Você está na página 1de 251

15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

❰ Costas

Manual de desktop
X-Plane 11
Ultima atualização: 30 de julho de 2020

Sobre este manual

Esta é a versão 11.50 do manual para as versões doméstica e


profissional do X ‑ Plane (X-Plane 11 e X ‑ Plane 11 para Uso
Profissional, respectivamente). A versão mais recente sempre
estará disponível online no site do X ‑ Plane . Manuais em PDF
estão disponíveis em alemão , francês e espanhol . Os Guias de
início rápido estão disponíveis em japonês e chinês .

Para usar este manual, você pode pular para uma seção
clicando em seu título no índice ao lado. Para pesquisar um
termo específico ou conjunto de palavras, pressione “ctrl”
(“command” em um Mac) + “f” e comece a digitar para ser
levado ao termo em qualquer lugar do documento. Para obter
uma versão em PDF deste manual, use um conversor de HTML
para PDF como o pdfcrowd.com .

Se você gostaria de receber um guia gratuito para muitos dos


recursos mais importantes do X-Plane, você pode se inscrever
em nosso curso gratuito por e-mail . Ao se inscrever, você
poderá aprender todos os recursos mais importantes do X ‑
Plane em seu próprio ritmo, sem ter que pesquisar no manual o
recurso de seu interesse. Este curso mostrará como:

1. adicionar nova aeronave ao X ‑ Plane gratuitamente,


2. simular situações de outro mundo (literalmente!), como
voar na reentrada do ônibus espacial na atmosfera,

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 1/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

3. duelo contra seus amigos ou inteligência artificial do X-


Plane,
4. fotografe abordagens para suas pistas favoritas e muito
mais !

Inscreva-se no curso gratuito para obter o máximo do X-Plane.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 2/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Sobre o X-Plane
Visão geral
O X-Plane é o simulador de vôo mais abrangente e poderoso do
mundo para computadores pessoais e oferece o modelo de vôo
mais realista disponível.

O X-Plane não é um jogo, mas uma ferramenta de engenharia


que pode ser usada para prever as qualidades de vôo de
aeronaves de asa fixa e rotativa com incrível precisão.

Como o X-Plane prevê o desempenho e o manuseio de quase


qualquer aeronave, é uma ótima ferramenta para os pilotos
manterem sua moeda em um simulador que voa como o avião
real, para os engenheiros preverem como um novo avião
voará, e para a aviação entusiastas para explorar o mundo da
dinâmica de voo de aeronaves.

Bem-vindo ao mundo dos adereços, jatos, aviões monomotores


e multimotores, bem como planadores, helicópteros e VTOLs. O
X ‑ Plane contém dinâmica de vôo subsônica e supersônica,
permitindo aos usuários prever as características de vôo da
aeronave mais lenta ou mais rápida. O X ‑ Plane inclui mais de
15 aeronaves na instalação padrão, abrangendo a indústria da
aviação e sua história. As aeronaves vão desde o Sikorsky S –
76 e o Cessna 172 até o ônibus espacial e o B – 52 Bomber.
Além disso, cerca de 2.000 modelos de aeronaves adicionais
podem ser baixados da Internet ( X-Plane.org e Google são
bons lugares para começar a procurar), muitos dos quais são
totalmente gratuitos. Se isso não for suficiente, os usuários
podem projetar seus próprios aviões e testá-los!

O pacote completo do cenário X-Plane cobre a Terra em uma


resolução impressionante de 74 latitudes norte a 60 sul. Os
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 3/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

usuários podem pousar em qualquer um dos mais de 35.000


aeroportos ou testar sua força em porta-aviões, plataformas de
petróleo, fragatas (que balançam e balançam com as ondas) ou
helipontos no topo de edifícios. Eles também podem modelar
de forma realista o vôo de um aeromodelo controlado
remotamente, realizar um lançamento aéreo em um X-15 ou
na nave espacial Um da nave-mãe, fazer reentradas na
atmosfera da Terra no ônibus espacial, voar com amigos sobre
o Internet ou uma LAN, jogue água em incêndios florestais ou
atire em porta-aviões à noite em clima tempestuoso e águas
agitadas em um F – 4 danificado. As situações que podem ser
simuladas são incrivelmente diversas!

O clima no X-Plane varia de céu claro e alta visibilidade a


tempestades com vento controlável, cisalhamento do vento,
turbulência e micro rajadas. Chuva, neve e nuvens estão
disponíveis para um desafio de vôo por instrumentos, e
térmicas estão disponíveis para os planadores. As condições
meteorológicas reais podem ser baixadas da Internet,
permitindo aos usuários voar no clima que realmente existe em
sua localização atual!

O X-Plane tem modelagem de falha detalhada, com vários


sistemas que podem falhar manualmente ao comando de um
instrutor ou aleatoriamente quando os usuários menos
esperam! Os usuários podem falhar instrumentos, motores,
controles de vôo, cabos de controle, antenas, trem de pouso ou
qualquer uma das dezenas de outros sistemas a qualquer
momento. Eles também podem fazer com que um amigo ou
instrutor de vôo (localmente ou via Internet, trabalhando na
Estação de Operação de um Instrutor) falhe em componentes
da aeronave sem o conhecimento do piloto. O instrutor pode
alterar a hora do dia, as condições climáticas e o status de
falha de centenas de sistemas e componentes da aeronave.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 4/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Além disso, o instrutor pode realocar a aeronave para um local


de sua escolha a qualquer momento.

Os modelos de aeronaves também são extremamente flexíveis,


permitindo que os usuários criem facilmente pinturas, sons e
painéis de instrumentos para modificar qualquer avião de sua
escolha. Projetos personalizados de aviões ou helicópteros
podem até ser criados e pilotados usando o X ‑ Plane e o
software Plane Maker incluído.

O X-Plane é usado por empreiteiros de defesa líderes mundiais,


forças aéreas, fabricantes de aeronaves e até mesmo agências
espaciais para aplicações que vão desde o treinamento de voo
até o projeto de conceito e teste de voo.

Por exemplo, o X-Plane foi usado em investigações de


acidentes para retratar a visão que os pilotos experimentaram
momentos antes de uma colisão no ar ou para apresentar
graficamente aos júris e juízes as forças que impactam uma
aeronave em vôo. A Scaled Composites usou o X-Plane para
visualizar os voos da Space Ship One para a borda da
atmosfera em seu simulador de treinamento de piloto. Kalitta
usou o X-Plane para treinar seus pilotos para voar de carga
747s no meio da noite. A Northwest e a Japan Airlines usam o
X ‑ Plane para revisão de voo e treinamento. A Cessna usa o X ‑
Plane para treinar novos clientes nas complexidades do Garmin
G1000. Dave Rose usou o X-Plane para otimizar aviões para
suas muitas vitórias em Reno. A NASA usou o X-Plane para
testar a reentrada de planadores na atmosfera marciana, e a
lista continua.

Além disso, o X-Plane recebeu certificação da FAA para uso no


registro de horas para experiência de voo e classificações. Essa
experiência pode fornecer crédito para uma licença de piloto
particular, treinamento recorrente, horas para treinamento de

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 5/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

instrumentos e até mesmo horas para um Certificado de


Transporte Aéreo - isso é bom.

O que o X-Plane inclui


Os instaladores do Windows, Mac e Linux estão incluídos no X ‑
Plane 11. Inclui mais de 70 GB de cenário (cobrindo
essencialmente o mundo inteiro) e mais de 15 aeronaves, com
milhares de aviões disponíveis na web. Os DVDs ou download
digital contêm tudo o que você precisa para rodar o X-Plane -
não há mais nada que você precise comprar. Você receberá
atualizações gratuitas para o X ‑ Plane 11 até que a versão 12
seja lançada, bem como alguns dos melhores serviços ao
cliente e suporte técnico disponíveis.

Enquanto em seu próprio X ‑ Plane representa o simulador de


vôo mais abrangente do mundo, o DVD de instalação também
vem com o Plane Maker, permitindo aos usuários criar
aeronaves personalizadas ou modificar projetos existentes, e o
Airfoil Maker, permitindo aos usuários criar perfis de
desempenho do aerofólio.

A instalação de estoque inclui as seguintes aeronaves:

Cirrus Vision SF50 North American X – 15

Beechcraft Baron 58 Boeing 747-400 e 747-100

Boeing 737-800 Lockheed SR – 71

Cessna 172SP McDonnell Douglas KC – 10 Extender

Stinson L – 5 Sentinel Beechcraft King Air C90B

ASK – 21 planador Boeing B – 52G Stratofortress

Lockheed C – 130 Hercules Space Shuttle Orbiter

McDonnell Douglas F – 4 McDonnell Douglas MD – 80

Sikorsky S – 76 Columbia 400

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 6/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Claro, os milhares de aeronaves disponíveis na Internet


oferecem uma variedade ainda maior. O que se segue é uma
(pequena) amostra do que está por aí:

Beechcraft Bonanza Boeing 727/737/747/787

Mooney M20J 201 Clipper Piper PA – 16

Cometa de Havilland DH – 106 Pitts “Mountain Dew” S2C

Sikorsky S76 StratoCloud Ram-Air

P – 51D Mustang Piper Twin Comanche PA30

Beechcraft King Air 350 Cessna 195

Cessna C150 Bell 222

Douglas A – 4B Skyhawk Ilyushin IL-76

Fiat CR.42 Falco Paris Jet III

Bell 407 Peregrine F222 Firenze

Beechcraft Staggerwing Curtis P – 6 Hawk

Ford Tri-motor Cessna 120

Hawker Sea Harrier FRS1 Airbus A320 / A340 / A380

Sobre as versões do Simulador X ‑ Plane


O X-Plane pode ser usado em uma ampla variedade de
situações, desde uso doméstico até treinamento de vôo
comercial. A instalação padrão é o X ‑ Plane 11 e é perfeito
para quase todos os usuários domésticos. Situações que vão
além do uso doméstico padrão (incluindo o uso em simuladores
comerciais) exigem a compra de uma “chave” USB (uma
unidade flash simples) ou a chave de produto de download
digital específica que é usada para desbloquear os recursos do
X ‑ Plane Professional.

Observe que a certificação FAA de um simulador requer não


apenas que o usuário tenha o X ‑ Plane 11 Professional, mas
também o hardware apropriado (cockpit e controles de vôo)
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 7/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

disponível através da página X-Plane Hardware e empresas


como Precision Flight Controls e Fidelity Flight Simulation .
Isso ocorre porque os sistemas de treinamento de vôo só
podem ser certificados como um pacote completo (uma
combinação de software e hardware). O software comercial
certificado pela FAA está disponível por $ 750 a $ 1.000 por
cópia e o hardware custa de $ 5.000 a $ 500.000. A versão de
varejo do X ‑ Plane comprado em X-Plane.com não écertificado
para treinamento de vôo pronto para uso, uma vez que a
certificação requer uma combinação de software e hardware.
No entanto, o software disponível em X-Plane.com é quase
idêntico ao encontrado nas plataformas full-motion certificadas
pela FAA de US $ 500.000. A maior diferença é que as versões
certificadas pela FAA possuem arquivos personalizados de
aeronaves com painéis de instrumentos maiores, que são
configurados para funcionar com rádios de hardware como os
encontrados em cockpits físicos. A versão certificada pela FAA
também tem algumas das coisas puramente divertidas (como o
vôo espacial) removidas, embora essas situações sejam
simuladas com precisão no X-Plane, assim como o vôo
terrestre subsônico certificado pela FAA.

X-Plane 11 Global

O simulador X-Plane padrão é a cópia de varejo do X-Plane.


Requer um X ‑ Plane 11 Disc 1 DVD ou uma chave de produto
de download digital para cada cópia do X ‑ Plane na rede e
nada mais. Para obter informações adicionais sobre a versão de
download digital do X ‑ Plane 11, consulte este artigo da Base
de Conhecimento .

Muitas cópias do X-Plane em muitos computadores podem ser


conectadas em rede para atuar como visuais externos, cockpits
externos, estações de instrutor e semelhantes. É necessário um
DVD X ‑ Plane Disc 1 ou uma chave de produto de download
digital para cada computador conectado em rede executando o
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 8/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

simulador. Este sistema não pode ser certificado pela FAA ou


qualquer outra autoridade para registrar o treinamento de vôo,
devido ao fato de que ele não faz autoteste para a presença de
controles de vôo ou uma taxa de quadros utilizável. No
entanto, uma vez que apenas um DVD X ‑ Plane Disc 1 ou
chave de produto de download digital é necessário para cada
computador, esta configuração é incrivelmente acessível e fácil
de montar, mesmo que o usuário nunca possa certificar o
sistema.

X-Plane 11 Professional

Esta versão do X ‑ Plane é para uso comercial e simuladores


aprovados pela FAA. Requer uma chave USB X ‑ Plane
Professional ou uma chave de produto de download digital Pro-
Use, além de cada cópia do X ‑ Plane na rede. Esta versão é
muito semelhante à versão de uso doméstico do simulador X ‑
Plane 11, mas permite usos comerciais, verificações de
certificação FAA e capacidade de usar um GPS real. Esta versão
foi projetada para substituir o Microsoft ESP.

A chave USB Pro ou chave de produto de download digital


precisa ser usada para fins comerciais e simuladores aprovados
pela FAA para treinamento de vôo. Ele dá uma mensagem de
uso comercial quando o X ‑ Plane é inicializado, fazendo com
que o X ‑ Plane verifique os controles de vôo e faça o autoteste
da taxa de quadros, conforme exigido para a certificação FAA.
Além disso, a tecla pro permite que você interaja com as
unidades do Garmin Real Simulator.

Finalmente, esta tecla habilita projeções cilíndricas e esféricas


(consulte “ Configuração do projetor para X ‑ Plane Professional
” para obter mais informações).

A chave USB profissional ou o download digital podem ser


adquiridos na página de pedidos do X-Plane.com . Os drivers

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 9/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

de chave USB para Mac OS e Windows podem ser baixados do


site X-Plane.com . Certifique-se de executar esses instaladores
para fazer o X ‑ Plane reconhecer as chaves USB.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 10/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Guia rápido
Este capítulo foi projetado para permitir que um usuário
iniciante do X-Plane coloque o simulador em operação no
menor tempo possível. O objetivo é estar no ar e voando dez
minutos após a conclusão da instalação, enquanto ainda
aprende os fundamentos do simulador.

Este capítulo irá encobrir uma grande quantidade de


informações básicas e a configuração de muitas opções não
essenciais será totalmente ignorada. Ele assume que o
computador em que o X ‑ Plane está sendo instalado é capaz
de executar o simulador com suas opções de renderização
padrão. Para obter os requisitos de sistema mais recentes,
consulte “ X-Plane 11 System Requirements ” na X-Plane
Knowledge Base.

Onde o processo difere entre a instalação no Windows e no Mac


OS X, as diferenças foram observadas.

Depois de decolar inicialmente, você pode continuar lendo o


manual completo ou simplesmente mantê-lo para referência.
Se você tiver problemas ao seguir este guia, verifique o
restante do manual - o problema provavelmente foi abordado
lá e você economizará tempo para você e para o suporte ao
cliente.

Informações detalhadas sobre a instalação e configuração do


X-Plane podem ser encontradas nos capítulos Preparação e
Instalação e Configurando e Ajustando a Instalação do X-Plane
. Informações detalhadas sobre a configuração do joystick
podem ser encontradas no capítulo Configuring and Tuning

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 11/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Your X-Plane Installation , e no capítulo Flight in X-Plane


contém mais sobre como configurar e voar a aeronave.

Instalação de X-Plane
Antes de instalar, recomendamos desinstalar qualquer versão
antiga ou de demonstração do X ‑ Plane. Você pode fazer isso
simplesmente arrastando as pastas antigas do X ‑ Plane para a
sua Lixeira (chamadas de Lixo no Mac OS X).

1. Insira o primeiro DVD do X ‑ Plane em sua unidade de DVD


e espere que ele gire.

Se você adquiriu uma chave de produto de download


digital, baixe o instalador mais recente do X ‑ Plane em
nosso site. Inicie esse instalador e pule para a etapa 3.

2. No Windows, se o sistema operacional não iniciar o


instalador do DVD X ‑ Plane automaticamente, clique no
menu Iniciar e em Meu computador. Clique duas vezes no
DVD XPLANE11 e em “X-Plane 11 Installer.exe”.

Os usuários de Mac precisarão clicar duas vezes no ícone


do DVD do X-Plane na área de trabalho e, em seguida,
clicar duas vezes em “X-Plane 11 Installer.app” para iniciar
o instalador.

3. Quando a janela do instalador aparecer, clique em


Continuar para iniciar o processo de instalação.

Observe que você pode alterar o idioma ou escolher um


sistema operacional diferente para a instalação clicando no
ícone do controle deslizante de configurações no canto
superior direito.

4. Se você comprou uma chave de produto de download


digital, insira-a na tela a seguir. Certifique-se de estar

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 12/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

conectado à Internet o tempo todo durante a instalação.

5. Por padrão, o X ‑ Plane será instalado na área de trabalho.


Embora possa ser instalado em outro lugar, é altamente
recomendável que seja colocado na área de trabalho para
que possa ser encontrado no futuro. Para os fins deste
guia, presumiremos que ele está instalado lá. Clique em
Continue .

6. Aceite o contrato do usuário e clique em Continuar


novamente. É altamente recomendável que você deixe a
caixa para enviar dados de uso anônimos marcada. Isso
permite que a Laminar Research reúna dados anônimos
para fazer atualizações no simulador com base em como
você o usa.

Figura 2.1 : Todos os cenários selecionados para


instalação após clicar em “Selecionar tudo”

7. Selecione o cenário que deseja instalar. As partes do


mundo que estão atualmente selecionadas terão uma cor
azul brilhante (como todos os continentes estão na Figura
2.1). Observe que para regiões onde nenhum cenário está
instalado, apenas oceanos e aeroportos estarão visíveis.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 13/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Se você não tiver certeza de quais áreas estão selecionadas


no momento, apenas clique em Selecionar Nenhum para
desligar tudo (como visto na Figura 2.2). A partir daí, mova
o mouse pelo mapa para destacar as seções do mundo e
clique naquelas que deseja instalar.

Figura 2.2 : Nenhum cenário selecionado para instalação


após clicar em “Selecionar Nenhum”

8. Quando terminar de selecionar o cenário, clique em


Continuar para iniciar a instalação.

O instalador começará a exibir seu progresso. Ao usar DVDs, o


instalador avisará quando for a hora de remover o disco atual e
inserir o próximo. A instalação do DVD pode levar de trinta a
sessenta minutos por disco, e apenas um disco X ‑ Plane pode
estar no sistema de uma vez (o instalador não reconhecerá um
disco colocado em uma segunda unidade de DVD). Observe
que as estimativas de tempo de download digital são baseadas
na velocidade inicial da rede e os tempos reais de instalação
podem variar significativamente.

Recomendamos fortemente que você instale apenas um


pequeno pedaço de cenário agora e adicione mais depois, já

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 14/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

que todo o pacote de cenário ocupa quase 60 GB de espaço e


muito tempo para instalar.

O cenário pode ser adicionado ou removido a qualquer


momento no futuro, executando novamente o instalador. Insira
o Disco 1 se você tiver o conjunto de DVD, mas se estiver
usando uma chave de produto de download digital, o X ‑ Plane
deve se lembrar disso. Caso contrário, insira a chave do
produto quando necessário. Quando o instalador do X-System
aparecer dizendo “Você já tem o X ‑ Plane 11 instalado neste
computador”, clique no botão Adicionar ou Remover Cenário
e proceda como na etapa 7 acima.

Nota: Tendo concluído a instalação, os usuários de Mac


provavelmente desejarão excluir seu diretório de instalação do
X ‑ Plane de seus backups do Time Machine (conforme descrito
no capítulo Preparação e Instalação , na seção “ Considerações
Especiais para Usuários de Mac ”).

Lançando o X-Plane pela primeira vez


1. Certifique-se de que o joystick USB esteja conectado. Para
evitar possíveis problemas, é recomendável que os
controles de vôo sejam conectados diretamente na
máquina em vez de em um hub.

2. Se você possui o conjunto de DVD, coloque o Disco 1 em


sua unidade de DVD.

3. Abra a pasta X-Plane (localizada por padrão na área de


trabalho) e clique duas vezes em 'X-Plane.exe' no Windows
ou 'X-Plane.app' no Mac.

4. Se você tiver uma chave de download digital, o X ‑ Plane


pode solicitar sua chave ou o campo pode ser pré-
preenchido se você tiver inserido a chave do produto antes
(ou seja, durante a instalação). Basta clicar em “Autorizar”
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 15/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

e o X ‑ Plane prosseguirá. Iniciar o simulador sem isso ou


um DVD na unidade irá forçá-lo a funcionar apenas no
modo de demonstração.

Se você usou com sucesso sua chave de produto para


download digital, o X ‑ Plane tentará entrar em contato com
o servidor de autorização em segundo plano sem avisar
você. Portanto, se sua conexão com a Internet for boa e
sua chave de produto não estiver bloqueada, você nunca
poderá notar ou precisar da chave de produto novamente
para voar.

Já que esta é a primeira vez que você iniciou o X-Plane, ele


começará com um tutorial sobre os conceitos básicos de vôo e
uso do X-Plane. Siga as instruções ou use os botões Ignorar
para concluí-lo.

Configurando Funções Essenciais de Yoke /


Joystick
Durante este primeiro lançamento, se você estiver usando
hardware de controle de vôo, o programa pode configurá-los de
forma rápida e automática. Na caixa Joystick ou Yoke não
calibrado que aparece, clique no botão Open Joystick
Calibration e continue com as etapas abaixo.

Observe que um mouse pode ser usado para voar se não


houver um manche ou joystick disponível, embora seja (é
claro) irreal e incômodo. Se for usar o mouse, vá para a seção
“ Configurando um voo ” abaixo.

1. Clique no botão Calibrar ou Calibrar agora (se


necessário).

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 16/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Figura 2.3 : A janela de calibração para um novo garfo

2. Mova cada eixo do dispositivo em toda a sua amplitude de


movimento. Certifique-se de mover todas as alavancas,
bem como a própria alavanca ou garfo.

Observe que se você for incapaz de mover os controles em


toda a sua amplitude de movimento, você pode simplesmente
clicar no botão Aceitar eixo ou Ignorar para cada eixo que o
X-Plane acredita estar não calibrado, mas que você confirmou
que realmente passou por todo o amplitude de movimento.

1. Pressione o botão Avançar para continuar para a tela de


centralização. Solte os controles, pressione Avançar
novamente e espere até que o cronômetro termine.

2. Clique em Concluir para sair da tela de calibração e


retornar à tela principal do joystick.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 17/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Figura 2.4 : A tela de configuração do joystick, após


completar a calibração

3. Se algum eixo não foi reconhecido corretamente durante a


calibração automática, você pode defini-lo com os menus
suspensos na coluna de controles à direita.

Se o seu dispositivo não tiver uma configuração predefinida


no X-Plane, você precisará definir todos os eixos e botões
manualmente, escolhendo as opções de todos os eixos e
opções de botões suspensos.

4. Atribua funções aos botões do joystick, como botão de freio


(se você não estiver usando pedais de leme) clicando no
botão Editar . Observe que, para muitos dos controles de
vôo mais populares, você poderá consultar a imagem
rotulada à esquerda se não tiver certeza de qual botão está
sendo atribuído.

5. Encontre o comando que gostaria de atribuir, como


“Alternar esforço regular de freios”, pesquisando ou
percorrendo a lista. Em seguida, clique em Aplicar .

6. Se os botões parecerem estar faltando na lista nesta tela,


verifique no menu suspenso “Visualizações” para imagens
adicionais do dispositivo que podem ter botões adicionais
mapeados.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 18/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

7. Quando terminar de atribuir funções aos botões, feche a


tela do Joystick pressionando o botão Concluído .

Se a qualquer momento você precisar retornar à tela do


joystick, você pode acessá-la clicando no ícone de
configurações no canto superior direito da tela e indo para a
seção Joystick.

Configurando um Voo
A primeira coisa que você vê ao iniciar o X ‑ Plane é o menu
principal. A partir daqui, você pode optar por sair, retomar seu
último voo, iniciar um novo voo, carregar um voo salvo ou
visitar a Escola de Voo para tutoriais. Se você é novo no X-
Plane ou no vôo, é recomendado que você comece com esta
última opção, Flight School . Caso contrário, para configurar
um novo voo personalizado, clique na opção New Flight para
ir para a tela Flight Configuration.

Figura 2.5 : A tela de configuração de voo

Selecione uma aeronave na lista à esquerda. Você pode


restringir suas opções usando os menus suspensos na parte
superior da tela ou a barra de pesquisa. Clique na estrela no
canto da caixa da aeronave para marcá-la como favorita e
localizá-la rapidamente na próxima vez no topo da lista.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 19/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Escolha um aeroporto para começar pesquisando por Nome,


código ICAO / FAA / IATA ou característica (como “pista de
grama”) na caixa Localização no canto superior direito da tela.
Você pode especificar em qual pista ou rampa começar clicando
no botão Personalizar .

Arraste o controle deslizante na caixa Tempo para alterar as


configurações de nuvem e precipitação entre 8 predefinições
diferentes. Ajuste a hora do dia da mesma maneira.

Quando estiver pronto, clique no botão Start Flight e comece


a voar!

Consulte a seção Configurando Seu Voo para explicações


detalhadas das opções de tela Personalizar para cada aspecto
do voo.

Atualizando sua cópia do X-Plane


Atualizar o X-Plane garantirá que a cópia do X-Plane que você
está usando seja a versão mais estável e rica em recursos
disponível. Atualizações dentro de uma determinada versão do
X ‑ Plane (por exemplo, da versão 11.0 a 11.1 a 11.2) são
gratuitas e recomendadas para praticamente todos os usuários.

Basta iniciar o X-Plane, e se uma atualização estiver disponível,


você verá uma caixa "Atualização disponível" com as opções de
"Ignorar" ou "Atualizar". Clique em Atualizar para que o X ‑
Plane baixe e inicie automaticamente o instalador / atualizador
mais recente. Prossiga com o instalador para atualizar o X ‑
Plane para a versão mais recente.

Se você gostaria de verificar qual versão do simulador está


usando:

1. Vá para Configurações> Geral.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 20/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

2. Clique no botão Sobre o X-Plane no canto esquerdo


inferior.

3. Seu número de versão será listado na seção “Sobre esta


cópia do X-Plane”. Haverá um botão Atualizar X-Plane se
uma atualização estiver disponível. Clicar aqui fará com
que o X ‑ Plane baixe o atualizador mais recente e execute
o atualizador para você.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 21/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Preparação e Instalação
Requisitos de sistema
Dadas as incríveis capacidades e precisão do X-Plane, não é
possível executar uma versão atual do X-Plane em um
computador excepcionalmente antigo. Uma boa regra prática é
que qualquer máquina construída nos últimos 18 a 24 meses
provavelmente será capaz de executar o simulador de maneira
aceitável. Computadores com até cerca de 36 meses podem
ser bons se forem máquinas de primeira linha quando
fabricados. Mesmo se não estivessem, o X ‑ Plane ainda pode
ser capaz de funcionar, embora com suas opções de
renderização desativadas.

Para obter os requisitos de sistema mais recentes, consulte o


artigo da Base de Conhecimento “ X-Plane 11 System
Requirements ”.

O X-Plane 11 requer um computador com pelo menos as


seguintes especificações:

1. CPU: CPU Intel Core i3, i5 ou i7 com 2 ou mais núcleos ou


equivalente AMD. (CPUs dual-core mais lentas que 3 GHz
devem experimentar a demonstração antes de comprar).
2. Memória: 8 GB de RAM
3. Placa de vídeo: uma placa de vídeo compatível com DirectX
11 da NVIDIA, AMD ou Intel com pelo menos 1 GB VRAM

No entanto, para a melhor experiência, recomendamos o


seguinte:

1. CPU: Intel Core i5 6600K a 3,5 ghz ou mais rápido


2. Memória: 16–24 GB de RAM ou mais

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 22/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

3. Placa de vídeo: uma placa de vídeo compatível com DirectX


12 da NVIDIA, AMD ou Intel com pelo menos 4 GB VRAM
(GeForce GTX 1070 ou melhor ou semelhante da AMD)
4. 10 GB de espaço no disco rígido

Para encontrar a velocidade da CPU do seu computador e a


quantidade de RAM, os usuários do Mac podem simplesmente
abrir o Menu Apple e clicar em “Sobre este Mac”.

Para usuários do Windows, você pode abrir o menu Iniciar e


digitar Meu Computador. O aplicativo de desktop “Este PC”
aparecerá na lista. Clique com o botão direito e selecione
“Propriedades”. O painel do sistema será aberto e exibirá as
especificações do sistema.

Embora o X ‑ Plane 11 seja executado no Linux, o X ‑ Plane não


fornece suporte para distribuições específicas; se quiser rodar
no Linux, você precisará experimentar o X ‑ Plane em sua
distribuição para ver se é compatível. Com isso em mente, os
desenvolvedores usaram o Ubuntu 14.04 e 16.04 LTS com
sucesso.

Para Linux, o X ‑ Plane requer o driver proprietário da AMD ou


NVIDIA para funcionar. Você pode conseguir fazer o X ‑ Plane
rodar no driver Mesa / Gallium com uma GPU Intel, mas isso
não é compatível. Não oferecemos suporte para drivers
totalmente abertos para AMD e NVIDIA.

Hardware de exibição

O X-Plane pode ser exibido em qualquer tela, com resoluções


que variam de 1.024 × 768 pixels a 9.999 × 9.999 pixels. Não
faz diferença para o X ‑ Plane qual proporção de aspecto sua
tela tem; se sua proporção de aspecto não corresponder à do
painel de instrumentos que você está usando, o X ‑ Plane irá
simplesmente ampliar ou esticar o painel conforme apropriado
para preencher sua tela.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 23/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

O X-Plane permite o uso de qualquer número de telas para


representar o que você quiser. Vários computadores com várias
cópias do X-Plane podem ser usados para controlar vários
monitores, conectando até cerca de 20 telas para mostrar
qualquer combinação de visualizações imaginável. Muitas
placas gráficas modernas ou tecnologia, como um divisor de
vídeo como o Matrox TripleHead2Go ), podem ser usadas para
gerar vários visuais avançados em uma máquina. Nesse caso,
uma segunda máquina pode ser usada para conduzir a exibição
da cabine ou vista externa, conforme descrito na seção “
Configurando um Simulador de Monitores Múltiplos ”.

Drivers gráficos

O X-Plane, é claro, precisa de uma placa de vídeo decente no


computador em que você deseja executá-lo. Essencialmente,
qualquer placa de vídeo moderna e discreta (ou seja, não
integrada) funcionará bem, embora uma placa de vídeo mais
poderosa e mais cara permita maiores detalhes nos gráficos do
simulador. Tão importante quanto a própria placa gráfica,
porém, são os drivers gráficos do computador (essencialmente,
as instruções que permitem ao X ‑ Plane saber como usar sua
placa gráfica).

Em muitos sistemas, os drivers gráficos necessários já estarão


instalados. No entanto, pode ser necessário atualizar
periodicamente os drivers de vídeo do computador, seja para
corrigir um problema ou para obter o melhor desempenho que
o sistema pode oferecer. Muitas empresas de placas gráficas
fornecem software que pode detectar automaticamente quando
um novo driver está disponível e ajuda a mantê-lo atualizado.
Os usuários de placas de vídeo ATI / AMD podem descobrir
mais e baixar drivers do site da AMD , enquanto os usuários da
NVIDIA podem baixar drivers e software do site da NVIDIA .

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 24/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Antes de atualizar o driver gráfico, recomendamos instalar e


iniciar o X-Plane (de acordo com a seção “ Instalando o X-Plane
” deste capítulo) e ver como ele funciona. Se algum dos
problemas a seguir ocorrer, os drivers gráficos do sistema
provavelmente precisarão ser atualizados:

1. uma tela que consiste apenas em salpicos de cor


2. uma tela com barras horizontais ou verticais passando por
ela
3. imagens aleatórias de várias peças do avião ou painel de
instrumentos

Além disso, se aparecer um erro referente a um arquivo '.dll'


corrompido ou ausente, os drivers provavelmente precisam ser
substituídos.

Atualização de drivers gráficos no Windows

Alguns computadores baseados no Windows estão operando


com drivers desatualizados ou que atualmente não suportam
OpenGL (causado pelo uso de drivers padrão do Windows em
vez dos do fabricante). Se você concluir que seus drivers
gráficos precisam ser atualizados, as seguintes etapas (gerais)
devem guiá-lo durante o processo.

Atualização automática

Muitas das placas de vídeo mais recentes vêm com software do


fabricante que pode baixar e instalar automaticamente os
drivers mais recentes, mantendo você facilmente atualizado.

1. Ferramenta de detecção automática de driver AMD e ATI


2. Atualização NVIDIA

Atualização manual

Windows 10

1. Vá para a página de download do driver da placa de vídeo


(site da ATI ou NVIDIA) e baixe os drivers mais recentes,
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 25/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

certificando-se de salvá-los em um local onde possa


encontrá-los (por exemplo, a área de trabalho).
2. Clique no ícone do Windows na parte inferior da tela e
digite Gerenciador de Dispositivos na caixa de pesquisa.
3. Selecione o dispositivo, clique com o botão direito e escolha
“Atualizar software de driver”.
4. Selecione “Procurar software de driver em meu
computador” e navegue até o arquivo que você salvou na
etapa 1.
5. Clique em Avançar e espere até que a instalação termine.
6. Reinicie o seu PC e você está pronto para voar!

Windows 8

1. Deslize a partir da borda direita da tela e toque em


Pesquisar. (Se estiver usando um mouse, aponte para o
canto inferior direito da tela, mova o ponteiro do mouse
para cima e clique em Pesquisar.)
2. Digite Gerenciador de dispositivos na caixa de pesquisa e
toque ou clique em Gerenciador de dispositivos.
3. Na lista de categorias de hardware, toque duas vezes ou
clique duas vezes na categoria em que seu dispositivo se
encontra e, em seguida, toque duas vezes ou clique duas
vezes no dispositivo desejado. Por exemplo, para ver sua
placa de vídeo, toque ou clique em Adaptadores de vídeo e,
a seguir, toque ou clique duas vezes no nome da placa de
vídeo.
4. Toque ou clique na guia Driver, toque ou clique em
Atualizar driver e siga as instruções. Pode ser solicitada
uma senha de administrador ou a confirmação de sua
escolha.
5. Reinicie o seu PC e você está pronto para voar!

Requisitos do driver gráfico no Linux

Ao executar o X ‑ Plane no Linux, observe que você deve


instalar os drivers proprietários Nvidia ou AMD . O X ‑ Plane
_não_ será executado usando drivers de código aberto Gallium
ou Mesa.

Selecionando Hardware de Controle de Voo

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 26/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Embora seja fisicamente possível voar no X ‑ Plane apenas com


o mouse e o teclado, isso pode ser complicado e irreal (por
razões óbvias). Embora as instruções para voar desta forma
estejam incluídas na seção “ How to Fly ” do capítulo Flight in
X-Plane , é altamente recomendável que os usuários voem com
pelo menos um joystick para uma experiência realista.

Então, qual joystick um usuário deve comprar? A maioria dos


joysticks e yokes USB feitos nos últimos 10 anos funcionará
com o X-Plane, mas, como a maioria das coisas na vida, você
obtém o que pagou. Desconfie de joysticks anunciados por US
$ 29,95 em um revendedor local. Em nossa experiência, o
hardware mais barato normalmente não dura tanto ou funciona
tão bem quanto um equipamento de preço mais moderado.

Nota : o X ‑ Plane só pode fazer interface com dispositivos


USB. Isso cobre quase todos os controladores fabricados nos
últimos dez anos, mas se você tiver um dispositivo não USB,
será necessário um adaptador para alterá-lo para uma entrada
USB.

Joysticks

Os joysticks normalmente fornecem controle de pitch, roll e


throttle, bem como alguns botões que podem ser programados
para fazer coisas diferentes. Por exemplo, você pode
programar um botão para levantar e abaixar o trem de pouso e
dois botões adicionais para levantar e abaixar os flaps. Além
disso, alguns joysticks podem ter sua alça girada para a
esquerda e para a direita para controlar o movimento de
guinada. Se o joystick em uso não oferece controle de guinada,
provavelmente você desejará um conjunto de pedais de leme
para fornecer controle de guinada realista no avião. Um
joystick será melhor para pilotar aviões de caça ou esporte, ou
aviões de empresas como a Airbus, Cirrus ou Lancair, pela

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 27/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

simples razão de que esses aviões, na realidade, são


controlados com joysticks!

Yokes

Um manche consiste em um controle semelhante a um volante


que gira para a esquerda e para a direita e também desliza
para frente e para trás. Essa é a melhor opção para usuários
interessados principalmente em voar em aviões de aviação
geral, jatos executivos e aviões não-Airbus, já que esses aviões
voam com manetes na realidade.

Os garfos são normalmente presos a uma mesa para maior


estabilidade. Eles podem ter um quadrante de aceleração
embutido, o que permitirá o controle independente da hélice,
aceleração e mistura para um único motor de hélice. Além
disso, observe que os manches não controlam o movimento de
guinada (eles não giram para a esquerda e para a direita para
controle de guinada como alguns joysticks), portanto, pedais
de leme são necessários para um controle de guinada realista.

Pedais de leme

Os pedais do leme permitem que os usuários controlem de


forma realista a guinada do avião pressionando o pedal
esquerdo ou direito para virar. Durante o vôo, os pedais
controlam o leme, enquanto no solo são usados para dirigir. Os
pedais também controlam os freios para ajudar o avião a parar
ou fazer curvas bruscas enquanto estiver no solo. (Empurre a
parte superior do pedal esquerdo ou direito para ativar os
freios desse lado do avião.)

Se nem um conjunto de pedais de leme nem o joystick


estiverem configurados para controlar a guinada, o X-Plane
girará automaticamente o leme para tentar manter o avião
voando corretamente. Essa função de leme automático,
entretanto, não é inteligente o suficiente para decolar ou
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 28/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

pousar corretamente em um vento cruzado, escorregar ou


fazer várias outras coisas para as quais o leme pode ser usado.
Por esse motivo, pedais de leme (ou pelo menos um joystick de
torção) são altamente recomendados.

Observe que, ao pilotar um helicóptero, os pedais devem ser


usados para os controles antitorque - isso não pode ser
atribuído aos comandos do teclado, simplesmente porque não é
prático tentar usar o teclado para voar.

outras considerações

Para adicionar realismo em certas situações, você pode querer


um quadrante de aceleração independente. O Multi-Engine
Throttle Quadrant da CH Products é talvez o mais popular e
oferece controle independente e variável de seis funções
diferentes. Normalmente, isso seria configurado para controlar
o acelerador, a hélice e os controles de mistura para cada
motor em um avião bimotor. Este controlador também pode
ser usado para controlar o acelerador e a condição (corte de
combustível) para motores a jato, permitindo o controle
independente de aeronaves a jato com até três motores. Um
quadrante de aceleração multimotor é recomendado para
usuários interessados em voar de forma realista em aviões com
mais de um motor.

Para comprar joysticks ou outros equipamentos, verifique os


sites da CH Products , Logitech ou Saitek . Cada um dos sites
permite aos usuários navegar pelos produtos disponíveis e
encontrar onde comprá-los. Além disso, fique à vontade para
fazer suas perguntas no site de perguntas e respostas do X-
Plane .

Observe que as instruções sobre a configuração do hardware


de controle de vôo são encontradas no capítulo Configurando e

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 29/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

ajustando a instalação do seu X ‑ Plane , na seção “


Configurando os controles de vôo ”.

Instalando X-Plane
A fim de evitar confusão, certifique-se de excluir todas as
instalações do demo do X-Plane, ou versões mais antigas do X-
Plane, antes de instalar a versão completa. (Desinstalar a
demonstração é tão simples quanto localizar a pasta “X-Plane
11 Demo” e movê-la para a Lixeira ou Lixo.)

Observação : se você estiver usando uma chave de produto


de download digital, será necessário baixar o instalador mais
recente do X ‑ Plane em X-Plane.com .

Instalação de DVD

Para instalar o X ‑ Plane usando o conjunto de DVD, faça o


seguinte:

1. Insira o Disco 1 na unidade de DVD e espere que ele


comece a girar.

2. Se a janela do X-System não abrir automaticamente,


navegue até a unidade agora rotulada como “X-Plane 11”
(geralmente a unidade 'D:'). Se a janela de X-System não
aparecer automaticamente, vá para o passo 4.

3. Clique duas vezes em 'X-Plane 11 Installer' para iniciar a


instalação do X-Plane.

4. Quando a janela do instalador for exibida, clique em


Instalar uma compra de produto X ‑ Plane se
necessário.

Você pode alterar o idioma ou escolher um sistema


operacional diferente para a instalação clicando no ícone do

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 30/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

controle deslizante de configurações no canto superior


direito.

Observe que, se os botões na parte inferior da tela do X-


System não estiverem visíveis, o sistema provavelmente
está funcionando com uma resolução mínima como 800 ×
600. Usar esta resolução não permitirá que o computador
exiba a parte inferior da tela do X ‑ Plane e você precisará
forçar o instalador a sair (via Ctrl + Alt + Del) e aumentar
a resolução da tela no Windows para pelo menos 1024 ×
768.

5. Por padrão, o X ‑ Plane será instalado na área de trabalho.


Embora possa ser instalado em outro lugar (clicando no
botão Alterar destino ), é altamente recomendável que
seja colocado na área de trabalho para que a pasta possa
ser encontrada no futuro e, portanto, tenha as
configurações de permissão corretas.

Quando um local aceitável for selecionado, clique em


Continuar .

6. Aceite o contrato do usuário e clique em Continuar


novamente.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 31/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Figura 3.1: Todos os cenários selecionados para instalação


após clicar em “Selecionar tudo”

7. Selecione o cenário que deseja instalar. As partes do


mundo que estão atualmente selecionadas terão uma cor
azul brilhante (como todos os blocos estão na Figura 3.1).

Se você não tiver certeza de quais áreas estão selecionadas


no momento, apenas clique em Selecionar Nenhum para
desligar tudo (como visto na Figura 3.2). A partir daí, mova
o mouse pelo mapa para destacar as seções do mundo e
clique naquelas que deseja instalar. Observe que para
regiões onde nenhum cenário está instalado, apenas
oceanos e aeroportos estarão visíveis.

Figura 3.2: Nenhum cenário selecionado após clicar no


botão Selecionar Nenhum durante a instalação

8. Quando terminar de selecionar o cenário, clique em


Continuar para iniciar a instalação.

9. O instalador começará a exibir seu progresso. Quando o


instalador solicitar que você faça isso, remova o disco atual
e insira o próximo. Observe que a instalação pode levar de
trinta a sessenta minutos por disco e que apenas um disco
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 32/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

X ‑ Plane pode estar no sistema de uma vez (o instalador


não reconhecerá um disco colocado em uma segunda
unidade de DVD).

10. Quando a instalação for concluída, reinsira o Disco 1 e


comece a voar!

Recomendamos instalar uma pequena quantidade de cenário


no início. A instalação do pacote de cenários completo
consumirá cerca de 75 GB de espaço no disco rígido e levará de
cinco a seis horas e meia para fazer isso. A qualquer momento
no futuro, o cenário pode ser adicionado ou removido inserindo
o Disco 1 e executando novamente o instalador. Quando o
instalador do X-System aparecer com a mensagem “Você já
tem o X ‑ Plane 11 instalado neste computador”, clique no
botão Adicionar ou Remover Cenário e proceda como na
etapa 7 acima.

Considerações especiais para usuários de Mac

Por padrão, o Mac OS X está configurado para fazer backup


automático de todo o disco rígido usando o Time Machine. Isso
inclui o diretório X ‑ Plane de um usuário. A maioria das
pessoas prefere não ter esse backup, devido ao fato de que
requer uma quantidade significativa de espaço no disco de
backup (para algo já feito em DVDs ou online, nada menos) e
ao fato de que exige muito de tempo para concluir o backup.

Por este motivo, é recomendado que os usuários excluam o


diretório X ‑ Plane do backup do Time Machine, durante ou logo
após a instalação do X ‑ Plane, fazendo o seguinte:

1. Abra as preferências do Time Machine, na barra de tarefas


(clicando no ícone Time Machine e selecionando “Abrir
Preferências do Time Machine”) ou nas Preferências do
Sistema (clicando no ícone Time Machine lá).

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 33/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

2. Com as preferências abertas, clique no botão Opções… .

3. Clique no ícone + para adicionar uma pasta à lista de


diretórios excluídos.

4. Selecione o diretório de instalação do X ‑ Plane (localizado


por padrão na área de trabalho) e clique em Excluir .

5. Clique em Salvar e saia das preferências do Time Machine.

Considerações especiais para usuários do Windows Vista e 7

Alguns dos menus do X-Plane podem ser renderizados de


maneira estranha ao usar os temas padrão do Aero no
Windows 7 e no Windows Vista. Por este motivo, é
recomendado que os usuários mudem para o tema Básico ao
executar o X-Plane.

