesmo diretório e com o nome e a
extensão do arquivo atual, que aparecem na barra no topo da tela.

(Atenção: A versão original do Simple Cad Editor salva apenas no formato DXF. O arquivo seria salvo em

mm e no formato DXF, independentemente da escala, formato ou extensão original do arquivo. Se você

for salvar sobre um arquivo.CF2 no formato DXF, você precisará renomear para arquivo.DXF para poder
abri-lo novamente.)

Salvar o arquivo DXF pode ser útil se você tiver feito alterações, como pontes, ou se tiver feito reparos no
arquivo que deseja manter. Se você não quiser salvar sobre o arquivo CAD original, use Arquivo, Salvar
como e digite um novo nome ou coloque-o em um diretório diferente. O nome e local salvo agora se
tornarão o nome do arquivo atual e o ícone Salvar poderá ser usado para salvar as alterações
subseqüentes no arquivo.

vii. Salvando Informação de Trajeto

Como Salvar o Trajeto

Após traçar os trajetos, salve seu trabalho para que ele possa ser aberto e visualizado posteriormente.

Esse recurso permite salvar as informações do trajeto nos segmentos que você registrou. Não há atalho
de ícone. Você deve selecionar Arquivo / Salvar Arquivo Fil para salvar esta informação. Um menu pop-up
padrão do Windows permitirá que você designe o nome e a localização das informações do trajeto.

Como Carregar o Trajeto

Para recuperar as informações, você terá que localizar o arquivo por nome no diretório em que ele foi
salvo. Não há opção de pre-visualização para arquivos Fil. Se você quiser carregar o arquivo salvo (Fil)
incluído com trajeto do segmento, selecione o comando Arquivo / Abrir Arquivo Fil no menu

suspenso.

20
EasyBender Series
D. Operação Manual

Clicar neste ícone ou selecionar o comando Trabalho / Operação Manual no menu suspenso
abrirá a janela Operação Manual (a figura mostrada abaixo). Sem arquivo CAD, a Operação
Manual pode controlar diretamente a operação da porta de entrada e saída, ou o movimento,
que fornece apenas as funções básicas. Os ícones necessários para este modo são colocados com
o layout classificado como as funções.

Isso permite que o operador controle diretamente as funções do motor de alimentação, corte e dobra da
EasyBender. As funções para o modo manual são descritas abaixo.

Módule de Ferramenta Exibe a configuração atual da ferramenta.

Ferramenta [S1] Corte Reto, Bicos, Ponte, Picote(Opcional)

[NS] Corte Reto, Bicos, Ponte, Corte V, Picote(Opcional)

Operação Manual Ativar engrenagens

Testar Dobra Faça uma amostra de peças de dobra

Dedo 0 Levante e abaixe os dedos

Movimento de Dedo Opere o dedo sem prosseguir a lâmina.


sem Alimentação
Origem de Dobra Encontre a origem de dobra ao inicializar o mecanismo de dobra.

21
EasyBender Series
Alimentar Lâmina Insira a quantidade de comprimento para alimentar a lâmina para frente
(unidade: mm)

i. Módulo de Ferramenta

O módulo de ferramenta atual é exibido no canto superior esquerdo do menu pop-up. Se o usuário
tiver atribuído uma descrição da ferramenta na caixa de texto Nome da Ferramenta no menu
Parâmetro1, ou seja, “25.4 * 4pt CB”, ela aparecerá ao lado do Módulo da Ferramenta.

ii. Ferramenta

A partir da esquerda, o primeiro e o segundo ícones representam o Bico Inicial e o Bico Final, o terceiro
é para o Corte Reto, o quarto para o sexto ícone é usado para Ponte, e o sétimo e oitavo é para o

Corte Vertical, e o último é para Picote (opção).

iii. Picote (Opção)

O Picote pode ser usado para a máquina com unidade de picote. Clicar no botão executará uma
operação de picote de um ciclo. Por favor, use o vácuo ao usar a unidade de picote. Refira-se ao

Manual de Picote para detalhes.

Cuidado: Descuido com as ferramentas pode fazer com que a lâmina emperra dentro do módulo.

iv. Operação Manual

Existem várias funções de operação manual para testar ou configurar a máquina.

Rotação da Engrenagem de Dobra

O primeiro e o segundo ícones irão rotacionar o conjunto de dobra 4000 pulsos no sentido
anti-horário ou horário, respectivamente.

Testar Dobra

Este grupo é para a função secundária para testar a operação manual de dobra.

22
EasyBender Series
Testar Pulso

O Testar Pulso indica o número de pulsos necessário para encontrar a origem de dobra. A

engrenagem de dobra dobrará para a esquerda ou para a direita a lâmina tanto quanto da origem

até o pulso inserido

Nota: O número de pulsos pode diferir do seu sistema ou ambiente e pode não ser o mesmo que este
manual.

Esta função é o teste para dobrar a lâmina tanto quanto o pulso inserido. O dedo retorna o para
início depois de rotacionar o número de pulsos.

O pulso para a dobradeira plana (20000) seria adequado para lâmina de 1,5pt a 2 pt. Para lâmina 3pt e
4pt, um pulso de teste mais alto será necessário para produzir dobras de teste mensuráveis. Os botões
Esquerda, Direita e Ambos, localizados logo abaixo do Testar Pulso, produzirão seções de amostra da

lâmina.

Clicar no botão Esquerdo irá dobrar a lâmina para a esquerda, o botão Direito para a direita e clicar no
botão Ambos produzirá as duas amostras para a esquerda e para a direita.

Movimento de Dedo sem Alimentação

Sem a alimentação da lâmina, o conjunto de dedos gira somente para dobrar o pulso inserido no menu
Testar Pulso. O dedo volta para o início depois de girar o número de pulsos. Clicar no botão Esquerdo
irá dobrar a lâmina para a esquerda e o botão Direito para a direita sem a alimentação da lâmina.

Aviso: O movimento de alimentação nunca acontecerá nesta função; portanto, o usuário deve inserir
diretamente a peça de lâmina adequada no bocal.

Testar Dedo

Botões de teste de dedo no menu Testar Dedo levantará e abaixará os dedos. Clicar no botão Para
Cima (Esquerda) ou Para Cima (Direita) levantará ou abaixará um deles. Se você clicar no botão
Ambos, todos os dedos levantados serão abaixados.

Origem de Dobra

A caixa de texto Pulso Original é onde você digita correções para o centro de dobra da lâmina depois
de executar os Testes de Dobra esquerda e direita. O pulso é o Pulso de Configuração para calibrar a
posição inicial de precisão após inicializar o mecanismo de dobra, ou seja, depois de obter a origem de
23
EasyBender Series
dobra com o sensor ótico na inicialização de dobra. Inicializando o mecanismo de dobra será
ligeiramente mover a engrenagem de dobra, tanto quanto o pulso de origem que você inseriu.

Nota: Algumas versões do software só permitem digitar caracteres numéricos. Para digitar um número
negativo, digite o número como um número inteiro positivo, depois retroceda até o início e insira o sinal
de menos. Anote o centro de dobra, caso você precise inserir novamente essas informações diretamente

na tela de Configuração.

Usando o Testar Dobra, produz as amostras esquerda e direita, respectivamente. Em seguida, compare

duas partes da lâmina e corrija o número do Testar Pulso para obter o resultado de dobra para a forma
simétrica. Repita para produzir as amostras e corrija o Testar Pulso até que ambos os ângulos tenham
uma forma simétrica. Nota: Se você ajustou o centro de dobra com sucesso, é necessário inserir
novamente essas informações diretamente na caixa de texto Pulso Original na janela Parâmetro1.

E. Parada de Emergência e Reiniciar a Máquina.

i. Como executar uma parada de emergência

Se o (s) dedo (s) ou a lâmina travaram ou se você achar que há uma situação perigosa, pressione o
botão Parada de Emergência imediatamente. O botão de parada de emergência é o botão vermelho
localizado no painel de operações no lado esquerdo superior do quadro. Parará qualquer
funcionamento da máquina em caso de emergência. Para recuperar a máquina da emergência, vire à
direita o botão (comforme a direção da seta no botão) até destravar.

ii. Como parar a máquina

Pressionar a tecla Pause no teclado enquanto a máquina estiver funcionando cancelará as comunicações
entre a máquina e o computador. Isso permite que o operador encerre uma tarefa em situação de
emergência ou não emergencial.

24
EasyBender Series
IV. EasyB

A. Tela Principal

A tela de desenho principal do EB é mostrada abaixo. A descrição de cada componente é mostrada abaixo.

Caixa de Cores: Altera a cor do desenho ou aplica uma cor específica aos itens selecionados, como o
Trajeto ou Cor da Janela.

Menu de Comando: Contém as seleções do menu suspenso. (Arquivo, Editar, Exibir….)

25
EasyBender Series
Prompt de Comando: No prompt de comando, você pode digitar comando disponível. (Exemplo: salvar,
abrir, linha etc)

Caixa de Ferramentas Principal: Contém ícones gráficos para os comandos de desenho usados com
mais frequência. (Exemplo: Trajeto, Executar Único, Ajustar etc)

Caixa Mostras Pontos: Contém comandos para definir pontos em locais específicos no desenho.
(Exemplo: pontos finais, pontos centrais, intersecções)

Barra de Título: Exibe o nome do programa e o nome do arquivo aberto atual.

B. Usando Commandos

O programa EasyB possui uma barra de ferramentas que fornece acesso por botão ao comando
necessário. Para usar uma dessas ferramentas, clique com o botão esquerdo do mouse. As ferramentas
disponíveis são mostradas abaixo.

i. Menu Arquivo

Scale
File Scale Setting

Save
Open
New

① Novo (New) : Isso limpará os dados atuais do CAD.


② Abrir (Open) : Isso permite que você abra um arquivo CAD, DDS, CF2 ou DXF. Clique em
Visualizar para ver o arquivo realçado. Selecione Escala de arquivo Normal (mm) ou Polegadas e
OK para carregar o arquivo.

