Você está na página 1de 36

Segunda-feira, 11 de Março de 2013 III SÉRIE —

­ Número 20

BOLETIM DA REPÚBLICA
PUBLICAÇÃO OFICIAL DA REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE

SUPLEMENTO
MINISTÉRIO DOS RECURSOS MINERAIS Certificado Mineiro n.º 5755CM, válido até 4 de Janeiro de 2015 para a
extracção de areia de construção, no Distrito de Moamba, província do
Direcção Provincial dos Recursos Minerais e Energia
Maputo, com as seguintes coordenadas geográficas:
Ordem Latitude Longitude
AVISO
1 25º 30’15.00” 32º 16’ 00.00”
Em cumprimento do disposto no artigo 14 do Regulamento da Lei de 2 25º 30’15.00” 32º 16’ 15.00”
Minas aprovado pelo Decreto n.º 62/2006, de 26 de Dezembro, publicado 3 25º 30’30.00” 32º 16’ 15.00”
no Boletim da República n.º 51, I.ª série, 8.º suplemento, faz-se saber 4 25º 30’30.00” 32º 16’ 00.00”
que por despacho da Governadora da província do Maputo de 21 de Maputo, 25 de Fevereiro de 2013. — O Director Provincial, Castro
Fevereiro de 2013, foi atribuída ao senhor Serafim Albano Maposse, o José Elias.

ANÚNCIOS JUDICIAIS E OUTROS

Panificadora Divino, Limitada dezassete barra novecentos oitenta e um, outras sociedades ou administrar sociedades.
podendo abrir as delegações em qualquer ponto Pode ainda participar no capital de outras
Certifico, para efeitos de publicação, que do território nacional. sociedades.
no dia cinco de Março de dois mil e treze, foi
matriculada na Conservatória do Registo de ARTIGO SEGUNDO ARTIGO QUARTO
Entidades Legais sob NUEL1003679968, uma Duração Capital
sociedade denominada Panificadora Divino,
Limitada. A duração da sociedade é por tempo O capital social, integralmente subscrito e
Celebrado entre: indeterminado, contando-se o seu começo a realizado em dinheiro, é de vinte mil meticais,
António Fernando Machado, solteiro, partir da data da sua constituição. dividido em duas quotas assim distribuídas:
maior, natural de Maputo, de nacionalidade
ARTIGO TERCEIRO a) António Fernando Machado com
moçambicana, residente em Maputo, portador
dezoito mil meticais, a que
do Bilhete de Identidade n.º 110100253380M Objecto corresponde a uma quota de noventa
emitido pelo Arquivo de Identificação de
Maputo, aos onze de Junho de dois mil e dez. Que a sociedade tem por objecto: por cento do capital social;
Denise Alexandra Mahomed, solteira, maior, a) Fabrico e venda de pão; b) Denise Alexandra Mahomed com dois
natural de Maputo, de nacionalidade b) Importação, venda e distribuição de mil meticais, a que corresponde
moçambicana, residente em Maputo, produtos de panificação; a uma quota de dez por cento do
portadora do Bilhete de Identidade n.º c) Comércio em geral; capital social.
110100231716N emitido pelo Arquivo de d) Participação no capital social de
Identificação de Maputo, em um de Junho ARTIGO QUINTO
sociedades;
de dois mil e dez. e) Representação de marcas e patentes; Administracão
É celebrado o presente contrato de sociedade, f) Gestão e administração de patrimónios
o qual se rege pelos termos e condições Um) Que a gestão dos negócios da sociedade
públicos e/ ou privados por mandato e a sua representação activa ou passiva, em
constantes das cláusulas seguintes:
de terceiros ou participações da juízo ou fora dele, compete ao sócio António
ARTIGO PRIMEIRO própria sociedade. Fernando Machado que são desde já nomeado
A sociedade poderá desenvolver outras administrador.
Denominação e sede
actividades subsidiárias ou conexas à sua Dois) Compete ao administrador exercer
A sociedade adopta a denominação de actividade principal desde que devidamente os mais amplos poderes de representação da
Panificadora Divino, Limitada com sede em autorizadas; para realização do objecto social, sociedade e praticar todos os demais actos
Maputo, na Rua do Diamantino, número a sociedade poderá associar-se com outra ou necessários à realização do seu objecto social.
698 — (2) III SÉRIE — NÚMERO 20
Três) Para obrigar a sociedade é suficiente ARTIGO NONO Em ambas as circunstâncias todos os sócios
a assinatura do administrador que poderão serão seus liquidatários.
Assembleia geral
designar um ou mais mandatários estranhos à Procedendo-se à liquidação e partilha dos
sociedade, desde que autorizado pela assembleia Um) A assembleia geral é a reunião máxima bens sociais, estes serão em conformidade
geral dos sócios e nestes delegar total ou dos sócios da sociedade com os seguintes com o que tiver sido deliberado em assembleia
parcialmente os seus poderes. poderes: geral.
Quatro) Os administradores ou mandatários a) Aprovação do balanço, relatório e
não poderão obrigar a sociedade bem como contas do exercício findo em cada ARTIGO DÉCIMO QUARTO
realizar em nome desta quaisquer operações ano civil; Casos omissos
alheias ao seu objecto social, nem conferir a b) Definir estratégias de desenvolvimento
favor de terceiros quaisquer garantias financeiras da actividade; Único) Em todos os casos omisso regularão
ou abonatórias, sob pena de responder civil e c) Nomear e exonerar os administradores, as disposições da lei das sociedades por quotas
criminalmente. directores de área e ou mandatários e restante legislação comercial em vigor na
da sociedade; República de Moçambique.
ARTIGO SEXTO d) Fixar remuneração para os Maputo, cinco de Março de dois mil
Divisão e cessão de quotas admnistradores, directores e ou e treze. — O Técnico, Ilegível.
mandatários.
Um) A cessão parcial ou total de quotas
Dois) As assembleias gerais ordinárias
a estranhos à sociedade bem como a sua realizar-se-ão uma vez por ano e as extraordinárias
divisão, depende do prévio consentimento da sempre que forem convocadas por qualquer
Sallston Fumigation Services,
sociedade. um dos sócios, ou pelos administradores da Limitada
Dois) Os sócios ficam obrigados a ceder a
sociedade.
outros sócios e/ou a sociedade as suas quotas Certifico, para efeitos de publicação, que
Três) As assembleias gerais ordinárias
pelo valor nominal quando se verificar que no dia cinco de Março de dois mil e treze, foi
realizar-se-ão nos primeiros três meses de cada
o sócio ou sócios têm interesses directos matriculada na Conservatória do Registo de
ano e deliberarão sobre os assuntos mencionados
ou indirectos nas sociedades similares ou Entidades Legais sob NUEL100367890, uma
no ponto um deste artigo.
desempenhem funções sociais que possam sociedade denominada Sallston Fumigation
Quatro) Para além das formalidades exigidas
promover conflitos de interesse ou concorrência. Services, Limitada, entre:
por lei para a sua convocação, serão dirigidas
Nestes casos os sócios ou a sociedade poderão Primeiro: Sallston Limited, sociedade
aos sócios cartas registadas com antecedência
recorrer a instâncias legais competentes para se
mínima de oito dias. por quotas de direito britânico, com sede
fazerem ressarcir dos prejuízos que lhes tenham
em Palm Chambers, 197 Main Street, Road
sido causados. ARTIGO DÉCIMO
Três) A sociedade fica reservada o direito Town, Tortola, Ilhas Virginias, devidamente
Balanço e prestação de contas representada pelo Senhor Lodewyk Van Zyl,
de preferência no caso de cessão de quotas, em
primeiro lugar e os sócios em segundo. Havendo Um) O ano social coincide com o ano conforme acta anexa.
mais do que um sócio que pretenda adquirir as civil. Segundo: Lodewyk Van Zyl, casado com
quotas, proceder-se-á a rateio em função da Dois) O balanço e a conta de resultados Nita Rademeyer em regime de separação de
quota de cada sócio na sociedade. encerram-se a trinta e um de Dezembro de bens, de nacionalidade sul africana, residente
Quatro) Havendo discórdia quanto ao preço cada ano. em Johannesburg, África do Sul, portador do
da quota a ceder, será o mesmo fixado por Passaporte n.º 480902683, emitido aos vinte e
aprovação de um ou mais peritos estranhos à ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO um de Outubro de dois mil e oito na República
sociedade, a nomear por concurso das partes
Distribuição de dividendos da África do Sul.
interessadas.
É celebrado o presente contrato de sociedade
Dos lucros líquidos aprovados em cada
ARTIGO SÉTIMO ao abrigo do artigo noventa do Código Comercial
exercício deduzir-se-ão pela ordem que se
segue: vigente na República de Moçambique, o qual se
Amortização de quotas
Um) A percentagem legalmente indicada regerá nos termos dos artigos seguintes:
A sociedade fica com a faculdade de para constituir o fundo de reserva legal.
amortizar as quotas: Dois) A criação de outras reservas que a CAPÍTULO I
a) Por acordo com os respectivos assembleia geral entender necessárias. Denominação, sede, objecto
proprietários; Três) A parte restante dos lucros será e duração
b) Quando da morte de qualquer um dos aplicada nos termos que forem aprovados pela
sócios; assembleia geral. ARTIGO PRIMEIRO
c) Quando qualquer quota for penhorada, (Denominação e sede)
arrestada ou por qualquer outro ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
meio apreendida judicialmente. Prestação de capital Um) A sociedade adopta a denominação
de Sallston Fumigation Services, Limitada,
ARTIGO OITAVO Não haverá prestações suplementares, mas
uma sociedade por quotas de responsabilidade
os sócios poderão fazer suprimentos à sociedade
Morte ou incapacidade limitada, e terá a sua sede em Maputo, podendo
nos termos e condições a definir pela assembleia
por deliberação da assembleia geral ser
Em caso de morte, incapacidade física ou geral.
mental definitiva, ou interdição de qualquer transferida para outro local.
sócio, a sua parte social continuará com os ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO Dois) A sociedade poderá ainda por
herdeiros ou representantes legais, nomeando deliberação da assembleia geral criar sucursais,
Dissolução
estes um entre eles mas que a todos represente delegações, filiais ou outras formas de
na sociedade, enquanto a quota se mantiver A sociedade só se dissolverá nos casos representação comercial em qualquer parte do
indivisa. consignados na lei, e na dissolução por acordo. território nacional ou no estrangeiro.
11 DE MARÇO DE 2013 698 — (3)

ARTIGO SEGUNDO à sociedade depende do consentimento desta, à extraordinariamente sempre que se mostre
qual fica reservado o direito de preferência na necessário e serão convocadas por meio
(Duração)
aquisição das quotas, direito em que, se não for de cartas registadas, fax, telefax ou correio
A sua duração é por tempo indeterminado, por ela exercido sê-lo-á preferencialmente pelos eletrônico com antecedência mínima de
contando-se o seu início, para todos os efeitos sócios fundadores da sociedade. quinze dias.
legais, a partir da data da assinatura do presente Dois) O sócio que desejar ceder a sua quota, Dois) A reunião da assembleia geral terá
contrato. deverá comunicar à sociedade, com antecedência lugar na sede social da sociedade, podendo ter
mínima de trinta dias, mediante carta regista lugar noutro local quando as circunstâncias o
ARTIGO TERCEIRO identificando o adquirente, o preço e demais
aconselhem, desde que tal facto não prejudique
(Objecto) condições de cessão.
os direitos e legítimos interesses dos sócios.
Três) Os sócios que pretendem exercer esse
Um) A sociedade tem por objecto principal Três) A assembleia geral considera-se
direito, no caso de a sociedade não exercer o
o exercício da seguintes atividades: com quórum artificial para deliberar quando
que lhe cabe, devem comparecer na assembleia
a) Serviços de fumigação e controlo geral, a que se refere o número anterior e nela estejam presentes ou representados, sócios
de pestes incluindo assistência que possuem, pelo menos, cinquenta e um por
manifestar a sua vontade nesse sentido.
técnica;
cento do capital, salvo nos casos em que por
b) importação e exportação. ARTIGO SÉTIMO força da lei ou destes estatutos, sejam exigíveis
Dois) É igualmente objecto da sociedade a (Morte ou incapacidade dos sócios) um outro quórum.
representação comercial bem como associar-se
ou participar no capital de outras sociedades ou Em caso de falecimento, incapacidade física CAPÍTULO IV
a constituir no país ou no estrangeiro. ou mental definitiva ou interdição de qualquer um
Tês) A sociedade poderá ainda exercer dos sócios, a sociedade continuará com os seus ARTIGO DÉCIMO
actividades de natureza acessória ou herdeiros ou representantes que deverão constar
Disposições finais
complementar do objecto principal em que os no processo deste, os quais deverão nomear
sócios assim o deliberem em assembleia geral, entre sí quem a todos represente na sociedade, (Ano social)
desde que devidamente autorizadas. enquanto a quota se mantiver indivisa.
Um) O ano social coincidirá com o ano
CAPÍTULO II
CAPÍTULO III civil.
ARTIGO QUARTO Dois) O balanço, a demonstração de
Assembleia geral, gerência
(Capital social) resultados e demais contas do exercício fechar-
e representação
Um) O capital social, integralmente subscrito se-ão em trinta e um de Dezembro de cada ano
ARTIGO OITAVO e serão submetidos à apreciação da assembleia
e realizado em dinheiro, é de vinte mil
meticais, dividido em duas quotas na seguinte (Gerência e representação) geral para aprovação, até ao dia trinta e um de
proporção: Março do ano seguinte.
Um) A gerência da sociedade e sua
a) Uma quota no valor de dezanove mil e
quinhentos meticais, correspondente representação, em juízo e fora dele, activa e ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
a noventa e sete vírgula cinco por passivamente, será exercida por um conselho de
(Aplicação de resultados)
cento do capital, pertencente a gerência composto por dois membros a serem
Sallston Limited; nomeados em assembleia geral pelos sócios, com Dos lucros apurados em cada exercício
b) Uma quota no valor de quinhentos dispensa de caução, bastando as suas assinaturas terão a seguinte aplicação:
meticais, correspondente a dois em conjunto para obrigar a sociedade em todos
vírgula cinco por cento do capital, a) Cinco por cento para a constituição
os seus actos e contratos.
pertencente a Lodewyk Van Zyl. Dois) Os gerentes poderão delegar, total do fundo de reserva legal até que
Dois) Por deliberação da assembleia geral ou parcialmente, os seus poderes em pessoas integralmente realizado ou sempre
o capital poderá aumentar ou reduzir por uma estranhas, desde que para tal outorgue procuração que seja necessário reintegrá-lo;
ou várias vezes. com todos os poderes necessários. b) A parte restante dos lucros terá a
Três) Por deliberação da assembleia geral Três) Os gerentes não podem obrigar a aplicação que for determinada pela
e desde que represente vantagens para os sociedade a quaisquer operações alheias ao seu assembeia geral.
objectivos da sociedade, poderão ser admitidos objecto social, nem conferir a favor de terceiros
como sócios cidadãos nacionais ou estrangeiros, quaisquer garantias, livranças, letras, fianças ou ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
pessoas singulares ou colectivas nos termos da abonações.
legislação em vigor. (Dissolução e liquidação)
Quatro) A sociedade poderá constituir
ARTIGO QUINTO mandatários nos termos e para efeitos do A sociedade só se dessolverá nos termos
previstos no código comercial ou para quaisquer fixados na lei ou por deliberação dos sócios e
(Prestações suplementraes e suprimentos) outros fins, fixando em cada caso o âmbito e todos eles serão liquidatários.
Os sócios poderão fazer suprimentos à durações do mandato que a represente activa e
sociedade nos termos e condições a fixar pela passivamente, em juízo e fora dele. ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
assembleia geral, não sendo exigíveis prestações
suplementares de capital. ARTIGO NONO (Casos omissos)

(Assembleia geral) Em todo o omisso serão regulados pelas


ARTIGO SEXTO
Um) A assembleia geral reunirá ordinariamente, disposições legais e aplicáveis na República
(Divisão e cessão de quotas) de Moçambique.
uma vez por ano, para apreciação, aprovação do
Um) A divisão, cessão total ou parcial das balanço de contas de exercícios e para deliberar Maputo, cinco de Março de dois mil e treze.
quotas entre os sócios é livre, mas a estranhos outros assuntos para os quais foi convocada e — O Técnico, Ilegível.
698 — (4) III SÉRIE — NÚMERO 20

Upro, Limitada Dois) Mediante deliberação do conselho de adquiridas pela sociedade se esta tiver direito de
gerência, sociedade poderá deter participações em amortizá-la ou alienadas a um ou alguns sócios
Certifico, para efeitos de publicação, que no outras sociedades, bem como exercer quaisquer ou a terceiros.
dia trinta e um de Janeiro de dois mil e treze, outras actividades directa ou indirectamente Quatro) A exclusão de sócios poderá ocorrer
foi matriculada na Conservatória do Registo de relacionadas com o seu objecto, para cujo nos seguintes casos:
Entidades Legais sob NUEL100359863, uma exercício reúna as condições requeridas. a) Cedência de quota a estranhos à
sociedade denominada Upro, Limitada. sociedade sem prévia deliberação
Bachiro Ismael Liasse, solteiro, natural de ARTIGO TERCEIRO
positiva da assembleia geral da
Inhambane, residente em Maputo, de (Capital social) sociedade ou sem que seja dada a
nacionalidade moçambicana, portador do oportunidade de exercer o direito
Bilhete de Identidade n.º 110102257567B, Um) O capital social, integralmente
de preferência a que alude o
emitido aos vinte e oito de Novembro de dois realizado em dinheiro, é de dez mil meticais,
número dois do artigo quinto dos
mil e dez, pelo Arquivo de Identificação correspondente à soma de duas quotas assim
estatutos;
Civil de Maputo, por si e em representação distribuídas:
b) Quando o sócio violar reiteradamente
do seu filho menor Andwelo Craveirinha a) Bachiro Ismael Liasse com uma os seus deveres sociais ou adopte
Liasse, natural de Nelspruit, residente em quota no valor nominal de oito mil comportamento desleal que,
Maputo de nacionalidade moçambicana, meticais, correspondente a oitenta pela sua gravidade ou reiteração,
portadora do Bilhete de Identidade n.º por cento do capital social; seja seriamente perturbador do
110102278453S, emitido aos dezoito de b) Andwelo Craveirinha Liasse, com uma funcionamento da sociedade, ou
Janeiro de dois mil e quinze, pelo Arquivo quota no valor nominal de dois mil susceptível de lhe causar grave
de Identificação Civil de Maputo. meticais, correspondente a vinte por prejuízo;
É celebrado, aos trinta de Janeiro do ano dois cento do capital social. c) Quando o sócio violar qualquer das
mil e treze e ao abrigo do disposto nos artigos Dois) O capital social poderá ser aumentado obrigações que lhe derivam do
noventa e duzentos oitenta e três e seguintes por deliberação dos sócios os quais gozam pacto social, da lei ou de deliberação
do Código Comercial vigente em Moçambique, de direito de preferência na subscrição dos social validamente proferida em
aprovado pelo Decreto-Lei número dois barra aumentos. assembleia geral;
dois mil e cinco de vinte e sete de Dezembro, o d) Por decisão judicial.
ARTIGO QUARTO
presente contrato de sociedade que se rege pelas Cinco) A exclusão do sócio não prejudica
cláusulas insertas nos artigos seguintes: (Prestações suplementares) o dever de este indemnizar a sociedade pelos
Não serão exigíveis prestações suplementares prejuízos que lhe tenha causado.
ARTIGO PRIMEIRO de capital. Os sócios poderão conceder à
sociedade os suprimentos de que ela necessite, ARTIGO SÉTIMO
(Denominação, duração e sede)
nos termos e condições aprovados pela (Administração, gerência e vinculação)
Um) A Upro Servicos, Limitada, adiante assembleia geral.
designada simplesmente por sociedade, criada A administração, gerência e vinculação
por tempo indeterminado e que tem a sua sede ARTIGO QUINTO da sociedade é realizada por um conselho
na cidade de Maputo. de gerência em que todos os sócios fazem
(Cessão de quotas)
Dois) A sociedade poderá, mediante simples parte como sócios gerentes, com dispensa de
deliberação da assembleia geral ,deslocar Um) A cessão de quotas é livre quando caução, ficando a sociedade obrigada, com
realizada entre os sócios. as assinaturas bastantes e conjuntas de um
a respectiva sede para qualquer outro local
Dois) A cessão ou transmissão de quotas gerente ou apenas a de um mandatário a quem
dentro do território nacional, provisória ou
a terceiros depende sempre da aprovação da for conferido poderes especiais para o efeito,
definitivamente, bem como criar ou encerrar assembleia geral da sociedade, gozando os para obrigar validamente a sociedade em todos
sucursais, filiais, agências ou qualquer outra sócios de direito de preferência na sua aquisição actos e contratos, conforme for deliberado pela
forma de representação, onde e quando for que deverá ser exercido no prazo legal indicado assembleia geral da sociedade.
julgado conveniente para a prossecução dos no Código Comercial.
interesses sociais. ARTIGO OITAVO
ARTIGO SEXTO
ARTIGO SEGUNDO (Assembleias gerais)
(Exclusão e amortização de quotas)
(Objecto) Um) Sem prejuízo das formalidades legais de
Um) A sociedade poderá deliberar a carácter imperativo, as assembleias gerais serão
A sociedade tem por objecto o exercício de amortização de quotas no caso de exclusão ou convocadas, por qualquer dos gerentes, por carta
actividades relacionadas com: exoneração de sócio nos termos estabelecidos registada com aviso de recepção expedida aos
a) A prestação de serviços; no artigo trezentos do código comercial. sócios com quinze dias de antecedência.
b) Comércio geral; Dois) Se outra coisa não for deliberada em Dois) Será dispensada a reunião da
c) Transporte e logística; assembleia geral, a contrapartida da amortização assembleia geral, bem com as formalidades
d) Manutenção de jardins; será o correspondente ao valor nominal da quota da sua convocação, quando todos os sócios
e) Limpeza de escritórios e residências; amortizada se, contabilisticamente, não lhe concordem por escrito na deliberação ou
f) Recolha de lixo; corresponder valor inferior que, em tal caso, concordem por escrito, em que dessa forma
g) Comercialização de uniformes e se aplicará. se delibere, ou quando estejam presentes ou
equipamento para protecção Três) Amortizada qualquer quota, a representados todos os sócios, ainda que as
individual; mesma passa a figurar no balanço como quota deliberações sejam tomadas fora da sede social,
h) Agenciamentos e representações amortizada, podendo posteriormente os sócios em qualquer ocasião e qualquer que seja o
comercias; deliberar a criação de uma ou várias quotas, em seu objecto, excepto tratando-se de alteração
i) Importação e exportação. vez da quota amortizada, destinadas a serem do contrato social, de fusão, de cisão, de
11 DE MARÇO DE 2013 698 — (5)

