Você está na página 1de 310

Manual do usuário

Tradução das instruções originais

Relé de sobrecarga eletrônico E300


Códigos de catálogo 193, 592
Informações importantes para o usuário
Leia este documento e os documentos listados na seção de recursos adicionais sobre a instalação, configuração e operação
do equipamento antes de instalar, configurar, operar ou manter o produto. Os usuários devem se familiarizar com as
instruções de instalação e fiação, bem como com as exigências de todos os códigos, todas as leis e normas aplicáveis.

Atividades incluindo a instalação, ajustes, colocação em serviço, utilização, montagem, desmontagem e manutenção
devem ser efetuadas por pessoal com formação adequada, de acordo com código de práticas aplicável.

A proteção fornecida pelo equipamento poderá ser prejudicada se ele for usado de forma não especificada pelo fabricante.

Em nenhuma hipótese, a Rockwell Automation será responsável por danos indiretos ou resultantes do uso ou da
aplicação deste equipamento.

Os exemplos e os diagramas apresentados neste manual são apenas para fins ilustrativos. Devido a diversas especificações e
variáveis associadas a cada instalação específica, a Rockwell Automation, Inc. não pode assumir a responsabilidade pelo
uso com base nos exemplos e nos diagramas.

A Rockwell Automation, Inc. não assume responsabilidade de patente quanto ao uso de informações, circuitos,
equipamentos ou software descritos neste manual.

É proibida a reprodução, parcial ou total, deste manual sem a permissão por escrito da Rockwell Automation, Inc.

Quando necessário, são usadas observações no manual para informá-lo sobre considerações de segurança.

ADVERTÊNCIA: Identifica as informações sobre práticas ou circunstâncias que possam causar explosão em uma área
classificada, resultando em ferimentos ou morte, prejuízos a propriedades ou perdas econômicas.

ATENÇÃO: Identifica as informações sobre práticas ou circunstâncias que podem causar ferimentos ou morte, prejuízos a
propriedades ou perdas econômicas. Os sinais de Atenção ajudam a identificar e evitar um perigo e reconhecer as
consequências.
IMPORTANTE Identifica informações importantes para a aplicação e compreensão bem-sucedidas do produto.

As etiquetas também podem estar no equipamento ou dentro dele para fornecer as precauções específicas.

PERIGO DE CHOQUE: Pode haver etiquetas no equipamento ou dentro dele, por exemplo, no inversor ou no motor,
alertando sobre a presença de tensão perigosa.

PERIGO DE QUEIMADURA: Pode haver etiquetas no equipamento ou dentro dele, por exemplo, no inversor ou no motor,
alertando que as superfícies podem atingir temperaturas perigosas.

PERIGO DE ARCO ELÉTRICO: Pode haver etiquetas no equipamento ou dentro dele, por exemplo, em um centro de
controle de motores, para alertar sobre um possível arco elétrico. Os arcos elétricos causarão ferimentos graves ou morte.
Use Equipamentos de Proteção Individual (EPI) adequados. Siga TODOS os requisitos regulamentares para práticas de
trabalho seguro e para os Equipamentos de Proteção Individual (EPI).
Sumário

Prefácio Resumo das alterações . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11


Acessar parâmetros do relé . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11
Recursos adicionais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11

Capítulo 1
Visão geral Descrições do módulo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13
Módulo de detecção . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13
Módulo de controle. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14
Módulos de comunicação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14
E/S digital de expansão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14
E/S analógica de expansão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14
Fonte de alimentação de expansão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 15
Estação do operador de expansão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 15
Recursos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 15
Sobrecarga térmica. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 15
Proteção de sobretemperatura (PTC e RTD) . . . . . . . . . . . . . . . . 16
Perda de fase . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 16
Falta à terra (terra). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 16
Sobrecarga operacional . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17
Travamento (sobrecorrente). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17
Subcarga (subcorrente). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17
Desequilíbrio de corrente (assimetria) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18
Desarme remoto. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18
Proteção de tensão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18
Proteção de energia . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18
Proteção analógica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18
Funções de monitoramento de corrente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18
Monitoramento de tensão, potência e energia . . . . . . . . . . . . . . . . 19
Funções de diagnóstico. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 19
Indicadores de status . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 19
Entradas/saídas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 19
Botão Test/Reset . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 19
Operação monofásica/trifásica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20
Comunicações EtherNet/IP . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20
Comunicações DeviceNet . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20
Design modular . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20
Opções de comunicação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21
Informações de diagnóstico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21
Fiação simplificada . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21
Módulo de detecção . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21
Módulo de controle. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 22
Módulos de comunicação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 23
Módulos add-on opcionais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 23
E/S de expansão opcional. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 23
Estação do operador opcional . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24
Fonte de alimentação do barramento de expansão opcional . . . . . . . 25
Recursos de proteção . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25
Proteção padrão de acordo com a corrente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 3


Sumário

Proteção de acordo com a corrente de falta à terra . . . . . . . . . . . . 25


Proteção de acordo com a tensão e a potência . . . . . . . . . . . . . . . . 26
Proteção térmica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 26
Aplicações . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 26

Capítulo 2
Estação de diagnóstico Teclas de navegação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 27
Exibição de um parâmetro . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 27
Navegação no grupo de parâmetros. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 27
Navegação em lista linear . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 28
Informações do sistema . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 29
Edição de parâmetros . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 30
Edição de um parâmetro de configuração . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 30
Edição de um parâmetro numérico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 30
Edição de um parâmetro enumerado do bit . . . . . . . . . . . . . . . . . . 31
Sequência de exibição programável. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 31
Sequência de exibição . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 31
Interrupção da sequência de exibição . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 32
Telas automáticas de desarme e advertência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 32

Capítulo 3
Configuração e operação do Modos de dispositivo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 33
sistema Correspondência de opções. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 34
Módulos de expansão de E/S digital . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35
Módulos de expansão de E/S analógica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 36
Option Match Action (Parâmetro 233) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 37
Política de segurança. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 37
Atribuições de E/S . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 38
Atribuições de entrada . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 38
Atribuições de saída. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 38
Estados de configuração do relé de saída . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 38
Modos de falha de proteção do relé de saída . . . . . . . . . . . . . . . . . . 39
Modos de falha de comunicação do relé de saída . . . . . . . . . . . . . . 39
Modos inativos de comunicação do relé de saída . . . . . . . . . . . . . . 40
Falha no barramento de expansão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 41
Partida de emergência. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 42
Idioma . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 43
Telas da estação de diagnóstico definidas pelo usuário . . . . . . . . . . . . 43
Tempo limite da tela . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 43
Módulos de expansão de E/S analógica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 44
Canais de entrada analógica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 44
Canal de entrada analógica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 47
Módulos analógicos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 49
Estados de configuração no início da rede. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 51
Modos de falha de comunicação no início da rede . . . . . . . . . . . . 52
Modos inativos de comunicação do início da rede . . . . . . . . . . . . 53
Introdução aos modos de operação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 53

4 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Sumário

Capítulo 4
Modos de operação Modos de operação de sobrecarga . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 55
Sobrecarga (Rede) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 56
Sobrecarga (Estação do operador) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 57
Sobrecarga (E/S local). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 58
Sobrecarga (Personalizado) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 59
Modos de operação de partida direta . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 59
De partida direta (Rede) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 60
Partida direta (Rede) com realimentação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 61
Partida direta (Estação do operador) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 62
Partida direta (Estação do operador) com realimentação . . . . . . 64
de partida direta (E/S local) – Controle de dois fios. . . . . . . . . . . 66
De partida direta (E/S local) – Controle de dois fios com
realimentação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 67
de partida direta (E/S local) – Controle de três fios . . . . . . . . . . . 69
De partida direta (E/S local) – Controle de três fios com
realimentação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 70
de partida direta (Rede e Estação do operador) . . . . . . . . . . . . . . . 72
De partida direta (Rede e Estação do operador) com
realimentação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 74
De partida direta (Rede e E/S local) – Controle de dois fios . . . 75
De partida direta (Rede e E/S local) com realimentação –
Controle de dois fios . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 77
De partida direta (Rede e E/S local) – Controle de três fios. . . . 79
De partida direta (Rede e E/S local) com realimentação –
Controle de três fios . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 80
De partida direta (Personalizado) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 82
Modos de operação com partida reversível . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 83
Partida reversível (Rede) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 83
partida reversível (Rede) com realimentação . . . . . . . . . . . . . . . . . 84
partida reversível (Estação do operador) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 86
Reversão de partida reversível (Estação do operador) com
realimentação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 88
Partida reversível (E/S local) – Controle de dois fios . . . . . . . . . . 90
Partida reversível (E/S local) – Controle de dois fios com
realimentação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 92
Partida reversível (E/S local) – Controle de três fios . . . . . . . . . . 93
Partida reversível (Rede e Estação do operador) . . . . . . . . . . . . . . 95
partida reversível (Rede e E/S local) – Controle de dois fios . . . 97
Partida reversível (Rede e E/S local) – Controle de três fios. . . . 99
Partida reversível (Personalizado) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 100
Modos de operação com partida com duas velocidades . . . . . . . . . . . 102
Partida com duas velocidades (Rede) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 102
Partida com duas velocidades (Rede) com realimentação . . . . . 104
Partida com duas velocidades (Estação do operador) . . . . . . . . . 106
Partida com duas velocidades (Estação do operador) com
realimentação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 107
Partida com duas velocidades (E/S local) – Controle de
dois fios. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 110

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 5


Sumário

Partida com duas velocidades (E/S local) – Controle de dois


fios com realimentação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 111
Partida com duas velocidades (E/S local) – Controle de três
fios . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 113
Partida com duas velocidades (Rede e Estação do operador) . . 115
Partida com duas velocidades (Rede e E/S local) – Controle
de dois fios . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 116
Partida com duas velocidades (Rede e E/S local) – Controle
de três fios . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 118
Modo de operação do monitor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 121
Monitor (Personalizado) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 121

Capítulo 5
Funções de desarme e Proteção de corrente. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 123
advertência de proteção Desarme por corrente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 123
Advertência de corrente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 124
Proteção contra sobrecarga . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 124
Proteção contra perda de fase . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 127
Proteção contra corrente de falta à terra . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 128
Proteção de travamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 129
Proteção de emperramento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 130
Proteção de subcarga . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 130
Proteção de desequilíbrio de corrente. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 131
Proteção de subcorrente de linha . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 132
Proteção de sobrecorrente de linha . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 132
Proteção de perda de linha. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 133
Proteção de tensão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 134
Desarme por tensão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 134
Advertência de tensão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 135
Proteção de subtensão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 135
Proteção de sobretensão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 136
Proteção de desequilíbrio de tensão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 136
Proteção de rotação de fase . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 137
Proteção de frequência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 138
Proteção de potência. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 139
Desarme de potência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 139
Advertência de potência. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 140
Proteção de potência ativa (kW) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 140
Proteção de potência reativa (kVAr). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 141
Proteção de potência aparente (kVA). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 143
Proteção de fator potência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 144
Proteção de controle. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 146
Desarme de controle . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 146
Advertência de controle . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 146
Desarme de teste. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 147
Proteção de termistor (PTC) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 147
Proteção do DeviceLogix . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 147
Desarme da estação do operador . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 147
Desarme remoto. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 148

6 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Sumário

Proteção de inibição de partida . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 148


Manutenção preventiva . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 148
Falha de hardware . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 149
Proteção de realimentação do contator . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 149
Falha de armazenagem não volátil . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 149
Desarme de modo de teste . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 149
Proteção analógica. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 150
Desarme analógico. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 150
Advertência analógica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 151
Módulo analógico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 151

Capítulo 6
Comandos Rearme . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 153
Configuração predefinida . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 153
Padrões de fábrica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 153
Comando de apagar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 157

Capítulo 7
Medição e diagnóstico Monitor de dispositivo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 159
Monitor de corrente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 161
Monitor de tensão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 161
Monitor de potência. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 162
Monitor de energia . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 164
Monitor analógico. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 165
Histórico de desarme/advertência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 166
Códigos de histórico de desarme . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 166
Parâmetros do histórico de desarme . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 168
Histórico de advertência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 168
Parâmetros do histórico de advertência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 170
Instantâneo do desarme . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 170

Capítulo 8
Funcionalidade DeviceLogix™ Cancelamentos do relé de saída . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 171
Programação DeviceLogix. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 172

Capítulo 9
Comunicação EtherNet/IP Design de rede . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 173
Configuração de endereço IP . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 174
Switches de seleção de endereço de nó EtherNet/IP. . . . . . . . . . 174
Atribuir parâmetros de rede com o utilitário
BOOTP/DHCP . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 175
Atribuir parâmetros de rede com um navegador da Web
e Software MAC Scanner . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 177
Servidor Web . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 177
Segurança do servidor Web e senha do sistema . . . . . . . . . . . . . . 177
Habilitar permanentemente o servidor Web . . . . . . . . . . . . . . . . 178

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 7


Sumário

Visualizar e configurar parâmetros com o servidor Web. . . . . . . . . . 179


Visualizar parâmetros . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 179
Editar parâmetros . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 181
Fazer backup/restaurar parâmetros. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 182
Integração com os controladores Logix . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 183
Configurar um relé E300 em um projeto do Logix . . . . . . . . . . . 183
Acessar dados de E/S. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 184
Email/Texto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 185
Configuração de email . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 186
Notificações de texto. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 188
Limitações . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 188

Capítulo 10
Comunicação DeviceNet Comissionamento do nó DeviceNet . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 189
Configuração dos switches de hardware. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 190
Uso do RSNetWorx™ para DeviceNet . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 190
Uso da ferramenta de comissionamento de nó do
RSNetWorx para DeviceNet . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 193
Configurações de conjunto produzido e consumido . . . . . . . . . 194
Mapeamento do scanner na Lista de varredura . . . . . . . . . . . . . . 198
Comissionamento das funções de proteção . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 198
Interface DeviceLogix no RSNetWorx para DeviceNet . . . . . . . . . . 199
Modo de emulação de sobrecarga E3/E3 Plus . . . . . . . . . . . . . . . 200

Capítulo 11
Firmware e arquivos EDS Compatibilidade do firmware . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 203
Atualização do firmware . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 203
Instalação do arquivo EDS (Folha de dados eletrônica) . . . . . . . . . . 203
Download do arquivo EDS . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 203
Instalação do arquivo EDS . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 205

Capítulo 12
Localização de falhas Indicadores de status . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 207
Alimentação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 207
Status do módulo (MS) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 208
Status de rede (NS) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 209
Desarme/advertência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 210
Rearme . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 211
Localização de falhas do LED de desarme/advertência . . . . . . . . . . . 212

Apêndice A
Diagramas elétricos Configurações de fiação do E300 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 215

8 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Sumário

Apêndice B
Objetos do Protocolo industrial Objeto Identity – CÓDIGO DE CLASSE 0x0001. . . . . . . . . . 227
comum (CIP) Roteador de mensagens – CÓDIGO DE CLASSE 0x0002. . . 230
Objeto Assembly – CÓDIGO DE CLASSE 0x0004 . . . . . . . . 230
Instância 2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 231
Instância 50 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 232
Instância 120 – Conjunto de configuração revisão 2 . . . . . . . . . 233
Instância 120 – Conjunto de configuração revisão 1 . . . . . . . . . 242
Instância 144 – Conjunto consumido padrão . . . . . . . . . . . . . . . 242
Instância 198 – Conjunto produzido do diagnóstico atual . . . 242
Instância 199 – Conjunto produzido de todos os
diagnósticos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 244
Objeto Connection – CÓDIGO DE CLASSE 0x0005 . . . . . . 246
Objeto Discrete Input Point Object – CÓDIGO DE
CLASSE 0x0008 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 249
Objeto Discrete Output Point – CÓDIGO DE
CLASSE 0x0009 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 250
Objeto Analog Input Point – CÓDIGO DE
CLASSE 0x000A. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 252
Objeto Parameter – CÓDIGO DE CLASSE 0x000F. . . . . . . . 253
Objeto Parameter Group – CLASS CODE 0x0010 . . . . . . . . . 254
Objeto Discrete Output Group – CÓDIGO DE
CLASSE 0x001E . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 254
Objeto Control Supervisor – CÓDIGO DE
CLASSE 0x0029 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 255
Objeto Overload – CÓDIGO DE CLASSE 0x002c. . . . . . . . . 256
Objeto Base Energy – CÓDIGO DE CLASSE 0x004E . . . . . . 256
Objeto Electrical Energy – CÓDIGO DE
CLASSE 0x004F . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 258
Objeto Wall Clock Time – CÓDIGO DE
CLASSE 0x008B . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 260
Objeto DPI Fault – CÓDIGO DE CLASSE 0x0097 . . . . . . . . 262
Objeto DPI Warning – CÓDIGO DE CLASSE 0x0098 . . . . 265
Objeto MCC – CÓDIGO DE CLASSE 0x00C2 . . . . . . . . . . . 269

Apêndice C
Conjuntos de E/S do DeviceNet Instâncias de E/S do DeviceNet . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 271

Índice . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 301

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 9


Sumário

Observações:

10 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Prefácio
Este manual descreve como instalar, configurar, operar e localizar falhas no relé
de sobrecarga eletrônico E300™.

Resumo das alterações Este manual conta com informações novas e atualizadas, conforme indicado na
tabela a seguir.
Tópico Página
Lista de parâmetros e descrições Movido para anexo em PDF
Informações adicionais Movido para dados técnicos,
publicação 193-TD006
Definição e configuração do Módulo de comunicações DeviceNet página 189

Acessar parâmetros do relé A planilha anexada a este PDF detalha os parâmetros do E300. Para acessar esse
arquivo, clique no link Attachments (clipe de papel) e clique duas vezes no
arquivo.

Recursos adicionais Os documentos a seguir contêm informações adicionais sobre produtos


relacionados da Rockwell Automation.
Recurso Descrição
Instruções de instalação do relé de sobrecarga eletrônico E300, publicação 193-IN080 Oferece informações completas ao usuário sobre o relé de sobrecarga eletrônico E300.
Especificações do relé de sobrecarga eletrônico E300, publicação 193-TD006 Fornece as especificações completas do relé de sobrecarga eletrônico E300.
Manual do usuário do sistema DeviceLogix, publicação RA-UM003 Oferece informações ao usuário sobre o sistema DeviceLogix.
Manual de referência de considerações de projeto Ethernet, publicação ENET-RM002 Oferece informações básicas sobre Ethernet.
Manual de programação de mensagens dos controladores Logix 5000, Oferece informações sobre instruções MSG de mensagens dos controladores Logix.
publicação 1756-PM012
Orientação sobre aterramento e fiação de automação industrial, publicação 1770-4.1 Fornece as orientações gerais para a instalação do sistema industrial Rockwell
Automation.
Site de certificações de produto, http://www.rockwellautomation.com/global/ Fornece declarações de conformidade, certificados e outros detalhes de certificação.
certification/overview.page
Orientação sobre aterramento e fiação de automação industrial, publicação 1770-4.1 Fornece as orientações gerais para a instalação do sistema industrial Rockwell
Automation.
Site de certificações de produto, http://www.ab.com Fornece declarações de conformidade, certificados e outros detalhes de certificação.

Você pode visualizar ou fazer o download das publicações no site


http://www.rockwellautomation.com/global/literature-library/overview.page.
Para pedir cópias em papel da documentação técnica, entre em contato com
o distribuidor local da Allen-Bradley ou o representante de vendas da
Rockwell Automation.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 11


Prefácio

Observações:

12 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Capítulo 1

Visão geral

O relé de sobrecarga eletrônico E300™ é a mais nova tecnologia para proteção contra
sobrecarga. O design modular, as opções de comunicação, as informações de
diagnóstico, o cabeamento simplificado e a integração com a tecnologia Logix o
tornam a sobrecarga ideal para aplicações de controle de motores em um sistema de
automação.
Os relés de sobrecarga eletrônicos E300 oferecem os seguintes benefícios:
• Controle inteligente do motor (habilitado para EtherNet/IP™ e DeviceNet™)
• Solução expansível
• Informações de diagnóstico
• E/S integrada
• Classe de desarme ajustável de 5 a 30
• Ampla faixa de corrente
• Botão Test/Reset
• Configurações de advertência e desarme programável
• Detecção de tensão/corrente RMS real (50/60 Hz)
• Proteção para motores monofásicos e trifásicos
O relé E300 é composto por três módulos: detecção, controle e comunicações. Você
tem opções em cada um dos três com acessórios adicionais para adaptar a sobrecarga
eletrônica às necessidades exatas da sua aplicação.

Descrições do módulo Esta seção descreve brevemente os módulos do E300.

Módulo de detecção
Opções de detecção
• Tensão/corrente/falta à terra
• Corrente/falta à terra
• Corrente
Faixa de corrente [A]
• 0,5…30
• 6…60
• 10…100
• 20…200

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 13


Capítulo 1 Visão geral

Módulo de controle
E/S E/S e proteção(1)
Tensão de comando
Entradas Saídas do relé Entradas Saídas do relé
110 a 120 Vca, 50/60 Hz 4 3 2 2
220 a 240 Vca, 50/60 Hz 4 3 2 2
24 Vcc 6 3 4 2
(1) Inclui o termistor PTC e falta à terra externa.

Módulos de comunicação
• EtherNet/IP
• DeviceNet

E/S digital de expansão


Você pode adicionar até quatro módulos digitais de expansão ao barramento de
expansão do relé E300.
• 4 entradas/2 saídas do relé
• 24 Vcc
• 120 Vca
• 240 Vca

E/S analógica de expansão


Você pode adicionar até quatro módulos analógicos de expansão ao barramento de
expansão do relé E300.
• 3 entradas analógicas universais/1 saída analógica
• 0 a 10 V
• 0a5V
• 1a5V
• 0 a 20 mA
• 4 a 20 mA
• RTD (2 fios ou 3 fios)
• 0 a 150 
• 0 a 750 
• 0 a 3.000 
• 0 a 6.000  (PTC/NTC)

14 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Visão geral Capítulo 1

Fonte de alimentação de expansão


Quando mais de um módulo digital de expansão e uma estação do operador são
adicionados ao barramento de expansão do relé E300, você precisa de uma fonte de
alimentação de expansão para suplementar a energia dos módulos adicionais. Uma
fonte de alimentação de expansão fornece energia a um barramento de expansão do relé
E300 totalmente carregado.
• 120/240 Vca
• 24 Vcc

Estação do operador de expansão


Você pode adicionar uma estação do operador ao barramento de expansão do relé E300
para ser usada como um dispositivo de interface do usuário. As estações do operador
fornecem LEDs de status do relé E300 e teclas de função para controlar o motor. As
estações do operador também são compatíveis com CopyCat™, que permite carregar e
baixar parâmetros de configuração do relé E300. Consulte a publicação 193-061D para
obter mais informações sobre como usar o recurso CopyCat.
• Estação de controle
• Estação de diagnóstico

Recursos Sobrecarga térmica

Utilização térmica
O relé de sobrecarga eletrônico E300 fornece proteção contra sobrecarga por meio da
medição real de corrente RMS das correntes de fase individuais do motor conectado.
De acordo com essas informações, ele calcula um modelo térmico que simula o
aquecimento real do motor. A porcentagem de utilização da capacidade térmica
(%TCU) informa esse valor calculado e é lida por meio de uma rede de comunicações.
Um desarme de sobrecarga ocorre quando o valor atinge 100%.

Configurações ajustáveis
Defina a proteção contra sobrecarga térmica programando a capacidade de corrente de
carga total (FLC) e a classe de desarme desejada (5 a 30). A definição dos valores reais
por meio da programação do software confirma a precisão da proteção.

Memória térmica
O relé de sobrecarga eletrônico E300 conta com um circuito de memória térmica
projetado para aproximar a queda térmica para uma configuração de classe de desarme
20. Isso significa que o modelo térmico do motor conectado será sempre mantido,
mesmo se a fonte de alimentação for removida.

Modos de reinicialização
Essa flexibilidade permite selecionar entre o rearme manual e automático em um
desarme de sobrecarga, permitindo ampla aplicação. O ponto de rearme é ajustável de
1 a 100% da TCU.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 15


Capítulo 1 Visão geral

Tempo de desarme
Em uma condição de sobrecarga, o relé de sobrecarga eletrônico E300 fornece uma
estimativa de tempo de desarme que pode ser acessada por meio da rede de
comunicações. Com essa estimativa, você pode adotar ações corretivas para que a
produção não seja interrompida.

Tempo para o rearme


Após um desarme por sobrecarga, o relé de sobrecarga eletrônico E300 não rearma até a
porcentagem calculada da utilização da capacidade térmica ficar abaixo do nível de
rearme. À medida que esse valor diminui, o tempo de reinicialização, que pode ser
acessado por meio da rede de comunicações, é informado.

Advertência térmica
O relé de sobrecarga eletrônico E300 tem a capacidade de alertar um desarme de
sobrecarga iminente. Um bit de advertência térmica é definido no parâmetro Current
Warning Status quando a porcentagem calculada da utilização da capacidade térmica
excede o nível de advertência térmica programado, que tem um intervalo de 0 a 100%
da TCU.

Proteção de duas velocidades


O relé de sobrecarga eletrônico E300 oferece uma segunda configuração de FLA para
proteger motores de duas velocidades. O que costumava exigir dois relés de sobrecarga
separados, um para cada conjunto de enrolamentos do motor, agora é feito com um
único dispositivo. A proteção aprimorada é fornecida à medida que a utilização térmica
é mantida em um dispositivo durante a operação em ambas as velocidades.

Proteção de sobretemperatura (PTC e RTD)


O relé de sobrecarga eletrônico E300 oferece proteção contra sobretemperatura do
motor com a provisão adicional para monitoramento de termistores de coeficiente de
temperatura positivo incorporado (PTC) com o módulo de controle E300 e sensores
de temperatura de resistência (RTD) com o módulo de expansão analógico E300.
Quando os sensores RTD ou os termistores PTC monitorados ultrapassam o nível de
resistência do programa, o relé de sobrecarga eletrônico E300 pode emitir um evento
de desarme e/ou advertência.

Perda de fase
O relé de sobrecarga eletrônico E300 oferece proteção contra perda de fase
configurável, permitindo ativar ou desativar a função e definir uma configuração de
atraso de tempo, ajustável de 0,1 a 25 segundos. O nível de desarme é ajustado na
fábrica com uma medição de desbalanceamento de corrente de 100%.

Falta à terra (terra)


O relé de sobrecarga eletrônico E300 integra sensoriamento de sequência zero
(equilíbrio de núcleo) em seu design para detectar falta à terra de baixo nível (arco). As
configurações de desarme e advertência são ajustáveis de 20 mA a 5 A. Para dispositivos
com capacidade acima de 200 A e para detecção de falta à terra menor que 0,5 A, é
necessário um transformador de balanceamento de corrente externo. A proteção de
classe I e classe II é fornecida conforme definido pelo UL1053. O relé de sobrecarga

16 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Visão geral Capítulo 1

eletrônico E300 fornece uma configuração máxima de inibição de desarme, oferecendo


flexibilidade para evitar desarmes quando a magnitude da corrente de falta à terra
exceder 6,5 A. Essa configuração pode ser útil para proteger contra a abertura do
controlador quando a corrente de falta pode possivelmente exceder a capacidade de
interrupção do controlador.
Observação: o relé de sobrecarga eletrônico E300 não é um interruptor de circuito de
falta à terra para proteção pessoal (ou Classe I), conforme definido no artigo 100 do
Código Elétrico Nacional dos EUA.

IMPORTANTE Para aplicações que exigem a detecção de falta à terra e usam o módulo de
detecção de passagem, este recurso está ativo somente quando a corrente
nativa do motor está presente nas aberturas de passagem; ou seja, nenhum
transformador de corrente (TC) externo redutor. Você deve usar um sensor de
falta à terra externo para aplicações que precisam de TCs externos redutores.

Sobrecarga operacional
“Sobrecarga operacional” é definida como uma condição em que o motor não consegue
atingir a operação a toda a velocidade no tempo exigido pela aplicação. Essa condição
pode causar o sobreaquecimento do motor, porque o consumo de corrente excede a
corrente nominal de carga total do motor. O relé de sobrecarga eletrônico E300 oferece
proteção contra parada ajustável pelo usuário. A configuração de desarme tem um
alcance de 100 a 600% FLA, e o tempo de ativação é ajustável em até 250 segundos.

Travamento (sobrecorrente)
O relé eletrônico de sobrecarga E300 pode responder rapidamente para desconectar o
motor no caso de um travamento mecânico, reduzindo o potencial de danos ao motor e
aos componentes da transmissão de energia. Os ajustes de desarme incluem uma
configuração de desarme ajustável de 50 a 600% FLA e um tempo de atraso de desarme
com intervalo de 0,1 a 25 segundos. Uma configuração de aviso separada é ajustável de
50 a 600% FLA.

Subcarga (subcorrente)
Uma queda repentina na corrente do motor pode sinalizar condições como:
• Cavitação da bomba
• Quebra da ferramenta
• Quebra da correia
Nesses casos, a detecção rápida de falhas pode ajudar a minimizar os danos e ajudar a
reduzir o tempo de inatividade da produção.
Além disso, o monitoramento de um evento de subcarga pode fornecer mais proteção
para os motores que são codificados pelo meio manipulado (por exemplo, bombas
submersíveis que bombeiam água). Esses motores podem ficar superaquecidos apesar
de estarem subcarregados. Esse superaquecimento pode ser resultado da ausência ou da
quantidade insuficiente do meio (por exemplo, devido a filtros entupidos ou válvulas
fechadas).
O relé de sobrecarga eletrônico E300 oferece configurações de advertência e desarme
de subcarga ajustáveis de 10 a 100% FLA. A função de desarme inclui também um
tempo de atraso de desarme com um intervalo de 0,1 a 25 segundos.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 17


Capítulo 1 Visão geral

Desequilíbrio de corrente (assimetria)


O relé de sobrecarga eletrônico E300 oferece ajustes de advertência e desarme de
desequilíbrio de corrente ajustáveis de 10 a 100%. A função de desarme inclui também
um tempo de atraso de desarme com intervalo de 0,1 a 25 segundos.

Desarme remoto
A função de desarme remoto permite que um dispositivo externo (como um sensor de
vibração) induza o desarme do relé de sobrecarga eletrônico E300. Os contatos do relé
do dispositivo externo são conectados às entradas discretas do relé de sobrecarga
eletrônico E300. Essas entradas discretas são configuráveis com uma opção para
atribuir a função de desarme remoto.

Proteção de tensão
O módulo de detecção E300 com tensão, corrente e corrente de falta à terra oferece
proteção avançada do motor de acordo com a corrente com a adição de proteção de
tensão. Essa opção protege contra problemas de tensão (como subtensão, desequilíbrio
de tensão, perda de fase, frequência e rotação de fase).

Proteção de energia
Enquanto o motor está energizando uma carga, o módulo sensor E300 com tensão,
corrente e corrente de falta à terra também protege o motor com base na energia. Essa
opção monitora e protege contra potência ativa excessiva e baixa (kW), potência reativa
(kVAr), potência aparente (kVA) e fator de potência de uma aplicação específica (como
aplicações de bomba).

Proteção analógica
O módulo de expansão analógica E300 permite que você proteja contra leituras
excessivamente analógicas de sensores (como sobretemperatura, sobrecontagem ou
sobrepressão)

Funções de monitoramento de corrente


O relé de sobrecarga eletrônico E300 permite monitorar os seguintes dados
operacionais em uma rede de comunicação:
• Correntes de fase individuais – em ampères
• Correntes de fase individual – como uma porcentagem do FLC do motor
• Corrente média – em ampères
• Corrente média – como uma porcentagem do FLC do motor
• Porcentagem da capacidade térmica utilizada
• Porcentagem do desequilíbrio de corrente
• Corrente de falta à terra

18 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Visão geral Capítulo 1

Monitoramento de tensão, potência e energia


O módulo de detecção E300 com corrente de falha de tensão, corrente e terra pode ser
incluído no sistema de gerenciamento de energia de uma empresa. Essa opção oferece
informações de tensão, corrente, potência (kW, kVAr e kVA), energia (kWh, kVArh,
kVAh, demanda de kW, demanda de kVAr e demanda de kVA) e de qualidade de
potência (fator de potência, frequência e rotação de fase) no nível do motor.

Funções de diagnóstico
O relé de sobrecarga eletrônico E300 permite monitorar as seguintes informações de
diagnóstico em uma rede de comunicações:

• Status do dispositivo • Histórico dos últimos cinco


desarmes
• Status do desarme • Histórico das últimas cinco
advertências
• Status da advertência • Horas de operação
• Tempo para um desarme por • Número de partidas
sobrecarga
• Tempo para reiniciar após uma • Desarme instantâneo
sobrecarga

Indicadores de status
O relé de sobrecarga eletrônico E300 fornece os seguintes indicadores LED:
• Energia – Este LED verde/vermelho indica o status do relé de sobrecarga.
• DESARME/ADVERTÊNCIA – Este LED pisca em amarelo para indicar uma
condição de advertência e em vermelho quando ocorre um desarme.

Entradas/saídas
As entradas permitem a conexão de dispositivos como o contator e a desconexão de
contatos auxiliares, dispositivos piloto, chaves fim de curso e chaves de boia. O status da
entrada pode ser monitorado pela rede e mapeado para a tabela de imagens de entrada
do controlador. As entradas são em 24 Vcc, 120 Vca ou 240 Vca e são current sinking. A
energia para as entradas é obtida separadamente com fontes de clientes convenientes no
terminal A1. As saídas do contato de relé podem ser controladas pela rede ou pelos
blocos de funções DeviceLogix para executar tarefas como a operação do contator.

Botão Test/Reset
O botão Test/Reset, que está localizado na frente do relé de sobrecarga eletrônico
E300, permite realizar as seguintes ações:
• Test – O contato do relé de desarme abre se o relé de sobrecarga eletrônico E300
não estiver em uma condição de desarme e o botão Test/Reset for pressionado
por dois segundos ou mais.
• Reset – O contato do relé de desarme fecha se o relé de sobrecarga eletrônico
E300 estiver em uma condição de desarme, se houver tensão de alimentação e o
botão Test/Reset for pressionado.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 19


Capítulo 1 Visão geral

Operação monofásica/trifásica
O relé de sobrecarga eletrônico E300 pode ser usado em aplicações trifásicas e
monofásicas. Um parâmetro de programação é fornecido para selecionar entre a
operação monofásica ou trifásica. A fiação de passagem está disponível em ambos os
casos.

Comunicações EtherNet/IP
O modo de comunicação EtherNet/IP E300 tem duas portas RJ45 que atuam como
um switch Ethernet para comportar uma topologia em estrela, linear ou de anel, e é
compatível com o seguinte:
• 2 conexões simultâneas de classe 1 [1 proprietário exclusivo + (1 entrada apenas
ou 1 escuta apenas)]
• 6 conexões simultâneas de classe 3 (mensagens explícitas)
• Servidor Web integrado
• Servidor SMTP para eventos de desarme e advertência (e-mail e mensagens de
texto)
• Arquivo EDS integrado
• Perfil add-on do RSLogix 5000

Comunicações DeviceNet
O módulo de comunicação DeviceNet E300 tem um conector DeviceNet de cinco
pinos e é compatível com o seguinte:
• Leitura e gravação de parâmetros de configuração e informações em tempo real
via DeviceNet usando o RSNetWorx™ em taxas de comunicação de 125 Kb,
250 Kb e 500 Kb
• Comunicação de 16 bytes de dados para mensagens de E/S (implícita) para um
scanner DeviceNet
• Meios mecânicos para selecionar o endereço do nó do dispositivo
• Indicação de status de LED para potência do dispositivo, status de desarme/
advertência e status de comunicação
• Mesmos objetos DeviceNet que o relé de sobrecarga eletrônico E3 Plus
existente
• Modo de emulação E3 Plus que permite a reutilização de parâmetros de
configuração ao usar ferramentas como ADR, Terminal de configuração
DeviceNet (193-DNCT ou CEP7-DNCT) e RSNetWorx para DeviceNet

Design modular Você pode selecionar as opções específicas necessárias para a sua aplicação de partida do
motor. O relé E300 consiste em três módulos: detecção, controle e comunicação. Você
pode personalizar cada um dos três com acessórios para ajustar a sobrecarga do motor
eletrônico às necessidades exatas da sua aplicação.
• Ampla faixa de corrente
• Recursos de detecção (corrente, corrente de falta à terra e/ou tensão)
• E/S de expansão
• Interfaces do operador

20 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Visão geral Capítulo 1

Opções de comunicação Você pode selecionar várias opções de comunicação que se integrem aos sistemas de
controle do Logix. Os programadores podem adicionar facilmente o relé E300 aos
sistemas de controle do Logix que usam ferramentas de Integrated Architecture, como
Perfis add-on, Instruções add-on e Faceplates.
• Anel no nível do dispositivo (DLR) Ethernet/IP
• DeviceNet

Informações de diagnóstico O relé E300 oferece uma grande variedade de informações de diagnóstico para
monitorar o desempenho do motor, alertar de maneira proativa sobre problemas do
motor ou identificar o motivo de um encerramento não planejado. As informações
incluem:
• Tensão, corrente e energia
• Históricos de desarme/advertência
• % de utilização da capacidade térmica
• Tempo de desarme
• Tempo para o rearme
• Horas de funcionamento
• Número de partidas
• Instantâneo do desarme

Fiação simplificada O relé E300 oferece uma maneira fácil de montar nos contatores IEC e NEMA
Allen-Bradley®. Um adaptador da bobina do contator está disponível para o contator
100-C, permitindo criar uma partida de motor funcional com apenas dois cabos de
controle.

Módulo de detecção Figura 1 – Módulo de detecção

O módulo de detecção coleta dados eletronicamente sobre a corrente, a tensão, a


potência e a energia que são consumidas pelo motor elétrico interno ao módulo. Você
pode escolher uma das três opções de módulos de detecção de acordo com as
informações de diagnóstico do motor necessárias para a aplicação da proteção do
motor:
• Detecção de corrente
• Detecção de corrente e corrente de falta à terra
• Detecção de corrente, corrente de falta à terra, tensão e potência

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 21


Capítulo 1 Visão geral

As faixas de corrente para cada uma das três variedades de módulo de detecção são as
seguintes:
• 0,5 a 30 A
• 6 a 60 A
• 10 a 100 A
• 20 a 200 A
Você pode escolher como o módulo de detecção é montado mecanicamente dentro do
gabinete elétrico. Os mecanismos de montagem a seguir estão disponíveis para o
módulo de detecção.
• Montagem no lado da carga de um contator IEC Allen-Bradley cód. cat. 100
• Montagem no lado da carga de um contator NEMA Allen-Bradley cód. cat. 300
• Montagem no lado da carga de um contator NEMA Allen-Bradley cód. cat. 500
• Montagem em painel/trilho DIN com bornes de alimentação
• Montagem em painel/trilho DIN de substituição com bornes de alimentação
para um adaptador de montagem em painel E3 Plus Allen-Bradley
• Montagem em painel/trilho DIN com condutores de potência de passagem
Você pode usar o módulo de detecção do relé E300 com transformadores de corrente
externos. Estas orientações de aplicação devem ser seguidas ao usar uma configuração
de TC externo:
• Você deve montar o relé de sobrecarga E300 a uma distância igual ou maior do
que seis vezes o diâmetro do cabo (incluindo o isolamento) do condutor de
corrente mais próximo.
• Para aplicações que usam vários condutores por fase, o diâmetro de cada cabo
deve ser adicionado e multiplicado por seis para determinar a distância de
posicionamento adequada para o relé de sobrecarga E300.

Módulo de controle
Figura 2 – Módulo de controle

O módulo de controle é a parte principal do relé E300 e pode ser anexado a qualquer
módulo de detecção. O módulo de controle executa todos os algoritmos de proteção e
controle de motor e tem a E/S nativa do sistema. O módulo de controle tem duas
variedades:
• Apenas E/S
• E/S e proteção (PTC e detecção de corrente de falta à terra externa)
O módulo de controle está disponível em três tensões de controle:
• 110 a 120 Vca, 50/60Hz
• 220 a 240 Vca, 50/60Hz
• 24 Vcc
A tensão de comando externa é necessária para alimentar o relé E300 e ativar as
entradas digitais.

22 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Visão geral Capítulo 1

Módulos de comunicação
O módulo de comunicação permite que o relé E300 seja integrado a um sistema
automático, além de poder ser anexado a qualquer módulo de controle. Todos os
módulos de comunicação permitem que você defina o endereço do nó com
mostradores giratórios e oferecem indicadores de status de diagnóstico para indicar o
status do sistema no painel.
O módulo de comunicação Ethernet/IP E300 tem dois conectores RJ45 que funcio-
nam como um switch. Você pode fazer uma ligação em cadeia de vários relés E300 com
um cabo Ethernet, e o módulo é compatível com um anel de nível de dispositivo.
Figura 3 – Módulo de comunicação EtherNet/IP

O módulo de comunicação DeviceNet E300 tem um conector DeviceNet de cinco


pinos que permite integrar o relé E300 a uma rede DeviceNet.
Figura 4 – Módulo de comunicação DeviceNet

Módulos add-on opcionais E/S de expansão opcional


O relé E300 permite adicionar mais E/Ss digitais e analógicas ao sistema por meio do
barramento de expansão do relé E300 se o número de E/Ss nativas não for suficiente
para a aplicação no relé de base. Você pode adicionar qualquer combinação de até
quatro módulos de expansão de E/S digital que tenham quatro entradas (120 Vca,
240 Vca ou 24 Vcc) e duas saídas de relé.
Também é possível adicionar até quatro módulos de expansão de E/S analógica, que
tenham três entradas analógicas universais independentes e uma saída analógica
isolada. Os módulos de expansão de E/S analógica exigem o firmware do módulo de
controle v3.000 ou superior. As entradas analógicas universais independentes aceitam
os seguintes sinais:
• 4 a 20 mA
• 0 a 20 mA
• 0 a 10 Vcc

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 23


Capítulo 1 Visão geral

• 1 a 5 Vcc
• 0 a 5 Vcc
• Sensores RTD (Pt 385, Pt 3916, Cu 426, Ni 618, Ni 672 e NiFe 518)
• Resistência (150 , 750 , 3.000  e 6.000 )
A saída analógica isolada pode ser programada para referenciar um sinal analógico
tradicional (4 a 20 mA, 0 a 20 mA, 0 a 10 Vcc, 1 a 5 V ou 0 a 10 V) para representar os
seguintes valores de diagnóstico:
• % média de FLA
• % de TCU
• Corrente de falta à terra
• Desequilíbrio de corrente
• Tensão L-L média
• Desequilíbrio de tensão
• KW total
• kVAr total
• KVA total
• Fator de potência total
• Valor definido pelo usuário

Estação do operador opcional


Figura 5 – Estações do operador
Estação de controle Estação de diagnóstico
LED de alimentação
LED de alimentação Escape
LED de desarme/advertência Para cima
LED de desarme/advertência
Selecionar

Partida Avante/Velocidade 1
Partida Reverso/Velocidade 2
Local/Remoto Partida Avante/Velocidade 1
Stop Enter
Partida Reverso/Velocidade 2
Reset Local/Remoto Para baixo
Stop
Reset

O relé E300 permite adicionar uma interface de operação ao barramento de expansão.


Você pode escolher entre dois tipos de estações do operador: estação de controle e
estação de diagnóstico. Ambos os tipos de estações do operador são encaixados em um
recorte de botão pulsador padrão de 22 mm e fornecem indicadores de status de
diagnóstico que permitem visualizar o status do relé E300 do lado externo de um
gabinete elétrico. As duas estações do operador fornecem botões pulsadores que podem
ser usados para a lógica de controle do motor, e ambos podem ser usados para carregar e
baixar os dados de configuração de parâmetros do relé de base.
A estação de diagnóstico tem um monitor e botões de navegação que permitem
visualizar e editar parâmetros no relé de base. A estação de diagnóstico exige o firmware
do módulo de controle v3.000 ou superior.

24 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Visão geral Capítulo 1

Fonte de alimentação do O barramento de expansão do relé E300 fornece corrente suficiente para operar um
sistema com (1) módulo de expansão digital e (1) estação do operador. Um sistema de
barramento de expansão relé E300 que tenha mais módulos de expansão precisa de corrente suplementar para o
opcional barramento de expansão. O relé E300 oferece dois tipos de fontes de alimentação de
barramento de expansão: CA (110 a 240 Vca, 50/60 Hz) e CC (24 Vcc). Uma fonte
de alimentação de barramento de expansão fornece corrente suficiente para um
barramento de expansão de relé E300 totalmente carregado (quatro módulos de
expansão digital, quatro módulos de expansão analógica e uma estação do operador).
Você pode usar a fonte de alimentação de barramento de expansão com qualquer
combinação de módulos de expansão digital e analógica.
Figura 6 – Fonte de alimentação do barramento de expansão

Recursos de proteção Os números entre parênteses nesta seção representam funções específicas do
dispositivo, pois estão relacionadas às respectivas medidas de proteção oferecidas. Essas
funções de proteção se correlacionam aos números de dispositivos padrão ANSI,
conforme definido pelo Padrão ANSI/IEEE C37.2 – Padrão para designações de
contato, acrônimos e números de funções de dispositivos de sistema de energia elétrica.

Proteção padrão de acordo com a corrente


Todas as versões do relé E300 fornecem as seguintes funções de proteção do motor.
• Sobrecarga térmica (51)
• Perda de fase
• Desequilíbrio de corrente (46)
• Subcorrente – perda de carga (37)
• Sobrecorrente – travamento de carga (48)
• Sobrecorrente – parada de carga
• Inibição de partida (66)

Proteção de acordo com a corrente de falta à terra


Os módulos de controle do relé E300 e os módulos de controle com uma opção de
corrente de falta à terra fornecem a seguinte função de proteção do motor:
• Falta à terra – método de sequência zero (50 N)

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 25


Capítulo 1 Visão geral

Proteção de acordo com a tensão e a potência


Os módulos de detecção do relé E300 com sensoriamento de tensão fornecem as
seguintes funções de proteção do motor:
• Subtensão (27)
• Sobretensão (59)
• Reversão de fase (47) – de acordo com a tensão
• Sobre e subfrequência (81) – de acordo com a tensão
• Desequilíbrio de tensão (46)
• Sobre e subpotência (37)
• Fator de potência sobre e abaixo capacitivo/indutivo (55)
• Sobre e subpotência reativa geradas
• Sobre e subpotência reativa consumidas
• Sobre e subpotência aparentes

Proteção térmica
O relé E300 fornece as seguintes funções de proteção térmica do motor:
• Termistor – PTC (49)
• Proteção do estator – RTD (49)
• Proteção do mancal – RTD (38)

Aplicações Você pode usar o relé E300 com as seguintes opções nas aplicações de partida em linha:
• Partida sem reversão
• partida reversível
• Partida em estrela/triângulo
• Motores de duas velocidades
• Baixa e média tensão com dois ou três transformadores de potencial
• Transformadores de corrente com ou sem fase
• Transformador de corrente com núcleo equilibrado com ou sem sequência zero

26 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Capítulo 2

Estação de diagnóstico

O relé de sobrecarga eletrônico E300™ é compatível com uma estação de diagnóstico no


barramento de expansão E300 (é preciso ter o firmware do módulo de controle v3.000
e superior). A estação de diagnóstico permite visualizar e editar qualquer parâmetro do
relé E300. Este capítulo explica as teclas de navegação na estação de diagnóstico, como
visualizar um parâmetro, como editar um parâmetro de configuração e a sequência de
exibição programável da estação de diagnóstico.

Teclas de navegação A estação de diagnóstico E300 tem cinco teclas de navegação que são usadas para
navegar pelo sistema de menus do monitor e editar os parâmetros de configuração.

Tecla Nome Descrição

Seta para cima • Percorrer os grupos ou parâmetros de exibição.


Seta para baixo • Aumentar ou diminuir os valores.

• Voltar uma etapa no menu de navegação.


Escape • Cancelar ou alterar um valor do parâmetro de configuração.

• Selecionar o próximo bit ao visualizar um parâmetro enumerado do bit.


Select • Selecionar o próximo dígito ao editar um valor de configuração.
• Selecionar o próximo bit ao editar um parâmetro enumerado do bit.
• Iniciar o menu de navegação.
• Avançar uma etapa no menu de navegação.
Enter • Exibir a descrição de um parâmetro enumerado do bit.
• Editar um valor do parâmetro de configuração.
• Salvar a alteração de um valor do parâmetro de configuração.

Exibição de um parâmetro A estação de diagnóstico E300 permite visualizar os parâmetros usando um sistema de
menu de grupos ou em uma lista linear. Para iniciar o menu de navegação, pressione a
tecla . Nesse menu, você pode visualizar os parâmetros por grupos, em uma lista
linear ou obter informações do sistema de relé E300.

Navegação no grupo de parâmetros


Para iniciar o menu de navegação, pressione a tecla . Use as teclas ou
para selecionar o método de navegação Groups e pressione .

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 27


Capítulo 2 Estação de diagnóstico

Use as teclas ou para selecionar o grupo do parâmetros que será exibido e


pressione .

Use as teclas ou para visualizar os parâmetros associados ao grupo.

Ao visualizar um parâmetro enumerado do bit, pressione para ver a descrição de


cada bit. Pressione para ver o próximo bit. Pressione para retornar ao
parâmetro.

Pressione para retornar ao sistema de navegação do grupo de parâmetros.


Se você não pressionar uma tecla de navegação durante o período definido por Display
Timeout (Parâmetro 436), a estação de diagnóstico retornará para a sequência de
exibição programável.

Navegação em lista linear


Para iniciar o menu de navegação, pressione a tecla . Use as teclas ou
para selecionar o método de navegação Linear List e pressione .

Use as teclas ou e para selecionar o número do parâmetro que será


exibido e pressione .

28 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Estação de diagnóstico Capítulo 2

Use as teclas ou para ver o próximo parâmetro sequencial.

Ao visualizar um parâmetro enumerado do bit, pressione para ver a descrição de


cada bit. Pressione para ver o próximo bit. Pressione para retornar ao
parâmetro.

Pressione para retornar ao sistema de navegação em lista linear.


Se você não pressionar uma tecla de navegação durante o período definido por Display
Timeout (Parâmetro 436), a estação de diagnóstico E300 retornará automaticamente
para a sequência de exibição programável.

Informações do sistema
A estação de diagnóstico E300 pode exibir informações da versão do firmware, exibir e
editar a hora e a data do relógio virtual do relé E300. Para ver informações do sistema
do relé E300, inicie o menu de navegação pressionando a tecla . Use as teclas
ou para selecionar System Info e pressione .

Use as teclas ou para ver as informações do sistema do relé E300.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 29


Capítulo 2 Estação de diagnóstico

Para editar a data ou a hora do sistema, pressione para modificar o valor. Use as
teclas ou para selecionar o novo valor. Pressione para selecionar o
próximo valor do sistema. Pressione para salvar os novos valores do sistema ou
pressione para cancelar a modificação e restaurar os valores anteriores.

Pressione para retornar ao menu de navegação.


Se você não pressionar uma tecla de navegação durante o período definido por Display
Timeout (Parâmetro 436), a estação de diagnóstico E300 cancelará automaticamente a
modificação, restaurará os valores anteriores e retornará para a sequência de exibição
programável.

Edição de parâmetros Edição de um parâmetro de configuração


A estação de diagnóstico E300 permite editar parâmetros de configuração usando um
sistema de menu de grupos ou em uma lista linear. Para iniciar o menu de navegação,
pressione a tecla . Nesse menu, você pode visualizar os parâmetros por grupos,
em uma lista linear ou obter informações do sistema de relé E300. Escolha o método
adequado e navegue até o parâmetro que será modificado.

Edição de um parâmetro numérico


Para editar um parâmetro de configuração pressione a tecla para modificar o
valor. Use as teclas ou para selecionar o novo valor. Pressione para
salvar os novos valores do sistema ou para cancelar a modificação e restaurar os
valores anteriores.

Pressione para retornar ao menu de navegação.


Se você não pressionar uma tecla de navegação durante o período definido por Display
Timeout (Parâmetro 436), a estação de diagnóstico E300 cancelará automaticamente a
modificação, restaurará os valores anteriores e retornará para a sequência de exibição
programável.

30 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Estação de diagnóstico Capítulo 2

Edição de um parâmetro enumerado do bit


Ao editar um parâmetro enumerado do bit, pressione a tecla para ver a descrição
de cada bit. Use as teclas ou para selecionar o novo valor do bit. Pressione
para editar o próximo bit. Pressione para salvar o novo valor ou para
cancelar a modificação e restaurar o valor anterior.

Pressione para retornar ao menu de navegação.


Se você não pressionar uma tecla de navegação durante o período definido por Display
Timeout (Parâmetro 436) defines, a estação de diagnóstico cancelará automaticamente
a modificação, restaurará o valor anterior e retornará para a sequência de exibição
programável.

Sequência de exibição Sequência de exibição


programável A estação de diagnóstico do relé E300 exibe até sete telas na sequência a cada
5 segundos.
• Corrente trifásica
• Tensão trifásica
• Potência total
• Tela 1 definida pelo usuário
• Tela 2 definida pelo usuário
• Tela 3 definida pelo usuário
• Tela 4 definida pelo usuário
As telas de tensão trifásica e de potência total são incluídas na sequência somente
quando o relé E300 tem um módulo de detecção com base na tensão, corrente e
corrente de falta à terra (VIG).

As telas definidas pelo usuário permitem selecionar até dois parâmetros por tela.
Consulte Telas da estação de diagnóstico definidas pelo usuário na página 43 para
configurar Screen# e Parameter# (Parâmetros 428 a 435).

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 31


Capítulo 2 Estação de diagnóstico

Se você não pressionar uma tecla de navegação durante o período definido por Display
Timeout (Parâmetro 436), a estação de diagnóstico cancelará automaticamente
qualquer modificação, restaurará o valor anterior e retornará para a sequência de
exibição programável.

Interrupção da sequência de exibição


Para interromper a sequência de exibição, pressione . Use as teclas ou
para sequenciar as telas manualmente. Pressione para retornar à sequência de
exibição automática.
Se você não pressionar uma tecla de navegação durante o período definido por Display
Timeout (Parâmetro 436), a estação de diagnóstico retornará para a sequência de
exibição programável.

Telas automáticas de Quando o relé está em um estado de desarme ou advertência, a estação de diagnóstico
E300 exibe automaticamente o evento de desarme ou advertência.
desarme e advertência

Pressione uma das teclas de navegação ( , , , ou ) para


retornar à sequência de exibição automática.
Quando o evento de desarme ou advertência for resolvido, a estação de diagnóstico
E300 retorna automaticamente à sequência de exibição programável.
Se outro parâmetro for exibido e você não pressionar uma tecla de navegação durante o
período definido por Display Timeout (Parâmetro 436), a estação de diagnóstico
retornará automaticamente para a tela de desarme ou advertência se os eventos não
forem resolvidos.