26
EasyBender Series
③ Salvar (Save) : Isso salvará o desenho atual com o nome, conforme mostrado na barra do
programa na parte superior da tela, no formato DXF, no mesmo diretório do qual foi recuperado
ou no qual foi salvo pela última vez usando a função Salvar como.
④ Salvar como (Save As) : Isso salvará o desenho atual no formato DXF, no entanto, permite alterar
o nome e / ou o diretório do arquivo do desenho. Ele solicitará sua confirmação antes de salvar
sobre um arquivo existente.
⑤ Escalar (Scale) : Escalar redimensionará todo o desenho. As configurações padrões de escala são
x 25,4 e 1/25,4 para converter rapidamente entre polegadas e milímetros. Ou você pode inserir

um valor de escala diferente na caixa de texto. Clique Ok para executar.

⑥ Abrir Arquivo Fil (Fil File Open) : Abre o arquivo da lâmina registrada salva anteriormente.
⑦ Salvar Arquivo Fil (Fil File Save) : Salva informações de lâminas registradas no disco.
⑧ Configuração de Escala (File Scale Set) : Define um valor de escala padrão para um tipo de arquivo
específico.

⑨ Lista de Arquivo Recente (Recent file list) : Lista os seis arquivos mais recentes que foram
carregados. Clique duas vezes no nome de arquivo desejado.

⑩ Sair (Exit) : Fechará o Simple CAD Editor, mas não fechará o SDSCAM. SDSCAM serve como uma
interface para a dobradeira. Facilita a multitarefa ao enfileirar tarefas na dobradeira, para que
você possa trabalhar no programa CAD enquanto a máquina está processando a lâmina. Para
fechar o SDSCAM, clique com o botão direito no ícone do EasyBender no canto inferior direito
da tela e escolha Sair / Sair. Se o programa não estiver respondendo, pressione CTRL + ALT +
DEL simultaneamente e encerre o SDSCAM.exe nesse menu.

ii. Menu Exibir

27
EasyBender Series

Obs: Ampliar Janela, Zoom +, Zoom - e Deslocar, também como Distância, Info de Desenho, Info de
Trabalho e Visão de Ângulo, são funções repetidas. Eles permanecerão em vigor até que você clique com
o botão direito, ESC ou selecione uma função diferente. Se você estiver no meio de fazer outra coisa
(como registrar um Trajeto) ao executar uma ação de exibir (como Zoom +), você retornará ao que estava
fazendo assim que clicar com o botão direito do mouse ou ESC. Funções não repetitivas são Ajuste de
Página, Ampliar Anterior e Redesenhar.

① Ajuste de Página (Zoom Fit) : Isso irá ajustar seu projeto CAD para caber totalmente na tela.
② Ampliar Janela (Zoom Window) : Permite ampliar uma área específica desenhando uma janela ao
redor da geometria que você gostaria de ver de perto. Clique com o botão esquerdo para
selecionar o primeiro canto da sua janela. Conforme você move o mouse, um retângulo
aparecerá na tela. Quando o retângulo engloba a área que você deseja ver, clique com o botão
esquerdo para definir o canto oposto. A tela será ampliada, mostrando apenas a área que você
designou na sua janela. Clique com o botão direito ou ESC para sair.
③ Zoom + : Quando você seleciona Zoom + e em seguida, clica na área de desenho da sua tela, a
localização do clique se tornará o centro da tela e o desenho parecerá estar mais próximo.
④ Zoom - : Quando você seleciona Zoom - e clica na área de desenho da sua tela, a localização do
clique se tornará o centro da tela, e o desenho parecerá estar mais distante.
Nota: Zoom em Tempo Real - Você também pode usar a roda do mouse para ampliar e reduzir
sem clicar nos ícones de zoom.
⑤ Deslocar (Pan) : Isso moverá sua área de visualização, como se você estivesse movendo uma lâmina
sob um microscópio. Clique em um ponto na área de visualização. Conforme você move o mouse, as
linhas se estendem pela tela. Quando você clica uma segunda vez, a área de visualização muda de
forma que o primeiro ponto que você clicou irá se mover para o local do segundo ponto que você
clicou.
⑥ Ampliar Anterior (Zoom Previous) : Quando você seleciona Ampliar Anterior, o programa exibe
imediatamente a visualização anterior. Se você continuar a selecionar Ampliar Anterior, o programa
continuará a retroceder em todas as visualizações anteriores em sua sessão de edição atual.

28
EasyBender Series
⑦ Redesenhar (Redraw) : Atualizará sua janela atual. Isso é normalmente usado quando você apaga um
segmento de lâmina registrado ou excluiu uma linha dupla.
⑧ Distância (Distance) : Mede a distância de um clique na tela para outro. Isso é mais útil quando
usado em conjunto com a marcação de ponto final.
⑨ Info de Desenho (Draw Info) : Informa o comprimento, o ângulo, o raio, o ponto inicial e final e
o número da camada da linha ou arco selecionado. Isso é útil para verificar se o seu desenho
está na configuração de escala adequada. Também é útil escolher sua cor de desenho para que
ela corresponda ao restante do arquivo. Os números da camada 0-9 correspondem às cores do
desenho de cima para baixo.
⑩ Info de Trabalho (Work Info) : Informa o nome da peça e outras informações pertinentes em uma
seção da lâmina.
⑪ Info de Ângulo (Angle Info) : Exibe o ângulo entre duas linhas selecionadas.

iii. Menu Desenhar

Arc
Circle 3-point Arc

Line
Horizontal Line Ellipse
Vertical Line

Rectangle

① Linha (Line) : Desenha três linhas de tipo, Contínuo, Horizontal ou Vertical. O modo Linha
Contínua desenha uma única linha ou linhas contíguas, de ponto a ponto, até que você clique ESC,
clique com o botão direito ou selecione outra função. Você pode inserir pontos como coordenadas
X, Y, clicar na tela ou usar uma das ferramentas de mostrar pontos e clicar no (s) elemento (s)
apropriado (s). Linhas horizontais ou verticais são linhas de construção traçadas na tela no local Y
ou X designado. Você designa o local digitando um número, clicando na tela ou usando qualquer
uma das ferramentas de marcar ponto.
② Círculo (Circle) : Para desenhar um círculo, você deve indicar o centro do círculo, inserindo as
coordenadas, clicando na tela ou usando um dos modos de mostrar ponto. Em seguida, digite o raio
do círculo e pressione Enter .
③ Arco (Arc) : Isso desenha um arco por um dos dois métodos: Centro, Raio, Ângulo ou 3 Ponto.
Quando você seleciona Raio Central, Ângulo, você deve seguir as instruções cuidadosamente.
Primeiro, selecione um ponto central digitando as coordenadas X, Y ou clicando com o botão
esquerdo na tela. Em seguida, selecione o raio, seja por digitando o comprimento do raio em

29
EasyBender Series
em milímetros ou clicando em um ponto na tela. Em seguida, digite o ângulo do ponto inicial, seguido pelo
ângulo do ponto final. Os ângulos devem ser inseridos de acordo com a seguinte forma. Com 0 no
quadrante direito do centro, e todos os arcos devem ser designados no sentido anti-horário, do ponto
inicial ao final. Um ângulo inicial de 0 ° e um ângulo final de 90 ° produzirá um ângulo de 90 ° no sentido
anti-horário. Um ângulo inicial de 90 ° e um ângulo final de 0 ° produzirão um arco de 270 °. (Para algumas
alterações, você pode achar mais fácil usar Editar, Filete.) 3Ponto cria um arco no sentido anti-horário
usando como pontos de referência, os três pontos que você insere por coordenadas ou clica na tela. (Dica:
Arcos de três pontos podem ser úteis como uma solução rápida para "CAD ruim" Use uma marcação de
ponto final para traçar arcos. Use o recurso Apagar por janela ou apague por tolerância para remover
segmentos de linha indesejados)

④ Rectângulo (Rectangle) : Desenhará um retângulo usando as coordenadas que você inserir ou


pontos nos quais você clica para criar cantos opostos do retângulo. Você será então solicitado a
inserir um raio. O raio padrão será exibido entre colchetes. Digite um novo raio (0 para ângulo
agudo) seguido por Enter ou apenas aperte Enter para aceitar o raio padrão.

⑤ Elipse (Ellipse) : Selecione um ponto central, inserindo coordenadas ou clicando com o botão
esquerdo em um ponto na tela. Insira os eixos longos e curtos em milímetros, ou clicando na tela, e

digite um ângulo: ou seja, 0 ° ou o eixo maior para ser horizontal ou 90 ° para vertical.

iv. Menu Mostrar Pontos

End
Center
Middle Intersection

① Ponto Final (Endpoint) : Clique em um elemento, e o programa irá marcar o cursor no ponto

mais próximo do elemento mais próximo do local onde você clicou. Se você clicar em uma área
em branco que não esteja próxima a uma linha, o programa reconhecerá a localização do clique. A
marcação do ponto final é inestimável para várias funções de edição e desenho.
② Ponto Central (Midpoint) : Clique em um elemento, e o programa irá marcar o cursor no meio
ponto exato do elemento selecionado. Isso é usado junto com as funções Desenhar e Editar. Por
exemplo, você pode querer desenhar uma linha de construção horizontal ou vertical no meio ponto
de um elemento. O uso mais comum de marcar meio ponto é com a função Quebrar, para quebrar
uma linha ou arco ao meio, e usar uma metade como o elemento inicial para uma seção da lâmina.

30
EasyBender Series
③ Intersecção (Intersection) : Isso vai mostrar ponto na intersecção de dois elementos. Você precisará
selecionar ambos os elementos, e uma cruz aparecerá na tela, para indicar o ponto a ser aplicado à
função de desenhar ou editar atual.

④ Centro (Center) : Marcará ponto no centro de um raio ou círculo.

v. Menu Editar

① Desfazer (Undo) : Isso desfará a edição ou a entrada de desenho mais recente.

