Você está na página 1de 3
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA Coordenação Curso Tecnologia

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA

Coordenação Curso Tecnologia em Comunicação Institucional

PLANO DE ENSINO

Informações Constantes da Ficha Modelo 1 (Resolução 30/90 – CEPE – Parte fixa) Disciplina: Cerimonial, Protocolo
Informações Constantes da Ficha Modelo 1 (Resolução 30/90 – CEPE – Parte fixa)
Disciplina: Cerimonial, Protocolo e Eventos
Código: 326
Natureza: Obrigatória
Módulo:
(
) Semestral
(
) Anual
Obs. 2012
Período letivo (recomendado) x semestre
Pré-requisito: não tem
Co-requisito:
Carga Horária: 30 horas-aula
CH Total 30
Total
30
AT
15
AP
15
EST
Crédito
EMENTA (Unidade Didática)
-
conceitos e origens dos eventos;
-
classificações dos eventos;
-
diferentes tipos de eventos (tipologia);
-
etapas de planejamento e organização de eventos;
-
check-list como planejamento de eventos;
-
perfil do profissional em eventos;
-
perfil do mestre de cerimônia em eventos;
-
perfil gestor de eventos;
-
roteiro do cerimonial de um evento;
-
técnicas de oratória e apresentação pessoal;
-
técnicas de recepção (atendimento aos participantes de um evento/auditório/uso microfone);
-
logística para eventos;
-
cerimonial, protocolo, etiqueta e critérios de precedência;
-
planejar, organizar e executar eventos (pós-evento).
Informações Constantes da Ficha Modelo 2 (Resolução 30/90 – CEPE)
PROGRAMA DA DISCIPLINA
Objetivos
1 Capacitar os Tecnólogos em Comunicação Institucional em atender demandas no Planejamento
Organização de Execução de eventos em diferentes segmentos empresariais. Adquirir e aperfeiçoar
conhecimentos para a gestão de eventos corporativos e de instituições públicas no tocante ao
aprendizado de regras protocolares que envolvem o planejamento, organização e execução de
eventos diversos e também ligados ao comportamento adequados em diversas situações de convívio
pessoal e profissional voltado para eventos empresariais.
1.1 Objetivos Específicos:
1.
Fornecer informações para aplicabilidade do exercício de cerimonial, protocolo e etiqueta público
e privado;
2.
Proporcionar elementos que levem a qualidade da representatividade por parte do profissional em
Comunicação Institucional nos eventos oferecidos pelas empresas;
3.
Oferecer um diferencial no curriculum vitae dos profissionais em Comunicação Institucional no
que tange ao conhecimento em planejamento, organização, e execução de eventos empresariais.
4.
Conhecer os princípios da etiqueta profissional e empresarial.
5.
Desenvolver a habilidade de se comunicar e argumentar com segurança perante diferentes
situações e públicos (reuniões, palestras, seminários etc.).
6.
Desenvolver a habilidade e competência do bom atendimento a participantes e colaboradores em
eventos.
7.
Ampliar a capacidade de ter postura e comportamento adequados ao meio corporativo e durante
os eventos da empresa.
8.
Conhecer as premissas protocolares que envolvem o cerimonial público e privado.
9.
Desenvolver a habilidade de planejar, organizar e executar eventos de diferentes tipologias.

Unidades do Programa (desdobramento da área de conhecimento)

 
  • - Gestão de pessoas

  • - Gestão de eventos

Procedimentos Didáticos

  • - Aulas expositivas e práticas.

  • - Estudos e pesquisas para o planejamento e organização de eventos.

 
  • - Prática de execução de eventos.

Metodologia de Avaliação

  • - Participação em sala de aula: cada aluno será avaliado por sua participação em sala de aula, levando em consideração a presença, pontualidade e, sobretudo, manifestação nas discussões a serem realizadas. Também seu empenho/interesse nas atividades desenvolvidas em aula.

  • - Apresentação de trabalho (Equipe/Individual)

 
  • - Avaliação escrita

  • - Execução de pequenos eventos previamente planejados e organizados durante o semestre letivo.