32 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Capítulo 3

Configuração e operação do sistema

Este capítulo fornece instruções sobre como operar e configurar um sistema de relé de
sobrecarga eletrônico E300™. Este capítulo inclui configurações para modos de
dispositivos, correspondência de opções, política de segurança, atribuições de E/S,
falha de barramento de expansão, partida de emergência e uma introdução aos modos
de operação.
Este capítulo mostra os parâmetros necessários para programar o dispositivo; consulte
página 11 para obter informações sobre a planilha de parâmetros completa anexada a
este PDF.

Modos de dispositivo O relé E300 tem cinco modos de dispositivo para validar a configuração do dispositivo
e limitar quando você pode configurar o relé E300, fazer uma atualização de firmware e
emitir comandos.
• Modo de administração
• Modo pronto
• Modo de operação
• Modo de teste
• Modo de configuração inválida

Modo de administração
O modo de administração é um modo de manutenção do relé E300 que permite
configurar parâmetros, modificar políticas de segurança, habilitar servidores Web, fazer
atualizações de firmware e emitir comandos.
Siga estas etapas para entrar no modo de administração:

1. Coloque os seletores giratórios do módulo de comunicação E300 nos seguintes


valores
– Para EtherNet/IP, coloque os seletores em 0-0-0
– Para DeviceNet, coloque os seletores em 7-7
2. Desligue e ligue a alimentação do relé E300
Depois de concluir as atividades de comissionamento e as tarefas de manutenção,
retorne o relé E300 para o modo pronto ou de operação, colocando os seletores
giratórios do módulo de comunicação E300 de volta às posições correspondentes.

Modo pronto
O modo pronto é um modo de espera do relé E300, em que o relé está pronto para
ajudar a proteger um motor elétrico e nenhuma corrente elétrica foi detectada. Você
pode modificar os parâmetros de configuração, atualizar o firmware e emitir comandos
se as políticas de segurança apropriadas estiverem ativadas. O LED de energia no
módulo de comunicação e nas estações do operador pisca em verde, e o bit 14 em
Device Status 0 (Parâmetro 20) é definido como 1 quando o dispositivo está no modo
pronto.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 33


Capítulo 3 Configuração e operação do sistema

Modo de operação
O modo de operação é um modo ativo do relé E300 em que o relé está detectando
corrente elétrica e protegendo ativamente um motor elétrico. Somente os parâmetros
de configuração que não forem de proteção do motor podem ser modificados se as
políticas de segurança apropriadas estiverem ativadas. O LED de energia no módulo de
comunicação e nas estações do operador fica verde, e os bits 3, 4 e/ou 5 em Device
Status 0 (Parâmetro 20) estão definidos como 1 quando o dispositivo está no modo de
operação.

Modo de teste
O modo de teste é usado por instaladores de centros de controle de motores que estão
testando e comissionando partidas de motores com um sistema de automação. Uma
entrada digital do relé E300 é designada para monitorar a posição de teste do gabinete
do centro de controle do motor. Input Assignments (Parâmetros 196 a 201) são
descritos mais adiante neste capítulo.
Qualquer pessoa que faça o comissionamento de partidas de motor em um sistema de
automação pode colocar o gabinete central de controle do motor na posição de teste
para ativar o modo de teste e verificar se as entradas digitais e saídas do relé E300 estão
funcionando corretamente com o motor de partida sem energizar o motor. Se o relé
E300 detectar corrente ou tensão no modo de teste, ele gerará um desarme no modo
teste.

Modo de configuração inválida


O modo de configuração inválida é um modo ativo em que o relé E300 está em um
estado de desarme devido a dados de configuração inválidos. O Invalid Configuration
Parameter (Parâmetro 38) indica o número do parâmetro que está causando a falha.
O Invalid Configuration Cause (Parâmetro 39) identifica o motivo do modo de
configuração inválida.
O LED Trip/Warn no módulo de comunicação e nas estações do operador pisca em
vermelho 3 vezes longas e 8 curtas, e os bits 0 e 2 em Device Status 0 (Parâmetro 20)
estão definidos como 1 quando o dispositivo está no modo de configuração inválida.
Para retornar ao modo pronto/de operação, insira um valor de configuração válido no
parâmetro identificado por Invalid Configuration Parameter (Parâmetro 38) e Invalid
Configuration Cause (Parâmetro 39). Redefina o estado de desarme do relé E300
pressionando o botão de reset azul no módulo de comunicação, por meio da rede de
comunicação, com o servidor Web interno do módulo de comunicação EtherNet/IP
ou por uma entrada digital atribuída.

Correspondência de opções
Devido à natureza modular do relé E300, você pode ativar o recurso de
correspondência de opções para verificar se as opções esperadas para a aplicação de
proteção do motor são as que estão presentes no sistema do relé E300. Você pode
configurar uma incompatibilidade de opções para causar um desarme de proteção ou
fornecer uma advertência dentro do relé E300.

Enable Option Match Protection Trip (Parâmetro 186)


Para fazer com que o recurso de correspondência de opções cause um desarme de
proteção no caso de uma incompatibilidade de opções, coloque (1) na posição de bit 8
do Parâmetro 186 (Control Trip Enable). Você pode fazer com que recursos específicos
de correspondência de opções causem um desarme de proteção no Parâmetro 233
(Option Match Action).

34 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Configuração e operação do sistema Capítulo 3

Enable Option Match Protection Warning (Parâmetro 192)


Para fazer com que o recurso de correspondência de opções cause uma advertência no
caso de uma incompatibilidade de opções, coloque (1) na posição de bit 8 do
Parâmetro 192 (Control Trip Enable). Você pode fazer com que recursos específicos de
correspondência de opções causem uma advertência no Parâmetro 233 (Option Match
Action).

Control Module Type (Parâmetro 221)


O relé E300 oferece seis módulos de controle diferentes. Coloque o valor do módulo
de controle esperado no Parâmetro 221. Um valor (0) desabilita o recurso de
correspondência de opções do módulo de controle.

Sensing Module Type (Parâmetro 222)


O relé E300 oferece 12 módulos de detecção diferentes. Coloque o valor do módulo de
detecção esperado no Parâmetro 222. Um valor (0) desabilita o recurso de
correspondência de opções do módulo de detecção.

Communication Module Type (Parâmetro 223)


O relé E300 oferece dois módulos de comunicação diferentes. Coloque o valor do
módulo de comunicação esperado no Parâmetro 223. Um valor (0) desabilita o recurso
de correspondência de opções do módulo de comunicação.

Operator Station Type (Parâmetro 224)


O relé E300 oferece dois tipos diferentes de estações do operador. Coloque o valor da
estação do operador esperada no Parâmetro 224. Um valor (0) desabilita o recurso de
correspondência de opções da estação do operador. Um valor (1), “No Operator
Station”, faz com que a estação do operador não seja permitida no barramento de
expansão e impede que você conecte uma estação do operador ao sistema de relé E300.

Módulos de expansão de E/S digital

Module 1 Type (Parâmetro 225)


O relé E300 comporta até quatro módulos de expansão de E/S digital adicionais. Esse
parâmetro configura o recurso de correspondência de opções do módulo de expansão
de E/S digital definido como Digital Module 1. Há três tipos diferentes de módulos de
expansão de E/S digital. Coloque o valor do módulo de expansão de E/S digital
esperado definido como Digital Module 1 no Parâmetro 225. Um valor (0) desabilita o
recurso de correspondência de opções nesse módulo de expansão de E/S digital. Um
valor (1), “No Digital I/O Expansion Module”, faz com que o módulo de expansão de
E/S digital definido como Digital Module 1 não seja permitido no barramento de
expansão e impede que você conecte um módulo de expansão de E/S digital definido
como Digital Module 1 ao sistema de relé E300.

Module 2 Type (Parâmetro 226)


O relé E300 comporta até quatro módulos de expansão de E/S digital adicionais. Esse
parâmetro configura o recurso de correspondência de opções do módulo de expansão
de E/S digital definido como Digital Module 2. Há três tipos diferentes de módulos de
expansão de E/S digital. Coloque o valor do módulo de expansão de E/S digital
esperado definido como Digital Module 2 no Parâmetro 226. Um valor (0) desabilita o
recurso de correspondência de opções nesse módulo de expansão de E/S digital. Um
valor (1), “No Digital I/O Expansion Module”, faz com que o módulo de expansão de
E/S digital definido como Digital Module 2 não seja permitido no barramento de
expansão e impede que você conecte um módulo de expansão de E/S digital definido
como Digital Module 2 ao sistema de relé E300.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 35


Capítulo 3 Configuração e operação do sistema

Module 3 Type (Parâmetro 227)


O relé E300 comporta até quatro módulos de expansão de E/S digital adicionais. Esse
parâmetro configura o recurso de correspondência de opções do módulo de expansão
de E/S digital definido como Digital Module 3. Há três tipos diferentes de módulos de
expansão de E/S digital. Coloque o valor do módulo de expansão de E/S digital
esperado definido como Digital Module 3 no Parâmetro 227. Um valor (0) desabilita o
recurso de correspondência de opções nesse módulo de expansão de E/S digital. Um
valor (1), “No Digital I/O Expansion Module”, faz com que o módulo de expansão de
E/S digital definido como Digital Module 3 não seja permitido no barramento de
expansão e impede que você conecte um módulo de expansão de E/S digital definido
como Digital Module 3 ao sistema de relé E300.

Module 4 Type (Parâmetro 228)


O relé E300 comporta até quatro módulos de expansão de E/S digital adicionais. Esse
parâmetro configura o recurso de correspondência de opções do módulo de expansão
de E/S digital definido como Digital Module 4. Há três tipos diferentes de módulos de
expansão de E/S digital. Coloque o valor do módulo de expansão de E/S digital
esperado definido como Digital Module 4 no Parâmetro 228. Um valor (0) desabilita o
recurso de correspondência de opções nesse módulo de expansão de E/S digital. Um
valor (1), “No Digital I/O Expansion Module”, faz com que o módulo de expansão de
E/S digital definido como Digital Module 4 não seja permitido no barramento de
expansão e impede que você conecte um módulo de expansão de E/S digital definido
como Digital Module 4 ao sistema de relé E300.

Módulos de expansão de E/S analógica

Module 1 Type (Parâmetro 229)


O relé E300 comporta até quatro módulos de expansão de E/S analógica adicionais.
Esse parâmetro configura o recurso de correspondência de opções do módulo de
expansão de E/S analógica definido como Analog Module 1. Há três tipos diferentes de
módulos de expansão de E/S analógica. Coloque o valor do módulo de expansão de
E/S analógica esperado definido como Analog Module 1 no Parâmetro 229. Um valor
(0) desabilita o recurso de correspondência de opções nesse módulo de expansão de
E/S analógica. Um valor (1), “No Analog I/O Expansion Module”, faz com que o
módulo de expansão de E/S analógica definido como Analog Module 1 não seja
permitido no barramento de expansão e impede que você conecte um módulo de
expansão de E/S analógico definido como Analog Module 1 ao sistema de relé E300.

Module 2 Type (Parâmetro 230)


O relé E300 comporta até quatro módulos de expansão de E/S analógica adicionais.
Esse parâmetro configura o recurso de correspondência de opções do módulo de
expansão de E/S analógica definido como Analog Module 2. Há três tipos diferentes de
módulos de expansão de E/S analógica. Coloque o valor do módulo de expansão de
E/S analógica esperado definido como Analog Module 2 no Parâmetro 230. Um valor
(0) desabilita o recurso de correspondência de opções nesse módulo de expansão de
E/S analógica. Um valor (1), “No Analog I/O Expansion Module”, faz com que o
módulo de expansão de E/S analógica definido como Analog Module 2 não seja
permitido no barramento de expansão e impede que você conecte um módulo de
expansão de E/S analógico definido como Analog Module 2 ao sistema de relé E300.

36 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Configuração e operação do sistema Capítulo 3

Module 3 Type (Parâmetro 231)


O relé E300 comporta até quatro módulos de expansão de E/S analógica adicionais.
Esse parâmetro configura o recurso de correspondência de opções do módulo de
expansão de E/S analógica definido como Analog Module 3. Há três tipos diferentes de
módulos de expansão de E/S analógica. Coloque o valor do módulo de expansão de
E/S analógica esperado definido como Analog Module 3 no Parâmetro 231. Um valor
(0) desabilita o recurso de correspondência de opções nesse módulo de expansão de
E/S analógica. Um valor (1), “No Analog I/O Expansion Module”, faz com que o
módulo de expansão de E/S analógica definido como Analog Module 3 não seja
permitido no barramento de expansão e impede que você conecte um módulo de
expansão de E/S analógico definido como Analog Module 3 ao sistema de relé E300.

Module 4 Type (Parâmetro 232)


O relé E300 comporta até quatro módulos de expansão de E/S analógica adicionais.
Esse parâmetro configura o recurso de correspondência de opções do módulo de
expansão de E/S analógica definido como Analog Module 4. Há três tipos diferentes de
módulos de expansão de E/S analógica. Coloque o valor do módulo de expansão de
E/S analógica esperado definido como Analog Module 4 no Parâmetro 232. Um valor
(0) desabilita o recurso de correspondência de opções nesse módulo de expansão de
E/S analógica. Um valor (1), “No Analog I/O Expansion Module”, faz com que o
módulo de expansão de E/S analógica definido como Analog Module 4 não seja
permitido no barramento de expansão e impede que você conecte um módulo de
expansão de E/S analógico definido como Analog Module 4 ao sistema de relé E300.

Option Match Action (Parâmetro 233)


O recurso de correspondência de opções do relé E300 permite especificar uma ação
quando há uma incompatibilidade de opções – desarme de proteção ou advertência.
Coloque um (0) na posição do bit correto para uma advertência e coloque um (1) na
posição do bit correto para causar um desarme de proteção se houver uma
incompatibilidade de opções.

Política de segurança O relé E300 tem uma política de segurança que pode ser usada para impedir que
qualquer pessoa mal intencionada danifique o motor ou um equipamento. Por padrão,
é possível modificar a política de segurança somente quando o relé E300 estiver no
modo de administração (consulte a página 33 para ver como habilitar o modo de
administração).

Tabela 1 – Tipos de política de segurança

Tipo de política Descrição


• permite enviar instruções de mensagem externas por meio de uma rede de comunicação para gravar valores em parâmetros de configuração.
Configuração do • quando essa política está desabilitada, todas as instruções de mensagem externas com dados de configuração retornam um erro de comunicação
dispositivo quando o relé E300 está no modo pronto ou de operação.
• permite enviar instruções de mensagem externas por meio de uma rede de comunicação para reinicializar o dispositivo quando o relé E300 estiver no
Reinicialização do modo pronto.
dispositivo • quando essa política está desabilitada, todas as instruções de mensagem externas retornam um erro de comunicação quando o relé E300 está no
modo pronto ou de operação.
• permite atualizar o firmware interno do módulo de comunicação e do módulo de controle por meio do ControlFlash quando o relé E300 está no modo
Atualização de firmware • pronto.
quando essa política está desabilitada, as atualizações de firmware retornam um erro de comunicação quando o relé E300 está no modo pronto ou de
operação.
Configuração de • permite modificar a política de segurança do relé E300 no modo pronto
segurança • quando desabilitada, a política só pode ser modificada quando o relé E300 está no modo de administração

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 37


Capítulo 3 Configuração e operação do sistema

Atribuições de E/S O relé E300 tem entradas digitais nativas e saídas de relé no módulo de controle. Esta
E/S pode ser atribuída a funções dedicadas. As seções a seguir listam as atribuições de
funções do módulo de controle de E/S disponível.

Atribuições de entrada
Você pode atribuir entradas digitais por meio dos seguintes parâmetros:
• Input Pt00 Assignment (Parâmetro 196)
• Input Pt01 Assignment (Parâmetro 197)
• Input Pt02 Assignment (Parâmetro 198)
• Input Pt03 Assignment (Parâmetro 199)
• Input Pt04 Assignment (Parâmetro 200)
• Input Pt05 Assignment (Parâmetro 201)

Atribuições de saída
Você pode atribuir as saídas do relé por meio dos seguintes parâmetros:
• Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202)
• Output Pt01 Assignment (Parâmetro 203)
• Output Pt02 Assignment (Parâmetro 204)

Estados de configuração do Quando atribuído como um relé normal/de uso geral ou relé de controle/controle e
desarme, é possível configurar os relés de saída do E300 para entrarem em um estado
relé de saída seguro específico quando um destes eventos ocorrer:
• Modo de falha de proteção – quando ocorre um evento de desarme
• Modo de falha de comunicação – quando a comunicação de rede é perdida ou
ocorre um erro
• Modo inativo de comunicação – quando um scanner de rede muda para o modo
inativo ou um CLP muda para o modo de programa

IMPORTANTE É importante que você entenda completamente o uso desses parâmetros e a


ordem de prioridade sob as condições de desarme de proteção, falha de
comunicação e evento inativo de comunicação.

A configuração padrão para esses três modos é abrir/desenergizar todos os relés de saída
E300 atribuídos como um relé normal/de uso geral ou relé de controle/controle e
desarme.
Os estados do relé de saída E300, quando atribuídos como um relé normal/de uso geral
ou relé de controle/controle e desarme, seguem esta ordem de prioridade:

Tabela 2 – Prioridade do relé de saída

Prioridade Relé normal/de uso geral Relé de controle/controle e desarme


1 Estado de falha de proteção de saída Estado de falha de comunicação de saída
2 Estado de falha de comunicação de saída Estado de falha final de saída
3 Estado de falha final de saída Estado inativo de comunicação de saída
4 Estado inativo de comunicação de saída

38 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Configuração e operação do sistema Capítulo 3

Os oito relés de saída opcionais nos módulos de E/S de expansão digital operam como
um relé normal/de uso geral com as mesmas configurações de estado seguro do relé
E300. Há dois relés por módulo com no máximo quatro módulos.

Modos de falha de proteção do relé de saída


Quando o relé E300 tiver um evento de desarme, você poderá configurá-lo para entrar
em um estado específico (aberto ou fechado) ou ignorar o evento de desarme e
continuar a operar normalmente. Os parâmetros listados na Tabela 3 configuram o
modo de falha de proteção para cada relé de saída E300.

Tabela 3 – Parâmetros do modo de falha de proteção


Nome da falha Nº do parâmetro Descrição
• define como o relé de saída 0 atribuído como um relé normal/de uso geral responde
Output Relay 0 Protection Fault Action 304 quando ocorre um evento de desarme
Output Relay 0 Protection Fault Value 305 • define o estado do relé de saída 0 quando ocorre um evento de desarme
• define como o relé de saída 1 responde em um evento de desarme quando esse
Output Relay 1 Protection Fault Action 310 parâmetro está atribuído como um relé normal/de uso geral
Output Relay 1 Protection Fault Value 311 • define o estado do relé de saída 1 quando ocorre um evento de desarme
• define como o relé de saída 2 responde em um evento de desarme quando esse
Output Relay 2 Protection Fault Action 316 parâmetro está atribuído como um relé normal/de uso geral.
Output Relay 2 Protection Fault Value 317 • define o estado do relé de saída 2 quando ocorre um evento de desarme
• define como ambos os relés de saída no módulo de expansão digital 1 respondem quando
Digital Expansion Module 1 Output Relay Protection Fault Action 322 ocorre um evento de desarme
Digital Expansion Module 1 Output Relay Protection Fault Value 323 • define o estado de ambos os relés de saída quando ocorre um evento de desarme
• define como ambos os relés de saída no módulo de expansão digital 2 respondem quando
Digital Expansion Module 2 Output Relay Protection Fault Action 328 ocorre um evento de desarme
Digital Expansion Module 2 Output Relay Protection Fault Value 329 • define o estado de ambos os relés de saída quando ocorre um evento de desarme
• define como ambos os relés de saída no módulo de expansão digital 3 respondem quando
Digital Expansion Module 3 Output Relay Protection Fault Action 334 ocorre um evento de desarme
Digital Expansion Module 3 Output Relay Protection Fault Value 335 • define o estado de ambos os relés de saída quando ocorre um evento de desarme
• define como ambos os relés de saída no módulo de expansão digital 4 respondem quando
Digital Expansion Module 4 Output Relay Protection Fault Action 340 ocorre um evento de desarme
Digital Expansion Module 4 Output Relay Protection Fault Value 341 • define o estado de ambos os relés de saída quando ocorre um evento de desarme

Modos de falha de comunicação do relé de saída


Quando o relé E300 perde comunicação, tem uma falha no barramento de
comunicação ou um endereço do nó duplicado, é possível fazer com que os relés de
saída E300 com os parâmetros do modo de falha de comunicação entrem em um estado
específico (aberto ou fechado) ou mantenham o último estado.
Um relé E300 com versão do firmware v5.000 ou superior é compatível com o recurso
Fault Mode Output State Duration, que pode ser usado com scanners de rede
redundantes ou sistemas de controle. Fault Mode Output State Duration é o tempo
que os relés de saída E300 podem entrar em um estado temporário (aberto, fechado ou
manter o último estado) quando ocorre uma falha de comunicação. Configure este
estado temporário usando os parâmetros do modo de falha de comunicação.
Se a comunicação entre o relé E300 e um scanner de rede ou sistema de controle não for
restaurada dentro do tempo definido em Fault Mode Output State Duration
(Parâmetro 561), os relés de saída E300 entrarão em um estado final de falha (aberto ou
fechado), que foi configurado usando os parâmetros Final Fault Mode.
Se a comunicação entre o relé E300 e um scanner de rede ou sistema de controle não for
restaurada dentro do tempo definido em Fault Mode Output State Duration
(Parâmetro 561), os relés de saída E300 retomarão o estado comandado pelo scanner
de rede ou sistema de controle.
Os parâmetros listados na Tabela 4 configuram o modo de falha de configuração para
cada relé de saída E300.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 39


Capítulo 3 Configuração e operação do sistema

Tabela 4 – Parâmetros do modo de falha de configuração

Nº do
Nome da falha Descrição
parâmetro
• define a quantidade de tempo (s) que o relé E300 permanece no estado de modo de falha
de comunicação quando corre uma falha de comunicação. 0 = continuamente
(1)
Fault Mode Output State Duration 561 • Se a comunicação entre o relé E300 e um scanner de rede ou sistema de controle não for
restaurada dentro do tempo definido em Fault Mode Output State Duration, o relé de saída
E300 irá para o status de falha final (configurado ao usar os Parâmetros Final Fault Mode)
• define como o relé de saída 0 responde em uma falha de comunicação quando esse
Output Relay 0 Communication Fault Action 306 parâmetro é atribuído como um relé normal/de uso geral ou relé de controle/controle e
desarme
Output Relay 0 Communication Fault Value 307 • define o estado do relé de saída 0 quando ocorre uma falha de comunicação
(1) • define o estado do relé de saída 0 quando a comunicação não é restaurada no tempo
Output Relay 0 Final Fault Value 562 definido em Fault Mode Output State Duration (Parâmetro 561)
• define como o relé de saída 1 responde em uma falha de comunicação quando esse
Output Relay 1 Communication Fault Action 312 parâmetro é atribuído como um relé normal/de uso geral ou relé de controle/controle e
desarme
Output Relay 1 Communication Fault Value 313 • define o estado do relé de saída 1 quando ocorre uma falha de comunicação
• define o estado do relé de saída 1 quando a comunicação não é restaurada no tempo
Output Relay 1 Final Fault Value(1) 563 definido em Fault Mode Output State Duration (Parâmetro 561)
• define como o relé de saída 2 responde em uma falha de comunicação quando esse
Output Relay 2 Communication Fault Action 317 parâmetro é atribuído como um relé normal/de uso geral ou relé de controle/controle e
desarme
Output Relay 2 Communication Fault Value 319 • define o estado do relé de saída 2 quando ocorre uma falha de comunicação
(1) • define o estado do relé de saída 2 quando a comunicação não é restaurada no tempo
Output Relay 2 Final Fault Value 564 definido em Fault Mode Output State Duration (Parâmetro 561)
• define como ambos os relés de saída no módulo de expansão digital 1 respondem quando
Digital Expansion Module 1 Output Relay Communication Fault Action 324 ocorre uma falha de comunicação
Digital Expansion Module 1 Output Relay Communication Fault Value 325 • define o estado de ambos os relés de saída quando ocorre uma falha de comunicação
(1) • define o estado de ambos os relés de saída quando a comunicação não é restaurada no
Digital Expansion Module 1 Output Relay Final Fault Value 565 tempo definido em Fault Mode Output State Duration (Parâmetro 561)
• define como ambos os relés de saída no módulo de expansão digital 2 respondem quando
Digital Expansion Module 2 Output Relay Communication Fault Action 330 ocorre uma falha de comunicação
Digital Expansion Module 2 Output Relay Communication Fault Value 331 • define o estado de ambos os relés de saída quando ocorre uma falha de comunicação
• define o estado de ambos os relés de saída quando a comunicação não é restaurada no
Digital Expansion Module 2 Output Relay Final Fault Value(1) 566 tempo definido em Fault Mode Output State Duration (Parâmetro 561)
• define como ambos os relés de saída no módulo de expansão digital 3 respondem quando
Digital Expansion Module 3 Output Relay Communication Fault Action 336 ocorre uma falha de comunicação
Digital Expansion Module 3 Output Relay Communication Fault Value 337 • define o estado de ambos os relés de saída quando ocorre uma falha de comunicação
(1) • define o estado de ambos os relés de saída quando a comunicação não é restaurada no
Digital Expansion Module 3 Output Relay Final Fault Value 567 tempo definido em Fault Mode Output State Duration (Parâmetro 561)
• define como ambos os relés de saída no módulo de expansão digital 4 respondem quando
Digital Expansion Module 4 Output Relay Communication Fault Action 342 ocorre uma falha de comunicação
Digital Expansion Module 4 Output Relay Communication Fault Value 343 • define o estado de ambos os relés de saída quando ocorre uma falha de comunicação
(1) • define o estado de ambos os relés de saída quando a comunicação não é restaurada no
Digital Expansion Module 4 Output Relay Final Fault Value 568 tempo definido em Fault Mode Output State Duration (Parâmetro 561)
(1) Disponível no firmware do relé E300 v5.000 e superior.

Modos inativos de comunicação do relé de saída


Quando um scanner de rede entra no modo inativo ou um CLP entra no modo de
programa enquanto se comunica com um relé E300, você pode configurar os relés de
saída do E300 para entrarem em um estado específico (aberto ou fechado) ou
manterem o último estado. Os parâmetros listados na Tabela 5 configuram o modo
inativo de comunicação para cada relé de saída E300.

40 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Configuração e operação do sistema Capítulo 3

Tabela 5 – Parâmetros do modo inativo de comunicação

Nº do
Nome da falha Descrição
parâmetro
• define como o relé de saída 0, quando atribuído como um relé normal/de uso geral ou relé
Output Relay 0 Communication Idle Action 308 de controle/controle e desarme, responde quando um scanner de rede entra no modo
inativo ou um controlador lógico programável (CLP) entra no modo de programa
• define o estado do relé de saída 0 quando um scanner de rede entra no modo inativo ou
Output Relay 0 Communication Idle Value 309 um CLP entra no modo de programa
• define como o relé de saída 1, quando atribuído como um relé normal/de uso geral ou relé
Output Relay 1 Communication Idle Action 314 de controle/controle e desarme, responde quando um scanner de rede entra no modo
inativo ou um CLP entra no modo de programa
• define o estado do relé de saída 1 quando um scanner de rede entra no modo inativo ou
Output Relay 1 Communication Idle Value 315 um CLP entra no modo de programa
• define como o relé de saída 2, quando atribuído como um relé normal/de uso geral ou relé
Output Relay 2 Communication Idle Action 320 de controle/controle e desarme, responde quando um scanner de rede entra no modo
inativo ou um CLP entra no modo de programa
• define o estado do relé de saída 2 quando um scanner de rede entra no modo inativo ou
Output Relay 2 Communication Idle Value 321 um CLP entra no modo de programa
• define como ambos os relés de saída no módulo de expansão digital 1 respondem quando
Digital Expansion Module 1 Output Relay Communication Idle Action 326 um scanner de rede entra no modo inativo ou um CLP entra no modo de programa
• define o estado de ambos os relés de saída quando um scanner de rede entra no modo
Digital Expansion Module 1 Output Relay Communication Idle Value 327 inativo ou um CLP entra no modo de programa
• define como ambos os relés de saída no módulo de expansão digital 2 respondem quando
Digital Expansion Module 2 Output Relay Communication Idle Action 332 um scanner de rede entra no modo inativo ou um CLP entra no modo de programa
• define o estado de ambos os relés de saída quando um scanner de rede entra no modo
Digital Expansion Module 2 Output Relay Communication Idle Value 333 inativo ou um CLP entra no modo de programa
• define como ambos os relés de saída no módulo de expansão digital 3 respondem quando
Digital Expansion Module 3 Output Relay Communication Idle Action 338 um scanner de rede entra no modo inativo ou um CLP entra no modo de programa
• define o estado de ambos os relés de saída quando um scanner de rede entra no modo
Digital Expansion Module 3 Output Relay Communication Idle Value 339 inativo ou um CLP entra no modo de programa
• define como ambos os relés de saída no módulo de expansão digital 4 respondem quando
Digital Expansion Module 4 Output Relay Communication Idle Action 344 um scanner de rede entra no modo inativo ou um CLP entra no modo de programa
• define o estado de ambos os relés de saída quando um scanner de rede entra no modo
Digital Expansion Module 4 Output Relay Communication Idle Value 345 inativo ou um CLP entra no modo de programa

Falha no barramento de O barramento de expansão do relé E300 pode ser usado para expandir as capacidades
de E/S do dispositivo com a adição de módulos de E/S de expansão digital e analógica.
expansão A falha do barramento de expansão permite que o relé E300 entre em um estado de
desarme ou advertência quando a comunicação do barramento de expansão
estabelecida for interrompida entre o módulo de controle e qualquer módulo de E/S de
expansão digital e analógica.
A falha do barramento de expansão é usada quando o recurso de correspondência de
opções não está habilitado para a E/S de expansão digital e/ou analógica. A falha do
barramento de expansão monitora apenas as interrupções de comunicação entre o
módulo de controle e os módulos de E/S de expansão digital e/ou analógica. As
interrupções de comunicação do barramento de expansão entre o módulo de controle e
a estação do operador não afetam a falha do barramento de expansão.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 41


Capítulo 3 Configuração e operação do sistema

Tabela 6 – Funções de falha do barramento de expansão

No. do Padrão de intermitência


Nome da Como parâmetro de Descrição do módulo de desarme/ Para retornar ao modo pronto/de operação:
função habilitar configuração advertência
• Verifique se os cabos do barramento de expansão estão
conectados corretamente nas portas Bus In e Bus Out de
• Quando a comunicação é todos os módulos de expansão
Defina o bit interrompida entre o módulo de • Quando todos os LEDs de status dos módulos de E/S de
Expansion Bus Control Trip controle e os módulos de E/S de • 3 vermelhos longos e 11 expansão estiverem verdes, redefina o estado de desarme
186
Trip Enable 10 expansão digital e/ou analógica, o curtos do relé E300 pressionando o botão de reset azul no
como 1 relé E300 entra em um estado de módulo de comunicação, por meio da comunicação de
desarme rede, com o servidor Web interno do módulo de
comunicação EtherNet/IP, ou por meio de uma entrada
digital atribuída
• Quando a comunicação é • Verifique se os cabos do barramento de expansão estão
Defina o bit interrompida entre o módulo de conectados corretamente nas portas Bus In e Bus Out de
Control
Expansion Bus controle e os módulos de E/S de • 3 amarelos longos e 11 todos os módulos de expansão
Warning 192
Warning expansão digital e/ou analógica, o curtos • Quando todos os LEDs de status dos módulos de E/S de
Enable bit relé E300 entra em um estado de expansão estiverem verdes, o estado de advertência do
10 como 1 advertência relé E300 será removido automaticamente

Partida de emergência Em uma emergência, pode ser necessário partir o motor mesmo se houver uma falha de
proteção ou de comunicação. A condição de desarme pode ser o resultado de uma
condição de sobrecarga térmica ou o número de partidas excedeu a configuração. Essas
condições podem ser anuladas usando o recurso Emergency Start do relé E300.

IMPORTANTE A ativação da partida de emergência inibe a sobrecarga e bloqueia a pro-


teção de partida. A execução nesse modo pode causar sobreaquecimento
do equipamento e incêndio.

Para habilitar o recurso Emergency Start no relé E300, defina Emergency Start Enable
(Parâmetro 216) como Habilitar.

Tabela 7 – Emergency Start (Parâmetro 216)

Valor Descrição
0 Desabilitar
1 Habilitar

Configure um dos Ptxx Input Assignments (Parâmetros 196 a 201) como Emergency
Start e ative a entrada digital correspondente.

Tabela 8 – Emergency Start Input PTXX Assignment (Parâmetros 196 a 201)

Valor Atribuição Descrição


0 Normal Função como uma entrada digital
1 Rearme Reiniciar o relé E300 quando ele estiver em um estado de desarme
2 Desarme remoto Forçar o relé E300 a ir para um estado de desarme

Usar o valor em FLA2 Setting (Parâmetro 177) para os algoritmos de


3 Ativar FLA2 proteção com base na corrente

4 Forçar instantâneo Forçar o relé E300 a atualizar seu log de instantâneo


5 Partida de emergência Emitir um comando de partida de emergência

Você também pode usar um comando de rede para ativar o recurso Emergency Start.
Para o módulo de comunicação EtherNet/IP, você deve definir o bit Emergency Start
como 1 no Output Assembly 144. Consulte Objetos do Protocolo industrial comum
(CIP) na página 227 para obter mais informações sobre comunicação EtherNet/IP.

42 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Configuração e operação do sistema Capítulo 3

Quando o recurso Emergency Start está ativo, as seguintes ações ocorrem no relé E300:
• Desarmes de proteção são ignorados
• Relés de saída configurados como relés de desarme entram em um estado
fechado
• A operação normal é retomada com qualquer relé de saída atribuído como relé
normal ou de controle
• O bit Emergency Start Active é definido como 1 em Device Status 0
(Parâmetro 20), bit 6

Idioma O relé E300 com firmware v5.000 e superior aceita vários idiomas na estação de
diagnóstico e no servidor Web. O texto do parâmetro é exibido no idioma selecionado.
Language (Parâmetro 212) exibe o texto do parâmetro do relé E300 no idioma
selecionado.

Telas da estação de A estação de diagnóstico tem quatro telas definidas pelo usuário que fazem parte da
sequência de exibição em que você pode definir até dois parâmetros por tela.
diagnóstico definidas pelo
usuário Tabela 9 – Parâmetros das telas definidas pelo usuário

Nº do
Nome Descrição(1)
parâmetro
• o número do parâmetro E300 que será exibido para o primeiro parâmetro na tela 1 definida
User-defined Screen 1 – Parameter 1 428 pelo usuário
• o número do parâmetro E300 que será exibido para o segundo parâmetro na tela 1
User-defined Screen 1 – Parameter 2 429 definida pelo usuário
• o número do parâmetro E300 que será exibido para o primeiro parâmetro na tela 2 definida
User-defined Screen 2 – Parameter 1 430 pelo usuário
• o número do parâmetro E300 que será exibido para o segundo parâmetro na tela 2
User-defined Screen 2 – Parameter 2 431 definida pelo usuário
• o número do parâmetro E300 que será exibido para o primeiro parâmetro na tela 3 definida
User-defined Screen 3 – Parameter 1 432 pelo usuário
• o número do parâmetro E300 que será exibido para o segundo parâmetro na tela 3
User-defined Screen 3 – Parameter 2 433 definida pelo usuário
• o número do parâmetro E300 que será exibido para o primeiro parâmetro na tela 4 definida
User-defined Screen 4 – Parameter 1 434 pelo usuário
• o número do parâmetro E300 que será exibido para o segundo parâmetro na tela 4
User-defined Screen 4 – Parameter 2 435 definida pelo usuário
(1) Você pode selecionar um dos 560 parâmetros disponíveis do relé E300.

Tempo limite da tela


Display Timeout (Parâmetro 436) define a duração de tempo em que não há atividade
de navegação de exibição e a estação de diagnóstico E300 retorna à sequência de
exibição normal. Qualquer parâmetro de configuração que foi deixado em um estado
de edição é cancelado. Um valor de zero desabilita a função de tempo limite da
exibição.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 43


Capítulo 3 Configuração e operação do sistema

Módulos de expansão de E/S O relé E300 comporta até quatro módulos de expansão de E/S analógica no
barramento de expansão E300. O módulo de expansão analógico E300 tem três
analógica entradas universais independentes e uma saída analógica.

Canais de entrada analógica


As entradas analógicas universais aceitam os seguintes sinais analógicos:
• Corrente
– 4 a 20 mA
– 0 a 20 mA
• Tensão
– 0 a 10 Vcc
– 1 a 5 Vcc
– 0 a 5 Vcc
• Sensores RTD com 2 ou 3 fios
– 100 Ω, 200 Ω, 500 Ω, 1.000 Ω Pt 385
– 100 Ω, 200 Ω, 500 Ω, 1.000 Ω Pt 3916
– 10 Ω Cu 426
– 100 Ω Ni 618
– 120 Ω Ni 672
– 604 Ω NiFe 518
• Resistência
– 0 a 150 Ω
– 0 a 750 Ω
– 0 a 3.000 Ω
– 0 a 6.000 Ω (sensores PTC e NTC)
As entradas analógicas exibem dados em quatro formatos diferentes. A Tabela 10 até a
Tabela 13 exibem os intervalos de dados de todos os tipos de entradas analógicas
disponíveis para os quatro formatos de dados disponíveis.

Tabela 10 – Formato de dados de entrada analógica para o tipo de entrada de corrente

Faixa de Valor de Unidades de Unidades de Bruto/


Condition PID
entrada entrada engenharia engenharia x 10 Proporcional
21,00 mA Limite alto 21000 2100 32767 17407
20,00 mA Faixa alta 20000 2000 32767 16383
4 a 20 mA
4,00 mA Faixa baixa 4000 400 -32768 0
3,00 mA Limite baixo 3000 300 -32768 -1024
21,00 mA Limite alto 21000 2100 32767 17202
20,00 mA Faixa alta 20000 2000 32767 16383
0 a 20 mA
0,00 mA Faixa baixa 0 0 -32768 0
0,00 mA Limite baixo 0 0 -32768 0

44 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Configuração e operação do sistema Capítulo 3

Tabela 11 – Formato de dados de entrada analógica para o tipo de entrada de tensão

Faixa de Valor de Unidades de Unidades de Bruto/


Condition PID
entrada entrada engenharia engenharia x 10 Proporcional
10,50 Vcc Limite alto 10500 1050 32767 17202
10,00 Vcc Faixa alta 10000 1000 32767 16383
0 a 10 Vcc
0,00 Vcc Faixa baixa 0 0 -32768 0
0,00 Vcc Limite baixo 0 0 -32768 0
5,25 Vcc Limite alto 5250 525 32767 17407
5,00 Vcc Faixa alta 5000 500 32767 16383
1 a 5 Vcc
1,00 Vcc Faixa baixa 1000 100 -32768 0
0,50 Vcc Limite baixo 500 50 -32768 -2048
5,25 Vcc Limite alto 5250 525 32767 17202
5,00 Vcc Faixa alta 5000 500 32767 16383
0 a 5 Vcc
0,00 Vcc Faixa baixa 0 0 -32768 0
0,00 Vcc Limite baixo 0 0 -32768 0

Tabela 12 – Formato de dados de entrada analógica para o tipo de entrada de RTD

Valor de Unidades de Unidades de Bruto/


Faixa de entrada Condition PID
entrada engenharia engenharia x 10 Proporcional
850,0 °C Limite alto 8500 850 32767 16383
850,0 °C Faixa alta 8500 850 32767 16383
-200,0 °C Faixa baixa -2000 -200 -32768 0
RTD
100 Ω, 200 Ω, -200,0 °C Limite baixo -2000 -200 -32768 0
500 Ω, 1.000 Ω Pt 1.562,0 °F Limite alto 15620 1562 32767 16383
385
1.562,0 °F Faixa alta 15620 1562 32767 16383
-328,0 °F Faixa baixa -3280 -328 -32768 0
-328,0 °F Limite baixo -3280 -328 -32768 0
630,0 °C Limite alto 6300 630 32767 16383
630,0 °C Faixa alta 6300 630 32767 16383
-200,0 °C Faixa baixa -2000 -200 -32768 0
RTD
100 Ω, 200 Ω, -200,0 °C Limite baixo -2000 -200 -32768 0
500 Ω, 1.000 Ω Pt 1.166,0 °F Limite alto 11660 1166 32767 16383
3916
1.166,0 °F Faixa alta 11660 1166 32767 16383
-328,0 °F Faixa baixa -3280 -328 -32768 0
-328,0 °F Limite baixo -3280 -328 -32768 0
260,0 °C Limite alto 2600 260 32767 16383
260,0 °C Faixa alta 2600 260 32767 16383
-100,0 °C Faixa baixa -1000 -100 -32768 0
RTD -100,0 °C Limite baixo -1000 -100 -32768 0
10 Ω Cu 426 500,0 °F Limite alto 5000 500 32767 16383
500,0 °F Faixa alta 5000 500 32767 16383
-148,0 °F Faixa baixa -1480 -148 -32768 0
-148,0 °F Limite baixo -1480 -148 -32768 0
260,0 °C Limite alto 2600 260 32767 16383
260,0 °C Faixa alta 2600 260 32767 16383
-100,0 °C Faixa baixa -1000 -100 -32768 0
RTD -100,0 °C Limite baixo -1000 -100 -32768 0
100 Ω Ni 618 500,0 °F Limite alto 5000 500 32767 16383
500,0 °F Faixa alta 5000 500 32767 16383
-148,0 °F Faixa baixa -1480 -148 -32768 0
-148,0 °F Limite baixo -1480 -148 -32768 0

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 45


Capítulo 3 Configuração e operação do sistema

Valor de Unidades de Unidades de Bruto/


Faixa de entrada Condition PID
entrada engenharia engenharia x 10 Proporcional
260,0 °C Limite alto 2600 260 32767 16383
260,0 °C Faixa alta 2600 260 32767 16383
-80,0 °C Faixa baixa -800 -80 -32768 0
RTD -80,0 °C Limite baixo -800 -80 -32768 0
120 Ω Ni 672 500,0 °F Limite alto 5000 500 32767 16383
500,0 °F Faixa alta 5000 500 32767 16383
-112,0 °F Faixa baixa -1120 -112 -32768 0
-112,0 °F Limite baixo -1120 -112 -32768 0
200,0 °C Limite alto 2000 200 32767 16383
200,0 °C Faixa alta 2000 200 32767 16383
-100,0 °C Faixa baixa -1000 -100 -32768 0
RTD -100,0 °C Limite baixo -1000 -100 -32768 0
100 Ω NiFe 518 392,0 °F Limite alto 3920 392 32767 16383
392,0 °F Faixa alta 3920 392 32767 16383
-148,0 °F Faixa baixa -1480 -148 -32768 0
-148,0 °F Limite baixo -1480 -148 -32768 0

Tabela 13 – Formato de dados de entrada analógica para o tipo de entrada de resistência

Faixa de Valor de Unidades de Unidades de Bruto/


Condition PID
entrada entrada engenharia engenharia x 10 Proporcional
150,00 Ω Limite alto 15000 1500 32767 16383
Resistência 150,00 Ω Faixa alta 15000 1500 32767 16383
0 a 50 Ω 0,00 Ω Faixa baixa 0 0 -32768 0
0,00 Ω Limite baixo 0 0 -32768 0
750,0 Ω Limite alto 7500 750 32767 16383
Resistência 750,0 Ω Faixa alta 7500 750 32767 16383
0 a 750 Ω 0,0 Ω Faixa baixa 0 0 -32768 0
0,0 Ω Limite baixo 0 0 -32768 0
3.000,0 Ω Limite alto 30000 3000 32767 16383
Resistência 3.000,0 Ω Faixa alta 30000 3000 32767 16383
0 a 3.000 Ω 0,0 Ω Faixa baixa 0 0 -32768 0
0,0 Ω Limite baixo 0 0 -32768 0
6.000 Ω Limite alto 6000 600 32767 16383
Resistência 6.000 Ω Faixa alta 6000 600 32767 16383
0 a 6.000 Ω
(PTC/NTC) 0Ω Faixa baixa 0 0 -32768 0
0Ω Limite baixo 0 0 -32768 0
O desempenho dos canais de entrada do módulo de expansão E/S analógica E300
depende da configuração do filtro para cada canal. O tempo total de varredura dos
canais de entrada do módulo é determinado pela adição do tempo de conversão para
todos os canais de entrada ativados.

Tabela 14 – Tempo de conversão do canal de entrada analógica

Tipo de entrada Frequência de filtro Tempo de conversão


17 Hz 153 ms
Corrente, tensão, 4 Hz 512 ms
RTD de 2 fios, resistência 62 Hz 65 ms
470 Hz 37 ms
17 Hz 306 ms
4 Hz 1.024 ms
RTD de 3 fios
62 Hz 130 ms
470 Hz 74 ms

46 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Configuração e operação do sistema Capítulo 3

Exemplo:
• O canal 00 está configurado para um RTD de 3 fios e um filtro de 4 Hz (tempo
de conversão = 1.024 ms).
• O canal 01 está configurado para tensão de 17 Hz (tempo de conversão =
153 ms).
• O canal 02 está configurado para corrente de 62 Hz (tempo de conversão =
65 ms).
O tempo de varredura do canal de entrada do módulo de expansão de E/S analógica
E300 é de 1.242 ms (1.024+153+65).

Canal de entrada analógica


A saída analógica isolada pode ser programada para fornecer um dos tipos de sinal de
saída analógica a seguir:
• Corrente
– 4 a 20 mA
– 0 a 20 mA
• Tensão
– 0 a 10 Vcc
– 1 a 5 Vcc
– 0 a 5 Vcc
As saídas analógicas podem relatar dados como uma porcentagem do intervalo. A
Tabela 15 até a Tabela 16 exibem os intervalos de dados para todos os tipos de saída
analógica disponíveis.

Tabela 15 – Formato de dados de saída analógica para o tipo de saída de corrente

Faixa de saída Sinal de saída Condition faixa %


21,000 mA Limite alto 106.25%
20,000 mA Faixa alta 100.00%
4 a 20 mA
4,000 mA Faixa baixa 0.00%
3,000 mA Limite baixo -6.25%
21,00 mA Limite alto 105.00%
20,00 mA Faixa alta 100.00%
0 a 20 mA
0,00 mA Faixa baixa 0.00%
0,00 mA Limite baixo 0.00%

Tabela 16 – Formato de dados de saída analógica para o tipo de saída de tensão

Faixa de saída Valor de saída Condition faixa %


10,50 Vcc Limite alto 105.00%
10,00 Vcc Faixa alta 100.00%
0 a 10 Vcc
0,00 Vcc Faixa baixa 0.00%
0,00 Vcc Limite baixo 0.00%
5,25 Vcc Limite alto 106.25%
5,00 Vcc Faixa alta 100.00%
1 a 5 Vcc
1,00 Vcc Faixa baixa 0.00%
0,50 Vcc Limite baixo -6.25%
5,25 Vcc Limite alto 105.00%
5,00 Vcc Faixa alta 100.00%
0 a 5 Vcc
0,00 Vcc Faixa baixa 0.00%
0,00 Vcc Limite baixo 0.00%

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 47


Capítulo 3 Configuração e operação do sistema

A saída analógica pode ser usada para comunicar informações de diagnóstico do E300
por meio de um sinal analógico para sistemas de controle distribuídos, controladores
lógicos programáveis ou medidores analógicos montados em painel. A saída analógica
pode representar um dos parâmetros de diagnóstico do E300 a seguir:
• % média de FLA
• % de TCU
• Corrente de falta à terra
• Desequilíbrio de corrente
• Tensão L-L média
• Desequilíbrio de tensão
• KW total
• kVAr total
• KVA total
• Fator de potência total
• Valor definido pelo usuário

Tabela 17 – Tipo de seleção de saída analógica

Seleção de saída Faixa baixa Faixa alta


% média de FLA 0% 100%
% média de FLA em escala 0% 200%
% de TCU 0% 100%
Corrente de falta à terra
Interna, 0,50 a 5,00 A 0,50 A 5,00 A
Externa, 0,02 a 0,10 A 0,02 A 0,10 A
Externa, 0,10 a 0,50 A 0,10 A 0,50 A
Externa, 0,20 a 1,00 A 0,20 A 1,00 A
Externa, 1,00 a 5,00 A 1,00 A 5,00 A
Desequilíbrio de corrente 0% 100%
Tensão L-L média 0V (PT primário) V
Desequilíbrio de tensão 0% 100%
KW total 0 kW (FLA1 x PT primário x 1,732) V
kVAr total 5,25 Vcc (FLA1 x PT primário x 1,732) V
KVA total 5,00 Vcc (FLA1 x PT primário x 1,732) V
Fator de potência total -50% (indutivo) +50% (capacitivo)
Valor definido pelo usuário -32768 32767
A taxa de atualização do canal de saída do módulo de expansão E/S analógica E300 é de
10 ms.

48 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Configuração e operação do sistema Capítulo 3

Módulos analógicos
Tabela 18 – Descrições do canal do módulo analógico 1

Nº do
Nome Descrição
parâmetro
Input Channel 00 Type 437 • define o tipo de sinal analógico que o canal de entrada 00 do módulo analógico 1 monitora
Input Channel 00 Format 438 • define o formato de dados de como a leitura analógica é relatada
Input Channel 00 Temperature Unit 439 • define a unidade de temperatura para leituras do sensor RTD
Input Channel 00 Filter Frequency 440 • define a taxa de atualização para os canais de entrada do módulo analógico
Input Channel 00 Open Circuit State 441 • define o que o canal de entrada informa quando tem um circuito aberto(1)
• define o tipo de RTD que será monitorado quando o tipo de canal de entrada é configurado para rastrear um
Input Channel 00 RTD Type Enable 442 sensor RTD
Input Channel 01 Type 446 • define o tipo de sinal analógico que o canal de entrada 01 do módulo analógico 1 monitora
Input Channel 01 Format 447 • define o formato de dados de como a leitura analógica é relatada
Input Channel 01 Temperature Unit 448 • define a unidade de temperatura para leituras do sensor RTD
Input Channel 01 Filter Frequency 449 • define a taxa de atualização para os canais de entrada do módulo analógico
Input Channel 01 Open Circuit State 450 • define o que o canal de entrada informa quando tem um circuito aberto(1)
• define o tipo de RTD que será monitorado quando o tipo de canal de entrada é configurado para rastrear um
Input Channel 01 RTD Type Enable 451 sensor RTD
Input Channel 02 Type 455 • define o tipo de sinal analógico que o canal de entrada 02 do módulo analógico 1 monitora
Input Channel 02 Format 456 • define o formato de dados de como a leitura analógica é relatada
Input Channel 02 Temperature Unit 457 • define a unidade de temperatura para leituras do sensor RTD
Input Channel 02 Filter Frequency 458 • define a taxa de atualização para os canais de entrada do módulo analógico
Input Channel 02 Open Circuit State 459 • define o que o canal de entrada informa quando tem um circuito aberto(1)
• define o tipo de RTD que será monitorado quando o tipo de canal de entrada é configurado para rastrear um
Input Channel 02 RTD Type Enable 460 sensor RTD
Output Channel 00 Type 464 • define o tipo de sinal analógico que o canal de saída 00 do modo analógico 1 fornece
Output Channel 00 Selection 465 • define o parâmetro do relé E300 que o canal de saída 00 representa
Output Channel 00 Expansion Bus Fault Action 466 • define o valor que o canal de saída 00 fornece quando há uma falha no barramento de expansão do E300
Output Channel 00 Protection Fault Action 467 • define o valor que o canal de saída 00 fornece quando o E300 está em um estado de desarme
(1) A detecção de circuito aberto está sempre habilitada para este canal de entrada.

Tabela 19 – Descrições do módulo analógico 2

Nº do
Nome Descrição
parâmetro
Input Channel 00 Type 468 • define o tipo de sinal analógico que o canal de entrada 00 do modo analógico 2 monitora
Input Channel 00 Format 469 • define o formato de dados de como a leitura analógica é relatada
Input Channel 00 Temperature Unit 470 • define a unidade de temperatura para leituras do sensor RTD
Input Channel 00 Filter Frequency 471 • define a taxa de atualização para os canais de entrada do módulo analógico
Input Channel 00 Open Circuit State 472 • define o que o canal de entrada informa quando tem um circuito aberto(1)
• define o tipo de RTD que será monitorado quando o tipo de canal de entrada é configurado para rastrear um
Input Channel 00 RTD Type Enable 473 sensor RTD
Input Channel 01 Type 477 • define o tipo de sinal analógico que o canal de entrada 01 do modo analógico 2 monitora
Input Channel 01 Format 478 • define o formato de dados de como a leitura analógica é relatada
Input Channel 01 Temperature Unit 479 • define a unidade de temperatura para leituras do sensor RTD
Input Channel 01 Filter Frequency 480 • define a taxa de atualização para os canais de entrada do módulo analógico
Input Channel 01 Open Circuit State 481 • define o que o canal de entrada informa quando tem um circuito aberto(1)
• define o tipo de RTD que será monitorado quando o tipo de canal de entrada é configurado para rastrear um
Input Channel 01 RTD Type Enable 482 sensor RTD
Input Channel 02 Type 486 • define o tipo de sinal analógico que o canal de entrada 02 do modo analógico 2 monitora
Input Channel 02 Format 487 • define o formato de dados de como a leitura analógica é relatada
Input Channel 02 Temperature Unit 488 • define a unidade de temperatura para leituras do sensor RTD
Input Channel 02 Filter Frequency 489 • define a taxa de atualização para os canais de entrada do módulo analógico
Input Channel 02 Open Circuit State 490 • define o que o canal de entrada informa quando tem um circuito aberto(1)

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 49


Capítulo 3 Configuração e operação do sistema

• define o tipo de RTD que será monitorado quando o tipo de canal de entrada é configurado para rastrear um
Input Channel 02 RTD Type Enable 491 sensor RTD
Output Channel 00 Type 464 • define o tipo de sinal analógico que o canal de saída 00 do modo analógico 2 fornece
Output Channel 00 Selection 496 • define o parâmetro do relé E300 que o canal de saída 00 representa
• define o valor que o canal de saída 00 do módulo de expansão de E/S analógica do E300 fornece quando há uma
Output Channel 00 Expansion Bus Fault Action 497 falha no barramento de expansão do E300
• define o valor que o canal de saída 00 do módulo de expansão de E/S analógica do E300 fornece quando o E300
Output Channel 00 Protection Fault Action 498 está em um estado de desarme
(1) A detecção de circuito aberto está sempre habilitada para este canal de entrada.

