Você está na página 1de 32

APOCALIPSE

Paulo Sung Ho Won


07.08.2010

Paulo Sung Ho Won - MEP 2010


sábado, 11 de setembro de 2010
1. INTRODUÇÃO
Apocalípse capítulo 1

Paulo Sung Ho Won - MEP 2010


sábado, 11 de setembro de 2010
INTEPRETAÇÕES

1. Preterista
Os eventos são indicações de fatos que ocorreram no
passado e foram escritos para fortalecer, consolar e
encorajar a igreja do fim do 1º. séc d.C. Nessa visão,
Ap. teria apenas um valor didático.

Paulo Sung Ho Won - MEP 2010


sábado, 11 de setembro de 2010
INTEPRETAÇÕES

2. Histórico
O Ap. cobre toda a história da Igreja, desde o início
até a volta de Cristo. Somente os caps. 19~22 têm
referência a eventos futuros. Há muita disparidade na
identificação de eventos históricos que o Ap,
supostamente, menciona. É uma interpretação típica
da Reforma Protestante.

Paulo Sung Ho Won - MEP 2010


sábado, 11 de setembro de 2010
INTEPRETAÇÕES

3. Idealista ou Simbólica
O livro é constituído de quadros que apresentam
verdades espirituais, não eventos reais. Esses quadros
simbólicos se referem ao conflito entre o reino de Deus
e as forças espirituais do mal. Tudo é alegórico.

Paulo Sung Ho Won - MEP 2010


sábado, 11 de setembro de 2010
INTEPRETAÇÕES
4. Futurista
A maior parte do Ap. se refere ao tempo do fim,
especialmente os caps. 4~22. Os acontecimentos
futuros são descritos por meio de símbolos (besta,
Babilônia, Nova Jerusalém, etc). A interpretação
futurista se divide em 2 formas:
a) dispensacionalista : o livro trata de Israel e sua
restauração; a Igreja já foi retirada do mundo (cf. 4:1).
b) futurista moderada : é a Igreja que é peseguida e
sofre. Não há distinção absoluta entre Israel e Igreja.

Paulo Sung Ho Won - MEP 2010


sábado, 11 de setembro de 2010
ESTRUTURA

1ª. Visão Cristo glorificado / 7 igrejas 1~3

2ª. Visão Trono / 7 selos / 7 trombetas / 7 pragas 4~16

3ª. Visão Babilônia / Triunfo de Cristo / consumação 17~21

4ª. Visão Jerusalém celestial 21, 22

Fonte: LADD. Apocalipse. pág. 14.

Paulo Sung Ho Won - MEP 2010


sábado, 11 de setembro de 2010
Paulo Sung Ho Won - MEP 2010
sábado, 11 de setembro de 2010
PROPÓSITO

O Ap. é uma epístola apocalíptico-profética, escrita


para encorajar toda a comunidade da fé a focalizar
sua fé e vida no triunfo do reino soberano de Deus,
que foi revelado pela exaltação do Cristo de Deus.

Fonte: WALL, R.W. Revelation. pág. 39.

Paulo Sung Ho Won - MEP 2010


sábado, 11 de setembro de 2010
ESTRUTURA

1ª. Visão Cristo glorificado / 7 igrejas 1~3

2ª. Visão Trono / 7 selos / 7 trombetas / 7 pragas 4~16

3ª. Visão Babilônia / Triunfo de Cristo / consumação 17~21

4ª. Visão Jerusalém celestial 21, 22

Fonte: LADD. Apocalipse. pág. 14.

Paulo Sung Ho Won - MEP 2010


sábado, 11 de setembro de 2010
1ª. VISÃO

Paulo Sung Ho Won - MEP 2010


sábado, 11 de setembro de 2010
AP. 1:1~5A
1 Revelação de Jesus Cristo, que Deus lhe deu para mostrar aos seus servosa o
que em breve há de acontecer. Ele enviou o seu anjo para torná-la conhecida ao
seu servo João, 2 que dá testemunho de tudo o que viu, isto é, a palavra de Deus e o
testemunho de Jesus Cristo. 3 Feliz aquele que lê as palavras desta profecia e
felizes aqueles que ouvem e guardam o que nela está escrito, porque o tempo está
próximo.

4 João às sete igrejas da província da Ásia:

A vocês, graça e paz da parte daquele que é, que era e que há de vir, dos sete
espíritosb que estão diante do seu trono, 5 e de Jesus Cristo, que é a testemunha
fiel, o primogênito dentre os mortos e o soberano dos reis da terrac.

