Você está na página 1de 15

07/04/2019

Análise e Projetos de Transporte

Modal Dutoviário

Professora Ms. Carolina Ishikawa Kubiaki

Histórico do transporte dutoviário


Podem ser citados os casos de tubulações construídas com bambus na China, com
materiais cerâmicos por egípcios e astecas e com chumbo por gregos e romanos.

Os aquedutos romanos chegavam a ter 90 km de extensão.


07/04/2019

Histórico do transporte dutoviário

Arcos da Lapa (RJ) inaugurado em 1750.

Histórico do transporte dutoviário


O transporte dutoviário na indústria petrolífera.

Primeiro oleoduto do mundo (com 2” de diâmetro) construído em 1865 na Pensilvânia.


07/04/2019

Histórico do transporte dutoviário


Primeiro oleoduto brasileiro: 1942 na Bahia, tendo diâmetro de 2 polegadas e 1 km
de extensão, ligando a Refinaria Experimental de Aratu e o porto de Santa Luzia

1996: oleduto Paulínia (SP) – Brasília (DF) entre 12” e 20”,


que movimenta anualmente aproximadamente 4 milhões
de toneladas.

Histórico do transporte dutoviário


O transporte dutoviário na indústria de minérios.

1995: mineroduto Paragominas/Bacarena (PA) com 244 km de extensão.


07/04/2019

Histórico do transporte dutoviário


O transporte dutoviário na indústria de gás.

1999: gasoduto Brasil/Bolívia com 3150 km de extensão, o maior gasoduto da América do


Sul e um dos maiores do mundo.

Dutos Brasileiros

Óleo
37%
Gás
46%

Minério
17%
07/04/2019

Órgãos regulamentadores do modal dutoviário

São atribuições da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres):

 Articular com entidades operadoras do transporte dutoviário, para resolução de


interfaces intermodais e organização de cadastro do sistema de dutovias do Brasil;

 Promover levantamentos e organizar cadastro relativo ao sistema de dutovias do Brasil


e às empresas proprietárias de equipamentos e instalações de transporte dutoviário;

 Organizar e manter o cadastro de dutovias e de empresas proprietárias de


equipamentos e instalações de transporte dutoviário, articulando junto a outros órgãos
visando uma análise sistêmica e multimodal do transporte dutoviário;

 Articular com as entidades relacionadas à área, visando à criação de Cadastro Nacional


de Dutovias, eficiente e seguro, que sirva para orientar suas ações e projetos.

Componentes do modal dutoviário

 Via – Formada por tubos, geralmente metálicos, que percorrem um traçado pré-definido em
projeto. Com certa frequência, há a necessidade de interromper as vias a fim de realizar
bombeamento em alguma estação propulsora ou armazenamento em silos;

 Veículo – O veículo é o próprio produto bombeado. Cada partícula impulsiona as que a


antecedem, assim formando uma corrente contínua, direcionada pela tubulação, que é a via;

 Terminal – Os terminais são pontos estrategicamente construídos, segundo normalmente as


condições de mercado, destinados à armazenagem do produto para que seja redistribuído por
redes de dutovias menores ou por outros modais para o consumo ou exportação ou até mesmo
para aguardar a demanda de mercado para ser transportado posteriormente;

 Controle – Os equipamentos de controle são fundamentais para restringir a velocidade imprimida


pelos mecanismos de propulsão. Desta maneira evita-se que danos sejam causados por alta
velocidade, que pode ocasionar erosão no tubo, ou por baixa velocidade, o que acarreta em
sedimentação do produto.
07/04/2019

Dados técnicos do modal dutoviário

SISTEMA FORÇADO

GASODUTOS E OLEODUTOS

SISTEMA POR GRAVIDADE

AQUEDUTOS E MINERODUTOS

Construção do modal dutoviário


07/04/2019

Dados técnicos do modal dutoviário

SUBTERRÂNEO
Dentre os dutos terrestres o subterrâneo é o mais seguro de todos, pois é construído e enterrado
no solo, onde não sofre quaisquer ações do tempo, danos por máquinas ou outros veículos ou
vandalismos, e ainda se caso houver qualquer tipo de vazamento do produto, a terra que o
envolve funciona como um casulo que amortecerá a pressão e diminuirá o impacto ao meio
ambiente.