Tabela 20 – Descrições do canal do módulo analógico 3

Nº do
Nome Descrição
parâmetro
Input Channel 00 Type 499 • define o tipo de sinal analógico que o canal de entrada 00 do módulo analógico 3 monitora
Input Channel 00 Format 500 • define o formato de dados de como a leitura analógica é relatada
Input Channel 00 Temperature Unit 501 • define a unidade de temperatura para leituras do sensor RTD
Input Channel 00 Filter Frequency 502 • define a taxa de atualização para os canais de entrada do módulo analógico
Input Channel 00 Open Circuit State 503 • define o que o canal de entrada informa quando tem um circuito aberto(1)
• define o tipo de RTD que será monitorado quando o tipo de canal de entrada é configurado para rastrear um
Input Channel 00 RTD Type Enable 504 sensor RTD
Input Channel 01 Type 508 • define o tipo de sinal analógico que o canal de entrada 01 do módulo analógico 3 monitora
Input Channel 01 Format 509 • define o formato de dados de como a leitura analógica é relatada
Input Channel 01 Temperature Unit 510 • define a unidade de temperatura para leituras do sensor RTD
Input Channel 01 Filter Frequency 511 • define a taxa de atualização para os canais de entrada do módulo analógico
Input Channel 01 Open Circuit State 512 • define o que o canal de entrada informa quando tem um circuito aberto(1)
• define o tipo de RTD que será monitorado quando o tipo de canal de entrada é configurado para rastrear um
Input Channel 01 RTD Type Enable 513 sensor RTD
Input Channel 02 Type 517 • define o tipo de sinal analógico que o canal de entrada 02 do módulo analógico 3 monitora
Input Channel 02 Format 518 • define o formato de dados de como a leitura analógica é relatada
Input Channel 02 Temperature Unit 519 • define a unidade de temperatura para leituras do sensor RTD
Input Channel 02 Filter Frequency 520 • define a taxa de atualização para os canais de entrada do módulo analógico
Input Channel 02 Open Circuit State 521 • define o que o canal de entrada informa quando tem um circuito aberto(1)
• define o tipo de RTD que será monitorado quando o tipo de canal de entrada é configurado para rastrear um
Input Channel 02 RTD Type Enable 522 sensor RTD
Output Channel 00 Type 526 • define o tipo de sinal analógico que o canal de saída 00 do modo analógico 3 fornece
Output Channel 00 Selection 527 • define o parâmetro do relé E300 que o canal de saída 00 representa
• define o valor que o canal de saída 00 do módulo de expansão de E/S analógica do E300 fornece quando há uma
Output Channel 00 Expansion Bus Fault Action 528 falha no barramento de expansão do E300
• define o valor que o canal de saída 00 do módulo de expansão de E/S analógica do E300 fornece quando o E300
Output Channel 00 Protection Fault Action 529 está em um estado de desarme
(1) A detecção de circuito aberto está sempre habilitada para este canal de entrada.

50 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Configuração e operação do sistema Capítulo 3

Tabela 21 – Descrições do canal do módulo analógico 4

Nº do
Nome Descrição
parâmetro
Input Channel 00 Type 530 • define o tipo de sinal analógico que o canal de entrada 00 do módulo analógico 4 monitora
Input Channel 00 Format 531 • define o formato de dados de como a leitura analógica é relatada
Input Channel 00 Temperature Unit 532 • define a unidade de temperatura para leituras do sensor RTD
Input Channel 00 Filter Frequency 533 • define a taxa de atualização para os canais de entrada do módulo analógico
Input Channel 00 Open Circuit State 534 • define o que o canal de entrada informa quando tem um circuito aberto(1)
• define o tipo de RTD que será monitorado quando o tipo de canal de entrada é configurado para rastrear um
Input Channel 00 RTD Type Enable 535 sensor RTD
Input Channel 01 Type 539 • define o tipo de sinal analógico que o canal de entrada 01 do módulo analógico 4 monitora
Input Channel 01 Format 540 • define o formato de dados de como a leitura analógica é relatada
Input Channel 01 Temperature Unit 541 • define a unidade de temperatura para leituras do sensor RTD
Input Channel 01 Filter Frequency 542 • define a taxa de atualização para os canais de entrada do módulo analógico
Input Channel 01 Open Circuit State 543 • define o que o canal de entrada informa quando tem um circuito aberto(1)
• define o tipo de RTD que será monitorado quando o tipo de canal de entrada é configurado para rastrear um
Input Channel 01 RTD Type Enable 544 sensor RTD
Input Channel 02 Type 548 • define o tipo de sinal analógico que o canal de entrada 02 do módulo analógico 4 monitora
Input Channel 02 Format 549 • define o formato de dados de como a leitura analógica é relatada
Input Channel 02 Temperature Unit 550 • define a unidade de temperatura para leituras do sensor RTD
Input Channel 02 Filter Frequency 551 • define a taxa de atualização para os canais de entrada do módulo analógico
Input Channel 02 Open Circuit State 552 • define o que o canal de entrada informa quando tem um circuito aberto(1)
• define o tipo de RTD que será monitorado quando o tipo de canal de entrada é configurado para rastrear um
Input Channel 02 RTD Type Enable 556 sensor RTD
Output Channel 00 Type 557 • define o tipo de sinal analógico que o canal de saída 00 do modo analógico 4 fornece
Output Channel 00 Selection 558 • define o parâmetro do relé E300 que o canal de saída 00 representa
• define o valor que o canal de saída 00 do módulo de expansão de E/S analógica do E300 fornece quando há uma
Output Channel 00 Expansion Bus Fault Action 559 falha no barramento de expansão do E300
• define o valor que o canal de saída 00 do módulo de expansão de E/S analógica do E300 fornece quando o E300
Output Channel 00 Protection Fault Action 560 está em um estado de desarme
(1) A detecção de circuito aberto está sempre habilitada para este canal de entrada.

Estados de configuração no Um relé E300 com firmware v5.000 e superior fornece dois bits de comando de partida
em Output Assembly 144 (NetworkStart1/O.LogicDefinedPt00Data e
início da rede NetworkStart2/O.LogicDefinedPt01Data) que é emitido por um scanner de rede ou
sistema de controle e usado por um Networked based Operating Mode
(Parâmetro 195) para ligar e desligar um motor por meio de um comando de rede de
comunicação. Esses comandos de partida em rede podem ser configurados para entrar
em um estado específico quando ocorrer um dos seguintes eventos:
• Modo de falha de comunicação – quando a comunicação de rede é perdida ou
ocorre um erro
• Modo inativo de comunicação – quando um scanner de rede muda para o
modo inativo ou um CLP muda para o modo de programa

IMPORTANTE É importante que você entenda completamente o uso desses parâmetros e


a ordem de prioridade sob as condições de falha de comunicação e evento
inativo de comunicação.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 51


Capítulo 3 Configuração e operação do sistema

A configuração padrão para esses modos é emitir um comando de parada quando um


Networked based Operating Mode (Parâmetro 195) estiver configurado. Os estados de
configuração de início na rede seguem esta ordem de prioridade:

1. Estado de falha de comunicação no início da rede


2. Estado de falha final no início da rede
3. Estado inativo de comunicação no início da rede

Modos de falha de comunicação no início da rede


Quando o relé E300 com versão do firmware v5.000 ou superior perde a comunicação,
apresenta uma falha de barramento de comunicação ou tem um endereço de nó
duplicado, é possível configurar os comandos no início da rede do E300 com os
parâmetros do modo de falha de comunicação no início da rede para entrar em um
estado específico (Parar ou Iniciar) ou manter o último estado.
Um relé E300 com versão do firmware v5.000 ou superior é compatível com o recurso
Fault Mode Output State Duration, que pode ser usado com scanners de rede
redundantes ou sistemas de controle. Fault Mode Output State Duration é o tempo
que os comandos no início da rede do E300 podem entrar em um estado temporário
(Parar, Iniciar ou Manter o último estado) quando ocorre uma falha de comunicação.
Configure este estado temporário usando os parâmetros do modo de falha de
comunicação de início da rede.
Se a comunicação entre o relé E300 e um scanner de rede ou sistema de controle não for
restaurada dentro do tempo definido em Fault Mode Output State Duration
(Parâmetro 561), os comandos do início da rede do E300 entrarão em um estado de
falha final (Parar ou Iniciar), que foi configurado usando os parâmetros Final Fault
Mode.
Se a comunicação entre o relé E300 e um scanner de rede ou sistema de controle não for
restaurada dentro do tempo definido em Fault Mode Output State Duration
(Parâmetro 561), os comandos do início da rede do E300 retornarão ao estado
comandado pelo scanner de rede ou sistema de controle.
Os parâmetros listados na Tabela 22configuram o modo de falha de configuração de
início da rede para ambos os comandos de início da rede.

Tabela 22 – Parâmetros do modo de falha de configuração do início da rede

Nº do
Nome Descrição
parâmetro
• define a quantidade de tempo em segundos que o relé E300 permanece no estado de modo de falha de
comunicação de início de rede quando corre uma falha de comunicação. 0 = continuamente
(1)
Fault Mode Output State Duration 561 • se a comunicação entre o relé E300 e um scanner de rede ou sistema de controle não for restaurada dentro do
tempo definido em Fault Mode Output State Duration, o comando Network Start do E300 irá para o status final,
que é configurado ao usar os parâmetros Network Start Final Fault Mode
Network Start Communication Fault Action 569 • define como os comandos Network Start respondem quando ocorre uma falha de comunicação
Network Start Communication Fault Value 570 • define o estado do comando Network Start quando ocorre uma falha de comunicação
• define o estado do comando Network Start quando a comunicação não é restaurada no tempo definido em Fault
Network Start Final Fault Value(1) 573 Mode Output State Duration (Parâmetro 561)
(1) Disponível no firmware do relé E300 v5.000 e superior.

52 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Configuração e operação do sistema Capítulo 3

Modos inativos de comunicação do início da rede


Quando um scanner de rede entra no modo inativo ou um CLP entra no modo de
programa enquanto se comunica com um relé E300, você pode configurar os comandos
de início da rede para entrar em um estado específico (aberto ou fechado) ou manter o
último estado. Os parâmetros listados na Tabela 23 configuram o modo inativo de
comunicação do início da rede para os comandos de início da rede.

Tabela 23 – Parâmetros do modo inativo de comunicação do início da rede

Nº do
Nome Descrição
parâmetro
• define como os comandos Network Start respondem quando um scanner de rede entra no modo inativo ou um
Network Start Communication Idle Action 571 CLP entra no modo de programa
• define o estado dos comandos Network Start quando um scanner de rede entra no modo inativo ou um CLP
Network Start Communication Idle Value 572 entra no modo de programa

Introdução aos modos de O relé E300 é compatível com vários modos de operação, que consistem em regras de
configuração e lógica para controlar partidas direta de motor típicas, incluindo:
operação • Sobrecarga
• Acionador de partida sem reversão
• Acionador de partida reversível
• Acionador de partida em estrela/triângulo (estrela/triângulo)
• Acionador de partida de duas velocidades
• Monitor
O Operating Mode (Parâmetro 195) padrão do relé E300 é Overload (Network). Nele,
o relé E300 opera como um relé de sobrecarga tradicional, no qual um dos relés de saída
é atribuído como um relé de desarme ou de controle. Você pode usar comandos de rede
para controlar qualquer relé de saída que seja designado como relé de saída normal ou
relé de controle. Para o módulo de controle com firmware v1.000 e v2.000, um relé de
saída deve ser atribuído como um relé de desarme. Para o módulo de controle com
firmware v3.000 e superior, um relé de saída deve ser atribuído como um relé de
desarme ou relé de controle. A configuração inválida dos relés de saída faz com que o
relé E300 entre no modo de configuração inválida e em uma configuração de desarme.
Modos de operação na página 55 descreve a funcionalidade dos modos de operação
disponíveis para o relé E300 e as regras de configuração associadas.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 53


Capítulo 3 Configuração e operação do sistema

Observações:

54 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Capítulo 4

Modos de operação

O relé de sobrecarga eletrônico E300™ comporta até 54 modos de operação, que


consistem em regras de configuração e lógica para controlar partidas de motores típicas
de alta tensão, incluindo:
• Sobrecarga
• De partida direta
• Partida reversível
• Partida estrela/triângulo (estrela/triângulo)
• Partida com duas velocidades
• Dispositivo de monitoração
Este capítulo explica as regras de configuração, lógica e fiação de controle necessárias
para os modos de operação disponíveis. O modo de operação padrão (Parâmetro 195
ou menu suspenso usando o Add-on Profile no Studio 5000™) para o relé E300 é
Sobrecarga (Rede), em que o relé E300 opera como um relé de sobrecarga tradicional,
no qual um dos relés de saída é atribuído como um relé de desarme ou relé de controle.
Você pode usar comandos de rede para controlar qualquer relé de saída que seja
designado como relé de saída normal ou relé de controle. Para o firmware do módulo de
controle v1.000 e v2.000, um relé de saída deve ser atribuído como um relé de desarme.
Para o firmware do módulo de controle v3.000 e superior, um relé de saída deve ser
configurado como um relé de desarme ou relé de controle. A configuração inválida dos
relés de saída faz com que o relé E300 entre no modo Configuração inválida e em uma
configuração de desarme.

Modos de operação de Os modos de operação com base na sobrecarga do relé E300 fazem o E300 operar
como um relé de sobrecarga tradicional, que interrompe o circuito de controle de uma
sobrecarga bobina de contator com um relé de desarme normalmente fechado ou um relé de
controle normalmente aberto. Há quatro modos de operação com base na sobrecarga:
• Rede
• Estação do operador
• E/S local
• Personalizado
O relé E300 é conectado como um relé de sobrecarga tradicional com um dos relés de
saída configurados como um relé de desarme normalmente fechado. A Figura 7 é um
diagrama elétrico com partida direta. O relé 0 é configurado como um relé de desarme,
e o relé 1 é configurado como um relé de controle normalmente aberto, que recebe
comandos de um controlador de automação para energizar a bobina do contator.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 55


Capítulo 4 Modos de operação

Figura 7 – Diagrama elétrico do relé de desarme

Relé 0 configurado como


Relé 1 um relé de desarme(1)

R13 R14 A1 Motor A2 R03 R04

(1) Contato mostrado com tensão de alimentação aplicada.


Para o firmware do módulo de controle v3.000 e superior, você também pode conectar
o relé E300 como um relé de controle para que o relé controlado pela rede de
comunicação seja aberto quando ocorrer um evento de desarme. A Figura 8 é um
diagrama elétrico de uma de partida direta com o relé 0 configurado como um relé de
controle. O relé 0 recebe comandos de controle de um controlador de automação para
energizar ou desenergizar a bobina do contator. O relé 0 também fica em um estado
aberto quando há um evento de desarme.
Figura 8 – Diagrama elétrico do relé de controle

Relé 0 configurado como


um relé de controle(1)

R03 R04 A1 Motor A2

(1) Contato mostrado com tensão de alimentação aplicada.

Figura 9 – Diagrama de tempo


Relé de
desarme

Status do dispositivo 0
Predefinição de desarme

Rearme

Sobrecarga (Rede)
O modo de operação padrão (Parâmetro 195 = 2) do relé E300 é Sobrecarga (Rede),
em que o relé E300 opera como um relé de sobrecarga tradicional com um relé de saída
atribuído como um relé de desarme normalmente fechado ou um relé de controle
normalmente aberto. Você pode usar comandos de rede para controlar o relé de
controle ou qualquer relé de saída restante atribuído como um relé de saída normal.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado para este modo de
operação.

Regras

1. Para o firmware do módulo de controle v1.000 e v2.000, um relé de saída deve


ser atribuído como um relé de desarme. Defina qualquer um dos Output Ptxx
Assignments (Parâmetros 202 a 204) como relé de desarme.

56 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

2. Para o firmware do módulo de controle v3.000 e superior, um relé de saída deve


ser atribuído como um relé de desarme ou relé de controle. Defina qualquer um
dos Output Ptxx Assignments (Parâmetros 202 a 204) como relé de desarme ou
relé de controle.
3. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).

Programa DeviceLogix™
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 2.

Sobrecarga (Estação do operador)


O modo de operação de sobrecarga (estação do operador) (Parâmetro 195 = 26) do relé
E300 opera como um relé de sobrecarga tradicional com um relé de saída atribuído
como um relé de desarme normalmente fechado ou um relé de controle normalmente
aberto. O modo de operação de sobrecarga (estação do operador) é usado quando um
controlador de automação usa as teclas start e stop da estação do operador E300 para a
lógica de controle do motor. Você pode usar comandos de rede para controlar o relé de
controle ou qualquer relé de saída restante atribuído como um relé de saída normal.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado e o LED amarelo local/
remoto está aceso para indicar que a estação do operador está sendo usada para controle
local.

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Um relé de saída deve ser atribuído como um relé de desarme ou relé de
controle. Defina qualquer um dos Output Ptxx Assignments (Parâmetros 202 a
204) como relé de desarme ou relé de controle.
3. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
4. O desarme da estação do operador deve estar desabilitado em TripEnableC
(Parâmetro 186).
5. Opção de desarme ou alarme por similaridade deve estar habilitado na estação
do operador.
• O desarme por correspondência de opções deve estar habilitado em
TripEnableC (Parâmetro 186)
• A estação do operador deve estar habilitada em Mismatch Action
(Parâmetro 233)
• Uma estação do operador deve ser selecionada em Operator Station Type
(Parâmetro 224)

Ou
• A advertência de correspondência de opções deve estar ativada em
WarningEnableC (Parâmetro 192)
• A estação do operador deve estar desabilitada em Mismatch Action
(Parâmetro 233)
• Uma estação do operador deve ser selecionada em Operator Station Type
(Parâmetro 224)
6. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
7. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 57


Capítulo 4 Modos de operação

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 26.

Sobrecarga (E/S local)


O modo de operação de sobrecarga (E/S local) (Parâmetro 195 = 35) do relé E300
opera como um relé de sobrecarga tradicional com um relé de saída atribuído como um
relé de desarme normalmente fechado ou um relé de controle normalmente aberto.
O modo de operação de Sobrecarga (E/S local) é usado para aplicações isoladas ou
sistemas de automação que não usam uma estação do operador E300. Você pode usar as
entradas digitais do E300 para a lógica de controle do motor de um controlador de
automação. O controlador de automação pode usar os comandos de rede para controlar
o relé de controle de qualquer relé de saída atribuído como um relé de saída normal.
O botão de reset da estação do operador E300 está desabilitado e é necessário ter uma
entrada digital atribuída como um reset de desarme.

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Um relé de saída deve ser atribuído como um relé de desarme ou relé de
controle. Defina qualquer um dos Output Ptxx Assignments (Parâmetros 202 a
204) como relé de desarme ou relé de controle.
3. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
4. O desarme da estação do operador deve estar desabilitado em TripEnableC
(Parâmetro 186).
5. Opção de desarme ou alarme por similaridade deve estar habilitado na estação
do operador.
• O desarme por correspondência de opções deve estar habilitado em
TripEnableC (Parâmetro 186)
• A estação do operador deve estar habilitada em Mismatch Action
(Parâmetro 233)
• Uma estação do operador deve ser selecionada em Operator Station Type
(Parâmetro 224)

Ou
• A advertência de correspondência de opções deve estar ativada em
WarningEnableC (Parâmetro 192)
• A estação do operador deve estar desabilitada em Mismatch Action
(Parâmetro 233)
• Uma estação do operador deve ser selecionada em Operator Station Type
(Parâmetro 224)
6. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
7. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 35.

58 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

Sobrecarga (Personalizado)
O modo de operação de sobrecarga (Personalizado) (Parâmetro 195 = 49) do relé E300
opera como um relé de sobrecarga tradicional com um relé de saída atribuído como um
relé de desarme normalmente fechado ou um relé de controle normalmente aberto. O
modo de operação de sobrecarga (personalizado) é usado para aplicações que desejam
programas DeviceLogix personalizados. Este modo de operação exige regras mínimas
de configuração.

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Defina qualquer um dos Output Ptxx Assignments (Parâmetros 202 a 204)
como relé de desarme ou relé de controle.
3. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).

Programa DeviceLogix
O último programa DeviceLogix salvo é executado no relé E300 ao ligar ou quando
Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 49.

Modos de operação de O modo de operação de partida direta do relé E300 oferece a lógica de controle para
um acionador de partida direta com tensão total. Um relé de controle normalmente
partida direta aberto controla a bobina do contator. Quando ocorre um evento de desarme, o relé de
controle permanece aberto até o E300 receber um comando de reset de desarme. Há
15 modos de operação de partida direta:
• Rede
• Rede com realimentação
• Estação do operador
• Estação do operador com realimentação
• E/S local – Controle de dois fios
• E/S local com realimentação – Controle de dois fios
• E/S local – Controle de três fios
• E/S local com realimentação – Controle de três fios
• Rede e Estação do operador
• Rede e Estação do operador com realimentação
• Rede e E/S local – Controle de dois fios
• Rede e E/S local com realimentação – Controle de dois fios
• Rede e E/S local – Controle de três fios
• Rede e E/S local com realimentação – Controle de três fios
• Personalizado

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 59


Capítulo 4 Modos de operação

De partida direta (Rede)


O modo de operação de partida direta (Rede) (Parâmetro 195 = 3) do relé E300 usa o
tag de rede LogicDefinedPt00Data no Conjunto de saída 144 para controlar o Relé 0,
que controla a bobina do contator. LogicDefinedPt00Data é um valor mantido,
portanto a de partida direta permanece energizada quando LogicDefinedPt00Data
tem valor de 1. Você pode programar o estado apropriado da partida quando a
comunicação é perdida usando os parâmetros Network Communication Fault e
Network Communication Idle (Parâmetros 569 – 573) descritos no Capítulo 3.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado para este modo de
operação.

IMPORTANTE O modo de operação de partida direta (Rede) usa o valor no tag de rede
LogicDefinedPt00Data para controlar o acionador de partida. Quando a
comunicação é restaurada entre um controlador de automação e o relé E300, o
acionador de partida é energizado se o valor em LogicDefinedPt00Data está
definido como 1.

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
3. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 do relé E300 é conectado como um relé de controle em que o relé é
controlado pela rede de comunicação e é aberto quando ocorre um evento de desarme.
A Figura 10 é um diagrama elétrico de uma partida direta com o relé de saída 0
configurado como um relé de controle.
Figura 10 – Diagrama elétrico de partida direta (Rede)
Alimentação de comando

Relé E300

Relé 0
R03 R04 Funcionamento

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 3.

60 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

Diagrama de tempo
Figura 11 – Diagrama de tempo da partida direta (Rede)
Evento de desarme

Partir/Parar

Relé 0

Status do
desarme

Rearme

Partida direta (Rede) com realimentação


O modo de operação de partida direta (Rede) (Parâmetro 195 = 4) do relé E300 usa o
tag de rede LogicDefinedPt00Data no Conjunto de saída 144 para controlar o Relé 0,
que controla a bobina do contator. LogicDefinedPt00Data é um valor mantido,
portanto a de partida direta permanece energizada quando LogicDefinedPt00Data
tem valor de 1. Você pode programar o estado apropriado da partida quando a
comunicação é perdida usando os parâmetros Network Communication Fault e
Network Communication Idle (Parâmetros 569 – 573) descritos no Capítulo 3.
O contato auxiliar do contator da partida direta é conectado à Entrada 0. Se um sinal
de realimentação não for recebido antes do tempo identificado em Feedback Timeout
(Parâmetro 213), o relé E300 emitirá um evento de desarme ou de advertência.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado para este modo de
operação.

IMPORTANTE O modo de operação de partida direta (Rede) usa o valor no tag de rede
LogicDefinedPt00Data para controlar o acionador de partida. Quando a
comunicação é restaurada entre um controlador de automação e o relé E300, o
acionador de partida é energizado se o valor em LogicDefinedPt00Data está
definido como 1.

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
3. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
4. Feedback Timeout Trip in TripEnableC (Parâmetro 186) ou Feedback
Timeout Warning in WarningEnableC (Parâmetro 192) deve estar habilitado.

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 do relé E300 é conectado como um relé de controle em que o relé é
controlado pela rede de comunicação e é aberto quando ocorre um evento de desarme.
A Figura 12 é um diagrama elétrico de uma partida direta com o contator auxiliar
conectado à Entrada 0 e ao Relé de Saída 0 configurado como um relé de controle.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 61


Capítulo 4 Modos de operação

Figura 12 – Diagrama elétrico de partida direta (Rede) com realimentação


Alimentação de comando

Partir aux IN 0
Relé E300

Relé 0
R03 R04 Funcionamento

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 4.

Diagrama de tempo
Figura 13 – Diagrama de tempo da partida direta (Rede) com realimentação
Operação normal Evento de desarme Tempo limite de realimentação

Partir/Parar

Relé 0

Realimentação

Temporizador

Desarme por tempo limite


de realimentação

Status do desarme

Rearme

Partida direta (Estação do operador)


O modo de operação de partida direta (Estação de operação) (Parâmetro 195 = 27) do
relé E300 usa as teclas “I” e “0” da estação do operador para controlar o relé 0, que
controla a bobina do contator. Essas teclas são botões de pressão momentâneos,
portanto a partida direta permanece energizada ao liberar o botão “I”. O relé E300
emitirá um evento de desarme ou advertência se a estação do operador E300 se
desconectar do relé base.

62 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado e o LED amarelo local/
remoto está aceso para indicar que a estação do operador está sendo usada para controle
local.

Regras
1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.
2. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
3. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
4. O desarme da estação do operador deve estar desabilitado em TripEnableC
(Parâmetro 186).
5. Opção de desarme ou alarme por similaridade deve estar habilitado na estação
do operador.
• O desarme por correspondência de opções deve estar habilitado em
TripEnableC (Parâmetro 186)
• A estação do operador deve estar habilitada em Mismatch Action
(Parâmetro 233)
• Uma estação do operador deve ser selecionada em Operator Station Type
(Parâmetro 224)
Ou
• A advertência de correspondência de opções deve estar ativada em
WarningEnableC (Parâmetro 192)
• A estação do operador deve estar desabilitada em Mismatch Action
(Parâmetro 233)
• Uma estação do operador deve ser selecionada em Operator Station Type
(Parâmetro 224)
6. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
7. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 do relé E300 é conectado como um relé de controle e abre quando
ocorre um evento de desarme. A Figura 14 é um diagrama elétrico de uma partida
direta com o relé de saída 0 configurado como um relé de controle.
Figura 14 – Diagrama elétrico de partida direta (estação do operador)
Alimentação de comando

Relé E300

Relé 0
R03 R04 Funcionamento

I-Funcionamento 0-Parada

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 63


Capítulo 4 Modos de operação

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 27.

Diagrama de tempo
Figura 15 – Diagrama de tempo de partida direta (estação do operador)
Evento de desarme

Start
Stop

Relé 0

Desarme

Rearme

Partida direta (Estação do operador) com realimentação


O modo de operação de partida direta (Estação do operador) com realimentação
(Parâmetro 195 = 28) do relé E300 usa as teclas “I” e “0” da estação do operador para
controlar o relé 0, que controla a bobina do contator. Essas teclas são botões de pressão
momentâneos, portanto a partida direta permanece energizada ao liberar o botão “I”. O
relé E300 emitirá um evento de desarme ou advertência se a estação do operador E300
se desconectar do relé base.
O contato auxiliar do contator da partida direta é conectado à Entrada 0. Se um sinal
de realimentação não for recebido antes do tempo identificado em Feedback Timeout
(Parâmetro 213), o relé E300 emitirá um evento de desarme ou de advertência.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado e o LED amarelo local/
remoto está aceso para indicar que a estação do operador está sendo usada para controle
local.

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
3. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
4. O desarme da estação do operador deve estar desabilitado em TripEnableC
(Parâmetro 186).
5. Opção de desarme ou alarme por similaridade deve estar habilitado na estação
do operador.
• O desarme por correspondência de opções deve estar habilitado em
TripEnableC (Parâmetro 186)
• A estação do operador deve estar habilitada em Mismatch Action
(Parâmetro 233)
• Uma estação do operador deve ser selecionada em Operator Station Type
(Parâmetro 224)

64 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

Ou
• A advertência de correspondência de opções deve estar ativada em
WarningEnableC (Parâmetro 192)
• A estação do operador deve estar desabilitada em Mismatch Action
(Parâmetro 233)
• Uma estação do operador deve ser selecionada em Operator Station Type
(Parâmetro 224)
6. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
7. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.
8. Feedback Timeout Trip in TripEnableC (Parâmetro 186) ou Feedback
Timeout Warning in WarningEnableC (Parâmetro 192) deve estar habilitado.

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 do relé E300 é conectado como um relé de controle em que o relé é
controlado pela rede de comunicação e é aberto quando ocorre um evento de desarme.
A Figura 16 é um diagrama elétrico de uma partida direta com o contator auxiliar
conectado à Entrada 0 e ao Relé de Saída 0 configurado como um relé de controle.
Figura 16 – Diagrama elétrico de partida direta (estação do operador) com realimentação
Alimentação de comando

IN 0
Partir aux
Relé E300

Relé 0
R03 R04 Funcionamento

I-Funcionamento 0-Parada

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 65


Capítulo 4 Modos de operação

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 28.

Diagrama de tempo
Figura 17 – Diagrama de tempo de partida direta (Estação do operador) com realimentação
Evento de desarme Tempo limite de realimentação

Start

Stop

Realimentação IN 0

Relé 0

Temporizador

Desarme por tempo limite


de realimentação
Status do desarme

Rearme

De partida direta (E/S local) – Controle de dois fios


O modo de operação de partida direta (E/S local) – Controle de dois fios
(Parâmetro 195 = 36) do relé E300 usa a Entrada 0 para controlar o relé de saída 0,
que controla a bobina do contator. Entrada 0 é um valor constante, portanto a partida
direta permanece energizada quando a Entrada 0 está ativa.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado para este modo de
operação.

IMPORTANTE O modo de operação partida direta (E/S local) – Controle de dois fios usa o sinal da
Entrada 0 para controlar o acionador de partida. Quando um relé E300 é ligado, o
acionador de partida é energizado se a Entrada 0 está ativa.

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
3. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
4. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
5. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.

66 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 do relé E300 é conectado como um relé de controle em que o relé é
controlado pelo estado da Entrada 0 e se abre quando ocorre um evento de desarme. A
Figura 18 é um diagrama elétrico de uma partida direta com o relé de saída 0
configurado como um relé de controle.
Figura 18 – Diagrama elétrico de partida direta (E/S local) – Controle de dois fios
Alimentação de comando

Partir/Parar IN 0

Relé E300

Relé 0
R03 R04 Funcionamento

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 36.

Diagrama de tempo
Figura 19 – Diagrama de tempo de partida direta (E/S local) – Controle de dois fios
Evento de desarme

Partir/Parar

Relé 0

Status do
desarme

Rearme

De partida direta (E/S local) – Controle de dois fios com


realimentação
O modo de operação de partida direta (E/S local) – Controle de dois fios com
realimentação (Parâmetro 195 = 37) do relé E300 usa a Entrada 1 para controlar o relé
de saída 0, que controla a bobina do contator. Entrada 0 é um valor constante, portanto
a de partida direta permanece energizada quando a Entrada 1 está ativa.
O contato auxiliar do contator de partida direta é conectado à Entrada 0. Se um sinal
de realimentação não for recebido antes do tempo identificado em Feedback Timeout
(Parâmetro 213), o relé E300 emitirá um evento de desarme ou de advertência.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado para este modo de
operação.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 67


Capítulo 4 Modos de operação

IMPORTANTE O modo de operação partida direta (E/S local) – Controle de dois fios com realimen-
tação usa o estado da Entrada 1 para controlar o acionador de partida. Quando o
relé E300 é ligado, o acionador de partida é energizado se a Entrada 1 está ativa.

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
3. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
4. Feedback Timeout Trip in TripEnableC (Parâmetro 186) ou Feedback
Timeout Warning in WarningEnableC (Parâmetro 192) deve estar habilitado.
5. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
6. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 do relé E300 é conectado como um relé de controle em que o relé é
controlado pelo estado da Entrada 1 e se abre quando ocorre um evento de desarme. A
Figura 20 é um diagrama elétrico de uma partida direta com o relé de saída 0
configurado como um relé de controle.
Figura 20 – Diagrama de tempo de partida direta (E/S local) – Controle de dois fios com
realimentação
Alimentação de comando

Partir aux IN 0

IN 1 Relé E300
Partir/Parar

Relé 0
R03 R04
Funcionamento

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 37.

68 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

Diagrama de tempo
Figura 21 – Diagrama de tempo de partida direta (E/S local) – Controle de dois fios com
realimentação
Operação normal Evento de desarme
Tempo limite de realimentação

Partir/Parar

Relé 0

Realimentação

Temporizador

Desarme por tempo


limite de realimentação
Status do desarme

Rearme

De partida direta (E/S local) – Controle de três fios


O modo de operação de partida direta (E/S local) – Controle de três fios
(Parâmetro 195 = 38) do relé E300 usa um estado ativo na Entrada 1 (botão pulsador
normalmente aberto) para energizar o relé de saída 0, que controla a bobina do
contator, e um estado desativado na Entrada 0 é usado (botão pulsador normalmente
fechado) para desenergizar o relé de saída 0. Tanto a Entrada 0 quanto a Entrada 1 são
valores momentâneos; portanto, a de partida direta energiza somente se a Entrada 0
estiver ativa e a Entrada 1 estiver momentaneamente ativa.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado para este modo de
operação.

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
3. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
4. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
5. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 do relé E300 é conectado como um relé de controle em que o relé é
energizado quando a Entrada 0 está ativa e a Entrada 1 está momentaneamente ativa. O
relé de saída 0 desenergiza quando a Entrada 0 está momentaneamente desativada ou
quando ocorre um evento de desarme. A Figura 22 é um diagrama elétrico de uma de
partida direta com controle de três fios e um relé de saída 0 configurado como um relé
de controle.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 69


Capítulo 4 Modos de operação

Figura 22 – Diagrama elétrico de partida direta (E/S local) – Controle de três fios
Alimentação de comando

Stop IN 0

IN 1 Relé E300
Funcionamento

Relé 0
R03 R04
Funcionamento

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 38.

Diagrama de tempo
Figura 23 – Diagrama de tempo de partida direta (E/S local) – Controle de três fios
Evento de desarme

Start
Stop

Relé 0

Desarme

Rearme

De partida direta (E/S local) – Controle de três fios com


realimentação
O modo de operação de partida direta (E/S local) – Controle de três fios com
realimentação (Parâmetro 195 = 39) do relé E300 usa um estado ativo na Entrada 1
(botão pulsador normalmente aberto) para energizar o relé de saída 0, que controla a
bobina do contator, e um estado desativado na Entrada 2 é usado (botão pulsador
normalmente fechado) para desenergizar o relé de saída 0. Tanto a Entrada 1 quanto a
Entrada 2 são valores momentâneos; portanto, a de partida direta energiza somente se a
Entrada 2 estiver ativa e a Entrada 1 estiver momentaneamente ativa.
O contato auxiliar do contator de partida direta é conectado à Entrada 0. Se um sinal
de realimentação não for recebido antes do tempo identificado em Feedback Timeout
(Parâmetro 213), o relé E300 emitirá um evento de desarme ou de advertência.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado para este modo de
operação.

70 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Três entradas digitais devem estar disponíveis no módulo de controle
3. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
4. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
5. Feedback Timeout Trip in TripEnableC (Parâmetro 186) ou Feedback
Timeout Warning in WarningEnableC (Parâmetro 192) deve estar habilitado.
6. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
7. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 do relé E300 é conectado como um relé de controle em que o relé é
controlado pelo estado da Entrada 1 e se abre quando ocorre um evento de desarme. A
Figura 24 é um diagrama elétrico de uma de partida direta com controle de três fios e
um relé de saída 0 configurado como um relé de controle.
Figura 24 – Diagrama elétrico de partida direta (E/S local) – Controle de três fios com
realimentação
Alimentação de comando

IN 0
Partir aux
Relé E300
Funcionamento IN 1

Stop IN 2

Relé 0
R03 R04 Funcionamento

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 39.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 71


Capítulo 4 Modos de operação

Diagrama de tempo
Figura 25 – Diagrama de tempo de partida direta (E/S local) – Controle de três fios com
realimentação
Evento de desarme Tempo limite de realimentação

Start
Stop

Realimentação IN 0

Relé 0

Temporizador

Desarme por tempo


limite de realimentação
Status do desarme

Rearme

De partida direta (Rede e Estação do operador)


O modo de operação de partida direta (Rede e Estação do operador) (Parâmetro 195 =
11) do relé E300 usa o tag de rede LogicDefinedPt00Data no Conjunto de saída 144
no modo de controle remoto e as teclas “I” e “0” da estação do operador no modo de
controle local para controlar o relé 0, que controla a bobina do contator.
LogicDefinedPt00Data é um valor constante, portanto a partida direta permanece
energizada quando LogicDefinedPt00Data tem um valor de 1 no modo de controle
remoto. Você pode programar o estado apropriado da partida quando a comunicação é
perdida no modo de controle remoto usando os parâmetros Network Communication
Fault e Network Communication Idle (Parâmetros 569 – 573) descritos no
Capítulo 3.
As teclas “I”, “0” e “Local/Remote” da estação do operador E300 são botões de pressão
momentâneos. Pressione e solte o botão “I” no modo de controle local para energizar o
acionador de partida. Pressione e solte o botão “0” no modo de controle local para
desenergizar o acionador de partida.
Para alternar entre o modo de controle local e remoto, pressione e solte o botão “Local/
Remote” na estação do operador E300. O LED acima do botão “Local/Remote”
acende em amarelo no modo de controle local e em vermelho no modo de controle
remoto.
O relé E300 emitirá um evento de desarme ou advertência se a estação do operador
E300 se desconectar do relé base.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado para este modo de
operação.

IMPORTANTE O modo de operação partida direta (Rede e estação do operador) usa o valor no tag
de rede LogicDefinedPt00Data para controlar o acionador de partida. Quando a
comunicação é restaurada entre um controlador de automação e o relé E300, o
acionador de partida é energizado se o valor em LogicDefinedPt00Data está
definido como 1.

72 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
3. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
4. O desarme da estação do operador deve estar desabilitado em TripEnableC
(Parâmetro 186).
5. Opção de desarme ou alarme por similaridade deve estar habilitado na estação
do operador.
• O desarme por correspondência de opções deve estar habilitado em
TripEnableC (Parâmetro 186)
• A estação do operador deve estar habilitada em Mismatch Action
(Parâmetro 233)
• Uma estação do operador deve ser selecionada em Operator Station Type
(Parâmetro 224)

Ou
• A advertência de correspondência de opções deve estar ativada em
WarningEnableC (Parâmetro 192)
• A estação do operador deve estar desabilitada em Mismatch Action
(Parâmetro 233)
• Uma estação do operador deve ser selecionada em Operator Station Type
(Parâmetro 224)
6. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
7. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 do relé E300 é conectado como um relé de controle em que o relé é
controlado pela rede de comunicação e é aberto quando ocorre um evento de desarme.
A Figura 26 é um diagrama elétrico de uma partida direta com o relé de saída 0
configurado como um relé de controle.
Figura 26 – Diagrama elétrico de partida direta (Rede e Estação do operador)
Alimentação de comando

Relé E300

Relé 0
R03 R04 Funcionamento

I-Funcionamento 0-Parada

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 73


Capítulo 4 Modos de operação

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 11.

De partida direta (Rede e Estação do operador) com realimentação


O modo de operação de partida direta (Rede e Estação do operador) com realimentação
(Parâmetro 195 = 12) do relé E300 usa o tag de rede LogicDefinedPt00Data no
Conjunto de saída 144 no modo de controle remoto e as teclas “I” e “0” da estação do
operador no modo de controle local para controlar o relé 0, que controla a bobina do
contator. LogicDefinedPt00Data é um valor constante, portanto a partida direta
permanece energizada quando LogicDefinedPt00Data tem um valor de 1 no modo de
controle remoto. Você pode programar o estado apropriado da partida quando a
comunicação é perdida no modo de controle remoto usando os parâmetros Network
Communication Fault e Network Communication Idle (Parâmetros 569 – 573)
descritos no Capítulo 3.
As teclas “I”, “0” e “Local/Remote” da estação do operador E300 são botões de pressão
momentâneos. Pressione e solte o botão “I” no modo de controle local para energizar o
acionador de partida. Pressione e solte o botão “0” no modo de controle local para
desenergizar o acionador de partida.
Para alternar entre o modo de controle local e remoto, pressione e solte o botão “Local/
Remote” na estação do operador E300. O LED acima do botão “Local/Remote”
acende em amarelo no modo de controle local e em vermelho no modo de controle
remoto.
O contato auxiliar do contator de partida direta é conectado à Entrada 0. Se um sinal
de realimentação não for recebido antes do tempo identificado em Feedback Timeout
(Parâmetro 213), o relé E300 emitirá um evento de desarme ou de advertência.
O relé E300 emitirá um evento de desarme ou advertência se a estação do operador
E300 se desconectar do relé base.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado para este modo de
operação.

IMPORTANTE O modo de operação partida direta (Rede e estação do operador) usa o valor no
tag de rede LogicDefinedPt00Data para controlar o acionador de partida. Quando
a comunicação é restaurada entre um controlador de automação e o relé E300, o
acionador de partida é energizado se o valor em LogicDefinedPt00Data está
definido como 1.

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
3. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
4. O desarme da estação do operador deve estar desabilitado em TripEnableC
(Parâmetro 186).
5. Opção de desarme ou alarme por similaridade deve estar habilitado na estação
do operador.
• O desarme por correspondência de opções deve estar habilitado em
TripEnableC (Parâmetro 186)
• A estação do operador deve estar habilitada em Mismatch Action
(Parâmetro 233)

74 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

• Uma estação do operador deve ser selecionada em Operator Station Type


(Parâmetro 224)

Ou
• A advertência de correspondência de opções deve estar ativada em
WarningEnableC (Parâmetro 192)
• A estação do operador deve estar desabilitada em Mismatch Action
(Parâmetro 233)
• Uma estação do operador deve ser selecionada em Operator Station Type
(Parâmetro 224)
6. Feedback Timeout Trip in TripEnableC (Parâmetro 186) ou Feedback
Timeout Warning in WarningEnableC (Parâmetro 192) deve estar habilitado.
7. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
8. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 do relé E300 é conectado como um relé de controle em que o relé é
controlado pela rede de comunicação e é aberto quando ocorre um evento de desarme.
A Figura 27 é um diagrama elétrico de uma de partida direta com o contator auxiliar
conectado à Entrada 0 e ao Relé de Saída 0 configurado como um relé de controle.
Figura 27 – Diagrama elétrico de partida direta (Rede e Estação do operador) com
realimentação
Alimentação de comando

Partir aux IN 0
Relé E300

Relé 0
R03 R04 Funcionamento

I-Funcionamento 0-Parada

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 12.

De partida direta (Rede e E/S local) – Controle de dois fios


O modo de operação de partida direta (Rede e E/S local) – Controle de dois fios
(Parâmetro 195 = 16) do relé E300 usa o tag de rede LogicDefinedPt00Data no
Conjunto de saída 144 no modo de controle remoto e a Entrada 0 no modo de controle
local para controlar o relé 0, que controla a bobina do contator. A Entrada 1 determina
se o acionador de partida do motor está no modo remoto ou local.
LogicDefinedPt00Data é um valor constante, portanto a partida direta permanece
energizada quando LogicDefinedPt00Data tem um valor de 1 no modo de controle
remoto. Você pode programar o estado apropriado da partida quando a comunicação é

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 75


Capítulo 4 Modos de operação

perdida no modo de controle remoto usando os parâmetros Network Communication


Fault e Network Communication Idle (Parâmetros 569 – 573) descritos no
Capítulo 3.
No modo de controle local, o estado da Entrada 0 controla o relé de saída 0, que
controla a bobina do contator. Entrada 0 é um valor constante, portanto a partida
direta permanece energizada quando a Entrada 0 está ativa.
A Entrada 1 é usada para selecionar entre o modo de controle local e remoto. Ative a
Entrada 1 para selecionar o modo de controle remoto. Desative a Entrada 1 para
selecionar o modo de controle local.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado para este modo de
operação.

IMPORTANTE O modo de operação partida direta (Rede e estação do operador) usa o valor no
tag de rede LogicDefinedPt00Data para controlar o acionador de partida. Quando
a comunicação é restaurada entre um controlador de automação e o relé E300, o
acionador de partida é energizado se o valor em LogicDefinedPt00Data está
definido como 1.

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
3. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
4. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
5. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 do relé E300 é conectado como um relé de controle em que o relé é
controlado pela rede de comunicação e é aberto quando ocorre um evento de desarme.
A Figura 28 é um diagrama elétrico de uma partida direta com o relé de saída 0
configurado como um relé de controle.
Figura 28 – Diagrama elétrico de partida direta (Rede e E/S local) – Controle de dois fios
Alimentação de comando

Partir/Parar IN 0

Entradas locais/ IN 1
Controlador Relé E300

Relé 0
R03 R04 Funcionamento

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 16.

76 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

Diagrama de tempo
Figura 29 – Diagrama de tempo de partida direta (Rede e E/S local) – Controle de dois fios
Evento de desarme

Partir/Parar

Relé 0

Status do
desarme

Rearme

De partida direta (Rede e E/S local) com realimentação – Controle


de dois fios
O modo de operação de partida direta (Rede e E/S local) com realimentação – Controle
de dois fios (Parâmetro 195 = 17) do relé E300 usa o tag de rede LogicDefinedPt00Data
no Conjunto de saída 144 no modo de controle remoto e a Entrada 2 no modo de
controle local para controlar o relé 0, que controla a bobina do contator. A Entrada 3
determina se o acionador de partida do motor está no modo remoto ou local.
LogicDefinedPt00Data é um valor constante, portanto a partida direta permanece
energizada quando LogicDefinedPt00Data tem um valor de 1 no modo de controle
remoto. Você pode programar o estado apropriado da partida quando a comunicação é
perdida no modo de controle remoto usando os parâmetros Network Communication
Fault e Network Communication Idle (Parâmetros 569 – 573) descritos no
Capítulo 3.
No modo de controle local, o estado da Entrada 2 controla o relé de saída 0, que
controla a bobina do contator. Entrada 2 é um valor constante, portanto a de partida
direta permanece energizada quando a Entrada 2 está ativa.
A Entrada 3 é usada para selecionar entre o modo de controle local e remoto. Ative a
Entrada 3 para selecionar o modo de controle remoto. Desative a Entrada 3 para
selecionar o modo de controle local.
O contato auxiliar do contator de partida direta é conectado à Entrada 0. Se um sinal
de realimentação não for recebido antes do tempo identificado em Feedback Timeout
(Parâmetro 213), o relé E300 emitirá um evento de desarme ou de advertência.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado para este modo de
operação.

IMPORTANTE O modo de operação partida direta (Rede e estação do operador) usa o valor no
tag de rede LogicDefinedPt00Data para controlar o acionador de partida. Quando
a comunicação é restaurada entre um controlador de automação e o relé E300, o
acionador de partida é energizado se o valor em LogicDefinedPt00Data está
definido como 1.

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Três entradas digitais devem estar disponíveis no módulo de controle

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 77


Capítulo 4 Modos de operação

3. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
4. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
5. Feedback Timeout Trip in TripEnableC (Parâmetro 186) ou Feedback
Timeout Warning in WarningEnableC (Parâmetro 192) deve estar habilitado.
6. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
7. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 do relé E300 é conectado como um relé de controle em que o relé é
controlado pela rede de comunicação e é aberto quando ocorre um evento de desarme.
A Figura 30 é um diagrama elétrico de uma partida direta com o relé de saída 0
configurado como um relé de controle.
Figura 30 – Diagrama elétrico de partida direta (Rede e E/S local) com realimentação –
Controle de dois fios
Alimentação de comando

Partir aux IN 0

Relé E300
Partir/Parar IN 2

Entradas locais/ IN 3
Controlador

Relé 0
R03 R04 Funcionamento

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 17.

78 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

Diagrama de tempo
Figura 31 – Diagrama de tempo de partida direta (Rede e E/S local) com realimentação –
Controle de dois fios
Operação normal Evento de desarme Tempo limite de realimentação

Partir/Parar

Relé 0

Realimentação

Temporizador

Desarme por tempo


limite de realimentação
Status do desarme

Rearme

De partida direta (Rede e E/S local) – Controle de três fios


O modo de operação de partida direta (Rede e Estação do operador) – Controle de três
fios (Parâmetro 195 = 18) do relé E300 usa o tag de rede LogicDefinedPt00Data no
Conjunto de saída 144 no modo de controle remoto e a Entrada 1 e a Entrada 2 no
modo de controle local para controlar o relé 0, que controla a bobina do contator.
LogicDefinedPt00Data é um valor constante, portanto a partida direta permanece
energizada quando LogicDefinedPt00Data tem um valor de 1 no modo de controle
remoto. Você pode programar o estado apropriado da partida quando a comunicação é
perdida no modo de controle remoto usando os parâmetros Network Communication
Fault e Network Communication Idle (Parâmetros 569 – 573) descritos no
Capítulo 3.
O modo de controle local usa um botão pulsador normalmente aberto que é conectado
à Entrada 1 para energizar o relé de saída 0, que controla a bobina do contator. Um
botão pulsador normalmente fechado conectado à Entrada 2 é usado para desenergizar
o relé de saída 0. A de partida direta apenas é energizada se a Entrada 2 estiver ativa e a
Entrada 1 estiver momentaneamente ativa.
A Entrada 3 é usada para selecionar entre o modo de controle local e remoto. Ative a
Entrada 3 para selecionar o modo de controle remoto. Desative a Entrada 3 para
selecionar o modo de controle local.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado para este modo de
operação.

IMPORTANTE O modo de operação partida direta (Rede e estação do operador) usa o valor no
tag de rede LogicDefinedPt00Data para controlar o acionador de partida. Quando
a comunicação é restaurada entre um controlador de automação e o relé E300, o
acionador de partida é energizado se o valor em LogicDefinedPt00Data está
definido como 1.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 79


Capítulo 4 Modos de operação

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Três entradas digitais devem estar disponíveis no módulo de controle
3. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
4. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
5. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
6. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 do relé E300 é conectado como um relé de controle em que o relé é
controlado pela rede de comunicação e é aberto quando ocorre um evento de desarme.
A Figura 32 é um diagrama elétrico de uma partida direta com o relé de saída 0
configurado como um relé de controle.
Figura 32 – Diagrama elétrico de partida direta (Rede e E/S local) – Controle de três fios
Alimentação de comando

Funcionamento IN 1
Relé E300
Stop IN 2

Entradas locais/ IN 3
Controlador

Relé 0
R03 R04 Funcionamento

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 18.

De partida direta (Rede e E/S local) com realimentação – Controle


de três fios
O modo de operação de partida direta (Rede e Estação do operador) com realimentação –
Controle de três fios (Parâmetro 195 = 19) do relé E300 usa o tag de rede
LogicDefinedPt00Data no Conjunto de saída 144 no modo de controle remoto e a
Entrada 1 e Entrada 2 no modo de controle local para controlar o relé 0, que controla a
bobina do contator. LogicDefinedPt00Data é um valor constante, portanto a partida
direta permanece energizada quando LogicDefinedPt00Data tem um valor de 1 no
modo de controle remoto. Você pode programar o estado apropriado da partida
quando a comunicação é perdida no modo de controle remoto usando os parâmetros
Network Communication Fault e Network Communication Idle (Parâmetros 569 –
573) descritos no Capítulo 3.
O modo de controle local usa um botão pulsador normalmente aberto que é conectado
à Entrada 1 para energizar o relé de saída 0, que controla a bobina do contator. Um
botão pulsador normalmente fechado conectado à Entrada 2 é usado para desenergizar

80 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

o relé de saída 0. A de partida direta apenas é energizada se a Entrada 2 estiver ativa e a


Entrada 1 estiver momentaneamente ativa.
A Entrada 3 é usada para selecionar entre o modo de controle local e remoto. Ative a
Entrada 3 para selecionar o modo de controle remoto. Desative a Entrada 3 para
selecionar o modo de controle local.
O contato auxiliar do contator de partida direta é conectado à Entrada 0. Se um sinal
de realimentação não for recebido antes do tempo identificado em Feedback Timeout
(Parâmetro 213), o relé E300 emitirá um evento de desarme ou de advertência.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado para este modo de
operação.

IMPORTANTE O modo de operação partida direta (Rede e estação do operador) usa o valor no tag
de rede LogicDefinedPt00Data para controlar o acionador de partida. Quando a
comunicação é restaurada entre um controlador de automação e o relé E300, o
acionador de partida é energizado se o valor em LogicDefinedPt00Data está
definido como 1.

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Três entradas digitais devem estar disponíveis no módulo de controle
3. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
4. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
5. Feedback Timeout Trip in TripEnableC (Parâmetro 186) ou Feedback
Timeout Warning in WarningEnableC (Parâmetro 192) deve estar habilitado.
6. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
7. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 do relé E300 é conectado como um relé de controle em que o relé é
controlado pela rede de comunicação e é aberto quando ocorre um evento de desarme.
A Figura 33 é um diagrama elétrico de uma partida direta com o relé de saída 0
configurado como um relé de controle.
Figura 33 – Diagrama elétrico de partida direta (rede e E/S local) com realimentação –
Controle de três fios
Alimentação de comando

Partir aux IN 0

IN 1 Relé E300
Funcionamento

Stop IN 2

Entradas locais/ IN 3
Controlador

Relé 0
R03 R04 Funcionamento

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 81


Capítulo 4 Modos de operação

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 19.

De partida direta (Personalizado)


O modo de operação de partida direta (Personalizado) (Parâmetro 195 = 50) do relé
E300 opera como uma de partida direta atribuída como um relé de controle
normalmente aberto. O modo de operação de partida direta (personalizado) é usado
para aplicações que desejam programas DeviceLogix personalizados. Este modo de
operação exige regras mínimas de configuração.

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Defina qualquer um dos Output Ptxx Assignments (Parâmetros 202 a 204)
como relé de controle.
3. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).

Diagrama elétrico
O relé E300 também pode ser conectado como um relé de controle para que o relé
controlado pela rede de comunicação seja aberto quando ocorrer um evento de
desarme. A Figura 34 é um diagrama elétrico de uma de partida direta com o relé 0
configurado como um relé de controle. O relé 0 recebe comandos de controle de um
controlador de automação para energizar ou desenergizar a bobina do contator. O relé
0 também fica em um estado aberto quando há um evento de desarme.
Figura 34 – Diagrama elétrico do relé de controle

Relé 0 configurado como


um relé de controle(1)

R03 R04 A1 Motor A2

(1) Contato mostrado com tensão de alimentação aplicada.

Programa DeviceLogix
O último programa DeviceLogix salvo é executado no relé E300 ao ligar ou quando
Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 50.