② Copiar (Copy) : Selecione o item (s) que você deseja copiar com o botão esquerdo do mouse. Se
você clicar em uma área em branco, o programa permitirá que você crie uma janela para selecionar
os itens que deseja copiar. Da esquerda para a direita, selecione itens incluídos pela janela. Da
direita para a esquerda, seleciona itens que cruzam a janela. Para desmarcar um item, clique nele
uma segunda vez. Quando todos os itens que você deseja copiar estiverem selecionados, clique no
botão direito do mouse. O programa solicitará que você selecione um ponto base. Clique em um
ponto na tela ou digite as coordenadas X, Y para servir como um ponto de referência para copiar.
Em seguida, clique ou insira um segundo ponto como local para cópiar. Para várias cópias, continue
inserindo pontos para copiar até terminar. Clique com o botão direito, ESC ou escolha outra opção
para sair da cópia.

NOTA: O número de entidades que você pode apagar ou copiar de uma só vez pode ser
restringido pela memória do seu computador.

③ Mover (Move) : Clique com o botão esquerdo no (s) objeto (s) que você deseja mover.
Clique com o botão direito quando tiver concluído o processo de seleção. Selecione os
pontos de referência “de” e “para” como na função Copiar.

④ Apagar (Erase) : Selecione objetos para apagar. (Consulte as instruções para Copiar.) Nota: Clique no
ícone de desfazer para desfazer o último objeto, item, ect. apagado.

31
EasyBender Series
⑤ Apagar por Tolerância : Ao selecionar essa opção, um menu pop-up é exibido. O programa apagará
todas as linhas e arcos no seu arquivo atual que são o comprimento especificado ou mais curto. Se a
caixa Somente Linha estiver marcada, o programa apagará as linhas e não os arcos.

⑥ Quebrar : Você pode quebrar uma linha ou arco em qualquer lugar selecionando a linha ou o arco e
tocando na linha ou no arco uma segunda vez para indicar o ponto de quebra. Use o modo de
Mostrar Ponto Central para quebrar extamente no meio ponto ou o modo de Marcar Interseção para
quebrar na interseção de duas linhas. (Em algumas versões do software, você não pode quebrar
arcos no meio ponto. Offset metade da diferença do final ou estima o meio ponto.)

⑦ Ponte : Para adicionar pontes ou picotes a um desenho, selecione Ponte. O menu pop-up Ponte será
exibido. Digite o número de pontes ou picotes por linha e a largura da ponte / picote desejada e OK.

Em seguida, clique com o botão esquerdo na (s) linha (s) que deseja unir com esses parâmetros.
⑧ Definir Quebra : Isso dividirá uma linha a uma distância exata do ponto final, ou ponto central de
uma linha. O menu pop-up de Definir Quebra será exibido. Digite a distância de deslocamento e
Ok e selecione a linha ou arco que você deseja quebrar. Se você deseja que o elemento esteja a
uma distância especificada de um Ponto Final, selecione modo Marcar Ponto Final e clique com o
botão esquerdo no elemento que deseja quebrar próximo ao ponto final (você também pode usar
Definir Quebra com os modos de marcar Meio Ponto ou Interseção).

SUGESTÃO: O Info de Desenho e a Calculadora Padrão do Windows podem ser usadas juntas para

calcular as distâncias exatas para definir quebras ou comprimentos para funções de desenho e
edição. Pressione a tecla Windows no teclado ou clique na guia Iniciar na barra de menus do
Windows. Selecione Programas, Acessórios, Calculadora. Realize seus cálculos e use Copiar ou

Ctrl+C para gravar o número. Retorne para Simple CAD e use Ctrl + V para colar o resultado na
linha de prompt ou na caixa de texto.
⑨ Juntar : Isso uni dois segmentos de linha ou arco em um. Os dois segmentos de linha devem seguir
o mesmo caminho. Ambos os arcos devem ter o mesmo raio e ponto central. Você deve clicar no
primeiro elemento que deseja unir, depois no segundo e depois clicar no primeiro elemento mais
uma vez para confirmar a ação. Aplicação: Em design de embalagem dobrável, pode ser mais rápido
unir uma seção de 0,8 mm com um segmento adjacente do que registrar o trajeto. Ao unir arcos,
certifique-se de aproximar a imagem o suficiente para garantir que você possa selecionar com
precisão os segmentos da linha.
⑩ Aparar : Permite que você apare uma linha a um limite. Selecionando esta opção, você será
solicitado a selecionar o limite. Clique com o botão esquerdo no elemento de limite. (1) Se isto

estiver correto, clique com o botão direito para confirmar. Clique com o botão esquerdo na seção
da linha a ser aparada. (2) A linha será quebrada no limite. A seção selecionada para aparar será

excluída.

32
EasyBender Series
⑪ Iserir Raio (Fillet) : Conectará duas linhas, uma linha e um arco ou dois arcos com um raio. Dois
elementos que não se juntam podem ser unidos para que possam ser incluídos no mesmo Trajeto.
Neste exemplo, um raio de 0 conectará a linha e o arco. Às vezes, um valor com um raio maior será
necessário para fazer uma conexão suave.
Nota: Se a distância entre linhas estiver dentro da tolerância, o Simple CAD pode registrar o segmento de lâmina
sem qualquer manipulação do arquivo CAD. Se a distância for muito grande, você pode corrigir isso por ajuste
de linha ou raio. No entanto, quando um arquivo CAD é alterado para a dobra de lâminas APÓS a criação da
base da matriz, o comprimento da lâmina pode ser ligeiramente alterado. Experimente as três técnicas para
determinar qual método produzirá o melhor resultado em diferentes situações.
⑫ Ajustar Linha : Como o inserir raio, essa função permite que feche espaços entre os segmentos de
linha. Ele fará pequenos ajustes nas linhas para que se encontrem, enquanto os pontos de
extremidade opostos permanecem estacionários. Quando selecionará essa opção, aparece um menu
pop-up. Tolerância indica o espaço máximo que pode ser fechado. Digite a tolerância e clique em
OK. Uma ferramenta de janelas será exibida. Clique com o botão esquerdo em um canto da janela e
arraste até que as linhas que você deseja unir estejam na janela.
⑬ Ajustar Duplicação : Cria uma linha adicional unida. Use Redesenhar para ver o efeito.
⑭ Espelhar : Reverterá uma imagem ou faz uma cópia simétrica de elementos específicos. Poderá espelhar
toda ou qualquer parte do seu desenho CAD. Por exemplo, se o seu arquivo CAD esta do lado da
impressão, em vez de uma imagem da lado da lâmina, você pode corrigir isso com a opção de
Espelhar. Antes de selecionar Espelhar, reduza o zoom até que você possa ver o desenho inteiro e
haja espaço suficiente nos quatro lados para posicionar e editar a janela com facilidade. Ao selecionar
Espelhar, será solicitado que você selecione a linha espelhada. Neste caso, você pode selecionar
qualquer linha vertical no arquivo CAD. Se não existir, crie uma linha de construção vertical (consulte
Desenhar). Clique com o botão esquerdo no canto superior esquerdo e no canto inferior direito da
área de desenho para selecionar todos os elementos no arquivo. Quando todos os elementos que
você deseja espelhar estiverem destacados, clique com o botão direito para confirmar. Você será
solicitado: Excluir objeto selecionado? (S / N) Digite S para Sim. Para fazer uma cópia espelhada de
elementos específicos, escolha ou construa uma linha de espelhamento. Escolha a linha de
espelhamento. Em seguida, escolha o (s) elemento (s) a ser copiado clicando com o botão esquerdo
no elemento ou criando uma janela de seleção. Quando o (s) elemento (s) desejado (s) são
destacados, clique com o botão direito. Você será solicitado: Excluir objeto selecionado? (S / N)
Digite N para Não.
⑮ Estender Elemento : Ao selecionar esta opção, será solicitado a Selecionar um Elemento. Selecione o
elemento que você deseja estender. Será solicitado a Selecionar Outro Elemento. Selecione a linha ou
arco que gostaria de estender o elemento. O elemento se estenderá ao segundo elemento, se seus
caminhos se cruzarem (A), ou se estenderá até o ponto exato em que os dois elementos se cruzariam
se o limite do elemento for mais comprido (B). Também poderá estender os arcos aos elementos, no
entanto, a orientação padrão do programa é desenhar no sentido anti-horário, o que pode limitar
suas opções.
16 Offset : Fará uma cópia paralela de uma linha a uma distância exata daquela linha. Primeiro você
será solicitado a selecionar o elemento. Clique com o botão esquerdo na linha que você deseja
copiar. Você será solicitado a selecionar a direção do Offset. Clique com o botão esquerdo para

