Você está na página 1de 117

Guia Prático para Planejar e Preparar

uma Ceia Vegana

Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com


Como Aproveitar Esse Guia
Antes de começar a ler, aqui vão algumas dicas para te ajudar a navegar
com facilidade por este livro e desfrutar de todas as informações e
recursos que temos por aqui:

NAVEGAÇÃO: todo o livro é interativo, com links clicáveis para facilitar


a navegação. Para usar essa funcionalidade, se estiver acessando de
um tablet ou de um celular, instale o aplicativo gratuito Adobe Acrobat
Reader e leia o livro através dele. Além de usar os links, com o aplicativo
você também pode marcar páginas e grifar frases.

SUMÁRIO: uma forma rápida de navegar pelo conteúdo do livro. Quer


retornar ao índice? Basta clicar no ícone do canto inferior direito de cada
página.

SAIBA MAIS: para explorar mais um determinado assunto, aproveite os


links, que aparecem destacados em verde no texto. É só clicar.

GRUPO ONLINE: assim que ler essas palavras, escreva para


contato@vitanutrire.com informando o seu perfil no Facebook, pois
você vai ter acesso a um grupo exclusivo do projeto Natal Vegano do
Vita Nutrire, um espaço virtual onde você vai tirar dúvidas, compartilhar
os seus aprendizados e ainda fazer amizade com pessoas que estão no
mesmo momento que você.

DICAS INICIAIS: antes de ir para as receitas, leia os capítulos iniciais.


Neles, estão dicas essenciais.

É isso! Boa leitura!

2
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Fazer uma ceia de Natal vegana pode ser um desafio mas você vai
ver neste livro que é mais fácil do que parece.

São 22 receitas veganas testadas e aprovadas e muitas dicas para


te ajudar a fazer uma ceia gostosa e agradável, sendo você vegano
ou não.

Nele você vai aprender a melhor forma de se organizar para evitar a


correria de final de ano e ainda a economizar na hora das compras.

Vamos ao que interessa?

3
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Sumário
Veganos: quem são e do que se alimentam? 6

Passos para fazer uma ceia vegana gostosa e agradável 7

Escolhendo as receitas a serem preparadas 9

As melhores receitas para cada situação 13

Criando a lista de compras 15

Quantidades 16

Lista 18

Marcas 19

Quando comprar 21

Onde comprar 22

Programando suas tarefas 24

Colocando a mão na massa 26

Preparando as receitas 27

Conservando os alimentos adequadamente 28

Na hora da ceia 28

Depois da festa 29

Receitas 30

Entradas 31

Homus 32

Antepasto de berinjela 36

Ricota de amêndoas com manjericão 40

Patê de tomate seco 42

Tapenade 44

Petisco de tomate cereja e palmito 46

Pratos Principais 48
Lasanha com brócolis ao molho branco 49

Lasanha com abobrinha ao sugo 53

Strogonoff de cogumelos 57

Panqueca recheada com tofu e espinafre 60


4
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Rocambole com tofupiry 64

Quiche de tomate seco 68

Acompanhamentos 71

Arroz natalino 72

Farofa de abobrinha 74

Salpicão de legumes 76

Sobremesas 78

Chocotone 79

Torta de morango 83

Manjar branco de coco 87

Pavê de chocolate com paçoca 91

Cheesecake de damasco 95

Bolo de limão trufado no pote 98

Mousse de chocolate 102

Receitas base 105

Leite de amêndoas 106

Leite de coco 108

Lista de bebidas veganas 110

Conclusão 114

Sobre a autora 115

5
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Veganos: Quem São e do Que se Alimentam?
Veganos são aqueles que reconhecem os animais como seres sencientes, ou seja, com
capacidade de terem sensações e sentimentos de forma consciente, assim como o ser
humano, e portanto, seres que merecem o direito à liberdade e à proteção. Por esse motivo,
boicotam toda atividade que explore os animais.

Segundo a Vegan Society, a entidade vegana mais antiga do mundo:

O veganismo é uma forma de viver que busca excluir, na medida do


possível e praticável, todas as formas de exploração e crueldade com os
animais na alimentação, vestuário ou qualquer outro propósito. Há muitas
maneiras de aderir ao veganismo. No entanto, uma coisa que todos os
veganos têm em comum é uma dieta livre de alimentos de origem animal,
como carne (incluindo peixes, mariscos e insetos), laticínios, ovos e mel -
bem como produtos como couro e outros testados em animais.

É importante dizer que veganismo é diferente


de dieta vegetariana, porque veganismo não
uma é dieta. É uma conjunto de práticas
focadas nos direitos dos animais, que por
consequência, adota uma dieta estritamente
vegetariana, ou seja, sem ingredientes de
origem animal.

Se você tem dificuldade em perceber


como os animais são parecidos com o ser
humano na questão de sentir dor e prazer,
tristeza e alegria, assista ao documentário
Terráqueos.
Sumário

6
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Passos para
Fazer uma Ceia
Vegana Gostosa e
Agradável

Sumário

7
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Preparar uma ceia vegana não é tão difícil assim, e pode ficar ainda
mais fácil se começarmos os preparativos com antecedência e de forma
organizada.

Nos próximos capítulos, você vai aprender a:

1. Escolher as receitas que vai preparar levando em consideração o seu


tempo, a sua experiência na cozinha, o seu orçamento, entre outros
fatores;

2. Criar a lista de compras, aprendendo a calcular as quantidades,


quando e onde comprar cada ingredientes;

3. Criar uma programação com datas, detalhando quando fará cada


passo da receita;

4. Preparar as receitas sem erro, adiantando e facilitando o máximo


possível;

5. Passar momentos agradáveis junto dos seus familiares, sendo eles


veganos ou não.

Vamos lá?
Sumário

8
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Escolhendo
as Receitas
a Serem
Preparadas

Sumário

9
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Antes de mais nada, escolha as receitas que você vai preparar. Porque é
a partir disso que tudo começa.

Mas independente de você ser vegano ou não, minha sugestão é que você faça
pratos que todos possam comer. Isso gera uma sensação de pertencimento e
acolhimento nas pessoas.

Se você for um vegano indo passar o Natal com a família que come carne, prefira fazer
um prato em tamanho grande e deixar disponível para todo mundo experimentar. Não tenha
medo do pessoal não gostar. Todas as receitas ficam muito gostosas, eu garanto. O
que pode fazer a sua família torcer o nariz é saber que é vegano. O preconceito com a comida
vegana é bem comum. Mas faça o seguinte: coloque o que você preparou junto com os outros
pratos e não diga nada, só espere a reação das pessoas. Quando elogiarem, fale: é vegano!

E se você for preparar opções para um vegano, faça os acompanhamentos sem ingredientes
de origem animal. É simples! Só não coloque bacon no arroz e na farofa, nem maionese na
salada, por exemplo. Vai deixá-lo feliz. E se fizer um prato principal e uma sobremesa usando
as receitas desse livro, então, ele vai ficar mais feliz ainda.

Nesse livro temos 22 opções de receitas para você escolher, sendo 6 de entrada, 6 de prato
principal, 3 de acompanhamento e 7 de sobremesa, mas que podem se transformar em
infinitas opções com as dicas que acompanham cada uma delas, para que você dê o seu
toque pessoal, porque eu sei que a gente adora criar na cozinha. Por exemplo, o manjar branco
pode ganhar uma cara nova com uma calda de frutas vermelhas por cima. E a lasanha pode
ficar ainda mais incrível com cogumelos.

E para facilitar a sua escolha, sugiro que leve em consideração os fatores descritos abaixo e na
listas de receitas, com a classificação completa, mais adiante:

Tempo

Por mais que você já tenha todos os ingredientes comprados e pré-preparados, é no dia da
ceia que você vai ter finalizar os pratos.

O que acontece é que pode ser que você olhe para a sua agenda e perceba que vai ser corrido
para você fazer uma receita mais demorada, principalmente se for cozinhar sem ajuda de
ninguém. Então você pode escolher uma receita rápida listada mais à frente na tabela.
Sumário

10
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Experiência na Cozinha

Não há vergonha nenhuma em ser um aprendiz na cozinha. Mas sugiro


que você não escolha fazer receitas muito complexas, por mais que queira
impressionar o pessoal. Ah, e isso também vale para o toque pessoal.
Eu já estraguei muita comida em ocasiões especiais por querer mudar uma
coisinha aqui e ali de uma receita testada. A última vez foi há poucos dias, quando
resolvi mudar uns detalhes na receita de bolo de aniversário da minha mãe, receita
que é a preferida dela. O que aconteceu? Ficou mais seco e sem graça. Então, se você
não tiver muita experiência na frente do fogão, evite dar o seu toque pessoal e siga as
receitas à risca.

Para você, as receitas fáceis, listadas mais adiante, podem ser úteis.

Tamanho do Seu Bolso

Muita gente pediu que as receitas fossem baratas e com ingredientes fáceis de achar. Nesse
livro você vai encontrar muitas opções. E até as receitas mais caras, você pode adaptar. E a
esmagadora maioria dos ingredientes são encontrados facilmente. Ainda mais com as dicas de
“onde comprar” cada coisa (mais a frente). Dê uma olhada nas receitas acessíveis.

Agora, se você puder investir um pouco mais, e ainda quiser impressionar, veja as receitas
sofisticadas.

Criatividade

Você é daquelas pessoas que precisam criar na cozinha e além de tudo, já tem uma certa
experiência com as panelas? Então vai fundo e dê o meu toque pessoal. Use os temperos que
mais gosta e incremente os sabores. Mas leia atentamente as dicas na receita e não mude o
que não pode ser mudado, ok? Veja ideias de receitas adaptáveis.
Sumário

11
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Natal Fora de Casa

Se você for passar o Natal fora de casa, prefira preparar receitas que não sejam frágeis. Dê
uma olhada nas receitas para quem vai viajar.

E se você for viajar por mais de 30 minutos, lembre de transportar a comida em embalagens
térmicas.

Alergias e Restrições a Ingredientes

Se informe se alguém tem alguma alergia alimentar.

No caso de alergia ao glúten, tome cuidado ao preparar e ao escolher os ingredientes, porque


pode conter traços de glúten, o que faz as pessoas mais sensíveis passarem mal. Converse
com elas e dê uma olhada nas receitas sem glúten.

Utensílios

E por fim, quando for escolher as receitas, se atente se tem em casa os utensílios necessários
para fazer as receitas. Para a torta de morango, por exemplo, você precisa de uma assadeira
com fundo falso. Se você não tiver, ou se programe para comprar (pela internet é fácil de achar,
mas demora uns dias para chegar), ou escolha outra, como o manjar, que usa uma assadeira
de bolo que quase todo mundo tem em casa. Mas para todas as receitas, você vai precisar de
medidores padrão, de xícara e colher. São baratos e imprescindíveis para um bom resultado.

Sumário

12
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
As Melhores Receitas para Cada Situação

Tipo Receitas Rápida Fácil Acessível Sofisticada Adaptável Viajar Sem glúten

Homus x x x x x x
Antepasto de
Berinjela x x x
Ricota de
Amêndoas x x x x x x
Entrada Patê de Tomate
Seco x x x x x x

Tapenade x x x x x

Petisco de Palmito x x x x x x
Lasanha com
Brócolis x x x x     
Lasanha com
Abobrinha x x x x
Strogonoff de
Cogumelos x x x x adaptável
Prato
Panqueca
Principal
Recheada x x x
Rocambole com
Tofupiry x x
Quiche de Tomate
Seco x x

Arroz Natalino x x x x x x
Farofa de
Acomp. Abobrinha x x x x x x
Salpicão de
Legumes x x x x x x             

Chocotone x x x

Torta de Morango x x x
Manjar Branco de
Coco x x x x
Pavê de Chocolate
Sobremesa e Paçoca x x x x x
Cheesecake de
Damasco x x x x
Bolo de Limão no
Pote x x x
Sumário

Mousse de
Chocolate x x x x

13
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Anotando

Escolheu as receitas? Então anote todos


os pratos que vai preparar para irmos para a
segunda etapa.

Não conseguiu? Dê uma olhada geral em


receitas.

E se você quiser fazer uma receita que não está


livro, pode fazer. Mas infelizmente é provável que em
outras receitas não tenham informações de custo,
rendimento, quando preparar e como dar o seu toque
pessoal. E não posso garantir que vai dar certo.

E sobre substiuir ingredientes em receitas


convencionais, como ovos e leite, não iremos abordar
no guia, porque o assunto é mais complexo, já que
cada caso é único e não queremos arriscar que as
receitas não dêem certo em uma ocasião especial,
como o Natal.

Sumário

14
13
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Criando a
Lista de
Compras

Sumário

15
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
QUANTIDADES

Aqui embaixo você vai aprender a calcular a quantidade de cada ingrediente


que precisa comprar, levando em consideração o rendimento das receitas que
você escolheu preparar e quantas pessoas ela deve servir.

Em cada receita do livro existe a informação de rendimento em porções. É um dado


aproximado, porque a quantidade que cada um come varia muito, mas vai te ajudar.

E nós calculamos que 1 pessoa come:

1 porção de entrada
1 porção de prato principal
1 porção de arroz
1 porção de farofa
1 porção de salada ou salpicão
1 porção de sobremesa

Pense em quantas pessoas estarão na festa. Crianças valem por ½.

Vamos usar um exemplo de 7 adultos e 2 crianças.

Teríamos 8 porções de cada, certo? Sim, mas esse cálculo pode mudar um pouco quando:

• Outras pessoas também forem cozinhar: se os seus pratos forem parte de uma mesa
cheia de outras opções, e tiver muita gente, você pode diminuir a quantidade;
• Você for fazer várias opções, como dois tipos de prato principal. Nesse caso, diminua um
pouco a quantidade de cada prato;
• Os convidados comem bastante: aumente um pouco a quantidade;
• Quer adiantar o almoço do dia seguinte: faça a comida já contando que sobre para
comer no outro dia. É só dobrar as quantidades.

No nosso exemplo, podemos calcular 8 porções mesmo.

Escolhemos preparar:

Entrada: Homus + Ricota de Amêndoas


Prato principal: Strogonoff de Cogumelos + Panqueca
Arroz
Farofa
Salpicão
Sobremesa: Manjar + Pavê

Veja como eu calcularia as quantidades:


Sumário

Entrada
Homus: 2 receitas = 8 porções
Ricota de Amêndoas: 1 receita = 3 porções
16
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Total = 11 porções

Prato Principal
Strogonoff de Cogumelos: 2 receitas = 6 porções
Panqueca: 2 receitas = 6 porções
Total = 12 porções

Acompanhamento
Arroz: 3 receitas = 12 porções
Farofa: 2 receitas = 8 porções
Salpicão: 2 receitas = 12 porções

Sobremesa
Manjar: 1 receita = 6 porções
Pavê: 1 receita = 8 porções
Total = 14 porções

Quando escrevo 2 receitas, isso quer dizer que eu multipliquei a receita por 2, ou seja, dobrei
as quantidades.

Sugiro que você faça assim também. Multiplique por números inteiros, como 2, 3 e 4 uma
receita, e evite multiplicar por números quebrados, como 1,5.

E lembre-se de arredondar a conta para cima. Na dúvida, considere uma sobra significativa.

Já dizia a minha mãe, descendente de italianos e adepta a uma mesa farta: “É melhor sobrar
do que faltar!”

Como eu decidi fazer mais de uma receita para entrada, prato principal e sobremesa, no final
eu somei quantas porções cada uma rende. Então, no caso da entrada, 2 receitas de homus
rendem 8 porções e 1 receita de ricota de amêndoas rende 3 porções. Somando 8 com 3, a
gente tem um rendimento de 11 porções, o que é suficiente para os nossos 8 convidados e
ainda vai sobrar um pouco.

No caso do arroz, da farofa e do salpicão, eu calculo separadamente, porque um não substitui


o outro.