Diagrama de tempo
Figura 35 – Diagrama de tempo de partida direta (personalizado)
Relé de desarme

Status do dispositivo 0
Predefinição de desarme

Rearme

82 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

Modos de operação com O modo de operação de partida direta do relé E300 oferece a lógica de controle para
um acionador de partida direta com tensão total. Dois relés de controle normalmente
partida reversível abertos controlam as bobinas do contator dianteiro e reverso. Quando ocorre um
evento de desarme, os dois relés permanecem abertos até o E300 receber um comando
de reset de desarme. Há 11 modos de operação com partida reversível:
• Rede
• Rede com realimentação
• Estação do operador
• Estação do operador com realimentação
• E/S local – Controle de dois fios
• E/S local com realimentação – Controle de dois fios
• E/S local – Controle de três fios
• Rede e Estação do operador
• Rede e E/S local – Controle de dois fios
• Rede e E/S local – Controle de três fios
• Personalizado

Partida reversível (Rede)


O modo de operação partida reversível (Rede) (Parâmetro 195 = 5) do relé E300 usa os
tags de rede LogicDefinedPt00Data no Conjunto de saída 144 para controlar o Relé 0,
que controla a bobina do contator dianteiro, e LogicDefinedPt01Data no Conjunto de
saída 144 para controlar o Relé 1, que controla a bobina do contator reverso.
LogicDefinedPt00Data e LogicDefinedPt01Data são valores constantes, portanto a
partida reversível permanece energizada quando LogicDefinedPt00Data ou
LogicDefinedPt01Data tem valor de 1. Você pode programar o estado apropriado da
partida quando a comunicação é perdida usando os parâmetros Network
Communication Fault e Network Communication Idle (Parâmetros 569 – 573)
descritos no Capítulo 3.
O InterlockDelay (Parâmetro 215) define o tempo mínimo de atraso ao mudar de
direção.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado para este modo de
operação.

IMPORTANTE O modo de operação partida reversível (Rede) usa o valor no tag de rede
LogicDefinedPt00Data ou LogicDefinedPt01Data para controlar o acionador de
partida. Quando a comunicação entre um controlador de automação e o relé
E300 é recuperada, o acionador de partida é energizado se o valor em
LogicDefinedPt00Data ou LogicDefinedPt01Data está definido como 1.

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
3. Output Pt01 Assignment (Parâmetro 203) deve estar definido como relé de
controle.
4. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 83


Capítulo 4 Modos de operação

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 do relé E300 é conectado como um relé de controle ao contator
dianteiro e o relé de saída 1 é conectado como um relé de controle ao contator reverso.
Ambos os relés são controlados pela rede de comunicação e são abertos quando ocorre
um evento de desarme. A Figura 36 é um diagrama elétrico de uma partida reversível
com o relé de saída 0 e o relé de saída 1 configurados como um relé de controle.
Figura 36 – Diagrama elétrico de partida reversível (Rede)
Alimentação de comando

Relé E300

Relé 0
R03 R04 Operação para frente
Relé 1
R13 R14 Operação reversa

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 5.

Diagrama de tempo
Figura 37 – Diagrama de tempo de partida reversível (Rede)
Evento de desarme

Avanço

Reversão

Avanço (Relé 0)

Reversão (Relé 1)

Status do desarme

Rearme

Partida reversível (Rede) com realimentação


O modo de operação partida reversível (Rede) com realimentação (Parâmetro 195 = 6)
do relé E300 usa os tags de rede LogicDefinedPt00Data no Conjunto de saída 144
para controlar o Relé 0, que controla a bobina do contator dianteiro, e
LogicDefinedPt01Data no Conjunto de saída 144 para controlar o Relé 1, que controla
a bobina do contator reverso. LogicDefinedPt00Data e LogicDefinedPt01Data são
valores constantes, portanto a partida reversível permanece energizada quando
LogicDefinedPt00Data ou LogicDefinedPt01Data tem valor de 1. Você pode
programar o estado apropriado da partida quando a comunicação é perdida usando os

84 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

parâmetros Network Communication Fault e Network Communication Idle


(Parâmetros 569 – 573) descritos no Capítulo 3.
O contato auxiliar do contator dianteiro é conectado à Entrada 0, e o contato auxiliar
do contator reverso é conectado à Entrada 1. Se um sinal de realimentação não for
recebido antes do tempo identificado em Feedback Timeout (Parâmetro 213), o relé
E300 emitirá um evento de desarme ou advertência.
O InterlockDelay (Parâmetro 215) define o tempo mínimo de atraso ao mudar de
direção.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado para este modo de
operação.

IMPORTANTE O modo de operação partida reversível (Rede) usa o valor no tag de rede
LogicDefinedPt00Data ou LogicDefinedPt01Data para controlar o acionador de
partida. Quando a comunicação é restaurada entre um controlador de automação
e o relé E300, o acionador de partida é energizado se o valor em
LogicDefinedPt00Data ou LogicDefinedPt01Data está definido como 1.

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
3. Output Pt01 Assignment (Parâmetro 203) deve estar definido como relé de
controle.
4. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
5. Feedback Timeout Trip in TripEnableC (Parâmetro 186) ou Feedback
Timeout Warning in WarningEnableC (Parâmetro 192) deve estar habilitado.

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 do relé E300 é conectado como um relé de controle ao contator
dianteiro e o relé de saída 1 é conectado como um relé de controle ao contator reverso.
Ambos os relés são controlados pela rede de comunicação e são abertos quando ocorre
um evento de desarme. A Figura 38 é um diagrama elétrico de uma partida reversível
com o relé de saída 0 e o relé de saída 1 configurados como relés de controle, e o os
contatos auxiliares do contator são conectados à Entrada 0 e Entrada 1.
Figura 38 – Diagrama elétrico de partida reversível (Rede) com realimentação
Alimentação de comando

Operação para frente aux IN 0

Operação reversa aux IN 1


Relé E300

Relé 0
R03 R04 Operação para frente
Relé 1
R13 R14 Operação reversa

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 85


Capítulo 4 Modos de operação

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 6.

Diagrama de tempo
Figura 39 – Diagrama de tempo de partida reversível (Rede) com realimentação
Evento de desarme Tempo limite de realimentação

Avanço (Relé 0)

Reversão (Relé 1)

Realimentação para frente IN 0

Realimentação reversa IN 1

Status do desarme

Rearme

Temporizador

Desarme por tempo limite


de realimentação

Partida reversível (Estação do operador)


O modo de operação partida reversível (Estação de operação) (Parâmetro 195 = 29) do
relé E300 usa a tecla “I” da estação do operador E300 para controlar o relé de saída 0,
que controla a bobina do contator dianteiro. A tecla “II” controla o relé de saída 1, que
controla a bobina do contator reverso. A tecla “0” é usada para desenergizar o relé de
saída 0 e o relé de saída 1. Essas teclas são botões de pressão momentâneos, portanto o
acionador de partida reverso permanece energizado ao liberar o botão “I” ou “II”. O
botão “0” deve ser pressionado antes de mudar para outra direção. O relé E300 emitirá
um evento de desarme ou advertência se a estação do operador E300 se desconectar do
relé base.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado e o LED amarelo Local/
Remote está aceso para indicar que a estação do operador está sendo usada para
controle local.
O InterlockDelay (Parâmetro 215) define o tempo mínimo de atraso ao mudar de
direção.

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
3. Output Pt01 Assignment (Parâmetro 203) deve estar definido como relé de
controle.
4. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).

86 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

5. O desarme da estação do operador deve estar desabilitado em TripEnableC


(Parâmetro 186).
6. Opção de desarme ou alarme por similaridade deve estar habilitado na estação
do operador.
• O desarme por correspondência de opções deve estar habilitado em
TripEnableC (Parâmetro 186)
• A estação do operador deve estar habilitada em Mismatch Action
(Parâmetro 233)
• Uma estação do operador deve ser selecionada em Operator Station Type
(Parâmetro 224)

Ou
• A advertência de correspondência de opções deve estar ativada em
WarningEnableC (Parâmetro 192)
• A estação do operador deve estar desabilitada em Mismatch Action
(Parâmetro 233)
• Uma estação do operador deve ser selecionada em Operator Station Type
(Parâmetro 224)
7. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
8. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 do relé E300 é conectado como um relé de controle ao contator
dianteiro e o relé de saída 1 é conectado como um relé de controle ao contator reverso.
Ambos os relés são abertos quando ocorre um evento de desarme. A Figura 40 é um
diagrama elétrico de uma partida reversível com o relé de saída 0 e o relé de saída 1
configurados como um relé de controle.
Figura 40 – Diagrama elétrico de partida reversível (Estação do operador)
Alimentação de comando

Relé E300
Relé 0
R03 R04 Operação para frente
Relé 1
R13 R14 Operação reversa

I-Operação para frente 0-Parada


II-Operação reversa

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 29.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 87


Capítulo 4 Modos de operação

Diagrama de tempo
Figura 41 – Diagrama de tempo de partida reversível (Estação do operador)
Evento de desarme

Avanço

Stop

Reversão

Avanço (Relé 0)

Reversão (Relé 1)

Status do desarme

Rearme

Reversão de partida reversível (Estação do operador) com


realimentação
O modo de operação partida reversível (Estação do operador) com realimentação
(Parâmetro 195 = 30) do relé E300 usa as teclas “I” e “0” da estação do operador E300
para controlar o relé 0, que controla a bobina do contator. Essas teclas são botões de
pressão momentâneos, portanto o acionador de partida reversível permanece
energizado ao liberar o botão “I”. O botão “0” deve ser pressionado antes de mudar para
outra direção. O relé E300 emitirá um evento de desarme ou advertência se a estação do
operador E300 se desconectar do relé base.
O contato auxiliar do contator de partida reversível é conectado à Entrada 0. Se um
sinal de realimentação não for recebido antes do tempo identificado em Feedback
Timeout (Parâmetro 213), o relé E300 emitirá um evento de desarme ou de
advertência.
O InterlockDelay (Parâmetro 215) define o tempo mínimo de atraso ao mudar de
direção.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado e o LED amarelo Local/
Remote está aceso para indicar que a estação do operador está sendo usada para
controle local.

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
3. Output Pt01 Assignment (Parâmetro 203) deve estar definido como relé de
controle.
4. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
5. O desarme da estação do operador deve estar desabilitado em TripEnableC
(Parâmetro 186).

88 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

6. Opção de desarme ou alarme por similaridade deve estar habilitado na estação


do operador.
• O desarme por correspondência de opções deve estar habilitado em
TripEnableC (Parâmetro 186)
• A estação do operador deve estar habilitada em Mismatch Action
(Parâmetro 233)
• Uma estação do operador deve ser selecionada em Operator Station Type
(Parâmetro 224)

Ou
• A advertência de correspondência de opções deve estar ativada em
WarningEnableC (Parâmetro 192)
• A estação do operador deve estar desabilitada em Mismatch Action
(Parâmetro 233)
• Uma estação do operador deve ser selecionada em Operator Station Type
(Parâmetro 224)
7. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
8. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.
9. Feedback Timeout Trip in TripEnableC (Parâmetro 186) ou Feedback
Timeout Warning in WarningEnableC (Parâmetro 192) deve estar habilitado.

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 do relé E300 é conectado como um relé de controle ao contator
dianteiro e o relé de saída 1 é conectado como um relé de controle ao contator reverso.
Ambos os relés são abertos quando ocorre um evento de desarme. A Figura 42 é um
diagrama elétrico de uma partida reversível com o relé de saída 0 e o relé de saída 1
configurados como relés de controle, e o os contatos auxiliares do contator são
conectados à Entrada 0 e Entrada 1.
Figura 42 – Diagrama elétrico de partida reversível (Estação do operador) com realimentação
Alimentação de comando

Operação para frente aux IN 0


Relé E300
Operação reversa aux IN 1
Relé 0
R03 R04 Operação para frente
Relé 1
R13 R14 Operação reversa

I-Operação para frente 0-Parada


II-Operação reversa

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 30.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 89


Capítulo 4 Modos de operação

Diagrama de tempo
Figura 43 – Diagrama de tempo de partida reversível (Estação do operador) com
realimentação
Evento de desarme Tempo limite de
realimentação
Avanço
Stop

Reversão

Avanço (Relé 0)

Reversão (Relé 1)

Realimentação para frente

Realimentação reversa

Status do desarme

Rearme

Temporizador

Desarme por tempo


limite de realimentação

Partida reversível (E/S local) – Controle de dois fios


O modo de operação partida reversível (E/S local) – Controle de dois fios
(Parâmetro 195 = 40) do relé E300 usa a Entrada 0 para controlar o relé de saída 0, que
controla a bobina do contator dianteiro, e a Entrada 1 para controlar o relé de saída 1,
que controla a bobina do contator reverso. Entrada 0 e Entrada 1 são valores
constantes, portanto o contator da partida reversível permanece energizado quando a
Entrada 0 ou a Entrada 1 está ativa. A Entrada 0 e a Entrada 1 devem estar
desenergizadas antes de mudar para outra direção.
O InterlockDelay (Parâmetro 215) define o tempo mínimo de atraso ao mudar de
direção.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado para este modo de
operação.

IMPORTANTE O modo de operação partida reversível (E/S local) – Controle de dois fios usa o sinal
da Entrada 0 ou Entrada 1 para controlar o acionador de partida. Quando um relé
E300 é ligado, o acionador de partida é energizado se a Entrada 0 ou Entrada 1 está
ativa.

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
3. Output Pt01 Assignment (Parâmetro 203) deve estar definido como relé de
controle.

90 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

4. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI


(Parâmetro 183).
5. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
6. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 do relé E300 é conectado como um relé de controle ao contator
dianteiro e o relé de saída 1 é conectado como um relé de controle ao contator reverso.
Ambos os relés são abertos quando ocorre um evento de desarme. A Figura 44 é um
diagrama elétrico de uma partida reversível com o relé de saída 0 e o relé de saída 1
configurados como um relé de controle.
Figura 44 – Diagrama elétrico de partida reversível (E/S local) – Controle de dois fios
Alimentação de comando

Operação avançar/Parar IN 0

IN 1 Relé E300
Operação reversa/Parar

Relé 0
R03 R04 Operação para frente
Relé 1
R13 R14 Operação reversa

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 40.

Diagrama de tempo
Figura 45 – Diagrama de tempo de partida reversível (E/S local) – Controle de dois fios
Evento de desarme

Avanço

Reversão

Avanço (Relé 0)

Reversão (Relé 1)

Status do desarme

Rearme

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 91


Capítulo 4 Modos de operação

Partida reversível (E/S local) – Controle de dois fios com


realimentação
O modo de operação partida reversível (E/S local) – Controle de dois fios
(Parâmetro 195 = 41) do relé E300 usa a Entrada 0 para controlar o relé de saída 0, que
controla a bobina do contator dianteiro, e a Entrada 1 para controlar o relé de saída 1,
que controla a bobina do contator reverso. Entrada 0 e Entrada 1 são valores
constantes, portanto o contator da partida reversível permanece energizado quando a
Entrada 0 ou a Entrada 1 está ativa. A Entrada 0 e a Entrada 1 devem estar desativadas
antes de mudar para outra direção.
O contato auxiliar do contator dianteiro do acionador de partida é conectado à
Entrada, 0 e o contato auxiliar do contator reverso do acionador de partida é conectado
à Entrada 1. Se um sinal de realimentação não for recebido antes do tempo identificado
em Feedback Timeout (Parâmetro 213), o relé E300 emitirá um evento de desarme ou
de advertência.
O InterlockDelay (Parâmetro 215) define o tempo mínimo de atraso ao mudar de
direção.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado para este modo de
operação.

IMPORTANTE O modo de operação partida reversível (E/S local) – Controle de dois fios usa o sinal
da Entrada 0 ou Entrada 1 para controlar o acionador de partida. Quando um relé
E300 é ligado, o acionador de partida é energizado se a Entrada 0 ou Entrada 1 está
ativa.

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
3. Output Pt01 Assignment (Parâmetro 203) deve estar definido como relé de
controle.
4. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
5. Feedback Timeout Trip in TripEnableC (Parâmetro 186) ou Feedback
Timeout Warning in WarningEnableC (Parâmetro 192) deve estar habilitado.
6. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
7. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 do relé E300 é conectado como um relé de controle ao contator
dianteiro e o relé de saída 1 é conectado como um relé de controle ao contator reverso.
Ambos os relés são abertos quando ocorre um evento de desarme. A Figura 46 é um
diagrama elétrico de uma partida reversível com o relé de saída 0 e o relé de saída 1
configurados como relés de controle, e o os contatos auxiliares do contator são
conectados à Entrada 0 e Entrada 1.

92 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

Figura 46 – Diagrama elétrico de partida reversível (E/S local) – Controle de dois fios com
realimentação
Alimentação de comando

Operação para frente aux IN 0

Operação reversa aux IN 1


Relé E300
Operação avançar/Parar IN 2

Operação reversa/Parar IN 3
Relé 0
R03 R04 Operação para frente
Relé 1
R13 R14 Operação reversa

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 41.

Diagrama de tempo
Figura 47 – Diagrama de tempo de partida reversível (Estação do operador) com
realimentação
Evento de desarme Tempo limite de
realimentação
Avanço
Stop

Reversão

Avanço (Relé 0)

Reversão (Relé 1)

Realimentação para frente

Realimentação reversa

Status do desarme

Rearme

Temporizador

Desarme por tempo


limite de realimentação

Partida reversível (E/S local) – Controle de três fios


O modo de operação partida reversível (E/S local) – Controle de três fios
(Parâmetro 195 = 42) do relé E300 usa um botão pulsador normalmente aberto na
Entrada 0 para energizar o relé de saída 0, que controla a bobina do contator dianteiro.
Um botão pulsador normalmente aberto na Entrada 1 é usado para energizar o relé de
saída 1, que controla a bobina do contator reverso. Um botão pulsador normalmente

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 93


Capítulo 4 Modos de operação

fechado na Entrada 2 é usado para desenergizar o relé de saída 0 e o relé de saída 1.


Entrada 0, Entrada 1 e Entrada 2 são sinais momentâneos, portanto o acionador de
partida reversível apenas é energizado se a Entrada 2 estiver ativa e a Entrada 0 ou a
Entrada 1 estiver momentaneamente ativa.
A Entrada 2 deve ser momentaneamente desativada antes de mudar para outra direção.
O InterlockDelay (Parâmetro 215) define o tempo mínimo de atraso ao mudar de
direção.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado para este modo de
operação.

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Quatro entradas digitais devem estar disponíveis no módulo de controle
3. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
4. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
5. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
6. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
7. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.

Diagrama elétrico
A Figura 48 é um diagrama elétrico de um acionador de partida reversível com controle
de três fios e o relé de saída 0 e o relé de saída 1 configurados como relés de controle.
Figura 48 – Diagrama elétrico de partida reversível (E/S local) – Controle de três fios
Alimentação de comando

Operação para frente IN 0

Operação reversa IN 1 Relé E300

Stop IN 2

Relé 0
R03 R04 Operação para frente
Relé 1
R13 R14 Operação reversa

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 42.

94 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

Diagrama de tempo
Figura 49 – Diagrama elétrico de partida reversível (E/S local) – Controle de três fios
Evento de desarme

Avanço

Stop

Reversão

Avanço (Relé 0)

Reversão (Relé 1)

Status do desarme

Rearme

Partida reversível (Rede e Estação do operador)


O modo de operação partida reversível (Rede e Estação do operador) (Parâmetro 195 =
13) do relé E300 no modo de controle remoto usa os tags de rede
LogicDefinedPt00Data no Conjunto de saída 144 para controlar o Relé 0, que controla
a bobina do contator dianteiro, e LogicDefinedPt01Data no Conjunto de saída 144
para controlar o Relé 1, que controla a bobina do contator reverso.
LogicDefinedPt00Data e LogicDefinedPt01Data são valores constantes, portanto a
partida reversível permanece energizada quando LogicDefinedPt00Data ou
LogicDefinedPt01Data tem valor de 1. Você pode programar o estado apropriado da
partida quando a comunicação é perdida usando os parâmetros Network
Communication Fault e Network Communication Idle (Parâmetros 569 – 573)
descritos no Capítulo 3.
No modo de controle local, a tecla “I” da estação do operador E300 é usada para
controlar o relé de saída 0, que controla a bobina do contator dianteiro. A tecla “II”
controla o relé de saída 1, que controla a bobina do contator reverso. A tecla “0” é usada
para desenergizar o relé de saída 0 e o relé de saída 1. Essas teclas são botões de pressão
momentâneos, portanto o acionador de partida reverso permanece energizado ao
liberar o botão “I” ou “II”. O botão “0” deve ser pressionado antes de mudar para outra
direção.
Para alternar entre o modo de controle local e remoto, pressione e solte o botão “Local/
Remote” na estação do operador E300. O LED acima do botão “Local/Remote”
acende em amarelo no modo de controle local e em vermelho no modo de controle
remoto.
O InterlockDelay (Parâmetro 215) define o tempo mínimo de atraso ao mudar de
direção.
O relé E300 emitirá um evento de desarme ou advertência se a estação do operador
E300 se desconectar do relé base.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado para este modo de
operação.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 95


Capítulo 4 Modos de operação

IMPORTANTE O modo de operação partida reversível (Rede e estação do operador) usa o valor
no tag de rede LogicDefinedPt00Data para controlar o acionador de partida.
Quando a comunicação é restaurada entre um controlador de automação e o relé
E300, o acionador de partida é energizado se o valor em LogicDefinedPt00Data ou
LogicDefinedPt01Data está definido como 1.

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
3. Output Pt01 Assignment (Parâmetro 203) deve estar definido como relé de
controle.
4. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
5. O desarme da estação do operador deve estar desabilitado em TripEnableC
(Parâmetro 186).
6. Opção de desarme ou alarme por similaridade deve estar habilitado na estação
do operador.
• O desarme por correspondência de opções deve estar habilitado em
TripEnableC (Parâmetro 186)
• A estação do operador deve estar habilitada em Mismatch Action
(Parâmetro 233)
• Uma estação do operador deve ser selecionada em Operator Station Type
(Parâmetro 224)

Ou
• A advertência de correspondência de opções deve estar ativada em
WarningEnableC (Parâmetro 192)
• A estação do operador deve estar desabilitada em Mismatch Action
(Parâmetro 233)
• Uma estação do operador deve ser selecionada em Operator Station Type
(Parâmetro 224)
7. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
8. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 e o relé de saída 1 do relé E300 são conectados como relés de controle,
em que o relé é controlado pela rede de comunicação ou estação do operador E300 e
ambos os relés são abertos quando ocorre um evento de desarme. A Figura 50 é um
diagrama elétrico de uma partida reversível com o relé de saída 0 e o relé de saída 1
configurados como um relé de controle.

96 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

Figura 50 – Diagrama elétrico de partida reversível (Rede e Estação do operador)


Alimentação de comando

Relé E300
Relé 0
R03 R04 Operação para frente
Relé 1
R13 R14 Operação reversa

I-Operação para frente 0-Parada


II-Operação reversa

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 13.

Partida reversível (Rede e E/S local) – Controle de dois fios


O modo de operação partida reversível (Rede e Estação do operador) (Parâmetro 195 =
20) do relé E300 no modo de controle remoto usa os tags de rede
LogicDefinedPt00Data no Conjunto de saída 144 para controlar o Relé 0, que controla
a bobina do contator dianteiro, e LogicDefinedPt01Data no Conjunto de saída 144
para controlar o Relé 1, que controla a bobina do contator reverso.
LogicDefinedPt00Data e LogicDefinedPt01Data são valores constantes, portanto a
partida reversível permanece energizada quando LogicDefinedPt00Data ou
LogicDefinedPt01Data tem valor de 1. Você pode programar o estado apropriado da
partida quando a comunicação é perdida usando os parâmetros Network
Communication Fault e Network Communication Idle (Parâmetros 569 – 573)
descritos no Capítulo 3.
No modo de controle local, a Entrada 0 é usada para controlar o relé de saída 0, que
controla a bobina do contator dianteiro, e a Entrada 1 é usada para controlar o relé de
saída 1, que controla a bobina do contator reverso. Entrada 0 e Entrada 1 são valores
constantes, portanto o contator da partida reversível permanece energizado quando a
Entrada 0 ou a Entrada 1 está ativa. A Entrada 0 e a Entrada 1 devem estar desativadas
antes de mudar para outra direção.
A Entrada 3 é usada para selecionar entre o modo de controle local e remoto. Ative a
Entrada 3 para selecionar o modo de controle remoto. Desative a Entrada 3 para
selecionar o modo de controle local.
O InterlockDelay (Parâmetro 215) define o tempo mínimo de atraso ao mudar de
direção.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado para este modo de
operação.

IMPORTANTE O modo de operação partida reversível (Rede e estação do operador) usa o valor
no tag de rede LogicDefinedPt00Data ou LogicDefinedPt01Data para controlar o
acionador de partida. Quando a comunicação é restaurada entre um controlador
de automação e o relé E300, o acionador de partida é energizado se o valor em
LogicDefinedPt00Data ou LogicDefinedPt01Data está definido como 1.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 97


Capítulo 4 Modos de operação

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Três entradas digitais devem estar disponíveis no módulo de controle
3. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
4. Output Pt01 Assignment (Parâmetro 203) deve estar definido como relé de
controle.
5. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
6. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
7. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 e o relé de saída 1 do relé E300 são conectados como relés de controle,
em que o relé é controlado pela rede de comunicação ou Entrada 0 e Entrada 1. Ambos
os relés são abertos quando ocorre um evento de desarme. A Figura 51 é um diagrama
elétrico de uma partida reversível com o relé de saída 0 e o relé de saída 1 configurados
como um relé de controle.
Figura 51 – Diagrama elétrico de partida reversível (Rede e E/S local) – Controle de dois fios
Alimentação de comando

Operação avançar/Parar IN 0

Operação reversa/Parar IN 1
Relé E300

Entradas locais/
Controlador IN 3
Relé 0
R03 R04 Operação para frente
Relé 1
R13 R14 Operação reversa

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 20.

98 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

Diagrama de tempo
Figura 52 – Diagrama elétrico de partida reversível (Rede e E/S local) – Controle de dois fios
Evento de desarme

Avanço

Reversão

Avanço (Relé 0)

Reversão (Relé 1)

Status do desarme

Rearme

Partida reversível (Rede e E/S local) – Controle de três fios


O modo de operação partida reversível (Rede e Estação do operador)
(Parâmetro 195 = 21) do relé E300 no modo de controle remoto usa os tags de rede
LogicDefinedPt00Data no Conjunto de saída 144 para controlar o Relé 0, que controla
a bobina do contator dianteiro, e LogicDefinedPt01Data no Conjunto de saída 144
para controlar o Relé 1, que controla a bobina do contator reverso.
LogicDefinedPt00Data e LogicDefinedPt01Data são valores constantes, portanto a
partida reversível permanece energizada quando LogicDefinedPt00Data ou
LogicDefinedPt01Data tem valor de 1. Você pode programar o estado apropriado da
partida quando a comunicação é perdida usando os parâmetros Network
Communication Fault e Network Communication Idle (Parâmetros 569 – 573)
descritos no Capítulo 3.
O modo de controle local usa um botão pulsador normalmente aberto na Entrada 0
para energizar o relé de saída 0, que controla a bobina do contator dianteiro. Um botão
pulsador normalmente aberto na Entrada 1 é usado para energizar o relé de saída 1, que
controla a bobina do contator reverso. Um botão pulsador normalmente fechado na
Entrada 2 é usado para desenergizar o relé de saída 0 e o relé de saída 1. Entrada 0,
Entrada 1 e Entrada 2 são sinais momentâneos, portanto o acionador de partida
reversível apenas é energizado se a Entrada 2 estiver ativa e a Entrada 0 ou a Entrada 1
estiver momentaneamente ativa.
A Entrada 2 deve ser momentaneamente desativada antes de mudar para outra direção.
A Entrada 3 é usada para selecionar entre o modo de controle local e remoto. Ative a
Entrada 3 para selecionar o modo de controle remoto. Desative a Entrada 3 para
selecionar o modo de controle local.
O InterlockDelay (Parâmetro 215) define o tempo mínimo de atraso ao mudar de
direção.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado para este modo de
operação.

IMPORTANTE O modo de operação partida reversível (Rede e estação do operador) usa o valor
no tag de rede LogicDefinedPt00Data ou LogicDefinedPt01Data para controlar o
acionador de partida. Quando a comunicação é restaurada entre um controlador
de automação e o relé E300, o acionador de partida é energizado se o valor em
LogicDefinedPt00Data ou LogicDefinedPt01Data está definido como 1.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 99


Capítulo 4 Modos de operação

Regras
1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.
2. Quatro entradas digitais devem estar disponíveis no módulo de controle
3. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
4. Output Pt01 Assignment (Parâmetro 203) deve estar definido como relé de
controle.
5. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
6. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
7. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 e o relé de saída 1 do relé E300 são conectados como relés de controle,
em que o relé é controlado pela rede de comunicação ou Entrada 0, Entrada 1 e
Entrada 2. Ambos os relés são abertos quando ocorre um evento de desarme. A
Figura 53 é um diagrama elétrico de uma partida reversível com o relé de saída 0 e o relé
de saída 1 configurados como um relé de controle.
Figura 53 – Diagrama elétrico de partida reversível (Rede e E/S local) – Controle de três fios
Alimentação de comando

Operação para frente IN 0

Operação reversa IN 1
Relé E300
Stop IN 2

Entradas locais/ IN 3
Controlador Relé 0
R03 R04 Operação para frente
Relé 1
R13 R14 Operação reversa

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 21.

Partida reversível (Personalizado)


O modo de operação partida reversível (Personalizado) (Parâmetro 195 = 51) do relé
E300 opera como um acionador de partida reversível com dois relés de saída atribuídos
como relés de controle normalmente abertos. O modo de operação de partida reversível
(personalizado) é usado para aplicações que desejam programas DeviceLogix
personalizados. Este modo de operação exige regras mínimas de configuração.

Regras
1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.
2. Defina dois dos Output Ptxx Assignments (Parâmetros 202 a 204) como relé de
controle.
3. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).

100 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

Diagrama elétrico
A Figura 54 é um diagrama elétrico de uma partida reversível com o relé de saída 0 e o
relé de saída 1 configurados como um relé de controle. O relé de saída 0 e o relé de saída
1 ficam em um estado aberto quando há um evento de desarme.
Figura 54 – Diagrama elétrico de partida reversível (Personalizado)
Alimentação de comando

Relé E300

Relé 0
R03 R04 Operação para frente
Relé 1
R13 R14 Operação reversa

Programa DeviceLogix
O último programa DeviceLogix salvo é executado no relé E300 ao ligar ou quando
Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 50.

Diagrama de tempo
Figura 55 – Diagrama de tempo de partida reversível (Personalizado)
Relé de desarme

Status do dispositivo 0
Predefinição de desarme

Rearme

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 101


Capítulo 4 Modos de operação

Modos de operação com Os modos de operação com partida com duas velocidades do relé E300 oferecem a
lógica de controle para uma partida com duas velocidades com tensão total. Dois relés
partida com duas de controle normalmente abertos controlam as bobinas do contator de alta e baixa
velocidades velocidade. Quando ocorre um evento de desarme, os dois relés permanecem abertos
até o E300 receber um comando de reset de desarme. Há 11 modos de operação com
partida com duas velocidades:
• Rede
• Rede com realimentação
• Estação do operador
• Estação do operador com realimentação
• E/S local – Controle de dois fios
• E/S local com realimentação – Controle de dois fios
• E/S local – Controle de três fios
• Rede e Estação do operador
• Rede e E/S local – Controle de dois fios
• Rede e E/S local – Controle de três fios
• Personalizado

Partida com duas velocidades (Rede)


O modo de operação Partida com duas velocidades (Rede) (Parâmetro 195 = 9) do relé
E300 usa os tags de rede LogicDefinedPt00Data no Conjunto de saída 144 para
controlar o Relé 0, que controla a bobina do contator de alta velocidade, e
LogicDefinedPt01Data no Conjunto de saída 144 para controlar o Relé 1, que controla
a bobina do contator de baixa velocidade. LogicDefinedPt00Data e
LogicDefinedPt01Data são valores constantes, portanto a partida com duas
velocidades permanece energizada quando LogicDefinedPt00Data ou
LogicDefinedPt01Data tem valor de 1. Você pode programar o estado apropriado da
partida quando a comunicação é perdida usando os parâmetros Network
Communication Fault e Network Communication Idle (Parâmetros 569 – 573)
descritos no Capítulo 3.
O InterlockDelay (Parâmetro 215) define o tempo mínimo de atraso ao mudar de
direção.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado para este modo de
operação.

IMPORTANTE O modo de operação Partida com duas velocidades (Rede) usa o valor no tag de
rede LogicDefinedPt00Data ou LogicDefinedPt01Data para controlar o acionador
de partida. Quando a comunicação é restaurada entre um controlador de
automação e o relé E300, o acionador de partida é energizado se o valor em
LogicDefinedPt00Data ou LogicDefinedPt01Data está definido como 1.

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
3. Output Pt01 Assignment (Parâmetro 203) deve estar definido como relé de
controle.

102 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

4. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI


(Parâmetro 183).

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 do relé E300 é conectado como um relé de controle ao contator de alta
velocidade e o relé de saída 1 é conectado como um relé de controle ao contator de
baixa velocidade. Nessa configuração, ambos os relés são controlados pela rede de
comunicação e são abertos quando ocorre um evento de desarme. A Figura 56 é um
diagrama elétrico de uma partida com duas velocidades com o relé de saída 0 e o relé de
saída 1 configurados como relés de controle.
Figura 56 – Diagrama elétrico de partida com duas velocidades (Rede)
Alimentação de comando

Relé E300

Relé 0
R03 R04 Funcionamento rápido
Relé 1
R13 R14 Funcionamento lento

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 9.

Diagrama de tempo
Figura 57 – Diagrama de tempo de partida com duas velocidades (Rede)
Evento de desarme

Funcionamento rápido

Funcionamento lento

Rápido (Relé 0)

Lento (Relé 1)

Status do desarme

Rearme

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 103


Capítulo 4 Modos de operação

Partida com duas velocidades (Rede) com realimentação


O modo de operação Partida com duas velocidades (Rede) com realimentação
(Parâmetro 195 = 10) do relé E300 usa os tags de rede LogicDefinedPt00Data no
Conjunto de saída 144 para controlar o Relé 0, que controla a bobina do contator de
alta velocidade, e LogicDefinedPt01Data no Conjunto de saída 144 para controlar o
Relé 1, que controla a bobina do contator de baixa velocidade. LogicDefinedPt00Data
e LogicDefinedPt01Data são valores constantes, portanto a partida com duas
velocidades permanece energizada quando LogicDefinedPt00Data ou
LogicDefinedPt01Data tem valor de 1. Você pode programar o estado apropriado da
partida quando a comunicação é perdida usando os parâmetros Network
Communication Fault e Network Communication Idle (Parâmetros 569 – 573)
descritos no Capítulo 3.
O contato auxiliar do contator de alta velocidade é conectado à Entrada 0, e o contato
auxiliar do contator de baixa velocidade é conectado à Entrada 1. Se um sinal de
realimentação não for recebido antes do tempo identificado em Feedback Timeout
(Parâmetro 213), o relé E300 emitirá um evento de desarme ou advertência.
O InterlockDelay (Parâmetro 215) define o tempo mínimo de atraso ao mudar de
direção.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado para este modo de
operação.

IMPORTANTE O modo de operação Partida com duas velocidades (Rede) usa o valor no tag de
rede LogicDefinedPt00Data ou LogicDefinedPt01Data para controlar o acionador
de partida. Quando a comunicação é restaurada entre um controlador de
automação e o relé E300, o acionador de partida é energizado se o valor em
LogicDefinedPt00Data ou LogicDefinedPt01Data está definido como 1.

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
3. Output Pt01 Assignment (Parâmetro 203) deve estar definido como relé de
controle.
4. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
5. Feedback Timeout Trip in TripEnableC (Parâmetro 186) ou Feedback
Timeout Warning in WarningEnableC (Parâmetro 192) deve estar habilitado.

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 do relé E300 é conectado como um relé de controle ao contator de alta
velocidade e o relé de saída 1 é conectado como um relé de controle ao contator de
baixa velocidade. Nessa configuração, ambos os relés são controlados pela rede de
comunicação e são abertos quando ocorre um evento de desarme. A Figura 58 é um
diagrama elétrico de uma partida com duas velocidades com o relé de saída 0 e o relé de
saída 1 configurados como relés de controle, e o os contatos auxiliares do contator são
conectados à Entrada 0 e Entrada 1.

104 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

Figura 58 – Diagrama elétrico de partida com duas velocidades (Rede) com realimentação
Alimentação de comando

Funcionamento rápido aux IN 0

Funcionamento lento aux Relé E300


IN 1

Relé 0 Funcionamento
R03 R04
rápido
Relé 1
R13 R14 Funcionamento
lento

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 10.

Diagrama de tempo
Figura 59 – Diagrama de tempo de partida com duas velocidades (Rede) com realimentação
Evento de desarme Tempo limite de realimentação

Funcionamento rápido

Funcionamento lento

Rápido (Relé 0)

Lento (Relé 1)

Realimentação rápida

Realimentação lenta

Status do desarme

Rearme

Temporizador

Desarme por tempo


limite de realimentação

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 105


Capítulo 4 Modos de operação

Partida com duas velocidades (Estação do operador)


O modo de operação Partida com duas velocidades (Estação de operação)
(Parâmetro 195 = 33) do relé E300 usa a tecla “I” da estação do operador E300 para
controlar o relé de saída 0, que controla a bobina do contator de alta velocidade. A tecla
“II” controla o relé de saída 1, que controla a bobina do contator de baixa velocidade. A
tecla “0” é usada para desenergizar o relé de saída 0 e o relé de saída 1. Essas teclas são
botões de pressão momentâneos, portanto a partida com duas velocidades permanece
energizada ao liberar o botão “I” ou “II”.
O InterlockDelay (Parâmetro 215) define o tempo mínimo de atraso ao mudar de
direção.
O relé E300 emitirá um evento de desarme ou advertência se a estação do operador
E300 se desconectar do relé base.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado e o LED amarelo Local/
Remote está aceso para indicar que a estação do operador está sendo usada para
controle local.

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
3. Output Pt01 Assignment (Parâmetro 203) deve estar definido como relé de
controle.
4. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
5. O desarme da estação do operador deve estar desabilitado em TripEnableC
(Parâmetro 186).
6. Opção de desarme ou alarme por similaridade deve estar habilitado na estação
do operador.
• O desarme por correspondência de opções deve estar habilitado em
TripEnableC (Parâmetro 186)
• A estação do operador deve estar habilitada em Mismatch Action
(Parâmetro 233)
• Uma estação do operador deve ser selecionada em Operator Station Type
(Parâmetro 224)

Ou
• A advertência de correspondência de opções deve estar ativada em
WarningEnableC (Parâmetro 192)
• A estação do operador deve estar desabilitada em Mismatch Action
(Parâmetro 233)
• Uma estação do operador deve ser selecionada em Operator Station Type
(Parâmetro 224)
7. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
8. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 do relé E300 é conectado como um relé de controle ao contator de alta
velocidade e o relé de saída 1 é conectado como um relé de controle ao contator de
baixa velocidade. Ambos os relés são abertos quando ocorre um evento de desarme. A
Figura 60 é um diagrama elétrico de uma partida com duas velocidades com o relé de
saída 0 e o relé de saída 1 configurados como relés de controle.

106 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

Figura 60 – Diagrama elétrico de partida com duas velocidades (Estação do operador)


Alimentação de comando

Relé E300
Relé 0
R03 R04 Funcionamento rápido
Relé 1
R13 R14 Funcionamento lento

I-Funcionamento rápido 0-Parada


I-Funcionamento lento

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 33.

Diagrama de tempo
Figura 61 – Diagrama de tempo de partida com duas velocidades (Estação do operador)
Evento de desarme

Funcionamento rápido
Stop

Funcionamento lento

Rápido (Relé 0)

Lento (Relé 1)

Status do desarme

Rearme

Partida com duas velocidades (Estação do operador) com


realimentação
O modo de operação Partida com duas velocidades (Estação do operador) com
realimentação (Parâmetro 195 = 34) do relé E300 usa as teclas “I” e “0” da estação do
operador E300 para controlar o relé 0, que controla a bobina do contator. Essas teclas
são botões de pressão momentâneos, portanto a partida com duas velocidades
permanece energizada ao liberar o botão “I”. O relé E300 emitirá um evento de desarme
ou advertência se a estação do operador E300 se desconectar do relé base.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 107


Capítulo 4 Modos de operação

O contato auxiliar do contator de partida com duas velocidades é conectado à Entrada


0. Se um sinal de realimentação não for recebido antes do tempo identificado em
Feedback Timeout (Parâmetro 213), o relé E300 emitirá um evento de desarme ou de
advertência.
O InterlockDelay (Parâmetro 215) define o tempo mínimo de atraso ao mudar de
direção.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado e o LED amarelo Local/
Remote está aceso para indicar que a estação do operador está sendo usada para
controle local.

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
3. Output Pt01 Assignment (Parâmetro 203) deve estar definido como relé de
controle.
4. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
5. O desarme da estação do operador deve estar desabilitado em TripEnableC
(Parâmetro 186).
6. Opção de desarme ou alarme por similaridade deve estar habilitado na estação
do operador.
• O desarme por correspondência de opções deve estar habilitado em
TripEnableC (Parâmetro 186)
• A estação do operador deve estar habilitada em Mismatch Action
(Parâmetro 233)
• Uma estação do operador deve ser selecionada em Operator Station Type
(Parâmetro 224)

Ou
• A advertência de correspondência de opções deve estar ativada em
WarningEnableC (Parâmetro 192)
• A estação do operador deve estar desabilitada em Mismatch Action
(Parâmetro 233)
• Uma estação do operador deve ser selecionada em Operator Station Type
(Parâmetro 224)
7. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
8. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.
9. Feedback Timeout Trip in TripEnableC (Parâmetro 186) ou Feedback
Timeout Warning in WarningEnableC (Parâmetro 192) deve estar habilitado.

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 do relé E300 é conectado como um relé de controle ao contator de alta
velocidade e o relé de saída 1 é conectado como um relé de controle ao contator de
baixa velocidade. Ambos os relés são abertos quando ocorre um evento de desarme. A
Figura 62 é um diagrama elétrico de uma partida com duas velocidades com o relé de
saída 0 e o relé de saída 1 configurados como relés de controle, e o os contatos auxiliares
do contator são conectados à Entrada 0 e Entrada 1.

108 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

Figura 62 – Diagrama elétrico com duas velocidades (Estação do operador) com realimentação
Alimentação de comando

Funcionamento rápido aux IN 0


Relé E300
Funcionamento lento aux IN 1
Relé 0
R03 R04 Funcionamento rápido
Relé 1
R13 R14 Funcionamento lento

I-Operação para frente


0-Parada
II-Operação reversa

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 34.

Diagrama de tempo
Figura 63 – Diagrama de tempo com duas velocidades (Estação do operador) com
realimentação
Evento de desarme Tempo limite de
realimentação
Funcionamento rápido
Stop

Funcionamento lento

Rápido (Relé 0)

Lento (Relé 1)

Realimentação rápida

Realimentação lenta

Status do desarme

Rearme

Temporizador

Desarme por tempo


limite de realimentação

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 109


Capítulo 4 Modos de operação

Partida com duas velocidades (E/S local) – Controle de dois fios


O modo de operação Partida com duas velocidades (E/S local) – Controle de dois fios
(Parâmetro 195 = 46) do relé E300 usa a Entrada 0 para controlar o relé de saída 0, que
controla a bobina do contator de alta velocidade, e a Entrada 1 para controlar o relé de
saída 1, que controla a bobina do contator de baixa velocidade. Entrada 0 e Entrada 1
são valores constantes, portanto a partida com duas velocidades permanece energizada
quando a Entrada 0 ou a Entrada 1 está ativa.
O InterlockDelay (Parâmetro 215) define o tempo mínimo de atraso ao mudar de
direção.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado para este modo de
operação.

IMPORTANTE O modo de operação Partida com duas velocidades (E/S local) – Controle de dois
fios usa o sinal da Entrada 0 ou Entrada 1 para controlar o acionador de partida.
Quando um relé E300 é ligado, o acionador de partida é energizado se a Entrada 0
ou Entrada 1 está ativa.

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
3. Output Pt01 Assignment (Parâmetro 203) deve estar definido como relé de
controle.
4. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
5. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
6. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 do relé E300 é conectado como um relé de controle ao contator de alta
velocidade e o relé de saída 1 é conectado como um relé de controle ao contator de
baixa velocidade. Ambos os relés são abertos quando ocorre um evento de desarme. A
Figura 64 é um diagrama elétrico de uma partida com duas velocidades com o relé de
saída 0 e o relé de saída 1 configurados como relés de controle.
Figura 64 – Diagrama elétrico de partida com duas velocidades (E/S local) – Controle de dois
fios
Alimentação de comando

Funcionamento
rápido/Parar IN 0

Funcionamento IN 1 Relé E300


lento/Parar

Relé 0
R03 R04 Funcionamento rápido
Relé 1
R13 R14 Funcionamento lento

110 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 46.

Diagrama de tempo
Figura 65 – Diagrama de tempo de partida com duas velocidades (E/S local) – Controle de dois
fios
Evento de desarme

Funcionamento rápido

Funcionamento lento

Rápido (Relé 0)

Lento (Relé 1)

Status do desarme

Rearme

Partida com duas velocidades (E/S local) – Controle de dois fios com
realimentação
O modo de operação Partida com duas velocidades (E/S local) – Controle de dois fios
(Parâmetro 195 = 47) do relé E300 usa a Entrada 0 para controlar o relé de saída 0, que
controla a bobina do contator de alta velocidade, e a Entrada 1 para controlar o relé de
saída 1, que controla a bobina do contator de baixa velocidade. Entrada 0 e Entrada 1
são valores constantes, portanto a partida com duas velocidades permanece energizada
quando a Entrada 0 ou a Entrada 1 está ativa.
O contato auxiliar do contator de alta velocidade é conectado à Entrada 0, e o contato
auxiliar do contator de baixa velocidade é conectado à Entrada 1. Se um sinal de
realimentação não for recebido antes do tempo identificado em Feedback Timeout
(Parâmetro 213), o relé E300 emitirá um evento de desarme ou advertência.
O InterlockDelay (Parâmetro 215) define o tempo mínimo de atraso ao mudar de
direção.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado para este modo de
operação.

IMPORTANTE O modo de operação Partida com duas velocidades (E/S local) – Controle de dois
fios usa o sinal da Entrada 0 ou Entrada 1 para controlar o acionador de partida.
Quando um relé E300 é ligado, o acionador de partida é energizado se a Entrada 0
ou Entrada 1 está ativa.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 111


Capítulo 4 Modos de operação

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
3. Output Pt01 Assignment (Parâmetro 203) deve estar definido como relé de
controle.
4. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
5. Feedback Timeout Trip in TripEnableC (Parâmetro 186) ou Feedback
Timeout Warning in WarningEnableC (Parâmetro 192) deve estar habilitado.
6. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
7. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 do relé E300 é conectado como um relé de controle ao contator de alta
velocidade e o relé de saída 1 é conectado como um relé de controle ao contator de
baixa velocidade. Ambos os relés são abertos quando ocorre um evento de desarme. A
Figura 66 é um diagrama elétrico de uma partida com duas velocidades com o relé de
saída 0 e o relé de saída 1 configurados como relés de controle, e o os contatos auxiliares
do contator são conectados à Entrada 0 e Entrada 1.
Figura 66 – Diagrama elétrico de partida com duas velocidades (E/S local) – Controle de dois
fios com realimentação
Alimentação de comando

Funcionamento rápido aux IN 0

Funcionamento lento aux IN 1


Relé E300
Funcionamento rápido/Parar IN 2

Funcionamento lento/Parar IN 3
Relé 0
R03 R04 Funcionamento rápido
Relé 1
R13 R14 Funcionamento lento

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 47.

112 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

Diagrama de tempo
Figura 67 – Diagrama de tempo de partida com duas velocidades (E/S local) – Controle de dois
fios com realimentação
Evento de desarme Tempo limite de realimentação
Funcionamento rápido

Funcionamento lento

Rápido (Relé 0)

Lento (Relé 1)

Realimentação rápida

Realimentação lenta

Status do desarme

Rearme

Temporizador

Desarme por tempo


limite de realimentação

Partida com duas velocidades (E/S local) – Controle de três fios


O modo de operação Partida com duas velocidades (E/S local) – Controle de três fios
(Parâmetro 195 = 48) do relé E300 usa um botão pulsador normalmente aberto na
Entrada 0 para energizar o relé de saída 0, que controla a bobina do contator de alta
velocidade. Um botão pulsador normalmente aberto na Entrada 1 é usado para
energizar o relé de saída 1, que controla a bobina do contator de baixa velocidade. Um
botão pulsador normalmente fechado na Entrada 2 é usado para desenergizar o relé de
saída 0 e o relé de saída 1. Entrada 0, Entrada 1 e Entrada 2 são sinais momentâneos,
portanto a partida com duas velocidades apenas é energizada se a Entrada 2 estiver ativa
e a Entrada 0 ou a Entrada 1 estiver momentaneamente ativa.
O InterlockDelay (Parâmetro 215) define o tempo mínimo de atraso ao mudar de
direção.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado para este modo de
operação.

Regras
1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.
2. Quatro entradas digitais devem estar disponíveis no módulo de controle
3. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
4. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
5. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
6. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
7. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 113


Capítulo 4 Modos de operação

Diagrama elétrico
A Figura 68 é um diagrama elétrico de uma partida com duas velocidades com controle
de três fios e o relé de saída 0 e o relé de saída 1 configurados como relés de controle.
Figura 68 – Diagrama elétrico de partida com duas velocidades (E/S local) – Controle de três
fios
Alimentação de comando

Funcionamento rápido IN 0

Funcionamento lento IN 1
Relé E300
Stop IN 2

Relé 0
R03 R04 Funcionamento rápido
Relé 1
R13 R14 Funcionamento lento

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 48.

Diagrama de tempo
Figura 69 – Diagrama de tempo de partida com duas velocidades (E/S local) – Controle de três
fios
Evento de desarme

Funcionamento rápido

Stop

Funcionamento lento

Rápido (Relé 0)

Lento (Relé 1)

Status do desarme

Rearme

114 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

Partida com duas velocidades (Rede e Estação do operador)


O modo de operação partida com duas velocidades (Rede e estação do operador)
(Parâmetro 195 = 15) do relé E300 no modo de controle remoto usa os tags de rede
LogicDefinedPt00Data no Conjunto de saída 144 para controlar o Relé 0, que controla
a bobina do contator de alta velocidade, e LogicDefinedPt01Data no Conjunto de saída
144 para controlar o Relé 1, que controla a bobina do contator de baixa velocidade.
LogicDefinedPt00Data e LogicDefinedPt01Data são valores constantes, portanto a
partida com duas velocidades permanece energizada quando LogicDefinedPt00Data
ou LogicDefinedPt01Data tem valor de 1. Você pode programar o estado apropriado
da partida quando a comunicação é perdida usando os parâmetros Network
Communication Fault e Network Communication Idle (Parâmetros 569 – 573)
descritos no Capítulo 3.
No modo de controle local, a tecla “I” da estação do operador E300 é usada para
controlar o relé de saída 0, que controla a bobina do contator de alta velocidade. A tecla
“II” controla o relé de saída 1, que controla a bobina do contator de baixa velocidade. A
tecla “0” é usada para desenergizar o relé de saída 0 e o relé de saída 1. Essas teclas são
botões de pressão momentâneos, portanto a partida com duas velocidades permanece
energizada ao liberar o botão “I” ou “II”.
Para alternar entre o modo de controle local e remoto, pressione e solte o botão “Local/
Remote” na estação do operador E300. O LED acima do botão “Local/Remote”
acende em amarelo no modo de controle local e em vermelho no modo de controle
remoto.
O InterlockDelay (Parâmetro 215) define o tempo mínimo de atraso ao mudar de
direção.
O relé E300 emitirá um evento de desarme ou advertência se a estação do operador
E300 se desconectar do relé base.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado para este modo de
operação.

IMPORTANTE O modo de operação Partida com duas velocidades (Rede e estação do operador)
usa o valor no tag de rede LogicDefinedPt00Data para controlar o acionador de
partida. Quando a comunicação é restaurada entre um controlador de automação
e o relé E300, o acionador de partida é energizado se o valor em
LogicDefinedPt00Data ou LogicDefinedPt01Data está definido como 1.

Regras
1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.
2. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
3. Output Pt01 Assignment (Parâmetro 203) deve estar definido como relé de
controle.
4. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
5. O desarme da estação do operador deve estar desabilitado em TripEnableC
(Parâmetro 186).
6. Opção de desarme ou alarme por similaridade deve estar habilitado na estação
do operador.
• O desarme por correspondência de opções deve estar habilitado em
TripEnableC (Parâmetro 186)
• A estação do operador deve estar habilitada em Mismatch Action
(Parâmetro 233)
• Uma estação do operador deve ser selecionada em Operator Station Type
(Parâmetro 224)

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 115


Capítulo 4 Modos de operação

Ou
• A advertência de correspondência de opções deve estar ativada em
WarningEnableC (Parâmetro 192)
• A estação do operador deve estar desabilitada em Mismatch Action
(Parâmetro 233)
• Uma estação do operador deve ser selecionada em Operator Station Type
(Parâmetro 224)
7. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
8. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 e o relé de saída 1 do relé E300 são conectados como relés de controle,
em que o relé é controlado pela rede de comunicação ou estação do operador E300 e
ambos os relés são abertos quando ocorre um evento de desarme. A Figura 70 é um
diagrama elétrico de uma partida com duas velocidades com o relé de saída 0 e o relé de
saída 1 configurados como relés de controle.
Figura 70 – Diagrama elétrico de partida com duas velocidades (Rede e Estação do operador)
Alimentação de comando

Relé E300
Relé 0
R03 R04 Funcionamento rápido
Relé 1
R13 R14 Funcionamento lento

I-Operação para frente 0-Parada


II-Operação reversa

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 15.

Partida com duas velocidades (Rede e E/S local) – Controle de dois


fios
O modo de operação Partida com duas velocidades (Rede e estação do operador)
(Parâmetro 195 = 24) do relé E300 no modo de controle remoto usa os tags de rede
LogicDefinedPt00Data no Conjunto de saída 144 para controlar o Relé 0, que controla
a bobina do contator de alta velocidade, e LogicDefinedPt01Data no Conjunto de saída
144 para controlar o Relé 1, que controla a bobina do contator de baixa velocidade.
LogicDefinedPt00Data e LogicDefinedPt01Data são valores constantes, portanto a
partida com duas velocidades permanece energizada quando LogicDefinedPt00Data
ou LogicDefinedPt01Data tem valor de 1. Você pode programar o estado apropriado
da partida quando a comunicação é perdida usando os parâmetros Network
Communication Fault e Network Communication Idle (Parâmetros 569 – 573)
descritos no Capítulo 3.

