Você está na página 1de 128

Ubiratan da Silva Meireles

Língua Inglesa -
Nível Básico

Montes Claros/MG - 2014


Copyright ©: Universidade Estadual de Montes Claros
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS - UNIMONTES

REITOR CONSELHO EDITORIAL


João dos Reis Canela Ana Cristina Santos Peixoto
Ângela Cristina Borges
VICE-REITORA Betânia Maria Araújo Passos
Maria Ivete Soares de Almeida Carmen Alberta Katayama de Gasperazzo
César Henrique de Queiroz Porto
DIRETOR DE DOCUMENTAÇÃO E INFORMAÇÕES Cláudia Regina Santos de Almeida
Humberto Velloso Reis Fernando Guilherme Veloso Queiroz
Jânio Marques Dias
EDITORA UNIMONTES Luciana Mendes Oliveira
Conselho Editorial Maria Ângela Lopes Dumont Macedo
Prof. Silvio Guimarães – Medicina. Unimontes. Maria Aparecida Pereira Queiroz
Prof. Hercílio Mertelli – Odontologia. Unimontes. Maria Nadurce da Silva
Prof. Humberto Guido – Filosofia. UFU. Mariléia de Souza
Profª Maria Geralda Almeida. UFG. Priscila Caires Santana Afonso
Prof. Luis Jobim – UERJ. Zilmar Santos Cardoso
Prof. Manuel Sarmento – Minho – Portugal.
Prof. Fernando Verdú Pascoal. Valencia – Espanha. REVISÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA
Prof. Antônio Alvimar Souza - Unimontes. Carla Roselma
Prof. Fernando Lolas Stepke. – Univ. Chile. Waneuza Soares Eulálio
Prof. José Geraldo de Freitas Drumond – Unimontes.
Profª Rita de Cássia Silva Dionísio. Letras – Unimontes. REVISÃO TÉCNICA
Profª Maisa Tavares de Souza Leite. Enfermagem – Unimontes. Karen Torres C. Lafetá de Almeida
Profª Siomara A. Silva – Educação Física. UFOP. Viviane Margareth Chaves Pereira Reis

DESIGN EDITORIAL E CONTROLE DE PRODUÇÃO DE CONTEÚDO


Andréia Santos Dias
Camilla Maria Silva Rodrigues
Fernando Guilherme Veloso Queiroz
Magda Lima de Oliveira
Sanzio Mendonça Henriiques
Wendell Brito Mineiro
Zilmar Santos Cardoso

Catalogação: Biblioteca Central Professor Antônio Jorge - Unimontes


Ficha Catalográfica:

2014
Proibida a reprodução total ou parcial.
Os infratores serão processados na forma da lei.

EDITORA UNIMONTES
Campus Universitário Professor Darcy Ribeiro
s/n - Vila Mauricéia - Montes Claros (MG)
Caixa Postal: 126 - CEP: 39.401-089
Correio eletrônico: editora@unimontes.br - Telefone: (38) 3229-8214
Ministro da Educação Diretora do Centro de Ciências Biológicas da Saúde - CCBS/
Aloizio Mercadante Oliva Unimontes
Maria das Mercês Borem Correa Machado
Presidente Geral da CAPES
Jorge Almeida Guimarães Diretor do Centro de Ciências Humanas - CCH/Unimontes
Antônio Wagner Veloso Rocha
Diretor de Educação a Distância da CAPES
João Carlos Teatini de Souza Clímaco Diretor do Centro de Ciências Sociais Aplicadas - CCSA/Unimontes
Paulo Cesar Mendes Barbosa
Governador do Estado de Minas Gerais
Antônio Augusto Junho Anastasia Chefe do Departamento de Comunicação e Letras/Unimontes
Sandra Ramos de Oliveira
Vice-Governador do Estado de Minas Gerais
Alberto Pinto Coelho Júnior Chefe do Departamento de Educação/Unimontes
Andréa Lafetá de Melo Franco
Secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior
Narcio Rodrigues da Silveira Chefe do Departamento de Educação Física/Unimontes
Rogério Othon Teixeira Alves
Reitor da Universidade Estadual de Montes Claros - Unimontes
João dos Reis Canela Chefe do Departamento de Filosofia/Unimontes
Ângela Cristina Borges
Vice-Reitora da Universidade Estadual de Montes Claros -
Unimontes Chefe do Departamento de Geociências/Unimontes
Maria Ivete Soares de Almeida Antônio Maurílio Alencar Feitosa

Pró-Reitor de Ensino/Unimontes Chefe do Departamento de História/Unimontes


João Felício Rodrigues Neto Francisco Oliveira Silva
Jânio Marques Dias
Diretor do Centro de Educação a Distância/Unimontes
Jânio Marques Dias Chefe do Departamento de Estágios e Práticas Escolares
Cléa Márcia Pereira Câmara
Coordenadora da UAB/Unimontes
Maria Ângela Lopes Dumont Macedo Chefe do Departamento de Métodos e Técnicas Educacionais
Helena Murta Moraes Souto
Coordenadora Adjunta da UAB/Unimontes
Chefe do Departamento de Política e Ciências Sociais/Unimontes
Betânia Maria Araújo Passos
Maria da Luz Alves Ferreira
Autor
Ubiratan da Silva Meireles
Mestre em Linguística Aplicada, graduado em Letras pela Universidade Federal de Minas Gerais -
UFMG. Professor da Universidade Estadual de Montes Claros - Unimontes - de disciplinas da área de
Língua Inglesa, Linguística, Linguística Aplicada e Metodologia de Pesquisa.
Sumário
Apresentação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9

Unidade 1 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11
I always do that, but not now . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11

1.1 Introdução . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11

1.2 The verb there to be . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11

1.3 How many/how much . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 15

1.4 Countable and uncountable nouns . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 16

1.5 Some/any/a/an . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17

1.6 What’s your style? . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18

1.7 Present continuous or present simple . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20

Resumo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24

Unidade 2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25
Yes, i did! . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25

2.1 Introdução . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25

2.2 A workday . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25

2.3 Object pronouns . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 27

2.4 In, on, at . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 29

2.5 Past simple (part 1) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 31

2.6 One/ones . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 33

2.7 Can/can’t . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 34

2.8 Back to in, on and at! time phrases . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 36

Resumo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 41

Unidade 3 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 43
I didn’t do that, did i, my dear? . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 43

3.1 Introdução . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 43

3.2 Past simple (part 2) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 43

3.3 Adverbs/adverbials and the past simple . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 47

3.4 Prepositions of place . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 49

3.5 Past simple (part 3) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 54

Resumo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 60
Unidade 4 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 61
What’s the weather like? . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 61

4.1 Introdução . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 61

4.2 Traveling around the world . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 61

4.3 Talking about the weather . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 63

4.4 Word stress . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 65

4.5 Sentence stress . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 68

4.6 Things in a house . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 70

4.7 Parts of the human body . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 72

Resumo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 77

Unidade 5 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 79
I have a terrible cold! . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 79

5.1 Introdução . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 79

5.2 Are you sick? . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 79

5.3 In a police station . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 82

5.4 Make or do? . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 83

5.5 Present or past? . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 84

5.6 Questions . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 85

5.7 Imperatives . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 88

5.8 Writing a note . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 91

Resumo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 95

Unidade 6 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 97
Being active . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 97

6.1 Introdução . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 97

6.2 Outdoor activities . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 97

6.3 Indoor activities . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 99

6.4 Collocations . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 100

6.5 Some other ways to say some things . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 103

6.6 Types of shops . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 107

Resumo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 112

Referências . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 113
Atividades de Aprendizagem - AA . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 115
Glossário . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 119
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Apresentação
Caro(a) acadêmico(a)

Bem-vindo (a) à disciplina Língua Inglesa: Nível Básico! A partir de agora você dará continui-
dade ao seu contato com a língua inglesa, adquirindo mais conhecimentos sobre os aspectos
linguísticos e culturais que envolvem esse idioma.
Esta disciplina apresenta como ementa o estudo das estruturas básicas da língua inglesa em
todos os seus aspectos a fim de:
• proporcionar ao acadêmico(a) situações autênticas de comunicação, transferindo para si-
tuações reais as estruturas elementares apresentadas e trabalhadas ao longo do período;
• promover oportunidades para a aquisição de vocabulário, desenvolvimento da comuni-
cação e das habilidades de leitura e produção de textos;
• refletir sobre questões culturais e ideológicas que envolvem o ensino-aprendizagem da lín-
gua inglesa; e
• estimular a reflexão sobre os processos de aprendizagem de forma a contribuir para a auto-
nomia do aprendiz.
Gostaríamos de dizer que a aprendizagem de uma língua estrangeira exige do aprendiz mui-
ta determinação e dedicação. Assim, siga corretamente as orientações propostas aqui e dedique-
-se bastante ao estudo do inglês.
Bons estudos!

O autor.

9
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Unidade 1
I always do that, but not now

1.1 Introdução
Nesta unidade, você será introduzido ao verbo THERE TO BE, tomará contato com as QUES-
TION WORDS HOW MANY/HOW MUCH, com os substantivos contáveis e incontáveis e com os
pronomes indefinidos SOME e ANY. Além disso, verá as formas do artigo indefinido A/AN e as
diferenças de uso entre o PRESENT CONTINUOUS e o PRESENT SIMPLE. No que diz respeito ao vo-
cabulário, você verá o tópico WHAT’S YOUR STYLE? Na seção READING PASSAGE, você lerá o texto
“AS COMMUTES BEGIN EARLIER, NEW DAILY ROUTINES EMERGE” e fará a atividade de LISTENING
sobre a música RUSH HOUR, interpretada por Jane Wiedlin.

1.2 The verb there to be


Um dos erros mais frequentes do falante de inglês brasileiro está relacionado ao verbo em
questão. Isso por que normalmente o verbo THERE TO BE é trocado pelo verbo HAVE. Assim, em
vez de usar o verbo adequado para o contexto, os aprendizes insistem em transferir as possibili-
dades da estrutura do português para o inglês. Veremos isso, em detalhes, mais adiante.
Esse verbo do inglês tem duas formas no presente, que se resumem em THERE IS e THERE
ARE. Isso mesmo! Uma forma, a primeira, é a de singular, a outra é a de plural. Você deve estar
pensando que já viu as formas IS e ARE por aí, não é mesmo? E você as viu sim! São duas das três
formas do verbo TO BE. E por que a semelhança? Porque o verbo THERE TO BE é um composto
desse verbo, mas seu significado é bem diferente. Então, veja as formas a seguir:

THERE IS = HÁ/EXISTE
THERE ARE = HÁ/EXISTEM

No inglês, diferentemente do português, existem duas formas do verbo haver/existir. Como


dito, uma para o singular e a outra para o plural. No português, apenas a forma HÁ é responsável
tanto pelo singular quanto pelo plural. Para que fique bem simples de você entender, let’s see the
examples!

THERE IS a car in front of my house.

singular

THERE ARE five cars involved in the accident.

plural

A partir dos exemplos, fica fácil perceber as duas formas de uso do verbo THERE TO BE,
não é? Se ainda não ficou tão claro, preste atenção. Quando temos apenas uma unidade do
substantivo, no caso A CAR, isso significa que estamos falando de singular e, portanto, você
terá que usar a forma THERE IS. Já no segundo exemplo, há cinco unidades do substantivo em
questão, ou seja, FIVE CARS. Nesse caso, a forma a ser empregada é THERE ARE, pois se trata de
plural, all right?

11
UAB/Unimontes - 2º Período

Activity 1
Describe the house plant using the verb THERE TO BE as in the example.

There is a rear porch.


___________________________.
___________________________.
___________________________.
___________________________.
___________________________.
___________________________.
___________________________.
___________________________.

Figura 1: Architectural ►
plant
Fonte: http://www.
dickoatts.com/two-
-bedroom-house-
-plans-for-small-land/
two-bedroom-house-
-plans-small-front-porch-
-medium-rear-porch-
-large-bedrooms/ Acesso
em 01 jun. 2013.

12
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Para perguntar usando o verbo THERE TO BE, basta trocar seus termos de lugar. Então, para
THERE IS, teremos IS THERE e para THERE ARE teremos ARE THERE, entendeu? Então, vamos pôr
este conhecimento em prática.

Activity 2
Complete the dialogue using the forms of the verb THERE TO BE.
◄ Figura 2: A girl talking
to a boy
- Hi, Daniel! How are you?
Fonte: http://fernan-
- Good! And you Joan? dinhaff.blogspot.com.
- Really well! Daniel, _______________ a porch in your house? br/2010_08_01_archive.
- Yes, ________________ a very big porch. Why? html Acesso em 05 jun.
2013.
- Just for curiosity! And __________________ any bedrooms?
- Of course! Are you joking?
- No, it’s serious!
- __________________ cars in the garage?
- Yes, but _____________________ only one car.
- That’s all!
- What’s that for?
- Curiosity, Daniel!
- Girls! See ya!
- See ya!

Agora que você já sabe como afirmar e perguntar coisas com o verbo THERE TO BE só falta
aprender a usar a forma de negação, não é? Bem, se você se lembrar do verbo TO BE, também
será capaz de usar o seu composto de forma adequada na negativa. Se você pensou em acres-
centar o advérbio de negação NOT depois das formas IS e ARE, acertou! Assim, teremos:

THERE IS NOT e THERE ARE NOT

Então, agora você já sabe como usar o verbo THERE TO BE nas formas afirmativa, negativa e
interrogativa. Basta praticá-las. Para isso, let’s do the following activity.

Activity 3
Use the forms of the verb THERE TO BE.

◄ Figura 3: A lamp
Fonte: http://www.ikea.
com/us/en/catalog/pro-
ducts/80146777/ Acesso
em 05 jun. 2013.

__________ a lamp in my bedroom.

13
UAB/Unimontes - 2º Período

◄ Figura 4: A table
Fonte: http://blog.gessato.
com/2011/11/08/reclai-
med-wood-tables-and-
-furniture-by-manoteca/
manoteca-repurposed-
-objects-design-gessato-
-gblog-2/ Acesso em 05
jun. 2013.

_____________ a chair and a table in my bedroom.

◄ Figura 5: A duck
Fonte: http://www.freei-
mages.co.uk/galleries/
home/playroom/ Acesso
em 05 jun. 2013.

__________________ a duck in the picture.

◄ Figura 6: Colored balls


Fonte: http://www.
oddballs.co.uk/juggling-
-balls-silx-juggling-balls-
-c-1190_2171.html Acesso
em 05 jun. 2013.

__________________ colored balls in the photo.

That’s it! Você acabou de conhecer todas as formas básicas do verbo THERE TO BE. Mas, lem-
bra que os brasileiros aprendizes de inglês costumam fazer uma troca entre o verbo THERE TO BE
e o HAVE? Como seria isso? Let’s see it! Look at the example.

Have two cars in my street.

Embora a estrutura pareça ser usada sem problema no português, ela não se aplica ao in-
glês no contexto em questão. Diríamos tranquilamente “tem dois carros na minha rua”, mas isso é
português. Em inglês, sempre que o verbo HAVER/EXISTIR precisar ser utilizado, as formas corre-
tas serão as que foram apresentadas. Portanto, a estrutura correta seria:

There are two cars in my street.

Isso mostra que o verbo HAVE, que pode ser usado no sentido de HAVER/EXISTIR no portu-
guês, em inglês, só pode ser usado, como verbo principal, para indicar posse, ok?
Há algumas palavras bem usadas com o verbo THERE TO BE. E, por andarem bem juntas
dele, serão apresentadas a seguir. Preste bastante atenção e siga em frente.

14
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

1.3 How many/how much


A fim de tratar de quantidades, muitas vezes você precisará recorrer às expressões do item
1.3. No entanto, antes de usá-las, você deverá saber quando poderão ser usadas, não é mesmo?
E, para isso, precisará entender que os substantivos (nouns) estão divididos em duas categorias:
contáveis (countable) e incontáveis (uncountable). Porém, há distinções entre o que considera-
mos contável ou incontável entre o português e o inglês. Vamos ver alguns exemplos?

Quero dois queijos, Sr. João, e dois pãezinhos.

substantivo substantivo
contável contável

Se fosse em inglês, tal pedido não poderia ser feito com queijos e pães no plural, simples-
mente, porque os substantivos queijo e pão são incontáveis naquele idioma. E como você saberá
se está lidando com um substantivo contável ou incontável, deve estar se perguntando? Bem,
todos os substantivos contáveis têm forma de plural. Simples assim! No caso do exemplo dado:

queijo (singular) - queijos (plural)


pãozinho (singular) - pãezinhos (plural)

Agora, você verá outro exemplo, desta vez, com os incontáveis, ok?

arroz (singular) - arroz (não tem plural)


dinheiro (singular) - dinheiro (não tem plural)

Não costumamos falar arrozes ou dinheiros, pois esses substantivos são incontáveis. O que
acontece no português é que muitas vezes temos a embalagem como referência, e não a subs-
tância. Então, quando pedimos dois leites, na verdade, estamos pedindo dois litros de leite ou
duas farinhas de trigo, quando a referência seria a dois pacotes do produto. Isso costuma con-
fundir bastante os aprendizes de inglês quando precisam se deparar com a questão do que pode
ser considerado contável ou incontável no inglês.
Agora, você terá mais condições de entender o funcionamento desses substantivos no in-
glês. Para tanto, vamos analisar os mesmos exemplos, tentando ressaltar as diferenças, ok? Po-
rém, antes de começar, é preciso dizer que HOW MUCH (quanto/a) sempre acompanhará os
substantivos incontáveis, enquanto HOW MANY (quantos/as) os contáveis. So, pay attention to
the examples and try to see the differences.

How much cheese is there in the fridge?

Uncountable noun

Enquanto no português queijo é contável, em inglês não o é, quando se trata da substância.


No entanto, quando estivermos nos referindo a tipos de queijo, ele terá plural. No caso de o usar-
mos nos referindo à substância, a maneira correta de perguntar a quantidade deve ser expressa
com HOW MUCH. Traduzindo, temos: “Quanto queijo há na geladeira?” Já para um substantivo
contável, no caso, maçãs, a expressão de quantidade que o acompanharia seria HOW MANY. Let’s
see the example!

How many apples are there in the table?

Countable noun

Então, podemos resumir o uso das expressões de quantidade em questão com a seguinte
regra de combinação:
15
UAB/Unimontes - 2º Período

HOW MUCH + UNCOUNTABLE NOUN


HOW MANY + COUNTABLE NOUN

Assim, você sempre terá que recorrer ao substantivo, em negrito nos dois exemplos dados
(cheese/apples), para saber se terá que usar uma ou outra expressão. As duas expressões são
bem fáceis de memorizar e usar. O importante agora é conhecer bem os substantivos contáveis e
os incontáveis. É sobre isso que falaremos.

1.4 Countable and uncountable


nouns
Conforme tudo o que já foi dito, os substantivos contáveis são todos aqueles que apresen-
tam uma forma para o plural, ao passo que os incontáveis só possuem a forma de singular. Se
é tão simples assim, então por que gastar tempo com isso? Pois, como dito e demonstrado, há
diferenças marcantes entre o que consideramos contável/incontável no português e o que o é
no inglês.
Como o conceito que diferencia contáveis de incontáveis é bem simples, iremos direto ao
ponto através de uma atividade na qual você tentará classificar o que pensa ser contável ou in-
contável, ok? Isso porque a maior parte do trabalho que você deverá despender para aprender
este assunto diz respeito à memorização. Afinal, como saberá, de antemão, se um dado substan-
tivo tem forma de plural? Isso seria muito fácil de descobrir no português, mas não no inglês,
uma vez que seu léxico pessoal é bem limitado e também pelo fato de você não ter a intuição
de um nativo da língua, certo? Diante disso, a melhor maneira é conviver com os substantivos e
memorizar os que são incontáveis. E por que os incontáveis? Porque os contáveis costumam ser
a regra. Let’s get down to business!

Activity 4
Put U (uncountable) or C (countable).
( ) cheese ( ) rice
( ) banana ( ) cake
( ) coffee ( ) salt
( ) money ( ) milk
( ) toy ( ) lamp
( ) water ( ) meat

Activity 5
Now use HOW MUCH/HOW MANY in the following questions.

_______________ sugar do you need?


_______________ apples do you eat a day?
_______________ places do you visit a year?
_______________ time do you have?
_______________ money do you earn a month?
_______________ English words do you know?
_______________ water do you drink a day?
_______________ students are there in your class?
16
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Em suma, podemos dizer que HOW MANY/HOW MUCH são expressões de quantidade que
sempre deverão ser usadas observando-se o tipo de substantivo com o qual você estiver lidando,
ou seja, contável ou incontável, ok?

1.5 Some/any/a/an
Já que estamos falando de quantidade, não poderíamos deixar de apresentar as palavras
SOME, ANY, A e AN. As duas últimas, você já viu quando tratamos dos artigos indefinidos do in-
glês, lembra? As outras duas, verá agora.
Os artigos indefinidos A/AN acompanham substantivos contáveis em sua forma de singu-
lar, como nos exemplos a seguir: A HOUSE, A CAR, AN APPLE. SOME/ANY fazem referência não
apenas ao singular, mas também ao plural. Isso quer dizer que podem se combinar com algumas
formas dos substantivos contáveis e incontáveis, certo? A questão é com que formas esses pro-
nomes e artigos deverão ser combinados. E é disso que trataremos a partir de agora. Try to learn
through the activity!