E para as sobremesas, a sobra é maior, porque normalmente todo mundo quer experimentar
um pouco de cada uma.

Ah, e você já pode planejar o menu de ano novo também.

Tudo entendido? Agora anote na frente de cada receita quantas vezes dela você vai precisar
para alimentar todo mundo.

No caso do nosso exemplo, na frente do nome homus, eu anoto 2 vezes, e assim por diante.
Sumário

17
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
LISTA

Agora você vai ao mesmo tempo calcular as quantidades de cada


ingrediente e montar a lista.

Você vai usar uma folha de papel, um bloco de notas ou um aplicativo de celular. Eu
uso o aplicativo gratuito SoftList, mas existem muitos outros.

Vá para a primeira receita. No nosso caso, o homus. Você vai notar que na frente de quase
todos os ingredientes têm entre parênteses a quantidade em gramas ou ml. Esse valor se
refere, quando não tiver nenhuma observação, ao peso ou volume do alimento in natura, como
você compra no supermercado, com casca e tudo.

Anote os ingredientes e na frente as quantidades. No caso do homus, como vamos fazer 2


receitas, multiplicamos por 2.

A receita é assim:

2 xícaras de grão-de-bico cozido (290g cozido / 125g cru - compre 500g dele cru)
2 colheres de sopa de tahine ou pasta de gergelim (36g)
1 dente de alho (4g)
Suco de 1/2 a 3/4 de limão
1/2 colher de chá de sal (3g)
1 colher de chá de azeite (5ml)
Água se necessário

E a nossa lista fica assim:

Grão-de-bico: 250g (compre 500g)


Tahine ou pasta de gergelim: 72g
Alho: 2 dentes (8g)
Limão: 2 unidades
Sal: 6g
Azeite: 10ml

E você vai acrescentando os ingredientes das outras receitas. Para ingredientes iguais, só
coloque na frente a quantidade e depois some tudo.

No caso do azeite, é claro que você não vai conseguir comprar 10ml. A quantidade fica sendo
uma referência. E do grão-de-bico, como explico na receita, prefira comprar e preparar 500g
de uma vez.

Lembre-se de comprar um pouquinho a mais de cada coisa, porque pode ser que
aconteça algum imprevisto na hora de preparar. E de incluir na sua lista itens como:
Sumário

• Torradinhas
• Pães
• Frutas
18
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
• Guardanapo
• Bebidas (água, espumantes, vinhos…)
• Medidores padrão ou balança (se você não tiver)
• Utensílios necessários
• Bolsa ou caixa térmica (se for transportar o alimento por mais de 30 minutos)

MARCAS

Como foi explicado anteriormente, veganos boicotam produtos e atividades que exploram os
animais de alguma forma.

No quesito alimentar, não consomem nada de origem animal, ou seja, sua alimentação é
100% vegetal. E além disso, sempre que possível, não consomem alimentos produzidos por
empresas que testam em animais e que financiam atividades que exploram os animais, como
rodeios, por exemplo.

Apesar da maioria dos ingredientes que usamos nas receitas desse livro ser naturalmente
vegana, alguns podem conter ingredientes de origem animal ou ser produzido por empresas
ligadas à crueldade com os bichinhos.

Por isso aqui, abaixo compilei uma lista com os produtos que são considerados veganos no
momento, extraída do grupo do Facebook TrollAjuda. Essa lista é de novembro de 2017. E
como muda muito rápido, sugiro sempre consultar a lista do grupo.

Lista 1 (atenção)

Normalmente esses produtos, que são processados, levam ingredientes de origem animal.
Então aconselho somente comprar os ingredientes dessa lista:

Baunilha: Arcolor, Dr. Oetker, Malavério e Ki Sabor

Bolacha maizena: Liane, Marilan e Filler

Chocolate: Cacau Show (Orgânico 52%), Cacau Show Zero Lactose, Zeromilk, Only 4, Lindt
(70%, 85%, 90% e 99%), BellaButterfly, ChocoFree, Native, Chokolah (exceto o ao leite), Divine
(50% e 70%), Tnuva, Monama, Nugali (60%, 70% e 80% e Cacau em Flor 63% e 70%), Java
Chocolate, entre outros

Massa de lasanha (não pode ter ovos): Adria, Casino, Sora integral, Orquídea e Vilma

Paçoca: Paçoquita, Cuida Bem, Kukyta, Aritana, Power1One, Deliçoca - Agtal, Jazam -
Paçoquinha, Airon Amendupã
Sumário

19
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Lista 2

Os produtos listados abaixo, como açúcar, alcaparra e amido de milho, não


possuem em si ingredientes de origem animal, mas a lista se refere a marcas que
não exploram os animais.

Sendo realista, nem sempre é possível comprar dessas marcas, principalmente porque
comprando a granel, que sai mais barato, é difícil sabermos o fabricante.

Mas se for comprar no supermercado, prefira escolher esses produtos:

Açúcar cristal: União, Native, Guarani e Itaiquara

Açúcar demerara: União, Native, Grings, Trisanti, Tia Sônia e Temperos Web

Alcaparras: Castelo, Hemmer, Hikari, Temperos & Arte e La Violetera Raiola

Amido de milho: Sinhá, Corsetti, Apti, Trisanti, Bretzke Alimentos, Mika, Fritz & Frida,
Chinezinho, Dr. Oetker, Aminna, Liane e Qualimax

Arroz: Granfino, Urbano (menos os vitaminados), Mika, Fritz & Frida, Grings, Vitao, Jasmine,
ECOBIO, ViaPax Bio,Tia Sônia, WS Naturais, Caldo Bom e Meu Biju

Aveia: Hikari, Mika, Jasmine, Vitao, Vitalin, Grings, Native, Trisanti, Cereal Vita da Germani,
ECOBIO, Tia Sônia, Temperos, Web WS Naturais e Geração Saúde

Azeite: Castelo, Andorinha, Carbonell, Taeq – Orgânico, Native Orgânico, Organic, Olé, Estoril,
Hemmer, Sinhá, La Violetera e Raiola

Azeitona: Bonduelle, Castelo, Chinezinho, Olé, La Violetera, La Preferida, Raiola, Peixe


Alimentos e Andorinha

Farinha de mandioca: Hikari, Pachá, Granfino, Ki Sabor, Sinhá, Mika, Corsetti, Fritz & Frida,
Chinezinho e Caldo bom

Farinha de trigo: Dona Benta, Vilma, Orquídea, Granfino, Fritz & Frida, Vitao, Jasmine, Hikari,
ECOBIO, Trisanti, ViaPax Bio, Liane, WS Naturais e Qualitá

Grão-de-bico: Hikari, Pachá, Granfino, Ki Sabor, Sinhá, Mika, Fritz & Frida, Chinezinho, Dia% e
Caldo bom

Milho: Carrefour, Bonduelle, Olé e Fritz & Frida

Óleo: Suavit, Granfino, Leve, Sinhá e Marfil

Polvilho: Hikari, Pachá, Granfino, Ki Sabor,Mika, Corsetti, Fritz & Frida, Chinezinho, Monama e
Sumário

Caldo bom

20
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Tomate Pelado: Casino, Hemmer, Olé, Mastroiani e Raiola

Tomate Seco: Hemmer e Natupalm De Tommaso

Triguilho (trigo para quibe): Granfino, Sinhá, Mika, Corsetti, Ki Sabor, Fritz &
Frida, Hikari, Chinezinho, ViaPax Bio e Caldo Bom

Vinagre: Castelo, Santa Amália, Kenko, Fritz & Frida,Qualitá e Peixe Alimentos

QUANDO COMPRAR

De vez em quando acontece aqui em casa de comprarmos uma verdura, deixarmos por uns
dias na geladeira e quando vamos preparar, já está murcha.

É que alguns ingredientes duram pouco tempo e precisam ser consumidos logo. Já outros,
duram bastante na nossa dispensa.

Então, para evitarmos as filas do Natal, podemos comprar o quanto antes os ingredientes
duráveis e deixarmos para comprar depois somente o que estraga rápido.

Dessa forma, assim que escolhermos as receitas que vamos preparar, já podemos comprar os
ingredientes não perecíveis. E perto do dia, os ingredientes frescos. Fica assim:

O quanto antes

Compre todo alimento com validade longa, como grãos, castanhas, frutas secas, farinha, óleo,
açúcar, chocolate, bebidas e alimentos processados em geral.

Também já compre o coco para fazer o leite e quando chegar em casa abra, tire a casca e
guarde congelado. Facilita bastante.

E não se esqueça dos utensílios, se for necessário.

Um ou dois dias antes de usar

Deixe para comprar na última hora somente os alimentos com um prazo de validade curto,
como frutas, legumes, verduras, temperos frescos, pães, cogumelos e tofu.

No caso dos cogumelos e do tofu, é interessante que você deixe encomendados com
o produtor ou com a loja a quantidade que vai usar com pelo menos uma semana de
antecedência, assim evita a surpresa de chegar para comprar e não ter mais.
Sumário

21
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
ONDE COMPRAR

Outro dia eu fui fazer uma receita de pão de queijo vegano para filmar e
colocar no meu canal do YouTube.

E para filmar, eu preciso que esteja dia, porque deixa o vídeo mais bonito. Daí é
aquela correria contra o tempo. Fui separar os ingredientes e cadê o polvilho? Tinha
acabado.

O duro é que a loja em que eu compro polvilho a granel fica um pouco longe de casa e não iria
dar tempo de chegar.

Foi quando me lembrei do mercadinho que tem aqui perto. Sabe aqueles mercadinhos de
bairro que têm de tudo? Desses mesmo. Corri para lá e consegui comprar o polvilho, paguei o
dobro do preço, mas salvei o dia.

Quando a gente compra em um lugar que não é especializado em algo, está sujeito a pagar
mais caro e a ter menos opções. Esses lugares são bons em situações emergenciais, como a
minha história do polvilho, mas se você puder se planejar e comprar no lugar “certo”, vai fazer
um bom negócio.

Aqui embaixo eu vou listar onde é mais barato comprar cada coisa:

Lojas de Produtos Naturais ou de Cereais a Granel / Cerealista

Quase tudo que você compra a granel sai mais barato. Então eu faço o seguinte. Pego a minha
lista de compras e vou primeiro nessas lojas. O que eu não achar lá, compro no supermercado.

Lá você encontra grãos, castanhas, frutas secas, temperos secos e cereais, como grão-de-
bico, amêndoas, cacau em pó, ameixa seca, pimenta-do-reino, aveia, triguilho, farinha de
mandioca, tahine e chocolate. Alguns até possuem azeitonas, alcaparras e tomate seco a
granel.

Supermercados

Eu prefiro ir em supermercados de atacado. Perto de casa tem um e pago mais barato na


maioria das coisas, mesmo comprando em pequena quantidade.

Normalmente compro no supermercado alimentos processados e enlatados no geral, como


óleo, azeite, vinagre, sal, farinha de trigo, açúcar demerara e cristal, arroz branco, fermento,
bolacha, paçoca e palmito. E o que eu não consigo achar a granel, como grão-de-bico e
azeitonas.

E o coco da casca marrom, na maioria das vezes compro no supermercado, para já adiantar o
Sumário

preparo.

22
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Feiras, Varejões e Hortifrutis

Lá eu deixo para comprar frutas, legumes, verduras e temperos frescos, como


morango, brócolis, espinafre, cebola e manjericão fresco.

Outros

Alguns ingredientes normalmente não compro em nenhum dos três lugares, que são os
cogumelos frescos e o tofu, pois encomendo direto do produtor. Sai mais barato e vem
fresquinho, mas você também encontra em feiras, lojas de produtos orientais e até em
supermercados.

Se você estiver acostumado a comprar tudo no supermercado,


dedique um tempo para descobrir as feiras e as lojas de produtos
naturais da sua cidade. Você vai se surpreender com os preços e
com a variedade de temperos, especiarias e castanhas. Quando
você conhece esses lugares, poucos ingredientes são considerados
inacessíveis.

Boas compras!

Sumário

23
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Programando
Suas Tarefas

Sumário

24
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Agora que já sabemos as receitas que vamos preparar, as
quantidades de ingredientes, quando e onde vamos comprar cada
coisa, está na hora de criarmos uma agenda simples de quando cada
coisa vai ser feita.

Nas receitas do livro existe a informação de quando elas deve ser feitas, porque
algumas precisam de um tempo na geladeira antes de servir e outras precisam ser feitas
um pouco antes da ceia.

Com essas informações em mãos, segue um exemplo de programação, usando as receitas


que escolhemos no nosso exemplo:

Dia 9 - comprar ingredientes (cerealista / supermercado)


Dia 10 - abrir coco / preparar homus e congelar
Dia 16 - encomendar tofu e cogumelo
Dia 22 - comprar ingredientes frescos (varejão) e retirar tofu e cogumelos
Dia 23 - preparar receitas que precisam e podem ficar na geladeira (panquecas / manjar /
pavê) / passar homus do freezer para a geladeira
Dia 24 - deixar amêndoas de molho / preparar restante das receitas (strogonoff / arroz / farofa /
salpicão)

E para o ano novo, é a mesma coisa. Você pode comprar os ingredientes com boa durabilidade
no começo de dezembro e deixar para comprar os ingredientes frescos no dia 29, 2 dias antes
da virada.

Espero que essas dicas de planejamento te ajudem a ter o final de ano mais tranquilo e
organizado.

Faça sua agenda!


Sumário

25
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Colocando
a Mão na
Massa

Sumário

26
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
E certo dia a gente acorda e diz: “Nossa, já chegou o Natal! Como
esse ano passou rápido!” E você olha pela janela e vê flocos de neve
caindo delicadamente… Brincadeira! Isso é coisa de filme. Natal brasileiro
é aquele calorão, mesmo.

Normalmente eu acordo no dia 24 empolgada com a ceia que está por vir. Estar
com as pessoas que eu gosto e aquela mesa farta… Combinação perfeita!

Espero que você também esteja animada(o)! Com muitos compromisso, eu sei que vai
estar. Por isso imagino que não é na véspera do Natal que você vai ler essas palavras. Acho
que vai estar mais envolvida(o) com os pratos que já começou a preparar. Espero que esteja
tudo sob controle e que você, apesar de atarefada(o), esteja tranquila(o).

Algumas dicas para esse momento:

PREPARANDO AS RECEITAS

Na hora de preparar a ceia:

• Tenha calma: essa dica parece boba, mas na hora de cozinhar, e de fazer qualquer coisa,
o desespero leva ao erro. Eu mesma já consegui errar as minhas próprias receitas por estar
ansiosa. Se estiver assim, mesmo com o tempo apertado, dedique uns minutos para me
alongar e respirar profundamente. Com a mente tranquila, tudo flui melhor;

• Faça lista de tarefas: sabe todas aquelas coisas que você tem que fazer? Coloque no
papel em forma de lista e deixe na porta da geladeira com uma caneta perto para você ir
riscando à medida que for terminando cada ítem;

• Leia a receita atentamente: antes de começar a fazer a receita, leia ela todinha. Isso vai te
ajudar a ter uma dimensão maior do que você tem que fazer;

• Siga a receita à risca: é tentador, eu sei, mas não mude nem pule passos da receita. Deixe
para fazer isso com segurança com as dicas de “Dê o Seu Toque Pessoal”, presentes em
cada receita do livro. Brincar e inovar na cozinha é uma arte maravilhosa, mas prefira fazer
testes na cozinha em dias mais tranquilos. Na véspera do Natal não é um bom momento,
porque se algo der errado, você provavelmente não vai ter tempo nem ingredientes para
consertar, e vai acabar se estressando;

• Se alguma coisa der errado: por mais que a gente tome todos os cuidados, errar na cozinha
acontece. Espero que não, mas se isso acontecer com você, fique tranquilo e estude uma forma
de arrumar. Se faltar tempero e sal, corrija. Se for sal demais, tente aumentar a receita. E assim
por diante. Talvez o resultado seja diferente do seu plano, mas pode ser que fique até melhor.
Sumário

27
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
CONSERVANDO OS ALIMENTOS ADEQUADAMENTE

Veja algumas dicas para evitar que os alimentos se contaminem e estraguem:

• Lave bem as mãos todas as vezes que for mexer com o alimento;

• Higienize frutas, legumes e verduras antes de usar;

• Descongele alimentos na geladeira, como é o caso do homus, ou direto na panela,


como é o caso do grão-de-bico. Não deixe descongelando sobre a pia. E depois de
descongelado, não volte a congelar;

• Assim que acabar uma receita, se não for comer na hora, guarde na geladeira. Deixe
as preparações pelo menor tempo possível em temperatura entre 15 e 70ºC, pois esse é o
ambiente perfeito para os micróbios se desenvolverem, coisa que acontece bem rápido. E o
problema disso é que, apesar do alimento contaminado por bactérias parecer normal, sem
cheiro e aparência de estragado, quem comer pode passar mal. Sabe aquela dor de barriga
depois de comer algo? Então;

• Tire da geladeira os pratos somente quando for consumir e leve imediatamente para o
forno / fogo para esquentar, se for o caso;

• Se for viajar, mantenha os alimentos sob refrigeração até o momento de sair de


sua casa, assim a temperatura não será tão afetada em caso de pequenas distâncias e
consequentemente o risco de multiplicações microbianas será menor.