116 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

No modo de controle local, a Entrada 0 é usada para controlar o relé de saída 0, que
controla a bobina do contator de alta velocidade, e a Entrada 1 é usada para controlar o
relé de saída 1, que controla a bobina do contator de baixa velocidade. Entrada 0 e
Entrada 1 são valores constantes, portanto a partida com duas velocidades permanece
energizada quando a Entrada 0 ou a Entrada 1 está ativa.
A Entrada 3 é usada para selecionar entre o modo de controle local e remoto. Ative a
Entrada 3 para selecionar o modo de controle remoto. Desative a Entrada 3 para
selecionar o modo de controle local.
O InterlockDelay (Parâmetro 215) define o tempo mínimo de atraso ao mudar de
direção.
O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado para este modo de
operação.

IMPORTANTE O modo de operação Partida com duas velocidades (Rede e estação do operador)
usa o valor no tag de rede LogicDefinedPt00Data ou LogicDefinedPt01Data para
controlar o acionador de partida. Quando a comunicação é restaurada entre um
controlador de automação e o relé E300, o acionador de partida é energizado se o
valor em LogicDefinedPt00Data ou LogicDefinedPt01Data está definido como 1.

Regras
1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.
2. Três entradas digitais devem estar disponíveis no módulo de controle
3. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
4. Output Pt01 Assignment (Parâmetro 203) deve estar definido como relé de
controle.
5. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
6. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
7. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 e o relé de saída 1 do relé E300 são conectados como relés de controle,
em que o relé é controlado pela rede de comunicação ou Entrada 0 e Entrada 1. Ambos
os relés são abertos quando ocorre um evento de desarme. A Figura 71 é um diagrama
elétrico de uma partida com duas velocidades com o relé de saída 0 e o relé de saída 1
configurados como relés de controle.
Figura 71 – Diagrama elétrico de partida com duas velocidades (Rede e E/S local) – Controle de
dois fios
Alimentação de comando

Funcionamento
rápido/Parar IN 0

Funcionamento IN 1
lento/Parar Relé E300

Entradas locais/ IN 3
Controlador Relé 0
R03 R04
Funcionamento rápido
Relé 1
R13 R14 Funcionamento lento

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 117


Capítulo 4 Modos de operação

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 24.

Diagrama de tempo
Figura 72 – Diagrama de tempo de partida com duas velocidades (Rede e E/S local) – Controle
de dois fios
Evento de desarme

Funcionamento rápido

Funcionamento lento

Rápido (Relé 0)

Lento (Relé 1)

Status do desarme

Rearme

Partida com duas velocidades (Rede e E/S local) – Controle de três


fios
O modo de operação Partida com duas velocidades (Rede e estação do operador)
(Parâmetro 195 = 25) do relé E300 no modo de controle remoto usa os tags de rede
LogicDefinedPt00Data no Conjunto de saída 144 para controlar o Relé 0, que controla
a bobina do contator de alta velocidade, e LogicDefinedPt01Data no Conjunto de saída
144 para controlar o Relé 1, que controla a bobina do contator de baixa velocidade.
LogicDefinedPt00Data e LogicDefinedPt01Data são valores constantes, portanto a
partida com duas velocidades permanece energizada quando LogicDefinedPt00Data
ou LogicDefinedPt01Data tem valor de 1. Você pode programar o estado apropriado
da partida quando a comunicação é perdida usando os parâmetros Network
Communication Fault e Network Communication Idle (Parâmetros 569 – 573)
descritos no Capítulo 3.
O modo de controle local usa um botão pulsador normalmente aberto na Entrada 0
para energizar o relé de saída 0, que controla a bobina do contator de alta velocidade.
Um botão pulsador normalmente aberto na Entrada 1 é usado para energizar o relé de
saída 1, que controla a bobina do contator de baixa velocidade. Um botão pulsador
normalmente fechado na Entrada 2 é usado para desenergizar o relé de saída 0 e o relé
de saída 1. Entrada 0, Entrada 1 e Entrada 2 são sinais momentâneos, portanto a
partida com duas velocidades apenas é energizada se a Entrada 2 estiver ativa e a
Entrada 0 ou a Entrada 1 estiver momentaneamente ativa.
A Entrada 3 é usada para selecionar entre o modo de controle local e remoto. Ative a
Entrada 3 para selecionar o modo de controle remoto. Desative a Entrada 3 para
selecionar o modo de controle local.
O InterlockDelay (Parâmetro 215) define o tempo mínimo de atraso ao mudar de
direção.

118 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

O botão de reset da estação do operador E300 está habilitado para este modo de
operação.

IMPORTANTE O modo de operação Partida com duas velocidades (Rede e estação do operador)
usa o valor no tag de rede LogicDefinedPt00Data ou LogicDefinedPt01Data para
controlar o acionador de partida. Quando a comunicação é restaurada entre um
controlador de automação e o relé E300, o acionador de partida é energizado se o
valor em LogicDefinedPt00Data ou LogicDefinedPt01Data está definido como 1.

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Quatro entradas digitais devem estar disponíveis no módulo de controle
3. Output Pt00 Assignment (Parâmetro 202) deve estar definido como relé de
controle.
4. Output Pt01 Assignment (Parâmetro 203) deve estar definido como relé de
controle.
5. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).
6. Communication Fault & Idle Override (Parâmetro 346) deve estar habilitado.
7. Network Fault Override (Parâmetro 347) deve estar habilitado.

Diagrama elétrico
O relé de saída 0 e o relé de saída 1 do relé E300 são conectados como relés de controle,
em que o relé é controlado pela rede de comunicação ou Entrada 0, Entrada 1 e Entrada
2. Ambos os relés são abertos quando ocorre um evento de desarme. A Figura 73 é um
diagrama elétrico de uma partida com duas velocidades com o relé de saída 0 e o relé de
saída 1 configurados como relés de controle.
Figura 73 – Diagrama elétrico de partida com duas velocidades (Rede e E/S local) – Controle de
três fios
Alimentação de comando

Funcionamento rápido IN 0

Funcionamento lento IN 1
Relé E300
Stop
IN 2
Entradas locais/ IN 3
Controlador Relé 0
R03 R04 Funcionamento rápido
Relé 1
R13 R14 Funcionamento lento

Programa DeviceLogix
O programa DeviceLogix é carregado e habilitado automaticamente no relé E300 ao
ligar ou quando Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 25.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 119


Capítulo 4 Modos de operação

Partida com duas velocidades (Personalizado)


O modo de operação Partida com duas velocidades (Personalizado) (Parâmetro 195 =
53) do relé E300 opera como uma partida com duas velocidades com dois relés de saída
atribuídos como relés de controle normalmente abertos. O modo de operação de
partida com duas velocidades (personalizado) é usado para aplicações que desejam
programas DeviceLogix personalizados. Este modo de operação exige regras mínimas
de configuração.

Regras

1. Disponível no firmware do módulo de controle v5.000 e superior.


2. Defina dois dos Output Ptxx Assignments (Parâmetros 202 a 204) como relé de
controle.
3. O desarme por sobrecarga deve estar habilitado em TripEnableI
(Parâmetro 183).

Diagrama elétrico
A Figura 74 é um diagrama elétrico de uma partida com duas velocidades com o relé de
saída 0 e o relé de saída 1 configurados como relés de controle. O relé de saída 0 e o relé
de saída 1 ficam em um estado aberto quando há um evento de desarme.
Figura 74 – Diagrama elétrico de partida com duas velocidades (Personalizado)
Alimentação de comando

Relé E300

Relé 0
R03 R04
Funcionamento rápido
Relé 1
R13 R14 Funcionamento lento

Programa DeviceLogix
O último programa DeviceLogix salvo é executado no relé E300 ao ligar ou quando
Operating Mode (Parâmetro 195) é definido com um valor de 53.

Diagrama de tempo
Figura 75 – Diagrama de tempo de partida com duas velocidades (Personalizado)
Relé de desarme

Status do dispositivo 0
Predefinição de desarme

Rearme

120 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Modos de operação Capítulo 4

Modo de operação do O modo de operação do monitor do relé E300 permite desabilitar todos os recursos de
proteção do relé E300. Você pode usar o relé E300 como um dispositivo de
monitor monitoração para fornecer informações de corrente, tensão, potência e energia.
Há um modo de operação do monitor – Personalizado

Monitor (Personalizado)
O modo de operação Monitor (Personalizado) do relé E300 (Parâmetro 195 = 54)
permite usar o relé E300 como um dispositivo de monitoração. Nenhuma regra de
configuração se aplica a esse modo de operação se todos os recursos de proteção do
motor estiverem desabilitados.
Regras

1. Se um evento de desarme de proteção estiver habilitado (exceto desarme de


Configuração, NVS e Falha de hardware), defina um dos Output Ptxx
Assignments (Parâmetros 202 a 204) com o valor adequado de Relé de desarme,
Relé de controle, Relé de desarme de Lx do monitor ou Relé de controle de Lx
do monitor.

Diagrama elétrico
Não aplicável

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 121


Capítulo 4 Modos de operação

Observações:

122 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Capítulo 5

Funções de desarme e advertência de proteção

Este capítulo fornece informações detalhadas sobre as funções de desarme e advertência


de proteção do Relé de sobrecarga eletrônico E300. As funções de desarme e
advertência de proteção são organizadas em cinco seções:
• Com base na corrente
• Com base na tensão
• Com base na potência
• Com base no controle
• Analógica
Este capítulo explica os recursos de proteção de desarme e advertência do relé E300 e os
parâmetros de configuração associados.

Proteção de corrente O relé E300 monitora digitalmente a corrente elétrica consumida por um motor
elétrico. Essas informações de corrente elétrica são usadas para as seguintes funções de
desarme e advertência de proteção:
• Advertência/desarme por sobrecarga
• Desarme por perda de fase
• Advertência/desarme por falta à terra
• Desarme por travamento
• Advertência/desarme por emperramento
• Advertência/desarme por subcarga
• Advertência/desarme por desequilíbrio de corrente
• Advertência/desarme por subcorrente de linha
• Advertência/desarme por sobrecorrente de linha
• Advertência/desarme por perda de linha
Current Trip Enable (Parâmetro 183) e Current Warning Enable (Parâmetro 189) são
usados para habilitar as respectivas funções de desarme e advertência de proteção com
base na corrente.
Current Trip Status (Parâmetro 4) e Current Warning Status (Parâmetro 10) são
usados para monitorar as respectivas funções de desarme e advertência de proteção com
base na corrente.

Desarme por corrente


O relé E300 desarmará com uma indicação de corrente se:
• Nenhum desarme existir no momento
• A proteção de desarme por sobrecarga estiver habilitada
• Houver a presença de corrente
• A % de utilização da capacidade térmica de atingir 100%
Se o relé E300 desarmar:

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 123


Capítulo 5 Funções de desarme e advertência de proteção

• O LED indicador de status TRIP/WARN piscará cinco vezes curtas em


vermelho
• O Bit 4 em Current Trip Status (Parâmetro 4) será definido como 1
• O Bit 0 em Device Status 0 (Parâmetro 20) será definido como 1
• Qualquer saída a relé configurada como relé de desarme será aberta
• Qualquer saída a relé configurada como relé de controle será aberta
• Qualquer saída a relé configurada como alarme de desarme será fechada
• Qualquer saída a relé configurada como relé normal será colocada no estado
Falha de proteção (se estiver programado)

IMPORTANTE O Estado de falha de proteção do Relé 0, Relé 1, Relé 2, Relés de saída 1 do módulo
digital, Relés de saída 2 do módulo digital, Relés de saída 3 do módulo digital e
Relés de saída 4 do módulo digital é definido pelos respectivos parâmetros:
• Output PT00 Protection Fault Action (Parâmetro 304)
• Output PT00 Protection Fault Value (Parâmetro 305)
• Output PT01 Protection Fault Action (Parâmetro 310)
• Output PT01 Protection Fault Value (Parâmetro 311)
• Output PT02 Protection Fault Action (Parâmetro 316)
• Output PT02 Protection Fault Value (Parâmetro 317)
• Output Digital Module 1 Protection Fault Action (Parâmetro 322)
• Output Digital Module 1 Protection Fault Value (Parâmetro 323)
• Output Digital Module 2 Protection Fault Action (Parâmetro 328)
• Output Digital Module 2 Protection Fault Value (Parâmetro 329)
• Output Digital Module 3 Protection Fault Action (Parâmetro 334)
• Output Digital Module 3 Protection Fault Value (Parâmetro 335)
• Output Digital Module 4 Protection Fault Action (Parâmetro 340)
• Output Digital Module 4 Protection Fault Value (Parâmetro 342)

Advertência de corrente
O relé E300 indicará uma advertência com base na corrente se:
• Nenhuma advertência ocorrer no momento
• A advertência de sobrecarga estiver habilitada
• Houver a presença de corrente
• A % da capacidade térmica utilizada for igual ou maior que o nível da
advertência
Quando a condição de advertência de sobrecarga é satisfeita:
• O LED indicador de status TRIP/WARN pisca uma vez em amarelo
• O Bit 0 em Current Warning Status (Parâmetro 10) é definido como 1
• O Bit 1 em Device Status 0 (Parâmetro 20) é definido como 1
• Qualquer saída a relé configurada como alarme de desarme é fechada

Proteção contra sobrecarga


O relé E300 fornece proteção contra sobrecarga através da medição real de corrente
RMS das correntes de fase individuais do motor conectado. Com base na maior
corrente medida, na configuração FLA programada e na classe de desarme, é calculado
um modelo térmico que simula o aquecimento real do motor. Percent Thermal
Capacity Utilized (Parâmetro 1) informa esse valor calculado e pode ser lido na rede de
comunicação.

124 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Funções de desarme e advertência de proteção Capítulo 5

Número do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
4
Overload Trip Indica um desarme
20
171 Define a corrente nominal da carga total do motor.
Full Load Amps Setting Define o valor de FLA de alta velocidade em aplicações de motores com duas velocidades. A ativação de
177 FLA2 é descrita no Capítulo 3.
Trip Class é o segundo de dois parâmetros que afetam o algoritmo de utilização da capacidade térmica
do relé E300. A classe de desarme é definida como o tempo máximo (em segundos) para ocorrer um
Trip Class 172 desarme por sobrecarga quando a corrente de operação do motor for seis vezes a corrente nominal. O
relé E300 oferece um intervalo de classe de desarme ajustável de 5 a 30. Insira a classe de desarme da
aplicação em Trip Class (Parâmetro 172).
Selecione o modo de reset do relé E300 após um desarme por sobrecarga ou termistor (PTC). Se ocorrer
um desarme por sobrecarga e o modo de reset automático for selecionado, o relé E300 reiniciará
automaticamente quando o valor armazenado em % Thermal Capacity Utilized (Parâmetro 1) ficar
Automatic/Manual Reset 173 entre o valor armazenado em Overload Reset Level (Parâmetro 174). Se o modo de reset manual for
selecionado, o relé de sobrecarga E300 poderá ser reiniciado manualmente quando % Thermal Capacity
Utilized for menor que OL Reset Level.
10
Overload Warning Indica uma advertência
20
Overload Warning Level 175 Define um alerta para um desarme por sobrecarga iminente e é ajustável de 0 a 100% TCU.
Quando a corrente do motor medida excede a classificação de desarme do relé E300, Overload Time to
Trip (Parâmetro 2) indica o tempo restante estimado antes de ocorrer um desarme por sobrecarga.
Time to Trip 2 Quando a corrente medida está abaixo da corrente de desarme, o valor de Overload Time to Trip é
informado como 9.999 segundos.
Após um desarme por sobrecarga, o relé E300 informa o tempo restante até o dispositivo poder ser
reiniciado por meio de Overload Time to Reset (Parâmetro 3). Quando o valor de % Thermal Capacity
Tempo para o rearme 174 Utilized está no limite ou abaixo de Overload Reset Level (Parâmetro 174), o valor de Overload Time to
Reset indica zero até o desarme por sobrecarga ser reiniciado. Depois de o desarme por sobrecarga ser
reiniciado, o valor de Overload Time to Reset é informado como 0 segundos.
O relé E300 conta com um circuito não volátil para oferecer memória térmica. A constante de tempo do
circuito corresponde à configuração Trip Class 20. Durante a operação normal, o circuito de memória
térmica é monitorado e atualizado constantemente para refletir com precisão a utilização da capacidade
Nonvolatile Thermal Memory 1 térmica do motor conectado. Se for desenergizado, a memória térmica do circuito decai a uma taxa
equivalente ao resfriamento de uma aplicação de Trip Class 20. Quando reenergizado, o relé E300
verifica a tensão do circuito de memória térmica para determinar o valor inicial de % Thermal Capacity
Utilized (Parâmetro 1).

Orientações sobre corrente com carga total


Orientações dos EUA e do Canadá
• Fator de serviço do motor ≥ 1,15: para motores com uma taxa de fator de
serviço de 1,15 ou maior, programe a configuração FLA para a corrente
nominal de carga total na placa de identificação impressa.
• Fator de serviço do motor < 1,15: para motores com uma taxa de fator de
serviço inferior a 1,15, programe a configuração FLA para 90% da corrente
nominal de carga total na placa de identificação impressa.
• Aplicações estrela-triângulo (Y-Δ): siga as instruções do fator de serviço da
aplicação, mas não divida a corrente nominal de carga total na placa de
identificação impressa por 1,73.
Orientações fora dos EUA e do Canadá
• Motores com máxima capacidade contínua (MCR): programe a configuração
FLA para a corrente nominal de carga total na placa de identificação impressa.
• Aplicações estrela-triângulo (Y-Δ): siga as instruções do MCR, mas não divida a
corrente nominal de carga total na placa de identificação por 1,73.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 125


Capítulo 5 Funções de desarme e advertência de proteção

Curvas de desarme
As figuras a seguir ilustram as características de tempo-corrente do relé E300 para
classes de desarme 5, 10, 20 e 30.
Figura 76 – Características de tempo-corrente para classes de desarme 5, 10, 20 e 30

Para características de tempo-corrente diferentes de 5, 10, 20 ou 30, dimensione a


Classe de desarme 10 de acordo com a tabela a seguir:

Tabela 24 – Fatores de escala de características de tempo-corrente

Classe de Multiplicador Classe de Multiplicador Classe de Multiplicador


desarme da Classe de desarme da Classe de desarme da Classe de
desarme 10 desarme 10 desarme 10
5 0.5 14 1.4 23 2.3
6 0.6 15 1.5 24 2.4
7 0.7 16 1.6 25 2.5
8 0.8 17 1.7 26 2.6
9 0.9 18 1.8 27 2.7
10 1.0 19 1.9 28 2.8
11 1.1 20 2.0 29 2.9
12 1.2 21 2.1 30 3.0
13 1.3 22 2.2

Reinicialização automática/manual
Overload Reset Level (Parâmetro 174) é ajustável de 1 a 100% TCU. As figuras a seguir
ilustram o atraso de tempo de reinicialização de sobrecarga típico quando o Nível de
reinicialização por sobrecarga estiver definido como 75% TCU.

126 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Funções de desarme e advertência de proteção Capítulo 5

Figura 77 – Tempos de reinicialização por sobrecarga

ATENÇÃO: Em aplicações em ambientes explosivos, Overload Reset Mode


(Parâmetro 173) deve ser definido como Manual.

ATENÇÃO: Em uma aplicação em ambiente explosivo, Overload Reset Level


(Parâmetro 174) deve ser definido com o menor valor possível ou de acordo
com a constante de tempo térmica do motor.

Proteção contra perda de fase


Um desequilíbrio de corrente alta ou falha de fase pode ser causada por contatos com
defeito em um contator ou disjuntor, terminais soltos, fusíveis queimados, fios cortados
ou falhas no motor. Quando houver uma falha de fase, a temperatura do motor poderá
aumentar ou poderá ocorrer vibração mecânica excessiva. Isso pode degradar o
isolamento do motor ou aumentar a tensão nos mancais do motor. A detecção rápida
da perda de fase ajuda a reduzir o possível dano e a perda de produção.

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
4
Phase Loss Trip Indica um desarme
20
Inibe a ocorrência de um desarme por perda de fase durante a sequência de partida do motor. É
ajustável de 0 a 250 segundos.
IMPORTANTE
Phase Loss Inhibit Time 239
O temporizador de inibição de perda de fase inicia após a fase máxima de transições de corrente de
carga de 0 A a 30% da configuração mínima de FLA do dispositivo. O relé E300 não iniciará o
monitoramento de uma condição de perda de fase até Phase Loss Inhibit Time expirar.
Define o período em que uma condição de perda de fase deve estar presente antes de ocorrer um
Phase Loss Trip Delay 240 desarme. É ajustável de 0,1 a 25 segundos.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 127


Capítulo 5 Funções de desarme e advertência de proteção

Proteção contra corrente de falta à terra


Em sistemas aterrados de alta impedância ou isolados, os sensores de corrente com
núcleo balanceado normalmente são usados para detectar faltas à terra de baixo nível
causadas por quebra de isolamento ou entrada de objetos estranhos. A detecção dessas
falhas de aterramento pode ser usada para interromper o sistema para evitar mais danos
ou para alertar o pessoal apropriado a fazer a manutenção em tempo hábil.
O relé E300 fornece capacidade de detecção de corrente de falta à terra com núcleo
balanceado, com a opção de ativar o desarme por falha de aterramento, a advertência de
falha de aterramento ou ambos. O método e o intervalo de detecção de falta à terra
dependem do código de catálogo do módulo de detecção E300 e do módulo de
controle solicitados.

Tabela 25 – Recursos de falta à terra

Intervalo de advertência/
Código de catálogo Método de falta à terra desarme de falta à terra
193-ESM-IG-__-__
592-ESM-IG-__-__
Interno 0,5 a 5,0 A
193-ESM-VIG-__-__
592-ESM-VIG-__-__
193-EIOGP-22-___
Externo(1) 0,02 a 5,0 A
193-EIOGP-42-___
(1) Você deve usar um dos seguintes códigos de catálogo 193-CBCT_ Sensores de Falta à terra do balanço de núcleo:

1 – Janela de Ø 20 mm
2 – Janela de Ø 40 mm
3 – Janela de Ø 65 mm
4 – Janela de Ø 85 mm

ATENÇÃO: O relé E300 não é um interruptor de circuito de falta à terra para


proteção pessoal (ou Classe I), conforme definido no Artigo 100 do Código
Elétrico Nacional.

ATENÇÃO: O relé E300 não sinaliza um meio de desconexão para abrir a


corrente com falha. Um dispositivo de desconexão deve ser capaz de
interromper a corrente de falta máxima disponível do sistema em que ele é
usado.

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
4
Ground Fault Trip Indica um desarme
20
Ground Fault Type 241 Seleciona a opção interna ou a opção externa com o intervalo de medição adequado.
Inibe o desarme por falta à terra quando a corrente de falta à terra excede o intervalo máximo do sensor
de equilíbrio de núcleo (aproximadamente 6,5 A).
Ground Fault Maximum Inhibit 248 As faltas à terra podem subir rapidamente de níveis de arco baixos para magnitudes de curto-circuito. Um
contator de partida do motor pode não ter a capacidade necessária para interromper uma falta à terra de
alta magnitude. Nestas circunstâncias, é desejável que um disjuntor a montante com a capacidade
apropriada interrompa a falta à terra.

128 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Funções de desarme e advertência de proteção Capítulo 5

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
Um relé E300 pode filtrar correntes de falta à terra para sistemas de alta resistência de aterramento (HRG)
a partir de suas funções de desarme e advertência de proteção com base na corrente, que incluem:
• Sobrecarga térmica
• Desequilíbrio de corrente
• Emperramento
• Sobrecarga operacional
Ground Fault Filter 131
O parâmetro Ground Fault Filter é útil para motores pequenos que desarmam inesperadamente devido a
uma corrente de falta à terra controlada que é significativa em relação ao consumo de corrente do motor
elétrico.
Esse filtro só desabilita os efeitos da corrente de falta à terra a partir das funções de desarme e
advertência de proteção do motor. Os dados de diagnóstico com base na corrente são reportados como
não filtrados quando esse recurso está habilitado.
Inibe a ocorrência de uma advertência e um desarme de falta à terra durante a sequência de partida do
Ground Fault Inhibit Time 242 motor e é ajustável de 0 a 250 segundos. O tempo de inibição de falta à terra começa quando Current
Present (bit 3) ou Ground Fault Current Present (bit 4) está definido em Device Status 0 (Parâmetro 20).
Define o período em que uma condição de falta à terra deve estar presente antes de ocorrer um desarme e
Ground Fault Trip Delay 243 é ajustável de 0 a 25 s.
Ground Fault Trip Level (Parâmetro 244) permite definir a corrente de falta à terra em que o relé E300
desarma e é ajustável de:
• 0,500 a 5,00 A (interno)
• 0,020 a 5,00 A (externo)
Ground Fault Trip Level 244
IMPORTANTE
O temporizador de inibição de falta à terra será iniciado após a corrente de carga de fase máxima passar
de 0 A para 30% da classificação FLA mínima do dispositivo ou a corrente de falta à terra ser maior ou
igual a 50% da corrente mínima de falta à terra do dispositivo. O relé E300 não iniciará o monitoramento
de uma condição de falta à terra até Ground Fault Current Inhibit Time expirar.
10
Ground Fault Warning Indica uma advertência
20
Ground Fault Warning Level 246 Define a corrente de falta à terra em que o relé E300 indica uma advertência e é ajustável de 0,20 a 5,00 A.
Define o período (ajustável de 0 a 25 s) em que uma condição de falta à terra deve estar presente antes de
Ground Fault Warning Delay 245 ocorrer uma advertência.

Proteção de travamento
O motor trava quando a corrente de energização dura por mais tempo do que o período
normal durante a sequência de partida. Como resultado, o motor aquece rapidamente e
atinge o limite de temperatura do isolamento. A detecção rápida do travamento
durante a sequência de partida pode prolongar a vida útil do motor e reduzir possíveis
danos e perda de produção. O relé E300 pode monitorar essa condição com a função
Desarme por travamento e parar o motor antes de ocorrer danos e perda de produção.

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
4
Stall Trip Indica um desarme
20
Ajusta o tempo em que o relé E300 monitora uma condição de travamento durante a sequência de
Stall Enabled Time 249 partida do motor e é ajustável de 0 a 250 s.
Define a corrente de rotor travado e é ajustável de 100 a 600% do FLA Setting (Parâmetro 171).
IMPORTANTE
A Proteção de travamento é habilitada somente durante a sequência de partida do motor. Se a fase
máxima da corrente de carga ficar abaixo do parâmetro Stall Trip Level programado antes que Stall
Stall Trip Level 250 Enabled Time tenha decorrido, o relé E300 desabilitará a Proteção de travamento até a próxima sequência
de partida do motor.
IMPORTANTE
O relé E300 considera que um motor iniciou sua sequência de partida se a fase máxima da corrente do
motor passar de 0 A para aproximadamente 30% da configuração mínima de FLA do dispositivo.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 129


Capítulo 5 Funções de desarme e advertência de proteção

Proteção de emperramento
O motor entra em uma condição de emperramento quando um motor em
funcionamento começa a consumir corrente superior a 50% da classificação da placa de
identificação do motor. Um exemplo dessa condição pode ser um transportador
sobrecarregado ou uma engrenagem emperrada. Essas condições podem resultar em
superaquecimento do motor e danos ao equipamento. O relé E300 pode monitorar
essa condição com a função Desarme e advertência de travamento para detectar
rapidamente uma falha de emperramento e minimizar os danos e a perda de produção.

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
4
Jam Trip Indica um desarme
20
Inibe a ocorrência de um desarme e uma advertência por travamento durante a sequência de partida do
Jam Inhibit Time 251 motor. É ajustável de 0 a 250 s.
Define o período em que uma condição de travamento deve estar presente antes de ocorrer um
Jam Trip Delay 252 desarme. É ajustável de 0,1 a 25 s.
Define a corrente em que o relé E300 desarma em uma condição de travamento. É ajustável pelo usuário
de 50 a 600% do FLA Setting (Parâmetro 171).
IMPORTANTE
Jam Trip Level 253
O temporizador do Inibidor de travamento é iniciado após a fase máxima da corrente de carga passar de
0 A a 30% da CONFIGURAÇÃO máxima de FLA do dispositivo. O relé E300 não iniciará o monitoramento
de uma condição de travamento até Jam Inhibit Time expirar.
10
Jam Warning Indica uma advertência
20
Define a corrente em que o relé E300 indica uma advertência. É ajustável pelo usuário de 50 a 600% do
FLA Setting (Parâmetro 171).
Jam Warn Level 254 IMPORTANTE
A função Advertência de travamento não inclui um recurso de atraso de tempo. Assim que Jam Inhibit
Time expira, a indicação de Advertência de travamento é instantânea.

Proteção de subcarga
A corrente do motor inferior a um nível específico pode indicar um mau
funcionamento mecânico na instalação, como uma correia transportadora rasgada,
uma lâmina do ventilador danificada, um eixo quebrado ou uma ferramenta desgastada.
Essas condições podem não prejudicar o motor, mas podem causar perda de produção.
A detecção de falha de subcarga rápida ajuda a minimizar danos e perda de produção.
O relé E300 pode monitorar essa condição com a função Desarme e advertência de
subcarga para detectar rapidamente uma falha de subcarga e minimizar os danos e a
perda de produção.
Nome do parâmetro Número do Descrição
parâmetro
4
Underload Trip Indica um desarme
20
Inibe a ocorrência de um desarme e uma advertência por subcarga durante a sequência de partida do
Underload Inhibit Time 255 motor. É ajustável de 0 a 250 s.
Define o período em que uma condição de subcarga deve estar presente antes de ocorrer um desarme.
Underload Trip Delay 256 É ajustável de 0,1 a 25 s.

130 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Funções de desarme e advertência de proteção Capítulo 5

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
Define a corrente em que o relé E300 desarma em uma condição de subcarga. É ajustável pelo usuário
de 10 a 100% do FLA Setting (Parâmetro 171).
IMPORTANTE
O parâmetro Underload Inhibit Timer é iniciado após a fase máxima da corrente de carga passar de 0 a
Underload Trip Level 257 30% da CONFIGURAÇÃO mínima de FLA do dispositivo. O relé E300 não iniciará o monitoramento de
uma condição de subcarga até Unload Inhibit Time expirar.
IMPORTANTE
Para qualquer aplicação, o limite prático de Underload Trip Level (Parâmetro 246) depende da
configuração de FLA e do limite inferior da capacidade de medição de corrente do relé E300.
10
Underload Warning Indica uma advertência
20
Define a corrente em que o relé E300 indica uma advertência. É ajustável pelo usuário de 10 a 100% do
FLA Setting (Parâmetro 171).
Underload Warning Level 258 IMPORTANTE
A função Advertência de sobrecarga não inclui um recurso de atraso de tempo. Assim que Underload
Inhibit Time expira, a indicação de Advertência de subcarga é instantânea.

Proteção de desequilíbrio de corrente


Uma condição de desequilíbrio de corrente pode ser causada por um desequilíbrio na
alimentação de tensão, impedância de enrolamento do motor desigual ou fios longos e
com vários tamanhos de comprimento. Quando há uma condição de desequilíbrio de
corrente, o motor pode ter um aumento de temperatura adicional, o que resulta na
degradação do isolamento do motor e na redução da expectativa de vida. O relé E300
pode monitorar essa condição com a função Desarme e advertência de desequilíbrio de
corrente para detectar rapidamente uma falha de desequilíbrio de corrente e minimizar
os danos e a perda de produção.
O desequilíbrio de corrente pode ser definido pela seguinte equação:

%CI = 100% * (Id/Ia)


onde

%CI = Porcentagem de desequilíbrio de corrente


Id = Desvio máximo da corrente média
Ia = Corrente média

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
4
Current Imbalance Trip Indica um desarme
20
Inibe a ocorrência de um desarme e uma advertência por desequilíbrio de corrente durante a sequência
Current Imbalance Inhibit Time 259 de partida do motor. É ajustável de 0 a 250 s.
Define o período em que uma condição de desequilíbrio de corrente deve estar presente antes de
Current Imbalance Trip Delay 260 ocorrer um desarme. É ajustável de 0,1 a 25 s.
Current Imbalance Trip Level (Parâmetro 261) permite definir a porcentagem em que o relé E300
desarma em uma condição de desequilíbrio de corrente. É ajustável pelo usuário de 10 a 100%.
IMPORTANTE
Current Imbalance Trip Level 261
O parâmetro Current Imbalance Inhibit Timer é iniciado após uma fase de corrente de carga passar de
0 A a 30% da configuração mínima de FLA do dispositivo. O relé E300 não iniciará o monitoramento de
uma condição de desequilíbrio de corrente até Current Imbalance Inhibit Time expirar.
10
Current Imbalance Warning Indica uma advertência
20
Define a porcentagem em que o relé E300 indica uma advertência. É ajustável pelo usuário de 10 a
100%.
IMPORTANTE
Current Imbalance Warning Level 262
A função Advertência de desequilíbrio de corrente não inclui um recurso de atraso de tempo. Assim que
Current Imbalance Inhibit Time expira, a indicação de Advertência de desequilíbrio de corrente é
instantânea.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 131


Capítulo 5 Funções de desarme e advertência de proteção

Proteção de subcorrente de linha


Para aplicações que não são de motor, se a corrente medida for menor que um nível
específico para uma determinada fase, ela pode indicar um mau funcionamento
elétrico, como um elemento térmico resistivo com defeito ou uma lâmpada
incandescente não operacional. Essas condições podem não prejudicar o sistema de
alimentação, mas podem causar perda de produção ou uma não conformidade com a
certificação.
O relé E300 pode monitorar uma condição de subcorrente por fase com a função
Desarme e advertência de subcarga de linha para detectar rapidamente uma subcarga
em uma fase específica e minimizar os danos e a perda de produção.

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
4
Under Current Trip Indica um desarme de L1, L2 ou L3
20
Inibe a ocorrência de um desarme e uma advertência por subcorrente L1, L2 ou L3 durante a sequência
Under Current Inhibit Time 265 de partida do motor. É ajustável de 0 a 250 segundos.
L1 Under Current Trip Delay 266
Define o período em que uma condição de subcorrente L1 deve estar presente antes de ocorrer um
L2 Under Current Trip Delay 269 desarme. É ajustável de 0,1 a 25 segundos.
L3 Under Current Trip Delay 272
Define a corrente em que o relé E300 desarma em uma condição de subcorrente L1. É ajustável pelo
usuário de 10 a 100% do FLA Setting (Parâmetro 171).
IMPORTANTE
L1 Under Current Trip Level 267 O parâmetro Under Current Inhibit Timer é iniciado após a fase máxima da corrente de carga passar de
L2 Under Current Trip Level 270 0 a 30% da configuração mínima de FLA do dispositivo. O relé E300 não iniciará o monitoramento de
L3 Under Current Trip Level 273 uma condição de subcorrente até Under Current Inhibit Time expirar.
IMPORTANTE
Para qualquer aplicação, o limite prático de L1 Under Current Trip Level (Parâmetro 267) depende da
configuração de FLA e do limite inferior da capacidade de medição de corrente do relé E300.
10
Under Current Warning Indica uma advertência
20
Define a corrente em que o relé E300 indica uma Advertência de subcorrente L1. É ajustável pelo usuário
L1 Under Current Warning Level 268 de 10 a 100% do FLA Setting (Parâmetro 171).
L2 Under Current Warning Level 271 IMPORTANTE
L3 Under Current Warning Level 274 A função advertência de subcorrente não inclui um recurso de atraso de tempo. Assim que Under
Current Inhibit Timer expira, a indicação de Advertência de subcorrente L1 é instantânea.

Proteção de sobrecorrente de linha


Para aplicações que não são de motor, se a corrente medida for maior que um nível
específico para uma determinada fase, ela pode indicar um mau funcionamento
elétrico, como um elemento térmico resistivo com defeito. Essas condições podem
prejudicar o sistema de alimentação com o passar do tempo, podendo causar perda de
produção.
O relé E300 pode monitorar uma condição de sobrecorrente por fase com a função
Desarme e advertência de sobrecarga de linha para detectar rapidamente uma
sobrecarga em uma fase específica e minimizar os danos e a perda de produção.

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
Over Current Inhibit Time (Parâmetro 275) permite inibir a ocorrência de um desarme por sobrecorrente
Over Current Inhibit Time 275 L1, L2 e L3 durante uma sequência de partida com carga. É ajustável de 0 a 250 segundos.
4
Over Current Trip Indica um desarme de L1, L2 ou L3
20
L1 Over Current Trip Delay 276
Define o período em que uma condição de sobrecorrente L1 deve estar presente antes de ocorrer um
L2 Over Current Trip Delay 279 desarme. É ajustável de 0,1 a 25 segundos.
L3 Over Current Trip Delay 282

132 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Funções de desarme e advertência de proteção Capítulo 5

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
Define a corrente em que o relé E300 desarma em uma condição de sobrecorrente L1. É ajustável pelo
usuário de 10 a 100% do FLA Setting (Parâmetro 171).
L1 Over Current Trip Level 277
IMPORTANTE
L2 Over Current Trip Level 280
O parâmetro Over Current Inhibit Timer é iniciado após a fase máxima da corrente de carga passar de 0 a
L3 Over Current Trip Level 283 30% da configuração mínima de FLA do dispositivo. O relé E300 não iniciará o monitoramento de uma
condição de sobrecorrente até Over Current Inhibit Time expirar.
10
Over Current Warning Indica uma advertência
20
Define a corrente em que o relé E300 indica uma advertência de Sobrecorrente L1. É ajustável pelo
L1 Over Current Warning Level 278 usuário de 10 a 100% do FLA Setting (Parâmetro 171).
L2 Over Current Warning Level 281 IMPORTANTE
L3 Over Current Warning Level 284 A função Advertência de sobrecorrente L1 não inclui um recurso de atraso de tempo. Assim que Over
Current Inhibit Timer expira, a indicação de Advertência de sobrecorrente L1 é instantânea.

Proteção de perda de linha


Para aplicações que não são de motor, se a corrente medida for de 0 A, ela pode indicar
um mau funcionamento elétrico, como um elemento térmico resistivo com defeito ou
uma lâmpada incandescente não operacional. Essas condições podem não prejudicar o
sistema de alimentação, mas podem causar perda de produção ou uma não
conformidade com a certificação.
O relé E300 pode monitorar uma condição de perda de linha com base na corrente
com a função Desarme e advertência de perda de linha para detectar rapidamente uma
perda de linha em uma fase específica e minimizar os danos e a perda de produção.

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
4
Line Loss Trip Indica um desarme de L1, L2 ou L3
20
Inibe a ocorrência de um desarme e uma advertência por perda de linha L1, L2 ou L3 durante a
Line Loss Inhibit Time 285 sequência de partida de carga. É ajustável de 0 a 250 segundos.
L1 Line Loss Trip Delay (Parâmetro 276) permite definir o período em que uma condição de perda de
linha L1 deve estar presente antes de ocorrer um desarme. É ajustável de 0,1 a 25 segundos.
L1 Line Loss Trip Delay 286 IMPORTANTE
L2 Line Loss Trip Delay 287 O parâmetro Line Loss Inhibit Timer é iniciado quando a proteção de perda de linha L1, L2 e L3 é ativada
L3 Line Loss Trip Delay 288 por uma entrada digital programada (consulte os parâmetros Input Assignement 196 a 201). O relé
E300 não iniciará o monitoramento de uma condição de perda de linha até Line Loss Inhibit Time
expirar.
Indica uma advertência
4 IMPORTANTE
Line Loss Warning
20 A função Advertência de perda de linha não inclui um recurso de atraso de tempo. Assim que Line Loss
Inhibit Timer expira, a indicação de Advertência de perda de linha L1 é instantânea.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 133


Capítulo 5 Funções de desarme e advertência de proteção

Proteção de tensão O relé E300 pode monitorar digitalmente a tensão fornecida a um motor elétrico para
ajudar a proteger contra tensão de má qualidade. Você pode impedir que um contator
energize se a tensão estiver alta ou baixa demais ou se a rotação estiver incorreta. Os
seguintes módulos de detecção E300 fornecem recursos de monitoramento de tensão.

Tabela 26 – Recursos de tensão

Código de catálogo Método de medição Intervalo de desarme/advertência


por tensão L-L
193-ESM-VIG-__-__ Interno 20 a 800 V
592-ESM-VIG-__-__ Interno 20 a 800 V
193-ESM-VIG-30A-CT Externo 20 a 6.500 V
Estas informações de tensão são usadas para as seguintes funções de desarme e
advertência de proteção:
• Advertência/desarme por subtensão
• Advertência/desarme por sobretensão
• Advertência/desarme por desequilíbrio de tensão
• Desarme por diferença de rotação de fase
• Advertência/desarme por subfrequência
• Advertência/desarme por sobrefrequência
Voltage Trip Enable (Parâmetro 184) e Voltage Warning Enable (Parâmetro 190) são
usados para habilitar as respectivas funções de desarme e advertência de proteção com
base na tensão.
Voltage Trip Status (Parâmetro 5) e Voltage Warning Status (Parâmetro 11) são usados
para ver o status das respectivas funções de desarme e advertência de proteção com base
na tensão.

Desarme por tensão


O relé E300 desarmará com uma indicação de tensão se:
• Nenhum desarme existir no momento
• Um desarme por tensão estiver habilitado
• Houver a presença de tensão
• O tempo de inibição de tensão tiver expirado
• A tensão mínima da fase for menor que o nível de desarme por um período
maior do que o atraso de desarme.
Se o relé E300 desarmar em uma condição de tensão:
• O LED indicador de status TRIP/WARN piscará uma vez longa e uma vez
curta em vermelho
• O Bit 0 em Voltage Trip Status (Parâmetro 5) será definido como 1
• O Bit 0 em Device Status 0 (Parâmetro 20) será definido como 1
• Qualquer saída a relé configurada como relé de desarme será aberta
• Qualquer saída a relé configurada como relé de controle será aberta
• Qualquer saída a relé configurada como alarme de desarme será fechada
• Qualquer saída a relé configurada como relé normal será colocada no estado
Falha de proteção (se estiver programado)

134 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Funções de desarme e advertência de proteção Capítulo 5

IMPORTANTE O Estado de falha de proteção do Relé 0, Relé 1, Relé 2, Relés de saída 1 do módulo
digital, Relés de saída 2 do módulo digital, Relés de saída 3 do módulo digital e
Relés de saída 4 do módulo digital é definido pelos respectivos parâmetros:
• Output PT00 Protection Fault Action (Parâmetro 304)
• Output PT00 Protection Fault Value (Parâmetro 305)
• Output PT01 Protection Fault Action (Parâmetro 310)
• Output PT01 Protection Fault Value (Parâmetro 311)
• Output PT02 Protection Fault Action (Parâmetro 316)
• Output PT02 Protection Fault Value (Parâmetro 317)
• Output Digital Module 1 Protection Fault Action (Parâmetro 322)
• Output Digital Module 1 Protection Fault Value (Parâmetro 323)
• Output Digital Module 2 Protection Fault Action (Parâmetro 328)
• Output Digital Module 2 Protection Fault Value (Parâmetro 329)
• Output Digital Module 3 Protection Fault Action (Parâmetro 334)
• Output Digital Module 3 Protection Fault Value (Parâmetro 335)
• Output Digital Module 4 Protection Fault Action (Parâmetro 340)
• Output Digital Module 4 Protection Fault Value (Parâmetro 342)

Advertência de tensão
O relé E300 indicará uma advertência de tensão se:
• Nenhuma advertência ocorrer no momento
• Uma advertência de tensão estiver habilitada
• Houver a presença de tensão
• Houver uma condição de tensão
• O tempo de inibição tiver expirado
Quando a condição de advertência de tensão for satisfeita:
• O LED indicador de status TRIP/WARN piscará uma vez longa e uma vez
curta em amarelo
• O Bit 0 em Voltage Warning Status (Parâmetro 11) será definido como 1
• O Bit 1 em Device Status 0 (Parâmetro 20) será definido como 1
• Qualquer saída a relé configurada como alarme de advertência será fechada

Proteção de subtensão
O motor elétrico consome mais corrente elétrica quando a tensão fornecida ao motor é
menor que a classificação na placa de identificação do motor. Essa condição pode
danificar um motor elétrico durante um período prolongado. O relé E300 pode
monitorar essa condição com a função Desarme e advertência de subtensão para
detectar baixos níveis de tensão e minimizar os danos e a perda de produção.

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
5
Under Voltage Trip Indica um desarme
20
Inibe a ocorrência de um desarme e uma advertência por subtensão durante a sequência de partida do
Under Voltage Inhibit Time 355 motor. É ajustável de 0 a 250 segundos.
Define o período em que uma condição de subtensão deve estar presente antes de ocorrer um desarme. É
Under Voltage Trip Delay 356 ajustável de 0,1 a 25 segundos.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 135


Capítulo 5 Funções de desarme e advertência de proteção

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
Define a tensão em que o relé E300 desarma em uma condição de subtensão. É ajustável pelo usuário de
0 a 6.553,5 Volts.
IMPORTANTE
Under Voltage Trip Level 357
O parâmetro Under Voltage Inhibit Time é iniciado depois que uma tensão de fase passa de 0 V para 20 V
L-L. O relé E300 não iniciará o monitoramento de uma condição de subtensão até Under Voltage Inhibit
Time expirar.
11
Under Voltage Warning Indica uma advertência
20
Under Voltage Warn Level (Parâmetro 358) permite definir a tensão em que o relé E300 indica uma
advertência. É ajustável pelo usuário de 0 a 6.553,5 Volts.
Under Voltage Warn Level 358 IMPORTANTE
A função Advertência de subtensão não inclui um recurso de atraso de tempo. Assim que Under Voltage
Inhibit Time expira, a indicação de Advertência de subtensão é instantânea.

Proteção de sobretensão
O isolamento do enrolamento do motor elétrico é reduzido rapidamente quando mais
tensão é fornecida ao motor do que a indicada na classificação na placa de identificação
do motor. Essa condição pode danificar um motor elétrico durante um período
prolongado. O relé E300 pode monitorar essa condição com a função Desarme e
advertência de sobretensão para detectar altos níveis de tensão e minimizar os danos e a
perda de produção.

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
5
Over Voltage Trip Indica um desarme
20
Inibe a ocorrência de um desarme e uma advertência por sobretensão durante a sequência de partida do
Over Voltage Inhibit Time 359 motor. É ajustável de 0 a 250 segundos.
Define o período em que uma condição de sobretensão deve estar presente antes de ocorrer um
Over Voltage Trip Delay 360 desarme. É ajustável de 0,1 a 25 segundos.
Define a tensão em que o relé E300 desarma em uma condição de sobretensão. É ajustável pelo usuário
de 0 a 6.553,5 Volts.
IMPORTANTE
Over Voltage Trip Level 361
O parâmetro Over Voltage Inhibit Time é iniciado depois que uma tensão de fase passa de 0 V a 20 V L-L.
O relé E300 não iniciará o monitoramento de uma condição de sobretensão até Over Voltage Inhibit
Time expirar.
11
Over Voltage Warning Indica uma advertência
20
Define a tensão em que o relé E300 indica uma advertência. É ajustável pelo usuário de 0 a
6.553,5 Volts.
Over Voltage Warn Level 362 IMPORTANTE
A função advertência de sobretensão não inclui um recurso de atraso de tempo. Assim que Over Voltage
Inhibit Time expira, a indicação de Advertência de sobretensão é instantânea.

Proteção de desequilíbrio de tensão


Um desequilíbrio de tensão pode ser causado por energia de baixa qualidade e
distribuição desigual de energia. Quando há uma condição de desequilíbrio de tensão,
o motor pode ter um aumento de temperatura adicional, o que resulta na degradação
do isolamento do motor e na redução da expectativa de vida. O relé E300 pode
monitorar essa condição com a função Desarme e advertência de desequilíbrio de
tensão para detectar rapidamente uma falha de desequilíbrio de tensão e minimizar os
danos e a perda de produção.
O desequilíbrio de tensão pode ser definido pela seguinte equação:

%VImb = 100% * (Vd/Va)

136 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Funções de desarme e advertência de proteção Capítulo 5

onde

%VImb = Porcentagem de desequilíbrio de tensão

Vd = Desvio máximo da tensão média

Va = Tensão média

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
5
Voltage Imbalance Trip Indica um desarme
20
Inibe a ocorrência de um desarme por desequilíbrio de tensão durante a sequência de partida do motor.
Voltage Imbalance Inhibit Time 365 É ajustável de 0 a 250 segundos.
Define o período em que uma condição de desequilíbrio de tensão deve estar presente antes de ocorrer
Voltage Imbalance Trip Delay 366 um desarme. É ajustável de 0,1 a 25 segundos.
Define a porcentagem em que o relé E300 desarma em uma condição de desequilíbrio de tensão. É
ajustável pelo usuário de 10 a 100%.
IMPORTANTE
Voltage Imbalance Trip Level 367
O parâmetro Voltage Imbalance Inhibit Timer é iniciado após uma tensão de fase passar de 0 V a 20 V L-L.
O relé E300 não iniciará o monitoramento de uma condição de desequilíbrio de tensão até Voltage
Imbalance Inhibit Time expirar.
11
Voltage Imbalance Warning Indica uma advertência
20
Define a porcentagem em que o relé E300 indica uma advertência. É ajustável pelo usuário de 10 a 100%.
IMPORTANTE
Voltage Imbalance Warning Level 368 A função Advertência de desequilíbrio de tensão não inclui um recurso de atraso de tempo. Assim que
Voltage Imbalance Inhibit Time expira, a indicação de Advertência de desequilíbrio de tensão é
instantânea.

Proteção de rotação de fase


Conectar um sistema de tensão trifásica pode afetar a direção rotacional de um motor
elétrico. O relé E300 pode ajudar a proteger contra a rotação de fase inadequada para
que um motor elétrico gire na direção correta, ABC ou ACB, para evitar que um
equipamento seja danificado.

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
5
Phase Rotation Trip Indica um desarme
20
Inibe a ocorrência de um desarme e uma advertência por diferença de rotação de fase durante a
Phase Rotation Inhibit Time 363 sequência de partida do motor. É ajustável de 0 a 250 segundos.
Define a rotação de fase de tensão necessária para a aplicação do motor. O relé E300 desarma em uma
condição de diferença de rotação de fase quando esse parâmetro não corresponde à rotação de fase de
tensão medida. É ajustável pelo usuário, ABC ou ACB.
Phase Rotation Trip Type 364 IMPORTANTE
O parâmetro Phase Rotation Inhibit Time é iniciado após uma tensão de fase passar de 0 V a 20 V L-L.
O relé E300 não iniciará o monitoramento de uma condição de diferença de rotação de fase até Phase
Rotation Inhibit Time expirar.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 137


Capítulo 5 Funções de desarme e advertência de proteção

Proteção de frequência
O relé E300 é capaz de proteger contra tensão de baixa qualidade ao oferecer proteção
com base na frequência. Essa proteção é usada quando a energia elétrica é fornecida por
geradores elétricos autônomos. Você pode impedir que um contator energize se a
frequência de tensão estiver alta ou baixa demais. O relé E300 pode monitorar essa
condição com a função Desarme e advertência de sobre e subfrequência para detectar
uma frequência de tensão inadequada para minimizar os danos do motor e a perda de
produção.

Nome do parâmetro Nome do parâmetro Descrição


5
Under Frequency Trip Indica um desarme
20
Inibe a ocorrência de um desarme e uma advertência por subfrequência durante a sequência de partida
Under Frequency Inhibit Time 369 do motor. É ajustável de 0 a 250 segundos.
Define o período em que uma condição de subfrequência deve estar presente antes de ocorrer um
Under Frequency Trip Delay 370 desarme. É ajustável de 0,1 a 25 segundos.
Define a frequência em que o relé E300 desarma em uma condição de subfrequência. É ajustável pelo
usuário de 46 a 65 Hz.
IMPORTANTE
Under Frequency Trip Level 371
O parâmetro Under Frequency Inhibit Time é iniciado depois que uma tensão de fase passa de 0 V a 20 V
L-L. O relé E300 não iniciará o monitoramento de uma condição de subfrequência até Under Frequency
Inhibit Time expirar.
11
Under Frequency Warning Indica uma advertência
20
Define a frequência em que o relé E300 indica uma advertência. É ajustável pelo usuário de 46 a 65 Hz.
IMPORTANTE
Under Frequency Warn Level 372
A função Advertência de subfrequência não inclui um recurso de atraso de tempo. Assim que Over
Frequency Inhibit Time expira, a indicação de Advertência de sobrefrequência é instantânea.

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
5
Over Frequency Trip Indica um desarme
20
Inibe a ocorrência de um desarme e uma advertência por sobrefrequência durante a sequência de
Over Frequency Inhibit Time 373 partida do motor. É ajustável de 0 a 250 segundos.
Define o período em que uma condição de sobrefrequência deve estar presente antes de ocorrer um
Over Frequency Trip Delay 374 desarme. É ajustável de 0,1 a 25 segundos.
Define a frequência em que o relé E300 desarma em uma condição de sobrefrequência. É ajustável pelo
usuário de 46 a 65 Hz.
IMPORTANTE
Over Frequency Trip Level 375
O parâmetro Over Frequency Inhibit Time é iniciado depois que uma tensão de fase passa de 0 V a 20 V
L-L. O relé E300 não iniciará o monitoramento de uma condição de subfrequência até Over Frequency
Inhibit Time expirar.
11
Over Frequency Warning Indica uma advertência
20
Over Frequency Warn Level (Parâmetro 376) permite definir a frequência em que o relé E300 indica uma
advertência. É ajustável pelo usuário de 46 a 65 Hz.
Over Frequency Warn Level 376 IMPORTANTE
A função Advertência de sobrefrequência não inclui um recurso de atraso de tempo. Assim que Over
Frequency Inhibit Time expira, a indicação de Advertência de sobrefrequência é instantânea.

138 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Funções de desarme e advertência de proteção Capítulo 5

Proteção de potência O relé E300 pode monitorar digitalmente a potência fornecida a um motor elétrico
para ajudar a proteger contra potência de má qualidade ou alertar quando a energia
consumida pelo motor for diferente do esperado. Essa proteção é útil para a cavitação
da bomba e para detectar alterações importantes na bomba. Os seguintes módulos de
detecção E300 fornecem recursos de monitoramento de potência.

Tabela 27 – Recursos de potência

Código de catálogo Método de medição Intervalo de desarme/advertência


por tensão L-L
193-ESM-VIG-__-__ Interno 20 a 800 V
592-ESM-VIG-__-__ Interno 20 a 800 V
193-ESM-VIG-30A-CT Externo 20 a 6.500 V
Essas informações de energia são usadas para as seguintes funções de desarme e
advertência de proteção:
• Advertência/desarme por subpotência ativa (kW)
• Advertência/desarme por sobrepotência ativa (kW)
• Advertência/desarme por subpotência reativa (kVAr)
• Advertência/desarme por sobrepotência reativa (kVAr)
• Advertência/desarme por subpotência aparente (kVA)
• Advertência/desarme por sobrepotência aparente (kVA)
• Advertência/desarme por fator de potência baixa
• Advertência/desarme por fator de potência alta
Power Trip Enable (Parâmetro 185) e Power Warning Enable (Parâmetro 191) são
usados para habilitar as respectivas funções de desarme e advertência de proteção com
base na potência.
Power Trip Status (Parâmetro 6) e Power Warning Status (Parâmetro 12) são usados
para ver o status das respectivas funções de desarme e advertência de proteção com base
na potência.

