Você está na página 1de 20

Hermenêutica.

A conceituação da Hermenêutica.

• A palavra “hermenêutica” deriva do verbo


grego hermeneuô e do substantivo
hermeneia.
• Termos relacionados a Hermes – o deus-
mensageiro, de pés alados, da mitologia
grega.
• O significado técnico é a ciência e a arte da
interpretação bíblica.
• Ela é ciência – Possui normas, ou regras, e
essas regras podem ser classificadas num
sistema ordenado.
• Ela é arte - A comunicação é flexível.
Hermenêutica.

Hermenêutica é a síntese dos resultados da


exegese, tornando-a relevante para o leitor, ou
auditório.

Descrever os vários campos de estudo bíblicos


(estudo do cânon, crítica textual, crítica histórica,
exegese, teologia bíblica e teologia sistemática).
Apresentar a necessidade e a base bíblica da
hermenêutica

1-Estudo do Canon---2-CríticaTextual---3-
CríticaHistórica---

4-Hermenêutica(Exegese) 4.1Teol.Bíblica e 4.2


Teologia Sistemática.
Hermenêutica.

Pressuposições ao estudo dos princípios interpretativos da


Bíblia.

• A Bíblia tem autoridade.


• A Bíblia contém as suas próprias leis de interpretação que,
quando entendidas e aplicadas apropriadamente, produzem
o sentido que a passagem corretamente diz.
• O objetivo primário da interpretação é descobrir o sentido
que a passagem tinha para o autor.
• A língua pode comunicar verdades espirituais.
Hermenêutica.

A necessidade da Hermenêutica.

• Quando interpretamos o texto sagrado há diversos


bloqueios à compreensão espontânea.
• O abismo histórico - Nos encontramos largamente
separados no tempo ,tanto dos escritores, quanto
dos primitivos leitores.
• O abismo cultural - A cosmovisão.
• O abismo geográfico.
• O abismo linguístico - As línguas bíblicas têm
singularidades estranhas à nossa língua.

Ex. No hebraico e no aramaico só havia consoantes,


as vogais eram subtendidas, e estas palavras eram
lidas da direita para esquerda. PRCSVDMTCH.
Hermenêutica.

Problemas controversos na Hermenêutica


contemporânea.

• Validez na interpretação - Há um só
significado para o texto? O significado de um
texto é o que ele significa para mim? O texto
significa o que seu autor quis dizer?
• Dupla autoria e Sensus Plenior - Quem
estabelece?
• Interpretação literal, figurativa e simbólica
- As palavras devem ser interpretadas de
acordo com a intenção do autor.
Hermenêutica.

Problemas controversos na Hermenêutica


contemporânea.

• Fatores espirituais no processo perceptivo -


Os fatores espirituais afetam ou não a
capacidade de perceber com precisão as
verdades contidas nas Escrituras.
• A questão da inerrância - Se partirmos do
pressuposto que a Bíblia contém erros, e
então encontrarmos uma aparente
discrepância entre dois ou mais textos, a
decisão será:
1. Um deles está errado.
2. Ambos estão errados.
3. Há textos revelativos e não-revelativos.
Hermenêutica.

Implicações da Inspiração divina sobre


os gêneros literários.
Nas narrativas – A inspiração divina garante a
veracidade do fato narrado, sem abonar o
mesmo.

Na literatura de sabedoria – A inspiração


divina autentica o registro, somente podendo
ser normatizado com a analogia das
Escrituras.

Na literatura didática – A inspiração garante a


normatização do registro, levando em
consideração as particularidades históricas e
culturais.
Análises do processo Hermenêutico.

O pressuposto fundamental da Hermenêutica.

• O significado de um texto deve ser aquele que


o autor tinha em mente.
• Este é o parâmetro objetivo que nos resguarda
da subjetividade dos múltiplos sentidos.
Análises do processo Hermenêutico.

ANÁLISE HISTÓRICO-CULTURAL E CONTEXTUAL:

Saber considerar o ambiente histórico-cultural do


autor, a fim de entender suas alusões, referências
e propósitos. Saber, também, relacionar uma
passagem com o escrito completo do autor,
conhecendo melhor seu pensamento geral e
melhorando a compreensão da passagem.
ANÁLISE HISTÓRICO-CULTURAL E
CONTEXTUAL:
Análises do processo Hermenêutico.

1. Análise Histórico-cultural – são as


considerações do ambiente cultural do autor
e seu escrito, buscando a compreensão do
propósito hermenêutico.
2. Análise Léxico-sintática – é a busca pela
compreensão do sentido etimológico e da
sintaxe da palavra para determinar o sentido
do autor.
3. Análise teológica – busca compreender o
sentido do texto no todo organizacional da
Revelação divina.
Análises do processo Hermenêutico.

A Análise Teológica conduz a uma


pergunta subsequente:

Como organizamos o todo organizacional


das Escrituras?

Para responder a esta pergunta teológica


surgem o perspectivalismo hermenêutico.

Abordagens de continuidade e
descontinuidade da Progressividade da
Revelação.
Hermenêutica.

Análise Histórico-cultural e contextual.

A análise histórico-cultural e contextual considera o


ambiente histórico do autor para entender o
propósito.

Determinando o contexto histórico-cultural.


1. Observar a situação histórica do autor e seus
leitores.
2. Observar o elemento cultural.
3. Observar o nível de compromisso espiritual dos
leitores.
Hermenêutica.

Análise Histórico-cultural e contextual.

O contexto específico e o propósito de um livro.

1. Quem foi o autor? Qual o seu ambiente e


experiência espiritual?
2. Quem era o seu público alvo?
3. Qual a intensão do autor?
Hermenêutica.

Análise Histórico-cultural e contextual.

A finalidade de um livro pode ser mais percebida


nos seguintes passos:

1. Observar as declarações explícitas de repetições


do autor.
2. Observar a parte parenética do escritor.
3. Observar os pontos omitidos e enfocados pelo
autor.
Hermenêutica.

Análise Léxico-Sintática.

Na ALS o intérprete busca compreender o


significado isolado das palavras e o lugar delas
na sentença.

Princípios da ALS:

• Observar o estilo literário.


• Atentar para o desenvolvimento na
perícopes.
• Perceber as divisões naturais da perícopes.
Hermenêutica.

Análise Léxico-Sintática.

• Estar atento com os conectivos presentes na


perícope.
• Identificar o significado isolado das palavras.
• Identificar os múltiplos sentidos da palavra.
• Identificar o significado único pretendido pelo
autor do texto.
Hermenêutica.

Diretrizes Hermenêuticas.

As Escrituras devem ser lidas com as normas de


um documento escrito:

• As Escrituras não apresentam um tipo especial


de mística gramatical que muda as normas
básicas de interpretação literária.
• Nas Escrituras um verbo é um verbo e um
substantivo permanece substantivo.
Hermenêutica.
ANÁLISE TEOLÓGICA.
A ATE busca compreender o sentido do texto no contexto
da progressividade da Revelação objetivando a
compreensão do relacionamento divino-humano.

Princípios da ATE:

• Identificar a perspectiva da natureza do relacionamento


de Deus com o ser humano.
• Identificar as implicações para o texto da perspectiva do
relacionamento de Deus com o ser humano.
• Identificar o nível de compreensão teológica do público
original.
Hermenêutica.
• Identificar a compreensão posterior da
teologia do texto.