• A distância a ser percorrida será grande? Não transporte alimentos à temperatura


ambiente por diversas horas. O prazo de segurança para transporte de alimentos sob
essa condição é de 30 minutos. Ultrapassará esse tempo? Use a sacola térmica ou a
caixa térmica, assim a temperatura será melhor conservada e o risco de multiplicações
microbianas reduzido. Nesse caso, pense em investir em compartimentos térmicos com
espaço suficiente para que você coloque as assadeiras e tigelas. Ou então você pode
pensar em chegar mais cedo e preparar a comida no local onde vai acontecer o Natal,
lembrando de escolher preparações que não precisam descansar por muito tempo na
geladeira, como é o caso do pavê.

NA HORA DA CEIA

Chegou a hora de você se juntar com a sua família e com os seus amigos. Aproveite esses
momentos ao lado das pessoas que você gosta.

Eu sei como é difícil para um vegano ver aquela mesa cheia de animais mortos e as pessoas
Sumário

comendo como se fosse um pedaço de pão. Para mim também é. Principalmente quando
fazem piadas com o sofrimento dos animais e menosprezam a você e à sua comida. Mas
pondere antes de entrar em uma discussão. Na maioria das vezes não vai levar a lugar algum.
28
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
A pessoa torceu o nariz para a sua comida por ser vegana.
Não ligue. Na maioria das vezes é pura implicância. Mantenha a
serenidade e seja educada(o). Dialogue sobre o veganismo com quem
realmente estiver interessado.

E para você, que vai passar a ceia com um vegano, mesmo que não entenda
muito bem os motivos da escolha dessa pessoa, o mais importante é que você a
respeite. Não faça brincadeiras sobre esse assunto, porque se trata de algo sério.

Se todos mantiverem uma relação respeitosa e pacífica, apesar das diferenças, o Natal será
um momento agradável para todos.

DEPOIS DA FESTA

A festa acabou e todo mundo está cansado, o que fazer com as sobras dos alimentos?

Embale adequadamente em recipientes com tampas ou protegidos por filme plástico ou papel
alumínio e guarde na geladeira.

Posso aproveitar as sobras da Ceia de Natal para a do Ano Novo? NÃO! Temos 7 dias entre
o Natal e o Ano Novo, esse tempo é muito extenso para armazenar alimentos prontos para o
consumo e consumi-los novamente.

O prazo máximo que podemos usar a maioria das preparações quando mantidas sob
refrigeração é de 3 dias. Uma alternativa é congelar os alimentos. Nesse caso você pode
utilizar as preparações que sobraram no Natal na Ceia de Ano Novo, mas assegure que os
alimentos que serão usados foram armazenados adequadamente e expostos de modo seguro,
por exemplo, não ficaram expostos à temperatura ambiente, que não o cortaram com um
utensilio sujo ou que foi à boca de alguém.

Não esqueça também que não podemos congelar alimentos que foram descongelados outrora
e que o descongelamento deve ser sempre feito sob refrigeração (ou no micro-ondas ou forno
quando o alimento for consumido imediatamente).

Feliz Natal!
Sumário

29
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Receitas

Sumário

30
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Entradas

Homus

Antepasto de Berinjela

Ricota de Amêndoas

Patê de Tomate Seco

Tapenadade

Petisco de Palmito

Sumário

31
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Homus
O homus é uma pastinha típica árabe à base de grão-de-bico, super gostosa e nutritiva. Aqui
em casa sempre tem!
Você vai aprender a fazer o homus tradicional e, a partir dele, preparar as outras cores.

Receita rápida, fácil, acessível, adaptável, boa para quem vai viajar e sem glúten

Rendimento: 4 porções
Dificuldade: fácil
Tempo: 8 horas (molho) + 40 minutos (cozinhar) + 10 minutos (bater)
Durabilidade: até 3 dias na geladeira e até 3 meses no freezer
Quando fazer: até 3 meses antes (congelar) ou até 1 dias antes de servir
Custo: R$ 1,70 (por pessoa) / R$ 6,80 (da receita)
Sumário

32
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Ingredientes

2 xícaras de grão-de-bico cozido (290g cozido / 125g cru - compre 500g dele cru)
2 colheres de sopa de tahine ou pasta de gergelim (36g)
1 dente de alho (4g)
Suco de 1/2 a 3/4 de limão
1/2 colher de chá de sal (3g)
1 colher de chá de azeite (5ml)
Água se necessário

Utensílios Necessários

• Panela de pressão (ou a comum)


• Processador de alimentos, liquidificador ou mixer

Modo de Preparo

1. Coloque 500g de grão-de-bico de molho em bastante água por de 8 a 10 horas. Para essa
receita, você precisará de aproximadamente 125g de grão-de-bico cru, mas cozinhe 500g
de uma vez e congele o que não for usar. É mais prático e econômico;

2. Após as 8 horas, escorra e leve para cozinhar em uma panela de pressão com 1,5 litro de
água. Não coloque sal na água. Deixe em fogo médio até começar a chiar. Abaixe o fogo e
deixe cozinhando por 20 minutos, desligue e deixe a pressão sair naturalmente, o que leva
mais ou menos 20 minutos;

3. Separe o grão-de-bico que for usar nessa receita e não descarte a água do cozimento. Ela
é a aquafaba, um substituto das claras em neve. Ela precisa ser apurada e deixada com o
grão-de-bico por 24h. Veja como fazer na receita do mousse de chocolate.

4. Bata todos os ingredientes no processador ou no liquidificador, acrescentando água


somente se necessário, até a mistura ficar bem lisinha. Ajuste os temperos de acordo com o
seu paladar (sal, limão, tahine, alho). E está pronto o homus tradicional!

Para Agilizar

Você pode cozinhar o grão-de-bico e congelar escorrido em porções de 2 xícaras para


preparar no dia. Desse jeito, ele pode ficar até 3 meses no freezer. E quando for descongelar, é
só levar ao fogo com um dedo de água;

E também pode congelar o homus já preparado. A textura muda um pouco, eu prefiro congelar
o grão-de-bico, mas fica gostoso e facilita bastante. Daí um dia antes é só deixar na geladeira
Sumário

para ir descongelando lentamente. Ah, e pode ser congelado já preparado com legumes, como
você vai ver abaixo.

33
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Dê o Seu Toque Pessoal

Apesar de não ser um ingredientes muito comum, o tahine dá um gosto especial para o
homus e eu indico que, se possível use. Mas se você não encontrar para comprar, aumente a
quantidade de azeite.

Se você não tiver um processador de alimentos, bata no liquidificador. Você vai precisar
colocar mais água para bater e, portanto, o homus vai ficar menos espesso. Só não exagere na
quantidade e vá colocando aos poucos.

Você pode fazer não somente o homus tradicional, mas também uma infinidade de variações
acrescentando legumes e verduras cozidos. Dessa forma, ele pode ficar colorido!

Para isso:

Cozinhe o legume escolhido da forma que quiser. Pode ser no vapor, em água e até no forno.
Quanto mais macio o legume, mais homogêneo vai ficar o creme;

No copo do processador ou liquidificador com a receita base de homus, acrescente o legume


cozido e escorrido pouco a pouco, até ficar na cor desejada. Só não exagere senão o homus
vai perder o gosto de grão de bico. E no final acerte o sal e temperos.
Sumário

34
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Algumas sugestões

Homus Laranja:
• Com cenoura: aproximadamente 1 grande para 1 receita de homus
• Abóbora cabotiá: ½ abóbora é mais do que o suficiente para 1 receita de
homus

Homus Rosa:
• Beterraba: aproximadamente ½ pequena para 1 receita de homus

Homus Verde:
• Com espinafre: nesse caso separe uns 150g de folhas (4 xícaras) e branqueie antes de
bater, ou seja, deixe em água fervente por 1 minuto, escorra e deixe imerso em água com
gelo por mais alguns minutos, amasse para escorrer e bata.

• Com rúcula ou agrião: bata a folha crua mesmo, colocando aos poucos

• Com manjericão: você pode dar um sabor especial com o manjericão, acrescentando junto
à uma verdura para o sabor não ficar muito forte.

Sirva Com

• Legumes em palito, como cenoura e pepino


• Pão sírio marca Pitta Bread
• Torradinhas Wickbold Regular Canapé
• Pão italiano vegano

Bom apetite!

Sumário

35
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Antepasto de Berinjela
Essa receita fica muito gostosa. Uma amiga me passou a receita e até eu, que não sou muito fã
de berinjela, adorei!

Receita sofisticada, boa para quem vai viajar e sem glúten

Rendimento: aprox. 10 porções ou 1 litro de antepasto


Dificuldade: média
Tempo: 2h
Durabilidade: 4 dias na geladeira
Quando fazer: até 2 dias antes
Custo: R$ 2,50 (por pessoa) / R$ 25,00 (da receita)
Sumário

36
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Ingredientes

4 berinjelas médias (1,2kg)


3 colheres de sopa de sal (45g)
3 cebolas roxas (500g)
3 dentes de alho (12g)
1 pimentão vermelho (160g)
1 pimenta dedo de moça (7g)
100g de uva passa branca
½ xícara de açúcar demerara (100g)
½ xícara de vinagre de maçã (120ml)
2 folhas de louro
2 colheres de sopa de alcaparras (25g)
1 xícara de azeite de oliva (240ml)
Sal a gosto
Pimenta-do-reino a gosto
Tomilho a gosto

Utensílio Necessários

• Peneira
• Panela
• Potes de vidro com tampa de fechamento hermético

Modo de Preparo

1. Lave bem potes de vidro com o total de 1 litro ou mais. Escolha vários potes pequenos
ao invés de 1 pote grande, e com tampas em bom estado. Deixe escorrer sobre um papel
toalha;

2. Pré-aqueça o forno a 180ºC e coloque os potes com a boca para cima sobre uma assadeira
e leve para esterilizar por 10 minutos. Desligue e deixe dentro do forno até a hora de usar;

3. Deixe as tampas fervendo por 5 minutos e mais 5 descansando na água quente. Retire com
um pegador e deixe secar naturalmente sobre um papel toalha. Não coloque as mãos nas
tampas para não contaminar;

4. Lave e, com uma faca afiada, corte as berinjelas em fatias finas no sentido do comprimento,
com meio centímetro de espessura, e corte as fatias em tiras de meio centímetro. Teremos,
então tirinhas finas e compridas;

5. Coloque uma peneira grande sobre uma tigela, as tiras de berinjela sobre a peneira e umas
3 colheres de sopa de sal, ou o suficiente para que o sal entre em contato com toda a
Sumário

berinjela, e misture bem. Esse processo serve tirar a água amarga da berinjela e o sal vai
sair depois. Portanto, não economize no sal;

37
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
6. Coloque um peso sobre a berinjela para agilizar o processo, como
uma tigela de vidro com um saco de arroz cru dentro. Enquanto isso,
vamos picar os legumes;

7. Corte a cebola em meia lua, ou seja, ao meio no sentido do comprimento,


e cada metade em fatias finas. Pique o alho. Corte o pimentão ao meio e
retire as sementes, a parte branca e também uma camada interna fininha.
E então corte em cubinhos de meio centímetro. E por último corte a pimenta
ao meio, retire as sementes de uma metade e corte tudo em cubinhos de meio centímetro
também;

8. Após 1 hora, mais ou menos, escorrendo, você vai notar que saiu da berinjela um líquido
marrom e que ela está bem murcha, e um pouco escura. Esse é o ponto. Passe em água
corrente para tirar o sal e esprema com as mãos para tirar a água;

9. Vamos começar a refogar os legumes. Adicione um fio de azeite em uma panela e refogue
a cebola até ela ficar transparente. Acrescente o alho, o pimentão, a pimenta e refogue
mais um pouco, até dar uma murchada. Adicione a berinjela e deixe refogando por uns 4
minutos em fogo baixo. Acrescente a uva passa, o açúcar demerara, o vinagre de maçã,
o louro e deixe refogando por um tempo, até a água evaporar. Daí adicione as alcaparras
e o azeite de oliva, tempere com sal e pimenta do reino a gosto e desligue o fogo. Finalize
acrescentando bastante folhinhas de tomilho e deixe amornar.

10. Preencha os potes esterilizados até em cima, uma folha de louro em cada pote, coloque um
pedaço de plástico filme no topinho e feche bem. Está pronto!

Sumário

38
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Dê o Seu Toque Pessoal

Essa receita, para mim, já é perfeita, mas confira alguma dicas:

• Pimentão: você não precisa colocar. Eu fiz sem e aprovei;

• Pimenta: a pimenta deixa um sabor suave e bem gostoso. Mesmo quem não gosta
de pimenta vai aprovar. Se não encontrar para comprar, use uma pitada de pimenta
calabresa;

• Uva passa: você também não precisa colocar. Mas eu gostei;

• Açúcar demerara: você pode trocar por outro;

• Vinagre de maçã: prefira usar esse por ser mais suave;

• Folha de louro: a fresca fica melhor que a seca, mas se não encontrar, use a seca mesmo;

• Alcaparras: não são essenciais. Você pode substituir por azeitonas picadas;

• Azeite: Use um bom azeite. Se ele tiver um gosto ruim, tudo vai ter gosto ruim;

• Tomilho: não está encontrando tomilho fresco? Substitua por outra erva, como manjericão;

Sirva Com:

• Torradinhas Wickbold Regular Canapé


• Pão italiano vegano

Bom apetite!
Sumário

39
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Ricota de Amêndoas
com Manjericão
Esse patezinho fica muito gostoso. E o legal é que é feito com a sobra das amêndoas que
usamos para fazer o leite caseiro de amêndoas. E como essas castanhas de sabor suave não
são baratas, não podemos desperdiçar nada, né?

Só não vale a pena fazer leite de amêndoas só para ficar com o resíduo. Mas toda vez que fizer o
leite em casa, tire a casquinha e guardar o resíduo no freezer. Depois que juntar uma quantidade
boa, no dia anterior à ceia, deixe na geladeira descongelando e use para fazer o patê.

Receita rápida, fácil, acessível, adaptável, boa para quem vai viajar e sem glúten

Rendimento: 3 porções
Dificuldade: fácil
Tempo: 10 minutos
Durabilidade: 3 dias na geladeira
Quando fazer: temperar até 1 dia antes de servir
Sumário

Custo: R$ 0,70 (por pessoa) / R$ 2,10 (receita) -


valor das amêndoas não incluído

40
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Ingredientes

Resíduo de 1 xícara de amêndoas sem casca (do leite de amêndoas)


3 colheres de sopa de azeite
Manjericão fresco picado
Sal a gosto

Utensílios Necessários

• Liquidificador (para fazer o leite)


• Coador de voal ou outro tecido (para coar o leite)

Modo de Preparo

Misture todos os ingredientes e tá pronto!!