Desarme de potência
O relé E300 desarmará com uma indicação de potência se:
• Nenhum desarme existir no momento
• Um desarme por potência estiver habilitado
• Houver a presença de corrente
• Houver a presença de tensão
• O tempo de inibição de potência tiver expirado
• A potência total for menor que o nível de desarme por um período maior do
que o atraso de desarme.
Se o relé E300 desarmar em uma condição de potência:
• O LED indicador de status TRIP/WARN piscará duas vezes longas e uma vez
curta em vermelho
• O Bit 0 em Power Trip Status (Parâmetro 6) será definido como 1
• O Bit 0 em Device Status 0 (Parâmetro 20) será definido como 1
• Qualquer saída a relé configurada como relé de desarme será aberta
• Qualquer saída a relé configurada como relé de controle será aberta
• Qualquer saída a relé configurada como alarme de desarme será fechada
• Qualquer saída a relé configurada como relé normal será colocada no estado
Falha de proteção (se estiver programado)

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 139


Capítulo 5 Funções de desarme e advertência de proteção

IMPORTANTE O Estado de falha de proteção do Relé 0, Relé 1, Relé 2, Relés de saída 1 do módulo
digital, Relés de saída 2 do módulo digital, Relés de saída 3 do módulo digital e
Relés de saída 4 do módulo digital é definido pelos respectivos parâmetros:
• Output PT00 Protection Fault Action (Parâmetro 304)
• Output PT00 Protection Fault Value (Parâmetro 305)
• Output PT01 Protection Fault Action (Parâmetro 310)
• Output PT01 Protection Fault Value (Parâmetro 311)
• Output PT02 Protection Fault Action (Parâmetro 316)
• Output PT02 Protection Fault Value (Parâmetro 317)
• Output Digital Module 1 Protection Fault Action (Parâmetro 322)
• Output Digital Module 1 Protection Fault Value (Parâmetro 323)
• Output Digital Module 2 Protection Fault Action (Parâmetro 328)
• Output Digital Module 2 Protection Fault Value (Parâmetro 329)
• Output Digital Module 3 Protection Fault Action (Parâmetro 334)
• Output Digital Module 3 Protection Fault Value (Parâmetro 335)
• Output Digital Module 4 Protection Fault Action (Parâmetro 340)
• Output Digital Module 4 Protection Fault Value (Parâmetro 342)

Advertência de potência
O relé E300 indicará uma advertência de potência se:
• Nenhuma advertência ocorrer no momento
• Uma advertência de potência estiver habilitada
• Houver a presença de corrente
• Houver a presença de tensão
• O tempo de inibição de potência tiver expirado
• A potência for igual ou maior que o nível de advertência
Quando a condição de advertência de potência for satisfeita:
• O LED indicador de status TRIP/WARN piscará duas vezes longas e uma vez
curta em amarelo
• O Bit 0 em Power Warning Status (Parâmetro 12) será definido como 1
• O Bit 1 em Device Status 0 (Parâmetro 20) será definido como 1
• Qualquer saída a relé configurada como alarme de advertência será fechada

Proteção de potência ativa (kW)


O relé E300 é capaz de proteger contra potência ativa (kW) em aplicações específicas
que exigem o monitoramento de tensão e corrente. Você pode ajudar a proteger ou
emitir uma advertência se o consumo de potência ativa (kW) de um motor elétrico é
muito alto ou muito baixo.

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
6
Under kW Trip Indica um desarme
20
Inibe a ocorrência de um desarme e uma advertência por subpotência ativa (kW) durante a sequência
Under kW Inhibit Time 378 de partida do motor. É ajustável de 0 a 250 segundos.
Define o período em que uma condição de subpotência ativa (kW) deve estar presente antes de ocorrer
Under kW Trip Delay 379 um desarme. É ajustável de 0,1 a 25 segundos.

140 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Funções de desarme e advertência de proteção Capítulo 5

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
Define a potência ativa (kW) em que o relé E300 desarma em uma condição de subpotência ativa (kW).
É ajustável pelo usuário de 0 a 2.000.000 kW.
IMPORTANTE
Under kW Trip Level 380 O parâmetro Under kW Inhibit Time é iniciado após uma tensão de fase passar de 0 V a 20 V L-L e uma
fase de corrente de carga passar de 0 A a 30% da configuração mínima de FLA do dispositivo. O relé E300
não iniciará o monitoramento de uma condição de subpotência ativa (kW) até Under kW Inhibit Time
expirar.
12
Under kW Warning Indica uma advertência
20
Define a potência ativa (kW) em que o relé E300 indica uma advertência. É ajustável pelo usuário de 0 a
2.000.000 kW.
Under kW Warn Level 381 IMPORTANTE
A função Advertência de sub kW não inclui um recurso de atraso de tempo. Assim que Under kW Inhibit
Time expira, a indicação de Advertência de sub kW é instantânea.

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
6
Over kW Trip Indica um desarme
20
Inibe a ocorrência de um desarme e uma advertência por sobrepotência ativa (kW) durante a sequência
Over kW Inhibit Time 382 de partida do motor. É ajustável de 0 a 250 segundos.
Define o período em que uma condição de sobrepotência ativa (kW) deve estar presente antes de
Over kW Trip Delay 383 ocorrer um desarme. É ajustável de 0,1 a 25 segundos.
Define a potência ativa (kW) em que o relé E300 desarma em uma condição de sobrepotência ativa
(kW). É ajustável pelo usuário de 0 a 2.000.000 kW.
IMPORTANTE
Over kW Trip Level 384 O parâmetro Over kW Inhibit Time é iniciado após uma tensão de fase passar de 0 V a 20 V L-L e uma
fase de corrente de carga passar de 0 A a 30% da configuração mínima de FLA do dispositivo. O relé E300
não iniciará o monitoramento de uma condição de sobrepotência ativa (kW) até Over kW Inhibit Time
expirar.
12
Over kW Warning Indica uma advertência
20
Define a potência ativa (kW) em que o relé E300 indica uma advertência. É ajustável pelo usuário de 0 a
2.000.000 kW.
Over kW Warn Level 385 IMPORTANTE
A função Advertência de sobre kW não inclui um recurso de atraso de tempo. Assim que Under kW
Inhibit Time expira, a indicação de Advertência de sobre kW é instantânea.

Proteção de potência reativa (kVAr)


O relé E300 é capaz de proteger contra potência reativa (kVAr) em aplicações
específicas que exigem o monitoramento de tensão e corrente. Você pode ajudar a
proteger ou emitir uma advertência se o consumo de potência reativa (kVAr) de um
motor elétrico é muito alto ou muito baixo.

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
6
Under kVAr Consumed Trip Indica um desarme
20
Inibe a ocorrência de um desarme e uma advertência por subpotência reativa (kVAr) consumida durante
Under kVAr Consumed Inhibit Time 386 a sequência de partida do motor. É ajustável de 0 a 250 segundos.
Define o período em que uma condição de subpotência reativa (kVAr) consumida deve estar presente
Under kVAr Consumed Trip Delay 387 antes de ocorrer um desarme. É ajustável de 0,1 a 25 segundos.
Define a potência reativa (kVAr) consumida em que o relé E300 desarma em uma condição de
subpotência reativa (kVAr) consumida. É ajustável pelo usuário de 0 a 2.000.000 kW.
IMPORTANTE
Under kVAr Consumed Trip Level 388 O parâmetro Under kVAr Consumed Inhibit Time é iniciado após uma tensão de fase passar de 0 V a 20 V
L-L e uma fase de corrente de carga passar de 0 A a 30% da configuração mínima de FLA do dispositivo.
O relé E300 não iniciará o monitoramento de uma condição de subpotência reativa (kVAr) consumida
até Under kVAr Consumed Inhibit Time expirar.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 141


Capítulo 5 Funções de desarme e advertência de proteção

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
12
Under kVAr Consumed Warning Indica uma advertência
20
Define a potência reativa (kVAr) consumida em que o relé E300 indica uma advertência. É ajustável pelo
usuário de 0 a 2.000.000 kW.
IMPORTANTE
Under kVAr Consumed Warn Level 389
A função Advertência de sub kVAr consumido não inclui um recurso de atraso de tempo. Assim que
Under kVAr Consumed Inhibit Time expira, a indicação de Advertência de sub kVAr consumido é
instantânea.
6
Under kVAr Generated Trip Indica um desarme
20
Inhibit Time (Parâmetro 394) permite inibir um desarme e uma advertência por fator de potência baixa
Under kVAr Generated Inhibit Time 394 capacitiva durante a sequência de partida do motor. É ajustável de 0 a 250 segundos.
Define o período em que uma condição de subpotência reativa (kVAr) gerada deve estar presente antes
Under kVAr Generated Trip Delay 395 de ocorrer um desarme. É ajustável de 0,1 a 25 segundos.
Define a potência reativa (kVAr) gerada em que o relé E300 desarma em uma condição de subpotência
reativa (kVAr) gerada. É ajustável pelo usuário de 0 a 2.000.000 kW.
IMPORTANTE
Under kVAr Generated Trip Level 396 O parâmetro Under kVAr Generated Inhibit Time é iniciado após uma tensão de fase passar de 0 V a 20 V
L-L e uma fase de corrente de carga passar de 0 A a 30% da configuração mínima de FLA do dispositivo.
O relé E300 não iniciará o monitoramento de uma condição de subpotência reativa (kVAr) gerada até
Under kVAr Generated Inhibit Time expirar.
12
Under kVAr Generated Warning Indica uma advertência
20
Under kVAr Generated Warn Level (Parâmetro 397) permite definir a potência reativa (kVAr) gerada em
que o relé E300 indica uma advertência. É ajustável pelo usuário de 0 a 2.000.000 kW.
Under kVAr Generated Warn Level 397 IMPORTANTE
A função Advertência de sub kVAr gerado não inclui um recurso de atraso de tempo. Assim que Under
kVAr Generated Inhibit Time expira, a indicação de Advertência de sub kVAr gerado é instantânea.

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
6
Over kVAr Consumed Trip Indica um desarme
20
Inibe a ocorrência de um desarme e uma advertência por sobrepotência reativa (kVAr) consumida
Over kVAr Consumed Inhibit Time 390 durante a sequência de partida do motor. É ajustável de 0 a 250 segundos.
Define o período em que uma condição de sobrepotência reativa (kVAr) consumida deve estar presente
Over kVAr Consumed Trip Delay 391 antes de ocorrer um desarme. É ajustável de 0,1 a 25 segundos.
Define a potência reativa (kVAr) total consumida em que o relé E300 desarma em uma condição de
sobrepotência reativa (kVAr) consumida. É ajustável pelo usuário de 0 a 2.000.000 kW.
IMPORTANTE
Over kVAr Consumed Trip Level 392 O parâmetro Over kVAr Consumed Inhibit Time é iniciado após uma tensão de fase passar de 0 V a 20 V
L-L e uma fase de corrente de carga passar de 0 A a 30% da configuração mínima de FLA do dispositivo.
O relé E300 não iniciará o monitoramento de uma condição de sobrepotência reativa (kVAr) consumida
até Over kVAr Consumed Inhibit Time expirar.
12
Over kVAr Consumed Warning Indica uma advertência
20
Over kVAr Consumed Warn Level (Parâmetro 393) permite definir a potência reativa (kVAr) consumida
em que o relé E300 indica uma advertência. É ajustável pelo usuário de 0 a 2.000.000 kW.
IMPORTANTE
Over kVAr Consumed Warn Level 393
A função Advertência de sobre kVAr consumido não inclui um recurso de atraso de tempo. Assim que
Over kVAr Consumed Inhibit Time expira, a indicação de Advertência de sobre kVAr consumido é
instantânea.
6
Over kVAr Generated Trip Indica um desarme
20
Inibe a ocorrência de um desarme e uma advertência por sobrepotência reativa (kVAr) gerada durante a
Over kVAr Generated Inhibit Time 398 sequência de partida do motor. É ajustável de 0 a 250 segundos.
Define o período em que uma condição de sobrepotência reativa (kVAr) gerada deve estar presente
Over kVAr Generated Trip Delay 399 antes de ocorrer um desarme. É ajustável de 0,1 a 25 segundos.

142 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Funções de desarme e advertência de proteção Capítulo 5

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
Define a potência reativa (kVAr) total gerada em que o relé E300 desarma em uma condição de
sobrepotência reativa (kVAr) gerada. É ajustável pelo usuário de 0 a 2.000.000 kW.
IMPORTANTE
Over kVAr Generated Trip Level 400 O parâmetro Over kVAr Generated Inhibit Time é iniciado após uma tensão de fase passar de 0 V a 20 V
L-L e uma fase de corrente de carga passar de 0 A a 30% da configuração mínima de FLA do dispositivo.
O relé E300 não iniciará o monitoramento de uma condição de sobrepotência reativa (kVAr) gerada até
Over kVAr Generated Inhibit Time expirar.
12
Over kVAr Generated Warning Indica uma advertência
20
Define a potência reativa (kVAr) gerada em que o relé E300 indica uma advertência. É ajustável pelo
usuário de 0 a 2.000.000 kW.
Over kVAr Generated Warn Level 401 IMPORTANTE
A função Advertência de sobre kVAr gerado não inclui um recurso de atraso de tempo. Assim que Over
kVAr Generated Inhibit Time expira, a indicação de Advertência de sobre kVAr gerado é instantânea.

Proteção de potência aparente (kVA)


O relé E300 é capaz de proteger contra potência aparente (kVA) em aplicações
específicas que exigem o monitoramento de tensão e corrente. Você pode ajudar a
proteger ou emitir uma advertência se o consumo de potência aparente (kVA) de um
motor elétrico é muito alto ou muito baixo.

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
6
Under kVA Trip Indica um desarme
20
Inibe a ocorrência de um desarme e uma advertência por subpotência aparente (kVAr) durante a
Under kVA Inhibit Time 402 sequência de partida do motor. É ajustável de 0 a 250 segundos.
Define o período em que uma condição de subpotência aparente (kVAr) deve estar presente antes de
Under kVA Trip Delay 403 ocorrer um desarme. É ajustável de 0,1 a 25 segundos.
Under kVA Trip Level (Parâmetro 404) permite definir a potência aparente (kVAr) em que o relé
E300 desarma em uma condição de subpotência aparente (kVAr). É ajustável pelo usuário de 0 a
2.000.000 kVA.
IMPORTANTE
Under kVA Trip Level 404
O parâmetro Under kVA Inhibit Time é iniciado após uma tensão de fase passar de 0 V a 20 V L-L e uma
fase de corrente de carga passar de 0 A a 30% da configuração mínima de FLA do dispositivo. O relé E300
não iniciará o monitoramento de uma condição de subpotência aparente (kVA) até Under kW Inhibit
Time expirar.
12
Under kVA Warning Indica uma advertência
20
Under kVA Warn Level (Parâmetro 405) permite definir a potência aparente (kVA) em que o relé E300
indica uma advertência. É ajustável pelo usuário de 0 a 2.000.000 kVA.
Under kVA Warn Level 405 IMPORTANTE
A função advertência de sub kVA não inclui um recurso de atraso de tempo. Assim que Under kVA Inhibit
Time expira, a indicação de Advertência de sub kVA é instantânea.

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
6
Over kVA Trip Indica um desarme
20
Inibe a ocorrência de um desarme e uma advertência por sobrepotência aparente (kVA) durante a
Over kVA Inhibit Time 406 sequência de partida do motor. É ajustável de 0 a 250 segundos.
Define o período em que uma condição de sobrepotência aparente (kVA) deve estar presente antes de
Over kVA Trip Delay 407 ocorrer um desarme. É ajustável de 0,1 a 25 segundos.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 143


Capítulo 5 Funções de desarme e advertência de proteção

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
Over kVA Trip Level (Parâmetro 408) permite definir a potência aparente (kVA) total em que o relé E300
desarma em uma condição de sobrepotência aparente (kVA). É ajustável pelo usuário de 0 a 2.000.000 kVA.
IMPORTANTE
Over kVA Trip Level 408 O parâmetro Over kVA Inhibit Time é iniciado após uma tensão de fase passar de 0 V a 20 V L-L e uma fase
de corrente de carga passar de 0 A a 30% da configuração mínima de FLA do dispositivo. O relé E300 não
iniciará o monitoramento de uma condição de sobrepotência aparente (kVA) até Over kVA Inhibit Time
expirar.
12
Over kVA Warning Indica uma advertência
20
Over kVA Warn Level (Parâmetro 409) permite definir a potência aparente (kVA) em que o relé E300 indica
uma advertência. É ajustável pelo usuário de 0 a 2.000.000 kVA.
Over kVA Warn Level 409 IMPORTANTE
A função advertência de sobre kVA não inclui um recurso de atraso de tempo. Assim que Over kVA Inhibit
Time expira, a indicação de Advertência de sobre kVA é instantânea.

Proteção de fator potência


O relé E300 é capaz de proteger contra fator de potência em aplicações específicas que
exigem o monitoramento de tensão e corrente. Você pode ajudar a proteger ou emitir
uma advertência se o fator de potência de um motor elétrico é muito alto ou muito
baixo.

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
6
Under Power Factor Lagging Trip Indica um desarme
20
Inibe a ocorrência de um desarme e uma advertência por fator de potência baixa indutiva durante a
Under Power Factor Lagging Inhibit Time 410 sequência de partida do motor. É ajustável de 0 a 250 segundos.
Define o período em que uma condição de fator subpotência indutiva deve estar presente antes de
Under Power Factor Lagging Trip Delay 411 ocorrer um desarme. É ajustável de 0,1 a 25 segundos.
Define o fator de potência indutiva em que o relé E300 desarma em uma condição de fator de potência
baixa indutiva. É ajustável pelo usuário de 0 a 2.000.000 kW.
IMPORTANTE
Under Power Factor Lagging Trip Level 412 O parâmetro Under Power Factor Lagging Inhibit Time é iniciado após uma tensão de fase passar de
0 V a 20 V L-L e uma fase de corrente de carga passar de 0 A a 30% da configuração mínima de FLA do
dispositivo. O relé E300 não iniciará o monitoramento de uma condição de fator de potência baixa
indutiva (kVA) até Under Power Factor Lagging Inhibit Time expirar.
12
Under Power Factor Lagging Trip Indica uma advertência
20
Define o fator de potência indutiva em que o relé E300 indica uma advertência. É ajustável pelo usuário
de 0 a 2.000.000 kW.
IMPORTANTE
Under Power Factor Lagging Warn Level 413
A função advertência de fator de potência baixa indutiva não inclui um recurso de atraso de tempo.
Assim que Under Power Factor Lagging Inhibit Time expira, a indicação de Advertência de fator de
potência baixa indutiva é instantânea.
6
Under Power Factor Leading Trip Indica um desarme
20
Inibe a ocorrência de um desarme e uma advertência por fator de potência baixa capacitiva durante a
Under Power Factor Leading Inhibit Time 418 sequência de partida do motor. É ajustável de 0 a 250 segundos.
Define o período em que uma condição de fator subpotência capacitiva deve estar presente antes de
Under Power Factor Leading Trip Delay 419 ocorrer um desarme. É ajustável de 0,1 a 25 segundos.

144 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Funções de desarme e advertência de proteção Capítulo 5

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
Define o fator de potência capacitiva em que o relé E300 desarma em uma condição de fator de potência
baixa capacitiva. É ajustável pelo usuário de 0 a 2.000.000 kW.
IMPORTANTE
Under Power Factor Leading Trip Level 420 O parâmetro Under Power Factor Leading Inhibit Time é iniciado após uma tensão de fase passar de 0 V
a 20 V L-L e uma fase de corrente de carga passar de 0 A a 30% da configuração mínima de FLA do
dispositivo. O relé E300 não iniciará o monitoramento de uma condição de fator de potência baixa
capacitiva até Under Power Factor Leading Inhibit Time expirar.
12
Under Power Factor Leading Warning Indica uma advertência
20
Define o fator de potência capacitiva em que o relé E300 indica uma advertência. É ajustável pelo
usuário de 0 a 2.000.000 kW.
IMPORTANTE
Under Power Factor Leading Warn Level 421
A função Advertência de fator de potência baixa capacitiva não inclui um recurso de atraso de tempo.
Assim que Under Power Factor Leading Inhibit Time expira, a indicação de Advertência de fator de
potência baixa capacitiva é instantânea.

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
6
Over Power Factor Lagging Trip Indica um desarme
20
Over Power Factor Lagging Inhibit Time 414 Inibe a ocorrência de um desarme e uma advertência por fator de potência alta indutiva durante a
sequência de partida do motor. É ajustável de 0 a 250 segundos.
Define o período em que uma condição de fator sobrepotência indutiva deve estar presente antes de
Over Power Factor Lagging Trip Delay 415 ocorrer um desarme. É ajustável de 0,1 a 25 segundos.
Define o fator de potência indutiva total em que o relé E300 desarma em uma condição de fator de
potência alta indutiva. É ajustável pelo usuário de 0 a 2.000.000 kW.
IMPORTANTE
Over Power Factor Lagging Trip Level 416 O parâmetro Over Power Factor Lagging Inhibit Time é iniciado após uma tensão de fase passar de 0 V a
20 V L-L e uma fase de corrente de carga passar de 0 A a 30% da configuração mínima de FLA do
dispositivo. O relé E300 não iniciará o monitoramento de uma condição de fator de potência alta
indutiva até Over Power Factor Lagging Inhibit Time expirar.
12
Over Power Factor Lagging Warning Indica uma advertência
20
Define o fator de potência indutiva em que o relé E300 indica uma advertência. É ajustável pelo usuário
de 0 a 2.000.000 kW.
IMPORTANTE
Over Power Factor Lagging Warn Level 417
A função Advertência de fator de potência alta indutiva não inclui um recurso de atraso de tempo. Assim
que Over Power Factor Lagging Inhibit Time expira, a indicação de Advertência de fator de potência alta
indutiva é instantânea.
6
Over Power Factor Leading Trip Indica um desarme
20
Inibe a ocorrência de um desarme e uma advertência por fator de potência alta capacitiva durante a
Over Power Factor Leading Inhibit Time 422 sequência de partida do motor. É ajustável de 0 a 250 segundos.
Define o período em que uma condição de fator sobrepotência capacitiva deve estar presente antes de
Over Power Factor Leading Trip Delay 423 ocorrer um desarme. É ajustável de 0,1 a 25 segundos.
Define o fator de potência capacitiva total em que o relé E300 desarma em uma condição de fator de
potência alta capacitiva. É ajustável pelo usuário de 0 a 2.000.000 kW.
IMPORTANTE
Over Power Factor Leading Trip Level 424 O parâmetro Over Power Factor Leading Inhibit Time é iniciado após uma tensão de fase passar de 0 V a
20 V L-L e uma fase de corrente de carga passar de 0 A a 30% da configuração mínima de FLA do
dispositivo. O relé E300 não iniciará o monitoramento de uma condição de fator de potência alta
capacitiva até Over Power Factor Leading Inhibit Time expirar.
12
Over Power Factor Leading Warning Indica uma advertência
20
Define o fator de potência capacitiva em que o relé E300 indica uma advertência. É ajustável pelo
usuário de 0 a 2.000.000 kW.
IMPORTANTE
Over Power Factor Leading Warn Level 425
A função advertência de fator de potência alta capacitiva não inclui um recurso de atraso de tempo.
Assim que Over Power Factor Leading Inhibit Time expira, a indicação de Advertência de fator de
potência alta capacitiva é instantânea.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 145


Capítulo 5 Funções de desarme e advertência de proteção

Proteção de controle O relé E300 oferece várias funções de proteção com base no controle, como:
• Desarme de teste
• Desarme da estação do operador
• Desarme remoto
• Inibição de partida
• Manutenção preventiva
• Desarme de configuração
• Desarme/advertência de correspondência de opções
• Desarme/advertência de barramento de expansão
• Desarme de armazenagem não volátil
• Desarme de modo de teste
Controle Trip Enable (Parâmetro 186) e Control Warning Enable (Parâmetro 192) são
usados para habilitar as funções respectivas de desarme e advertência de proteção com
base no controle.
Control Trip Status (Parâmetro 7) e Control Warning Status (Parâmetro 13) são
usados para monitorar as funções de desarme e advertência de proteção com base em
corrente.

Desarme de controle
O relé E300 desarmará com uma indicação com base em controle se:
• Nenhum desarme existir no momento
• Uma proteção com base em controle estiver habilitada
• Você pressionar o botão de reset azul no módulo de comunicação por mais de
três segundos.
Se o relé E300 desarmar em uma condição de controle:
• O LED TRIP/WARN piscará três vezes longas e uma vez curta em vermelho
• O Bit 0 em Control Trip Status (Parâmetro 7) será definido como 1
• O Bit 0 em Device Status 0 (Parâmetro 20) será definido como 1
• Qualquer saída a relé configurada como relé de desarme será aberta
• Qualquer saída a relé configurada como relé de controle será aberta
• Qualquer saída a relé configurada como alarme de desarme será fechada
• Qualquer saída a relé configurada como relé normal será colocada no estado
Falha de proteção (se estiver programado)

Advertência de controle
O relé E300 oferecerá uma indicação de advertência se:
• Nenhum desarme existir no momento
• Existir uma condição de advertência
Se o relé E300 emitir uma advertência:
• O LED TRIP/WARN piscará três vezes longas e duas vezes curtas em amarelo
• O Bit 1 em Control Warning Status (Parâmetro 13) será definido como 1
• O Bit 1 em Device Status 0 (Parâmetro 20) será definido como 1
• Qualquer saída a relé configurada como alarme de advertência será fechada

146 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Funções de desarme e advertência de proteção Capítulo 5

Desarme de teste
O relé E300 oferece a capacidade de colocar o relé de sobrecarga em um estado de
desarme de teste. Você pode implementar esse recurso ao comissionar um circuito de
controle do motor para verificar a resposta do relé E300, os módulos de expansão de
E/S associados e o sistema de automação em rede.
Nome do parâmetro Número do Descrição
parâmetro
7
Test Trip Indica um desarme
20

Proteção de termistor (PTC)


Os seguintes módulos de controle do relé E300 podem aceitar até seis sensores de
temperatura de termistores (PTC) conectados em série para monitorar a temperatura
dos enrolamentos, rotores e/ou mancais de um motor.
• 193-EIOGP-42-24D
• 193-EIOGP-22-120
• 193-EIOGP-22-240
Os sensores de temperatura com termistor (PTC) conectam-se aos terminais IT1 e IT2
do Módulo de controle E300 se o relé E300 desarma em um termistor.
Nome do parâmetro Número do Descrição
parâmetro
7
Thermistor (PTC) Trip Indica um desarme
20
13
Thermistor (PTC) Warning Indica uma advertência
20

Proteção do DeviceLogix
Um relé E300 com firmware v5.000 ou superior tem um dispositivo de lógica
DeviceLogix. Você pode criar programas de lógica personalizados para aplicações de
controle de motor distribuídas. Consulte Capítulo 8 para obter mais informações sobre
o DeviceLogix. O DeviceLogix oferece a capacidade de criar um algoritmo de proteção
personalizado capaz de gerar um evento de advertência ou desarme.
Nome do parâmetro Número do Descrição
parâmetro
7
DeviceLogix Trip Indica um desarme
20
13
DeviceLogix Warning Indica uma advertência
20

Desarme da estação do operador


O relé E300 oferece a capacidade de plug and play para as estações do operador
opcionais. O recurso de proteção da estação do operador desarma o relé E300 quando o
botão 0 (stop) é pressionado. Esse recurso é um mecanismo à prova de falhas para
permitir a desenergização de uma bobina do contator sempre que o botão vermelho 0
(stop) for pressionado.
O desarme da estação do operador deve ser desabilitado quando uma estação do
operador está sendo usada para enviar sinais de partida e parada para um sistema de
controle de automação.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 147


Capítulo 5 Funções de desarme e advertência de proteção

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
Indica um desarme
7
Operator Station Trip Você também pode pressionar o botão vermelho O em uma estação do operador para acionar um
20 desarme.

Desarme remoto
O relé E300 pode ser desarmado remotamente por meio de um comando de rede ou
entrada digital atribuída no Módulo de controle (consulte Capítulo 3 para ver atribui-
ções de entrada digital). Esse recurso permite desarmar o relé E300 a partir de uma
fonte remota, como um interruptor de vibração ou relé de monitoramento externo.
Nome do parâmetro Número do Descrição
parâmetro
Indica um desarme
7 Um desarme também pode ocorrer quando a entrada digital do módulo de controle com uma
Remote Trip
20 atribuição de desarme remoto é ativada ou o módulo de comunicação recebe um comando de
desarme remoto da rede de comunicação

Proteção de inibição de partida


Essa função de proteção permite limitar o número de partidas em um determinado
período e limitar as horas de funcionamento de um motor elétrico. A partida é definida
quando o relé E300 detecta uma transição de corrente de 0 A a 30% da configuração
mínima de FLA do dispositivo. A função de proteção Partida bloqueada é definida por
Starts Per Hour (Parâmetro 205) e/ou Starts Interval (Parâmetro 206).
Nome do parâmetro Número do Descrição
parâmetro
7
Blocked Start Trip Indica um desarme
20
Starts Per Hour 205 Número de partidas na última hora (60 minutos). Esse valor é ajustável de 0 a 120 partidas.
Starts Interval 206 Tempo que você deve esperar entre as partidas. Esse valor é ajustável de 0 a 3.600 segundos.
Número de partidas disponíveis atualmente com base nas configurações de partida bloqueada e nos
Starts Available 30 eventos de partida reais do motor.
Tempo restante até que uma nova partida possa ser emitida. Se o tempo em Time to Start tiver
Time to Start 31 decorrido, esse parâmetro indica zero até ocorrer o próximo desarme por partida bloqueada.

Manutenção preventiva
O relé E300 emite advertências de manutenção preventiva de acordo com o número de
ciclos de partida e o número de horas de funcionamento. Essas advertências podem ser
usadas para alertar que o número de partidas ou o número de horas de funcionamento
foi alcançado e chegou o momento de fazer a manutenção preventiva.
Nome do parâmetro Número do Descrição
parâmetro
13
Number of Starts Warning Indica uma advertência
20
Total Starts 207 Define o número de partidas até ocorrer uma advertência de contador de partidas.
Número de vezes que um motor foi iniciado. Esse valor pode ser redefinido para zero usando a função
Starts Counter 29 Clear Operating Statistics do Clear Command (Parâmetro 165).
13
Operating Hours Warning Indica uma advertência
20
Define o número de horas que um motor pode funcionar até ocorrer uma advertência de horas de
Total Operating Hours 208 funcionamento.
Número de horas que um motor está funcionando. Esse valor pode ser redefinido para zero usando a
Operating Time 28 função Clear Operating Statistics do Clear Command (Parâmetro 165).

148 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Funções de desarme e advertência de proteção Capítulo 5

Falha de hardware
O relé E300 monitora constantemente o status dos módulos de controle, detecção e
comunicação. O relé E300 emitirá um desarme por falha de hardware se houver um
problema nos módulos de controle, detecção e comunicação ou se um dos módulos
estiver ausente ou for incompatível. O desarme por falha de hardware está sempre
habilitado.
Nome do parâmetro Número do Descrição
parâmetro
7
Hardware Fault Trip Indica um desarme
20

Proteção de realimentação do contator


Um relé E300 com firmware v5.000 ou superior pode controlar os motores usando os
modos de operação. Você pode selecionar um dos modos de operação pré-programados
que monitoram o status de realimentação de um contator ao conectar os contatos
auxiliares do contator em uma das entradas digitais do relé E300. Consulte Capítulo 4
para obter mais informações sobre os modos de operação.
Nome do parâmetro Número do Descrição
parâmetro
Tempo em milissegundos que um modo de operação com realimentação espera para receber um
Feedback Timeout 213 sinal de realimentação do contator depois que o contator emite um comando para energizar.
7
Contactor Feedback Trip Indica um desarme
20
13
Contactor Feedback Warning Indica uma advertência
20

Falha de armazenagem não volátil


O relé E300 monitora constantemente o status da armazenagem não volátil. O relé
E300 emitirá um desarme por falha de armazenagem não volátil se houver um
problema na armazenagem não volátil ou se ela estiver corrompida. O desarme por
falha de armazenagem não volátil está sempre habilitado.
Nome do parâmetro Número do Descrição
parâmetro
7
Nonvoltaile Storage Fault Trip Indica um desarme
20

Desarme de modo de teste


Alguns gabinetes do centro de controle do motor incluem uma posição de teste em que
a energia do motor é desconectada do gabinete, mas a energia de comando continua
ativa. Essa posição de teste permite que a equipe de comissionamento do centro de
controle do motor verifique se o acionador de partida do motor está funcionando
mecanicamente e se a comunicação está estabelecida com o sistema de controle de
automação. O relé E300 oferece a capacidade de colocar o relé de sobrecarga em um
estado de desarme de teste se o gabinete do centro de controle do motor está em uma
posição de teste e o relé E300 detecta a presença de corrente e/ou tensão no motor.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 149


Capítulo 5 Funções de desarme e advertência de proteção

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
Indica um desarme
7 IMPORTANTE
Test Mode Trip
20 A corrente do motor é detectada quando uma fase da corrente de carga passa de 0 A a 30% da
configuração mínima de FLA do dispositivo.

Proteção analógica O módulo de expansão de E/S analógica do relé E300 faz a varredura de até três sinais
analógicos por módulo. Essa informação pode ser usada para acionar um aviso ou uma
advertência de nível analógico. Os recursos de proteção analógica podem ser usados
com as seguintes aplicações analógicas:
• Monitoramento do enrolamento do motor e das temperaturas de rolamento
que são medidas pelos sensores RTD.
• Monitoramento do fluxo de líquido, ar ou vapor.
• Monitoramento de temperatura
• Monitoramento de peso
• Monitoramento de níveis
• Monitoramento de um potenciômetro
• Monitoramento de sensores PTC ou NTC
Analog Trip Enable (Parâmetro 187) e Analog Warning Enable (Parâmetro 193) são
usados para habilitar as respectivas funções de desarme e advertência de proteção
analógica.
Analog Trip Status (Parâmetro 8) e Analog Warning Status (Parâmetro 14) são usados
para monitorar as respectivas funções de desarme e advertência de proteção analógica.

Desarme analógico
O relé E300 desarmará com uma indicação de desarme de módulo analógico se:
• Nenhum desarme existir no momento
• O desarme estiver habilitado
• O sinal de entrada analógica medido é maior que o nível de desarme por um
período maior que o atraso nível de desarme.
Se o relé E300 desarmar em um canal de módulo analógico:
• O LED indicador TRIP/WARN piscará quatro vezes longas e uma vez curta
em vermelho
• O Bit 0 em Analog Trip Status (Parâmetro 8) será definido como 1
• O Bit 0 em Device Status 0 (Parâmetro 20) será definido como 1
• Qualquer saída a relé configurada como relé de desarme será aberta
• Qualquer saída a relé configurada como relé de controle será aberta
• Qualquer saída a relé configurada como alarme de desarme será fechada
• Qualquer saída a relé configurada como relé normal será colocada no estado
Falha de proteção (se estiver programado)

150 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Funções de desarme e advertência de proteção Capítulo 5

IMPORTANTE O Estado de falha de proteção do Relé 0, Relé 1, Relé 2, Relés de saída 1 do módulo
digital, Relés de saída 2 do módulo digital, Relés de saída 3 do módulo digital e
Relés de saída 4 do módulo digital é definido pelos respectivos parâmetros:
• Output PT00 Protection Fault Action (Parâmetro 304)
• Output PT00 Protection Fault Value (Parâmetro 305)
• Output PT01 Protection Fault Action (Parâmetro 310)
• Output PT01 Protection Fault Value (Parâmetro 311)
• Output PT02 Protection Fault Action (Parâmetro 316)
• Output PT02 Protection Fault Value (Parâmetro 317)
• Output Digital Module 1 Protection Fault Action (Parâmetro 322)
• Output Digital Module 1 Protection Fault Value (Parâmetro 323)
• Output Digital Module 2 Protection Fault Action (Parâmetro 328)
• Output Digital Module 2 Protection Fault Value (Parâmetro 329)
• Output Digital Module 3 Protection Fault Action (Parâmetro 334)
• Output Digital Module 3 Protection Fault Value (Parâmetro 335)
• Output Digital Module 4 Protection Fault Action (Parâmetro 340)
• Output Digital Module 4 Protection Fault Value (Parâmetro 342)

Advertência analógica
O relé E300 indicará uma advertência analógica se:
• Nenhuma advertência ocorrer no momento
• Analog Module 1 – Channel 00 Over Level Warning estiver habilitado
• A corrente de fase máxima for igual ou superior ao parâmetro Analog Module 1
– Channel 00 Warning Level
Quando a condição de advertência for satisfeita:
• O LED TRIP/WARN piscará quatro vezes longas e uma vez curta em amarelo
• O Bit 0 em Analog Warning Status (Parâmetro 14) será definido como 1
• O Bit 1 em Device Status 0 (Parâmetro 20) será definido como 1
• Qualquer saída a relé configurada como alarme de advertência será fechada

Módulo analógico
O E300 é compatível com até quatro módulos analógicos. O módulo de expansão de
E/S analógica faz a varredura de até três sinais analógicos. Um desarme ou advertência
de sobrenível pode ser configurado para cada canal de entrada.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 151


Capítulo 5 Funções de desarme e advertência de proteção

Nome do parâmetro Número do Descrição


parâmetro
8
Analog Module Over Level Trip Indica um desarme
20
Analog Module 1 – Channel 00 Over Level Trip Delay 443
Analog Module 1 – Channel 01 Over Level Trip Delay 452
Analog Module 1 – Channel 02 Over Level Trip Delay 461

Analog Module 2 – Channel 00 Over Level Trip Delay 474


Analog Module 2 – Channel 01 Over Level Trip Delay 483
Analog Module 2 – Channel 02 Over Level Trip Delay 492
Define o período em que uma condição de nível deve estar presente antes de ocorrer um
desarme. É ajustável de 0,1 a 25 segundos.
Analog Module 3 – Channel 00 Over Level Trip Delay 505
Analog Module 3 – Channel 01 Over Level Trip Delay 514
Analog Module 3 – Channel 02 Over Level Trip Delay 523

Analog Module 4 – Channel 00 Over Level Trip Delay 536


Analog Module 4 – Channel 01 Over Level Trip Delay 545
Analog Module 4 – Channel 02 Over Level Trip Delay 554
Analog Module 1 – Channel 00 Trip Level 444
Analog Module 1 – Channel 01 Trip Level 453
Analog Module 1 – Channel 02 Trip Level 462

Analog Module 2 – Channel 00 Trip Level 475


Analog Module 2 – Channel 01 Trip Level 484
Analog Module 2 – Channel 02 Trip Level 493
Define a magnitude do sinal analógico em que o relé E300 desarma em uma condição de nível
de desarme. É ajustável pelo usuário de -32.768 a +32.767.
Analog Module 3 – Channel 00 Trip Level 506
Analog Module 3 – Channel 01 Trip Level 515
Analog Module 3 – Channel 02 Trip Level 524

Analog Module 4 – Channel 00 Trip Level 537


Analog Module 4 – Channel 01 Trip Level 546
Analog Module 4 – Channel 02 Trip Level 555
14
Analog Module Over Level Warning Indica uma advertência
20
Analog Module 1 – Channel 00 Warning Level 445
Analog Module 1 – Channel 01 Warning Level 454
Analog Module 1 – Channel 02 Warning Level 463

Analog Module 2 – Channel 00 Warning Level 476


Analog Module 2 – Channel 01 Warning Level 485
Analog Module 2 – Channel 02 Warning Level 494
Define a magnitude do sinal analógico em que o relé E300 desarma em uma condição de
advertência. É ajustável pelo usuário de -32.768 a +32.767.
Analog Module 3 – Channel 00 Warning Level 507
Analog Module 3 – Channel 01 Warning Level 516
Analog Module 3 – Channel 02 Warning Level 525

Analog Module 4 – Channel 00 Warning Level 538


Analog Module 4 – Channel 01 Warning Level 547
Analog Module 4 – Channel 02 Warning Level 556

152 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Capítulo 6

Comandos

Este capítulo fornece informações detalhadas sobre as funções de reinicialização,


apagar e pré-configuração do relé de sobrecarga eletrônico E300™. O relé E300 oferece
três tipos de comandos:
• Rearme
• Configuração predefinida
• Comando de apagar

Rearme Trip Reset (Parâmetro 163) permite reiniciar um relé E300 que está em um estado de
desarme. O comando Rearme tem a mesma funcionalidade do botão de reset azul no
módulo de comunicação E300 e do bit Rearme nos conjuntos de saída consumida de
uma rede de comunicação.
Uma Rearme somente poderá ser realizada quando todas as condições do evento de
desarme forem resolvidas. Para um evento de desarme por sobrecarga, % Thermal
Capacity Utilized (Parâmetro 1) deve estar abaixo do valor especificado em Overload
Reset Level (Parâmetro 174).

Configuração predefinida O relé E300 tem várias configurações predefinidas que permitem configurar
rapidamente todos os parâmetros de configuração necessários para um modo de
operação específico em um comando. Essa configuração também permite restaurar os
valores padrão de fábrica de todos os parâmetros de configuração no relé E300.
As páginas a seguir listam as predefinições de configuração disponíveis e os valores de
configuração predefinida associados.

Padrões de fábrica
Quando o comando de configuração predefinida padrões de fábrica for selecionado, o
relé E300 recuperará todos os parâmetros de configuração originais de fábrica.
Figura 78 – Valores do padrão de fábrica

No. Nome do parâmetro Valor Unidades No. Nome do parâmetro Valor Unidades No. Nome do parâmetro Valor Unidades
Padrão Padrão Padrão
139 TripHistoryMaskI 0xFFFF 304 OutPt00PrFltAct Valor Goto 428 Screen1Param1 1
140 TripHistoryMaskV 0x003F 305 OutPt00PrFltVal Open 429 Screen1Param2 50
141 TripHistoryMaskP 0x0FFF 306 OutPt00ComFltAct Valor Goto 430 Screen2Param1 2
142 TripHistoryMaskC 0x27FF 307 OutPt00ComFltVal Open 431 Screen2Param2 3
143 TripHistoryMaskA 0x0FFF 308 OutPt00ComIdlAct Valor Goto 432 Screen3Param1 51
145 WarnHistoryMaskI 0xFFFF 309 OutPt00ComIdlVal Open 433 Screen3Param2 52
146 WarnHistoryMaskV 0x003F 310 OutPt01PrFltAct Valor Goto 434 Screen4Param1 38
147 WarnHistoryMaskP 0x0FFF 311 OutPt01PrFltVal Open 435 Screen4Param2 39
148 WarnHistoryMaskC 0x1FFF 312 OutPt01ComFltAct Valor Goto 436 DisplayTimeout 300 Segundos
149 WarnHistoryMaskA 0x0FFF 313 OutPt01ComFltVal Open 437 InAnMod1Ch00Type Desabilitar

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 153


Capítulo 6 Comandos

No. Nome do parâmetro Valor Unidades No. Nome do parâmetro Valor Unidades No. Nome do parâmetro Valor Unidades
Padrão Padrão Padrão
171 FLASetting 0.50 Amps 314 OutPt01ComIdlAct Valor Goto 438 InAMod1Ch0Format Unidades
de eng
172 TripClass 10 315 OutPt01ComIdlVal Open 439 InAMod1C0TmpUnit Graus C
173 OLPTCResetMode Automático 316 OutPt02PrFltAct Valor Goto 440 InAMod1C0FiltFrq 17 Hz
174 OLResetLevel 75 % de TCU 317 OutPt02PrFltVal Open 441 InAMod1C0OpCktSt Upscale
175 OLWarningLevel 85 % de TCU 318 OutPt02ComFltAct Valor Goto 442 InAnMod1Ch0RTDEn 3 fios
176 SingleOrThreePh Trifásico 319 OutPt02ComFltVal Open 443 InAMod1C0TripDly 1.0 Segundos
177 FLA2Setting 0.50 Amps 320 OutPt02ComIdlAct Valor Goto 444 InAMod1C0TripLvl 0
183 TripEnableI 0x0003 321 OutPt02ComIdlVal Open 445 InAMod1C0WarnLvl 0
184 TripEnableV 0 322 OutDig1PrFltAct Valor Goto 446 InAnMod1Ch01Type Desabilitar
185 TripEnableP 0 323 OutDig1PrFltVal Open 447 InAMod1Ch1Format Unidades
de eng
186 TripEnableC 0x20C9 324 OutDig1ComFltAct Valor Goto 448 InAMod1C1TmpUnit Graus C
187 TripEnableA 0 325 OutDig1ComFltVal Open 449 InAMod1C1FiltFrq 17 Hz
189 WarningEnableI 0 326 OutDig1ComIdlAct Valor Goto 450 InAMod1C1OpCktSt Upscale
190 WarningEnableV 0 327 OutDig1ComIdlVal Open 451 InAnMod1Ch1RTDEn 3 fios
191 WarningEnableP 0 328 OutDigp2PrFltAct Valor Goto 452 InAMod1C1TripDly 1.0 Segundos
192 WarningEnableC 0 329 OutDig2PrFltVal Open 453 InAMod1C1TripLvl 0
193 WarningEnableA 0 330 OutDig2ComFltAct Valor Goto 454 InAMod1C1WarnLvl 0
Sobrecarga
195 SetOperatingMode 331 OutDig2ComFltVal Open 455 InAnMod1Ch02Type Desabilitar
líquida
Unidades
196 InPt00Assignment Normal 332 OutDig2ComIdlAct Valor Goto 456 InAMod1Ch2Format de eng
197 InPt01Assignment Normal 333 OutDig2ComIdlVal Open 457 InAMod1C2TmpUnit Graus C
198 InPt02Assignment Normal 334 OutDig3PrFltAct Valor Goto 458 InAMod1C2FiltFrq 17 Hz
199 InPt03Assignment Normal 335 OutDig3PrFltVal Open 459 InAMod1C2OpCktSt Upscale
200 InPt04Assignment Normal 336 OutDig3ComFltAct Valor Goto 460 InAnMod1Ch2RTDEn 3 fios
201 InPt05Assignment Normal 337 OutDig3ComFltVal Open 461 InAMod1C2TripDly 1.0 Segundos
Relé de
202 OutPt0Assignment * 338 OuDig3ComIdlAct Valor Goto 462 InAMod1C2TripLvl 0
desarme
203 OutPt1Assignment Normal 339 OutDig3ComIdlVal Open 463 InAMod1C2WarnLvl 0
204 OutPt2Assignment Normal 340 OutDig4PrFltAct Valor Goto 464 OutAnMod1Type Desabilitar
% média
205 StartsPerHour 2 341 OutDig4PrFltVal Open 465 OutAnMod1Select de FLA
206 StartsInterval 600 Segundos 342 OutDig4ComFltAct Valor Goto 466 OutAnMod1FltActn Zero
207 PMTotalStarts 0 343 OutDig4ComFltVal Open 467 OutAnMod1IdlActn Zero
208 PMOperatingHours 0 Horas 344 OutDig4ComIdlAct Valor Goto 468 InAnMod2Ch00Type Desabilitar
Unidades
209 ActFLA2wOutput Desabilitar 345 OutDig4ComIdlVal Open 469 InAMod2Ch0Format de eng
211 SecurityPolicy 0x801F 346 CommOverride Desabilitar 470 InAMod2C0TmpUnit Graus C
212 Idioma (Inglês) 347 NetworkOverride Desabilitar 471 InAMod2C0FiltFrq 17 Hz
213 FeedbackTimeout 500 350 PtDevOutCOSMask 0x0000 472 InAMod2C0OpCktSt Upscale
214 TransitionDelay 10000 352 VoltageMode Triângulo 473 InAnMod2Ch0RTDEn 3 fios
215 InterlockDelay 100 353 PTPrimary 480 474 InAMod2C0TripDly 1.0 Segundos
216 EmergencyStartEn Desabilitar 354 PTSecondary 480 475 InAMod2C0TripLvl 0
221 ControlModuleTyp Ignorar 355 UVInhibitTime 10 Segundos 476 InAMod2C0WarnLvl 0
222 SensingModuleTyp Ignorar 356 UVTripDelay 1.0 Segundos 477 InAnMod2Ch01Type Desabilitar
Unidades
223 CommsModuleType Ignorar 357 UVTripLevel 100.0 V 478 InAMod2Ch1Format de eng
224 OperStationType Ignorar 358 UVWarningLevel 400.0 V 479 InAMod2C1TmpUnit Graus C
225 DigitalMod1Type Ignorar 359 OVInhibitTime 10 Segundos 480 InAMod2C1FiltFrq 17 Hz
226 DigitalMod2Type Ignorar 360 OVTripDelay 1.0 Segundos 481 InAMod2C1OpCktSt Upscale
227 DigitalMod3Type Ignorar 361 OVTripLevel 500.0 V 482 InAnMod2Ch1RTDEn 3 fios
228 DigitalMod4Type Ignorar 362 OVWarningLevel 490.0 V 483 InAMod2C1TripDly 1.0 Segundos

154 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Comandos Capítulo 6

No. Nome do parâmetro Valor Unidades No. Nome do parâmetro Valor Unidades No. Nome do parâmetro Valor Unidades
Padrão Padrão Padrão
229 AnalogMod1Type Ignorar 363 PhRotInhibitTime 10 Segundos 484 InAMod2C1TripLvl 0
230 AnalogMod2Type Ignorar 364 PhaseRotTripType ABC 485 InAMod2C1WarnLvl 0
231 AnalogMod3Type Ignorar 365 VIBInhibitTime 10 Segundos 486 InAnMod2Ch02Type Desabilitar
232 AnalogMod4Type Ignorar 366 VIBTripDelay 1.0 Segundos 487 InAMod2Ch2Format Unidades
de eng
233 MismatchAction 0x0000 367 VIBTripLevel 15 % 488 InAMod2C2TmpUnit Graus C
239 PLInhibitTime 0 Segundos 368 VIBWarningLevel 10 % 489 InAMod2C2FiltFrq 17 Hz
240 PLTripDelay 1 Segundos 369 UFInhibitTime 10 Segundos 490 InAMod2C2OpCktSt Upscale
241 GroundFaultType Interno 370 UFTripDelay 1.0 Segundos 491 InAnMod2Ch2RTDEn 3 fios
242 GFInhibitTime 10 Segundos 371 UFTripLevel 57 Hz 492 InAMod2C2TripDly 1.0 Segundos
243 GFTripDelay 0.5 Segundos 372 UFWarningLevel 58 Hz 493 InAMod2C2TripLvl 0
244 GFTripLevel 2.50 Amps 373 OFInhibitTime 10 Segundos 494 InAMod2C2WarnLvl 0
245 GFWarningDelay 0 Segundos 374 OFTripDelay 1.0 Segundos 495 OutAnMod2Type Desabilitar
% média
246 GFWarningLevel 2.00 Amps 375 OFTripLevel 63 Hz 496 OutAnMod2Select de FLA
247 GFFilter Desabilitar 376 OFWarningLevel 62 Hz 497 OutAnMod2FltActn Zero
248 GFMaxInhibit Desabilitar 377 PowerScale kW 498 OutAnMod2dlActn Zero
249 StallEnabledTime 10 Segundos 378 UWInhibitTime 10 Segundos 499 InAnMod3Ch00Type Desabilitar
250 StallTripLevel 600 % de FLA 379 UWTripDelay 1.0 Segundos 500 InAMod3Ch0Format Unidades
de eng
251 JamInhibitTime 10 Segundos 380 UWTripLevel 0.000 kW 501 InAMod3C0TmpUnit Graus C
252 JamTripDelay 5.0 Segundos 381 UWWarningLevel 0.000 kW 502 InAMod3C0FiltFrq 17 Hz
253 JamTripLevel 250 % de FLA 382 OWInhibitTime 10 Segundos 503 InAMod3C0OpCktSt Upscale
254 JamWarningLevel 150 % de FLA 383 OWTripDelay 1.0 Segundos 504 InAnMod3Ch0RTDEn 3 fios
255 ULInhibitTime 10 Segundos 384 OWTripLevel 0.000 kW 505 InAMod3C0TripDly 1.0 Segundos
256 ULTripDelay 5.0 Segundos 385 OWWarningLevel 0.000 kW 506 InAMod3C0TripLvl 0
257 ULTripLevel 50 % de FLA 386 UVARCInhibitTime 10 Segundos 507 InAMod3C0WarnLvl 0
258 ULWarningLevel 70 % de FLA 387 UVARCTripDelay 1.0 Segundos 508 InAnMod3Ch01Type Desabilitar
259 CIInhibitTime 10 Segundos 388 UVARCTripLevel 0.000 kVAr 509 InAMod3Ch1Format Unidades
de eng
260 CITripDelay 5.0 Segundos 389 UVARCWarnLevel 0.000 kVAr 510 InAMod3C1TmpUnit Graus C
261 CITripLevel 35 % 390 OVARCInhibitTime 10 Segundos 511 InAMod3C1FiltFrq 17 Hz
262 CIWarningLevel 20 % 391 OVARCTripDelay 1.0 Segundos 512 InAMod3C1OpCktSt Upscale
263 CTPrimary 5 392 OVARCTripLevel 0.000 kVAr 513 InAnMod3Ch1RTDEn 3 fios
264 CTSecondary 5 393 OVARCWarnLevel 0.000 kVAr 514 InAMod3C1TripDly 1.0 Segundos
265 UCInhibitTime 10 Segundos 394 UVARGInhibitTime 10 Segundos 515 InAMod3C1TripLvl 0
266 L1UCTripDelay 1.0 Segundos 395 UVARGTripDelay 1.0 Segundos 516 InAMod3C1WarnLvl 0
267 L1UCTripLevel 35 % 396 UVARGTripLevel 0.000 kVAr 517 InAnMod3Ch02Type Desabilitar
268 L1UCWarningLevel 40 % 397 UVARGWarnLevel 0.000 kVAr 518 InAMod3Ch2Format Unidades
de eng
269 L2UCTripDelay 1.0 Segundos 398 OVARGInhibitTime 10 Segundos 519 InAMod3C2TmpUnit Graus C
270 L2UCTripLevel 35 % 399 OVARGTripDelay 1.0 Segundos 520 InAMod3C2FiltFrq 17 Hz
271 L2UCWarningLevel 40 % 400 OVARGTripLevel 0.000 kVAr 521 InAMod3C2OpCktSt Upscale
272 L3UCTripDelay 1.0 Segundos 401 OVARGWarnLevel 0.000 kVAr 522 InAnMod3Ch2RTDEn 3 fios
273 L3UCTripLevel 35 % 402 UVAInhibitTime 10 Segundos 523 InAMod3C2TripDly 1.0 Segundos
274 L3UCWarningLevel 40 % 403 UVATripDelay 1.0 Segundos 524 InAMod3C2TripLvl 0
275 OCInhibitTime 10 Segundos 404 UVATripLevel 0.000 kVA 525 InAMod3C2WarnLvl 0
276 L1OCTripDelay 1.0 Segundos 405 UVAWarningLevel 0.000 kVA 526 OutAnMod3Type Desabilitar
% média
277 L1OCTripLevel 100 % 406 OVAInhibitTime 10 Segundos 527 OutAnMod3Select de FLA
278 L1OCWarningLevel 90 % 407 OVATripDelay 1.0 Segundos 528 OutAnMod3FltActn Zero
279 L2OCTripDelay 1.0 Segundos 408 OVATripLevel 0.000 kVA 529 OutAnMod3dlActn Zero
280 L2OCTripLevel 100 % 409 OVAWarningLevel 0.000 kVA 530 InAnMod4Ch00Type Desabilitar

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 155


Capítulo 6 Comandos

No. Nome do parâmetro Valor Unidades No. Nome do parâmetro Valor Unidades No. Nome do parâmetro Valor Unidades
Padrão Padrão Padrão
Unidades
281 L2OCWarningLevel 90 % 410 UPFLagInhibTime 10 Segundos 531 InAMod4Ch0Format de eng
282 L3OCTripDelay 1.0 Segundos 411 UPFLagTripDelay 1.0 Segundos 532 InAMod3C0TmpUnit Graus C
283 L3OCTripLevel 100 % 412 UPFLagTripLevel -90 % 533 InAMod4C0FiltFrq 17 Hz
284 L3OCWarningLevel 90 % 413 UPFLagWarnLevel -95 % 534 InAMod4C0OpCktSt Upscale
285 LineLossInhTime 10 Segundos 414 OPFLagInhibTime 10 Segundos 535 InAnMod4Ch0RTDEn 3 fios
286 L1LossTripDelay 1.0 Segundos 415 OPFLagTripDelay 1.0 Segundos 536 InAMod4C0TripDly 1.0 Segundos
287 L2LossTripDelay 1.0 Segundos 416 OPFLagTripLevel -95 % 537 InAMod4C0TripLvl 0
288 L3LossTripDelay 1.0 Segundos 417 OPFLagWarnLevel -90 % 538 InAMod4C0WarnLvl 0
291 Datalink0 0 418 UPFLeadInhibTime 10 Segundos 539 InAnMod4Ch01Type Desabilitar
292 Datalink1 0 419 UPFLeadTripDelay 1.0 Segundos 540 InAMod4Ch1Format Unidades
de eng
293 Datalink2 0 420 UPFLeadTripLevel 90 % 541 InAMod4C1TmpUnit Graus C
294 Datalink3 0 421 UPFLeadWarnLevel 95 % 542 InAMod4C1FiltFrq 17 Hz
295 Datalink4 0 422 OPFLeadInhibTime 10 Segundos 543 InAMod4C1OpCktSt Upscale
296 Datalink5 0 423 OPFLeadTripDelay 1.0 Segundos 544 InAnMod4Ch1RTDEn 3 fios
297 Datalink6 0 424 OPFLeadTripLevel 95 % 545 InAMod4C1TripDly 1.0 Segundos
298 Datalink7 0 425 OPFLeadWarnLevel 90 % 546 InAMod4C1TripLvl 0
426 DemandPeriod 15 Mín 547 InAMod4C1WarnLvl 0
427 NumberOfPeriods 1 548 InAnMod4Ch02Type Desabilitar
549 InAMod4Ch2Format Unidades
de eng
550 InAMod4C2TmpUnit Graus C
551 InAMod4C2FiltFrq 17 Hz
552 InAMod4C2OpCktSt Upscale
553 InAnMod4Ch2RTDEn 3 fios
554 InAMod4C2TripDly 1.0 Segundos
555 InAMod4C2TripLvl 0
556 InAMod4C2WarnLvl 0
557 OutAnMod4Type Desabilitar
% média
558 OutAnMod4Select de FLA
559 OutAnMod4FltActn Zero
560 OutAnMod4dlActn Zero
561 FnlFltValStDur Zero
562 OutPt00FnlFltVal Open
563 OutPt01FnlFltVal Open
564 OutPt02FnlFltVal Open
565 OutDig1FnlFltVal Open
566 OutDig2FnlFltVal Open
567 OutDig3FnlFltVal Open
568 OutDig4FnlFltVal Open
569 NetStrtComFltAct Valor Goto
570 NetStrtComFltVal Open
571 NetStrtComIdlAct Valor Goto
572 NetStrtComIdlVal Open
573 NetStrtFnlFltVal Open
574 VoltageScale V

156 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Comandos Capítulo 6

Comando de apagar Clear Command (Parâmetro 165) permite apagar registros de histórico, estatísticas
operacionais e dados de energia na memória não volátil do relé E300.