Paulo Sung Ho Won - MEP 2010


sábado, 11 de setembro de 2010
AP. 1:1~5A
1 Revelação de Jesus Cristo, que Deus lhe deu para mostrar aos seus servosa o
que em breve há de acontecer. Ele Oenviou
Nome o seu do livro
anjo para torná-la conhecida ao
seu servo João, 2 que dá testemunho de tudo o que viu, isto é, a palavra de Deus e o
testemunho de Jesus Cristo. 3 Feliz aquele que lê as palavras desta profecia e
Ἀποκάλυψις
felizes aqueles que ouvem e guardam(apocalipsis) [1xescrito,
o que nela está só no Ap] significa
porque o tempo está
próximo. “revelação” (retirar o véu para ver);

lit.: Revelação que é de Jesus Cristo (entregue


4 João às sete igrejas da
por província
Deus). da Ásia:

A vocês, graça e paz da parte daquele que é, que era e que há de vir, dos sete
espíritosb que estão diante do seu trono, 5 e de Jesus Cristo, que é a testemunha
fiel, o primogênito dentre os mortos e o soberano dos reis da terrac.

Paulo Sung Ho Won - MEP 2010


sábado, 11 de setembro de 2010
AP. 1:1~5A
1 Revelação de Jesus Cristo, que Deus lhe deu para mostrar aos seus servosa o
que em breve há de acontecer. Ele enviou o seu anjo para torná-la conhecida ao
seu servo João, 2 que dá testemunho de tudo o que viu, isto é, a palavra de Deus e o
testemunho de Jesus Cristo. 3 Feliz aquele que lê as palavras desta profecia e
felizes aqueles que ouvem e guardam o que nela está escrito, porque o tempo está
próximo.

Tema do livro
4 João às sete igrejas da província da Ásia:

A vocês, graça e pazExpor os eventos do fim da História aohápovo de dos sete


da parte daquele que é, que era e que de vir,
Deus. do seu trono, 5 e de Jesus Cristo, que é a testemunha
espíritosb que estão diante
fiel, o primogênito dentre os mortos e o soberano dos reis da terrac.

Paulo Sung Ho Won - MEP 2010


sábado, 11 de setembro de 2010
AP. 1:1~5A
1 Revelação de Jesus Cristo, que Deus lhe deu para mostrar aos seus servosa o
que em breve há de acontecer. Ele enviou o seu anjo para torná-la conhecida ao
seu servo João, 2 que dá testemunho de tudo o que viu, isto é, a palavra de Deus e o
testemunho de Jesus Cristo. 3 FelizAutor dolêlivro
aquele que as palavras desta profecia e
felizes aqueles que ouvem e guardam o que nela está escrito, porque o tempo está
próximo. João, o apóstolo cf. tradição antiga (Justino Mártir,
150 AD, e Irineu, 200 AD);
4 João às sete igrejasAlguns dizem ser um outro João
da província da Ásia:
devido sua linguagem se diferente da
A vocês, graça e pazutilizada
da parteno Evangelho,
daquele que é, e.g.
que era e que há de vir, dos sete
espíritosb que estão diante do seu trono, 5 e de Jesus Cristo, que é a testemunha
fiel, o primogênito dentre os mortos e o soberano dos reis da terrac.

Paulo Sung Ho Won - MEP 2010


sábado, 11 de setembro de 2010
AP. 1:1~5A
1 Revelação de Jesus Cristo, que Deus lhe deu para mostrar aos seus servosa o
que em breve há de acontecer. Ele enviou o seu anjo para torná-la conhecida ao
seu servo João, 2 que dá testemunho de tudo o que viu, istoDestinatário
é, a palavra de Deus e o
testemunho de Jesus Cristo. 3 Feliz aquele que lê as palavras desta profecia e
felizes aqueles que ouvem e guardam o que nela está escrito, porque o tempo está
próximo. Sete igrejas situadas
na Ásia Menor, ou seja,
na atual Turquia, onde,
4 João às sete igrejas da província da Ásia: tradicionalmente, João
foi bispo.
A vocês, graça e paz da parte daquele que é, que era e que há de vir, dos sete
espíritosb que estão diante do seu trono, 5 e de Jesus Cristo, que é a testemunha
fiel, o primogênito dentre os mortos e o soberano dos reis da terrac.
Éfeso, Esmirna, Pérgamo, Tiatira, Sardes,
Filadélfia e Laodicéia

Paulo Sung Ho Won - MEP 2010


sábado, 11 de setembro de 2010
ÁSIA MENOR

Text

Mar Mediterrâneo

Paulo Sung Ho Won - MEP 2010


sábado, 11 de setembro de 2010
APOCALIPSE

Apocalipse é, de fato, 3 coisas:

1.revelação (1:1);
2.profecia (1:3; 22:7) e
3.carta (caps. 2 e 3).

Paulo Sung Ho Won - MEP 2010


sábado, 11 de setembro de 2010
DOXOLOGIA (AP 1:5B~6)

Ele nos ama e nos libertou dos nossos pecados por meio do seu sangue, 6 e nos
constituiu reino e sacerdotes para servir a seu Deus e Pai. A ele sejam glória e
poder para todo o sempre! Amém.