transformação ou de dissolução da sociedade setenta e seis, cidade de Maputo, portadora formas de representação, já existentes ou a
ou outros assuntos que a lei exija maioria do Bilhete de Identidade n.º 110100289117F, constituir, seja qual for o seu objecto, bem como
qualificada onde deverão estar presentes ou emitido aos trinta de Junho de dois mil e dez, participar directamente ou fazer - se representar
representados os sócios que detenham, pelo pela Direcção Nacional de Identificação Civil nos respectivos órgãos sociais e praticar todos
menos, participações correspondentes a um e do NUIT 100694077. os actos necessários para tais fins.
terço do capital social. Terceiro: Mauro Alexandre Titos Mucavele,
Três) Podem também os sócios deliberar casado, natural de Maputo, de nacionalidade ARTIGO QUINTO
sem recurso a assembleia geral, deste que todos moçambicana, residente na parcela setecentos e (Capital social)
declarem por escrito o sentido do seu voto, em vinte e cinco casa número quintentos noventa e
O capital social, integralmente realizado e
documento que inclua a proposta de deliberação, nove, Fomento- Sial, cidade da Matola, portador
subscrito em dinheiro, é de vinte mil meticais,
devidamente datado, assinado e endereçado à do Bilhete de Identidade n.º 110100239119B,
e corresponde à soma de três quotas assim
sociedade. emitido aos três de Junho de dois mil e dez, pela
distribuidas:
Direcção Nacional de Identificação Civil e do
ARTIGO NONO NUIT 100127891. a) Uma quota no valor de dez mil meticais
É celebrado o presente contrato de constituição o equivalente a cinquenta por cento
(Ano social e distribuição de resultados)
do capital e pertencente ao sócio
de uma sociedade que se regerá pelas cláusulas
Um) O ano social coincide com o ano Antero Abilio Mucavele;
constantes dos artigos seguintes:
civil e dos lucros apurados em cada exercício b) Uma quota no valor de cinco mil
deduzir-se-á em primeiro lugar, a percentagem ARTIGO PRIMEIRO meticais o equivalente a vinte
legalmente estabelecida para a constituição do e cinco por cento do capital e
(Denominação social) pertencente a sócia Lúcia Lurdes
fundo de reserva legal; enquanto não estiver
realizado ou sempre que seja necessário A sociedade adopta a denominação de Alfredo Manjate;
c) Uma quota no valor de cinco mil
reintegrá-lo. Anterlucy, Limitada, e será regida pelos
meticais o equivalente a vinte e cinco
Dois) Cumprindo o disposto no número presentes estatutos e demais legislação aplicável
por cento do capital e pertencente
anterior, a parte restante dos lucros terá a na República de Moçambique.
ao sócio Mauro Alexandre Titos
aplicação que for determinada pela assembleia
ARTIGO SEGUNDO
Mucavele.
geral.
(Sede social) ARTIGO SEXTO
ARTIGO DÉCIMO
Um) A sociedade terá a sua sede social na (Alteração ao contrato de sociedade)
(Dissolução)
cidade de Maputo, na Avenida Ho Chi Min Qualquer alteração ao contrato de sociedade
A sociedade dissolve-se por deliberação dos número mil novecentos e dezanove. tem de ser aprovada por unanimidade pelos
sócios e/ou nos casos determinados por lei. Dois) Por simples deliberação da sócios ou seus representantes.
administração, poderá a sede social ser
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO transferida para outro local dentro da mesma ARTIGO SÉTIMO
(Casos omissos) cidade ou para outra, bem como, criar e encerrar ( Suprimentos e prestações suplementares)
agências, delegações, filiais, sucursais, ou
Em tudo quanto for omisso nos presentes outras formas de representação em território Um) Depende da deliberação dos sócios a
estatutos, vigorarão as disposições do Código nacional ou no estrangeiro. celebração de contratos de suprimentos.
Comercial e demais legislação aplicável no Dois) Aos sócios poderão ser exigidas
ordenamento jurídico moçambicano. ARTIGO TERCEIRO prestações suplementares de capital até ao
montante global das suas quotas.
Maputo, cinco de Março de dois mil e treze. (Duração)
— O Técnico, Ilegível. ARTIGO OITAVO
A duração da sociedade é por tempo
indeterminado, contando - se o seu inicio, para (Cessão de quotas)
todos os efeitos legais, a partir da data da sua Um) É livremente permitida a cessão, total
Anterlucy, Limitada constituição. ou parcial, de quotas entre os sócios, ficando,
ARTIGO QUARTO desde já, autorizadas as divisões para o efeito;
Certifico, para efeitos de publicação, que porém, a cessão a terceiros depende sempre do
no dia cinco de Março de dois mil e treze, foi (Objecto) consentimento da sociedade, sendo, neste caso,
matriculada na Conservatória do Registo de reservado à sociedade, em primeiro lugar, e ao
Um) O objecto social da sociedade consiste
Entidades Legais sob NUEL 100367858, uma sócio não cedente em segundo lugar, o direito
no seguinte:
sociedade denominada Anterlucy , Limitada. de preferência, devendo pronunciar-se no prazo
Primeiro: Antero Abílio Mucavele, casado, a) Exploração e gestão de unidades de trinta dias a contar da data do conhecimento,
natural de João Belo, de nacionalidade hoteleiras, nomeadamente se pretendem ou não usar de tal direito.
moçambicana, residente na Avenida Paulo pastelaria, restaurantes, snack- bar, Dois) No caso de a sociedade ou do sócio
Samuel Kankhomba número mil trezentos take-away; pretender exercer o direito de preferência
setenta e seis, rés-do-chão, cidade de b) Serviços de catering; conferido nos termos do número um do presente
Maputo, portador do Bilhete de Identidade c) A comercialização a grosso e a artigo deverão, comunicá-lo ao cedente no prazo
n.º 110100165607I, emitido aos vinte dois de retalho; de trinta dias contados da data da recepção da
Abril de dois mil e dez, pela Direcção Nacional d) A importação e exportação; carta.
de Identificação Civil, e do NUIT 300009778. e) A representação comercial de marcas ARTIGO NONO
Segunda: Lúcia de Lurdes Alfredo Manjate, e patentes internacionais.
(Amortização de quotas)
casada, natural de Meconta, de nacionalidade Dois) A sociedade poderá participar no
moçambicana, residente na Avenida Paulo capital de outras, adquirir e alienar participações, Um) Para além do caso de amortização de
Samuel Kankhomba número mil trezentos designadamente noutras sociedades, ou outras quotas por acordo com os respectivos titulares,
698 — (6) III SÉRIE — NÚMERO 20
a sociedade terá ainda o direito de amortizar Dois) Cumprido o disposto no número ARTIGO SEGUNDO
qualquer quota quando esta seja objecto de anterior a parte restante dos lucros será aplicada
Duração
penhor, arresto, arrolamento, apreensão em nos termos que forem aprovados em assembleia
processo judicial ou administrativo, ou seja geral. A duração da sociedade é por tempo
dada em caução de obrigações assumidas pelos indeterminado;
seus titulares sem que a prestação de tal garantia ARTIGO DÉCIMO QUARTO
tenha sido autorizada pela sociedade, quando o ARTIGO TERCEIRO
(Formas de sucessão)
sócio respectivo fizer ou praticar acções lesivas Sede
do bom nome e imagem da sociedade e do Por inabilitação ou falecimento de sócio
restante sócio. ou seus representantes, a sociedade continuará A sede da sociedade é sito na cidade de
Dois) Fora do caso de amortização de com os capazes, sobrevivos, e o representante Maputo Rua Major Teixeira Pinto, número
quota por acordo com o respectivo titular, a do interdito ou herdeiros do falecido que dezasseis, primeiro esquerdo, podendo criar
contrapartida da amortização da quota é igual indicarão de entre si um que a todos represente em território nacional ou fora dele, sucursais,
ao valor que resulta da avaliação realizada na sociedade, enquanto a respectiva quota se delegações, ou outras formas legais de
por auditor de contas sem relação com a mantiver indivisa. representações sociais.
sociedade. ARTIGO DÉCIMO QUINTO ARTIGO QUARTO
ARTIGO DÉCIMO (Dissolução) Objecto

(Administração) A sociedade dissolve-se e liquida-se nos A sociedade tem por objecto principal o
casos e nos termos previstos no Código exercício das seguintes actividades:
Um) A administração será exercida por dois
Comercial. a) Importação e exportação;
administradores.
ARTIGO DÉCIMO SEXTO b) Exercício de outras actividades
Dois) As partes acordam que a sociedade
de comércio geral , imobiliária ,
será vinculada pela assinatura de, pelo menos (Legislação aplicável) restauração , importação e ainda
um dos sócios, ou pela assinatura de um
Todas as questões não especialmente outras actividades na área de
administrador actuando em conformidade com prestação de serviços , distribuição
contempladas pelo presente contrato social
uma deliberação da assembleia geral que poderá e transformação e ainda outras
serão reguladas pelo Código Comercial e
ter carácter geral, ou ainda, pela assinatura de actividades complementares ou
pelas demais legislação comercial em vigor na
um mandatário com poderes para certa ou certas República de Moçambique. subsidiárias do objecto principal,
espécies de actos expressamente determinados desde que seja em conformidade com
Maputo, cinco de Março de dois mil e treze.
a legislação em Moçambique;
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO — O Técnico, Ilegível.
c) Importação de todo o equipamento
(Assembleias gerais)
necessário para o início,
desenvolvimento e manutenção da
Um) As assembleias gerais serão convocadas
DMG Import/Export, Limitada
sociedade e a plena execução do
por comunicação escrita enviada aos sócios ou Certifico, para efeitos de publicação, que objecto desta sociedade ;
seus representantes com pelo menos quinze por escritura pública de quinze de Fevereiro d) Para a realização do objecto social
dias de antecedência, salvo nos casos em que de dois mil e treze, lavrada de folhas cento a sociedade poder comprar ,
a lei exija outras formalidades, e sem prejuízo e quarenta e sete a folhas cento e cinquenta e construir instalações e todo o
das outras formas de deliberação dos sócios três do livro de notas para escrituras diversas tipo de viaturas quer pesadas quer
número trezentos e sessenta e dois traço A do ligeiras e outras.
legalmente previstas.
Dois) Os sócios poderão fazer- se representar Quarto Cartório Notarial de Maputo perante
ARTIGO QUINTO
por mandatário nas assembleias gerais, bastando Carla Roda de Benjamim Guilalze, licenciado
em Direito técnico superior dos registos e Por deliberação administração é permitida a
para tal uma simples carta.
notariado N1 e notária em exercício no referido participação da sociedade em quaisquer outras
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO cartorio, constituída entre: Luís Miguel dos empresas societárias , agrupamento de empresas
Santos Dias, Catarina da Conceição Gomes , sociedades, joint-venture ou outras formas de
(Disposições gerais)
de Matos e Antuia Baboo Harilal Gonçalves, associação, união ou concentração de capitais
Um) O exercício social coincide com o ano uma sociedade por quotas de responsabilidade mesmo com objectos sociais diferentes desta
civil. limitada, denominada, DMG Import/Export, sociedade.
Dois) O balanço e contas de resultados Limitada com sede na cidade de Maputo Rua
fechar-se-ão com referência a trinta e um de Major Teixeira Pinto número décimo sexto CAPÍTULO II
Dezembro de cada ano e serão submetidas à primeiro esquerdo, que se regerá pelas cláusulas Do capital social
apreciação da assembleia geral. constantes dos artigos seguintes.
ARTIGO SEXTO
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO CAPÍTULO I
Capital social
(Lucros) Da denominação, duração, sede
O capital social, subscrito e integralmente
e objecto realizado em dinheiro, é de vinte mil meticais,
Um) Dos lucros apurados em cada exercício
deduzir-se-ão em primeiro lugar a percentagem ARTIGO PRIMEIRO sendo :
legalmente indicada para constituir a reserva a) Uma quota de seis mil setecentos
Denominação
especial, enquanto esta não estiver realizada meticais, equivalente a trinta e três
nos termos da lei ou sempre que seja necessário A sociedade denomina-se por DMG Import/ virgula cinquenta por cento do
reintegrá-la. Export, Limitada. capital social , pertencente ao sócio
11 DE MARÇO DE 2013 698 — (7)

Luís Miguel dos Santos Dias; CAPÍTULO III Três ) O cargo de administrador não é
b) Uma quota de seis mil seiscentos e remunerado.
Dos órgãos sociais
cinquenta , equivalente a trinta e
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
três virgula vinte e cinco por cento ARTIGO NONO
do capital social, pertencente ao Competências da administração
sócio Catarina da Conceição Gomes São os seguintes os órgãos sociais da
empresa: Ao administrador compete:
de Matos;
c) Uma quota de seis mil seiscentos e a) Assembleia geral; a) Gerir os negócios e participar em todos
cinquenta , equivalente a trinta e b) Administração/gerência. os actos relativos ao objecto social
três virgula vinte e cinco por cento que não caibam na competência
do capital social , pertencente SECÇÃO I exclusiva da assembleia geral.
ao sócio Antuia Baboo Harilal Da assembleia geral
b) Delegar poderes a qualquer
Gonçalves. trabalhador da sociedade e constituir
ARTIGO DÉCIMO mandatários nos termos da lei,
ARTIGO SÉTIMO fixando em cada caso o âmbito
Assembleia geral e a duração do mandato ou da
Aumento capital social delegação de poderes.
Um ) A assembleia geral é formada pelos
Um) A sociedade poderá proceder ao c) Adquirir, vender ou por outra forma
sócios.
aumento do capital social uma ou várias vezes alienar ou onerar direitos ou bens
Dois ) A assembleia geral é dirigida por um
por deliberação da assembleia geral. móveis , dentro dos limites e
presidente nela eleito de dois em dois anos.
Dois) Não haverá lugar a prestações de acordo com as orientações
Três ) A assembleia geral será convocada estabelecidas por deliberação da
suplementares do capital subscrito pelos sócios
pela administração com antecedência mínima assembleia geral.
podendo estes , no entanto , fazer suprimentos á
de quinze dias ou quando estiverem reunidas
sociedade nas condições fixadas pela assembleia
as condições para este efeito. CAPÍTULO IV
geral.
Quatro ) A assembleia geral reunir-
Das disposições gerais
ARTIGO OITAVO se-á ordinariamente uma vez por ano e
extraordinariamente sempre que administração ARTIGO DÉCIMO QUARTO
Divisão e cessação quotas e amortização
quotas o julgar necessário ou quando seja requerida por Formas de obrigar a sociedade
um dos sócios.
Um) A divisão ou cessação de quotas só A sociedade obriga-se:
poderá ter lugar mediante deliberação da ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO a) Pela assinatura do administrador e de um
assembleia geral , sendo nula qualquer divisão dos sócios;
Competências da assembleia geral
ou cessão de quotas que não observe este b) Pela assinatura de procurador ou
preceito. Compete á assembleia geral: mandatário especialmente constituído nos
Dois ) Verificando-se deliberação favorável a) Apreciar e votar o relatório de contas termos e limites específicos do respectivo
da assembleia geral para a divisão de quotas , da administração e decidir sobre mandato.
gozam os sócios não cedentes , em primeiro a aplicação dos resultados do ARTIGO DÉCIMO QUINTO
lugar , e a sociedade em segundo ,terão sempre exercício;
o direito de preferência na cessão de quotas a Balanço
b) Definir políticas gerais relativas á
não sócios. administração e definir composição Um ) O exercício social coincide com o
Três ) No caso do exercício de preferência desta; ano civil.
, bem como no caso do número anterior , a c) Nomear e exonerar os membros Dois ) O balanço e contas de resultados
quota será paga pelo valor que lhe corresponde da administração e definir a fechar-se-ão com referência a trinta e um de
segundo um balanço especialmente para esse Dezembro de cada ano e serão submetidos a
composição desta;
fim , feito no prazo máximo de um mês. apreciação da assembleia geral ordinária dentro
d) Deliberar sobre as remunerações dos
Quatro ) No caso da amortização de quotas dos limites de tempo imposto por lei.
administradores;
só poderão ser feitas segundo os seguintes
e) Fixar as condições em que os sócios ARTIGO DÉCIMO SEXTO
aspectos:
poderão fazer suprimentos;
a) Acordo com o titular; f) Autorizar a divisão ou cessão de Lucros ou perdas exercício
b) Falecimento do sócio; quotas; Um ) Os lucros da sociedade ou suas perdas,
c) Quando o sócio violar qualquer g) Deliberar sobre quaisquer alteração pertencerão aos sócios na proporção das suas
das obrigações que lhe derivam dos estatutos; respectivas quotas.
do pacto social , da lei ou de h) Tratar de qualquer outro assunto para Dois ) Antes de repartidos os lucros líquidos
deliberação social validamente que tenha sido convocada. apurados em cada exercício , deduzir-se-á em
proferida; primeiro lugar a percentagem indicada para
d) Partilha judicial, ou extrajudicial de SECÇÃO II
constituir um fundo legal de acordo com a
quota , na parte em que não for Da administração legislação em vigor.
adjudicada ao seu titular;
e) Quando a quota for legada ou cedida ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO ARTIGO DÉCIMO SÉTIMO
gratuitamente a não sócios.
Administração Em todos os casos omissos serão regulados
Cinco ) No caso de falecimento do sócio pelas disposições da lei em vigor na República
a quota reverterá para os seus legítimos Um ) A administração e representação da
de Moçambique.
herdeiros , podendo estes delegar entre eles sociedade, activa ou passivamente é confiada a
um representante ou então amortizar a quota um administrador dispensado de caução. Está conforme.
respectiva , obedecendo ao artigo oitavo deste Dois ) O administrador nomeado desde já é Maputo, quinze de Fevereiro de dois mil
documento. Luís Miguel dos Santos Dias. e treze.—A Ajudante, Ilegível.
698 — (8) III SÉRIE — NÚMERO 20

Novos Construtores MZ, ARTIGO QUINTO ARTIGO DÉCIMO


Limitada Duração da sociedade Cessão de quotas

Certifico, para efeitos de publicação, que por A sociedade durará por tempo Um) A cessão total ou parcial, de quotas
escritura de um de Março de dois mil e treze, indeterminado. entre sócios é livremente consentida, na cessão
lavrada de folhas cinquenta e três e seguintes a estranhos, a sociedade terá sempre o direito
do livro de notas para escrituras, diversas ARTIGO SEXTO de preferência com eficácia em primeiro lugar
número trezentos e cinco D do Segundo Cartório Capital social e os restantes socio em segundo lugar;
Notarial de Maputo, perante Ricardo Moresse, Dois) O preço ou valor da cessão da
licenciado em Direito, técnico superior dos O capital social, integralmente subscrito em sociedade ou aos sócios que tenham preferido
registos e notariado N1, e notário do referido dinheiro, no valor de dez milhões de meticais será o que resulta de um balanço especialmente
cartório, foi constituída entre, Cidálio Soares correspondendo a cinco quotas divididos da organizado para o efeito, na falta de acordo o
Ramos, Silvério Soares Ramos, Ricardo André seguinte forma: preço ou valor será fixado por árbitros, nos
Miranda Ramos, António da Silva Ramos, a) Uma quota no valor de dois milhões termos legais.
Ricardo André Miranda Ramos e Tiago André e quinhentos mil meticais,
dos Santos Soares, uma sociedade por quotas de correspondente a vinte e cinco por ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
responsabilidade limitada denominada, Novos cento do capital social pertencente Transmissão e divisão de quotas
Construtores MZ, Limitada, com sede na Rua de ao sócio Cidálio Soares Ramos;
Cabo Delgado número cento e vinte barra cento No caso de morte, interdição ou inabilitação
b) Uma quota no valor de dois milhões
e trinta e oito Bairro de Malhangalene, nesta de um dos sócios , a sociedade continua com
e quinhentos mil meticais,
cidade de Maputo, que se regerá pelas cláusulas os herdeiros do falecido ou representante
correspondente a vinte e cinco por
constantes dos artigos seguintes: do interdito ou inabilitado, devendo aqueles
cento do capital social pertencente
escolher entre si que a todos represente na
ARTIGO PRIMEIRO ao sócio Silvério Soares Ramos;
sociedade enquanto a quota permanecer
c) Uma quota no valor de dois milhões de
Denominação social indivisa.
meticais, correspondente a vinte por
A sociedade adopta a denominação social cento do capital social pertencente ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
de Novos Construtores MZ, Limitada. ao sócio Antonio da Silva Ramos;
Amortização da quota
d) Uma quota no valor de dois milhões de
ARTIGO SEGUNDO
meticais, correspondente a vinte por Um) A sociedade poderá amortizar qualquer
Natureza Jurídica cento do capital social pertencente quota pelo valor nominal acrescida da parte
Sociedade por quotas de responsabilidade ao sócio Ricardo André Miranda correspondente aos fundos sociais constantes
limitada. Ramos; no ultimo balanço , aprovado em quaisquer dos
e) Uma quota no valor de um milhão de seguintes casos:
ARTIGO TERCEIRO meticais, correspondente a dez por a) Acordo com o respectivo titular;
Sede social cento do capital social pertencente b) Insolvência ou falência do respectivo
ao sócio Tiago André dos Santos titular judicialmente decretada e
A sociedade tem a sua sede na Rua de Cabo Soares. não suspensa;
Delgado número cento e vinte barra cento e
c) Anúncio da venda da quota em
trinta e oito Malhangalene - Maputo. ARTIGO SÉTIMO
qualquer execução judicial, fiscal
ARTIGO QUARTO Gerência e administrativa.

Objecto social A gerência da sociedade ficará a cargo de Dois) A quota amortizada poderá figurar no
Cidalio Soares Ramos, Silverio Soares Ramos, balanço e ser cedida a um sócio ou a terceiros.
a) Construção civil;
b) Elaboração de projetos de Antonio da Silva Ramos, Ricardo André
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
arquitectura, de engenharia, nas Miranda Ramos e Tiago André dos Santos
áreas da Construção e obras Soares que ficam desde já nomeados gerentes Dissolução da sociedade
públicas, decoração de interiores com despensa de caução, compete aos sócios
A sociedade só se dissolvera da assembleia-
e exteriores; representar a sociedade em juízo activo e
geral ou nos casos previstos na lei.
c) Execução de obras publicas e passivamente tanto na ordem jurídica interna
privadas; como internacional ARTIGO DÉCIMO QUARTO
d) Aluguer de máquinas e equipamento;
ARTIGO OITAVO Liquidação da sociedade
e) Produção e comercialização de
materiais de construção; Forma de obrigar a sociedade A assembleia-geral que deliberar a dissolução
f) Importação e exportação; decidirá a prazo e forma de liquidação e
A sociedade obriga-se validamente em todos
g) Aquisição ou participação por designara os liquidatários.
os seus actos e contratos duas assinaturas
qualquer forma no capital de
outras sociedades ainda que de ARTIGO DÉCIMO QUINTO
ARTIGO NONO
objeto social diferente, aquisição Disposições gerais
Convocação da assembleia
de participações em sociedades
reguladas por leis especiais, em Os casos omissos serão regulados pela
As assembleias gerais salvo nos casos
agrupamentos complementares de deliberação dos sócios devidamente tomadas
que a lei exija formalidades especiais serão
empresas, ou outros agrupamentos pelas disposições legais aplicáveis.
convocadas por carta registada dirigida aos
de Interesse económico, por simples sócios com antecedência mínima de quinze Maputo, quatro de Março de dois mil e treze.
deliberação da gerência. dias. — O Técnico, Ilegível.
11 DE MARÇO DE 2013 698 — (9)

Erigo S.A. dólares americanos, representado por cinquenta pela Assembleia Geral de entre os accionistas
mil acções com o valor nominal de um dólar ou não, por quatro anos, sendo sempre
Certifico, para efeitos de publicação, que por americano cada uma. permitida a reeleição por uma ou mais vezes
escritura pública de vinte e oito de Fevereiro Dois) As acções serão nominativas e em conformidade com os limites imperativos
de dois mil e treze, lavrada de folhas noventa tituladas, sendo representadas por títulos de um da lei.
e quatro a folhas cento e quatro, do livro de qualquer número de acções.
notas para escrituras diversas número trezentos Três) Os títulos representativos das acções ARTIGO OITAVO
sessenta e quatro traço A, deste Cartório Notarial serão assinadas por dois administradores, Deliberações
de Maputo, perante Carla Roda de Benjamim podendo as assinaturas ser apostas por chancela
Guilaze, licenciada em Direito, técnica superior ou por quaisquer outros meios mecânicos ou Um) Sem prejuízo do disposto no número
dos registos e notariado N1 e notária em informáticos. seguinte, as deliberações da Assembleia Geral
exercício neste cartório, foi constituída, uma serão tomadas por maioria dos votos apurados
sociedade anónima, denominada Erigo S.A, têm CAPÍTULO III em cada reunião, sem prejuízo das deliberações
a sua sede na Avenida Salvador Allend número Das deliberações dos accionistas que de acordo com a lei e o contrato da sociedade
mil noventa e sete, Maputo - Moçambique, que devam ser tomadas por maioria qualificada.
se regerá pelas cláusulas constantes dos artigos ARTIGO QUINTO Dois) Só poderão ser tomadas por maioria
seguintes: Participação e direito de Voto qualificada dos votos correspondentes a
na Assembleia Geral setenta e cinco por cento do capital social as
CAPÍTULO I deliberações da Assembleia Geral sobre as
Da firma, sede e objecto Um) A Assembleia Geral é constituída pelos seguintes matérias:
accionistas com direito a voto, cabendo um voto
ARTIGO PRIMEIRO a) Transformação, cisão ou fusão da
a cada acção.
Dois) Apenas podem participar em cada sociedade;
Firma b) Alterações aos estatutos sociais;
assembleia geral os accionistas com direito de
A sociedade adopta a firma Erigo, S.A. voto que tenham as respectivas acções averbadas c) Criação ou alteração de classes
em seu nome no registo de acções da sociedade especiais ou séries de acções com
ARTIGO SEGUNDO desde o terceiro dia útil anterior ao da reunião direitos especiais de preferência
da assembleia geral até ao termo desta. ou de voto;
Sede
Três) Não é permitido o voto por d) Dissolução ou liquidação da
Um) A sociedade tem a sua sede na Avenida correspondência. sociedade;
Salvador Allende mil e noventa e sete, Maputo Quatro) As convocatórias para a assembleia e) Alterações relevantes na actividade da
- Moçambique, podendo o Conselho de Geral serão feitas por correio registado expedido sociedade;
Administração deslocá-la dentro do mesmo com a antecedência mínima legal em relação à f) qualquer acção ou procedimento que
concelho ou para concelho limítrofe. data da reunião. respeite a pedido de suspensão de
Dois) O Conselho de Administração pode Cinco) Salvo nos casos previstos na lei, pagamentos, falência ou liquidação
deliberar a abertura de sucursais, agências, a Assembleia Geral será convocada pelo da sociedade.
delegações ou outras formas locais de Presidente da Mesa da Assembleia Geral, por
representação no território nacional ou no sua iniciativa ou a pedido do Conselho de CAPÍTULO IV
estrangeiro. Administração, do Fiscal Único ou um ou mais Do Conselho de Administração
accionistas que detenham, isoladamente ou em
ARTIGO TERCEIRO conjunto, uma participação não inferior a vinte ARTIGO NONO
Objecto por cento do capital social. Composição
Seis ) A Assembleia Geral deve reunir, pelo
Um) A sociedade tem por objecto social menos, uma vez por ano. Um) A administração da sociedade será
a captação e a promoção de investimento, exercida por um Conselho de Administração
análise e realização de projetos de investimento, ARTIGO SEXTO composto por três membros ou mais membros,
aquisição, venda e gestão de participações não inferior a três nem superior a sete eleitos em
Representação voluntária
sociais, bem como o desenvolvimento das Assembleia Geral por períodos de quatro anos, e
actividades necessárias à prossecução do seu Um) A representação voluntária de qualquer reelegíveis uma ou mais vezes em conformidade
objecto. accionista em Assembleia Geral poderá ser com os limites imperativos da lei.
Dois) Por deliberação do Conselho de cometida a qualquer pessoa, singular ou Dois) A Assembleia Geral que eleger o
Administração a sociedade pode subscrever ou colectiva. A pessoa colectiva considerar- Conselho de Administração designará qual de
adquirir participações em outras sociedades com se-á representada pela pessoa singular que o entre os membros deste último órgão será o
objeto igual ou diferente do seu, em sociedades respectivo órgão de administração haja para o respectivo Presidente.
reguladas por leis especiais, em agrupamentos efeito nomeado. Três) A responsabilidade de cada
complementares de empresas ou em qualquer Dois) Os instrumentos de representação administrador deverá ser caucionada no
outra forma de associação empresarial ou voluntária de accionistas em Assembleia Geral montante mínimo e por alguma das formas
societária. deverão ser dirigidos ao Presidente da Mesa e permitidas por lei, a não ser que a mesma seja
entregues na sociedade com, pelo menos, três dispensada ou alterada por deliberação da
CAPÍTULO II dias de antecedência em relação à data marcada Assembleia Geral que proceder à respectiva
Do capital social e acções para a reunião. eleição.