Activity 6
Try to discover the rules of usage of A/AN/SOME/ANY through the sentences given.

◄ Figura 7: A house
Fonte: http://www.ar-
qhys.com/casas/diseno-
-desafios.html Acesso
em 02 set. 2013.

That is a house. There are some houses in my district.

_________________________________________________________________

◄ Figura 8: Strawberry
Fonte: http://domes-
blissity.blogspot.com.
br/2011/09/10-ways-to-
-use-up-strawberries.
html Acesso em 02 set.
2013.

That is an strawberry. I need some strawberries to my cake.

__________________________________________________________________

17
UAB/Unimontes - 2º Período

There aren’t any houses where I live./Do you have any money?

________________________________________________________________

Então, o que você percebeu? Se notou que cada uma das palavras em questão requer uma
estrutura específica, está no caminho certo. Vamos resumir as regras de combinação a seguir
para você conferir sua aprendizagem, ok?

SOME/ANY + COUNTABLE NOUNS (PLURAL FORM)


SOME/ANY + UNCOUNTABLE NOUNS (SINGULAR FORM)
A/AN + COUNTABLE NOUNS (SINGULAR FORM)

E como fazer a distinção entre quando usar SOME e quando usar ANY? Se você analisou os
exemplos cuidadosamente já deve ter percebido. Então, vamos resumir isso a seguir.

SOME - AFFIRMATIVE FORM


ANY - NEGATIVE AND INTERROGATIVE FORMS

É isso aí! Agora, tente desenvolver a próxima atividade para fixar a aplicação das regras, ok?

Activity 7
Find out what to use - SOME/ANY/A/AN - according to the rules.

There is __________ book on the table. I want ____________ cream.


There aren’t__________ suitcases. I need to eat ___________ apple.
Are there ___________ ducks in the lake? Do you go to ___________ clubs?
There are __________ new houses near my office. I don’t need ___________ money.

Confira suas respostas e veja se conseguiu entender quando usar SOME/ANY/A/AN. Na ver-
dade, você já conhece as regras de combinação para usar cada um deles, o que precisa fazer ago-
Figura 9: Stylish girl ra é praticar bastante para consolidar esse tipo de conhecimento, ok?
Fonte: http://www.buzzle.
com/articles/things-you-
-should-not-post-on-so-

1.6 What’s your style?


cial-networking-sites.html
Acesso em 02 set. 2013.

Você certamente tem seu estilo! E cada uma das pessoas que você conhece
também tem seu estilo, não é mesmo? Agora, você aprenderá um pouquinho
do vocabulário usado para tratar de roupas e acessórios e poderá usar o PRE-
SENT CONTINUOUS para descrever esses estilos.
Some people prefer jeans, others prefer something more classical. Some
prefer sneakers and others shoes.

What do you prefer?

See the guys in the pictures and describe what they’re wearing. Start like
this:

The girl in the picture is wearing…


(look up the new words in your dictionary)

18
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

◄ Figura 10: A Stylish man


Fonte: http://www.hin-
dustantimes.com/photos-
-news/Photos-Fashion/
stylishhatpersons/Arti-
cle4-675020.aspx Acesso
em 02 set. 2013.
Figura 11: Stylish
people
Fonte: http://joannago-
ddard.blogspot.com.
Your description here: br/2008_11_01_archive.
html Acesso em 02 set.
2013.
________________________________________________________________________________ ▼

Your description here:

____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
__________________________________________________________

◄ Figura 12: Dressed for


a ball
Fonte: http://mechelepel-
lebon.com/blog/how-to-
-dress-for-a-ball/ Acesso
em 02 set. 2013.

Your description here:

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

19
UAB/Unimontes - 2º Período

Activity 8
Dica Link the numbers to the letters.
Se quiser saber mais
sobre tipos de roupas 1. saia nightgown
acesse o site: http:// 2. gravata coat
www.clothesfinder.
3. vestido socks
co.uk/garments, clique
em TYPES OF GAR- 4. camisa t-shirt
MENTS, depois clique 5. terno shirt
em VIEW STORES, para 6. camiseta skirt
cada tipo de roupa que 7. casaco shorts
você desejar ver, como,
8. meias tie
por exemplo, BABY
GROW, BIKINI, BLAZER, 9. jaqueta hat
etc. Ao clicar em uma 10. chapéu scarf
delas, várias lojas vão 11. cachecol dress
aparecer, clique em 12. camisola suit
cima de uma delas.
13. short jumper
Depois, nas laterais,
aparecerão listas com 14. calças trousers
tipos de roupas, clique 15. suéter jacket
na que te interessar e 16. sapatos sneakers
algumas imagens vão 17. tênis shoes
surgir.

1.7 Present continuous or present


simple
Já falamos dos dois tempos verbais do item 1.7, de forma isolada, apresentando-os com
suas respectivas características no caderno anterior. Agora, faremos uma revisão para, logo em
seguida, apontarmos as diferenças existentes no uso desses dois tempos verbais, ok?
O PRESENT CONTINUOUS é o tempo verbal responsável por dar aos verbos no presente uma
moldura de continuidade ou progresso, como seu próprio nome indica. Por isso ele também
pode ser chamado de PRESENT PROGRESSIVE. Mas, como assim progresso? O que está em pro-
gresso? A ação representada pelo verbo! É ela que está em progresso, isto é, acontecendo, em
andamento. Take a look at the example!

Susan is cooking now.


(Susan está cozinhando agora.)

Se você prestar atenção ao verbo COZINHAR, verá que o fato de ter sido acrescido de -ING,
no português -NDO, dá a ele um caráter dinâmico e processual. Quando dizemos que Susan está
cozinhando estamos assumindo que a ação de cozinhar ainda está acontecendo, está em anda-
mento ou em processo, correto? Não sabemos quando a ação começou, mas sabemos que ela
ainda não terminou. Essa ação está acontecendo no momento da fala. Isso mesmo!
Quando alguém diz que Susan está cozinhando, no exato momento em que diz, ela está
fazendo isso. Se alguém te perguntasse o que você está fazendo agora, o que diria? Que está to-
mando banho? Se dissesse isso estaria mentindo, pois a resposta correta seria estudando inglês
ou lendo seu caderno de inglês ou qualquer coisa do tipo, não é mesmo?
Isso nos prova que quando usamos o PRESENT CONTINUOUS para declarar algo, esse algo
precisa estar acontecendo no momento em que o declaramos. Há casos em que tal tempo verbal
servirá a outros usos, mas não trataremos disso agora. Portanto, por ora, tente assimilar somente
isso que acabamos de expor, ok?
Já o PRESENT SIMPLE tem outra aplicação. Ele é usado para falar de hábitos, rotinas, ver-
dades científicas, etc. Como assim? Vamos ver?! Try to take a look at the following examples and
analyze what is going on.

20
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

I play soccer every Sunday morning.


Para saber mais
(Eu jogo futebol todo domingo de manhã.) Embora o uso do Pre-
sent Continuous e do
Present Simple pareça
A primeira pergunta que poderíamos fazer é: eu estou jogando futebol agora? Posso enten- não trazer grandes difi-
der isso do exemplo em questão? Não! Esse caráter dinâmico e processual não pode ser expresso culdades para o apren-
pelo PRESENT SIMPLE, pelo menos no exemplo dado, e sim pelo PRESENT CONTINUOUS, con- diz, é bom lembrar que
corda? A ideia claramente contida no exemplo é a de que eu tenho o hábito de praticar a ação os aspectos Continuous
e Simple têm suas es-
expressa pelo verbo play, mas não que esteja fazendo isso no momento da minha enunciação, pecificidades. No Brasil,
da minha fala, entendeu? costumamos dizer que
Se quisesse declarar que estou jogando bola agora, deveria dizer: “I’m playing soccer now.” estamos amando fazer
O PRESENT SIMPLE também pode ser usado para falar de verdades científicas, como dissemos. algo e ao tentarmos
See the example! levar isso para o inglês
as coisas ficam meio
atrapalhadas. Falar em
Water boils at 100°Celsius. inglês “I’m loving doing
this” não é uma estru-
(A água ferve a 100 graus Celsius.) tura gramaticalmente
correta, embora possa
Essa é uma verdade científica, não é? Algo que para a química já é sabido há bastante tempo. ocorrer no uso prático
As rotinas, como dito, também podem ser expressas pelo PRESENT SIMPLE. See another example! da língua em algum
contexto. Mas, por que
tal sentença não estaria
dentro dos padrões?
Porque verbos como
Sophie wakes up at 7 o’clock, takes a shower, has break- LOVE, HATE, LIKE, HAVE
fast and goes to work. (no sentido de posse),
e outros do tipo, não
costumam aceitar -ing,
portanto, geralmente
Essa é parte da rotina de Shophie. Isso quer dizer que ela esteja fazendo isso agora? Não! não são usados com o
Mas quer dizer que ela faz isso frequentemente. Aí estão as principais diferenças entre esses dois aspecto Continuous.
tempos verbais. E agora, como você os usará? Como saberá quando usar um ou outro? Basta sa- Isso porque são verbos
ber se o que você quer expressar é (1) uma rotina, (2) um hábito, (3) uma verdade científica ou que podem ser classifi-
(4) uma ação que esteja acontecendo no momento em que você a estiver declarando. Nos três cados como de estado,
grosso modo. O aspec-
primeiros casos, use o PRESENT SIMPLE, no último, use o PRESENT CONTINUOUS, ok? to Continuous requer
Em termos de forma, vimos que são bem diferentes. Se você tiver alguma dúvida, volte ao verbos da categoria
caderno anterior e estude o assunto novamente, certo? Bem, uma coisa que poderá te ajudar de verbos de ação, e
bastante é entender o que acontece na periferia dos tempos verbais. Há algumas palavras, no não de estado. Assim,
caso os advérbios (adverbs) e locuções adverbiais (adverbials), que costumam acompanhar esses enquanto usaríamos “O
que você está achando
tempos verbais. dessa camisa?”, eles
Volte aos dois primeiros exemplos e observe as palavras em azul. No primeiro caso, temos usariam “O que você
NOW, que é um advérbio e, no segundo caso, temos EVERY SUNDAY MORNING, que é uma locu- acha dessa camisa?”
ção adverbial. Além desses advérbios de tempo (adverbs of time), há também os ADVÉRBIOS DE como na frase “What do
FREQUÊNCIA (adverbs of frequency), que, no caso, seguem principalmente o PRESENT SIMPLE. you think of this shirt?
Também usamos algo
Fique atento, pois esses advérbios e locuções acabam indicando que tempo usar, ok? Estude-os e do tipo “Estou tendo
preste bastante atenção neles quando for analisar uma dada estrutura. Agora, você fará algumas sérios problemas com
atividades para exercitar seus conhecimentos e consolidá-los, tudo bem? So, let’s go! meu filho”, enquanto
eles usariam outro
aspecto para dizer a
Activity 9 mesma coisa. Porém,
muitos brasileiros
Use the PRESENT SIMPLE or the PRESENT CONTINUOUS tense. tentariam “I’m having
serious problems with
Susan always ______________ (go) to her grandma’s house. my child”, o que limita-
ria a ação somente ao
Margareth ________________ (study) Chinese now. momento da fala, não
sendo, portanto, a me-
Jennifer never ______________ (watch) TV in the morning. lhor escolha aspectual
para representar tal
Tim and Jane _______________ (talk) on the phone right now. ideia.
Carl ________________ (play) chess every Thursday.
Christopher ________________ (play) chess with his classmate.
John and Ted are not here, they _______________ (walk).
Ice _________________ (melt) in the sun.
21
UAB/Unimontes - 2º Período

Reading passage 1
Before reading:
1. Highlight each and every cognate.

As commutes begin earlier, new daily routines emerge


By Larry Copeland, Haya El Nasser and Paul Overberg, USA TODAY
By H.Darr Beiser, USA TODAY
Early morning commuters drive toward Washington, D.C., on Interstate 66 to get a jump on the morning rush.

SMYRNA, Ga. — Harold Shaw le-


aves his home in suburban Atlanta at
Figura 13: Rush hour ► 5:30 a.m. to drive the 34 miles to his
Fonte: http://content. job at a fiber-optics cable plant. He
usatoday.com/_com-
mon/_scripts/big_picture.
gets there early enough to eat bre-
aspx?width=490&heigh akfast and read the newspaper.” The
t=328&storyURL=/news/ traffic is not as busy this time of day,”
nation/census/2007-09-
-12-commute-routine_N.
Shaw, 60, says after whipping into a
htm&imageURL=http://i. QuikTrip store Monday to use the ATM
usatoday.net/news/_pho- and get a drink. “It’s not as stressful
tos/2007/09/11/commu-
tex-large.jpg Acesso em
if you don’t have to deal with a lot of
22 de set. 2013. congestion.”
But Shaw’s reliable pre-dawn
commute forces sacrifices in his personal life. He used to turn in after catching the first few mi-
nutes of the 11 o’clock news. He’d walk or jog in the mornings. Now, he goes to bed at 9 p.m.
and rolls out at 4:30 a.m. “If I leave home after 6 and there’s an accident,” he says, “I’m late for
work.”
Americans are leaving home earlier and earlier to beat the rush and get to work on time.
Census data released today document the ever-lengthening commutes: In 2000, 1 worker in 9
was out the door by 6 a.m., the new data says; by 2006, it was 1 in 8. That might not seem like a
big change, but it has put more than 2.7 million additional drivers — for a total of 15 million —
on pre-dawn patrol.
This “commuting creep” is changing the lives of tens of millions of Americans. It affects
everything from the breakfast-food industry to television viewership trends, from traffic-signal
timing to newspaper delivery times, from carpooling patterns to personal fitness routines. In-
creasingly early commutes also are altering workers’ relationships with their families.
“What we’re seeing now is this tremendous amount of traffic even before 5 a.m. It seems
there’s a big lifestyle change here,” says Alan Pisarski, author of a wide-ranging study on com-
muting in the USA.
For Martha Perry of Wyandotte, Mich., the need to get to work early — and stay late — to
avoid traffic means 13-hour workdays and less time with her daughter Isabella, 2.
Perry, 34, is late if she’s not on metro Detroit’s Interstate 75 by 6 a.m. It’s a 45-mile commu-
te to Auburn Hills, where she manages transportation operations for Insight Network Transpor-
tation. “I want to be walking in the door between 7 and 7:30,” she says.
She stays at work until 6 p.m. or later to avoid heavy traffic going home. Her parents and
in-laws live nearby and help care for Isabella. The lifestyle seems to work, but
Perry and her husband, Scott, 30, are unsure about like having more children. “It’s still tou-
gh to find the time to care for one,” she says.
Perry says she and Scott have built the long days into their lifestyle. “We just try and make
it work,” she says. “He’s very supportive of my career. He’s offered to move close to my workpla-
ce, but I just really enjoy where we live.”
Elliot Bloom has a different take on pre-dawn commuting. He leaves his Denville, N.J.,
home at 5:15 a.m. to beat the traffic into Manhattan. His commute takes about 45 minutes —
compared with at least 90 minutes during rush hour. Bloom, 51 and a marathon runner, spends
the early morning training in Central Park and working out at the gym, then gets to his job as
chief communications officer for Travelport by 9 a.m.
Fonte: http://usatoday30.usatoday.com/news/nation/census/2007-09-12-commute-routine_N.htm Acesso em 22 set.
2013. (Adaptado)

22
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Now answer the questions according to the text:

1. What is the text about?


________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

2. Why is American daily routine changing?


________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

3. What time do people leave home nowadays?


________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

4. Which strategies are people using to solve the problem of traffic?

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

Listening 1
Listen to the song at http://www.youtube.com/watch?v=gAsLDf-tYlg and fill in the gaps with the
missing words.

Jane Wiedlin - Rush Hour

◄ Figura 14: In a rush


Fonte: http://en.wikipedia.
org/wiki/File:Rush_hour,_
Hong_Kong_MTR.jpg
Acesso em 22 set. 2013.

Something’s coming over me


I’m so dizzy I can’t see
Can’t make out the forest for the trees

My heart _____________ faster now


As the ___________’s slowing down
And suddenly I’m all alone with you

23
UAB/Unimontes - 2º Período

It’s so good
Baby, when you’re at the wheel
I can’t believe the way I feel
It’s such a _________ just being with you

We’re ___________ in the ____________


(Ooh, you send me)
You take me to the _____________
(Ooh, you send me)
You got me in the _____________

Feel it getting hot in here


___________ getting close to you dear
Slow motion moving you, _____________

Now your lips are touching _________


And in your eyes that certain shine
Honey, I know just where you’re taking me

It’s so good
Baby, when you’re at the wheel
I can’t believe the way I ________
It’s such a _________ just being with you

We’re driving in the ____________


(Ooh, you send me)
You ____________ to the rush hour
(Ooh, you send me)
You got me _______________

We’re driving in the rush hour


(Ooh, you send me)
You take me to the rush hour
(Ooh, you send me)
You got me in the rush hour

We’re driving in the rush hour


(Ooh, you send me)
You take me to the rush hour
(Ooh, you send me)
You got me in the rush hour
...
Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=gAsLDf-tYlg Acesso em 22 set. 2013.

Resumo
Nesta unidade, você foi introduzido ao verbo THERE TO BE, tomou contato com as QUES-
TION WORDS HOW MANY/HOW MUCH, com os substantivos contáveis e incontáveis e com os
pronomes indefinidos SOME e ANY. Além disso, viu as formas do artigo indefinido A/AN e as di-
ferenças de uso DO PRESENT CONTINUOUS e do PRESENT SIMPLE. No que diz respeito ao voca-
bulário, você viu o tópico WHAT’S YOUR STYLE? Na seção READING PASSAGE, você leu o texto “AS
COMMUTES BEGIN EARLIER, NEW DAILY ROUTINES EMERGE” e fez a atividade de LISTENING sobre
a música RUSH HOUR, interpretada por Jane Wiedlin.

24
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Unidade 2
Yes, i did!
2.1 Introdução
Nesta unidade, você verá os OBJECT PRONOUNS, as PREPOSITIONS IN, ON e AT e o PAST
SIMPLE (PART 1). Além disso, tomará contato com as formas dos PRONOMES ONE/ONES, com o
VERBO MODAL CAN/CAN’T e com as TIME PHRASES. No que diz respeito ao vocabulário, você
trabalhará com os termos usados em um escritório e ainda terá a oportunidade de revisar os
tempos simples e contínuos no tópico A WORKDAY. Na seção READING PASSAGE, você lerá o tex-
to “BEAUTY AND THE BEAST” e fará a atividade de LISTENING sobre a música de mesmo título,
interpretada por Céline Dion.

2.2 A workday

Figura 15: A workday ►


Fonte: http://westphilly-
tools.org/2013/06/07/2nd-
saturday-workday/ Acesso
em 03 set. 2013.

Figura 16: People


Take a look at the picture! What are the people doing? working
Fonte: http://
Se você respondeu que as pessoas estão tendo uma reunião de trabalho, acertou! Veja algu- www.theafronews.
mas das coisas que ficaram decididas na reunião. Aproveite para praticar as formas do PRESENT ca/2012/10/01/10349/
Acesso em 03 set. 2013.
CONTINOUS e do PRESENT SIMPLE.

Jeremy, the boss, is giving his team some instructions.

Bob, the man in a blue shirt, is paying total attention


to the other people.

The blond girl, Jennifer, is questioning if there is a point in


sending their clients promotional emails.

The two other girls, on the left, are asking if Jeremy knows
their client list.

The girl and the boy, on the right, are explaining their new
plan to Jeremy.
25
UAB/Unimontes - 2º Período

A atividade proposta a seguir tem por objetivo contrastar o uso dos dois tempos em ques-
tão. Ora você deverá usar o PRESENT SIMPLE, ora o PRESENT CONTINUOUS. Veja como é fácil
perceber suas diferenças na prática. Preste bastante atenção aos ADVERBS e ADVERBIALS que os
acompanham, ok?

Activity 10
Practice your vocabulary about work and use the right tense (PRESENT CONTINUOUS or SIMPLE).

◄ Figura 17 Typing
Fonte:http://covuni-
careers.wordpress.
com/2013/03/25/writing-
-a-professional-email/
Acesso em 03 set. 2013.

John __________________ (type) a text. He normally ______________ (type) the texts in the
morning.

◄ Figura 18: A telephonist


Fonte:http://howto-
buyhousesexplained.com/
how-do-i-set-up-my-pho-
nes-to-run-my-real-estate-
-investing-business/Aces-
so em 03 set. 2013.

Jennifer _________________ (make) a phone call right now. She usually ______________
(answer) the phone, too.

◄ Figura 19: Instructor


Fonte: http://cdn.erpsof-
twareblog.com/wp-con-
tent/uploads/Business-
-Meeting-2.jpg Acesso em
03 set. 2013.

Paul _________________ (give) instructions to Priscilla at the moment. He ___________ (give)


instructions to her every day.

26
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

◄ Figura 20: Computer


screen
Fonte: http://
www.4guysfromrolla.com/
articles/072606-1.aspx
Acesso em 03 set. 2013.