Dê o Seu Toque Pessoal

Ao invés de usar o resíduo das amêndoas como base, você pode usar o tofu amassado.

E também pode fazer do sabor que quiser. Veja algumas sugestões:

• Ervas frescas como cheiro verde, tomilho, alecrim ou orégano;


• Azeitonas verdes ou pretas;
• Tomate seco.

Dê uma olhada na próxima receita, feita com tofu.

Bom apetite!
Sumário

41
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Patê de Tomate Seco
Essa é uma receita super prática e que pode ser feita do sabor que você quiser.

Receita rápida, fácil, sofisticada, adaptável, boa para quem vai viajar e sem glúten

Rendimento: 4 porções
Dificuldade: fácil
Tempo: 10 minutos
Durabilidade: até 3 dias na geladeira
Quando fazer: até 1 dia antes de servir
Custo: R$ 2,25 (por pessoa) / R$ 9,00 (da receita)
Sumário

42
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Ingredientes

250g de tofu (ou 2 xícaras dele esmigalhado)


90g de tomate seco drenado (ou ½ xícara)
4 colheres de chá do azeite do tomate seco
Sal a gosto

Utensílio Necessário

• Processador de alimentos

Modo de Preparo

Bata tudo no processador até ficar na textura desejada, que pode ser mais homogênea ou em
pedacinhos. E está pronto!!

Sirva Com

• Pão sírio marca Pitta Bread


• Torradinhas Wickbold Regular Canapé
• Pão italiano vegano

Bom apetite!

Sumário

43
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Tapenade
A tapenade é um patê muito simples de preparar, originário da região de Provença, na França.
É feito tradicionalmente com azeitonas, alcaparras, anchovas e azeite, mas na versão vegana
eu retirei as anchovas.

Receita rápida, fácil, sofisticada, boa para quem vai viajar e sem glúten

Rendimento: 3 porções
Dificuldade: fácil
Tempo: 10 minutos
Durabilidade: até 1 semana na geladeira
Quando fazer: até 2 dias antes de servir
Custo: R$ 3,00 (por pessoa) / R$ 9,00 (da receita)
Sumário

44
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Ingredientes

½ xícara de azeitonas pretas (80g - peso com caroço)


¼ de xícara de azeitonas verdes (40g - peso com caroço)
¼ de xícara de alcaparras (50g)
1 colher de sopa de azeite de oliva (15ml)
ervas frescas a gosto

Utensílio Necessário

• Processador de alimentos (ou faca)

Modo de Preparo

Retire o caroço da azeitona e pique junto com a alcaparra em partes bem pequenas ou bata
todos os ingredientes em um processador. Pronto!

Dê o Seu Toque Pessoal

Acrescente as ervas que você mais gostar, como manjericão, orégano e tomilho frescos.

Sirva Com:

Pão sírio marca Pitta Bread


Torradinhas Wickbold Regular Canapé
Pão italiano vegano

Bom apetite! Sumário

45
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Petisco de Tomate
Cereja e Palmito
Essa é uma sugestão de petisco que fica super bonita.

Receita rápida, fácil, acessível, adaptável, boa para quem vai viajar e sem glúten

Rendimento: 5 porções
Dificuldade: fácil
Tempo: 5 minutos
Durabilidade: 1 dia na geladeira
Quando fazer: no dia que for servir
Custo: R$ 1,50 (por pessoa) / R$ 7,50 (da receita)
Sumário

46
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Ingredientes

90g de palmito (½ vidro médio)


90g de tomate cereja
Folhas de manjericão
Palitos

Modo de Preparo

Corte o palmito, lave os tomates e as folhas de manjericão, espete em um palito e sirva.

Dê o Seu Toque Pessoal

• Se você for viajar, opte por levar os ingredientes nas embalagens originais e montar na hora
de servir.

• Você pode colocar azeitonas sem caroço também.

• E se quiser simplificar mesmo, sirva em potinhos os palmitos, as azeitonas e amendoim


torrado.

Bom apetite!

Sumário

47
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Pratos Principais
Lasanha com Brócolis ao Molho Branco

Lasanha com Abobrinha ao Sugo

Strogonoff de Cogumelos

Panqueca Recheada com Tofu e Espinafre

Rocambole de Tofupiry

Quiche de Tomate Seco

Sumário

48
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Lasanha com Brócolis
ao Molho Branco
Não conheço ninguém que não goste de lasanha. Você conhece? E essa receita, feita com mo-
lho branco de leite de amêndoas e couve-flor fica incrível.
Postei a foto nas redes sociais e o pessoal amou!

Receita fácil, sofisticada, adaptável e boa para quem vai viajar

Rendimento: 4 porções
Dificuldade: fácil
Tempo: 2h
Durabilidade: 3 dias
Quando fazer: até 1 dia antes de servir
Custo: R$ 4,50 (por pessoa) / R$ 18,00 (da receita)
Sumário

49
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Ingredientes do Molho

4 xícaras de couve-flor (aproximadamente ½ maço ou 320g já picado)


4 xícaras de leite de amêndoas caseiro (feito com 1 xícara de amêndoas - 150g)
¼ de xícara de farinha de trigo (35g)
¼ de xícara de óleo vegetal ou azeite (60ml)
Sal a gosto
Pimenta do reino, noz moscada e cebola em pó a gosto (opicional)

Ingredientes do Recheio

3 ½ xícaras de brócolis (1 maço médio ou 220g já picado em floretes pequenos)


1 cebola média (100g)
1 colher de sopa de azeite (15ml)
2 dentes de alho (8g)
Sal a gosto

Ingredientes para a Montagem

200g de massa de lasanha sem ovos e direto ao forno (talvez você não use tudo)

Utensílios Necessários

• Uma forma quadrada ou retangular de vidro ou louça que caiba duas folhas de massa, uma
ao lado da outra, com 1 centímetro entre elas e da lateral
• Concha
• Liquidificador
• Panela Sumário

50
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Modo de Preparo do Molho

1. Comece pelo leite de amêndoas. Deixe 1 xícara de amêndoas de molho por 6


horas, passe na água morna e tire as casquinhas para aproveitar o resíduo para
fazer ricotinha. Bata bem com 4 xícaras de água, coe em um tecido e reserve.
Veja o passo-a-passo completo na receita de leite de amêndoas;

2. Corte a couve-flor em floretes médios, sem precisar dispensar os talos, lave e deixe de
molho em água com cloro por alguns minutos;

3. Escorra, passe na água e cozinhe até ficar bem molinha. Pode ser em água ou no vapor.
Quando mais macia a couve-flor, mais cremoso o molho;

4. Bata no liquidificador com o leite de amêndoas já coado até ficar um creme bem liso. Para
isso, coloque o leite aos poucos e no final, passe molho entre os dedos para se certificar de
que não há nenhum pedacinho. Reserve;

5. Em uma panela, acrescente o óleo e a farinha. Misture e ligue o fogo em temperatura baixa
e vá mexendo até dar uma leve dourada e começar a exalar um aroma de farinha torrada.
Cuidado para não passar do ponto;

6. Acrescente aos poucos o molho de couve-flor e mexa sem parar para tirar todos os
gruminhos e o molho dar uma encorpada. Ele precisa ficar meio grossinho para dar a
cremosidade que a gente quer para a lasanha. Não deixe engrossar demais. Daí desligue e
reserve.

Modo de Preparo do Recheio

1. Corte o brócolis em floretes bem pequenos, lave e deixe de molho em água com cloro por
alguns minutos;

2. Escorra, passe na água e escorra novamente;

3. Pique a cebola em pedaços pequenos e refogue em fogo baixo até murchar;

4. Pique o alho e refogue junto com a cebola até ela ficar molinha;

5. Acrescente o brócolis, um fio de água e sal. Tampe e deixe cozinhar em fogo baixo até
amolecer. Não deixe cozinhar demais porque ainda vai para o forno;

6. Daí acrescente uma concha do molho branco e deixe engrossar com a panela destampada.
Desligue e reserve.
Sumário

51
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Montagem

1. Com tudo pronto e o molho quente, a gente vai montar a lasanha. Forre
o fundo da assadeira com um pouco de molho, coloque a primeira camada
de massa, deixando um espaço entre as folhas, coloque mais molho, o
brócolis, molho, outra camada de massa, molho, brócolis e assim por diante,
colocando sempre uma camada generosa de molho e um pouco de brócolis
entre as camadas de massa, até acabar a massa ou o espaço da assadeira. O
importante é que a massa fique entre camadas de molho. Finalize com mais molho,
deixando um pouco guardado para a hora de servir;

2. Cubra com papel alumínio e leve para assar por de 12 a 15 minutos, ou pelo tempo
indicado na embalagem da sua lasanha. Como o molho não vai gratinar, não tire o papel
alumínio nos últimos minutos, porque ele pode rachar. Para saber quando tirar a lasanha
do forno é só espetar um palito até embaixo. Se entrar facilmente, é porque a massa já
está cozida. E tá pronta! Quando for esquentar a lasanha, coloque mais molho e cubra com
papel alumínio para não ressecar.

Dê o Seu Toque Pessoal

• Você pode trocar o brócolis do recheio por tofu com espinafre, cogumelos, etc.

• Para fazer o molho branco, você pode usar somente o leite de amêndoas, não usar a
couve-flor. Só que ele vai ficar mais ralo, render menos e encarecer um pouco a receita.
Nesse caso, use ¼ de xícara de farinha para ¼ de xícara de óleo vegetal. Dê uma torrada
no fogo e acrescente 1 litro de leite de amêndoas aos poucos, mexa até ficar um creme liso
e dar uma engrossada e tempere a gosto;

• Você ainda pode substituir o molho branco por molho de tomate ou fazer meio a meio;

• E ainda, se puder investir em um queijo mussarela vegano, desses de cortar, pode intercalar
uma camada de massa com molho e queijo e uma de molho e brócolis. Fica muito bom!
Ah, mas esqueça, queijo vegano não gratina, nem adianta tentar. Melhor assar com o papel
alumínio

• Uma outra opção de lasanha é essa com abobrinha, que é a próxima receita.

Bom apetite!
Sumário

52
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Lasanha com
Abobrinha ao Sugo
Olha mais uma opção de lasanha. Essa fica mais levinha e bem gostosa.

Receita fácil, acessível, adaptável e boa para quem vai viajar

Rendimento: 4 porções
Dificuldade: fácil
Tempo: 2 horas
Durabilidade: 3 dias
Quando fazer: até 1 dia antes de servir
Custo: R$ 4,00 (por pessoa) / R$ 16,00 (da receita)
Sumário

53
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Ingredientes do Molho de Tomate

1,5 kg de tomates maduros


1 cebola grande (150g)
Água (o necessário)
Sal a gosto
Açúcar a gosto
Temperos como manjericão, tomilho e orégano a gosto

Ingredientes do Queijo Cremoso

3 batatas médias (420g)


2 xícaras de leite de amêndoas caseiro (feito com ½ xícara de amêndoas - 75g)
Lemon pepper ou levedura nutricional a gosto
1 colher de sopa de azeite (15ml)
2 colheres de sopa de polvilho doce (9g)
1 colher de chá de sal (3g)

Ingredientes do Recheio de Abobrinha

1 abobrinha brasileira grande (360g)


Azeite a gosto
Sal a gosto
Temperos a gosto, como ervas secas

Utensílios Necessários

• Uma forma quadrada ou retangular de vidro ou louça que caiba duas folhas de massa, uma
ao lado da outra, com 1 centímetro entre elas e da lateral
• Concha
• Liquidificador
• Panela
• Assadeira

Ingredientes para a Montagem

200g de massa de lasanha sem ovos e direto ao forno (talvez você não use tudo)
Sumário

54
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Modo de Preparo do Molho de Tomate

1. Lave os tomates e corte ao meio;

2. Descasque a cebola e corte em 4;

3. Bata o tomate e a cebola no liquidificador com um pouco de água, somente o suficiente


para bater, até virar um creme homogêneo;

4. Peneire com o auxílio de uma colher. Ficarão na peneira somente cascas e sementes. Se
precisar, adicione mais água para auxiliar a peneirar;

5. Com o molho na panela, é hora de levar ao fogo médio para cozinhar e engrossar, mexendo
de vez em quando. Lembrando que o sal, o açúcar e os temperos devem ser colocados
somente no final. Para o molho ficar na grossinho, na textura que eu gosto, foi necessária
mais de 1 hora em fogo médio;

6. Finalize com o sal, o açúcar (para diminuir a acidez) e os temperos. Reserve.

Modo de Preparo do Queijo Cremoso

1. Comece pelo leite de amêndoas. Deixe ½ xícara de amêndoas de molho por 6 horas, passe
na água morna e tire as casquinhas para aproveitar o resíduo para fazer ricotinha. Bata bem
com 2 xícaras de água, coe em um tecido e reserve. O passo-a-passo completo está na
receita de leite de amêndoas;

2. Coloque as batatas descascadas e picadas em cubinhos para cozinhar;

3. Quando elas estiverem macias, escorra, e antes que esfriem, coloque no liquidificador com
o leite de amêndoas quente, o sal, o lemon pepper, o polvilho doce e o azeite, e bata por 1
minuto, até ficar bem cremoso;

4. Daí é só colocar na panela e cozinhar em fogo baixo até engrossar, acertar o sal e colocar
outros temperos que você queira, como levedura nutricional e alho em pó. Reserve.

Modo de Preparo do Recheio de Abobrinha

1. Corte a abobrinha em fatias finas, tentando manter a mesma espessura. Se você tiver um
mandolim, vai ajudar bastante;

2. Coloque um fio de azeite em uma assadeira, as abobrinhas, sal a gosto e misture. Posicione
Sumário

uma fatia ao lado da outra e leve para assar a 180ºC, até ficarem macias. Quando tirar do
forno, você pode colocar temperos, como ervas secas. E não precisa desligar o forno.
Reserve.
55
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Montagem

1. Com tudo pronto e o molho quente, a gente vai montar a lasanha.


Forre o fundo da assadeira com um pouco de molho de tomate, coloque
a primeira camada de massa, deixando um espaço entre as folhas, coloque
mais molho, as fatias de abobrinha, molho, outra camada de massa, molho,
uma camada generosa do queijo cremoso, molho, massa, molho, abobrinha e
assim por diante, intercalando uma camada de recheio de abobrinha e outra de
queijo, até acabar a massa ou o espaço da assadeira. O importante é que a massa
fique entre camadas de molho. Finalize com o queijo cremoso;

2. Cubra com papel alumínio e leve para assar por uns 15 minutos, ou pelo tempo indicado
na embalagem da sua lasanha. Como o queijo cremoso não precisa gratinar, não tire o
papel alumínio nos últimos minutos, porque ele pode rachar. E tá pronto! O molho que
sobrar você guarda para usar quando for esquentar a lasanha, o que deve ser feito com
papel alumínio para não ressecar.

Dê o Seu Toque Pessoal

1. Você pode substituir a abobrinha por outro recheio, como bolonhesa de soja;

2. E pode substituir o queijo cremoso por queijo vegetal fatiado ou outro creme, como
requeijão vegano;

3. O molho de tomate você pode usar o pronto ou fazer a partir de tomates pelados, batendo
o conteúdo de uma lata com cebola refogada, sal e água suficiente para dar a quantidade
de 800ml. Confesso que ultimamente ando fazendo molho de tomate assim, por ser mais
prático.

Bom apetite!
Sumário

56
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Strogonoff de Cogumelos
Estrogonofe para mim tem gosto de infância, porque a minha mãe sempre fazia. E eu amava!
Mas nem lembro da carne que ficava no meio, porque para mim o principal era o creme com
pedaços macios de cogumelo e a crocância da batata palha.

