Você está na página 1de 6

SEFAZ – DIREITO PENAL

TESTES II – SEFAZ – SETEMBRO DE 2010. conhecendo a condição de funcionário público do


agente.
01) (TRT-24ª Região, FCC - Analista Judiciário - b) No crime de peculato doloso, a reparação do
2006) Tício é Analista Judiciário, Área dano antes do trânsito em julgado da sentença é
Judiciária, Especialidade Execução de causa de extinção da punibilidade. c) Para a
Mandados. No exercício de suas funções, no configuração do crime de prevaricação, é
cumprimento de mandado judicial, efetuou a imprescindível que o funcionário público esteja no
remoção de dois televisores penhorados em exercício da função relacionada ao ato praticado,
uma execução. No caminho para o local onde omitido ou retardado.
os aparelhos ficariam depositados, trocou um d) O crime de concussão é material, consumando-
dos televisores por outro de menor valor e se se com o efetivo recebimento da vantagem
apropriou daquele que havia sido penhorado. indevida.
Nesse caso, Tício cometeu crime de: e) É dispensável, para a caracterização do crime
de corrupção passiva, que a prática do ato tenha
a) corrupção passiva. relação com a função do sujeito ativo (ratione-
b) prevaricação. office).
c) excesso de exação.
d) concussão.
e) peculato. 05) Mário, valendo-se da condição de
funcionário público, cogita em subtrair cinco
computadores de propriedade do Estado que
02) (TRT-24ª Região, FCC - Analista Judiciário - se localizam na repartição pública que
2006) Caio é Analista Judiciário, Área trabalha.Para ajudá-lo na subtração convida
Judiciária, Especialidade Execução de Douglas, advogado da empresa particular
Mandados. No exercício de suas funções, de GIGA e seu amigo intimo. Neste caso,
posse de mandado judicial, exigiu do considerando que Mário e Douglas subtraíram
executado Cadmo a quantia de R$ 1.000,00 somente dois computadores:
para retardar a penhora de seu veículo. Nesse
caso, Caio cometeu crime de: a) apenas Mário responderá pela prática de
peculato tentado, uma vez que Douglas não era
a) excesso de exação funcionário público não se comunicando
b) corrupção passiva. circunstância pessoal.
c) peculato. b) apenas Mário responderá pela prática de
d) concussão. peculato consumado, uma vez que Douglas não
e) prevaricação. era funcionário público não se comunicando
circunstância pessoal.
c) eles responderão pela prática de crime de
03) (TRE-MS, FCC - Técnico Judiciário - 2007) peculato tentado em concurso de pessoas.
O ressarcimento do dano, no crime de d) eles responderão pela prática de crime de
peculato doloso: peculato consumado em concurso de pessoas.
e) apenas Mário responderá pela prática de
a) extingue a punibilidade do agente se for concussão consumada, uma vez que Douglas não
anterior ao recebimento da denúncia. era funcionário público não se comunicando
b) extingue a punibilidade do agente se for circunstância pessoal.
anterior à denúncia.
c) não extingue a punibilidade do agente.
d) extingue a punibilidade do agente se for 06) Considerando o Estatuto dos Funcionários
anterior à sentença. Públicos Civis do Estado de São Paulo, Lei
e) extingue a punibilidade do agente se for Estadual n. 10.261/68, assinale a opção
anterior ao trânsito em julgado da sentença. correta.

a) A reintegração é a transferência de um para


04) (MP-AM, Cespe - Promotor de Justiça - outro cargo de provimento efetivo.
2001) Acerca dos crimes praticados por b) Remoção é uma forma de provimento em cargo
funcionário público contra a administração em público.
geral, assinale a opção correta. c) As nomeações, em caráter vitalício, ocorrem
quando se tratarem de cargos efetivos.
a) No caso de concurso de pessoas, o particular
não responderá pelo crime de peculato, mesmo
CENTRAL DE CURSOS PROF. PIMENTEL
SEFAZ – DIREITO PENAL
2

d) São exemplos de provimento dos cargos d) no crime de emprego irregular de verbas


