Você está na página 1de 10
AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CARVALHOS Departamento Curricular de Ciências Sociais e Humanas Grupo de Recrutamento:

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CARVALHOS

Departamento Curricular de Ciências Sociais e Humanas

Grupo de Recrutamento: 400

Coordenadora: Rosa Santos Subcoordenadora: Armando Castro

Planificação Trimestral de História A

1º Período

11º Ano

Professor:

Armando Castro

PLANIFICAÇÃO TRIMESTRAL (A MÉDIO PRAZO) **

1.º PERÍODO

   

Competências

   

Número de

 

Conteúdos

   

Situações de aprendizagem/Recursos

 

programáticos

 

Saber

 

Saber-fazer

 

aulas e

avaliação

Módulo 4 - A Europa nos Séculos XVII e

Relacionar a economia pré-industrial com o modelo demográfico antigo.

.

.

Analisar

.

Motivação ao módulo:

 

documentos

análise da gravura, do mapa e da cronologia das

 

3 aulas

XVIII

Sociedade,

.

Caracterizar a demografia pré-

 

Poder

e Dinâmicas

industrial.

.

Identificar

pp. 8-9.

Coloniais

.

Reconhecer uma crise demográfica.

informação

.

Resposta ao

.

Reconhecer nas crises demográficas

relevante

Análise da documentação relativa à unidade 1.

.

questionamento

1. A População da Europa nos Séculos XVII e XVIII: Crises e Crescimento

um fator de agravamento das

dos documentos.

condições do mundo rural e de perturbação da tendência de crescimento da economia europeia.

.

Interpretar

 

esquemas

.

Exploração da

.

Resolução de

transparência nº1.

fichas do

 

.

Explicar a alteração demográfica

.

Colocar questões

Caderno do

1.1

Economia e

verificada na segunda metade do século XVIII.

 

.

Resolução da rubrica

Aluno.

população

.

Elaborar sínteses

Metodologia (p. 22).

.

Dominar os conceitos: economia pré-

 

.

Resolução, em

1.2

Evolução

industrial*; crise demográfica.

.

Comunicar a

.

Resolução da rubrica

grupo de pares,

demográfica

informação

Prática de Competências (p. 25)

da rubrica

Prática de

 

Competências.

.

Teste

sumativo.

Ano letivo 2014/2015

    Competências     Número de   Conteúdos     Situações de
   

Competências

   

Número de

 

Conteúdos

   

Situações de aprendizagem/Recursos

 

programáticos

 

Saber

 

Saber-fazer

 

aulas e

avaliação

Módulo 4 - A Europa nos Séculos XVII e

.

Compreender os fundamentos da

.

Analisar

Análise da documentação relativa à unidade 2.

.

 

organização político-social do Antigo

documentos

 

12 aulas

XVIII

Sociedade,

Regime.*

   

Poder

e Dinâmicas

.

Caracterizar a sociedade de Antigo

.

Identificar

.

Exploração da

Coloniais

Regime.

informação

transparência nº2.

.

Resposta ao

.

Diferenciar as três ordens, a sua

relevante

questionamento

2. A Europa dos Estados Absolutos e a Europa dos Parlamentos

composição e o seu estatuto.

.

Visualização e análise de

dos documentos.

.

Reconhecer, nos comportamentos, os

.

Interpretar

excertos do filme “Maria Antonieta”.

valores da sociedade de ordens.

esquemas

.

Resolução de

.

Identificar as vias de mobilidade

 

fichas do

 

social.

.

Colocar questões

.

Resolução das rubricas

Caderno do

2.1 Estratificação social e poder político nas sociedades de Antigo Regime*

.

Referir as características do poder

 

Metodologia (p. 68) e

Aluno.

absoluto.

.

Elaborar sínteses

Prática de Competências (p. 71).

.

Sublinhar o papel desempenhado

 

.

Resolução da

pela corte no regime absolutista.

.

Comunicar a

 

rubrica Prática

 

.

Esclarecer o significado da expressão

informação

de

“encenação do poder”.

Competências.

.

Teste

sumativo.

    Competências   Número de   Conteúdos     Situações de
   

Competências

 

Número de

 

Conteúdos

   

Situações de aprendizagem/Recursos

programáticos

 

Saber

Saber-fazer

aulas e

avaliação

Módulo 4 - A Europa nos Séculos XVII e

Evidenciar a preponderância da nobreza fundiária em Portugal.

.

     

XVIII

Sociedade,

. Caracterizar o “cavaleiro-mercador”.

Poder

e Dinâmicas

.

Relacionar a eficiência do aparelho

Coloniais

burocrático com a efectiva centralização do poder.