Referências Bibliográficas (básica):

ALLEN, Johnny

[et al.]; Organização e gestão de eventos. {tradução de Marise Phibois e Adriana

... Kramer}. Rio de Janeiro: Elsevier, 2008.

GUIORAO, Maria Elisabeth Farina. A etiqueta que faz a diferença nas empresas. Ed. Novatec, São Paulo, 2006.

MARTINEZ, Marina. Cerimonial para executivos: guia para execução e supervisão de eventos empresariais. 3ª Ed. Porto Alegre: Sagra Luzzatto, 2001

ZANELLA, Luiz Carlos. Manual de organização de eventos: planejamento e operacionalização. 4ª Ed. São Paulo: Atlas, 2008.

Bibliografia Complementar

RIBEIRO, Célia. Etiqueta século XXI: um guia prático de boas maneiras para novos tempos. Ed. L&PM, Porto Alegre, 2008.

SANTOS, Ruzia Barbosa dos. Oratória: guia prático para falar em público. Brasília: SENAC, 2009.

Professores Responsáveis

Eliana Maria Ieger Mat.: 171999

Caracterização da Disciplina (orientação abaixo) (Art 9º da Res. 30/90-CEPE)

 

Padrão

Padrão Laboratório

Laboratório

Padrão Laboratório Campo Estágio Orientada

Campo

Padrão Laboratório Campo Estágio Orientada

Estágio

Padrão Laboratório Campo Estágio Orientada

Orientada

Padrão Laboratório Campo Estágio Orientada

No caso de mais de um tipo, informe a CH estimada

 

CH Padrão

CH Laboratório

CH Campo

CH Estágio

CH Orientada

Data elaboração do plano: 01/03/2012

Data de aprovação no Colegiado de Curso

/

/ _____

 

Profa. Flávia Lúcia Bazan Bespalhok Coordenadora do Curso

 

Art. 9º Para efeito destas normas, as atividades didáticas que compõem as disciplinas,

organizadas a partir de conteúdos de uma ou mais áreas de conhecimento e não dissociando teoria e prática, terão as seguintes características:

  • a) Padrão (PD): conjunto de estudos e atividades desenvolvidos fundamentalmente nos espaços de aprendizagem considerados padrão para as modalidades de ensino presencial e de educação à distância (EAD).

  • b) Laboratório (LB): conjunto de estudos e atividades desenvolvidos fundamentalmente em espaços de aprendizagem estabelecidos com infra-estrutura especializada, tais como laboratórios, oficinas e estúdios.

  • c) Campo (CP): conjunto de estudos e atividades desenvolvidos fundamentalmente mediante atividades de campo.

  • d) Estágio (ES): conjunto de estudos e atividades desenvolvidos fundamentalmente em ambientes de trabalho mediante estágios regulados pela Lei nº 11.778, de 25 de setembro de 2008.

  • e) Orientada (OR): conjunto de estudos e atividades direcionados à vivência na atuação acadêmica e/ou profissional, em seus mais amplos aspectos, desenvolvidos em espaços educacionais internos e/ou externos à UFPR, com a participação direta de docente responsável.

Parágrafo único. Poderão ser consideradas como atividades didáticas orientadas (OR), e constar como tal nos projetos pedagógicos dos cursos, as atividades específicas para a formação de professores, as atividades de projetos (planejamento, elaboração e execução), os trabalhos de curso (TC) ou de conclusão de curso (TCC) e as atividades de treinamento em serviço, dentre outras que venham a ser assim consideradas pelos departamentos ou unidades responsáveis pela oferta em conjunto com os colegiados de curso.

Art. 10 - A partir do ano de 2011, o projeto pedagógico do curso deverá prever a integralização curricular com base em horas (60 minutos) de efetivo trabalho acadêmico.

Parágrafo único. Os currículos dos cursos de graduação e as fichas nº 1 das disciplinas existentes serão revisadas, para o enquadramento nas características estabelecidas pelo art. 9º desta Resolução, mediante reforma ou ajuste curricular, a partir do ano de 2011, na medida da necessidade de cada curso.