ARTIGO QUARTO ARTIGO SÉTIMO ARTIGO DÉCIMO


Capital social e acções Mesa da Assembleia Geral Competência e Delegação de Poderes
Um) O capital social, inteiramente subscrito A Mesa da Assembleia Geral é constituída Um) Ao Conselho de Administração
e realizado em dinheiro, é de cinquenta mil por um Presidente e por um secretário, eleitos competem os mais amplos poderes de
698 — (10) III SÉRIE — NÚMERO 20
representação e de gestão da Sociedade, b) Pela assinatura de um dos CAPÍTULO VII
cabendo-lhe deliberar sobre todos os assuntos e administradores-delegados, dentro
Dissolução e liquidação
praticar todos os actos legalmente considerados dos limites dos poderes delegados;
como de exercício de poderes de gestão. c) Pela assinatura de um ou mais ARTIGO DÉCIMO OITAVO
Dois) O Conselho de Administração poderá mandatários, nos termos dos Dissolução e comissão liquidatária
delegar a gestão corrente da sociedade num respectivos instrumentos de
ou mais Administradores-Delegados, com os mandato. Um) A sociedade dissolve-se, além dos
limites impostos por lei. casos e nos termos da lei, por deliberação da
Três) Na reunião do Conselho de ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO assembleia geral tomada por maioria de dois
terços dos votos correspondentes à totalidade
Administração em que sejam delegados poderes Remuneração do capital social com direito a voto.
num ou mais Administradores-Delegados fixar-
Os Administradores serão remunerados Dois) A liquidação do património em
se-ão os limites dessa delegação e especificar- consequência da dissolução da sociedade
se-ão os respectivos poderes. pelo modo e nos montantes definidos por
será feita extra-judicialmente através de
Quarto) O Conselho de Administração deliberação da Assembleia Geral que proceda
uma comissão liquidatária constituída pelos
poderá encarregar especialmente algum ou à respectiva eleição ou por uma comissão de administradores em exercício, salvo se a
alguns dos administradores de se ocuparem de accionistas a quem a Assembleia Geral delegar Assembleia Geral que aprovar a dissolução
certas matérias de administração. tal competência. deliberar de outro modo.

ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO CAPÍTULO V CAPÍTULO VIII

Reuniões e Deliberações Do fiscal único Das disposições finais

Um) O Conselho de Administração reúne ARTIGO DÉCIMO QUARTO ARTIGO DÉCIMO NONO
pelo menos uma vez em cada trimestre e ainda A sociedade assumirá todas as despesas
Fiscalização
sempre que for convocado por escrito pelo seu inerentes à sua constituição.
Presidente ou por dois administradores, quando A fiscalização da sociedade caberá a um
e onde o interesse social o exigir. Fiscal Único e a um suplente, ambos revisores ARTIGO VIGÉSIMO
Dois) O Conselho de Administração só pode oficiais de contas ou sociedades de revisores Para o primeiro mandato são desde já
deliberar validamente desde que esteja presente oficiais de contas eleitos pela Assembleia Geral, nomeados os seguintes membros dos órgãos
ou representada a maioria dos seus membros, por períodos de quatro anos, sendo permitida a sociais:
podendo qualquer Administrador fazer-se Conselho de Administração
reeleição por uma ou mais vezes, observados
representar por outro Administrador. Presidente: Carlos Venichand (nomeado
Três) Os poderes de representação serão os limites impostos por lei.
pela Rating)
conferidos por carta ou por qualquer outro meio Vogal: João Venichand (nomeado pela
ARTIGO DÉCIMO QUINTO
de comunicação escrita dirigida ao Presidente Rating)
e serão válidos apenas para uma reunião e para Remuneração Vogal: Cristina Maria Barreto Mendonça
uma agenda específica. Vogal: Tito Luís Perdigão Abrantes Zuzarte
Quatro) As deliberações do Conselho O Fiscal Único será remunerado pelo modo de Mendonça (nomeado pela ERIGO)
de Administração são tomadas por maioria e nos montantes definidos por deliberação da Vogal: João Pedro Barbosa Fonseca
dos votos dos Administradores presentes ou Assembleia Geral que proceda à respectiva (nomeado pela ERIGO)
representados, tendo o Presidente voto de eleição. Vogal: Dário Filipe Araújo Caetano das
qualidade. Neves (nomeado pela ERIGO)
Cinco) As reuniões do Conselho de CAPÍTULO VI
Administração podem realizar-se através de ARTIGO VIGÉSIMO PRIMEIRO
Exercício social e distribuição
meios telemáticos, desde que a sede social Os membros do Conselho de Administração
de resultados
disponha de meios funcionais e adequados a nomeados ficam dispensados de prestar
tal realização, cabendo à sociedade assegurar a ARTIGO DÉCIMO SEXTO coação.
autenticidade das declarações e a segurança das
Ano social Está conforme.
comunicações bem como proceder ao registo do
Maputo, quatro de Março de dois mil
seu conteúdo e dos respectivos intervenientes. O exercício social coincide com o ano e treze. — A Ajudante, Ilegível.
Seis) Os administradores não poderão faltar, civil.
injustificadamente, por ano, a duas reuniões do
Conselho de Administração seguidas ou a três ARTIGO DÉCIMO SÉTIMO
reuniões interpoladas. Moz Container Carrier
Distribuição de resultados
Sete) De cada reunião do Conselho de Carrier — Sociedade
Administração será lavrada acta, a qual Um) Os lucros líquidos apurados em cada Unipessoal, Limitada
deverá ser assinada por todos os respectivos exercício, depois de deduzidas ou reforçadas
Certifico, para efeitos de publicação, que por
administradores presentes. as provisões e reservas impostas por lei, terão
escritura de vinte e seis de Fevereiro de dois
a aplicação que a Assembleia Geral deliberar mil e treze, lavrada a folhas quinze a dezoito
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO por maioria simples, podendo os mesmos ser, do livro de notas para escrituras diversas
Vinculação ou não, no todo ou em parte, distribuídos pelos número oitocentos quarenta e nove traço B,
accionistas. do Primeiro Cartório Notarial de Maputo,
A sociedade obriga-se:
Dois) Podem ser efectuados adiantamentos perante mim, Arnaldo Jamal de Magalhães,
a) Pela assinatura de dois sobre lucros no decurso de um exercício, nos técnico superior dos registos e notariado N1
administradores; termos e dentro dos limites previstos na lei. e notário do referido cartório, foi constituída
11 DE MARÇO DE 2013 698 — (11)

uma sociedade unipessoal por quotas de e) a importação e exportação de materiais, ARTIGO SÉTIMO
responsabilidade, limitada, que se regerá pelos equipamentos e quaisquer outros
(Amortização da quota)
artigos seguintes: bens inerentes ao exercício da sua
actividade. Um) A MoZ Container Carrier poderá
CAPÍTULO I proceder à amortização da quota nos seguintes
Três) A Moz Container, Carrier poderá
desenvolver outras actividades, complementares casos:
(Denominação, duração, sede
e objecto) ou subsidiárias ao seu objecto principal, desde a) no caso do arrolamento ou arresto da
que devidamente autorizadas. quota ordenada por um tribunal;
ARTIGO PRIMEIRO Quatro) Mediante simples deliberação, pode b) no caso de insolvência, falecimento,
(Denominação social) a Moz Container Carrier poderá participar, interdição, inabilitação bem como
directa ou indirectamente, em projectos nos casos previstos no artigo
Moz Container Carrier – Sociedade trezentos do Código Comercial.
de desenvolvimento que de alguma forma
Unipessoal, Limitada e adiante designada Dois) No caso de amortização da quota, com
concorram para o preenchimento do seu
simplesmente por Moz Container Carrier ou ou sem consentimento do sócio, a amortização
objecto social, bem como, com o mesmo
simplesmente por sociedade, é uma sociedade será efectuada com base no último relatório
objectivo, aceitar concessões, adquirir e
unipessoal por quotas, de responsabilidade financeiro confirmado pelos auditores da Moz
gerir participações no capital de quaisquer
limitada, criada por tempo indeterminado e Container Carrier.
sociedades, independentemente do respectivo
que se rege pelos presentes estatutos e pelos
objecto social, ou ainda participar em empresas, CAPÍTULO III
preceitos legais aplicáveis.
associações empresariais, agrupamentos de
empresas ou outras formas de associação. (Das deliberações, da administração
ARTIGO SEGUNDO
e representação da Moz Container
(Sede) CAPÍTULO II Carrier)
Um) A Moz Container Carrier tem a sua sede (Capital social e capitais adicionais) ARTIGO OITAVO
na cidade de Maputo, Bairro Triunfo, quinta (Deliberações)
ARTIGO QUARTO
Avenida mil setenta e dois, casa número um,
podendo abrir sucursais, delegações, agências (Capital social) Um) O sócio tomará as deliberações na sede
ou qualquer outra forma de representação social da Moz Container Carrier podendo, contudo,
O capital social, integralmente subscrito tomá-las noutro local e seja qual for o seu
onde e quando o sócio o julgar conveniente.
e realizado em equipamentos, é de dez mil objecto.
Dois) Mediante simples deliberação pode o
meticais e corresponde a uma única quota de Dois) Uma deliberação escrita, assinada
sócio, transferir a sede para qualquer outro local
igual valor pertencente ao sócio João Lucas pelo sócio e que esteja de acordo com a
do território nacional.
Niquice Júnior. lei ou com os presentes estatutos é válida
ARTIGO TERCEIRO e vinculativa. A assinatura do sócio será
ARTIGO QUINTO reconhecida notarialmente quando a deliberação
(Objecto social) for lavrada em documento avulso, fora do livro
(Prestações suplementares, acessórias
Um) A Moz Container Carrier tem por objecto e suprimentos) de actas.
principal a prestação de serviços nas áreas de Um) Mediante deliberação do sócio, pode ARTIGO NONO
planeamento, promoção, desenvolvimento de este aprovar suprimentos nos termos e condições
serviços de transporte integrado de contentores (Administração)
fixados, de acordo com o disposto no artigo
incluindo outras mercadorias diversas. trezentos e vinte e nove do Código Comercial Um) A Moz Container Carrier será
Dois) O objecto social inclui ainda mas não e na respectiva deliberação. administrada pelo sócio podendo este nomear
se limita: Dois) Mediante deliberação do sócio, à Moz outros administradores. Fica desde já nomeada
a) A prestação de serviços nas áreas Container Carrier podem ser devidas prestações como administradora da sociedade e com plenos
de planeamento e promoção suplementares ou acessórias ao capital social, poderes de gestão à senhora Noémia Francisco
de actividades relacionadas até ao limite correspondente a um vinte e quatro Xerinda.
milhões de meticais. Dois) Os administradores, quando nomeados,
com a absorção e transferência
de tecnologia no sector de ARTIGO SEXTO são designados por períodos de quatro anos
transportes, celebrando e gerindo renováveis e são dispensados de prestar caução
acordos, contratos, acordos e (Divisão e cessão de quotas) para o exercício das suas função, excepto se o
demais instrumentos legalmete Um) A divisão e a cessão, parcial ou total, sócio deliberar ao contrário.
autorizados; da quota bem como a constituição de quaisquer Três) As funções de administrador cessarão
b) Compra, montagem, manutenção e ónus ou encargos sobre a mesma, carece de se o administrador em exercício:
venda de produtos e equipamentos autorização prévia da Moz Container Carrier, a a) Cessar as suas funções em virtude da
e outros materiais relacionados à ser obtida mediante deliberação do sócio. aplicação da lei ou de uma ordem
tecnologias de transportes; Dois) Sem prejuízo da autorização exigida de exoneração ou desqualificação
c) fornecimento no mercado interno nos termos do número anterior, a Moz Container feita após sua nomeação;
de produtos, materiais e outros Carrier goza do direito de preferência na b) Resignar as suas funções através
equipamentos relacionados com aquisição, total ou parcial da quota a ser cedida, de comunicação escrita à Moz
tecnologias de transportes; podendo exercê-lo no prazo de quarenta e cinco Container Carrier;
d) comercialização, de quaisquer dias ou renunciá-lo por meio de uma simples c) Se tornar insolvente ou entrar em
bens, equipamentos ou materiais, transportes. concordata com credores;
inerentes ao exercício da actividade Três) É nula qualquer divisão, cessão, d) Sofrer ou vir a sofrer de uma anomalia
referida no número um do presente alienação ou oneração de quotas que não observe psíquica; ou
artigo; o preceituado no números antecedentes. e) For destituído das suas funções.
698 — (12) III SÉRIE — NÚMERO 20
ARTIGO DÉCIMO CAPÍTULO V n.º 110100262862J, emitido aos quinze de Junho
de dois mil e dez, pelo Arquivo de Identificação
(Competências) (Contas e aplicação de resultados)
Civil da cidade de Maputo; Filho de Almasse
Um) Sujeito às competências reservadas ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO Massai e de Elizabeth Alberto; Ana Charles
ao sócio nos termos destes Estatutos e da lei, Almasse Massai, solteira, maior, Bilhete de
(Ano financeiro)
compete ao sócio ou a administradora nomeada, Identidade, n.º 110100232310B emitido pelo
exercer os mais amplos poderes, representando Um) O ano social coincide com o ano civil Arquivo de Identificação Civil da Cidade de
a Moz Container Carrier em juízo e fora dele, ou com qualquer outro que venha a ser aprovado Maputo, aos dois de Junho de dois mil e dez,
activa ou passivamente, celebrar contratos de pelo sócio e permitido nos termos da lei. nascida a trinta e um de Dezembro de mil e
trabalho, receber quantias, passar recibos e dar Dois) O balanço e a conta de resultados novecentos e oitenta e dois, natural de Mahate
quitações, e assinar todo o expediente dirigido a fechar-se-ão com referência ao ano social de Quissanga, Cabo Delgado, filha de Charles
quaisquer entidades públicas ou privadas. cada ano e serão submetidos pelos auditores à Almasse e de Verónica António; Rosa Charles
Dois) Compete ainda ao sócio ou à apreciação e aprovação do sócio. Almasse Massai solteira, Menor, portadora
administradora, representar a Moz Container do Bilhete de Identidade n.º 030101494958I,
Carrier em quaisquer operações bancárias ARTIGO DÉCIMO QUARTO emitido aos quinze de Setembro de dois mil
incluindo abrir, movimentar, e encerrar contas e onze, pelo Arquivo de Identificação Civil
(Destino dos lucros)
bancárias, contrair empréstimos e confessar da cidade de Nampula; nascida a vinte e um
dívidas da Moz Container Carrier, bem como Um) Dos lucros apurados em cada exercício de Setembro de mil e novecentos e noventa
praticar todos os demais actos tendentes à deduzir-se-á, em primeiro lugar, a percentagem e nove, natural de Maputo, filha de Charles
prossecução dos objectivos da Moz Container legalmente estabelecida para a constituição do Almasse e de Anastácia Félix Maguendo;
Carrier que por lei ou pelos presentes estatutos fundo de reserva legal, enquanto não estiver neste acto representada pelo seu pai Charles
não estejam reservados à assembleia geral. realizado ou sempre que seja necessário Almasse Massai; Elizabeth Charles Almasse
Três) O sócio ou a administradora nomeada reintegrá-lo. Massai solteira, menor, portadora do Bilhete
Dois) Cumprido o disposto no número de Identidade n.º 030101494960F, emitido
podem delegar poderes num ou mais dos seus
anterior, a parte restante dos lucros terá a aos quinze de Setembro de dois mil e onze,
pares e constituir mandatários.
aplicação que for determinada pelo sócio. pelo Arquivo de Identificação Civil da cidade
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO de Nampula; nascida a trinta de Abril de dois
CAPÍTULO VI mil e dois, natural de Maputo, filha de Charles
(Gestão diária) Almasse Massai e de Luisa Francisco; neste
(Disposições diversas)
Um) A gestão diária da Moz Container acto representada pelo seu pai Charles Almasse
Carrier poderá ser confiada a um director geral, ARTIGO DÉCIMO QUINTO Massai; celebram entre si, justo e acertado o
designado pelo sócio ou pela administração. presente contrato de sociedade que se regerá
(Dissolução da Moz Container Carrier)
Dois) O director-geral pautará o exercício pelos termos e condições seguintes:
das suas funções pelo quadro de competências A Moz Container Carrier dissolve-se
que lhe sejam determinadas pelo sócio ou pela nos termos da lei sendo, liquidatários, os CAPÍTULO I
administração, conforme o caso. administradores, quando tenham sido nomeados, Da denominação, duração, sede
salvo deliberação em contrário do sócio.
e objecto
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
ARTIGO DÉCIMO SEXTO ARTIGO PRIMEIRO
(Vinculação da Moz Container Carrier)
(Omissões) A sociedade de Transporte, Indústria,
Um) A Moz Container Carrier ficará
Em tudo quanto fica omisso regularão as Comércio e Serviços Limitada, abreviadamente:
obrigada:
disposições do Código Comercial e demais TRICS, LDA. é uma sociedade por quotas
a) Pela assinatura individual do sócio; de responsabilidade limitada, constituída por
legislação aplicável.
b) Pela assinatura individual da tempo ilimitado que se rege pelos presentes
administradora Noémia Francisco Está conforme.
estatutos e pelos preceitos legais aplicáveis,
Xerinda; Maputo, vinte e oito de Fevereiro de dois contando-se o seu início a partir da data da
c) Pela assinatura do procurador que o mil e treze. — A Ajudante, Ilegível. celebração da presente escritura.
sócio ou a administradora tenha
conferido poderes, nos termos e ARTIGO SEGUNDO
limites específicos do respectivo TRICS, LDA Transporte, Um) A sociedade tem a sua sede no Bairro
mandato; Indústria, Comércio e Serviços, de Muahivire Expansão (Ulipisse), rua sem
d) Pela assinatura do director geral, Limitada número, na Cidade de Nampula.
em exercício nas suas funções
Dois) Por decisão dos sócios e observadas
conferidas de acordo com o número Certifico, para efeitos de publicação, que
as disposições legais, a sociedade poderá
dois do artigo precedente. no dia dezassete de Janeiro de dois mil e treze,
transferir a sua sede social para qualquer outro
Dois) Os actos de mero expediente poderão foi registada, na Conservatória dos Registos
local do território nacional, bem como, criar
ser assinados por qualquer empregado de Nampula, sob o NUEL 100355876, uma
sucursais e quaisquer outras formas legais de
devidamente autorizado. sociedade por quotas de responsabilidade
representação na República de Moçambique
Três) Em caso algum poderá a administradora, limitada denominada TRICS, LDA. Transporte,
ou no estrangeiro.
procuradores, director-geral, empregado ou Indústria, Comércio e Serviços, Limitada a
qualquer outra pessoa comprometer a Moz cargo do Conservador Macassute Lenço, técnico ARTIGO TERCEIRO
Container Carrier em actos ou contratos superior dos registos e notariado N1 e mestrado
em Ciências Jurídicas, constituída entre os Um) A sociedade tem como objecto social:
estranhos ao seu objecto, designadamente
em letras e livranças de favor, fianças e sócios Charles Almasse Massai, solteiro, a) Transporte semi-colectivo
abonações. maior, portador do Bilhete de Identidade de passageiros e de carga;
11 DE MARÇO DE 2013 698 — (13)

b) Processamento de cereais e farinação, CAPÍTULO III CAPÍTULO IV


vulgo moagem;
Da administração da sociedade Das disposições diversas
c) Comércio geral a grosso e a retalho;
d) Prestação de serviços de consultoria ARTIGO NONO ARTIGO DÉCIMO QUARTO
e Advocacia;
e) Importação e exportação. A sociedade será administrada por sócio Um) O exercício fiscal corresponde ao ano
com a quota mais elevada e coadjuvado pelo civil.
Dois) A sociedade poderá, com vista à
sócio com a quota imediatamente inferior ao Dois) O balanço fechado com a data de trinta
prossecução de seu objecto exercer quaisquer
outras actividades, desde que se obtenham as administrador. e um de Dezembro, será submetida à aprovação
necessárias autorizações legais, assim como e assinatura dos sócios.
ARTIGO DÉCIMO
associar-se com outras empresas, participando
ARTIGO DÉCIMO QUINTO
no seu capital. Um) Compete aos sócios exercer os mais
amplos poderes de gestão, representando Findo o balanço e verificados os lucros,
CAPÍTULO II
a sociedade em juízo e fora dele, activa e estes serão aplicados conforme a determinação
Do capital social, quotas e obrigações passivamente podendo praticar todos os actos da assembleia geral da sociedade, depois de
ARTIGO QUARTO relativos à prossecução do seu objecto social deduzidos os fundos para a constituição de
desde que a lei ou nos presentes estatutos não reserva legal.
Um) O capital social, é de um milhão cento o pratiquem.
e cinquenta mil meticais integralmente subscrito ARTIGO DÉCIMO SEXTO
Dois) O negócio celebrado entre a sociedade
e realizado em meios circulantes, instalações,
e os sócios deve constar sempre em documento Em caso de morte, interdição ou inabilitação
maquinaria e equipamento bem como em
dinheiro, correspondente à soma de quatro escrito, e se necessário, útil ou conveniente de um dos sócios os seus herdeiros assumem
quotas pertencentes aos sócios Charles Almasse prossecução de objecto social, sob pena de automaticamente o lugar na sociedade com
Massai quarenta porcento, Ana Charles Almasse nulidade. dispensa da caução, podendo estes nomear os
Massai vinte porcento; Rosa Charles Massai Três) O negócio a que se refere o número seus representantes se assim o entenderem,
vinte porcento e Elizabeth Charles Almasse anterior deve ser sempre objecto de relatório desde que obedeçam o preceituado na lei.
Massai vinte porcento. prévio a elaborar por um auditor de conta em
Nampula, vinte e um de Janeiro de dois mil
Dois) Os sócios poderão aumentar o capital relação a sociedade.
e treze. — O Conservador, Macassute Lenço.
social sempre que se mostre necessário, por Quatro) É vedado aos sócios usar o nome da
decisão dos próprios sócios ou que resulte da sociedade em negócios estranhos a sociedade,
lei.
tais como: avais, fianças, endossos, ou quaisquer
ARTIGO QUINTO outros títulos, ou assumir obrigações em favor CE Investments Mozambique,
de qualquer dos quotistas ou de terceiros, Limitada
A divisão ou a cessão de quota é livre desde
que desse acto não resulte prejuízo à sociedade bem como onerar ou alienar bens imóveis da Certifico, para efeitos de publicação, que por
e conste de documento formal segundo a lei. sociedade sem autorização de outros sócios. escritura de cinco de Março de dois mil e treze,
Na cessão de quotas os sócios serão lavrada de folhas sessenta e três a sessenta e nove
consultados e os que manifestarem a vontade de ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
do livro de notas para escrituras diversas número
as adquirir precedem aos demais interessados. Um) A sociedade fica validamente obrigada trezentos e cinco traço D do Segundo Cartório
perante terceiros mediante a assinatura dos Notarial, a cargo de Ricardo Moresse, técnico
ARTIGO SEXTO
sócios. superior N1 e notário do referido cartório,
A sociedade poderá amortilizar quotas nos Dois) As decisões sobre alteração dos foi constituída entre os senhores Ricardo
casos seguintes: estatutos, aquisição de quotas próprias da Pedro Mimoso Porto e José Tiago Gouveia
a) Penhora, arresto, arrolamento ou sociedade, designação e distribuição de gestores, Bettencourt da Câmara uma sociedade por
apreensão judicial da quota; fusão, cisão, transformação e dissolução da quotas de responsabilidade limitada denominada
b) Insolvência dos sócios; sociedade, serão tomados pessoalmente pelos CE Investments Mozambique, Limitada, que se
c) Morte dos sócios; regerá pelas cláusulas constantes dos artigos
sócios e lançadas num livro destinado a esse
d) Interdição ou inabilitação permanente seguintes:
fim, sendo por eles assinados.
dos sócios.
Dois) A quota será amortilizada pelo ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO CAPÍTULO I
correspondente à percentagem representada Denominação, duração, sede e objecto
A fiscalização dos negócios e contas da
pelo seu valor na situação líquida apurada no
último balanço aprovado, desde que o mesmo sociedade será feita com recursos a uma ARTIGO PRIMEIRO
tenha sido há menos de um ano e se reporte, no sociedade revisora de contas.
(Denominação)
máximo ao penúltimo exercício social.
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO A sociedade adopta a denominação de CE
ARTIGO SÉTMO Um) O exercício coincide com o ano civil e Investments Mozambique, Limitada, e será
os balanços e contas fechar-se-ão com referência regida pelos presentes estatutos e pelos preceitos
Os sócios poderão efectuar prestações
a trinta e um de Dezembro de cada ano. legais aplicáveis.
suplementares de capital ou suprimentos à
sociedade. Dois) Os lucros de exercícios, apurados de ARTIGO SEGUNDO
conformidade com a lei, terão sucessivamente
ARTIGO OITAVO (Duração)
a seguinte aplicação: vinte e cinco por cento
O capital social poderá ser aumentado devem ficar retidos na sociedade a título de A sociedade constitui-se por tempo
sempre que os sócios decidirem, desde que reserva legal para outras finalidades que os indeterminado, contando-se o seu início a partir
sejam cumpridos os requisitos legais próprios. sócios decidirem. da data da celebração da presente escritura.
698 — (14) III SÉRIE — NÚMERO 20
ARTIGO TERCEIRO Dois) Enquanto pertençam à sociedade, as CAPÍTULO III
quotas não têm qualquer direito social, excepto
(Sede) Órgãos da sociedade
o de participação em aumentos de capital por
Um) A sociedade tem a sua sede social na incorporação de reservas, se a assembleia geral ARTIGO DÉCIMO
Avenida Marginal, número quatro mil cento e não deliberar de forma diversa.
(Assembleia geral)
cinquenta e nove, Maputo.
Dois) Mediante deliberação da assembleia ARTIGO SÉTIMO Um) A assembleia geral reúne-se em sessão
geral a sociedade poderá deliberar a criação (Prestações suplementares e suprimentos) ordinária no primeiro trimestre de cada ano,
e encerramento de sucursais, filiais, agências para apreciação do balanço e aprovação das
ou outras formas de representação comercial Um) Poderão ser exigíveis aos sócios contas referentes ao exercício do ano anterior,
em qualquer parte do território nacional ou no prestações suplementares de capital mediante para apreciação do relatório da gestão e do
estrangeiro. decisão da assembleia geral até ao montante relatório dos auditores, caso exista, bem como
global máximo de sete milhões de meticais. para deliberar sobre quaisquer outros assuntos
ARTIGO QUARTO Dois) Os sócios poderão conceder à sociedade do interesse da sociedade.
(Objecto) os suprimentos de que ela necessite, nos termos Dois) A assembleia geral poderá reunir-se
e condições definidos pela assembleia geral. em sessão extraordinária sempre que os sócios
Um) A sociedade tem como objecto
o considerem necessário.
social principal a importação, exportação ARTIGO OITAVO
e comercialização de bens e produtos, Três) A assembleia geral poderá reunir e
(Cessão de quotas) validamente deliberar, sem dependência de
representação comercial, agenciamento e a
actividade de promoção imobiliária. prévia convocatória, se estiverem presentes ou
Um) É livre a cessão total ou parcial de
Dois) Mediante deliberação da assembleia representados todos os sócios e estes manifestem
quotas entre os sócios.
geral a sociedade poderá desenvolver outras vontade de que a assembleia geral se constitua e
Dois) A cessão de quotas a favor de terceiros
actividades não compreendidas no actual objecto delibere sobre um determinado assunto, salvo
carece do consentimento prévio da sociedade,
social, desde que devidamente licenciada para o nos casos em que a lei não o permita.
dado por escrito e prestado em assembleia
efeito pelas autoridades competentes. Quatro) Excepto nos casos em que a lei
geral.
Três) A sociedade poderá adquirir exija outras formalidades, a convocação das
Três) A sociedade e os sócios gozam de
participações sociais em outras sociedades reuniões da assembleia geral será feita por
direito de preferência na cessão de quotas, a
constituídas ou a constituir, assim como um administrador através de carta registada,
exercer na proporção das respectivas quotas.
associar-se com outras sociedades para a e com a antecedência mínima de quinze dias
Quatro) É nula qualquer divisão, cessão,
prossecução de objectivos comerciais no âmbito relativamente à data da reunião.
ou não do seu objecto. alienação ou oneração de quotas que não
observe o preceituado no número antecedente. ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
CAPÍTULO II
ARTIGO NONO (Validade das deliberações)
Capital social e quotas
(Amortização de quotas) Um) Dependem da deliberação dos sócios
ARTIGO QUINTO em assembleia geral os seguintes actos:
Um) A sociedade poderá amortizar as quotas
(Capital social) dos sócios nos seguintes casos: a) A aquisição, alienação ou oneração de
Um) O capital social, integralmente subscrito quotas próprias;
a) Por acordo com o respectivo titular;
e realizado em dinheiro, é de trinta mil b) O consentimento para a alienação ou
b) Quando, por decisão transitada em
Meticais, correspondente à soma de duas quotas oneração das quotas dos sócios a
julgado, o respectivo titular for
distribuídas do seguinte modo: terceiros;
declarado falido ou insolvente;
c) A constituição de ónus e de garantias
a) Uma quota com o valor nominal de c) Quando a quota for arrestada,
sobre o património da sociedade;
quinze mil meticais, representativa penhorada, arrolada ou de alguma
d) A abertura e encerramento de sucursais,
de cinquenta por cento do capital forma apreendida judicial ou
filiais, agências ou outras formas de
social da sociedade, pertencente administrativamente;
representação comercial;
ao sócio Ricardo Pedro Mimoso d) Quando o sócio transmita a quota sem e) A aquisição de participações sociais
Porto; o consentimento da sociedade; em outras sociedades e de outros
b) Uma quota com o valor nominal de e) Se o titular da quota envolver a bens a terceiros;
quinze mil meticais, representativa sociedade em actos e contratos
de cinquenta por cento do capital f) A contratação e a concessão de
estranhos ao objecto social. empréstimos;
social da sociedade, pertencente
ao sócio José Tiago Gouveia Dois) Se a amortização de quota não for g) A exigência de prestações suplementares
Bettencourt da Câmara. acompanhada da correspondente redução de de capital;
capital social, as quotas dos restantes sócios h) A alteração do pacto social;
Dois) O capital social poderá ser aumentado
serão proporcionalmente aumentadas, fixando i) O aumento e a redução do capital
uma ou mais vezes por deliberação da assembleia
a assembleia geral o novo valor nominal das social;
geral, que determinará os termos e condições em
mesmas. j) A fusão, cisão, transformação,
que se efectuará o aumento.
Três) A amortização será feita pelo valor dissolução e liquidação da
ARTIGO SEXTO nominal das quotas acrescido da correspondente sociedade;
parte nos fundos de reserva, depois de deduzidos k) A amortização de quotas e a exclusão
(Quotas próprias) de sócios.
quaisquer débitos ou responsabilidades do
Um) A sociedade poderá, dentro dos limites respectivo sócio para com a sociedade, devendo Dois) As deliberações da assembleia geral
legais, adquirir e/ou alienar quotas próprias o seu pagamento ser efectuado no prazo de são tomadas por maioria simples, excepto nos
e praticar sobre elas todas as operações noventa dias e de acordo com as demais casos em que a lei exija um quórum deliberativo
legalmente permitidas. condições a determinar pela assembleia geral. superior.
11 DE MARÇO DE 2013 698 — (15)

ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO ARTIGO DÉCIMO SEXTO Como resultado da cessão de quotas, e entrada
de novos sócios, alteração da denominação e
(Administração) (Dissolução)
objecto social, é assim alterada a totalidade do
Um) A administração da sociedade será A sociedade dissolve-se nos casos e termos pacto social, passando a ter a seguinte nova
confiada a um ou mais administradores e que previstos na lei, ou quando assim for determinado redacção:
estarão ou não dispensados de prestar caução, por deliberação da assembleia geral, sendo
conforme for deliberado em assembleia geral. a liquidação feita na forma aprovada por CAPÍTULO I
Dois) A Administração é eleita pela deliberação dos sócios. Da denominação, duração, sede
assembleia geral por um período de três anos, e objecto
sendo permitida a sua reeleição. ARTIGO DÉCIMO SÉTIMO
ARTIGO PRIMEIRO
Três) A Administração poderá designar um (Disposições finais)
director–geral a quem será confiada a gestão Denominação e sede
diária da sociedade bem como constituir Em tudo quanto for omisso nos presentes
estatutos aplicar-se-ão as disposições do Código Um) A sociedade adopta a denominação
procuradores da sociedade. Salacia, Limitada e constitui-se sob a forma
Comercial e demais legislação em vigor na
República de Moçambique. de sociedade por quotas de responsabilidade
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
limitada.
(Formas de obrigar a sociedade) Está conforme. Dois) A sociedade tem a sua sede na Avenida
Maputo, cinco de Março de dois mil e treze. Julius Nyerere, número três mil quatrocentos
Um) A sociedade fica obrigada:
— O Notário, Ilegível. e doze, na cidade de Maputo, província de
a) Pela assinatura de um administrador, Maputo, na República de Moçambique,
caso a administração da sociedade podendo abrir sucursais, delegações, agências
seja exercida por um único Salacia, Limitada ou qualquer outra forma de representação social,
administrador; no território nacional ou no estrangeiro.
b) Pela assinatura conjunta de dois Certifico, para efeitos de publicação, que Três) Mediante simples deliberação, pode
administradores, caso a por acta da assembleia geral datada de vinte e o Conselho de Administração transferir a
administração da sociedade nove de Janeiro de dois mil e treze, a sociedade sede para qualquer outro local no território
comercial Salacia, Limitada, sociedade por nacional.
seja exercida por dois ou mais
administradores; quotas de responsabilidade limitada registada na ARTIGO SEGUNDO
c) Pela única assinatura de um mandatário Conservatória das Entidades Legais de Maputo
sob o número um zero zero três um cinco Duração
com poderes para certa ou certas
espécies de actos; quatro três dois, com capital social de vinte A duração da sociedade é por tempo
d) Pela assinatura do director, dentro dos mil meticais, estando representados todos os indeterminado.
limites do mandato conferido pela sócios, deliberou-se por unanimidade, proceder
à cessão integral das suas quotas, e consequente ARTIGO TERCEIRO
administração.
admissão de novos sócios, na alteração da Objecto
Dois) Para os actos de mero expediente denominação e objecto social, na nomeação
basta a assinatura de um só administrador ou do conselho de administração, na resignação Um) A sociedade tem por objecto principal o
de um empregado da sociedade devidamente dos senhores José Manuel Caldeira, Eduardo exercício de actividades nas seguintes áreas:
autorizado para o efeito. Alberto da Costa Calú e José Manuel Roque a) Indústria hoteleira e turismo;
Gonçalves como membros do conselho de b) Gestão imobiliária;
CAPÍTULO IV c) Restauração;
administração e na alteração total dos estatutos,
Disposições finais e transitórias em que, o sócio José Manuel Caldeira cede a d) Prestação de serviços em geral;
totalidade da sua quota, com valor nominal de e) Comércio a grosso e a retalho de
ARTIGO DÉCIMO QUARTO dez mil meticais, que corresponde a cinquenta produtos;
por cento do capital social da Salacia, Limitada, f) Importação e exportação de produtos,
(Balanço e aprovação de contas)
à sociedade African Steel Merchants Limited, incluídos os equipamentos e os
Um) O exercício social coincide com o ano com os correspondentes direitos e obrigações materiais necessários para as
civil. e se aparta da sociedade nada mais tendo a actividades da sociedade.
Dois) O balanço e contas de resultados haver desta e outra com valor nominal de dez Dois) A sociedade poderá exercer outras
fechar-se-ão com referência a trinta e um de mil meticais, correspondente a cinquenta por actividades subsidiárias ou complementares do
Dezembro de cada ano e serão submetidos à cento do capital social, que o sócio José Manuel seu objecto principal, desde que devidamente
apreciação da assembleia geral no primeiro Roque Gonçalves cede a totalidade da sua quota, autorizadas.
trimestre de cada ano. com valor nominal de dez mil meticais que Três) Mediante deliberação do conselho de
corresponde a cinquenta por cento do capital administração, a sociedade poderá participar,
ARTIGO DÉCIMO QUINTO social da Salacia, Limitada, à favor da sociedade directa ou indirectamente, em projectos
Cedarwood Investments (Proprietary) Limited, de desenvolvimento que de alguma forma
(Lucros)
com os correspondentes direitos e obrigações concorram para o preenchimento do seu objecto
Um. Dos lucros líquidos apurados em e se aparta da sociedade nada mais tendo a social, bem como aceitar concessões, adquirir
cada exercício será deduzida a percentagem haver desta. e gerir participações sociais no capital de
legalmente estabelecida para constituir ou As sociedades Cedarwood Investments quaisquer sociedades, independentemente do
reintegrar o fundo de reserva legal. (Proprietary) Limited e African Steel Merchants respectivo objecto social, ou ainda participar
Dois. A parte remanescente dos lucros Limited aceitam a cessão de quotas feita nos em empresas, associações empresariais,
será distribuída pelos sócios de acordo com a precisos termos aqui exarados, entrando assim agrupamentos de empresas ou outras formas
deliberação da assembleia geral. na sociedade como novos sócios. de associação.
698 — (16) III SÉRIE — NÚMERO 20
CAPÍTULO II ARTIGO OITAVO de administração e por este, recebida até às
dezassete horas do último dia útil anterior à data
Capital social Morte ou incapacidade dos sócios
da sessão.
ARTIGO QUARTO Em caso de morte ou incapacidade de Dois) O sócio que for pessoa colectiva far-
qualquer um dos sócios, os herdeiros legalmente se-á representar na assembleia geral pela pessoa
Capital social
constituídos do falecido ou representantes do física para esse efeito designada, mediante
Um) O capital social, integralmente incapacitado, exercerão os referidos direitos comunicação escrita dirigida pela forma e com
subscrito e realizado em dinheiro, é de vinte e deveres sociais, devendo mandatar um de a antecedência indicadas no número anterior.
mil meticais, encontrando-se dividido em duas entre eles que a todos represente na sociedade
quotas, distribuídas da seguinte forma: enquanto a respectiva quota se mantiver ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
a) Uma quota de dez mil meticais, indivisa. Votação
correspondente a cinquenta por
cento do capital social, pertencente CAPÍTULO III Um) A assembleia geral considera-se
à sócia African Steel Merchants regularmente constituída para deliberar qualquer
Dos órgãos sociais, administração
Limited; e que seja o número de sócios presentes ou
e representação da sociedade representados, salvo o disposto no número
b) Uma quota de dez mil meticais,
correspondente a cinquenta por ARTIGO NONO três abaixo.
cento do capital social, pertencente Dois) As deliberações da assembleia geral
Órgãos sociais
à sócia Cedarwood Investments serão tomadas por maioria simples dos votos
(Proprietary) Limited. Os órgãos sociais são a assembleia geral, o presentes ou representados.
Dois) A assembleia geral poderá decidir conselho de administração e o fiscal único. Três) As deliberações da assembleia geral
sobre o aumento do capital social, definindo que importem a modificação dos estatutos ou
as modalidades, termos e condições da sua ARTIGO DÉCIMO a dissolução da sociedade, serão tomadas por
realização. Assembleia Geral maioria qualificada de setenta e cinco por cento
dos votos do capital social.
ARTIGO QUINTO Um) A assembleia geral reúne-se Quatro) Os sócios podem votar com
Prestações suplementares e suprimentos ordinariamente na sede social ou em qualquer procuração dos outros sócios ausentes, e
outro local do país a ser definido pela mesma não será válida, quanto às deliberações que
Um) Não serão exigíveis prestações na sua primeira reunião, uma vez por ano, para importem modificação do pacto social ou
suplementares de capital, podendo os sócios, a deliberação do balanço anual de contas e dissolução da sociedade, a procuração que não
porém, conceder à sociedade os suprimentos de do exercício e, extraordinariamente, quando contenha poderes especiais quanto ao objecto
que necessite, nos termos e condições fixados convocada pelo conselho de administração ou da mesma deliberação.
por deliberação da assembleia geral. sempre que for necessário, para deliberar sobre
Dois) Entendem-se por suprimentos o quaisquer outros assuntos para que tenha sido ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
dinheiro ou outra coisa fungível, que os sócios convocada.
possam emprestar à sociedade. Administração e representação
Dois) É dispensada a reunião da assembleia
geral e são dispensadas as formalidades Um) A administração e representação da
ARTIGO SEXTO da sua convocação quando todos os sócios sociedade são exercidas por um conselho
Divisão e transmissão de quotas concordarem por escrito na deliberação ou de administração composto por quatro
concordem que por esta forma se delibere, administradores a serem eleitos pela assembleia
Um) A divisão e a transmissão de quotas considerando-se válidas, nessas condições, as geral.
carecem de informação prévia à sociedade. deliberações tomadas, ainda que realizadas fora
Dois) Os administradores são eleitos pelo
Dois) O sócio que pretenda transmitir a sua da sede social em qualquer ocasião e qualquer
quota informará a sociedade, com o mínimo período de quatro anos renováveis, salvo
que seja o seu objecto.
de trinta dias de antecedência, através de deliberação em contrário da assembleia
Três) Exceptuam-se as deliberações
carta registada ou outro meio de comunicação geral, podendo ser eleitas pessoas estranhas
que importem modificações dos estatutos e
que deixe prova escrita, dando a conhecer o à sociedade, sendo dispensada a prestação de
dissolução da sociedade.
projecto de venda e as respectivas condições qualquer caução para o exercício do cargo.
Quatro) A assembleia geral será convocada
contratuais, nomeadamente, o preço e a forma Três) A gestão corrente da sociedade é
pelo conselho de administração, por carta
de pagamento. confiada a um director-geral, a ser designado
registada com aviso de recepção ou outro meio
Três) Gozam do direito de preferência na pelo conselho de administração, por um
de comunicação que deixe prova escrita, a todos
aquisição da quota a ser transmitida, a sociedade período de um ano renovável. O conselho
os sócios da sociedade com a antecedência
e os restantes sócios, por esta ordem. No caso de Administração pode a qualquer momento
mínima de quinze dias, dando-se a conhecer a
de nem a sociedade nem os restantes sócios revogar o mandato do director-geral.
pretenderem usar o mencionado direito de ordem de trabalhos e a informação necessária
Quatro) A gestão será regulada nos termos
preferência, então o sócio que desejar vender a à tomada de deliberação, quando seja esse o
de um regulamento interno a ser aprovado pelo
sua quota poderá fazê-lo livremente. caso.
conselho da administração.
Quatro) É nula qualquer divisão ou Cinco) Por acordo expresso dos sócios, pode
Cinco) A sociedade obriga-se:
transmissão de quotas que não observe o ser dispensado o prazo previsto no número
anterior. a) Pela assinatura conjunta de dois
preceituado no presente artigo.
administradores; ou
ARTIGO SÉTIMO ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO b) Pela assinatura do director-geral; ou
Representação em Assembleia Geral
c) Pela assinatura do mandatário a quem
Amortização de quotas
dois administradores ou o director-
A sociedade tem a faculdade de amortizar Um) Qualquer dos sócios poderá fazer-se geral tenham confiado poderes
quotas, nos casos de exclusão ou exoneração representar na assembleia geral por outro sócio, necessários e bastantes por meio
de sócio. mediante simples carta dirigida ao conselho de procuração.
11 DE MARÇO DE 2013 698 — (17)

Seis) Nos actos e documentos de mero Dois) Declarada a dissolução da sociedade, ARTIGO TERCEIRO
expediente é suficiente a assinatura de qualquer proceder-se-á à sua liquidação gozando os
Objecto social
um dos administradores, ou do director-geral liquidatários, nomeados pela assembleia geral,
ou do mandatário da sociedade com poderes dos mais amplos poderes para o efeito. Um) A sociedade tem por objecto a prestação
bastantes para o acto. Três) Em caso de dissolução por acordo dos de transportes rodoviários de mercadorias,
sócios, todos eles serão os seus liquidatários e aluguer de máquinas e equipamentos e prestação
ARTIGO DÉCIMO QUARTO de serviços diversos.
a partilha dos bens sociais e valores apurados
Fiscal único proceder-se-á conforme deliberação da Dois) A sociedade poderá ainda exercer
assembleia geral. outras actividades conexas, complementares ou
Um) A fiscalização da sociedade será
subsidiárias ao seu objecto principal ou qualquer
exercida por um fiscal único eleito pela CAPÍTULO VI outro ramo de indústria ou comércio desde
assembleia geral ordinária, mantendo-se
Das disposições finais que, para tal obtenha a necessária autorização
em funções até à assembleia geral ordinária
seguinte, podendo ser reeleito por uma ou mais para o efeito ou ainda associar-se ou participar
ARTIGO DÉCIMO OITAVO no capital social de outras sociedades sob
vezes.
Dois) O fiscal único será auditor de contas Disposições finais
qualquer forma legalmente permitida e que a
ou sociedade de auditores de contas. administração delibere explorar.
Três) A assembleia geral deliberará sobre As omissões aos presentes estatutos serão
reguladas e resolvidas de acordo com o Código ARTIGO QUARTO
a caução a prestar pelo fiscal único, podendo
dispensá-la. Comercial, aprovado pelo Decreto-Lei número Capital social
Quatro) O fiscal único poderá ser remunerado dois barra dois mil e cinco, de vinte e sete de
Dezembro, e demais legislação aplicável. O capital social, integralmente subscrito e
nos termos em que a assembleia geral o vier a
fixar. realizado em dinheiro, é de cem mil meticais
Maputo, trinta e um de Janeiro de dois mil
correspondente à soma de duas quotas iguais,
e treze. — O Técnico, Ilegível.
CAPÍTULO IV distribuídas da seguinte forma:
Exercício e aplicação de resultados a) Uma quota no valor nominal
de cinquenta mil meticais
ARTIGO DÉCIMO QUINTO Master Carriers Transportes correspondente a cinquenta por
e Serviços, Limitada cento do capital social, pertencente
Balanço e prestação de contas
ao sócio Ricardo Ofiço;
Um) O exercício social coincide com o ano Certifico, para efeitos de publicação
b) Uma quota no valor nominal
civil. que, por documento particular de vinte
de cinquenta mil meticais
Dois) O balanço e a conta de resultados quatro de Fevereiro de dois mil e treze, foi
correspondente a cinquenta por
fecham a trinta e um de Dezembro de cada ano, constituída uma sociedade por quotas de cento do capital social, pertencente
e carecem de aprovação da assembleia geral, a responsabilidade limitada denominada, Master a sócio Stélia Vanessa Vatélia
realizar-se até ao dia trinta e um de Março do Carriers Transportes e Serviços, Limitada, David Come Ofiço.
ano seguinte. abreviadamente designado por MCTS, LDA,
Três) O conselho de administração devidamente registada na Conservatória do ARTIGO QUINTO
apresentará à aprovação da assembleia geral Registo das Entidades Legais de Maputo sob
o balanço de contas de ganhos e perdas, Aumento de capital social e prestações
NUEL, que se regerá pelas cláusulas constantes
acompanhados de um relatório da situação suplementares
dos artigos seguintes:
comercial, financeira e económica da sociedade, Um) O capital social da sociedade poderá
bem como a proposta quanto à repartição de ARTIGO PRIMEIRO ser aumentado uma ou mais vezes mediante
lucros e perdas. subscrição de novas entradas pelos sócios, em
Tipo, firma e duração
ARTIGO DÉCIMO SEXTO dinheiro ou em outros valores, por incorporação
Um) A sociedade comercial por quotas de de reservas ou por conversão de créditos que
Resultados responsabilidade limitada adopta a denominação algum sócio tenha sobre a sociedade, bem como
de Master Carriers Transportes e Serviços, pela subscrição de novas quotas por terceiros.
Um) Dos lucros apurados em cada exercício
LDA, abreviadamente designado por MCTS, Dois) Não serão exigidas pretações
deduzir-se-á a percentagem legal estabelecida
LDA. suplementares de capital, mas os sócios poderão
para a constituição do fundo de reserva legal,
Dois) A sua duração é por tempo fazer suprimentos de que a sociedade carecer
enquanto não se encontrar realizada nos termos
indeterminado, contando-se o seu início a partir de acordo com as condições estipuladas em
da lei, ou sempre que for necessário reintegrá-
da data da sua constituição. assembleia geral.
la.
Dois) A parte restante dos lucros será ARTIGO SEGUNDO ARTIGO SEXTO
aplicada nos termos que forem aprovados pela
assembleia geral. Sede, forma e locais de representação Divisão e cessão de quotas

