Você está na página 1de 7

DIVERGENCIAS GESTALT E OUTROS MODELOS DE PSICOTERAPIA

Gestalt
Comportamental
Psicanálise Trabalha os elementos
O terapeuta manipula os conscientes. As percepções no
estímulos ambientais, modifica O comportamento é causado aqui e agora. Traz a
o comportamento do paciente. por motivação inconsciente, autopercepção (AWARENESS)
que se torna manifesta no através dos experimentos no
Contato direto com sintoma
relacionamento transferencial. aqui e agora.
Gestalt crítica a perspectiva de Pela análise da transferência, a
repressão é suspensa e o Quando o sujeito se aceita ele
que o psicólogo saiba que
inconsciente se torna muda.
comportamento deva ser
modificado. Somente o cliente consciente. Base é o contato. Contato e
sabe de si. presença ativa.
Visão pessimista- a primeira
Crítica ao fato de que somente infância determinante? A experiência imediata do
o sintoma é trabalhado. cliente é trabalhada
Cura pela fala e pela
Condicionamentos permitem o ativamente. Em vez de associar
descoberta do problema.
desaparecimento rápido do livremente enquanto espera a
Gestalt usa experimentos para
sintoma, mas isso não muda o interpretação do terapeuta,
ativar o contato com a
auto conceito. para mudar depois, o paciente
experiência e as sensações
inerentes a ela. é visto como um colaborador,
aprendendo a se autocurar.
Conscientização do conteúdo
recalcado – fala- interpretação O que eu posso fazer para lidar
e cura como consequência. com o medo?

Psicanálise: terapeuta Terapeuta vai estimular que o


interpreta a experiência do cliente fale sobre o medo.
cliente. Como você se sente diante
deste medo?
Uso as regras da abstinência:
Não gratificação do desejo do Quais suas reações diante do
paciente. medo? Quais as sensações do
seu corpo diante da ansiedade.
Encoraja a intelectualização e
não o contato do afeto Admita sua ansiedade... tente
colocar para fora (experimento
Pode reforçar as crenças cadeira quente).
irracionais do paciente
Aplicada a todas a idades.
Gestalt – crítica a Humanismo foi um dos
interpretação e valorização da primeiros modelos a serem
experiência aplicados com grupos.

Cliente na psicanálise se sente Smtoma- linguagem escolhida


etiquetado para expressão. Precisamos
intensificar para escutar.
A psicanálise é mais acessível a
uma camada social restrita,

tem todos possuem aptidão


suficiente para verbalizar o
vivido com riqueza de
detalhes.
Conceitos Fundamentais em Gestalt
Terapia

Gestalt visa promover o crescimento e desenvolver o


potencial humano. Objetiva superar o desempenho dos
papéis e preencher os buracos na personalidade;

A Gestalt objetiva ainda a liberação da personalidade


total e para isso o sujeito precisa liberar sua
espontaneidade.

“Entre a Cila do condicionamento e o as terapias


O que é a Gestalt? estimulantes existe uma coisa: a pessoa que é real, uma
pessoa que se assume”.
Fortalecer autossuporte
para que o sujeito A consciência (AWARENESS) é um dos pontos chaves da
Gestalt-Terapia. É por meio dela que as transformações
realize o contato e o necessárias para o desenvolvimento de cada pessoa são
afastamento desejado. possíveis. Conhecimento do ambiente,
autoconhecimento, escolhas, auto aceitação, e
capacidade de contato.

Atenção a linguagem do corpo: entonação da voz,


respiração, postura. O corpo ressoa o que a fala diz?

Terapeuta ativo e não diretivo, numa autenticidade


seletiva, num envolvimento controlado. Estimula a
liberação das emoções: choro, ternura, agressividade,
dor, ciúme. O objetivo não é dominar as emoções, mas
domá-las e ser maleável e mobilização corporal com
jogos e exercícios, experimentos que ativam a visão,
tato, cheiro e paladar.