Para saber mais


A economia linguística
é algo que está sempre
presente no uso de
Pamela _______________ (read) some emails now. She generally ________________ (send) um idioma. Fazemos
emails, too. isso naturalmente,
já percebeu? Por
exemplo, se estamos
falando do João, não
repetimos seu nome
cada vez que quere-
mos fazer referência
◄ Figura 21: Making a ele. Introduzimos o
revisions sujeito, que é o João, e
Fonte: http://apb.buffalo. depois retomamos seu
edu/our-departments/oia. nome de várias formas,
html Acesso em 03 set. evitando repetições
2013. excessivas e fazendo
economia linguística.
Veja! As palavras em
laranja são as formas
como as meninas do
exemplo retomaram o
substantivo João.
Jeremy ______________ (review) his marketing strategies. He often ____________ (review)
them in the afternoons.

As distinções entre o PRESENT SIMPLE e o PRESENT CONTINOUS foram bem trabalhadas até
aqui para que não haja dúvidas. Agora, passaremos ao próximo tópico.

2.3 Object pronouns


Desde o início do curso, estudamos várias classes de pronomes, entre elas os pessoais, ad-
jetivos possessivos e possessivos. Agora, gastaremos algum tempo com os pronomes objetos.
Como o próprio nome diz, essa categoria de pronomes costuma seguir os verbos, pois é conside-
rada um complemento desses. Look at the following examples!

Susan likes her shoes. She always cleans them.

Para que usar um pronome? Para evitar uma repetição do substantivo, na maior parte das
vezes. Veja o exemplo! O pronome objeto THEM está se referindo a quê? Está claro que se refere
ao substantivo SHOES, não é? Poderíamos trocá-lo pelo substantivo? Sim!!! E como ficaria? Bem,
teríamos: “Susan likes her shoes. She always cleans her shoes.” É possível, mas a construção, com a
repetição do substantivo em questão, não fica boa. Parece algo bem básico e infantil, não acha?
Por isso usamos os pronomes, para tornar as coisas mais objetivas, de certa forma, evitando as-
sim repetições desnecessárias.

27
UAB/Unimontes - 2º Período

- Menina, eu te falei do João?


- Que João?
- Um colega da minha sala.
- Não! O que tem ele?
- Aquele danado tava tentando pregar uma peça em mim, acredita?
- Como assim?
- O sem-vergonha estava de segredinho com a Janete pra me enrolar. Ele ia preparar uma
festa pra mim escondido, acredita?
- Conta mais?! Fiquei interessada...

Poderíamos continuar o diálogo dando mil e um nomes para o João ou retomando-o com
pronomes. Isso tornaria a conversa muito mais interessante, rica e nada cansativa. Agora, tente
trocar todos os pronomes e nomes pela palavra João e observe o que acontece. É isso o que você
está acostumado a ouvir? Claro que não! Se no lugar de todos os grifos laranja colocássemos a
palavra João, o texto ficaria cansativo e chato. Esta coisa de evitar as repetições através do uso
dos pronomes e de outros substantivos, que retomem o nome em questão, é chamada de co-re-
ferenciação e é um dos recursos a que recorremos automaticamente ao usar um idioma.
Veja agora a tabela com todos os pronomes objetos do inglês. Como procedemos com os
outros pronomes, faremos com esses também, ou seja, nós os colocaremos ao lado dos prono-
mes pessoais, que continuarão servindo como referência.

Quadro 1 - Object Pronouns

Personal Pronouns Object Pronouns


I me
you you
he him
she her
it it
we us
you you
they them
Fonte: O autor

Faremos agora uma comparação entre os pronomes pessoais, que normalmente antecedem
o verbo, e os objetos, que o sucedem. Pay attention to the examples and try to see the differences
between the two forms.

I like apples.

Personal
Pronoun

I like them.

Object
Pronoun

Percebeu?! Qual é o verbo da oração? Isso mesmo! É o verbo LIKE. E o que está acontecendo
nos exemplos? Bem, o pronome pessoal I vem antes do verbo, já o pronome objeto THEM vem
depois. Essas posições no inglês, antes ou depois do verbo, são bem mais rígidas do que no por-
tuguês. Melhor para você, pois uma vez aprendidas, você terá muito mais chances de identificá
-las e usá-las corretamente. Let’s get down to business!

28
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Activity 11
Use the right forms of the OBJECT PRONOUNS and underline the NOUNS they replace.

1. I love music! I don’t know how to live without ___________.


2. Do you like hamburgers? Yes, I love ____________.
3. What do you think about consumerism? I hate ___________.
4. I have twenty dogs and I call ____________ all by their names.
5. His name is Samuel, but never call ___________ Sam!
6. Jane is here, but I can’t talk to _____________ now.
7. My name’s Jonathan, but you can call ____________ Jonny.
8. How can I find ___________, Susan?

2.4 In, on, at


Até esta parte do curso, já abordamos várias classes gramaticais, entre elas os advér-
bios, substantivos, adjetivos, numerais ordinais e cardinais, pronomes adjetivos possessivos,
possessivos e objetos, porém, não falamos nada sobre as preposições. Em termos de estru-
turação, elas têm papel fundamental na aprendizagem de um idioma. Por isso gastaremos
tempo com elas a partir de agora.
Começaremos com as três preposições mais usadas no inglês. Para entendê-las vamos
recorrer a um recurso bem didático, ou seja, você tentará perceber o uso de cada uma de-
pendendo de um posicionamento que, no caso, será indicado por uma bolinha de tênis. Isso
mesmo! Você não entendeu errado. Look at that!
O que a figura 22 tem a ver com o uso das preposições? Simples! Quer dizer que para ▲
usar as preposições IN, AT e ON você precisará tentar perceber seu significado. O que podemos Figura 22: Tennis Ball in
ver na figura é uma área, representada por um tom avermelhado, mais especificamente, na cor a square
bonina e uma bola de tênis, que está visivelmente inserida dentro dessa área. Imagine que a bola Fonte: http://www.len-
seja você e que a área maior seja um quarto, então, você está dentro do quarto ou no quarto. domais.com.br/comprar-
Como dizer isso em inglês? “I’m in the bedroom.” -bola-de-tenis-precos-
-marcas/ Acesso em 04
Agora, imagine que a área maior seja uma casa e que você, representado(a) pela bola, esteja set. 2013. (Adaptado)
dentro dela, então teremos: “I’m in the house.” Poderíamos imaginar agora que a área maior fosse
um parque e que você estivesse lá. Como ficaria isso em inglês? Isso mesmo! “I’m in the park.”
Vamos continuar o raciocínio e imaginar agora que a área avermelhada seja a cidade de
Nova York e você está nela. Então, você diria em inglês: “I’m in New York city.” Poderíamos
continuar esse mesmo raciocínio trocando a área em questão por vários outros nomes como
país, loja, outros cômodos da casa, etc. Enfim, tudo que possa ser representado por uma área
poderá ser usado com a preposição IN, entendeu?
Bem, a ideia aqui é o que importa, isto é, entender que a preposição IN geralmente é
usada quando se tem a ideia de uma área. Se quiséssemos apenas descrever a figura, poderí-
amos dizer que: “The tennis ball is in the square.” Em outras palavras, “a bola de tênis está no ▲
quadrado”, certo? Neste caso, o quadrado seria a área.
Figura 23: Tennis Ball
Agora, preste atenção na figura 23! Você pode ver uma bola e um círculo. Vamos chamá-lo and a circle
de um grande ponto, ok? Contraste-o com a área da figura anterior e você perceberá que ele co- Fonte: http://www.len-
bre um espaço muito menor, pois é apenas um ponto. Na outra figura, tínhamos uma área, nesta domais.com.br/comprar-
temos um ponto. Ora, um ponto é muito mais específico do que uma área, concorda? E também -bola-de-tenis-precos-
-marcas/ Acesso em 04
muito menor, portanto a localização de um ponto é muito mais precisa. Poderíamos até dizer set. 2013. (Adaptado)
que uma área é composta por vários pontos, não é mesmo? Tudo bem, mas o que isso tem a ver
com a preposição AT?
Essa preposição requer, na maioria das vezes, informações específicas para ser usada. Ela ge-
ralmente não será usada com a ideia de área, mas de ponto. Resumindo, podemos dizer que a
área representa uma informação mais abrangente, menos específica, portanto, sem detalhamen-
to, entendeu? Já o ponto é o contrário, ele representa algo mais específico, detalhado. Diante
disso, podemos tentar estabelecer um contraste. Look at the examples proposed.

29
UAB/Unimontes - 2º Período

Anna is in the park.

idea of area (general information)

Anna is at Saint Madaleine’s park.

idea of a dot (more specific information)

Percebeu a diferença? Bem, quando se entende a ideia, as coisas ficam mais fáceis,
não é mesmo? Mas, ainda não acabou! Existe um último caso, que é o da preposição ON.
Ela também pode ser representada por uma figura, que está bem aí a seguir.
No caso da figura 24, o que você vê? Uma bola apoiada em uma linha reta, certo? Va-
mos considerá-la uma superfície, ok? Geralmente, nesse contexto, a preposição a ser usa-
da será ON. Tente perceber a ideia a partir dos exemplos a seguir, combinado?

Figura 24: Tennis Ball
Susan is on the roof.
on a line
Fonte: http://www.len-
domais.com.br/comprar- idea of surface
-bola-de-tenis-precos-
-marcas/ Acesso em 04
set. 2013. (Adaptado)
Karen’s picture is on the wall.

idea of surface

Pelos exemplos dados, você pode perceber que tanto THE ROOF (o telhado) quanto THE
WALL (a parede) podem ser considerados superfícies, concorda? Uma boa estratégia é imaginar,
como nos exemplos anteriores, que a bola pode ser você e a linha o telhado, sendo assim, se
você está em cima do telhado, você está apoiado nele, como a bolinha está apoiada na linha, en-
tendeu? Poderíamos pensar em vários outros casos como, por exemplo:

I’m on my way home.

idea of surface

She’s on the bridge.

idea of surface

Você, nos exemplos dados, é a bolinha e WAY (o caminho) é a superfície. A mesma coisa vale
para o segundo exemplo onde você é a bolinha e a linha, que é representada por THE BRIDGE (a
ponte), é a superfície. De agora em diante, todas as vezes em que se deparar com essas preposi-
ções, tente aplicar os conceitos que você viu aqui e veja se realmente funcionam, certo? Se não
funcionarem é porque essas preposições estarão sendo usadas de acordo com algumas regras
que veremos adiante. Por ora, tente fazer a atividade proposta.

Activity 12
Use IN, AT or ON to fill in the gaps.

1. I’m here ___________the parking lot.


2. The keys are _________ the table.

30
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

3. Gary is working __________ the yard.


4. My mom is resting __________ the sofa.
5. Mitchel is ___________ his office.
6. Mathew and Mark are talking ____________ the garden.
7. Alice never stays _________ a hotel.
8. Daniel is __________ the kitchen.
9. My uncle is _____________ Baker Street.
10. Jennifer’s aunt is ___________ 93, Hopkins Avenue.

2.5 Past simple (part 1)


Dica
Os tempos verbais que vimos até aqui estão todos dentro da moldura do presente. Agora,
Para encontrar a forma
começaremos a ver o passado do inglês, mas, por ora, somente a forma afirmativa. de passado dos verbos
O passado do inglês é muito mais simples do que o do português, pois enquanto temos regulares do inglês
duas formas diferentes no português, ou seja, pretérito perfeito e imperfeito, no inglês, temos você poderá se valer
apneas uma forma, que exerce as duas funções. de um bom dicionário.
Outro aspecto que simplifica a questão do passado do inglês é o fato de que apenas uma Geralmente os bons
dicionários trazem
forma vale para todas as pessoas do discurso, mais simples ainda do que o próprio presente, nes- um verbete, com o
se sentido. O elemento complicador desse tempo verbal do inglês são alguns verbos considera- verbo em sua forma de
dos irregulares. Mas, vamos começar do começo, ok? infinitivo sem TO, sem
Há dois tipos de verbos no passado: regulares e irregulares. Saber distingui-los é a chave do nenhuma informação
sucesso para usar esse tempo. Para nossa felicidade, os verbos regulares são em número imen- de passado, quando
se trata dos verbos
samente maior, ao passo que os irregulares são em número bem reduzido, mas, mesmo assim, regulares. Apenas
costumam dar certo trabalho, porém nada que uma boa dose de estudo direcionado e do uso da apresentam-no como
língua não possam resolver. um verbo e pronto. Já
Vamos conhecer os verbos regulares primeiro. A pergunta que temos que fazer é: O que ca- no caso dos irregulares,
racteriza um verbo regular? Por que podemos considerá-lo assim? A resposta é bem simples! Os esses mesmos dicioná-
rios costumam fornecer
verbos regulares do inglês são todos marcados com o sufixo -ED. Só isso?! Sim! Então, quer dizer o verbo acrescido de
que toda vez que você se deparar com um verbo terminado em -ED, poderá inferir que ele esteja sua forma de passado e
no passado? Verdade! Veja bem, vale frisar que deve ser UM VERBO, pois há outras classes de pa- particípio passado. Mas,
lavra que também podem receber o mesmo sufixo -ED sem, contudo, fazerem qualquer referên- nesse caso, você pres-
cia ao passado, entendido? Assim, para que fique bem claro, vamos redigir a regra, ok? tará atenção somente à
primeira forma, pois a
outra não diz respei-
to ao passado, e sim
ao presente perfeito,
Todo verbo regular será marcado com -ED na forma de passado. assunto que deverá ser
visto mais adiante. Se
quiser, você também
poderá acessar o site:
Agora, não há mais dúvida, correto? Se a palavra for um verbo e terminar em -ED, só poderá http://www.solinguain-
ser um verbo REGULAR no passado, ok? Mais adiante, você verá que o mesmo -ED também ser- glesa.com.br/conteu-
virá como terminação do particípio passado do inglês, mas isso é outra história e, por enquanto, do/irregulares1.php
é melhor aprender que o sufixo -ED marcará apenas verbos regulares no passado, certo? Depois e consultar a lista dos
você poderá se debruçar sobre a outra função desse sufixo. verbos irregulares mais
comuns.
Agora, chega de teoria, não é mesmo? Vamos ao que interessa! Look at the following exam-
ples and see the verbs in the past.

31
UAB/Unimontes - 2º Período

Susan worked very hard yesterday.

verb WORK + ED

Mark loved his colleagues’ party.

verb LOVE + D

Priscilla studied Maths the whole morning.

verb STUDY - Y + -IED

Jefferson played golf with John last Sunday.

verb PLAY + -ED

Como você pode ver, todos os verbos dos exemplos dados terminam em -ED. Alguns, no
entanto, como STUDY, antes de receberem o sufixo -ED precisaram perder o Y. Isso acontece to-
das as vezes em que o verbo termina em Y e é antecedido por uma consoante. Quanto ao verbo
LOVE, ele representa os verbos que terminam em -E, recebendo apenas o -D para preencherem
o critério da terminação -ED. Já no caso do último exemplo, o do verbo PLAY, veja que ele apenas
recebeu o -ED, sem perder o Y. Porque isso aconteceu? Por que, apesar de terminar em Y, ele não
é antecedido por uma consoante, e sim por uma vogal.
Se você tiver uma boa memória, vai se lembrar de que isso também acontece no presente,
ou seja, os verbos terminados em Y e antecedidos por consoante perdem o Y antes de receberem
-S, -ES e -IES. Em outras palavras, a regra é a mesma, mudam-se apenas os sufixos, correto?
E quanto aos verbos irregulares? Como podemos identificá-los? Bem, com certeza, eles não
terão -ED. Eles mudarão de forma em alguns casos e em outros até manterão a mesma forma,
mas, em hipótese alguma terminarão como os regulares. Vejamos isso na prática.

Susan saw her cat on the sofa.

Past of the verb SEE

Paul drank all the water from the bottle some minutes ago.

Past of the verb DRINK

Tim cut his finger with a knife.

Past of the verb CUT

Veja que nos exemplos dados os verbos SEE, DRINK e CUT fazem passado respectivamente
em SAW, DRANK e CUT. Como dito, os dois primeiros exemplificam os verbos que mudam de for-
ma e o último aqueles poucos que mantêm a mesma forma do presente no passado, entendido?
Os verbos irregulares precisam ser aprendidos um a um, pois não há como saber suas for-
mas a partir de alguma inferência. Eles são como são, porém há uma estratégia que facilitará
muito sua aprendizagem, isto é, agrupar as formas desses verbos. Você verá que muitos deles
têm formas de passado bem parecidas, como é o caso de CUT e PUT, que fazem passado em
[CUT, PUT]. Ou o caso de [SING - SANG, DRINK - DRANK], [DRIVE -DROVE, RIDE - RODE], ou ainda,
[BUY - BOUGHT, BRING - BROUGHT], etc. Assim, se você agrupá-los, como acabamos de fazer nos
exemplos, de acordo com a semelhança de suas formas de passado, ficará mais fácil aprendê-los.

32
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Algumas listas de verbos irregulares os apresentam dessa maneira, tornando mais fácil para
o aprendiz memorizar suas formas de passado. Você acabou de ser apresentado à forma afirma-
tiva do PAST SIMPLE do inglês. Adiante, verá também como funcionam a negativa e a interrogati-
va. Agora, faça a atividade proposta.
Para acessar a lista dos verbos irregulares do inglês, visite: http://www.aprendendoingles.
com.br/verbosirregulares.shtml.

Activity 13
Give the PAST forms of the verbs.

bring - ____________ speak - ____________


buy - _____________ drive - ____________
put - _____________ go - ____________
cry - _____________ be - ___________

2.6 One/ones
Aí vai mais uma categoria de PRONOMES do inglês! Essa, em específico, será responsável
por substituir os substantivos contáveis, estejam eles no singular ou no plural.

◄ Figura 25: Buying a car


Fonte: http://www.mypla-
netguides.com/buy-a-car
-article-id-1/ Acesso em 04
set. 2013.

- Hello! How can I help you, Sir?


- I’d like to buy a car.
- Do you have anything in mind?
- So, so.
- What about a wagon? It’s a good style, big, comfortable…
- It really is! But I think I’d like something more compact.
- So, I have something for you!
- What about this sports car?
- Very nice!
- Would you take the black or the red one?
- I’ll take the black one.
- Good choice…so, let’s sign the papers.
- Right. Let’s go!

33
UAB/Unimontes - 2º Período

Veja o contexto e tente descobrir que palavra o pronome ONE está substituindo. BLACK e
RED são cores, correto? Mas, cores de quê? O diálogo é sobre um cliente comprando um carro.
Então, essas cores se referem às cores do carro, concorda? Agora, faça o teste! Se for mesmo a pa-
lavra carro que está sendo substituída por ONE, o teste dará certo. Let’s go!

- Would you take the black or the red car?

Que tal, deu certo? Sim!!! Então, os pronomes ONE/ONES são usados para substituírem um
substantivo contável, evitando assim uma repetição. Vale dizer que eles devem concordar, em
número, com a palavra com a qual se combinam. Assim, para substantivo no singular, use ONE
e para substantivo no plural, use ONES, all right? Como o assunto é bem simples, vamos direto à
prática, ok?

Activity 14
Use ONE or ONES.

1. What color shirt do you prefer? The blue ________________.


2. What songs do you sing? The classical __________________.
3. What eye color do you prefer? The green ________________.
4. What types of car do you like? The big __________________.
5. What wall color do you like? The peach _________________.
6. Do you prefer American girls or the Italian _______________?

Os pronomes ONE/ONES, embora sejam simples, cumprem dignamente sua função, isto é,
substituir um nome, evitando uma repetição desnecessária.
A seguir, começaremos a tratar de uma categoria de verbos muito importante do inglês,
chamada de modal. Os verbos modais são muito usados e muito relevantes para entender certas
estruturas do inglês. Iniciaremos pelo verbo CAN. Let’s go! Don’t be discouraged!

2.7 Can/can’t

▲ ▲
Figura 26: Can/can’t Figura 27: Snoopy playing the piano
Fonte: O autor Fonte: http://divinedistractions.blogspot.com.br/2010/08/look-
what-i-got-beautiful-blogger-award.html Acesso em 08 set. 2013.

Snoopy can play the piano!

34
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

▲ ▲
Figura 28: Fake guitarist Figura 29: Playing the guitar
Fonte: http://radiometodista.liveradio.com.br/artigos/o- Fonte: http://blogdomrcondes.blogspot.com.br/2007/12/pssaro-
desafinado-pode-aprender-a-cantar/ Acesso em 08 set. 2013. desafinado-e-muito-mala.html Acesso em 08 set. 2013.

The man does not want to listen to the guitarist, because he can’t play the guitar very well.

Can you play any instruments?

O verbo modal CAN e sua forma negativa CAN’T são usados para três finalidades diversas.
Você aprenderá a primeira delas agora, ou seja, o uso desse modal para indicar HABILIDADE.
Quando queremos dizer que sabemos fazer alguma coisa em inglês geralmente usamos
esse verbo modal. Leia os exemplos novamente e tente perceber isso. O melhor significado, nes-
te caso, acaba sendo “ser capaz de” ou “ter habilidade de” que, na prática, acabamos traduzindo
por “saber fazer algo”, certo?
Então, se você não é capaz de tocar um instrumento, deverá responder à pergunta que aca-
bou de ser feita da seguinte forma:

No, I can’t play any instruments.