Para fazer com que o Windows mude automaticamente para o


tema Básico ao iniciar o X ‑ Plane (e volte quando terminar),
faça o seguinte:

1. Localize o arquivo 'X-Plane.exe' (encontrado na pasta de


instalação do X ‑ Plane 11) ou o atalho que você usa para
iniciar o X ‑ Plane e clique com o botão direito nele.

2. Clique em Propriedades no menu que aparece.

3. Vá para a guia Compatibilidade e marque a caixa


Desativar composição da área de trabalho . Feito isso,
o X ‑ Plane será iniciado com o tema Basic e todos os
menus serão renderizados corretamente.

Instalação de download digital

Para instalar o X ‑ Plane usando uma chave de produto de


download digital, faça o seguinte:

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 34/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

1. Certifique-se de que seu computador esteja conectado à


Internet. Baixe o instalador mais recente do X ‑ Plane em
nosso site.

2. Clique duas vezes no ícone “X-Plane 11 Installer” para


iniciar o instalador.

3. Clique no botão Instalar um X ‑ Plane Product


Purchase se necessário. Insira sua chave de produto de
download digital nas caixas na tela a seguir e clique no
botão Continuar .

4. Por padrão, o X ‑ Plane será instalado na área de trabalho.


Embora possa ser instalado em outro lugar (clicando no
botão Alterar destino ), é altamente recomendável que
seja deixado na área de trabalho para que a pasta possa
ser encontrada no futuro e todas as permissões estejam
corretas.

5. Aceite o acordo do usuário nesta tela. É altamente


recomendável que você deixe a caixa para enviar dados de
uso anônimos marcada. Isso permite que a Laminar
Research reúna dados anônimos para fazer atualizações no
simulador com base em como você o usa. Clique em
Continuar novamente.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 35/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Figura 3.3: Todos os cenários selecionados para instalação


após clicar em “Selecionar tudo”

6. Selecione o cenário que deseja instalar. Partes do mundo


que estão atualmente selecionadas terão uma cor azul
brilhante (como todos os blocos estão na Figura 3.3).

Se você não tiver certeza de quais áreas estão selecionadas


no momento, apenas clique em Selecionar Nenhum para
desligar tudo (como visto na Figura 3.4). A partir daí, mova
o mouse pelo mapa para destacar as seções do mundo e
clique naquelas que deseja instalar. Observe que para
regiões onde nenhum cenário está instalado, apenas
oceanos e aeroportos estarão visíveis. Quando terminar de
selecionar o cenário, clique em Continuar para iniciar a
instalação.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 36/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Figura 3.4: Nenhum cenário selecionado após clicar no


botão Selecionar Nenhum durante a instalação

Recomendamos fortemente que você instale apenas um


pequeno pedaço de cenário agora e adicione mais depois,
já que todo o pacote de cenário ocupa quase 60 GB de
espaço e muito tempo para instalar.

7. O instalador começará a exibir seu progresso. Observe que


as estimativas de tempo de download digital são baseadas
na velocidade inicial da rede e os tempos reais de
instalação podem variar significativamente.

8. Quando a instalação for concluída, inicie o simulador e vá


voar!

O cenário pode ser adicionado ou removido a qualquer


momento no futuro, executando novamente o instalador.
Quando o instalador do X-System aparecer com a mensagem
“Você já tem o X ‑ Plane 11 instalado neste computador”, clique
no botão Adicionar ou Remover Cenário . Insira sua chave
de produto de download digital, se necessário, e prossiga como
na etapa 6 acima.

Considerações especiais para usuários de download digital


https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 37/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Para que o simulador funcione (fora do modo de


demonstração), o computador executando o X ‑ Plane Digital
Download Edition deve ter uma conexão à Internet para entrar
em contato com nossos servidores. O X ‑ Plane não requer uma
conexão com a Internet para revalidar em cada lançamento de
aplicativo, mas requer autenticação com frequência. Se o seu
uso principal do X ‑ Plane for em um computador que não tem
acesso à rede ou onde o acesso à rede não é confiável ou raro,
você deve comprar um conjunto de DVD.

Observe que quando você autoriza o X ‑ Plane usando uma


chave de produto, a Laminar Research coleta o endereço IP do
seu computador. Usamos essas informações apenas para
verificar se a chave do produto não foi roubada. Não vendemos
ou compartilhamos essas informações com ninguém.

As chaves de produto de download digital do X-Plane são como


números de cartão de crédito: a própria chave autoriza você a
obter o X-Plane e cada usuário tem uma chave diferente. Se
outra pessoa tiver sua chave, esse usuário terá acesso à sua
cópia do X ‑ Plane. Assim como nos cartões de crédito, você
não deve compartilhar sua chave de produto com ninguém .

Se você precisar entrar em contato com o atendimento ao


cliente da Laminar Research, solicitaremos apenas os últimos
oito dígitos da chave do produto; você não precisa enviar sua
chave de produto completa para ninguém, incluindo Laminar
Research.

Se alguém conseguir roubar sua chave de produto, a pirataria é


impedida pela detecção de fraude; nossos servidores verão sua
chave sendo usada em um padrão que se parece com várias
pessoas (por exemplo, sua chave usada em dois continentes ao
mesmo tempo) e ela será bloqueada. Baixar o produto
repetidamente pode parecer pirataria e também pode fazer
com que sua chave seja bloqueada. Você pode entrar em
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 38/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

contato com o suporte ao cliente do X-Plane se tiver problemas


com a chave do produto de download digital.

Uma cópia digital do X ‑ Plane não é um backup. A versão


digital do X ‑ Plane está disponível online a qualquer momento
para download, mas não é um substituto para um bom backup
de seu (s) computador (es); apenas um verdadeiro backup
pode salvar suas preferências, aeronaves de terceiros que você
baixou, seu livro de registro, etc.

Além disso, apenas a última versão não beta do X ‑ Plane 11


está disponível digitalmente. Se você não deseja atualizar para
a versão mais recente, você precisa fazer seu próprio backup
do X-Plane; reinstalar o produto obterá a versão mais recente.

Lançando X-Plane
Ao contrário de muitos programas com os quais você pode
estar familiarizado, o X ‑ Plane não cria atalhos para si mesmo
em seu disco rígido. Recomendamos iniciar o X ‑ Plane abrindo
o diretório de instalação do X ‑ Plane 11 (localizado por padrão
na área de trabalho) e clicando duas vezes no ícone do X ‑
Plane. No entanto, se desejar, você pode criar um atalho
(chamado de “alias” no OS X) fazendo o seguinte:

1. Abra o diretório de instalação do X ‑ Plane (localizado por


padrão na área de trabalho).

2. No Windows, clique com o botão direito do mouse no ícone


X-Plane.exe e selecione Criar atalho. No Mac OS, clique
com o botão direito no ícone X-Plane.app e selecione Make
Alias.

3. Arraste o atalho de onde você deseja iniciar o X-Plane.

Para iniciar o X ‑ Plane pela primeira vez:

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 39/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

1. Certifique-se de que o joystick USB esteja conectado. Para


evitar possíveis problemas, é recomendável que os
controles de vôo sejam conectados diretamente na
máquina em vez de em um hub.

2. Se você possui o conjunto de DVD, coloque o Disco 1 em


sua unidade de DVD.

3. Abra a pasta X-Plane (localizada por padrão na área de


trabalho) e clique duas vezes em 'X-Plane.exe' no Windows
ou 'X-Plane.app' no Mac.

4. Se você tiver uma chave de download digital, o X ‑ Plane


pode solicitar sua chave ou o campo pode ser pré-
preenchido se você tiver inserido a chave do produto antes
(ou seja, durante a instalação). Basta clicar em “Autorizar”
e o X ‑ Plane prosseguirá. Iniciar o simulador sem isso ou
um DVD na unidade irá forçá-lo a funcionar apenas no
modo de demonstração.

Se você usou com sucesso sua chave de produto para


download digital, o X ‑ Plane tentará entrar em contato com
o servidor de autorização em segundo plano sem avisar
você. Portanto, se sua conexão com a Internet for boa e
sua chave de produto não estiver bloqueada, você nunca
poderá notar ou precisar da chave de produto novamente
para voar.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 40/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Configurando e ajustando sua


instalação do X-Plane
Tendo instalado o X-Plane conforme descrito no capítulo
anterior , você pode configurar o simulador de várias maneiras.
Isso inclui o download da atualização gratuita mais recente
(fornecendo o conjunto mais recente de recursos disponíveis),
a configuração dos controles de vôo e o ajuste do desempenho
do simulador em termos de qualidade gráfica e taxa de
quadros.

Uso geral da interface X ‑ Plane


O X-Plane foi escrito para operar em sistemas Windows,
Macintosh e Linux. Para fins de consistência, o layout e a
aparência do X-Plane são os mesmos em todos os três
sistemas operacionais.

Aqui estão algumas dicas para ajudar no processo de


aprendizagem:

O menu do X-Plane está oculto. Para acessar a barra de menu,


mova o ponteiro do mouse para o topo da tela. Quando o
mouse estiver a cerca de um centímetro da borda superior da
tela, a barra de menus aparecerá. Por padrão, a tecla Esc
também exibirá o menu. Você encontrará a maioria das opções
do X ‑ Plane 11 nos menus suspensos à esquerda desta barra
de menu.

Algumas das funções principais do simulador são acessadas por


meio de pequenos ícones no lado direito da barra de menu. Da
esquerda para a direita, clicar nos ícones irá: pausar o
simulador, abrir a Configuração de voo, mostrar a janela ATC,
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 41/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

mostrar o mapa, abrir Configurações e abrir uma página de


ajuda. Lembre-se de que você também pode usar os atalhos do
teclado para acessar muitos desses recursos.

Figura 4.1 : Os ícones do menu

Os atalhos do teclado podem ser encontrados abrindo a tela de


configurações e indo para a guia Teclado. Essas atribuições de
teclado também podem ser alteradas usando esta tela (de
acordo com a seção “ Configurando atalhos de teclado ”) para
qualquer coisa que você desejar. Observe também que muitos
dos atalhos de teclado são mostrados nos menus do X ‑ Plane.
Por exemplo, abrir o menu Exibir exibirá a lista de exibições
disponíveis no lado esquerdo do menu suspenso, com a lista de
atalhos de teclado correspondentes à direita.

Você pode ajustar quase todos os aspectos de como o


simulador funciona acessando a tela Configurações. Aqui você
encontrará guias para ajustar as configurações associadas ao
som, gráficos, configurações de rede, entrada e saída de
dados, joysticks e hardware de vôo e as atribuições de atalhos
de teclado. Muitas outras opções úteis, como idioma e avisos,
podem ser encontradas na seção Geral. O botão Configurações
de notificação nesta tela permite que você desligue ou ligue
vários avisos também.

Como a maioria dos programas, a maneira mais simples de


navegar pelo X ‑ Plane é usando o mouse, embora existam
muitos atalhos de teclado para ajudá-lo a navegar rapidamente
pelas opções depois de se familiarizar com o programa. Esses
atalhos são particularmente importantes ao usar o mouse para
voar. Nesse caso, é muito mais fácil usar a tecla '2' para
abaixar um entalhe de flaps do que soltar os controles, estique
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 42/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

o mouse para ajustar os flaps e, em seguida, estenda a mão


para cima e segure os controles novamente.

Observe também que a maioria dos instrumentos e controles


dentro da cabine são interativos, o que significa que o mouse
pode ser usado para alterar interruptores, definir frequências,
manipular o (s) acelerador (es), alterar o ajuste, etc.

Configurando controles de vôo


Com seus controles de vôo conectados e o X ‑ Plane
funcionando, você pode configurar como o simulador responde
à entrada de cada eixo e botão. Ao longo desta seção, iremos
nos referir a qualquer dispositivo de entrada como um joystick;
as instruções se aplicam a jugos, quadrantes do acelerador e
lemes também. A configuração deve ser feita na configuração
inicial do X ‑ Plane e sempre que um novo equipamento é
conectado, mas não é necessário configurar o hardware a cada
uso.

Na primeira vez que um joystick ou manche é conectado, o


programa pode levá-lo automaticamente à tela de
configurações do joystick para configurar o dispositivo. Se você
selecionou Não na caixa Joystick Quick-Config, mova o mouse
para a parte superior da tela e clique no ícone de
configurações, em seguida em Joystick, e continue com as
etapas abaixo.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 43/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

vermelhas se moverá vigorosamente para cada entrada que for


acionada. (Observe que se você estiver usando uma roda de
compensação, pode ser necessário girar a roda continuamente
para ver para qual eixo ela está mapeada.) Assim, quando o
manche é rolado para a esquerda e para a direita, apenas uma
barra se moverá substancialmente; quando for empurrado para
frente e para trás, será uma barra diferente.

Mova seu joystick em toda a amplitude de movimento de cada


eixo e cada controle deslizante em toda a sua amplitude. Mova
seu joystick ou manche para frente e para trás para obter o
pitch. Mova seu joystick / manche para a esquerda e direita
para rolar e gire seu joystick (se aplicável) para guinar. (Se
você não tiver ou atribuir um eixo de guinada, o X-Plane
tentará estabilizá-lo para você.) Depois que todas as barras
vermelhas mudarem para azuis, clique no botão Avançar .

Observe que se você não conseguir mover os controles em


toda a sua amplitude de movimento, você pode simplesmente
clicar no botão Aceitar eixo ou Ignorar eixo para cada eixo
que o X-Plane acredita estar não calibrado, mas que você
confirmou que realmente passou por seu amplitude total de
movimento.

Solte os controles e pressione o botão Avançar para começar a


centralizar os controles e definir a zona nula. Quando o
cronômetro terminar, pressione o botão Concluir para voltar à
tela do joystick e concluir a configuração do joystick.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 45/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Configuring Joysticks in X-Plane 11


de X-Plane

06:09

Vídeo 4.1 : tutorial de configuração de joysticks

Configurando os eixos de controle

Clique no botão Calibrar ou Calibrar agora . Isso abrirá a


caixa de diálogo permitindo a você configurar e calibrar os
controles de vôo.

Figura 4.2 : A janela de calibração da tela de configurações do


Joystick, com o dispositivo parcialmente calibrado

Para começar, mova os controles do joystick para ver como os


eixos são mapeados no X-Plane. Ao fazer isso, uma das barras
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 44/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Figura 4.3 : A tela de configurações do Joystick, após a


calibração ser concluída

Se algum eixo não foi reconhecido automaticamente, ou foi


categorizado incorretamente, na primeira tela de calibração,
você pode defini-lo na coluna direita da tela de configurações
do joystick. Basta usar o menu suspenso para selecionar o tipo
de eixo apropriado. Além disso, você precisará fazer isso para
qualquer dispositivo que não tenha um arquivo de configuração
padrão, pois todos os botões e eixos serão atribuídos a
“nenhum” (consulte a Figura 4.4 abaixo).

Figura 4.4 : Quando um dispositivo desconhecido é usado,


todos os eixos e botões são definidos como "nenhum" até que
sejam alterados manualmente

Para configurar manualmente os eixos de controle de vôo:

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 46/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

1. Mova seu joystick ou manche para frente e para trás, ou


gire a roda de compensação continuamente. Uma das
barras deve se mover conforme você faz isso. Clique no
menu suspenso ao lado dele e configure-o para pitch.

2. Mova seu joystick / manche para a esquerda e para a


direita. A barra que se move deve ser definida para rolar.

3. Gire seu joystick (se aplicável). A barra que se move deve


ser definida para guinar. Se você não atribuir um eixo de
guinada, o X-Plane tentará estabilizar o movimento de
guinada para você.

Se você estiver usando pedais de leme, deslize-os para


frente e para trás e defina a barra que se move então para
guinar. Além disso, apenas ao usar os pedais do leme,
pressione o pedal esquerdo para baixo com os dedos dos
pés. A barra que se move deve ser ajustada para travar o
dedo do pé esquerdo. Faça o mesmo com o pedal direito e
coloque essa barra no freio do dedo do pé direito.

4. Mova o acelerador para frente e para trás (em um manche,


esta é normalmente a alavanca mais à esquerda). Defina
esta barra para aceleração.

Nota : Qualquer barra restante (se aplicável) que não seja


ativamente controlada por seu hardware precisa ser definida
como nenhuma. Quando isso é definido, o X ‑ Plane não está
usando o eixo.

Atribuição de funções aos botões

Cada um dos botões e interruptores no joystick pode ser


atribuído a uma função dentro do X-Plane (por exemplo,
alternar os freios ou trem de pouso) na coluna direita da tela
de configurações do Joystick.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 47/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Figura 4.5 : Clicar no botão 5 na imagem destaca o botão na


lista à direita

Você pode dizer qual botão está atribuindo pelo mapeamento


na imagem à esquerda. Clique em um número para destacar a
linha na lista do lado direito da tela. Você também pode
pressionar o botão no joystick e ver qual número na lista
acende.

Atribua uma função a um interruptor de chapéu, escolhendo no


menu suspenso. Atribua uma função a um botão ou switch
bidirecional clicando no botão Editar e percorrendo a lista de
comandos ou digitando um termo-chave na barra de pesquisa,
como na Figura 4.6 abaixo.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 48/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Figura 4.6 : Comandos de pesquisa para o termo "freios"

Repita este processo para tantos botões e interruptores


quantas funções forem atribuídas. Se os botões parecerem
estar faltando na lista nesta tela, verifique no menu suspenso
“Visualizações” para imagens adicionais do dispositivo que
podem ter botões adicionais mapeados. Feche a janela do
Joystick e as configurações serão salvas nas preferências.

Controlando a sensibilidade do joystick e a estabilidade da


aeronave

Para modificar a sensibilidade do joystick, pressione o botão


Control Sensitivity na parte inferior da tela de configurações
do joystick. Os três controles deslizantes nesta janela
controlam as curvas de resposta para os eixos de inclinação,
rotação e guinada do joystick.

Se esses controles deslizantes estiverem totalmente à


esquerda, a resposta da aeronave à entrada desse eixo será
completamente linear. Isso significa que uma deflexão de 50%
do joystick desviará os controles de vôo do avião em 50% de
sua viagem. Conforme esses controles deslizantes são movidos
para a direita, a resposta torna-se curva. Nesse caso, um

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 49/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

desvio do joystick do centro para seu ponto médio pode desviar


os controles da aeronave em apenas 10%. Isso irá amortecer
quaisquer movimentos da aeronave e dessensibilizar os
controles do usuário. Lembre-se, entretanto, que, neste caso,
os 90% restantes da deflexão da superfície de controle devem
ocorrer nos últimos 50% do movimento do joystick. Assim, os
controles serão amortecidos na primeira metade ou depois de
sua viagem e, em seguida, se tornarão hipersensíveis no
restante do lançamento.

Experimente voar com os controles deslizantes em várias


posições diferentes para ver qual configuração funciona melhor.

Para modificar a estabilidade da aeronave, pressione o botão


Aumento da estabilidade . Esses controles deslizantes
controlam o aumento da estabilidade do X-Plane amortecendo
as forças previstas que atuam nas superfícies de controle de
vôo da aeronave. Se esses controles deslizantes estiverem
totalmente à esquerda, não há aumento de estabilidade da
aeronave. Conforme os controles deslizantes são movidos para
a direita, o X-Plane adicionará automaticamente algum
aumento de estabilidade à aeronave, adicionando alguma
entrada de elevador para nivelar o nariz, alguma entrada de
aileron para minimizar a taxa de rotação e alguma entrada de
leme para contrariar quaisquer taxas de guinada da aeronave .
Em outras palavras, o simulador tentará tornar o avião mais
fácil de voar adicionando entradas de controle para o usuário. A
desvantagem, claro, é que conforme o X-Plane adiciona
estabilidade, a aeronave se torna menos responsiva (e menos
realista).

No X ‑ Plane 11.30, cada eixo também pode ter uma curva de


resposta personalizada que substituirá a curva de resposta de
controle global. Isso permite que você faça coisas como
configurar manualmente uma zona nula ou criar curvas

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 50/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

complexas com muitos pontos de controle e sua escolha de


interpolação. Dependendo do tipo de eixo, haverá opções
adicionais para configurar intervalos para determinados
comportamentos específicos do eixo, como intervalos beta e
reversos para aceleradores, intervalo de difusão para controles
de propulsão ou intervalo de corte para controles de mistura.

Figura 4.7 : Exemplo de curvas de resposta personalizadas


para um eixo do acelerador

Adicionando Equipamento Especial

Clique no botão Hardware PFC para configurar o equipamento


especial para uso no X ‑ Plane. Esta guia é geralmente usada
em configurações X ‑ Plane com vários computadores em
simuladores profissionais certificados pela FAA ou para
conectar vários navegadores GPS (como um Garmin
96/296/396 real ou um rádio GPS 430). Após ser conectado ao
computador, este equipamento deve ser configurado de acordo
com as recomendações do fabricante e, em seguida,
desmarcado na tela do equipamento para informar ao X ‑ Plane
que está conectado.

Configurando Atalhos de Teclado


https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 51/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

O X-Plane foi projetado para ser extremamente flexível e


facilmente utilizável. Por esse motivo, a maioria das teclas do
teclado fazem alguma coisa.

Para ver quais teclas estão associadas a quais funções, abra as


configurações movendo o mouse para a parte superior da tela,
clicando no ícone de configurações e clicando em Teclado. Aqui
você pode ver as funções atribuídas às teclas do teclado.

Você pode usar os botões do lado esquerdo para restringir a


lista ou usar os símbolos de mais e menos para alterar quantos
itens são mostrados na lista de funções. As funções são
classificadas em várias categorias (operação, motores, ignição,
etc.), mas se você não tiver certeza em qual categoria uma
função se enquadra, você pode usar a barra de pesquisa para
localizá-la.

A descrição da função está à esquerda, enquanto o botão


atribuído a ela está à direita. Para alterar a tecla à qual um
comando está vinculado, digite na caixa à direita ou use o + .
Use - para excluir uma atribuição de tecla.

Observe que não é necessário tentar se lembrar de todos os


atalhos do teclado. Em vez disso, muitos deles são mostrados
nos menus durante o vôo. Por exemplo, durante o vôo, mova o
mouse para o topo da tela e clique no menu Exibir e em uma
subcategoria. O atalho de teclado ao qual está atribuído está
localizado à direita. Por exemplo, no menu de visualização, a
visualização “Avançar com Painel 2-D” possui um símbolo “w”
próximo a ela, portanto, pode ser selecionada com a tecla 'w'.

Perfis de joystick e teclado


A partir do X ‑ Plane 11.10, você pode salvar perfis para
diferentes combinações de configurações de teclado e joystick.
Isso significa que agora você pode especificar diferentes botões

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 52/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

ou atribuições de eixo para o mesmo joystick e alternar entre


eles de dentro do X-Plane.

Figura 4.8 : A janela Active Profile da tela de configurações do


Joystick selecionada em laranja

Para começar a criar um joystick ou perfil de teclado, clique na


lista suspensa Perfil ativo no canto inferior esquerdo do joystick
ou tela do teclado e selecione “salvar como novo perfil”. Insira
um novo nome que o ajudará a identificar este perfil mais
tarde. Agora você pode alterar as atribuições de tecla, botão ou
eixo do joystick conforme desejado e o X ‑ Plane irá associá-los
a este perfil específico. Sempre que você criar outro perfil,
todas as atribuições atuais serão copiadas para o novo perfil
para você ajustar conforme desejado.

Para excluir perfis e atribuí-los a indivíduos ou grupos de


aeronaves, clique no botão Gerenciar perfis próximo ao menu
suspenso Perfil ativo.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 53/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Figura 4.9 : A janela Gerenciar Perfis do X ‑ Plane 11.10

Você pode gerenciar todos os seus perfis no lado esquerdo


desta janela. Clique no ícone de sinal de menos (-) próximo ao
nome de um perfil para excluí-lo. Clique duas vezes no nome
de um perfil para editá-lo. Você também pode adicionar um
novo perfil aqui e, em seguida, retornar às telas de
configurações do joystick ou teclado para alterar suas
atribuições.

Atribua perfis a aeronaves na coluna Aeronave associada no


lado direito desta janela. Você pode usar a barra de pesquisa
ou os botões expandir / reduzir próximos aos tipos de
aeronaves para restringir sua lista de aeronaves. Ao clicar no
menu suspenso ao lado de um tipo de aeronave, como
“Airliner”, você pode atribuir um perfil a todas as aeronaves
desse tipo. Ou você pode clicar no menu suspenso ao lado de
aeronaves individuais para alterar as atribuições de perfil uma
por uma.

Os perfis também serão atribuídos automaticamente quando


você mudar de um perfil para outro durante um vôo. Portanto,
você nunca precisará atribuir manualmente as associações de
aeronave se não quiser - você apenas obterá o que estava
usando por último.
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 54/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Configurando as opções de renderização


X-Plane é um simulador muito avançado que foi projetado para
uso em uma ampla gama de computadores com especificações
variadas. Como tal, o X ‑ Plane oferece a capacidade de alterar
as configurações gráficas para otimizar o desempenho do seu
computador. A guia Graphics da janela de configurações
permite que você combine as configurações do X-Plane (e,
portanto, as demandas que o simulador coloca no computador)
com as capacidades do seu computador.

O desempenho do simulador é medido em quadros por


segundo (FPS ou taxa de quadros). Este é o número de vezes
por segundo que a física do X-Plane e o código de renderização
(atualmente mais de 700.000 linhas de código!) Podem ser
executados. Cada vez que o computador executa o programa,
ele avança a aeronave e recalcula as imagens que são vistas
(formações de nuvens, cenários, instrumentos de aeronaves,
outras aeronaves, etc.).

Obviamente, o X-Plane tem que ser tremendamente flexível


para poder rodar em um computador de três anos e também
tirar proveito do hardware mais recente e melhor disponível.
Há duas coisas que afetam a taxa de quadros do X-Plane: as
capacidades do computador e quanto ele está sendo solicitado
a simular (por exemplo, quanta visibilidade está definida,
quantos edifícios, nuvens e outras aeronaves estão sendo
desenhadas, etc.). Será muito mais difícil para o computador
computar imagens ao voar um avião com visibilidade de 30
milhas com 8.000 edifícios tridimensionais e nuvens de nuvem
do que seria se o X-Plane fosse configurado com apenas duas
ou três milhas de visibilidade e não nuvens. Portanto, em geral,
quanto mais altas as opções de renderização são definidas,
menor o desempenho e a taxa de quadros alcançados.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 55/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Quanto mais rápido um computador puder executar o X ‑ Plane,


mais realista e recompensadora será a simulação. Os testes
mostraram que o cérebro humano pode separar quadros
individuais em taxas de quadros de menos de cerca de 20 FPS,
fazendo com que a simulação pareça "instável".
Coincidentemente, este é o mesmo lugar em que a engenharia
por trás da simulação começa a desmoronar. Por este motivo,
o X ‑ Plane definiu a velocidade operacional mínima neste nível.
Se um computador não for capaz de fornecer uma taxa de
quadros de 20 FPS ao renderizar o nível de detalhe configurado
na página Opções de renderização, o X ‑ Plane irá introduzir
automaticamente a névoa para ajudar a simulação a funcionar
com mais suavidade. A névoa impede o X-Plane de desenhar o
mundo a uma distância tão grande, permitindo que a simulação
seja executada mais rapidamente.

Exibindo a taxa de quadros

Antes de começar, precisaremos saber a velocidade com que o


X ‑ Plane está funcionando em seu computador. Para fazer isso,
inicie o X ‑ Plane e:

1. Mova o mouse para o topo da tela (fazendo com que o


menu apareça) e clique no ícone de configurações e, em
seguida, na guia Saída de dados.

2. Na primeira linha, Taxa de quadros, marque a primeira


caixa para exibir a taxa de quadros atual no canto superior
esquerdo da tela durante o vôo.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 56/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Figura 4.10 : Marcando a caixa para exibir a taxa de


quadros enquanto no simulador

3. Feche a janela Data Output. Agora você deve ver o quão


rápido a simulação está sendo executada, na saída f-act /
sec na extrema esquerda (destacado em laranja na
imagem abaixo). Esta é a taxa de quadros atual, fornecida
em quadros por segundo (fps).

Figura 4.11 : A taxa de quadros por segundo destacada

Observe que a taxa de quadros mudará dependendo do que


está acontecendo na simulação. Não é incomum que um
computador produza 50 fps enquanto está sentado em uma
pista vazia, mas caia para, digamos, 30 fps ao renderizar
muitos edifícios, outras aeronaves, etc.

Consulte o seguinte para determinar o significado deste


número.

1. 19 fps é terrível e pouco adequado para rodar o simulador.

2. 25 a 35 fps é o intervalo ideal. Taxas de quadros mais altas


indicam que o computador não está renderizando com
tantos detalhes quanto poderia.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 57/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

3. 50 fps é muito alto e indica que o sistema provavelmente


poderia desenhar mais edifícios, nuvens e outros objetos.

Definindo as opções de renderização

A tela Gráficos é usada para configurar o nível de detalhe do


simulador. Esta janela pode ser encontrada movendo o mouse
para o topo da tela, clicando no ícone de configurações e
clicando em Gráficos.

Os controles deslizantes de opções de renderização são


organizados com configurações que dependem principalmente
da CPU à direita e opções pesadas da GPU à esquerda. O
controle deslizante Efeitos visuais ajusta a qualidade dos
efeitos visuais, como sombras e reflexo de luz, e depende da
qualidade da placa gráfica. Se você tiver uma GPU nova e / ou
razoavelmente poderosa, tente definir este controle deslizante
para "alto" ou "máximo". Observe que as luzes indiretas, como
as luzes do teto na cabine do Boeing 737, só funcionam se o
HDR estiver ativado, o que está disponível nas duas
configurações principais.

Figura 4.12 : A tela de opções de renderização da janela


Configurações

Ajuste o controle deslizante Qualidade da textura para ajustar


o nível de detalhes nas texturas da cabine e dos objetos do
mundo. Esta configuração determina a clareza e os detalhes
das texturas exibidas no X ‑ Plane. As texturas são os mapas
de imagem dispostos sobre o terreno e a aeronave para torná-
los realistas. Se estiver muito baixo, a pista e o terreno ficarão
borrados e com blocos. Embora não pareça muito bom, ele

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 58/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

usará muito pouca memória de vídeo (VRAM), então uma alta


taxa de quadros será mais facilmente alcançável. Quanto mais
poderosa for a placa de vídeo do computador, maior será a
resolução da textura no X-Plane sem prejudicar a taxa de
quadros. A taxa de quadros será significativamente afetada, no
entanto, se uma resolução de textura for selecionada que
requer mais VRAM do que a placa de vídeo do computador tem.

O controle deslizante Antialiasing é usado para suavizar as


bordas dos objetos desenhados no simulador. Quando um
computador tenta desenhar linhas diagonais através de um
número finito de pixels retangulares em um monitor, o
resultado é “serrilhado” - linhas em degraus de aparência
pixelizada. Esses serrilhados podem ser (um pouco) eliminados
ativando o anti-aliasing. Isso fará com que o X-Plane realmente
desenhe o mundo simulado várias vezes por quadro e mescle
esses quadros, resultando em uma imagem com melhor
aparência. Portanto, é semelhante a usar uma resolução de
tela mais alta; rodar em uma resolução de 2048 × 2048 sem
anti-aliasing é semelhante a rodar em 1024 × 1024 e 4 × anti-
aliasing. Ambas as situações sobrecarregam a placa de vídeo
com virtualmente nenhum aumento no uso da CPU. Isso
matará completamente a taxa de quadros do simulador se o
sistema não tiver uma placa de vídeo forte, mas se a placa de
vídeo aguentar, aumente esta opção. Observe que o X ‑ Plane
deve ser reiniciado para ver as alterações no controle
deslizante de antialiasing em modos não HDR.

O controle deslizante Número de objetos ajustará quantos


objetos 3D são desenhados no mundo, como árvores, edifícios
e aeronaves estáticas. Se você tiver uma CPU poderosa, você
pode definir isso para alto ou mesmo máximo sem afetar muito
a sua taxa de quadros, e as configurações mais altas garantirão
que você veja tudo o que há para ver em um aeroporto.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 59/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Marque a caixa Desenhar aeronave estacionada se desejar


ver aeronaves estáticas nos aeroportos.

Se o X ‑ Plane ainda estiver sendo executado em uma taxa de


quadros muito alta, você também pode escolher marcar a caixa
ao lado de “Usar Vsync” na parte inferior da janela. Isso
limitará a taxa de quadros do X-Plane para a taxa de
atualização do seu monitor, evitando assim quedas breves da
taxa de quadros ou interrupções. Marcar a caixa Desenhar
sombras no cenário também adicionará detalhes que os
cards mais antigos e mais lentos podem não ser capazes de
lidar.

Sempre tenha em mente que, se sua placa de vídeo tiver pouca


VRAM para as texturas que o X-Plane está carregando (uma
possibilidade muito real nesta versão), você poderá ver uma
grande queda na taxa de quadros ao mover para cima um dos
os controles deslizantes dependentes de GPU à direita.

Recomendamos colocar o controle deslizante Qualidade da


textura na configuração mais baixa, sair do sim, reiniciá-lo e
observar a taxa de quadros. Fique de olho na mensagem
abaixo do controle deslizante que mostra quantos megabytes
de texturas estão carregados. A partir daí, aumente o controle
deslizante um nível e repita até que a taxa de quadros diminua.
Este é o ponto em que toda a RAM da placa de vídeo está
sendo usada. Retorne a resolução da textura para um nível
abaixo de onde a diminuição foi observada e reinicie o X-Plane
mais uma vez.

O X-Plane 11.50 adiciona a capacidade de executar o sim com


as APIs de renderização modernas Vulkan (para Windows e
Linux) e Metal (para Mac). Marque a caixa “Usar driver Metal /
Vulkan para renderização mais rápida” e reinicie o simulador
para usar o novo mecanismo de renderização. O sim deve
funcionar em taxas de quadros mais altas e reduzir a gagueira
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 60/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Vídeo 4.2 : Tutorial de configuração das opções de


renderização

Primeiro, saiba que sua taxa de quadros geral será limitada por
sua CPU ou GPU (sua placa de vídeo). Sua CPU pode ser muito
mais poderosa em relação à sua placa de vídeo ou vice-versa.
Nesse caso, você poderia hipoteticamente aumentar os
recursos pesados da CPU muito mais do que os recursos
pesados da GPU (ou vice-versa).

A metade esquerda da seção de configurações “Opções de


renderização” contém os recursos pesados da GPU: efeitos
visuais, qualidade de textura, suavização e sombras. Da
mesma forma, a metade direita das Opções de Renderização
são os recursos pesados da CPU: objetos do mundo, detalhes
de reflexão e aeronaves estacionadas.

Para encontrar o melhor compromisso entre desempenho e


qualidade visual para sua máquina específica, comece com
todos os controles deslizantes no mínimo e todas as caixas de
seleção desmarcadas. A partir daí, aumente as configurações
na ordem detalhada abaixo.

Ajustando as configurações da CPU

Vá para um grande aeroporto com muitos objetos 3-D, como


KSEA. Habilite a aeronave estacionada e comece a aumentar o
número de objetos do mundo e detalhes de reflexão.
Eventualmente, você chegará a um ponto em que sua taxa de
quadros cai mais abaixo do que você gostaria e, nesse ponto,
você vai querer recuar um passo.

Observe que o efeito em sua taxa de quadros do número de


objetos e detalhes de reflexão são muito cumulativos: se você
tem objetos mínimos, você pode ser capaz de maximizar os
detalhes de reflexão, mas à medida que adiciona mais objetos

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 62/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

com esta opção ligada. Observe que o uso desta opção pode
exigir atualizações do driver gráfico e que nem todos os add-
ons são compatíveis com Vulkan e Metal. Se seu complemento
não parece funcionar corretamente, desative esta caixa de
seleção e reinicie para retornar à renderização OpenGL. Para
obter mais informações sobre novos requisitos de driver,
consulte este artigo da Base de Dados de Conhecimento .

Finalmente, você pode habilitar TrackIR, TrackHat ou Matrox


TripleHead2Go com as caixas de seleção na parte inferior da
janela.

Definindo as opções de renderização para melhor


desempenho

Se a taxa de quadros do simulador não for tão alta quanto você


gostaria, você pode aumentá-la seguindo as instruções abaixo.
Recomendamos ser muito metódico e seguir essas instruções
em ordem, verificando a taxa de quadros após cada alteração
principal até encontrar configurações que forneçam uma taxa
de quadros aceitável. Certifique-se de que a taxa de quadros
esteja visível na tela de acordo com as instruções em Exibindo
a taxa de quadros acima.

X-Plane 1150 rendering options


de X-Plane

06:45

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 61/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

(dando mais X ‑ Plane coisas para calcular reflexos), você


precisará diminuir os reflexos.

Ajustando as configurações de GPU

Agora vamos ajustar a qualidade da textura.

Tendo encontrado o número de objetos que deseja usar,


comece a trazer o controle deslizante de qualidade da textura
para cima. Observe que você precisará reiniciar o X ‑ Plane (e
voltar para o aeroporto de teste) para que as alterações
tenham efeito. Se o tamanho das texturas carregadas
ultrapassar a VRAM de sua placa de vídeo, você verá uma
queda acentuada no desempenho, então, por segurança, deixe
um pouco de “enchimento” aqui - aviões diferentes e pacotes
de cenários diferentes podem precisar de mais VRAM do que
seu teste área.

Para outros recursos no lado da GPU, aumente o controle


deslizante de Efeitos Visuais primeiro e apenas aumente o
Antialiasing ou adicione sombras de cenário se todas as outras
configurações de renderização chegarem a um ponto que o
agrade e ainda tiver uma taxa de quadros maior do que o
necessário.

Alterar o número de outras aeronaves

A configuração final que realmente afeta a taxa de quadros do


simulador é o número de outros aviões. Acesse isto indo para a
tela Flight Configuration e clicando no botão AI Aircraft .

Lá, remova todas as outras aeronaves clicando no 'X' para a


velocidade máxima. Isso significa que o X-Plane terá apenas
que calcular a física em sua aeronave, proporcionando um
aumento significativo de velocidade em CPUs mais lentas.

Feito isso, seu desempenho deve ser otimizado e você está


pronto para voar.
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 63/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Se o X ‑ Plane for exibido em tela inteira ou em uma janela


maior que 1920x1080, você também terá a opção de aumentar
o tamanho da interface do usuário em um menu suspenso no
meio da seção "Acessibilidade". Isso é especialmente útil para
monitores grandes de alta resolução. Defina como 150% ou
mais para aumentar o tamanho do texto e a interface em todo
o simulador. A partir do X ‑ Plane 11.30, você também pode
escolher entre 8 opções para aumentar o tamanho da fonte da
interface do usuário nesta seção.

Figura 4.13 : O tamanho da fonte definir algumas opções


acima do padrão

Expanda as Configurações de Visuais para definir a visualização


padrão ou desative os efeitos do pára-brisa, como vidros
quebrados após um acidente.

Você pode ajustar o campo de visão lateral na seção Campo de


visão. Isso muda a extensão do cenário observável que está na
tela. Monitores widescreen (aqueles com uma proporção de,
digamos, 16:10 ou 16: 9 e uma resolução de, digamos, 1920 ×
1080, 1600 × 900 e assim por diante) podem se beneficiar de
um campo de visão mais amplo (60 ° ou Mais). Monitores mais
antigos com uma proporção de aspecto de 4: 3
(correspondendo a uma resolução como 1024 × 768 ou 1600 ×
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 65/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

1200) provavelmente desejam manter um campo de visão de


45 °.

Se você estiver usando uma configuração de multimonitor,


expanda a seção Visual Offsets para fazer ajustes para os
engastes do monitor ou monitores envolventes. Consulte a
seção Configurando um simulador de vários monitores para
obter mais detalhes.

Configurando o Som
Para configurar o som, mova o mouse para o topo da tela e
clique no ícone de configurações e em Som. As opções aqui
permitem que você configure os volumes relativos de todos os
sons no X ‑ Plane usando os controles deslizantes no lado
esquerdo da janela. No lado direito, o som e o texto ATC
podem ser ligados ou desligados. Por padrão, todos os sons são
ativados, com volumes definidos em 100% (controles
deslizantes totalmente à direita).

Esta janela também verificará o status do software de síntese


de voz usado para ATIS.AWOS. Se o software não estiver
instalado no Windows, baixe o Microsoft Speech SDK 5.1 .

Definir o idioma
Para alterar o idioma usado em todo o X-Plane, mova o mouse
para o topo da tela (fazendo com que o menu apareça) e clique
no ícone Configurações. Em seguida, clique na guia Geral e
selecione seu idioma na lista da seção "Idioma".

Atualizando X-Plane
O simulador X-Plane foi projetado para realismo e longevidade.
Maximizar ambos requer que o X-Plane seja atualizado com
freqüência. Lançamos regularmente novas atualizações para o

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 66/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Configurando o Monitor
Na parte inferior da seção Gráficos da tela Configurações estão
as opções para configurar o monitor. Use o menu suspenso
para alternar entre o modo de tela inteira e janela ou a Estação
de operação do instrutor (requer pelo menos dois monitores).

Configuring the monitor


de X-Plane

05:12

Vídeo 4.3 : Tutorial de configuração do monitor

Ao usar o X ‑ Plane no modo de tela inteira, a resolução será


padronizada para a mesma resolução do seu sistema
operacional. Você pode alterar isso com a lista suspensa
Resolução, mas tenha em mente que se você escolher uma
resolução com uma proporção de aspecto diferente do que o
seu monitor tem, o X ‑ Plane aparecerá esticado. Isso
aconteceria, por exemplo, se seu monitor tivesse uma
resolução nativa de 1920 × 1080 (uma tela widescreen,
proporção de aspecto 16: 9) e você selecionasse uma resolução
de 1024 × 768 (uma proporção de aspecto 4: 3 “padrão”). A
resolução mais baixa disponível é 1024 × 768. Aumentar a
resolução também pode causar uma queda na taxa de quadros
se sua placa gráfica não for potente o suficiente.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 64/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

simulador que contêm aprimoramentos de recursos, correções


de bugs, melhorias de estabilidade, aeronaves e atualizações
de recursos, melhorias de modelo de voo e até mesmo novas
adições de recursos.

A compra do X-Plane lhe dá o direito a atualizações gratuitas


por meio da versão completa do X-Plane executado. Isso
significa que se você comprar os discos da Versão 11, obterá a
atualização da Versão 11.10, a atualização da Versão 11.20,
etc., até a Versão 11.99, se houver, tudo gratuitamente. Claro,
você não precisa tirar proveito dessas atualizações, mas é
recomendável que você faça isso.

Se uma atualização estiver disponível, você será notificado na


próxima vez que iniciar o X ‑ Plane. Se desejar atualizar
imediatamente, clique no botão Atualizar para baixar e iniciar
automaticamente o instalador / atualizador mais recente e, em
seguida, conclua o processo.

Se você gostaria de verificar qual versão do simulador está


usando:

1. Vá para Configurações> Geral.

2. Clique no botão Sobre o X-Plane no canto esquerdo


inferior.

3. Seu número de versão será listado na seção “Sobre esta


cópia do X-Plane”. Haverá um botão Atualizar X-Plane se
uma atualização estiver disponível. Clicar aqui fará com
que o X ‑ Plane baixe o atualizador mais recente e execute
o atualizador para você.

Usando o X ‑ Plane Betas


Entre os lançamentos oficiais (ou "estáveis"), os usuários
podem baixar versões beta da próxima atualização. Eles são
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 67/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

tratados como uma espécie de “atualização em andamento” -


novos recursos e correções de bugs estão incluídos, mas no
estágio beta, as atualizações não foram totalmente testadas
em uma série de situações. Isso significa que eles podem criar
incompatibilidades ou criar outros problemas que não seriam
encontrados nas versões estáveis.

As atualizações beta do X-Plane são para usuários que desejam


ajudar a testar os mais novos refinamentos do software X-
Plane. A vantagem de fazer isso é que esses usuários têm
acesso aos aprimoramentos mais recentes do software. A
desvantagem é que há um risco maior de encontrar problemas
com modelos de terceiros ou outros bugs gerais.
Recomendamos que a maioria dos usuários se atenha às
versões estáveis, já que essas são as que “simplesmente
funcionam”.

Consulte a página X ‑ Plane Release Notes para obter


informações sobre as compilações mais recentes.

Para instalar um beta:

1. Execute o instalador / atualizador.


2. Escolha “atualizar”
3. Desmarque “obter betas”
4. Quando solicitado a manter ou sobrescrever os arquivos
modificados, escolha “sobrescrever”. (AVISO: se você tiver
suas próprias modificações, não escolha substituir para
seus próprios mods. Isso só é um problema se você tiver
add-ons que modificam os arquivos de sistema x-Plane.)

Observe que os usuários do Steam só têm acesso aos betas


finais, chamados de "candidatos a lançamento".