δόξα + λόγος = δοξολογία


dóxa lógos doxología

Ato de glorificar a Deus

Paulo Sung Ho Won - MEP 2010


sábado, 11 de setembro de 2010
EIS QUE VEM! (AP 1:7)
7 Eisque ele vem
com as nuvens,
e todo olho o verá,
até mesmo aqueles
que o traspassaram;
e todos os povos da terra
se lamentarão por causa dele.
Assim será! Amém.

Julgamento

sábado, 11 de setembro de 2010


IDENTIDADE (AP 1:8)

8“Eu sou o Alfa e o Ômega”, diz o Senhor Deus, “o que é, o que era e o que há
de vir, o Todo-poderoso.”

ΑeΩ
A primeira e última letra do
alfabeto grego. Deus é o começo
e o fim absoluto, incluindo tudo o
que se encontra entre esses dois
extremos

Paulo Sung Ho Won - MEP 2010


sábado, 11 de setembro de 2010
IDENTIDADE (AP 1:8)

8“Eu sou o Alfa e o Ômega”, diz o Senhor Deus, “o que é, o que era e o que há
de vir, o Todo-poderoso.”

Deus Eterno

Deus é eterno, transcendente, acima da


História.

Paulo Sung Ho Won - MEP 2010


sábado, 11 de setembro de 2010
IDENTIDADE (AP 1:8)

8“Eu sou o Alfa e o Ômega”, diz o Senhor Deus, “o que é, o que era e o que há de
vir, o Todo-poderoso.”

Παντοκράτωρ

Lit. “Governador de Tudo”.


É o El-Shadai (ydv-la) do Antigo Testamento.

Paulo Sung Ho Won - MEP 2010


sábado, 11 de setembro de 2010
AP 1:9~11

9 Eu, João, irmão e companheiro de vocês no sofrimento, no Reino e na


perseverança em Jesus, estava na ilha de Patmos por causa da palavra de Deus e
do testemunho de Jesus. 10 No dia do Senhor achei-me no Espírito e ouvi por trás
de mim uma voz forte, como de trombeta, 11 que dizia: “Escreva num livro o que
você vê e envie a estas sete igrejas: Éfeso, Esmirna, Pérgamo, Tiatira, Sardes,
Filadélfia e Laodicéia”.

Paulo Sung Ho Won - MEP 2010


sábado, 11 de setembro de 2010
AP 1:9~11

9
Eu, João, irmão e companheiro de vocês no sofrimento, no Local
Reino e na
perseverança em Jesus, estava na ilha de Patmos por causa da palavra de Deus e
do testemunho de Jesus. 10 No dia do Senhor achei-me no Espírito e ouvi por trás
Data 11
Ilha de Patmos: João
de mim uma voz forte, como de trombeta, que dizia: “Escreva num livrod o que
estava preso naquela
você vê e envie a estas sete igrejas: Éfeso, Esmirna, Pérgamo, Tiatira, Sardes,
ilha por causa da
Filadélfia
As revelações e Laodicéia”.
perseguição contra os
começaram no cristãos.
domingo, “dia do
Senhor”.

Paulo Sung Ho Won - MEP 2010


sábado, 11 de setembro de 2010
Ilha de Patmos,
Grécia

Paulo Sung Ho Won - MEP 2010


sábado, 11 de setembro de 2010
1ª. VISÃO (AP 1:12~20)
12 Voltei-me para ver quem falava comigo. Voltando-me, vi sete candelabros de ouro
13 e entre os candelabros alguém “semelhante a um filho de homem”e, com uma veste

que chegava aos seus pés e um cinturão de ouro ao redor do peito. 14 Sua cabeça e seus
cabelos eram brancos como a lã, tão brancos quanto a neve, e seus olhos eram como
chama de fogo. 15 Seus pés eram como o bronze numa fornalha ardente e sua voz
como o som de muitas águas. 16 Tinha em sua mão direita sete estrelas, e da sua boca
saía uma espada afiada de dois gumes. Sua face era como o sol quando brilha em todo
o seu fulgor.

17Quando o vi, caí aos seus pés como morto. Então ele colocou sua mão direita sobre
mim e disse: “Não tenha medo. Eu sou o Primeiro e o Último. 18 Sou Aquele que Vive.
Estive morto mas agora estou vivo para todo o sempre! E tenho as chaves da morte e
do Hades. 19 “Escreva, pois, as coisas que você viu, tanto as presentes como as que
acontecerão. 20 Este é o mistério das sete estrelas que você viu em minha mão direita e
dos sete candelabros: as sete estrelas são os anjos das sete igrejas, e os sete
candelabros são as sete igrejas.