públicos: nomeação, transferência, reintegração e públicas e prevaricação.
acesso.
e) O acesso é o ato pelo qual o aposentado
reingressa no serviço público a pedido ou “ex- 10) Um funcionário público, ocupante do cargo
officio”. de motorista, entrega para terceira pessoa, em
pagamento de uma dívida pessoal, o veículo
oficial que normalmente dirige e informa na
07) Diversas são as teorias que descrevem a repartição que foi furtado. Ele pratica crime de:
responsabilidade extracontratual do Estado,
através dos tempos. A teoria que se baseia na a) apropriação indébita.
noção de que todo prejuízo causado por fato b) furto em co-autoria.
ou ato da Administração é um ônus público c) peculato.
que deve atingir a todos da comunidade, d) corrupção ativa.
igualitariamente. Se uma pessoa experimentar, e) concussão.
injusta e excepcionalmente, um ônus maior do
que o suportado pelos demais membros da
sociedade, emerge daí o seu direito à 11) Não pode ser considerado próprio de
indenização pelo agente do Estado, é a teoria: funcionário público o crime de

a) da culpa. a) corrupção passiva.


b) do risco. b) concussão.
c) civilista. c) prevaricação.
d) da irresponsabilidade. d) corrupção ativa.

08) Segundo o que prevê o Código Penal 12) Não é ente da Administração Indireta:
pátrio, quanto aos crimes praticados por
funcionário público contra a Administração em a) Sociedade de Economia Mista.
Geral, é incorreto afirmar que: b) Agência Reguladora.
c) Secretaria de Estado.
a) peculato é a apropriação, desvio ou subtração d) Empresa Pública.
de coisa móvel pública ou particular, praticado e) Fundação Pública
pelo funcionário público, em razão de seu cargo
ou valendo-se dessa qualidade. 13) Sabendo-se que a Constituição Federal
b) peculato culposo é a apropriação de dinheiro ou vigente veda a imposição de penas de caráter
qualquer utilidade que, no exercício do cargo, perpétuo, a ação de grupos armados, civis ou
recebeu por erro de outrem. militares, contra a ordem constitucional e o
c) concussão consiste em o funcionário exigir, Estado Democrático constitui crime:
indevidamente, de outrem uma vantagem “metus
publicae potestatis”(o funcionário público vale-se a) inafiançável e prescritível em trinta anos.
do medo que seu cargo pode gerar a terceiros).. b) inafiançável e imprescritível.
d) prevaricação é a infidelidade ao dever do ofício, c) inafiançável e prescritível em vinte anos.
à função exercida; é o não-cumprimento das d) político, afiançável pelo Superior Tribunal
obrigações, que lhe são inerentes, movido o Militar.
agente por interesse ou sentimento próprios. e) afiançável e prescritível, conforme o máximo da
pena privativa de liberdade.

09) No Título XI, da Parte Especial, de nosso


Código Penal, onde são elencados os crimes 14) Sobre os direitos fundamentais em matéria
praticados por funcionários contra a processual, é incorreto afirmar que:
administração pública, a forma culposa
aparece: a) A prisão ilegal será imediatamente relaxada
pela autoridade policial.
a) no crime de peculato e de facilitação de b) Ninguém será privado da liberdade ou de seus
contrabando ou descaminho. bens, sem o devido processo legal.
b) no crime de peculato. c) Ninguém será processado nem sentenciado
c) no crime de corrupção passiva e de senão pela autoridade competente.
condescendência criminosa.
CENTRAL DE CURSOS PROF. PIMENTEL
SEFAZ – DIREITO PENAL
3

d) São inadmissíveis, no processo, as provas


obtidas por meios ilícitos. A quantidade de itens certos é igual a:
e) Aos litigantes, em processo judicial ou
administrativo, e aos acusados em geral, são a) 0.
assegurados o contraditório e a ampla defesa com b) 1.
os meios e recursos a ela inerentes. c) 2.
d) 3.
e) 4.
15) Em relação aos direitos e garantias
fundamentais, analise as afirmativas:
17) Assinale a alternativa correta: No direito
constitucional brasileiro a propriedade privada
I. A Constituição assegura o principio do é considerada:
contraditório para os processos judiciais e para o
inquérito policial. a) direito individual cujo exercício não pode ser
II. A Constituição veda, sem ressalvas, a pena de restringido mesmo em virtude de lei.
morte. b) direito cujo exercício pode ser limitado pela
III. A Constituição assegura, de forma expressa, necessidade, utilidade pública e/ou pelo interesse
entre os direitos fundamentais, o duplo grau de social.
jurisdição, assegurando o direito a interposição de c) direito cujo exercício pode ser restringido
recursos. somente em virtude de decisão judicial.
d) direito cujo exercício pode ser suprimido em
É/são verdadeira(s) somente a(s) afirmativa(s): caso de catástrofe ou calamidade pública.
e) a constituição não garante o direito à
a) I. propriedade privada.
b) II.
c) nenhuma.
d) I e III. 18) Ao direito à probidade e à moralidade da
e) I e II. Administração Pública, a Constituição Federal
consagra uma garantia:

16) A CF relaciona uma série de direitos e a) Habeas-corpus.


garantias individuais que constituem b) Habeas-data.
dimensões da liberdade e da própria dignidade c) Ação Popular.
humana, com ampla repercussão na área d) Mandado de Injunção.
criminal. A esse respeito, julgue os itens que e) Mandado de Segurança.
se seguem:

(I) A tortura policial, seja física ou psicológica, é 19) O princípio do acesso ao Poder Judiciário:
repudiada veemente pela ordem constitucional,
sendo considerada como crime inafiançável, a) depende sempre do prévio esgotamento da via
imprescritível e insuscetível de graça ou de administrativa.
anistia. b) só pode ser limitado por lei.
c) pode ser excluído da ordem constitucional
(II) A extensão aos sucessores do condenado da vigente, por meio de Emenda à Constituição.
obrigação de reparar o dano resultante do crime, d) depende sempre da recolha de custas e
caso admitida, representaria uma violação ao emolumentos.
princípio magno de que nenhuma pena passará e) assegura o direito de pleitear a prestação
da pessoa do condenado. jurisdicional sempre que um direito for lesado ou
ameaçado de lesão.
(III) A norma que garante às presidiárias
condições para que possam permanecer com
seus filhos durante o período de amamentação 20) A República Federativa do Brasil constitui-
não tem aplicabilidade imediata, pois depende da se em Estado democrático de direito e tem
construção de celas apropriadas. como fundamentos:

(IV) A instituição do júri popular pode ser abolida a) a soberania e a segurança nacional.
pela lei processual, desde que se garanta ao
acusado um julgamento imparcial.
CENTRAL DE CURSOS PROF. PIMENTEL
SEFAZ – DIREITO PENAL
4

b) a soberania, a cidadania, a dignidade da b) a intimidade e a vida privada bem como a


pessoa humana, os valores sociais do trabalho e inviolabilidade do sigilo de dados, da
da livre iniciativa e o pluralismo político. correspondência e das comunicações telegráficas
c) a livre iniciativa, a dignidade do trabalhador, a e telefônicas, salvo, em qualquer hipótese, por
soberania, a cidadania e o valor social do ordem judicial, para investigação civil ou criminal.
pluralismo democrático. c) a validade jurídica da utilização, no processo,
d) a soberania, a cidadania, os valores sociais da de provas obtidas por meios ilícitos, para fins de
livre iniciativa, o trabalho dignificante e o persecução criminal, desde que se trate de tráfico
pluralismo ideológico. de drogas, crimes do colarinho branco ou crimes
e) a independência nacional, a autodeterminação definidos em lei como hediondos.
dos povos a igualdade entre os Estados, a defesa d) a extradição de brasileiro naturalizado nas
da paz e solução pacífica dos conflitos. hipóteses de prática de crime comum após a
naturalização ou de suspeita de envolvimento em
21) Assinale a alternativa correta: tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins.
e) O Brasil não se submete à jurisdição de
a) O "habeas -data" tutela a liberdade de Tribunal Penal Internacional a cuja criação tenha
locomoção. manifestado adesão.
b) O mandado de segurança tutela a liberdade de
locomoção.
c) O "habeas -corpus" tutela o direito líquido e 24) Leia, analise e responda:
certo que não seja o de locomoção.
d) O mandado de segurança tutela direito líquido e I - A competência especial para os crimes contra a
certo não amparado por "habeas-corpus" ou vida é expressamente do Tribunal do Júri.
"habeas-data". II – É reconhecida a instituição do júri, com a
e) A Ação popular pode ser proposta por qualquer organização que lhe der a lei, assegurados: a
pessoa. plenitude de defesa, as votações ostensivas e a
soberania dos veredictos.
III - A Constituição Federal não manteve a
22) Em tema de Direitos e Garantias instituição do Júri, tratando da matéria apenas o
Fundamentais, é INCORRETO afirmar: Código de Processo Penal.

