Você está na página 1de 8

SIMULADO

XXVIII
EXAME DE ORDEM
1

3º Simulado 2ª Fase XXVIII Exame de Ordem: Direito Administrativo


2

3º Simulado 2ª Fase XXVIII Exame de Ordem: Direito Administrativo


3º SIMULADO - 2ª FASE XXVIII EXAME DE
ORDEM DIREITO ADMINISTRATIVO
A resolução em vídeo do Simulado estará disponível na área de Transmissões no app do
OAB de Bolso
Acesse www.oabdebolso.com/download no seu celular para baixar o aplicativo.

PEÇA PROFISSIONAL

Em matéria jornalística amplamente divulgada pela mídia, o prefeito do município Alfa, do Estado X,
Francisco José, é acusado pela imprensa local de negligenciar a saúde pública, deixando de realizar os
investimentos obrigatórios nos estabelecimentos médico-hospitalares situados na região. Com o objetivo de
tirar proveito da situação para se autopromover este resolve realizar uma obra de construção de um hospital
municipal de grande abrangência e para que a população tome conhecimento de seus feitos espalha cartazes
com seu rosto pelas ruas informando das futuras obras que iriam ocorrer. Diante disso o prefeito comunica
aos amigos que está providenciando um plano de obras custosas e pretende que elas sejam entregues,
independente de licitação a empresas com vínculos pessoais com dirigentes do seu partido. Os valores
correspondentes às obras são incluídos no orçamento, observado o devido processo legislativo. As empresas
ABC, XWK, TYK aceitam, de bom grado, o encargo e assinam os contratos com a Administração.
Inconformado com esse fato, Fábio da Silva, cidadão que gosta de participar ativamente da defesa da
Administração Publica e está em dia com seus direitos políticos, procura orientação jurídica, e após, resolve
ingressar na via judicial. Com base no caso concreto apresentado acima, redija a petição inicial da medida
judicial cabível. (Valor: 5,00)

(Veja o comentário em vídeo para esta questão do simulado na área de Transmissões do


aplicativo OAB de Bolso. Se ainda não possui o aplicativo instalado no seu celular ou tablet, basta
acessar www.oabdebolso.com/download)

3º Simulado 2ª Fase XXVIII Exame de Ordem: Direito Administrativo


QUESTÃO 1

O Estado Alfa mediante decreto declarou como de utilidade pública, para fins de instituição de servidão
administrativa, em favor da concessionária de serviço público Y8, imóveis rurais necessários à construção de
dutos subterrâneos para passagem de fios de transmissão de energia. A concessionária WK de forma
extrajudicial conseguiu fazer acordo com diversos proprietários das áreas declaradas de utilidade pública,
dentre eles, João, pagando o valor da indenização pela instituição da servidão por meio de contrato privado.
Entretanto, após o pagamento da indenização a João, este não permitiu a entrada da concessionária WK no
imóvel para construção do duto subterrâneo, descumprindo o contrato firmado, o que levou a concessionária
WK a ingressar judicialmente com ação de instituição de servidão administrativa em face de João.

A partir do caso proposto, responda, fundamentadamente, aos itens a seguir.

A) É possível a instituição de servidão administrativa pela via judicial? (Valor 0,60)


B) Um concessionário de serviço público pode declarar um bem como de utilidade pública e executar os
atos materiais necessários à instituição da servidão? (Valor 0,65)

(Veja o comentário em vídeo para esta questão do simulado na área de Transmissões do aplicativo
OAB de Bolso. Se ainda não possui o aplicativo instalado no seu celular ou tablet, basta acessar
www.oabdebolso.com/download)
4

3º Simulado 2ª Fase XXVIII Exame de Ordem: Direito Administrativo


QUESTÃO 2

A União celebrou contrato de concessão de serviços públicos de transporte interestadual de passageiros,


entre os Estados Alfa e Beta, na Região Sul do país, com a empresa Viagem Bem. Ocorre que já existe
concessão de serviço de transporte interestadual entre os Estados Alfa e Beta, executada pela empresa
Viagem Fast. Em virtude do novo contrato celebrado pela União, a empresa Viagem Fast ingressou com
demanda em Juízo, alegando que a celebração do novo contrato (com o estabelecimento de concorrência
anteriormente inexistente) lhe causaria um rompimento no equilíbrio econômico-financeiro, razão pela qual se
impõe a exclusividade na exploração comercial daquela linha.