Desinstalando o X-Plane
O instalador do X ‑ Plane não infesta seu disco rígido com
atalhos e diretórios. Portanto, para desinstalar o programa,
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 68/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

basta excluir a pasta de instalação do X ‑ Plane (localizada por


padrão na área de trabalho) arrastando-a para a Lixeira ou
Lixo. Depois de esvaziar a Lixeira / Lixo, o programa será
removido completamente do disco rígido.

Permitindo o X-Plane através do seu firewall


Alguns recursos do X-Plane exigem que o X-Plane seja capaz
de se comunicar em sua rede. Esses recursos incluem:

1. voos multijogador em rede,


2. simulações multi-computador,
3. integração com aplicativos em dispositivos móveis ou
tablets

Para que o seu computador “veja” os outros computadores nas


situações acima, você deve primeiro permitir que o X ‑ Plane se
comunique através do seu firewall. Se o seu computador não
estiver executando um firewall, é claro, isso não é problema
para você.

Para fazer isso no Windows 8 e 10:

1. Abra o Painel de Controle do Windows e selecione “Sistema


e Segurança”.

2. No painel Firewall do Windows, clique em Permitir um


programa pelo Firewall do Windows .

3. Marque a caixa de seleção ao lado de X ‑ Plane nos


programas permitidos e clique em OK. Se o X ‑ Plane não
estiver na lista, você pode adicioná-lo clicando no botão
Permitir outro programa abaixo da lista e navegando até
ele.

Para permitir o X-Plane através do firewall no Mac OS,

1. Abra Preferências do Sistema no menu Apple .

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 69/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

2. Clique em Segurança e privacidade.

3. Clique na guia Firewall.

4. Desbloqueie o painel clicando no cadeado no canto inferior


esquerdo e digite o nome de usuário e a senha do
administrador.

5. Clique em Opções de firewall para personalizar a


configuração do firewall.

6. Clique no botão + (mais) e selecione sua cópia do X-


Plane.app. Com o X ‑ Plane selecionado, clique em
Adicionar e em OK .

Se você precisar permitir o X ‑ Plane através de um firewall


corporativo, abra a tela Operações e Avisos e insira um proxy
HTTP não transparente na caixa na parte inferior da janela.

Expandindo X-Plane
O X-Plane pode ser modificado de várias maneiras. Você pode
adicionar aeronaves ou cenários personalizados, ou pode baixar
plug-ins que podem alterar radicalmente a funcionalidade do
simulador. Se você não encontrar a aeronave, o cenário ou os
plug-ins que procura, crie os seus próprios com um pouco de
conhecimento de programação.

O site do desenvolvedor do X-Plane possui uma riqueza de


informações sobre a criação de cenários e aeronaves, e o site
do SDK do X-Plane possui documentação sobre o
desenvolvimento de plug-ins. O manual do Plane Maker será
especialmente útil para usuários que criam arquivos de
aeronaves, enquanto aqueles que desenvolvem cenários devem
manter o manual do WorldEditor acessível.

Adicionando Aeronave

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 70/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Talvez o lugar mais fácil para encontrar novas aeronaves seja


em X-Plane.org . O X-Plane.org tem modelos à venda (alguns
dos quais são muito, muito bons), bem como modelos
gratuitos. Outras fontes notáveis de aeronaves payware de alta
qualidade são o pessoal da X-Aviation , bem como Jason
Chandler, do AIR.C74.NET .

Ao fazer o download de uma aeronave personalizada, ele


normalmente estará em uma pasta compactada (geralmente
um arquivo ZIP) que contém o avião e todos os seus vários
trabalhos de pintura, aerofólios, sons personalizados e painéis
de instrumentos. Depois de fazer o download da pasta
compactada, você poderá clicar duas vezes nela para abri-la ou
expandi-la em computadores Macintosh, Windows ou Linux.

A partir daqui, a pasta pode ser arrastada e solta na pasta


Aircraft. Por exemplo, para um Piper J – 3 Cub recém-baixado,
o caminho da pasta no Windows pode ser assim:

C: \ User \ Desktop \ X-Plane 11 \ Aircraft \ Piper Cub

Com a nova aeronave no diretório adequado, abra o X-Plane.


Ao iniciar um novo vôo, sua aeronave aparecerá na grade da
aeronave da tela Flight Configuration. (Se a aeronave não vier
com ícones para a grade, você pode fazer com que o X ‑ Plane
os gere usando os comandos “(re) gerar todos os ícones para
esta aeronave” ou “(re) gerar o ícone para a aeronave e
pintura atuais ". Vincule-os a um botão ou tecla de acordo com
as instruções em Configurando os controles de vôo .)

Obviamente, os usuários também podem fazer upload de suas


próprias aeronaves no X-Plane.org e em sites semelhantes,
após criar um avião personalizado de acordo com o manual do
Plane Maker . Não colocamos restrições de direitos autorais de
qualquer tipo em aeronaves feitas por usuários com o Plane

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 71/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Maker, e essas aeronaves personalizadas podem ser


carregadas e compartilhadas (ou vendidas) à vontade.

Adicionando Cenário

Pacotes de cenários personalizados também podem ser


encontrados na página de download do X-Plane.org , entre
outros lugares. Eles podem ser baixados e instalados à
vontade. Normalmente, os pacotes de cenários personalizados
precisarão ser descompactados na pasta 'Cenário
personalizado' do X ‑ Plane, e o X ‑ Plane os carregará
automaticamente na próxima vez que for iniciado.

A personalização avançada de cenários pode ser feita através


da modificação do arquivo “scenery_packs.ini” encontrado na
pasta Custom Scenery. Este arquivo determina a ordem em
que os pacotes de cenário são carregados, com os arquivos no
topo da lista substituindo os de baixo. Sempre que um novo
pacote de cenário é adicionado à pasta Custom Scenery, ele é
automaticamente adicionado ao topo do arquivo
scenery_packs.ini e, portanto, tem prioridade.

Para modificar a ordem dos pacotes de cenário, abra o arquivo


scenery_packs.ini com um editor de texto de sua escolha e
simplesmente mova a linha do pacote de cenário para um local
diferente na lista (ou seja, mais alto para aqueles pacotes que
você mais deseja ver e mais baixo para aqueles, é menos
importante ver). Além disso, o utilitário XAddonManager pode
ser útil para gerenciar uma grande quantidade de cenários
personalizados ou objetos baixados.

Para criar seu próprio cenário personalizado, use a ferramenta


World Editor (WED), que pode ser baixada gratuitamente na
página Scenery Tools do site X ‑ Plane Developer. Um bom
número de tutoriais para as ferramentas pode ser encontrado

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 72/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

na seção de documentação do Scenery Development do X ‑


Plane Developer e no YouTube.

The Airport Scenery Gateway

O Airport Scenery Gateway é um esforço dirigido pela


comunidade para coletar dados de aeroportos em um banco de
dados global de aeroportos. É uma coleção de todos os layouts
de aeroporto criados pela comunidade X-Plane ao longo dos
anos. Aeroportos personalizados feitos no WED e carregados
para o Gateway são compartilhados com todos os usuários do
X-Plane por meio de atualizações para o X-Plane.

O cenário de gateway mais recente será fornecido


automaticamente por meio de atualizações. Você também pode
adicionar um cenário do Airport Scenery Gateway antes que
isso aconteça, mas observe que, se você fizer isso, ele
suprimirá quaisquer atualizações posteriores do Global Airport
para esse mesmo aeroporto.

Para informações adicionais ou para se registrar como um


artista, confira o Cenário Gateway Airport homepage ou o
artigo de referência Gateway Airport Cenário .

Instalando Plug-Ins

Plug-ins são pequenos programas que permitem modificar o X ‑


Plane. As pessoas escrevem plug-ins para fazer todos os tipos
de coisas interessantes, como pendurar pesos no painel que se
movem com precisão, executar pequenos rebocadores para
empurrar seu avião no chão ou desenhar sistemas de
visualização de terreno interessantes, entre outras coisas. Mais
uma vez, o X-Plane.org é um bom lugar para encontrar vários
plug-ins e outras coisas para ajustar sua cópia do X-Plane.

Para obter informações sobre a criação de plug-ins


customizados, consulte o site X-Plane SDK .

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 73/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Voo em X-Plane
O X-Plane, é claro, é um simulador de vôo. Um voo normal
consiste em algumas, senão todas, das seguintes etapas:

1. escolhendo uma aeronave,

2. ir para um local (uma pista de aeroporto, um local a


alguma distância de um aeroporto para fazer uma
abordagem ao aeroporto ou um local aleatório),

3. definir o clima e a hora do dia, e

4. realmente voando.

Além disso, você pode tirar proveito de uma série de recursos


do simulador antes ou durante um vôo. Isso inclui o uso de
instrumentos no painel da aeronave, alternando sua visão da
aeronave, visualizando seu vôo (seja em um mapa 2-D ou em
3-D) e criando arquivos para compartilhar seu vôo com outras
pessoas.

Configurando Seu Voo


A primeira coisa que você vê ao iniciar o X ‑ Plane é o menu
principal. Aqui você pode escolher entre quatro opções para
voar. Você também pode sair dessa tela ou ajustar suas
configurações.

Resume Last Flight carregará a aeronave que você estava


usando pela última vez quando saiu do X ‑ Plane e o colocará
no aeroporto mais próximo. Load Saved Flight permitirá que
você carregue um de seus replays salvos ou arquivos de
situação (veja a seção Criando uma Situação Reutilizável para
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 74/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

mais detalhes). A Flight School acessa os tutoriais e é um


ótimo lugar para começar se você for novo no vôo ou no X-
Plane.

Por enquanto, vamos nos concentrar na configuração de um


Novo Voo para personalizar todos os seus recursos. Clique no
botão para ir para a tela Flight Configuration.

Observe que se você retornar ao Menu Principal (localizado no


menu Arquivo) após iniciar qualquer voo, o nome de algumas
opções terá mudado ligeiramente. Você pode retomar o voo
atual ou escolher a configuração do voo para modificar seu
voo atual ou criar um novo. Você também terá a opção de
Salvar Voo , além de Carregar Voo Salvo e acesso à Escola
de Voo .

Escolhendo e personalizando uma aeronave

Figura 5.1 : Configurando um novo vôo na tela Flight


Configuration

Selecione uma aeronave na lista à esquerda. Você pode


restringir suas opções usando os menus suspensos na parte
superior da tela ou a barra de pesquisa. Clique na estrela no
canto da caixa da aeronave para marcá-la como favorita e
localizá-la rapidamente na próxima vez no topo da lista.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 75/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Ao clicar no botão Personalizar , você pode alternar entre


iniciar seu voo com os motores funcionando ou frio e escuro.
Você pode alterar a pintura da aeronave (se disponível) usando
a roda de rolagem do mouse ou a lista suspensa no canto
superior direito. Clique em Peso, Equilíbrio e Combustível se
quiser modificar esses valores, ou Falhas em escolher partes
da aeronave ou mundo para quebrar.

Escolhendo um aeroporto ou localização

A aeronave do X-Plane pode ser realocada para praticamente


qualquer aeroporto na Terra. Ele pode colocar sua aeronave em
uma pista ou pátio, ou pode colocá-lo no ar em uma
abordagem de 3 ou 10 milhas náuticas para uma pista.

Escolha um aeroporto para começar pesquisando por Nome,


código ICAO / IATA / FAA ou característica (como “faixa de
grama”) na caixa de localização no canto superior direito da
tela. Você pode obter os mesmos resultados pesquisando por
“KLAX,” “Los Angeles Intl” ou mesmo simplesmente digitando
“Los Angeles” e percorrendo os resultados. A lista não filtrada é
o banco de dados completo do aeroporto X ‑ Plane, que
representa quase todos os aeroportos do planeta.

Clique no botão Personalizar para ir para a tela Localização se


desejar controle adicional sobre onde seu voo começa. Esta
tela é dividida em três partes. No canto superior esquerdo está
uma versão maior da seleção do aeroporto na tela anterior. A
parte inferior esquerda alterna entre o início da rampa e da
pista. Quando o botão de alternância está definido como
“Pista”, você pode começar no solo no final da pista ou no ar a
3 ou 10 milhas náuticas de distância da pista.

À direita do painel da lista, há uma visão aérea do layout do


aeroporto selecionado com seu ponto de partida atual marcado
em azul. Você pode ver rapidamente em qual extremidade da

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 76/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

pista você iniciará ou onde a rampa de início selecionada está


localizada. Você pode aumentar e diminuir o zoom usando a
roda de rolagem do mouse e até mesmo clicar no local em que
deseja começar no mapa, em vez de escolher nas listas à
esquerda.

Observe que se a aeronave for movida para uma área que não
possui nenhum cenário instalado, ela terminará em uma pista
que está pairando sobre o oceano lá embaixo. Isso é conhecido
como "mundo da água" e é abordado em detalhes no apêndice
Mundo da água, ou "Socorro, há água por toda parte!" .

Outras maneiras de escolher um local

Você não precisa escolher um local para seu voo usando a lista
de aeroportos mundiais. Você pode fazer com que o X-Plane
escolha um local aleatório próximo a você clicando no botão
Special Starts na parte inferior da tela Location e
selecionando “Get Me Lost” na parte inferior da lista. Você
também pode escolher entre uma série de inícios especiais
nesta tela, como uma foto de transportadora, abordagem de
plataforma de petróleo ou pousos de ônibus espaciais.

Mudando o ambiente

O ambiente X-Plane consiste em clima, hora do dia e data,


cada um dos quais pode ser modificado à vontade.

Configurando o clima

A simulação do tempo do X-Plane é altamente configurável e


extremamente realista. O clima no X-Plane pode ser definido
de três maneiras. A primeira e mais fácil maneira de definir o
clima é usando o controle deslizante na tela de configuração de
voo. Oito opções estão disponíveis, com a cobertura de nuvens
ficando cada vez mais pesada à medida que você arrasta o
controle deslizante para a direita.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 77/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Clique no botão Personalizar para um controle muito mais


preciso sobre o clima. Pode ser mais fácil começar com o tipo
de clima mais próximo que você deseja com o controle
deslizante e ir para a tela Configurações do clima para ajustar
as configurações individuais.

Personalização avançada do clima

A tela Configurações do clima permite que você especifique o


clima exato que deseja. A maior parte da tela é para o mapa
do tempo, que exibe as nuvens e as camadas de vento em
relação umas às outras.

Você pode usar o menu suspenso Condições predefinidas para


definir algumas condições meteorológicas predefinidas para
começar a projetar seu clima personalizado a partir de:

1. CAVOK define o tempo para limpar e visibilidade OK.


Normalmente, os pilotos se referem a isso como “CAVU” —
Claro e Visibilidade Ilimitada. Isso não coloca nenhuma
camada de vento ou nuvem no mapa meteorológico, e o
controle deslizante de visibilidade é definido como 25
milhas estatutárias.

2. O VFR define o clima para boas condições visuais de voo -


céu claro e ensolarado, sem vento e visibilidade de 7sm.

3. O VFR marginal define as condições de vôo VFR marginais


do tempo, com cerca de cinco milhas de visibilidade e um
teto de 1.500 pés.

4. A Abordagem de Não Precisão define o clima para uma


abordagem de não precisão, com uma visibilidade de 3
milhas e um teto de 400 pés.

5. IFR Cat I define o clima para uma abordagem ILS de


Categoria I, com teto e visibilidade ruins.
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 78/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

6. Cat II define o clima para uma abordagem ILS de


Categoria II, com teto e visibilidade terrivelmente ruins.

7. Cat III define o clima para uma abordagem ILS de


Categoria III. Estas são condições de instrumento
extremamente baixas, com teto e visibilidade basicamente
zero.

8. Tempestade define o clima para o nível máximo de IFR-I


e as condições de visibilidade com fortes precipitações e
tempestades, é claro.

9. Custom permite que você abra um arquivo METAR.rwx


customizado para criar suas próprias condições climáticas
em um arquivo de texto.

Ou você pode simplesmente adicionar até seis camadas de


nuvens e / ou vento (3 cada) clicando em seus respectivos
botões. Observe que cada camada adicionada será colocada
acima de quaisquer camadas existentes do mesmo tipo,
portanto, será mais eficiente projetar seu clima de baixo para
cima.

O mapa do tempo é muito tátil - você pode pegar os ícones e


arrastá-los para cima e para baixo, e alguns tipos de nuvem
permitem que você ajuste suas bordas para torná-los mais
largos ou mais estreitos. Clique em uma camada para ajustar
as configurações adicionais na coluna Propriedades da camada
no lado esquerdo da janela. Pressione o botão Excluir camada
se desejar remover a camada de vento ou nuvem.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 79/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Figura 5.2 : Especificando as camadas de nuvem e vento nas


configurações de clima

As camadas de nuvem podem ser definidas como cirrus, várias


quantidades de cúmulos e estratos. Você pode ajustar as
alturas das nuvens usando os controles deslizantes ou
digitando nas caixas para maior precisão. Essas alturas são
medidas em pés acima do nível médio do mar (MSL).

A altitude, velocidade, turbulência, rajada e cisalhamento das


camadas de vento também podem ser ajustados arrastando os
controles deslizantes ou especificando um número nas caixas.
O X ‑ Plane usará as configurações de altitude alta, média e
baixa para interpolar entre as camadas. Você pode clicar e
arrastar próximo à borda do círculo de direção para fazer o
vento vir dessa direção.

No lado direito da janela Configurações de clima estão os


controles deslizantes de configuração para as condições
atmosféricas. Aqui você também pode alterar as unidades de
medida, como mudar a temperatura de Fahrenheit para
Celsius, por exemplo.

O menu suspenso Definir visibilidade e o controle deslizante


ajusta o que seu nome sugere, medido em milhas estatutárias

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 80/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

para visibilidade atmosférica ou pés para alcance visual da


pista.

O controle deslizante de precipitação define o nível de


precipitação. Dependendo da temperatura ao redor do avião e
das nuvens onde ele se forma, será na forma de chuva, granizo
ou neve.

O controle deslizante de tempestade ajusta a tendência para


atividade convectiva. O mapa do radar meteorológico no canto
inferior direito da janela mostra onde as células estão se
formando. Voar para essas células resulta em forte precipitação
e extrema turbulência. A turbulência é grande o suficiente para
que, na realidade, os aviões possam voar inteiros para as
tempestades e sair em muitos pedaços menores.

Levar helicópteros a essas situações de congelamento e


tempestade é interessante porque sua carga alar muito alta em
seu rotor e o fato de que o rotor está oscilando livremente faz
com que eles tenham uma viagem bastante tranquila em
turbulência. Eles ainda não são indestrutíveis, porém, e estão
sujeitos à formação de gelo em suas lâminas, como um avião.

Em seguida, a temperatura no aeroporto mais próximo e a


pressão barométrica (pressão do ar) ao nível do mar podem
ser definidas. Lembre-se de que a “atmosfera padrão” é 59 ° F
(15 ° C) e 29,92 polegadas de mercúrio (1013 milibares).

Expanda a seção “Térmicas” para inserir a altitude, cobertura e


taxa de subida. Esses controles são usados principalmente
durante o vôo de planadores. Além das térmicas, o X-Plane
também conduz o ar para cima e para baixo no terreno à
medida que o vento sopra nas montanhas, simulando os efeitos
que os pilotos de planadores reais devem ter em mente e
tentar tirar proveito. Tente definir o vento a 30 nós ou melhor
em um ângulo reto em relação a uma cordilheira e correr ao
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 81/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

longo do lado do vento contrário da cordilheira em um planador


- você deve ser capaz de se manter no ar subindo se ficar bem
baixo. No entanto, desvie para o lado da montanha a favor do
vento e uma descida imparável está garantida!

Expanda “Corpos d'água” para definir a altura e a direção das


ondas para os corpos d'água. Alterar a altura da onda, em pés,
também modificará o comprimento e a velocidade da onda.

X-Plane 11 Weather Customization


de X-Plane

03:09

Vídeo 5.1 : tutorial de personalização do clima

Baixando o clima atual do mundo real da Internet

Outro método de definir o clima no X ‑ Plane é baixar o clima


da Internet. O download do clima real obterá informações
sobre o clima e os ventos para o mundo inteiro, contidos em
três arquivos na pasta principal: global_turbulence.grib,
global_winds.grib e METAR.rwx.

Para habilitar isso, primeiro abra a tela Personalizar clima em


Configuração de voo. Lá, escolha Corresponder às condições
do mundo real no menu suspenso “Modo de clima” no canto
inferior esquerdo da janela. O X ‑ Plane baixará

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 82/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

automaticamente o clima em sua localização atual e definirá


um cronômetro para baixar novamente o clima em incrementos
que você especificar na lista suspensa "Taxa de atualização".
Se você quiser fazer o download do clima em outro momento,
pode sempre voltar a esta janela e pressionar o botão
Atualizar .

Faça seus próprios arquivos climáticos personalizados

Você pode fazer seus próprios arquivos de clima e vento,


permitindo que você especifique seu próprio clima para o X-
Plane com resolução ilimitada e localização de definições de
clima. Esta seção fornecerá uma explicação básica de como
configurar seus próprios arquivos de texto de clima
personalizados ou consulte este artigo no site X ‑ Plane
Developer para obter mais informações .

Para clima personalizado, crie um arquivo de texto


personalizado que liste o nome da estação de relatório como
MDEG. Em seguida, adicione a longitude, latitude e elevação.
Em seguida, insira o relatório METAR que deseja aplicar
naquele local.

Por exemplo, se quiséssemos alterar o clima para a área da


Carolina do Sul, especificaríamos a área no arquivo METAR.rwx
como: “MDEG –81.235425 34.5647 80.0”. Depois disso,
inseriríamos: “24031KT 2SM CLR 10 / M10 A3011” para nosso
clima.

O X-Plane possui 16 envelopes meteorológicos abrangendo a


área ao redor da região de vôo. Cada balde tem cerca de 1,0
grau de longitude por 0,6 grau de latitude, ou cerca de 35
milhas ou mais. Se você colocar um aeroporto MDEG a cada
grau de longitude e a cada meio grau de latitude, estará
inserindo o número correto de aeroportos MDEG para obter
todos os detalhes que puder do motor meteorológico X ‑ Plane.
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 83/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Para usar este arquivo METAR customizado no simulador, vá


para a tela de clima customizado e selecione Do arquivo
METAR customizado (.rwx) no menu suspenso “Modo de
clima”. O X ‑ Plane criará (ou substituirá, conforme o caso) um
arquivo METAR.rwx no diretório principal com suas informações
personalizadas.

Para ventos personalizados, crie um arquivo de texto


denominado “Winds.rwx” e coloque-o no diretório principal.
Este arquivo carregará ventos personalizados a 10.000 pés e
34.000 pés no X-Plane, de modo que você tenha ventos
elevados para aviões leves e aviões comerciais, com
interpolação para turboélices que voam entre eles.

Comece a linha com “DEG” e, em seguida, insira a latitude e


longitude do local. Cada um dos números após a latitude
representa a direção, velocidade e temperatura. Adicione
colunas adicionais de informações de vento para corresponder
a altitudes específicas: 3000, 6000, 9000, 12000, 18000,
24000, 30000, 34000 e 39.000 pés. Observe que você pode
deixar uma coluna de altitude inferior em branco se o local já
estiver acima dessa altitude, mas você deve inserir um
relatório de vento de altitude completo para todas as altitudes.
O X-Plane usará apenas os dados em 12.000 e 34.000 pés
(com interpolação entre eles), mas você deve inserir um
número (um valor fictício como zero é bom) para todas as
altitudes para que o arquivo seja examinado corretamente.

Exemplo:

DEG –82,235 34,345 2910 3117 + 14 2925 + 08 2934 + 04


2924–07 2836–20 284436 284946

Vamos analisar os primeiros itens em nosso exemplo acima.


Observe que o X ‑ Plane usa primeiro a longitude, depois a
latitude; portanto, a localização é 82,235 graus oeste, 34,345
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 84/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

graus norte. A 3000 pés, a direção do vento é 290, com


velocidade de 10 nós. A 6000 pés, a direção do vento é 310,
velocidade de 17 nós e uma temperatura de +14 graus Celsius.
Continue dessa maneira quando estiver adicionando ventos
personalizados ou interpretando o relatório.

Mais uma vez, o X-Plane tem 16 envelopes meteorológicos


abrangendo a área ao redor da região de vôo, e cada balde tem
cerca de 1,0 grau de longitude por 0,6 graus de latitude.
Portanto, se você colocar a estação de relatório de vento DEG a
cada grau de longitude e a cada meio grau de latitude, estará
inserindo o número certo de estação de relatório de vento para
obter todos os detalhes que puder do motor meteorológico X-
Plane.

Se alterações forem feitas nos arquivos METAR.rwx ou


winds.rwx personalizados, use o comando “scan real weather
files” para atualizar seu clima.

Definir a data e hora

A maneira mais simples de definir a hora do dia é arrastando o


controle deslizante no canto inferior direito da tela Flight
Configuration. A hora é fornecida como hora local e Zulu (ou
seja, Greenwich Mean Time ou UTC). Clique no botão
Personalizar para alterar a data, hora ou deslocamento GMT
usando os menus suspensos. Alterar a data rastreará com
precisão as alterações na duração dos dias e noites no X-Plane.
Por exemplo, há menos horas de luz do dia em dezembro do
que em junho na América do Norte, como no mundo real.

Além disso, você pode marcar a caixa de data e hora sempre


rastrear real para manter o X ‑ Plane em sincronia com a data
e hora definidas em seu sistema operacional.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 85/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Figura 5.3 : As opções disponíveis na janela Personalizar da


Hora do Dia

How to Fly
Ao voar pela primeira vez (tanto no X ‑ Plane quanto no mundo
real), é uma boa ideia usar uma aeronave relativamente
simples. O Cessna 172 é uma excelente escolha nesse aspecto,
fato atestado pelos milhões de pilotos do mundo real treinados
neste modelo.

Antes de começar, certifique-se de ter configurado seus


controles de vôo, se aplicável, de acordo com a seção "
Configurando os controles de vôo " do capítulo Configurando e
ajustando a instalação do seu X-Plane . Se você não estiver
usando controles de vôo, terá que voar com o mouse. Nesse
caso, haverá um pequeno sinal de mais branco (+) no centro
da tela. Se apenas esta cruz estiver visível, sem nenhuma
caixa branca em torno dela, o X ‑ Plane está indicando que a
“mão” do piloto não está no manche. Isso significa que o
mouse está livre para se mover para qualquer lugar sem afetar
os controles de vôo.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 86/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Para agarrar o manche (e assim assumir o controle da


aeronave), clique com o botão esquerdo do mouse nas
proximidades da pequena cruz branca e uma caixa branca
aparecerá ao redor da cruz. O botão do mouse não deve ser
mantido pressionado, apenas clique uma vez para ligar a caixa
(ou seja, para agarrar o stick) e novamente para desligar a
caixa (para soltar o stick). Quando a caixa está visível, a mão
do piloto está no manche e qualquer movimento do mouse
dentro da caixa posicionará os controles de vôo de acordo.
Assim, mover o mouse diretamente abaixo da cruz comandará
algum elevador para cima (fazendo com que o avião suba) e
não imporá nenhum comando de rolagem (o que deve impedir
a aeronave de mudar de inclinação). Da mesma forma, manter
o mouse alinhado exatamente com a cruz, mas desviá-lo um
pouco para a direita, fará com que o avião se incline para a
direita sem alterar sua inclinação.

Escola de aviação

Se você não está familiarizado com pilotar um avião ou usar o


X-Plane, verifique a Escola de Voo para tutoriais sobre muitos
conceitos básicos de aviação. Os tutoriais vão desde como
decolar e pousar no Cessna 172 SP padrão até como usar um
VOR para navegar. Para acessar a Flight School, vá ao menu
principal (encontrado no menu Arquivo) e clique no botão da
Flight School.

Figura 5.4 : A seção de Aviação Geral da Escola de Voo

Descolar
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 87/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Para decolar, o avião deve primeiro estar localizado no final de


uma pista. Por padrão, o X-Plane realoca a nave aqui, a menos
que você tenha escolhido especificamente um local diferente na
tela Personalizar local. Para decolar no Cessna 172, libere os
freios (por exemplo, usando a tecla 'b') quando o acelerador
atingir seu ponto médio e, em seguida, avance lentamente o
acelerador (o botão F2 quando não estiver usando um
joystick). Continue a avançar o acelerador e esteja pronto para
dar uma guinada para a direita (usando o leme direito ou
girando o joystick, se aplicável) conforme o avião acelera. A
tendência de virar para a esquerda é normal em aeronaves
monomotoras devido ao giro da hélice.

Não se preocupe se precisar de algumas tentativas para


aprender como manter a aeronave na pista - um Cessna pode
decolar na grama muito bem. Se o avião sair da pista durante
a aceleração, continue andando. Normalmente, o piloto irá
girar (isto é, aplicar um pouco de elevador puxando o manche
ou manche) a cerca de 60 nós no Cessna 172. Uma vez que a
aeronave deixe o solo, empurre o manche um pouco para
frente para momentaneamente nivelar e permitir que o avião
ganhe velocidade. Quando a embarcação atingir 80 nós ou
mais, puxe o manche com cuidado novamente e retome a
escalada. Aumentar a velocidade no ar antes de subir dessa
maneira ajudará a evitar que o avião estole.

Observe que, se ocorrer um acidente que danifique gravemente


o avião, o X ‑ Plane perguntará se você gostaria de configurar
um novo vôo. Você pode desligar isso marcando a caixa dentro
da janela pop-up para “Sempre redefinir o voo imediatamente”,
que, em vez disso, o colocará na pista mais próxima do último
aeroporto selecionado em Configuração de voo.

Se o impacto for forte o suficiente para danificar o avião, sem


necessariamente destruí-lo, a aeronave apenas ficará parada e

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 88/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

fumará. Se isso acontecer, você precisará abrir a tela Flight


Configuration e iniciar um novo vôo. Se fosse tão fácil no
mundo real!

Aterrissagem

Para pousar o avião, você deve primeiro localizar um aeroporto


e uma pista. Isso pode ser feito durante um voo por “acerto de
contas” (ou seja, olhando para os arredores para encontrar um
aeroporto próximo) ou abrindo o Mapa Local (clicando no ícone
no menu, ou usando a tecla 'm' padrão). A opção mais simples
é ter o X ‑ Plane configurando você em uma abordagem final
abrindo a tela de Configuração de Voo, clicando no botão
Personalizar na seção de localização e selecionando o
aeroporto e a pista desejados. Certifique-se de que o botão
Starts esteja alternado para Pista e escolha a distância
desejada no menu suspenso.

Para começar a descida no Cessna 172, abaixe gradualmente o


acelerador para cerca de 20% da potência e incline o nariz
entre –3 e –5 graus. Comece a diminuir gradualmente os flaps
(usando a tecla '2' se nenhum botão de substituição foi
configurado) para reduzir ainda mais a velocidade da aeronave.
O objetivo é atingir a velocidade de estol (cerca de 50 nós no
Cessna) logo no touchdown para uma aterrissagem mais
suave. Ao se aproximar da pista, desligue o acelerador
completamente e levante o nariz cerca de 7 graus para pousar
suavemente o avião. Aplique os freios para parar
completamente.

Usando os instrumentos e aviônicos


Ao usar a visão frontal do cockpit, o mouse pode ser usado
para controlar os instrumentos no painel, da mesma forma que
a mão do piloto seria usada para manipular os instrumentos,
interruptores e outros controles.
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 89/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Para operar um botão, basta clicar nele e soltar. Para operar


uma chave, faça o mesmo para alterar sua posição. Por
exemplo, para baixar o trem de pouso (em aviões que podem),
clique com o botão do trem de pouso. Obviamente, esse
controle será diferente em aeronaves diferentes. Lembre-se de
que a gchave também pode ser usada ou um botão do joystick
pode ser atribuído para alternar a marcha.

Para girar os botões, mova o mouse para o lado “mais” ou


“menos”, o que for necessário, e clique para mover o botão.
Clique repetidamente para movimentos maiores.

Para ver facilmente os controles da cabine que o mouse pode


operar, abra as Configurações e vá para a guia Geral. Na seção
Modelo de voo, marque a caixa com o rótulo Mostrar regiões
clicáveis no cockpit . Isso desenhará caixas verdes ao redor
das áreas do painel de instrumentos que podem ser
manipuladas com o mouse.

Se você tiver problemas para interagir com (ou mesmo ver)


um controle, pode alternar para o modo de cabine 3-D
pressionando Shift + 9 e, em seguida, mover sua visão para
trás pressionando a tecla de vírgula (','). Isso permitirá que
você veja todo o cockpit. Você também pode usar a tecla de
ponto final ('.') Ou a roda do mouse para aumentar o zoom e
ver mais de perto. Alternativamente, você pode usar as teclas
de seta para cima, para baixo, para a esquerda e para a direita
para mover sua visualização na visualização do painel 2-D.

Para obter uma descrição rápida dos instrumentos no painel,


abra as Configurações e vá para a guia Geral. Na seção Modelo
de voo, marque a caixa com o rótulo Mostrar instruções do
instrumento na cabine do piloto . Após fechar a janela,
você verá uma descrição de um instrumento sempre que
passar o mouse sobre ele.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 90/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Uma nota sobre sintonização de rádio

Os aviônicos na maioria dos aviões utilizam botões concêntricos


gêmeos que permitem ao piloto sintonizar o rádio. Por
exemplo, normalmente haverá um botão grande na superfície
do rádio, com um botão menor saindo do grande. O botão
grande controla a parte inteira (“número de contagem”) da
frequência e o botão menor controla a parte decimal.

Por exemplo, imagine que o rádio COM1 (o rádio de


comunicações número 1) precise ser sintonizado para 128,00
MHz. Em uma aeronave real, o piloto giraria o botão grande e
inferior até que 128 ficasse visível na janela e, em seguida,
giraria o botão superior menor até que 00 ficasse visível.

X-Plane é configurado da mesma maneira. Ao passar o mouse


nas proximidades de um dos botões de sintonia de rádio, duas
setas no sentido anti-horário aparecerão à esquerda do botão e
duas setas no sentido horário à direita. As setas mais próximas
do botão são fisicamente menores do que as do lado de fora -
ajustam a parte decimal da frequência. As setas externas são
maiores e ajustam a parte inteira da frequência.

Usando as visualizações
Você pode alterar sua visão da aeronave usando o menu Exibir
ou usando os atalhos de teclado listados no lado direito de cada
opção no menu Exibir. Por exemplo, para selecionar a
visualização para frente, pressione a tecla 'w' e, para girar a
visualização 45 ° para a esquerda, pressione a tecla 'q'.

Usando os menus ou os atalhos de teclado apropriados, você


pode selecionar uma visualização ou modificar sua visualização
atual . Os controles para seleção de vista afetam o tipo de vista
que você está usando. Por exemplo, você pode escolher estar
na cabine, olhando para a frente no painel de instrumentos, ou

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 91/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

pode selecionar uma visão externa, talvez onde você olhe para
sua aeronave do ponto de vista da torre de controle de tráfego
aéreo mais próxima. Os controles de seleção de visualização
são descritos na Tabela 5.2 .

Depois de selecionar alguma visualização, você pode modificá-


la usando translação (mover para a esquerda, direita, para
frente ou para trás), rotação (girar sobre o seu ponto de foco)
ou zoom (alterar o ângulo de visão). Os atalhos de teclado
padrão para esses efeitos estão listados na Tabela 5.1 .

No modo 3-D cockpit, se você quiser mover sua visão mais


perto do painel de instrumentos, você deve pressionar a tecla
'.' '(Ponto final), não a tecla ' = ''. Para mover sua visão para
longe do painel de instrumentos, você deve pressionar ','
(vírgula), não a tecla '-'. Além disso, você não pode diminuir o
zoom além da localização real da câmera; você tem que
traduzir para trás (usando a tecla ',') para se afastar.

Muitas aeronaves usam o modo de cockpit 3-D por padrão,


mas você também pode alternar para ele abrindo o menu
Exibir, clicando em Alterar (interno) e clicando em “3-D Cockpit
Command Look” ou pressionando Shift + 9 no teclado . Neste
modo, você pode mover sua visão ao redor da cabine de
algumas maneiras:

1. clicando com o botão direito do mouse e arrastando o


mouse pela tela,
2. usando os atalhos de teclado listados na Tabela 5.2 ,
3. selecionando diferentes visualizações no menu Visualizar
ou
4. pressionando um botão nos controles de vôo que você
configurou anteriormente para modificar a visualização.

Este modo deixa o mouse livre para clicar em coisas no cockpit


sem afetar para onde você está olhando.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 92/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

No modo de cockpit 3D, você pode usar os atalhos do teclado


ou o próprio menu Exibir para alterar para onde está olhando.
Estes são descritos na Tabela 5.1 .

Nome do
Atalho de teclado Efeito
Movimento

Traduzir para a
Muda um pouco a visão
esquerda, direita, Tecla de seta
na direção que você
para cima e para correspondente
escolher
baixo

Muda a visão para a


Traduzir para frente frente e para trás da
',' (ré) e '.' (frente)
e para trás aeronave,
respectivamente

Gire para a 'q' (esquerda), 'e'


esquerda, direita, (direita), 'r' (para Gira a vista na direção
para cima e para cima) e 'f' (para correspondente
baixo baixo)

'=' (aumentar o
Aumentar e
zoom) e '-' (diminuir Zoom simples
diminuir o zoom
o zoom)
Tabela 5.1 : Comandos de modificação da visão geral
Atalho
Nome da
de Efeito
vista
teclado
Ver os controles de seleção para as vistas do cockpit

Mostra o painel de instrumentos como se


Avançar com
'W' você estivesse na cabine, voltado para
painel
frente

Shift +
Mostra uma vista frontal sem painel de
Avançar com 'w' (ou
instrumentos, apenas um display head-up
HUD seja,
(HUD)
'W')

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 93/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Atalho
Nome da
de Efeito
vista
teclado

Mostra uma visão frontal livre de um


Avante sem Ctrl +
painel de instrumentos ou qualquer outro
nada 'w'
display

Cockpit 3-D, Exibe a visualização do cockpit do painel


Shift +
usando de instrumentos 3-D, quando disponível.
9 (ou
atalhos de Usa comandos de translação e rotação
seja,
teclado para (listados na Tabela 5.1 ) para mover e
'(')
olhar ao redor olhar ao redor.
Ver controles de seleção para vistas externas

Shift +
1 (ou Move a câmera com a velocidade inicial da
Ponto linear
seja, sua nave.
'!')

Shift +
2 (ou Corrige a localização da câmera a uma
Ainda mancha
seja, certa distância da posição da sua nave.
'@')

Shift +
3 (ou Fixa a localização da câmera no solo na
Na pista
seja, pista mais próxima.
“#”)

Shift + Move a câmera com a aeronave,


Circulando na 4 (ou permitindo que você use as teclas de
aeronave seja, rotação e translação (consulte a Tabela
'$') 5.1 ) para circular a nave.

Shift +
5 (ou
Vista da torre Fixa a câmera na torre mais próxima.
seja,
'%')

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 94/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Atalho
Nome da
de Efeito
vista
teclado

Shift +
“Monta” uma câmera na aeronave, que
6 (ou
Ride-along pode então ser movida usando as teclas
seja,
de rotação e translação (ver Tabela 5.1 ).
'^')

Shift +
Rastrear arma 7 (ou Faz com que a câmera siga qualquer arma
disparada seja, disparada.
'&')

Shift +
8 (ou Define a câmera diretamente atrás da
correr atrás
seja, aeronave.
'*')
Tabela 5.2 : Controles para selecionar uma visualização

Usando o recurso Quick Look

O Quick Look permite que você configure uma visualização do


jeito que você gosta e, em seguida, salve-a como uma tecla de
atalho ou comando. Então, no futuro, sempre que você
pressionar essa tecla no teclado (ou botão no joystick,
conforme o caso), você pode voltar direto para aquela tela
novamente.

Observe que os Quick Looks são preferências específicas da


aeronave . Isso significa que suas visualizações Quick Look no
Cessna 172 não interferem com suas visualizações no King Air,
e assim por diante.

Por exemplo, suponha que você esteja voando no King Air


padrão e se encontre frequentemente posicionando sua visão
na cabine ao inclinar para baixo e aumentar o zoom no
quadrante do acelerador para ver como a aeronave está

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 95/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

configurada. A configuração pode levar algum tempo e, se você


fizer isso com frequência, pode se tornar entediante.

A solução, então, é configurar um Quick Look. Defina a


visualização como desejar e atribua-a ao Quick Look 1
pressionando Ctrl + Num Pad 1 (ou seja, a tecla de controle,
com a tecla 1 no teclado numérico). Observe que o Num Lock
deve estar ativado para fazer isso. Agora, não importa como
sua visualização muda, quando você pressiona o atalho para
Quick Look 1 (por padrão, Num Pad 1), a posição da cabeça,
orientação e zoom voltam diretamente para a visualização
memorizada do quadrante do acelerador.

Por padrão, os números de 0 a 9 no teclado numérico do seu


teclado (também conhecido como teclado numérico ou dez
teclas) são usados para trazê-lo de volta ao Quick Looks de 0 a
9. Ao pressionar a tecla Ctrl junto com qualquer um desses
números, você armazenará seu vista atual para ser recuperada
mais tarde por aquela tecla numérica. Assim, para definir uma
visualização para Quick Look 3, você obteria a visualização do
jeito que você gosta, então pressionaria Ctrl + Num Pad 3, e
para voltar a essa visualização, você pressionaria Num Pad 3.
No entanto, como a maioria no X-Plane, você pode modificar
essas configurações se quiser, e você pode até mesmo atribuir
um Quick Look estabelecido ao seu joystick, conforme descrito
na seção “ Atribuindo funções aos botões ”.

Os Quick Looks não são apenas para o modo de cockpit 3-D.


Eles funcionam em todas as visualizações relativas à aeronave,
como Cockpit 3-D, Ridealong, Chase, Circle e Forward with
HUD.

A partir do X ‑ Plane 11.10, 10 visualizações rápidas adicionais


foram adicionadas. As atribuições de teclas devem ser
atribuídas para gravar e usar visualizações rápidas 11–20. Por
exemplo, você pode ir para a tela de configurações do teclado e
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 96/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

atribuir uma tecla ao comando “memorize 3-D cockpit location


# 11” e então retornar ao cockpit, configurar a visualização
desejada e pressionar essa tecla. Em seguida, retorne às
configurações do teclado e atribua uma tecla para "Vá para
salvar a localização 3-D da cabine # 11." Agora, quando você
retornar ao cockpit e usar a nova atribuição de tecla, sua
visualização mudará para o local memorizado.

Deixando o X-Plane voar em sua aeronave


O X-Plane tem a capacidade de voar uma aeronave usando
inteligência artificial (AI). O sistema de IA pode lidar com todos
os aspectos da pilotagem de sua aeronave, incluindo
taxiamento no aeroporto, decolagem e pouso.

Para habilitar o controle da nave pela IA, mova o mouse até o


topo da tela para abrir a barra de menu. Clique em Aeronave e
selecione AI voa em sua aeronave.

Com a IA controlando o avião, você está livre para


experimentar as diferentes visualizações e também praticar a
elevação e a descida do trem de pouso, dos flaps e assim por
diante. Além disso, esta é uma excelente maneira de praticar
sintonização de rádios.

Além disso, você pode fazer com que o AI controle sua


visualização abrindo o menu Aeronave e selecionando AI
Controls Your Views.

Obtendo ajuda rápida


Se precisar de ajuda com algum aspecto do simulador, abra o
menu e verifique se há um ícone de ponto de interrogação no
canto direito. Clique no ícone para abrir uma página da web
com informações e instruções adicionais sobre a tela que você
está visualizando no momento.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 97/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Você também pode acessar rapidamente uma lista de


comandos essenciais e seus atalhos de teclado associados, indo
ao menu Flight e escolhendo a opção “Mostrar atalhos de
teclado”.

Para ver quais botões, knobs ou interruptores no cockpit são


interativos, ative as caixas verdes nas caixas verdes das
regiões de clique do mouse indo para Exibir> Mostrar regiões
de clique do instrumento. Além disso, alternar “Mostrar
descrições do instrumento” exibirá o nome do instrumento
quando você passar o ponteiro do mouse sobre ele.

Salvando e compartilhando seu voo


O X-Plane oferece várias maneiras de salvar e compartilhar um
voo específico. Esses são:

1. Situações, que observam a localização atual, as condições


ambientais e as propriedades da aeronave em uso.
2. Replays, que armazenam uma “gravação” de todo o seu
voo desde o último carregamento. Eles só podem ser
reproduzidos no X-Plane, mas têm a vantagem de serem
compostos de pontos de dados do X-Plane que armazenam
a localização da aeronave, para que você possa alterar
suas visualizações durante o replay.
3. Capturas de tela, que armazenam uma imagem de um
único momento do seu voo e podem ser visualizadas em
qualquer computador.