Caso você saiba tocar um, diga:

Yes, I can play an instrument.

Como temos sempre reforçado aqui, a língua é essencialmente econômica. As duas formas
de respostas, a que acabamos de nos referir, são formas completas; não muito usadas na vida
real. Então, veja como ficariam as mesmas respostas, porém curtas:

No, I can’t./Yes, I can.

É isso aí! Agora, você também já sabe como usar respostas curtas com o verbo modal CAN.
Esse verbo pode também aparecer na forma negativa longa, não contraída. E qual seria? Bem, na
verdade, poderiam ser duas: CAN NOT ou CANNOT. E o que mudaria em termos de significado?
Absolutamente nada! Mas essas formas são preferíveis em situações mais formais de uso da lín-
gua, enquanto a contraída, você já sabe, geralmente é usada em contextos mais informais. Do
the activity!

Activity 15
Use CAN or CAN’T to complete the mini-dialogues.

- John, _________ you sing?


- Yes, Sarah!

35
UAB/Unimontes - 2º Período

- I _______ sing and play the saxophone.


- Great!

- Francis, _________ you speak Spanish?


- Yes, I __________, Tom. How about you?
- No, I __________.

- Tim, ________ you climb a mountain?


- Yes, I ________. __________ you, John?
- No, I ___________.

O verbo modal CAN e sua forma negativa CAN’T, usados para indicar uma HABILIDADE, não
parecem trazer dificuldade alguma à aprendizagem, correto? Mas, mesmo assim, se você não
conseguiu entender o assunto, volte aos exemplos, consulte seu professor ou tutor e discuta a
questão.

2.8 Back to in, on and at! Time


phrases
Você pensou que já tínhamos liquidado o assunto sobre as preposições IN, ON e AT? Claro
que não! Ainda há muito o que falar sobre elas. Como dito na primeira parte em que tratamos
do assunto, as três ideias abordadas seriam somente o começo do que você precisaria aprender
sobre essas preposições. Assim, como prometi-
do, veremos agora outros casos de uso desses
itens lexicais. So, let’s go!
Essas preposições podem ser usadas de
Figura 30: Preposition in ► maneiras bem diversas. Como veremos a se-
Fonte: O autor
guir, elas poderão ser parte integrante das
expressões de tempo (time phrases). Quando
foram vistas na seção 2.4, elas estavam relacio-
nadas às ideias de área, superfície e de especi-
ficidade ou generalidade de uma informação.
No entanto, agora você as verá relacionadas ao
tempo, ok?
No caso da preposição IN, ela será usada
com as partes do dia (in the morning, in the af-
ternoon e in the evening) e será usada antes de
datas compostas apenas pelo ano, este é o caso
de (in 1985), mas não se combinará apenas com
o ano, sendo usada também com qualquer
Figura 31: Preposition at ► mês, desde que este venha sozinho (in January,
Fonte: O autor in March), por exemplo. Não obstante, ela tam-
bém será usada na expressão later in the week
ou There are seven days in the week.
A preposição AT será usada em todas as
combinações indicadas, compondo as expres-
sões (at noon) e (at midnight). Como você viu,
as partes do dia são acompanhadas da prepo-
sição IN, mas, no caso da palavra NIGHT, o cor-
reto é (at night).

36
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Com qualquer indicação de hora, você deverá usar AT (at five o’clock, at ten past four, etc.).
Essa preposição também comporá a expressão (at the weekend), no entanto, vale dizer que tal
forma é usada no British English ou inglês britânico. Outra expressão de tempo composta pela
preposição em questão é (at Christmas).
Embora as preposições trabalhadas até aqui sejam referentes ao tempo, gostaríamos tam-
bém de apresentar o caso da combinação das preposições IN e AT com algumas palavras. Ge-
ralmente usa-se AT com as palavras SCHOOL, CHURCH, HOME, HOSPITAL, COLLEGE, UNIVERSITY,
mas especificamente no caso de SCHOOL e HOSPITAL há algumas diferenças que precisam ficar
claras, o que torna as coisas um pouco mais complexas. Veja os exemplos a seguir:

At school (É um estudante ou professor da escola)


Ex.: She is not at school.

At the school (É um visitante de uma escola conhecida)


Ex.: She’s at the school doing a survey.

In school (É um estudante, e não um operário)


Ex.: Most Americans between 6 and 16 are in school.

In the school (Está dentro de uma escola)


Ex.: The assassin is in the school.

At the hospital (É um visitante ou trabalha lá)


Ex.: He’s at the hospital doing a surgery.

In the hospital (Paciente internado lá)


Ex.: He’s not well, he’s in the hospital.

In hospital (Paciente internado - Inglês Britânico)


Ex.: He’s in hospital doing his treatment.

Não se preocupe! Com o tempo você será capaz de perceber essas diferenças.
No caso do ON, também há alguns usos que não foram colocados na figura como, por
exemplo, a expressão (on the phone). Isso aconteceu, porque, embora seja acompanhada da pre-
posição on, ela não é uma expressão de tempo. Falaremos agora das palavras em evidência na
figura, com as quais você sempre deverá usar ON.
Para ser mais específico, vale dizer que ON acompanhará qualquer dia da semana como, por
exemplo, Saturday, na expressão (on Saturday) ou também na expressão (on Thursday morning).
Para que você não se confunda, lembre-se de que, se estiver apenas se refe-
rindo a uma parte do dia, deverá usar IN, como em IN THE MORNING. Quando
aparecer a parte do dia + o dia, como em (Saturday evening), ou somente o dia
(Tuesday), o uso correto ficará por conta da preposição ON.
Em suma, com meses e anos sozinhos, você deverá usar IN, lembra? Já
com a presença de um dia, a história muda. Veja o caso de (February 1st). Aqui,
o mês não aparece sozinho, mas com o dia, representado por 1st, que é o dia
primeiro. Nesse caso, usamos ON. Caso o mês viesse sozinho, ele deveria ser
acompanhado da preposição IN, como em (in April).
No caso da palavra birthday, por que devemos usar ON? Ora, se você olhar
cuidadosamente, perceberá que a palavra dia está explícita ali e, com a palavra
dia, explícita ou implícita, devemos usar ON. Então o correto seria dizer (on my
birthday), entendeu?

E finalmente temos as expressões (on the weekend), que é usada no inglês americano e (in
the weekend), usada no inglês britânico. Embora sejam adotadas em lugares diferentes, mantêm Figura 32: Preposition
on
o mesmo significado. Há ainda (on Christmas day) ou (on Christmas eve), que também devem ser
Fonte: O autor
acompanhadas da preposição ON, pois a palavra dia está explícita na primeira expressão e im-
plícita na segunda, mas, de qualquer forma, está lá. Lembre-se de que com a palavra Christmas
sozinha a preposição usada será AT, assim como acontecerá com outras formas alusivas a datas
comemorativas como: Easter, Saint Patrick’s, Carnival, etc.

37
UAB/Unimontes - 2º Período

É muita informação, é verdade, mas essas regras de combinação facilitarão muito sua vida.
Basta investir tempo aprendendo cada uma delas, aplicando-as aos casos semelhantes. Juntan-
do isso ao que foi visto no item 2.4, você já terá uma boa compreensão das possibilidades de
uso dessas três preposições tão pequenas, mas tão importantes para o funcionamento do inglês.
Now do the activity proposed so that you can exercise the use of the prepositions.

Activity 16
Use IN, ON or AT to complete the sentences.

1. She’s _____ school now. 6. Are you _____ home?


2. I’ll be there _____ 7 o’clock. 7. _____ Christmas we met Santa.
3. The party is _____ Wednesday. 8. He left _____ March 26th.
4. She was born _____ 2006. 9. The meeting is _____ Tuesday.
5. Classes start ______ February. 10. The meeting is ____ Tuesday evening.

Reading passage 2
Before reading:
1. Look for the forms of the irregular verbs.

Beauty and the beast

Figura 33: Beauty and ►


the beast
Fonte: http://shortsto-
riesshort.com/story/wp-
-content/uploads/2011/12/
Beauty-and-the-Beast.jpg
Acesso em 10 set. 2013.

Once upon a time there lived a wealthy merchant and his three daughters. One day, the
father was to go to a far-off place and he asked his daughters what they wanted on his re-
turn. The first and the second daughter asked for lovely dresses. But the third daughter, whose
name was Beauty, said, “Father, I only need a rose plucked by your hand.” The merchant, on his
way back, had to cross through the deep forest. It was dark and the merchant tried to find a
place to sleep. He suddenly found a huge castle and went inside to find nobody. There was a
huge table with delicious food and he ate it all. Then the merchant went into the bedroom
and slept on a soft and fluffy bed. The next day, too, the merchant did not find anyone in the
castle. He saw a beautiful rose bush growing in the lawn and remembered Beauty’s gift. He
plucked a red rose from the bush.

38
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Suddenly, a ferocious looking beast sprang out of the bush. He was wearing fine silk
clothes and roared, “I gave you food and a bed to sleep in! And now, you are stealing my ros-
es!” The merchant was frightened and told the Beast about Beauty’s gift. The Beast decided
to let him go only if he promised to send Beauty to this castle. The merchant agreed and ran
back home. He cried and told his daughters about the Beast. But Beauty loved her father a lot
and agreed to go stay with the Beast.
The Beast treated Beauty with a lot of kindness. He was never rude to her. He let her stay
in the biggest room and let her roam in the beautiful garden. Beauty would sit near the fire-
place and sew while the Beast kept her company. At first, Beauty was afraid of the Beast but
slowly, she began to like him.
One day, the Beast asked Beauty to marry him, but she refused. She was still afraid of his
fearful-looking face. The Beast still treated her kindly and with a lot of love. Beauty missed
her father a lot. The Beast gave her a magic mirror and said, “Look at the mirror and you can
see your family. Now you won’t feel lonely anymore.
One day, Beauty looked in the mirror and saw her father was very ill and dying. She went
to the Beast and pleaded and cried, “Please let me go home! I only want to see my father
before he dies!” But the Beast roared, “No! You promised you would never leave this castle!”
Saying this, he stormed out of the room. But after some time, he came to Beauty and said,
“You may go to stay with your father for seven days. But you must promise to return after
that.” Beauty was very happy and agreed. Then she left and went to stay with her father. Her
father, on seeing Beauty, felt very happy and soon recovered. Beauty stayed with her family
for seven days and more. She forgot the Beast and his castle. But one night, she had a terrible
nightmare in which she saw the Beast was very ill and about to die. He was crying, “Beauty,
please come back!”
Beauty woke up and went back to the castle because she did not mean to hurt the
Beast. She cried and said, “Please don’t die, Beast! I will live with you forever!” The Beast mi-
raculously changed into a handsome prince. He said, “I was under a curse all these years and
could only be relieved when someone fell in love with me. I am now cured of the curse be-
cause you truly love me.” And then, Beauty and the Beast got married and together they lived
happily ever after.
Fonte: http://shortstoriesshort.com/story/beauty-and-the-beast/ Acesso em 22 set. 2013.

Now answer the questions according to the text:

1. What is the text about?

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

2. Who are the main characters?

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

3. What happens at the end?

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

Listening 2
Listen to the song at http://www.youtube.com/watch?v=3n_5xo9YpmQ and fill in the gaps with
the missing words.

39
UAB/Unimontes - 2º Período

Céline Dion - Beauty And The Beast

Figura 34: Beauty and ►


the beast
Fonte: http://iheartthe-
talkies.com/2012/04/30/
film-review-beauty-and-
-the-beast-3d/Acesso em
23 set. 2013.

Tale as old as time


True as it can be
Barely even ___________
That somebody bends
Unexpectedly

Just a little change


Small, to say the least
Both a little scared
Neither one prepared
______________________

Ever just the same


Ever a _____________
Ever as before
__________ just that sure
As the sun will rise

Ever just the same


Ever a surprise
Ever as before
Ever just that sure
As the sun will rise

Tale as old as time


Tune as _________ as song
Bittersweet and strange
Finding you ________ change
Learning you ___________ wrong

Certain as the sun


Rising in the east
Tale as old as time
Song as old as rhyme
___________________

Tale as old as time


Song as old as rhyme
_____________________

40 Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=3n_5xo9YpmQ
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Resumo
Nesta unidade, você viu os OBJECT PRONOUNS, as PREPOSITIONS IN, ON e AT e o PAST SIM-
PLE (PART 1). Além disso, tomou contato com as formas dos PRONOMES ONE/ONES, com o VER-
BO MODAL CAN/CAN’T e com as TIME PHRASES. No que diz respeito ao vocabulário, você traba-
lhou com os termos usados em um escritório e ainda teve a oportunidade de revisar os tempos
simples e contínuo no tópico A WORKDAY. Na seção READING PASSAGE, você leu o texto “BEAU-
TY AND THE BEAST” e fez a atividade de LISTENING sobre a música de mesmo título, interpretada
por Céline Dion.

41
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Unidade 3
I didn’t do that, did i, my dear?

3.1 Introdução
Nesta unidade, você verá o PAST SIMPLE (PART 2) e os ADVERBS/ADVERBIALS usados com
ele, as PREPOSITIONS OF PLACE: ON, BEHIND, IN FRONT OF, UNDER, IN, NEXT TO, BETWEEN e
OVER. Além disso, verá o PAST SIMPLE (PART 3) e fará uma comparação, a título de revisão, en-
tre as formas interrogativa e negativa do PRESENT SIMPLE e do PAST SIMPLE. Na seção READING
PASSAGE, você lerá o texto “I’M NOT ADDICT” e fará a atividade de LISTENING sobre a música DID
IT ALL FOR LOVE, interpretada pela banda Phenomena.

3.2 Past simple (part 2)


Você foi introduzido ao passado simples do inglês, tomando consciência das formas regula-
res e irregulares dos verbos na Unidade 2. Agora, verá como construir sua forma negativa. Com
certeza é algo menos complexo do que acontece no PRESENT SIMPLE e na própria forma afirma-
tiva do PAST SIMPLE, isso porque só existe uma forma do verbo que deve ser atribuída a todas as
pessoas do discurso, enquanto no presente eram duas, você se lembra?
Quando comparadas à forma afirmativa do PAST SIMPLE, as formas negativa e interroga-
tiva também podem ser consideradas menos complexas, pois somente um auxiliar de passado
será usado, em vez dos dois auxiliares de presente. Além disso, você não precisará saber de todas
aquelas formas irregulares dos verbos no passado.
Em suma, se você aprendeu as formas do presente e a afirmativa do PAST SIMPLE, já passou
pela prova de fogo. A partir de agora, sua vida ficará mais fácil. Se você não entendeu bem o que
acabou de ler, tentaremos abordar item por item para uma melhor compreensão, ok? Então, va-
mos lá!
No presente, você tem que usar os auxiliares DO/DOES + NOT para construir a forma nega-
tiva, correto? No passado, basta usar o DID + NOT para todas as pessoas do discurso e pronto!
Tudo o que você precisará fazer é se lembrar de que toda negativa no passado simples é constru-
ída com o a auxílio do DID. Let’s see it?!

I ate a big hamburger last night.

Positive form

I didn’t eat a big hamburger last night.

Negative form

Veja o que está acontecendo nos exemplos. No primeiro caso, o verbo é EAT, mas, por ser
um verbo irregular, foi usado na forma ATE (passado). Já na forma negativa, o auxiliar DIDN’T é
que passa a sinalizar o passado, enquanto o verbo volta a sua forma de infinitivo sem TO, a mes-
ma usada no presente, correto? See other examples!

43
UAB/Unimontes - 2º Período

I worked very hard last week.

Positive form

I didn’t work very hard last week.

Negative form

No primeiro caso, o verbo foi alterado com -ED, por ser regular. Na segunda frase ele retor-
nou para a forma de infinitivo sem TO e o DIDN’T passou a sinalizar que é passado, entendeu?
Faremos uma análise com as formas do presente e do passado para melhor entendimento
da questão. Look at the chart and compare the forms of present and past of the verbs and see what
changes about them.

Quadro 2 - Comparison between Present and Past Regular Verb Forms

PRESENT (POSITIVE FORM) PAST (POSITIVE FORM)


I work for BBC. I worked for BBC.

PRESENT (NEGATIVE FORM) PAST (NEGATIVE FORM)


I don’t work for BBC. I didn’t work for BBC.
Fonte: O autor

As comparações são geralmente excelente recurso didático. Costumam deixar as coisas bem
mais claras, não é mesmo? Veja o QUADRO 2 onde é possível perceber que, da forma de presente
do verbo WORK para a forma de passado, a única alteração foi um -ED.
Da negativa do presente para a negativa do passado, a única alteração diz respeito à mu-
dança do auxiliar de presente DON’T para o auxiliar de passado DIDN’T, correto? Veja que, nos
dois casos, a forma do verbo é WORK, não importando se é presente ou passado.
Ah, mas talvez você esteja pensando que esse seja apenas o caso dos verbos regulares
como o do verbo WORK. Não mesmo! É o caso também de qualquer irregular. Vamos tirar a prova
dos nove? Look at the following examples from chart 3!

Quadro 3 - Comparison between Present and Past Irregular Verb Forms

PRESENT (POSITIVE FORM) PAST (POSITIVE FORM)


I drink water every hour. I drank water every hour.

PRESENT (NEGATIVE FORM) PAST (NEGATIVE FORM)


I don’t drink water every hour. I didn’t drink water every hour.
Fonte: O autor

Como você pode ver, houve uma mudança de forma de DRINK para sua forma de passado
DRANK. No presente, na forma negativa, a mudança foi do auxiliar DON’T para DIDN’T. Veja que,
na negativa, não houve alteração alguma do verbo. Ele permaneceu DRINK em ambos os casos,
viu?!
Sendo assim, podemos afirmar que as alterações entre presente e passado são sempre as
mesmas. No caso da forma positiva de presente para a de passado basta colocar -ED, nos verbos
regulares, e mudar a forma dos irregulares, conforme demonstrado. Na negativa, basta alterar o
auxiliar, que, no presente, é DON’T/DOESN’T para o de passado, que é DIDN’T, ok?
E quanto ao verbo TO BE? Como o usaremos no PAST SIMPLE? Embora pudéssemos simples-
mente enquadrá-lo na categoria dos verbos irregulares, trataremos dele separadamente. Ah, en-
tão o verbo TO BE é irregular também? Sim! Mas, somente dizer que ele é irregular não bastaria.

44
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Por quê? Pois, ele ainda consegue ser mais diferente do que os outros irregulares. Como assim?
Ele é o único verbo que apresenta duas formas distintivas no passado.
Há alguns verbos que apresentam mais de uma forma de passado como, por exemplo, o
verbo SHOW, que tem as formas SHOWED e SHOWN. No entanto, elas não fazem distinção de
pessoa do discurso. Tanto uma forma quanto a outra valem para todas as pessoas do discurso.
Engraçado, não é verdade que no passado não há distinção das pessoas do discurso no que diz
respeito às formas verbais? Sim! No entanto, o verbo TO BE é uma exceção. Ele possui uma forma
verbal para cada grupo de pessoas do discurso. Let’s see the examples!

I was at home last night.


(Eu estava em casa na noite passada.)

We were together yesterday.


(Nós estávamos juntos ontem.)

She was very young in 1978.


(Ela era muito jovem em 1978.)

My parents were friends before the marriage.


(Meus pais eram amigos antes do casamento.)

Percebeu?! Além de você já saber que o verbo TO BE significa SER/ESTAR, também já sabe
que, mesmo no passado, precisará conjugá-lo. Para ficar mais fácil, vamos dividi-lo em dois gru-
pos, de acordo com as pessoas do discurso.

GRUPO 1

I - HE - SHE - IT WAS

GRUPO 2

YOU - WE - THEY WERE

Agora, ficou mais claro, não é? Esta é a conjugação do verbo TO BE no PAST SIMPLE. Claro
que estamos falando apenas da forma afirmativa. Então, como ficariam as formas negativa e in-
terrogativa? Exatamente como no PRESENT SIMPLE, ou seja, basta colocar NOT depois do verbo
para construir a negativa e colocar o verbo antes do sujeito para a interrogativa. Let’s see some
examples!

I was not at home last night.


(Eu não estava em casa na noite passada.)

We were not together yesterday.


(Nós não estávamos juntos ontem.)

Was she very young in 1978?


(Ela era muito jovem em 1978?)

Were my parents friends before the marriage?


(Meus pais eram amigos antes do casamento?)

Bem simples, não é? O uso do NOT é suficiente para caracterizar a negativa, como no caso
dos dois primeiros exemplos, e a inversão entre o verbo e o sujeito para caracterizar a interrogati-
va, como acontece nos dois últimos exemplos, certo?
No caso da negativa, há ainda as formas curtas ou contraídas - WASN’T e WEREN’T, que po-
dem substituir WAS NOT e WERE NOT respectivamente em um registro mais informal de uso da
língua, exatamente como acontece no PRESENT SIMPLE.