CAPÍTULO V A sociedade tem a sua sede no Bairro Um) A divisão e cessão total ou parcial de
Mapulango, Distrito de Marracuene, Província quotas é livre entre os Sócios, não carecendo de
Da dissolução e liquidação de Maputo, República de Moçambique, consentimento da sociedade ou dos sócios.
da sociedade podendo, mediante simples deliberação do Dois) A cessão de quotas a favor de terceiros
ARTIGO DÉCIMO SÉTIMO assembleia geral, criar ou encerrar sucursais, depende do consentimento da sociedade
filiais, agências, delegações ou outras formas de mediante deliberação dos sócios em assembleia
Dissolução e liquidação da sociedade representação social no país ou no estrangeiro, geral, reservando-se o direito de preferência
Um) A sociedade dissolve-se nos casos transferir a sua sede para qualquer outro local à sociedade, em primeiro lugar, e aos sócios
expressamente previstos na lei ou por deliberação dentro do território nacional ou fora dele de em segundo lugar, sendo o valor da mesma
unânime dos seus sócios. acordo com a legislação vigente. apurado em auditoria processada para o efeito.
698 — (18) III SÉRIE — NÚMERO 20
Sem prejuízo das disposições legais em vigor Dois) O mandato pode ser específico ou Bronkhorst Fazenda de Gado,
a cessão ou alienação de toda a parte de quotas geral, podendo ser revogado a todo tempo. Limitada
deverá ser do consentimento dos sócios gozando Três) A assembleia geral reúne-
estes direitos de preferência. se ordinariamente, uma vez por ano, para Certifico, para efeitos de publicação, que
Três) Se nem a sociedade, nem os sócios por escritura de cinco de setembro de dois mil e
apreciação e aprovação do balanço e contas do
mostrarem interesse pela quota cedente, este doze, lavrada a folhas setenta e nove e oitenta e
exercício findo, repartição de lucros e perdas e
decidirá a sua alienação e pelos preços que quatro do livro de notas para escrituras diversas
outros, e extraordinariamente sempre que for
melhor entender, gozando o novo sócio dos número trezentos e quarenta e seis A, do Quarto
necessário. Cartório Notarial de Maputo, perante mim,
direitos correspondentes à sua participação na
sociedade. Quatro) A assembleia geral será convocada e Lubélia Ester Muiuane, licenciada em Direito,
Quatro) A quota não poderá, no todo ou presidida pelo director-geral ou pelos sócios com técnica superior dos registos e notariados N1
em parte, ser dada em caução ou garantia de antecedência mínima de quinze dias, através de e notária em exercício no referido cartório,
qualquer obrigação, sem prévio consentimento carta registada com aviso de recepção, e-mail, foi constituída uma sociedade por quotas de
da sociedade. telefax ou telefone. responsabilidade, limitada, que se regerá pelos
artigos seguintes:
ARTIGO SÉTIMO ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
ARTIGO PRIMEIRO
Amortização de quotas Deliberação
Denominação
Um) A sociedade poderá amortizar as
Depende especialmente da deliberação
quotas dos sócios que não queiram continuar Um) A sociedade adopta a denominação de
associados. dos sócios em assembleia geral, os seguintes Bronkhorst Fazenda de Gado, Limitada, e tem
Dois) As condições de amortização das actos: a sua sede no distrito de Moamba, província de
quotas referidas no número anterior serão a) A alteração dos estatutos; Maputo, constituída sob forma de sociedade
fixadas em assembleia geral. b) Fusão, transformação, dissolução; comercial por quotas de responsabilidade
limitada.
ARTIGO OITAVO c) A subscrição, aquisição de participações
Dois) A sociedade poderá estabelecer
sociais.
Administração e representação, competên- sucursais, agências ou quaisquer outras formas
cias e vinculação de representação no território nacional e
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
estrangeiro.
Um) A administração e gerência da sociedade Ano social e balanço
e sua representação em juízo e fora dele, activa e ARTIGO SEGUNDO
passivamente, é exercida por ambos os sócios. Um) O ano social é o civil.
Duração
Dois) O director-geral da sociedade é Dois) Em relação a cada ano de exercício
nomeado pelos sócios em assembleia geral. efectuarão um balanço que encerrará. A sociedade durará por tempo indeterminado,
Três) A gestão corrente da sociedade é contando-se o seu início apartir da data da sua
confiada ao director-geral, dispondo dos mais ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO constituição.
amplos poderes consentidos para a prossecução
e realização do objecto social. Dissolução ARTIGO TERCEIRO
Quatro) As contas bancárias da sociedade A dissolução e liquidação da sociedade Objecto
são movimentadas por duas assinaturas e rege-se pelas disposições da lei aplicável que
carimbo. estejam sucessivamente em vigor e, no que Um) A sociedade tem por objecto o exercício
Cinco) Na movimentação das contas da seguinte actividade:
estas fores omissas, pelo que for deliberado em
bancárias da sociedade a assinatura do director- a) Agro-pecuária;
assembleia geral.
geral é obrigatória. b) Promoção e exploração de actividades
Seis) Os sócios tem plenos poderes para ARTIGO DÉCIMO QUARTO de turismo cinegético, planificação
nomear mandatários a sociedade conferindo os e organização de safaris, excursoes,
necessários poderes de representação. Herdeiros conferências, workshop e outros
Em caso de morte, interdição ou inabilitação serviços conexos;
ARTIGO NONO
de um dos sócios, os seus herdeiros assumem c) Exploração e gestão de parques e
A sociedade fica obrigada nos seus actos de reservas nacionais para actividades
automaticamente o lugar na sociedade com
mero expediente pela assinatura do director- de safaris, eco-turismo, caça pesca
dispensa de caução, podendo estes nomear seus
geral, pela assinatura conjunta dos sócios desportiva e fotografia;
representantes se assim o entenderem, desde que d) Promoção, conservação, utilização,
gerentes, pela assinatura de um sócio gerente
nos termos e nos e limites dos poderes que obedeçam o preceituado nos termos da lei. exploração e produção de recursos
lhe forem delegados pela assembleia geral ou florestais e faunísticos;
ARTIGO DÉCIMO QUINTO
pelo director-geral e pela assinatura de um ou e) Comercialização, transporte,
mais mandatários, nas condições e limites do Em todo o omisso, regularão as disposições exportação, armazenamento e
respectivo mandato. legais aplicáveis e em vigor na República de transformação primária artesanal ou
Moçambique. industrial destes recursos.
ARTIGO DÉCIMO f) Exploração de agência de viagens,
O presente contrato será assinado pelos dois
Assembleia geral contratantes e em duplicado. hotelaria e turismo, serviços
imobiliários e representação
A assembleia geral é composta por todos Está conforme.
de organizações nacionais e
os sócios, que poderão constituir um ou mais Conservatória do Registo das Entidades estrangeiras e/ ou internacionais.
procuradores, nos termos r para os efeitos da Legais de Maputo, vinte e três de Novembro de g) Promoção de captação de investimentos
lei. dois mil e doze. — O Técnico, Ilegível. e participações financeiras nacionais
11 DE MARÇO DE 2013 698 — (19)

e estrangeiras para as áreas de disnpensados cada um deles dos mais amplos ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
hotelaria, turismo e outras áreas poderes legalmente consetidos no âmbito da
Distribuição de lucros
similares. realização do objecto social.
Dois) A sociedade poderá exercer ainda, Dois) Compete aos gerentes ou a quem eles Os lucros depois dev constituídos o fundo de
na mesma area outras actividades conexas, designarem, representar a sociedade em juízo reserva, legal terao a seguinte distribuicao:
complementares ou subsidiárias do objecto e fora dele, activa e passivamente no país ou a) Dividendo aos sócios na proporção
principal desde que aprovados pelos sócios, fora dele, praticar todos os actos legalmente de quotas;
praticar todo e qualquer outro acto lucrativo,
exigidos. b) Constituição de reservas para fins
permitido pela lei, uma vez obtidas as necessárias
específicos, de acordo com a
autorizações. ARTIGO OITAVO
Três) A sociedade poderá construir com deliberação da assembleia geral.
outrem, quaisquer outras sociedades ou Obrigações a sociedade
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
participar em sociedades já constituídas.
Um) A sociedade é obrigada: Casos omissos
ARTIGO QUARTO a) Pela assinatura de cada um dos socios-
Em todo o omisso, regularão as disposições
Capital social gerentes;
legais em vigor na República de Moçambique.
b)Pela assinatura de procuradores
Um) O capital social, integralmente subscrito especialmente constituídos nos Está conforme.
é de vinte mil meticais, o correspondente á soma Maputo, vinte de Dezembro de dois mil
termos e limites específicos do
de duas quotas iguais assim distribuídas: e doze. — A Ajudante, Ilegível.
mandato.
a) Uma quota no valor nominal de dez
mil meticais, correspondente a Dois) Para actos de mero expediente, sera
cinquenta por cento do capital banstante para ,alem da assinatura de qualquer
Tromba Rija, Limitada
social pertencente ao sócio Cornelis dos gerentes, qualquer empregado devidamente
Marthinus Bronkenhorst. autorizado. Certifico, para efeitos de publicação, que por
b) Uma quota no valor nominal de dez Três) os gerentes e os procuradores nao escritura pública de vinte e cinco de Fevereiro
mil meticais, correspondente a podem obrigar a sociedade em actos e contratos de dois mil e treze, lavrada de folhas trinta e
cinquenta por cento do capital estranhos aos negócios da sociedade, tais como oito a folhas quarenta e duas do livro de notas
social pertencente ao sócio Jan letras, fianças, avales e outros títulos similares, para escrituras diversas número trezentos e
Daniel Benjamin Bronkhorst. sob pena de indeminizar a sociedade no dobro sessenta e quatro traço A, do quarto Cartório
Dois) O capital pode ser aumentado uma ou do valor da responsabilidade assumida, sendo Notarial de Maputo perante Carla Roda de
mais vezes, mediante a deliberação expressa consideradas nulas e de nenhum efeito tais Benjamim Guilaze, licenciado em Direito,
pela assembleia geral, dentro dos termos e técnico superior dos registos e notariado N1
responsabilidades.
limites legais. e notária em exercício no referido cartório,
Três) O capital social poderá ser ampliado, ARTIGO NONO constituída entre: Manuel Edmundo Mota dos
com ou sem entrada de novos sócios. Santos e Juleca Júlio Lado, uma sociedade
Delegação de poderes
por quotas de responsabilidade limitada,
ARTIGO QUINTO
Os gerentes poderão delegar os seus poderes, denominada Tromba Rija, Limitada, com sede
Suplementos total ou parcialmente, em pessoas estranhas a Avenida Vladmir Lenine, número seiscentos e
sociedad mediante procuração passada para noventa e um, terceiro andar número cinco, em
Não serão exigidas prestações suplementares
tal efeito, estabelecendo limites e condições Maputo, que se regerá pelas cláusulas constantes
do capital, mas os sócios poderão fazer os
de competências delegadas ou a constituir dos artigos seguintes.
suprimentos de que a sociedade carece ao juro
e demais condições a estabelecer em assembleia mandatários nos termos da lei.
ARTIGO PRIMEIRO
geral.
ARTIGO DÉCIMO (Denominação e sede)
ARTIGO SEXTO
Assembleia Geral Um) A sociedade adopta a denominação
Cessão e amortização de quotas Tromba Rija, Limitada, e constitui-se como
Um) A assembleia geral reunir-se-á,
Um) A cessão e amortização de quotas, sociedade por quotas, tendo a sua sede na
ordinariamente uma vez por ano, na sede da
total ou parcial, so é permitida mediante o Avenida Vladmir Lenine, número seiscentos
sociedade ou noutro local, para apreciação,
consetimento da sociedade e dos sócios. e noventa e um, terceiro andar número cinco,
aprovação ou modificação do balanço e contas
Dois) Os sócios gozarão o direito de em Maputo.
do exercício e para deliberar sobre quaisquer Dois) A sociedade poderá, por deliberação
preferencia quando se tratar da cessão de quotas
outros assuntos para que tenha sido convocada da assembleia geral, criar ou extinguir filiais,
a estranhos a sociedade.
Três) Os sócios exercerão o direito de e extraordinariamente, sempre que mostrar agências ou outras formas de representação
preferência no prazo máximo de sessenta dias, necessário. social no país e no estrangeiro, sempre que se
contados apartir da data da notificação do facto Dois) A convocação da assembleia geral far- justifique a sua existência, bem como transferir
a ser enviado pelo sócio cedente. se-á por carta registada com aviso de recepção a sua sede para outro local do território
Quatro) Expirado o prazo mencionado no dirigida aos sócios com antecedência mínima nacional.
número anterior a cessão da quota sera livre. de trinta dias.
ARTIGO SEGUNDO
ARTIGO SÉTIMO ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
(Duração)
Gerência Balanço e contas
A sociedade constitui-se a partir da data de
Um) A sociedade será gerida pelos sócios O balanço e contas reportar-se-ao a trinta e outorga da respectiva escritura notarial e a sua
fundadores na qualidade de sócios gerentes, um de Dezembro de cada ano. duração é por tempo indeterminado.
698 — (20) III SÉRIE — NÚMERO 20
ARTIGO TERCEIRO dependem da autorização prévia da sociedade ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
dada por deliberação da assembleia geral.
(Objecto) (Balanço e contas)
Três) A divisão, cessão, arresto, oneração
A sociedade tem como objecto principal: ou alienação de quota feita sem a observância O ano social coincide com o ano civil e o
a) Importação e exportação, do disposto nos presentes estatutos fica balanço e contas fechar-se-ão com referência
comercialização de bens e amortizada. a trinta e um de Dezembro de cada ano e serão
submetidos à apreciação da assembleia geral.
serviços, bem como a exploração
ARTIGO OITAVO
de estabelecimentos comerciais ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
na area de restauração, hotelaria (Assembleia geral)
e afins; (Dissolução da sociedade)
Um) A assembleia geral reunir-se-á
b) Por deliberação da assembleia geral, A sociedade só se dissolve nos casos
ordinariamente uma vez por ano para apreciação,
a sociedade poderá dedicar-se a previstos na lei e por decisão em reunião de
aprovação ou modificação do balanço e contas
outras actividades de natureza todos os sócios nos termos do artigo décimo
do exercício e para deliberar sobre quaisquer
comercial conexas com o seu destes estatutos, procedendo-se à partilha e
outros assuntos para que tenha sido convocada e,
objecto principal, nos termos da lei, divisão dos seus bens aos sócios de acordo com
extraordinariamente, sempre que for necessário,
ou ainda associar-se por qualquer o que for deliberado em assembleia geral.
a pedido de um ou mais sócios.
forma legalmente permitida ou Dois) A assembleia geral reunir-se-á na
participar no capital de outras ARTIGO DÉCIMO QUARTO
sede da sociedade, podendo realizar-se noutro
sociedades lugar quando as circunstâncias o aconselhem, (Disposição final)
desde que tal facto não prejudique os direitos e Os casos omissos serão regulados pelas
ARTIGO QUARTO
interesses legítimos dos sócios. disposições legais aplicáveis e em vigor na
(Participações sociais) Três) O sócio, poderá se fazer representar República de Moçambique.
na assembleia geral por mandatário ou
A sociedade poderá deter participações mandatários, mediante carta para esse fim Está conforme.
sociais em outras sociedades independentemente dirigida à sociedade. Maputo, vinte e sete de Fevereiro de dois
do seu objecto social, participar em consórcios, mil e treze. — A Ajudante, Ilegível.
agrupamentos de empresas ou em outras formas ARTIGO NONO
de associações empresariais.
(Deliberações da assembleia geral)
ARTIGO QUINTO
As deliberações da assembleia geral são Ibero Construções, Limitada
(Capital social) tomadas por maioria simples de votos, excepto
Certifico, para efeitos de publicação, que por
aquelas para as quais a lei obriga uma maioria
Um) O capital social, integralmente escritura pública de vinte e cinco de Fevereiro de
qualificada.
subscrito em dinheiro, é de vinte mil meticais dois mil e treze, lavrada de folhas quarenta e três
e corresponde à soma de duas quotas desiguais, ARTIGO DÉCIMO a folhas quarenta e sete do livro de notas para
assim distribuidas: escrituras diversas número trezentos e sessenta e
(Gerência) quatro traço A, do Cartório Notarial de Maputo
a) Uma quota no valor de catorze mil perante Carla Roda De Benjamim Guilaze,
meticais, pertencente ao sócio, Um) A gerência e representação da sociedade
em juízo e fora dele, activa e passivamente, licenciado em Direito, técnico superior dos
Manuel Edmundo Mota dos Santos, registos e notariado N1 e notária em exercício
correspondente a setenta por cento incumbe ao sócio Manuel Edmundo Mota
dos Santos que desde já fica nomeado sócio no referido cartório, constituída entre: Global
do capital social; Investment Group, LLC, Paulo Alexandre
gerente.
b) Uma quota no valor de seis mil de Oliveira Silva e Carlos Alberto Oliveira
Dois) A sociedade obriga-se pela assinatura
meticais, pertencente a sócia Juleca da Conceição, uma sociedade por quotas de
do sócio gerente Manuel Edmundo Mota dos
Júlio Lado, correspondente a trinta responsabilidade limitada, denominada, Ibero
Santos.
por cento do capital social. Construções, Limitada com sede na Avenida
Três) Por decisão unânime do gerente este
Dois) O capital social poderá ser aumentado Eusébio da Silva Ferreira, número cento e trinta
pode delegar, total ou parcialmente os poder
uma ou mais vezes por deliberação da assembleia e dois, quarteirão número quarenta e seis, na
de gerência a terceiros, bem como constituir
geral que definirá as formas e condições do Matola, que se regerá pelas cláusulas constantes
mandatários.
dos artigos seguintes.
aumento. Quatro) O gerente está dispensado de
ARTIGO SEXTO prestação da caução. ARTIGO PRIMEIRO

(Prestações suplementares) ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO (Denominação e sede)

Não haverá prestações suplementares, (Lucros e perdas) Um) A sociedade adopta a denominação
mas os sócios poderão fazer suprimentos à Ibero Construções, Limitada, e constitui-se
Um) Os lucros ou perdas são divididos pelos como sociedade por quotas, tendo a sua sede
sociedade, ao juro e condições a definir em
sócios na proporção das suas quotas. na Avenida Eusébio da Silva Ferreira, número
reunião dos sócios.
Dois) Antes de repartidos os lucros líquidos cento e trinta e dois, quarteirão número quarenta
ARTIGO SÉTIMO apurados em cada exercício deduzir-se-á, em e seis, na Matola.
primeiro lugar, a percentagem indicada para Dois) A sociedade poderá, por deliberação
(Cessão de quotas)
o fundo da reserva legal enquanto não estiver da assembleia geral, criar ou extinguir filiais,
Um) A divisão e a cessão total ou parcial de realizado nos termos da lei ou sempre que agências ou outras formas de representação
quotas é livre entre sócios. seja necessário reintegrá-lo e, seguidamente, a social no país e no estrangeiro, sempre que se
Dois) A divisão e a cessão total ou parcial percentagem de quaisquer outras reservas que justifique a sua existência, bem como transferir
de quotas a terceiros, assim com a sua oneração tenham ou venham a ser criadas por deliberação a sua sede para outro local do território
em garantia de quaisquer obrigações de sócio, da assembleia geral. nacional.
11 DE MARÇO DE 2013 698 — (21)

ARTIGO SEGUNDO ARTIGO SÉTIMO primeiro lugar, a percentagem indicada para


o fundo da reserva legal enquanto não estiver
(Duração) (Cessão de quotas)
realizado nos termos da lei ou sempre que
A sociedade constitui-se a partir da data de Um) A divisão e a cessão total ou parcial de seja necessário reintegrá-lo e, seguidamente, a
outorga da respectiva escritura notarial e a sua quotas é livre entre sócios. percentagem de quaisquer outras reservas que
duração é por tempo indeterminado. Dois) A divisão e a cessão total ou parcial tenham ou venham a ser criadas por deliberação
de quotas a terceiros, assim com a sua oneração da assembleia geral.
ARTIGO TERCEIRO
em garantia de quaisquer obrigações de sócio,
(Objecto) ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
dependem da autorização prévia da sociedade
A sociedade tem como objecto principal: dada por deliberação da assembleia geral. (Balanço e contas)
Três) A divisão, cessão, arresto, oneração
a) Construção civil, promoção O ano social coincide com o ano civil e o
Imobiliária, compra de imóveis ou alienação de quota feita sem a observância
balanço e contas fechar-se-ão com referência
para exploração e arrendamento do disposto nos presentes estatutos fica a trinta e um de Dezembro de cada ano e serão
e revenda e ainda importação e amortizada. submetidos à apreciação da assembleia geral.
exportação, e comercialização de
bens e serviços; ARTIGO OITAVO ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
b) Por deliberação da assembleia geral, (Assembleia geral)
a sociedade poderá dedicar-se a (Dissolução da sociedade)
outras actividades de natureza Um) A assembleia geral reunir-se-á A sociedade só se dissolve nos casos
comercial conexas com o seu ordinariamente uma vez por ano para apreciação, previstos na lei e por decisão em reunião de
objecto principal, nos termos da lei, aprovação ou modificação do balanço e contas todos os sócios nos termos do artigo décimo
ou ainda associar-se por qualquer do exercício e para deliberar sobre quaisquer destes estatutos, procedendo-se à partilha e
forma legalmente permitida ou outros assuntos para que tenha sido convocada e, divisão dos seus bens aos sócios de acordo com
participar no capital de outras extraordinariamente, sempre que for necessário, o que for deliberado em assembleia geral.
sociedades.
a pedido de um ou mais sócios.
Dois) A assembleia geral reunir-se-á na ARTIGO DÉCIMO QUARTO
ARTIGO QUARTO
sede da sociedade, podendo realizar-se noutro (Disposição final)
(Participações sociais) lugar quando as circunstâncias o aconselhem,
Os casos omissos serão regulados pelas
A sociedade poderá deter participações desde que tal facto não prejudique os direitos e
disposições legais aplicáveis e em vigor na
sociais em outras sociedades independentemente interesses legítimos dos sócios.
República de Moçambique.
do seu objecto social, participar em consórcios, Três) O sócio, poderá se fazer representar
agrupamentos de empresas ou em outras formas na assembleia geral por mandatário ou Está conforme.
de associações empresariais. mandatários, mediante carta para esse fim Maputo, aos vinte e sete de Fevereiro de
dirigida à sociedade. dois mil e treze. — A Ajudante, Ilegível.
ARTIGO QUINTO
(Capital social) ARTIGO NONO
(Deliberações da assembleia geral)
Lebombo Safaris — Sociedade
Um) O capital social, integralmente
Unipessoal, Limitada
subscrito em dinheiro é de vinte mil meticais As deliberações da assembleia geral são
e corresponde à soma de três quotas desiguais, Certifico, para efeitos de publicação, que
tomadas por maioria simples de votos, excepto
assim distribuídas:
aquelas para as quais a lei obriga uma maioria por escritura de onze de Janeiro de dois mil
a) Uma quota no valor de cinco mil qualificada. e Treze, lavrada a folhas dezoito e seguintes
meticais, pertencente a sócia do livro de notas para escrituras diversas
Global Investment Group,LlC, ARTIGO DÉCIMO número oitocentos e quarenta e cinco traço
correspondente a vinte e cinco por
(Gerência) B, do Primeiro Cartório Notarial de Maputo,
cento do capital social;
b) Uma quota no valor de dez mil perante mim, Arnaldo Jamal de Magalhães,
Um) A gerência e representação da sociedade técnico superior dos registos e notariado N1
meticais, pertencente ao sócio
em juízo e fora dele, activa e passivamente, e notário do referido cartório, foi constituída
Paulo Alexandre de Oliveira Silva,
correspondente a cinquenta por incumbe aos sócios que desde já ficam uma sociedade Unipessoal por quotas de
cento do capital; nomeados sócios-gerentes. responsabilidade, Limitada, que se regerá pelos
c) Uma quota no valor de cinco mil Dois) A sociedade obriga-se pela assinatura artigos seguintes:
meticais, pertencente ao sócio Carlos dos dois sócios gerentes.
Alberto Oliveira da Conceição, Três) Por decisão unânime do gerente este ARTIGO PRIMEIRO
correspondente a vinte e cinco por pode delegar, total ou parcialmente o poder
(Denominação e duração)
cento do capital social. de gerência a terceiros, bem como constituir
Dois) O capital social poderá ser aumentado mandatários. A sociedade adopta a denominação Lebombo
uma ou mais vezes por deliberação da assembleia Quatro) Os gerentes estão dispensados de Safaris — Sociedade Unipessoal Limitada com
geral que definirá as formas e condições do prestação da caução. sede em Chigubo e é constituída por tempo
aumento. indeterminado, contando-se o seu inicio a partir
ARTIGO SEXTO ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO da data da celebração da presente escritura.
(Prestações suplementares) (Lucros e perdas)
ARTIGO SEGUNDO
Não haverá prestações suplementares, Um) Os lucros ou perdas são divididos pelos
(Sede)
mas os sócios poderão fazer suprimentos à sócios na proporção das suas quotas.
sociedade, ao juro e condições a definir em Dois) Antes de repartidos os lucros líquidos A sociedade tem a sua sede na província
reunião dos sócios. apurados em cada exercício deduzir-se-á, em de Gaza distrito de Chigubo, podendo por
698 — (22) III SÉRIE — NÚMERO 20
deliberação do sócio único ser aberta a qualquer Dois) Poderá o sócio único conceder poderes Rassula Ali Amade Chavanguane, que culminou
momento sucursais, filiais, delegações ou outras a um procurador especialmente nomeado nos com alteração do artigo quarto dos estatutos que
formas de representação quer no estrangeiro, precisos termos e limites especificos do seu passaram a ter a seguinte nova redação:
quer no território nacional. mandato.
ARTIGO QUARTO
ARTIGO TERCEIRO ARTIGO SÉTIMO
(Capital social)
(Objecto) (Participações)
O capital social, integralmente
Um) A sociedade tem como objecto a Único) O sócio único pode decidir deter subscrito e realizado em dinheiro,
prestação de serviços nas seguintes áreas: participações financeiras noutras sociedades, é de vinte mil meticais e as quotas estão
a) O desenvolvimento da agro-pecuária; independentemente do seu objecto social, em divididas de seguinte forma: Enoque
fazenda bravia, transporte, consórcios ou agrupamentos de empresas ou Arnaldo Chavanguane com noventa por
distribuição e sua comercialização; outras formas societárias, gestão ou simples
importação e exportação de produtos cento do capital social e Rassula Ali
participação.
agro pecuário, bem como de seus Amade Chavanguane com dez por cento
derivados; consultoria, assistência ARTIGO OITAVO do capital social.
técnica, formação e capacitação Maputo, cinco de Março de dois mil
(Morte ou iterdição do sócio)
de serviços técnico-agrários; e e treze. —− O Técnico, Ilegível.
prestação de serviços na área agro Único) Em caso de morte ou interdição
pecuária; do sócio, a sociedade continuará com as suas
b) Mediante deliberação dos sócios, actividades com os herdeiros ou representante
tomada em assembleia geral, a AV Consultores — Sociedade
do sócio falecido ou interdito e se houver
sociedade poderá exercer quaisquer Unipessoal, Limitada
mais que um herdeiro, requer que os herdeiros
outras actividades relacionadas,
nomeiem um entre eles que vai representar a Certifico, para efeitos de publicação, que
directa ou indirectamente, com
sociedade. por contrato de sociedade Unipessoal limitada,
o seu objecto principal, praticar
todos os actos complementares ARTIGO NONO celebrada nos termos do artigo noventa, do
da sua actividade, podendo ainda código comercial, é constituída uma sociedade
adquirir participações financeiras (Limitação do poder de outros gerentes) unipessoal de responsabilidade limitada, entre
em sociedades constituídas ou a Único) De forma alguma está autorizado a Ana Maria Nobre Viegas, de nacionalidade
constituir, ainda que tenha objecto
outros gerentes que não o sócio único, a obrigar portuguesa, nascida em Lisboa, aos dezasseis de
social diferente do da sociedade.
a sociedade em actos ou contratos estranhos ao Julho de mil e novecentos e cinquenta e cinco,
ARTIGO QUARTO objecto social, nem a aceitar fianças, letras a titular do DIRE 10PT00030370C, emitido
favor , livranças, avales e outros actos afins, nem aos dezoito de Abril de dois mil e doze, pela
(Capital social)
dispor do património da sociedade sem mandato Direcção Nacional de Migração, residente na
O capital social, integralmente subscrito e especial e/ou poderes específicos. Cidade de Maputo, que se rege pelas clausulas
realizado em dinheiro, é de cem mil meticais
constantes nos artigos seguintes:
correspondente a uma quota única de cem ARTIGO DÉCIMO
porcento e pertencente ao único sócio, Cornelis ARTIGO PRIMEIRO
(Dissolução da sociedade e normas suple-
Marthinus Bronkhorst.
tivas)
(Denominação e duração)
ARTIGO QUINTO A sociedade só se dissolve nos casos e
Um) A sociedade adopta a denominação
(Administração e representação da socie- termos previstos na lei comercial e demais
legislação vigente aplicável. de AV Consultores — Sociedade Unipessoal,
dade)
Limitada.
A administração e gerência da sociedade e ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO Dois) A AV Consultores é uma sociedade
sua representação em juízo e fora dele, activa
(Casos omissos) unipessoal por quotas e rege-se pelas normas
ou passivamente será exercida pelo sócio que
específicas aplicáveis a este tipo de sociedade,
desde já fica nomeado sócio – Administrador As dúvidas e omissões no presente estatuto
com dispensa de caução e dispondo dos mais pelo presente contrato e pelas demais disposições
serão reguladas por disposicoes do Codigo
amplos poderes legalmente consentidos sempre Comercial e demais legislacão vigente legais aplicáveis.
com a sua assinatura para execução e realização e aplicavél na República de Moçambique. Três) A AV Consultores tem o NUIT
de todos actos da sociedade podendo ainda ele 116008319.
Está conforme.
havendo necessidades, outorgar e/ou assinar
procuração que pretende conferir a pessoas Maputo, cinco de Fevereiro de dois mil ARTIGO SEGUNDO
estranhas à sociedade da sua livre escolha. e treze. — A Ajudante, Ilegível.
Em caso algum poderá o administrador (Sede)
ou mandatários obrigar a sociedade em actos Um) A sociedade tem a sua sede na Avenida
e documentos que não digam respeito as Formaco, Limitada
de Gungunhana, número mil e duzentos e
operações sociais, tais como letras de favor,
Certifico, para efeitos de publicação, que catorze, Matola, Moçambique.
fianças e abonações.
por acta do dia vinte e nove do mês de Agosto Dois) Mediante deliberação da administração,
ARTIGO SEXTO de dois mil e onze da sociedade Formaco, a sociedade poderá abrir sucursais, filiais ou
Limitada, com o capital social de vinte mil qualquer outra forma de representação no país
(Obrigações)
meticais, reunido na sua totalidade deliberou e no estrangeiro, bem como transferir a sua sede
Um) A sociedade fica obrigada pela se sobre a sessão de quotas detida pela sócia social para qualquer outro local do território
assinatura do sócio único. Ginoca Zacarias Chirindza a favor da sócia nacional.
11 DE MARÇO DE 2013 698 — (23)