Tabla 28 – Funções do comando de apagar

No. do
Nome da função Nome do parâmetro Descrição
parâmetro
Apagar estatísticas Operating Time 28
define parâmetros relacionados a um valor de zero (0) quando o comando é emitido
operacionais Starts Counter 29
Trip History 0 127
Trip History 1 128
Trip History 2 129
Trip History 3 130
Apagar registros de Trip History 4 131
define parâmetros relacionados a um valor de zero (0) quando o comando é emitido
histórico Warning History 0 132
Warning History 1 133
Warning History 2 134
Warning History 3 135
Warning History 4 136
Apagar % TCU Thermal Capacity Utilized 1 define parâmetros relacionados a um valor de zero (0) quando o comando é emitido
kWh x 109 80
kWh x 106 81
Apagar kWh kWh x 103 82 define parâmetros relacionados a um valor de zero (0) quando o comando é emitido
kWh x 100 83
kWh x 10-3 84
kVArh Consumed x 109 85
kVArh Consumed x 106 86
kVArh Consumed x 103 87
kVArh Consumed x 100 88
kVArh Consumed x 10-3 89
kVArh Generated x 109 90
kVArh Generated x 106 91
Apagar kVArh kVArh Generated x 103 92 define parâmetros relacionados a um valor de zero (0) quando o comando é emitido
kVArh Generated x 100 93
kVArh Generated x 10-3 94
kVArh Net x 109 95
kVArh Net x 106 96
kVArh Net x 103 97
kVArh Net x 100 98
kVArh Net x 10-3 99
kVAh x 109 100
kVAh x 106 101
Apagar kVAh kVAh x 103 102 define parâmetros relacionados a um valor de zero (0) quando o comando é emitido
kVAh x 100 103
kVAh x 10-3 104
Apagar demanda máx. de define parâmetros relacionados a um valor zero (0) quando o comando apagar %TCU
Max kW Demand 106
kW é emitido
Apagar demanda máx. de define parâmetros relacionados a um valor zero (0) quando o comando apagar %TCU
Max kVAr Demand 108
kVAr é emitido
Apagar demanda máx. de define parâmetros relacionados a um valor zero (0) quando o comando apagar %TCU
Max kVA Demand 110
kVA é emitido

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 157


Capítulo 6 Comandos

No. do
Nome da função Nome do parâmetro Descrição
parâmetro
% Thermal Capacity Utilized 1
Operating Time 28
Starts Counter 29
kWh x 109 80
kWh x 106 81
kWh x 103 82
kWh x 100 83
kWh x 10-3 84
kVArh Consumed x 109 85
kVArh Consumed x 106 86
kVArh Consumed x 103 87
kVArh Consumed x 100 88
kVArh Consumed x 10-3 89
kVArh Generated x 109 90
kVArh Generated x 106 91
kVArh Generated x 103 92
kVArh Generated x 100 93
kVArh Generated x 10-3 94
kVArh Net x 109 95
kVArh Net x 106 96
Apagar todos kVArh Net x 103 97 define parâmetros relacionados a um valor de zero (0) quando o comando é emitido
kVArh Net x 100 98
kVArh Net x 10-3 99
kVAh x 109 100
kVAh x 106 101
kVAh x 103 102
kVAh x 100 103
kVAh x 10-3 104
Max kW Demand 106
Max kVAr Demand 108
Max kVA Demand 110
Trip History 0 127
Trip History 1 128
Trip History 2 129
Trip History 3 130
Trip History 4 131
Warning History 0 132
Warning History 1 133
Warning History 2 134
Warning History 3 135
Warning History 4 136

158 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Capítulo 7

Medição e diagnóstico

Este capítulo fornece informações detalhadas sobre as funções de medição e


diagnóstico que o relé de sobrecarga eletrônico E300™ gera. As funções de medição e
diagnóstico são organizadas em sete seções:
• Monitor de dispositivo
• Monitor de corrente
• Monitor de tensão
• Monitor de potência
• Monitor de energia
• Histórico de desarme/advertência
• Instantâneo do desarme

Monitor de dispositivo Os diagnósticos do monitor de dispositivo do relé E300 fornecem informações sobre o
status do dispositivo, como:
• Proteção de sobrecarga térmica
• Funções de proteção de desarme e advertência
• Entradas digitais e saídas do relé
• Estação do operador
• Opções de hardware
• Data e hora

Tabela 29 – Parâmetros do monitor de dispositivo

Nome do parâmetro No. do Descrição


parâmetro
• informa a porcentagem da capacidade térmica utilizada calculada do motor que está sendo
Percent Thermal Capacity Utilized monitorado
1
(%TCU) • quando a porcentagem de utilização da capacidade térmica é igual a 100%, o relé E300 emite um
desarme por sobrecarga
• Time to Trip indica o tempo estimado restante antes de ocorrer um desarme por sobrecarga quando a
corrente medida do motor excede a classificação de desarme do relé E300
Time to Trip 2 • quando a corrente medida está abaixo da classificação de desarme, o valor é informado como 9.999
segundos
• informa o tempo restante até o dispositivo poder ser reiniciado após um desarme por sobrecarga
• quando o valor de % TCU está abaixo de Overload Reset Level (Parâmetro 174), o valor de Overload
Time To Reset 3 Time to Reset indica zero até o desarme por sobrecarga ser reiniciado
• depois de o desarme por sobrecarga ser reiniciado, o valor é informado como 0 segundo
Current Trip Status 4 • informa o status das funções de desarme protetoras com base na corrente
Voltage Trip Status 5 • informa o status das funções protetoras de desarme com base na tensão
Power Trip Status 6 • informa o status das funções protetoras de desarme com base na tensão
Control Trip Status 7 • informa o status das funções protetoras de desarme com base em controle
Current Warning Status 10 • informa o status das funções de advertência protetoras com base na corrente
Voltage Warning Status 11 • informa o status das funções de advertência protetoras com base em controle
Power Warning Status 12 • informa o status das funções de advertência protetoras com base em controle
Control Warning Status 13 • informa o status das funções de advertência protetoras com base em controle
Input Status 0 16 • informa o estado das entradas digitais no módulo de controle do relé E300

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 159


Capítulo 7 Medição e diagnóstico

Nome do parâmetro No. do Descrição


parâmetro
Input Status 1 17 • informa o estado das entradas digitais nos módulos de expansão digital do relé E300
• informa o estado das saídas do relé no módulo de controle e nos módulos de expansão digital do relé
Output Status 18 E300
Operator Station Status 19 • informa o estado dos LEDs de saída e botões de entrada da estação do operador do relé E300
• informa o status geral do relé E300 e dos recursos de detecção que estão presentes
• Device Status 0 bit 14, “Ready”, é apagado sob as seguintes circunstâncias:
– Device Status 0 bit 0, “Trip Present”, está definido
Device Status 0 20 – O relé E300 não concluiu a inicialização de energização
– O processamento de dados em um conjunto de configuração está em andamento
– Uma função CopyCat está em andamento
– Um comando Padrões de fábrica foi solicitado e está em andamento.
• informa os recursos específicos dos módulos de controle e detecção do relé E300
Device Status 1 21 • informa quais módulos analógicos ou digitais de expansão estão presentes no barramento de expansão
do relé E300
Firmware Revision Number 22 • informa o número da versão do firmware do sistema de relé E300
Control Module ID 23 • identifica qual módulo de controle específico está presente no sistema de relé E300
Sensing Module ID 24 • identifica qual módulo de detecção específico está presente no sistema de relé E300
• identifica qual estação do operador específica está presente no barramento de expansão do sistema de
Operator Station ID 25 relé E300
• identifica quais módulos digitais de expansão específicos estão presentes no barramento de expansão
Expansion Digital Module ID 26 do sistema de relé E300
• identifica quais módulos analógicos de expansão específicos estão presentes no barramento de
Expansion Analog Module ID 27 expansão do sistema de relé E300
• representa o número de horas pelas quais um motor está funcionando
Operating Time 28 • você pode redefinir esse valor para zero usando Clear Command (Parâmetro 165) função Apagar
estatísticas operacionais
• representa o número de vezes que um motor foi iniciado
Starts Counter 29 • você pode redefinir esse valor para zero usando Clear Command (Parâmetro 165) função Apagar
estatísticas operacionais
• informa o número de partidas disponíveis atualmente com base nas configurações de partida
Starts Available 30 bloqueada e nos eventos de partida reais do motor
• informa o tempo restante até que uma nova partida possa ser emitida
Time to Start 31 • se o tempo em Time to Start tiver decorrido, esse parâmetro indicará zero até ocorrer o próximo
desarme por partida bloqueada
Year 32 • informa o ano no relógio em tempo real virtual do relé E300
Month 33 • informa o mês no relógio em tempo real virtual do relé E300
Day 34 • informa o dia no relógio em tempo real virtual do relé E300
Hour 35 • informa a hora no relógio em tempo real virtual do relé E300
Minute 36 • informa o minuto no relógio em tempo real virtual do relé E300
Second 37 • informa o segundo no relógio em tempo real virtual do relé E300
• informa o número do parâmetro que está causando o desarme por configuração no relé E300
Invalid Configuration Parameter 38 • consulte o Capítulo 3 para obter mais informações sobre uma falha de configuração
• informa o motivo do desarme por configuração no relé E300
Invalid Configuration Cause 39 • consulte o Capítulo 3 para obter mais informações sobre uma falha de configuração
• informa o módulo que está causando uma advertência ou um desarme por incompatibilidade no relé
Mismatch Status 40 E300
• consulte o Capítulo 3 para obter mais informações sobre uma falha de incompatibilidade

160 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Medição e diagnóstico Capítulo 7

Monitor de corrente Os diagnósticos do monitor de corrente do relé E300 fornecem informações sobre a
corrente consumida pelo relé E300 que está sendo monitorado e fornece diagnóstico
para um sistema de corrente trifásica, incluindo desequilíbrio e corrente de falta à terra.

Tabela 30 – Parâmetros do monitor de corrente

Nome do parâmetro No. do Descrição


parâmetro
• informa a corrente em ampères que está fluindo pelos bornes de alimentação L1 e T1 do módulo de
L1 Current 43 detecção do relé E300
• informa a corrente em ampères que está fluindo pelos bornes de alimentação L2 e T2 do módulo de
L2 Current 44 detecção do relé E300
• informa a corrente em ampères que está fluindo pelos bornes de alimentação L3 e T3 do módulo de
L3 Current 45 detecção do relé E300
• informa a corrente média da corrente monitorada
• Quando Single or Three Phase (Parâmetro 176) está definido como trifásico, a corrente média é
calculada da seguinte forma:
Average Current 46 – Corrente média = (Corrente L1 + Corrente L2 + Corrente L3)/3
• Quando Single or Three Phase (Parâmetro 176) está definido como monofásico, a corrente média é
calculada da seguinte forma:
– Corrente média = (Corrente L1 + Corrente L2)/2
• informa a corrente L1 em comparação aos Ampères de carga total programados em FLA
L1 Percent FLA 47 (Parâmetro 171) e FLA2 (Parâmetro 177)
– Porcentagem de FLA de L1 = Corrente de L1/Ampères de carga total
• informa a corrente L2 em comparação aos Ampères de carga total ativos programados em FLA
L2 Percent FLA 48 (Parâmetro 171) e FLA2 (Parâmetro 177)
– Porcentagem de FLA de L2 = Corrente de L2/Ampères de carga total
• informa a corrente L3 em comparação aos Ampères de carga total ativos programados em FLA
L3 Percent FLA 49 (Parâmetro 171) e FLA2 (Parâmetro 177)
– Porcentagem de FLA de L3 = Corrente de L3/Ampères de carga total
• informa a corrente média em comparação aos Ampères de carga total ativos programados em FLA
Average Percent FLA 50 (Parâmetro 171) e FLA2 (Parâmetro 177)
– Porcentagem média de FLA = Corrente média/Ampères de carga total
• informa a corrente de falta à terra medida pelo transformador de corrente de núcleo equilibrado
Ground Fault Current 51 interno no módulo de detecção do relé E300 ou pelo transformador de corrente de núcleo equilibrado
externo
• informa a porcentagem de consumo de corrente desigual no sistema de alimentação monitorado
• o desequilíbrio de corrente é definido pela seguinte equação
Current Imbalance 52 – Desequilíbrio de corrente = 100% * (Id/Ia)
onde Id = Desvio máximo da corrente de linha da Corrente média; Ia = Corrente média

Monitor de tensão O diagnóstico do monitor de tensão do relé E300 oferece informações sobre a tensão
que está sendo fornecida à carga. O diagnóstico de tensão inclui tensão trifásica,
desequilíbrio de fase, rotação de fase e frequência.

Tabela 31 – Parâmetros do monitor de tensão

Nome do parâmetro No. do Descrição


parâmetro
• informa a tensão em Volts em referência aos bornes de alimentação T1 e T2 do módulo de detecção do
L1-L2 Voltage 53 relé E300
• informa a tensão em Volts em referência aos bornes de alimentação T2 e T3 do módulo de detecção do
L2-L3 Voltage 54 relé E300
• informa a tensão em Volts em referência aos bornes de alimentação T3 e T1 do módulo de detecção do
L3-L1 Voltage 55 relé E300
• informa a tensão média das tensões L-L monitoradas
• quando Single or Three Phase (Parâmetro 176) está definido como trifásico, a tensão L-L média é
calculada da seguinte forma:
Average L-L Voltage 56 – Tensão L-L média = (Tensão L1-L2 + Tensão L2-L3 + Tensão L3-L1)/3
• Quando Single or Three Phase (Parâmetro 176) está definido como monofásico, a tensão L-L média é
calculada da seguinte forma:
– Tensão L-L média = (Tensão L1-L2 + Tensão L2-L3)/2
• informa a tensão em Volts em referência ao borne de alimentação T1 do módulo de detecção do relé
L1-N Voltage 57 E300

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 161


Capítulo 7 Medição e diagnóstico

Nome do parâmetro No. do Descrição


parâmetro
• informa a tensão em Volts em referência ao borne de alimentação T2 do módulo de detecção do relé
L2-N Voltage 58 E300
• informa a tensão em Volts em referência ao borne de alimentação T3 do módulo de detecção do relé
L3-N Voltage 59 E300
• informa a tensão média das tensões L-N monitoradas
• Quando Single or Three Phase (Parâmetro 176) está definido como trifásico, a tensão L-N média é
calculada da seguinte forma:
Average L-N Voltage 60 – Tensão L-N média = (Tensão L1-N + Tensão L2-N + Tensão L3-N)/3
• Quando Single or Three Phase (Parâmetro 176) está definido como monofásico, a tensão L-N média é
calculada da seguinte forma:
– Tensão L-N média = (Tensão L1-N + Tensão L2-N)/2
• informa a porcentagem de tensão desigual que está sendo fornecida pelo sistema de alimentação
monitorado
Voltage Imbalance 61 • o desequilíbrio de tensão é definido pela seguinte equação:
– Desequilíbrio de tensão = 100% * (Vd/Va); onde Vd = Desvio máximo da tensão L-L da tensão L-L
média, Va = Tensão L-L média
• informa a frequência da tensão em Hertz do sistema de alimentação monitorado do módulo de
Frequency 62 detecção do relé E300
• informa a rotação de fase de tensão como ABC ou ACB do sistema de alimentação monitorado do
Phase Rotation 63 módulo de detecção do relé E300.

Monitor de potência O diagnóstico do monitor de potência do relé E300 oferece informações sobre a
potência que está sendo fornecida à carga. O diagnóstico de potência inclui potência
ativa (kW), potência reativa (kVAr), potência aparente (kVA) e fator de potência.

Tabela 32 – Parâmetros do monitor de potência

Nome do parâmetro No. do Descrição


parâmetro
• permite que o relé E300 exiba os valores dos Parâmetros 64 a 75 como Kilowatts ou Megawatts
Power Scale 377 – geralmente usado para sistemas de alimentação com base em tensão alta e média
• informa a potência ativa da linha 1 em kW ou MW conforme o valor de configuração de Power Scale
(Parâmetro 377)
L1 Real Power 64 • quando Voltage Mode (Parâmetro 352) está definido com qualquer configuração de base Delta , a
potência ativa L1 é definida como 0
• informa a potência ativa da linha 2 em kW ou MW conforme o valor de configuração de Power Scale
(Parâmetro 377)
L2 Real Power 65 • quando Voltage Mode (Parâmetro 352) está definido com qualquer configuração de base Delta , a
potência ativa L2 é definida como 0
• informa a potência ativa da linha 3 em kW ou MW conforme o valor de configuração de Power Scale
(Parâmetro 377)
• quando Voltage Mode (Parâmetro 352) está definido com qualquer configuração de base Delta , a
L3 Real Power 66 potência ativa L3 é definida como 0
• quando Single or Three Phase (Parâmetro 176) está definido como monofásico, a potência ativa L3 é
definida como 0
• informa a potência ativa total dos condutores de potência monitorada em kW ou MW conforme o valor
de configuração de Power Scale (Parâmetro 377)
• quando Single or Three Phase (Parâmetro 176) está definido como trifásico, a potência ativa total é
calculada da seguinte forma:
Total Real Power 67 – potência ativa total = (potência ativa L1 + potência ativa L2 + potência ativa L3)
• quando Single or Three Phase (Parâmetro 176) está definido como monofásico, a potência ativa total é
calculada da seguinte forma:
– potência ativa total = (potência ativa L1 + potência ativa L2)
• informa a potência reativa da linha 1 em kVAr ou MVAr conforme o valor de configuração de Power
Scale (Parâmetro 377)
L1 Reactive Power 68 • quando Voltage Mode (Parâmetro 352) está definido com qualquer configuração de base Delta , a
Potência reativa L1 é definida como 0
• informa a potência reativa da linha 2 em kVAr ou MVAr conforme o valor de configuração de Power
Scale (Parâmetro 377)
L2 Reactive Power 69 • quando Voltage Mode (Parâmetro 352) está definido com qualquer configuração de base Delta , a
Potência reativa L2 é definida como 0

162 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Medição e diagnóstico Capítulo 7

Nome do parâmetro No. do Descrição


parâmetro
• informa a potência reativa da linha 3 em kVAr ou MVAr conforme o valor de configuração de Power
Scale (Parâmetro 377)
• quando Voltage Mode (Parâmetro 352) está definido com qualquer configuração de base Delta , a
L3 Reactive Power 70 Potência reativa L3 é definida como 0.
• quando Single or Three Phase (Parâmetro 176) está definido como monofásico, a Potência reativa L3 é
definida como 0
• informa a potência reativa total dos condutores de potência monitorada em kVAr ou MVAr conforme o
valor de configuração de Power Scale (Parâmetro 377)
• quando Single or Three Phase (Parâmetro 176) está definido como trifásico, a potência reativa total é
calculada da seguinte forma:
Total Reactive Power 71 – Potência reativa total = (Potência reativa L1 + Potência reativa L2 + Potência reativa L3)
• quando Single or Three Phase (Parâmetro 176) está definido como monofásico, a potência reativa total
é calculada da seguinte forma:
– Potência reativa total = (Potência reativa L1 + Potência reativa L2)
• informa a potência aparente da linha 1 em kVA ou MVA conforme o valor de configuração de Power
Scale (Parâmetro 377)
L1 Apparent Power 72 • quando Voltage Mode (Parâmetro 352) está definido com qualquer configuração de base Delta , a
Potência aparente L1 é definida como 0
• informa a potência aparente da linha 2 em kVA ou MVA conforme o valor de configuração de Power
Scale (Parâmetro 377)
L2 Apparent Power 73 • quando Voltage Mode (Parâmetro 352) está definido com qualquer configuração de base Delta , a
Potência aparente L2 é definida como 0
• informa a potência aparente da linha 3 em kVA ou MVA conforme o valor de configuração de Power
Scale (Parâmetro 377)
• quando Voltage Mode (Parâmetro 352) está definido com qualquer configuração de base Delta , a
L3 Apparent Power 74 Potência aparente L3 é definida como 0
• quando Single or Three Phase (Parâmetro 176) está definido como monofásico, a potência aparente L3
é definida como 0
• informa a potência aparente total dos condutores de potência monitorada em kVA ou MVA conforme o
valor de configuração de Power Scale (Parâmetro 377)
• quando Single or Three Phase (Parâmetro 176) está definido como trifásico, a potência aparente total é
calculada da seguinte forma:
Total Apparent Power 75 – Potência aparente total = (Potência aparente L1 + Potência aparente L2 + Potência aparente L3)
• quando Single or Three Phase (Parâmetro 176) está definido como monofásico, a potência aparente
total é calculada da seguinte forma:
– Potência aparente total = (Potência aparente L1 + Potência aparente L2)
• informa o fator de potência da linha 1 em porcentagem
L1 Power Factor 76 • quando Voltage Mode (Parâmetro 352) está definido com qualquer configuração de base Delta , o fator
de potência L1 é definido como 0
• informa o fator de potência da linha 2 em porcentagem
L2 Power Factor Power 77 • quando Voltage Mode (Parâmetro 352) está definido com qualquer configuração de base Delta , o fator
de potência L2 é definido como 0
• informa o fator de potência da linha 3 em porcentagem
• quando Voltage Mode (Parâmetro 352) está definido com qualquer configuração de base Delta , o fator
L3 Power Factor 78 de potência L3 é definido como 0
• quando Single or Three Phase (Parâmetro 176) está definido como monofásico, o fator de potência L3 é
definido como 0
• informa o fator de potência total dos condutores de potência monitorada em porcentagem
• quando Single or Three Phase (Parâmetro 176) está definido como trifásico, o fator de potência total é
calculado da seguinte forma:
Total Power Factor 79 • fator de potência total = (Fator de potência L1 + Fator de potência L2 + Fator de potência L3)/3
• quando Single or Three Phase (Parâmetro 176) está definido como monofásico, o fator de potência total
é calculado da seguinte forma:
– Fator de potência total = (Fator de potência L1 + Fator de potência L2)/2

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 163


Capítulo 7 Medição e diagnóstico

Monitor de energia O diagnóstico do monitor de energia do relé E300 oferece informações sobre a energia
elétrica que a carga está consumindo. O diagnóstico de energia inclui kWh, kVArh,
kVAh, demanda de kW, demanda de kVAr e demanda de kVA.

Tabela 33 – Parâmetros do monitor de potência

Nome do parâmetro No. do Descrição


parâmetro
• informa um componente de energia real total (kWh)
kWh 109 80 • multiplique esse valor por 109 e adicione aos outros parâmetros de kWh
– representa XXX,000.000.000,000 kWh
• informa um componente de energia real total (kWh)
kWh 106 81 • multiplique esse valor por 106 e adicione aos outros parâmetros de kWh
– representa 000.XXX.000.000,000 kWh
• informa um componente de energia real total (kWh)
kWh 103 82 • multiplique esse valor por 103 e adicione aos outros parâmetros de kWh
– representa 000.000.XXX.000,000 kWh
• informa um componente de energia real total (kWh)
kWh 100 83 • multiplique esse valor por 100 e adicione aos outros parâmetros de kWh
– representa 000.000.000.XXX,000 kWh
• informa um componente de energia real total (kWh)
kWh 10-3 84 • multiplique esse valor por 10-3 e adicione aos outros parâmetros de kWh
– representa 000.000.000.000. XXX kWh
• informa um componente de energia reativa total consumida (kVArh)
kVArh Consumed 109 85 • multiplique esse valor por 109 e adicione aos outros parâmetros de kVArh consumido
– representa XXX.000.000.000,000 kVArh
• informa um componente de energia reativa total consumida (kVArh)
kVArh Consumed 106 86 • multiplique esse valor por 106 e adicione aos outros parâmetros de kVArh consumido
– representa 000.XXX.000.000,000 kVArh
• informa um componente de energia reativa total consumida (kVArh)
kVArh Consumed 103 87 • multiplique esse valor por 103 e adicione aos outros parâmetros de kVArh consumido
– representa 000.000.XXX.000,000 kVArh
• informa um componente de energia reativa total consumida (kVArh)
kVArh Consumed 100 88 • multiplique esse valor por 100 e adicione aos outros parâmetros de kVArh consumido
– representa 000.000.000.XXX,000 kVArh
• informa um componente de energia reativa total consumida (kVArh)
kVArh Consumed 10-3 89 • multiplique esse valor por 10-3 e adicione aos outros parâmetros de kVArh consumido
– representa 000.000.000.000. XXX kVArh
• informa um componente de energia reativa total gerada (kVArh)
kVArh Generated 109 90 • multiplique esse valor por 109 e adicione aos outros parâmetros de kVArh gerado
– representa XXX.000.000.000,000 kVArh
• informa um componente de energia reativa total gerada (kVArh)
kVArh Generated 106 91 • multiplique esse valor por 106 e adicione aos outros parâmetros de kVArh gerado
– representa 000.XXX.000.000,000 kVArh
• informa um componente de energia reativa total gerada (kVArh)
kVArh Generated 103 92 • multiplique esse valor por 103 e adicione aos outros parâmetros de kVArh gerado
– representa 000.000.XXX.000,000 kVArh
• informa um componente de energia reativa total gerada (kVArh)
kVArh Generated 100 93 • multiplique esse valor por 100 e adicione aos outros parâmetros de kVArh gerado
– representa 000.000.000.XXX,000 kVArh
• informa um componente de energia reativa total gerada (kVArh)
kVArh Generated 10-3 94 • multiplique esse valor por 10-3 e adicione aos outros parâmetros de kVArh gerado
– representa 000.000.000.000. XXX kVArh
• informa um componente de energia reativa total líquida (kVArh)
kVArh Net 109 95 • multiplique esse valor por 109 e adicione aos outros parâmetros de kVArh líquido
– representa XXX.000.000.000,000 kVArh
• informa um componente de energia reativa total líquida (kVArh)
kVArh Net 106 96 • multiplique esse valor por 106 e adicione aos outros parâmetros de kVArh líquido
– representa 000.XXX.000.000,000 kVArh
• informa um componente de energia reativa total líquida (kVArh)
kVArh Net 103 97 • multiplique esse valor por 103 e adicione aos outros parâmetros de kVArh líquido
– representa 000.000.XXX.000,000 kVArh
• informa um componente de energia reativa total líquida (kVArh)
kVArh Net 100 98 • multiplique esse valor por 100 e adicione aos outros parâmetros de kVArh líquido
– representa 000.000.000.XXX,000 kVArh
• informa um componente de energia reativa total líquida (kVArh)
kVArh Net 10-3 99 • multiplique esse valor por 10-3 e adicione aos outros parâmetros de kVArh líquido
– representa 000.000.000.000. XXX kVArh

164 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Medição e diagnóstico Capítulo 7

Nome do parâmetro No. do Descrição


parâmetro
• informa um componente de energia aparente total (kVAh)
kVAh 109 100 • multiplique esse valor por 109 e adicione aos outros parâmetros de kVAh
– representa XXX.000.000.000,000 kVAh
• informa um componente de energia aparente total (kVAh)
kVAh 106 101 • multiplique esse valor por 106 e adicione aos outros parâmetros de kVAh
– representa 000.XXX.000.000,000 kVAh
• informa um componente de energia aparente total (kVAh)
kVAh 103 102 • multiplique esse valor por 103 e adicione aos outros parâmetros de kVAh
– representa 000.000.XXX.000,000 kVAh
• informa um componente de energia aparente total (kVAh)
kVAh 100 103 • multiplique esse valor por 100 e adicione aos outros parâmetros de kVAh
– representa 000.000.000.XXX,000 kVAh
• informa um componente de energia aparente total (kVAh)
kVAh 10-3 104 • multiplique esse valor por 10-3 e adicione aos outros parâmetros de kVAh
– representa 000.000.000.000. XXX kVAh
kW Demand 105 • informa o uso de energia real média em kW em um período definido
Max. kW Demand 106 • informa a demanda máxima de kW desde o último comando de Redefinição de demanda máx. de kW
kVAr Demand 107 • informa o uso de energia reativa média em kVAr em um período definido
Max kVAr Demand 108 • informa a demanda máxima de kVAr desde o último comando de Redefinição de demanda máx. de kVAr
kVA Demand 109 • informa o uso de energia reativa média em kVA em um período definido
Max kVA Demand 110 • informa a demanda máxima de kVA desde o último comando de Redefinição de demanda máx. de kVA

Monitor analógico O módulo de expansão de E/S analógica do relé E300 faz a varredura de até três sinais
analógicos por módulo. Essas informações podem ser usadas para monitorar as
seguintes aplicações analógicas:
• Enrolamento do motor e temperaturas do mancal que são medidas por sensores
RTD
• Fluxo de líquido, ar ou vapor
• Temperatura
• Peso
• Nível do vaso
• Potenciômetro
• Sensores termistores PTC ou NTC

Tabela 34 – Parâmetros do monitor analógico

Nome do parâmetro No. do Descrição


parâmetro
Analog Module 1 – Input Channel 00 111 • informa o valor monitorado do Módulo analógico 1 – Canal de entrada 00
Analog Module 1 – Input Channel 01 112 • informa o valor monitorado do Módulo analógico 1 – Canal de entrada 01
Analog Module 1 – Input Channel 02 113 • informa o valor monitorado do Módulo analógico 1 – Canal de entrada 02
Analog Module 1 Status 123 • informa o status do Módulo analógico 1
Analog Module 2 – Input Channel 00 114 • informa o valor monitorado do Módulo analógico 2 – Canal de entrada 00
Analog Module 2 – Input Channel 01 115 • informa o valor monitorado do Módulo analógico 2 – Canal de entrada 01
Analog Module 2 – Input Channel 02 116 • informa o valor monitorado do Módulo analógico 2 – Canal de entrada 02
Analog Module 2 Status 124 • informa o status do Módulo analógico 2
Analog Module 3 – Input Channel 00 117 • informa o valor monitorado do Módulo analógico 3 – Canal de entrada 00
Analog Module 3 – Input Channel 01 118 • informa o valor monitorado do Módulo analógico 3 – Canal de entrada 01
Analog Module 3 – Input Channel 02 119 • informa o valor monitorado do Módulo analógico 3 – Canal de entrada 02
Analog Module 3 Status 125 • informa o status do Módulo analógico 3
Analog Module 4 – Input Channel 00 120 • informa o valor monitorado do Módulo analógico 4 – Canal de entrada 00
Analog Module 4 – Input Channel 01 121 • informa o valor monitorado do Módulo analógico 4 – Canal de entrada 01
Analog Module 4 – Input Channel 02 122 • informa o valor monitorado do Módulo analógico 4 – Canal de entrada 02
Analog Module 4 Status 126 • informa o status do Módulo analógico 4

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 165


Capítulo 7 Medição e diagnóstico

Histórico de desarme/ O relé E300 oferece um histórico de desarme e advertência em que os últimos cinco
desarmes e as últimas cinco advertências são registradas na armazenagem não volátil.
advertência Uma máscara está disponível para limitar quais eventos de desarme e advertência são
registrados na memória do histórico.

Códigos de histórico de desarme


Quando o relé E300 emite um desarme, o motivo do desarme é registrado no histórico
de desarme. A Tabela 35 lista os códigos que estão disponíveis para os registros no
histórico de desarme.

Tabela 35 – Códigos de histórico de desarme

Trip History Code Descrição


0 Nenhuma condição de falha detectada
1 Condição de sobrecarga de corrente do motor
2 Foi detectada perda de corrente de fase em uma das fases do motor
3 O condutor de energia ou o enrolamento do motor está em curto com o terra
4 O motor não atingiu a velocidade máxima no final do parâmetro Stall Enable Time
5 A corrente do motor excedeu o nível de desarme de travamento programado
6 A corrente do motor ficou abaixo dos níveis operacionais normais
7 Detectado desequilíbrio de corrente fase a fase
A corrente L1 estava abaixo do nível de subcorrente L1 por mais tempo que o atraso
8 de desarme
A corrente L2 estava abaixo do nível de subcorrente L2 por mais tempo que o atraso
9 de desarme
A corrente L3 estava abaixo do nível de subcorrente L3 por mais tempo que o atraso
10 de desarme
A corrente L1 estava abaixo do nível de sobrecorrente L1 por mais tempo que o atraso
11 de desarme
A corrente L2 estava abaixo do nível de sobrecorrente L2 por mais tempo que o atraso
12 de desarme
A corrente L3 estava abaixo do nível de sobrecorrente L3 por mais tempo que o atraso
13 de desarme
14 Perda de corrente L1 por mais tempo que o atraso de desarme de perda L1
15 Perda de corrente L2 por mais tempo que o atraso de desarme de perda L2
16 Perda de corrente L3 por mais tempo que o atraso de desarme de perda L3
17 Condição de subtensão linha a linha detectada
18 Condição de sobretensão linha a linha detectada
19 Desequilíbrio de tensão fase a fase detectado
20 A unidade detecta que as fases de tensão de alimentação estão giradas
21 A frequência da tensão de linha está abaixo do nível de desarme
22 A frequência da tensão de linha excedeu o nível de desarme
25 O carregador de inicialização do módulo de detecção falhou ao carregar o firmware
26 Saída do módulo de detecção aberta
27 Módulo de detecção sem interrupções
28 Módulo de detecção não calibrado
29 Falha no tipo de frame do módulo de detecção
30 Falha na configuração do flash do módulo de detecção
31 O módulo de detecção detectou um erro de perda de dados
32 O módulo de detecção não está respondendo
33 A potência ativa (kW) total está abaixo do nível de desarme
34 A potência ativa (kW) total excedeu o nível de desarme
35 Condição de subpotência reativa (+kVAr) total consumida detectada
36 Condição de sobrepotência reativa (+kVAr) total consumida detectada
37 Condição de subpotência reativa (-kVAr) total gerada detectada

166 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Medição e diagnóstico Capítulo 7

Trip History Code Descrição


38 Condição de sobrepotência reativa (-kVAr) total gerada detectada
39 A potência aparente (VA ou kVA ou MVA) total está abaixo do nível de desarme
40 A potência aparente (VA ou kVA ou MVA) total excedeu o nível de desarme
41 Condição de fator de potência baixa (-PF) indutiva total detectada
42 Condição de fator de potência alta (-PF) indutiva total detectada
43 Condição de fator de potência baixa (+PF) capacitiva total detectada
44 Condição de fator de potência alta (+PF) capacitiva total detectada
Desarme de teste causado por manter o botão Test/Reset pressionado por dois
49 segundos
50 A entrada PTC indica que os enrolamentos do estator do motor sobreaqueceram
51 Foi gerado um desarme definido pelo DeviceLogix
52 O botão Stop da estação do operador foi pressionado
53 O comando desarme remoto foi detectado
54 O máximo de partidas por hora foi excedido
Falha de configuração de hardware. Verifique a presença de curtos no terminal de
55 entrada
58 Um desarme por tempo limite de realimentação do DeviceLogix foi detectado
59 Falha de inicialização do módulo de controle CAN0
60 Falha no barramento do módulo de controle CAN0
61 Falha de inicialização do módulo de controle CAN1
62 Falha no barramento do módulo de controle CAN1
63 Falha no módulo de controle ADC0
64 O módulo de controle detectou muitos erros de CRC
65 O canal de entrada 00 no módulo analógico 1 excede seu nível de desarme
66 O canal de entrada 01 no módulo analógico 1 excede seu nível de desarme
67 O canal de entrada 02 no módulo analógico 1 excede seu nível de desarme
68 O canal de entrada 00 no módulo analógico 2 excede seu nível de desarme
69 O canal de entrada 01 no módulo analógico 2 excede seu nível de desarme
70 O canal de entrada 02 no módulo analógico 2 excede seu nível de desarme
71 O canal de entrada 00 no módulo analógico 3 excede seu nível de desarme
72 O canal de entrada 01 no módulo analógico 3 excede seu nível de desarme
73 O canal de entrada 02 no módulo analógico 3 excede seu nível de desarme
74 O canal de entrada 00 no módulo analógico 4 excede seu nível de desarme
75 O canal de entrada 01 no módulo analógico 4 excede seu nível de desarme
76 O canal de entrada 02 no módulo analógico 4 excede seu nível de desarme
77 O chip NVS externo detectou um erro de tempo limite de comunicação
78 O chip NVS externo detectou um erro de CRC
79 O chip NVS externo detectou dados fora do intervalo
81 O módulo de expansão digital 1 não está funcionando corretamente
82 O módulo de expansão digital 2 não está funcionando corretamente
83 O módulo de expansão digital 3 não está funcionando corretamente
84 O módulo de expansão digital 4 não está funcionando corretamente
85 O módulo de expansão analógico 1 não está funcionando corretamente
86 O módulo de expansão analógico 2 não está funcionando corretamente
87 O módulo de expansão analógico 3 não está funcionando corretamente
88 O módulo de expansão analógico 4 não está funcionando corretamente
90 O módulo de controle instalado não corresponde ao tipo esperado
91 O módulo de detecção instalado não corresponde ao tipo esperado
92 O módulo de comunicações instalado não corresponde ao tipo esperado
93 A estação do operador instalada não corresponde ao tipo esperado
94 O módulo digital instalado não corresponde ao tipo esperado
95 O módulo analógico instalado não corresponde ao tipo esperado

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 167


Capítulo 7 Medição e diagnóstico

Trip History Code Descrição


96 O modo de teste está ativo e a corrente/tensão foi detectada
97 A memória heap não pode ser alocada
98 Falha na ID do hardware do fornecedor

Parâmetros do histórico de desarme


Tabela 36 – Parâmetros do histórico de desarme

Nome do parâmetro No. do Descrição


parâmetro
Trip History 0 127 • informa o evento de desarme mais recente
Trip History 1 128 • informa o segundo evento de desarme mais recente
Trip History 2 129 • informa o terceiro evento de desarme mais recente
Trip History 3 130 • informa o quarto evento de desarme mais recente
Trip History 4 131 • informa o quinto evento de desarme mais recente
Você pode decidir quais eventos de desarme são registrados no histórico de desarmes do relé E300 usando as
Trip History Mask Máscaras de histórico de desarme
• permite selecionar quais eventos de desarme por corrente são registrados no histórico de
Current Trip History Mask 139 desarmes
• permite selecionar quais eventos de desarme por tensão são registrados no histórico de
Voltage Trip History Mask 140 desarmes
• permite selecionar quais eventos de desarme por potência são registrados no histórico de
Power Trip History Mask 141 desarmes
• permite selecionar quais eventos de desarme por controle são registrados no histórico de
Control Trip History Mask 142 desarmes
• permite selecionar quais eventos de desarme analógicos são registrados no histórico de
Analog Trip History Mask 143 desarmes

Histórico de advertência
Quando o relé E300 emite uma advertência, o motivo da advertência é registrado no
histórico de advertência. A Tabela 37 lista os códigos que estão disponíveis para os
registros no histórico de advertência.

Tabela 37 – Códigos de histórico de advertência

Código do histórico de Descrição


advertências
0 Nenhuma condição de advertência foi detectada
1 Aproximando-se de uma condição de sobrecarga de corrente do motor
3 O condutor de energia ou o enrolamento do motor está em curto com o terra
5 A corrente do motor excedeu o nível de advertência de travamento programado
6 A corrente do motor ficou abaixo dos níveis operacionais normais
7 Detectado desequilíbrio de corrente fase a fase
8 A corrente L1 estava abaixo do nível de advertência de subcorrente L1
9 A corrente L2 estava abaixo do nível de advertência de subcorrente L2
10 A corrente L3 estava abaixo do nível de advertência de subcorrente L3
11 A corrente L1 estava acima do nível de advertência de sobrecorrente L1
12 A corrente L2 estava acima do nível de advertência de sobrecorrente L2
13 A corrente L3 estava acima do nível de advertência de sobrecorrente L3
14 Perda de corrente L1 por mais tempo que o atraso de desarme de perda L1
15 Perda de corrente L2 por mais tempo que o atraso de desarme de perda L2
16 Perda de corrente L3 por mais tempo que o atraso de desarme de perda L3
17 Condição de subtensão linha a linha detectada
18 Condição de sobretensão linha a linha detectada

168 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Medição e diagnóstico Capítulo 7

Código do histórico de Descrição


advertências
19 Desequilíbrio de tensão fase a fase detectado
20 A unidade detecta que as fases de tensão de alimentação estão giradas
21 A frequência da tensão de linha está abaixo do nível de advertência
22 A frequência da tensão de linha excedeu o nível de advertência
33 A potência ativa (kW) total está abaixo do nível de advertência
34 A potência ativa (kW) total excedeu o nível de advertência
35 Condição de subpotência reativa (+kVAr) total consumida detectada
36 Condição de sobrepotência reativa (+kVAr) total consumida detectada
37 Condição de subpotência reativa (-kVAr) total gerada detectada
38 Condição de sobrepotência reativa (-kVAr) total gerada detectada
39 A potência aparente (kVA) total está abaixo do nível de advertência
40 A potência aparente (kVA) total excedeu o nível de advertência
41 Condição de fator de potência baixa (-PF) indutiva total detectada
42 Condição de fator de potência alta (-PF) indutiva total detectada
43 Condição de fator de potência baixa (+PF) capacitiva total detectada
44 Condição de fator de potência alta (+PF) capacitiva total detectada
50 A entrada PTC indica que os enrolamentos do estator do motor sobreaqueceram
51 Foi gerada uma advertência definida pelo DeviceLogix
56 Config. de parâmetro inválida Consulte os parâmetros 38-39 para obter detalhes
58 Um desarme por tempo limite de realimentação do DeviceLogix foi detectado
60 O nível de advertência do número de partidos foi excedido
61 O nível de advertência de horas de operação foi excedido
65 O canal de entrada 00 no módulo analógico 1 excede o nível de advertência
66 O canal de entrada 01 no módulo analógico 1 excede o nível de advertência
67 O canal de entrada 02 no módulo analógico 1 excede o nível de advertência
68 O canal de entrada 00 no módulo analógico 2 excede o nível de advertência
69 O canal de entrada 01 no módulo analógico 2 excede o nível de advertência
70 O canal de entrada 02 no módulo analógico 2 excede o nível de advertência
71 O canal de entrada 00 no módulo analógico 3 excede o nível de advertência
72 O canal de entrada 01 no módulo analógico 3 excede o nível de advertência
73 O canal de entrada 02 no módulo analógico 3 excede o nível de advertência
74 O canal de entrada 00 no módulo analógico 4 excede o nível de advertência
75 O canal de entrada 01 no módulo analógico 4 excede o nível de advertência
76 O canal de entrada 02 no módulo analógico 4 excede o nível de advertência
81 O módulo de expansão digital 1 não está funcionando corretamente
82 O módulo de expansão digital 2 não está funcionando corretamente
83 O módulo de expansão digital 3 não está funcionando corretamente
84 O módulo de expansão digital 4 não está funcionando corretamente
85 O módulo de expansão analógico 1 não está funcionando corretamente
86 O módulo de expansão analógico 2 não está funcionando corretamente
87 O módulo de expansão analógico 3 não está funcionando corretamente
88 O módulo de expansão analógico 4 não está funcionando corretamente
90 O módulo de controle instalado não corresponde ao tipo esperado
91 O módulo de detecção instalado não corresponde ao tipo esperado
92 O módulo de comunicações instalado não corresponde ao tipo esperado
93 A estação do operador instalada não corresponde ao tipo esperado
94 O módulo digital instalado não corresponde ao tipo esperado
95 O módulo analógico instalado não corresponde ao tipo esperado
98 Uma condição de falha de hardware foi detectada

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 169


Capítulo 7 Medição e diagnóstico

Parâmetros do histórico de advertência


Tabela 38 – Parâmetros do histórico de advertência

Nome do parâmetro No. do Descrição


parâmetro
Warning History 0 133 • informa o evento de advertência mais recente
Warning History 1 134 • informa o segundo evento de advertência mais recente
Warning History 2 135 • informa o terceiro evento de advertência mais recente
Warning History 3 136 • informa o quarto evento de advertência mais recente
Warning History 4 137 • informa o quinto evento de advertência mais recente
Você pode decidir quais eventos de advertência são registrados no histórico de advertências do relé E300 usando as Máscaras
Warning History Mask de histórico de advertência
• permite selecionar quais eventos de advertência de corrente são registrados no histórico de
Current Warning History Mask 145 advertências
Voltage Warning History Mask 146 • permite selecionar quais eventos de advertência de tensão são registrados no histórico de advertências
• permite selecionar quais eventos de advertência de potência são registrados no histórico de
Power Warning History Mask 147 advertências
• permite selecionar quais eventos de advertência de controle são registrados no histórico de
Control Warning History Mask 148 advertências
• permite selecionar quais eventos de advertência de controle são registrados no histórico de
Analog Warning History Mask 149 advertências

Instantâneo do desarme O instantâneo do desarme preenche os sete parâmetros para oferecer informações sobre
o motivo do desarme. Essas informações estão disponíveis até que a unidade se
desarme/seja desarmada novamente, momento em que são sobrescritas. Essas
informações incluem um desarme de teste.

Tabela 39 – Parâmetros do instantâneo do desarme

Nome do parâmetro No. do Descrição


parâmetro
• informa a tensão em Volts em referência aos bornes de alimentação T1 e T2 do módulo de detecção do relé E300 no
Trip Snapshot L1-L2 Voltage 156 momento do evento de desarme mais recente
• informa a tensão em Volts em referência aos bornes de alimentação T2 e T3 do módulo de detecção do relé E300 no
Trip Snapshot L2-L3 Voltage 157 momento do evento de desarme mais recente
• informa a tensão em Volts em referência aos bornes de alimentação T3 e T1 do módulo de detecção do relé E300 no
Trip Snapshot L3-L1 Voltage 158 momento do evento de desarme mais recente
• informa a potência ativa total dos condutores de potência monitorada em kW no momento do evento de desarme mais
Trip Snapshot Total Real Power 159
recente
• informa a potência reativa total dos condutores de potência monitorada em kVAr no momento do evento de desarme
Trip Snapshot Total Reactive Power 160 mais recente
• informa a potência aparente total dos condutores de potência monitorada em kVA no momento do evento de desarme
Trip Snapshot Total Apparent Power 161 mais recente
• informa o fator de potência total dos condutores de potência monitorada em porcentagem no momento do evento de
Trip Snapshot Total Power Factor 162 desarme mais recente

170 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Capítulo 8

Funcionalidade DeviceLogix™

O relé de sobrecarga eletrônico E300™ com firmware v5.000 e superior é compatível


com a funcionalidade DeviceLogix, que é o dispositivo de lógica que reside no relé
E300. Você pode selecionar um dos programas DeviceLogix predefinidos (consulte
Modos de operação na página 55) integrados no relé E300 ou criar um programa
personalizado em bloco de funções ou lógica ladder. Você pode usar o Add-on Profile
do E300 no software Studio 5000 ou RSNetWorx™ para DeviceNet para programar o
dispositivo.

IMPORTANTE Um programa DeviceLogix apenas é executado se a lógica estiver habilitada, o


que pode ser feito com o Add-on Profile E300 no Studio 5000, RSNetWorx para
DeviceNet, software Connected Component Workbench ou o Terminal de
configuração DeviceNet (Código de catálogo 193-DNCT).

Cancelamentos do relé de Você pode usar a funcionalidade DeviceLogix para fornecer desempenho do relé de
saída específico sob condições específicas de comunicação ou de rede. Você pode usar
saída os seguintes parâmetros para permitir que um programa DeviceLogix cancele os
estados de configuração do relé de saída E300 controlados pelo Modo de falha de
comunicação e comunicação inativa (consulte Estados de configuração do relé de saída
na página 38).

Tabela 40 – Parâmetros de cancelamentos do relé de saída

Nome do parâmetro No. do Descrição


parâmetro
• define se a funcionalidade DeviceLogix controla ou não os relés de saída E300 quando há uma condição de falha de
comunicação (conexão de E/S ausente) ou comunicação inativa (o scanner de rede ou o controlador lógico programável
não está no modo de operação)
– Se a funcionalidade DeviceLogix estiver habilitada, mas o parâmetro Communication Fault & Idle Override estiver
desabilitado, a operação dos relés de saída E300 será controlada pelos parâmetros Communication Fault Mode e
Communication Idle Mode se ocorrer uma condição de falha de comunicação ou comunicação inativa.
– Se a funcionalidade DeviceLogix e o parâmetro Communication Fault & Idle Override estiverem habilitados, os relés de
Communication Fault & Idle 346 saída E300 serão controlados pelo programa DeviceLogix, independentemente dos parâmetros Communication Fault
Override Mode ou Communication Idle Mode.
– Se a funcionalidade DeviceLogix não estiver habilitada, os relés de saída E300 serão controlados pelos parâmetros
Communication Fault Mode ou Communication Idle Mode se ocorrer uma condição de falha de comunicação ou
comunicação inativa, independentemente da configuração de cancelamento do parâmetro Communication Fault &
Idle Override.
– Se a funcionalidade DeviceLogix passar de habilitada para desabilitada, os relés de saída E300 entrarão
imediatamente no Modo de falha de comunicação ou Modo de comunicação inativa.
• define se a funcionalidade DeviceLogix controla ou não os relés de saída E300 quando um endereço de nó duplicado é
detectado ou há uma condição de barramento de rede desativado
– Se a funcionalidade DeviceLogix estiver habilitada, mas o parâmetro Network Fault estiver desabilitado, a operação
dos relés de saída E300 será controlada pelos parâmetros Communication Fault Mode se ocorrer uma condição de
falha de rede.
– Se a funcionalidade DeviceLogix e o parâmetro Network Fault estiverem habilitados, os relés de saída E300 serão
Network Fault Override 347 controlados pelo programa DeviceLogix, independentemente do modo de falha de comunicação.
– Se a funcionalidade DeviceLogix não estiver habilitada, os relés de saída E300 serão controlados pelos parâmetros
Communication Fault Mode se ocorrer uma condição de falha de rede, independentemente da configuração do
parâmetro Network Fault Override.
– Se a funcionalidade DeviceLogix passar de habilitada para desabilitada, os relés de saída E300 entrarão
imediatamente no Modo de falha de comunicação adequado.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 171


Capítulo 8 Funcionalidade DeviceLogix™

Programação DeviceLogix A funcionalidade DeviceLogix tem muitas aplicações, e a implementação dela


acompanha a imaginação do programador. A aplicação da funcionalidade DeviceLogix
é projetada apenas para lidar com rotinas lógicas simples. Programe a funcionalidade
DeviceLogix usando operadores matemáticos booleanos simples (como AND, OR,
NOT), temporizadores, contadores e travas. A tomada de decisão é feita ao combinar
essas operações booleanas com qualquer E/S disponível. As entradas e saídas usadas
para fazer a interface com a lógica podem vir da rede ou das entradas digitais e relés de
saída E300. Há muitos motivos para usar a funcionalidade DeviceLogix, mas as mais
comuns estão listadas abaixo:
• Aumento da confiabilidade do sistema
• Melhoria no diagnóstico e localização de falhas reduzida
• Operação independente do CLP ou do status da rede
• Continue a executar o processo no caso de interrupções de rede
• As operações críticas podem ser encerradas com segurança por meio da lógica
local
Consulte a publicação RA-UM003 para obter mais informações sobre os recursos da
funcionalidade DeviceLogix e como usar o editor do programa DeviceLogix(1)

(1) Os programas DeviceLogix têm um limite máximo de 100 instruções.