Em cada caso, você pode salvar o voo e reproduzi-lo você


mesmo ou pode carregá-lo na Internet para que outras pessoas
vejam.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 98/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Figura 5.5 : Carregar um arquivo de situação, replay, FDR ou


Xavion da tela Load Flight

Saving and Loading Flights in X-Plane 11


de X-Plane

03:00

Vídeo 5.2 : Tutorial salvando e carregando voos

Criação de uma situação reutilizável

Uma “situação” no X ‑ Plane é um arquivo legível apenas pelo X


‑ Plane. É essencialmente um “instantâneo” que faz uma
anotação da aeronave que você está usando, sua posição no ar
ou no solo, sua carga útil, a quantidade de combustível em
seus tanques e assim por diante. Também inclui informações
sobre as condições ambientais do voo, incluindo condições de

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 99/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

nuvem, temperatura e hora do dia. Além disso, qualquer outra


aeronave que você tenha carregado também será observada.

Para criar uma situação (um arquivo '.sit'), mova o mouse para
o topo da tela, clique em Arquivo e em Salvar Voo.

Pode ser necessário alternar o tipo de arquivo “Salvar como”


para o tipo de arquivo correto e, em seguida, inserir um nome
no campo Nome do arquivo e clicar no botão Salvar .

Por padrão, o X-Plane salva seus arquivos de situação no


seguinte diretório: 'X-Plane / Output / Situations /', embora
você possa escolher um local diferente para salvar com o botão
Change Destination .

Isso é especialmente útil para carregar e praticar rapidamente


um tipo específico de abordagem ou para recriar uma situação
de combate específica. As situações podem até mesmo ser
enviadas para outros usuários do X ‑ Plane; tudo o que eles
precisam é do arquivo '.sit' que você criou.

Para carregar uma situação a fim de voá-la novamente, abra o


menu File e clique em Load Flight. Você pode restringir a lista
de todos os arquivos salvos clicando no botão Situações . Se
você não vir seu arquivo em nenhuma das listas, também pode
clicar no botão Abrir vôo salvo não listado para abrir uma
janela do navegador de arquivos e navegar até o arquivo, onde
quer que tenha salvado. Clique no arquivo .sit que deseja
carregar e pressione o botão Load Flight na parte inferior da
tela.

Criando um Replay

Um "replay" no X ‑ Plane é essencialmente um "filme" do seu


voo que anota a localização da aeronave e a atitude em cada
etapa de tempo, começando na última vez que você carregou
uma aeronave ou viajou para um aeroporto e terminando no
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 100/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

momento em que você clicar o botão “Salvar Replay”. Este


arquivo só pode ser visualizado no X-Plane, mas por ser tão
completo, você pode alterar sua visualização o quanto quiser
enquanto reproduz. Isso contrasta com um filme AVI, que
registra apenas o que você vê durante a gravação.

Esses arquivos, como situações, podem ser compartilhados e


reproduzidos por qualquer usuário do X ‑ Plane.

Para criar um replay (um arquivo '.rep'), mova o mouse para o


topo da tela, clique em Arquivo e em Salvar Voo. Pode ser
necessário alternar o tipo de arquivo “Salvar como” para o tipo
de arquivo correto e, em seguida, inserir um nome no campo
Nome do arquivo e clicar no botão Salvar .

Por padrão, o X ‑ Plane armazenará seu replay no seguinte


diretório: 'X-Plane 11 / Output / replays /', embora você possa
escolher um local diferente para salvar com o botão Change
Destination .

Para carregar um replay, abra o menu File como antes, mas


selecione Load Flight. Você pode restringir a lista de todos os
arquivos salvos clicando no botão Repetir . Se você não vir
seu arquivo em nenhuma das listas, também pode clicar no
botão Abrir vôo salvo não listado para abrir uma janela do
navegador de arquivos e navegar até o arquivo, onde quer que
tenha salvado. Clique no arquivo .rep que deseja carregar e
pressione o botão Load Flight na parte inferior da tela.

Criação de um filme

Além dos tipos de arquivo que podem ser lidos apenas pelo X-
Plane, você também pode criar filmes mais legíveis
universalmente. A desvantagem desses arquivos de filme é que
eles gravam exatamente o que você vê ao gravá-los e não
gravam som. Você ativará a gravação, voará um pouco e, em
seguida, desativará a gravação; o arquivo '.avi' resultante
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 101/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

conterá o que você viu na tela enquanto voava. Depois de


gravar o filme, você pode editá-lo em um programa como o
iMovie (instalado em novos Macs por padrão) ou Windows Live
Movie Maker.

Antes de gravar seu filme, você deve definir as especificações


do filme. Faça isso movendo o mouse para o topo da tela,
clicando no menu Arquivo e em “Configurar gravação de
vídeo”. Na caixa de diálogo que aparece, você pode definir:

1. a taxa de quadros do filme (medida em quadros por


segundo)
2. a resolução do filme (largura apenas; a altura será
calculada automaticamente a partir da largura), e
3. o multiplicador de tempo, indicando quantos quadros pular
ao fazer um vídeo de lapso de tempo.

Ao escolher uma taxa de quadros, saiba que os vídeos


produzidos a 15 quadros por segundo parecerão instáveis. O
cinema e a televisão usam 24 e 30 quadros por segundo,
respectivamente. Ao escolher uma resolução, tenha em mente
que uma resolução x de 720 pixels é 720p, e que aumentar
além da resolução que você está usando em sua tela não trará
nenhum benefício.

Para começar a gravar um filme, pressione Ctrl + Barra de


espaço ou abra o menu Arquivo e clique em “Alternar gravação
de vídeo”. Depois de voar o que quer que você pretenda
gravar, desligue a gravação pressionando Ctrl + Barra de
espaço ou clicando em Alternar filme no menu Arquivo. Um
arquivo chamado “X-Plane [ nome da aeronave ] _ [ número ]
.mov” aparecerá na pasta de saída do diretório X ‑ Plane.

Seu arquivo de filme pode ser reproduzido em praticamente


qualquer computador. Se o software apropriado não estiver
instalado no computador no qual você deseja reproduzir o

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 102/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

arquivo, você pode obter um reprodutor multimídia de


plataforma cruzada gratuito na VideoLAN Organization .

Capturando uma captura de tela

O método final de salvar ou compartilhar seu voo é fazer uma


captura de tela simples. Isso pode ser feito pressionando Shift
+ Barra de espaço ou movendo o mouse para a parte superior
da tela, clicando no menu Arquivo e clicando em “Tirar captura
de tela”. A imagem capturada (um arquivo de imagem '.png')
aparecerá na pasta Output do diretório X ‑ Plane.

Essas capturas de tela '.png' podem ser abertas e visualizadas


em qualquer computador moderno, independentemente de o X
‑ Plane estar instalado.

Visualizando e Repetindo Seu Voo


Além de ser capaz de salvar replays para reprodução posterior
(conforme descrito na seção Salvando e compartilhando seu
vooacima), você pode visualizar seu voo até o local atual de
algumas maneiras diferentes. Você pode visualizar sua
trajetória de vôo nos mapas bidimensionais do X-Plane, ou
você pode alternar a trajetória de vôo 3-D e visualizar esse
caminho no simulador principal. Se você quiser repetir o seu
vôo, começando na última vez que carregou uma aeronave ou
local, você pode usar a função de replay embutida do X-Plane,
que tem controles de transporte para reproduzir, retroceder e
avançar, assim como você esperaria . Finalmente, se quiser
visualizar o caminho percorrido por uma aeronave do mundo
real, você pode formatar as informações do gravador de dados
de voo de uma forma que o X ‑ Plane possa interpretar. O X ‑
Plane tratará os dados no arquivo FDR como um replay normal,
para que você possa reproduzir, avançar e retroceder como de
costume.

Vendo o caminho percorrido por sua aeronave


https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 103/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Figura 5.6 : Visualizando um caminho 3-D

O caminho percorrido por uma aeronave até sua localização


atual sempre pode ser visto como uma trilha atrás da aeronave
quando você alterna a trajetória de vôo 3-D. Para fazer isso,
pressione Ctrl + 'p' no teclado ou mova o mouse para o topo da
tela, clique no menu View e clique em Cycle 3-D Flight Path.
Fazer isso uma vez fará com que o X-Plane exiba uma linha
listrada em violeta atrás da aeronave. Ciclá-lo novamente
fornecerá uma barra preta semitransparente que se estende da
trajetória de vôo até o solo (visto na Figura 5.6 ). Ciclar a rota
mais uma vez desligará as linhas da rota de vôo.

Para redefinir a trajetória de vôo 3-D, pressione Shift + 'p' no


teclado ou abra o menu Aeronave e clique em Redefinir
trajetória de vôo 3-D . A trajetória de vôo também será
redefinida sempre que você carregar uma aeronave ou um
local.

Para obter mais informações sobre como usar os mapas de


navegação aqui, consulte a seção “ Usando mapas de
navegação do X-Plane ” do capítulo Navegação, pilotos
automáticos e voando em instrumentos .

Usando o Replay Integrado

Você pode reproduzir seu vôo, desde a última vez que carregou
uma aeronave ou um local até sua localização atual, alternando
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 104/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

o modo de reprodução para ativado. Isso pode ser feito


pressionando Alt (Opção no Mac) + 'r' ou abrindo o menu
Arquivo e clicando em Alternar Modo de Repetição. Na parte
superior da janela, você verá os controles de transporte para
(listados da esquerda para a direita):

1. pare a reprodução,
2. reproduzir para trás mais rápido do que em tempo real,
3. reproduzir para trás em velocidade em tempo real,
4. reproduzir para trás mais lento do que em tempo real,
5. pausar a reprodução,
6. jogar para frente mais lento do que em tempo real,
7. avançar em velocidade em tempo real,
8. avançar mais rápido do que em tempo real, e
9. parar a reprodução.

Além disso, você pode clicar no controle deslizante e arrastá-lo


para pular rapidamente na reprodução.

Para retornar ao vôo, pressione Alt (Opção) + 'r' novamente ou


abra o menu e clique em Alternar Modo de Repetição
novamente.

Reproduzindo um voo de um gravador de dados de voo


(FDR)

O método final de visualização de um vôo é carregar


informações de um gravador de dados de vôo (FDR). Isso é útil
principalmente na investigação e recriação de acidentes. Nesse
caso, você precisaria pegar os dados da “caixa preta” da
aeronave em que está interessado e colocá-los em um formato
que o X ‑ Plane possa ler. Esse formato é o formato Flight Data
Recorder (ou '.fdr').

Você pode carregar arquivos .fdr, incluindo um arquivo de


exemplo da pasta Instruções, acessando o menu Arquivo e
clicando em “Carregar Voo”. Clique no botão Flight Data
Recorder , selecione o arquivo desejado na lista e clique em

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 105/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Load Flight . Em seguida, você será saudado com os botões


de reprodução padrão, com os quais poderá repetir o voo.

Observe que mesmo que seus "instantâneos" instantâneos


personalizados da aeronave não usem um determinado
parâmetro (como a taxa de pressão do motor, talvez), seu
arquivo de dados deve usar um valor fictício como um espaço
reservado para que as colunas de dados sejam interpretadas
corretamente . A especificação do arquivo FDR e informações
sobre cada campo podem ser encontradas na Base de
Conhecimento do X-Plane .

Vendo o modelo de voo nos bastidores


O X-Plane modela o vôo quebrando uma aeronave em uma
série de pequenos pedaços e encontrando as forças que atuam
em cada pedaço. Ao clicar na opção “Show Flight Model” do
menu View (ou pressionando Ctrl + 'm' no teclado) e movendo-
se para uma visão externa (por exemplo, pressionando Shift +
8 no teclado para a visão de perseguição), você pode
realmente ver todas as forças calculadas em cada peça da
nave, conforme ilustrado na Figura 5.7. Com algum vento e
turbulência ativados na tela de clima, você pode até ver o
campo de fluxo do vetor de velocidade pseudo-aleatório ao
redor do avião. Os vetores de velocidade vistos são os vetores
reais interagindo com a aeronave, e os vetores de força (as
linhas verdes saindo do avião) são as forças reais que atuam
no avião - nada é apenas para mostrar aqui. Este é o trabalho
real que o X-Plane está fazendo.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 106/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Figura 5.7 : Ilustrando as forças agindo em um Barão 58

As barras verdes que se estendem das superfícies de controle


da aeronave indicam quanta sustentação cada seção da
superfície está gerando; barras mais longas representam uma
força maior. As barras vermelhas, da mesma forma,
representam o arrasto e as barras amarelas representam a
elevação das superfícies de controle verticais.

Para ver o campo de fluxo ao redor do avião, pressione Ctrl +


'm' (ou selecione Mostrar modelo de voo no menu) novamente.
Observe que o X-Plane não é um aplicativo de dinâmica de
fluidos computacional, mas faz uma tentativa decente em ver
como a nave afeta o campo de fluxo e como isso, por sua vez,
afeta outras partes da nave.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 107/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Figura 5.8 : O campo de fluxo em torno de um Baron 58

O vetor saindo de cada ponto ao redor do avião mostra se o ar


está sendo empurrado para cima, para baixo, para frente ou
para trás (ou, nesse caso, lado a lado pelo leme ou
estabilizador vertical) em comparação com a velocidade e
direção do centro de gravidade do avião. A cor dos vetores
representa a velocidade no ar, onde amarelo é o meio do
espectro, e uma mudança de velocidade de 10% nos leva para
a cor vermelha (10% mais baixa ) ou verde (10% mais alta )
do vetor.

Pressionar Ctrl + 'm' (ou selecionar Mostrar modelo de vôo no


menu) mais uma vez mostrará as linhas de fluxo e alternar o
modelo de vôo pela quarta vez o desligará completamente.

Além disso, essas representações visuais na tela não fornecem


dados numéricos. Para obter essas informações, pressione Shift
+ 'm' e os dados serão enviados para o arquivo “Cycle
Dump.txt” no diretório principal do X ‑ Plane. O arquivo de
texto incluirá ângulos de ataque, forças, velocidades e dados
adicionais para aquele instante de seu vôo.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 108/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Simulação Avançada em X-Plane


X-Plane é o simulador de vôo mais abrangente e poderoso
disponível. Como tal, há um grande número de recursos
disponíveis que vão além de simplesmente decolar, voar e
pousar. Isso inclui ferramentas como o diário de bordo e listas
de verificação e recursos como falhas de equipamento e
modelagem de danos.

Manter um diário de bordo


Cada vez que uma aeronave voa no X-Plane, o programa
registra o tempo de vôo em um diário de bordo digital. Por
padrão, o X ‑ Plane cria um arquivo de texto chamado “X-Plane
Pilot.txt” no diretório 'X-Plane 11 / Output / logbooks'. Dentro
desse arquivo de texto estão os seguintes detalhes de voos
anteriores:

1. Datas de voos
2. Números da cauda da aeronave
3. Tipos de aeronaves
4. Aeroportos de partida e chegada
5. Número de pousos
6. Duração dos voos
7. Tempo gasto no voo cross-country, em condições IFR e à
noite
8. Tempo total de todos os voos

Para ver o seu livro de registro, abra o menu Arquivo e clique


em “Abrir livro de registro”. Você pode carregar um livro de
registro clicando no botão Abrir livro de registro e navegando
até o seu livro de registro, ou pode criar um novo livro de
registro usando o botão Novo livro de registro .

Trabalhando com o Controle de Tráfego Aéreo


https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 109/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

O sistema de controle de tráfego aéreo (ATC) do X-Plane é


poderoso e realista quando você deseja praticar protocolos do
mundo real, mas completamente discreto quando você deseja
apenas voar. Embora as aeronaves de IA sempre sigam a
orientação do controle de tráfego aéreo, elas também
funcionarão em torno de sua aeronave se você não estiver
interagindo com o ATC.

Nota : Você só poderá ouvir a vibração do controle de tráfego


aéreo se a saída de áudio ATC estiver habilitada; para
confirmar que é esse o caso, abra a tela Configurações e clique
em Som.

Todas as interações com o controle de tráfego aéreo ocorrem


por meio da janela ATC na tela. Para acessar este recurso,
basta pressionar Enter (Return) no teclado. Você também pode
programar um botão em um joystick para acessar essa tela ou
clicar no ícone do fone de ouvido no menu.

Para fazer uma solicitação ou ouvir os controladores de tráfego


aéreo, você deve ter seu rádio COM 1 sintonizado na
frequência adequada para a solicitação. O preenchimento de
um plano de vôo independe de qualquer controlador, portanto,
essa opção está sempre disponível. No entanto, uma vez que o
plano de vôo é preenchido, você deve sintonizar as frequências
de Entrega de Autorização, Solo ou Torre (se disponíveis, nessa
ordem como no mundo real) para obter autorização para
decolagem.

Depois de obter autorização, sintonize as frequências do Solo


(se disponível) ou da Torre para a liberação de táxi. Quando
você atinge uma linha de espera curta, o controle de solo o
transfere para a torre e, em seguida, você recebe
transferências durante o resto do voo, quando necessário;
continue sintonizando na frequência adequada para continuar a
receber orientações do controle de tráfego aéreo.
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 110/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Para ver essas frequências, bem como outras informações


importantes sobre o aeroporto, clique no aeroporto na janela
Mapa e, em seguida, em Detalhes na caixa que se abre.

Você sempre pode sintonizar seus rádios manualmente, mas


também pode sintonizar automaticamente seu rádio COM1
clicando em qualquer linha na lista ATC. Além disso, se você
estiver em uma rota e não tiver certeza de qual controlador
deve estar falando, o X ‑ Plane fará o possível para sugerir o
correto - você verá um pequeno asterisco (*) próximo ao
controlador recomendado. O X ‑ Plane pode alternar
automaticamente entre os controladores corretos para você se
você marcar a caixa “Auto-tune recommended frequencies”.

Figura 6.1 : A janela de controle de tráfego aéreo no KSEA

Como no mundo real, qualquer interação do ATC começa com o


preenchimento de um plano de vôo. Assim, na primeira vez
que você pressionar Enter durante um vôo, a opção “File Flight
Plan” estará sempre disponível. Clique nesse botão para abrir a
janela Plano de Voo (mostrado na Figura 6.2).

O número da cauda da sua aeronave será preenchido, mas


você pode alterá-lo para um indicativo diferente, se desejar.
Selecione um fabricante e um modelo de aeronave nas listas
suspensas, pois são necessários com o novo sistema de voz
ATC no X ‑ Plane 11.30. Você pode especificar uma companhia
aérea e um número de voo, se desejar. O aeroporto de partida
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 111/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

já estará preenchido, mas você deve inserir o código do


aeroporto de destino, bem como a altitude de cruzeiro
planejada (rota). Você também pode especificar sua rota
usando NDBs, VORs, Fixes e vias aéreas. Pressionar o botão
Arquivo Plano de Voo registrará seu plano de voo com o
controle de tráfego aéreo do X ‑ Plane.

Figura 6.2 : A janela do Plano de Voo

Com seu plano de vôo preenchido, você pode abrir o menu ATC
novamente pressionando Enter e, a seguir, clique em “Solicitar
liberação”. Marque a caixa “Usar assistente de partida” se
desejar assistência com o processo de partida do ATC. Ele o
ajudará em cada etapa na ordem adequada e lhe dará dicas
caso você se desvie do caminho.

Passo a passo do Seattle ATC

A seguir, um breve passo a passo sobre como sair da área


KSEA:

1. Carregue uma pequena aeronave, como o Cessna 172, e


posicione-se em um portão na KSEA.

2. Sintonize seu rádio COM1 para 128,00, a frequência de


entrega de liberação na KSEA. Lembre-se de que você pode
fazer isso manualmente, clicando na linha da lista de

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 112/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

controladores ou, se o ajuste automático estiver habilitado,


será feito automaticamente.

3. Pressione Enter no teclado para abrir o menu ATC e


selecione “File Flight Plan”.

4. Escolha o fabricante e o modelo de sua aeronave, defina


seu destino como KBFI e, em seguida, defina sua altitude
para 3.000 pés. Vamos deixar a rota em branco porque
queremos ir direto , mas você também pode inserir
qualquer NDB / VOR / FIX / Airway para obter rotas reais.
Quando terminar, clique em Arquivo Plano de Voo .

5. Agora você tem um plano de vôo no sistema. Se você


quiser mudar de ideia, pode retornar à caixa de diálogo do
plano de vôo da mesma forma e atualizá-la. (Você pode
precisar desmarcar “Usar assistente de partida” se não vir
mais a opção de registrar um plano de vôo.)

6. Você precisa de uma autorização IFR antes de prosseguir e,


na janela ATC, você verá uma opção para “Solicitar
autorização”. Clique nele e você receberá sua liberação.

7. Leia a sua autorização clicando na opção “Ler a


transmissão”. Observe que se você ouvir um bipe ao clicar
em qualquer item do menu ATC, significa que outra
aeronave ou controlador está ocupado falando no rádio.
Como no mundo real, você deve esperar que eles terminem
de falar antes de poder falar. Você também deve responder
dentro de um período de tempo razoável ou eles repetirão
as instruções.

8. Depois de receber e ler sua autorização, sintonize o rádio


COM1 em 121,70, a frequência do controlador de solo em
KSEA. Clique em Solicitar táxi para ligar para receber
uma autorização de táxi. Confirme a liberação conforme

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 113/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

descrito acima e olhe ao seu redor. Você verá setas


amarelas pintadas no chão direcionando você para onde
você deve ir. Onde as setas param, você também deve
parar e aguardar mais instruções.

9. Táxi para onde as flechas o estão levando. Quando você


chegar ao lado da pista, o solo o instruirá a entrar em
contato com a torre. Leia o comando e sintonize a
frequência da torre de 119,90.

10. Verifique com este novo controlador. É assim que você diz
ao controlador que está agora na frequência dele,
aguardando o comando. Se houver aeronaves usando a
pista, você terá que esperar até que elas terminem. Isto
pode tomar algum tempo! Naquela hora,

11. A torre ligará para você e lhe dará sua autorização de


decolagem. Responda e depois saia. A menos que seja
instruído de outra forma, voe na pista até a altitude
liberada de 3.000 pés.

12. Em algum ponto, você será transferido para o controlador


central em 124.20. Faça check-in como fez antes. Continue
em seu rumo e altitude e, eventualmente, o Center
começará a vetorá-lo para uma aproximação em seu
destino de KBFI.

13. Assim que a aproximação estiver configurada, você será


encaminhado para a torre do KBFI para pouso e o processo
continuará até que você chegue de volta ao portão.

Usando uma lista de verificação


O X-Plane tem a capacidade de exibir uma lista de verificação
simples no simulador. Esta lista de verificação deve ser
armazenada em algum lugar no diretório X ‑ Plane como um
arquivo de texto simples ('.txt').
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 114/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Para carregar uma lista de verificação, abra o menu Arquivo e


clique em Abrir lista de verificação. Clique em Carregar nova
lista de verificação e navegue até o arquivo '.txt'. Abra-o e
você verá a lista de verificação exibida linha por linha na janela
da lista de verificação. Você pode usar os botões Avançar e
Voltar para ir para as linhas seguintes e anteriores,
respectivamente.

Se você preferir ver o arquivo de texto de uma vez (em vez de


linha por linha como na visualização da lista de verificação),
você pode selecionar Abrir arquivo de texto no menu Arquivo e
carregar um arquivo da maneira discutida acima.

Mudando como o dano afeta a aeronave


Por padrão, o X ‑ Plane não remove partes da aeronave quando
os limites da nave são excedidos. No entanto, ao abrir a tela
Configurações e clicar em Geral, você pode habilitar a opção de
Remover superfícies voadoras quando estiver acima da
velocidade ou dos limites G

Além disso, com a redefinição para o aeroporto mais


próximo quando você marcar a caixa de destroços , o X ‑
Plane recarregará automaticamente sua aeronave no aeroporto
mais próximo em caso de acidente fatal.

Ao tornar esses recursos de modelagem de danos opcionais, o


X-Plane permite voos fáceis e possivelmente irrealistas, bem
como simulações muito mais precisas e desafiadoras.

Definir o peso, equilíbrio e combustível


Para modificar o peso, equilíbrio e combustível de uma
aeronave, vá para o menu Voo e selecione “Editar Peso e
Equilíbrio”. Você também pode acessar esta tela durante a
configuração de vôo. Clique no ícone da aeronave que deseja

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 115/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

modificar, clique no botão Personalizar e, em seguida, no


botão Peso, Equilíbrio e Combustível . Qualquer uma das
formas abrirá uma janela onde você pode usar os controles
deslizantes para definir o centro de gravidade da aeronave, o
peso de sua carga útil e a quantidade de combustível em seus
tanques.

Figura 6.3 : Tela de peso, equilíbrio e combustível para o


Cessna 172 padrão

Normalmente, um avião pode permanecer no ar com pesos


muito altos, mas terá dificuldade em sair do solo inicialmente.
Além disso, mover o centro de gravidade para a frente (à
esquerda no controle deslizante) faz com que o avião se
comporte mais como um dardo e mover o centro de gravidade
para trás (à direita no controle deslizante) torna o avião mais
instável e potencialmente impossível de voar. Pilotar um avião
com o centro de gravidade bem à ré é como atirar uma flecha
para trás - ele quer virar com a extremidade pesada na frente
e as nadadeiras atrás.

Como o X-Plane calcula em tempo real como o avião está


queimando combustível e os motores precisam de combustível
para funcionar, e a distribuição de peso do combustível é

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 116/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

considerada na simulação, o combustível colocado a bordo


realmente importa.

Setting weight, balance and fuel in X-Plane 11


de X-Plane

02:05

Vídeo 6.1 : vídeo tutorial de peso, equilíbrio e combustível

Simulando Falhas de Equipamentos


O X-Plane pode simular inúmeras falhas de sistemas de
aeronaves. Usar esse recurso permite que você experimente o
que acontece quando peças importantes do equipamento não
fazem o que deveriam durante o vôo.

Você pode acessar esse recurso na tela de Configuração de voo


clicando no ícone de uma aeronave, no botão Personalizar e
no botão Falhas . Ou acesse-o durante o voo indo ao menu
Voo e selecionando “Editar Falhas”.

Se a caixa Definir tempo médio global entre falhas estiver


marcada, o simulador usará o valor à direita para determinar
com que frequência, em média, cada equipamento falhará. Por
exemplo, se o tempo médio entre falhas for definido como
1000 horas, o X ‑ Plane decidirá que cada peça de hardware no
avião tem cerca de uma chance em mil de quebrar a cada hora.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 117/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Acelerando a Simulação
Ao pressionar Alt + 't' no teclado, você pode aumentar a
velocidade de simulação para 2 × a velocidade padrão.
Pressionar Alt + 't' repetidamente aumentará a velocidade para
4 ×, depois 6 × e, finalmente, retornará o simulador à
velocidade padrão.

Observe que, se o seu computador não puder executar a


simulação na taxa de quadros necessária, o X ‑ Plane diminuirá
sua medição de tempo para compensar. Isso é visto com mais
freqüência para usuários que executam na velocidade padrão,
mas falham em manter 20 quadros por segundo. Quando o X ‑
Plane é executado a menos de 20 fps, ele desacelera sua
simulação em tempo real para que o simulador esteja
"efetivamente" em execução a 20 fps. Por exemplo, se o
simulador estiver rodando a 10 fps devido a configurações
extremas de renderização, o X-Plane executará o modelo de
vôo na metade da velocidade. O resultado é que a física está se
integrando em câmera lenta para evitar a desestabilização com
a baixa taxa de quadros. Portanto, se você precisar de
simulação em tempo real, deve executar o simulador a 20 fps
ou mais rápido.

Taxiando com mais precisão


Em aeronaves comerciais, um timão de roda do nariz é usado
para alinhar com mais precisão a roda do nariz às linhas de táxi
e para fazer a aeronave ancorada com segurança nas pontes.
Você pode atribuir um eixo em seu joystick para controlar este
leme abrindo a tela Configurações, indo para Joystick e, em um
dos menus suspensos na guia Eixo, selecionando o leme
nosewheel . Observe que este é o mesmo procedimento
usado na configuração dos eixos do joystick normalmente,
conforme descrito na seção " Configurando os controles de vôo

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 119/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Como o avião tem algumas centenas de peças de hardware,


isso significa que uma falha pode ocorrer a cada 5 a 20 horas
ou mais. Marcar esta caixa permite essencialmente a
possibilidade de falhas aleatórias e inesperadas.

A seção Mundo da janela Falhas controla coisas fora do avião,


como colisões de pássaros e falhas no equipamento do
aeroporto. As outras categorias e subcategorias nesta janela
permitem que o usuário defina a frequência de falhas
específicas para centenas de sistemas de aeronaves diferentes.
Muitas das opções permitem que você especifique um tempo,
velocidade ou outra condição em que eles falharão.

Setting Failures in X-Plane 11


de X-Plane

04:16

Vídeo 6.2 : Tutorial de configuração de falhas

Habilitando uma trilha de fumaça


Uma trilha de fumaça, como pode ser usada por um avião
acrobático em um show aéreo, pode ser ativada atrás da
aeronave. Este controle é atribuído à tecla 'x' por padrão. Você
pode atribuir uma tecla diferente seguindo as instruções em
Configurando Atalhos de Teclado .

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 118/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

" do capítulo Configurando e ajustando a instalação do seu X ‑


Plane .

Realidade virtual
O X-Plane 11.20 e mais recente oferece suporte à realidade
virtual nativa ou VR. Os requisitos de sistema adicionais para
VR são:

1. Windows 8 de 64 bits ou sistema operacional mais recente


2. HTC Vive, Oculus Rift ou Windows Mixed Reality (WMR)
3. Steam VR instalado para Vive / WMR
4. “Windows Mixed Reality for SteamVR” para WMR

Sua CPU e GPU precisarão atender a todos os requisitos


adicionais conforme especificado pelo fabricante do fone de
ouvido. O X ‑ Plane é compatível com HTC Vive , Oculus Rift e
Windows Mixed Reality (WMR) .

Nota: Steam VR é um download gratuito que permite ao


X ‑ Plane 11 usar VR. Steam VR é compatível com o
conjunto de DVD X ‑ Plane 11, edição de download digital
e X ‑ Plane no Steam.

Observe que não há suporte para GPUs Intel. VR do tamanho


da sala é compatível, bem como o uso de joysticks e outros
dispositivos USB.

Este vídeo mostra como começar e alguns dos truques que


você pode usar com o X ‑ Plane VR.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 120/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

VR Tutorial
de X-Plane

06:53

Vídeo 6.3 : Instruções e dicas do X ‑ Plane VR

Para começar a usar a RV, primeiro configure seu dispositivo de


acordo com as instruções do fabricante. Além disso, pode ser
necessário habilitar aplicativos externos nas configurações do
sistema VR. Por exemplo, com o Oculus Rift, você deve ir para
Configurações> Geral e alternar o botão para a direita para
habilitar aplicativos de fontes desconhecidas, como o X-Plane.

Em seguida, se você ainda não o tiver, os usuários do Vive &


WMR precisarão baixar o software Steam e criar uma conta
gratuita para instalar o Steam VR. Assim que o cliente Steam
estiver instalado e você se conectar, vá para Biblioteca> VR.
Clique em SteamVR na seção Ferramentas na barra lateral
esquerda e, em seguida, no botão instalar.

Se você estiver usando um dispositivo Windows Mixed Reality


(WMR), além do SteamVR, você também precisará instalar o
“Windows Mixed Reality for SteamVR”, que também está
disponível na Biblioteca Steam.

Finalmente, inicie o X ‑ Plane e vá para Configurações>


Hardware VR. Contanto que seu fone de ouvido esteja

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 121/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

conectado (e sua GPU atenda aos requisitos mínimos), haverá


uma caixa de seleção para habilitar o hardware VR.

Figura 6.4 : A guia Configurações de hardware VR

Você pode desligar a VR desmarcando a caixa em


Configurações ou usando o grande botão azul Desativar fone
de ouvido VR na janela do X ‑ Plane no computador. Observe
que se você tiver o cursor do mouse VR habilitado, pode ser
necessário remover completamente o fone de ouvido para
restaurar o uso do cursor do mouse 2d no monitor do
computador.

Assim que o VR estiver instalado e funcionando em todos os


dispositivos, você deverá se encontrar em um hangar virtual no
X-Plane. A partir daqui, você pode acessar o menu principal,
todas as configurações e quaisquer telas pop-up de aviso.

Controles e manipuladores

A frota padrão (menos o R-71) está pronta para VR, mas


aeronaves de terceiros podem ser menos utilizáveis em VR, a
menos que você use o mouse 3D para interagir com o cockpit.
Sinta-se à vontade para experimentar outras aeronaves, mas
esteja ciente de que elas terão funcionalidade e uso limitados
até que sejam atualizadas para RV por seus desenvolvedores.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 122/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Em geral, os manipuladores dentro e ao redor da aeronave


funcionam da maneira como funcionariam na vida real. Pegue o
acelerador do Cessna 172 pressionando e segurando o gatilho
próximo a ele. Ele acenderá em verde e pressione ou puxe o
botão para ajustar a configuração. Alternativamente, você pode
usar “manipulação de laser” para interagir com objetos. Aperte
levemente e parcialmente o gatilho do controlador de VR para
ver um laser verde aparecer. Aponte o laser para o objeto com
o qual deseja interagir e "agarre-o" pressionando o gatilho até
o fim. Esse recurso basicamente requer a manipulação
tradicional e permite que você execute o movimento em
qualquer distância ou ângulo que seja conveniente para você.

Por padrão, o manche do piloto se comporta de maneira


realista - incline o pulso para a esquerda ou direita para rolar e
empurre ou puxe para controlar a inclinação. Esse
comportamento pode ser cansativo se você voar por muitas
horas seguidas, então você pode mudar para o modo
“ergonômico” usando as caixas de seleção em Configurações>
Hardware de RV. O modo ergonômico se comporta de maneira
um pouco diferente da vida real - ele funciona inclinando o
pulso para cima ou para baixo para controlar a inclinação e
girando o pulso para a esquerda para a direita para rolar.
(Mover-se para a frente e para trás não faz nada.) Isso permite
que você mantenha sua mão em uma posição relaxada e
confortável enquanto voa e também permite que você seja
mais preciso com os controles.

Além disso, o yoke é um manipulador de “travamento” por


padrão: se você clicar nele uma vez, seu controlador
permanecerá conectado a ele. Você deve pressionar o gatilho
uma segunda vez para liberá-lo. Você também pode alterar
este comportamento desmarcando a caixa de seleção “Travar
para manipuladores de garfo” nas configurações de hardware
VR.
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 123/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Algumas informações do leme serão adicionadas


automaticamente conforme a rotação é controlada para
permitir que você taxie no solo se não houver pedais de leme
acoplados. Se você tiver pedais de leme de hardware, é você
quem deve controlá-los.

Mova-se pela aeronave ou pelo mundo usando o


teletransporte: empurre o thumb stick (Oculus) ou touchpad
(Vive) para ver um arco azul com um círculo no final, que é o
seu local de pouso. Conforme você gira o thumb stick, você
move a linha vermelha no círculo, que indica a direção da sua
visão quando o teletransporte é executado. Algumas partes da
aeronave, como assentos, têm um ponto de acesso que
acenderá e o levará para aquele local.

“VR Quick-Zoom” é um comando que você pode vincular ao seu


controlador ou tecla. Quando você pressiona o botão, ele
amplia sua visão para que você possa ver as coisas distantes
com um pouco mais de clareza. Quando você solta o botão, sua
visualização é redefinida.

Pressione o botão de três linhas (o botão do menu) do


controlador virtual para acessar as opções do menu. Observe
que a opção de menu do controlador “Get in Pilot's Seat” (o
ícone na parte superior) é tanto um atalho para o cockpit se
você mudou para uma visão diferente, quanto uma maneira de
se concentrar novamente no assento do piloto. Esta opção é a
única forma com suporte para centrar sua visão dentro da
cabine.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 124/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Figura 6.5 : As opções do menu rápido acessíveis ao


pressionar o botão de menu do controlador

No menu rápido, há uma opção de menu de três linhas que


abre o menu principal para que você possa acessar as opções
usuais: carregar ou salvar um voo, alterar sua visualização,
modificar o voo e assim por diante. Use o thumb stick (Oculus)
ou touchpad (Vive) para mover os menus e submenus, então
use o gatilho no controlador para selecionar uma opção.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 125/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Figura 6.6 : A opção de menu fornece acesso a muitas das


opções da barra de menu tradicional

Janelas pop-out, como serviços terrestres, ATC, o mapa e


muito mais, estão disponíveis no menu do controlador,
selecionando o ícone que se parece com duas caixas de janela
no lado esquerdo.

Usando o mouse em VR

Você pode ativar o cursor do mouse 3D enquanto usa VR


marcando a caixa “Habilitar cursor do mouse 3D” em
Configurações> Hardware VR. Você também pode vincular um
botão ou tecla do joystick a essa opção. Este cursor funcionará
basicamente da mesma forma que um mouse não VR. Clicar
com o botão direito do mouse abrirá o menu VR, que é o
equivalente à barra de menu horizontal tradicional em voos não
VR X-Plane.

Solução de problemas

A RV exige mais do seu computador do que simplesmente usar


o simulador de desktop. Se você não estiver executando
consistentemente pelo menos 45 fps no sim do desktop básico,
você precisará diminuir as configurações de renderização.
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 126/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Revise a seção “ Configurando as opções de renderização para


melhor desempenho ” se precisar ajustar suas configurações
para VR.

Se você encontrar erros ao tentar iniciar o X ‑ Plane ou habilitar


VR, tente sair e reiniciar o Steam VR e o X ‑ Plane. Se isso não
ajudar, uma reinicialização completa do computador
geralmente parece resolver muitos problemas ao iniciar o VR.
Existem muitas camadas com uma infinidade de processos e
subprocessos envolvidos na execução do X ‑ Plane VR e, muitas
vezes, é mais rápido reiniciar a máquina do que tentar isolar
qual está causando o problema.

Atualmente, os thumbsticks nos controladores WMR não têm


um In-press / Click útil. Esse clique está sendo roubado pelo
SteamVR para funções internas. Clicar no thumbstick está
fazendo com que os controladores parem de responder ao X-
Plane até que o Portal de Realidade Mista, SteamVR e X-Plane
sejam reiniciados. Esta é uma decisão de design do SteamVR,
então é melhor usar apenas o eixo X / Y dos botões e não a
função de clique.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 127/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Navegação, pilotos automáticos


e vôo com instrumentos
As pessoas costumam ligar para o suporte ao cliente
perguntando sobre algumas das coisas mais avançadas que os
pilotos fazem no mundo real - como navegar, usar um piloto
automático ou voar por instrumentos. Este capítulo irá cobrir
essas áreas com bastante detalhes, mas recomendamos que,
se você realmente quer dominar essas facetas da aviação, vá
até um aeroporto de aviação geral local e contrate um CFI
(Instrutor de Voo Certificado) para um hora ou duas. Se você
tiver um laptop, leve-o consigo e peça ao instrutor para
detalhar essas coisas na prática. Há muito mais para revisar
aqui do que este manual poderia cobrir, portanto, uma busca
rápida por informações na Internet também será útil.

Navegação
Navegar pela superfície da Terra é tão fácil quanto saber onde
sua aeronave está e como chegar aonde você deseja, embora
isso não seja tão simples quanto parece. Imagine que você
está voando IMC (Instrument Meteorological Conditions - isto
é, nas nuvens). Você não tem nenhuma referência ao solo e
está voando sobre St. Louis no meio de uma camada nublada.
Como você pode imaginar, isso parece muito idêntico ao que
você teria ao sobrevoar Moscou por instrumentos. A única
maneira de saber que você está sobre St. Louis e não sobre
Moscou é navegando. Navegação é a arte de saber onde sua
aeronave está e como fazê-la chegar aonde você gostaria.

Usando mapas de navegação do X-Plane

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 128/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Os mapas de navegação do X-Plane vêm em algumas


variedades diferentes, cada uma das quais é útil para uma
situação diferente. Esses mapas de navegação são abertos
pressionando a tecla 'm' ou clicando no ícone do marcador de
mapa no menu. Você pode escolher entre três modos
diferentes: VFR secional, IFR Low Enroute e IFR High Enroute.

Figura 7.1 : A janela do mapa no modo IFR de baixa rota,


com a janela do inspetor do aeroporto KSEA aberta

O mapa seccional VFR é projetado para uso sob regras de vôo


visual. O mapa IFR Low Enroute é usado como uma carta de
navegação das Regras de Voo por Instrumentos de baixa
altitude por pilotos de aeronaves a pistão (hélice). O mapa IFR
High Enroute é essencialmente o mesmo que a visualização IFR
Low Enroute, mas exibe as vias aéreas de nível médio e alto
em vez das de nível baixo. Ele mostra apenas as informações
de interesse dos pilotos voando acima de 18.000 pés e fazendo
uso de vias aéreas vetoriais que são muito mais longas, com
base em VORs maiores com alcance mais longo.

Os mapas fornecem muitas informações sobre a área onde sua


aeronave está localizada, incluindo topografia e NAVAIDs
selecionáveis. Cada mapa é feito de linhas pretas finas
marcadas que formam "caixas" oficialmente chamadas de
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 129/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

"Quadrângulos". Cada caixa tem 1/4 de grau de latitude e


longitude. As grossas linhas azuis e cinzas que cruzam os
mapas são vias aéreas, que são basicamente como rodovias no
céu. Essas vias aéreas vetoriais recebem nomes (por exemplo,
V503) e são usadas pelos controles de tráfego aéreo para
atribuir autorizações. Os triângulos ao longo deles são "fixos".

Aeroportos pequenos são indicados por círculos entalhados,


enquanto aeroportos maiores com são mostrados como layouts
completos de pistas. Os aeroportos mostrados em azul no
mapa seccional VFR têm torres de controle no mundo real.
Observe que uma discussão sobre os auxílios à navegação
(NAVAIDs) desses mapas (os balizas ILS, VOR e NDB) pode ser
encontrada abaixo, na seção “ Meios modernos de navegação ”.

Para mover sua visualização em um mapa, você pode clicar no


mapa e arrastar. Você também pode aumentar e diminuir o
zoom usando a roda do mouse. Além disso, você pode usar os
botões de controle de visualização localizados no canto superior
esquerdo da janela do mapa para alterar sua visualização. Use
os ícones mais ou menos para aumentar ou diminuir o zoom,
respectivamente.

Toque no ícone do alvo para centralizar a visualização na


aeronave. Isso também bloqueará a visualização do mapa na
aeronave, de forma que, conforme você voa, o mapa rola
abaixo dela e a aeronave permanece no centro. Arraste para
qualquer lugar do mapa para quebrar o bloqueio. Toque no
ícone de seta para alterar se o topo do mapa é o Norte ou a
direção da aeronave. Nesse segundo caso, se o avião estiver
voando para o sul, o topo do mapa estará para o sul. Se o
avião se inclinar para o leste, o mapa irá girar
automaticamente e o leste ficará agora no topo.

Clique em qualquer coisa no mapa para obter mais


informações. Por exemplo, se você clicar em sua aeronave, a
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 130/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

caixa Inspetor aparecerá com seu nome, rumo, altitude,


velocidade e ângulo de subida, muitos dos quais você também
pode editar de dentro da janela. Clicar em um aeroporto
permitirá que você escolha uma nova pista ou aproximação
final, ou visualize detalhes como condições meteorológicas e
frequências de comunicação. Clique em um NAVAID como um
VOR para sintonizar rádios com o clique de um botão.

No lado direito da janela do mapa, você pode alterar o que é


exibido no mapa. Na seção “Camadas” você pode usar os
menus suspensos para mostrar vento ou nuvens e precipitação
em tempo real no mapa. Você pode marcar as caixas para
alternar a trajetória de vôo, uma rosa dos ventos ao redor de
sua aeronave ou para desativar os faróis ILS a favor do vento.

Finalmente, alternar o controle deslizante “Glideslope” exibirá


um perfil vertical do vôo na parte inferior da tela do mapa.
Você pode alterar qual abordagem é exibida usando o menu
suspenso “Abordagem”.

Meios modernos de navegação

A navegação “moderna” (após a década de 1930) era baseada


em transmissores baseados em terra. Você precisará de um
bom conjunto de gráficos se quiser realmente voar no X-Plane
usando qualquer um desses métodos, mas o software contém
um conjunto completo de (principalmente) gráficos atuais
também. Lembre-se de que você pode abrir o mapa
pressionando 'm' ou no ícone do menu.

Navegação NDB

Os beacons não direcionais foram inventados no final da


década de 1940 e consistiam em um transmissor baseado em
terra que transmitia um sinal de homing. Um receptor na
aeronave pode ser sintonizado em uma das cerca de 300
frequências discretas, a fim de sintonizar em um transmissor
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 131/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

específico. Feito isso, um instrumento no painel, chamado NDB


(ou, alternativamente, ADF, ou Localizador Automático de
Direção), apontaria para a estação.

Embora quase abandonado nos Estados Unidos, os NDBs ainda


são usados em muitos países ao redor do mundo. É por esta
razão que eles são modelados em X-Plane.