E essa receita fica igual. Tanto no sabor, quanto na cremosidade. E é, talvez, a minha escolha
de prato para o Natal aqui de casa.

Receita rápida, fácil, sofisticada e boa para quem vai viajar

Rendimento: 3 a 4 porções
Dificuldade: fácil
Tempo: 1 hora
Durabilidade: até 3 dias na geladeira
Quando fazer: preferencialmente no dia
Custo: R$ 6,85 (por pessoa) / R$ 24,00 (da receita)
Sumário

57
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Ingredientes do Creme

2 xícaras de leite de amêndoas caseiro (feito com ½ xícara de amêndoas - 75g)


2 colheres de sopa de farinha de trigo (20g)
2 colheres de sopa de óleo vegetal ou azeite (30ml)

Ingredientes do Strogonoff

200g de cogumelo shimeji (o escuro ou o claro)


200g de cogumelo shitake
1 cebola média (100g com casca)
1 colher de sopa de azeite (15ml)
3 colheres de sopa de extrato de tomate
2 colheres de sopa de ketchup
1 colher de sopa de mostarda
Sal a gosto

Utensílios Necessários

• Liquidificador
• Tecido de Voal
• Peneira
• Panela

Modo de Preparo do Creme

1. Comece pelo leite de amêndoas. Deixe ½ xícara de amêndoas de molho por 6 horas, passe
na água morna e tire as casquinhas para aproveitar o resíduo para fazer ricotinha. Bata bem
com 2 xícaras de água, coe em um tecido e reserve. O passo-a-passo completo está na
receita de leite de amêndoas;

2. Em uma panela, acrescente o óleo e a farinha. Misture e ligue o fogo em temperatura baixa
e vá mexendo até dar uma leve dourada e começar a exalar um aroma de farinha torrada.
Cuidado para não passar do ponto;

3. Acrescente aos poucos o leite de amêndoas e mexa sem parar para tirar todos os
gruminhos e o molho engrossar. Daí desligue e reserve.
Sumário

58
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Modo de Preparo do Strogonoff

1. Para higienizar o cogumelo, prefira usar um paninho seco ou passar


rapidamente em água corrente e deixar escorrendo. Isso porque ele absorve
muita água;

2. Para picar o shimeji, vá soltando do talo mais duro e corte a pontinha se


estiver muito dura. Corte na metade do talinho os cogumelos muito compridos. Reserve;

3. Para picar o shitake, posicione ele na tábua com o talo para cima. Corte envolta do talo em
cubinhos de uns 2 cm e o talo corte em rodelas finas. Reserve;

4. Pique a cebola em pedaços pequenos e refogue em fogo baixo até dar uma murchada;

5. Daí acrescente os cogumelos picados e vá mexendo até amolecer. Ele vai soltar um pouco
de água;

6. Quando os cogumelos já estiverem mais macios, acrescente o creme de amêndoas e deixe


cozinhar mais um pouco para dar uma engrossada no creme;

7. Adicione sal a gosto e coloque o extrato de tomate, o ketchup e a mostarda aos poucos,
mantendo a proporção de uma parte de mostarda para duas de ketchup e 3 de extrato de
tomate. E tá pronto!

Dê o Seu Toque Pessoal

• Esse creme de amêndoas fica maravilhoso e ele é 80% do sucesso dessa receita. Então
eu sugiro que você invista uma graninha para fazer como ensino. E olha, vale a pena, viu?
Porque com o resíduo do leite você faz a ricota de amêndoas para servir como entrada.
Muito mais saboroso e barato do que usar creme de leite de caixinha, que custaria R$ 9,00
duas caixinhas e com o creme de amêndoas você não vai gastar nem R$ 5,00.

• Ah, e eu não sugiro usar creme de aveia, por mais que algumas pessoas digam que fica
gostoso, não chega aos pés do creme feito com leite de amêndoas, porque ele não tem a
gordura necessária para deixar tão parecido com o original.

• Agora, se você quiser que a receita não tenha glúten, vai ter que tirar a farinha do creme. E
para isso você pode fazer um creme de leite com castanhas de caju crua deixada de molho
e batida com água até ficar bem cremoso. Você vai precisar de mais ou menos 1 xícara de
castanha de caju.

• Você pode usar outros tipos de cogumelo in natura, como champignon, paris, portobello…

• Ainda não testei, mas pode ficar bom com proteína de soja e seitan.
Sumário

Bom apetite!
59
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Panqueca Recheada
com Tofu e Espinafre
Essa panqueca foi super aprovada aqui em casa. Aliás, em quase todo ano novo rola panqueca
por aqui, com diferentes recheios.

Receita acessível e boa para quem vai viajar

Rendimento: 6 panquecas (3 porções)


Dificuldade: média
Tempo: 2h
Durabilidade: 3 dias
Quando fazer: até 1 dias antes
Custo: R$ 4,60 (por pessoa) / R$ 13,80 (da receita)
Sumário

60
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Ingredientes da Massa

1 xícara de farinha de trigo (140g)


½ colher de chá de sal
1 ½ colher de sopa de óleo (23ml)
1 ¼ de xícara de água

Ingredientes do Recheio

250g de tofu soft (mais macio)


Folhas de ½ maço de espinafre (120g cru)
½ talo de alho-poró (50g)
1 colher de sopa de azeite

Ingredientes do Molho

1 lata de tomate pelado em pedaços (240g)


1 cebola média (100g com casca)
1 dente de alho (4g)
Água, sal e açúcar a gosto

Utensílios Necessário

• Assadeira de vidro ou louça com 20x30cm aproximadamente


• Liquidificador
• Frigideira antiaderente
• Espátula
• Panela Sumário

61
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Modo de Preparo da Massa

1. Adicione ao copo de liquidificador a água, o óleo, o sal e a farinha, nessa


ordem;

2. Bata bem até ficar uma creme homogêneo. Se for necessário, acrescente mais
água. Deve ficar com textura meio rala;

3. Aqueça uma frigideira antiaderente com um fio de óleo;

4. Derrame um pouco da massa no centro e vá inclinando para os lados em movimentos


circulares para que cubra todo o fundo da frigideira;

5. Quando a massa estiver assada e soltando do fundo, vire com o auxílio de uma espátula.
Deixe um pouco para assar do outro lado. Retire e coloque sobre um prato. Repita o
processo com o restante da massa e reserve.

Modo de Preparo do Recheio

1. Separe as folhas do espinafre, pique em fatias grossas e lave;

2. Coloque um pouco de água no fogo. Quando ferver, desligue e mergulhe o espinafre na


água e, após 1 minuto, escorra, passe na água gelada, escorra novamente e reserve;

3. Lave e pique o alho-poró. Refogue no azeite até dar uma amolecida. Reserve;

4. Escorra bem e amasse o tofu com o garfo. Acrescente o espinafre, o alho-poró refogado,
sal a gosto e misture. Pode colocar outros temperos também. Reserve.

Modo de Preparo do Molho

1. Pique a cebola em pedaços pequenos;

2. Refogue com o azeite até murchar;

3. Pique o alho e refogue junto com a cebola;

4. Acrescente o tomate pelado picado à panela, um pouco de água e cozinhe até o tomate se
desmanchar um pouco e ficar em pedaços pequenos e o molho dar uma encorpada;

5. Para finalizar, adicione sal a gosto e corrija a acidez com a quantidade de açúcar
Sumário

necessária. E está tudo pronto para finalizarmos.

62
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Montagem

1. Escolha a assadeira que vai usar. Unte o fundo com óleo;

2. Para rechear as panquecas, coloque recheio em uma linha reta na


ponta da massa e vá enrolando bem apertadinho. Não exagere no
recheio;

3. Coloque na assadeira e repita o processo com o restante da massa, deixando um


espacinho entre elas na forma para facilitar na hora de tirar. Evite colocar uma panqueca
sobre a outra, porque vai acabar danificando as de baixo;

4. Na hora de servir, cubra com molho e esquente no forno. Decore com folhas frescas e está
pronta!

Para Agilizar

Você pode deixar as panquecas preparadas no dia anterior para evitar a correria do Natal.
Para isso, deixe montadas na geladeira sem o molho, que deve ser colocado somente na
hora de aquecer e servir. E não esqueça de cobrir as panquecas para elas não ressecarem na
geladeira.

Dê o Seu Toque Pessoal

• Você pode substituir metade da farinha branca da massa por farinha integral ou farinha de
grão-de-bico. E até mesmo usar somente farinha de grão-de-bico;

• Escolha um tofu com sabor suave. E você pode usar outro recheio, como cogumelos ao
molho branco, legumes com queijo vegetal ou requeijão vegano. São muitas opções;

• E pode fazer um molho de tomate caseiro, como ensinamos na receita da lasanha de


abobrinha. E até mesmo trocar pelo molho branco de couve-flor da lasanha de brócolis
ou pelo molho de amêndoas usado no strogonoff.

Bom apetite!
Sumário

63
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Rocambole com
Tofupiry
A massa desse rocambole é feita com triguilho, o mesmo usado para fazer quibe. E fica muito
gostoso, foi super aprovado aqui em casa.

Receita acessível e boa para quem vai viajar

Rendimento: 3 porções
Dificuldade: média
Tempo: 1h30
Durabilidade: 3 dias
Quando fazer: até 1 dia antes
Custo: R$ 4,70 (por pessoa) / R$ 14,10 (da receita)
Sumário

64
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Ingredientes para o Recheio

250g de tofu firme


1 colher de sopa de azeite (15ml)
Água o suficiente
1 colher de sopa de polvilho azedo (5g)
40g de tomate seco (aprox. ¼ xícara)
2 colheres de sopa de azeitona picada (18g sem o caroço)
2 colheres de sopa de folha de manjericão (4g)
Sal e limão a gosto

Ingredientes para o Rocambole

1 xícara de triguilho ou trigo para quibe (130g)


1 ½ xícara de água bem quente
1 cebola média (100g com a casca)
2 colheres de sopa de folha de manjericão (4g)
1 colher de chá de sal (4g)

Ingredientes para a Montagem

500ml de molho de tomate (receita de caseiro ou com tomate pelado - 1 lata)

Utensílios Necessários

• Tigela
• Assadeira
• Liquidificador
• Papel alumínio

Modo de Preparo do Recheio

1. A gente vai começar fazendo o tofupiry. Pra isso, bata o tofu com o azeite e com somente o
necessário de água para fazer o liquidificador rodar, até ficar um creme liso;

2. Daí acrescente o polvilho azedo e bata até misturar;


Sumário

3. Cozinhe o creme em fogo baixo mexendo sempre, até ficar bem grosso. É importante que o
creme fique bem firme;

65
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
4. Adicione sal e limão a gosto;

5. Transfira para um prato, cubra com plástico filme em contato e deixe na


geladeira. Enquanto isso, pique o tomate seco, a azeitona e o manjericão e
reserve.

Modo de Preparo do Rocambole

1. Coloque o triguilho para hidratar na água bem quente;

2. Enquanto isso, pique a cebola e o manjericão;

3. Assim que ele tiver absorvido a água, mas ainda estiver quente, escorra e aperte bem para
tirar todo o líquido, o que é importante para a massa ficar firme;

4. Leve para uma travessa seca, e com a massa ainda quente, adicione a cebola, o manjericão
e o sal;

5. Quando já tiver em uma temperatura que a sua mão aguente, aperte bem a massa. É esse
processo que faz com que a massa dê liga. O importante é que esteja pelo menos morna
para dar certo. Se ainda assim ficar mole, coloque um pouco de farinha de mandioca.
Agora vamos para a montagem.

Montagem

1. Pré-aqueça o forno a 200°C;

2. Coloque sobre uma bancada um rolo de papel alumínio. Estique um pedaço e unte com
óleo;

3. Coloque a massa sobre ele espalhando com a colher, deixando no tamanho aproximado de
20 x 22 cm. Deixe a massa bem nivelada;

4. Coloque o tofupiry e espalhe com a colher, mas não colocando sobre uma margem de 2cm
em toda a volta;

5. Distribua o tomate seco, as azeitonas e as folhas de manjericão;

6. Agora é a hora de enrolar. Para isso, corte o papel alumínio com uma sobra de uns 10cm de
cada lado;

7. Levante a folha e faça movimentos delicados para ir soltando a massa à medida que vai
Sumário

enrolando nela mesma, até finalizar;

66
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
8. Deixe a emenda final do rocambole para baixo, enrole o papel
na lateral, dê uma ajeitada na massa e coloque sobre uma
assadeira;

9. Leve para assar por de 30 a 40 minutos, ou até a massa ficar mais


firme;

10. Daí delicadamente retire o papel alumínio e acerte o que precisar na massa.
Coloque sobre a assadeira que vai servir, coloque molho de tomate por cima
e leve para o forno por mais uns 10 minutos. Está pronto! Decore com ervas
frescas e sirva quentinho.

Para Agilizar

Você pode fazer o rocambole um dia antes de comer. Para isso, leve para assar enrolado no
papel alumínio, depois retire do papel, acerte ele e deixe na geladeira coberto, sem o molho.
Quando for servir, cubra com o molho de leve para o forno para esquentar.

Dê Seu Toque Pessoal

• Você pode usar outro recheio, como homus ou purê, contanto que esteja em um ponto
firme, o que também vale para o tofupiry. Se ficar mole demais, vai ser difícil para montar e
cortar.

• Também pode trocar o tomate seco e a azeitona por outra coisa, como legumes,
cogumelos… Desde que não seja um ingredientes que vá soltar água no forno, como
tomate, pois isso atrapalha o ponto do rocambole.

• O molho de tomate você pode fazer em casa, como o da receita da lasanha de abobrinha,
usar tomates pelados, como na receita das panquecas ou comprar pronto.

• Para a massa do rocambole, você pode usar outros temperos, como orégano e alho. Mas
deve seguir à risca o passo a passo da receita, como apertar bem para escorrer a água,
colocar a massa depois de escorrida em um pote seco, e amassar bem com as mãos
quando ainda estiver quente.

Bom apetite!
Sumário

67
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Quiche de Tomate Seco
Essa é uma receita deliciosa, e é perfeita para as festividades de natal e de ano novo.

Quiche é um prato tradicional da culinária francesa, a base de creme de leite e ovos.

A nossa receita de quiche obviamente não terá nem creme de leite nem ovos. O recheio é feito
com tofu, que confere uma estabilidade muito parecida com a do ovo, e com mandioca, esse
ingrediente barato e brasileiro, que dá a cremosidade do creme de leite. E na nossa versão o
tomate seco é o protagonista, que na quantidade da receita, vai deixar a cor mais vibrante.

Receita acessível e boa para quem vai viajar

Rendimento: 6 porções
Dificuldade: média
Tempo: 2 horas
Durabilidade: 3 dias
Quando fazer: até 1 dia antes de servir
Custo: R$ 3,50 (por pessoa) / R$ 21,00 (da receita)
Sumário

68
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Ingredientes da Massa

1 xícara de farinha de trigo integral (140g)


1 xícara de farinha de trigo branca (140g)
1 colher de chá de sal (3g)
1/3 de xícara de azeite ou óleo (80ml)
1/3 de xícara de água

Ingredientes do Recheio

150g de tomate seco drenado (aprox. 1 xícara)


500 g de tofu firme drenado
285g de mandioca cozida quente (aprox. 1 e 1/3 de xícara dela amassada e 220g dela crua)
1/4 de xícara do azeite do tomate seco ou azeite (60ml)
1/2 xícara de água quente do cozimento da mandioca
Sal a gosto

Utensílios Necessários

• Forma com fundo falso de 28cm de diâmetro


• Liquidificador
• Panela de pressão (ou comum)

Modo de Preparo

1. Coloque a mandioca para cozinhar em panela de pressão. Assim que começar a


chiar, abaixe o fogo e deixe cozinhar por 15 minutos. Desligue e deixe a pressão sair
naturalmente;

2. Coloque no liquidificador o tofu em pedaços, a mandioca quente sem o cabinho de dentro,


aproximadamente 1/3 do tomate seco (quantidade a gosto), o azeite e a água quente e bata
até se tornar um creme liso. O creme ficará grosso, portanto, se seu liquidificador não for
muito potente, bata em duas partes. Acrescente sal a gosto e, se achar necessário, mais
tomate seco até que fique com sabor do seu agrado (eu gosto com sabor marcante de
tomate seco), lembrando que depois de assar o sal se acentuará, assim como a cor ficará
mais intensa. Reserve o creme;

3. Pique o tomate seco restante e reserve;


Sumário

4. Pré-aqueça o forno a 200ºC;

69
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
5. Prepare a massa. Misture os ingredientes secos e acrescente os
líquidos. Misture bem com uma colher. Evite usar as mãos, pois o calor
delas não deixará a massa ficar crocante;

6. Coloque a massa em uma assadeira redonda de fundo removível de 28cm de


diâmetro, ou em um refratário untado que possa ir ao forno e também ser usado
para servir. Com as mãos vá distribuindo uniformemente a massa e apertando bem,
subindo pelas laterais e apertando os cantos internos;

7. Asse a massa por 10 minutos;

8. Retire do forno, distribua os pedaços de tomate seco, deixando alguns para decorar.
Acrescente o creme e alise. Decore com o tomate seco e leve para assar por mais 30
minutos. Pronto! Sirva decorado com ervas frescas.