33
EasyBender Series
indicar em qual lado da linha existente você gostaria de colocar a duplicata. Você será solicitado a
inserir a distância do Offset. Digite a distância do original que você gostaria de colocar a duplicata.
17 Chanfro (Chamfer) : Apare duas linhas com um chanfro. Selecione a primeira linha clicando com o
mouse. Selecione a segunda linha também clicando com o botão esquerdo do mouse. Você será
solicitado a inserir o comprimento do Primeiro / Segundo chanfro. O primeiro comprimento do
chanfro refere-se a uma distância da primeira linha que você escolheu e o canto de com ele será
chanfrado. O segundo comprimento do chanfro refere-se à distância da linha escolhida e do canto.
Separe os números com vírgulas.
18 Mudar Cor : A função Trajeto do Simple CAD Editor é sensível à cor. Ele não registrará um trajeto, a
menos que todos os elementos nesse trajeto sejam da mesma cor. Para alterar a cor de desenho dos
elementos, selecione essa opção. Você será solicitado a Selecionar Elemento ou pressionar o Botão R
para selecionar a cor. Como em outras funções, clique com o botão esquerdo do mouse em um
elemento para selecionar esse elemento ou clique com o botão esquerdo em uma área em branco
para criar uma janela de seleção. Clique com o botão esquerdo do mouse em um elemento
selecionado para desmarcar esse elemento. Quando todos os elementos que você deseja alterar
estiverem destacados, clique com o botão direito do mouse para alterar a cor. Um menu pop-up
aparecerá. Escolha uma cor e clique em OK.
19 Exibir Pontos Finais (Display Endpoints) : Isso fará com que todos os pontos finais de todos os
elementos sejam marcados com pontos vermelhos. A visualização de pontos finais fornece ao
operador informações valiosas que o ajudarão a definir o trajeto. Ele saberá de antemão onde ele
precisa quebrar ou juntar e linhas. As áreas problemáticas onde existem intervalos indesejados entre
as linhas são mais fáceis de detectar. Neste exemplo, um operador experiente determinaria pelo
grande número de linhas muito curtas, como a forma de um arco, mas é difícil distinguir o ponto
final de um elemento para outro na tela quando você tenta da o trajeto. Em seguida, clique neste
ícone para ampliar a área para traçar o trajeto. Isso lhe dará a maneira mais fácil de encontrar o
ponto final.
(Um bug em versões anteriores: Às vezes, uma mensagem de erro "cor diferente encontrada" aparece
ao criar um trajeto, mesmo quando a escala está correta e não há cores diferentes. Ativa Exibir
Pontos Finais e o programa criará o trajeto corretamente.)

vi. Menu Trabalho

Essas funções lidam diretamente com a operação da dobradeira e com a configuração e execução
dos Trajetos. A utilização do Menu Trabalho da série EasyBender é a mesma com a anterior. As funções
de trabalho são as mais usadas, os atalhos de ícone são colocados verticalmente ao longo do lado
esquerdo da área de desenho. A ordem e o layout dessas funções são projetados especificamente para
facilitar a primeira utilização dos usuários.

34
EasyBender Series
① Operação Manual : Permite ao operador controlar diretamente as funções do motor de alimentação,
perfurador e dobra do EasyBender. Clicar neste ícone abrirá a janela de Operação Manual.

② Trajeto : Define o trajeto para segmentos individuais de lâmina. Seleciona o elemento inicial e clica
com o botão direito para alterar as direções. Também clique no elemento final. Em seguida, você
deve clicar com o botão ESQUERDO no mesmo elemento para confirmar, clicar com o botão
esquerdo em um elemento diferente para escolher um elemento final diferente e clicar com o botão
direito para começar novamente. Não há mais a necessidade de medir e alterar as larguras das
pontes. No entanto, como há um intervalo de comprimentos que o programa reconhecerá como
pontes, você será solicitado com bastante frequência nas pontes para indicar a próxima linha do
trajeto. Lembre-se de clicar na borda da próxima linha mais próxima da ponte, para garantir que uma
linha curta logo após a ponte não seja esquecida. O novo software também inclui uma margem de
erro na busca de um trajeto. Se o arquivo CAD for menos que perfeito, e houver desalinhamentos e
espaços minúsculas entre as linhas, o programa buscará linhas dentro de uma certa tolerância do
último ponto final e continuará o trajeto ou solicitará que você selecione a próxima linha se houver
mais do que uma possibilidade. Isso reduzirá bastante o tempo envolvido na limpeza de arquivos
CAD "desleixados". Mas os resultados ainda não podem ser tão bons quanto os produzidos por
arquivos CAD "limpos".

Quando você for solicitado a selecionar a próxima linha, um quadrado, em vez de uma cruz,
aparecerá na tela. Você clicará com o botão esquerdo do mouse na próxima linha apenas uma vez.
Ele continuará ao longo do trajeto, sem solicitar confirmação, portanto, clique com cuidado. O
software atribui automaticamente um nome de segmento que aparece no menu pop-up Parâmetro.
O padrão é SDS-JOB #. Se você digitar um nome diferente, como um nome de trabalho, cada parte
subsequente terá o nome do trabalho e seu próprio número sequencial.

③ Ajustar : Quando você seleciona Ajustar, a tabela Ajustar aparecerá na tela. Clique com o botão
esquerdo para selecionar o segmento de lâmina que você deseja ajustar. Uma tabela de ajuste

35
EasyBender Series
para o segmento em que você clicou // aparecará, e o elemento no segmento será destacado tanto
dentro da tabela como na área de desenho. Você pode percorrer os elementos usando as teclas de
seta para Cima e para Baixo até que o elemento que você deseja ajustar seja destacado. Digite uma
porcentagem para o arco ou ângulo que você deseja ajustar. Na caixa de texto Comprimento,
modifique o comprimento do segmento digitando o ajuste em milímetros. (Para encurtar a peça, use
um número negativo, isto é, -0.2). Você pode alterar os valores usando as setas Esquerda e Direita
para percorrer a caixa de texto de comprimento ou clicando na caixa de texto de comprimento.

Usando o recurso de Substituição, você pode ajustar a porcentagem de um grupo de arcos com
exatamente (ou aproximadamente) o mesmo raio. Digite um raio e todos os arcos com raio dentro
de +/- .099 mm desse raio serão dobrados nessa porcentagem. Para aplicar as alterações, escolha
Aplicar e, em seguida, Sair. Para abandonar as alterações, selecione Sair.
④ Apagar Segmento : Clique no segmento que você gostaria de apagar. Um menu pop-up irá
pedir-lhe para confirmar. Clique em OK para excluir o segmento.
⑤ Apagar Todos Segmentos : Isso apagará todos os segmentos em seu arquivo de trabalho atual.
Um menu pop-up irá pedir-lhe para confirmar. Clique em OK para excluir todos os segmentos.
⑥ Processar um exemplo : Selecione Executar Único para executar uma seção da lâmina. (Se a
quantidade nos Parâmetros for maior que um, o número de peças idênticas indicadas será

executado.) Você será solicitado a: Selecionar o Segmento. Clique com o botão esquerdo em

qualquer elemento no segmento que você deseja dobrar. O segmento mudará de cor e você será

solicitado: Executar [nome do segmento]? Se isso estiver correto, clique em OK, se não, clique em
Cancelar.

⑦ Processar Varios: Permite selecionar várias seções da lâmina ao mesmo tempo. Isso permite que
você aproveite melhor os recursos de multitarefa do programa. Enquanto um lote de peças está em
execução, você está livre para continuar trabalhando no mesmo arquivo ou até mesmo fechar o
arquivo e abrir outro para começar a trabalhar. A tela Lote mostra uma representação gráfica de cada
parte da lâmina no seu arquivo atual. Ele também exibe dados importantes sobre cada peça,
incluindo nome, tipo inicial e final, quantidade e comprimento total. Se você clicar na imagem de
uma peça, o menu de parâmetros aparece, onde você pode alterar qualquer parâmetro, como
quantidade, opção de espelhar, porcentagem de dobra, etc. Clique na caixa de seleção abaixo de
cada peça que você deseja executar no lote. Se houver mais de oito peças registradas no seu
trabalho, você poderá folhear toda a lista para encontrar todas as peças desejadas. Se você começar
a executar o lote e precisar anular o trabalho, pressione a tecla Pausar Break do teclado e, em
seguida, vá para Status do Trabalho e clique com o botão direito do mouse para Excluir o trabalho.
⑧ Configurações de Parâmetero : Ao clicar, você será solicitado a selecionar o segmento para alterar

o parâmetro do trajeto. Clique no segmento que gostaria de alterar, o menu Parâmetro aparecerá.

36
EasyBender Series
Faça as alterações necessárias, como quantidade, tipo final, espelhamento etc., e clique em OK..

Nota: você não pode alterar o Módulo de Ferramenta neste menu. Para conseguir isso, você deve
alterar o módulo de ferramenta atual nas definições de Configuração, Apagar o Segmento e registrar
novamente o Trajeto. O menu pop-up de parâmetro também pode ser alcançado no modo de lote
de execução.

C. Menu de Configuração

i. PARÂMETERO 1

 Configurações diferentes para tipos de lâminas diferentes. As definições na Configuração


estão vinculadas ao Nome da Ferramenta. Numa 320, as Ferramentas A e B podem ser blocos de
2PT. Pode haver alguma variação entre os blocos, como larguras de ponte. As Ferramentas C e D
podem ser blocos de três pontos, com diferentes larguras de ponte.

 Arquivo de Dados da Lâmina: Se a lâmina for substituída pela nova especificação, selecione o
arquivo de dados da lâmina correspondente na caixa de combinação.

 Aplicar e OK. Você precisará pressionar Aplicar quando você alterar quaisquer figuras antes de ir
para uma ferramenta diferente ou página de parâmetro diferente, ou o programa irá abandonar
as alterações. Se você pressionar OK, deixará o menu de configuração inteiramente.

 Senha. Quando você entra pela primeira vez no menu de configuração, você notará que algumas
das áreas estão esmaecidas (cinzas). Você precisará adquirir a senha de um técnico autorizado
para alterar muitas das configurações. Você deve digitar a senha na parte inferior da segunda
página de parâmetros e pressione Enter.
37
EasyBender Series
 Configuração do Motor. Essas configurações devem estar entre 3-25 para aceleração e 3-20
para velocidade (consulte o fabricante para obter a configuração ideal). Quanto maior o número,
mais rápida será a operação.
Cuidado: NÃO defina a velocidade acima da recomendação da fábrica. Isso causará desgaste
excessivo, rasgo e possivelmente danos ao motor de alimentação e à montagem. Para aplicar
essas configurações Selecione Aplicar e, em seguida, Configuração do Motor. Certifique-se de
que o SDSCAM esteja operando em segundo plano quando você aplicar essa configuração.

 Constante do Rolo e Pulso de Calibração. O constante de rolo é a circunferência do rolo


codificador e é uma configuração de fábrica. Você não precisará mudar isso. Constante de Rolo
está normalmente por volta de 69.11. O Pulso de Calibração é o comprimento em pulsos para o
pedaço de teste de lâmina usado para calibrar o comprimento. O número do pulso de calibração
é normalmente 16000.