45
UAB/Unimontes - 2º Período

Mas, e os auxiliares DID e DIDN’T, que devem ser usados no PAST SIMPLE para construírem
Para saber mais
uma interrogativa ou negativa? Eles não se aplicam a esse verbo, certo? Por esses motivos, o ver-
Já parou para pensar bo TO BE é sempre apresentado separadamente para que você entenda que ele tem um compor-
que por trás de cada as-
tamento completamente diferente dos outros verbos.
pecto, se você não está
certo ainda de quais Bem, agora que você já sabe tudo sobre o passado do verbo TO BE e conhece também a
sejam, vou repeti-los: afirmativa e negativa dos outros verbos, do the activity proposed to consolidate your knowledge
SIMPLE, CONTINOUS, about this subject-matter.
PERFECT E PERFECT
CONTINOUS (SIMPLES,
CONTÍNUO, PERFEITO E
PERFEITO CONTÍNUO), Activity 17
há um significado?
Uma autora muito Make negatives in the PAST SIMPLE.
renomada na área da
Linguística Aplicada, 1. I saw an angel in the street.
chamada Celse-Murcia,
resolveu disseminar
________________________________________________________________________________
uma abordagem de
ensino de línguas 2. I went to Jennifer’s house yesterday.
muito interessante. ________________________________________________________________________________
Para ela, as estruturas
têm uma FORMA, um
SIGNIFICADO e um
3. I worked overtime last week.
dado USO. A FORMA é ________________________________________________________________________________
o que está na superfí-
cie, ou seja, a escrita ou 4. She organized all her papers last month.
o som, o SIGNIFICADO ________________________________________________________________________________
geralmente está nas
entrelinhas, em um
nível mais profundo e 5. Mario played soccer a lot last Sunday.
o USO é a parte prática ________________________________________________________________________________
da coisa. Por exemplo,
a palavra ROB tem uma 6. Tim cut his finger with a blade.
FORMA, que é esta que
estamos vendo escrita.
________________________________________________________________________________
O SIGNIFICADO é
ROUBAR e o USO é bem 7. Anna left her pencil on her teacher’s table.
específico para o con- ________________________________________________________________________________
texto de, por exemplo,
ROUBAR UM BANCO,
UM SUPERMERCADO.
8. I had enough space to keep my books.
Essas três dimensões ________________________________________________________________________________
podem te ajudar muito
na aprendizagem de 9. Susan liked her first English class.
uma língua, assim sem- ________________________________________________________________________________
pre procure sabê-las
para cada novo item ou
estrutura aprendida. 10. Tommy walked a lot to get to his friend’s house.
Mas, voltando aos as- ________________________________________________________________________________
pectos, todos eles têm
uma FORMA, um SIG-
NIFICADO e um USO.
Se eu falar algo com o Activity 18
aspecto contínuo, será
diferente de enunciar Change the sentences from PRESENT to PAST.
a mesma ação com um
aspecto perfeito, pois, 1. I like my house.
além de as FORMAS _______________________________________________
serem diferentes, o
SIGNIFICADO e o USO
também o serão. 2. I don’t like my house.
_______________________________________________

3. Susan loves her family.


_______________________________________________

4. Susan doesn’t love her family.


_______________________________________________

46
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

5. I know some difficult mathematical equations.


________________________________________________________________________________

6. I don’t know any difficult mathematical equations.


________________________________________________________________________________

7. Susan parks her car at the same place every day.


________________________________________________________________________________

8. Susan doesn’t park her car at the same place every day.
________________________________________________________________________________

9. Jennifer teaches Italian.


________________________________________________________________________________

10. Jennifer doesn’t teach Italian.


________________________________________________________________________________

11. I am at my mother’s house.


________________________________________________________________________________

12. I am not at my mother’s house.


________________________________________________________________________________

13. They are in the park.


________________________________________________________________________________

14. They are not in the park.


________________________________________________________________________________

3.3 Adverbs/adverbials and the


past simple

◄ Figura 35: Timeline


Fonte: http://inova-
cional.wordpress.
com/2011/10/06/%E2%
80%9Clinha-do-
-tempo%E2%80
%9D-parte-9/ Acesso em
09 set. 2013.

47
UAB/Unimontes - 2º Período

Assim como no presente você foi levado a perceber que frequentemente há uma correlação
entre advérbios, locuções adverbiais e os tempos verbais, no passado não poderia ser diferente.
Você precisa ficar atento(a) às palavras que circundam, acompanham esse tempo verbal. Isso te
ajudará a identificar mais facilmente como e quando usá-lo.
Por representar uma ação definida no tempo, ou seja, que tem data, que pode ser especifi-
cada num dado momento da história, geralmente o passado simples requer um advérbio ou lo-
cução adverbial de tempo. Dificilmente ele ficará solto numa determinada linha cronológica. Por
isso é importante prestar bastante atenção nas palavras que o acompanham.
Volte aos exemplos dados até aqui e veja o que geralmente está no fim de cada um. O que
se pode ver com frequência é o LAST mais alguma coisa, do tipo: LAST NIGHT, LAST WEEK, LAST
YEAR, LAST DAY, etc. Esta é uma das formas de situar uma ação num determinado tempo. Se eu
dissesse que algo aconteceu na noite de ontem, você conseguiria me dar uma data? Claro! E se
fosse na semana passada? Também!
Às vezes, essa data fica implícita, mas pode ser determinada. Nesse caso, os advérbios e lo-
cuções adverbiais estariam ausentes da frase, o que não significa que as datas sejam irrecuperá-
veis, certo?
Não somente as expressões formadas por LAST têm seu papel na construção do passado
simples do inglês, mas outras também são bem peculiares, como é o caso de AGO e de outros
advérbios de tempo como YESTERDAY e da locução adverbial THE DAY BEFORE YESTERDAY. See
some examples!

I went to the club yesterday.


(Eu fui ao clube ONTEM.)

Samantha saw her sister the day before yesterday.


(Samantha viu sua irmã ANTEONTEM.)

Susan’s mother traveled two days ago.


(A mãe de Susan viajou dois dias atrás/há dois dias.)

Essas palavras em destaque são muito próprias de construções no passado simples, pelo
fato de determinarem uma data, definindo assim o tempo da ação. Portanto, elas serão muito
úteis a sua aprendizagem. No último exemplo, embora AGO seja literalmente traduzido como
ATRÁS, há outra forma de expressar a mesma ideia no português, que é o caso de “há dois dias”.
Fique à vontade para usar ambas as formas.

Activity 19
Underline the ADVERBS/ADVERBIALS, which accompany the PRESENT and PAST English ten-
ses, and say if they refer to the PRESENT SIMPLE (P), PAST SIMPLE (PA) or to the PRESENT CONTI-
NUOUS (PC).

( ) Tim works every day.


( ) Sue often goes to the club.
( ) Jennifer likes going to the cinema twice a week.
( ) Sam is not working right now.
( ) Carl doesn’t eat cakes every week.
( ) Pink went to her boyfriend’s house yesterday.
( ) Tom left school early the day before yesterday.
( ) Pam is doing her school work now.
( ) Anthony never practices sports.
( ) Jane’s brother asked her to go away three days ago.

Na maior parte das vezes, o segredo para aprender a usar os tempos verbais do inglês, de
forma eficaz, é ater-se ao contexto e tentar perceber as palavras que caminham junto desses
tempos.

48
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

3.4 Prepositions of place


Você já viu como funcionam algumas das preposições mais usadas do inglês: IN, AT e ON.
Mas, há mais de cem preposições nesse idioma, você sabia? É verdade! Muito há que se falar so-
bre essa classe de palavras, e você provavelmente ouvirá bastante sobre ela. Por ora, falaremos
das preposições de lugar e, advinha?! IN e ON também pertencem a essa categoria.
Para estudarmos as preposições de lugar, nada melhor do que demonstrá-las em seus devi-
dos “lugares”, certo? Assim, vamos mostrar algumas figuras que as representam.

On the roof In front of the Coliseum


Figura 36: Couple
Fonte: http://navecomando.blogspot.com.br/2011/01/
voce-sabe-amar.html Acesso em 09 set. 2013.

Behind the chair



Figura 38: The Coliseum
Fonte: http://www.howtolivealifeofadventure.com/book/
export/html/88 Acesso em 09 set. 2013.

Under the chair


Figura 37: Gato atrás da cadeira
Fonte: http://www.flickr.com/photos/ivance-
sar/2694725362/ Acesso em 09 set. 2013.


Figura 39: Under the chair
Fonte: http://mioko06.deviantart.com/art/Hiding-Under-
-The-Chair-144735194 Acesso em 09 set. 2013.

49
UAB/Unimontes - 2º Período

In the Box Between two pinguins

▲ ▲
Figura 40: Na caixa Figura 42: Between
Fonte: http://www.bichosmardedentro.com.br/Produtos/ Fonte: http://daphnecaruanagalizia.com/2010/05/com-
detalhe/41 Acesso em 09 set. 2013. ment-of-the-week-2/ Acesso em 09 set. 2013.

Next to each other Over my head



Figura 41: Animals together
Fonte: http://quizlet.com/10838106/in-on-under-in-front- Figura 43: Flying over my head
-of-behind-next-to-between-flash-cards/ Acesso em 09 Fonte: http://www.flickr.com/photos/57157317@
set. 2013. N02/9505462132/ Acesso em 09 set. 2013.

Por que usar figuras para falar das preposições de lugar? Pois, elas são muito didáticas. E já vi-
mos que funcionam, não é? As figuras praticamente falam por si. Mas, mesmo assim, para que não
reste qualquer dúvida, faremos alguns comentários.
Veja que, no primeiro exemplo, você pode aplicar o que aprendeu sobre ON na Unidade 2.
Lembra da ideia de algo apoiado em uma superfície? O casal, que é o ponto, representado ante-
riormente pela bolinha de tênis, está sobre uma superfície, que é o telhado. Então, podemos dizer
THEY ARE ON THE ROOF.
Na figura 31, onde está o gatinho? Isso mesmo! Ele está atrás de uma cadeira. Assim pode-
mos dizer: THE CAT IS BEHIND THE CHAIR. Na figura 32, o ciclista está em frente ao Coliseu: THE
CYCLIST IS IN FRONT OF THE COLISEUM.
Veja a figura 33. Onde está o cachorrinho? Sim, ele está debaixo da cadeira. Em inglês dize-
mos: HE IS UNDER THE CHAIR. Na figura 34, o bichinho está dentro de uma caixa. A preposição IN
é geralmente traduzida por em, no entanto, neste caso, ela poderia ser traduzida por “dentro” tam-
bém. Em inglês, temos: THE LITTLE ANIMAL IS IN THE BOX.
Na figura 35, há dois animais: um coelho e um gato. Eles estão um ao lado do outro, o que,
em inglês, dizemos NEXT TO. Já na figura 36, temos um filhote de pinguim no meio de dois pin-
guins adultos. Isso quer dizer que, em inglês, teremos: THE CHICK IS BETWEEN TWO PINGUINS. E
finalmente na figura 37, há um avião sobrevoando o céu, ele está acima das pessoas, portanto,
dizemos que está OVER. Há uma diferença entre ON e OVER nesse contexto, pois ON dá a ideia de
algo apoiado em uma superfície e OVER de algo acima de alguma coisa, entendeu? Então, tería-
mos: THE PLANE IS FLYING OVER MY HEAD, por exemplo. Bem, essas são algumas das preposições
de lugar mais comuns. Estude-as, principalmente através das figuras, para memorizá-las, ok? Now,
let’s test your knowledge.

50
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Activity 20
Use the PREPOSITIONS OF PLACE properly, according to the pictures.

1. The monster is _____________ the bed.

Dica
Para saber mais sobre
as PREPOSITIONS OF
PLACE, acesse o site:
◄ Figura 44: The monster http://www.english-4u.
Fonte: http://nbdyt.blo- de/prep_of_place.htm.
gspot.com.br/2012/01/ Acesse também o site:
debaixo-da-cama.html http://www.learnen-
Acesso em 10 set. 2013.
glish.de/grammar/pre-
positionplace.html.

2. The girl and her teddy bear are ___________ the bed.

◄ Figura 45: The girl and


her teddy bear
Fonte: http://www.viaes.
com.br/gerencia_coluna/
exibir/29?abs=8247 Aces-
so em 10 set. 2013

3. What’s _________ the box?

◄ Figura 46: The Box


Fonte: http://www.
etsy.com/uk/lis-
ting/106798666/blue-en-
gagement-ring-box-w
edding-ring?ref=market
Acesso em 10 set. 2013.

51
UAB/Unimontes - 2º Período

4. The words Metro Rapid are ____________ the bus.

◄ Figura 47: The bus


Fonte: http://www.exper-
tlaw.com/forums/sho-
wthread.php?t=86471
Acesso em 10 set. 2013.

5. The couple is ___________________ Mount Everest.

◄ Figura 48: The


mountains
Fonte: http://www.
elinabrotherus.com/
photography/the-artist-
-and-her-model/ Acesso
em 10 set. 2013.

6. The man is __________________ the monument.

◄ Figura 49: The


monument
Fonte:http://www.gettys-
burgdaily.com/?p=7027
Acesso em 10 set. 2013.

52
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

7. The lion is___________________ the lion cubs.

◄ Figura 50: The lions


Fonte:http://www.gpb.
org/between-the-lions
Acesso em 10 set. 2013.

8. The woman is jumping _______________ the hurdles.

◄ Figura 51: Jumping


Fonte: http://caitchock.
com/hip-flexibility-drill-
s-why-runners-should-
channel-those-latin-
dancers-also-the-road-i-
d-winner/ Acesso em 10
set. 2013.

9. The birds are ____________________ the branch.

◄ Figura 52: Vini


Australis
Fonte: http://commons.
wikimedia.org/wiki/
File:Vini_australis_-
-two_on_a_perch-8a.jpg
Acesso em 10 set. 2013.

53
UAB/Unimontes - 2º Período

3.5 Past simple (part 3)


Já falamos das formas afirmativa e negativa do passado simples do inglês, ainda resta, no
entanto, a forma interrogativa, da qual trataremos de agora em diante. Antes, porém, voltemos
ao presente para fazermos algumas comparações.
No presente, o auxiliar de construção da interrogativa era o DO, que se desdobrava em
DOES, no caso da 3ª pessoa do singular, lembra? O que deve acontecer no passado? Simples! Os
auxiliares DO/DOES se transformarão em DID. Look at the examples!

Do you play soccer?

AUX Infinitive without to

Does she watch sitcoms?

AUX Infinitive without to

Os exemplos dados mostram claramente o uso dos auxiliares na construção das interrogati-
vas no presente. Agora, você verá como transpor isso para o passado.

Did you play soccer?

AUX Infinitive without to

Did she watch sitcoms?

AUX Infinitive without to

Os dois auxiliares de presente, DO/DOES, foram substituídos pelo único auxiliar de passa-
do: DID. Resumindo, no presente DO e DOES, no passado apenas DID, entendeu? Isso quer dizer
que se você souber fazer uma interrogativa no presente não terá problema algum para fazer o
mesmo no passado, basta trocar os auxiliares DO/DOES por DID. E como procederemos com os
verbos irregulares?
Bem, os verbos irregulares seguirão exatamente o mesmo padrão. Uma vez que ficarão na
forma de infinitivo sem TO, não importa se serão precedidos de DO/DOES ou DID, pois sua forma
não mudará. Veja isso na prática através dos exemplos a seguir.

Do you teach English?

AUX Infinitive without to

Does she see ghosts?

AUX Infinitive without to

Perceba que nos dois casos, tanto o verbo TEACH quanto o SEE são verbos irregulares, mas são
usados em sua forma de infinitivo sem TO, pois já estão antecedidos dos auxiliares DO/DOES. Então,
o que acontecerá no passado? A mesma coisa que aconteceu nos exemplos anteriores, ou seja, a

54
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

troca dos auxiliares de presente pelo de passado. Isso mesmo! Trocamos o DO/DOES pelo DID. E o
que acontecerá no verbo? Nada! Manteremos sua forma de infinitivo sem TO também no passado.

Did you teach English?

AUX Infinitive without to

Did she see ghosts?

AUX Infinitive without to

A que conclusão você pode chegar a partir dessas comparações? A de que as formas verbais
usadas, tanto no presente quanto no passado, são as mesmas, seja na negativa ou na interro-
gativa. A única diferença fica por conta do auxiliar. Assim, para indicar o presente usamos DO/
DOES e para indicar o passado usamos DID, certo? Isso nos leva à outra conclusão: só precisamos
lidar com as formas verbais, propriamente ditas, nas afirmativas, pois são elas que sinalizarão o
presente ou o passado. Já na negativa e interrogativa, os auxiliares é que passam a sinalizar esses
tempos, e não mais as formas dos verbos. Está confuso? See another example!

I teach English./ She teaches English.

verb in the present form verb in the present form

Existe algum auxiliar nos exemplos dados? Não! Por se tratarem de frases na forma afirma-
tiva só será possível saber se estão no presente se conhecermos suas formas de presente, certo?
Agora, veja o próximo exemplo.

I taught English./ She taught English.

verb in the past form verb in the past form

O que aconteceu em relação ao exemplo anterior? As formas verbais de presente TEACH/


TEACHES se converteram em uma só TAUGHT. Como você saberá em que tempo estão os dois
últimos exemplos? Conhecendo a forma de passado do verbo irregular TEACH, que, no caso, será
TAUGHT. Não há outro jeito!
Quando as frases estiverem na forma afirmativa, você terá que conhecer as formas de pre-
sente e de passado dos verbos. Já no que diz respeito às formas negativa e interrogativa, tudo de
que você precisará saber é que auxiliar usar. Isso acontece porque na afirmativa são as FORMAS
DOS VERBOS que marcam o tempo verbal. Porém, na negativa e na interrogativa são os AUXILIA-
RES que fazem isso. E, não se esqueça: isso vale tanto para o presente quanto para o passado, ok?
Let’s go ahead!

I don’t teach English./She doesn’t teach English.

infinitive infinitive
Present AUX Present AUX

I didn’t teach English./She didn’t teach English.

infinitive infinitive
Past AUX Past AUX

55
UAB/Unimontes - 2º Período

A forma do verbo TEACH é exatamente a mesma nas quatro frases em evidência, a despeito
de estarem no PRESENT ou PAST SIMPLE. No entanto, as duas primeiras são presente, e as duas
últimas, passado. Como identificar esses tempos verbais olhando somente para o verbo? Seria
impossível! No entanto, se você olhar para os auxiliares DON’T/DOESN’T/DIDN’T não terá dúvi-
da alguma do que seja presente ou passado, certo? A mesma coisa acontecerá na interrogativa.
Look at the examples.

Do you teach English?/Does she teach English?

infinitive infinitive
Present AUX Present AUX

Did you teach English?/Did she teach English?

infinitive Past AUX infinitive


Past AUX

Como você saberá, com mais segurança, que os dois primeiros exemplos dados estão no
presente? Pelos auxiliares DO/DOES, concorda? E quanto ao passado? Basta observar o DID, não
é mesmo? Sabendo disso, fique sempre atento às formas dos verbos na afirmativa, mas às formas
dos auxiliares nas negativas e interrogativas, ok? Essa estratégia certamente vai te ajudar.

Activity 21
Use (P) for PRESENT and (PA) for PAST.

( ) Susan never goes to school alone.


( ) Tom did his exercises yesterday morning.
( ) Samantha studies Maths every day.
( ) I said to him he would have problems.
( ) They put all their money on a horse racing bet last night.
( ) Did you go to the party?
( ) I don’t know if you are my friend any longer.
( ) She didn’t tell us the whole story.
( ) Are you a lawyer?
( ) Were you born in 1986?

Activity 22
Write the affirmative, negative and interrogative of the PAST SIMPLE to each sentence in the
present.

1. I am a teacher.

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________?

2. Susan packs her bags one day before her trips.

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________?

56
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

3. They go to the club every Sunday mornings.

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________?

4. Tim eats a hamburger a day.

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________?

5. Anthony has a chronic disease.

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________?

6. Ben dreams about being an airplane pilot.

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________?

7. I get some letters from my friends every month.

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________?

8. I buy some stamps every week.

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________?

9. Jane works for a very big company.

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________?

10. My mother washes all the clothes in our house on Mondays.

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________?

Reading passage 3
Before reading:
1. What is the main tense used in the first paragraph of the text?
2. What is the main tense used from the second paragraph on?

57
UAB/Unimontes - 2º Período

Life with Hope


A Return to living through
the 12 steps and 12 traditions of
Marijuana Anonymous

I’M NOT AN ADDICT

Figura 53: Addict ►


Fonte: http://footballspe-
ak.com/post/2011/10/01/
The-Life-Of-A-Football-
-Manager-Addict.aspx
Acesso em 23 set. 2013.

How could I be an addict? My life is great. I live in a very good area of Los Angeles, drive
a nice sports car, have a good job, pay all my bills, and have a wonderful family. This is not the
kind of person I grew up believing an addict was. So I smoke pot every day. I still take care of
business when it needs to be done. I just use marijuana to relax when I get home from work. I
never smoke before or during my job. So I smoke from 4 p.m. ‘til midnight every night and do
nothing but watch television. It’s not a problem; I have nothing else to do anyway.
Then one of those nights hit when I ran out of pot. I was climbing the walls. I went crazy.
I called everyone I knew to score even a roach. I remember one night driving 39 miles in a bad
storm to get a half a joint from a complete stranger just to get through the night. I remember
calling my dealer every hour on the hour to see if it had come in yet. I bought pot from people
I normally wouldn’t have even talked to much less done business with. What had happened to
me? I thought I was using because I wanted to. Now I found that I was using because I had to. I
had become an addict!
After 13 years of using I couldn’t take it any more. The reality finally hit me that I had no
life and that every day was the same. Get up, go to work, come home and spend the rest of
the evening stoned in front of the TV with a soda in one hand, a bag of chips in the other and
the bong loaded and ready to go! This was the extent of my life, day in and day out for 13
years. Oh, I had lots of friends. One reason might have been that I always had a bag of pot on
the coffee table with papers and a pipe ready to go.
Fonte: https://www.marijuana-anonymous.org/book/our-stories/im-not-an-addict Acesso em 23 set. 2013.