Na Gestalt o passado emerge regularmente (GESTALTS INACABADAS- NECESSIDADES NÃO


SATISFEITAS) - Situações não resolvidas no passado, mas que só é abordado quando aflora
espontaneamente no AQUI E AGORA. Contudo a Gestalt utiliza-se de experimentos- técnicas de
MOBILIZAÇÃO CORPORAL E VERBAL- para que o sujeito entre em contato com a situação inacabada
e que possa inclusive sentir e expressar comportamentos e conteúdos mal resolvidos. O terapeuta
INCENTIVA que o cliente experimente resolver as pendências que ate então não haviam sido
resolvidas. E que se aproprie do sentimento ligado a situação não resolvida: “ Eu tenho medo de...”

“Eu tenho ressentimento de’, “ Eu odeio você’...

Quando a situação está fechada, e a próxima situação acabada pode acontecer, o que quer dizer que
nossa vida nada mais é do que um número infinito de Gestalt incompletas. Logo que acabamos uma
situação, surge outra.

O objetivo da psicoterapia na abordagem gestáltica é promover no sujeito a AWARENESS


(conscientização) sobre as reais necessidades (relação FIGURA- FUNDO) do sujeito no aqui e agora.

Por meio da Gestalt-terapia, promove-se uma tomada de consciência global do(a) cliente em
relação a si mesmo(a) e ao mundo em que vive. Dessa forma, a pessoa adquire, efetivamente,
responsabilidade por si e favorece o seu próprio desenvolvimento.

Quando há um sintoma, por exemplo, como ansiedade, fobia, depressão, tique, entre
outros, a Gestalt-terapia entende isso como apenas uma parte do sujeito, que tem sua
totalidade, portanto o foco não fica nessa questão especificamente, mas em sua vida,
seu funcionamento, seus gostos, medos, expectativas, enfim, no sujeito como um todo.
E entende que essa é sua melhor forma de estar no mundo naquele momento, ou seja,
foi seu ajustamento possível, mas que pode ser ressignificado e atualizado e
desenvolvido e melhorado!
COMO NOSSO SELF SE FORMA?

ORGANISMO- qualquer ser vivo que possua


órgãos, que tenha organização e que se Nosso ORGANISMO não está isolado no mundo, ele
auto- regule. se encontra com o outro a procura de um interesse
comum. Assim passamos do EU e VOCÊ para o NÓS.
ORGANISMO UNIFICADO- NÃO SE ADMITE
O NÓS não existimos com o EU e VOCÊ só, é o
DIVISÃO
INTERCÂMBIO DO EU e VOCÊ.
Todo organismo NECESSITA do ambiente
NINGUÉM É AUTOSSUFIENCIENTE
para trocas essenciais.
O indivíduo saudável tem a capacidade de
- O organismo necessita do ambiente
identificar a cada momento suas necessidades e
físico;
suas demandas do meio, realizando
- Ambiente social transformações, dialogando com o outro, manipula
o ambiente para suprir suas necessidades. Nele o
O organismo trabalha como um todo. Nós AJUSTAMENTO CRIATIVO (AUTO- APOIO-
não temos um fígado e um coração. Nós AUTOREGULAÇÃO DO SELF) é sempre presente- o
somos fígado, coração, cérebro que indivíduo vai se ajustando através de acordo de
funcionam de forma COORDENADA. convivência com o meia.
Nossas células são interdependentes.
SOMOS REATIVOS AO CAMPO, SOMOS PARTE DO
A saúde é o equilíbrio saudável da CAMPO;
coordenação de tudo.

Mas não somos só um corpo- Somos


Alguém.

Nós constituímos nosso self através da interação ativa com o meio, é um troca mútua.

Ao longo da nossa vida vamos assimilando o que o mundo nos traz, tal como nós
engolimos os alimentos, vamos engolindo valores, padrões de comportamento, valores
éticos, estéticos e políticos. Não há em nossas mentes nada que não venha do meio.

