Você está na página 1de 2

HISTÓRIA DA ARTE

A arte sempre esteve presente no nosso contexto histórico, e um dos


períodos mais remotos documentado ate hoje foi a arte rupestre onde o
homem pré-histórico se expressava artisticamente através de desenhos feitos
nas paredes das cavernas, as pinturas mostravam os animais e pessoas do
período em que vivia, além de cenas de seu cotidiano;
A partir deste período foram surgindo novos movimentos, atualmente
estamos na era artística contemporânea, quando teve inicio o movimento se
tratava de um processo destituído de técnicas e de estipulação de objetos, que
considerava essencial a linguagem expressiva, configurando-se em uma
linguagem experimental.
Surgindo no inicio da década de 1960 influencio a sociedade, de
maneira ambígua, alguns diziam se tratar de anti-arte, pois além de romper os
padrões tradicionais não era a arte dos grandes salões, outros porem á
julgavam pelo caráter próprio, e a proximidade da cultural popular.
Foi a partir desta tendência da livre expressão que se ampliaram as
escolas particulares denominadas “escolinhas de arte”, com intuito de
desenvolver no aluno percepção, imaginação.
Na escola essa iniciativa ampliou a utilização de novos meios de
aprendizagem, os professores passaram a trabalhar histórias em quadrinhos,
cinema, televisão e arte digital com as crianças.
Assim como a arte contemporânea parecia um conceito sustentável, que
trabalhava a livre expressão e a utilização de novos recursos por outro lado
parecia não ter uma seqüência organizada para a escola e desta forma abriu
lacunas para novos questionamentos. Foi então nesta época que deram
evasão as novas teorias que mais tarde viriam a ser eixos na educação
artística.
Um dos pesquisadores que fundamentou e fundamenta a teoria sócio
interacionista atual foi Fernando Hernández que reafirmava a idéia de trazer
aparatos didáticos para a sala de aula, tais como, rótulos de embalagens, vídeo
clipes, internet, outdoors, etc.. trabalhando assim o aluno mais perceptivo e
critico.
Outro importante nome responsável por influenciar o ensino de arte atual
foi Ana Mae Barbosa uma das pesquisadoras que revolucionou o ensino de
artes, desenvolvendo a idéia de que o aluno deve adquirir o aprendizado
através da leitura das obras, da historia da arte e da pratica da arte, essa nova
concepção é chamada de proposta triangular deu um novo segmento ao
ensino trazendo assim uma amplitude mais organizada ao currículo escolar.
• Ldb de 1960- musica, dança, teatro, artes visuais
• Escolinhas de arte
• Licenciatura em artes de dois anos
• Ldb de 1996- obrigatoriedade no currículo- abrangência da 4
linguagens
• Tendência atual- sócio interacionismo

A primeira característica é o pragmatismo, ou seja, a arte produzida possuía uma


utilidade, material, cotidiana ou mágico-religiosa: ferramentas, armas ou figuras que
envolvem situações específicas, como a caça. Cabe lembrar que as cenas de caça
representadas em cavernas não descreviam uma situação vivida pelo grupo, mas possuía
um caráter mágico, preparando o grupo para essa tarefa que lhes garantiria a
sobrevivência.

O modelo de mundo da civilização ocidental nos fez crer que tudo é


transformável em mercadoria e, portanto, intercambiável.