 Pulso do Encoder e Modo Encoder. O Pulso do Encoder é uma configuração de fábrica (8000).
O Modo Codificar ativa e desativa o Encoder. Isso é usado principalmente para solução de
problemas. Durante a operação normal, o encoder deve estar ligado.

 Calibração de Comprimento. Este teste confirmará a distância entre o primeiro corte e o bocal.
Executar irá produzir dois pedaços de lâmina de acordo com o número de pulsos especificado
acima e irá cortá-lo. Medi a lâmina com cuidado e digite o comprimento exato em mm em cada
caixa de texto. (Ou copie o Pulso de Calibração e o Comprimento da Calibração no menu azul
TMM).

 Velocidade de Dobra e Retorno. Estes definem a velocidade para os dedos enquanto eles estão
dobrando a lâmina e retornando à posição original. A velocidade de dobra e retorno deve ser de
20 a 80 (os valores variam dependendo da configuração da máquina). Se você estiver executando
peças longas, a velocidade deve ser reduzida, por razões de segurança, e para proteger o nariz.
Se você estiver executando peças menores com muitas dobras leves, como círculos ou ovais,
talvez você queira acelerar um pouco a dobra. A configuração da velocidade de retorno pode ser
ajustada um pouco mais rápido que a velocidade de dobra.

 Pulso de Espera Se o dedo voltar para a origem da dobra, levará um pouco de tempo enquanto
se repete a mesma operação de dobra na mesma direção. O pulso de espera faz com que o
dedo volte para a curta distância, tanto quanto o pulso inserido. Resulta em mais rapidez ao
trabalho de dobra.

 Pulso Original: Para pulso original, comece com as configurações em seu arquivo dobra.cfg para
cada nariz de dobra. Entre no modo manual. Verifique se o pulso de teste é adequado para o
tipo de lâmina que você está usando. Para tomar uma decisão para o Teste de Pulso que você
está usando, traga os dados de pulso para 45 graus da tabela ensinar laminas.

38
EasyBender Series
 Quando a lâmina sai do nariz, se for dobrada para longe do operador, na direção do lado
esquerdo da lâmina, ela é considerada uma dobra à esquerda. Quando está inclinado em
direção ao operador, é uma dobra à direita.
 Ao fazer o teste de dobra, primeiro selecione Origim de Dobra, digite o pulso de teste correto.
Alimente a lâmina com 50 mm e selecione Ambos . Compare as amostras de dobra esquerda e
direita. Se o lado esquerdo estiver dobrado a menos, você precisará abaixar o pulso original. Se
o lado direito precisar ser dobrado a mais, aumente o número. (É difícil inserir o sinal - Seja
persistente.) Antes de executar outro conjunto de peças de teste, você deve clicar em Origem de

Dobra para redefinir a Origem para o novo valor. Repita o processo de teste até as peças
coincidirem. O novo valor será salvo na janela Origem de Dobra na janela de Configuração ao
clicar em Sim na janela pop-up.

 Pulso de Ajuste: Este é o pulso de folga para a otimização de posição de dobra quando a
operação de dobra começa depois que o dedo se move de baixo do nariz. A posição de otimização
é a posição mais longa para a direção da oposição em relação da base na posição inicial da
primeira dobra. O pulso de ajuste é para modelos S1, como 320 ou 430, que possuem dedos de
dobra separados instalados para diferentes espessuras de lâmina. Esse é o número de pulsos que
os dedos precisarão girar para liberar o nariz na subida. Em um 320, o valor é 0 para dois pontos e
25.000 para três pontos. Em um 430, o valor é 0 para 3 pontos e 25.000 para 4 pontos.

 Pulso Máximo: O Pulso Máximo é o pulso máximo para um dedo girar enquanto se dobra. Isso irá
variar com a espessura da lâmina. O ajuste deve ser o mesmo que o pulso necessário para dobrar
uma dobra de 120 graus numa lâmina de dois pontos, uma dobra de 120 graus numa lâmina de
três pontos e uma dobra de 115 graus numa lâmina de quatro pontos. Não mude esse valor. Deixe
como as configurações de fábrica.

 Modo da Máquina : Isso se refere ao tipo de máquina que você está usando. Selecione S1 ou Super para
a dobradeira plana EasyBender SCB.

 Arquivo de Dados de Lâmina: O arquivo de dados da lâmina inclui uma barra de rolagem, que
listará todos os arquivos de dados da lâmina. Estes são os arquivos .el localizados no subdiretório
Easyb\el. O programa será automaticamente selecionado novamente quando você alterar o Nome
da Ferramenta. Para associar um arquivo de dados de lâmina diferente a uma determinada
ferramenta, role para baixo e destaque o arquivo que você gostaria de usar e clique nele. Em
seguida, clique em Aplicar para que a alteração entre em vigor.

 Guia do Nariz Esquerda e Direita

39
EasyBender Series
O comprimento da guia do nariz é a distância entre os centros da ferramenta do esquadro final
até a borda do nariz. Quando você substitui o módulo de ferramentas ou o nariz, a distância
entre esses dois pontos pode ser ligeiramente diferente. Portanto, você pode precisar ajustar o
comprimento do guia do nariz sempre que substituir o módulo de ferramentas ou o nariz para
garantir que eles estejam configurados corretamente.
Para medir essa distância, você precisará executar um Teste-U. Para isso, crie um retângulo de
30 mm em cada lado. Crie um trajeto que inclua três dos quatro lados do retângulo.
Execute o trajeto, mede cuidadosamente a distância da primeira seção de dobra e insira seu
comprimento na caixa de guia do nariz esquerdo. Em seguida, mede a distância da última dobra
e insira-a na caixa de guia do nariz direito. Clique em Aplicar . Os valores de Esquerda e Direita
do Guia do Nariz serão reajustados para números apropriados.
Isso também se refere à distância entre suas ferramentas de corte e de dobra. (Com o uso a
longo prazo, é possível que os lados do nariz se desgastem de maneira desigual; assim, no
software mais novo, existem configurações separadas para a esquerda e para a direita.)

 Nome da Ferramenta e Inicializar: Esta é uma designação alfabética para cada um dos blocos de
ferramentas para o seu EasyBender. A caixa de texto adjacente é para notas referentes a esse bloco
de ferramentas. Você deve digitar uma descrição, como 2 pontos CF.

 Compensação de Esquadro: Isso deve ser igual à metade da espessura do seu tipo de lâmina atual. É
possível que haja pequenas variações entre as esquadrias esquerda e direita. Ajuste de acordo.

 Compensação de Rebarba: Os parâmetros de rebarba compensam a tolerância de comprimento


entre as lâminas na operação de alimentação quando você produz várias peças em um único
trabalho. Deixe as com configurações padrão. Caixa de Compensação deve ser 0.

 Tabela de Especificações da Matriz de Perfuração: Esta tabela é um diagrama da sua ferramenta de


perfuração atual. Um “mapa” correspondente da ferramenta é fornecido com todos os blocos de
ferramentas fornecidos pela SDS. As categorias são Ferramenta, Largura, Distância, Sinalizador, Nº
da ferramenta e Repetição. A tabela do perfurador lista as ferramentas em uma linha à medida que
são montadas na máquina, da direita para a esquerda, conforme aparecem. As ferramentas
restantes são locais de software reservados para possíveis adaptações futuras.
.

ii. PARÂMETERO 2

40
EasyBender Series

 Comprimento de Oscilação, Pulso de Oscilação, Contagem de Oscilação


Deixe comforme configurações padrão 0.

 Raio de Dobra Máximo.


É o raio máximo de um arco que a dobradeira tentará dobrar. Para raios extragrandes, você pode
aumentar o valor. O intervalo de valores é de 200 (normal) a 400.

 Tipo de Cabeçote, Raio de Dedo, Comprimento de Nariz, Espessura de Lâmina


Para modificar esses valores, consulte seu técnico autorizado.
(Pode variar um pouco, verifique os valores ou consultar seu técnico. Isso pode afetar a maneira
como a dobradeira dobra, por isso é importante que eles sejam definidos corretamente.)

 Compensação de Centro de Arco


Deixe nas configurações padrão.

 Ângulo Mínimo de Dobra


É o ângulo mínimo para a máquina dobrar. Deixe com as configurações padrão.

 Comprimento de Desaceleração / Pulso de Desaceleração


Use 200 mm para o Comprimento de Desaceleração e 20 pulsos para o Pulso de Desaceleração.

41
EasyBender Series
 Limite Final da Lâmina/ Compensação Final da Lâmina
Este é o comprimento no final de um pedaço de lâmina que ainda deve estar no nariz para a
dobradeira tentar dobrar a peça. A compensação final da lâmina é o número em mm que você
gostaria de adicionar a um comprimento de lâmina, de modo que, caso contrário, haveria uma
seção muito pequena no final para a máquina dobrá-la. Esses recursos funcionam juntos e cada
um deve ter um valor para funcionar. São projetados para proteger o nariz.

 Prevenir impacto dos Dedos


Algumas formas de lâminas podem fazer com que o dedo fique preso quando o dedo se move
para cima. Para tentar pular a posição de interferência, marque a caixa de seleção. O programa
impedirá o emperramento dos dedos. Se desmarcado, o programa irá ignorar o Prevenir
impacto dos Dedos e o dedo continuará a dobrar.

 Ponto de Marcação de Dobra


Deixe desmarcado na caixa de seleção. Se você precisar de um ponto de marcação na posição de
dobra de uma linha ou arco, marque na caixa de seleção do Ponto de Marcação de Dobra.

 Modo Largura Perf C


Isso é usado quando o tamanho real da ponte que você está tentando trabalhar é maior do que
o tamanho da ponte da configuração na tabela do perfurador.

 Raio Pequeno & % de Raio Pequeno


Isso evitará a distorção em um raio pequeno. Se o raio for menor que o valor dado (Raio
Pequeno), a peça será dobrada com a porcentagem de dobra adequada na % de Raio Pequeno.