Geralmente este duto é enterrado de oitenta a noventa centímetros abaixo do solo, portanto não
há muita remoção de terra e consequentemente não causando grande impacto no meio
ambiente em que está sendo instalado.

Dados técnicos do modal dutoviário

APARENTE
Os dutos aparentes são aqueles que pode-se ver rente ao solo, que geralmente são encontrados
nas saídas ou chegadas de centros de distribuições, estações de bombeamentos ou estações de
manutenção.

Pode-se encontrar o duto aparente em locais específicos no trajeto de uma dutovia onde possa
haver terrenos rochosos, pois a escavação nesses locais é muito onerosa, portanto a solução é
suspender o duto acima do solo, sustentá-lo e amarrá-lo em uma sapata de concreto,
denominada berço.
07/04/2019

Dados técnicos do modal dutoviário

AÉREOS
Dutos aéreos são aqueles sobre o solo, utilizado para transpor rios, grandes vales, pântanos,
terrenos muito acidentados.

Sua sustentação é feita por torres metálicas nas extremidades, e se for necessário devido à
distância, torres intermediárias. O duto é preso a essas torres por cabos de aço para poder
manter sua suspensão.

Apesar do nome aéreo estar diretamente ligado ao ar, é importante frisar que estes dutos tem
toda sua extensão, os terminais, junções e equipamentos de propulsão ficam todos em solo.

Dados técnicos do modal dutoviário

SUBMARINO
Os dutos submarinos são aqueles que em sua maior parte encontram-se dentro do mar,
geralmente estes dutos são utilizados para a extração de petróleo, onde é transportado até
suas refinarias.

Também são utilizados para atravessar baias ou canais de acesso a portos.

Ao contrário do que acontece no duto aéreo, o duto submarino transpõe um rio ou um trecho do
mar por debaixo da água conforme o esquema de duto submarino.
07/04/2019

Dados técnicos do modal dutoviário

GASODUTOS Os gases naturais são transportados pelos chamados


gasodutos.
MINERODUTOS Atualmente, os oleodutos e gasodutos são os dois tipos de
dutovias que representam maior importância neste
OLEODUTOS
segmento, sendo que ambos movimentam produtos que
impulsionam a economia atual.
CARBODUTOS

DUTOS AQUEDUTOS

PCP

HCP

CLP

POLIDUTOS
Gasoduto Europa-Israel: 2200 km previsto para 2025

Dados técnicos do modal dutoviário

GASODUTOS Outras dutovias mais recentes, que seguindo o exemplo dos


oleodutos e gasodutos também fazem diferença em seus
MINERODUTOS segmentos são os minerodutos.
Esta dutovia possui um sistema propulsor muito especial,
OLEODUTOS pois é capaz de transportar cargas sólidas ou em pó.
Este produto sólido é transportado no duto por meio de um
CARBODUTOS
fluido portador, como por exemplo, a água ou o ar,
dependendo da carga, pois apesar do nome ser minerodutos
DUTOS AQUEDUTOS
este mesmo modelo de duto transporta também cereais e
cimento a curtas distâncias.
PCP

HCP
Mineroduto Minas-Rio
CLP concluído em 2008 com
525 km de extensão
POLIDUTOS
07/04/2019

Dados técnicos do modal dutoviário

GASODUTOS Os oleodutos utilizam-se do sistema de bombeamento e são


destinados para o transporte de petróleo e seus derivados.
MINERODUTOS

Sendo utilizados desde o século XIV para esta finalidade


OLEODUTOS e com o decorrer do tempo usados para outros produtos,
como por exemplo, os não derivados de petróleo, como o
CARBODUTOS
álcool, dióxido de carbono e trióxido de carbono.

