Você está na página 1de 27

Competência 4 – Demonstrar conhecimento dos

mecanismos linguísticos necessários para a construção da


argumentação (Coesão)
 Nessa competência, será avaliado se o candidato sabe escrever um
texto coeso. No texto dissertativo-argumentativo, as ideias precisam,
além de serem sólidas, estar bem articuladas e organizadas por meios
de parágrafos bem elaborados.
 A utilização de “conectores” deve ser explícita, ligando os
argumentos e parágrafos, evitando repetições.
 Estruturação dos parágrafos:
 Em um texto dissertativo-argumentativo, o parágrafo é formado
por uma ideia principal a qual se liga as ideias secundárias;
 Estruturação dos períodos:
 Os períodos de um texto dissertativo são, normalmente,
estruturados por duas ou mais orações, para que se possa
expressar as ideias de causa-consequência, contradição,
temporalidade, comparação, conclusão, entre outras.
 Uso de referências:
 Os lugares, pessoas, coisas, dados, informações e fatos que são
introduzidos devem ser retomados, a medida que o texto vai
progredindo. Referências podem ser expressas por meio de
pronomes, advérbios, e artigos.
Competência 4 – Demonstrar conhecimento dos
mecanismos linguísticos necessários para a construção da
argumentação (Coesão)
 Os aspectos a serem avaliados nesta Competência dizem respeito à
estruturação lógica e formal entre as partes da redação.
 A organização textual exige que as frases e os parágrafos
estabeleçam entre si uma relação que garanta a sequenciação
coerente do texto e a interdependência entre as ideias.
 Esse encadeamento pode ser expresso por conjunções, por
determinadas palavras, ou pode ser inferido a partir da articulação
dessas ideias. Preposições, conjunções, advérbios e locuções
adverbiais são responsáveis pela coesão do texto, porque
estabelecem uma inter-relação entre orações, frases e parágrafos.
 Assim, na produção da sua redação, você deve utilizar variados
recursos linguísticos que garantam as relações de continuidade
essenciais à elaboração de um texto coeso.
Competência 4 – Demonstrar conhecimento dos
mecanismos linguísticos necessários para a construção da
argumentação (Coesão)
Na avaliação desta Competência, serão considerados os seguintes aspectos:
 Encadeamento textual: para garantir a coesão textual, devem ser observados
determinados princípios em diferentes níveis:
 ƒ
Estruturação dos parágrafos: um parágrafo é uma unidade textual formada por
uma ideia principal à qual se ligam ideias secundárias. No texto dissertativo-
argumentativo, os parágrafos podem ser desenvolvidos por comparação, por causa-
consequência, por exemplificação, por detalhamento, entre outras possibilidades. Deve
haver uma articulação entre um parágrafo e outro.
 ƒ
Estruturação dos períodos: pela própria especificidade do texto dissertativo-
argumentativo, os períodos do texto são, normalmente, estruturados de modo
complexo, formados por duas ou mais orações, para que se possa expressar as ideias
de causa-consequência, contradição, temporalidade, comparação, conclusão, entre
outras.
 ƒ
Referenciação: as referências a pessoas, coisas, lugares e fatos são introduzidas e,
depois, retomadas, à medida que o texto vai progredindo. Esse processo pode ser
expresso por pronomes, advérbios, artigos ou vocábulos de base lexical, estabelecendo
relações diversas.
Aspectos que serão avaliados
pela Banca
Repertório coesivo;
Inaquações coesivas;
Coesão intraparágrafos e interparágrafos;
Repetição;
Monobloco.
Coesão intraparágrafos e
interparágrafos
Inadequação coesiva
Repetição
Monobloco
Competência IV O que é avaliado?
 Na Competência IV, o repertório de recursos
coesivos é diversificado e esses recursos são
utilizados de maneira adequada.
 Os elementos coesivos são marcadores
linguísticos que, se presentes nos textos, são
facilmente identificáveis e, quando empregados
de forma precisa, devem contribuir para a
organização e compreensão das ideias
apresentadas.
Pontos importantes
 A avaliação dos recursos coesivos diz respeito à
presença, ausência e repetição desses elementos, bem
como ao seu papel na articulação do texto. Eles serão
considerados inadequados quando forem utilizados com
função diferente daquela que lhe cabe.

 Há uma acentuada queda nas matrículas de surdos na


Educação Básica, mas é preciso investir em formas de
ampliar e aprimorar o ensino inclusivo. (em vez do
“mas”, deveria ter sido utilizado o conclusivo
“portanto”)
 O nível 0, bastante raro, é aquele em que a total
ausência de articulação se manifesta na forma de
palavras e períodos justapostos e desconexos ao longo
de todo o texto. Em alguns casos, visualmente, pode-se
ler conectivos espalhados pelo texto, mas, se todos eles
estiverem completamente “deslocados” e sem função
efetiva, essa redação continua no nível zero.
 O nível 1 se assemelha ao anterior, pois contém
períodos justapostos e desconexos, mas, nesse caso, há
raros momentos em que a coesão funciona e nos quais
se identificam coesivos atuando na articulação do texto.
Também é comum que, nesse nível, o texto apresente
uma quantidade excessiva de inadequações.

 Considera-se “inadequação” o uso equivocado do


elemento coesivo que, embora esteja presente no texto,
não consegue construir as relações de conexão
esperadas (relação concessiva, adversativa, aditiva etc.).
 O nível 2 caracteriza-se pelo repertório coesivo
limitado: ausência de recursos coesivos em muitos
momentos e/ou muitas repetições. Outra característica
desse nível são as muitas inadequações.

 Importante: Os textos em forma de monobloco (sem


paragrafação visível) não devem exceder o nível 2, mas,
conforme consta no material de leitura, não se trata de
automatizar a atribuição da nota: esse tipo de texto
pode ser avaliado nos níveis 0, 1 ou 2
 Nível 3 O repertório coesivo pouco diversificado, que
identifica esse nível, caracteriza-se pela ausência de
recursos coesivos em alguns momentos e/ou algumas
repetições. Outra característica desse nível são algumas
inadequações.
 No nível 4, encontram-se os textos em que se identifica
um repertório coesivo diversificado: a ausência de
recursos coesivos restringe-se a poucos momentos e as
repetições, se houver, são poucas. Raras inadequações
ainda são permitidas.
 No nível 5, o repertório coesivo é bastante
diversificado: a ausência de recursos coesivos, tanto
dentro quanto entre os parágrafos, se houver, será em
caráter de raridade, assim como as repetições. Por
outro lado, não são mais permitidas inadequações no
nível 5.
Dicas para tirar mais de 900 pontos
 PRATIQUE SEMANALMENTE
 TENHA UM FEEDBACK
 TENTE CONHECER O MAIOR NÚMERO DE TEMAS POSSÍVEIS
 CONHEÇA AS FALAS DE PENSADORES RELEVANTES
 CONHEÇA SEU TEMPO DE PRODUÇÃO
 ESTUDE A GRAMÁTICA
 ESTABELEÇA O MELHOR CAMINHO ARGUMENTATIVO PARA SEUS
TEXTOS
 FAÇA UM ROTEIRO