2. A Europa dos Estados Absolutos e a Europa dos Parlamentos

.

Caracterizar o absolutismo joanino.

.

Dominar os conceitos: Antigo

Regime*; estratificação social*;

ordem / estado*; mobilidade social; monarquia absoluta; sociedade de

2.1 Estratificação social e poder político nas sociedades de Antigo Regime*

corte.

(continuação)

  Competências   Número de   Conteúdos     Situações de aprendizagem/Recursos
 

Competências

 

Número de

 

Conteúdos

   

Situações de aprendizagem/Recursos

programáticos

Saber

Saber-fazer

aulas e

avaliação

Módulo 4 - A Europa nos Séculos XVII e

.

Compreender a importância da

 

. Exploração da transparência nº3.

 

afirmação de parlamentos numa

XVIII

Sociedade,

Europa de Estados absolutos.* Mostrar a fusão do poder político com o poder económico nas Províncias Unidas.

.

 

Poder

e Dinâmicas

Coloniais

2. A Europa dos Estados Absolutos e a Europa dos Parlamentos

.

Compreender que o equilíbrio

político dos Estados no sistema internacional dos séculos XVII e

XVIII se articula com o domínio de espaços coloniais.*

2.2 A Europa dos parlamentos: sociedade e poder político

Contextualizar a teoria do maré liberum.

.

.

Expor os acontecimentos mais

 

relevantes da história política inglesa, no século XVII.

Evidenciar o carácter liberal do regime parlamentar.

.

Aplicar a filosofia política de Locke ao regime parlamentar.

.

.

Contrapor o modelo sócio-político

absolutista ao modelo liberal. . Dominar o conceito “Parlamento”*.

    Competências     Número de   Conteúdos     Situações de
   

Competências

   

Número de

 

Conteúdos

   

Situações de aprendizagem/Recursos

 

programáticos

 

Saber

 

Saber-fazer

 

aulas e

avaliação

Módulo 4 - A Europa nos Séculos XVII e

.

Enunciar os princípios

.

Analisar

. Análise da documentação relativa à unidade 3.

 

mercantilistas.

Documentos

 

12aulas

XVIII

Sociedade,

.

Reconhecer, nas práticas

   

Poder

e Dinâmicas

mercantilistas, modos de afirmação das economias nacionalistas.*

.

Identificar

Coloniais

informação

.

Resposta ao

Enquadrar na teoria mercantilista: - o conjunto de medidas encetado por Cromwell; - a política económica de

.

relevante

questionamento

3. Triunfo dos Estados e Dinâmicas Económicas nos Séculos XVII e XVIII*

dos documentos.

.

Interpretar

Colbert.

esquemas

.

Resolução de

.

Distinguir entre o mercantilismo

fichas do

 

inglês, centrado no comércio, e o mercantilismo francês, centrado nas

.

Colocar questões

Caderno do

3.1 Reforço das economias nacionais e tentativas de controlo do comércio

 

Aluno.

manufacturas.

.

Elaborar sínteses

.

Relacionar o proteccionismo

 

.

Teste

económico com o agudizar das tensões internacionais.

.

Comunicar a

sumativo.

 

informação

.

Identificar as áreas coloniais

disputadas pelos Estados atlânticos.

.

Dominar os conceitos:

mercantilismo*; balança comercial*; proteccionismo*; manufacturas*; companhia monopolista*; capitalismo comercial*; exclusivo colonial.

    Competências   Número de   Conteúdos     Situações de
   

Competências

 

Número de

 

Conteúdos

   

Situações de aprendizagem/Recursos

programáticos

 

Saber

Saber-fazer

aulas e

avaliação

Módulo 4 - A Europa nos Séculos XVII e

Evidenciar a importância das

.

inovações agrícolas para o sucesso económico inglês. . Explicar o conceito “mercado nacional”.

 

. Resolução da rubrica Metodologia (p. 119).

 

XVIII

Sociedade,

Poder

e Dinâmicas

Coloniais

.

Relacionar a formação de um

3. Triunfo dos Estados e Dinâmicas Económicas nos Séculos XVII e XVIII*

mercado nacional e o arranque industrial ocorridos em Inglaterra com

a transformação irreversível das

estruturas económicas.*

 

.

Sublinhar os progressos no sistema

3.2 A hegemonia económica britânica

financeiro.

.

Contextualizar o arranque industrial.

 

Identificar o poder social da burguesia nos finais do século XVIII como resultado dos dinamismos

.

mercantis e da aliança com a realeza

na luta pelo fortalecimento do poder

real.*

.

Sintetizar as condições da hegemonia

britânica.