DUTOS AQUEDUTOS

PCP

HCP

CLP

POLIDUTOS
Oleoduto Baku-Tbilisi-Ceyhan com 1770 km de extensão

Dados técnicos do modal dutoviário

GASODUTOS Para o transporte de carvão mineral utiliza-se dutos


encapsulados os quais aprisionam as cargas dentro da
MINERODUTOS tubulação e os impulsionam com fluidos transportadores,
podendo ser água ou ar.
OLEODUTOS

CARBODUTOS

DUTOS AQUEDUTOS

PCP

HCP

CLP

Mohave Generating Station em Laughlin, Nevada com


POLIDUTOS
439 km de extensão é o maior carboduto do mundo
07/04/2019

Dados técnicos do modal dutoviário

GASODUTOS As adutoras são as tubulações que coletam água nos


mananciais ou fontes e conduzem até centros de tratamento,
MINERODUTOS onde posteriormente é distribuída a população também
através de tubulações para consumo final.
OLEODUTOS

CARBODUTOS

DUTOS AQUEDUTOS

PCP

HCP

CLP

Aqueduto na Líbia com 3500 km de extensão e 5 m de


POLIDUTOS
diâmetro.

Dados técnicos do modal dutoviário

GASODUTOS O duto pneumático encapsulado são dutos cheios de ar que


percorrem prédios, complexos industriais ou hospitalares, que
MINERODUTOS transportam cápsulas de correspondências em suas
tubulações, com isto evitando o extravio por entregadores e
OLEODUTOS aumentando a rapidez na entrega.

CARBODUTOS

DUTOS AQUEDUTOS

PCP

HCP

CLP

POLIDUTOS
07/04/2019

Dados técnicos do modal dutoviário

GASODUTOS HCP (Hydraulic Capsule Pipeline), geralmente é utilizado


para o transporte de lixo compactado, grãos e outros
MINERODUTOS produtos agrícolas a curtas distâncias.

OLEODUTOS

CARBODUTOS

DUTOS AQUEDUTOS

PCP

HCP

CLP

POLIDUTOS

Dados técnicos do modal dutoviário

GASODUTOS O duto para transporte de carvão é um modelo diferenciado


de HCP, pois é destinado apenas ao transporte de carvão ou
MINERODUTOS outros minérios que resistam à água e possam ser
compactados em forma cilíndrica, não necessitando assim de
OLEODUTOS cápsulas para seu transporte, assim como o lixo compactado
no caso do duto encapsulado hidráulico.
CARBODUTOS

DUTOS AQUEDUTOS

PCP

HCP

CLP

Carvão compactado de forma cilíndrica.


POLIDUTOS
07/04/2019

Dados técnicos do modal dutoviário

GASODUTOS Transportam outros tipos de produtos como vinho e cerveja.

MINERODUTOS

OLEODUTOS

CARBODUTOS

DUTOS AQUEDUTOS

PCP

HCP

CLP

POLIDUTOS

Dados técnicos comparativos

Rodovias 210 1576 1569 776 4375 416

Ferrovias 29 86 64 87 225 47

Dutovias 19 87 35 260 2225 100

Hidrovias 21 110 15 102 41 0,6

Dados em mil km
07/04/2019

Vantagens do modal dutoviário

 Alta confiabilidade, pois possui poucas interrupções;


 Pouco influenciado por fatores meteorológicos;
 Reduzida possibilidade de perda de produto;
 Reduzida possibilidade de avaria;
 Economia de transmissão em larga escala e longas distâncias;
 Continuidade do fluxo;
 Não há necessidade de se usar embalagens;
 Indicada para o transporte de produtos perigosos;
 Demanda pouca mão-de-obra.

Desvantagens do modal dutoviário

 Número limitado de serviços e capacidade;


 Não é indicado para pequenos volumes e distâncias curtas;
 Baixa flexibilidade quanto à rota de distribuição, sua posição não é fácil de
alterar e por este motivo é adequado a produtos que mantenham sua
demanda restrita a pontos fixos;
 Necessidade de grande investimento em capital;
 Seu uso só pode ser estendido a certos grupos de mercadorias dentro de um
mesmo duto, embora seja tecnicamente possível separar um produto de
outro sem que eles se misturem durante o transporte, não é aconselhável
usar um mesmo duto para carregar parafina e depois leite, por exemplo;
 Caso haja alguma avaria nos dutos submersos pode causar uma grande
catástrofe ambiental.
07/04/2019

Dúvidas?
carolkubiaki@gmail.com
45 999641629

Obrigada!