Um ADF está localizado no painel de instrumentos do Cessna


172 que vem com o X-Plane. Ele está localizado acima do botão
de mistura e da roda de compensação, abaixo dos CDIs VOR
duplos, e é ilustrado na Figura 7.2 abaixo.

Figura 7.2 : O ADF no Cessna 172

Navegação VOR

A navegação Omni-Range (ou VOR) de frequência muito alta foi


introduzida em meados dos anos 1950 e representou uma
grande melhoria na precisão da navegação. Em vez de um NDB
no qual um piloto poderia se concentrar, o VOR envia uma
série de 360 pequenos tons de portadora discretos em uma
frequência principal. Cada um desses portadores é orientado ao
longo de um radial diferente da estação, um dos 360, assim
como uma rosa dos ventos. Você pode imaginá-lo como a roda
de uma bicicleta: o transmissor VOR é o cubo da roda com 360
raios representando cada radial. Assim, quando você está
voando e sintoniza a frequência VOR principal, você ajusta o
visor de navegação para informar qual dos 360 radiais você
está voando e também se a estação transmissora está à sua
frente ou atrás de você. Impressionante!
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 132/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Isso finalmente deu aos pilotos um meio de dizer exatamente


onde estavam em relação a um ponto fixo na terra, e este
sistema se ajustou "automaticamente" para quaisquer ventos
no alto, já que o sistema exibia rapidamente qualquer erro de
rota que o avião estava fazendo. Esse erro só pode ser devido
a dois fatores - ou o piloto não estava voando ao longo da
radial ou o vento levou o avião ligeiramente para fora do curso.

VORs são modelados em X-Plane. Clicar em um no mapa


exibirá suas informações e permitirá que você ajuste seus
rádios de navegação com um clique de um botão.

Um tipo específico de VOR, um VOR-DME, combina a


orientação lateral (ou seja, orientação esquerda e direita) de
um VOR com a orientação de distância de um DME
(equipamento de medição de distância). Outro tipo de beacon
VOR, um VORTAC, também é encontrado nos mapas X-Plane.
Este é um transmissor que combina os recursos VOR e TACAN.
O TACAN (ou navegação aérea tática) fornece informações
especiais aos pilotos militares semelhantes a um VOR civil. No
entanto, para nossos propósitos, ele é funcionalmente idêntico
a um VOR-DME.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 133/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Figura 7.3 : Um close-up de um VORTAC perto de KSEA,


conforme exibido no mapa seccional VFR

Para aprender sobre os fundamentos do uso de um VOR para


navegar, verifique o tutorial “Navegação VOR” na guia
Navegação do Flight School ou siga as instruções abaixo.

Para usar um VOR, primeiro olhe em seu mapa para encontrar


uma estação de VOR próxima à localização da aeronave. Clique
no ícone do mapa para abrir uma janela que permitirá que você
sintonize a frequência em seu rádio NAV 1 automaticamente.
As pequenas bandeiras vermelhas 'nav1' ou 'nav2' em seu CDI
(Course Deviation Indicator) devem desaparecer. Certifique-se
de que o GPS esteja configurado para VLOC, se aplicável.
(Lembre-se de que você também pode sintonizar o rádio de
navegação integrado ao GPS, mas pode ser necessário apertar
o botão do flip-flop para trazer a frequência que acabou de
sintonizar para a janela ativa no topo.)

Um CDI ou OBI é o outro instrumento chave para a navegação


VOR. O Cessna 172 do X-Plane está equipado com dois CDIs,
mas estamos apenas preocupados com o de cima. A linha
vertical no centro é o indicador de referência e se move para a
esquerda e direita para indicar onde a aeronave está em
relação a um radial escolhido. Selecione um radial girando o
botão OBS que gira a rosa dos ventos ao redor do
instrumento; o radial escolhido é indicado acima da seta
amarela superior. Também há setas acima e abaixo do
indicador branco de glide slope (que não se move durante a
navegação VOR) mostrando se a aeronave está direcionada
para “PARA” ou “DE” para o centro da estação,
respectivamente.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 134/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Figura 7.4 : Um CDI no Cessna 172SP

Agora você pode determinar onde está em relação ao VOR,


descobrindo em qual radial você está, ou pode inserir um radial
em que deseja estar para traçar o curso desejado. Lembre-se
de que todos os radiais são medidos como o rumo ao se afastar
de um farol VOR.

Determinar em qual radial você está é simples. Gire o botão


OBS no CDI até que o indicador branco vertical esteja
perfeitamente centralizado no pequeno círculo branco no meio
do instrumento, e a bandeira “FROM” seja exibida. O número
acima da seta amarela no topo do CDI é a sua posição radial
atual.

Para interceptar um radial diferente, olhe para o seu mapa


novamente para determinar onde você está em relação à
estação. Se você estiver entrando na estação, escolha o
recíproco no lado oposto da estação de sua aeronave. Se você
estiver saindo, use o radial em que sua aeronave está. Gire o
botão OBS novamente para inserir o radial desejado no topo do
círculo. Provavelmente, a linha vertical estará fora de um lado

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 135/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

ou do outro. Isso indica a que distância você está do radial


desejado.

À esquerda e à direita do alvo central (o pequeno círculo


branco), o instrumento exibe cinco pontos ou linhas curtas em
cada lado. Cada um desses pontos indica que você está dois
graus fora do curso. Assim, uma deflexão à esquerda em
escala total da referência vertical indica que a aeronave está 10
graus à direita do radial desejado. Apenas lembre-se que
enquanto você estiver voando em direção ao VOR, a linha no
CDI indica a localização do curso desejado. Se a linha de
referência estiver à sua esquerda, isso significa que o radial de
destino está à sua esquerda e você deve virar nessa direção.
(Claro, se a estação está atrás de você enquanto exibe a seta
"PARA", então o instrumento está com detecção reversa. Isso
significa que uma deflexão à esquerda indica que o avião está à
esquerda de sua radial desejada - o movimento da aeronave
em relação a o indicador de referência vertical é exibido ao
contrário.)

Seu objetivo é colocar a linha vertical no centro e ficar lá,


indicando que você está voando no radial desejado. Conforme
você se aproxima da estação VOR, o movimento do indicador
se tornará mais sensível até mesmo a pequenas mudanças no
curso da aeronave. Voar sobre a estação fará com que a linha
vertical oscile para um lado e, eventualmente, o instrumento
mudará de exibir a seta “PARA” para a seta “DE”.

Com apenas um VOR, você realmente não sabe onde está ao


longo de um determinado radial, apenas se está na frente ou
atrás de uma estação e em qual radial está. Você não tem
como saber se está a 15 milhas da estação ou a 45 milhas de
distância. A solução é usar dois rádios VOR para que você
possa traçar sua localização a partir de dois VORs diferentes.
Se você puder determinar que está no 67º radial do VOR OJC e

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 136/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

no 117º radial do VOR MKC, então você pode apontar sua


localização em um gráfico seccional. Não se esqueça de que
você terá que trabalhar rápido, pois sua posição mudará
continuamente.

Navegação ILS

Um ILS (ou sistema de pouso por instrumento) difere de um


VOR porque fornece tanto a orientação lateral (esquerda e
direita, conforme fornecida por um VOR) quanto a orientação
vertical (para cima e para baixo). Um ILS é, portanto,
composto de dois transmissores, um localizador e um glide
slope - um para cada componente da navegação. Ambos os
componentes do ILS são ajustados juntos; sintonizar um ILS é
como sintonizar um VOR.

Um transmissor localizador (LOC) fornece orientação lateral


para a linha central de uma pista. Funciona enviando dois
sinais no mesmo canal, um dos quais modula a 90 Hz e o outro
modula a 150 Hz. Um desses sinais é enviado ligeiramente
para a esquerda da pista, enquanto o outro é enviado
ligeiramente para a direita dela. Se uma aeronave está
captando mais do tom modulado em 150 Hz, ele está desligado
para a esquerda. Se estiver captando mais do tom modulado
em 90 Hz, está para a direita. O indicador de desvio de curso
(ou CDI) no painel de instrumentos indica isso para que o
piloto possa corrigi-lo. Quando os dois tons são recebidos em
quantidades iguais, a nave é alinhada com a linha central física
da pista.

O glide slope beacon funciona de forma semelhante ao


localizador, enviando dois tons que têm a mesma frequência,
mas modulações diferentes. A diferença é que o glide slope
informa ao avião que ele está muito alto ou muito baixo para
sua distância da pista. O piloto usa essas informações para
empurrar o nariz da nave para cima ou para baixo, conforme

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 137/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

necessário. O ILS permitirá que um piloto voe por instrumentos


apenas até um ponto a meia milha do final da pista a 200 pés
(dependendo da categoria do ILS) acima do solo. Se a pista
não puder ser vista claramente naquele ponto, o piloto é
impedido de executar um pouso normal. Se isso acontecer, o
piloto na vida real precisará fazer uma “aproximação perdida” e
subir de volta à altitude para tentar novamente ou ir para outro
lugar.

Para obter instruções detalhadas sobre como voar em uma


aproximação ILS, consulte o tutorial “Voando em uma
aproximação ILS” na seção Navegação da Escola de Voo.

Navegação GPS

O Sistema de Posicionamento Global foi criado pela primeira


vez para os militares dos EUA e apresentado ao público no
início dos anos 1990. Este sistema consiste em uma série de
satélites orbitando a Terra que continuamente enviam sinais
informando sua localização orbital e a hora em que o sinal foi
enviado. Um receptor GPS pode sintonizar os sinais que eles
enviam e observar o tempo que o sinal levou para viajar do
satélite ao receptor para vários satélites diferentes ao mesmo
tempo. Como a velocidade com que os sinais viajam é
conhecida, é uma simples questão de aritmética determinar a
que distância de cada satélite o receptor está. A triangulação
(ou melhor, quadrangulação) é então usada para determinar
exatamente onde o receptor está em relação à superfície da
Terra. Em uma aeronave, essas informações são comparadas
com o banco de dados de bordo para determinar a distância
até o próximo aeroporto, auxílio à navegação (NAVAID),
waypoint ou qualquer outro. O conceito é simples, mas a
matemática não. Os sistemas GPS transformaram o mundo da
aviação de cabeça para baixo, permitindo que os pilotos
comuns navegassem com níveis de precisão inimagináveis 20
anos atrás.
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 138/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Existem vários tipos de rádios GPS disponíveis, e cerca de 11


deles foram modelados em X ‑ Plane. Embora o funcionamento
intrincado dos vários rádios GPS seja complexo, os princípios
básicos são bastante consistentes. Se você quiser navegar de
um local para outro, basta lançar o X-Plane, abrir a aeronave
de sua escolha, pressione a tecla Direct To no rádio GPS (às
vezes mostrado como um D maiúsculo com uma seta passando
por ele) e digite o ID do aeroporto para o qual você gostaria de
navegar. No Garmin 430, a entrada é realizada usando o botão
de controle na parte inferior direita da unidade. Use o botão
externo para selecionar qual caractere do identificador para
modificar, use o botão interno para rolar através dos caracteres
(consulte a seção " Uma Nota sobre Afinação de Rádio " do
capítulo Voo em X-Plane para obter mais informações sobre
como usar os botões).

Os bancos de dados nesses rádios não se limitam


simplesmente aos identificadores dos aeroportos para os quais
você deseja voar. Você pode inserir os IDs para qualquer
estação VOR ou NDB que desejar, ou o nome de qualquer
waypoint ou correção que gostaria de ir.

Voando em instrumentos
Para começar uma discussão sobre vôo por instrumentos,
devemos primeiro discutir por que é tão difícil. Não é que os
princípios por trás de voar com instrumentos sejam tão difíceis
ou que interpretar o que os instrumentos estão dizendo seja
tão difícil. Em vez disso, a dificuldade está em acreditar no que
os instrumentos estão dizendo. Seu corpo desenvolveu um
sistema de equilíbrio e equilíbrio que evoluiu nos humanos ao
longo de milhões de anos, e forçar seu cérebro a ignorar esses
sinais e acreditar no que os instrumentos estão dizendo é
muito difícil. Para ser franco, em uma aeronave real, sua vida

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 139/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

depende de ignorar seus sentimentos e sentidos e voar com


base apenas nas informações à sua frente.

Giroscópios e sua aplicação em vôo

O giroscópio foi inventado muitas décadas antes da aeronave,


mas suas tremendas implicações para o vôo não foram
percebidas até meados da década de 1920. O princípio básico
com que trabalham é que se você pegar um objeto
relativamente pesado e girá-lo em alta velocidade de rotação,
ele manterá sua posição no espaço. Você pode então montar
este giroscópio rígido e estável em um instrumento que é
fixado em sua aeronave e medir o movimento relativo da caixa
do instrumento (e, portanto, do avião) sobre o giroscópio fixo.
O giroscópio é fisicamente conectado a um indicador de algum
tipo, e esses indicadores então transmitem informações críticas
ao piloto a respeito da atitude da aeronave (ou seja, sua
orientação em relação ao horizonte). Existem três instrumentos
giroscópicos primários no painel. Eles são:

1. o indicador de atitude (ou AI, normalmente acionado por


uma bomba de vácuo no motor),
2. o coordenador de curva (ou TC, normalmente acionado
eletricamente), e
3. o giroscópio direcional (ou DG, normalmente alimentado a
vácuo, embora possivelmente elétrico).

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 140/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Figura 7.5 : Os três instrumentos giroscópicos primários no


Cessna 172

A IA indica em que atitude a aeronave está voando - a que


distância o nariz está acima ou abaixo do horizonte, bem como
a que distância as asas estão inclinadas e em que direção. O
TC indica a taxa de giro, ou seja, o quão íngreme ou raso é a
sua margem em relação a uma taxa de curva padrão de 2
minutos, e o DG nada mais é do que uma bússola
giroscopicamente mais estável e precisa do que o antigo modo
de espera, a bússola magnética (ou “whisky”).

Os principais instrumentos de vôo

Existem seis instrumentos principais que se tornaram padrão


em qualquer painel de instrumentos. Desde o início da década
de 1970, eles foram organizados em um layout padrão

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 141/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

conhecido como "o pacote de seis". Eles são dispostos em duas


filas de três instrumentos cada. A linha superior, da esquerda
para a direita, contém o indicador de velocidade no ar (ASI), o
indicador de atitude (AI) e o altímetro (ALT). A linha inferior
contém o coordenador de curva (TC), o giroscópio direcional
(DG) e o indicador de velocidade vertical (VSI).

O indicador de velocidade no ar mostra a velocidade na qual a


aeronave está viajando pelo ar. Em sua forma mais simples,
nada mais é do que uma mola que se opõe à força do ar que
sopra na frente de um tubo preso sob a asa ou no nariz da
aeronave. Quanto mais rápido o avião está se movendo, mais
forte é a pressão do ar que age para se opor à mola e maior é
a deflexão da agulha a partir da qual o piloto lê a velocidade da
aeronave. Obviamente, é um pouco mais complicado do que
isso, pois a pressão exercida pela corrente de ar varia com a
densidade do ar local (que muda continuamente conforme o
avião sobe ou desce), e o ASI deve levar isso em consideração.

O indicador de atitude informa o piloto de sua posição no


espaço em relação ao horizonte. Isso é feito fixando a caixa do
instrumento na aeronave e medindo o deslocamento da caixa
com referência a um giroscópio fixo no interior.

O altímetro se parece um pouco com o mostrador de um


relógio e serve para mostrar a altitude. Isso é medido pela
expansão ou contração de uma quantidade fixa de ar atuando
em um conjunto de molas. Conforme o avião sobe ou desce, a
pressão do ar relativa fora da aeronave muda e o altímetro
relata a diferença entre a pressão do ar externo e uma
referência, contida em um conjunto de foles herméticos.

O coordenador de curva mede a taxa de curva da aeronave. O


instrumento só é preciso quando a curva é coordenada - isto é,
quando o avião não está derrapando ou escorregando na curva.
Uma derrapagem é o equivalente aeronáutico a um carro que
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 142/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

está subvirando, onde as rodas dianteiras não têm tração


suficiente para superar o impulso do carro e a frente do carro
está fazendo a curva. Em um carro, isso resulta em um raio de
curva maior do que o comandado pelo motorista. Um deslize é
um pouco mais difícil de imaginar, a menos que você já seja
um piloto. Resulta de uma aeronave inclinada muito
abruptamente para a taxa de curva selecionada. Para corrigir o
escorregamento, tudo o que o piloto precisa fazer é aumentar a
contrapressão no manche, puxando o avião 'para cima' em
uma curva mais fechada, de forma que a taxa de curva esteja
em equilíbrio com o ângulo de inclinação.

O giroscópio direcional é um instrumento simples que aponta


para o norte e, assim, permite ao piloto saber para que lado
está voando.

O indicador de velocidade vertical informa a taxa de subida ou


descida da nave em pés por minuto. Normalmente, os aviões
não pressurizados sobem confortavelmente a cerca de 700 fpm
(se o avião for capaz) e descem a cerca de 500 fpm. Taxas de
descida mais rápidas do que isso causam desconforto nos
ouvidos dos passageiros. Os aviões pressurizados podem subir
e descer muito mais rapidamente e ainda manter a taxa de
mudança da cabine em torno desses níveis, uma vez que a
altitude da cabine não está relacionada à altitude ambiente, a
menos que o sistema de pressurização falhe.

Pilotar uma aproximação por instrumento no X-Plane

Quase todos os aviões incluídos com o X-Plane possuem rádios


e instrumentos básicos de navegação embutidos, e todos eles
são usados mais ou menos da mesma maneira. Visite a Flight
School para obter o tutorial de exemplo “Voando em uma
abordagem ILS” (ou seja, uma abordagem usando um sistema
de pouso por instrumentos) para o aeroporto padrão (Seattle-
Tacoma International, identificador KSEA) ou siga o
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 143/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

procedimento descrito abaixo. Etapas semelhantes podem ser


usadas para qualquer aeroporto em qualquer aplicação.

Encontrando as frequências

Comece carregando o Cessna 172 padrão no aeroporto KSEA.


Para fazer uma aproximação por instrumentos, primeiro
precisamos saber as frequências do auxílio à navegação local
(NAVAID) para sintonizar nossos rádios. Para encontrá-lo, abra
o mapa pressionando a tecla 'm' ou o ícone no menu. Se
necessário, mude para a visualização IFR Low ou IFR High
Enroute.

Agora, Sea-Tac é um aeroporto movimentado, então você pode


ter que aumentar o zoom para encontrar o ILS para a pista da
qual está se aproximando. Quando você o encontrar, no
entanto, você pode clicar nele para destacar em amarelo o
caminho ILS e abrir uma pequena janela com detalhes. A partir
desta janela você pode sintonizar seus rádios com um clique de
um botão e colocar sua aeronave no ar no local perfeito para a
abordagem.

Lembre-se da discussão sobre ILSs anteriormente neste


capítulo que um ILS combina a funcionalidade de um
localizador (fornecendo orientação lateral para a linha central
da pista) com um transmissor de glide slope (fornecendo
orientação vertical para baixo até a pista).

Configurando o CDI ou HSI

Tendo encontrado a frequência ILS relevante, insira-a no rádio


Nav 1 (lembre-se de que você pode sintonizar seus rádios
automaticamente usando os botões na janela do mapa).
Certifique-se de que o GPS (se aplicável) esteja definido como
VLOC clicando no botão CDI próximo à parte inferior do painel
para percorrer a navegação GPS ou VLOC. Clique na tela do
GPS na cabine para abrir o close-up do instrumento, se

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 144/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

necessário. Você pode sintonizar a frequência aqui também;


alterar a frequência do GPS ajustará o rádio NAV 1 e vice-
versa.

Agora vamos discutir os instrumentos que usaremos para


seguir este ILS.

Como na navegação VOR, o CDI é o principal instrumento


usado para navegação ILS no Cessna. No entanto, na
navegação ILS, as linhas horizontais e verticais se movem para
fornecer orientação. O localizador é representado por uma linha
vertical. Quando está no centro do CDI, significa que a
aeronave está quase perfeitamente alinhada com a linha
central física da pista. A parte do indicador de glide slope do
CDI é representada por uma linha horizontal. Quando está no
centro do instrumento, a aeronave está perfeitamente alinhada
com o planeio e está descendo a uma taxa ideal.

Abaixo do indicador de atitude está o giroscópio direcional. O


giroscópio direcional funciona como uma bússola, pois indica a
direção da aeronave. Você pode usar isso para alinhar sua
abordagem com uma direção conhecida (por exemplo, cerca de
160 graus para a pista 16L).

Voando na abordagem

Agora que encontramos as frequências ILS relevantes e


configuramos os instrumentos de navegação, vamos começar a
fazer a abordagem real.

Mais uma vez, estamos voando para o Aeroporto Internacional


de Seattle-Tacoma (KSEA), o aeroporto padrão no X-Plane, e
nos preparamos para uma final de 10 nm usando um botão no
mapa. Afinamos nosso rádio de navegação, usamos o seletor
de fonte de navegação para escolher o rádio certo e revisamos
o CDI.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 145/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Conforme você está voando em direção ao aeroporto, o CDI


começará a vagar para a esquerda ou para a direita para
indicar a direção que seu avião precisa se mover para apontar
para a linha central da pista. Mire em direção à deflexão para
interceptar o curso do localizador; quando o CDI vagar para a
direita, aponte o nariz da aeronave para a direita e assim por
diante.

Além disso, o indicador de glide slope começará a se mover.


Esta linha funciona como a vertical: se suas agulhas estão
acima do centro do instrumento, então a nave precisa voar
para cima para voltar ao caminho, e se elas estiverem abaixo
do centro do instrumento, ela precisa voar para baixo para
interceptar o glide slope. No entanto, a inclinação do planeio é
(na maioria dos casos) uma inclinação descendente de três
graus, então você nunca deve precisar subir para interceptá-la,
apenas ajuste a razão de descida. A linha horizontal está acima
de nós quando iniciamos a abordagem, já que partimos 10 nm
da pista. Continue voando na mesma altitude, e a linha descerá
lentamente até o centro, e de lá você deve controlar a descida
para mantê-la lá. O objetivo é manter a linha vertical centrada
para ficar no localizador,

Siga a orientação do localizador e deslize a inclinação até que a


nave alcance uma altitude de cerca de 300 pés acima da pista.
Neste ponto, se tudo for feito corretamente, a pista estará bem
na frente da aeronave. Se o pouso em si foi gerenciado
corretamente, a aeronave estará em sua velocidade de estol
mais 30% com o trem de pouso e os flaps abaixados quando
chegar para o pouso. No Cessna, são cerca de 65 nós.

Usando o GPS X ‑ Plane

O GPS X ‑ Plane foi modelado de acordo com o Garmin G430W


ou G530. Este instrumento permite que os pilotos façam uma
aproximação GPS, bem como uma navegação direta. O GPS
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 146/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

combina essencialmente três coisas: um rádio NAVCOM 1, um


GPS e um mapa móvel muito pequeno.

Figura 7.6 : O navegador GPS X ‑ Plane 430 no Cessna 172.

Para usar o GPS, primeiro clique em seu visor no cockpit para


abrir uma janela em close-up, caso contrário, você não poderá
ver mais de uma tela. Isso pode ser movido ao redor do cockpit
conforme necessário. Clicar no visor do GPS na cabine uma
segunda vez fechará a janela. Os controles do lado esquerdo
ajustam o VOR, o localizador e as frequências de comunicação,
enquanto os da direita controlam as funções do GPS.

Para ajustar as frequências de rádio, “pressione” o centro do


botão grande na parte inferior para alternar entre o controle de
rádio de voz (COM ou “C”) e rádio de navegação (“V”). O canal
“ativo” é a frequência superior em cada caixa azul escura.
Quando a frequência inferior é destacada em um azul mais
claro, você pode usar os botões giratórios interno e externo
para alterar a frequência. Em seguida, use os botões verticais
de “troca” (setas “C” para cima / para baixo ou setas “V” para
cima / baixo) para fazer a frequência de espera, que você
acabou de definir, para a frequência ativa.

Leia mensagens, crie ou edite um plano de vôo e ative


procedimentos pressionando os botões na parte inferior.
Pressione o botão novamente para retornar à tela de
navegação principal, onde você pode aumentar e diminuir o

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 147/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

zoom na visualização do mapa usando o botão “RNG” ou alterar


o nível de detalhe com o botão “CLR”. O dial grande no botão
se move pelas categorias de navegação, waypoint ou mais
próximo (abreviado para “NAV,” “WPT” e “NRST”), enquanto o
dial menor se move pelas subtelas daquele tipo. Clique no
botão “PUSH CRSR” para ativar o cursor nas telas aplicáveis e,
em seguida, use os dials para alterar o texto selecionado. Em
geral, o dial grande se move entre as linhas ou opções,
enquanto o menor é usado para editar uma linha. Pressione
“ENT” para manter as alterações ou ativar as seleções e “CLR”
ou o botão CRSR novamente para cancelar.

Para inserir um destino GPS, pressione o botão “Direto para” (o


D com uma seta passando). O LCD mudará para uma tela de
entrada de dados. Use o botão grande externo no canto inferior
direito para escolher a posição do caractere que deseja alterar
e use o anel interno do botão para rolar pelo alfabeto /
números (clique e segure para mover-se pela lista
rapidamente). Por exemplo, para escolher o aeroporto KSEA
padrão como seu destino, use o botão interno para rolar até
"K", use o botão externo para mover o cursor para a próxima
posição, use o botão interno para rolar até "S" e assim e
pressione ENT duas vezes para ativá-lo. (Observe que o GPS X
‑ Plane inclui dados para todo o mundo e só pode usar
identificadores ICAO.)

Como alternativa, você pode selecionar um waypoint ou


destino usando a função “mais próximo”. Na tela de navegação
principal, clique duas vezes no botão grande para acessar o
grupo de menus do aeroporto mais próximo, interseção, NDB,
VOR e espaço aéreo. Ative o cursor pressionando o botão, role
para selecionar o destino, clique no botão “Direto para” e entre
para ativá-lo.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 148/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Depois de criar um plano de vôo, você pode salvá-lo para


carregar mais tarde, pressionando o botão Menu enquanto
estiver na tela do plano de vôo ativo. Você também pode
inverter a ordem dos waypoints ou deletar todo o plano deste
menu. Para carregar um plano salvo, use o pequeno botão para
ir para a segunda tela da categoria Plano de Voo. Qualquer
arquivo .fms que tenha sido salvo na pasta de planos FMS
(localizada na pasta Saída no diretório principal do X ‑ Plane)
pode ser selecionado a partir desta lista.

Usando o piloto automático


O piloto automático funciona implementando várias funções
diferentes. Isso inclui, entre outras coisas, a capacidade de
manter automaticamente uma determinada inclinação, altitude,
rumo ou velocidade, ou voar a uma altitude comandada.

As seguintes funções do piloto automático estão disponíveis no


X ‑ Plane. Cada um desses é um modo em que a aeronave
pode ser colocada simplesmente clicando naquele botão no
painel com o mouse. Nem todas as aeronaves têm piloto
automático e algumas das embarcações mais simples, como o
Cessna 172, podem ter menos modos do que os listados
abaixo. O uso real dessas funções do piloto automático será
discutido nas seções a seguir.

1. O botão WLV é o nivelador de asa. Isso simplesmente


manterá as asas niveladas enquanto o piloto descobre o
que fazer a seguir.

2. O botão HDG controla a função de retenção de rumo. Isso


simplesmente seguirá o bug de direção no HSI ou
giroscópio de direção.

3. O botão LOC controla a função de voo do localizador. Isso


voará um VOR ou radial ILS, ou para um destino GPS.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 149/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Observe que o GPS pode ser programado pelo FMS.

4. O botão HOLD controla a função de retenção da altitude.


Isso manterá a altitude atual ou pré-selecionada inclinando
o nariz para cima ou para baixo.

5. O botão V / S controla a função de velocidade vertical.


Isso manterá uma velocidade vertical constante inclinando
o nariz da aeronave para cima ou para baixo.

6. O botão SPD controla a função de velocidade no ar. Isso


manterá a velocidade no ar pré-selecionada inclinando o
nariz para cima ou para baixo, deixando o acelerador
sozinho.

7. O botão ATHR também controla a velocidade no ar, mas


ao contrário do botão SPD . Ele manterá a velocidade no ar
atual da aeronave aumentando ou diminuindo o acelerador,
enquanto deixa o tom sozinho.

8. O botão FLCH controla a função de mudança de nível de


vôo. Isso manterá a velocidade no ar pré-selecionada
inclinando o nariz para cima ou para baixo, adicionando ou
retirando potência automaticamente. Isso é comumente
usado para alterar a altitude em aviões de passageiros,
pois permite que o piloto acrescente ou tire potência
enquanto o avião inclina o nariz para manter a velocidade
no ar mais eficiente. Se o piloto adicionar força, o avião
sobe. Se eles retirarem, o avião desce.

SPD e FLCH são funções quase idênticas no X-Plane -


ambos inclinam o nariz para cima ou para baixo para
manter a velocidade desejada da aeronave, portanto,
adicionar ou retirar potência resulta em subidas e descidas,
respectivamente. A diferença é que, se você tiver
aceleração automática no avião, o FLCH adicionará ou

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 150/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

retirará automaticamente a potência para você iniciar a


subida ou descida, enquanto o SPD não.

9. O botão PTCH controla a função de sincronização de pitch.


Use isso para segurar o nariz do avião em uma atitude de
inclinação constante. Isso é comumente usado apenas para
segurar o nariz em algum lugar até que o piloto decida o
que fazer a seguir.

10. O botão G / S controla a função de voo glide slope. Isso irá


voar a parte do glide slope de um ILS.

11. O botão VNAV controla a função de navegação vertical.


Isso carregará automaticamente as altitudes do FMS (Flight
Management System) no piloto automático para você, a
fim de seguir as altitudes da rota.

12. O botão BC controla a função de retorno do curso. Cada


ILS no planeta tem um segundo localizador pouco
conhecido que vai na direção oposta do localizador de
entrada. Isso é usado para a aproximação perdida,
permitindo que você continue voando ao longo da linha
central estendida da pista, mesmo depois de passar por
cima e além da pista. Para economizar dinheiro, alguns
aeroportos não vão se preocupar em instalar um novo ILS
no aeroporto para pousar na mesma pista indo na direção
oposta, mas em vez disso, permitem que você voe este
segundo localizador para trás para entrar na pista na
direção oposta do ILS regular ! Isso é chamado de ILS de
retorno.

Usar o mesmo ILS nas duas direções tem suas vantagens


(por exemplo, é mais barato), mas há uma desvantagem:
a deflexão da agulha em seus instrumentos é para trás ao
seguir o caminho errado no ILS. Aperte o botão do piloto
automático BC se você estiver fazendo isso. Isso faz com
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 151/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

que o piloto automático perceba que a deflexão da agulha


está para trás e ainda faça a aproximação.

Observe que os HSIs não invertem a deflexão visível da


agulha no curso posterior; você deve girar a carcaça em
que a agulha de deflexão está montada cerca de 180 °
para voar na direção oposta.

Observe também que o glide slope não está disponível no


curso de trás, portanto, você deve usar apenas a parte do
localizador do procedimento.

Ligando e desligando

Antes de usar o piloto automático, ele precisa ser ligado. O


botão liga / desliga do piloto automático é identificado como
"Flight Director Mode" ou simplesmente "FLIGHT DIR". Possui
modos OFF, ON e AUTO.

Se o diretor de vôo estiver DESLIGADO, nada acontecerá


quando você tentar usar o piloto automático. Se estiver
LIGADO, o piloto automático não moverá fisicamente os
controles do avião, mas sim moverá pequenas asas de alvo em
seu horizonte artificial que você pode tentar imitar enquanto
voa. Se você fizer isso, estará seguindo a orientação que o
piloto automático está lhe dando, mesmo que seja você quem
realmente está voando. O diretor de vôo, então, está seguindo
qualquer modo de piloto automático que você selecionou e
você, por sua vez, está seguindo o diretor de vôo para
realmente pilotar o avião. Se o diretor de vôo estiver definido
como AUTO, os servos do piloto automático voarão o avião de
acordo com o modo de piloto automático que você selecionou.

Em outras palavras, ligar o diretor de vôo liga o cérebro do


piloto automático, exibindo os comandos dos modos acima no
horizonte como pequenas asas magenta que você pode seguir.
Girar o switch Flight Director para AUTO liga os servos do piloto
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 152/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

automático, de forma que o avião siga as pequenas asas


magenta para você sem que você toque no manche.

Portanto, se você tiver um interruptor de diretor de vôo,


certifique-se de que está no modo correto para o tipo de
orientação do piloto automático que você deseja - nenhum,
diretor de vôo apenas ou controles servo-conduzidos.

Com o diretor de vôo definido para o modo correto, você pode


ativar as funções do piloto automático simplesmente
pressionando o botão desejado no painel de instrumentos. Para
desligar a função do piloto automático, basta apertar o botão
novamente. Quando todas as outras funções do piloto
automático estão desligadas, o piloto automático reverterá
para as funções padrão.

Para desligar o piloto automático completamente,


simplesmente gire a chave FLIGHT DIR para OFF.
Alternativamente, atribua uma tecla ou botão de joystick para
desligá-lo na caixa de diálogo Joystick e Equipamento do X-
Plane.

Usando os controles

Com o piloto automático ligado (no modo somente diretor de


vôo ou no modo de controle dirigido por servo), você está
pronto para usar as funções do piloto automático. Discutiremos
quando seria apropriado usar algumas das funções mais
comuns.

Nivelador de asa e sincronização de inclinação

Aperte o wing leveler ( WLV ) ou o pitch sync ( PTCH ) para


manter a rotação atual e atitude de pitch, respectivamente.
Isso é útil ao alternar entre as funções do piloto automático.

Rumo, altitude, velocidade vertical, velocidade em espera,


mudança de nível de vôo e aceleração automática

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 153/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Pressione os botões de retenção de rumo ( HDG ), retenção de


altitude ( ALT ), velocidade vertical ( V / S ), retenção de
velocidade ( SPD ), mudança de nível de voo ( FLCH ) ou
aceleração automática ( ATHR ) e o piloto automático manterá
quaisquer valores são inseridos em seus respectivos seletores.
Para fins de transições suaves, muitos desses valores serão
definidos por padrão para sua velocidade ou altitude atual no
momento em que os botões de função do piloto automático
forem pressionados.

Se você deseja que o piloto automático guie a aeronave para


uma nova altitude, você deve se perguntar: Você deseja que o
avião mantenha uma velocidade vertical constante para
alcançar essa nova altitude, ou uma velocidade constante para
alcançá-la? Como os aviões são mais eficientes em alguma
velocidade no ar constante indicada, escalar mantendo uma
velocidade no ar constante é geralmente mais eficiente.

Imagine que você esteja voando a 5.000 pés e acione o ALT,


fazendo com que o piloto automático armazene sua altitude
atual de 5.000 pés. Agora, porém, você quer subir a 2.700
metros. Você deve primeiro discar 9.000 na janela de altitude.
O avião ainda não vai lá; antes disso, você deve escolher como
deseja chegar a essa nova altitude.

Para chegar à sua nova altitude por meio de uma determinada


velocidade no ar (como fazem os aviões de passageiros), após
discar 9.000 pés na janela de altitude, você pressionaria os
botões FLCH ou SPD. Isso fará com que o avião incline o nariz
para cima ou para baixo para manter sua velocidade no ar
atual indicada. Agora, basta adicionar uma dose de potência
(se necessário) para fazer o nariz do avião subir (que o piloto
automático comandará para evitar que a velocidade aumente).
Quando você atinge os 9.000 pés, o piloto automático sai do

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 154/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

modo de espera de velocidade e vai para o modo de espera de


altitude, mantendo-se de 9.000 pés até novo aviso.

Os modos de velocidade no ar e velocidade vertical serão


mantidos até que você alcance a nova altitude especificada,
ponto em que o piloto automático abandonará esse modo e
entrará no modo de retenção de altitude. A mesma coisa
acontecerá com o controle do glide slope. Se o glide slope
estiver armado (isto é, aceso depois que você pressionou o
botão), o piloto automático abandonará seu modo vertical
quando o glide slope for ativado. Isso também acontecerá com
o controle do localizador. Se o localizador estiver armado, o
piloto automático abandonará seu modo de rumo quando o
localizador for ativado. Isso é conhecido como “captura” do
localizador ou glide slope.

A principal coisa a perceber é que os modos de velocidade


vertical, mudança de nível de vôo e rumo são todos modos que
comandam o avião no momento em que são engajados.
Altitude, inclinação de planagem e localizador, por outro lado,
estão todos armados (em espera) até que um dos modos
acima intercepte a altitude, inclinação de planagem, localizador
ou curso de GPS.

Uma exceção à regra acima é a altitude. Se você apertar o


botão de altitude, o piloto automático será definido para a
altitude atual. Mas não é assim que um piloto inteligente voa.
Um piloto inteligente com um bom avião, um bom piloto
automático e um bom planejamento ajustará a altitude
atribuída muito antes de chegar lá (incluindo a altitude inicial
antes da decolagem) e, em seguida, usará a velocidade
vertical, mudança de nível de voo ou até mesmo inclinação
sincronize para alcançar essa altitude.

Aqui está como o sistema em um plano real seria usado (e,


portanto, como o sistema em X-Plane é melhor usado):
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 155/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

1. Enquanto estiver no solo, próximo à pista, você deve


manter, digamos, 3.000 pés. Você recebe um rumo da
pista e autorização para a decolagem.

2. Você insere 3.000 pés na janela ALTITUDE e um rumo da


pista (por exemplo, 290) na janela HEADING.

3. Você decola.

4. Na subida inicial, cerca de 500 pés, você define o diretor de


vôo como AUTO. O piloto automático registra a inclinação e
rotação atuais do avião e mantém o avião estável.

5. Você aperta o botão HDG e o avião segue ou vira para o


rumo. Uma vez lá, clique no botão HDG novamente e o
avião manterá seu curso.

6. Você pressiona o botão V / S , FLCH ou SPD . O piloto


automático observa automaticamente a velocidade vertical
atual ou velocidade no ar, e o avião voa nessa velocidade
no ar ou velocidade vertical até chegar a 3.000 pés, onde
se nivela.

7. Você recebe um novo rumo e altitude pelo ATC e os disca


em suas respectivas janelas.

8. Você clica no botão HDG e a aeronave vira para o novo


rumo e, em seguida, pressiona V / S , FLCH ou SPD para
permitir que o avião faça zoom para a nova altitude.

Localizer e glide slope

Essas são as opções mais difíceis de descobrir, parcialmente


porque as frequências corretas e o modo HSI devem ser
selecionados para usá-las, e parcialmente porque eles não
farão nada até capturarem o caminho de abordagem que estão
procurando. Para que isso aconteça, algum outro modo

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 156/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

(qualquer um dos discutidos acima) deve ser ativado para fazer


isso.

Esses modos capturam um curso ILS, VOR ou GPS, portanto,


obviamente, eles devem ser capazes de voar no NAV 1, NAV 2
ou GPS. O piloto automático só sabe qual desses três usar
quando você diz qual deles. Isso é feito com o botão
denominado “NAV – 1 NAV – 2 FMC / CDU (ou GPS)”, que é o
seletor de fonte HSI.

Observação : em algumas aeronaves, é uma chave de três


posições rotulada SOURCE.

Se você definir este botão como NAV 1, o HSI mostrará


deflexões do rádio NAV 1 e o piloto automático emitirá sinais
VOR ou ILS do rádio NAV 1 quando você apertar os botões LOC
ou G / S.

Da mesma forma, se você definir como NAV 2, o HSI mostrará


desvios do rádio NAV 2 e o piloto automático emitirá sinais VOR
ou ILS do rádio NAV 2 quando você apertar os botões LOC ou
G / S.

Se você definir esta chave para FMC / CDU (ou GPS), o HSI
mostrará desvios do GPS, que podem ser definidos
manualmente ou pelo FMS, e o piloto automático voará para o
destino do GPS quando você clicar no botão LOC . Lembre-se
de que se você inserir destinos no FMS, eles serão alimentados
automaticamente no GPS, então o piloto automático os seguirá
se você selecionar LOC .

Para repetir: certifique-se de enviar o sinal correto (NAV 1,


NAV 2 ou GPS) para o piloto automático ao usar os botões LOC
e G / S (navegação lateral e vertical).

O botão LOC iniciará imediatamente a navegação lateral para


um destino GPS uma vez ativado. No entanto, ele rastreará
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 157/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

apenas um localizador VOR radial ou ILS depois que a agulha


sair da deflexão em escala total. Isso significa que se você tiver
uma deflexão de agulha ILS em escala real (simplesmente
porque você ainda não chegou ao localizador), o modo
localizador simplesmente entrará no modo armado (amarelo) e
não fará nada ainda ao avião. Seu rumo atual ou modo de nível
de asa (se ativado) permanecerá em vigor (ou você pode voar
manualmente) até que a agulha do localizador comece a se
mover em direção ao centro. Assim que isso acontecer, o LOC
irá repentinamente do modo armado (amarelo) para o modo
ativo. Isso faz com que o piloto automático comece a pilotar o
avião para você, desativando todos os modos anteriores.

O motivo pelo qual a função de localizador desativa os modos


anteriores é que, assim que a agulha do localizador entrar,
você deseja que o piloto automático esqueça o rumo e comece
a voar com o localizador até a pista. Alternativamente, você
pode simplesmente voar o avião manualmente até o localizador
(sem o modo de piloto automático ativado) e fazer com que o
piloto automático assuma o controle assim que a agulha do ILS
começar a entrar, indicando que você está entrando no
localizador. Curiosamente, isso é muito parecido com os modos
de altitude. Assim como o localizador é armado pressionando o
LOCbotão, e você pode fazer qualquer coisa até que os braços
do localizador assumam o controle lateral, a altitude também é
armada (sempre e automaticamente) e você pode voar em
qualquer velocidade vertical, velocidade do ar ou inclinação
(manualmente ou no piloto automático) até que a altitude seja
alcançada, Nesse ponto, o piloto automático entrará no modo
de retenção de altitude.

Assim como a navegação lateral (ou seja, a função de


localizador), a navegação vertical (glide slope ou modo G / S )
não fará nada até que a agulha do glide slope comece a se
mover. Ao contrário do localizador, porém, a função glide slope
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 158/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

não fará nada até que a agulha do glide slope passe totalmente
pela posição central. Isso ocorre porque você normalmente
mantém o avião em altitude até interceptar a inclinação do
planeio, ponto no qual o avião deve parar de manter a altitude
e começar a descer para a pista. Em outras palavras, a função
de glide slope passará automaticamente de armada para ativa
assim que o avião atingir o centro do glide slope.

Vamos agora colocar as funções LOC e G / S em uso para voar


um ILS.

Voando em um ILS usando LOC e G / S

Para voar em um ILS, faça o seguinte enquanto ainda estiver


longe do ILS e abaixo do declive:

1. Aperte o botão ALT para manter a altitude atual.

2. Insira um título na janela de título a ser seguido até


interceptar o ILS.

3. Aperte o botão HDG para manter esse título.

4. Aperte o botão LOC . Irá para “armado” (amarelo).

5. Aperte o botão G / S. Também irá para “armado”


(amarelo).

6. Assim que você interceptar o localizador, o botão LOC


passará de amarelo para verde, abandonando o modo de
rumo para voar o localizador.

7. Assim que você interceptar o centro do glide slope, o botão


G / S vai de amarelo para verde, abandonando o modo de
hold de altitude para voar o glide slope.

8. O piloto automático irá rastreá-lo até a pista e até mesmo


alargar no final, cortando a energia se o modo de

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 159/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

aceleração automática estiver ativado.

Assim como em um avião real, essas coisas só funcionam bem


se você:

1. intercepte o localizador longe (fora do marcador externo) e


abaixo do glide slope,
2. interceptar o localizador em um ângulo inferior a 30 °, e
3. mantenha a altitude ao interceptar a inclinação do planeio.

Se você chegar acima da rampa de planeio, cruzar o localizador


em um ângulo amplo ou interceptar o localizador muito perto
do aeroporto, o piloto automático não será capaz de manobrar
o avião para o pouso (novamente, como em um avião real).

Agora que detalhamos como voar com o piloto automático,


vamos falar sobre como voar um plano FMS (sistema de
gerenciamento de voo).

Pilotar um plano FMS

Para usar o piloto automático para fazer um plano de sistema


de gerenciamento de voo, algumas coisas devem acontecer:

1. Você deve inserir todo o seu plano de vôo no FMS.

2. Você precisa ter o HSI definido para GPS, não NAV 1 ou


NAV 2 (porque o piloto automático voará tudo o que vir no
HSI).

3. Você deve ter o botão LOC selecionado como ON, pois esse
botão faz com que o piloto automático siga o localizador
(ou o que quer que esteja no HSI).

4. Você deve ter a chave FLIGHT DIR configurada para AUTO,


para que os servos estejam funcionando.