    Competências   Número de   Conteúdos     Situações de
   

Competências

 

Número de

 

Conteúdos

   

Situações de aprendizagem/Recursos

programáticos

 

Saber

Saber-fazer

aulas e

avaliação

Módulo 4 - A Europa nos Séculos XVII e

.

Compreender a influência das

 

.

Exploração da

 

relações internacionais nas políticas económicas portuguesas e na definição do papel de Portugal no espaço europeu e atlântico.*

transparência nº4.

XVIII

Sociedade,

Poder

e Dinâmicas

.

Resolução da rubrica

Coloniais

Prática de Competências (p. 122).

.

Relacionar a adopção de medidas

3. Triunfo dos Estados e Dinâmicas Económicas nos Séculos XVII e XVIII*

mercantilistas em Portugal com a crise comercial de 1670-92.

Elaboração de um quadro comparativo dos mercantilismos francês, inglês e português.

.

.

Integrar estas medidas no modelo

francês.

 

.

Explicar o retrocesso da política

3.3 Portugal dificuldades e crescimento económico

industrializadora portuguesa.

 

Avaliar a dependência da economia portuguesa face à Inglaterra.

.

 

.

Contextualizar a política económica

pombalina.

.

Dominar os conceitos: comércio

triangular; tráfico negreiro; Bolsa de Valores; Revolução Industrial*;

Bandeirantes.

  Competências     Número de   Conteúdos     Situações de
 

Competências

   

Número de

 

Conteúdos

   

Situações de aprendizagem/Recursos

 

programáticos

Saber

 

Saber-fazer

 

aulas e

avaliação

 

.

Valorizar o contributo dos

     

Módulo 4 - A Europa nos Séculos XVII e

progressos do conhecimento e da afirmação da filosofia das Luzes para

.

Analisar

Análise da documentação relativa à unidade 4.

.

Documentos

 

7aulas

XVIII

Sociedade,

a

construção da modernidade

   

Poder

e Dinâmicas

europeia.*

.

Identificar

.

Resolução da rubrica

Coloniais

.

Comparar a atitude dos

informação

Metodologia (p. 164).

.

Resposta ao

“aristotélicos” e dos “experimentalistas” perante o

relevante

questionamento

4. Construção da Modernidade Europeia

.

Resolução da rubrica

dos documentos.

conhecimento.

.

Interpretar

Prática de Competências (p. 166)

 

.

Avaliar o impacto do método

esquemas

.

Resolução de

4.1

O método

experimental no progresso da ciência.

 

fichas do

experimental e o progresso do conhecimento do Homem e da Natureza

.

Salientar os contributos dos

.

Colocar questões

Caderno do

principais cientistas dos séculos XVII

 

Aluno.

e

XVIII.

.

Elaborar sínteses

.

Fundamentar a expressão “revolução

 

.

Biografias

 

científica”.

.

Comunicar a

 

4.2

A filosofia das

Explicar a designação “iluminismo” dada ao pensamento da segunda

.

informação

.

Teste

Luzes*

sumativo.

metade do século XVIII.

Esclarecer os pontos-chave do pensamento iluminista.

.

.

Avaliar o seu carácter

revolucionário.

Distinguir os meios de difusão do pensamento das Luzes.

.

    Competências   Número de   Conteúdos       Situações de
   

Competências

 

Número de

 

Conteúdos

     

Situações de aprendizagem/Recursos

programáticos

 

Saber

Saber-fazer

aulas e

avaliação

Módulo 4 - A Europa nos Séculos XVII e

   

Pesquisa de informações

.

e elaboração de Biografias de personalidades relacionadas com o Módulo 4.

 

XVIII

Sociedade,

 

Relacionar o Iluminismo com a

 

.

Poder

Coloniais

e Dinâmicas

 

4. Construção da Modernidade Europeia

desagregação do Antigo Regime e a construção da modernidade europeia.

.

Reconhecer, no despotismo

 

4.2

A filosofia das

iluminado, a fusão do pensamento iluminista com os princípios do absolutismo régio.

Integrar as medidas do Marquês de Pombal nos padrões do pensamento

.

.

Exploração da

Luzes*

transparência nº4

(continuação).

(continuação)

.

Recolha de textos

4.3

projecto pombalino de inspiração iluminista

Portugal o

setecentista.

. Dominar o conceito “Iluminismo”*.

históricos sobre o terramoto de 1755, para realização de uma sessão de leitura, na aula.

*Conteúdos de aprofundamento, conceitos e aprendizagens estruturantes.

**Com base em” Planificação a Médio Prazo” do Caderno do Professor do manual adoptado (O Tempo da História, 2008, de Célia Pinto do Couto e Maria Antónia Rosas, Porto Editora).