To read the whole story, see: https://www.marijuana-anonymous.org/book/our-stories/im-


-not-an-addict.

Now answer the questions according to the text:

1. What is the text about?

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

58
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

2. What did the addict think about his life?

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

3. What changed in his perception?

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

4. Divide the narrative into two moments. Pay attention to the verb tenses.

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

Listening 3
listen to the song at http://www.youtube.com/watch?v=qz9UNyEKBjg and fill in the gaps with
the missing words.

Phenomena - Did It All For Love

◄ Figura 54: Rolling the


dices
Fonte:http://www.daily-
mail.co.uk/sciencetech/
article-2202616/Resear-
chers-say-chaos-theory-
-predict-roll-dice.html
Acesso em 23 set. 2013.

Like a flame you touched my life


Felt so good felt so right
Time _________ fast love __________ slow
It's so hard to let go

I'll remember, I'll ______________


Now I've got to go
I'll remember, I'll remember
Oh I love you so

You __________ so much, didn't ask why


I can't explain so please don't cry
We ___________ the chances, __________ the line
Now we're running out of time

I'll remember, I'll remember


Now I've got to go
I'll remember, I'll remember
Oh I love you so

59
UAB/Unimontes - 2º Período

We __________ the dice


Played the game
________ it all for love
Do it all again

We shot the dice


___________ the game
Did it all for love
_________ it all again

Oh so much I want to say


Now it's time to go away
Now forever you're with me (yet)
You're in my soul, I won't forget

I'll remember, I'll remember


Now I've got to go
I'll remember, I'll remember
Oh I love you so

We shot the dice


Played the game
Did it all for love
Do it all again

We shot the dice


Played the game
__________________
Do it all again

I'll remember, I'll remember


Now I've got to go
I'll remember, I'll remember
Oh I love you so

We shot the dice


Played the game
Did it all for love
____________________
Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=qz9UNyEKBjg Acesso em 23 set. 2013.

Resumo
Nesta unidade, você viu o PAST SIMPLE (PART 2) e os ADVERBS/ADVERBIALS usados com ele,
as PREPOSITIONS OF PLACE: ON, BEHIND, IN FRONT OF, UNDER, IN, NEXT TO, BETWEEN e OVER.
Além disso, viu o PAST SIMPLE (PART 3) e fez uma comparação, a título de revisão, entre as formas
interrogativa e negativa do PRESENT SIMPLE e do PAST SIMPLE. Na seção READING PASSAGE,
você leu o texto “I’M NOT ADDICT” e fez a atividade de LISTENING sobre a música DID IT ALL FOR
LOVE, interpretada pela banda Phenomena.

60
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Unidade 4
What’s the weather like?

4.1 Introdução
Nesta unidade, você será introduzido a informações sobre NEW YORK, MUNICH e CANA-
DA a fim de conhecer um pouco sobre tais lugares turisticamente famosos na seção TRAVELING
AROUND THE WORLD e verá como abordar o assunto sobre o tempo na seção TALKING ABOUT
THE WEATHER. Verá também alguns padrões de acentuação do inglês na seção WORD STRESS
e ainda tomará contato com o tópico SENTENCE STRESS, que trata do ritmo da língua inglesa.
No que diz respeito ao vocabulário, você verá algo bem específico sobre o que existe nas nossas
casas e conhecerá a pergunta WHAT IS/ARE ... LIKE? As PARTS OF THE HUMAN BODY também se-
rão apresentadas a você. Na seção READING PASSAGE, você lerá os textos “LONDON AND SOUTH
EAST ENGLAND - FORECAST SUMMARY” e “FORECAST FOR NEW HAMPSHIRE - WINDY & COOL
WITH SUNSHINE e fará a atividade de LISTENING sobre a música THE WEATHER SONG.

4.2 Traveling around the world


Leia os relatos a seguir e aprenda um pouco sobre alguns lugares turisticamente famosos.

◄ Figura 55: New York


Fonte: http://topbra-
silturismo.wordpress.
com/2012/03/22/viajan-
do-para-nova-york/Aces-
so em 10 set. 2013.

I went to New York last year. It was great! I visited the Statue of Liberty, Manhattan, The
Bronx, situated in the north part of the city, Brooklyn, a very populated district in New York
and the Queens, where the two main airports, JFK and La Guardia are located. Of course, I also
visited the two rivers, East River and Hudson River, which embrace the city. I went to 5th Av-
enue and Central Park and a lot of other places. The Big Apple is really amazing!

61
UAB/Unimontes - 2º Período

Figura 56: Munich ►


Fonte: http://www.
tripadvisor.com.br/
Tourism-g187309-Muni-
ch_Upper_Bavaria_Bava-
ria-Vacations.html Acesso
em 10 set. 2013.

Munich is wonderful! It is the capital city of Bavaria. Famous for its beer and architecture,
it has plenty of museums and marvelous gardens. When I was there I did not miss the chance
to visit St. Peter’s Church, which is incredible. Brazilian Oktoberfest was certainly inspired on
the tradition of Munich beer celebration, with the same name, by the way. There are about
2,5 millions inhabitants living in the great Munich. BMW’s headquarter is located there. The
boundaries of Munich are: to the West (Zurich), to Northeast (Prague), to the East (Vienna), to
the South (Milan) and to the North (Berlin).

▲ ▲
Figura 57: Canada under snow Figura 58: Canada mountains
Fonte: http://noticias.uol.com.br/album/2013/02/08/tem- Fonte: http://atelierdeideia.wordpress.com/2008/11/11/
pestade-de-neve-atinge-canada-e-estados-unidos.htm programa-de-ferias-leva-jovens-para-o-canada/ Acesso
Acesso em 10 set. 2013. em 10 set. 2013.

Visiting a so different place is something indescribable. The temperature, in the winter,


gets to -25° Celsius or more, and, in the summer, temperature can get to 35° Celsius. In the
winter, the city is totally covered by snow, and, in the summer, we can see a tremendous land-
scape like the one in the photo. When I went there I visited cities like Vancouver, Victoria and
Ottawa. I took the train to the Rocky Mountains. There are a lot of parks like High Park, Sunny-
brook, Queen’s and Stanley. I went skiing and snowboarding. It was amazing!

Activity 23
Read the short texts, in 4.2, about some famous places in the world, and underline the AD-
JECTIVES. Look up their meanings in your dictionary.

62
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

4.3 Talking about the weather

◄ Figura 59: Summer day


Fonte: http://www.
owningpink.com/tags/
the-summer-day Acesso
em 10 set. 2013.

My perfect Summer weather would be 90 degrees*, a nice breezy sunny day, preferably spent
on a beach, water to splash around in to stay cool, a hammock to rest in and my husband, family
and friends nearby.
Fonte: http://www.farmersalmanac.com/weather/2011/07/04/what-is-perfect-summer-weather/Acesso em 10 set. 2013.

*Segundo o site http://www.convertworld.com/pt/temperatura/Fahrenheit.html, 90° graus Fahre-


nheit equivalem a 32° graus Celsius.

◄ Figura 60: Winter


Fonte: http://www.
wikihow.com/Enjoy-Win-
ter Acesso em 10 set.
2013.

Taking the outlook that the winter months are dreary*, cold and hard can cause you to
face winter with grim determination.
If your house is drafty and cold, look into what can be done to improve it for little cost.

Fonte: http://www.wikihow.com/Enjoy-Winter Acesso em 10 set. 2013.

*Esse adjetivo, embora também possa tratar do tempo, não é específico, podendo ser usado em
outros contextos que não tenham a ver com tal assunto.

63
UAB/Unimontes - 2º Período

Veja nos dois fragmentos de textos dados alguns adjetivos específicos para falar do tempo.
Quer uma dica? Eles terminam com Y. Se você os encontrou, preencha os espaços a seguir.

Activity 24
Write the names of the adjectives, taken from the text, ended in the suffix -Y.

_____________________
_____________________
_____________________
_____________________

Existe uma categoria de adjetivos formada a partir da adição do sufixo -Y. Embora vários se
refiram ao tempo, há outros tantos que também são formados da mesma forma e que não têm
nada a ver com o assunto em questão, portanto, aqui veremos apenas os que estão relacionados
ao tempo, ok? Look at the following chart to see some of these kinds of adjectives.

Quadro 4 - Adjectives ended in -Y

NOUN ADJECTIVE
cloud cloudy
wind windy
fog foggy
snow snowy
rain rainy
sun sunny
draft drafty
breeze breezy
steam steamy
mist misty
smog smoggy
Fonte: O autor

Como mostrado no Quadro 4, ao lado de cada substantivo existe um adjetivo correspon-


dente. O sufixo -Y, além de transformar alguns substantivos em adjetivos, adiciona a estes últi-
mos a ideia de que há certa quantidade daquilo que o substantivo retrata. Por exemplo, CLOUD
é nuvem e CLOUDY quer dizer “cheio de nuvem” ou “com nuvem”, ou ainda, “nublado”, entendeu?
WIND é vento, então WINDY é “com vento” ou “ventoso”. Nem sempre teremos, no português,
uma única palavra que traduza um adjetivo desses. Esse é o caso de SNOWY. Não existe um adje-
tivo em português que possa ser usado para traduzi-lo. Assim, deve-se usar uma expressão que
mais se aproxime do vocábulo, no caso, “com neve”.

Activity 25
Use the right ADJECTIVE to complete the sentences.

smoggy sunny steamy drafty cloudy dreary foggy breezy misty

1. That was a ____________ and _______________ day.


2. She loves _____________ days because she hates the sun.

64
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

3. It’s difficult to drive on a _____________ day.


4. Winter days are generally ____________.
Dica
5. Terror movies often use a _____________ atmosphere to frighten us.
Se quiser saber mais
6. Most of days in Manaus are ____________. sobre palavras específi-
cas para falar do tempo,
7. _____________ days can be very uncomfortable. acesse o site:
http://www.english-
8. Because of industries, a lot of cities are_______________. club.com/vocabulary/
weather-vocabulary.
htm.
Os dois tópicos a seguir, embora sejam bem específicos da Fonética, uma disciplina que
você provavelmente ainda terá em sua grade curricular, são incluídos por muitos autores em li-
vros de ensino de língua estrangeira por se tratarem de assuntos de relevância para a aprendiza-
gem do inglês. Por isso, decidimos incluí-los neste caderno.

4.4 Word stress


Cada palavra tem uma sílaba tônica, proeminente. No inglês não é diferente. Mas, como
saber que sílaba deve ser acentuada? Há muitas regras, muitas mesmo, e alguns autores, espe-
cialistas no assunto, tratam com maestria de uma gama enorme de casos de acentuação como,
por exemplo, Peter Roach. No entanto, o objetivo deste subtópico não é fazer um tratado sobre
acentuação, e sim conscientizar você sobre as possíveis formas de acentuar uma palavra no in-
glês. Sendo assim, limitaremos tal assunto a uma exposição genérica do funcionamento básico
da acentuação do inglês, em vez de induzi-lo à internalização de um conjunto de regras para
descobrir onde acentuar palavras, ok?
Talvez você esteja se perguntando o porquê disso. Então, lembre-se de que você ainda está
no nível básico e que os assuntos mais complexos serão novamente abordados em outros ca-
dernos de forma mais profunda; este não é o momento. Outro ponto é que o tópico proposto
servirá sim a um propósito, o de você ir conhecendo, pouco a pouco, as características da língua
inglesa, certo?

Quadro 5 - Syllable patterns

MONOSSÍLABOS
cloud
smoke
Somente uma sílaba
stick
flight
get
DISSÍLABOS
*fog.gy
car.pet Duas sílabas, no caso, sendo a
cab.in primeira acentuada

clear.ly
steam.y

65
UAB/Unimontes - 2º Período

TRISSÍLABOS
cab.i.net
treas.ur.y Três sílabas, no caso, sendo a primeira
pop.u.lar acentuada

cig.a.rette
bi.cy.cle
POLISSÍLABOS
cha.me.le.on Segunda sílaba acentuada
veg.e.ta.ble Primeira sílaba acentuada
psy.cho.ther.a.py Terceira sílaba acentuada
un.for.get.ta.ble Terceira sílaba acentuada
in.cred.i.ble Segunda sílaba acentuada
Fonte: O autor

*As sílabas em negrito são as que recebem o acento tônico. Os tipos de sílabas analisados no
quadro referem-se somente às palavras apresentadas. Não infira, a partir dele, que todos os dissí-
labos e trissílabos tenham acento na primeira sílaba, por exemplo.

A partir do QUADRO 5, é possível ter uma visão panorâmica dos tipos de acentuação de pa-
lavra existentes no inglês e de suas respectivas divisões silábicas. Considerando-se que essa lín-
gua tem milhares de palavras, seria muita pretensão fazer você acreditar que este assunto seja
tão simples quanto o quadro proposto faz parecer, não é mesmo?
A proposta é que você, como estudante do idioma em questão, enxergue, via quadro, algu-
mas palavras que se encaixem dentro dos padrões silábicos desse idioma. Sejamos mais claros!
Se você observar um conjunto de palavras do francês, perceberá que há uma tendência para a
acentuação da última sílaba. Será que isso acontece no inglês? Se olhar novamente o Quadro 5
perceberá que não. As primeiras sílabas, de todas as categorias apresentadas, é que são geral-
mente acentuadas, e não as últimas. A título de conscientização, para quem está iniciando seus
estudos do inglês, esse tipo de informação é bastante valiosa, não acha?
Dito de outra forma, o fato de todas as palavras dissilábicas e trissilábicas apresentarem
acento na primeira sílaba não deve ser usado como regra, mas pode valer na indicação de ten-
dências, assim como no exemplo do francês. E para que serve saber de tal tendência? Ora, se
você está conhecendo o idioma e nota uma tendência de que as palavras sejam acentuadas mais
frequentemente nas primeiras sílabas, e se encontrar uma palavra desconhecida, o que você ar-
riscaria fazer, acentuar as primeiras ou a última sílaba? Claro que seria evitar a acentuação da últi-
ma sílaba, privilegiando a acentuação das primeiras sílabas, não é mesmo? Ou seja, a informação
sobre a acentuação do inglês pode te dar uma noção do que é mais comum no idioma em ter-
mos de estrutura silábica. Use isso como estratégia e terá mais chances de se sair bem.
Há outro aspecto que deve ser comentado. Devido ao nível proposto neste caderno, foi co-
locado no quadro apenas o acento primário, indicado com negrito, mas é importante dizer que
existe um acento secundário em várias palavras do inglês como, por exemplo, na palavra ᶦTELE

VISION. Se você observar cuidadosamente, verá um traço na parte superior da primeira sílaba
- TE, que no quadro foi representado pela sílaba negritada, e um traço inferior na terceira sílaba -
VI. O da primeira sílaba é o acento primário, o mais forte, o da terceira sílaba é o secundário, mais
fraco que o primário, entendeu?
Vale dizer que a palavra em análise está representada pelos seus grafemas, e não fonetica-
mente, devido ao fato de que a transcrição fonética ofereceria muitos problemas neste momento
da aprendizagem por causa da sua complexidade. Assim, o que vemos são letras, não sons, cer-
to? Da mesma forma que no Quadro 5.
Outro ponto a ser considerado no quadro é a divisão silábica do inglês. Veja que sua forma é
às vezes bem diferente da que conhecemos no português.
A divisão silábica, embora não seja o foco central deste tópico, merece ser comentada, con-
tudo está sendo proposta apenas para que você tenha uma noção básica do assunto. Há duas

66
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

regras elementares para entendê-la e mais de 18 variantes, portanto é um assunto específico e


complexo, que não será tratado aqui de forma exaustiva, ok? Falemos das duas regras básicas*!

Regra #1:
TODA PALAVRA EM INGLÊS TEM UM SOM DE VOGAL

Este é o caso das palavras:

get - stop - periphery - plataform - rule - close - quick

Todas as palavras da amostra apresentam, pelo menos, uma vogal, concorda? Essa é a regra
nuclear do inglês.

Regra #2:
O NÚMERO DE VOGAIS NUMA PALAVRA É IGUAL AO NÚMERO DE SÍLABAS

Geralmente as sílabas são divididas levando-se em conta os sons vocálicos, portanto cada
som de vogal normalmente será contado como uma sílaba. Quantas sílabas há nas sete palavras
dadas como exemplo da regra anterior? A seguir, cada número representará a quantidade de sí-
labas de cada palavra.

1-1-4-3-1-1-1

Veja que, no caso das palavras RULE e CLOSE, os “e” finais não foram marcados como vogal,
porque embora estejam grafados, não são produzidos como som. Se estivéssemos usando o
sistema de representação de sons, o IPA, por exemplo, que é o alfabeto fonético internacional,
constataríamos que o “e”, em final de sílaba, nunca é pronunciado.
Isso é tudo o que você precisa saber, por ora. Baseado nessas duas regras, você será capaz
de entender em linhas gerais como é feita a divisão silábica do inglês. Há muitas exceções, mas
para entendê-las precisaríamos passar pelas regras de qualquer forma, não é mesmo? Então, em
níveis mais avançados você terá a chance de aprofundar o assunto. Now, hands to the activity!

*NOTA: Regras baseadas no site http://www.createdbyteachers.com/syllablerulescharts.html.

Activity 26
Split the following words into SYLLABLES and show the STRESSED one. Use a hyphen (-) to sepa-
rate them.

1. movement
2. snake
3. time
4. argument
5. dog
6. luggage
7. massotherapy
8. garage
9. teacher
10. magazine
11. proud

67
UAB/Unimontes - 2º Período

12. helpful
13. stubborn
14. wishful
15. colored

4.5 Sentence stress


Agora, que já tratamos de alguns conceitos básicos sobre acentuação silábica, precisamos
investir algum tempo na acentuação da frase no inglês. Como assim? Quer dizer que, além de sa-
ber onde colocar o acento na palavra ainda existe um acento na frase? Isso mesmo! E é disso que
falaremos a partir de agora.
Antes de qualquer coisa, precisamos dizer que há dois tipos de palavras, de suma importân-
cia, para que você entenda o assunto. (1) As palavras de conteúdo (content words) e (2) as pala-
vras de estrutura (structure words). Acompanhe as informações do QUADRO 6 a seguir.

Quadro 6 - Content and Structure Words

Content Words Structure Words


Nouns Prepositions
Adverbs Articles
Adjectives Pronouns
Main verbs Conjunctions
Auxiliaries (NEGATIVE FORM) Auxiliaries
Fonte: O autor

De acordo com as informações do QUADRO 6, as CONTENT WORDS são os substantivos,


advérbios, adjetivos, verbos principais e verbos auxiliares na forma negativa, ao passo que as
STRUCTURE WORDS são as preposições, artigos, pronomes, verbos auxiliares e conjunções.
A partir do conhecimento dessas duas categorias fica fácil começar a entender o assunto. Se
olhar para a coluna das CONTENT WORDS, ou palavras de conteúdo, você verá que são aquelas
responsáveis por conduzir significado numa língua. Já a outra coluna, das STRUCTURE WORDS,
ou palavras de estrutura, são palavras que auxiliam na construção das estruturas da língua ingle-
sa, mas que, não necessariamente, estão ligadas à condução do significado.
Portanto, as CONTENT WORDS, que conduzem significado, devem ser enfatizadas, isto é,
acentuadas, enquanto as STRUCTURE WORDS não recebem acento algum, a menos que seja para
contrastar informações. Veremos isso adiante. Look at the examples!

Anthony has a good house.

NOUN ADJ NOUN


MV
ART

Se você observar o exemplo em questão, verá que há dois substantivos (NOUNS), um adje-
tivo (ADJ), um verbo principal (MV) e um artigo (ART). Isso quer dizer que há quatro palavras de
conteúdo e apenas uma de estrutura, correto? Todas as palavras de conteúdo estão grafadas na
cor laranja. Se tiver dúvidas, volte ao QUADRO 6. E toda essa classificação servirá para quê? Sim-
plesmente para você saber que palavras serão acentuadas ou enfatizadas numa frase e quais não
serão. Portanto, vale dizer que o acento deve sempre ficar nas CONTENT WORDS, pois são elas as
responsáveis pela condução do conteúdo, já as STRUCTURE WORDS não receberão acento.
Diante disso, transformaremos o exemplo dado em palavras marcadas com e sem acento.
Assim, o ritmo certo poderá ser produzido. E como faremos isso? Em todas as CONTENT WORDS

68
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

colocaremos uma “bolinha” marcando o stress. Essa bolinha sempre deverá ser colocada na sílaba
tônica da palavra. Já as STRUCTURE WORDS não receberão a bolinha, sinalizando que não de-
vem ser enfatizadas ou acentuadas. Isso quer dizer então que haverá duas categorias de palavras:
STRESSED (tônicas) e UNSTRESSED (átonas), entendeu? Let’s see that!