5. Você deve apertar o botão VNAV se quiser que o FMS


também carregue altitudes na janela de altitude.
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 160/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Faça todas essas coisas e o avião seguirá qualquer plano FMS,


supondo, é claro, que o avião que você está voando tenha todo
esse equipamento (o que é claro que alguns não têm).

Para demonstrar o uso de um FMS, passaremos pelo


procedimento em uma aeronave típica. As etapas serão
semelhantes em qualquer aeronave.

1. Inicie o vôo abrindo a caixa de diálogo Quick Start e


selecionando uma aeronave com o FMS padrão, como o
P180 Avanti. Ele pode ser encontrado na pasta de
aeronaves da Aviação Geral. Selecione Aeroporto
Internacional de San Diego (KSAN) como o aeroporto de
partida na caixa Aeroporto. A hora do dia e o clima podem
ser o que você quiser, mas para manter as coisas simples,
vamos usar as configurações de “dia” e “claro”.

2. Na visualização 3-D da cabine, o FMS se encontra à direita


do assento do piloto (deveria estar exibindo o texto
“SEGMENTO DE PLANO 01”). Aperte o botão INIT superior
esquerdo no FMS. Isso deixa o FMS pronto para receber um
plano de vôo e coloca o cursor na segunda linha chamada
“APT”.

3. Agora insira o ID do aeroporto de partida pressionando o


teclado FMS com o mouse. Estamos começando no
Aeroporto Internacional de San Diego (KSAN) e voando
para o Aeroporto Internacional de San Bernardino (KSBD).

4. Se desejar, pressione o botão de seleção de linha no lado


esquerdo do FMS ao lado do texto “VOAR NO FT” e digite a
altitude que deseja voar usando o teclado.

5. Agora, aperte o botão NEXT no FMS e repita os passos


acima para o próximo waypoint. Para nossos propósitos,
pressione o botão AIRP e digite KSBD para nosso

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 161/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

aeroporto de destino final aqui, então clique no botão traço


à esquerda da linha “Voar em” na tela para inserir a
altitude na qual você estará voando. Qualquer VOR, NDB,
FIX ou LAT / LON pode ser inserido aqui (ou como páginas
de segmento de plano adicionais) para programar sua rota.
Certifique-se de pressionar o botão apropriado no FMS
antes de inserir o código do NAVAID de sua escolha.

Use o botão DEL para apagar erros ou CLR para cancelar todo
o plano. Os botões PREV PAGE e NEXT PAGE irão percorrer
os vários waypoints em seu plano. Para salvar um plano FMS,
clique no botão SA ou clique no botão LD para carregar um
plano salvo. O X ‑ Plane armazena esses planos na pasta
Output do diretório inicial.

1. Depois de inserir o plano no FMS, defina o interruptor NAV


Source branco para GPS para que o HSI obtenha dados do
computador de gerenciamento de vôo que acabamos de
programar. Mova o interruptor FLIGHT DIR para on e
depois decole.

2. O segundo waypoint deve ser ativado automaticamente.


Ative o modo HDG em seu piloto automático e configure-o
para interceptar o curso FMS. Pressione o botão do piloto
automático LOC para armar a captura do curso FMS de
modo que, conforme você se aproxima do curso, o piloto
automático travará e girará em direção ao waypoint. Você
deve primeiro interceptar o curso FMS para fazer o piloto
automático travar. Pressione o botão do piloto automático
VNAV para selecionar a altitude “Voar em”.

Se seu plano de vôo tiver mais de um waypoint, conforme você


se aproxima do waypoint ativo do FMC, ele mudará
automaticamente para o próximo segmento de plano. Se por
algum motivo o FMS falhar em fazer isso, você pode forçá-lo a
avançar ou pular os waypoints usando o botão NEXT para
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 162/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

exibir o waypoint desejado e o botão de seleção (um D com


uma seta passando) para ativá-lo.

1. Sente-se e deixe o piloto automático levá-lo ao seu


destino. Ao chegar, observe que não é possível usar o FMS
para pousar o avião, portanto, você deve desativar o modo
GPS e fazer sua aproximação como faria normalmente.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 163/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Situações especiais no X-Plane


Usando uma estação de operador de instrutor
(IOS) para treinamento de vôo
Uma Estação de Operador de Instrutor é um tipo de console
usado por um instrutor de vôo ou alguém que está no lugar de
um instrutor. Este console pode ser usado para falhar em
vários sistemas da aeronave, alterar o clima e a hora do dia ou
realocar a aeronave. O IOS pode ser executado em um
segundo monitor no mesmo computador que o simulador.

Configurando o IOS

Se estiver usando um computador com dois (ou mais)


monitores, você pode habilitar o IOS no segundo monitor
acessando a guia Gráficos na tela Configurações. Em
Configuração do monitor, certifique-se de que seu monitor
principal esteja definido como “Simulador de tela inteira” na
caixa suspensa e, a seguir, selecione “Estação de operação do
instrutor” no menu suspenso do outro monitor. (Observe que o
IOS só pode ser usado em tela inteira, não em janela, quando
configurado dessa maneira.) Ao fechar a janela Configurações,
você terá as opções de tela do IOS em seu segundo monitor e
o voo no monitor principal.

Se você gostaria de usar o X ‑ Plane em janela, você também


pode abrir o IOS como uma janela, retirá-lo e arrastá-lo para
qualquer local que desejar em seus monitores. Abra a janela
IOS acessando o menu Flight> Toggle Instructor Operating
Station. Clique nos dois quadrados no canto superior direito
para abri-lo como uma janela separada que você pode arrastar
para um monitor diferente.
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 164/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Recursos do IOS

Depois de configurar o IOS como gostaria, você poderá voar


em um monitor enquanto controla muitos dos aspectos do seu
voo no outro.

Na janela IOS, você terá a exibição do mapa padrão, bem


como botões à esquerda desta janela que permitem ao
instrutor realizar todos os tipos de tarefas de um local,
enquanto mantém um relógio no piloto do X-Plane usando a
visualização do mapa .

O “instrutor” pode carregar aeronaves diferentes, realocar a


aeronave, alterar as condições climáticas, sistemas de falha e
alterar o tempo, peso, equilíbrio ou combustível para o piloto
“aluno”. Além disso, existem botões para carregar ou salvar um
vôo, redefinir a trajetória de vôo e sair do X-Plane.

Helicópteros voadores
A seguir está uma descrição de como os helicópteros são
pilotados no mundo real, junto com a aplicação disso no X-
Plane. Você também pode usar o tutorial da Escola de Voo
"Noções básicas sobre helicópteros" para obter experiência
prática de pilotar helicópteros no sim. Observe que os
helicópteros são carregados no X-Plane como qualquer outra
aeronave, usando a tela de configuração de voo. Observe
também que você pode ir para o heliporto mais próximo a
qualquer momento, abrindo a tela Personalizar localização,
clicando no botão Início especial e clicando na linha Início do
heliporto.

Todos os tipos de layouts diferentes de helicópteros podem ser


encontrados na realidade, mas discutiremos a configuração
padrão aqui - um único rotor suspenso com um rotor de cauda
na parte traseira. Veja como isso funciona: primeiro, o rotor

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 165/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

principal fornece a força necessária para levantar a nave


mantendo continuamente o mesmo RPM do rotor durante todo
o vôo. A quantidade de sustentação gerada pelo rotor principal
é apenas variada ajustando o passo da pá das pás do rotor
principal.

Então, imagine que o único RPM operacional de um helicóptero


é 400 RPM. Quando a nave está pousada no solo, o rotor está
girando 400 RPM e o passo das pás do rotor é cerca de zero .
Isso significa que o rotor está dando cerca de zerolift! Como as
lâminas têm passo zero, elas têm muito pouco arrasto, por isso
é muito fácil movê-las no ar. Em outras palavras, a potência
necessária para girar o rotor em seu RPM operacional é
mínima. Agora, quando o piloto está pronto para voar, ele
começa puxando uma alça na cabine chamada de “coletivo”.
Quando isso acontece, as pás do rotor sobem para um passo
positivo. Todas as lâminas do rotor principal fazem isso juntas
ao mesmo tempo - "coletivamente". Claro, eles estão
colocando muita força de sustentação, já que têm um pitch
positivo. Igualmente aparente é o fato de que agora são mais
difíceis de arrastar no ar, pois estão fazendo muito mais
trabalho. Claro, como é muito mais difícil girar as lâminas, elas
começam a desacelerar - se isso acontecesse, seria
catastrófico, já que a nave não pode voar quando o rotor não
está girando! Para compensar, nesse ponto qualquer
helicóptero moderno aumentará automaticamente o acelerador
tanto quanto for necessário para manter os 400 RPM desejados
no rotor.

Para resumir, esta é a sequência para colocar um helicóptero


no ar no X-Plane:

1. Enquanto no solo, a alça coletiva fica plana no chão. Isso


significa que o passo do rotor é plano, com arrasto mínimo
e sustentação zero. No X-Plane, um coletivo plano

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 166/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

corresponde ao acelerador estar totalmente para frente ou


mais distante do usuário. O acelerador automático no
helicóptero está observando obsessivamente as RPM do
rotor, ajustando o acelerador conforme necessário para
manter exatamente 400 RPM no exemplo acima. No solo,
com o campo coletivo plano, há pouco arrasto nas pás,
então a potência necessária para manter essa velocidade é
muito baixa.

2. Quando você decide decolar, você o faz levantando o


coletivo - isto é, puxando-o do chão do helicóptero. No X-
Plane, isso é feito aliviando o acelerador em um joystick de
volta para você. Isso aumenta o passo da pá no rotor
principal e, portanto, aumenta sua sustentação, mas
também aumenta muito o arrasto no rotor. As RPM do
rotor começam a cair abaixo de 400 RPM, mas o acelerador
automático percebe isso e carrega em toda a potência do
motor necessária para manter o rotor em movimento a
exatamente 400 RPM.

3. Mais coletivo é puxado até que as lâminas criem


sustentação suficiente para elevar a embarcação do solo. O
acelerador automático continua adicionando potência para
manter o rotor girando a 400 RPM, não importa o quanto o
coletivo seja levantado ou abaixado.

Assim que a aeronave estiver no ar, a primeira queda do piloto


de helicóptero pela primeira vez está, sem dúvida, começando.
Essa inevitabilidade pode ser retardada por alguns instantes
usando os pedais anti-torque.

O rotor principal está colocando muito torque na nave, fazendo


com que ela gire na direção oposta (porque é claro que para
cada ação há uma reação igual e oposta - o rotor é torcido para
um lado, o helicóptero gira para o outro) . É aqui que entram
os pedais anti-torque. O torque rotacional no helicóptero é
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 167/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

contrabalançado com o impulso do rotor de cauda. Basta


pressionar o pedal do leme esquerdo ou direito (como os
pedais CH Products Pro ) para obter mais ou menos impulso do
rotor de cauda. Se os pedais do leme não estiverem
disponíveis, a torção em um joystick pode ser usada para
controle antitorque. Se o joystick usado não girar para o
controle de guinada, o X-Plane fará o possível para ajustar a
elevação do rotor de cauda para contrariar o torque do rotor
principal em vôo.

A propósito, o rotor de cauda é engrenado para o rotor


principal de forma que eles sempre girem em uníssono. Se o
rotor principal perder 10% RPM, o rotor de cauda perde 10%
RPM. O rotor de cauda, como o rotor principal, não pode alterar
sua velocidade para ajustar seu impulso. Como o rotor
principal, ele deve ajustar seu passo, e é o passo do rotor de
cauda que está sendo controlado com pedais de leme ou um
joystick de torção.

Quando a nave estiver no ar e o passo coletivo do rotor


principal estiver sendo ajustado (no X-Plane, usando o
acelerador do joystick), tente segurar a nave a 3 metros no ar
e ajustar o passo do rotor de cauda com o anti pedais de
torque (ou seja, pedais de leme ou uma alavanca de torção)
para manter o nariz apontado diretamente para a pista. A
partir daqui, o joystick deve ser movido para a esquerda,
direita, frente e para trás para orientar o helicóptero.

Veja como isso funciona: Se o manche for movido para a


direita , a pá do rotor aumentará seu passo quando estiver na
frente da nave e diminuirá seu passo quando estiver atráso
ofício. Em outras palavras, a pá do rotor mudará sua inclinação
em um ciclo completo toda vez que ela contornar o helicóptero
uma vez. Isso significa que ele muda sua inclinação de um
extremo para o outro 400 vezes por minuto (7 vezes por

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 168/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

segundo) se o rotor estiver girando a 400 RPM.


Impressionante, especialmente considerando que a nave
consegue se manter junta nessas condições! Agora, embora
pareça que o nome certo para isso seja “destruidor de
helicópteros”, o fato de que mover o manche envia o passo da
pá em um ciclo a cada rotação das pás do rotor significa que
chamamos o manche de controle de stick cíclico . Portanto,
temos os controles coletivo, cíclico e antitorque.

Vamos falar mais sobre o cíclico. Quando o manche é movido


para a direita, o rotor aumenta o passo quando ele está na
parte de seu percurso que está na frente do helicóptero. Isso
aumentará a elevação na frente do disco do rotor, fazendo com
que ele se incline para a direita, uma vez que as forças
giroscópicas são aplicadas 90 ° ao longo da direção de rotação
do giroscópio. Agora que o rotor está inclinado para a direita, é
claro que arrastará a nave para a direita enquanto estiver
produzindo sustentação.

O fascinante é que o rotor de muitos helicópteros oscila


totalmente; ele tem uma conexão completamente “frouxa e
flexível” com a nave. Ele não pode conduzir nenhum torque
(esquerda, direita, proa e ré) ao corpo do helicóptero. A
manobra só é alcançada com a inclinação do rotor para a
esquerda, para a direita, para a frente e para trás, arrastando
o topo da embarcação por baixo dele nessa direção. O corpo do
helicóptero é arrastado para baixo do rotor como gado por um
anel de nariz, seguindo cegamente para onde quer que o rotor
conduza.

Depois de dominar o pairar no lugar, empurre o nariz para


baixo para inclinar o rotor para frente. A sustentação do rotor
atuando acima do centro de gravidade da aeronave abaixará o
nariz do helicóptero, e o componente de avanço da sustentação
do rotor arrastará a aeronave para frente enquanto ela voa.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 169/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Voando em situações especiais


Para visualizar todas as possibilidades de inícios especiais no X-
Plane, vá para Flight Configuration e clique no botão
Customize na caixa Location. Na janela seguinte, clique no
botão Special Starts na parte inferior esquerda da tela. Nesta
lista, você encontrará várias maneiras especiais de decolar e
voar. Selecionar as linhas Grass Strip , Dirt Strip , Gravel
Strip ou Seaplane Start levará você, em sua aeronave atual,
à pista de pouso mais próxima desse tipo.

Figura 8.1 : Início especial na tela Personalizar localização

Selecionar as linhas de abordagem da fragata , pequena


plataforma de petróleo ou grande plataforma de petróleo
fornecerá alvos excelentes para um pouso de helicóptero. Tipos
adicionais de arranques especiais são discutidos em mais
detalhes nas seções a seguir.

Planadores voadores

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 170/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Comece a voar para planadores indo para a janela Flight


Configuration e escolhendo um planador, como o padrão ASK
21. Agora você tem que entrar no ar, seja sendo rebocado por
outra aeronave ou por um guincho. Clique no botão
Personalizar e escolha o início que você deseja a partir das
duas opções na parte inferior da janela.

O botão Glider Tow carregará outra aeronave (Stinson L – 5)


à qual seu planador será acoplado. Esta aeronave puxará o seu
atrás dele e você será capaz de liberar a linha que o conecta ao
avião de reboque na altitude desejada. Por outro lado, o botão
do guincho planador instala um guincho estacionário no solo
que puxa rapidamente um fio preso ao planador, que você
solta quando estiver a 1500 pés ou mais acima do solo. Em
qualquer caso, você pode liberar a linha de reboque
pressionando a barra de espaço.

Ao usar o reboque, você começará atrás do avião com o motor


funcionando e pronto para partir. Liberar os freios do planador
(usando a btecla por padrão) comanda o reboque para decolar,
arrastando seu planador com ele.

O reboque, uma vez em vôo, levará o planador tão alto quanto


você quiser. Pressionar a barra de espaço irá liberar a linha
entre a aeronave, permitindo que você voe livremente.
Enquanto estiver sendo carregado até a altitude, no entanto,
você deve manter seu planador em formação atrás do avião de
reboque.

Observe que, até que você se solte, a corda de reboque que


conecta seu planador ao avião de reboque está presa ao seu
nariz e à cauda do avião. O X ‑ Plane modela a física real desta
situação, portanto, se o seu planador puxar para a esquerda,
direita, para cima ou para baixo, ele arrastará a cauda do avião
de reboque nessa direção. Isso pode resultar em simplesmente
tirar o avião do curso ou, por fim, arrastá-lo para um estol ou
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 171/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

giro. Se isso acontecer, as coisas ficarão muito complicadas


muito rapidamente - o avião de reboque (que provavelmente
irá bater) arrastará o planador com ele! A dinâmica da queda
resultante é interessante, senão outra coisa.

De acordo com o FAA Glider Handbook , um piloto de planador


deve manter o planador em uma das duas posições ao ser
rebocado para a altitude. Ele deve estar em uma posição de
“reboque baixo”, em que o planador está logo abaixo da esteira
do avião de reboque, ou deve estar em uma posição de
“reboque alto”, logo acima da esteira do avião de reboque.
Segure esta posição com cuidado para não arrastar o avião de
reboque!

Um piloto de planador deve observar o vento e a inclinação do


terreno com cuidado para se manter dentro das correntes de ar
que se movem para cima, usando a sustentação do ar que flui
colina acima para manter a embarcação no alto. Com um bom
vento de 25 nós definido no simulador, você pode conseguir
uma boa viagem de elevador gratuita até 10.000 pés ao voar
ao longo do lado de barlavento de uma bela montanha
íngreme. Isso é chamado de elevação do cume.

O X-Plane também modelará as colunas de ar quente


ascendente, chamadas térmicas, que são úteis para prolongar
o vôo de um planador. Para ligar as térmicas, abra a tela
Personalizar clima em Configuração de voo. Expanda a seção
Térmicas na lista do lado direito e arraste o controle deslizante
Cobertura para cima - 15% de cobertura ou mais para um
bom vôo. Uma taxa de subida de 500 pés / min é adequada,
mas você pode aumentar esse valor também, se desejar. Além
disso, como você está começando em planadores, você pode
querer manter as configurações de velocidade , turbulência ,
aumento da velocidade da rajada e quantidade de
cisalhamento de suas camadas de vento no mínimo.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 172/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Agora, para tirar o máximo proveito da elevação do cume e das


térmicas, os planadores têm um instrumento exclusivo
conhecido como variômetro de energia total. Isso indica a
razão de subida ou descida do seu planador. Você pode ver a
representação visual deste instrumento no painel (é rotulado
como “Energia Total” e se encontra na parte inferior do painel
no ASK 21); se a agulha estiver acima do centro do mostrador,
você está subindo (talvez devido à elevação da crista ou uma
térmica), e se estiver abaixo do centro, você está caindo.
Melhor ainda, você pode ligar o botão próximo a ele com a
etiqueta “Áudio” no painel de instrumentos para obter feedback
auditivo do variômetro. Se estiver apitando, então a aeronave
está em uma boa corrente de ar ascendente seguindo o
terreno. Circular nessa área permitirá que o planador navegue
no ar subindo até a altitude. Quando o variômetro está
emitindo um tom constante,

Para pousar o planador, simplesmente circule até o nível da


pista. O truque é se aproximar da pista com velocidade
suficiente para pousar a nave com segurança. Lembre-se de
que puxar os freios de velocidade pode ajudar a desacelerar a
nave, mas se ela não tiver velocidade suficiente para alcançar a
pista de pouso, o planador não terá como gerar impulso.
Idealmente, você chegará à pista logo acima da velocidade de
estol, mas é sempre melhor ter muita velocidade (que você
pode queimar usando os freios rápidos) do que muito pouca.

Pilotar o ônibus espacial

Leia este capítulo antes de tentar pousos do ônibus espacial no


X-Plane se você quiser que seu piloto virtual viva!

A primeira regra para pilotar um planador - bem diferente de


pilotar um avião motorizado - é esta: nunca falhe . Ao trazer
um avião motorizado para pousar, se o piloto acha que a
aeronave não vai chegar à pista, não é grande coisa. Ela ou ele
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 173/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

apenas adiciona um pouco mais de força para cobrir a distância


extra. Se um pouco mais de velocidade for necessário,
novamente não há problema - basta adicionar potência.

Os planadores seguem regras diferentes. Não há motor para


fornecer potência, portanto, ao definir um pouso, o piloto deve
ter certeza de ter altitude e velocidade suficientes para ser
capaz de descer até o aeroporto, porque se ele / ela adivinhar
menos que um pé, a embarcação atingiu o solo próximo à
pista, caindo. Os planadores nunca devem estar com baixa
velocidade ou altitude, porque, se ocorrerem, não há como
recuperá-los - um acidente é garantido. (As térmicas, ou
correntes ascendentes de ar, constituem a exceção a esta
regra. Elas podem dar aos planadores eficientes impulso
suficiente para fazer o trabalho, mas as térmicas normalmente
fornecem menos de 150 metros por minuto de velocidade
vertical - não o suficiente para manter nem mesmo um Cessna
leve no ar!)

Agora, com o ônibus espacial, certamente é verdade que a


aeronave tem motores - três foguetes de combustível líquido
com 375.000 libras de empuxo cada, para ser exato. (Para
colocar isso em perspectiva, um Boeing 737 totalmente
carregado balança cerca de 130.000 libras, então cada motor
do orbitador poderia impulsionar o Boeing diretamente a 3 Gs
indefinidamente. Isso sem considerar os foguetes propulsores
sólidos acoplados ao ônibus espacial tanque de combustível
que fornece milhões de libras de empuxo!)

Portanto, o Ônibus Espacial tem motores; o problema é o


combustível. O orbitador esgota tudo o que está carregando ao
entrar em órbita, então não há mais nada para a viagem para
baixo. Assim, a nave é um planador desde a órbita até o seu
toque na Terra. Com a última porção de combustível que resta
após a missão, o orbitador dispara seus motores menores de

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 174/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

órbita para desacelerá-lo para um pouco mais de 15.000


milhas por hora e começa sua descida na atmosfera.

Então, se você deseja pilotar o Ônibus Espacial, e o Ônibus


Espacial é um planador desde o momento em que sai da órbita
até o momento em que pousa na Terra, você deve ter em
mente a regra fundamental do planador: Sempre mire por
muito tempo (além do ponto de pouso), não curto, porque se
você mirar curto, você está morto, porque você não pode
recuperar a velocidade ou altitude perdidas sem motores. Mire
por muito tempo, pois a velocidade e a altitude extras sempre
podem ser dissipadas com curvas ou freios de velocidade se a
aeronave acabar ficando muito alta, mas nada pode ser feito se
ela ficar curta.

Em observância a esta regra, o Orbiter voa intencionalmente


seu planeio da órbita extra alto para estar no lado seguro. Mas
há um problema. Parece que se o Orbiter voar toda a sua
abordagem muito alto, ele planará passando por Edwards. Na
realidade, isso não acontece por um motivo. Para a maior parte
da reentrada, o Shuttle voa com o nariz para cima para arrasto
extra e faz curvas acentuadas para dissipar intencionalmente a
energia extra. A atitude do nariz para cima e curvas
acentuadas são muito ineficientes, fazendo com que a nave
diminua a velocidade e desça para a Terra em um ângulo de
planagem mais acentuado. Se alguma vez parecer que o
Orbiter pode não ser capaz de chegar à zona de pouso, a
tripulação simplesmente abaixa o nariz para ser mais eficiente
e nivela-o para parar de voar nas curvas acentuadas. Isso faz
com que o Orbiter deslize com mais eficiência, para que a
tripulação possa esticar o planeio para Edwards com certeza. A
velocidade e altitude extras são o trunfo na manga, mas a
desvantagem é que eles precisam constantemente drenar a
energia por meio de curvas acentuadas (com ângulo de

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 175/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

inclinação de até 70 °!) E arrastar o nariz para cima (até 40 °!)


para evitar ultrapassar o campo.

Vamos agora percorrer o processo de reentrada desde o início,


pois é feito tanto no ônibus real quanto no X-Plane.

Após a queima de órbita, o ônibus espacial se dirige para a


atmosfera a 400.000 pés de altura com uma velocidade de
17.000 milhas por hora e uma distância de 5.300 milhas de
Edwards (equivalente a pousar no deserto de Mojave após
iniciar uma abordagem de pouso a oeste do Havaí - não uma
entrada de padrão ruim!). Na realidade, o piloto automático
voa todos os 30 minutos de reentrada, e os astronautas não
assumem os controles do ônibus espacial até os 2 minutos
finais do planeio. Os astronautas poderiam voar toda a
reentrada manualmente, mas isso é oficialmente
desencorajado pela NASA, por razões óbvias. Essas velocidades
e altitudes estão muito fora da concepção humana normal,
então nossa capacidade de “voar manualmente” essas
abordagens é quase nula.

Durante as primeiras cem missões da NASA Shuttle, a nave foi


pilotada manualmente para a reentrada inteira apenas uma
vez, por um ex-piloto da Marinha que estava pronto para o
risco e o desafio final. Em contraste, os usuários voando no
ônibus espacial no X-Plane terão que completar a missão
inteira voando com as mãos.

Passo a passo

Para abrir o ônibus espacial para um vôo de reentrada na


atmosfera, vá para a seção Aeronave em Configuração de vôo.
Certifique-se de que Mostrar aeronaves extras de versões
antigas esteja marcado e selecione o Ônibus Espacial. Clique
em Personalizar na caixa de localização. Clique em Special
Starts para encontrar quatro opções para voar no ônibus

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 176/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

espacial: Full Reentrada, Final Reentrada, Full Approach e Final


Approach.

O Space Shuttle: Final Approach é o mais curto e fácil, bem


como o mais realista, uma vez que esta é a única parte de todo
o procedimento que os pilotos realmente voam à mão! Clique
neste botão para voar as últimas 13 km antes de pousar na
pista da Base Aérea Edwards. Clique em Space Shuttle: Full
Approach para começar a 40 milhas de Edwards. Você
sobrevoará e passará pela base, então fará uma curva à
esquerda para o marcador de proa 230 para se alinhar com a
pista para touchdown. O Sapce Shuttle: Final Re-Entry
botão irá iniciar você a quase 600 pés downrange para os 12
minutos finais de descida para Edwards.

Para voar todo o procedimento de reentrada de 30 minutos,


clique no Ônibus espacial: botão Reentrada completa
(escolha uma das outras opções para um vôo muito mais
curto). O X-Plane carregará a nave a cerca de 450.000 pés, no
espaço, descendo a uma velocidade de Mach 20. O controle
será limitado no espaço (a nave está operando a partir de
pequenos jatos de reação no Orbiter, configurados como
"sopradores" no Plane-Maker), mas assim que a nave atingir a
atmosfera, haverá um pouco de ar para os controles de vôo
obterem controle e a nave será realmente capaz de ser
controlada. O navio atingirá o ar primeiro a cerca de 400.000
pés, mas será tão fino que quase não terá efeito.

O indicador de velocidade no ar neste ponto será em torno de


zero - interessante, já que a nave está se movendo a mais de
17.000 mph. A razão para isso é que o indicador de velocidade
no ar funciona com base na quantidade de ar que o atinge,
assim como as asas do Orbiter. No espaço, é claro, isso é
muito pouco. A velocidade indicada aumentará gradualmente
conforme a nave desce. Nessas condições, embora o ônibus

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 177/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

espacial esteja realmente diminuindo a velocidade, o indicador


de velocidade no ar aumentará conforme desce no ar mais
denso, o que coloca mais pressão no indicador de velocidade
no ar. Essa estranheza do indicador de velocidade no ar,
porém, é útil, uma vez que o ar também está colocando mais
pressão nas asas. Isso significa que você deve obter alguma
ajuda com seu trabalho de pesquisa e o indicador de velocidade
no ar está realmente medindo quanta força as asas podem
exercer, que é realmente o que interessa a um piloto aqui.

Reformulado, o indicador de velocidade do ar indica a


velocidade real da nave vezes a raiz quadrada da densidade do
ar. Ele indica velocidades mais baixas no ar, mas as asas
emitem menos sustentação no ar também, então o indicador
de velocidade no ar funciona muito bem para dizer ao piloto
quanta sustentação pode ser gerada pelas asas.

Se o indicador de velocidade no ar mostrar mais do que cerca


de 250 nós, as asas têm ar suficiente para gerar a sustentação
para transportar a aeronave. Se o indicador de velocidade no
ar estiver mostrando menos de cerca de 250 nós, então as
asas não têm ar suficiente para atingi-las para levantar o
ônibus espacial, então ainda está mais ou menos deslizando na
fina atmosfera superior, onde o ar é muito rarefeito para fazer
muito para controlar o vôo.

Conforme o indicador de velocidade no HUD gradualmente


começa a indicar um valor (conforme a aeronave desce no ar
mais denso), isso significa que a nave está começando a descer
na atmosfera a 15.000 mph como um bebê queimado de sol
tentando entrar em um estado de ebulição Jacuzzi - com muito
cuidado e muitolentamente. Lembre-se, se a nave estivesse
indo a 15.000 mph no ar espesso do nível do mar, ela se
quebraria em um milhão de pedaços em um microssegundo. A
única razão pela qual sobrevive a 15.000 mph aqui em cima é

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 178/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

que o ar é tão rarefeito que quase não causa impacto na nave.


Mais uma vez, o indicador de velocidade no ar diz quanto o ar
está realmente impactando a nave; 250 nós é uma quantidade
“confortável”. O truque é fazer com que a nave se mova muito
mais devagar do que 15.000 mph no momento em que desce
ao ar espesso do nível do mar - e fazer isso na Base Aérea de
Edwards. É para isso que serve a reentrada, para dissipar a
velocidade enquanto desce, de modo que o Orbiter nunca vá
muito rápido para a espessura do ar em que está. Ele só deve
descer no ar mais denso depois de perder alguma velocidade
em o ar mais rarefeito está mais alto.

Agora, à medida que o Orbiter começa a tocar as moléculas


externas da atmosfera da Terra, você notará uma leve
habilidade de voar a nave conforme um pouco de ar começa a
passar sobre as asas. Ao mesmo tempo, o HUD deve começar
a mostrar velocidade. Observe a imagem do Orbiter no display
EFIS à direita na Figura 8.2 abaixo. (A melhor maneira de ver
todo o painel é na visualização 3D do cockpit, selecionada no
menu Visualizar na parte superior da tela, ou pressionando
“Shift + 9” e, em seguida, use as teclas de seta para posicionar
a visualização conforme desejado.) Ambos o Orbiter e o
caminho até Edwards devem ser visíveis. O objetivo é
permanecer centrado no caminho. Se a nave ficar acima dele, é
muito rápido ou muito alto e pode ultrapassar o pouso. Se ficar
abaixo dele, é muito lento ou muito baixo e pode não chegar.

Lembre-se de que a linha é traçada com uma grande margem


de erro, portanto, se um piloto permanecer na linha, ele terá
bastante energia extra. Ficar um pouco abaixo da linha só
afetará a reserva de velocidade / altitude. Ficando abaixo da
linha um monte vai manter o ofício de alcançar Edwards.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 179/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Figura 8.2 : A cabine do Orbiter 3D

O Orbiter deve ficar perto da linha verde central. Esta linha


verde representa a velocidade desejada para a parte inicial da
reentrada, a energia total desejada para a parte intermediária
da reentrada e a altitude desejada para a fase final da
reentrada. Se a nave for muito rápida ou muito alta (o que
significa que está acima da linha central), é hora de dissipar
um pouco de energia. Coloque o ônibus espacial em uma
encosta íngreme, puxe o nariz para cima e espere!

O Orbiter real terá o nariz para cima cerca de 40 ° e uma


inclinação de 70 ° para tentar perder energia enquanto se
move a 14.000 mph, brilhando em brasa, voando pela
atmosfera superior no piloto automático e deixando um rastro
de 16 quilômetros de gás ionizado atrás dele enquanto os
astronautas apenas assistem.

Faça algumas curvas acentuadas para dissipar a energia


necessária para evitar que o navio ultrapasse a linha verde
central. Os pilotos devem seguir a recomendação do
computador ou sua própria intuição de quanto banco voar, mas
eles certamente devem manter o nariz erguido (para
permanecer na atmosfera superior) e voar em margens
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 180/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

íngremes para dissipar a velocidade e altitude extras. Pode ser


tentador apenas empurrar o nariz para baixo se a embarcação
for alta, mas não o faça. A aeronave iria cair no ar denso e
parar abruptamente devido ao tremendo arrasto, impedindo-a
de chegar até Edwards. Acabaria nadando no Pacífico em
algum lugar ao redor do Havaí.

Agora, à medida que o piloto faz essas curvas acentuadas, a


aeronave será gradualmente retirada do curso. Por esta razão,
a direção da curva deve ser alterada de vez em quando para
permanecer no curso. Vire à esquerda um pouco, depois à
direita, e de volta à esquerda novamente. Isso é o que o
Orbiter real faz - faz slalom-skis através da atmosfera superior
a Mach 20. Observe Edwards no visor EFIS de situação
horizontal central.

Conforme o navio se aproxima de Edwards (à direita na linha


verde da tela de Situação Vertical do lado direito), deve haver
alguns números em uma espécie de curva além de Edwards.
Este é o Cilindro de Alinhamento de Rumo, ou HAC. A aeronave
passará por Edwards a cerca de 80.000 pés, e então voará ao
redor do HAC como se estivesse conectando os pontos. Depois
de dar a volta, ele será apontado diretamente para Edwards.
Se a nave ainda estiver na linha verde, sua altitude também
será adequada para o pouso. No Shuttle real, normalmente é
onde o piloto desligará o piloto automático e fará o voo
manual.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 181/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Figura 8.3 : O curso horizontal e vertical do ônibus espacial


exibe

A nave agora deve estar fazendo cerca de 250 ou 300 nós,


descendo a cerca de 15.000 pés por minuto ou mais (cerca de
125 milhas por hora de taxa de descida). Desnecessário dizer
que os pilotos não querem atingir o solo com aquela taxa de
descida de 125 milhas por hora. Não aponte para a pista sem
esperar que se torne uma mancha nela. Em vez disso, aponte
para as luzes piscantes de glide slope a 2 milhas da pista que a
NASA cuidadosamente providenciou. Se estiverem todos
vermelhos, o barco está muito baixo. Se eles forem todos
brancos, é muito alto, então os freios de velocidade precisam
ser acionados. Se as luzes são metade vermelhas e metade
brancas, o Orbiter está bem em sua inclinação de planeio
(cerca de 20 °). Os aviões fazem sua aproximação a 125 nós
com um ângulo de descida de 3, enquanto o Ônibus Espacial
usa 250 nós e um ângulo de descida de 20 ° - o que não é
muito incomum considerando a entrada de padrões iniciada a
oeste do Havaí, na verdade.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 182/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Para recapitular: a embarcação deve estar a 250 nós, na linha


verde, alinhada com a pista. Ele deve estar voltado para luzes
meio vermelhas e meio brancas, com luzes estroboscópicas
piscando ao lado delas. Esta configuração de aproximação deve
ser mantida até que a nave esteja bem próxima ao solo
(inclinação de 3 ° até a pista), então a descida deve ser
nivelada e o equipamento abaixado (usando a tecla 'g' ou o
mouse). Puxe o nariz para cima para um flare conforme a pista
se aproxima, fazendo com que o Orbiter toque o solo
suavemente. Abaixe o nariz e acerte o pára-quedas e até os
freios, se a nave puder rolar.

Agora, se você puder repetir esse processo mais cem vezes


consecutivas sem um único obstáculo, você será tão bom
quanto a NASA.

Agradecimentos especiais a Sandy Padilla pela maioria das


informações de reentrada do Shuttle!

Voando no X-15

O North American X – 15 é um demônio da velocidade movido


a foguete. Com uma velocidade máxima de Mach 6,72 (4520
milhas por hora), é a aeronave tripulada mais rápida do
mundo. Para começar o vôo, esta nave é retirada,
exclusivamente, da "nave-mãe" B-52. Sua velocidade máxima
é mais do dobro da do SR – 71 (o avião a jato mais rápido do
mundo) e sua altitude máxima de mais de 50 milhas qualifica
seus pilotos para o status de astronauta.

A velocidade máxima absurdamente alta da aeronave exige


que um escudo contra explosão seja instalado em um lado do
pára-brisa - sem ele, as janelas queimariam. Os pilotos do X-
15 voariam a parte de alta velocidade da missão com o escudo
no lado direito, olhando apenas para o lado esquerdo. Depois
que a nave desacelerou (e a janela esquerda estava

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 183/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

suficientemente carbonizada), o piloto lançaria o escudo de


proteção e se moveria para a janela direita para pousar.

Para pilotar o X – 15, vá para a seção Aeronave em


Configuração de voo. Certifique-se de que Mostrar aeronaves
extras de versões antigas esteja marcado e selecione X –
15. Para descer do B – 52, clique em Personalizar no X – 15
e, no menu suspenso, selecione “Ser carregado por outra
aeronave”. Se necessário, mude para B – 52 usando o botão
Editar que agora está disponível.

O X-Plane carregará o navio X – 15 e o B – 52. Quando estiver


pronto, pressione a barra de espaço para liberar o foguete da
nave. Dê a ele aceleração total, sem flaps, e observe seu
"foguete" de velocidade no ar - isto é, até que ele ganhe
altitude suficiente, ponto em que sua velocidade no ar indicada
cairá para talvez 15 nós, enquanto na verdade está se
movendo a Mach 6.

Execução de operações da operadora

Para iniciar as operações de porta-aviões, selecione a aeronave


que você usará (aeronaves militares, como o F – 4 Phantom
padrão, são boas escolhas). Abra a tela de configuração de voo
e clique no botão Personalizar na caixa Localização. Escolha a
linha Carrier Catshot , Frigate Approach ou Carrier
Approach para configurar um lançamento de catapulta de um
porta-aviões ou uma abordagem final para um,
respectivamente.

Para decolar de um porta-aviões, algumas coisas devem ser


feitas em rápida sucessão. Primeiro, dê o acelerador total à
aeronave e puxe cerca de metade dos flaps. Solte os freios
(usando a tecla 'b' por padrão) para ativar a catapulta que
impulsiona sua aeronave para fora do convés. De lá,
simplesmente guie a embarcação pela cabine de comando e,

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 184/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

uma vez liberada, puxe o nariz para cima. Quando estiver em


segurança no ar, coloque o equipamento para cima (usando a
tecla 'g' por padrão) e você estará pronto.

O pouso no porta-aviões é um pouco mais difícil. Primeiro,


certifique-se de ter uma aeronave com um gancho de
apreensão.

Para configurar uma abordagem para um porta-aviões


moderno, como o USS Nimitz incluído com o X-Plane, tenha em
mente que a pista de pouso tem um ângulo de 30 para o lado
de bombordo (esquerdo) - não é direto para baixo da cabine de
comando como nos antigos operadoras. Esta alteração foi feita
para evitar os excessos comuns que ocorreram na Segunda
Guerra Mundial, quando um avião de pouso colidiu com a linha
empilhada de aviões na extremidade do porta-aviões. Um
piloto pousando em tal porta-aviões deve corrigir esta
inclinação. Com o ADF sintonizado no transportador, você deve
esperar até que o ADF esteja apontando 15 ° ou 60 ° para a
direita antes de virar para o pouso.

Ao se aproximar da cabine de comando para pousar, uma


planagem de cerca de 3,5 ° é o padrão. Neste momento, o
gancho traseiro deve ser abaixado (opção + 'Q' por padrão).
Isso permitirá que a cauda da aeronave pegue os fios de
travamento no convés. Esses fios irão desacelerar a nave de
bem mais de 100 nós até zero em pouco mais de um segundo.

Ao contrário de um pouso convencional, não deve haver “flare”


antes de tocar o porta-aviões. Enquanto, digamos, um avião de
passageiros levantaria o nariz pouco antes de tocar a pista
(garantindo assim um pouso suave), uma abordagem de porta-
aviões deve manter uma inclinação constante até que a
aeronave atinja o convés.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 185/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Além disso, um tanto contra-intuitivamente, um piloto de caça


real deve bater o acelerador até o máximo no instante em que
a aeronave toca o convés. Isso ocorre porque, mesmo quando
o piloto fez tudo certo, o gancho da cauda da aeronave pode
saltar sobre os fios de travamento no que é chamado de
"peneira". Quando isso acontece, o piloto deve estar pronto
para sair do convés com segurança e dar uma volta para outra
tentativa. Não se preocupe - mesmo quando o acelerador
aumentar assim, os cabos de travamento ainda puxarão a nave
para a velocidade zero.

Pilotar um Boeing 747 com o vaivém espacial Piggybacking

A situação do vaivém espacial pegando carona no X ‑ Plane foi


inspirada no seguinte e-mail, que foi distribuído pela empresa
United Technologies. É um “relatório de viagem” do piloto do
747 que voou com o ônibus espacial de volta à Flórida após o
vôo de reparo do Hubble.

Bem, já se passaram 48 horas desde


que pousei o 747 com o ônibus espacial
Atlantis no topo e ainda estou zunindo
com a experiência. Devo dizer que toda
a minha mente, corpo e alma entraram
no modo profissional pouco antes da
partida do motor no Mississippi, e lá
fiquei, onde tudo precisava estar, até
bem depois do vôo ... na verdade, não
tenho certeza se está tudo de volta ao
normal enquanto digito este e-mail. A
experiência foi surreal. Ver aquela
“coisa” no topo de uma aeronave já
excessivamente grande confunde minha
mente. Toda a missão, desde a
decolagem até o desligamento do
motor, foi diferente de tudo que eu já
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 186/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

fiz. Foi como um sonho ... o sonho de


outra pessoa.

Decolamos de Columbus AFB em sua


pista de 12.000 pés, da qual usei
11.999 pés e meio para tirar as rodas
do chão. Estávamos a 3.500 pés
restantes para sair da pista,
aceleradores com potência total, rodas
do nariz ainda agarradas ao solo,
copiloto anunciando velocidades de
decisão, o peso do Atlantis agora
gritando por entre meus dedos
firmemente preso aos controles, pneus
esquentando quase temperatura
máxima da velocidade e do peso, e
ainda não na velocidade de rotação, a
velocidade na qual eu puxaria os
controles para fazer o nariz subir. Eu
simplesmente não podia esperar, e
quero dizer, eu não podia esperar, e
começou a puxar cedo. Se eu tivesse
esperado até a velocidade de rotação,
não teríamos girado o suficiente para
decolar até o final da pista. Então, eu
puxei os controles cedo e comecei nossa
rotação para a atitude de decolagem. As
rodas finalmente decolaram quando
passamos sobre a faixa que marcava o
final da pista e meu próximo obstáculo
(fisicamente) foi uma linha de árvores a
1.000 pés do final da pista 16. Tudo que
eu sabia era que estávamos voando e
então me dirigi a engrenagem a ser
retraída e os flaps a serem movidos dos
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 187/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Flaps 20 para os Flaps 10 conforme eu


puxava com ainda mais força os
controles. Devo dizer que aquelas
árvores estavam começando a se
parecer muito com as escovas dos lava-
rápidos, então puxei com ainda mais
força! Acho que vi um pássaro
simplesmente dobrar as asas e cair de
uma árvore como se dissesse "Oh,
apenas me leve." Ok, limpamos as
árvores, duh, mas estava perto demais
para minha roupa. Quando começamos
a escalar, a apenas 30 metros por
minuto, senti o cheiro de algo que me
lembrou de visitar a Cervejaria
Heineken na Europa ... Eu disse: "O
cheiro é de gambá?" e os veteranos do
transporte público olharam para mim e
sorriram e disseram "Pneus!" Eu disse
"Pneus ?! Nosso?! Eles sorriram e
balançaram a cabeça como se para
chamar seu capitão de amador ... Ok,
naquele ponto eu era. Os pneus
estavam tão quentes que você podia
sentir o cheiro deles na cabine. Minha
mente não conseguia entender, daquele
ponto em diante, que isso era algo que
eu nunca tinha experimentado. Onde
está sua mãe quando você realmente
precisa dela?

O vôo para a Flórida foi uma eternidade.