 E para CR, etc.


Deixe as configurações padrão, a menos que você descubra que a sobra da lâmina entre as
peças é excessivamente longa ou curta. Sobra de lâmina muito curto pode trava a máquina.
Para ajustar o tamanho das sobras, você precisa considerar apenas o seguinte:
Bico Inicial para Bico Final (SM-EM),
Bico Inicial para Corte Reto Final (SM-ST),
Corte Reto Inicial para Bico Final (ST-EM),
Comprimento de Sobra (Sobra Inicial).
Se você executar 2 peças de teste de cada tipo, poderá medir a sobra real produzida, subtrair o
comprimento mínimo de um pedaço de sobra (15 mm) ou adicionar (se a sobra for muito
pequena) para obter 15 mm e depois ajustar figura de parâmetro em conformidade. Por exemplo:
se a peça de sobra mede 20 mm, subtraia 5 mm do seu valor de parâmetro e aplique. Cuidado:
A redução de determinadas configurações de sobra pode causar irregularidades de tamanho
durante a execução de várias peças.

 Comprimento de Sobra

42
EasyBender Series
Determina o comprimento do pedaço inicial de sobra, que é o comprimento da ponta cortada
da lâmina. A finalidade do Comprimento de Sobra é aumentar ou diminuir o material de sobra,
ou não fazer nenhuma peça de sobra conforme a ocasião exigir.

 Separador de Segmento
Deixe com as configurações padrão.

 Comprimento de Alimentação de Baixo Limite


Isso pode afetar a forma dos raios abaixo de 5R. Um incremento de alimentação menor, como 0.1,

pode melhorar a forma do raio, mas diminuirá a velocidade da dobra, porque ele levará mais
batidas para criar o mesmo raio e também poderá tornar o raio menor. Você pode precisar
ajustar radicalmente o constante de alongamento para esses raios, e pode ser necessário fazer
pequenos ajustes de comprimento na peça geral. Se você fizer um trabalho de alta tolerância,

seria bom trabalhar com essas configurações para otimizar os resultados.

 Comprimento de Retorno da Lâmina

Comprimento da lâmina que o programa irá voltar para trás do sensor óptico. Isso controlará
o tamanho da sobra inicial. Para evitar possíveis travas, deve ser mais longo do que o canal
do dedo, que está bem na frente do nariz. O valor apropriado para o Windows EB é 82 mm.

 % Dobra de Ponte

Isso alterará a pressão de dobra somente sobre as pontes (Isso difere de % de Dobra na
Configuração de Trajeto.). Ao diminuir o número, você terá menos pressão de dobra sobre as
pontes e vice-versa.

 Exibir Texto
A seleção do nome do arquivo na caixa de combinação exibirá os menus no idioma selecionado.

 Senha
Ligue para o técnico. A maioria das configurações não pode ser alterada sem a senha.

 Picote Laser
Isso definirá uma tolerância para os picotes laser. O programa reconhecerá espaços deste
tamanho ou menores ao longo de uma linha contígua como um corte a laser, e continuará o
trajeto atravessando os espaços. Normalmente, essa configuração deve ser a mesma que o picote
a laser criado pelo departamento de CAD.
43
EasyBender Series

 Pulso de Sensor de Serragem


Em breve a ser adicionado.

 Troca de Prensa de Alimentação


Deixe com as configurações padrão.

 Copiar Parâmetros de Ferramenta:


Se você tiver dois blocos de ferramentas diferentes com algumas das mesmas propriedades,
como um bloco de ferramentas .937 e .918, poderá copiar os parâmetros de um para o outro
e presumivelmente precisará fazer menos alterações.

 Polegada para Métrica, Métrica para Polegada

Isso exibirá parâmetros em polegadas. Mas se você mudar para polegadas, clique aplicar e volta
para mm mais tarde, você encontrará um monte de .99999 decimais, etc. Mesmo se você preferir

ver a configuração em polegadas de vez em quando, é recomendável que você use mm como a

unidade padrão para inserir dados no menu de configuração. Esta é, na verdade, uma
calculadora de conversão, portanto, se você converter na mesma direção duas vezes, todas as
suas calibrações de comprimento serão alteradas em 254%.

 Baixo Deslocamento Arco

Deixe-o como as configurações padrão. O desgaste do nariz ou dos dedos produzirá as formas
não-lisas dos arcos. Para corrigir isso, você precisa mudar a distância da unidade quando dobra
arcos abaixo de 3R.

Os números de 0.5~3.0 representam o raio dos arcos em mm e os parênteses ( ) representam-


nos em polegada. Os colchetes [ ] à direita são a distância máxima de alimentação a dobrar.
Você pode personalizar as configurações de cada unidade de distância nas caixas de texto Mover.

 OK/Cancelar/Aplicar

OK irá salvar as alterações e sair do menu de calibração. Se você selecionar Cancelar , todas as
alterações feitas serão canceladas. Aplicar salva as alterações feitas, mas você permanece em

Configuração no caso de precisar fazer mais alterações.

44
EasyBender Series
D. Calibração de Comprimento

O comprimento real da lâmina de aço processado depende do ambiente, como temperatura e umidade.
O desgaste natural das peças e componentes da máquina também pode causar uma ligeira variação no
comprimento da lâmina de aço processado. O EasyBender Turbo e EasyCutter devem ser calibrados
periodicamente para compensar essas alterações para garantir a precisão. A calibração do comprimento
é a mais importante e deve ser feita antes de qualquer outra calibração.

Nota: A tolerância do comprimento nesta máquina é de ± 0,05 mm.

Como calibrar pode ser dividido em três maneiras. Primeiro, o Modo Rotativo corrigido com a
circunferência do codificador; depois, o Modo Comprimento corrigido com o comprimento específico
pelo programa; por fim, o Modo Usuário corrigido com o comprimento definido pelo usuário, que é uma
função avançada. A série EasyBender em geral pode usar três modos de calibração como acima, mas
gostaríamos de recomendar que você use o Modo Comprimento para a Dobradeira Rotativa, Modo
Usuário para Dobradeira de Letras. Além disso, você pode usar o Modo Rotativo ou o Modo Usuário em
qualquer outra exceção do sistema para a recomendação acima. O Modo Usuário está disponível. O
Modo do Usuário está disponível apenas para a largura exata de perfurador, exceto no caso de usar o
Dobradeira de Letras. Para calibrar, defina os parâmetros de rebarba para 0 primeiro e siga as instruções
abaixo:

1. Selecione Definir > Configuração no menu suspenso para clicar na guia Parâmetro2.

2. Digite a senha nas janelas Parameter2 e pressione Enter.

3. Clicando na guia Parameter1, você verá o menu de Compensação de Rebarba.

4. Depois de definir todos os parâmetros de compensação de rebarba para 0, clique no botão Aplicar.

5. O exemplo a seguir mostra os parâmetros de calibração quando a correção não é realizada ainda no
Modo Rotativo. A calibração bem-sucedida altera os parâmetros para as figuras no formato circular
no menu Encoder. As partes atualizadas são Constante de Rolo, Calibração de Comprimento (a caixa
de edição é fechada pelo botão Executar) e Perf. Largura CF.

Os próximos capítulos levarão você a aprender a calibrar com três modos de calibração; Modo
Comprimento, Modo Rotativo e Modo Automático.

i. Modo Rotativo

45
EasyBender Series
R1. Clicar no botão Executar no menu Calibração de Comprimento da janela Parâmetro1 abrirá a janela
Calibração. Aqui, você deve desmarcar a caixa de seleção “Modo Comprimento”.

R2. Você deve produzir as peças de lâmina duas vezes para medir cada comprimento. Marque a caixa de
seleção “Alterar Constante de Calibração” (que deve estar sempre marcado). Em seguida, pressione
o botão Executar para produzir as lâminas duas vezes.

① ②

R3. Mede o comprimento da lâmina comprida e curta. Digite o comprimento curto na caixa de edição① e
o comprimento longo na caixa de edição② e pressione Enter. Dados de Constante de Calibração,
Largura do Perfurador e Constante do Rolo serão mostrados na caixa de texto③.

R4. E se você quiser alterar a Largura do Perfurador e o Constante do Rolo para atualizar, marque a
opção “Alterar com Largura do Perfurador” e “Alterar com Constante do Rolo”.
Dica: Se quiser apenas se referir ao invés de atualizar os dados alterados, desmarque a caixa de seleção.

46
EasyBender Series
R5. Para solicitar os novos dados de Calibração e Largura do Perfurador para as janelas Parâmetro1,
pressione o botão Atualizar Dados e clique no botão Cancelar para sair da janela. Clicar no botão
Cancelar sem pressionar o botão Atualizar Dados sairá da janela sem salvar os dados modificados.

R6. Agora, clicar no botão Atualizar Dados mostrará os parâmetros alterados no menu Encoder. Você
pode ver a Constante do Rolo alterado de 69,04 para 69,0, Comprimento de Calibração 138,08 a 138,0
e Largura do Perfurador de 4,73 a 4,70.

R7. Finalmente, clicando no botão Aplicar, todas as alterações serão salvas nas janelas Parâmetro1. Para
testar se a calibragem é bem-sucedida ou não, produz uma lâmina 50mm para medir o comprimento
resultante.

R8. Se os comprimentos medidos das lâminas processadas estiverem próximos (dentro da faixa de
tolerância ± 0,02 mm) o suficiente para o valor, clique em Aplicar para sair.

R9. Se os valores dos comprimentos das lâminas processadas estiverem distantes (fora da faixa de
tolerância ± 0,05 mm), repita o passo R1.

47
EasyBender Series
ii. Modo Comprimento

C1. Clicando no botão Executar no menu Calibração de Comprimento da janela Parâmetero1 irá aparecer
a janela de Calibração. Aqui, você deve marcar a caixa de seleção "Modo Comprimento".