CRIANÇA- CONTATO COM A MORALIDADE FORÇADA

Neste sentido, o self e a personalidade se desenvolvem no contato com o "outro",


através de processos de ajustamentos criativos, nos quais a criança assume,
gradativamente, uma postura mais consciente, ativa e independente, na busca pela
satisfação de suas necessidades e recuperação de seu equilíbrio no campo organismo-
meio. No entanto, para que isto aconteça, é imprescindível que os contatos mantidos
com a criança sejam suficientemente saudáveis, para que ela possa se diferenciar do
"outro", percebendo-se como ser único, que tem características, necessidades e limites
próprios, com capacidade para autorrealizar-se, transformando ou adaptando-se às
condições do ambiente que lhe cerca.

Esse alimento psicológico não pode ser aceito arbitrariamente, precisamos estruturar,
analisar, separar e dar sentido ao que vem do mundo externo.

As pessoas crescem abocanhando um pedaço de tamanho apropriado: comidas, idéias,


relacionamentos, mastigando e descobrindo se é tóxico ou nutritivo. Se nutritivo ele
assimila e se tóxico ele rejeita (cospe). Muitas pessoas não sabem discriminar o
nutritivo do tóxico.

Ex: muitas pessoas agem contra sua vontade em decorrência na necessidade de


satisfazer as expectativas da sociedade.

Gesltat auxilia a pessoa a AVALIAR E ESCOLHER o que é melhor pra si.


Se a criança vivenciar, com frequência, a experiência de ser aceita e confirmada pelo "outro",
mais tarde ela poderá estabelecer um diálogo consigo mesma, mantendo contato com todos os
aspectos do self, inclusive com aqueles que, aparentemente, são ameaçadores, favorecendo,
assim, seu funcionamento saudável. Se ela tiver que ser como os "outros" desejam que ela seja,
tendo que negar suas diferenças, para não entrar em conflito com eles, ao invés de uma
diferenciação, haverá uma confluência com os mesmos, comprometendo a constituição plena
das fronteiras e das funções do self. "Todo indivíduo, toda planta, todo animal tem apenas um
objetivo inato - realizar-se naquilo que é" (Perls, 1969/1977, p. 52).

ENTRE O ORGANISMO E O MEIO ESTÁ A FRONTEIRA DE CONTATO-


DIFERENÇA ENTRE NOSSO SELF E O SELF DO OUTRO. NOS
RELACIONAMOS COM ESSA FRONTEIRA ATRAVÉS DE IDENFICAÇÃO OU
ALIENAÇÃO

Você vive em função do excesso de contato ou evitando os contatos sociais?

IDENTIFICAÇÃO- SEI QUEM EU SOU E SEI


QUEM ESTÁ EXTERNO A MIM. ALIENAÇÃO- CAUSA DESEQUILIBRIO DO
CAMPO ORGANISMO MEIO- evitação.
Identifico meu movimento- Eu digo que
movimento meu braço; NEURÓTICO- Foge de si e distorce a realidade.
Tem um comportamento petrificado,
Eu diferencio a experiência aqui e a que está lá
previsível, não se ajusta criativamente e não
fora- Não digo eu sento aí, digo você senta ai.
realiza bons contatos, assim como não sabe
O eu pareço mais importante que o outro.
organizar sua fuga. Contudo é bom esclarecer
Eu posso me identificar tão fortemente com que nem toda fuga é negativa.
minha profissão que se eu a perder posso
Temos que avaliar a situação em que ocorrem.
cometer suicídio. “Lembrem-se de quantas
Uma característica do neurótico é não poder
pessoas se suicidaram em 192, pelo fato de
fazer um bom contato, nem organizar sua fuga.
estarem tão identificadas com seu dinheiro
O ideal seria conquistar um padrão rítmico
que a vida sem ele não valia a pena.
conforme nossas necessidades, para isso é
Identificamo-nos com nossas famílias. Se um necessário a capacidade de discriminação.
membro for menosprezado sentimos que
fizeram aquilo conosco.

Se identificam com amigos.


Exemplo de intervenção:

Uma mulher pode ser compreendida e aceita... até quando rejeitada pelo filho. Encenar e viver
esses sentimentos contraditórios por meio de diversos experimentos- desenho, escrita,
dramatização.

Uso do exercício da awareness