Cruzamos a 250 nós indicados, o que
nos deu cerca de 315 nós de velocidade
de solo a 15.000 pés. As milhas não
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 188/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

clicaram como estou acostumado com


elas em um jato de caça a Mach 0,94.
Estávamos queimando combustível a
uma taxa de 40.000 libras por hora ou
130 libras por milha, ou um galão para
cada comprimento da fuselagem. A
vibração na cabine era leve, comparada
com a parte de baixo e a parte traseira
da fuselagem, onde me lembrou
daquele jogo de futebol que eu tinha
quando criança em que você ligava e os
jogadores vibravam ao redor do
tabuleiro. Eu senti como se eu tivesse
clipes de plástico em minhas botas eu
poderia ter vibrado em qualquer ponto
da fuselagem que eu quisesse sem
mover minhas pernas ... e o barulho era
ensurdecedor. O 747 voa com o nariz 5
° para cima para ficar nivelado, e
quando você inclina, parece que o
ônibus está tentando dizer "Ei, vamos
rolar completamente de costas". Não é
uma coisa boa, continuei dizendo a mim
mesma. Portanto, limitei meu ângulo de
inclinação a 15 ° e, embora uma
mudança de curso de 180 ° exigisse um
código postal completo para ser
concluída, era a maneira segura de virar
esse monstro.

Aviões comerciais e até mesmo um vôo


de dois F-16 desviaram de seus planos
de vôo para nos ver ao longo do
caminho. Evitamos o que na verdade
eram poucas nuvens e tempestades,
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 189/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

apesar do que todos pensavam, e


chegamos à Flórida com 51.000 libras
de combustível a mais para pousar. Não
podemos pousar com mais de 600.000
libras de peso total e então tivemos que
fazer algo com esse combustível. Tive
uma ideia ... Vamos voar baixo e
devagar e mostrar essa besta a todos os
contribuintes da Flórida que têm a sorte
de estar lá fora naquela tarde de terça-
feira. Então, em Ormond Beach,
descemos a 1.000 pés acima do solo /
água e voamos a leste da praia sobre a
água. Então, assim que alcançamos o
espaço aéreo da NASA do Centro
Espacial Kennedy, cortamos para os rios
Banana / Indian e voamos pelo meio
deles para mostrar ao povo de Titusville,
Port St. Johns e Melbourne exatamente
como era um 747 com um ônibus
espacial. Ficamos a 1.000 pés e, como
arrastávamos nossos flaps nos Flaps 5,
nossa velocidade caiu para cerca de 190
a 210 nós. Pudemos ver o tráfego
parando no meio das estradas para dar
uma olhada. Mais tarde, soubemos que
um jogo de beisebol da Little League
parou de aparecer e todos aplaudiram
quando chegamos à sétima trecho de
entrada. Oh diga, você pode ver…

Depois de chegar a Vero Beach, viramos


para o norte para seguir a linha da costa
de volta ao Shuttle Landing Facility
(SLF). Não havia uma pessoa deitada na
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 190/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

praia ... Todos estavam de pé e


acenando! “Que visão”, pensei, e
percebi que eles estavam pensando a
mesma coisa. Todo esse tempo eu
estava incomodando os engenheiros, os
três, para recalcular nosso combustível
e me dizer quando era a hora de
pousar. Eles ficavam dizendo “Ainda não
triplo, continue exibindo essa coisa”, o
que não era uma coisa ruim de se fazer.
Porém, todo esse tempo, o pensamento
de que a aterrissagem, a musculatura
desta besta de 600.000 libras, estava
ficando cada vez mais perto da minha
realidade. Eu estava animado! Voltamos
para o SLF e ainda estávamos com
10.000 libras muito pesados para
pousar, então eu disse que faria uma
abordagem baixa sobre o SLF indo na
direção oposta do tráfego de pouso
naquele dia. Então, a 300 pés, voamos
pela pista, balançando nossas asas
como uma baleia rolando de lado para
dizer olá para as pessoas que olham!
Uma saída do tráfego e de volta à pista
para pousar ... ainda 3.000 libras acima
do limite de peso bruto. Mas os
engenheiros concordaram que, se o
pouso fosse suave, não haveria
problema. “Oh, obrigado pessoal, um
pouco de pressão extra é exatamente o
que eu precisava!” Assim, pousamos em
603.000 libras, e muito bem, se é que
posso dizer isso. O pouso foi tão

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 191/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

totalmente controlado e em velocidade


que foi divertido. Eu lidei com algumas
surpresas, como o 747 cai como uma
rocha com o orbitador nele se você
puxar os aceleradores no ponto
"normal" em um pouso e, em segundo
lugar, se você pensasse que poderia
manter o nariz longe do aterrar após o
toque da rede elétrica, pense
novamente ... balançando nossas asas
como uma baleia rolando de lado para
dizer olá para as pessoas olhando! Uma
saída do tráfego e de volta à pista para
pousar ... ainda 3.000 libras acima do
limite de peso bruto. Mas os
engenheiros concordaram que, se o
pouso fosse suave, não haveria
problema. “Oh, obrigado pessoal, um
pouco de pressão extra é exatamente o
que eu precisava!” Assim, pousamos em
603.000 libras, e muito bem, se é que
posso dizer isso. O pouso foi tão
totalmente controlado e em velocidade
que foi divertido. Eu lidei com algumas
surpresas, como o 747 cai como uma
rocha com o orbitador nele se você
puxar os aceleradores no ponto
"normal" em um pouso e, em segundo
lugar, se você pensasse que poderia
manter o nariz longe do aterrar após o
toque da rede elétrica, pense
novamente ... balançando nossas asas
como uma baleia rolando de lado para
dizer olá para as pessoas olhando! Uma

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 192/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

saída do tráfego e de volta à pista para


pousar ... ainda 3.000 libras acima do
limite de peso bruto. Mas os
engenheiros concordaram que, se o
pouso fosse suave, não haveria
problema. “Oh, obrigado pessoal, um
pouco de pressão extra é exatamente o
que eu precisava!” Assim, pousamos em
603.000 libras, e muito bem, se é que
posso dizer isso. O pouso foi tão
totalmente controlado e em velocidade
que foi divertido. Eu lidei com algumas
surpresas, como o 747 cai como uma
rocha com o orbitador nele se você
puxar os aceleradores no ponto
"normal" em um pouso e, em segundo
lugar, se você pensasse que poderia
manter o nariz longe do aterrar após o
toque da rede elétrica, pense
novamente ... Uma saída do tráfego e
de volta à pista para pousar ... ainda
3.000 libras acima do limite de peso
bruto. Mas os engenheiros concordaram
que, se o pouso fosse suave, não
haveria problema. “Oh, obrigado
pessoal, um pouco de pressão extra é
exatamente o que eu precisava!” Assim,
pousamos em 603.000 libras, e muito
bem, se é que posso dizer isso. O pouso
foi tão totalmente controlado e em
velocidade que foi divertido. Eu lidei
com algumas surpresas, como o 747 cai
como uma rocha com o orbitador nele
se você puxar os aceleradores no ponto

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 193/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

"normal" em um pouso e, em segundo


lugar, se você pensasse que poderia
manter o nariz longe do aterrar após o
toque da rede elétrica, pense
novamente ... Uma saída do tráfego e
de volta à pista para pousar ... ainda
3.000 libras acima do limite de peso
bruto. Mas os engenheiros concordaram
que, se o pouso fosse suave, não
haveria problema. “Oh, obrigado
pessoal, um pouco de pressão extra é
exatamente o que eu precisava!” Assim,
pousamos em 603.000 libras, e muito
bem, se é que posso dizer isso. O pouso
foi tão totalmente controlado e em
velocidade que foi divertido. Eu lidei
com algumas surpresas, como o 747 cai
como uma rocha com o orbitador nele
se você puxar os aceleradores no ponto
"normal" em um pouso e, em segundo
lugar, se você pensasse que poderia
manter o nariz longe do aterrar após o
toque da rede elétrica, pense
novamente ... “Assim, caímos em
603.000 libras, e muito bem, se é que
posso dizer. O pouso foi tão totalmente
controlado e em velocidade que foi
divertido. Eu lidei com algumas
surpresas, como o 747 cai como uma
rocha com o orbitador nele se você
puxar os aceleradores no ponto
"normal" em um pouso e, em segundo
lugar, se você pensasse que poderia
manter o nariz longe do aterrar após o

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 194/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

toque da rede elétrica, pense


novamente ... “Assim, caímos em
603.000 libras, e muito bem, se é que
posso dizer. O pouso foi tão totalmente
controlado e em velocidade que foi
divertido. Eu lidei com algumas
surpresas, como o 747 cai como uma
rocha com o orbitador nele se você
puxar os aceleradores no ponto
"normal" em um pouso e, em segundo
lugar, se você pensasse que poderia
manter o nariz longe do aterrar após o
toque da rede elétrica, pense
novamente ...Está caindo !!! Então eu
“voei com ele” até o chão e salvei o que
vi nos vídeos de um tapa no nariz após
o pouso. O vídeo de Bob apóia isso!

Então eu liguei meu telefone depois de


uma parada total apenas para encontrar
50 bilhões de e-mails e mensagens de
telefone de todos vocês que eram tão
legais por estar nos assistindo e
torcendo por nós! Que mimo, não posso
agradecer a todos vocês. Para aqueles
que assistiram, você se perguntou por
que ficamos sentados lá por tanto
tempo. Bem, o ônibus espacial tinha
produtos químicos muito perigosos a
bordo e tivemos que ser “farejados”
para determinar se algum vazou ou
estava vazando. Eles verificaram a
existência de Monometilhidrazina (N H
2
para Charlie Hudson) e tetróxido de
4
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 195/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

nitrogênio (N O ). Mesmo que


2 4
estivéssemos “limpos”, demorou muito
para que eles nos rebocassem até a
área de mate. Desculpem por aqueles
que resistiram e até esperaram até
sairmos do jato.

Tenho certeza de que vou acordar no


meio da noite aqui em breve, gritando e
ficando de pé, todo molhado de suor
com a compreensão do que aconteceu.
Foi a emoção de uma vida. Mais uma
vez, quero agradecer a todos pelo
interesse e apoio. Foi bom trazer
Atlantis para casa inteiro depois de ela
ter trabalhado tanto para chegar ao
Telescópio Espacial Hubble e voltar.

—Triple Nickel, NASA Pilot

Para experimentar isso no X-Plane, vá para a tela de


configuração de voo e selecione o Boeing 747–100. Clique em
Personalizar e certifique-se de que Fly with piggybacking
Space Shuttle esteja marcado.

Voando em formações

Para tentar voar em formação com outra aeronave, clique no


botão Personalizar na caixa Localização da Configuração de
voo. Clique em Special Starts e selecione Formation Flying
na lista. O X-Plane carregará uma versão controlada por AI da
mesma aeronave que você está usando. Ambas as aeronaves
iniciarão a situação a cerca de 10.000 pés no ar, e de lá você
poderá seguir a outra aeronave enquanto ela manobra ao
redor.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 196/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Reabastecimento em pleno ar

Para experimentar o reabastecimento militar no ar, selecione


uma aeronave de caça e clique no botão Personalizar na caixa
Localização da Configuração de vôo. Clique em Começos
Especiais e escolha Reabastecimento - Boom e
Reabastecimento - Cestapara colocar sua aeronave no ar
atrás de um tanque que segue uma barreira ou cesta de
reabastecimento. Tente aproximar-se do petroleiro por um
pouco abaixo ou lateralmente para evitar o pior de sua
turbulência. De lá, você pode alinhar a porta de combustível
em sua aeronave com o sistema de reabastecimento e, em
seguida, manter a formação de “envelope de reabastecimento
em ar” para receber o combustível. Mover-se para fora deste
envelope pode levar a uma colisão no ar. Ao contrário do
mundo real, no X-Plane não há necessidade de estender ou
retrair a sonda de combustível da aeronave receptora, então
assim que terminar de reabastecer, simplesmente voe para
longe!

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 197/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Ensaios de especialistas:
liberando todo o potencial do
simulador
Ajustando o manuseio de aeronaves em X-
Plane
Se o X-Plane estiver configurado e voando, mas a aeronave
parecer muito sensível em inclinação, ou se puxar para um
lado, o manuseio do simulador pode precisar ser ajustado.
Também é vital verificar se o hardware em si não está com
defeito primeiro.

Certifique-se de que o joystick e / ou outros dispositivos de


controle estejam configurados e calibrados. Consulte a seção “
Configurando os controles de vôo ” do capítulo Configurando e
ajustando a instalação do seu X ‑ Plane para obter instruções
sobre como fazer isso.

Para ver facilmente se os controles estão calibrados


corretamente, primeiro precisamos exibir sua saída. Vá para a
tela Configurações e clique em Saída de dados. Encontre a
linha 8 identificada como joystick ail / elv / rud e marque a
primeira caixa para mostrar os valores na cabine. Ao fechar a
janela Configurações, você verá no canto superior esquerdo da
tela as entradas do aileron, elevador e leme dos controles de
vôo (como joystick, manche, lemes, etc.).

Com os controles configurados corretamente, as entradas do


aileron, elevador e joystick do leme devem ser lidas em torno
de 0,0 quando os controles de vôo estão centralizados. Quando
os controles são empurrados totalmente para a esquerda e

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 198/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

para a frente, eles devem apresentar uma leitura em torno de


-1,0. Quando os controles são puxados totalmente para trás e
para a direita, eles devem indicar cerca de 1,0. Se é isso que
você vê, então seus controles estão calibrados corretamente.
Do contrário, não é de se admirar que o avião não esteja
voando corretamente! Você precisa configurar os controles
conforme descrito na seção “ Configurando os controles de vôo
” do capítulo Configurando e ajustando a instalação do seu X ‑
Plane .

Se os controles estiverem realmente calibrados de acordo com


o teste acima, mas o avião ainda não estiver voando
corretamente, é hora de olhar o primeiro nível de ajuste de
resposta do controle. Vá para a tela Configurações e clique em
Joystick. Clique no botão Calibrar e siga as instruções para
concluir a calibração.

Depois de verificar se o hardware está calibrado e funcionando


corretamente, tente pilotar o avião novamente. Se ainda não
funcionar corretamente, continue lendo para ajustar o próximo
nível de resposta de controle.

Abra a janela Joystick novamente e clique no botão Control


Sensitivity . Observe os três controles deslizantes sob a
coluna Controle de resposta (um para cada um para pitch, roll
e yaw).

Se esses três controles deslizantes estiverem totalmente à


esquerda, a resposta do controle é linear; ou seja, uma
deflexão de 50% do stick no hardware proporcionará 50% de
deflexão de controle na aeronave. Da mesma forma, 100% de
deflexão do stick no hardware proporcionará 100% de deflexão
de controle na aeronave.

Se o problema que está ocorrendo é que o avião parece muito


responsivo no simulador, tente arrastar os controles
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 199/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

deslizantes totalmente para a direita. Isso dará uma resposta


não linear. Definido dessa forma, 0% de deflexão de hardware
ainda fornecerá 0% de deflexão de controle no simulador e
100% de deflexão de hardware ainda fornecerá 100% de
deflexão de controle. A diferença está entre - 50% de deflexão
do stick no hardware pode dar apenas 15% de deflexão de
controle no simulador. Em outras palavras, enquanto a taxa de
roll over hard-over no simulador permanecerá inalterada, não
importa como esses controles deslizantes sejam configurados,
o controle preciso será aumentado para deflexões parciais
menores, uma vez que os controles de vôo se moverão menos
para um pequeno a moderado a deflexão do stick no joystick
ou garfo de hardware. Isso fornecerá um controle de afinação
bom e preciso e um controle de rotação lento e detalhado.

Se, após alterar a resposta de controle, a aeronave ainda não


voar como deveria, o próximo nível de ajuste de controle é o
aumento da estabilidade. Se o avião ainda parecer torto ou
excessivamente sensível, volte para as configurações do
Joystick, abra a janela Control Sensitivity e tente arrastar os
três controles deslizantes na coluna da direita denominada
“Aumento de estabilidade” totalmente para a direita.

Isso fará com que o X-Plane neutralize automaticamente


qualquer entrada do stick em algum grau, resistindo a
deflexões rápidas ou grandes em inclinação, direção e rotação.
Basicamente, é como ter sempre um piloto automático ligado
que suaviza as coisas. Isso é obviamente muito falso, mas na
ausência de um sistema de controle de vôo perfeito, carga-G e
feedback da visão periférica, isso pode ajudar a suavizar as
características de vôo do avião. Tente voar com esses controles
deslizantes em vários lugares, tendo em mente que totalmente
à esquerda deve ser mais realista (sem estabilidade artificial
adicionada).

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 200/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Se, após fazer tudo isso, a aeronave ainda não voar como
deveria, nada mais poderá ser feito dentro do simulador. Agora
é hora de ajustar o próprio modelo do avião. No mundo real, se
um avião está puxando para um lado ou para outro, o piloto
dobrará a pequena aba de compensação no aileron de uma
forma ou de outra. Essa flexão do compensador do aileron
neutraliza quaisquer imperfeições na forma do avião, na
dinâmica do propwash ou na distribuição de massa dentro do
avião. A mesma coisa pode ser feita no X-Plane - você pode
dobrar uma aba de compensação um pouco para um lado ou
para outro para fazer o avião voar bem.

Para fazer isso, saia do X ‑ Plane e abra o Plane Maker (incluído


na instalação do X ‑ Plane). Vá para o menu Arquivo e
selecione Abrir. Lá, selecione o avião que está puxando para a
esquerda ou direita e carregue-o usando o botão Abrir .

Em seguida, vá para o menu Padrão e clique em Controlar


geometria. Nesta janela, selecione a guia Trim & Speed.
Observe a coluna de controles mais à direita na metade
superior da tela, identificada para ajuste do compensador do
aileron, profundor e leme. Esta é uma medida de quanto os
compensadores são dobrados em cada eixo. Um valor de 0,000
nessas caixas significa que a aba de compensação não está
dobrada. Um valor de 1,000 significa que a aba está dobrada
tanto que o controle é totalmente desviado pela aba de
compensação - isso é longe demais. Tente dobrar a aba de
compensação um pouco - talvez defina o valor em 0,05 ou no
máximo 0,10. Isso corresponderia a ser força suficiente para
desviar os controles 5% ou 10%, respectivamente, devido ao
compensador. Um valor positivo corresponde a dobrar a aba de
compensação para cima ou para a direita, dependendo se é
pitch, yaw ou roll. Portanto, se o avião precisar rolar um pouco
mais para a direita (ou parar de rolar para a esquerda), insira
um número positivo para o controle do aileron. O mesmo vale
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 201/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

para o leme: se o avião precisar puxar um pouco mais para a


direita, insira um ajuste positivo do compensador do leme. Se o
avião precisar subir um pouco mais, dê a ele um ajuste positivo
da guia de compensação do profundor. Ajuste as guias de
compensação conforme necessário, salve o arquivo da
aeronave (usando o menu Arquivo do Plane Maker) e saia do
Plane Maker. Em seguida, abra o X-Plane e tente pilotar o avião
novamente. Ele deve puxar visivelmente de uma forma ou de
outra com base em como as abas de acabamento foram
dobradas. Os controles do trim tab podem precisar ser
ajustados novamente para que o avião voe tão reto quanto
desejado. insira um ajuste positivo da guia de compensação do
leme. Se o avião precisar subir um pouco mais, dê a ele um
ajuste positivo da guia de compensação do profundor. Ajuste
as guias de compensação conforme necessário, salve o arquivo
da aeronave (usando o menu Arquivo do Plane Maker) e saia
do Plane Maker. Em seguida, abra o X-Plane e tente pilotar o
avião novamente. Ele deve puxar visivelmente de uma forma
ou de outra com base em como as abas de acabamento foram
dobradas. Os controles do trim tab podem precisar ser
ajustados novamente para que o avião voe tão reto quanto
desejado. insira um ajuste positivo da guia de compensação do
leme. Se o avião precisar subir um pouco mais, dê a ele um
ajuste positivo da guia de compensação do profundor. Ajuste
as guias de compensação conforme necessário, salve o arquivo
da aeronave (usando o menu Arquivo do Plane Maker) e saia
do Plane Maker. Em seguida, abra o X-Plane e tente pilotar o
avião novamente. Ele deve puxar visivelmente de uma forma
ou de outra com base em como as abas de acabamento foram
dobradas. Os controles do trim tab podem precisar ser
ajustados novamente para que o avião voe tão reto quanto
desejado.

Configurando uma estação de copiloto


https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 202/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

A estação de um copiloto é um segundo computador conectado


ao simulador principal, configurado para visualizar uma parte
da cabine destinada ao copiloto. Para usar uma estação de
copiloto, você precisará primeiro de dois computadores na
mesma rede, cada um executando sua própria cópia da
atualização mais recente do X ‑ Plane.

Você precisará de duas cópias do arquivo da aeronave que


pretende voar, ambos criados ou modificados usando o Plane
Maker. A primeira cópia de sua aeronave deve ter o painel de
instrumentos do lado do piloto. Se você estiver satisfeito com o
layout de painel padrão, qualquer um dos planos de estoque
pode ser usado.

Com a primeira versão (a versão do lado do piloto) do avião


pronta, basta fazer uma cópia de toda a pasta do avião e
adicionar algum sufixo, como " copiloto" ao final do nome da
pasta - por exemplo, se a aeronave você queria voar estava na
pasta ”Boeing 747“, você pode nomear a versão do lado do
copiloto ”Boeing 747 copilot”.

Em seguida, abra a cópia do lado do copiloto da aeronave no


Plane Maker e ajuste o painel de instrumentos (conforme
descrito no capítulo “ Criando um Painel de Instrumentos ” do
manual do Plane Maker) conforme desejado para o lado do co-
piloto da aeronave. Salve-o quando terminar e feche o Plane
Maker.

Agora deve haver duas cópias da mesma pasta da aeronave,


onde cada arquivo da aeronave dentro tem seu próprio painel
de instrumentos. Essas pastas devem ter nomes como “[ Nome
do avião ]” e “[ Nome do avião ] _copiloto”. Ambas as pastas
devem estar no mesmo lugar dentro de seu diretório X ‑ Plane.

Simplesmente copie toda a pasta da aeronave de um dos


computadores para o outro, colocando a pasta da aeronave no
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 203/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

mesmo diretório (relativo ao diretório de instalação do X ‑


Plane) no segundo computador. Por exemplo, o local da pasta
pode ser 'X-Plane 11 / Aeronave / Aeronave Extra / Boeing 747
/' no computador do piloto e 'X-Plane 11 / Aeronave / Aeronave
Extra / Boeing 747_copilot /' no computador do copiloto. Com
isso feito, abra o X-Plane em cada computador e inicie um vôo
com a cópia não modificada do avião em ambos os
computadores. Do nosso exemplo acima, cada computador
iniciará um vôo com o Boeing 747. Em seguida, abra as
configurações e selecione Rede. Expanda a seção Visuais
externos. A partir daqui, o procedimento para as máquinas do
piloto e do copiloto são ligeiramente diferentes.

Na máquina do piloto, deixe a função definida para Mestre.


Clique no botão Adicionar Máquina Visual Externa
(Visualização Independente) e selecione o outro
computador na lista suspensa, se necessário. Não deve ser
necessário alterar o número da porta.

Defina a função da máquina do copiloto para Visuais externos.


Escolha o computador do piloto no menu suspenso na seção
“Máquina mestre”, se necessário. Marque a caixa Usar
aeronave da pasta com sufixo e digite o sufixo da pasta que
você usou antes ( copiloto, em nosso exemplo). Depois disso,
independentemente da aeronave aberta na máquina do piloto,
esse computador adicionará " copiloto" ao nome da pasta da
aeronave que precisa ser aberta.

Se tudo estiver configurado corretamente, a máquina do piloto


enviará todos os dados apropriados para a máquina do
copiloto, a máquina do copiloto receberá a mensagem. A
máquina do copiloto aplicará então o sufixo “_copilot” ao nome
da pasta da aeronave e abrirá a versão do co-piloto da cabine
da aeronave na máquina do copiloto.

Configurando um Simulador Multi-Monitor


https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 204/251
15/09/2020 g Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Existem duas maneiras gerais de configurar vários monitores.


Você pode ter todos os seus monitores conectados a um
computador, executando uma cópia do X-Plane, ou você pode
ter vários computadores diferentes em rede, cada um com seu
próprio monitor e sua própria cópia do X-Plane.

Em geral, o uso de vários monitores em um computador será


mais restritivo em relação às maneiras de configurar o
simulador. Conectar muitos computadores em rede será mais
flexível, mas também muito mais caro.

Dirigindo vários monitores de um computador

Se você estiver usando apenas uma cópia do X ‑ Plane em um


computador com vários monitores, você será capaz de
configurar a visualização como

1. uma grande tela de uma visão ou


2. uma vista e uma estação de operação do instrutor.

O X-Plane suporta apenas um tipo de visualização (cockpit 3-D,


avanço sem cenário, etc) por vez por cópia do X-Plane.

Configuring the monitor


de X-Plane

05:12

Vídeo 9.1 : Tutorial de configuração do monitor

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 205/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Se seus vários monitores estiverem configurados como uma


única tela grande em seu sistema operacional, tudo o que você
precisa fazer para que o X-Plane preencha a tela com uma
única janela grande é ir para Configurações> Gráficos>
Configuração do monitor e alterar o menu suspenso para “
Simulador de tela cheia. ” Se o X ‑ Plane ainda estiver
preenchendo apenas uma tela, você pode precisar escolher
"Personalizar" no menu suspenso Resolução e alterá-lo para o
tamanho combinado de todos os seus monitores (por exemplo,
dois monitores 1920x1080 devem ser inseridos como uma
resolução personalizada de 3840x1080). Provavelmente, você
também desejará ajustar o “campo de visão lateral”.

Se, por outro lado, seus monitores estão configurados no


sistema operacional como monitores separados, a opção mais
simples é ter uma versão regular em janelas do X ‑ Plane que
você redimensiona manualmente para preencher o máximo
possível de sua tela.

Se seus monitores são monitores separados e você também


não deseja ter o X ‑ Plane em janelas, na caixa Configuração do
monitor, você precisará definir cada monitor para "Simulador
de tela inteira". Em seguida, você precisará ajustar os
deslocamentos na seção Deslocamentos visuais.

Para uma configuração abrangente de 3 monitores:

1. Monitor esquerdo: defina o deslocamento rotacional lateral


para o negativo do campo de visão lateral (FOV) do seu
monitor principal
2. Monitor central: sem deslocamento
3. Monitor direito: defina o deslocamento rotacional lateral
igual ao FOV lateral (positivo) do seu monitor principal

Para uma configuração plana de 3 monitores:

1. Marque a caixa para habilitar deslocamentos planos


(fracionários)
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 206/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

2. Insira –2 para o deslocamento do monitor esquerdo


3. O deslocamento do monitor central deve ser deixado em 0
4. Insira +2 para o deslocamento correto do monitor

Se você quiser usar seu monitor secundário como uma estação


de operador de instrutor, consulte a seção " Usando uma
estação de operador de instrutor (IOS) para treinamento de
vôo " do capítulo Situações especiais no X-Plane . Observe que
o vôo e o IOS são a única configuração disponível para
visualizações de monitor separadas se você estiver usando o X-
Plane em apenas um computador. Se você deseja que seus
monitores exibam visualizações completamente diferentes do
IOS e do vôo, ou diferentes deslocamentos da mesma
visualização, você precisará ter mais de um computador e
seguir as instruções na próxima seção.

Lembre-se também de que no X ‑ Plane 11 muitas das janelas,


como GPS, mapa e janelas ATC, podem ser retiradas como
telas separadas e movidas para um monitor secundário. Basta
clicar no ícone no canto superior direito da janela e movê-lo
independentemente.

Rede de vários computadores para vários monitores

Para configurar um simulador de vários computadores, cada


um dos computadores que você deseja usar deve primeiro ser
conectado em uma rede. Para uma conexão mais confiável,
conecte os computadores com cabos Ethernet ou conecte-os
em uma rede Wi-Fi. Os computadores devem formar uma LAN
simples, configurada normalmente no Mac OS X ou Windows,
seja qual for o caso. A versão mais recente do X ‑ Plane deve
então ser iniciada em cada computador.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 207/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Networked multiplayer, external visuals & apps


de X-Plane

04:46

Vídeo 9.2 : Configurando opções de rede, incluindo visuais


externos

Em cada computador, abra as Configurações e vá para Rede.


Nesta tela, expanda a seção “Visuais externos”. Aqui, as etapas
diferem ligeiramente entre a máquina “mestre” (o computador
que está conectado a todos os seus controles de vôo) e os
outros computadores.

Na máquina principal, pressione o botão para tanto Adicionar


máquina Visuals externa , dependendo se você quer a visão
bloqueada para esta máquina ou não. Se necessário, escolha a
máquina à qual deseja se conectar na lista suspensa. Na (s)
outra (s) máquina (s), defina a função da máquina como
“Visuais externos”. Expanda a seção Master Machine e escolha
o computador master no menu suspenso, se necessário.

Se o botão para visualizações independentes foi usado, agora


você pode configurar cada um dos computadores adicionais
com uma visualização diferente da máquina mestre. Pode ser
útil configurar visualizações rápidas de acordo com as
instruções em Usando o recurso Quick Look para retornar

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 208/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

rapidamente à sua configuração na próxima vez que você


iniciar o X-Plane.

Para uma configuração complexa com quatro computadores e


quatro monitores, ou uma cabine e três visuais externos, e com
a visualização bloqueada para o computador mestre, você
precisará ajustar os deslocamentos de visualização para
acomodar uma visualização abrangente. Em cada um dos três
computadores usados para visuais externos, precisamos abrir a
caixa de diálogo Opções de renderização no menu
Configurações. Lá, entraremos em um campo de visão
lateral de 45 ° para cada um deles. Insira um deslocamento
lateral para o cenário em redede –45 ° para a tela
esquerda, 0 ° para a tela central e 45 ° para a tela direita, sem
deslocamento vertical em todas as telas. Isso simplesmente
produzirá um campo de visão de 135 ° (45 ° × 3). Se isso for
desenhado no papel, torna-se aparente que os deslocamentos
de 45 ° nas telas esquerda e direita farão com que eles
sincronizem perfeitamente com a tela central.

A partir daí, os monitores precisam ser movidos fisicamente ao


redor do “cockpit” (ou seja, onde um usuário se sentará ao
voar no simulador) em um semicírculo descrevendo um campo
de visão de 135 °. Se isso não for feito, o horizonte não
aparecerá reto conforme a nave se inclina e rola, causado pelo
efeito “lente olho de peixe”. Se um campo de visão de 135 ° é
descrito em um plano plano ou em um arco de monitores que
descrevem menos de 135 ° de arco, resultará em distorção
fisheye, aparente como um horizonte que parece dobrar e
distorcer entre os monitores.

Alinhando o horizonte (sem deslocamentos verticais)

Agora, às vezes as pessoas se sentam no chão e veem que o


horizonte não está alinhado, então elas inserem deslocamentos
verticais em algumas das máquinas de exibição apenas para
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 209/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

alinhar os horizontes. Eles rapidamente ficam confusos quando


tudo se quebra enquanto eles lançam e especialmente rolam.
Se deslocamentos verticais forem usados, eles devem ser
usados em todas as máquinas em rede em seu simulador, a
menos que você tenha um monitor fisicamente acima do outro
. Se alguns, mas não todos os seus computadores têm
deslocamentos verticais, as coisas começam a ficar
complicadas. O que costuma acontecer é que um usuário voará
com uma cabine no centro da tela, o que muda o centro da tela
no que diz respeito ao cenárioestar em torno de 75% da subida
do monitor; isso é feito para deixar espaço para os
instrumentos. Os visuais externos, por outro lado, possuem
centros de tela no centro do monitor, já que não precisam
reservar espaço para o painel de instrumentos. Nesse caso,
você precisa fazer o seguinte:

1. Abra o Plane Maker no diretório de instalação do X ‑ Plane.

2. Clique no menu Arquivo e em Abrir aeronave.

3. Navegue até a aeronave que deseja voar e abra-a.

4. Clique no menu Padrão e, em seguida, clique em Ponto de


Vista.

5. Na caixa de diálogo Viewpoint, vá para a guia View.

6. Na caixa Screen-Centers, defina o centro de visualização


Y, visualização do painel (ou seja, a coordenada y do
centro da tela quando na visualização do painel) para ser
metade da altura do seu monitor em pixels (assumindo que
você execute X ‑Plane em modo de tela inteira). Por
exemplo, se o seu monitor tem uma resolução de 1920 ×
1080 pixels, você deve inserir 540 aqui (sendo 1080/2).

7. Feche a caixa de diálogo Viewpoint, pressionando Enter ou


clicando em um X no canto da janela.
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 210/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

8. Abra o menu Arquivo e clique em Salvar como ( não em


Salvar, pois você não deseja sobrescrever o arquivo
original).

9. Digite um nome para esta cópia do arquivo da aeronave


(por exemplo, “Monitor triplo [ nome da aeronave ]”) e
pressione Salvar .

10. Feche o Plane Maker.

Agora, quando você carrega a nova cópia da aeronave no X-


Plane, o centro da tela estará exatamente onde você gosta.

Correção para painéis de monitor

Ao usar mais de um monitor para voar no X-Plane, você deve


levar em conta os engastes do monitor (o quadro ao redor de
cada monitor), ou os monitores não se alinharão
perfeitamente. Se você estiver pilotando um avião com cabine
3D e usando dois monitores, uma solução aceitável pode ser
mover seu ponto de vista um pouco para a esquerda para tirar
a moldura do caminho da pista. Uma alternativa, ou para
planos com apenas um painel 2D, experimente colocar um
pequeno deslocamento lateral nas opções de renderização. O
exemplo abaixo descreve como fazer isso com três monitores.

Vamos imaginar que você tem três computadores em rede para


visuais adicionais para formar uma cabine de comando
envolvente. Cada computador pode ter um campo de visão
lateral de 45 ° (conforme definido nas configurações de
gráficos). Você deve inserir um deslocamento lateral para o
cenário em rede de –45 ° para o visual esquerdo, 0 ° para o
visual frontal e 45 ° para o visual direito, como discutido
acima. Se cada monitor tiver um campo de visão de 45 °,
essas imagens se misturarão perfeitamente sevocê não
considerou a largura dos engastes das telas. Se você não pode
configurar os monitores para executar sua imagem efetiva até
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 211/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

a borda (como você pode fazer com alguns, mesmo que você
não seja capaz de ver a parte sob a borda), você pode tentar
um campo de visão de talvez 43 ° com base em qualquer
fração do monitor visível. Os deslocamentos verticais e de
rotação, é claro, são os equivalentes para cima / para baixo e
de inclinação do deslocamento lateral.

Observação : embora os deslocamentos de visualização


indiquem quanto para a esquerda ou direita ou para cima ou
para baixo cada visualização está olhando, as pessoas
cometem o mesmo erro continuamente: elas executam uma
visualização central com um cockpit na tela central e visuais
externos ligados a esquerda e a direita - o que é bom - mas
eles notam que o horizonte na tela do centro (cockpit) não se
alinha com os horizontes em nenhum dos lados. A razão para
isso é que o ponto central da tela onde o horizonte repousa em
uma atitude de vôo nivelado está próximo ao topo da tela na
visualização da cabine (para dar espaço para o painel de
instrumentos) e no centro da tela para os visuais externos (que
não precisam de espaço na parte inferior para o painel de
instrumentos). Freqüentemente, as pessoas irão abaixar
incorretamente o deslocamento vertical do painel central (com
a cabine).

Isso resulta em inúmeros problemas com as visualizações não


alinhadas. A maneira de corrigir isso é fazer como na seção “
Alinhando o horizonte (sem desvios verticais) ” acima e alterar
o centro da tela de sua aeronave; só então o horizonte sempre
se alinhará em todos os visuais. Em outras palavras, o único
momento em que um deslocamento vertical deve ser usado é
se houver um monitor em cima do outro.

Usando outros controles especiais de visualização

A configuração do campo lateral de visão , localizada na


janela Configuração do monitor das configurações de gráficos,
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 212/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

mudará a maneira como o X ‑ Plane exibe a visão do mundo


exterior. Configurações mais altas permitirão que mais do
terreno seja visualizado a qualquer momento, mas reduzirão o
desempenho. Configurações mais altas também aumentam o
efeito “olho de peixe” do simulador. O valor padrão é 60 ° por
tela, o que geralmente oferece bom desempenho e uma visão
natural. Observe, é claro, que alterar o campo de visão de um
monitor em uma configuração de vários monitores exigirá que
você reavalie seus valores de deslocamento lateral também.

Agora, suponha que você esteja usando vários monitores,


alguns para visuais externos e outros para telas de cockpit.
Você pode notar que quando as visualizações são alteradas no
X-Plane, a alteração se propaga para todos os visuais. Para
impedir que isso ocorra, use Adicionar Máquina Visual
Externa (Visualização Independente) ao configurar
computadores adicionais. Você também pode marcar a caixa
Bloquear visualização para o padrão na seção
“configurações visuais” da Configuração do monitor para evitar
que a visualização seja alterada por qualquer meio.

Multijogador em rede
O modo multijogador permite que você voe com até 19 outras
pessoas. Você pode correr, voar em formação, briga de cães e
muito mais neste modo. Para usar o multijogador em rede
embutido do X ‑ Plane 11, você primeiro precisará de todos os
computadores na mesma rede, cada um executando sua
própria cópia da atualização mais recente do X ‑ Plane.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 213/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Networked multiplayer, external visuals & apps


de X-Plane

04:46

Vídeo 9.3 : Configurando opções de rede, incluindo


multijogador

Configure o modo multijogador acessando a janela


Configurações e, em seguida, a guia Rede. Deixe a função da
máquina definida como “Mestre” e expanda a seção
“Multijogador” na lista à direita. Clique no botão azul
Adicionar máquina multijogador e, em seguida, encontre o
nome da outra máquina na caixa suspensa ou insira
manualmente seu endereço IP. Alterar o número da porta não
deve ser necessário. Aumentar a taxa de controle deslizante de
Transmissões por segundo pode ser útil se você notar
lentidão ou trepidação nos aviões dos outros jogadores.

Quando você retornar ao seu voo, verá a outra aeronave e


poderá conversar com os outros jogadores usando a tecla
Enter.

Usando o X ‑ Plane com aplicativos móveis


Existem inúmeros aplicativos disponíveis que podem melhorar
o vôo no X-Plane, incluindo aqueles como ForeFlight, FlyQ,
Aerovie, Garmin Pilot ou até mesmo o Control Pad e Xavion da

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 214/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

própria Laminar Research. Contanto que o dispositivo esteja


executando na mesma rede local que o computador que
executa o X-Plane, você pode configurar sua conexão na guia
Rede da tela Configurações.

Networked multiplayer, external visuals & apps


de X-Plane

04:46

Vídeo 9.4 : Configurando opções de rede, incluindo aplicativos


externos

Expanda a seção iPhone e iPad da lista no lado direito da tela.


Os aplicativos que usam dados AHRS e ADS-B podem ser
adicionados clicando no botão Adicionar conexão ao Xavion ou
FlyQ e inserindo manualmente o endereço IP ou encontrando o
nome do dispositivo no menu suspenso (se necessário). Esses
dispositivos usam números de porta fixos, portanto, não será
necessário alterar o campo do número da porta.

Se você estiver usando outros aplicativos que usam apenas


dados AHRS, na seção "Aplicativos de terceiros", marque uma
das caixas para transmitir para um único dispositivo (se você
estiver usando apenas um tablet, telefone ou aplicativo) ou
todos os dispositivos se você estiver usando mais de um.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 215/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Se você estiver usando o Control Pad, um aplicativo Laminar


Research que funciona como uma estação de operação de
instrutor móvel (IOS), marque a última caixa e insira
manualmente o endereço IP ou encontre o nome do dispositivo
no menu suspenso (se necessário). Novamente, não será
necessário alterar o número da porta.

Se você estiver usando um aplicativo que envia e recebe dados


UDP, expanda a seção “Portas UDP” para ver os números de
porta padrão ou para editá-los.

Configuração de instrumentos de voo da porta


serial
Se você tem instrumentos de vôo ou outro hardware que você
conecta a uma porta serial, pode enviar dados do X ‑ Plane
para a porta serial para acioná-los. Para fazer isso, primeiro vá
para a seção Data Output de Settings e clique em Dataref
Read / Write . Marque a caixa ao lado de Uma porta COM ,
selecione o número da porta COM e insira a taxa de
transmissão no canto inferior direito.

Agora você pode escolher qualquer número de dados da lista à


esquerda para escrever ou ler a partir da porta serial. Eles
aparecerão à direita. Se você selecionou um dataref que
contém um array de dados (como sim / cockpit / engine /
fuel_pump_on, por exemplo), você simplesmente seleciona o
índice de array desejado no campo.

Configuração do projetor para X ‑ Plane


Professional
A chave do produto X ‑ Plane Professional-Use USB Key ou
Professional-Use Digital Download permite o envio de imagens
para um projetor para criar visuais envolventes para monitores
profissionais. Para configurar a projeção, vá para o menu
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 216/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Desenvolvedor e alterne “Mostrar Parâmetros de Projeção”.


Nesta janela há três guias que permitem a personalização da
projeção, Ren Opts (Opções de renderização), Grid Adjust e
Edge Blend. A caixa de projeção do cilindro na primeira guia
deve ser marcada para otimizar as projeções em superfícies
curvas em vez de planas. O Grid Adjust tem opções para
imagens de teste que podem ajudar a personalizar a distorção
da projeção. A combinação de bordas permite ajustar a
escuridão das bordas, ou esmaecimento, próximo aos lados
esquerdo e direito da tela para ajudá-lo a sobrepor os
projetores.

Modo quiosque
A partir do X ‑ Plane 11.10 e mais recente, você pode ativar o
"modo quiosque" na seção Geral da tela Configurações. Esta
opção é útil quando você não quer que outras pessoas
modifiquem as configurações do sim, especialmente quando o
sim é usado em feiras ou escolas.

Figura 9.1 : Modo Kiosk disponível no X ‑ Plane 11.10


delineado em laranja

Quando o modo quiosque está ativo, nenhuma alteração de


preferência é permitida. Isso inclui tudo em Configurações, mas
também significa que o X ‑ Plane não salvará coisas como sua

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 217/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

aeronave, última localização conhecida, etc. durante as


reinicializações deste sim.

Para habilitar o modo quiosque, marque a caixa “Habilitar


modo quiosque e evitar alterações nas configurações” e, em
seguida, digite uma senha. Para desligar o modo quiosque,
entre na tela de configurações e digite a mesma senha na caixa
ao lado do botão Sair do modo quiosque .

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 218/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Entrada e saída de dados do X-


Plane
O X-Plane é uma fonte poderosa de dados e muitos deles são
tratados usando a tela Data Output (encontrada na janela
Settings). O botão General Data Output controla onde os dados
serão enviados.

Figura 10.1 : A seção de saída de dados das configurações

Cada campo possui quatro caixas de seleção correspondentes


aos quatro locais onde os dados podem ser enviados, conforme
mostrado na Figura 10.1. São eles: Show in cockpit, Disk
(arquivo data.txt), Data Graph Window e Network via UDP.
Marcar a opção Disco enviará a saída para o arquivo data.txt
localizado na pasta principal do X ‑ Plane. As opções da janela
de gráfico de dados serão exibidas no Gráfico de saída de
dados, que é acessado no menu Desenvolvedor (ou Ctrl + g
por padrão).

Os dados selecionados para exibição na janela de gráfico de


dados são exibidos em um gráfico com cores diferentes para

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 219/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

cada variável e podem ser ampliados ou reduzidos usando os


controles deslizantes no canto inferior direito da tela.

Para obter exemplos detalhados de como configurar um plugin


usando entrada e saída de dados, consulte o documento
“Enviando dados para X-Plane.rtd” encontrado na pasta
Instruções.

Tabela de saída de dados


Por favor, consulte esta página da web para uma tabela de
todos os campos presentes na tela de saída de dados do X ‑
Plane.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 220/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Solução de problemas X-Plane


Este capítulo foi desenvolvido como uma referência para
quando você encontrar problemas comuns no X ‑ Plane. Cada
uma das seções a seguir descreve um problema comum e sua
solução. Como regra geral, no entanto, a primeira coisa que
você deve fazer depois de encontrar quaisquer problemas é
atualizar para a versão mais recente de acordo com a seção "
Atualizando o X-Plane ". Se você estiver executando a versão
mais recente e ainda tiver problemas, você pode verificar se há
arquivos problemáticos baixando manualmente e executando o
instalador mais recente encontrado no site do X-Plane .
Selecione “Atualizar X-Plane”, escolha qual cópia você gostaria
de atualizar e clique no botão “continuar”. O instalador
verificará sua instalação para ver se algum dos arquivos padrão
está ausente ou alterado e permitirá que você os restaure.

Water World, ou “Socorro, há água por toda


parte!”
Quando o cenário não está instalado para um determinado
local, tudo o que será visível são aeroportos e água. Isso é
conhecido como “mundo da água” e é um problema comum,
especialmente ao usar instaladores mais antigos.

Para evitar o mundo aquático, instale o cenário para o local em


que você está voando ou opte por voar para outro lugar. Para
instalar o cenário, execute o instalador e escolha Adicionar ou
Remover Cenário . Você precisará inserir o disco 1 do DVD ou
possivelmente inserir sua chave de produto de download digital
para autorização.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 221/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Se o cenário para o local estiver de fato instalado, certifique-se


de que a cópia do X-Plane para a qual está instalado é a que
está sendo usada - por exemplo, se você tiver duas cópias do
X-Plane instaladas (digamos, uma executando uma
demonstração versão e uma rodando 11.00), as duas versões
podem ter diferentes quantidades de cenários instalados.