a) Nenhum brasileiro será extraditado, salvo o a) somente I está correta.


naturalizado, em caso de crime comum, praticado b) somente I e III estão corretas.
antes da naturalização, ou de comprovado c) somente II e III estão corretas.
envolvimento em tráfico de entorpecentes e d) Todas estão corretas.
drogas afins, na forma da lei. e) Todas estão incorretas.
b) Ninguém será privado de direitos por motivo de
crença religiosa ou de convicção filosófica ou
política, salvo se as invocar para eximir-se de 25) Cogita-se, segundo a imprensa, que o
obrigação legal a todos imposta ou recusar-se a Presidente da República vá extinguir a
cumprir prestação alternativa, fixada em lei. punibilidade dos condenados que já se
c) É inviolável o sigilo das comunicações encontrem no leito de morte. Se o fizer, fá-lo-á
telefônicas, salvo por ordem judicial, nas mediante:
hipóteses e na forma que a lei estabelecer para
fins de investigação criminal ou instrução a) anistia.
processual. b) graça.
d) a lei punirá qualquer discriminação atentatória c) indulto.
dos direitos e liberdades fundamentais. d) "abolitio criminis".
e) O direito à liberdade de manifestação do e) saída temporária.
pensamento é ilimitado.

26) Pelo princípio constitucional da presunção


23) A Constituição Federal assegura: de inocência, pode-se inferir que:

a) a inviolabilidade de domicílio, salvo em caso de a) o estado de inocência é uma condição


flagrante delito ou desastre, ou para prestar absoluta, que não pode ser alterada com sentença
socorro, ou, durante o dia, por determinação penal condenatória transitado em julgado.
judicial. b) a denúncia de uma infração penal fundamenta-
se na certeza de que o acusado é culpado.
CENTRAL DE CURSOS PROF. PIMENTEL
SEFAZ – DIREITO PENAL
5

c) o acusado, obrigado a provar sua inocência,


terá à disposição todos os meios disponíveis de GABARITO:
defesa.
d) a presunção de inocência impede restrições à 1-E
liberdade do acusado antes da sentença definitiva.
2-D
e) o estado de inocência somente pode ser
mudado com a declaração de uma sentença 3-C
judicial definitiva.
4-C
5-D
27) Diz o artigo 313, do Código Penal, in
verbis: "Apropriar-se de dinheiro ou qualquer 6-D
utilidade que, no exercício do cargo, recebeu
por erro de outrem. Pena: Reclusão, de 1 (um) 7-A
a 4 (quatro) anos." Esta forma de crime é
conhecida como: 8-B
9-B
a) peculato-furto.
b) peculato-apropriação. 10-C
c) peculato-estelionato.
d) peculato-desvio. 11-D
e) peculato-culposo. 12-C
13-B
28) Segundo a Constituição Federal, são 14-A
fundamentos da República Federativa do
Brasil: 15-C

a) construir uma sociedade livre, justa e solidária. 16-A


b) os valores sociais do trabalho e da livre
17-B
iniciativa.
c) cooperação entre os povos para o progresso da 18-C
humanidade.
d) prevalência dos direitos humanos.
19-E
e) autodeterminação dos povos.
20-B
29) Constitui objetivos fundamentais da
República Federativa do Brasil:
21-D
a) garantia do desenvolvimento regional.
22-E
b) a dignidade da pessoa humana.
c) erradicar a pobreza e a marginalização.
23-A
d) a cidadania.
e) igualdade entre os Estados.
24-E
30) São Direitos individuais ou coletivos,
25-C
insculpidos no art. 5º da Constituição Federal
da República Federativa do Brasil:
26-E
a) vida, liberdade, moradia, igualdade e
27-C
propriedade.
b) liberdade, lazer, segurança, proteção à
28-B
maternidade e saúde.
c) igualdade, propriedade, segurança, trabalho e
29-C
educação.
d) igualdade, liberdade, vida, propriedade e 30-D.
segurança.
e) assistência aos desamparados, proteção à
infância, segurança e vida. PROF: LUÍS HENRIQUE USAI.

CENTRAL DE CURSOS PROF. PIMENTEL


SEFAZ – DIREITO PENAL
6

CENTRAL DE CURSOS PROF. PIMENTEL