C2. No Modo de Comprimento, você precisa produzir as peças de lâminas duas vezes para medir cada
comprimento. Marque a caixa de seleção “Alterar Constante de Calibração” (que deve estar sempre
marcada). Em seguida, pressione o botão Executar para produzir as lâminas duas vezes.

C3. Insira o comprimento medido da primeira lâmina na primeira linha da caixa de edição e o segundo na
segunda linha da caixa de edição e pressione Enter. Os dados de Constante de Calibração, Largura do
Perfurador e Constante do Rolo serão exibidos na caixa de texto.

C4. Se você quiser mudar para atualizar a Largura do Perfurador e o Constante do Rolo, marque a opção
"Alterar com Largura do Perfurador" e "Alterar com a Constante do Rolo". Tentando indicar apenas os
dados alterados sem atualizar, desmarque a caixa de seleção.

48
EasyBender Series
C5. Para solicitar os novos dados Calibração e Largura de Perfurador para as janelas Parâmetro1,
pressione o botão Atualizar Dados e clique no botão Cancelar para sair da janela. Clicar no botão
Cancelar sem pressionar o botão Atulaizar Dados sairá da janela sem salvar os dados modificados.

C6. Agora, clicar no botão Atualizar Dados mostrará os parâmetros alterados no menu Encoder. Você
pode ver a Constante do Rolo alterada de 69,04 para 69,52, Comprimento de Calibração 138,08 a
139,04 e Largura do Perfurador de 4,73 a 4,68.

C7. Finalmente, clicando no botão Aplicar, todas as alterações serão salvas nas janelas Parâmetero1. Para
testar se a calibragem foi bem-sucedida ou não, produza uma lâmina de 50mm para medir o
comprimento resultante.

C8. Se os comprimentos medidos das lâminas processadas estiverem próximos (dentro da faixa de
tolerância ± 0,02 mm) o suficiente do valor, clique em Aplicar para sair.

C9. Se os valores dos comprimentos da lâmina processada estiverem distantes entre si (fora da faixa da
tolerância ± 0,05 mm), repita a etapa C1.

49
EasyBender Series
E. Calibração de Origem da Dobra

Bend Tool Length

Comprimento da Guia do Nariz (Bend Tool Length) é a distância dos centros da ferramenta Esquadro

Final até a borda do Bocal. Quando você substitui o módulo de ferramentas ou o Bocal, a distância
entre esses dois pontos pode ser ligeiramente diferente. Portanto, você pode precisar ajustar o

comprimento da guia do nariz sempre que substituir o módulo de ferramentas ou o Bocal para garantir

que eles estejam configurados corretamente.

Para medir essa distância, você precisará executar um teste em forma de┗┛, para isso, crie um retângulo
50S15 mm. Crie um Trajeto que inclua três dos quatro lados do retângulo. Execute o trajeto, mede
cuidadosamente a distância da primeira seção de dobra e insira seu comprimento na caixa esquerda do
guia do Bocal. Em seguida, mede a distância da última dobra e insira-a na caixa direita do guia do Bocal.
Clique em Aplicar. Os valores de Esquerda e Direita do Guia do Bocal serão reajustados para números
apropriados.

Observação: quando a lâmina sai do Bocal, se estiver longe do operador em direção ao lado esquerdo da

lâmina, ela é considerada uma dobra à esquerda. Quando é dobrado em direção ao operador, é chamado
de dobra à direita.

As seções a seguir descrevem como calibrar o comprimento da guia do nariz na Calibração Manual ou

na Calibração Automática. A Calibração Manual permite alterar diretamente o comprimento da guia do

nariz e a Calibração Automática para inserir o comprimento medido.

Aviso: O tamanho deste exemplo é o comprimento sem respeitar a espessura da lâmina.

50
EasyBender Series
i. Calibração Manual

1. Desenhe um retângulo de 50 x 25 mm e trace o trajeto como abaixo. Em seguida, clique no botão


Executar Único para produzir.

50.0
B
25. C A 25.0
0
Fim Inicio

2. Abra a janela Configuração e insira a senha na página Parâmetero2 e pressione Enter. Clique na
página do Parâmetro1 novamente.
3. Mede a distância da primeira seção de dobra A e calcule a diferença entre o comprimento alvo e
o comprimento medido.

Se o comprimento medido for maior que o comprimento alvo, adicione a diferença ao

Comprimento do Guia do bocal. Se mais curto, subtraia a diferença do Comprimento do Guia do

Bocal.

Digite os valores acima na caixa à esquerda se você estiver corrigindo na dobra à esquerda,

caixa à direita na dobra à direita.

Exemplo: Suponha que um determinado comprimento do guia do bocal seja de 256,38 mm, e que

um comprimento medido da primeira seção de dobra A seja 25,24 mm um pouco maior que
25,0 mm (ou C seja 24,76 mm um pouco menor). A é 0,24 mm mais longo do que o

comprimento alvo de 25,0 mm. Agora, adicione a diferença entre os dois ao comprimento do

guia do nariz esquerdo. Digite o cálculo 256 na caixa Esquerda no menu Guia do Bocal. Use a
seguinte fórmula para obter o novo Guia de Comprimento do Nariz (GCN):

CGN = Compr. Guia (Direito /Esquerdo) + (Compr. Medido – Alvo)

GCN = 256.38 + {(25.24-25.0) / 2} = 256.0mm

4. Se você processar a lâmina na direção oposta do trajeto, mede similarmente a distância da


primeira seção de dobra C e calcule. Então, você pode obter o resultado como mencionado acima
Etapa 3.

51
EasyBender Series
5. Repita os passos acima até que os comprimentos da seção A e C fiquem próximos o suficiente
(dentro da faixa de tolerância de ± 0,02mm).
6. Pressionar o botão Aplicar salvará os parâmetros alterados da caixa Esquerda e Direita do Guia do
Bocal.

Observação: se os comprimentos das seções A e C estiverem próximos o suficiente (e até o

comprimento do guia do bocal tem a configuração correta), mas você tiver um tamanho diferente do
comprimento alvo, isso pode ser causado por alongamento errado ou outros problemas.

ii. Calibração Automática

1. Crie um retângulo de 50 x 25 mm e, em seguida, processe uma lâmina como mostrado abaixo.

50.0
B
25. C A 25.0
0
Fim Início

2. Abra as janelas de Configuração e digite a senha na página Parâmetero2 e pressione


Enter. Clique na página do Parâmetro1 novamente.
3. Mede a distância da primeira seção de dobra A e insira seu comprimento na caixa esquerda do guia do
nariz.

4. Da mesma forma, mede a distância da última dobra C e insira-a na caixa direita do guia do bocal.
5. Clique em Aplicar. Os valores de Esquerda e Direita do Guia do Bocal serão reajustados para números
apropriados.
6. Repita os passos acima até que os comprimentos das seções A e C estejam próximos o suficiente ±
0,05mm
Nota: A diferença entre os comprimentos medidos das seções A e B inseridos devem ser menor que 60.

F. Centralizando Origin de Dobra

O conjunto de dobra consiste no conjunto de dedos, nariz e um conjunto de engrenagens. À medida que
as peças da máquina se desgastam (especialmente o conjunto de dedos), o centro da posição de dobra
pode variar. Portanto, você precisa redefinir o centro de posição de montagem periodicamente e deve

52
EasyBender Series
fazer isso antes de atualizar os dados da lâmina.

1. Clique no ícone Operação Manual .


2. Na seção Testar Dobra, Ambos para processar a lâmina. (Pulso de Teste deve ser perto de 20000)
3. A máquina irá dobrar uma peça dobrada a esquerda primeiro, depois uma peça dobrada à
direita. Por favor, marque as peças para mante-las separadas e identificadas.
4. Compare o ângulo de ambas as peças, virando uma de cabeça para baixo e sobrepondo uma
a outra. Se ambos os ângulos forem iguais, pule as etapas a seguir:
5. Se ambas as peças não tiverem o mesmo ângulo, mede o ângulo com um transferidor.
Nota: Esquerda sentido anti-horário, direita sentido horário
6. 6. Use a formula abaixo para alterar os Dados Originais da Dobradeira.

1:Adj. Central Pulsos = (ângulo A- ângulo B) x 100


Nota: 100 pulsos = 1˚ grau à direita aproximadamente.

-100 pulsos = 1˚ grau à esquerda aproximadamente.

Para este exemplo, unidade de pulso é de aproximadamente 100 pulsos um grau para a
engrenagem de dobra se mover, mas a unidade de pulso pode ser diferente conforme o

seu sistema.

2: NovoPulsos Org. Dobra = PulsosDobraOriginal + Centro

7. Na janela Origem de Dobra, altera os dados de origin nova, depois clique no icone

Origin de Dobra
. Salve novos dados clicando Sim na janela pop-up.

8. Repite os passos acima, se necessário.

Exemplo:

Para este exemplo, o pulso original da dobradeira é –1800. O ângulo esquerdo é 35 graus e o ângulo
direito é 40 graus. Os Adj. Centrais de Pulsos são (35-40) x100 = -500 usando a fórmula 1, e os pulsos

de dobra originais são (-1800) + (-500) = -2300 usando a fórmula 2 na etapa 6.

53
EasyBender Series

54
EasyBender Series
G. Calibração de Ângulo e Arco

i. Ensinar Ângulo
Para criar um novo arquivo para um novo tipo de lâmina semelhante ao arquivo existente, vá para

Salvar como e insira o nome do novo arquivo de lâmina (não é necessário incluir a extensão .el).

Saia e entre em Configuração, onde você pode definir o novo nome do arquivo de lâmina como o

padrão para o bloco de ferramentas que você usará. Aplicar e Sair. Retorna para Ensinar e o nome

do novo arquivo de lâminas aparecerá como o arquivo padrão. Agora você pode calibrar sempre

que você clica em arquivo novo será revisado, mas o arquivo original antigo permanecerá inalterado.