Dê o seu Toque Pessoal

• Essa receita é bastante delicada, então cuidado com as mudanças.

• Você pode acrescentar rúcula ou manjericão no recheio e trocar o tomate seco por uma
xícara de legumes cozidos e escorridos ou alho poró com abobrinha refogada bem
sequinha.

• Só tome cuidado com legumes que soltam muita água, como abobrinha e tomate.

• Quanto à massa, testei algumas opções e essa foi a que mais me agradou, então não indico
trocar.

Bom apetite!
Sumário

70
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Acompanhamentos
Arroz Natalino

Farofa de Abobrinha

Salpicão de Legumes

Sumário

71
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Arroz Natalino
Arroz de festa, com ou sem uva-passa? Você decide. Mas arroz, sempre.

Receita rápida, fácil, acessível, adaptável, boa para quem vai viajar e sem glúten

Rendimento: 4 porções
Dificuldade: Fácil
Tempo: 20 minutos
Durabilidade: 3 dias
Quando fazer: no dia de servir
Custo: R$ 1,25 (por pessoa) / R$ 5,00 (da receita)
Sumário

72
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Ingredientes

1 xícara de arroz (200g)


2 xícaras de água para o cozimento
½ talo de alho poró (50g)
½ colher de chá de cúrcuma
Fio de azeite
Sal a gosto
20g de tomate seco picado
Amêndoas em lascas a gosto

Modo de Preparo

1. Pique e refogue o alho-poró e a cúrcuma no azeite;

2. Lave, escorra o arroz e coloque na panela. Refogue um pouco;

3. Acrescente o sal, tampe parcialmente a panela e deixe cozinhar em fogo mínimo até secar.
Antes de desligar o fogo, confira se a textura do arroz está macia de acordo com o seu
paladar. Se não estiver, acrescentar mais água e continue o cozimento;

4. Misture o tomate seco e somente na hora de servir, cubra com as amêndoas e está pronto!

Dê o seu Toque Pessoal

Você pode colocar azeitonas, damasco, passas e castanhas no arroz. E ainda cozinhar sem a
cúrcuma.

Bom apetite!
Sumário

73
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Farofa de Abobrinha
Farofa no Natal, não pode faltar. Além não pode faltar no ano todo!

Receita rápida, fácil, acessível, adaptável, boa para quem vai viajar e sem glúten

Rendimento: 4 porções
Dificuldade: fácil
Tempo: 15 minutos
Durabilidade: 3 dias
Quando fazer: no dia de servir
Custo: R$ 2,74 (por pessoa) / R$11,00 (da receita)
Sumário

74
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Ingredientes

2 abobrinhas pequenas (500g)


1 xícara de farinha de mandioca sem tempero crua ou torrada (150g)
½ talo de alho-poró picado (50g)
1/2 xícara de castanhas a gosto (75g)
1/2 xícara de frutas secas - opcional (70g)
Especiarias a gosto (cúrcuma, pimenta-do-reino, páprica picante...)
Azeite a gosto
Sal a gosto

Modo de Preparo

1. Se as castanhas escolhidas estiverem cruas, torre-as na frigideira em fogo baixo,


acrescentando um fio de azeite, uma pitada de especiarias e uma pitada de sal. Mexa
sempre e desligue o fogo assim que estiverem com aspecto dourado, mas não de
queimado. Reserve.

2. Refogue o alho-poró picado em azeite. Rale a abobrinha em ralo grosso e acrescente à


panela. Adicione sal.

3. Se farinha de mandioca não for torrada, torre em frigideira e acrescente sal antes de
misturar à abobrinha, que já deve estar macia.

4. Desligue o fogo e acrescente as castanhas e as frutas secas à farofa. Pronto!

Dê o Seu Toque Pessoal

Você pode trocar a abobrinha por outro legume e usar as castanhas e as frutas secas
que quiser.

Bom apetite!
Sumário

75
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Salpicão de Legumes
Salpicão tem tudo a ver com as festas de final de ano. E essa receita é uma fácil e gostosa.

Receita rápida, fácil, acessível, adaptável, boa para quem vai viajar e sem glúten

Rendimento: 6 porções
Dificuldade: fácil
Tempo: 20 minutos
Durabilidade: 2 dias
Quando fazer: pouco antes de servir
Custo: R$ 1,70 (por pessoa) / R$ 10,20 (da receita)
Sumário

76
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Ingredientes para a Maionese

250g de tofu soft


¼ de xícara de óleo vegetal (60ml)
2 colheres de sopa de água
Sal, limão e cebola em pó a gosto

Ingredientes para o Salpicão

1 xícara de cenoura ralada no ralo fino (aprox. 1 cenoura pequena, de 55g)


2 colheres de sopa de uva-passa (22g)
¼ de xícara de azeitona picada (36g já sem caroço)
1 maçã fuji picada (120g)
½ xícara de milho (60g)
½ xícara de ervilha fresca (60g)
Sal a gosto
Batata palha a gosto

Modo de Preparo da Maionese

Bata todos os ingredientes no liquidificador, colocando água, óleo e temperos aos poucos, até
ficar como desejado.

Modo de Preparo do Salpicão

Misture todos os ingredientes. Adicione a maionese, misture, acerte o sal e sirva com a batata
palha por cima.

Dê o Seu Toque Pessoal

Coloque os ingredientes na quantidades que quiser. E a maionese, você pode substituir por
qualquer outra. Você ainda pode colocar carne de jaca junto. Apenas lembre-se de colocar a
batata palha somente quando for servir, para que ela não fique murcha.

Bom apetite!
Sumário

77
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Sobremesas
Chocotone

Torta de Morango

Manjar Branco de Coco

Pavê de Chocolate com Paçoca

Cheesecake de Damasco

Bolo de Limão Trufado no Pote

Mousse de Chocolate

Sumário

78
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Chocotone
Eu sou daquelas que não dispensa um chocotone no Natal. Amo de paixão. Eu já cheguei até a
fazer para vender há alguns anos.

Essa receita é muito simples, não vai nenhum ingredientes difícil de achar e fica muito gostosa
e macia. E pode te acompanhar durante todo o mês de dezembro.

Receita acessível, adaptável e boa para quem vai viajar

Rendimento: 1 chocotone de aproximadamente 650g / 6 porções


Dificuldade: média
Tempo: 4 horas
Durabilidade: dura até 4 dias, mas prefira comer no dia ou 1 dia depois
Quando fazer: no máximo 1 dia antes de servir, para que esteja macio
Custo: R$ 2,20 (por pessoa) / R$ 13,20 (da receita)
Sumário

79
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Ingredientes

2 xícaras de farinha de trigo (290g)


1/3 de xícara de açúcar demerara (70g)
2 colheres de chá de fermento biológico seco (7g)
Raspas de 1/2 limão
1/2 colher de chá de sal (2g)
1/2 xícara + 2 colheres de sopa de água morna
3 colheres de sopa de óleo vegetal (45ml)
1 colher de chá de essência de baunilha (5ml)
100g de chocolate meio amargo vegano

Utensílios Necessários

1 forma para panetone de 500g


Assadeira

Modo de Preparo (Sovar na Mão ou na Batedeira)

1. Pique o chocolate e deixe na geladeira;

2. Coloque em uma tigela a farinha, o açúcar, o fermento, as raspas de limão, o sal e misture;

3. Esquente uma quantidade maior de água até ficar morna, que é quando você coloca o dedo
e consegue ficar com ele lá dentro, e adicione 1/2 xícara na massa;

4. Acrescente o óleo e a baunilha e misture com uma colher e depois com a mão;

5. Vá amassando e acrescentando mais água aos poucos. A massa deve ficar o mais macia
possível, um pouco grudenta, mas ainda trabalhável;

6. Transfira para a bancada untada com um fio de óleo para sovar na mão ou para uma
batedeira planetária;

7. Na mão, dobre a massa sobre ela mesma e depois estique. Vá fazendo isso de forma
ritimada por 10 minutos. Cansa mas é importante para deixar o chocotone fofinho. Se
estiver grudando muito, raspe com uma espátula e coloque mais um fio de óleo na
bancada. Evite colocar mais farinha para não deixar a massa pesada. E quando for ficando
mais firme, molhe as mãos na água morna (para deixar a massa mais macia) e continue
sovando;
Sumário

8. Na batedeira, sove por 10 minutos usando o gancho;

80
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
9. Passado esse tempo, faça uma bola com a massa, passe óleo
em volta dela e coloque na tigela. Feche com filme plástico e
deixe crescendo dentro do forno. Para deixar quentinho, ligue por 10
segundos e desligue;

10. Quando a massa dobrar de tamanho, o que vai levar 1 hora ou mais, retire da
tigela e coloque sobre a bancaca untada;

11. Abra a massa com as mãos ou com um rolo e coloque um pouco do chocolate picado.
Enrole, abra novamente e coloque mais um pouco. Faça isso até colocar todo o chocolate.
Não mexa muito com a massa para não derreter o chocolate;

12. Faça uma bola com a massa e deixe crescendo dentro de uma forma para panetone de
500g coberta com plástico filme no forno aquecido por 10 segundo até dobrar de tamanho,
o que leva 1 hora ou mais;

13. Quando a massa já tiver crescido, retire do forno, pré-aqueça a 200ºC por 15 minutos e
ferva 1 litro de água;

14. Pincele água morna na massa, faça um corte em “x” com uma faca e leve para assar, junto
com uma forma na parte de baixo no forno com a água quente, até ficar bem douradinho
por cima, o que leva de 55 minutos a 1 hora e 20 minutos, dependendo do seu forno;

15. Retire e deixe esfriando com um pano por cima. Depois de frio guarde em um saco plástico
para manter sua maciez, que dura uns 2 dias, por ser feito sem conservantes.

Modo de Preparo (Sovar na Máquina de Pão)

1. Pique o chocolate e deixe na geladeira;

2. Acrescente na forma da máquina os ingredientes na seguinte ordem: 1/2 xícara de água em


temperatura ambiente, óleo, baunilha, farinha, açúcar, fermento, sal e raspas de limão;

3. Ligue a máquina no modo “massas”. Enquanto bate, verifique a textura da massa, que deve
estar macia e grudenta, mas se concentrando no meio. Se estiver muito firme, acrescente
mais água, uma a uma colher de chá. Retire no final do processo (em torno de 1h30);

4. Coloque sobre a bancaca untada e siga a partir do passo 11 do modo de preparo manual.
Sumário

81
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Dicas

1. Fazer massas que levam fermento biológico exige paciência, pois


às vezes demoram a crescer. Não tenha pressa e dê o tempo que ela
precisa, principalmente na segunda etapa do crescimento, antes de ir ao
forno. Dessa forma, o panetone ficará maior e mais fofinho;

2. Por se tratar de uma massa caseira, ela fica seca mais rápido que as massa
industrializadas e cheias de conservantes (aliás, as industrializadas não secam, já se
perguntou o motivo?). Por isso é importante manter em um saco plástico para preservar
sua umidade;

Dê o Seu Toque Pessoal

1. Você pode substituir parte da farinha da receita por farinha integral, mas saiba que a massa
ficará mais pesada e seca. Sugiro que substitua no máximo 30% para obter uma textura
agradável;

2. E pode substituir parte do chocolate picado por castanhas e frutas secas e ainda rechear
com ganache de chocolate.

Bom apetite!

Sumário

82
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Torta de Morango
Essa é uma receita maravilhosa! E a apresentação fica muito linda!

Receita sofisticada, adaptável e sem glúten

Rendimento: 6 porções
Dificuldade: média
Tempo: 1h20
Durabilidade: até 3 dias na geladeira
Quando fazer: no dia que for servir
Custo: R$ 2,50 (por pessoa) / R$ 15,00 (da receita)
Sumário

83
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Ingredientes do Leite de Amêndoas

3/4 de xícara de amêndoas cruas (110g)


3 xícaras de água

Ingredientes da Massa

1 e ½ xícara de aveia em flocos (sem glúten, se quiser) (135g)


⅓ de xícara de açúcar demerara ou cristal (70g)
1 pitada de sal
Resíduo do leite de amêndoas bem seco
⅓ de xícara de óleo vegetal (80ml)

Ingredientes do Creme de Confeiteiro

3 xícaras de leite de amêndoas


6 colheres de sopa de amido de milho (45g)
½ xícara de açúcar demerara ou cristal (100g)
1/2 colher de sopa de essência de baunilha (8ml)
1/2 colher de sopa de óleo vegetal (8ml)

Para a Montagem

Aproximadamente 400g de morango

Ingredientes para a Geléia de Brilho

¼ de xícara de água ou chá de hibiscos (para dar uma cor)


2 colheres de sopa de açúcar cristal (30g)
1 colher de chá de amido de milho (3g)

Utensílios Necessários

• Forma de torta de fundo removível com 22cm (ou formas de mini empadas)
• Liquidificador
• Coador de tecido
Sumário

• Panela

84
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Modo de Preparo

1. Pré-aqueça o forno a 180ºC;

2. Bata no liquidificador a aveia com ⅓ de xícara de açúcar e uma


pitada de sal, até virar uma farinha bem fininha, sendo que o copo do
liquidificador precisa estar seco. Reserve em uma tigela;

3. Coloque em uma panela as amêndoas e cubra com água. Ligue o fogo e assim
que começar a ferver, desligue e deixe descansar por 5 minutos. Daí escorra, retire
e despreze as casquinhas e bata as amêndoas no liquidificador com 3 xícaras de água
por 1 minuto. Coe em um pano, apertando bem pra sair todo o leite e deixar o resíduo
bem sequinho. Reserve esse leite;

4. Adicione o resíduo das amêndoas à tigela com a aveia e esfregue para tirar os pelotinhos.
Acrescente ⅓ de xícara de óleo, misture bem e coloque a massa em uma forma de fundo
removível de 22 cm, ou em formas de mini empadas untadas. Aperte bem nos cantinhos e
deixe a massa com espessura de mais ou menos 1 cm. Faça furinhos com o garfo e leve
para assar por de 30 a 40 minutos, até a massa ficar dourada nas bordas e mais firme.
Talvez ela infle um pouco, daí é só apertar com uma colher pra ela voltar. Ela vai terminar de
endurecer quando esfriar. Então desenforme;

5. Com a massa assada e desenformada, a gente vai fazer o creme. Coloque o leite de
amêndoas na panela, reservando um pouco para dissolver o amido, e coloque o açúcar
demerara. Ligue o fogo em temperatura baixa e mexa sem parar até engrossar, o que
acontece rápido. Desligue o fogo, acrescente a essência de baunilha e 1/2 colher de sopa
de óleo. Misture, passe para outro pote e fique mexendo para não empelotar, até esfriar
um pouco. Não deixe esfriar completamente, senão vai endurecer e ficar mais difícil de
trabalhar. Nesse caso, você pode bater com o fouet ou na batedeira.