● ● ● ●
Anthony has a good house.

A única palavra que não recebeu o acento foi o artigo A, por ser uma palavra de estrutura.
Todas as outras, que são de conteúdo, receberam uma bolinha coincidindo assim com suas sí-
labas tônicas. Esta é a parte teórica, a prática é você conseguir produzir as palavras acentuadas
de forma mais intensa que as não acentuadas. Fazendo assim você estará incorporando o ritmo
correto do inglês.
Nós, brasileiros, por desconhecermos tal informação, acabamos falando inglês com o ritmo
do português. E qual é o problema disso? Na verdade, tendemos a acentuar todas as palavras em
Para saber mais
uma frase, enquanto os nativos do inglês acentuam somente aquelas que conduzem significado,
tirando a ênfase das palavras de estrutura. É por isso que muitas vezes, ao ouvir um nativo falan- Por que estudar o ritmo
e o acento de uma
do, fica parecendo que ele está engolindo certas palavras.
língua? A princípio isso
O contrário também é verdade. Se usarmos um ritmo diferente, com o qual os nativos não pode parecer meio
estejam acostumados, eles poderão ter mais dificuldade para entender o que estamos falando, desnecessário, não é
pois ao invés de escutarem de forma acentuada as palavras que conduzem significado, escutarão mesmo? É verdade que
todas com a mesma intensidade, gerando certa confusão para eles, entendeu? pareça meio estra-
nho, mas, na verdade,
Assim sendo, ao trabalhar o acento na frase, você melhorará sua capacidade de escutar o
quando passamos a
inglês e ajudará o nativo a te entender melhor. Vale dizer que tudo isso acontece, porque o por- entender o sistema so-
tuguês é considerado uma língua syllable-timed, enquanto o inglês é stress-timed. Mas isso nós noro do inglês algumas
deixaremos para a Fonética. So, let’s have some practice?! outras coisas também
se desenvolvem como,
por exemplo, a nossa
Para maiores informações sobre o assunto, assista ao vídeo em: http://www.youtube.com/
compreensão auditiva.
watch?v=sUMM5eCvi8w O sistema rítmico do
inglês coloca ênfa-
No começo do assunto, dissemos que qualquer palavra de uma frase pode ser acentuada, se nas informações
não apenas as CONTENT WORDS, mas isso só se aplica a um caso, isto é, quando queremos es- relevantes contidas nos
verbos, nos substanti-
tabelecer um contraste. Em todos os outros casos, você deverá observar a regra da acentuação
vos, adjetivos, advér-
frasal. Então, vejamos um exemplo sobre a exceção à regra. bios, etc. e a retira das
palavras que só tenham
a ver com a estrutura
- He lent you some money. (Paul) do idioma. Portanto,
tentar perceber onde
- No, she did! (Jane)
estão o acento tônico
e o frasal vai te ajudar
a perceber diferen-
Veja que o pronome SHE está negritado, indicando que deve ser enfatizado, recebendo o ças entre palavras e
acento frasal. Mas, pronome não faz parte das CONTENT WORDS, faz? Não! Ele é uma STRUCTURE significados, o que é
relevante em termos
WORD, portanto, não deveria ser acentuado, não é? Porém, veja o que está acontecendo. Paul
de informação e o que
disse que alguém, que ele retomou com o pronome HE, tinha emprestado dinheiro para Jane. pode ser preterido. Isso
Ela imediatamente o corrigiu, dizendo que não tinha sido ele, mas ELA, ou seja, não foi alguém certamente o ajudará a
do sexo masculino, mas do sexo feminino. Nesse caso, ficou estabelecido um contraste entre HE se concentrar mais nas
e SHE. Assim, mesmo não sendo uma CONTENT WORD, tal pronome foi acentuado para indicar o palavras de conteúdo,
pois você já sabe que
contraste, entendeu? Isso pode acontecer com qualquer classe gramatical, certo?
são elas as responsáveis
pelo significado. Assim,
você não ficará preocu-
Activity 27 pado em entender cada
palavra que ouve. Esta
Mark the CONTENT WORDS with a dot to show their STRESS. After that, say the sentences out com certeza é uma boa
estratégia!
loud to practice the English rhythm.

1. Susan went to Italy last month.


2. Jennifer studies Physics at about 7 every day.
3. Tom has a beautiful house with a big dog.
4. They don’t work for CNN.

69
UAB/Unimontes - 2º Período

5. Did you drink alcoholic beverages?


6. She doesn’t understand my point of view.
7. The Browns are my next-door neighbors.
8. Kate can’t play the guitar very well.
9. The house is in a good location.

É isso aí! Depois dessa paradinha para trabalhar um pouco de fonética, com certeza você fi-
cará mais habilitado a entender certas nuances do inglês. De posse dessas informações, você terá
mais chances de sucesso ao usar esse idioma. Pode acreditar!

4.6 Things in a house


Quantas coisas, dentre móveis e eletro-eletrônicos, podem estar presentes em uma casa?
Use seu dicionário para colocar seus nomes e descubra-as.

Activity 28
Use the pictures to help you memorize the names of the things in a house.

___________________________________ ___________________________________
◄ Figura 61: Fogão ◄ Figura 65: Forno
Fonte: http://heat- micro-ondas
designkent.co.uk/
range-cookers/falcon- Fonte: http://usahit-
-range-cookers/ man.com/microwa-
falcon-1092-conti- ves-toxic/ Acesso em
nental-range-cooker/ 11 set. 2013.
Acesso em 11 set.
2013.

___________________________________ ___________________________________
◄ Figura 62: Forno
◄ Figura 66: Armários
elétrico
de cozinha
Fonte: http://best-
Fonte: http://www.
-toaster-oven-guide.
kitchencabinetmart.
com/ Acesso em 11
com/allcabinets/all-
set. 2013.
cabinets.html Acesso
em 11 set. 2013.
___________________________________
◄ Figura 63: Lava-
louças
Fonte: http://www. ___________________________________
stainlesssteeldishwa-
sher.org/stainless- ◄ Figura 67: Mesa de
-steel-dishwasher-2/ jantar
Acesso em 11 set.
Fonte: http://tamara-
2013.
jbuchan.com/blog/
clutching-the-bag-of-
-rags/dinner-table/
Acesso em 11 set.
___________________________________ 2013.

◄ Figura 64: Máquina ___________________________________


de lavar
Fonte: http://hea- ◄ Figura 68: Sofá
tingandplumbing-
doncaster.co.uk/ Fonte: http://www.
washing-machine-ins- fernandojaeger.com.
tallation-doncaster/ br/index.php/sofa-
Acesso em 11 set. -verso/ Acesso em 11
2013. set. 2013.

70
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

___________________________________ ___________________________________

◄ Figura 69: Poltrona ◄ Figura 73: Banheira


com braços Fonte: http://
Fonte: http://pas- www.toxel.com/
sittobulis.blogspot. inspiration/2010/03/12/14-
com.br/2010/10/ -stylish-bathtubs-for-your-
armchair-cynic-how- -bathroom/ Acesso em 11
-to-fix-canucks-woes. set. 2013.
html Acesso em 11
set. 2013. ___________________________________

___________________________________ ◄ Figura 74: Chuveiro


Fonte: http://prettys-
◄ Figura 70: Mesa de martly.blogspot.com.
br/2013/04/ontrast-sho-
centro wer-pros-and-cons.html
Fonte: http://www. Acesso em 11 set. 2013.
digsdigs.com/coffee-
-tables-with-built-in-
-fireplace/ Acesso em
11 set. 2013.
___________________________________
___________________________________

◄ Figura 75: Guarda-


roupas
Fonte: http://www.raf-
tfurniture.co.uk/lifestyle-
-knockdown-wardrobe-
◄ Figura 71: Abajour -natural-teak.html Acesso
Fonte: http://www. em 11 set. 2013.
leonceantiques.
com/index.php/cPa-
th/1846_77 Acesso
em 11 set. 2013. ___________________________________

◄ Figura 76: Cama de


solteiro
Fonte: http://colombo-
lands.com/GalleryDetails.
aspx?id=Single-Bed-Desig-
ns&tab=10 Acesso em 11
set. 2013.
___________________________________

◄ Figura 72: Lareira ___________________________________


Fonte: http://majes-
ticproducts.com/ ◄ Figura 77: Cama de
family/Fireplaces/ casal
Non-Catalytic/Desig- Fonte: http://news.
ner-Series/ Acesso em alibaba.com/gallery/
11 set. 2013. detail/beds/100001943-1-
-fabulous-design-double-
-bed.html Acesso em 11
set. 2013.

Trabalhar para que o seu léxico pessoal cresça é algo indispensável na aprendizagem de
uma língua estrangeira. Por isso, memorize as palavras que você acabou de descobrir e consoli-
de-as, usando-as em todas as ocasiões em que puder.

71
UAB/Unimontes - 2º Período

4.7 Parts of the human body


Uau! Você acabou de aprender o nome de várias coisas que podem ser encontradas em uma
casa. Agora, tentará descobrir os nomes das partes do seu corpo. Puxa, embora seja uma mudan-
ça de assunto radical, você precisará desse conhecimento para desenvolver os próximos tópicos,
portanto, não se assuste e vá em frente, ok?
Este tópico foi direcionado para a aprendizagem de algumas das principais partes do corpo hu-
mano. Tente memorizá-las, pois serão muito úteis para algumas das próximas lições. Stay focused!

Figura 78: Main parts of ►


the human body
Fonte: http://www.
easypacelearning.com/
all-lessons/english-
-level-2/774-body-parts-
-learning-about-the-hu-
man-body-english Acesso
em 11 set. 2013.

Agora, é hora de você usar seu dicionário novamente para encontrar o significado das pala-
vras que se referem às partes do corpo humano, caso não consiga aprendê-las através da figura.
Embora a figura usada detalhe algumas partes do corpo, outras são deixadas de lado. Por
isso usaremos outra figura, com mais informações sobre o assunto, que apresente os nomes das
partes que compõem um rosto. Look at the following picture!

Figura 79: Parts of a ►


human face
Fonte: http://www.
iplay.com.br/Imagens/
PapelDeParede/0lzt/A_
modelo_Adriana_
Skleronikova_e_seu_be-
lissimo_rosto Acesso em
11 set. 2013. (Adaptado)

72
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Activity 29
Use picture 79 to complete the following description.

The girl in the picture has blue ______________ and blond ______________. She has
light-brown ___________________ and black ______________ . Her ______________ is
big and round. Her ____________ are thick. She has very white ____________ and a per-
fect _____________. Look at her _______________! They’re completely rose. Even her
_________________ fits her face perfectly. In fact, she is a real goddess.

Antes de finalizarmos esta seção, falaremos um pouco de uma pergunta muito importante
para usar quando se quer saber a descrição das coisas em geral, dentre elas, as partes do corpo
humano.
Essa pergunta geralmente causa bastante confusão entre os aprendizes iniciantes devido a
sua estrutura bem peculiar. A pergunta é WHAT IS/ARE ... LIKE? E por que causa tanta confusão?
Pelo fato de o LIKE ser muito usado como verbo, no caso, GOSTAR, muitos aprendizes do inglês
interpretam essa pergunta equivocadamente como se tivesse alguma coisa a ver com o verbo.
Neste caso, LIKE é uma preposição e quer dizer COMO. Sério?! Isso mesmo! Então, vamos traduzir
a pergunta: COMO É ou COMO SÃO alguma(s) coisa(s)? Veja que no lugar das reticências usamos
“alguma(s) coisa(s)”, ok? Isso ainda está confuso? Então, veja os exemplos a seguir.

WHAT IS YOUR HOUSE LIKE?


(Como é a sua casa?)

WHAT ARE YOUR CARS LIKE?


(Como são seus carros?)

Que tal? Ficou claro agora? Veja que essa estrutura do inglês é (1) sempre geral (2) requer
uma descrição como resposta e (3) pode ser usada para pedir a descrição de qualquer coisa. Nos
exemplos, falamos de casa e carros, mas poderíamos ter perguntado sobre olhos, cabelos, ami-
gos, escola, etc?
Se você se ativer à estrutura dessa pergunta verá que a WH QUESTION usada sempre será
WHAT, acompanhada do verbo TO BE, que deverá concordar com o substantivo ao lado IS (sin-
gular) + HOUSE (singular); ARE (plural) + CARS (plural), ok? E você não deve se esquecer de que
a última palavra dessa pergunta sempre será LIKE. YOUR HOUSE e YOUR CARS na verdade estão
substituindo as reticências, entendeu?
Na próxima atividade, você terá a oportunidade de usar a pergunta em questão, aproveite!
Faça todas as atividades propostas e se tiver alguma dúvida esclareça-a com seu professor ou
tutor.

Activity 30
Answer the questions about your PHYSICAL TRAITS.

1. What’s your hair like?


________________________________________________________________________________
2. What are your eyes like?
________________________________________________________________________________
3. What’s the color of your eyelashes?
________________________________________________________________________________
4. What’s the shape of your nose and chin?
________________________________________________________________________________
5. Are your lips thick or thin?
________________________________________________________________________________
6. Do you have white teeth?
________________________________________________________________________________

73
UAB/Unimontes - 2º Período

Estude bem as partes do corpo humano, pois na próxima unidade você precisará de várias
delas para falar do tópico proposto. Good job!

Reading passage 4
Before reading:
1. Underline the words and expressions, which refer to the weather conditions, in the two follo-
wing short texts. Look up their meanings in your dictionary.

Figura 80: The weather ►


forecast
Fonte: http://fbnood-
leman.blogspot.com.
br/2012/08/the-weather.
html Acesso em 23 set.
2013.

London and South East England


Forecast Summary

Today
Early mist and areas of low cloud to the south of London, here bright or sunny spells are
likely to slowly develop. Across and north of London early mist and fog clearing, leaving sunny
periods. Becoming warm, or very warm.

Tonight
Dry with a mix of mist and low cloud, and also patchy fog forming under the clearest
skies, these most likely to the north of London.

Environmental Summary
UV: 2
UK Range: 1-7
Pollution: Low
UK Range: Low to Very High
Pollen: Moderate
UK Range: Low to Very High

74
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Forecast For New Hampshire


Windy & Cool With Sunshine...

Kevin Skarupa, Meteorologist

After a strong cold front moved through over the weekend, most of this week looks very
quiet for our first official week of the autumn season.
Some lingering clouds and a passing shower in the North Country (some snowflakes
atop Mount Washington overnight!) as we start the workweek. Bright sunshine otherwise
with a noticeable northwest wind 10-20+ mph this afternoon making it feel cooler than highs
between 54-64 from north to south.
Tuesday will still be breezy but it will be sunny statewide. Highs will be a few notches
warmer: 58-68.
By Wednesday, we’re into the 60s statewide, with plenty of sunshine and very pleasant
conditions.
That pleasant weather will continue from Thursday and Friday into next weekend as we
warm a few degrees more each day.

******Special Note*******
Fonte: http://www.wmur.com/weather/text-forecast Acesso em 23 set. 2013.

Now answer the questions according to the texts:

1. What are the texts about?

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

2. What’s the weather like in London and South East England?

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

3. What’s the weather like in New Hampshire?

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

4. Is the weather getting cold or hot, at the end of the week, in New Hampshire?

________________________________________________________________________________

5. What’s the pollution level in London and South East England?

________________________________________________________________________________

Listening 4
Listen to the song at http://www.youtube.com/watch?v=3Ja4j4ltnRw and fill in the gaps with the
missing words.

75
UAB/Unimontes - 2º Período

The weather song

Figura 81: The weather ►


Fonte: http://zimbabwe.
embassyhomepage.com/
zimbabwe_weather_fo-
recast_cheap_flights_bu-
lawayo_hotels_zimba-
bwe_embassy_of_zimba-
bwe_london_uk_zimba-
bwe_travel_insurance.htm
Acesso em 23 set. 2013.

What’s the weather? It’s __________


What’s the weather? It’s __________
Altogether that’s the weather
Sun, rain, wind, storm
Hot, cold, cool, warm
What’s the weather? It’s _________
What’s the weather? It’s _________
Altogether that’s the weather

In the summer it is hot


In the winter it is not
In the spring there are flowers
In the autumn there are showers
What’s the weather? It’s _________
What’s the weather? It’s _________
Altogether that’s the weather

Sun, rain, wind, storm


Hot, cold, cool, warm
What’s the weather? It’s __________
What’s the weather? It’s __________
Altogether that’s the weather

In the summer it is hot


In the winter it is not
In the spring there are flowers
In the autumn there are showers
Altogether that’s the weather (3X)
Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=3Ja4j4ltnRw Acesso em 23 set. 2013.

76
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Resumo
Nesta unidade, você foi introduzido a informações sobre NEW YORK, MUNICH e CANADA
a fim de conhecer um pouco sobre tais lugares turisticamente famosos na seção TRAVELING
AROUND THE WORLD e viu como abordar o assunto sobre o tempo na seção TALKING ABOUT
THE WEATHER. Viu também alguns padrões de acentuação do inglês na seção WORD STRESS e
ainda tomou contato com o tópico SENTENCE STRESS, que tratou do ritmo da língua inglesa.
No que diz respeito ao vocabulário, você viu algo bem específico sobre o que existe na maioria
das casas e conheceu a pergunta WHAT IS/ARE...LIKE? e as PARTS OF THE HUMAN BODY. Na se-
ção READING PASSAGE, você leu os textos “LONDON AND SOUTH EAST ENGLAND - FORECAST
SUMMARY” e “FORECAST FOR NEW HAMPSHIRE - WINDY & COOL WITH SUNSHINE e fez a ativida-
de de LISTENING sobre a música THE WEATHER SONG.

77
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Unidade 5
I have a terrible cold!
5.1 Introdução
Nesta unidade, você será introduzido às diferenças entre os verbos MAKE e DO, entre o PRE-
SENT SIMPLE e o PAST SIMPLE e verá de que forma estão estruturadas algumas perguntas do in-
glês. Não obstante, terá a oportunidade de conhecer as formas afirmativa e negativa do IMPERA-
TIVE. No que diz respeito ao vocabulário, você conhecerá vocábulos específicos sobre algumas
DOENÇAS e SINTOMAS e tomará contato com a forma de se fazer algumas descrições na seção
IN A POLICE STATION. Além disso, terá a oportunidade de escrever um bilhete e uma carta curta
para exercitar sua habilidade de escrita. Na seção READING PASSAGE, você lerá o texto “MUSIC
THERAPY” e fará a atividade de LISTENING sobre a música DO I HAVE TO SAY THE WORDS, inter-
pretada por Brian Adams.

5.2 Are you sick?


Na unidade 4, você teve contato com as principais partes do corpo e agora poderá usá-las
para praticar, só que desta vez para falar de algumas doenças e seus sintomas. Um bom as-
sunto que serve como pretexto para falar das partes do corpo é esse, uma vez que precisamos
nos referir a certas partes da anatomia humana para relatar nossos problemas de saúde, não é
mesmo? So, let’s go!

◄ Figura 82: Feeling sick


Fonte: http://www.
leicestershirediabetes.org.
uk/522.html Acesso em 16
set. 2013.

- Oh, gosh! I’m terribly ill. I have a sore throat, I have a fever, my back hurts, my eyes itch,
I’m coughing and my head is killing me.
79
UAB/Unimontes - 2º Período

Figura 83: Headache ►


Fonte: http://kansasfa-
milymedicine.wordpress.
com/2008/12/16/my-hea-
d-is-killing-me/Acesso em
16 set. 2013.

- I have headaches very often, but this one is really bothering me. It’s so strong I am having
nausea.

Figura 84: ►
Stomachache
Fonte: http://chil-
drens411.wordpress.
com/2013/04/17/stomach
-aches-in-children/Acesso
em 16 set. 2013.

- Mom, can you give me some medicine? My stomach is aching a lot!

Figura 85: Toothache ►


Fonte: http://www.e-
-toothacheremedies.com/
Acesso em 16 set. 2013.

- I can’t stand this toothache anymore! It really hurts.

80
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

A partir dos exemplos dados, você já percebeu que algumas palavras são bem recorrentes
quando o assunto é dor. Veja, por exemplo, os verbos HURT e ACHE, que significam DOER, e tam-
bém o verbo HAVE, usado em expressões como, por exemplo, HAVE A HEADACHE. Eles estão pre-
sentes na maior parte das vezes para falar de dores e doenças.
Além disso, é possível encontrar ACHE na composição de alguns substantivos como, por
exemplo, TOOTHACHE, HEADACHE e STOMACHACHE. Isso mesmo! Tanto TOOTH, quanto HEAD
e STOMACH são partes do corpo e para dizer que elas estão doendo basta adicionar o sufixo
ACHE, entendeu? É claro que não dá para fazer isso com todas as partes do corpo, mas com algu-
mas delas sim.
Se você tiver uma dor nas costas pode falar BACKACHE, mas não pode chamar uma dor
no joelho de kneeache. Então, para dizer que seu joelho está doendo, basta recorrer ao ver-
bo ACHE ou HURT. Neste caso você terá que falar MY KNEE HURTS ou MY KNEE ACHES/IS
ACHING, entendeu?
Outra forma de expressar sua dor seria usando a palavra PAIN. Assim, você poderia dizer: I
HAVE A PAIN IN MY ARM. Essas são as formas de você sinalizar que alguma parte do seu corpo
não está bem, que você está sentindo dor, ok? E não se esqueça do verbo FEEL, que também é
muito usado para falar de suas sensações nesse caso. Ele é o verbo SENTIR. Agora, tente fazer a
atividade proposta para ganhar mais familiaridade com o vocabulário em questão.