ARTIGO TERCEIRO c) Pela assinatura de mandatários/ cento e quarenta e um a folhas cento e oitenta
procuradores, nos termos dos e dois no livro C barra quatro do Registo das
(Objecto social)
respectivos instrumentos de Entidades Legais de Quelimane.
Um) A sociedade tem por objecto a prestação mandato.
de serviços e consultoria nas áreas de gestão CAPÍTULO I
e organização administrativa das empresas, ARTIGO SÉTIMO
Da denominação, sede, duração
marketing, formação, trabalho temporário e (Decisões do sócio único) e objecto
apoio jurídico às empresas.
Dois) No âmbito da sua actividade Nos termos legais, o sócio único exercerá as ARTIGO PRIMEIRO
competências atribuídas às assembleias gerais,
incluem-se as prestações de serviços de (Denominação)
registando em acta as suas decisões.
assistência no âmbito da pesquisa, análise e
A sociedade adopta a denominação de ATC
avaliação do mercado e de recursos humanos; ARTIGO OITAVO Consult, Limitada.
cedência de pessoal temporário; assessoria na
(Distribuição de resultados)
concepção e implementação de sistemas de ARTIGO SEGUNDO
arquivo; assessoria na selecção das empresas Os lucros líquidos resultantes do balanço, (Sede e duração)
fornecedoras de programa informáticos de deduzida a percentagem obrigatória para a
gestão de escritório; formação a quadros constituição do fundo de reserva legal, serão A sociedade tem sua sede na cidade de
profissionais nos mais diferentes níveis e em distribuídos ao sócio único, salvo se, por decisão Quelimane, Avenida Heróis de Libertação
deste, forem afectos, total ou parcialmente, à Nacional, podendo, por simples deliberação da
diversas áreas; estruturação, design, gestão e
constituição ou reforço de outros fundos ou assembleia geral transferi-la para outro local
consultoria nas áreas de imagem, comunicação
dentro ou fora da cidade de Quelimane, e o prazo
e marketing, bem como o exercício de outras destinados a outras aplicações específicas.
de duração da sociedade será indeterminado.
actividades complementares ou acessórias da
ARTIGO NONO
sua actividade principal, podendo dedicar-se a ARTIGO TERCEIRO
qualquer outro ramo do comércio ou indústria, (Dissolução e liquidação)
(Objecto)
dentro dos limites legais, nomeadamente a Um) A sociedade dissolve-se nos casos
compra e venda de imóveis, a locação de Um) A sociedade tem em vista a realização
estabelecidos na lei. das seguintes actividades:
imóveis e a importação de mercadorias. Dois) Compete ao sócio único decidir
Três) A sociedade poderá, por deliberação do a) Consultoria nas áreas de construção
sobre a fixação dos poderes dos liquidatários,
sócio único, colaborar com outras sociedades, cívil, agricultura, pecuária, turismo,
incluindo quanto à continuação da actividade
floresta, terra e outros recursos
com objecto igual ou diferente do seu e/ou da sociedade, a obtenção de empréstimos, a
naturais;
adquirir participações em agrupamentos de alienação do património social, globalmente b) Venda de serviços;
empresas e/ou associações sob qualquer forma ou em partes, o trespasse do estabelecimento e c) Café e internet;
não proibida por lei, bem como participar sobre a partilha do cativo, quando a ela houver d) Copias e digitalizações;
directamente ou indirectamente em projectos lugar, em espécie ou em valor. e) Venda de acessorios de informática.
de desenvolvimento que de alguma forma Dois) A sociedade poderá exercer outras
ARTIGO DÉCIMO actividades em qualquer outro ramo de comércio
concorram para o objecto da sociedade.
(Contratos com o sócio único) ou indústria que os sócios resolvam explorar,
ARTIGO QUARTO distintas ou subsidiárias ao objecto principal,
Fica autorizada a realização de negócios desde que para tal tenham as necessárias
(Capital social) jurídicos entre o sócio único e a sociedade desde licenças ou autorizações.
O capital social, integralmente subscrito e que os mesmos sejam necessários à prossecução Três) Compreende-se no objecto da
realizado em dinheiro, é de vinte mil meticais, do objecto da sociedade e obedeçam ao sociedade uma estreita colaboração com
representados por uma única quota, com igual preceituado no artigo trezentos e vinte do os seus clientes e partilha de opiniões com
valor nominal, pertencente ao sócio único Ana Código Comercial. os mesmos, adequando-se à sua forma de
Maria Nobre Viegas. actuar, às suas necessidades e à sua cultura
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO empresarial, para além, da participação directa
ARTIGO QUINTO (Normas subsidiárias)
ou indirecta nos trabalhos de desenvolvimento
e de investimento em áreas relacionadas com o
(Gerência) Em tudo o que estiver omisso, aplicar-se-á seu objecto principal.
Um) A administração da sociedade e a sua as disposições do Código Comercial publicado
pela lei número um barra dois mil e cinco. CAPÍTULO II
representação, em juízo ou fora dele, activa e
passivamente, competirá ao sócio único ou a um Está conforme. Do capital social
gerente nomeado por decisão deste.
Matola, quatro de Março de dois mil e treze. ARTIGO QUARTO
Dois) A sociedade poderá constituir
— O Técnico, Ilegível. (Capital social)
mandatários/procuradores.
O capital social, integralmente subscrito
ARTIGO SEXTO
e realizado em dinheiro, é de cento e cinquenta
(Vinculação da sociedade) ATC Consult, Limitada mil meticais, correspondente a soma de três
quotas desiguais, nos seguintes termos:
A sociedade obriga-se: Certifico, que para efeitos de publicação,
a) Uma quota no valor de cinquenta e um
a) Pela assinatura do sócio único; a sociedade com a denominação ATC Consult- mil meticais, equivalente a trinta e
b) Pela assinatura do gerente nomeado Limitada, com sede na cidade de Quelimane, quatro por cento do capital social
pelo sócio único nos termos do província da Zambézia. Foi matriculada na pertencente ao sócio Abel Sande
artigo anterior; Conservatória de Quelimane sob número mil António Francisco;
698 — (24) III SÉRIE — NÚMERO 20
b) Uma quota no valor de quarenta e ARTIGO OITAVO c) Alteração do Estatuto ou contrato
nove mil, quinhentos meticais, de sociedade;
(Admissão de novos sócios)
equivalente a trinta e três por cento d) Aumento e redução do capital social;
do capital social pertencente ao É inteiramente admissível à entrada de novos e) Transformação, cisão, fusão, dissolução
sócio Cossa de Miranda Filipe; sócios, na sociedade com consentimento dos e liquidação da sociedade.
c) Uma quota no valor de quarenta e sócios mediante deliberação de uma acta de uma
sessão ordinária, na sede da sociedade. ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
nove mil, quinhentos meticais,
equivalente a trinta e três por cento (Fiscalização)
CAPÍTULO III
do capital social pertencente ao A fiscalização dos negócios será exercida
sócio Tomas Fernando Bastique; Da administração, assembleia geral pelos sócios, podendo estes mandatar um ou
e representantes da sociedade mais auditores para o efeito.
ARTIGO QUINTO
ARTIGO NONO
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
(Aumento de capital social e prestações
(Administração e gerência)
suplementares) (Liquidação e dissolução)
Um) A administração e gerência da sociedade
Um) O capital social da sociedade poderá Um) A liquidação da sociedade será feita nos
e sua representação em juízo ou fora dele, activa
ser aumentado uma ou mais vezes mediante termos da lei e das deliberações da assembleia
e passivamente, serão exercidas pelos sócios,
subscrição de novas entradas pelos sócios em geral.
que desde já são nomeados gerentes. Ou
dinheiro ou em outros valores, por incorporação Dois) A sociedade só se dissolve nos termos
Um) A administração e gerência da sociedade
de reservas ou por conversão de créditos que fixados pela lei ou por deliberação da assembleia
e sua representação em juízo ou fora dele,
algum sócio tenha sobre a sociedade, bem como geral.
activa e passivamente, serão exercidas, por um
pela subscrição de novas quotas por terceiros. administrador que fica desde já nomeado o sócio ARTIGO DÉCIMO QUARTO
Dois) Não serão exigidas prestações Abel Sande António Francisco, sem dispensa de
caução, no prazo de dois anos. (Disposições gerais)
suplementares de capital, mas os sócios poderão
fazer os suprimentos de que a sociedade carecer Dois) Sem prejuízo do exposto no número Todos os casos omissos serão regulados pela
de acordo com as condições estipuladas em anterior, o gerente poderá constituir mandatários legislação específica vigente no ordenamento
assembleia geral.Ou para agir em nome dele e em actividades que jurídico Moçambicano.
Dois) Poderão ser exigidas prestações profissionalmente não seja capaz. Quelimane, oito de Novembro de dois mil
suplementares de capital e os sócios poderão Três) Também poderá ser constituído e doze. – O Conservador, Ilegível.
mandatário em caso de impedimento ou
fazer suprimentos à sociedade, de acordo com
incapacidade do sócio gerente.
as condições que forem fixadas pela assembleia
Quatro) A sociedade fica validamente
geral. Asilia Mozambique, Limitada
obrigada perante terceiros nos seus actos e
Três) A liquidação do suprimento efectuado
contratos pela assinatura do administrador ou Certifico, para efeitos de publicação, no
e o período da sua devolução não podem exceder pela assinatura dos mandatários. Boletim da República por escritura lavrada no
os seis meses. Cinco) Em caso algum a sociedade poderá dia seis de Fevereiro de dois mil e treze, a folhas
ARTIGO SEXTO prestar garantias pessoais ou reais a favor da quarenta e três e seguintes do livro de notas
sociedade, excepto se houver interesse próprio número trezentos e dezoito da Conservatória dos
(Cessão e divisão de quotas) da sociedade, justificado por deliberação da Registos e Notariado de Chimoio, a meu cargo,
Um) É livre a cessão ou divisão de quotas assembleia geral. conservador, Armando Marcolino Chihale,
entre os sócios, dependendo do consentimento licenciado em Direito, técnico superior dos
ARTIGO DÉCIMO
expresso da sociedade que goza de direito de registos e notariado N1, em pleno exercício de
preferência na aquisição. (Assembleia geral) funções notariais, a sociedade African Spirit
Dois) Se a sociedade não exercer esse Group, Ltd, empresa registada na República
Um) A assembleia geral ordinária reunirá
direito, os sócios o farão na proporção das suas das Maurícias, segundo normas mauricianas,
duas vezes por ano para apreciar, aprovar ou
representada por Jeroen Alexander Harderwijk,
quotas. modificar o balanço e as contas do exercício e
casado, de nacionalidade holandesa, natural de
Três) A concessão de quotas a estranhos deliberar sobre outros assuntos para que tenha
Leiden, portador do Passaporte n.º BGL190839,
ficam dependentes do consentimento da sido convocada, e extraordinariamente, sempre
emitido na Embaixada da Holanda em Nairobi,
sociedade. que se mostre necessário.
no dia vinte e sete de Fevereiro de dois mil e
Dois) A assembleia geral ordinária e a
ARTIGO SÉTIMO doze, residente na Tanzania e ocasionalmente
assembleia geral extraordinária serão convocadas
em Moçambique, que age na qualidade de
(Morte ou interdição dos sócios) pelo gerente ou por qualquer dos sócios por
gestor, bem como sócio da mesma firma.
correspondência registada com quinze ou oito
Um) Por morte ou interdição de um dos Pelo referido acto foi constituída
dias de antecedência, respectivamente.
sócios a sociedade continuará com seus uma sociedade comercial por quotas de
herdeiros (sucessores) e representantes que ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO responsabilidade limitada, que se rege nos
entre sí escolherão quem exerça os respectivos termos e nas condições seguintes:
(Competência)
direitos enquanto as quotas permanecerem PRIMEIRO
indivisas. Dependem da deliberação da assembleia
Dois) Fica desde já autorizada a divisão de geral os seguinte actos, além de outros que a (Firma, duração e sede)
lei indique:
quotas entre os referidos herdeiros (sucessores) Um) A sociedade adopta a firma Asilia
a) Eleição e destituição da gerência;
dos sócios mencionados na alínea anterior pela Mozambique, Limitada, e vai ter a sua sede na
b) Cessão ou divisão de quotas
forma que eles, entre si, acordarem. Cidade da Beira, Província de Sofala.
da sociedade;
11 DE MARÇO DE 2013 698 — (25)

Dois) A sociedade é constituída por tempo QUINTO bem como em sociedade com objecto diferente,
indeterminado. (Administração) ou reguladas por lei especial, e inclusivamente
SEGUNDO com o capital social de responsabilidade
Um) A administração da sociedade será limitada.
(Mudança da sede e representações) confiada a um ou mais administradores eleitos Dois) É vedado aos sócios solitária ou
Um) A administração poderá deslocar pela assembleia geral. conjuntamente, por si ou por interposta pessoa,
livremente a sede social dentro da província Dois) Compete igualmente a assembleia exercer actividades que coincidam em todo ou
de Manica. geral deliberar sobre a remuneração do(s)
em parte com o objecto da sociedade, salvo nos
Dois) Criação de sucursais, filiais, agências administrador(s).
casos de deliberação da assembleia geral.
ou outras formas locais de representação, no Três) Podem ser elegíveis à gerente
da sociedade os sócios e/ou terceiros estranhos DÉCIMO PRIMEIRO
território nacional ou no estrangeiro deverão ser
a sociedade, ficando este obrigado a prestar
mediante a deliberação da assembleia geral. (Prestações suplementares)
uma caução.
TERCEIRO Os sócios podem deliberar que lhes sejam
SEXTO
exigidas prestações suplementares.
(Objecto social)
(Mandatários ou procuradores)
A sociedade tem por objecto: DÉCIMO SEGUNDO
Por acto da administração, a sociedade
a) Exploração, comercialização, poderá nomear mandatários ou procuradores (Amortização de quotas)
formação, desenvolvimento, gestão da mesma para a prática de determinados actos A sociedade, por deliberação da assembleia
turística, eco-turistica, restauração e ou categorias de actos, atribuindo tais poderes
geral, a realizar no prazo de trinta dias, contados
agenciamento de viagens, transfer e através de procuração.
do conhecimento do respectivo facto, poderá
guias turísticos;
SÉTIMO amortizar qualquer quota, nos casos seguintes:
b) Importação e exportação;
c) Comércio geral; a) Por acordo dos sócios;
(Vinculações)
d) Propriedade imobiliária; b) Por penhora, arresto ou qualquer outro
e) Construção de empreendimentos A sociedade obriga-se com assinatura e actos acto que implique a arrematação ou
do(s) administradores(s). adjudicado ao seu titular;
turísticos e de eco-turíscos;
f) Conservação da reservas e de áreas c) Por parelha judicial ou extrajudicial
OITAVO
turísticas; de quota, na parte em que não foi
g) Prestação de serviços de consultoria (Obrigações de letras de favor, fianças, adjudicado ao seu titular;
nas áreas de turismo, eco-turismo, abonações) d) Por infracção do sócio em outorgar
agrícola, veterinária, pecuária, Um) A administração não poderá obrigar a escritura de cedência da sua quota,
florestal, aquacultura, catering, a sociedade em letras de favor, fianças, depois dos sócios ou a sociedade
safari, agenciamento de viagens e abonações, nem em quaisquer actos semelhantes terem declarado preferir na cessão,
guia turístico; ou estranhos aos negócios sociais. de harmonia com o disposto do
h) Transporte de passageiros de carga; Dois) As obrigações mencionadas no artigo nono deste contrato.
i) Produção, importação, exportação número anterior do presente artigo ocorrerão
DÉCIMO TERCEIRO
e comercialização de produtos, exclusivamente quando a assembleia geral
turísticos, agrícola, fertilizantes e assim o deliberar, por uma maioria simples. (Pagamento pela quota amortizada)
químicos; A contrapartida da amortização da quota, nos
NONO
j) A sociedade poderá alargar o seu casos previsto nas alíneas b), c) e d) do artigo
objecto mediante a deliberação da (Cessação, divisão transmissão de quotas)
anterior, se a lei não dispuser de outro modo,
assembleia geral. Um) Não são permitidas cessões e divisões será igual ao valor da quota segundo o último
de quotas, no todo ou em parte, onerosa ou balanço legalmente aprovado.
QUARTO
gratuitamente, a estranhos, sem a deliberação
(Capital social e distribuição de quotas) por maioria absoluta da assembleia geral. DÉCIMO QUARTO
Dois) No caso de cessação e divisão de
Um) O capital social é de duzentos e cinquenta (Início da actividade)
quotas os sócios gozam, em primeiro lugar,
mil meticais, encontra-se integralmente realizado
a sociedade, em segundo lugar, do direito de A sociedade poderá entrar imediatamente em
e corresponde à soma de duas quotas desiguais,
preferência. actividade, ficando, desde já, o (s) administrador
distribuídas entre os sócios da seguinte forma:
Três) Os casos mencionados nos números (s) autorizado a efectuar o levantamento do
a) Uma quota com o valor de duzentos anteriores do presente artigo, não se aplicam
e quarenta e sete mil, e quinhentos capital social para fazer face ás despesas de
a transmissão mortis causa por herança aos constituição.
meticais, correspondente a noventa descendentes.
e nove por cento do capital social, Está conforme.
Quatro) Caso não hajam descendentes a Chimoio, sete de Fevereiro de dois mil
pertencente a sócia African Spirit quota reverterá a favor da sociedade ou será
Group, Ltd; e treze. − O Conservador, Ilegível.
divida equitativamente entre os sócios, sendo
b) Outra quota, correspondente a um do pago ao herdeiro correspondente a quota.
capital social, pertencente ao sócio
Jeroen Alexander Harderwijk. DÉCIMO Hotel Wimbe Sun, Limitada
Dois) Só será admitida a entrada de novos
(Participação em outras sociedades ou
sócios mediante a deliberação da assembleia Certifico, para efeitos de publicação, no
empresas)
geral. Boletim da República, que por escritura pública
Três) O capital social poderá ser aumentado Um) Mediante prévia deliberação dos sócios de quinze de Fevereiro de dois mil e treze,
ou diminuído, de acordo as necessidades, fica permitida a participação da sociedade em lavrada a folhas um verso à quatro do livro de
mediante a deliberação da assembleia geral. agrupamentos complementares de empresas, notas para escrituras diversas número cento
698 — (26) III SÉRIE — NÚMERO 20
noventa e três, da Conservatória dos Registos e ARTIGO QUINTO Parágrafo segundo: Em consequência
Notariado de Pemba a cargo da Yolanda Luisa do disposto na parte final deste artigo, fica
Aumento do capital social
Manuel Mafumo, conservadora A em serviço expressamente proibido os sócios gerentes
na referida conservatória, foi constituída uma Um) O capital social pode ser aumentado empregar a denominação social e obrigar
sociedade por quotas de responsabilidade, uma ou mais vezes mediante entrada em sociedade em letras de favor, de fiança,
Limitada, denominada por Hotel Wimbi numerários pela incorporação dos suprimentos
abonações em quaisquer outros atos de
Sun, Limitada, entre Fauzia Momade Anifo feitos a caixa pelos sócios ou capitalização
responsabilidade, como multa importância
Sulemane e Ahmad Momade Hanif, que consta de aparte dos lucros ou das reservas para o
de cada obrigação tomada, ainda que ela seja
nos artigos seguintes: que observarão as formalidades previstas no
artigo quarenta e um da lei das sociedades por exigido o seu cumprimento.
ARTIGO PRIMEIRO quotas. Parágrafo terceiro: Fica, porém, desde já
Dois) A deliberação do aumento do capital expressamente estabelecido que todas as letras,
Denominação e sede
indicara se são criadas novas quotas ou se é cheques e quaisquer outro documento que
Um) A sociedade adopta a denominação de aumentado no valor nominal das existentes. envolve responsabilidade e obrigações para
Hotel Wimbi Sun, Limitada, é uma sociedade sociedade, e bastante:
ARTIGO SEXTO
por quotas de responsabilidade limitada e tem a) Assinatura conjunta de dois
a sua sede na Avenida Marginal número sete Prestações suplementares membros de conselho de direção
mil quatrocentos e setenta e dois, Praia de Não haverá prestações suprimentares, mas em conformidade a decisão da
Wimbe-Pemba. qualquer dos sócios poderão fazer a sociedade assembleia geral dos sócios;
Dois) Sempre que se julgar conveniente, os suprimentos que forem necessários e votados b) A assinatura de um procurador
a sociedade poderá criar e manter sucursais, em assembleia, bem como a forma de reembolso, especialmente constituído nos
agencias, delegações ou qualquer outra forma ficando as quantidades emprestadas creditadas termos limites especifico do
de representação social, bem como os escritórios nas contas particulares dos sócios e vencerão o respetivo mandato.
e estabelecimentos indispensáveis em todo o juro que assembleia for determinar.
ARTIGO NONO
território nacional. ARTIGO SÉTIMO
Balanço anual
ARTIGO SEGUNDO Cessão e divisão de quotas
Um) Anualmente será dado um balanço,
Duração Um) Nos termos da legislação em vigor
que fechara com a data de trinta e um de
e obtidas as necessárias autorizações, é livre
A duração da sociedade é por tempo Dezembro.
a cessão ou divisão de quotas entre sócios,
indeterminado, contando se o seu início partir dependendo do consentimento da sociedade, Dois) Os lucros que o balanço registar,
da data da celebração da respetiva escritura quando se destine a entidade estranha a liquido de todas as questões e encargos terão a
pública. sociedade. seguinte aplicações:
Dois) No caso da sociedade não desejar fazer a) A percentagem legalmente indicada
ARTIGO TERCEIRO uso de dinheiro de preferência consagrado no para constituir o fundo de reserva
Objecto
paragrafo anterior então o referido dinheiro legal, enquanto não estiver realizado
pertencera a qualquer dos sócios, e querendo nos termos da lei ou sempre que seja
Um) A sociedade tem por objetivo o mais de uma quota será dividida pelos
necessário reintegra-lo;
exercício de actividade de aluguer de quartos e interessados na proporção das duas quotas.
b) Para outras reservas que sejam
outras actividades similares. Três) No caso de nem a sociedade nem os
resolvidas criar, as quantias que se
Dois) Para o exercício do objecto poderá sócios desejarem usar o mencionado direito de
preferência, então o socio que deseje vender a determinarem por acordo unânime
a sociedade associar se com outras ou com
sua quota poderá faze-lo livremente a quem e dos sócios;
terceiros, adquiridas quotas, constituir com
como entender. c) Para dividendos os sócios na proporção
outras novas sociedades, tudo de conformidade
das suas quotas, o remanescente.
com as deliberações da assembleia geral ARTIGO OITAVO
mediante as competentes autorizações, licenças ARTIGO DÉCIMO
Administração e gerência da sociedade
ou alvarás exigidos por lei.
Convocatória a assembleia geral
Três) A sociedade poderá exercer atividade A administração e gerência da sociedade
em qualquer outro ramo de comercio ou pertencem e serão exercidas pelos dois sócios A assembleias gerais quando a elas haja lugar
indústria ou turismo que os sócios ressalvam Fauzia Momade Anifo Sulemane e Ahmad e a lei não exija outra forma serão convocadas
Momade Hanifo, podendo qualquer deles por meio de cartas registadas dirigidas aos
explorar e para as quais e detenham as
representar a sociedade em juízo e fora dele,
necessárias autorizações. sócios com oito dias de antecedência.
ativa e passivamente e usar a denominação
ARTIGO QUARTO social, a qual, porém, só será em atos e ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
operações que digam respeito a sociedade e o
Capital social seu objetivo. Dissolução e liquidação
Parágrafo primeiro: Fica desde já nomeado
O capital social, totalmente subscrito e Dissolvendo se a sociedade por acordo dos
a administração e gerência da sociedade que
realizado em dinheiro, é de dois milhões de sócios, todos serão liquidatários, fazendo a
será exercida, em juízo e fora dele, ativa e
meticais, divididos em duas partes de quotas partilha dos bens sociais para se concentrarem,
passivamente, por todos sócios, com dispensa
iguais pertencentes respectivamente aos sócios de caução, bastando a assinatura individual de mas desde já determinarem o direito de licitação
Fauzia Momade Anifo Sulemane e Ahmad qualquer um deles, para validamente obrigar a para o caso de mais um deles ficar com o ativo
Momade Hanif. sociedade em todos os atos e contratos. e passivo social.
11 DE MARÇO DE 2013 698 — (27)

ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO conexas, complementares ou subsidiárias do é uma sociedade comercial por quotas de
seu objecto principal, desde devidamente responsabilidade limitada, a qual se rege pelos
Morte dos sócios
autorizado por lei. estatutos seguintes:
No caso de falecimento de um dos sócios,
os seus herdeiros exercerão em comum os ARTIGO QUARTO ARTIGO PRIMEIRO
direitos do falecido, enquanto a quota continuar (Capital social) Tipo e firma
indivisa.
O capital social, integralmente subscrito A sociedade é comercial, adopta o tipo
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO e realizado em dinheiro, é de setecentos e de sociedades por quota e a firma é Agrivet
cinquenta mil meticais, pertencente à sócia Chibuto, Limitada.
Disposições finais
Samira Umaia Abdul Gafur.
Em toda a omissão regularão as disposições ARTIGO SEGUNDO
do código comercial da lei das sociedades por ARTIGO QUINTO
Sede
quotas e a restante legislação aplicável e em (Administração e gerência e sua
vigor na República de Moçambique. representação) Um) A sociedade tem sua sede na Avenida
Está conforme. Ngungunhane, número sessenta e oito, no
Conservatória dos Registos e Notariado de A administração e gerência, será exercida Bairro Cidade, na cidade de Chibuto, província
Pemba, vinte de Fevereiro de dois mil e treze. pela única sócia gerente da sociedade, a sócia de Gaza.
− O Conservador, Ilegível. Samira Umaia Abdul Gafur, e em representação Dois) Por simples deliberação da gerência
em juízo e fora dele, activa e passivamente, e podem ser criadas sucursais, agências,
para obrigar a sociedade em todos e qualquer delegações e outras formas de representação
Suissam Comercial acto, é suficiente a assinatura do administrador no território nacional e no estrangeiro.
ou da única sócia gerente que pode delegar
Certifico, por efeitos de publicação no total ou parcialmente tais poderes nos seus ARTIGO TERCEIRO
Boletim da Republica, que por escritura publica mandatários ou procuradores ou a assinatura Objecto
de catorze de Fevereiro de dois mil e doze, de quem estiver a fazer por sua vez.
lavrada a folhas nove verso a onze do livro de Um) A sociedade tem por objecto a venda
notas para escrituras diversas número cento e ARTIGO SEXTO de maquinaria agrícola, incluindo tractores,
um, da Conservatória dos Registos e Pemba a reboques e respectivos pneus em câmaras-de-
(Balanço e contas)
cargo do Diamantino da Silva, técnico médio ar; produtos químicos; insumos agrícolas e
dos registos e notariado e conservador C foi Anualmente será dado um balanço e contas veterinários, incluindo animais vivos, plantas
celebrado uma escritura pública de constituição de resultado de cada exercício encerrado com e sementes.
de sociedade Unipessoal determinada por a referência ao mes de Dezembro. Dois) A sociedade pode adquirir participações
Suissam Comercial de Samira Umaia Abdul em sociedades com objecto diferente daquele
Gafur, que se rege pelos artigos seguintes: ARTIGO SÉTIMO que exerce, ou em sociedades reguladas
(Dissolução e transformação da sociedade) por leis especiais, e integrar agrupamentos
ARTIGO PRIMEIRO
complementares de empresas.
(Denominação) A sociedade dissolve-se por vontade do
sócio, ou nos casos previstos por lei. ARTIGO QUARTO
A sociedade tem a denominação de Suissam
Comercial, é uma sociedade unipessoal, ARTIGO OITAVO Capital social
contando a sua existência a partir da data da
(Casos omissos) O capital social, inteiramente subscrito,
sua legalizacao.
é realizado no acto da assinatura deste
Em tudo quanto fica omisso, regular-se-á instrumento no valor de cinquenta mil meticais,
ARTIGO SEGUNDO
segundo as disposições legais em vigor na divididos em duas quotas de capital pelos
(Sede) República de Moçambique. seguintes sócios:
Um) A sociedade tem a sua sede no Bairro Conservatória dos Registos e notariado de a) Sócio Rodrigues Bernardo Mondlane,
Eduardo Mondlane, Expansão I- Wimbe, cidade Pemba, vinte e cinco de Fevereiro de dois mil subscreve e realiza setenta por
de Pemba, província de Cabo Delgado, podendo e treze.− O Conservador, Ilegível. cento de quotas de capital no valor
abrir sucursais, filiais, delegações ou qualquer de trinta e cinco mil meticais em
outra espécie de representação legalmente moeda corrente no país, neste
prevista no território nacional, bastando para Agrivet Chibuto, Limitada acto;
tal autorização das entidades competentes e é b) Sócio Adriano Carlos Chihanhe,
por tempo indeterminado. Certifico, para efeitos de publicação, que subscreve e realiza trinta por cento
Dois) A sociedade poderá transferir a sua por escritura de vinte e oito de Fevereiro de de quotas de capital no valor de
sede para qualquer localidade do território dois mil e treze, lavrada de folhas cinquenta quinze mil meticais em moeda
nacional por deliberação da assembleia geral. e três e seguintes do livro de notas para corrente no país, neste acto.
escrituras diversas número cento e sessenta e
ARTIGO TERCEIRO três traço B do Cartório Notarial de Xai-Xai, ARTIGO QUINTO
(Objecto social) a cargo do notário, Fabião Djedje, técnico
superior de registos e notariado N2, foi entre Prestações suplementares
Um) A sociedade tem por objecto venda de Rodrigues Bernardo Mondlane e Adriano Carlos Por deliberação dos sócios, podem ser
material de construção. Chihanhe, constituída uma sociedade comercial exigidas prestações suplementares até a um
Dois) A sociedade poderá ainda exercer por quotas de responsabilidade limitada montante global igual ao dobro do capital
directa ou indirectamente outras actividades denominada Agrivet Chibuto, Limitada, social.
698 — (28) III SÉRIE — NÚMERO 20
ARTIGO SEXTO Wimbi Sun Viagens e Turismo, iguais pertencentes respectivamente aos sócios
Concessão de quotas Limitada Altaf Sulemane e Fauzia Momade Anifo
Sulemane.
Um) A concessão de quotas a estranhos Certifico, para efeitos de publicação,
depende do prévio consentimento da no Boletim da República, que por escritura ARTIGO QUINTO
sociedade. pública de quinze de Fevereiro de dois mil e Aumento do capital social
Dois) Na concessão onerosa de quotas treze, lavrada a folhas quatro à sete do livro de
a estranhos terão direito de preferência a notas para escrituras diversas número cento e Um) O capital social pode ser aumentado
sociedade e os sócios, sucessivamente. noventa e três, da Conservatória dos Registos e uma ou mais vezes mediante entrada em
Notariado de Pemba a cargo da Yolanda Luisa numerários pela incorporação dos suprimentos
ARTIGO SÉTIMO Manuel Mafumo , conservadora A em serviço feitos a caixa pelos sócios ou capitalização
Amortização de quotas na referida conservatória, foi constituída uma de aparte dos lucros ou das reservas para o
sociedade por quotas de responsabilidade, que observarão as formalidades previstas no
Um) A sociedade poderá amortizar qualquer limitada, denominada por Wimbi Sun Viagens artigo quarenta e um da lei das sociedades por
quota: eTurismo, Limitada, entre: Altaf Sulemane e quotas.
a) Com o consentimento do titular; Fauzia Momade Anifo Sulemane, que consta Dois) A deliberação do aumento do capital
b) Em caso de morte ou insolovência nos artigos seguintes: indicara se são criadas novas quotas ou se é
do sócio; aumentado no valor nominal das existentes.
c) Em caso de arresto, arrolamento ou ARTIGO PRIMEIRO
penhora da quota; Denominação e sede ARTIGO SEXTO
d) Se esta for cedida sem o prévio
Um) A sociedade adopta a denominação Prestações suplementares
concentimento da sociedade.
de Wimbi Sun Viagens e Turismo, Limitada,
Dois) A quota amortizada figurará no Não haverá prestações suplementares, mas
é uma sociedade por quotas de responsabilidade
balanço, podendo porém os sócios deliberar nos qualquer dos sócios poderão fazer a sociedade
limitada e tem a sua sede na Avenida Marginal
termos legais a correspodente redução do capital os suprimentos que forem necessários e votados
número sete mil quatrocentos e setenta e dois,
ou o aumento do valor das restantes quotas, ou, em assembleia, bem como a forma de reembolso,
Praia de Wimbe-Pemba.
ainda, a criação de uma ou mais quotas de valor ficando as quantidades emprestadas creditadas
Dois) Sempre que se julgar conveniente,
nominal compatível para alienação a sócios ou nas contas particulares dos sócios e vencerão o
a sociedade poderá criar e manter sucursais,
a terceiros. agencias, delegações ou qualquer outra forma juro que a assembleia for determinar.
ARTIGO OITAVO de representação social, bem como os escritórios
e estabelecimentos indispensáveis em todo o ARTIGO SÉTIMO
Direcção território nacional. Cessão e divisão de quotas
Um) A administração e representação
ARTIGO SEGUNDO Um) Nos termos da legislação em vigor
da sociedade são exercidas por directores eleitos
e obtidas as necessárias autorizações, é livre
em assembleia geral. Duração
a cessão ou divisão de quotas entre sócios,
Dois) A sociedade obriga-se com um director
A duração da sociedade é por tempo dependendo do consentimento da sociedade,
ou presidente do conselho de administração.
indeterminado, contando se o seu início partir quando se destine a entidade estranha a
Três) A assembleia geral deliberará se a
da data da celebração da respectiva escritura sociedade.
direcção é remunerada.
pública. Dois) No caso da sociedade não desejar fazer
ARTIGO NONO uso de dinheiro de preferência consagrado no
ARTIGO TERCEIRO
paragrafo anterior então o referido dinheiro
Assembleias gerais pertencera a qualquer dos sócios, e querendo
Objecto
Os sócios podem livremente designar quem mais de uma quota será dividida pelos
Um) A sociedade tem por objecto o exercício
os representará nas assembleias gerais. interessados na proporção das duas quotas.
de representações agências de viagens, operador
Está conforme. turístico, venda de bilhetes de passagens aéreas, Três) No caso de nem a sociedade nem os
Cartório Notarial de Xai-Xai, vinte e oito rent-a-car e outras actividades similares. sócios desejarem usar o mencionado direito de
de Fevereiro de dois mil e treze. −A Técnica, Dois) Para o exercício do objecto poderá preferência, então o socio que deseje vender a
Ilegível. a sociedade associar se com outras ou com sua quota poderá faze-lo livremente a quem e
terceiros, adquiridas quotas, constituir com como entender.
outras novas sociedades, tudo de conformidade
ARTIGO OITAVO
CGM – Compras em Grupo com as deliberações da assembleia geral
de Moçambique, S.A.R.L. mediante as competentes autorizações, licenças Administração e gerência da sociedade
ou alvarás exigidos por lei.
CONVOCATÓRIA Três) A sociedade poderá exercer actividade A administração e gerência da sociedade
em qualquer outro ramo de comércio ou pertencem e serão exercidas pelos dois sócios
Convoca-se a Assembleia Geral ordinária da
indústria ou turismo que os sócios ressalvam Altaf Sulemane e Fauzia Momade Anifo
CGM – Compras em Grupo de Moçambique,
explorar e para as quais e detenham as Sulemane, podendo qualquer deles representar
SARL, que terá lugar na sede social sita na Rua
necessárias autorizações. a sociedade em juízo e fora dele, ativa e
da Imprensa n.º 256 – loja 7, em Maputo, no
passivamente e usar a denominação social, a
próximo dia 25 de Abril pelas 15 horas, com a
ARTIGO QUARTO qual, porém, só será em atos e operações que
seguinte ordem de trabalhos:
digam respeito a sociedade e o seu objectivo.
Aprovação dos relatórios de gestão Capital social
Parágrafo primeiro: Fica desde já nomeado
e contas do exercício de 2012.
O capital social, totalmente subscrito e a administração e gerência da sociedade que
Maputo, 5 de Março de 2013.−O Presidente realizado em dinheiro, é de dois milhões de será exercida, em juízo e fora dele, ativa e
da Assembleia Geral, José Lamego. meticais, divididos em duas partes de quotas passivamente, por todos sócios, com dispensa
11 DE MARÇO DE 2013 698 — (29)

de caução, bastando a assinatura individual de ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO g) Representação, importação,


qualquer um deles, para validamente obrigar a comercialização e exportação de
Morte dos sócios
sociedade em todos os atos e contratos. materiais de construção.
Parágrafo segundo: Em consequência No caso de falecimento de um dos sócios, Dois) Mediante deliberação da assembleia
do disposto na parte final deste artigo, fica os seus herdeiros exercerão em comum os geral, a sociedade poderá deter e gerir
expressamente proibido os sócios gerentes direitos do falecido, enquanto a quota continuar participações financeira no capital de outras
empregar a denominação social e obrigar indivisa. sociedade bem como participar em outros
sociedade em letras de favor, de fiança, empreendimentos e actividades, sob contrato,
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO de associações de natureza empresarial com
abonações em quaisquer outros atos de
responsabilidade, como multa importância Disposições finais ou sem existência de sociedades formalmente
de cada obrigação tomada, ainda que ela seja constituídas.
Em toda a omissão regularão as disposições
exigido o seu cumprimento. do código comercial da lei das sociedades por ARTIGO TERCEIRO
Parágrafo terceiro: Fica, porém, desde já quotas e a restante legislação aplicável e em
expressamente estabelecido que todas as letras, Capital social
vigor na República de Moçambique.
cheques e quaisquer outro documento que Está conforme. Um) O capital social, integralmente subscrito
envolve responsabilidade e obrigações para Conservatória dos Registos e Notariado de e realizado em dinheiro, é de cento e cinquenta
sociedade, e bastante: Pemba, vinte de Fevereiro de dois mil e treze. mil meticais, correspondente à soma de duas
a) Assinatura conjunta de dois − O Conservador, Ilegível. quotas, sendo uma quota no valor de noventa mil
membros de conselho de direção meticais, correspondente a sessenta por cento do
em conformidade a decisão da capital social, pertencente a sócia Lídia Maria
assembleia geral dos sócios; Veiga e Serra Construções, da Veiga e uma quota no valor de sessenta mil
Limitada meticais, correspondente a quarenta por cento
b) A assinatura de um procurador
do capital social, pertencente ao sócio Fausto
especialmente constituído nos
Certifico, para efeitos de publicação, que por Jorge Mascarenhas Serra.
termos limites especifico do
escritura de um de Março de dois mil e treze, Dois) O capital social poderá ser aumentado
respetivo mandato.
lavrada a folhas oitenta e seis e seguintes do quando e nas condições definidas pela assembleia
ARTIGO NONO livro de notas para escrituras diversas número I geral, registadas em acta, observando-se o
traço sessenta do Cartório Notarial de Nampula estipulado pelo código comercial para as
Balanço anual a cargo de Laura Pinto da Rocha, técnica média sociedades por quotas.
dos registos e notariado, foi constituída uma
Um) Anualmente será dado um balanço, ARTIGO QUARTO
sociedade por quotas de responsabilidade,
que fechará com a data de trinta e um de
limitada, entre Lídia Maria da Veiga e Fausto Cessão e alienação de quotas
Dezembro.
Jorge Mascarenhas Serra, nos termos constantes
Dois) Os lucros que o balanço registar, Um) A cessão e alienação total ou parcial
dos artigos seguintes:
liquido de todas as questões e encargos terão a de quotas, onerosas ou gratuita, carece do
seguinte aplicações: ARTIGO PRIMEIRO consentimento da sociedade, que goza do direito
a) A percentagem legalmente indicada de preferência.
Denominação, sede e duração
para constituir o fundo de reserva Dois) Se a sociedade não exercer o direito
legal, enquanto não estiver realizado A sociedade adopta a denominação Veiga de preferência, caberá aos sócios interessados,
nos termos da lei ou sempre que seja e Serra Construções, Limitada, com sede nesta na proporção das suas respectivas quotas,
necessário reintegrá-lo; cidade Nampula, podendo por deliberação procederem a sua respectiva aquisição.
b) Para outras reservas que sejam dos sócios, abrir filiais, sucursais e outras Três) Se nem a sociedade nem os sócios em
resolvidas criar, as quantias que se formas de representação onde e quando julgar conjunto ou isoladamente, exercem o direito de
determinarem por acordo unânime conveniente. preferência consignado nos números anteriores,
dos sócios; poderá a quota ser cedida ou alienada livremente
ARTIGO SEGUNDO a terceiros.
c) Para dividendos os sócios na proporção
das suas quotas, o remanescente. Objecto Quatro) Em caso de morte de um dos sócios,
os herdeiros directos da quota nomearão um
ARTIGO DÉCIMO Um) A sociedade tem como objecto: representante seu para o exercício dos direitos
a) Prestação de serviços de construção junto da sociedade até que a quota se mantenha
Convocatória a assembleia geral
civil, nomeadamente a construção indivisa, podendo posteriormente dividir essa
As assembleias gerais quando a elas haja lugar e manutenção de edifícios mesma quota, devendo ser comunicado a
e a lei não exija outra forma serão convocadas públicos e habitacionais, estradas sociedade para que se proceda ao devido registo
por meio de cartas registadas dirigidas aos e pontes, electricidade e coberturas e respectivas alterações estatutárias.
sócios com oito dias de antecedência. metálicas;
b) Prestação de serviços consultoria ARTIGO QUINTO
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO e assistência técnica na elaboração Administração
de estudos e projectos de arquitectura
Dissolução e liquidação
e engenharia civil; Um) A administração e representaçao
Dissolvendo se a sociedade por acordo dos c) Gestão e fiscalização de obras; da sociedade será exercida pelos sócios Lídia
sócios, todos serão liquidatários, fazendo a d) Construção, montagem, manutenção Maria da Veiga e Fausto Jorge Mascarenhas
partilha dos bens sociais para se concentrarem, e reparação de furos de água; Serra, que desde já ficam nomeados
mas desde já determinarem o direito de licitação e) Fabrico e venda de blocos, tijolos, telhas administradores, sendo suficiente a assinatura
para o caso de mais um deles ficar com o ativo e outros materiais de construção; de um deles para obrigar a sociedade em todos
e passivo social. f) Aluguer de equipamentos; os actos e contratos.
698 — (30) III SÉRIE — NÚMERO 20
Dois) O envolvimento em participações Dois) A assembleia geral poderá constituir quatrocentos e quarenta e nove
financeiras de outras empresas, a transacção reservas especiais e provisões que se achem meticais, passando a deter uma
de bens patrimoniais e aceitação de letras necessárias e recomendáveis aos interesses da quota única no valor nominal
ou financiamentos bancários carecem de sociedade. de vinte e cinco mil meticais,
consentimento da assembleia geral. Três) A parte restante será distribuída aos correspondente a cinco por cento;
Três) Em caso algum a sociedade poderá ser sócios, sob forma de lucro, na proporção da sua d) A sócia Filomena José Matsinhe,
obrigada em fianças, abonações, letras de favor participação no capital da sociedade. participou no aumento de capital
e de mais actos de responsabilidade alheia. social, com vinte e quatro mil e
ARTIGO NONO quatrocentos e quarenta e nove
ARTIGO SEXTO Omissos meticais, passando a deter uma
quota única no valor nominal
Assembleia geral Os casos omissos, regularão às disposições de vinte e cinco mil meticais,
Um) A assembleia geral é o órgão máximo do Código Comercial vigente e demais correspondente a cinco por cento;
legislações aplicáveis em vigor na República e) O sócio Marcelo Bento Novela
de decisão da sociedade e são membros desta
de Moçambique. Júnior, participou no aumento de
os sócios.
Dois) Se outro nível de participação ou Está conforme. capital social, com vinte e quatro
representatividade não for exigido por lei Cartório Notarial de Nampula, um de Março mil e quatrocentos e quarenta e
considera-se constituída legalmente a assembleia de dois mil e treze.−A Técnica, Ilegível. nove meticais, passando a deter
geral que tenha participação pessoal, ou por uma quota única no valor nominal
representação de sócios que no seu conjunto, de vinte e cinco mil meticais,
detenham a maioria do capital social. correspondente a cinco por cento;
PANDOLL – Electricidade f) A sócia Afisa Maimuna Maurício
Três) Salvo os casos previstos na lei ou e Projectos de Iluminação, Sanduana, participou no aumento
estabelecidos nos presentes estatutos, as Limitada de capital social, com vinte e quatro
deliberações são tomadas na base da maioria
mil e quatrocentos e quarenta e
dos votos emitidos. Certifico, para efeitos de publicação, que
nove meticais, passando a deter
Quatro) O presidente da mesa é eleito pela por acta de dezanove de Fevereiro de dois mil uma quota única no valor nominal
assembleia geral por um mandato de dois anos e treze, exarada na sede social da sociedade de vinte e cinco mil meticais,
podendo ser reeleito uma vez. denominada PANDOLL – Electricidade e correspondente a cinco por cento;
Cinco) As assembleias gerais ordinárias Projectos de Iluminação, Limitada, sita na g) O sócio Maurício Nelson Sanduana
ou extraordinárias serão, quando a lei não Machava Sede, Rua da Mulher, número Júnior, participou no aumento de
prescreva uma forma especial, convocadas por seiscentos e setenta e dois, província de capital social, com vinte e quatro
meio de cartas registadas aos sócios com pelo Maputo, registada na Conservatória do Registo mil e quatrocentos e quarenta e
Comercial sob o n.º 100268922, procedeu-se na nove meticais, passando a deter
menos quinze a trinta dias de antecedência
sociedade em epígrafe alargamento do objecto uma quota única no valor nominal
respectivamente.
social, aumento do capital social, alteração de vinte e cinco mil meticais,
Seis) A assembleia geral ordinária reúne-
do número quatro do artigo oitavo e alteração correspondente a cinco por cento;
se uma vez por ano, afim de apreciar e votar h) O sócio Lay Lúcia Maurício Sanduana,
parcial do pacto social, do seguinte modo:
o relatório de gestão, o balanço e as contas participou no aumento de capital
Um) Alargamento do objecto social passando
de cada exercícios económico, para deliberar a constar como, objecto principal: Construção social, com vinte e quatro mil e
sobre a gestão e sobre qualquer outro assunto Civil e Prestação de Serviços; quatrocentos e quarenta e nove
que consta na agenda de trabalho expressa na Dois) Aumento de capital social de vinte mil meticais, passando a deter uma
convocatória. meticais para quinhentos mil meticais, tendo- quota única no valor nominal
Sete) A assembleia geral reúne-se se verificado um aumento no valor nominal de vinte e cinco mil meticais,
extraordinariamente por iniciativa do conselho de quatrocentos e oitenta mil meticais, nas correspondente a cinco por cento.
de administração ou através deste, a pedido de seguintes proporções: Três) Alteração do número quatro do artigo
um dos sócios, os quais deverão apresentar, por oitavo das formas de obrigar a sociedade
a) O sócio Maurício Nelson Sanduana,
escrito, as razões que levam a tal convocatória passando a constar.
participou no aumento de capital
e a proposta de agenda de assuntos a discutir Quatro) A sociedade obriga-se por duas
social, com trezentos e doze mil
e deliberar. assinaturas, nomeadamente: Maurício Nelson
meticais, passando a deter uma
Sanduana e Carolina Cacilda Massango
ARTIGO SÉTIMO quota única no valor nominal
Sanduana.
de trezentos e vinte e cinco mil Que, em consequência do operado
Exercício económico
meticais, correspondente a sessenta alargamento do objecto social, aumento do
O exercício económico corresponde ao ano e cinco por cento; capital social e alteração do número quatro do
civil, encerrando-se o balanço e as contas do b) A sócia Carolina Cacilda Massango artigo oitavo das formas de obrigar a sociedade,
exercícios económico com a data de trinta e Sanduana, participou no aumento ficando assim alterada a redacção dos artigos
um de Dezembro e submetendo-os a aprovação de capital social, com vinte e quatro quarto, quinto e oitavo, passando a ter a seguinte
pela assembleia geral no prazo determinado mil e quatrocentos e quarenta e e nova redacção:
por lei. nove meticais, passando a deter
ARTIGO OITAVO uma quota única no valor nominal ARTIGO QUARTO
de vinte e cinco mil meticais, (Objecto social)
Aplicações dos resultados
correspondente a cinco por cento;
Um) Dos lucros apurados em cada exercício c) O sócio Aida Maurício Sanduana, A sociedade tem por objecto principal:
económico deduzir-se-á primeiro a percentagem participou no aumento de capital a) Construção civil e prestação de
para a constituição do fundo de reserva legal. social, com vinte e quatro mil e serviços;
11 DE MARÇO DE 2013 698 — (31)