6. Com a massa já fria e o creme mais frio, mas ainda cremoso, recheie. Na hora de servir,
decore com morangos cortados de comprido ou da forma que desejar;

7. Para fazer a geleia de brilho, misture todos os ingredientes e deixe engrossar em fogo
baixo. Quando esfriar coloque com o pincel uma camada sobre os morangos e tá pronto!

Dicas

• Para coar o leite, você precisa usar um pano, pois o resíduo tem que ficar bem sequinho.
Se não tiver um saco de voal específico pra isso, você pode usar um pano limpo. Mas
indico que você compre ou faça um desses sacos de voal. É muito útil!
Sumário

• Prepare essa receita o mais próximo possível de servir. Isso porque a massa que já é
frágil, fica mais sensível com o passar do tempo na geladera. E deixe para decorar com os
morangos na hora de servir.
85
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Dê o Seu Toque Pessoal

• Não indico que você substitua as amêndoas por outra castanha. Elas são essenciais nessa
receita, porque são usadas tanto no recheio, quanto na massa;

• Você pode substituir os morangos por uvas e outras frutas.

Bom apetite!
Sumário

86
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Manjar Branco de Coco
Manjar é a cara no Natal. E se você, assim como eu, adora manjar, vai amar essa receita!

Receita rápida, fácil, acessível e sem glúten

Rendimento: 6 porções
Dificuldade: fácil
Tempo: 30min (preparo) + 8h (geladeira)
Durabilidade: 3 dias
Quando fazer: 1 dia antes de servir
Custo: R$ 1,50 (por pessoa) / R$ 9,00 (da receita)
Sumário

87
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Ingredientes do Manjar

3 xícaras de leite de coco caseiro (feito com 1 coco seco)


6 colheres de sopa de amido de milho (45g)
⅓ de xícara de açúcar demerara ou cristal (70g)
Pitada de sal

Ingredientes da Calda

1 xícara de ameixa seca sem caroço (125g)


½ de xícara de açúcar demerara ou cristal (100g)
1 xícara de água
1 pau de canela

Utensílios Necessários

• Liquidificador
• Forma com furo no meio de 18 cm de diâmetro e 8 cm de altura
• Panela

Modo de Preparo do Manjar

1. Comece preparando o leite de coco. Você vai usar 1 coco de casca marrom para 3 xícaras
de água, lembrando de tirar a casca marrom fina do coco para o manjar ficar branquinho.
Veja como fazer aqui.

2. Quando o leite estiver totalmente frio, adicione na panela, deixando um pouco para
dissolver o amido de milho;

3. Coloque o amido dissolvido em leite, o açúcar e o sal na panela. Ligue o fogo em


temperatura baixa e vá mexendo sempre, até ficar um creme grosso;

4. Passe água nas laterais e no fundo de uma assadeira redonda com furo no meio pequena,
de 18 cm de diâmetro e 8 cm de altura, e imediatamente coloque o creme do manjar (ele
deve estar quente);

5. Deixe esfriar, cubra com plástico filme e leve para a geladeira por 8 horas.
Sumário

88
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Modo de Preparo da Calda

1. Junte todos os ingredientes em uma panela e cozinhe até a calda dar


uma leve engrossada;

2. Transfira para um pote e deixe na geladeira até a hora da montagem.

Montagem

1. Passe a faca delicadamente nas laterais da forma do manjar, tomando cuidado para deixá-
lo o mais intacto possível;

2. Coloque o prato que irá servir o manjar sobre a forma bem no meio e vire sobre ele. O
manjar irá cair. Talvez você precise dar umas batidinhas;

3. Com delicadeza, arrume o manjar no prato e decore com a calda de ameixa. Está pronto
para servir.

Sumário

89
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Para Agilizar

Você pode abrir o coco, tirar a casquinha marrom e deixar congelado até
o dia de usar. Daí é só levar congelado mesmo com as 3 xícaras de água
ao fogo até a água esquentar, bater tudo no liquidificador e coar. Será bem
mais rápido fazer o leite.

Dê o Seu Toque Pessoal

• Você pode usar outra calda ao invés das ameixas, como maracujá, morango e damasco.

• E também pode fazer em potinhos, para comer de colher. Nesse caso, diminua a
quantidade de amido para 4 colheres de sopa e finalize com bastante caldinha.

• Só não recomendo que troque o leite de coco caseiro por outro leite. A textura do manjar se
dá por causa da gordura do coco e com outro leite você pode não conseguir desenformá-
lo. Além de que o leite de coco caseiro é a alma do manjar. Fica muito gostoso. Sem ele,
perde a graça. E também não use o leite de coco industrializado. O sabor dele é muito forte.

Bom apetite!

Sumário

90
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Pavê de Chocolate
com Paçoca
Uma receita ótima para iniciantes na cozinha e para quem tem família grande.

Receita fácil, rápida, acessível, adaptável e boa para quem vai viajar

Rendimento: 8 porções
Dificuldade: fácil
Tempo: 30min (preparo) + 8h (geladeira)
Durabilidade: 3 dias
Quando fazer: de 1 dia a 8 horas antes de comer
Custo: R$ 1,80 (por pessoa) / R$ 14,40 (da receita)
Sumário

91
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Ingredientes do Creme de Paçoca

6 paçocas de rolha (140g)


1 e 1/2 xícara de água quente
1 e 1/2 colher de sopa de amido de milho (12g)

Ingredientes do Creme de Chocolate

2 xícaras de leite de coco caseiro (⅔ de coco)


2 colheres de sopa de amido de milho (15g)
¼ de xícara de cacau em pó (22g)
½ xícara de açúcar demerara ou cristal (100g)
1 pitada de sal

Ingredientes para a Montagem

400g de bolacha maizena vegana (eu usei a da marca Marilan)


½ xícara de leite de coco caseiro (1/6 de coco)
6 paçocas de rolha (para colocar entre as camadas e decorar) (140g)

Utensílios Necessários

• Forma para servir: escolha uma bonita, pois o pavê vai ser servido nela. Pode ser de vidro,
louça ou de outro material, até de plástico, pois não precisará ser aquecida. A forma usada
foi a vidro redonda de 24 cm de diâmetro e 4 cm de altura. Atente-se para o tamanho.

• Panela e espátula tipo pão duro

• Pote raso para molhar as bolachas

Modo de Preparo do Creme de Paçoca

1. Bata no liquidificador ou mixer as 6 paçocas com a água quente por 1 minuto;

2. Acrescente o amido e bata por alguns segundos, só até misturar;

3. Leve para uma panela e cozinhe em fogo baixo, mexendo sempre, até engrossar. Transfira
Sumário

para um pote, cubra com plástico filme em contato e leve para a geladeira por 30 minutos,
até esfriar.

92
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Modo de Preparo de Creme de Chocolate

1. Adicione o leite frio na panela, deixando um pouco para dissolver o amido


de milho e o cacau;

2. Coloque na panela o amido e o cacau dissolvido em leite, o açúcar e o sal.


Cozinhe em fogo baixo, mexendo sempre, até engrossar. Transfira para um pote, cubra com
plástico filme em contato e leve para a geladeira por 30 minutos, até esfriar.

Montagem

1. Escolha a forma onde vai montar o pavê. Deixe tudo à mão: as bolachas, os cremes, a
paçoca que vai entre uma camada e outra e o leite para molhar as bolachas;

2. Molhe as bolachas no leite uma a uma rapidamente e vá forrando o fundo da forma com
elas, deixando bem juntinhas e quebrando em partes menores para preencher os espaços;

3. Coloque a primeira camada de creme de paçoca, não exagerando na quantidade senão vai
ser difícil para cortar o pavê. Coloque uma paçoquinha esfarelada sobre o creme;

4. Faça mais uma camada de bolacha da mesma forma, molhando no leite e deixando uma
junto à outra;

5. Faça uma camada de creme de chocolate, também sem exagerar na quantidade;

6. Camada de bolacha;

7. Camada de creme de paçoca com paçoca esfarelada por cima;

8. Camada de bolacha;

9. Camada de chocolate;

10. Camada de bolacha;

11. Camada de paçoca;

12. Camada de bolacha;

13. E finalize com uma camada de creme de chocolate. Você pode deixar um pouco de creme
para colocarmos por cima na hora de servir;

14. Deixe na geladeira coberto com plástico filme ou tampa por pelo menos 8 horas antes de
servir;
Sumário

15. Na hora de servir, coloque mais creme de chocolate e finalize com paçoca esfarelada. Tá
pronto!
93
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Dê o Seu Toque Pessoal

Você pode substituir o leite de coco por leite de amêndoas;

Ao invés de fazer em uma forma para cortar, você pode servir em potes
individuais. Nesse caso, capriche no recheio. Vai ficar super cremoso para comer
de colher. Lembre-se de deixar na geladeira por pelo menos 8 horas;

Você pode fazer os cremes do recheio de outros sabores, como por exemplo:

• Prestígio: fazendo creme de coco ao invés de creme de paçoca, usando a receita do creme
de chocolate, substituindo o cacau por coco ralado a gosto e usando açúcar cristal a gosto
para o creme ficar mais clarinho. Daí é só intercalar uma camada de creme de coco e outra
de creme de chocolate e finalizar com creme de chocolate e coco ralado por cima;

• Com pêssegos ou abacaxi em calda: é só usar o creme de chocolate como base, dobrando
a receita, retirando o cacau e colocando açúcar a gosto e umas gotinhas de baunilha. Na
hora de montar, coloque entre as camadas, creme e frutas cortadas em fatias finas;

• Só de paçoca e só de chocolate e outras idéias que você pode ter.

E fora isso, você ainda pode fazer um maravilhoso sorvete de palito com os cremes do recheio.

Bom apetite!
Sumário

94
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Cheesecake de Damasco
Essa é a receita perfeita para quem quer fazer uma sobremesa de arrasar!

Receita sofisticada, adaptável, boa para quem vai viajar e sem glúten

Rendimento: 8 porções
Dificuldade: média
Tempo: 6h (molho) + 1h (preparo) + 3h (geladeira)
Durabilidade: 3 dias
Quando fazer: de 24 a 8 horas antes de servir
Custo: R$ 5,20 (por pessoa) / R$ 41,60 (da receita)
Sumário

95
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Ingredientes da Crosta

1 xícara de aveia em flocos (100g)


1/2 xícara de castanhas sem sal a escolher como amêndoas e nozes (75g)
1/4 de xícara de açúcar demerara (50g)
Pitada de sal
3 colheres de sopa de óleo vegetal (45ml)

Ingredientes do Creme

2 xícaras de castanha de caju crua (aprox. 300g)


2 xícaras de água
1/2 xícara de açúcar demerara (100g)
1 colher de chá de essência de baunilha (5ml)
Suco de 1/2 limão
2 colheres de chá de ágar-ágar (do branquinho)

Ingredientes da Cobertura de Damasco

120g de damasco seco


Água e açúcar a gosto

Utensílios Necessários

• Assadeira redonda com fundo falso de 17 a 20 cm de diâmetro


• Liquidificador
• Panela

Modo de Preparo

1. Deixe a castanha de caju de molho por 6 horas;

2. Pré-aqueça o forno a 180ºC;

3. Faça a crosta, batendo os ingredientes secos no liquidificador até virarem uma farinha fina.
Acrescente o óleo e misture;
Sumário

4. Unte com óleo uma assadeira redonda de fundo falso de 17 a 20 cm de diâmetro. Coloque
a massa no fundo, nivele e aperte bem. Faça furos com o garfo e leve para assar por de 10
a 15 minutos, até dar uma secadinha;
96
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
5. Retire a assadeira do forno e aguarde amornar para começar
o creme. Bata no liquidificador a castanha de caju drenada com
1 e 1/2 xícara de água, com o açúcar, com a baunilha e com o
suco de limão até ficar um creme homogêneo. Reserve;

6. Em uma panela, acrescente 1/2 xícara de água e o ágar-ágar, misture e


ligue o fogo à temperatura baixa. Quando começar a levantar bolhinhas,
acrescente o creme, misture e desligue o fogo;

7. Imediatamente coloque o creme na forma e leve para gelar por algumas horas, até
estar bem firminho;

8. Faça a cobertura de damasco. Para isso, ferva os damascos até ficarem macios. Bata no
liquidificador com a quantidade de água e açúcar para que fique na textura e no sabor do
seu gosto. Deixe esfriar;

9. Desenforme a cheesecake e coloque o creme de damasco já frio sobre ela. Decore com
folhinhas de hortelã, damascos e o que mais quiser. Pronto!

Dê o Seu Toque Pessoal

• Infelizmente as castanhas de caju cruas não podem ser substituídas por nenhuma outra
castanha, porque elas são as únicas que conferem a cremosidade que a gente precisa. Se
você não encontrar na sua cidade, ou assustar com o preço, escolha outra receita para
fazer, como o pavê e o manjar.

• E use um ágar-ágar branquinho, pois o bege vai deixar um gosto ruim na receita.

• Ao invés de usar a cobertura de damasco, você pode fazer de morango, de maracujá, de


frutas vermelhas, de amora e da fruta que preferir. As ácidas são as melhores, na minha
opinião.

• E você pode usar uma geleia pronta, dissolvendo com um pouco de água no fogo.

Bom apetite!
Sumário

97
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Bolo de Limão
Trufado no Pote
Esse bolo de limão já é famoso. Faço há muitos anos e sempre é um sucesso. E a ganache do
recheio fica muito boa!

Receita sofisticada, adaptável e boa para quem vai viajar

Rendimento: 14 potinhos de 140ml (14 porções)


Dificuldade: média
Tempo: 3 horas
Durabilidade: 3 dias na geladeira
Quando fazer: até 1 dia antes
Custo: R$ 3,80 (pessoa) / R$ 53,20 (da receita) [é possível baratear a receita]
Sumário

98
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Ingredientes do Bolo

3 xícaras de farinha de trigo branca (435g)


2 xícaras de açúcar demerara (400g)
2 colheres de chá de bicarbonato de sódio (10g)
Pitada de sal
Raspa de 3 limões (aprox. 300g de limão)
½ xícara de suco de limão
½ xícara de óleo (120ml)
1 ½ xícara de água

Ingredientes da Ganache de Chocolate

140g de chocolate meio amargo vegano


⅓ xícara de castanha de caju crua (80g)
⅔ xícara de água

Ingredientes do Creme Branco

½ xícara de castanha de caju crua (120g)


1 xícara de água
¼ xícara de açúcar demerara (50g)
4 colheres de chá de suco de limão
Raspas de limão para decorar

Utensílio Necessários

• Assadeira
• Liquidificador
• Potes para servir
Sumário

99
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Modo de Preparo do Bolo

1. Pré aqueça o forno a 180ºC;

2. Unte uma assadeira redonda ou retangular;

3. Peneire a farinha em uma tigela e acrescente o restante dos ingredientes secos.


Misture bem;

4. Acrescente os ingredientes molhados e misture delicadamente até a massa ficar


homogênea;

5. Coloque a massa na assadeira e asse por aproximadamente 30 minutos, ou até que, ao


espetar o garfo, ele saia limpo;

6. Retire do forno e deixe esfriar;

7. Para a montagem do bolo, será necessário desenformá-lo, remover as partes escurinhas de


cima e das laterais (use para outra coisa) e esfarelar todo o bolo. Reserve para a montagem.