A partir do caso proposto, responda, fundamentadamente, aos itens a seguir.

A) Procede a alegação da empresa Viagem Fast de que se impõe a exclusividade na exploração


comercial daquela linha? (Valor 0,60)
B) Pode a União determinar alteração na linha que liga os Estados Alfa e Beta, impondo ao
concessionário (empresa Viagem Fast) um novo trajeto, mais longo e mais dispendioso? (Valor 0,65)

Veja o comentário em vídeo para esta questão do simulado na área de Transmissões do aplicativo
OAB de Bolso. Se ainda não possui o aplicativo instalado no seu celular ou tablet, basta acessar
www.oabdebolso.com/download)

3º Simulado 2ª Fase XXVIII Exame de Ordem: Direito Administrativo


QUESTÃO 3

Após regular licitação em que se sagrou vencedora, a sociedade empresária Zenza celebrou contrato de
prestação de serviços, executados de forma contínua, para o Município de Cerafinópolis, pelo prazo de 1
(um) ano, prorrogável por iguais e sucessivos períodos, até o limite de 60 (sessenta) meses. Um dia antes do
termo final do período originariamente contratado, o Prefeito e a sociedade empresária tinham a intenção de
prorrogar o contrato, mas a sociedade empresária ainda não havia apresentado os documentos necessários à
comprovação da manutenção de suas condições de habilitação e qualificação. Diante dessas circunstâncias,
as partes ajustaram verbalmente a continuidade na prestação de serviços, enquanto seriam adotadas as
aludidas providências. Combinaram ainda que, quando fossem apresentados tais documentos, as partes
formalizariam a celebração de um termo aditivo ao contrato original, com data retroativa ao termo final do
contrato originário, de modo a estender o prazo de duração por mais um ano, a contar daquela data. Hoje,
três meses depois, foram providenciados os documentos da sociedade empresária e dos órgãos
administrativos técnicos.

A) Era correta a celebração de ajuste verbal para continuidade na prestação de serviços? (Valor
0,65)
B) É correta a assinatura de termo aditivo nos moldes pretendidos? (Valor 0,60)

(Veja o comentário em vídeo para esta questão do simulado na área de Transmissões do aplicativo
OAB de Bolso. Se ainda não possui o aplicativo instalado no seu celular ou tablet, basta acessar
www.oabdebolso.com/download)
6

3º Simulado 2ª Fase XXVIII Exame de Ordem: Direito Administrativo


QUESTÃO 4

No edital de licitação de contrato que tem como objeto exclusivo a concessão de serviço público,
consubstanciado na concessão de rodovia federal, o poder concedente admitiu que o concessionário Aliança
se utilizasse de fontes alternativas de renda, por meio de exploração de placas de publicidade.

A partir do caso proposto, responda, fundamentadamente, aos itens a seguir.

A) É possível que esse contrato de concessão de serviço público preveja que o concessionário
Aliança obtenha receitas de forma alternativa às tarifas pagas pelos usuários de serviço? (Valor 0,60)

B) Se admitida a receita obtida poderá ser integralmente revertida para o concessionário que
explora a atividade econômica? (Valor 0,65)

(Veja o comentário em vídeo para esta questão do simulado na área de Transmissões do aplicativo
OAB de Bolso. Se ainda não possui o aplicativo instalado no seu celular ou tablet, basta acessar
www.oabdebolso.com/download)

3º Simulado 2ª Fase XXVIII Exame de Ordem: Direito Administrativo