Você está na página 1de 5

Exercícios de exame – gramática (2019 a 2016)

Classe de palavras
1. No contexto em que ocorre, o uso da forma verbal «seria» (Há hoje, em Portugal,
alguns bons especialistas em turismo cultural e não seria difícil aos nossos serviços de turismo,
com o apoio de tais especialistas) contribui para exprimir uma
(A) condição.
(B) suposição.
(C) convicção.
(D) dúvida.

2. Nas orações «posso estar a ser injusto mas acho que nunca ninguém me tocou como
ela» e «Tinha um senhor ao lado, que eu não conhecia», as palavras sublinhadas são
(A) um pronome, no primeiro caso, e uma conjunção, no segundo caso.
(B) uma conjunção, no primeiro caso, e um pronome, no segundo caso.
(C) pronomes em ambos os casos.
(D) conjunções em ambos os casos.

Valores: modal, aspetual


3. As frases «E não restam dúvidas de que, em boa medida, as suas observações têm
fundamento.» e «Talvez sejamos hipócritas» exprimem a modalidade epistémica
(A) com valor de probabilidade, no primeiro caso, e com valor de certeza, no segundo
caso.
(B) com valor de probabilidade, em ambos os casos.
(C) com valor de certeza, em ambos os casos.
(D) com valor de certeza, no primeiro caso, e com valor de probabilidade, no segundo
caso.
4. No excerto correspondente ao discurso de Camilo, transcrito «Eu inclinava o peito
crivado de dores sobre uma banca para ganhar, escrevendo e tressudando sangue, o pão de
uma família. A luz dos olhos bruxuleava já nas vascas da cegueira. E eu escrevia, escrevia
sempre»., as formas verbais exprimem os valores aspetuais
(A) perfetivo e genérico.
(B) perfetivo e iterativo.
(C) imperfetivo e genérico.
(D) imperfetivo e iterativo.

1
5. Em «esta onda de simpatia de que Portugal, de momento, desfruta» e em
«Nenhuma obra traduzida [...] dá nunca medida justa do talento ou do génio desse escritor.»
está presente um valor aspectual
(A) genérico, no primeiro caso, e imperfetivo, no segundo caso.
(B) imperfetivo, no primeiro caso, e genérico, no segundo caso.
(C) perfetivo, no primeiro caso, e genérico, no segundo caso.
(D) genérico, no primeiro caso, e perfetivo, no segundo caso.

6. As formas verbais presentes em «A intraduzibilidade de um termo é normal.» e em


«Assim, o termo ganhou uma extensão invulgar» têm, respetivamente, um valor aspetual
(A) genérico e perfetivo.
(B) iterativo e perfetivo.
(C) genérico e imperfetivo.
(D) iterativo e imperfetivo.

7. No excerto, «Considera negativamente a violência em todas as suas formas. A nossa


sociedade eliminou as formas mais brutais de abuso. », as formas verbais têm,
respetivamente, um valor aspetual
(A) genérico e iterativo.
(B) perfetivo e iterativo.
(C) imperfetivo e genérico.
(D) genérico e perfetivo.

8. Indique o valor aspetual veiculado por cada uma das expressões seguintes:
a) «Quando eu era pequeno tinha a Gija»;
b) «Desapareceu da minha vida de repente».

Funções sintáticas
9. Identifique as funções sintáticas desempenhadas pelas expressões sublinhadas:
a) «é um turismo que fixa mais profundamente o turista à nossa terra e à nossa
cultura e o torna, eventualmente, um frequentador mais assíduo e persistente do nosso país »;
b) «Seria um bom e duradouro investimento e a captação de amigos permanentes de
Portugal» .

2
10 . Identifique as funções sintáticas desempenhadas pelas expressões:
a) «E aqui, sentado a esta mesa cheia de papéis»;
b) «soube logo que aquela pessoa era ela».

11. As expressões sublinhadas «Em Ribeira de Pena, em 1843, escreve e afixa na porta
da matriz» e «Foge com Patrícia Emília para a cidade invicta, mas é acusado por um tio de
roubo, sendo ambos preso.» desempenham as funções sintáticas
(A) de modificador e de complemento do adjetivo, respetivamente.
(B) de complemento oblíquo e de complemento agente da passiva, respetivamente.
(C) de complemento oblíquo e de complemento do adjetivo, respetivamente.
(D) de modificador e de complemento agente da passiva, respetivamente.

12. Nas expressões «sabermos orientar-nos» (linha 2) e «que nos permite» (linha 5), os
pronomes pessoais desempenham as funções sintáticas de
(A) complemento direto e de complemento indireto, respetivamente.
(B) complemento indireto e de complemento direto, respetivamente.
(C) complemento indireto, em ambos os casos.
(D) complemento direto, em ambos os casos.

13. Nas expressões «protege-nos dos riscos» e «A ciência traz-nos constantemente


novos riscos», os pronomes pessoais desempenham as funções sintáticas de
(A) complemento indireto e de complemento direto, respetivamente.
(B) complemento direto e de complemento indireto, respetivamente.
(C) complemento indireto, em ambos os casos.
(D) complemento direto, em ambos os casos.

14. Identifique as funções sintáticas desempenhadas pelas expressões sublinhadas:


a) «um ideal que supere o horizonte de uma melhor distribuição dos rendimentos»;
b) «É certo que estas coisas ainda existem».

15. Identifique as funções sintáticas desempenhadas pelo pronome relativo «que»


a) que as metáforas ainda alargaram mais;
b) que recordam momentos de idílio em comum.

3
16. Refira a função sintática desempenhada pela oração subordinada presente em «é
inevitável que vivamos permanentemente sob ameaças».

Orações
17. Classifique a oração introduzida por «que», (Vender a nossa literatura em
tradução é apenas a primeira metade da tarefa que nos incumbe).

18. Classifique a oração introduzida por «que» na frase Alexandre Cabral fala, com
razão, do «exemplo de um profissionalismo sem mácula, nesse estrito aspeto, que não foi
ainda ultrapassado».

19. Classifique a oração sublinhada em «Ora, em semântica, é regra fundamental que o


significado é o uso.».

20. Classifique a oração iniciada por «que» na frase mas também sobre a forma como
o contexto molda os consensos que constituem a «verdade científica».

21. Classifique a oração iniciada por «que» em A ciência tem hoje tantas e tão úteis
aplicações nas nossas vidas que a associação mais imediata.

22. Identifique o valor da oração subordinada adjetiva relativa presente na frase


embora não diga o essencial sobre a ciência – que é acima de tudo a descoberta do mundo
pelo homem –, não deixa de ser adequada.

Coesão
23. Indique o processo de coesão textual assegurado pelas expressões «No passado»,
«a pouco e pouco», «Já», «Hoje, a pouco e pouco» e «ainda».

24. Indique o tipo de deixis assegurado pelo determinante possessivo presente na


expressão na capacidade de ler o mundo à nossa volta.

25. Identifique o antecedente do pronome presente em «Promover a cultura científica


não é ensinar ciência –embora também o seja».

4
26. O uso das palavras «dele» e «os» contribui para a coesão
(A) lexical.
(B) temporal.
(C) frásica.
(D) referencial.

Bom trabalho!