Você está na página 1de 18

| |




A forma de poder distinguir experimentalmente entre complexos de spin alto


e spin baixo è através das medidas magnéticas.

Os complexos podem ser classificados como:

DIAMAGNETICOS e PARAMAGNETICOS

DIAMAGNETICOS: tendência para serem repelidos por um campo magnético.

PARAMAGNETICOS: tendência para serem atraídos por um campo magnético

0 2{S(S+1)}1/2 b
S0 número quântico de spin total
S01/2N
0 {N(N+2)}1/2 b N0 número de electrões desemparelhados

  momento mágetico; b0 magneton Bohr0 constante


|   
   


   


    
    
 
 
  

 
  
    
  
  

  
       
      
   
  
 

  
 

  

Balança de Gouy
= =

CoF6]3- PARAMAGNÉTICO (4 electrões desemparelhados) *


Co(NH3)6]3+ DIAMAGNÉTICO

Co(III) P ƒ 60 kcal/mole

F- 0 37 kcal/ mole (fraco)


oct
NH3 0 66 kcal/ mole (forte)

Co(NH3)6]3+ CoF6]3-

P< oct P> oct 


oct oct
diamagnético paramagnético

0 e- desemparelhados 4 e- desemparelhados
Mo(V) 4d1 S 0 1/2

Fe(III) 3d5 S 0 5/2 SA


Mn(II)
S 0 1/2 SB

Fe(II) 3d6 S02 SA

S00 SB

Co(II) 3d7 S 0 3/2 SA

S 0 1/2 SB

Cu(II) 3d9 S 0 1/2

Cu(I) 3d10 S00


ï   

Tet <<< Oct ( Tet 0 4/9 Oct)

ï 
  

Estrutura Electrónica
distorções à simetria octaédrica
octaédrica tetragonal

quadrangular plana

QP
Os complexos de nc 0 4 dos seguintes iões metálicos, p
Ni(II), Pd(II), Pt(II), Au(III)
formam Complexos Quadrangulares Planos
que em geral são diamagnéticos.
O nível de energia mais elevado, dx2-y2, encontra-se vago e
todos os restantes níveis ocupados por pares de electrões.
dx -y
2 2

dxy S00
diamagnético
dz2

dyz dxz
Penta-coordenado versus hexa-coordenado
ex. proteínas hémicas

 




Teorema de Jahn-Teller distorções

Se a configuração electrónica
do estado fundamental num
complexo não linear tem
degenerescência orbital, o
complexo adquire uma
estrutura distorcida para
remover a degenesrescência e
atingir um estado de menor
energia.
Teorema de Jahn-Teller
distorções tetragonais de simetria octaédrica

³Moléculas não lineares que se encontram em estados electrónicos


degenerados tendem a apresentar estruturas distorcidas que conduzem
a menores simetrias, removendo a degenerescência e baixando a
energia.´

z out eg z in
x2-y2 z2
1/2 1 1/2 1
1
1/2 1 1/2 1
z2 x2-y2
10 Dq 0
xy xz, yz
2/3 1 1/3 1
1
1/3 1
2/3 1
xz, yz t2g xy
d1 Ti(H2O)6]3+
maior estabilização 
d6 K3CoF6
Distorção da geometria octaédrica:
- Alongamento no eixo do z e compressão nos eixos do
x e y.
- Orbitais com componentes xy aumentam a energia e
com z diminuem.
- Quebra nas degenerescências.
t2g em p e p
TETRAGONAL
eg em p e p 
  

- Afastamento dos ligandos situados nos eixos dos zz


implica estabilização nos orbitais dz2 , dxz e dyz.

No limite, quando se dá a
QUADRANGULAR PLANA
quebra de ligação, nc 0 4
==ï 

   

  


   
  !
"
  # $


!    %#