Modo de Preparo da Ganache

1. Deixe as castanhas de molho por umas 4 horas ou em água fervente por alguns minutos,
até ficarem molinhas;

2. Escorra a água das castanhas e bata-as com a água (que deve ser colocada aos poucos),
até que se torne um creme homogêneo, sem nenhum pedacinho de castanha;

3. Leve este creme de castanha a uma panela e amorne-o, sem deixar esquentar demais.
Desligue o fogo, acrescente o chocolate picado e mexa até que ele dissolva por completo;

4. Deixe esse creme descansar em temperatura ambiente até o momento da montagem.

Modo de Preparo do Creme Branco

1. Assim como no preparo da ganache, deixe as castanhas de molho por umas 4 horas ou em
água fervente por alguns minutos, até ficarem molinhas;

2. Escorra a água das castanhas e bata-as com o açúcar, o limão e a água (que deve ser
colocada aos poucos), até que se torne um creme homogêneo, sem nenhum pedacinho de
castanha;
Sumário

3. Leve esse creme para o fogo baixo até levantar fervura. Desligue e reserve fora da geladeira
para o momento da montagem.
100
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Montagem

Montei em 4 camadas: bolo, ganache, bolo e creme branco, umedecendo


o bolo com calda de açúcar (água e açúcar em partes iguais).

Para cada pote de 140ml, eu montei da seguinte forma:


Camada 1: 30g de bolo triturado regado com um pouquinho de calda;
Camada 2: 20g de ganache;
Camada 3: 30g de bolo triturado regado com um pouquinho de calda;
Camada 4: 20g de creme branco finalizado com raspinhas de limão.

Deixe na geladeira até a hora de comer.

Dê o seu Toque Pessoal

Quando essa receita foi criada, a castanha de caju crua não estava tão cara. E para baratear
a receita é muito fácil. É só substituir a castanha na ganache por 1/2 xícara de leite de coco
ou a ganache toda pelo creme de chocolate da receita do pavê e o creme branco pela versão
branca do creme do pavê.

Você também pode substituir a ganache pelo mousse de chocolate.

Mas na receita do bolo, sugiro não substituir nada. E usar o açúcar demerara. Todas as vezes
que eu tentei mudar a receita, não ficou tão boa.

Você pode fazer esse bolo para servir inteiro. Fica ainda mais gostoso! Ele é muito macio e
maravilhoso. O único problema é que é um pouco difícil de desenformar, por ser muito macio.
Unte bem a assadeira e assim que sair do forno, passe a faca na lateral. Quando ele ainda não
estiver totalmente frio, chacoalhe a assadeira para ele soltar e então vire em um prato.

Bom apetite!
Sumário

101
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Mousse de Chocolate
Esse é aquele mousse feito com a aquafaba, a água do cozimento do grão de bico, em
substituição às claras. A aquafaba foi descoberta pelo francês Joël Roessel. E você vai
aprender a fazer em casa e vai descobrir que é mais fácil do que pensava.
E o mousse fica muito gostoso, muito parecido com o tradicional.

Receita rápida, fácil, sofisticada e sem glúten

Rendimento: 3 porções
Dificuldade: fácil
Tempo: 8h (molho grão-de-bico) + 40min (cozinhar) + 24h (geladeira) + 20min (preparo)
Durabilidade: até 2 dias na geladeira
Quando fazer: até 1 dia antes de servir e pelo menos 4 horas antes
Custo: R$ 5,00 (por pessoa) / R$ 15,00 (da receita)
Sumário

102
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Ingredientes

150g de chocolate vegano


½ xícara de aquafaba (água do cozimento do grão-de-bico)
Açúcar a gosto (opcional)

Utensílios Necessário

• Batedeira ou mixer
• Panela de pressão (ou panela comum)

Modo de Preparo da Aquafaba

1. Coloque 500g de grão-de-bico de molho em bastante água por de 8 a 10 horas. Para essa
receita, você precisará de aproximadamente 125g de grão-de-bico cru, mas cozinhe 500g
de uma vez e congele o que não for usar. É mais prático e econômico;

2. Escorra o grão-de-bico e leve para cozinhar em uma panela de pressão com 1,5 litro de
água. Deixe em fogo médio até começar a chiar. Abaixe o fogo e deixe cozinhando por
20 minutos, desligue e deixe a pressão sair naturalmente, o que leva mais ou menos 20
minutos;

3. Escorra e meça a quantidade de água do cozimento. Se der mais que 3 xícaras, leve para o
fogo e reduza para 3 xícaras. Se der menos, não precisam completar com água;

4. Volte o grão-de-bico que não for usar para junto da água do cozimento, que é a aquafaba, e
deixe na geladeira por 24 horas. Esse processo deixa a aquafaba mais concentrada, o que
faz com que chegue no ponto mais rápido na hora de bater;

5. Passado esse tempo, escorra a água e ela já está pronta para ser usada. Rende
aproximadamente 2 ½ xícaras de aquafaba depois de escorrida. O que não for usar
imediatamente, congele em porções de ¼ ou ½ xícara. E o grão-de-bico também pode ser
congelado em porções. Com ele você pode fazer uma receita de homus para servir como
entrada;
Sumário

103
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Modo de Preparo do Mousse

1. Para fazer o mousse, a aquafaba precisa ter passado pelo processo


descrito acima e estar gelada;

2. Derreta o chocolate em banho-maria ou no microondas e reserve;

3. Bata a aquafaba na batedeira (não dá para bater na mão) sem parar até formar
uma espuma branca. Acrescente umas 2 colheres de sopa de açúcar se gostar de
sobremesas mais doces;

4. Continue batendo até ficar um creme branquinho, formando ondas grossas e que quando
você coloca um pouco em uma colher e vira de cabeça para baixo, ele não cai. Vai levar de
8 a 15 minutos. Tenha paciência. Essa parte é fundamental para a sua mousse ficar bem
aerada;

5. Adicione um pouco da aquafaba na tigela com o chocolate derretido (certifique-se que não
endureceu, ele precisa estar bem derretido) e misture delicadamente até o chocolate se ter
dissolvido por completo;

6. Adicione mais um pouco de aquafaba e misture;

7. Depois coloque essa mistura no pote com a aquafaba e misture lentamente e com
movimentos suaves;

8. Coloque nos potes em que vai servir (depois não dá para mudar de pote) e leve para gelar
por umas 2 horas e está pronto. Decore com raspas de chocolate antes de servir.

Dê o Seu Toque Pessoal

Você pode usar aquafaba do grão-de-bico enlatado. O único problema é que ainda não achei
uma marca que não contenha sal. Funciona bem e é mais prática, mas pode deixar um sabor
no fundo, além de encarecer a sua receita.

Decore com o que desejar, mas que não pese sobre o mousse, senão ele pode ceder.

Eu não coloco açúcar no mousse. Coloque se gostar de sobremesas mais doces.

Quer um sorvete de chocolate? Coloque o mousse no freezer. Fica muito gostoso!

Bom apetite!
Sumário

104
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Receitas Base
Você vai usá-las em muitas receitas

Leite de Amêndoas
Leite de Coco

Sumário

105
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Leite de Amêndoas
O leite de amêndoas caseiro é, na minha opinião, o que melhor substitui o leite de vaca nas
receitas. Seu sabor suave combina tanto com pratos doces, quanto com pratos salgados.

Ele é usado em muitas receitas desse guia, e apesar de ser considerado caro, é o leite de cas-
tanhas mais barato hoje em dia. E seu preço é um pouco mais alto que o do leite de coco, mas
ele tem a vantagem de ser mais simples de preparar.

Rendimento: 1 litro (4 xícaras)


Dificuldade: fácil
Tempo: 6 horas (molho) + 5 minutos (leite)
Durabilidade: 3 dias na geladeira
Quando fazer: assim que for usar
Custo: R$ 2,03 (por xícara) / R$ 8,10 (da receita)
Sumário

106
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Ingredientes

1 xícara de amêndoas cruas e sem sal (150g)


1 litro de água (4 xícaras)

Modo de Preparo

1. Coloque as amêndoas de molho em água por umas 6 horas (que é o ideal), ou se você não
puder esperar, deixe por uns 20 minutos em água morna, até ela ficar molinha.

2. Escorra a água do molho e tire a casca das amêndoas. Passe na água morna para ajudar
as casquinha a se soltarem. Não é necessário tirar, mas eu faço isso quando eu quero um
resíduo mais clarinho e é imprescindível tirar se for fazer a ricota de amêndoas.

3. Bata as amêndoas com 1 litro de água filtrada por um minuto, até ficar um líquido bem
branquinho.

4. Daí é só coar, de preferência em um coador de voal, tecido, ou até em uma peneira bem
fininha, apertando bem para tirar todo o líquido. E tá pronto!

5. Use o resíduo em outras receitas. Se não for usar na hora, congele por até 3 meses.

Com Essa Receita Você Vai Preparar

• Ricota de Amêndoas
• Lasanha de Brócolis ao Molho Branco
• Lasanha de Abobrinha ao Sugo
• Strogonoff de Cogumelos
• Torta de Morango
Sumário

107
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Leite de Coco
O leite de coco caseiro é, na minha opinião, tão bom quando o de amêndoas para sobremesa.
Seu sabor delicado, mas presente, vai muito bem em pratos doces.

Rendimento: 3 copos de leite


Dificuldade: Média
Tempo: 40 minutos
Durabilidade: 3 dias na geladeira
Quando fazer: assim que for usar
Custo: R$ 1,58 (por xícara) / R$ 4,75 (da receita)
Sumário

108
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Ingredientes

1 coco seco (o fruto)


3 xícara de água morna

Modo de Preparo

1. Com um saca rolhas, perfure o ponto mais macio dos 3 afundadinhos do coco. Faça
movimentos para deixar o furo maior;

2. Retire toda a água dando umas balançadinhas. Vai sair aos poucos. Pra aumentar a
durabilidade do leite de coco, não vamos usar a água dele na receita. Então você pode
tomar;

3. Certifique-se que tirou toda a água do coco e coloque no forno pré-aquecido a 180°C e
deixe por uns 15 minutos, ou até rachar;

4. Então retire do forno e dê marteladinhas nele até ele abrir;

5. Com o auxílio de uma colher de sopa ou de sobremesa, vá despregando a polpa da casca.


Se tiver muito difícil de soltar, deixe por mais uns 2 minutos no forno;

6. Com um descascador de legumes ou com uma faca, retire a casca marrom mais macia
do coco. Esse passo é opcional, mas para fazer o manjar de coco, é necessário, senão vai
ficar um creme marrom. E também é importante quando você for usar o resíduo como coco
ralado;

7. Bata a polpa no liquidificador com 3 xícaras de água quente por um minuto;

8. Coe em tecido de voal ou em pano de prato limpo, apertando bem para extrair todo o
líquido. Pronto!
Sumário

109
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Dicas

1. Se o seu liquidificador não for muito forte, pique bem o coco e bata em
duas etapas;

2. O bagaço que sobra é o coco ralado que vemos no supermercado. Para


aumentar sua durabilidade, congele ou seque em forno à temperatura baixa
tomando cuidado para não queimar. Se bater no liquidificador o coco já seco, vira
uma farinha, ainda mais versátil.

Para Agilizar

Assim que comprar o coco, você pode abrir, tirar a casca grossa e a casca fina, picar e
congelar em 3 porções, cada uma com rendimento de 1 xícara de leite.

E para fazer o leite, é só colocar congelado mesmo com a água que vai bater e levar para o
fogo até ela esquentar, liquidificar e coar.

Você vai ganhar bastante tempo na hora de preparar as receitas!

Com Essa Receita Você Vai Preparar

• Manjar Branco de Coco


• Pavê de Chocolate com Paçoca

110
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Lista de
Bebidas
Veganas

Sumário

111
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Você sabia que muitos vinhos, champagnes e cervejas não são veganos? Isso
porque alguns levam componentes de origem animal e outros são produzidos
por empresas que patrocinam eventos que exploram os animais, como rodeios e
vaquejadas. E ainda por estarem ligadas à empresas que testam em animais.

Veja as opções veganas retiradas da lista do grupo do Facebook TrollAjuda em


novembro de 2017 (procure sempre pela lista atualizada):

Espumantes

• Canção
• Miolo
• Terranova
• Almadén
• Cereser

Vinhos
• Miolo • Quinta do Morgado • Casillero Del Diablo
• Campo Largo • Vinhos Canivezi (apenas os tintos)
• Boscato Vinhos Finos • Vinícola Aurora • Catuaba (só a Tradicional
• Vinhos Canção (somente o vinho tinto) Verde - bebida à base de
• Dom Bosco • Dom Cândido vinho)
• Massimiliano • Adega Chesini • Karlo Estates (vinho
• Piagentini • Vinhos Larentis canadense)
• Dão • Marco Luigi Vinhos Finos
• Lidio Carraro • Marques da Casa Concha

Cervejas

• 3 Mestres • Borck Chop • Erdinger


• 8.6 • Brewdog • Faxe
• Amazon bier • Brooklyn Brewery • GaudenBier
• Alvania • Cervejaria Bierland • Germania
• Anderson Valley • Cervejaria Faixa Preta • Gypsy Inc
• Ashby • Cervejaria Prada • Handwerk
• Austral • Cervejaria Rasen Bier • Heimat
• Ayinger • Charles Wells • Höfbräu
• Backer • Cidade Imperial • Ilha
• Bacurim • Colombina • Ilha Grande
• Badger • Container British Bier • Jenlain
• Batemans • Coruja • Klein
• Benediktiner • Dama Bier • Konigs
Sumário

• Bier Hatha • De Koninck • kostritzer


• Birra Nordestina • Dundee • La Chouffe
• Bitburger • Duvel Moortgat • La Trappe
112
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
• Liefmans • Pyramid Breweries • Super Bock
• Madalena • Raizes • Tibaya
• Mágica Hat • Rogue • Tupiniquin
• Maredsous • Saint bier • Vedett
• Mikkeler • Samuel Smith • Vento Livre
• Morena • Sankt Galen da There- • Warsteiner
• Mosh Beer zopolis (é vegana mas • Wunder Bier
• Natur Bier produz uma cerveja em • Zeht Bier
• North Peak parceria com a Bohemia) • Zeit
• Opa Bier • Schneider Weisse
• Potiguara • Schornstein
• Província • Sierra Nevada

Vodkas
• Smirnoff
• Popov

Cachaça

• Sanhaçu

Whisky

• J&B

Rum

• Malibu

Licor

• Cointreau
• Licor Canivezi (do Vinhos Canivezi)
Sumário

113
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Conclusão

Espero que esse livro te ajude a preparar uma ceia de Natal vegana
gostosa e agradável.

Solicite o seu acesso ao grupo exclusivo do projeto Natal Vegano


do Vita Nutrire, que é um espaço virtual onde você vai tirar dúvidas,
compartilhar os seus aprendizados e ainda fazer amizade com
pessoas que estão no mesmo momento que você.

Para isso, escreva para contato@vitanutrire.com e informe o seu


perfil no Facebook.

E aproveite para me seguir nas redes sociais

Blog | Facebook | Instagram | YouTube Sumário

114
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Sobre a Autora

Teka Laury
Culinarista Vegana e autora do blog Vita Nutrire

Aprendeu a cozinhar quando se tornou vegetariana em 2007.


Em 2015, quando a culinária já era uma paixão, nasceu o blog
Vita Nutrire.

Vegana desde 2016, deixou sua formação em engenharia civil


de lado e hoje se dedica 100% ao estudo da culinária sem
ingredientes de origem animal, compartilhando receitas em
seu blog e canal do YouTube, e provando que comida vegana
é muito gostosa e fácil de fazer.

Seu trabalho é reconhecido pela forma prática e organizada


de criar e ensinar sobre culinária vegana, sempre com o
intuito de facilitar o aprendizado mesmo das pessoas mais
inexperientes.
Sumário

115
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Um Feliz Natal sem Crueldade!
Os animais agradecem.

116
Transaction: HP16615137302470 e-mail: muniz.marcela@gmail.com
Produção e idealizacão:
VitaNutrire Culinária Vegana

Projeto Gráfico / Arte / Diagramação:


Ezequiel Belchior
Imagens: istockphotos.com

VitraNutrire © Copyright 2017 - Todos os direitos reservados