Você está na página 1de 4

Apresenta

Guia Básico de Direitos


Editoriais Musicais
Lucre o máximo com a sua música
Você, compositor, tem direito a ganhar
dinheiro toda vez que uma música que compôs “Direitos editoriais são a propriedade e
for comprada, tocada em “streaming”, tocada no exploração de canções na forma de direitos
rádio, virar um cover, ser tocada em lugar público, autorais musicais.”
for ouvida no YouTube, virar um “sample” (trecho – Randall Wixen, The Plain and Simple Guide
de música usado em outra música), for vendida to Music Publishing (o guia simples de direitos
como partitura, for usada na trilha sonora de editoriais, em inglês)
filme, programa de TV, comercial, videogame ou
apresentação. Na maioria dos aspectos da vida, “exploração”
é uma coisa ruim, mas no mercado fonográfico,
Hoje em dia, os compositores têm mais chance explorar os direitos autorais de uma música é
do que nunca de conseguir uma renda polpuda uma coisa muito, mas muito boa! Isso quer dizer
com suas músicas. Os direitos editoriais têm um que os donos de uma canção (música e letras)
grande peso nessa fórmula, mas também são um estão colocando essa música em um uso que
dos aspectos menos compreendidos do mercado gere dinheiro. Seja ele:
fonográfico.
• Direito fonomecânico
Mas ter acesso a essa renda não significa que os • Direitos autorais de execução pública
compositores entendam sobre ela; e só porque o • Autorização para sincronização (uso do som
autor independente PODE ganhar dinheiro com em filme, TV ou videogame)
direitos editoriais, não significa que ele saiba • Autorização para uso como sample (trecho
COMO fazer isso. É aí que entra o Guia Básico de uma música usado em outro)
de Direitos Editoriais da CD Baby! • E direitos impressos sobre partituras

Neste guia, vamos dar a estrutura básica de como E o que é um direito autoral
esses direitos funcionam e esclarecer os aspectos
mais confusos do direito editorial de música. musical?
Direito autoral é o nome para propriedade
Então vamos começar... intelectual que é parecida com a patente de um
produto ou o registro de uma marca. Uma vez
que uma composição tenha sido registrada em
um meio que possa ser reproduzido (gravada ou
escrita de alguma forma), o compositor passa
a ter os direitos exclusivos sobre essa música.
Esses direitos incluem:

• o direito de reproduzir essa música


• o direito de distribuir essa música
• o direito de executar essa música em público
• o direito de usar essa música para criar
O que são direitos editoriais? outros trabalhos

Uma anedota: Por falar em partitura, foi exatamente por causa dela
que esse negócio passou a chamar direitos editoriais — porque
antes do surgimento da rádio e da gravação sonora, a edição de
partituras era um dos únicos jeitos de se ganhar dinheiro com uma
composição.

2 GUIA BÁSICO DE DIREITOS EDITORIAIS MUSICAIS


LUCRE O MÁ XIMO COM A SUA MÚSICA
Um dos elementos-chave dos direitos padrão de direitos entre compositor e editora
editoriais é o fato de cada música gravada ter é de 50/50 — mas 50% é um preço pequeno
dois tipos de direitos autorais distintos (que a se pagar, se essa empresa estiver usando
nem sempre são explorados pela mesma todo o seu conhecimento de mercado para
pessoa ou mesma empresa). gerar uma grande renda com a exploração
dos seus direitos autorais.
Esses dois direitos autorais distintos são:
De onde vem o dinheiro dos
1. A composição em si — a melodia e as
letras de uma canção, separadas de qualquer
direitos editoriais?
gravação ou composição. Esse direito autoral
Você já parou para se perguntar por que o
é do compositor e/ou editor.
autor principal daquelas megabandas de
rock dos anos 1970 podia ter três mansões,
2. A gravação sonora — uma versão gravada
enquanto os outros membros da banda só
de uma composição musical. Esse direito
podiam bancar uma casa? Bom, os direitos
autoral é de propriedade do intérprete e/ou
editoriais têm potencial de gerar uma boa
gravadora.
grana para compositores. Eis como:
Os direitos editoriais passam pela exploração
Direitos Fonomecânicos — Você,
da primeira forma de direito autoral.
compositor/editor, tem direito a um royalty a
cada vez que sua composição for reproduzida
Quem é o dono dos direitos (em disco de vinil, fita, CD, MP3, etc.). O direito
editoriais, e como esse dinheiro é fonomecânico corresponde, nos EUA, a US$
dividido? 0,091 por cópia produzida (independente de
se esses álbuns ou singles vão ser vendidos
Se você é compositor e não assinou um ou não).
contrato com uma editora musical — você é Isso também vale se algum outro artista for
o dono! Você será considerado o compositor fazer um cover da uma música sua, ou se você
E o editor. Você tem direito às duas partes mesmo está gravando. (Ainda que, se você
(50% por ser compositor e 50% por ser estiver agindo como sua própria gravadora,
editor) de qualquer direito fonomecânico, estará basicamente pagando esse royalty/
direitos autorais de execução pública ou direito para si mesmo).
licenças para usos em produtos que essa
música possa gerar. Entretanto, você é o Direitos autorais de execução pública —
responsável por explorar os direitos autorais Você, compositor/editor, tem direito a um
das suas músicas, e cabe a você coletar os royalty sempre que suas composições forem
pagamentos de royalties. tocadas “em público”. Isso inclui:

A segunda parte dessa equação é com certeza • tocar em rádio ou rádio por satélite
mais fácil que a primeira, então às vezes (Sirius, KEXP, etc.)
vale mais a pena trabalhar com uma editora • ser usada na TV, aberta ou fechada
musical que possa (seja por um período • ser tocada em rádios online
estabelecido de tempo ou para sempre) te • ser tocada em serviços de “streaming”
auxiliar a encontrar jeitos de usar com suas musical (Spotify, Pandora, etc.)
músicas. O que essa editora ganha nesse tipo • ser tocada em casas de show
de negócio? Como eu disse acima, a divisão

3 GUIA BÁSICO DE DIREITOS EDITORIAIS MUSICAIS


LUCRE O MÁ XIMO COM A SUA MÚSICA
Autorizações para sincronização (usos pagos por estações de rádio, casas de show
em outros produtos) — Quando uma e redes de TV para Associações de Direitos
gravação é usada como trilha sonora de de Execução, como: ABRAMUS, AMAR,
um programa de TV, filme, comercial, ASSIM, SBACEM, SICAM, SOCINPRO e
videogame, apresentação ou vídeo do UBC no Brasil, e SPA em Portugal. Que
YouTube, um pagamento deve ser feito depois distribuem o dinheiro para seus
ao compositor, ao editor E ao dono dos associados, sejam eles compositores ou
direitos autorais da gravação master. editores.
No jargão do mercado, a gente fala que
essa música foi “sincronizada” com uma Muitos compositores se afiliam com
imagem em movimento, e por isso que organizações como essas, mas não se
essa autorização se chama “Licenciamento inscrevem também como editores. Se
de sincronização”! você só for registrado como compositor,
pode coletar 50% dos direitos editoriais.
Autorização para uso de samples (um Mas você está deixando de ter acesso à
trecho da sua música é usado em outra) metade do editor. Para coletar TODO o
— Ambos os detentores dos direitos dinheiro a que você tem direito, inscreva
autorais (o dono da gravação master e sua música no Serviço de Administração
o dono da composição) têm direito a editorial CD Baby Pro (mais detalhes
receber dinheiro, se outro artista usar um abaixo) — e a gente vai coletar a metade
trecho de uma música deles em uma nova dos direitos editoriais a que o editor tem
canção. direito!

Direitos de impressão para partituras


— Você, compositor/editor, tem direito
Quer ajuda na coleta do
a receber a cada vez que sua música for dinheiro a que você tem direito?
duplicada em forma impressa, o que inclui
partituras, livros etc. Como você pode ver, há muita coisa para
se entender sobre direitos editoriais. Esse
guia só dá uma arranhada na superfície do
O que é uma Associação de assunto, mas uma coisa deve ficar clara: há
Direitos de Execução? bom dinheiro para se ganhar com a sua
Direitos autorais de execução pública são música.

A CD Baby quer garantir que você esteja recebendo todo o


dinheiro a que tem direito.

Inscreva-se no serviço de Administração editorial CD Baby Pro para


lucrar o máximo o possível com sua música
Como funciona
1. A gente vai te proporcionar informações e te ajudar a se
inscrever em uma Associação de Direitos de Execução,
se você já não for inscrito.
2. Vamos registrar suas músicas no mundo todo (com
Associações de Direitos de Execução, Organizações de
Direitos Fonomecânicos, YouTube e outros órgãos).
3. Vamos recolher os royalties por você e pagá-los
diretamente a você!
Inscreva-se no site CDBabyPublishing.com

4 GUIA BÁSICO DE DIREITOS EDITORIAIS MUSICAIS


LUCRE O MÁ XIMO COM A SUA MÚSICA