b) --- Grupo Impacto, Limitada Zambezi Logistics, Limitada


c) ---
d) --- Certifico, para efeitos de publicação, que por Certifico, para efeitos de publicação, que
acta de onze de Fevereiro de dois mil e treze, da por acta de cinco de Outubro de dois mil e
ARTIGO QUINTO
sociedade Impacto – Formação e Consultoria, doze, a sociedade Zambezi Logistics, Limitada,
(Capital social) Limitada, matriculada sob o NUEL 100342952, matriculada na Conservatória dos Registos de
deliberaram sobre a cedência de quota da Entidades Legais à dez de Setembro de dois
O capital social, integralmente subscrito
empresa, consequente alteração do artigo mil e dez, com NUEL 100176688, deliberou
e realizado em dinheiro, é de quinhentos mil
primeiro e quarto dos estatutos, os quais o seguinte:
meticais, correspondente à soma de oito quotas
passaram a ter a seguinte nova redacção: a) Ceder setenta porcento da sua quota
desiguais, assim distribuídas:
a uma empresa sul-africana,
a) Uma quota no valor nominal de ARTIGO PRIMEIRO
denominada Servest;
trezentos e vinte e cinco mil
A sociedade adopta a denominação de Grupo b) Que pretendem alterar a denominação
meticais, correspondente a sessenta
Impacto, Limitada. social, passando a denominar-se
e cinco por cento do capital social,
Servest Marine, Limitada;
pertencente ao sócio Maurício
ARTIGO QUARTO c) Que pretendem aumentar o seu
Nelson Sanduana;
capital, dos actuais cem mil
b) Uma quota no valor nominal de vinte e O capital social, integralmente subscrito
meticais para trezentos e trinta e
cinco mil meticais, correspondente e realizado em dinheiro, é de vinte mil
três mil e trezentos e trinta e três
a cinco por cento do capital social, meticais correspondente à soma de sete meticais, que estará dividido da
pertencente a sócia Carolina Cacilda quotas desiguais assim distribuídas: seguinte maneira; setenta porcento,
Massango Sanduana;
a) Uma quota no valor de cinco mil e equivalente a duzentos e quarenta
c) Uma quota no valor nominal de vinte e
duzentos meticais equivalente a e nove mil novecentos e noventa
cinco mil meticais, correspondente
vinte e seis porcento do capital, e nove meticais e setenta e cinco
a cinco por cento do capital social,
pertencente ao sócio Justino centavos pertencente a Servest,
pertencente a sócia Aida Maurício
Majoque Chemane; empresa sul-africana e o restante
Sanduana;
b) Uma quota no valor de cinco mil trinta porcento, dividido entre os
d) Uma quota no valor nominal de vinte e
meticais equivalente a vinte sócios Athol Murray Emerton e
cinco mil meticais, correspondente
e cinco porcento do capital, Karrel Petrus Minnar Meyer, em
a cinco por cento do capital social,
pertencente ao sócio Jorge quinze porcento para cada um,
pertencente a sócia Filomena José
Américo Mutimba; no valor de quarenta e um mil
Matsinhe;
c) Uma quota no valor de dois seiscentos sessenta e seis meticais
e) Uma quota no valor nominal de vinte e
e sessenta e três centavos; e
cinco mil meticais, correspondente e quatrocentos meticais
d) A indicação dos senhores Julian
a cinco por cento do capital social, equivalente a doze porcento
Craig Hurrie, de nacionalidade
pertencente ao sócio Marcelo Bento do capital, pertencente ao
sul-africana, titular do Passaporte
Novela Júnior; sócio José Manuel Mendes
n.º 459435729, de dezoito de Março
f) Uma quota no valor nominal de vinte e Delgado;
de dois mil e seis, válido por dez
cinco mil meticais, correspondente d) Uma quota no valor de dois
anos e o senhor Raj Sewdarsan,
a cinco por cento do capital social, e quatrocentos meticais
pertencente a sócia Afisa Maimuna de nacionalidade sul-africana, com
equivalente a doze porcento
Maurício Sanduana; Passaporte nº 483789379 de vinte
do capital, pertencente ao sócio
g) Uma quota no valor nominal de vinte e e seis de Fevereiro de dois mil e
Manuel Augusto Marques
cinco mil meticais, correspondente nove, como os representantes da
Janeiro; Servest e os sócios Karrel Petrus
a cinco por cento do capital social, e) Uma quota no valor de mil e
pertencente ao sócio Maurício Minnar Meyer e Athol Murray
seiscentos meticais equivalente Emerton, como Administradores
Nelson Sanduana Júnior; a oito do capital, pertencente ao
h) Uma quota no valor nominal de vinte e da empresa, sendo que para
sócio Carlos Alberto Franco; obrigar a sociedade em qualquer
cinco mil meticais, correspondente
f) Uma quota no valor de mil e acto obrigatória a assinatura de
a cinco por cento do capital social,
seiscentos meticais equivalente pelo menos dois destes, até a
pertencente a sócia Lay Lúcia
a oito do capital, pertencente ao eleição e/ou escolha dos gerentes
Maurício Sanduana.
sócio Nelson Manuel Torcato e directores da sociedade, com os
ARTIGO OITAVO Sales; poderes definidos, para cada acto.
g) Uma quota no valor de mil meticais E também que por acta de dez de Fevereiro de
(Administração e representação)
equivalente a cinco porcento dois mil e doze, concordaram em acrescentar as
Um) --- do capital, pertencente ao seguintes actividades ao objecto da sociedade:
Dois) --- sócio Maria José Dias Prates a) Transporte comercial marítimo,
Três) --- Rodrigues da Encarnação; rodoviário, ferroviário, aéreo e
Quatro) A sociedade obriga-se por duas
h) Uma quota no valor de oitocentos cargas e passageiros;
assinaturas, nomeadamente: Maurício
meticais equivalente a quatro b) Agenciamento de navios;
Nelson Sanduana e Carolina Cacilda
porcento do capital, pertencente c) Assistência e gestão de tripulação
Massango Sanduana.
ao sócio Jorge Paulo Cunha marítima, aérea e rodoviária; e
Cinco) ---
d) Abastecimento e suprimento com
Está conforme. Gonçalves.
viveres, incluindo combustíveis,
Maputo, vinte e cinco de Fevereiro de dois Maputo, onze de Fevereiro de dois mil a meio marítimos, aéreos e
mil e treze. — O Técnico, Ilegível. e treze. — O Técnico, Ilegível. rodoviários.
698 — (32) III SÉRIE — NÚMERO 20
Em consequência disto ficam alterados os Dois) Todos serão administradores SCAN− Advogados
artigos primeiro, terceiro, quarto e sétimo, que da sociedade, sendo que, para obrigar a & Consultores, Limitada
passarão a ter a seguinte redacção: sociedade em qualquer acto obrigatória a
assinatura de pelo menos dois destes aqui Certifico, para efeitos de publicação, que por
ARTIGO PRIMEIRO indicados administradores, até a eleição acta de seis de Novembro de dois mil e nove, da
Denominação e sede e/ou escolha dos gerentes e directores da sociedade SCAN – Advogados & Consultores,
sociedade, em assembleia geral. Limitada, matriculada sob NUEL 100097184
A sociedade adopta a denominação
Conservatória do Registo das Entidades foi deliberado a rectificação da redacção do
Servest Marine, Limitada e tem a sua sede
Legais de Maputo, vinte e oito de Fevereiro de artigo quarto do contrato de constituição.
na cidade de Maputo, Avenida Mártires
de Inhaminga, recinto portuário, portão dois mil e treze. — O Técnico, Ilegível.
ARTIGO QUARTO
número quatro, podendo por deliberação
da assembleia geral, mudar a sua sede, O capital social, integralmente
ou abrir e cerrar sucrussais dentro e fora Moz I Cat, Limitada subscrito e realizado em dinheiro, é de
do país, sempre que for conveniente o cem mil meticais, correspondente à soma
fazer. Certifico, para efeitos de publicação, que de cinco quotas, sendo uma no valor
..................................................................... por escritura de vinte e seis de Fevereiro de nominal de sessenta e cinco mil meticais,
ARTIGO TERCEIRO dois mil e treze, lavrada a folhas cinquenta e representando sessenta e cinco por cento
oito e cinquenta e nove do livro de notas para do capital social, pertencente ao sócio
Objecto
escrituras diversas número oitocentos quarenta Francisco Xavier Vaz de Almada de
Um) mantém-se: e nove traço B do Primeiro Cartório Notarial de
Avillez, uma quota no valor nominal de
a) Idem; Maputo, perante Arnaldo Jamal de Magalhães,
dez mil meticais, correspondente a dez
b) é também objecto da sociedade, licenciado em Direito, técnico superior dos
por cento do capital social, pertencente
o Transporte comercial registos e notariados N1 e notário do referido
marítimo, rodoviário, ao sócio Paulo Sérgio Levy Martins
cartório, os sócios deliberaram a divisão e
ferroviário, aéreo e cargas e Centeio, uma quota no valor nominal de
cessão total de quotas do sócio Lourenço
passageiros, agenciamento de José Franco, sendo uma no vaklor nominal de dez mil meticais, correspondente a dez
navios, assistência e gestão por cento do capital social, pertencente
quinhentos meticais a favor do sócio Andries
de tripulação marítima, aérea à sócia Margarida Oliveira da Silva, uma
Johan Gibhard, perfazendo um total de vinte e
e rodoviária, abastecimento quota no valor nominal de sete mil e
e suprimento com viveres, cinco mil meticais e outra no valor nominal de
doze mil e duzentos cinquenta meticais a favor quinhentos meticais, correspondente a sete
incluindo combustíveis,
a meio marítimos, aéreos e de Lúcio Guilherme da Silva Neto, perfazendo ponto cinco por cento do capital social,
rodoviários. um total de vinte e cinco mil meticais. pertencente ao sócio Gil Eusébio Cambule
Dois) mantém-se; e Que em consequência desta deliberação e uma quota no valor nominal de sete mil e
Três) mantém-se. fica alterada a composição do pacto social no quinhentos meticais, correspondente a sete
seu artigo terceiro, que passa a ter a seguinte ponto cinco por cento do capital social,
ARTIGO QUARTO nova redacção: pertencente à sócia Oldivanda Carla Júlio
Capital social Bacar Mavunja.
ARTIGO TERCEIRO
O capital social, integralmente O Técnico, Ilegível.
subscrito é de trezentos e trinta e trinta e (Capital social)
três mil e trezentos e trinta e três meticais, O capital social, integralmente
subdividido entre os sócios, da seguinte BIM – Banco Internacional
subscrito e realizado em dinheiro, é no
forma; setenta porcento, equivalente a de Moçambique, S.A.
valor nominal de cinquenta mil meticais,
duzentos e quarenta e nove mil novecentos
dividido em duas quotas iguais, assim 30.ª Assembleia Geral
e noventa e nove meticais e setenta e cinco
distribuídas:
centavos pertencente a Servest, empresa CONVOCATÓRIA
sul-africana, quinze porcento, equivalente a) Uma quota no valor nominal de
a quarenta e um mil seiscentos sessenta e vinte e cinco mil meticais, o Convoco os senhores accionistas do BIM -
seis meticais e sessenta e três centavos, correspondente a cinquenta Banco Internacional de Moçambique, SA., para
para o sócio Athol Murray Emerton e por cento do capital social reunirem em Assembleia Geral ordinária, pelas
quinze porcento equivalente a quarenta e 10h:00 do dia 27 de Março de 2013, na sala
pertencente ao sócio Andries
um mil seiscentos sessenta e seis meticais Chanfuta do Indy Congress Hotel, na cidade
Johan Gibhard;
e sessenta e três centavos para o sócio de Maputo.
b) Outra no valor nominal de A ordem de trabalhos será a seguinte:
Karrel Petrus Minnar Meyer.
............................................................ vinte e cinco mil meticais, o
1. Deliberar e aprovar o relatório de gestão
correspondente a cinquenta
ARTIGO SÉTIMO e as contas do exercício, incluindo
por cento do capital social,
o balanço e a demonstração de
Gerência pertencente ao sócio Lúcio resultados, bem como o relatório
Um) A administração e gestão da Guilherme da Silva Neto. e parecer do Conselho Fiscal,
sociedade, bem como a sua representação Que em tudo o não mais alterado por esta respeitantes ao exercício findo em
em juízo e fora dele, activa e passivamente escritura, continua em vigor as disposições do 31 de Dezembro de 2012;
será feita pelos senhores Julian Craig pacto social. 2. Deliberar e aprovar a proposta de
Hurrie, o senhor Raj Sewdarsan, em aplicação de resultados;
Está conforme.
representação da sócia SERVEST e pelos 3. Proceder à eleição dos membros do
sócios Karrel Petrus Minnar Meyer e Maputo, cinco de Março de dois mil e treze. Conselho Fiscal para o exercício
Athol Murray Emerton. — A Ajudante, Ilegível. de dois mil e treze;
11 DE MARÇO DE 2013 698 — (33)

4. Apreciar e deliberar sobre quaisquer Mesa da Assembleia Geral, do Cimpan, Limitada


outros assuntos de interesse Conselho de Administração e da
para a sociedade que lhe sejam Comissão de Vencimentos, para o Certifico, para efeitos de publicação, que
presentes. triénio 2013-2015. por deliberação de vinte sete dias do mês de
Em cumprimento do disposto na lei, 4. Proceder à eleição dos membros do Outubro de dois mil e doze, da sociedade
encontrar-se-ão à disposição dos senhores Conselho Fiscal para o exercício
accionistas, para consulta, na Secretaria Geral Cimpan, Limitada, uma sociedade regida pela
de dois mil e treze.
do Banco, sita na sua sede social, a partir do lei moçambicana, com o capital social de cem
5. Apreciar e deliberar sobre quaisquer
dia 23 de Fevereiro de 2013, os documentos mil meticais, matriculada nos livros do Registo
necessários à discussão dos pontos 1 e 2 outros assuntos de interesse
para a sociedade que lhe sejam Comercial de Nampula sob o número seiscentos
constantes da ordem de trabalhos.
Nos termos do disposto nos estatutos presentes. e noventa e seis, a folhas cento e cinquenta
do banco, é condição de participação na Em cumprimento do disposto na lei, e sete verso do livro C traço dois, os sócios
Assembleia Geral a comprovação da qualidade encontrar-se-ão à disposição dos senhores deliberaram a alteração do artigo quarto do
de accionistas à data de 19 de Março de 2013, accionistas, para consulta, na Secretaria-Geral
mantendo a titularidade ao tempo da Assembleia. contrato social, o qual passa a ter a seguinte
da Sociedade, sita na sua sede social, a partir nova redacção:
Para tal, deverão os senhores accionistas obter
os documentos comprovativos da titularidade do dia 22 de Fevereiro de 2013, os documentos
das acções junto do Intermediário Financeiro necessários à discussão dos pontos 1 e 2
constantes da ordem de trabalhos. ARTIGO QUARTO
em que tiverem depositado as respectivas
acções até as 17:00 horas do dia 19 de Março Maputo, 19 de Fevereiro de 2013. O capital social, integralmente realizado
de 2013, sendo que, no caso dos Accionistas que — O Presidente da Mesa da Assembleia Geral, em dinheiro, é de cem mil meticais
tiverem as suas acções depositadas no Banco Narciso Matos.
Internacional de Moçambique, S.A., deverão dividido em duas quotas desiguais:
dirigir-se à Área de Conservadoria e Títulos, a) Uma quota com o valor nominal de
sita na sede social do Banco, na Avenida 25
de Setembro, n.º 1800, 7.º andar, na cidade de oitenta e sete mil e quinhentos
Maputo. Oceana Distribution, Limitada meticais, correspondente oitenta
Os senhores accionistas que pretenderem e sete vírgula cinco por cento do
fazer-se representar na Assembleia Geral, Certifico, para efeitos de publicação que por capital social, a Companhia
deverão, para além dos actos previstos no Acta de vinte de Fevereiro de dois mil e treze,
parágrafo anterior, dirigir carta ao Presidente Industrial da Matola, S.A.
a sociedade Oceana Distribution, Limitada,
da Mesa da Assembleia Geral, indicando outro com sede na Rua das Estâncias 1030, cidade b) Uma quota com o valor nominal de
accionista, cônjuge, descendente ou ascendente de Maputo, deliberou em Assembleia Geral doze mil e quinhentos meticais,
ou, ainda, advogado ou administrador da Extraordinária sobre cedência total das quotas correspondentes doze vírgula
sociedade, constituídos por procuração com
dos sócios Abdul Kader Sabra e Abdul-Ghani cinco por cento do capital
indicação dos poderes conferidos e prazo
determinado de, no máximo, doze meses. Sabra a favor dos sócios Ahmade Aiobo Abbá social, pertencente a Cimpan,
Os documentos relativos à indicação de e Mahomed Hassim Omar Torania , alterando –
Limitada.
representação deverão ser entregues na sede se assim o artigo terceiro e sexto dos estatutos,
social do Banco até às 17:00 horas do dia passando a ter a seguinte nova redacção. Os restantes artigos dos estatutos permanecem
25 de Março de 2013. inalterados.
ARTIGO TERCEIRO
Maputo, 19 de Fevereiro de 2013. Está conforme.
A Presidente da Mesa da Assembleia Geral, Capital social
Nampula, sete de Novembro de dois mil
Esperança Alfredo Samuel Machavela. O capital social, integralmente subscrito e doze. — O Conservador, Ilegível.
e realizado em bens é de um milhão de
meticais, correspondente á soma de duas
Seguradora Internacional quotas iguais assim distribuídas.
de Moçambique, S.A. Arco & Via
a) Mahomed Hassim Omar Torania,
28.ª Assembleia Geral com uma quota de quinhentos Certifico, para efeito de publicação, que por
mil meticais correspondente a ter saido inexato ao 4º suplemento do Boletim da
CONVOCATÓRIA cinquenta por cento do capital República n.º 46 III série de vinte de Novembro
Convoco os senhores accionistas da social; de dois mil e doze onde se lê: ``Martinho
Seguradora Internacional de Moçambique, SA., b) Ahmade Aiobo Abbá, com
Augusto Pestana Coelho, de nacionalidade
para reunirem em Assembleia Geral ordinária, uma quota de quinhentos mil
pelas 10h 00 do dia 26 de Março de 2013, na meticais correspondente a portuguesa, casado sob regime de comunhão
Sala de Reuniões da Sede, sita no 3.º andar da cinquenta por cento do capital de bens adquiridos onde reside acidentalmente
Avenida 25 de Setembro n.º 1800, nesta cidade social. nesta cidade de Maputo portador do Passaporte
de Maputo. n.º AM923061, emitido a trinta de Março de
A ordem de trabalhos será a seguinte: ARTIGO SEXTO
dois mil e doze´´, Deve-se ler: ´´Martinho
1. Deliberar e aprovar o relatório de gestão Administração
e as contas do exercício, incluindo Augusto Pestana Coelho, de nacionalidade
o balanço e a demonstração de A gestão e administração da sociedade portuguesa, casado sob regime de comunhão
resultados, bem como o relatório e e a sua representação em juízo e fora dele, de bens adquiridos onde reside acidentalmente
o parecer do Conselho Fiscal, tudo activa e passivamente será individualmente nesta cidade de Maputo portador do Passaporte
respeitante ao exercício findo em 31 exercida pelos sócios que ficam desde já
de Dezembro de 2012. n.º 55457215 emitido em Porto aos vinte e sete
2. Deliberar e aprovar a proposta de nomeados administradores com dispensa de Dezembro de dois mil.
aplicação de resultados. de prestar caução. Conservatória do Registo de Entidades
3. Apreciar e deliberar sobre a proposta Maputo, vinte e dois de Fevereiro de dois Legais, Maputo, um de Março de dois mil
para a eleição dos membros da mil e treze. — O Técnico, Ilegível. e treze .— O Técnico, Ilegível.
698 — (34) III SÉRIE — NÚMERO 20

Serigrafia Dreamsolutions b) Edição de livros e discos, jornais, especialmente constituído pela gerência, nos
Limitada revistas offset, agenciamento, termos e limites específicos do respectivo
representação de entidades mandato.
Certifico, para efeitos de publicação, que singulares e colectivas, produtos Três) É vedado a qualquer dos gerentes ou
no dia seis de Março de dois mil e treze, foi e marcas relacionadas e outros mandatários assinar em nome da sociedade
matriculada na Conservatória do Registo afins; quaisquer actos ou contratos que digam respeito
de Entidades Legais sob NUEL100368595, c) A sociedade poderá adquirir a negócios estranhos á mesma, tais como letras
uma sociedade denominada Serigrafia participações financeiras em de favor, fianças, aval ou abonações.
sociedade a constituir ou já Quatro) Os actos de mero expediente poderão
Dreamsolutions, Limitada.
constituída ainda que tenha objecto ser individualmente entregues por empregados
É celebrado o presente contrato de sociedade,
social diferente do da sociedade; da sociedade devidamente autorizados pela
nos termos do artigo noventa do código
d) A sociedade poderá exercer outras gerência.
comercial, entre:
actividades desde que para o efeito
Primeiro: Otálio Carlos Maxlhungo, solteiro, esteja devidamente autorizada nos ARTIGO OITO
natural de Maputo, residente em Maputo, Bairro termos da legislação em vigor. Assembleia geral
de Laulane, portador do Bilhete de Identidade
n.º 110500210681B, de doze de Maio de dois CAPÍTULO III Um) A assembleia geral reúne se
mil e dez. ordinariamente uma vez por ano para apreciação
Segundo: Dário Hugo Uamusse, solteiro, ARTIGO QUATRO e aprovação do balanço e contas do exercício
natural de Maputo e residente na cidade de Capital social findo e hipoteca de lucros e perdas.
Maputo, Bairro de Laulane, portador do Bilhete Dois) A assembleia poderá reunir
de Identidade n.º 110101797510P, emitido no O capital social, integralmente subscrito e extraordinariamente quantas vezes forem
dia, dez de Janeiro de dois mil e doze. realizado em dinheiro, é de vinte mil meticais, necessárias desde que as circunstâncias assim o
Terceiro: Rui Macamo, solteiro, natural de correspondentes à soma de três quotas desiguais exijam para deliberar sobre quaisquer assuntos
Maputo cidade e residente na cidade de Maputo, assim constituídas: que digam respeito a sociedade.
no bairro de Laulane, portador do Bilhete de a) Uma quota no valor de oito mil meticais
Identidade n.º 11010029866L, emitido no dia correspondente a quarenta por cento CAPÍTULO IV
sete de Julho de dois mil e dez. do capital social, pertencente ao ARTIGO NOVE
Pelo presente contrato de sociedade outorgam sócio Otálio Carlos Maxlhungo;
e constituem entre si uma sociedade por quotas b) Uma quota no valor de seis mil Dissolução
de responsabilidade limitada, que se regerá pelas meticais, correspondente a trinta por A sociedade só se dissolve nos termos
cláusulas seguintes: cento do capital social, pertencente fixados pela lei ou por comum acordo dos sócios
ao sócio Dário Hugo Uamusse; quando assim entenderem.
CAPÍTULO I c) Uma quota no valor de seis mil
meticais, correspondente a trinta por ARTIGO DEZ
Denominação e sede cento do capital social, pertencente Herdeiros
ARTIGO UM ao sócio Rui Macamo.
Em caso de morte, interdição ou inabilitação
ARTIGO CINCO
A sociedade adopta a denominação Serigrafia de um dos sócios, os seus herdeiros assumem
Dreamsolutions, Limitada, tem a sua sede na Aumento do capital automaticamente o lugar na sociedade com
cidade, Maputo. dispensa de caução podendo estes nomear seus
O capital social poderá ser aumentado ou representantes se assim o entenderem, desde que
Por simples acto de gerência a sede da
diminuído quantas vezes forem necessárias obedeçam o preceituados nos termos da lei.
sociedade poderá ser deslocada para qualquer
desde que a assembleia geral delibere sobre
ponto do país. o assunto. ARTIGO ONZE
A sociedade poderá estabelecer filiais,
sucursais, agências ou quaisquer outras formas ARTIGO SEIS Casos omissos
de representações.
Divisão e cessão de quotas
ARTIGO DOIS Os casos omissos serão regulados pela
Um) Sem prejuízo das disposições legais em legislação vigente e aplicável na República de
Duração vigor a cessão ou a alienação de toda parte de Moçambique.
A sua duração será por um tempo quotas deverá ser do consentimento dos sócios
Maputo, oito de Março de dois mil e treze.
indeterminado, contando se o seu inicio partindo gozando estes de direito de preferência.
Dois) Se nem a sociedade, nem os sócios – O Técnico, Ilegível.
da data da sua constituição.
mostrarem interesse pela quota cedente, este
ARTIGO TRÊS decidirá a sua alienação a quem pelos preços
que melhor entender, gozando o novo sócio Indico Holdings
Objecto dos direitos correspondentes a sua participações
A sociedade tem por objecto: na sociedade. Adenda

a) Prestação de serviços, nas áreas CAPÍTULO III Por ter saído inexacto no Suplemento ao
de, serigrafia, construção Boletim da República n.º 18, III série, de 5 de
ARTIGO SETE
civil, promoção imobiliária, Março de 2013, no artigo segundo, onde se lê:
representações internacionais, Administração “Avenida Joaquim Chissano, número 70 11
contabilidade, sistemas de andar, cidade de Maputo” deve se ler: “Avenida
Um) O administrador tem plenos poderes para
informação, auditoria, consultoria, Zedequias Manganhela, número 309, 1.º andar
nomear os mandatários à sociedade, conferindo
assessoria, transporte, tipografia, porta 11, 1.ª, 1 B, Maputo”.
os necessários poderes de representação.
litografia, formação e capacitação
profissional, monitoria e avaliação Dois) A sociedade ficara obrigada pela Maputo, seis de Março de dois mil e treze.
de projectos; assinatura de um gerente ou procurador — O Técnico, Ilegível.

Preço — 51,51MT
IMPRENSA NACIONAL DE MOÇAMBIQUE, E.P.
698 — (36) III SÉRIE — NÚMERO 20

Preço — 54,54MT
IMPRENSA NACIONAL DE MOÇAMBIQUE, E.P.