172 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Capítulo 9

Comunicação EtherNet/IP

Este capítulo oferece as instruções necessárias para conectar o módulo de comunicação


EtherNet/IP do relé de sobrecarga eletrônico E300™ (Código de catálogo 193-ECM-
ETR) a uma rede Ethernet e configurá-lo para comunicar-se com um scanner
EtherNet/IP, como um controlador Logix Allen-Bradley.

Design de rede O módulo de comunicação EtherNet/IP do relé E300 tem portas Ethernet duplas que
funcionam como um switch Ethernet com portas RJ45 para conectar um cabo
Ethernet tipo CAT5. A Rockwell Automation oferece uma grande variedade de cabos
de conexão Ethernet Allen-Bradley com a linha de cabos Ethernet cód. cat. 1585
(http://ab.rockwellautomation.com/Connection-Devices/RJ45-Network-Media).
O módulo de comunicação EtherNet/IP do relé E300 aceita uma topologia de
Ethernet em estrela, linear e em anel. A Figura 79 mostra um exemplo de topologia de
Ethernet em estrela, em que os nós de Ethernet são conectados a um roteador, hub ou
switch Ethernet central.
Figura 79 – Topologia de Ethernet em estrela

A Rockwell Automation também oferece uma linha de switches Ethernet gerenciados e


não gerenciados Allen-Bradley com a linha de switches Ethernet Stratix. Consulte
http://ab.rockwellautomation.com/Networks-and-Communication/Ethernet-IP-
Infrastructure para obter mais informações.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 173


Capítulo 9 Comunicação EtherNet/IP

O módulo de comunicação EtherNet/IP do relé E300 também é compatível com uma


topologia de anel, em que todos os nós de Ethernet são conectados em série uns com os
outros até formar um anel de rede, como mostrado na Figura 80. O módulo de
comunicação EtherNet/IP do relé E300 é compatível com a topologia de anel de nível
de dispositivo (DLR) da Rockwell Automation como um dispositivo escravo, em que a
rede EtherNet/IP continua se comunicando se uma das cadeias da rede for
interrompida.
Figura 80 – Topologia de Ethernet em estrela

Para obter informações sobre conceitos básicos de Ethernet, incluindo os recursos a


seguir, consulte o Manual de referência de considerações de projeto Ethernet,
publicação ENET-RM002.
• Configuração de parâmetros de rede
• Endereçamento DNS
• Detecção de endereço IP duplicado

Configuração de endereço IP O módulo de comunicação EtherNet/IP do relé E300 vem com o DHCP habilitado.
Você pode configurar o endereço do protocolo de internet (IP) da rede usando:
• Os switches de seleção de endereço de nó EtherNet/IP
• Um servidor de protocolo Bootstrap (BOOTP)/protocolo de configuração
dinâmica de host (DHCP) (por exemplo, o utilitário de servidor BOOTP-
DHCP da Rockwell Automation, que vem com o software RSLinx Classic do
software da Rockwell)
• Um navegador da Web e software de scanner MAC

Switches de seleção de endereço de nó EtherNet/IP


O módulo de comunicação EtherNet/IP do relé E300 vem com três switches de
seleção de endereço de nó que permitem selecionar o último octeto do endereço
IP 192.168.1.xxx.

174 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Comunicação EtherNet/IP Capítulo 9

Figura 81 – Endereçamento de nó do relé E300


Informações da rede
- MAC ID
- Serial Number
- Revisão de firmware

Endereço do nó

Endereço do nó Função
001 – 254 Definir endereço IP como 192.168.1.xxx
255 – 887
Definir endereço IP via DHCP ou usar endereço IP estático
889 – 999
888 Redefinir para os padrões de fábrica
000 Modo de administração

EXAMPLO Quando o seletor esquerdo estiver definido como 1, o seletor médio como 2 e o
seletor direito como 3, o endereço IP resultante será: 192.168.1.123.

Quando os switches de seleção de endereço de nó estão configurados com um valor


maior que 255 (excluindo 888), o endereço IP é definido como DHCP habilitado ou
programado para um endereço de IP estático. Um ciclo de energia é necessário para que
qualquer alteração de seleção entre em vigor.

Atribuir parâmetros de rede com o utilitário BOOTP/DHCP


Por padrão, o módulo de comunicação EtherNet/IP do relé E300 é habilitado para
DHCP. O utilitário BOOTP/DHCP é um programa autônomo que está localizado
na pasta do servidor BOOTPDHCP que pode ser acessada no menu Start.

IMPORTANTE Antes de iniciar o utilitário BOOTP/DHCP, verifique se você tem o MAC ID do hardware
do módulo, que é impresso na parte da frente do módulo de comunicação EtherNet/
IP do relé E300. O MAC ID tem um formato semelhante a: 00-0b-db-14-55-35.

Esse utilitário reconhece os dispositivos habilitados para DHCP e oferece uma


interface para configurar um endereço IP estático para cada dispositivo. Para atribuir
parâmetros de rede com o utilitário BOOTP/DHCP, siga este procedimento:

1. Execute o software BOOTP/DHCP.


2. Selecione Tool > Network Settings.
3. Se apropriado para a rede, digite a máscara de sub-rede, o endereço do conversor
de protocolos, os endereços do servidor primário/secundário e o nome do
domínio nos respectivos campos.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 175


Capítulo 9 Comunicação EtherNet/IP

4. Clique em OK.
O painel Request History exibe os endereços de hardware de módulos emitindo
solicitações de BOOTP ou DHCP.
5. Clique duas vezes no endereço MAC do módulo que será configurado.
OBSERVAÇÃO: o endereço MAC está impresso embaixo da tampa deslizante
dianteira do módulo de comunicação EtherNet/IP do relé E300. O formato do
endereço do hardware é semelhante a: 00-0b-db-14-55-35

A janela New Entry é exibida com o Endereço Ethernet (MAC) do módulo.

6. Digite o endereço IP, o nome do host e uma descrição do módulo.


7. Clique em OK.
8. Desligue e ligue o módulo de comunicação EtherNet/IP do relé E300.
9. Para atribuir permanentemente essa configuração ao módulo: selecione o
módulo no painel Relation List e clique em Disable BOOTP/DHCP.
Depois de ligado e desligado, o módulo usa a configuração atribuída e não emite uma
solicitação de DHCP.
Se você não clicar em Disable BOOTP/DHCP, quando desligar e ligar, o módulo
apagará a configuração de IP atual e começará novamente a enviar solicitações de
DHCP.

176 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Comunicação EtherNet/IP Capítulo 9

Atribuir parâmetros de rede com um navegador da Web e Software


MAC Scanner
Se você não tiver acesso ao software utilitário DHCP, é possível atribuir parâmetros de
rede com um navegador da Web (por exemplo, Microsoft® Internet Explorer) e
software de scanner de Controle de acesso de mídia (MAC) (por exemplo, MAC
Scanner da Colasoft® – http://www.colasoft.com/). Siga estas etapas para configurar o
módulo usando esse método.

1. Localize e identifique o MAC ID impresso na etiqueta do módulo de


comunicação EtherNet/IP do relé E300. Esse endereço tem um formato
semelhante a: 00-0b-db-14-55-35
2. Conecte o módulo de comunicação EtherNet/IP do relé E300 à mesma rede de
área abrangente (WAN) do seu microcomputador.
3. Inicie o software de scanner MAC.
4. Selecione a sub-rede adequada para pesquisar endereços MAC disponíveis.

5. Pesquise todos os endereços MAC disponíveis na sub-rede.


.

6. Identifique o endereço IP atribuído ao MAC ID do módulo de comunicação


EtherNet/IP do relé E300. Esse endereço IP tem um formato semelhante a
192.168.0.100.

Servidor Web Como medida de segurança, o servidor Web integrado do módulo de comunicação
EtherNet/IP do relé E300 é desabilitado por padrão. Para habilitar temporariamente o
servidor Web ou torná-lo disponível permanentemente, é necessário entrar no modo de
administração. Para fazer isso, configure os seletores giratórios que estão localizados
por baixo da tampa dianteira do módulo de comunicação EtherNet/IP do relé E300
como 000 e desligue e ligue o módulo. O dispositivo é iniciado com o endereço IP
usado no momento da partida anterior.

Segurança do servidor Web e senha do sistema


O servidor Web do módulo de comunicação EtherNet/IP do relé E300 permite
visualizar qualquer informação de diagnóstico e parâmetro. Medidas de segurança estão
presentes no servidor Web para impedir que um usuário mal intencionado faça
alterações no sistema EtherNet/IP e edições nos parâmetros de configuração do E300.
Ao tentar fazer uma alteração no sistema EtherNet/IP ou editar um parâmetro de
configuração do E300, você deve inserir um nome de usuário e senha.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 177


Capítulo 9 Comunicação EtherNet/IP

Campo Revisão de firmware 1.003 e anterior Revisão de firmware 1.004 e superior


Padrão (distinção entre maiúsculas e Padrão (distinção entre maiúsculas e minúsculas)
minúsculas)
Nome do usuário Administrador Administrador
Senha <em branco> <número de série do módulo de comunicação EtherNet/IP>

O número de série do módulo pode ser encontrado na etiqueta do módulo de


comunicação EtherNet/IP.
Recomendamos a alteração da senha para o nome de usuário Administrator. Você
pode alterar a senha na página da Web de configuração de senha.

Redefinir a senha do sistema


Se você esquecer ou inserir uma senha incorreta para o nome de usuário
Administrator, é possível redefinir a senha para o valor padrão de fábrica colocando os
seletores giratórios do módulo de comunicação EtherNet/IP do E300 em 8-8-8 e
desligando e ligando o módulo. Isso redefine todas as configurações de comunicação
EtherNet/IP e parâmetros de configuração do E300 para os valores padrão de fábrica.

Habilitar permanentemente o servidor Web


No Modo Administrativo, você pode alterar qualquer parâmetro de configuração do
relé E300, inclusive habilitar permanentemente o servidor Web integrado, seguindo
estas etapas:

1. Entre no Modo Administrativo girando os seletores giratórios para 000 e


desligue e ligue o relé E300.
2. Acesse a página da Web.
3. Navegue até Administrative Settings -> Network Configuration.
4. Você precisa inserir um nome de usuário e senha. Insira “Administrator” como
nome de usuário e a senha correta.

178 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Comunicação EtherNet/IP Capítulo 9

5. Habilite o Controle de servidor Web e pressione Apply Changes.

Visualizar e configurar O servidor Web no módulo de comunicação EtherNet/IP do relé E300, quando
habilitado, pode visualizar e configurar parâmetros do relé E300. Você pode usar a
parâmetros com o servidor interface da Web para editar parâmetros do relé E300 se ele não estiver sendo
Web pesquisado por um scanner de EtherNet/IP.

Visualizar parâmetros
Siga as etapas abaixo para visualizar parâmetros usando a interface da Web do módulo
de comunicação EtherNet/IP do relé E300.

1. Usando um navegador da Web, abra a página do módulo de comunicação


EtherNet/IP do relé E300 digitando o endereço IP do URL.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 179


Capítulo 9 Comunicação EtherNet/IP

2. Navegue até a pasta Parameters e selecione um grupo de parâmetros. O exemplo


abaixo mostra as informações dos parâmetros Current Monitoring.

3. Para aumentar a taxa de atualização dos dados que estão sendo visualizados,
insira um tempo de atualização mais rápido na caixa de taxa de atualização
exibida abaixo:

4. A página da Web do módulo de comunicação EtherNet/IP do relé E300 exibe


até 17 parâmetros por página. Se existirem mais de 17 parâmetros em um grupo
de parâmetros, use as setas de navegação para exibir os outros parâmetros.

180 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Comunicação EtherNet/IP Capítulo 9

Editar parâmetros
Siga as etapas abaixo para editar parâmetros usando a interface da Web do módulo de
comunicação EtherNet/IP do relé E300.

1. Selecione um grupo de parâmetros que tenha parâmetros programáveis e clique


no botão Edit. As opções de valor são exibidas.

2. Clique na seta para baixo nas caixas de menu para ajustar valores fixos e/ou
inserir valores numéricos nos campos sem uma seta para ajustar os valores.

3. Clique em Apply assim que todas as edições de parâmetro forem concluídas. O


módulo de comunicação EtherNet/IP do relé E300 baixa os novos valores do
parâmetro no dispositivo.
4. Uma janela de confirmação é exibida. Pressione OK.

Observação: se você tentar editar um parâmetro de configuração quando houver uma


conexão EtherNet/IP Classe 1 entre um scanner EtherNet/IP e o módulo de
comunicação EtherNet/IP do relé E300, uma mensagem semelhante à exibida abaixo
aparecerá quando o botão Apply for pressionado.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 181


Capítulo 9 Comunicação EtherNet/IP

Fazer backup/restaurar parâmetros


Com um Módulo de controle E300 Série B e firmware v7.xxx instalado, você tem a
opção de fazer backup ou restaurar parâmetros de configuração do dispositivo com a
interface do servidor Web do E300. (Observação: o recurso de backup/restauração não
inclui parâmetros administrativos ou programação DeviceLogix). Para usar esse
recurso, siga estas etapas:

1. Navegue até o servidor Web do dispositivo E300 de destino e selecione a opção


Backup/Restore no menu à esquerda.

2. Para fazer backup da configuração de parâmetro atual do E300: selecione


Backup. O processo de backup é concluído em alguns segundos, e o servidor
Web solicita que você salve o arquivo de configuração *.JSON correspondente.

3. Para restaurar uma configuração de parâmetro anterior do E300: navegue até


um arquivo *.JSON de configuração de parâmetro válido do E300. Selecione
Restore. O processo de restauração é concluído em alguns segundos.

182 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Comunicação EtherNet/IP Capítulo 9

Integração com os O módulo de comunicação EtherNet/IP do relé E300 aceita dois tipos de comunicação
EtherNet/IP.
controladores Logix • Dados de E/S – Usado para controle determinístico de dados com
controladores Logix. Os tags de E/S são atribuídos automaticamente ao
configurar o relé E300 em um projeto do Logix. O relé E300 também aceita a
Configuração automática de dispositivo, em que o controlador Logix gerencia
os parâmetros de configuração do dispositivo.
• Instruções MSG (mensagem) – Usadas para dados não determinísticos que não
são essenciais para controle. Use instruções MSG para ler e gravar dados e ter
uma prioridade menor que os dados de E/S. Para obter instruções sobre
mensagens MSG, consulte o Manual de programação de mensagens de
controladores Logix 5000, 1756-PM012.

Configurar um relé E300 em um projeto do Logix


Use a aplicação Studio 5000 Logix Designer para configurar um relé E300 em um
projeto Logix. Baixe e instale o Add-on Profile. Baixe o firmware e os arquivos associa-
dos (como AOP, DTM e EDS) e acesse as notas de versão do produto no Product
Compatibility and Download Center em http://www.rockwellautomation.com/
rockwellautomation/support/pcdc.page

1. Fique on-line com o controlador.


2. Clique com o botão direito na árvore Ethernet e selecione Discover Modules ou
New Module.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 183


Capítulo 9 Comunicação EtherNet/IP

Opção Descrição
O módulo de descoberta identifica os dispositivos disponíveis na rede EtherNet/IP específica.
Módulos de 1. Selecione o relé E300 pré-configurado que está na rede EtherNet/IP
descoberta 2. Clique em Create
3. Carregue os dados de configuração
O novo módulo permite adicionar manualmente um relé E300 off-line a um projeto Logix.
1. Procure um relé E300
2. Clique em Create
Novo módulo 3. Insira um nome para o relé E300
4. Carregue os dados de configuração
5. Selecione o relé E300 pré-configurado que está na rede EtherNet/IP

Se o upload for concluído, uma tela será exibida indicando o sucesso do comando.
Pressione OK para continuar.

Se o upload não for concluído devido a erros de comunicação, uma tela será exibida
indicando que houve um erro de upload e o dispositivo usará as configurações padrão.
Clique em Ok para continuar. Identifique e solucione o erro de comunicação e
pressione Upload novamente, ou pressione Cancel para remover qualquer alteração de
definição do módulo.
Se o upload não for concluído devido a um desarme de configuração do E300, uma tela
será exibida indicando que o perfil está usando as configurações atuais. Clique em Ok
para continuar. Leia os parâmetros 38 e 39 do relé E300 para determinar o motivo do
desarme de configuração. Resolva o problema e pressione Upload novamente, ou
pressione Cancel para remover qualquer alteração de definição do módulo.

Acessar dados de E/S


Para acessar os dados fornecidos pelo módulo de comunicação EtherNet/IP do relé
E300, navegue pelos tags de entrada.

184 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Comunicação EtherNet/IP Capítulo 9

Para controlar os relés de saída ou emitir um comando de reset remoto para o relé E300,
navegue pelos tags de saída.

Email/Texto O módulo de comunicação EtherNet/IP do relé E300 pode enviar mensagens de email
e notificações de texto para diferentes eventos de desarme e advertência usando um
servidor de protocolo de transferência de correio eletrônico (SMTP).
O conteúdo do assunto e do corpo da mensagem de email é criado a partir do:
• Tipo de desarme ou advertência detectada
• Nome do dispositivo
• Descrição do dispositivo
• Localização do dispositivo
• Informações de contato

EXAMPLO Assunto do email:


O relé de sobrecarga E300 detectou uma falha

Corpo do email:
Status da falha:
Nome do dispositivo: Relé de sobrecarga E300
Descrição do dispositivo: Acionadores de partida do motor
Localização do dispositivo: Seção 6-U29
Informação de contato: Entre em contato com contactperson@thecontact.com

A primeira palavra no assunto do email é o nome do dispositivo. Se um nome de


dispositivo não estiver configurado, o atributo do nome do produto do objeto de
identidade será usado.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 185


Capítulo 9 Comunicação EtherNet/IP

Configuração de email
Para enviar um email, você deve configurar o endereço IP do servidor SMTP (Simple
Mail Transfer Protocol) e selecionar notificações. Siga estas etapas para configurar uma
notificação de email.

1. No navegador da Web, digite o endereço IP do URL do módulo de


comunicação EtherNet/IP do relé E300.

2. Selecione Administrative Settings > Device Identity

3. Insira as informações de Identidade do dispositivo nos campos conforme


descrito abaixo e pressione Apply.

Device Name O nome do relé E300.


Device Description A descrição do relé E300.
Device Location A localização do relé E300.
Contact Information As informações de contato do relé E300.

4. Selecione Administrative Settings > E-mail Configuration

5. Insira as informações nos campos de notificação por email como mencionado


abaixo. Vários endereços de email podem ser inseridos no campo E-mail
Recipient, separando cada endereço de email com ponto e vírgula (;). O campo
E-mail Recipient tem um limite de 255 caracteres.

186 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Comunicação EtherNet/IP Capítulo 9

E-mail Recipient O endereço de email da pessoa que recebe as notificações.


E-Mail Sender O endereço de email do qual a notificação foi enviada.
SMTP Server Consulte o administrador de rede para obter o endereço do servidor SMTP.
SMTP Username Consulte o administrador de rede para obter o nome do usuário do SMTP.
SMTP Password Consulte o administrador de rede para obter a senha do SMTP.
SMTP Port Consulte o administrador de rede para saber qual número de porta SMTP usar.
A porta 25 é a porta SMTP mais usada.

6. Verifique o tempo de notificação desejado, as condições de falha e as condições


locais que serão incluídos em emails de notificação para o destinatário. Esses
itens podem ser alterados após as configurações iniciais.

7. Clique em Apply para aceitar a configuração

8. Quando ocorre um evento do relé E300, a mensagem de email é semelhante à


seguinte:

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 187


Capítulo 9 Comunicação EtherNet/IP

Notificações de texto
O módulo de comunicação EtherNet/IP do relé E300 pode enviar uma mensagem de
texto para um telefone sem fio enviando por email o provedor de serviços do telefone
sem fio. O formato da mensagem de texto é fornecido pelo provedor de serviços e é
semelhante aos formatos de exemplo abaixo.
• AT&T™: número de telefone sem fio de 10 dígitos@txt.att.net
• Sprint®: número de telefone sem fio de 10 dígitos@messaging.sprint.pcs.com

Limitações
Conforme a funcionalidade do módulo de comunicação EtherNet/IP do relé E300, há
algumas limitações sobre quando os emails podem ser enviados.
• Se dois eventos ocorrerem ao mesmo tempo, um email será enviado apenas para
o erro mais importante.
• Se o dispositivo foi configurado para enviar um email para um evento com
menos prioridade e esse evento ocorrer ao mesmo tempo em que um com maior
prioridade, para o qual o dispositivo não foi configurado para enviar um email, o
email não será enviado para os dois eventos.
• O email Apagar é enviado apenas quando todos os eventos foram resolvidos e
um email de evento foi enviado anteriormente.

188 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Capítulo 10

Comunicação DeviceNet

Este capítulo oferece as instruções necessárias para conectar o módulo de comunicação


DeviceNet do relé de sobrecarga eletrônico E300 (Código de catálogo
193-ECM-DNT) a uma rede DeviceNet e configurá-lo para se comunicar com um nó
mestre do DeviceNet, como um módulo 1756-DNB Allen-Bradley®.
As recomendações a seguir têm por objetivo proporcionar uma partida e operação
tranquilas.
• Use a ferramenta de comissionamento de nó no RSNetWorx™ quando modificar
o endereço do nó do relé de sobrecarga E300.
• Verifique se você tem as informações de configuração mais atuais antes de salvar
um arquivo de configuração no RSNetWorx.
• Se você pretende usar a função de recuperação automática de dispositivos
(ADR) do scanner DeviceNet, verifique se a configuração do dispositivo está
correta antes de salvá-la na memória.
• O botão “Restore Device Defaults” no RSNetWorx redefine a configuração do
nó do relé de sobrecarga E300 para 63.

Comissionamento do nó Os relés de sobrecarga E300 vêm com uma configuração de endereço do nó de


hardware padrão (MAC ID) de 9-9 (endereço do nó 63), e a taxa de dados é definida
DeviceNet como Autobaud. Cada dispositivo em uma rede DeviceNet deve ter um endereço do
nó único, que pode ser configurado com um valor de 0 a 63. A maioria dos sistemas
DeviceNet usa o endereço 0 para o dispositivo mestre. Deixe o endereço do nó 63 vazio
para a introdução de novos dispositivos escravos. Você pode alterar o endereço do nó e
a taxa de dados dos relés de sobrecarga E300 usando o software ou configurando os
switches de hardware que estão na parte da frente de cada unidade. Embora ambos os
métodos tenham o mesmo resultado, é recomendado escolher um deles e usá-lo de
modo consistente em todo o sistema.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 189


Capítulo 10 Comunicação DeviceNet

Configuração dos switches de hardware


Figura 82 – Endereçamento do nó DeviceNet do relé de sobrecarga E300
Informações da rede
- Serial Number
- Versão do firmware

Endereço do nó

Endereço do nó Função Endereço do nó Função


00…63 Definir o endereço do nó como xx 88 Redefinir para os padrões de fábrica
64…76
O software define o endereço do nó 77 Modo de administração
78…98
Por exemplo, quando o seletor esquerdo estiver definido como 0 e o seletor direito
como 1, o endereço do nó DeviceNet resultante será: 01.
Para os valores do switch do endereço do nó no intervalo de 0 a 63, desligue e ligue o
relé de sobrecarga E300 para inicializar a nova configuração.

Uso do RSNetWorx™ para DeviceNet


Siga estas etapas adicionais para configurar o switch do endereço do nó no intervalo de
64 a 76 e 78 a 98. Para iniciar a configuração de um relé de sobrecarga E300 usando o
software, execute o software RSNetWorx e conclua o procedimento a seguir. Você deve
usar o RSNetWorx para DeviceNet revisão 27.00.00 ou superior.

Reconhecimento do relé de sobrecarga E300 online

1. Inicie o software RSNetWorx e selecione Online no menu suspenso Network.


2. Selecione a interface do computador pessoal DeviceNet apropriado e clique em
OK.

DICA Você deve configurar os drivers do DeviceNet E300 usando o RSLinx antes que eles
estejam disponíveis no RSNetWorx

3. Se o software RSNetWorx emitir uma notificação para carregar ou baixar


dispositivos antes de visualizar a configuração, clique em OK para carregá-los ou
baixá-los.
4. O RSNetWorx procura a rede e exibe todos os nós detectados nela. Para
algumas versões do software RSNetWorx, os arquivos EDS do relé de
sobrecarga E300 podem não estar incluídos. Nesse caso, o dispositivo é
identificado como “Unrecognized Device”.

190 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Comunicação DeviceNet Capítulo 10

Se a tela for exibida como mostrado abaixo, continue com a opção Criação e
registro de um arquivo EDS.

5. Se o software RSNetWorx reconhecer o dispositivo como um relé de sobrecarga


E300 (ou E3/E3 Plus no modo de emulação), avance para a próxima seção (Uso
da ferramenta de comissionamento de nó do RSNetWorx para DeviceNet).

Você também pode comissionar um nó usando o terminal de configuração do


DeviceNet, código de catálogo 193-DNCT.

Criação e registro de um arquivo EDS


OBSERVAÇÃO: se você está usando a funcionalidade DeviceLogix, é necessário
baixar o arquivo EDS em https://www.rockwellautomation.com/global/support/
networks/eds.page?
Siga estas etapas para criar e registrar o arquivo EDS.

1. Clique com o botão direito do mouse no ícone Unrecognized Device. O menu


Register Device é exibido.
2. Selecione Yes. O Assistente de EDS é exibido.
3. Selecione Next e, em seguida, Create an EDS File.
4. Selecione Next.
5. Selecione Upload EDS.
6. Selecione Next. A tela do Assistente de EDS é exibida:
7. (Opcional) Digite um valor nos campos Catalog e File Description Text e
selecione Next.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 191


Capítulo 10 Comunicação DeviceNet

8. Na tela input/output no Assistente de EDS, marque a caixa de seleção Polled e


insira o valor 8 para Input e 1 para Output.

9. Selecione Next. O RSNetWorx carrega o arquivo EDS do relé de sobrecarga


E300.
10. Selecione Next para exibir as opções de ícone do nó.
11. Selecione o ícone do relé de sobrecarga E300 e clique em Change Icon.
12. Pressione OK após selecionar o ícone desejado.
13. Selecione Next.
14. Selecione Next quando for solicitado a registrar este dispositivo.
15. Selecione Finish.
Após um curto período, o software RSNetWorx atualiza a tela online substituindo o
dispositivo não reconhecido pelo nome e ícone disponibilizados pelo arquivo EDS que
você registrou.

192 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Comunicação DeviceNet Capítulo 10

Uso da ferramenta de comissionamento de nó do RSNetWorx para


DeviceNet
1. Selecione Node Commissioning no menu suspenso Tools.
2. Selecione Browse.
3. Selecione o relé de sobrecarga E300 que está localizado no nó 01.

4. Selecione OK.

A tela Node Comissioning mostra as entradas das configurações do dispositivo


atual que foram concluídas. Essa tela também oferece a transmissão de rede
atual na área New E300 Overload Relay Settings. Não altere a configuração de
transmissão a não ser que você tenha certeza de que ela tenha de ser
modificada.
5. Digite o endereço do nó desejado na seção New Device Settings. Neste
exemplo, o novo endereço do nó é 01.

6. Selecione Apply.

Quando o novo endereço do nó é aplicado com sucesso, a seção Current Device


Settings da janela é atualizada. Se ocorrer um erro, verifique se o dispositivo está
ligado corretamente e conectado à rede DeviceNet.
7. Selecione Close para fechar a janela Node Commissioning.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 193


Capítulo 10 Comunicação DeviceNet

8. Selecione Single Pass Browse no menu suspenso Network para atualizar o


software RSNetWorx e verificar se o endereço do nó está configurado
corretamente.

Configurações de conjunto produzido e consumido


O formato do conjunto de entrada e saída do relé de sobrecarga E300 é identificado
pelo valor em Output Assembly, Parâmetro 289, e Input Assembly, Parâmetro 290.
Esses valores determinam a quantidade e a disposição das informações comunicadas ao
scanner mestre.

A seleção de conjuntos de entrada e saída (conjuntos produzidos e consumidos) define


o formato dos dados das mensagens de E/S que estão sendo trocadas entre o relé de
sobrecarga E300 e outros dispositivos na rede DeviceNet. As informações consumidas
são usadas para comandar o estado das saídas dos dispositivos escravos. As informações
produzidas geralmente contêm o estado das entradas e o status de falha atual do
dispositivo escravo.
Os conjuntos consumidos e produzidos padrão são mostrados da Tabela 41 a
Tabela 44. Para ver mais formatos, consulte o Apêndice C.

194 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Comunicação DeviceNet Capítulo 10

Tabela 41 – Instância do conjunto de entrada do DeviceNet 131

Instância 131 – Sobrecarga básica


Membro Tamanho Param
INT DINT 15 14 13 12 11 10 9 8 7 6 5 4 3 2 1 0
0 Device Status 0 0 16 20
0
1 Device Status 1 1 16 21
2 Input Status 0 2 16 16
1
3 Input Status 1 3 16 17
4 Output Status 4 16 18
2
5 OpStation Status 5 16 19
6 Reserved % Thermal Utilized 6 8 1
3
7 Average % FLA 7 16 50
8
4 Average Current 8 32 46
9

Tabela 42 – Atributos da instância do conjunto de entrada do DeviceNet 131

ID do Regra de Índice do
Nome Tipo de dados Valor
atributo acesso membro
1 Get — Number of Members in Member List UINT 10
Get — Member List Array of STRUCT —
Member Data Description UINT 16
Get 0 Member Path Size UINT 6
Member Path Packed EPATH 21 0F 00 25 14 00
Member Data Description UINT 16
Get 1 Member Path Size UINT 6
Member Path Packed EPATH 21 0F 00 25 15 00
Member Data Description UINT 16
Get 2 Member Path Size UINT 6
Member Path Packed EPATH 21 0F 00 25 10 00
Member Data Description UINT 16
Get 3 Member Path Size UINT 6
Member Path Packed EPATH 21 0F 00 25 11 00
Member Data Description UINT 16
Get 4 Member Path Size UINT 6
Member Path Packed EPATH 21 0F 00 25 12 00
Member Data Description UINT 16
Get 5 Member Path Size UINT 6
Member Path Packed EPATH 21 0F 00 25 13 00
Member Data Description UINT 8
Get 6 Member Path Size UINT 6
Member Path Packed EPATH 21 0F 00 25 01 00
Member Data Description UINT 8
Get 7 Member Path Size UINT 0
Member Path Packed EPATH —
Member Data Description UINT 16
Get 8 Member Path Size UINT 6
Member Path Packed EPATH 21 0F 00 25 32 00
Member Data Description UINT 32
Get 9 Member Path Size UINT 6
Member Path Packed EPATH 21 0F 00 25 2E 00
Consulte o formato de
3 Get — Dados UINT
dados acima
4 Get — Tamanho UINT 20
100 Get — Nome SHORT_STRING “Basic Overload”

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 195


Capítulo 10 Comunicação DeviceNet

Tabela 43 – Instância do conjunto de saída do DeviceNet 144

Instância 131 – Conjunto consumido padrão


Membro Tamanho Caminho
INT DINT 15 14 13 12 11 10 9 8 7 6 5 4 3 2 1 0
0 Output Status 0 0 16 Param 18
NetworkStart 1 X 1 — Simbólico
NetworkStart2 X 2 — Simbólico
TripReset X 3 — Simbólico
EmergencyStop X 4 — Simbólico
RemoteTrip X 5 — Simbólico
0 Reserved X X X 6 — —
1
X HMILED1Green 7 — Simbólico
X HMILED2Green 8 — Simbólico
X HMILED3Green 9 — Simbólico
X HMILED3Red 10 — Simbólico
X HMILED4Red 11 — Simbólico
X X X Reserved 12 — —
2 PtDeviceIns 13 Simbólico
1 16
3 AnDeviceIns 14 Simbólico

196 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Comunicação DeviceNet Capítulo 10

Tabela 44 – Atributos da instância do conjunto de saída do DeviceNet 144

ID do Regra de Índice do
Nome Tipo de dados Valor
atributo acesso membro
1 Get — Number of Members in Member List UINT 15
Get — Member List Array of STRUCT —
Member Data Description UINT 16
Get 0 Member Path Size UINT 6
Member Path Packed EPATH 20 0F 00 25 12 00
Member Data Description UINT 1
Get 1 Member Path Size UINT 14
Member Path Packed EPATH 6DH & “NetworkStart1”
Member Data Description UINT 1
Get 2 Member Path Size UINT 14
Member Path Packed EPATH 6DH & “NetworkStart2”
Member Data Description UINT 1
Get 3 Member Path Size UINT 10
Member Path Packed EPATH 69H & “TripReset”
Member Data Description UINT 1
Get 4 Member Path Size UINT 14
Member Path Packed EPATH 6DH & “EmergencyStop”
Member Data Description UINT 1
Get 5 Member Path Size UINT 11
Member Path Packed EPATH 6AH & “RemoteTrip”
Member Data Description UINT 3
Get 6 Member Path Size UINT 0
Member Path Packed EPATH —
Member Data Description UINT 1
Get 7 Member Path Size UINT 13
Member Path Packed EPATH 6CH & “HMILED1Green”
Member Data Description UINT 1
Get 8 Member Path Size UINT 13
Member Path Packed EPATH 6CH & “HMILED2Green”
Member Data Description UINT 1
Get 9 Member Path Size UINT 13
Member Path Packed EPATH 6CH & “HMILED3Green”
Member Data Description UINT 1
Get 10 Member Path Size UINT 11
Member Path Packed EPATH 6AH & “HMILED3Red”
Member Data Description UINT 1
Get 11 Member Path Size UINT 11
Member Path Packed EPATH 6AH & “HMILED4Red”
Member Data Description UINT 3
Get 12 Member Path Size UINT 0
Member Path Packed EPATH —
Member Data Description UINT 16
Get 13 Member Path Size UINT 12
Member Path Packed EPATH 6BH & “PtDeviceIns”
Member Data Description UINT 16
Get 14 Member Path Size UINT 12
Member Path Packed EPATH 6BH & “AnDeviceIns”
Consulte o formato de
3 Get — Dados UINT
dados acima
4 Get — Tamanho UINT 8
100 Get — Nome SHORT_STRING “E300 Consumed”

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 197


Capítulo 10 Comunicação DeviceNet

Escolha o tamanho e o formato dos dados de E/S que estão sendo trocados pelo relé de
saída E300 selecionando os números de instância do conjunto de entrada e saída. Cada
conjunto tem um tamanho determinado (em bytes). Esse número de instância é escrito
nos parâmetros Input Assembly e Output Assembly. As diferentes instâncias/formatos
permitem flexibilidade de programação do usuário e otimização da rede.

Mapeamento do scanner na Lista de varredura


O recurso Automap disponibilizado em todos os scanners da Rockwell Automation
mapeia automaticamente as informações. Se você não está usando os conjuntos de E/S
padrão, é necessário alterar os valores na lista de varredura.
Para alterar os valores, clique com o botão direito do mouse no dispositivo E300 e
selecione Properties. Assim que a janela de configuração abrir, navegue até a guia I/O
Data para ver a configuração atual do dispositivo.

Comissionamento das Esta seção descreve o uso do RSNetWorx para DeviceNet para configurar as funções do
relé de sobrecarga E300. O produto agora deve ser configurado e comunicado à rede
funções de proteção DeviceNet. A última etapa é programar os parâmetros de configuração de sobrecarga
171 a 177 de acordo com os requisitos da aplicação desejada. Você pode fazer isso
usando um software como o RSNetWorx para DeviceNet, outra ferramenta portátil do
DeviceNet ou a Estação de diagnóstico E300.

1. Com o software RSNetWorx para DeviceNet, clique com o botão direito do


mouse no dispositivo E300 e selecione Properties. Navegue até a guia
Parameters para ver a configuração atual do dispositivo. Você pode ver os
parâmetros como uma lista linear ou agrupados de acordo com as respectivas
funções.

198 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Comunicação DeviceNet Capítulo 10

Você pode alterar os parâmetros editáveis selecionando-os e alterando o valor


necessário, de acordo com a aplicação de sobrecarga do motor.
2. Depois de programar todos os parâmetros necessários, use o botão de seleção
adequado para baixar a configuração no dispositivo E300. Consulte a página 11
para obter informações sobre a planilha de parâmetros completa que está
anexada a este PDF, que contém uma descrição de cada parâmetro programável
e sua função pretendida.

Interface DeviceLogix no A interface do DeviceLogix pode ser acessada no RSNetWorx. Clique com o botão
direito do mouse no dispositivo E300 de destino e selecione Properties. Navegue até a
RSNetWorx para DeviceNet guia DeviceLogix para começar a usar o DeviceLogix. Para obter mais detalhes
específicos do DeviceLogix, consulte Funcionalidade DeviceLogix™ na página 171.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 199


Capítulo 10 Comunicação DeviceNet

Modo de emulação de sobrecarga E3/E3 Plus


O relé de sobrecarga E300 usado com o módulo de controle Série B é compatível com
um modo de emulação do relé de sobrecarga E3 Plus™ quando anexado a um módulo
de comunicação DeviceNet. Esse módulo permite reutilizar os parâmetros de
configuração do relé de sobrecarga E3 ao usar ferramentas de configuração como o
ADR, o terminal de configuração DeviceNet (193-DNCT) e o RSNetWorx para
DeviceNet.
Para configurar o relé de sobrecarga E300 para operar no modo de emulação E3 Plus,
usando o RSNetWorx para DeviceNet, siga estas etapas:

1. Clique com o botão direito do mouse no dispositivo E300 de destino e


selecione Properties. Navegue até a guia Parameters para ver a configuração
atual do dispositivo.
2. Selecione o parâmetro 300 para habilitar o modo de emulação.

3. Selecione o dispositivo E3/E3 Plus correto para a aplicação de destino. A


seleção do dispositivo E3/E3 Plus deve ser compatível com o hardware de
destino que está instalado ou ocorrerá um erro de configuração (por exemplo,
um relé de sobrecarga E3/E3 Plus de 1 a 5 A não pode ser selecionado com um
módulo de detecção de 60 A instalado).

4. Exclua o componente E300, adicione o respectivo dispositivo E3/E3 Plus à rede


DeviceNet correspondente e o configure.

Um navegador de passagem única da rede DeviceNet também detecta o


dispositivo E3/E3 Plus emulado.
5. O parâmetro do relé de sobrecarga E300 definido agora é reduzido
consideravelmente e é configurável como o dispositivo E3/E3 Plus selecionado
(o exemplo mostrado é o E3 Plus, 9 a 45 A).

200 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Comunicação DeviceNet Capítulo 10

Para reverter ao dispositivo E300 nativo, observe que o parâmetro do modo de


emulação como um dispositivo E3/E3 Plus é o parâmetro 303. Navegue até esse
parâmetro e selecione “disable” para retornar à funcionalidade do E300. Siga as etapas
4 e 5 para atualizar a rede DeviceNet correspondente.
Você também pode usar a Estação de diagnóstico E300 para modificar os parâmetros
mencionados nesta seção. Assim que o modo de emulação E3/E3 Plus for ativado, ele
será refletido na Estação de diagnóstico. Nesse modo, você não pode modificar o
conjunto de parâmetros completo. Isso pode ser feito usando a interface do DeviceNet
adequada, como o RSNetWorx para DeviceNet.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 201


Capítulo 10 Comunicação DeviceNet

Observações:

202 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Capítulo 11

Firmware e arquivos EDS

Este capítulo oferece informações detalhadas sobre a compatibilidade do firmware


entre os vários módulos do relé de sobrecarga eletrônico E300™ e fornece instruções
sobre como atualizar o firmware de um módulo de relé E300.

Compatibilidade do firmware Os módulos de detecção, controle e comunicação de um relé E300 têm o próprio
hardware para a funcionalidade do módulo e dos subsistemas correspondentes. Você
pode atualizar cada módulo e os subsistemas associados ao usar o utilitário
ControlFLASH, que é o mesmo usado para baixar o firmware em um controlador
Logix. Os kits do ControlFLASH para os sistemas de firmware E300 revisões v1.085,
v2.085, v3.083, v4.083 e v5.082 usam um comando para atualizar todos os módulos de
relé E300 para a versão específica do sistema. Consulte o Centro de Downloads e
Compatibilidade de Produtos para encontrar a versão do firmware mais atual.

Atualização do firmware Baixe o firmware e os arquivos associados (como AOP, EDS e DTM) e acesse as notas
de versão do produto no Centro de Downloads e Compatibilidade de Produtos em
http://www.rockwellautomation.com/rockwellautomation/support/pcdc.page.
Depois de baixar e instalar o firmware, execute o aplicativo ControlFLASH
selecionando ControlFLASH no menu Start.

Instalação do arquivo EDS Antes de o módulo de comunicação EtherNet/IP do relé E300 ser configurado para se
comunicar em uma rede EtherNet/IP, é preciso registrá-lo no software que configura a
(Folha de dados eletrônica) rede (por exemplo, o software RSNetWorx para EtherNet/IP e o RSLinx Classic da
Rockwell Automation). Registre o módulo instalando um arquivo EDS. Você precisa
do arquivo EDS para o módulo de comunicação EtherNet/IP e o módulo de
comunicação DeviceNet do relé E300. Você pode obter os arquivos EDS em dois
locais:
• Integrado no módulo
• No site de download do arquivo EDS da Allen-Bradley.

Download do arquivo EDS

Integrado no módulo
O arquivo EDS para o módulo de comunicação EtherNet/IP do relé E300 vem
integrado no módulo. Com o RSLinx Classic, você pode instalar o arquivo EDS do
módulo de comunicação Ethernet/IP do relé E300 na tela do RSLinx Classic RSWho
seguindo estas etapas:

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 203


Capítulo 11 Firmware e arquivos EDS

1. Abra o RSLinx Classic e procure a rede EtherNet/IP que tem o relé E300. Ela é
identificada com um ponto de interrogação amarelo. Clique com o botão
direito do mouse no dispositivo não reconhecido e selecione “Upload EDS File
from Device”.

No site de download do arquivo EDS


O arquivo EDS para o módulo de comunicação EtherNet/IP do relé E300 também
pode ser baixado no site de download do arquivo EDS da Allen-Bradley. Com um
navegador da Web no microcomputador conectado à Internet, é possível baixar o
arquivo EDS seguindo estas etapas:

1. Digite http://www.rockwellautomation.com/rockwellautomation/support/
networks/eds.page? na linha de endereço do navegador da Web.
2. Selecione EtherNet/IP como o tipo de rede, insira 193 no Código de catálogo e
clique em Search.

3. Localize o arquivo EDS para o módulo de comunicação EtherNet/IP do relé


E300 e baixe-o no microcomputador.

204 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Firmware e arquivos EDS Capítulo 11

Instalação do arquivo EDS


1. Inicie a Ferramenta de instalação de hardware EDS em Start > Programs >
Rockwell Software > RSLinx Tools e adicione um novo dispositivo

2. Com o Assistente de EDS, instale o arquivo EDS baixado do módulo de


comunicação EtherNet/IP do relé E300.

3. Quando concluído, o RSLinx Classic reconhece o módulo de comunicação


EtherNet/IP do relé E300 recém-registrado.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 205


Capítulo 11 Firmware e arquivos EDS

Observações:

206 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Capítulo 12

Localização de falhas

Este capítulo ajuda a localizar falhas no relé de sobrecarga eletrônico E300™ usando os
LEDS indicadores e parâmetros de diagnóstico.

ATENÇÃO: A manutenção de equipamentos industriais energizados pode ser


perigosa. Choque elétrico, queimaduras ou atuação não intencional de
equipamentos industriais controlados podem causar lesões graves ou morte.
Para a segurança do pessoal de manutenção e outros que possam estar
expostos a riscos elétricos associados às atividades de manutenção, siga todas
as práticas locais de trabalho relacionadas à segurança (como NFPA 70E, Parte
II, Segurança elétrica para os locais de trabalho dos funcionários, nos Estados
Unidos) ao trabalhar com equipamentos energizados ou próximo a eles. O
pessoal de manutenção deve ser treinado em práticas de segurança,
procedimentos e requisitos que pertencem às atribuições relacionadas ao
trabalho. Não trabalhe sozinho em equipamentos energizados.

ATENÇÃO: Não tente anular ou cancelar circuitos com falha. A causa de uma
indicação de falha deve ser determinada e corrigida antes de tentar a operação.
A não correção de um sistema de controle ou de um mau funcionamento
mecânico pode resultar em ferimentos pessoais e/ou danos ao equipamento
devido à operação não controlada do sistema da máquina.

Indicadores de status Todos os módulos de comunicação e a estação do operador do relé E300 têm dois
indicadores de status de diagnóstico: LED de alimentação e LED de desarme/
advertência. Você pode usar esses indicadores de status de diagnóstico para ajudar a
identificar o estado do relé E300 e o motivo do evento de desarme ou advertência.

Alimentação
O LED de alimentação do relé E300 identifica o estado do sistema do relé E300.

Tabela 45 – LED de alimentação para os módulos de comunicação EtherNet/IP e DeviceNet

Verde piscando Dispositivo pronto/Modo pronto


Verde sólido Dispositivo ativo (Corrente detectada)/Modo de operação
Vermelho sólido Erro no dispositivo
Vermelho piscando(1) Erro de comunicação
Verde/vermelho piscando(1) CopyCat funcionando
(1) Disponível na estação do operador.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 207


Capítulo 12 Localização de falhas

Status do módulo (MS)


A Tabela 46 explica os estados do LED de status do módulo (MS) do módulo de
comunicação EtherNet/IP E300.

Tabela 46 – Localização de falhas de status do módulo de comunicação EtherNet/IP

Cor do LED State Causa possível Ação corretiva


O módulo de comunicação EtherNet/IP E300 não Verificar a conexão da alimentação de controle nos terminais A1 e A2 do módulo
Nenhum — está recebendo energia. de controle E300.
Verde, vermelho, Piscando Normal Sequência de energização normal.
não iluminado (uma vez)
O módulo de comunicação EtherNet/IP E300 não
Verde Piscando Verificar se a lista de varredura de Ethernet apresenta a configuração correta.
está sendo pesquisado pela Ethernet/IP mestre.
Estado de operação normal, o módulo de
Verde Sólido comunicação EtherNet/IP E300 está alocado ao Nenhuma ação é necessária.
mestre correspondente.
O tempo de uma ou mais conexões EtherNet/IP Reiniciar o módulo de comunicação EtherNet/IP E300.
esgotou.
Vermelho Piscando
O relé de sobrecarga E300 está em um estado de Reiniciar o módulo de comunicação EtherNet/IP E300 ou verificar a validade dos dados no
falha. conjunto de configuração.
Falha no teste de diagnóstico durante a
Vermelho Sólido Desligar e ligar o dispositivo. Se a falha persistir, substitua o dispositivo.
energização/reinicialização.
A Tabela 47 explica os estados do LED de status do módulo (MS) do módulo de
comunicação DeviceNet E300.

Tabela 47 – Localização de falhas de status do módulo de comunicação DeviceNet

Cor do LED State Causa possível Ação corretiva


O módulo de comunicação DeviceNet E300 não Verificar a alimentação de controle DeviceNet nos terminais A1 e A2 do módulo de controle
Nenhum — está recebendo energia. E300.
Verde, vermelho, Piscando Normal Sequência de energização normal.
não iluminado (uma vez)
O módulo E300 está no Modo programa/inativo, em que não existem conexões de E/S ou
Verde Piscando Normal (Modo programa/inativo) existe uma conexão de E/S mas não no modo de operação.
O módulo E300 está no Modo de operação, em que conexões de E/S estão no estado de
Verde Sólido Normal (Modo de operação) operação.
Vermelho Piscando Estado de falha recuperável O módulo E300 foi configurado incorretamente e resulta em uma condição de falha.
O módulo E300 ficou inoperável devido a um defeito e/ou componente intermitente
dentro da unidade. Na maioria dos casos, a ativação do botão Trip/Reset não remove essa
condição de falha, e a única forma de se recuperar dela é substituir o módulo E300 ou
Vermelho Sólido Estado de falha irrecuperável. identificar/substituir os componentes com falha. Em alguns casos, pressionar o botão
Trip/Reset pode resolver essa condição de falha. Nesse caso, provavelmente a causa da
falha é ambiental, portanto não é necessário substituir o componente.

208 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Localização de falhas Capítulo 12

Status de rede (NS)


A Tabela 48 identifica as possíveis causas e as ações corretivas ao localizar falhas no
módulo de comunicação EtherNet/IP do relé E300.

Tabela 48 – Localização de falhas de status de rede do módulo de comunicação EtherNet/IP

LED de status Cor State Causa possível Ação corretiva


O módulo de comunicação EtherNet/IP E300 não está Verificar se a tensão de controle é adequada entre os
Nenhum — recebendo energia. terminais A1 e A2 no módulo de controle E300.
Verde, vermelho, Piscando Normal Sequência de energização normal.
não iluminado (uma vez)
O módulo de comunicação EtherNet/IP E300 está online, Verificar se a EtherNet/IP mestre e a lista de varredura
Verde Piscando mas não tem conexões estabelecidas. dela apresentam a configuração correta.
Estado de operação normal, e o módulo de comunicação
Verde Sólido Nenhuma ação é necessária.
Status de rede (NS) EtherNet/IP E300 está alocado a um mestre.
Vermelho Piscando O tempo de uma ou mais conexões EtherNet/IP esgotou. Redefinir o dispositivo mestre de Ethernet/IP.
Falha no teste de diagnóstico durante a energização/ Desligar e ligar a unidade. Se a falha persistir, substitua
reinicialização. Existe uma falha interna. a unidade.
Endereço do módulo EtherNet/IP duplicado. Dois Alterar o endereço IP para uma configuração válida e
Vermelho Sólido módulos não podem ter o mesmo endereço. reiniciar o dispositivo.
Verificar se a mídia Ethernet está instalada
Ocorreu um erro de comunicação fatal. corretamente.
O módulo de comunicação EtherNet/IP E300 não está Verificar se o cabeamento de Ethernet está instalado
Nenhum — conectado corretamente a uma rede Ethernet. corretamente.
Link1 ou Link2 Verde Piscando A rede Ethernet está conectada corretamente. Nenhuma ação é necessária.
Verde Sólido Está ocorrendo comunicação na rede Ethernet. Nenhuma ação é necessária.

A Tabela 49 identifica as possíveis causas e as ações corretivas ao localizar falhas no


módulo de comunicação DeviceNet do relé E300.

Tabela 49 – Localização de falhas de status de rede do módulo de comunicação DeviceNet

LED de status Cor State Causa possível Ação corretiva


O módulo de comunicação DeviceNet E300 não está Verificar a alimentação de controle DeviceNet nos
Nenhum — recebendo energia. terminais A1 e A2 do módulo de controle E300.
Verde, vermelho, não Piscando Normal Sequência de energização normal.
iluminado (uma vez)
O módulo E300 pode exigir o comissionamento devido à
O módulo de comunicação DeviceNet E300 está online,
Verde Piscando falta de configuração ou se ela estiver incompleta ou
mas não tem conexões estabelecidas com outros nós. incorreta.
O módulo de comunicação DeviceNet E300 está alocado
Verde Sólido Normal
Status de rede (NS) a um mestre.
O tempo de uma ou mais conexões de E/S DeviceNet Verificar a configuração e/ou reiniciar o DeviceNet
Vermelho Piscando esgotou. mestre.
Verificar a configuração e/ou reiniciar o DeviceNet
mestre. Desligar e ligar o módulo E300. Se a falha
O módulo de comunicação DeviceNet E300 detectou um persistir, identifique/substitua os componentes com
Vermelho Sólido falha. Alterar o endereço para uma configuração válida
erro que o tornou incapaz de se comunicar na rede. e reiniciar o módulo E300. Verificar a integridade da
rede DeviceNet e do cabeamento correspondente para
garantir que a instalação esteja correta.

Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018 209


Capítulo 12 Localização de falhas

Desarme/advertência
O LED de alimentação do relé E300 identifica o motivo do evento de desarme ou
advertência. O relé E300 exibe um padrão de intermitência longo e curto para
identificar o motivo do evento de desarme ou advertência.

Tabela 50 – LED de desarme/advertência para módulos EtherNet/IP e DeviceNet

Vermelho piscando Evento de desarme


Amarelo piscando Evento de advertência

A Tabela 51 lista os padrões de intermitência dos eventos de desarme e advertência do


relé E300.

Tabela 51 – Padrões de intermitência dos eventos de desarme/advertência

Padrão de intermitência Padrão de intermitência


Código
longo curto
Overload 0 1
Phase Loss 0 2
Ground Fault Current 0 3
Sobrecarga operacional 0 4
Jam 0 5
Underload 0 6
Current Imbalance 0 7
L1 Under Current 0 8
Corrente
L2 Under Current 0 9
L3 Under Current 0 10
L1 Over Current 0 11
L2 Over Current 0 12
L3 Over Current 0 13
L1 Line Loss 0 14
L2 Line Loss 0 15
L3 Line Loss 0 16
Tensão Under Voltage 1 1
Over Voltage 1 2
Voltage Imbalance 1 3
Phase Rotation Mismatch 1 4
Under Frequency 1 5
Over Frequency 1 6
Alimen- Under kW 2 1
tação Over kW 2 2
Under kVAr Consumed 2 3
Over kVAr Consumed 2 4
Under kVAr Generated 2 5
Over kVAr Generated 2 6
Under kVA 2 7
Over kVA 2 8
Under PF Lagging 2 9
Over PF Lagging 2 10
Under PF Leading 2 11
Over PF Leading 2 12

210 Publicação da Rockwell Automation 193-UM015F-PT-P – Agosto 2018


Localização de falhas Capítulo 12

Padrão de intermitência Padrão de intermitência


Código
longo curto
Controle Teste 3 1
PTC 3 2
DeviceLogix 3 3
Operator Station 3 4
Remote Trip 3 5
Blocked Start