DICAS:

1. Carregue sempre o arquivo que você está planejando usar. Não assuma que os dados desejados estão
carregados.
2. Se possível, associe a ferramenta atual na configuração com o arquivo el que você está calibrando.
3. Use Salvar como em vez de Salvar, para garantir que esteja salvando no arquivo que deseja salvar sobre.
4. Digite ".el" quando você está salvando para um novo nome de arquivo.
5. O temp.el contém seu salvamento anterior. Isso pode ser útil.
6. Não esqueça de interpolar e copiar ângulos para arcos.

55
EasyBender Series
7. Clique em Salvar sempre que fizer alterações.
O diretório padrão para os arquivos el é EASYB \ EL. Você pode carregar os arquivos el de qualquer lugar,
mas quando um arquivo el é salvo, o Windows irá salvá-lo automaticamente lá. Você pode salvar back-ups
em outros diretórios.

Quando você selecionar Ensinar, você verá um gráfico de ângulo esquerdo. O gráfico deve ser uma curva
relativamente suave. As barras de status abaixo informam seu arquivo de dados atual e a data da última
atualização. Para calibrar os dados, vá para a exibição de texto.

Para testar um ângulo individual, clique com o botão esquerdo na caixa de seleção branca para selecionar
esse ângulo. Se você deseja executar todos os ângulos, clique com o botão direito do mouse em uma caixa
de seleção e escolha Selecionar tudo. Em seguida, clique em Executar. Digitar o ângulo medido (1/10 dos
arcos medidos para ângulos inferiores a 10 °) e Enter.
Quando terminar de inserir os dados, selecione Interpolação. Se quaisquer ângulos fossem radicalmente
diferentes do que deveriam ser, ou se você voltar para a visualização do gráfico e houver irregularidades,

56
EasyBender Series
de modo que o gráfico não é suave, volte para a Exibir Texto, selecione os ângulos que deseja testar
novamente e selecione Executar. Digite os dados and interpola de novo.

Para obter valores de arco melhores, insira manualmente um número para 0,1 ° que seja inferior ao

1,0 ° em aproximadamente a mesma diferença que o 1,0 ° esteja abaixo de 2. Clique com o botão
direito em uma das caixas brancas e selecione Aplicar Ângulo à Arco quando terminar com CADA
LADO. (Salve seu trabalho conforme vai).

Cuidado: Se você clicar duas vezes em Executar, o programa executará as amostras duas vezes. Se você

deseja Sair no meio de uma execução, lembre-se de "limpar a fila"

57
EasyBender Series
ii. Ensinar Arco

Antes de calibrar os dados do raio, lembre-se de estimar seu fator de alongamento e aplicar.

Antes de fazer os dados do raio pela primeira vez, você deve ter aplicado os ângulos aos arcos,

conforme mostrado na página anterior. Carregue o arquivo el toda vez que você calibrar. O programa
cria automaticamente um arquivo de backup chamado temp.el, mas é uma boa idéia criar seus próprios
arquivos de backup e salvá-los com Salvar como e / ou colocá-los em um diretório de backup.

Clique no raio (s) que você deseja executar e selecione Executar. Digite o ângulo medido. Se um raio não

estiver próximo o suficiente a 90 graus, execute novamente e mede novamente esse raio.

Clique em Interpolação e Salvar, depois faz isso com o outro lado.

58
EasyBender Series
O raio (raios) registrado na tabela ensinar é denominado como Raio Registrado, similarmente ao
radio não registrado (raios) como Raio Não Registrado. O software EASYB usa o Raio Registrado (raios
programados) para estimar a pressão necessária para dobrar o Raio Não Registrado (qualquer raio não
programado). Em geral, quanto mais pontos de dados, mais precisa a dobra, mais tempo você
precisará para programar a máquina. A tabela acima é apenas uma recomendação; qualquer um é
encorajado a experimentar raios diferentes para melhor atender às necessidades individuais.

Recomenda-se usar os raios 5, 10 e 20mm, pois são os limiares. Em outras palavras, o software usa
diferentes fórmulas de interpolação antes e depois desses raios.

Ensinar Raio 70

Quando você quiser ensinar mais do que um arco com R70, você pode definir se a sua máquina produz
sua amostra de ensinar ou não. A lâmina que você ensinou será enviada se a caixa de seleção Ensinar

R70 estiver marcada, mas a operação de ensinar para arco de mais de R70 não funcionará se desmarcada.

Exibir Dados

Usado apenas para Visualização Gráfica. Marque a caixa de seleção Exibir Dados. Mova o cursor do
mouse na linha vertical e, em seguida, a tela representa as informações de ensinar, ou seja, ângulo e
pulso que você ensinou.

Exibir Base de Arco

Usado apenas para Visualização Gráfica. Clicando em Exibir Base de Arco, a Visualização Gráfica

mostra os dados da base do arco, que é a cor amarela.

59
EasyBender Series
H. Constante de Alongamento

Este capítulo descreverá como definir os alongamentos dos arcos. A figura a seguir mostra um exemplo

dos alongamentos listados na tabela de alongamento. Os números de cabeças de 45,0 a 270,0 em


colunas indicam ângulos de arco, e os números nas células abaixo dos números de cabeça indicam o
Alongamento, que é o comprimento para compensar adequadamente por um longo período de dobra.
Colocar o numeral flutuante de alongamento no constante é chamado de Constante de Alongamento (ou
K).

No exemplo acima, quando você dobra 90 graus com raio de 2mm, a máquina cortará a lâmina

0,133mm mais curta que o comprimento no desenho CAD. Da mesma maneira, 0,0194 mm será
compensado por uma dobra de 90 graus com raio de 3 mm. Neste exemplo em particular, o fator de

alongamento não tem efeito sobre raios de 4 mm ou maiores.

O fator K mais alto produzirá mais compensação em comprimento, o que significa encurtar o
comprimento da peça dobrada. A regra é:

Se a peça dobrada estiver ficando curta, diminua o fator K.

Se a peça dobrada estiver ficando comprida, aumente o fator K.

Normalmente, os raios até cerca de 5 mm são afetados com lâmina de 2 pontos, 6-7 mm para 3

pontos e 7-8 mm com 4 pontos.

60
EasyBender Series
I. Alongamento de Ângulo

1. A calibração do comprimento deve ser feita primeiro.


2. A calibração de uma peça reta de lâmina.
3. Carregue um arquivo testedobra.dxf como mostrado na figura abaixo.

22.5 degree

87.5 degree

45.0 degree

90.0 degree

112.5 degree

4. Use modo Executar Único para processar cada lâmina.


5. Compare cada peça de dobra com uma matriz de madeira, e determine se ela é curta ou longa
no final da junção do esquadro. O alongamento do ângulo deve ser calibrado usando a dobra de
90 graus primeiro. Quando o ângulo de 90 graus é calibrado usando o alongamento do ângulo,
calibre outros ângulos individualmente.
6. Se a peça de dobra de amostra não encaixar na matriz de madeira, ajuste o limite de ângulo no
menu de configuração, conforme mostrado no exemplo anterior. Isso afetará apenas a dobra
acentuada como a imagem mostrada acima. Use o exemplo a seguir para calcular o
alongamento de ângulo para cada grau.

61
EasyBender Series
V. Manutenção e Resolução de Problemas

A. Manutenção

Nossa máquina foi feita para usar várias décadas. Mas a máquina precisa de alguns trabalhos de

manutenção do usuário para isso. Por favor, tente as seguintes instruções.

i. Manutenção Semanal

1. Verifique todas as condições importantes de operação, especialmente o bocal de dobra, os


dedos, a peça de alimentação, o rolo do encoder e os blocos de corte / perfuração.
2. Inspecione o aperto dos parafusos e das porcas.
3. Inspecione o aperto de todos os fios e conectores elétricos.
4. Liste a condição operacional no registro de manutenção.

ii. Manutenção Mensal

1. Realize mais manutenção semanal

2. Lubrificação: Antes de manusear o rolamento, remova toda a sujeira e use luvas limpas ou, pelo
menos, mãos limpas e secas. Aplique graxa multiuso em todas as peças da máquina.

3. Bocal: Use panos limpos para limpar o rolamento. Aplique uma pequena quantidade de graxa no
rolamento.

4. Limpe a engrenagem superior antes de substituir o bocal.

5. Rolamento conjunto de corte do servomotor: Usando uma pistola de graxa, reabasteça a


quantidade suficiente de graxa no rolamento, pois a graxa excessiva sai da vedação.

6. Rolo do contador do Encoder: Limpe e aplique graxa na placa superior e inferior.

7. Lubrifique as engrenagens superiores e os rolamentos de rolos no suporte inferior da


engrenagem.

8. Dedos: Use um lubrificante WD-40 ou similar na superfície de atrito

9. Lubrifique as engrenagens do motor de alimentação com graxa de lítio.

iii. Registro de Manutenção

62
EasyBender Series
Lista de Data Data Data Data Data
Checagem
Bocal

Dedos

Alimentação &
Rolo de
contagem do
Encoder
Blocos de
Prefuração
Rolamentos
Motores
Engrenagem
Superior
Engrenagem
Inferior
Rolamentos

Engrenagem de
Motor de Alimen.
Fios Elétricos

Mangueiras de Ar

Sensores Ópticos

Encoder

iv. Peças de Reposição

As seguintes peças estão sujeitas a desgaste mecânico ou deterioração ao longo do tempo. Para evitar
falhas, substitua essas peças na frequência indicada.

Mola de inserção do Nariz A cada 6 meses


Inserção do Nariz Uma vez por ano ou quando necessário
Dedos A cada 2 anos ou conforme necessário
Nariz A cada 2 anos ou conforme necessário

63
EasyBender Series
B. Resolução de Problemas

Este capítulo fornece soluções para problemas simples no uso da máquina. As soluções nesta página
são resolvidas com o uso de software ou simples mudanças na máquina. Se você não conseguiu
resolver algum outro problema complicado, entre em contato com nossa equipe de atendimento.

64