Paulo Sung Ho Won - MEP 2010


sábado, 11 de setembro de 2010
1ª. VISÃO (AP 1:12~20)
12 Voltei-me para ver quem falava comigo. Voltando-me, vi sete candelabros de ouro
13 e entre os candelabros alguém “semelhante a um filho de homem”e, com uma

veste que chegava aos seus pés e um cinturão de ouro ao redor do peito. 14 Sua
cabeça e seus cabelos eram brancos como a lã, tão brancos quanto a neve, e seus
olhos eram como chama de fogo. 15 Seus pés eram como o bronze numa fornalha
ardente e sua voz como o som de muitas águas. 16 Tinha em sua mão direita sete
estrelas, e da sua boca saía uma espada afiada de dois gumes. Sua face era como o
sol quando brilha em todo o seu fulgor.

17Quando o vi, caí aos seus pés como morto. Então ele colocou sua mão direita sobre
mim e disse: “Não tenha medo. Eu sou o Primeiro e o Último. 18 Sou Aquele que
Vive. Estive morto mas agora estou vivo para todo o sempre! E tenho as chaves
da morte e do Hades. 19 “Escreva, pois, as coisas que você viu, tanto as presentes
como as que acontecerão. 20 Este é o mistério das sete estrelas que você viu em minha
mão direita e dos sete candelabros: as sete estrelas são os anjos das sete igrejas, e os
sete candelabros são as sete igrejas.

Paulo Sung Ho Won - MEP 2010


sábado, 11 de setembro de 2010
1ª. VISÃO (AP 1:12~20)
12 Voltei-me para ver quem falava comigo. Voltando-me, vi sete candelabros de ouro
13 e entre os candelabros alguém “semelhante a um filho de homem”e, com uma veste

que chegava aos seus pés e um cinturão de ouro ao redor do peito. 14 Sua cabeça e seus
cabelos eram brancos como a lã, tão brancos quanto a neve, e seus olhos eram como
chama de fogo. 15 Seus pés eram como o bronze numa fornalha ardente e sua voz
como o som de muitas águas. 16 Tinha em sua mão direita sete estrelas, e da sua boca
Autor
saía uma espada afiada de dois gumes. doeralivro
Sua face como o sol quando brilha em todo
o seu fulgor.

17 João, o apóstolo cf. tradição antiga (Justino Mártir,


Quando o vi, caí aos seus pés como morto. Então ele colocou sua mão direita sobre
150 AD, e Eu
Irineu,
sou o200 AD) e o Último. 18 Sou Aquele que Vive.
mim e disse: “Não tenha medo. Primeiro
Estive morto mas agora estou vivo para todo o sempre! E tenho as chaves da morte e
do Hades. 19 “Escreva, pois, as coisas que você viu, tanto as presentes como as que
acontecerão. 20 Este é o mistério das sete estrelas que você viu em minha mão direita e
dos sete candelabros: as sete estrelas são os anjos das sete igrejas, e os sete
candelabros são as sete igrejas.

Paulo Sung Ho Won - MEP 2010


sábado, 11 de setembro de 2010
1ª. VISÃO (AP 1:12~20)
12Voltei-me para ver quem falava comigo. Voltando-me, vi sete candelabros de ouro
13 e entre os candelabros alguém “semelhante a um filho de homem”e, com uma veste
Anjo
que(ἄγγελος)
chegava aossignifica mensageiro.
seus pés e um cinturãoNodecaso,
ouro ao redor do peito. 14 Sua cabeça e seus
cabelos oeram
significa líderbrancos como
da igreja a lã, tão brancos quanto a neve, e seus olhos eram como
(pastor...)
chama de fogo. 15 Seus pés eram como o bronze numa fornalha ardente e sua voz
como o som de muitas águas. 16 Tinha em sua mão direita sete estrelas, e da sua boca
saía uma espada afiada de dois gumes. Sua face era como o sol quando brilha em todo
o seu fulgor.

17Quando o vi, caí aos seus pés como morto. Então ele colocou sua mão direita sobre
mim e disse: “Não tenha medo. Eu sou o Primeiro e o Último. 18 Sou Aquele que Vive.
Estive morto mas agora estou vivo para todo o sempre! E tenho as chaves da morte e
do Hades. 19 “Escreva, pois, as coisas que você viu, tanto as presentes como as que
acontecerão. 20 Este é o mistério das sete estrelas que você viu em minha mão direita e
dos sete candelabros: as sete estrelas são os anjos das sete igrejas, e os sete
candelabros são as sete igrejas.

Paulo Sung Ho Won - MEP 2010


sábado, 11 de setembro de 2010
Paulo Sung Ho Won - MEP 2010
sábado, 11 de setembro de 2010
7 igrejas
estrelas
candeeiros, etc

o número da perfeição

Paulo Sung Ho Won - MEP 2010


sábado, 11 de setembro de 2010