Você está na página 1de 2

Escola Secundária da Portela

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PORTELA E MOSCAVIDE Escola EB 2,3 Gaspar Correia


Escola EB1 Catela Gomes
Ficha formativa - 12.º ano Escola EB1/JI Quinta da Alegria
Escola EB1/JI Portela

Estudar, Compreender e Aplicar


A dor de pensar

O pensamento é a faculdade que permite ao ser humano ter um conhecimento


intelectual do universo que o rodeia. Porém, a inteligência culmina, para Fernando Pessoa, na
constatação de que, efetivamente, é impossível ao ser humano alcançar o conhecimento absoluto
e a felicidade completa e provoca a ”dor de pensar”, que obsta à sua felicidade.
5F Fernando Pessoa vive a dicotomia que consiste na necessidade de percecionar o mundo
de forma racional, inteligível e a certeza de que essa forma de captação do real não lhe permitirá
desvendar o segredo e a razão da existência da realidade que se apresenta ao ser humano, o que
provoca o seu sofrimento e a sua angústia metafísica.
Apesar de reconhecer que só a ausência de interrogação conduzirá à felicidade, porque
10 o conhecimento da essência das coisas é inacessível, o sujeito poético na poesia ortónima revela
não renunciar à sua lucidez, ainda que tenha consciência de que a inquietação analítica não lhe
trará a felicidade, pois reconhece a impossibilidade de ser “eu e o outro” em simultâneo.
A interrogação sobre o destino do Homem está assim sempre presente nos poemas de
Pessoa, impregnando-os de uma nostalgia persistente, reflexo imutável do reconhecimento dos
15 limites que caracterizam a liberdade humana.

1 Para responder a cada um dos itens., selecione a opção correta. Escreva, na folha de
respostas, o número de cada item e a letra que identifica a opção escolhida.
1.1. O segmento “que permite ao ser humano” (l. 1), constitui uma oração
(A) subordinada adjetiva relativa restritiva e desempenha a função sintática de modificador
restritivo do nome.
(B) subordinada adjetiva relativa explicativa e desempenha a função sintática de modificador
apositivo do nome.
(C) subordinada substantiva relativa e desempenha a função sintática de predicativo do
sujeito.
(D) subordinada substantiva completiva e desempenha a função sintática de complemento
direto.

1.2. A palavra “porém” (l.2) é morfologicamente


(A) uma conjunção coordenativa adversativa e institui uma relação de contraste.
(B) uma conjunção subordinativa concessiva e institui uma relação de concessão.
(C) um advérbio conectivo e institui uma relação de contraste.
(D) um advérbio de predicado com valor semântico de modo.

1.3. O segmento “alcançar o conhecimento absoluto e a felicidade completa” (l.3-4)


desempenha a função sintática de
(A) complemento indireto.
(B) complemento direto.
(C) sujeito.
(D) complemento oblíquo.

1.4. A utilização do pronome “lhe” (l.6) ocorre num quadro de coesão


(A) temporal.
(B) frásica.
(C) lexical.
(D) referencial.

1
1.5. O segmento “à sua lucidez” (l.11) desempenha a função sintática de
(A) complemento indireto.
(B) complemento oblíquo.
(C) modificador.
(D) complemento direto.

1.6. O segmento “que só a ausência de interrogação conduzirá à felicidade” (l.9) constitui


uma oração subordinada
(A) adjetiva relativa explicativa.
(B) substantiva relativa.
(C) adjetiva relativa restritiva.
(D) substantiva completiva.

1.7. O segmento “ainda que tenha consciência de que a inquietação analítica não lhe trará a
felicidade” (l. 11-12), inclui
(A) uma oração subordinada adverbial concessiva.
(B) uma oração subordinada adverbial consecutiva.
(C) uma oração subordinada adverbial comparativa.
(D) uma oração subordinada adverbial condicional.

1.8. O constituinte sublinhado em “que caracterizam a liberdade humana” (l.15) é


morfologicamente
(A) um advérbio relativo.
(B) uma conjunção subordinativa causal.
(C) um pronome relativo invariável.
(D) uma conjunção subordinativa consecutiva.

2. Responda de forma correta aos itens apresentados.

2.1.Classifique a oração sublinhada: “É importante que os alunos conheçam em


profundidade a obra de Fernando Pessoa”.
2.2. Indique a respetiva função sintática.
2.3. Classifique as orações sublinhadas: A não ser que saia o tema “dor de pensar”, penso
que estou bem preparada para o teste.

2.4.Identifique a função sintática desempenhada pelos constituintes sublinhados:

2.4.1.Este livro foi escrito por quem se dedicou uma vida inteira à causa.
2.4.2.Aconteceu-nos uma coisa muito estranha.
2.4.3.O professor não nos viu na biblioteca.
2.4.4.Estas notícias ofenderam-nos.
2.4.5.Neste movimento, participaram os grandes poetas portugueses; se outras
compensações não lhes tivesse trazido o seu arrojo, deu-lhes pelo menos a saborear o gosto
pelo reconhecimento público. Muito gostavam eles de inovações poéticas!