Você está na página 1de 12

INTRODUÇÃO À PSICOLOGIA

“É amplamente difundida a imagem da psicologia como


a arte de desvendar os segredos do ser humano”
Definição e objeto de estudo

O termo psicologia origina-se de duas palavras gregas: psyché, que


significa a alma, o espírito ou a mente, e logos, que se refere ao
estudo de um assunto, à razão. Estas duas raízes gregas foram
inicialmente colocadas lado a lado para definir um tópico de estudo
no século XVI, quando psique era usada para se referir à alma,
espírito ou mente em contraposição ao corpo (Boring, 1966). Mas
foi somente no início do século XVIII que o termo psicologia se
tornou mais comum entre os estudiosos. Foi quando começou a
significar “o estudo da alma”
Wayne Weiten, Introdução à Psicologia
A Psicologia é uma ciência com um campo
próprio de estudo, com um objeto, com um
método e com meios de investigação.
Ciência: Objeto:
Conjunto de conhecimentos O objeto de estudo de uma
considerados precisos, rigorosos, ciência corresponde à parte da
objetivos e que podem ser realidade estudada por essa
expressos em leis universais ciência e apenas por essa
ciência.

Método:
Senso Comum: Consiste no conjunto de
É pouco elaborado, inexato e procedimentos e etapas que
muitas vezes errado possibilitam o conhecimento
rigoroso e preciso de um objeto de
estudo.
• A forma como as pessoas se comportam ao longo de diferentes
épocas.

• O desenvolvimento dos organismos vivos.

• A forma como reagimos perante uma grande desilusão amorosa.

• Os fatores que interferem na nossa inteligência


Disciplina científica definida como a
ciência que estuda o comportamento e
os processos mentais

Comportamento: Processos mentais:


fenómeno interno e
qualquer ato efetuado
subjetivo, inferido a partir
pelo organismo, que
dos comportamentos
possa ser observado e
observados, ex.: emoções,
registado (ex: sorrir e
pensamento, lembranças,
falar)
etc.
Descrever
Finalidades comportamentos e
processos mentais

Explicar
Comportamentos
comportamentos
e processos
mentais
mentais

Prever
comportamentos
A especificidade da Psicologia enquanto
ciência

Ciências Sociais e Ciências da


Humanas PSICOLOIA Natureza
(ex.: Sociologia) (ex.: Biologia)

Os psicólogos estudam, no comportamento humano, aspetos biológicos


e aspetos sociais. Os psicólogos, nomeadamente os psicofisiologistas
ou psicobiólogos, estudam sobretudo as relações entre a Biologia e o
comportamento e os seus processos mentais. Aos sociólogos
interessam sobretudo os grupos sociais, enquanto a Psicologia se
interessa principalmente pela influência do meio social no
comportamento do indivíduo.
A complexidade da Psicologia
objeto de estudo de difícil análise

• Não podemos fazer determinadas


experiências com seres humanos como • A Psicologia é marcada também por
podemos fazer com rochas ou plantas, por uma certa subjetividade, uma vez que
exemplo. quer o psicólogo quer o seu objeto de
• Não é correto, do ponto de vista ético ou estudo são seres humanos.
moral, colocarmos crianças à fome por • Isto significa que pode haver
vários dias apenas para sabermos como interferências na investigação, devido a
reagem a essa privação; crenças, desejos, interesses e
• assim como afastarmos os pais dos filhos perspetivas pessoais.
para estudarmos o desenvolvimento das • Deve, portanto, realizar-se um esforço
crianças longe dos pais. para se ultrapassar isso.
• Isto significa que o estudo experimental • Há a crença geral de que, como somos
em seres humanos tem limites, há seres humanos, compreendemos o
dimensões éticas a ter em consideração. comportamento humano. Mas esse
Há ainda o facto de o ser humano poder conhecimento faz parte do senso
apresentar fatores inesperados, pois é comum, sendo incorreto, inexato e, por
dotado de vontade, de sentimen•tos, de isso, deve ser questionado.
desejos, que são difíceis de prever.
Inteligência

Aprendizagem Motivação

Personalidade PSICOLOGIA Memória

Desenvolvimento Perceção

Emoções
Psicologia

Objeto complexo Objeto de difícil análise Conhecimento Ausência de


científico como um uniformidade
processo