O instalador do X ‑ Plane não consegue extrair


um arquivo
Se o instalador do X ‑ Plane apresentar um erro sobre uma
falha na extração do arquivo ou erro de entrada / saída, é
quase sempre porque a unidade de DVD não consegue ler o
disco. Anote o arquivo informado na mensagem de erro e tente
copiá-lo do DVD (usando o Finder no Mac OS ou o Windows
Explorer no Windows). Se possível, tente copiar o arquivo em
uma pasta diferente. Se vários DVDs não puderem ser lidos, é
provável que sua unidade de DVD seja a culpada. Se, no
entanto, apenas um único DVD estiver causando problemas, é
mais provável que o DVD esteja com defeito. Envie um e-mail
para o suporte de vendas em sales@x-plane.com para obter
mais informações.

X-Plane dá erros sobre DLLs ausentes ou há


anomalias gráficas estranhas
A maioria dos problemas relacionados a gráficos e DLLs no X ‑
Plane são devido à falta de drivers de vídeo. Certifique-se de
que seus drivers gráficos estejam atualizados seguindo as
instruções no artigo da Base de Conhecimento X ‑ Plane
intitulado Updating the Computer's Graphics Drivers in
Windows .

X-Plane Crashed

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 222/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Um acidente grave no X-Plane pode ser causado por uma


infinidade de fatores, portanto, isolar uma correção para cada
acidente específico está fora do escopo deste manual. Se o
relator automático de falha aparecer, certifique-se de enviar o
relatório para que a Laminar Research tenha os dados de sua
falha.

Em geral, um bom lugar para começar para quase qualquer


problema com o X ‑ Plane é executar o instalador para atualizar
o programa. Mesmo se você estiver executando a versão mais
recente do simulador, o Instalador / Atualizador pode localizar
arquivos ausentes ou modificados acidentalmente e substituí-
los pelos arquivos padrão corretos. Consulte a seção "
Atualizando o X-Plane " para obter instruções passo a passo
sobre como verificar e atualizar para a versão mais recente do
X-Plane.

Se você estiver executando a versão mais recente do simulador


e ainda tiver problemas, outro bom lugar para olhar são as
preferências. Mova a pasta de preferências (encontrada na
pasta Output) para a área de trabalho, reinicie o X ‑ Plane e as
preferências padrão serão restauradas. Se as preferências
padrão não resolverem seu problema, você pode simplesmente
substituí-las pela pasta que você moveu para a área de
trabalho e restaurar suas configurações personalizadas.

O culpado comum final são os complementos de terceiros,


como cenários e plug-ins. Tente mover a pasta Custom
Scenery e a pasta de plug-ins (encontradas na pasta
Resources) para a área de trabalho e reinicie o X-Plane.

Iniciando no modo de segurança

Se o X ‑ Plane detectar que caiu na última vez em que foi


executado, na próxima inicialização, você terá a opção de
redefinir as configurações de renderização. Se você redefinir as

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 223/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

configurações, poderá evitar um travamento na inicialização se


as configurações de renderização forem a causa do travamento
inicial. Você pode abrir a opção de entrar no modo de
segurança apenas se iniciar o sim com a tecla shift
pressionada.

Meu joystick ou garfo não está funcionando


Se o joystick e outros controles de vôo parecem estar
configurados corretamente de acordo com as etapas descritas
na seção Configurando controles de vôo do capítulo
Configurando e ajustando sua instalação do X-Plane, mas não
estão dando a resposta desejada no simulador, é hora de
solucionar o problema . Felizmente, o X-Plane torna mais fácil
descobrir como o software está percebendo a entrada dos
controles de vôo.

No exemplo a seguir, presumiremos que a inclinação, a


guinada e a rotação do avião não correspondem à maneira
como o joystick está sendo movido. Um procedimento
semelhante pode ser usado para outros controles com defeito.

1. Mova o mouse para o topo da tela e abra as Configurações.

2. Clique em Saída de dados.

3. Selecione a primeira caixa na linha 8 joystick aileron /


elvator / leme . Esta caixa fará com que o X-Plane exiba
a entrada que está recebendo enquanto executa a
simulação.

4. Feche a janela.

5. Uma caixa no canto superior esquerdo deve exibir os


comandos elev , ailrn e ruddr (profundor, aileron, leme,
respectivamente) recebidos do joystick.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 224/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

6. Agora, centralize o manche e os pedais. Cada eixo deve


indicar 0,0 ou próximo a ele.

7. Mova o manche totalmente para a esquerda. O ailrn deve


indicar -1,0 ou próximo a -1,0.

8. Mova o manche totalmente para a direita. O ailrn deve


indicar 1.0 ou próximo a 1.0.

9. Mova o manche totalmente para trás. O elev deve indicar


1,0 ou próximo a 1,0.

10. Mova o manche totalmente para a frente. O elev deve


indicar -1,0 ou próximo a -1,0.

11. Mova o leme totalmente para a esquerda. O ruddr deve


indicar -1.0 ou próximo a -1.0.

12. Mova o leme totalmente para a direita. O ruddr deve


indicar 1.0 ou próximo a 1.0.

Ao mover o manche e os pedais e ver quais valores eles estão


enviando ao X-Plane, você pode ver se o X-Plane está
recebendo a entrada correta do manche.

Se os valores corretos (de acordo com os testes acima) não


estão sendo recebidos no X-Plane, e você calibrou os controles
no X-Plane de acordo com a seção " Calibrando o Hardware "
do capítulo Configurando e Ajustando a Instalação do X-Plane ,
então, a próxima etapa é examinar o primeiro nível de ajuste
de resposta de controle.

Vá para Configurações e clique em Joystick. Nessa caixa de


diálogo, selecione a guia Eixo. Clique no botão denominado
Calibrar . Siga as instruções para calibrar os controles. Volte
para a cabine e verifique se a saída de dados (que ainda deve
estar na tela do pré-teste nas instruções acima) está em torno

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 225/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

de 0,000 quando os controles estão centralizados. Se estiver, o


hardware funciona bem e o ponto central foi definido com
sucesso.

A última etapa para resolver o problema é verificar a calibração


do hardware em seu sistema operacional, não o X ‑ Plane.
Finalmente, se você executou todas as etapas acima e ainda
tem problemas, o próprio hardware não está funcionando
corretamente.

Observação : se sua taxa de quadros estiver abaixo de 20


quadros por segundo (que você pode confirmar marcando a
caixa rotulada taxa de quadros na janela de entrada e saída
de dados, assim como você fez com a caixa de joystick ail /
elv / rud ), X ‑ Plane pode se comportar erraticamente,
independentemente das configurações do joystick. Consulte a
seção " Aumentando a taxa de quadros " do capítulo
Configurando e ajustando a instalação do X-Plane para obter
ajuda para melhorar a taxa de quadros.

Minha taxa de quadros está baixa


Se sua taxa de quadros é baixa, ou o simulador parece
“gaguejar” ou se mover em câmera lenta, provavelmente suas
configurações de renderização estão muito altas para o seu
sistema. Certifique-se de que seu computador atenda aos
requisitos mínimos de sistema para executar o X ‑ Plane 11 e,
em seguida, revise a seção " Configurando as opções de
renderização " para obter um guia passo a passo para ajustar
as opções de renderização.

Muitos dos problemas mais comuns que as pessoas encontram


com o X ‑ Plane são devido à baixa taxa de quadros e
configurações de renderização que são definidas como altas
para o sistema.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 226/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Aviões tremem e batem no simulador

A tendência de algumas aeronaves flutuar e cair é uma


limitação conhecida . Assim como um carro só pode ir a uma
determinada velocidade com uma determinada potência, o
simulador X-Plane só pode modelar o vôo com precisão a uma
determinada velocidade com uma determinada taxa de
quadros.

Se a taxa de quadros ficar muito baixa para o modelo de vôo


lidar, então o avião provavelmente começará a oscilar
rapidamente para frente e para trás (conhecido como "flutter
do simulador", geralmente ocorrendo com o piloto automático
ligado), pois o modelo de vôo tenta sem sucesso prever o que
o avião fará a seguir. Nesse ponto, o computador está muito
lento para dar passos pequenos o suficiente no modelo de vôo
e ver o que o avião realmente fará a cada momento. Aviões
menores e mais manobráveis irão acelerar mais rapidamente, e
maiores acelerações requerem uma taxa de quadros mais alta
para simular.

Isso ocorre devido à maneira como o X ‑ Plane move a


aeronave dentro da simulação. O X-Plane calcula a aceleração
da nave para cada quadro e, em seguida, adiciona a aceleração
entre os quadros para mover o avião. Isso funciona bem se a
taxa de quadros for razoavelmente alta e as acelerações forem
razoavelmente baixas. Na verdade, para qualquer aeronave
razoavelmente normal que tenha acelerações razoavelmente
normais, uma taxa de quadros de 20 fps ou mais é adequada.

No entanto, os problemas ocorrem quando você tem uma


aeronave muito leve com asas muito grandes indo muito rápido
ou quando está sentado no solo com o trem de pouso
estendido muito longe do centro de gravidade. Todas essas
coisas levam ao mesmo resultado - alta aceleração.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 227/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

O X-Plane, é claro, pode lidar com essas altas acelerações, mas


precisa de uma alta taxa de quadros para fazer isso. Para que o
modelo de vôo funcione, só pode haver uma certa quantidade
de mudança de velocidade por quadro da simulação. Se as
acelerações forem altas, é melhor que a taxa de quadros seja
alta para que haja uma mudança de velocidade razoável (ou
seja, aceleração) por quadro.

Para determinar o quão alta uma taxa de quadros é o suficiente


para lidar com uma determinada aceleração, basta encontrar a
taxa de quadros na qual não há vibração.

Por exemplo, imagine um Boeing 747 em velocidade de


aproximação. Ele caminha lentamente, quase não acelerando.
Um quadro por segundo pode rastrear aquele vôo com
precisão. Agora imagine segurar um avião de papel pela janela
de um carro a 80 milhas por hora e soltá-lo. O avião não
acelera suavemente, gradualmente, até a velocidade, ele se
desintegra em um milésimo de segundo! Para simular isso,
pode ser necessário um simulador para rodar a mil quadros por
segundo!

Assim, embora 20 quadros por segundo simples funcionem


bem para a maioria das aeronaves, quando aeronaves
pequenas, leves e de asas grandes com designs de trem de
pouso amplamente espaçados começam a voar rápido, as
acelerações aumentam o suficiente para que, em casos
extremos, 100 fps sejam necessários para modelar com
precisão.

Este é mais um problema com aviões que:

1. são pequenos porque manobram muito mais rapidamente


do que os grandes aviões,
2. são leves porque têm menos inércia e reagem mais rápido,
3. têm asas longas porque têm mais influência no centro de
gravidade, reagindo mais rápido,
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 228/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

4. têm asas grandes porque conseguem mais sustentação,


reagindo mais rápido, ou
5. têm trem de pouso amplamente espaçados porque o trem
de pouso tem mais força na nave, fazendo com que o
torque do avião seja mais rápido.

Ao usar um avião que reage extremamente rápido ao


ambiente, o computador precisa reagir com a mesma rapidez
para simulá-lo. Isso pode ser obtido reduzindo as opções de
renderização e a visibilidade no X ‑ Plane o suficiente para
aumentar a taxa de quadros a um nível sem vibração. Mais
informações sobre isso podem ser encontradas na seção “
Configurando as opções de renderização ”.

A medição do tempo do simulador é lenta

Se a medição de tempo do simulador estiver incorreta (por


exemplo, o campo “tempo decorrido” tem um valor menor do
que deveria), verifique sua taxa de quadros. Se o seu
computador não conseguir manter 20 quadros por segundo, o
tempo do simulador não corresponderá ao tempo real; quando
o X ‑ Plane é executado a menos de 20 fps, ele desacelera sua
simulação em tempo real para que o simulador esteja
"efetivamente" em execução a 20 fps. Por exemplo, se o
simulador estiver rodando a 10 fps devido a configurações
extremas de renderização, o X-Plane executará o modelo de
vôo na metade da velocidade. O resultado é que a física está se
integrando em câmera lenta para evitar a desestabilização com
a baixa taxa de quadros. Portanto, se você precisar de
simulação em tempo real, deve executar o simulador a 20 fps
ou mais rápido.

Meu PC congela depois de executar o X ‑ Plane


por um tempo
Quando um computador congela após executar o X ‑ Plane por
um tempo, o problema quase sempre está relacionado ao calor.
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 229/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Quando o sistema está rodando o X-Plane, a placa de vídeo e o


processador ficam muito quentes porque estão rodando com
100% de utilização. Isso faz com que a temperatura aumente
dentro do gabinete. Para eliminar o calor como um problema,
remova a tampa do computador e aponte um ventilador para o
gabinete. Execute o X-Plane por um tempo e veja se o
problema desaparece. Se isso acontecer, você precisará
adicionar algum resfriamento adicional.

Observe que isso pressupõe que o sistema tem RAM suficiente.


Ficar sem RAM também causará travamentos. (Consulte os
requisitos de sistema atuais do X ‑ Plane 11 aqui .) Isso
também pressupõe que o computador não está com overclock.

Problemas com download digital


A chave de produto de download digital do X ‑ Plane é uma
série longa e exclusiva de números e letras que identifica sua
cópia do X ‑ Plane 11, permite que você baixe o X ‑ Plane
diretamente para o seu computador pela internet e permite que
você execute o X‑ Avião sem DVD.

Ao comprar uma cópia digital do X ‑ Plane da Laminar Research


ou de outra empresa, você recebe um código de 24 dígitos (sua
chave de produto para download digital). O código consiste em
números e letras maiúsculas; as letras i e o e os números 0 e 1
nunca são usados, para evitar confusão.

Uma chave de produto de download digital é como um


número de cartão de crédito

Sua compra da versão de download digital do X ‑ Plane fornece


uma chave de produto que é como um número de cartão de
crédito. As chaves de produto não têm senhas associadas a
elas; como um número de cartão de crédito, se outra pessoa
tiver sua chave de produto de download digital, esse usuário
terá acesso à sua cópia do X ‑ Plane. Assim como os cartões de
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 230/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

crédito, você não deve compartilhar sua chave de produto de


download digital com mais ninguém.

Se você tiver que entrar em contato com o atendimento ao


cliente da Laminar Research, solicitaremos apenas os últimos
oito dígitos de sua chave de produto de download digital; você
não precisa enviar sua chave de produto de download digital
completo para ninguém , incluindo a Laminar Research.

Se alguém conseguir roubar sua chave de produto de download


digital, a pirataria será evitada pela detecção de fraude; nossos
servidores verão sua chave de produto de download digital
sendo usada em um padrão que se parece com várias pessoas
(por exemplo, sua chave de produto usada em dois continentes
ao mesmo tempo) e será bloqueada. Você pode entrar em
contato com o suporte ao cliente do X ‑ Plane para receber uma
nova chave de produto de download digital desbloqueada, e a
antiga será descartada.

A versão de download digital do X ‑ Plane requer uma


conexão com a Internet para funcionar

Para que o X ‑ Plane funcione fora do modo de demonstração


com uma chave de produto de download digital, o computador
que executa o X ‑ Plane deve ter uma conexão com a Internet
para entrar em contato com nossos servidores. O X ‑ Plane não
requer uma conexão com a internet para revalidar em cada
lançamento de aplicativo, mas requer autenticação com
frequência. Se o seu serviço de Internet não for confiável ou
for extremamente lento, você pode preferir comprar e usar os
DVDs do X-Plane.

Observe que quando você autoriza o X ‑ Plane usando uma


chave de produto, a Laminar Research coleta o endereço IP do
seu computador. Usamos essas informações apenas para
verificar se a chave do produto não foi roubada. Não vendemos
ou compartilhamos essas informações com ninguém.
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 231/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Uma cópia digital do X ‑ Plane não é um backup

A versão digital do X ‑ Plane está disponível online a qualquer


momento para download, mas não substitui um bom backup de
seus computadores! Somente um backup verdadeiro pode
salvar suas preferências, aeronaves de terceiros que você
baixou, seu livro de registro, etc.

A única versão do X-Plane que está disponível digitalmente é a


última versão não beta do X-Plane. Se você não deseja
atualizar para a versão mais recente, você precisa fazer seu
próprio backup do X-Plane; reinstalar o produto obterá a
versão mais recente.

Para obter informações adicionais, consulte o artigo da Base de


Conhecimento “ X-Plane Digital Download ”.

Obtendo ajuda para outros problemas


Se seus problemas não correspondem aos acima, primeiro
procure uma solução no site de perguntas e respostas do X-
Plane . Você também pode fazer sua pergunta lá, se ainda não
tiver sido respondida. As perguntas são respondidas por
membros da equipe da Laminar Research e membros
experientes da comunidade. O site também apresenta
comentários, votações, notificações, pontos e classificações.

Há mais uma opção que você deve tentar antes de entrar em


contato com o suporte técnico: redefinir as preferências. Abra a
pasta X ‑ Plane, clique duas vezes na pasta “Output” e localize
a pasta de preferências dentro. Mova toda a pasta de
preferências para a área de trabalho. Quando você reiniciar o X
‑ Plane, ele irá restaurar as preferências e configurações
padrão. Se isso não resolver o seu problema, você pode
simplesmente substituir essa nova pasta pela que você moveu

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 232/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

para a área de trabalho e restaurar suas configurações


personalizadas.

Suporte técnico

Antes de ligar ou enviar um e-mail, economize tempo de


atendimento ao cliente e você mesmo, verificando este manual,
a Base de conhecimento do X-Plane ou o site de perguntas e
respostas do X-Plane para obter respostas. Certifique-se de ter
a versão mais recente do software que está usando antes de
ligar. (Você pode verificar isso seguindo as instruções
encontradas na seção " Atualizando o X-Plane " do capítulo
Configurando e ajustando a instalação do seu X-Plane .)

Como registrar um relatório de bug

Ao enviar um relatório de bug, inclua o máximo de informações


possível - qualquer coisa que a equipe de desenvolvimento do
X-Plane possa precisar saber para reproduzir o mau
funcionamento. Isso inclui (mas não está limitado a) as
seguintes informações:

1. O software em questão (X-Plane, Plane Maker, etc.)


2. O sistema operacional usado
3. A versão do X ‑ Plane em questão
4. O hardware em uso (se o problema ocorrer apenas ao usar
determinado hardware)
5. Uma cópia do cenário ou aeronave com o problema
6. Uma cópia do log.txt
7. Uma cópia do Apple Crash Report (os usuários do Mac
podem encontrar isso em (seu diretório inicial) / Library /
Logs / DiagnosticReports /)
8. As etapas exatas (tão específicas e passo a passo quanto
possível) necessárias para reproduzir o problema

Além disso, antes de preencher um relatório de bug:

1. Certifique-se de usar a versão mais recente do X ‑ Plane


(isso inclui certificar-se de que você não está usando um
atalho desatualizado).
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 233/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

2. Exclua (ou mova) seu arquivo de preferências para


descartá-lo.

3. Desative todos os plug-ins ou complementos de terceiros.


(Por favor, relate bugs em add-ons de terceiros para o
desenvolvedor de add-ons, não para a equipe do X ‑ Plane.)

4. Certifique-se de compreender o recurso sobre o qual está


relatando um bug.

5. Pergunte no site de perguntas e respostas do X-Plane se


você não tiver certeza se tem um bug ou um problema de
suporte técnico.

Para registrar um relatório de bug, use o X-Plane Bug Reporter


. Certifique-se de anexar um arquivo 'log.txt' do X ‑ Plane (ou
do instalador ou outro X-Application) ao preencher o relatório,
bem como capturas de tela PNG para quaisquer problemas
visuais. O arquivo 'log.txt' nos fornecerá muitas informações
sobre o seu sistema que irão acelerar a análise de bug.

Observe que, se o relatório foi preenchido corretamente,


provavelmente você não receberá nenhum feedback sobre ele.
O relatório será salvo, examinado e, dependendo de sua
prioridade, corrigido em uma atualização futura.

Muitas vezes, as pessoas relatam um bug como “Meu indicador


de velocidade não funciona”. Bem, eu posso bater meu
Corvette em uma árvore, pegar meu celular enquanto o airbag
esvazia no meu colo, ligar para a General Motors e dizer:
"Minha velocidade indica zero!"

Em um caso como esse, quão bom o trabalho da GM pode fazer


ao decifrar esse relatório?

Arquivar um relatório com o X ‑ Plane dizendo “Meu indicador


de velocidade não funciona” pode ser incompleto por dois
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 234/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

motivos. A primeira é que com cerca de 20 ou 30 instrumentos


disponíveis no mundo X ‑ Plane (acessível através do Plane
Maker) que indicam a velocidade, dizendo que “indicador de
velocidade” não isola realmente qual instrumento está sendo
discutido. A segunda razão é que você realmente não forneceu
uma lista de verificação das etapas que executou para
descobrir que o bug aparente foi encontrado. Por exemplo,
podem ser necessárias certas condições para que o indicador
de velocidade no ar não funcione, condições que você pode
causar sem se preocupar com base na seleção do seu avião,
clima, etc.

Na analogia do Corvette acima, o relatório adequado para a GM


seria:

1. Eu entrei no meu carro.

2. Apertei o botão de partida, o motor ligou e coloquei a


transmissão em primeira marcha.

3. Pisei no acelerador, girei o volante e dirigi até bater em


uma árvore, que me parou.

4. O velocímetro no painel de instrumentos indicava zero.

5. Eu incluí uma foto que tirei com minha câmera digital aqui,
mostrando o velocímetro indicando zero e o carro
realmente parado.

No mundo do X-Plane, uma lista de verificação adequada para


o relatório seria assim:

1. Eu renomei meu arquivo de preferências para que não


tenha nenhuma configuração estranha que possa causar
isso sem sabermos.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 235/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

2. Liguei o X ‑ Plane no meu computador executando [ algum


sistema operacional ].

3. Fui ao menu Arquivo e abri a aeronave “Transporte Pessoal


de Austin”.

4. Notei que o indicador de velocidade do EFIS permaneceu


em zero, não importa o quão rápido eu voasse.

5. Incluí uma captura de tela do X-Plane mostrando o painel


aqui, com a velocidade real do avião mostrado usando a
tela de Saída de Dados para mostrar minha velocidade real.

A diferença entre o relatório de cinco linhas acima e o de uma


linha no topo é que você realmente nos disse o que está
fazendo. Você está começando redefinindo as preferências para
que possamos fazer o mesmo que você (um primeiro passo
para resolver o problema!). Você está nos dizendo qual
aeronave está abrindo (para que possamos fazer o mesmo).
Você está escolhendo um dos aviões que vêm com o X-Plane
(para que possamos fazer o mesmo que você) e está listando a
qual das dezenas de indicadores de velocidade do X-Plane você
está se referindo, para que possamos ver qual é realmente o
problema é.

Para resumir, certifique-se de fornecer uma lista de verificação


completa para duplicar o problema, começando com a exclusão
das preferências e escolhendo um avião que vem com o X-
Plane para que possamos seguir as mesmas etapas que você.
Errar por enviar muita informação, ao invés de muito pouco!
Devemos ser capazes de espelhar suas ações, passo a passo,
para duplicar o bug em nossos computadores, pois este é o
primeiro passo para resolver o problema.

Outro erro comum, porém, é dizer algo como “Eu ligo um botão
e aperto um botão e um indicador vai para 56%”. O problema

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 236/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

com isso é que não nos diz qual é realmente o problema. Para
onde você acha que o indicador deve ir? E, acima de tudo,
prove.

Em quase todos os relatórios de bug arquivados, o relatório


carece de qualquer tipo de prova de que o valor citado como
errado está realmente errado. Já que às vezes recebemos
relatos de pessoas que pensam que um Cessna não pode rolar,
um avião não pode decolar sem flaps ou um helicóptero não
pode virar sem puxar coletivo (todas as suposições incorretas
por parte do repórter “bug”). Precisamos de provas de que uma
característica que se afirma estar errada realmente é. Os
segmentos dos manuais de operação do piloto normalmente
funcionam bem.

Portanto, certifique-se de incluir uma prova de que uma


característica do simulador está errada se você acredita que
sim.

Outro erro muito comum é que as pessoas instalem plug-ins


que modificam dados no simulador, pacotes de cenários de
terceiros que não seguem os padrões ou aviões de terceiros
que podem ter problemas e, em seguida, relatam como um “
bug ”quando algo não funciona corretamente.

Não poderemos duplicar o problema se for devido a


modificações de terceiros. Portanto, certifique-se de que
começar a partir de uma cópia recém-instalada do X ‑ Plane
com as preferências (e quaisquer plug-ins) removidos é o
primeiro item em seu passo a passo para recriar o problema.
Desenvolva a partir daí, conforme necessário, incluindo cada
etapa da lista de verificação para que possamos analisá-la e
ver a mesma coisa que você. Use apenas cenários e aviões que
vêm com o X-Plane, se possível, para que possamos duplicar o
bug.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 237/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Mais uma vez, certifique-se de:

1. Use uma lista de verificação para explicar o que você está


fazendo, começando com a renomeação das preferências e
removendo add ons.

2. Inclua todas as etapas da lista de verificação enviada em


seu relatório de bug.

3. Use a terminologia adequada. Se você não sabe o nome de


um instrumento, entre no Plane Maker e clique nele com o
mouse. O nome do instrumento X-Plane será exibido à
direita. Como alternativa, você pode obter o nome real do
instrumento ativando a opção de instruções do instrumento
(indo para a tela Configurações, clicando em Geral e
marcando Mostrar instruções do instrumento na caixa
do cockpit ).

4. Explique por que você acha que o resultado que está vendo
está errado. Forneça provas se você acha que o simulador
não está fazendo o que o avião real faria.

Lembre-se, um relatório ruim diria: “O medidor de pressão não


funciona”. (Qual medidor de pressão? Por que você acha que
não funciona? O que você espera que mostre? Em que avião
você está voando?)

Um bom relatório diria: “Em um Mac executando o OS X Lion,


renomeei as preferências e abri [ uma aeronave incluída com o
X-Plane ] por meio do menu Arquivo, configurei os controles da
seguinte forma e observei o manômetro múltiplo para indicar
pressão múltipla de zero à medida que avançava a potência,
embora no plano real eu obtivesse 25 ”de pressão múltipla
neste plano, como sei pelo seguinte trecho do manual de
operação do piloto do avião."

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 238/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Esse relatório indica que tipo de computador você está usando,


o que você faz para resolver o problema (de uma forma que
nos permita espelhá-lo perfeitamente), o que você acha que é
o problema e dá prova de que o que você acredita sobre o
avião está fato verdadeiro. Isso é informação suficiente para
trabalharmos!

Além disso, certifique-se de enviar o arquivo 'log.txt'! Isso lista


o tipo de computador que você possui. Quase ninguém pensa
em mencionar se estão no Mac, Windows ou Linux!

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 239/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Glossário de termos
Trabalhando com o próprio programa
Download : Baixar algo significa pegar arquivos de algum
servidor remoto na Internet e receber esses arquivos no seu
computador. Os usuários podem baixar muitos aviões e
pacotes de cenários para o X ‑ Plane da Internet. Baixar é
receber arquivos da Internet; não é o mesmo que instalar
esses arquivos.

Instalar : Instalar algo é mover uma cópia do software para o


seu computador para que possa ser executado. Ao obter um
DVD com o X ‑ Plane nele, você executa o instalador para
instalar o programa do DVD - não é o download do programa.
Ele está instalando. Você só baixaria o programa se os arquivos
viessem da Internet (embora, uma vez que esses arquivos
fossem baixados, você os instalaria para tê-los prontos para
uso).

Atualizar : Atualizar um software é convertê-lo para uma


versão mais recente. Isso deve ser feito a cada dois meses ou
mais para aproveitar as vantagens dos novos recursos do
simulador. Para atualizar no X-Plane, um usuário primeiro
baixa e, em seguida, instala uma versão mais recente. O
programa de atualização (disponível gratuitamente em X-
Plane.com ) faz ambas as coisas para você com muita
facilidade.

Controles em uma aeronave


Pedais anti-torque : Em um helicóptero, os pedais anti-
torque são os pedais que modificam a inclinação coletiva do
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 240/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

rotor de cauda. Como o regulador do acelerador do helicóptero


mantém os rotores girando em um RPM constante, mudar a
inclinação também altera o empuxo gerado pelo rotor, de modo
que o rotor de cauda pode balançar a cauda do helicóptero
para a esquerda ou direita. Isso é conhecido como movimento
de guinada.

Coletivo : Em um helicóptero, o coletivo é a alavanca que


modifica o passo coletivo das pás do rotor principal. É chamado
de “coletivo” porque o passo de todas as lâminas é modificado
ao mesmo tempo. Como o motor mantém o rotor em rotação
constante, aumentar o passo das pás do rotor com esse
controle também aumentará sua sustentação.

Cíclico : o controle (um joystick na vida real) que muda a


inclinação das pás do rotor principal conforme elas passam por
cada ciclo, usado para dirigir a embarcação para a esquerda,
direita, para frente ou para trás.

Joystick : um dispositivo de controle usado em aeronaves.


Consiste em uma base com uma alça presa a ela. A alça pode
ser colocada lado a lado dentro da base para controlar o
movimento de inclinação e rotação da aeronave. Joysticks de
computador geralmente têm a capacidade de girar a alça para
controlar o movimento de guinada também. Os aviões reais
têm um joystick ou um manche para controlá-los, enquanto os
helicópteros são controlados apenas com joysticks.

Rotor : A parte giratória de um helicóptero que gera a


sustentação da nave; semelhante em aparência a uma hélice
de avião superdimensionada, embora diferente em sua
operação.

Pedais de leme : pedais de um avião usados para guiar o


avião na pista e controlar seu movimento de guinada em vôo
(ou seja, o abanar da cauda para a esquerda ou direita). Isso
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 241/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

se torna muito útil ao iniciar curvas e contra-ventos laterais de


ação. Observe que elas não são escritas como “pétalas”, pois
não têm o nome das folhas frágeis de uma flor.

Jugo : O jugo, em homenagem a um dispositivo de madeira


pendurado em bois para rebocar coisas, é o “volante” do avião.
Ele é usado para dirigir o avião em vôo, mergulhando as asas
para cima ou para baixo e puxando o nariz para cima e para
baixo. Observe que não se escreve “gema”, pois não tem o
nome do centro de um ovo.

Movimento de uma aeronave

Figura G.1 : Esta imagem ilustra os eixos de inclinação,


rotação e guinada de um avião (que também se aplicam a
helicópteros). Obrigado ao contribuidor da Wikipedia, ZeroOne,
por liberar esta imagem sob a licença Creative Commons
Atribuição 3.0 Unported.

Pitch : Movimento do nariz da aeronave para cima ou para


baixo (ilustrado na Figura G.1 ).

Roll : Movimento do corpo da aeronave ao longo da linha


formada por seu corpo; em um avião, isso é facilmente visto
https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 242/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

como o mergulho ou elevação das asas (ilustrado na Figura G.1


).

Yaw : Movimento do corpo da aeronave para a esquerda ou


direita, mais facilmente representado como um abanar da
cauda da aeronave (ilustrado na Figura G.1 ).

Outros termos de aviação


Acima do nível do solo (AGL): Ao manter uma altitude
solicitada pelo controle de tráfego aéreo, um piloto manterá
uma altitude AMSL (acima do nível médio do mar). Isso
permite que o piloto permaneça em um nível constante durante
o vôo. Para evitar uma morte instantânea e horrível, no
entanto, os pilotos também devem estar cientes de sua altitude
AGL (acima do nível do solo)! O altímetro da aeronave funciona
com a pressão do ar, por isso mede a altitude acima do nível
do mar; portanto, é sempre necessário estar ciente das
altitudes mínimas permitidas na região para ficar pelo menos
tão alto. O rádio altímetro mede a altura acima do solo (AGL).
A maioria dos aviões, entretanto, não os tem instalados. Isso
está cada vez mais bem, porque, em teoria, um piloto pode
seguir os gráficos de rota e abordagem, que listam altitudes
MSL seguras, e mais e mais aviões têm mapas móveis que
mostram claramente a elevação do terreno,

Indicador de velocidade no ar (ASI) : O ASI é impulsionado


pela pressão do ar que atinge um pequeno tubo no nariz ou
asa do avião. Mais pressão significa que a nave está se
movendo mais rápido. Consulte a discussão na entrada
“Velocidade do ar indicada (IAS)” abaixo.

Controle de Tráfego Aéreo (ATC) : órgão que rege as


operações da aeronave em um determinado espaço aéreo.
Altitude: a altitude de uma aeronave é sua altura acima do

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 243/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

nível do mar. Isso normalmente é exibido no altímetro da


aeronave, que é acionado pela pressão do ar.

Automatic Direction-Finder (ADF) : Um dispositivo de


navegação de estilo antigo que aponta uma agulha para um
transmissor no solo. Eles não são muito usados porque com a
navegação GPS, a ideia de ir a pontos pré-definidos (como
pegar migalhas de pão para encontrar o caminho de casa) está
desaparecendo. O GPS levará os pilotos em linha reta até onde
eles querem ir, não um zigue-zague como seria alcançado ao
voar de um transmissor de navegação para outro com um ADF.

Back Course (BC) : É a parte do ILS que vai além da zona de


touch-down. Leia tudo sobre isso no Capítulo 7, Navegação,
pilotos automáticos e Voando com instrumentos.

Indicador de desvio de curso (CDI) : Este instrumento


(parte do OBI ou HSI) exibe a direção que a aeronave precisa
virar para interceptar o curso do VOR. Isso é discutido no
Capítulo 7, Navegação, pilotos automáticos e Voando em
instrumentos.

Altitude de densidade : À medida que a temperatura do ar


aumenta, sua densidade diminui. A pressão barométrica
também pode variar com base em vários outros fatores,
portanto, ao nível do mar em um dia quente e de baixa
pressão, a densidade do ar pode ser igual à densidade padrão
do ar a 10.000 pés de altura! Esta é uma altitude de densidade
de 10.000 pés. Isso significa que há menos ar para os motores,
menos ar para a hélice e menos ar para as asas. Tudo isso
indica que a aeronave demorará mais para decolar.

Equipamento de Medição de Distância (DME) : Um


instrumento usado na navegação que mede a distância usando
o atraso entre o envio e recebimento de um sinal de rádio. As

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 244/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

aeronaves usam isso para determinar sua distância de um


NAVAID fixo.

Arrasto : A força aerodinâmica (criada por um fluido como o


ar fluindo ao redor de um objeto) que retarda o movimento do
objeto.

Sistema de instrumentos de vôo eletrônico (EFIS) : Um


sistema de instrumentos de vôo (encontrado no painel de uma
aeronave) com telas eletrônicas em vez dos medidores
mecânicos de um painel padrão.

Go Around (GA) : Um modo de piloto automático que levanta


o nariz em uma atitude de nível de asas e exige muita potência
para voltar à altitude após uma abordagem de pouso
malsucedida).

Glide slope (G / S) : O ângulo em que uma aeronave se


aproxima (ou precisa se aproximar) de uma pista;
frequentemente usado ao discutir a navegação por
instrumentos. Consulte o Capítulo 7 para obter mais
informações.

Sistema de Posicionamento Global (GPS) : Uma forma de


navegação que usa dados de satélites.

Rumo (HDG) : o rumo de uma aeronave é a direção para a


qual seu nariz está apontando. Este também é um modo do
piloto automático que permite que o piloto mantenha um rumo
predefinido, normalmente magnético. Um rumo magnético está
indo para o pólo norte magnético, algo um pouco diferente do
norte verdadeiro, que é um rumo geográfico que nos levará ao
verdadeiro Pólo Norte geográfico. Lembre-se, uma vez que o
pólo norte magnético está um pouco separado do pólo norte
geográfico, a direção verdadeira e a magnética não são
normalmente a mesma! Eles podem estar 5 ou 10 graus

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 245/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

desviados nas latitudes médias. A diferença entre os pólos


norte verdadeiro e magnético é chamada de variação
magnética.

Hold (HLD) : Pressionar este botão ativará o piloto automático


no modo de retenção de altitude. Consulte a seção Pilotos
automáticos do Capítulo 7 para obter mais informações.

Indicador de situação horizontal (HSI) : Este instrumento


é encontrado no painel de muitas aeronaves no X-Plane. Ele
tem a mesma função de um OBI - ou seja, indica desvio de
curso. Consulte o Capítulo 7 para obter mais informações.

Regras de voo por instrumentos (IFR) : O procedimento


para voar uma aeronave baseado exclusivamente no painel de
instrumentos da embarcação. As condições ambientais que
exigem tal vôo (como a visibilidade deficiente em um dia
chuvoso) são referidas como condições IFR. Isso é contrastado
com as condições VFR (aquelas que operam sob regras de voo
visual). Com mau tempo ou acima de 18.000 pés, os pilotos
precisam voar de acordo com as Regras de Voo por
Instrumentos, seguindo seus instrumentos e instruções de
controle de tráfego aéreo cuidadosamente para evitar bater no
solo ou em outros aviões, ou sair do curso.

Sistema de pouso por instrumentos (ILS) : Um sistema


baseado em solo para guiar aeronaves em aproximação na
pista por meio de sinais de rádio. Consulte o Capítulo 7 para
obter mais informações.

Condições meteorológicas por instrumento (IMC) :


Quando os pilotos estão em nuvens ou chuva e não podem ver
pela janela, eles devem voar de acordo com as regras do IMC.
Em tais condições, eles precisam estar em um plano de vôo por
instrumentos.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 246/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Velocidade do ar indicada (IAS): A velocidade presumida de


uma nave, conforme determinada pela medição da pressão
atuando em um pequeno tubo conectado à nave que aponta
para o vento. Isso difere da velocidade real em situações em
que o ar tem muito pouca densidade (por exemplo, a 80.000
pés em um Blackbird SR-71 ou em órbita em um ônibus
espacial). Esse erro, porém, pode ser útil, porque se houver
menos pressão ao empurrar o indicador de velocidade no ar,
haverá também menos pressão ao empurrar as asas da
aeronave. Portanto, o indicador de velocidade no ar informa
quanta pressão de ar está disponível para os hélices e asas
(que é o que o piloto realmente se preocupa, pois mais pressão
dá mais sustentação e arrasto). Então, se um piloto está indo a
190 km / h no ar, mas a pressão só é forte o suficiente para
medir 160 km / h no indicador de velocidade no ar, então isso
significa que a pressão aerodinâmica nas asas é de apenas 160
km / h de pressão! É essa pressão que determina a quantidade
de sustentação e arrasto que as asas podem produzir.

Elevação : a força aerodinâmica (criada por um fluido, como o


ar fluindo ao redor de um objeto) que empurra um objeto para
cima.

Localizador (LOC) : Um localizador é parte de um sistema de


pouso por instrumentos (ILS). Ele serve como um guia lateral
(esquerdo e direito) para a linha central da pista.

Velocidade Mach : a velocidade do som no ar. O número de


Mach realmente descreve a velocidade do som através de
qualquer fluido (isto é, líquido ou gás). Em aplicação à
aeronáutica, entretanto, está implícito que o fluido é o ar.
Observe que esse número depende de vários fatores, como
temperatura, umidade e pressão. Geralmente, “Mach 1” é
citado como 768 milhas por hora (a velocidade do som ao nível
do mar no ar seco a 68◦ Fahrenheit).

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 247/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

NAV : abreviação de "navegar". Este é um modo de piloto


automático que segue um caminho ILS, localizador, VOR ou
GPS. Consulte o Capítulo 7 para obter mais informações.

NAVAID : Um transmissor de auxílio à navegação


(normalmente um VOR, NDB ou ILS) que é usado como
referência durante o vôo. Eles são freqüentemente encontrados
em ou perto de um aeroporto, mas também podem ser
espalhados entre aeroportos para usar como pontos de nó em
uma via aérea. Os pilotos costumam voar de NAVAID para
NAVAID em voos longos, pois um VOR só pode ser usado a
cerca de 50 milhas de distância. Consulte o Capítulo 7 para
obter mais informações.

Sinalizador não direcional (NDB) : Consulte a nota ADF


acima.

Indicador Omni-Bearing (OBI) : Este instrumento, usado


para navegação, é encontrado na maioria das aeronaves da
aviação geral. Consiste em uma seta móvel (chamada de
indicador de desvio de curso ou CDI) que aponta o caminho
para qualquer frequência VOR que esteja sintonizada no rádio
de navegação. O instrumento é definido usando o seletor
Omni-Bearing (ou OBS), o botão em seu canto esquerdo
inferior. Uma versão mais cara disso é um HSI. Consulte o
Capítulo 7 para obter mais informações.

Rotações por minuto (RPM) : uma forma de medir a


velocidade de um rotor ou hélice. Em um helicóptero, as RPMs
do rotor principal e do rotor de cauda são mantidas constantes.

Velocidade : a mudança na posição de um objeto ao longo do


tempo; ao contrário da velocidade, a velocidade não leva em
consideração a direção do movimento do objeto.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 248/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Vetor de empuxo : a direção na qual o empuxo do motor ou


rotor está indo; para um helicóptero sentado em um heliporto
com os controles em ponto morto, é direto para baixo.

Vetorização de empuxo : a habilidade de helicópteros e


algumas outras aeronaves (como o Harrier ou o F-22) de
mudar a direção do empuxo de seus motores / rotores.

Vias aéreas V (vias aéreas victor) : as vias aéreas Victor


são as vias aéreas pré-mapeadas definidas por uma série de
VORs. Os pilotos voam de VOR para VOR até chegarem ao
destino, permanecendo assim em uma via aérea. Cada
segmento do V-airway relaciona cuidadosamente a altitude
mínima que os pilotos podem voar naquele segmento para
evitar colisões.

Velocidade : A combinação da velocidade de um objeto e a


direção de seu movimento; por exemplo, uma aeronave pode
ter uma velocidade vertical de 500 pés por minuto (o que
significa que se move para cima a uma taxa de 500 pés por
minuto) ou uma velocidade vertical de -500 pés por minuto (o
que significa que se move para baixo a 500 pés por minuto) .

Velocity of Flap Extension (Vfe) : Esta é a velocidade


máxima na qual a aeronave pode implantar seus flaps sem
danificá-los ou quebrá-los.

Regras de voo visual (VFR) : é o voo feito usando uma


combinação da visão do piloto do mundo exterior e os
instrumentos da aeronave. As condições ambientais que
permitem tal vôo (como um dia ensolarado com visibilidade de
10 milhas) são referidas como condições VFR. Em tais
condições, presume-se que os pilotos sempre são capazes de
ver pela janela bem o suficiente para evitar colisões com o
terreno e outras aeronaves. Para usar as regras de vôo visual,

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 249/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

normalmente é necessário ter visibilidade de cerca de 3 milhas


e ficar a cerca de 1000 pés das nuvens.

Condições meteorológicas visuais (VMC) : são as


condições ambientais adequadas para voar à vista (VFR).

Faixa omnidirecional de frequência muito alta (VOR):


Este é um tipo de NAVAID que envia sinais que os pilotos
podem seguir para chegar ou sair do transmissor. Enquanto um
NDB simplesmente permite que a agulha do ADF da aeronave
aponte diretamente para ele, o VOR na verdade permite que os
pilotos voem para a estação ao longo de um radial
programado. Assim, por exemplo, em vez de apenas "voar para
o VOR", um piloto pode ter certeza de voar para o VOR ao
longo da radial 090 (do leste), garantindo que sua localização
estará ao longo de uma via aérea durante toda a viagem para o
VOR. Uma vez que a via aérea é mapeada, a aeronave estará
com a altura do terreno mapeada para toda a viagem e as
correções de curso podem ser feitas rapidamente para
permanecer na radial desejada. Aviões leves geralmente
rastreiam esses sinais VOR usando um indicador Omni-Bearing,
ou OBI, enquanto aeronaves mais caras geralmente usam um
Indicador de situação horizontal, ou HSI. Consulte o Capítulo 7
para obter mais informações.

Velocity Never Exceed (Vne) : Esta é a velocidade máxima


que um determinado avião pode atingir. Ir mais rápido do que
Vne pode resultar em “danos estruturais” ou, em casos
extremos, morte.

Velocidade de operação normal (Vno) : Esta velocidade


não deve ser excedida, a menos que o ar seja muito suave.
Mesmo assim, deve ser excedido “com extrema cautela”, como
dizem os manuais operacionais.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 250/251
15/09/2020 Manual do Desktop X-Plane 11 | X-Plane

Indicador de velocidade / velocidade vertical (VSI ou


VVI) : ao observar a rapidez com que a pressão do ar está
mudando, o VSI deduz a rapidez com que a aeronave deve
estar subindo ou descendo.

https://www.x-plane.com/manuals/desktop/ 251/251