Activity 31
Use the information given to complete the dialogue.

◄ Figura 86: In an
appointment
Fonte: http://www.
sodahead.com/living/
dan-seals-dies-at-61-from
-mantle-cell-lymphoma-a-
deadly-cancer-on-the-rise
-should-we-be-more-vigi/
question-292747/ Acesso
em set. 2013.

have headaches feel pressure symptoms hurt

- Hello, Marlene!
- Hi, doctor Sharon.
- What are you feeling?
- I don’t know. My back _______________.
- What else?
- I have ________________ every day and I’m _______________ difficulty to walk.
- Ok. I’m going to check your blood __________________, look where you are really
_______________ pain in your back and try to find a cause to your ________________.
- All right, doctor. Thanks!

Activity 32
Now complete the names of the pains.

1. A pain in the back - ______________________


2. A pain in the tooth - ______________________

81
UAB/Unimontes - 2º Período

3. A pain in the head - ______________________


4. A pain in the stomach - ___________________

Bem, com as dicas dadas você conseguirá falar de algumas dores, as mais comuns, pelo me-
nos. Mas, há muito mais do que isso para você conseguir falar dos sintomas de algumas doenças.
Dica Portanto, veja a dica ao lado e amplie seu vocabulário sobre o assunto, ok?
Se quiser saber mais
sobre tipos de doenças,

5.3 In a police station


acesse o site: http://
www.livestrong.com/
article/82411-major-
-types-diseases/

Você já viu como usar algumas partes do corpo para falar de al-
gum problema de saúde. Outra aplicação delas, e mais especificamente
das partes do rosto de uma pessoa, pode ser para fazer descrições por-
menorizadas.
Vamos usar uma situação na qual você deverá resgatar esses no-
mes para entender e fazer descrições, ok? Então, imagine-se em uma
delegacia de polícia fazendo um retrato falado de algum criminoso que
tenha cruzado seu caminho. Embora a situação seja indesejável, ela ser-
ve bem ao propósito almejado. E mesmo que você nunca tenha que
usar esses conhecimentos em tal situação, eles serão úteis para muitos
outros contextos.


Figura 87: Police officer
Fonte: http://www.wisege-
ek.com/what-is-the-diffe-
rence-between-a-sheriff-
-and-a-police-officer.htm
Acesso em 16 set. 2013.

- Madam, can you recognize this man?


- Oh, yes! I remember him. He is bald with a musta-
che, light-brown eyes, middle-aged, with a thick-skinned
nose. He’s tall and has thick eyebrows. He has big ears, too.

◄ Figura 88: Suspect


sketch 1
Fonte: http://forensicart.
com/website/composi-
te_drawings.htm Acesso
em 16 set. 2013.

- Mr. Williams, can you identify this murderer?


- Yes, sir. I saw this man. He is short and fat with a
round face, thin eyebrows and full lips. He has nappy
black hair, light-brown eyes and thick-skinned nose. He
also wears glasses.

◄ Figura 89: Suspect


sketch 2
Fonte: http://blogs.sac-
bee.com/crime/archives/
location/sacramento-
-coun/sacramento-city/
Acesso em 16 set. 2013.

82
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Como você pode perceber, há várias palavras nas duas descrições que são muito específicas.
Elas incluem idade (MIDDLE-AGED), tamanho (SHORT/TALL), cores (LIGHT/DARK-BROWN), etc. Es-
sas informações, por serem tão específicas, geralmente são requeridas quando fazemos um re-
trato falado de alguém. Vá ao glossário e estude as palavras que você ainda não saiba. A seguir
faça a próxima atividade para praticar, ok? A melhor forma de melhorar seus conhecimentos de
um idioma é praticando-o. So, go ahead!

Activity 33
Make a description of the criminal in the picture.

__________________________________________________ ◄ Figura 90: Suspect


sketch 3
_________________________________________________
Fonte: http://cox-
_________________________________________________ soft.blogspot.com.
__________________________________________________ br/2008_01_01_archive.
__________________________________________________ html Acesso em 16 set.
2013.
__________________________________________________
__________________________________________________

Com as palavras que você aprendeu nesta unidade, as


cores e as partes do corpo, e mais especificamente do rosto
de uma pessoa, você terá plenas condições de falar de características bastante específicas das
pessoas com as quais convive. Tente descrever pessoas da sua família, amigos e amigas, colegas
de trabalho. Junte tudo isso ao tópico sobre roupas, que você também já viu, e se surpreenderá
com o que conseguirá fazer com todo esse conhecimento do inglês.

5.4 Make or do?


Muitos erros são cometidos por aprendizes de inglês em relação ao uso dos dois verbos
em questão. Algumas expressões são construídas com MAKE e outras com DO, mas há uma
ideia por trás da maior parte dessas construções e é isso o que você tentará descobrir a partir
de agora, ok?
E por que isso é necessário? Pelo simples fato de que tanto MAKE quanto DO têm o mesmo
significado ao serem traduzidos para o português, portanto, somente os conceitos implícitos de
cada um poderão te ajudar a distingui-los, certo?
Basicamente o uso do verbo MAKE inclui a ideia de algo que foi feito, construído ou que
tenha sido preparado pelo falante, isto é, com suas próprias mãos. Já, no caso do DO, a ideia é de
execução. Vamos ver isso na prática, ok?

(1) make a cake


(2) do the washing-up

(1) Você PREPARA um bolo com suas próprias mãos, não é? (2) E EXECUTA a tarefa de lavar as
louças, correto? Na preparação do bolo, há uma criação, produção, enquanto no ato de lavar as
louças não há nenhuma dessas ideias, não é mesmo? Veja os dois exemplos a seguir.

make some coffee


do a sport

No primeiro exemplo, fazer café é o mesmo que prepará-lo, precisa colocar as mãos nessa
preparação. Já no caso de praticar um esporte, a ideia é de alguém que simplesmente executa tal
tarefa, is it clear? Veja se você entendeu os conceitos por trás de cada um desses verbos fazendo a
atividade a seguir.
Embora seja possível fazer a diferenciação de MAKE e DO observando-se suas ideais subja-
centes, há alguns casos idiomáticos com os quais tal estratégia seria frustrada. Alguns desses se-

83
UAB/Unimontes - 2º Período

riam: MAKE SOMEONE HAPPY, MAKE A PROMISE e MAKE MONEY. Em tais situações valerá o con-
ceito de COLLOCATIONS, que será apresentado adiante.

Activity 34
Use MAKE or DO to complete the expressions.

1._________ a cake.
2._________ some tea.
3._________ the dishes.
4._________ some exercise.
5._________ a research.
6._________ someone a favor.
7._________ an analysis.
8._________ a meal.
9._________ the shopping.
10.________ the laundry.

Então, a partir de agora, todas as vezes em que você se deparar com esses dois verbos já
sabe como fazer para decidir se usará um ou outro, não sabe? Isso mesmo! Basta recorrer às
ideias implícitas no uso de cada um, com exceção dos casos idiomáticos, é claro. Com o tempo
você verá que grande parte dessas escolhas já terá sido automatizada.

5.5 Present or past?


Você já deve ter notado que cada unidade apresenta tópicos mais simples, de dificuldade
média e outros, em menor quantidade, no entanto, mais complexos, não é? O tópico mais denso
desta unidade é como fazer a distinção entre o PRESENT e o PAST SIMPLE. Fique atento!
Este tópico da unidade será dedicado à revisão dos principais tempos verbais do inglês, que
são o presente e o passado simples. Toda aprendizagem é cíclica, isso quer dizer que é preciso
voltar às mesmas questões várias vezes para dominá-las.
Tanto o presente quanto o passado simples se valem do fato de que as ações por eles re-
presentadas são completas, em contraposição ao aspecto contínuo, que sinaliza a incompletude
dessas ações. A diferença é que o passado fala de uma ação ocorrida algum tempo atrás e o pre-
sente retrata uma ação que não tem relação com o passado. É importante entender isso, pois há
um tempo verbal no inglês específico para juntar ações do presente e do passado, porém não
se trata de nenhum dos dois tempos simples que são os tópicos desta unidade. Então, para que
saber disso? É porque se você não entender bem as características dos tempos propostos, prin-
cipalmente do passado, terá dificuldades para compreender os tempos verbais mais complexos,
que serão abordados no decorrer do curso.
As ações no passado simples geralmente requerem uma data, sendo assim, podemos dizer
que a ação representada pelo passado simples, além de ser completa, também é definida, pois é
possível dizer quando aconteceu.
Embora o passado simples também possa ser usado como correspondente do pretérito im-
perfeito do português, parece haver uma preferência por outra construção, da qual não tratare-
mos agora, que é o USED TO.
Portanto, abordaremos tanto o passado quanto o presente simples como tempos que re-
presentam ações completas e, mais especificamente no caso do passado, ações definidas, certo?
Como você já foi introduzido exaustivamente à FORMA desses tempos verbais, isto é, como são
estruturados, investiremos algum tempo para abordá-los de uma perspectiva de seu USO, já que
iniciamos este tópico tratando do SIGNIFICADO, segundo parâmetros da tridimensionalidade de
Celce-Murcia, ok? Se não se lembra, em uma das notas de reflexão, citamos tal autora e sua pro-
posta de ensino da língua inglesa, ou seja, trabalhar a FORMA, o SIGNIFICADO e o USO de algu-
mas estruturas desse idioma. Let’s see the examples!

84
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Sue always goes to the club.

Sue went to the club last Sunday.

A ação de ir para o clube, no caso da frase no presente, retrata um fato que tem sentido
completo, não-processual. Ela sempre vai para o clube e ponto final. Já a ação expressa no pas-
sado nos diz que ela foi ao clube em uma data específica, ou seja, no último domingo. Podemos
dizer que a ação é completa? Sim. Ela foi ao clube. A ação é definida? Sim, a ação também é defi-
nida, pois se refere a uma data específica, que foi o último domingo, got it?
Em suma, juntando tudo o que foi falado até aqui sobre o PRESENT SIMPLE, o PAST SIMPLE e
o PRESENT CONTINUOUS, podemos organizar tais informações usando as categorias de FORMA,
SIGNIFICADO e USO. Volte em cada um desses tempos verbais e organize-os para melhorar seu
entendimento sobre eles.
É preciso entender o que os aspectos revelam sobre cada tempo. No caso, os aspectos estu-
dados até aqui foram o SIMPLES e o CONTÍNUO. Até o final do curso, você terá a oportunidade de
estudar outros aspectos mais complexos. Por ora, é importante que você entenda as ideias aqui
expostas, certo?

Activity 35
Use the PRESENT or PAST to complete the sentences.

have dream arrest want (neg.) manage love be (4x) go (2x)


see hate work visit run

1. Margareth ____________ pizza.


2. Tony _____________ to his grandma’s house last week.
3. Susan ____________ a lawyer. She _____________ for a big office.
4. Anderson ____________ a beautiful dog, but he _____________ away.
5. The policeman _______________ the thieves for a while, but they ________________ to es-
cape.
6. I always ______________ to the beach on my holiday, but I __________________ my parents’
cottage last year.
7. I _______________ about you yesterday and now you _____________ here.
8. That car you _____________ me driving the day before yesterday _______________ not mine,
but this ________________.
9. I _____________ French fries but I _______________ to eat them yesterday night.

5.6 Questions
Outro tema que merece revisão são as perguntas feitas tanto no presente quanto no passa-
do simples, pois elas são cruciais para a consolidação da sua aprendizagem de línguas, por isso
faremos, a partir de agora, uma revisão sobre elas, do ponto de vista da estrutura, portanto, nos
termos da Celce-Murcia, falaremos sobre a FORMA, só que de uma maneira contrastiva, pois os
contrastes são recursos didáticos muito bons.
Existe uma fórmula bastante eficaz para construir interrogações em inglês. Uma vez apren-
dida, ela poderá servir de auxílio todas as vezes em que você se deparar com a necessidade de
fazer uma pergunta. Geralmente não é fácil para o aprendiz de nível básico conseguir fazer per-
guntas adequadamente. No entanto, ao aprender a fórmula proposta, você verá que as coisas
vão ficar bem mais fáceis. Veja o quadro a seguir.

85
UAB/Unimontes - 2º Período

Quadro 7 - Formula for asking questions - Present Simple

Question word Auxiliary verb Subject Main verb Complement


Where do you go?
Why do you play chess?
When does Susan get up?
Ø Does Preston like pizza?
Fonte: O autor

Veja no quadro dado como as perguntas no PRESENT SIMPLE estão organizadas. As três pri-
meiras perguntas têm uma WH-QUESTION, o que estamos chamando no quadro de QUESTION
WORD e que equivale ao pronome interrogativo do português. Toda pergunta composta por es-
sas palavras deverá ser iniciada por elas. É o que está acontecendo no quadro, no qual os prono-
mes interrogativos WHERE, WHY e WHEN abrem as perguntas.
O segundo termo da interrogação geralmente é um VERBO AUXILIAR, no caso dos verbos
do PRESENT SIMPLE temos duas possibilidades: DO ou DOES. Na terceira coluna aparece o su-
jeito, que pode ser um pronome como YOU ou um nome como Preston. Na sequência aparece
o verbo principal da oração, sempre na forma de infinitivo sem TO (forma básica). E na coluna
COMPLEMENTO está o restante da frase. Nela temos os substantivos CHESS e PIZZA, que são os
objetos dos verbos PLAY e LIKE. Porém, essa coluna não tem tanta relevância para este momen-
to da construção das interrogações. É isso mesmo! Ela está ali só para as perguntas não ficarem
incompletas. O que realmente deve ser observado são as colunas de um a quatro. Elas sim servi-
rão de diretrizes para a construção correta das interrogativas.
Perceba que a ordem em que os elementos se encontram é sempre a mesma, nunca muda.
Assim, basta gravar as posições de cada termo e você dominará definitivamente este assunto,
ok? Se preferir, poderá memorizar a própria fórmula QASM*, o que tornará seu trabalho ainda
mais fácil.
A última pergunta, se você observou atentamente, não foi iniciada por um pronome inter-
rogativo. Ela já começa com o próprio AUXILIAR. Isso quer dizer que todas as vezes em que não
existir uma WH-QUESTION na pergunta, ela começará pelo próprio auxiliar, ok? Agora, você verá
um quadro referente ao passado.

NOTA: O complemento não foi inserido na fórmula devido a sua imprevisibilidade.

Quadro 8 - Formula for asking questions - Past Simple

Question word Auxiliary verb Subject Main verb Complement


Where did you go?
Why did you play chess?
When did Susan get up?
Ø Did Preston like the pizza?
Fonte: O autor

Poucas coisas mudaram no quadro referente ao passado. Isso nos mostra que a estrutura
da interrogativa é a mesma, tanto para o presente quanto para o passado. A ordem também é a
mesma, o que facilita muito as coisas. Vamos verificar as mudanças que ocorreram?
Os pronomes interrogativos continuaram os mesmos. O verbo auxiliar mudou de DO/DOES,
auxiliares de presente, para DID, auxiliar de passado. Os sujeitos permaneceram os mesmos e os
verbos principais também. Assim, você tem provas suficientes para entender que perguntar no
presente ou no passado é muito parecido em termos de estrutura, certo?
Você verá o último quadro sobre este assunto com as formas do verbo TO BE. Ele será expos-
to isoladamente por requerer uma estrutura diferenciada.

86
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Quadro 9 - Formula for asking questions with the verb be - Present Simple

Question word Auxiliary verb Subject Complement


Where are you?
What is your job?
When is Susan at home?
Ø Are you a student?
Fonte: O autor

Veja que algo de diferente acontece com o verbo TO BE, como já deve ter percebido. Afinal,
desde o início do curso temos falado sobre esse fato. Observe que a coluna do verbo principal
não existe mais e os auxiliares DO/DOES/DID são substituídos pelas próprias formas do verbo TO
BE. E qual é a fórmula em questão? QAS*! Veja agora o que acontece no passado.

NOTA: O complemento não foi inserido na fórmula devido a sua imprevisibilidade.

Quadro 10 - Formula for asking questions with the verb be - Past Simple

Question word Auxiliary verb Subject Complement


Where were you?
What was your job?
When was Susan at home?
Ø Were you a student?
Fonte: O autor

Se você olhou atentamente, percebeu que não houve mudança alguma na ordem dos ter-
mos na oração. O que aconteceu foi a troca das formas do presente ARE/IS pelas de passado
WERE/WAS respectivamente. O restante permaneceu inalterado. Sendo assim, a fórmula QAS
permanece a mesma no passado.
Estabelecendo essas comparações, pretendemos dar uma visão mais abrangente do todo
de forma que você enxergue quais são as peças que terá que mexer para usar uma ou outra es-
trutura, all right?
Agora que revisamos com mais detalhes as formas de se construir perguntas no presente e
no passado simples do inglês, faça a atividade proposta para praticá-las, ok?

Activity 36
Make questions with the PRESENT or PAST SIMPLE. Pay attention to the ADVERBS and ADVERBIALS.

1. GO/WHERE/LAST NIGHT/YOU?
_______________________________________________________________________________ ?

2. YOU/ARE/A LAWYER?
_______________________________________________________________________________ ?

3. SHE/A TEACHER/IS?
_______________________________________________________________________________ ?

4. DRIVE/YESTERDAY/TOM/ON THE MOTORWAY?


_______________________________________________________________________________ ?

5. THE CAKE/YESTERDAY EVENING/EAT/YOU?


_______________________________________________________________________________ ?

87
UAB/Unimontes - 2º Período

6. CARL/GO TO/YOU/WHERE?
_______________________________________________________________________________ ?

7. JENNIFER/WAS/AT THE PARTY?


_______________________________________________________________________________ ?

8. HAVE/YOU/A DOG?
_______________________________________________________________________________ ?

9. ENTER/THE CLUB/HOW/SAM?
_______________________________________________________________________________ ?

10. SAM AND MARK/WERE/WHERE/YERTERDAY?


_______________________________________________________________________________ ?

Usando esse conhecimento sobre a forma de construir perguntas no inglês e memorizando


as fórmulas QASM (perguntas em geral no presente e no passado simples) e QAS (perguntas no
presente e no passado com o verbo to be) muitos dos seus problemas serão resolvidos, no que
diz respeito à ordem dos termos nas interrogações. Então, estude o assunto e revise-o regular-
mente.

5.7 Imperatives
▲ Get started
Figura 91: Stop sign
■ Installing the SIM card and the battery
Fonte: http://glenedward.
org/2013/05/29/is-it-time-
-to-upgrade-your-sign/ Keep all SIM cards out of the reach of small children. For availability and information on using
Acesso em 17 set. 2013. SIM card services, contact your SIM card vendor. This may be the service provider, network
operator, or other vendor.

Note: Always switch off the power and disconnect the charger and any other device before removing the cover.
Avoid touching electronic components while changing the cover. Always store and use the device with the covers
attached.

1. To remove the back cover of the phone:

Push the back cover release button (1) and gently prise the back cover away from the phone
beginning at the bottom of the phone (2).Copyright © 2005 Nokia. All rights reserved. 202.

2. Remove the battery by lifting it as shown. Insert the SIM card into the SIM card holder until
it snaps into position. Make sure that the SIM card is properly inserted and that the golden
contact area on the card is facing downwards.

3. To remove the SIM card press the card release (1) and slide the SIM card towards the top of
the phone (2).

4. Replace the battery. Observe the contacts of the batteryCopyright ©2005 Nokia. All rights
reserved. 21

5. Align the top of the back cover with the top of the phone (1), press the bottom of the back
cover to lock it (2).
Fonte: Guia do Usuário NOKIA

88
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Veja os verbos que estão sublinhados. Em que forma eles estão? Parece que estão na forma
de PRESENTE SIMPLES DO INDICATIVO, não é? Mas, na verdade, não estão. Se você observar com
cuidado verá que eles geralmente estão iniciando uma oração. Veja o caso do PRISE, ele começa
logo depois da conjunção coordenada aditiva AND, que tem a função de unir duas orações, a pri-
meira começou com PUSH e a segunda com GENTLY PRISE.
Você sabe que a posição do verbo não é normalmente no começo de uma oração, essa é de
fato a posição mais comum do sujeito, e não do verbo, o que é uma peculiaridade dos casos em
questão. Mas afinal de que tipo de verbo estamos falando? Estamos falando da forma IMPERATI-
VA dos verbos do inglês.
O que é o imperativo? O próprio nome já diz. É uma forma que impera, que ordena algo.
O fragmento de texto usado foi retirado de um guia do usuário da NOKIA. E o que temos em
um manual? Instruções, concorda? A forma como essas instruções é escrita é imperativa porque
somos “ordenados” a proceder de tal e tal modo segundo as informações do fabricante. Então
temos: KEEP (guarde), CONTACT (contate), PUSH (empurre), etc. Simples assim! O texto não apre-
senta a forma negativa do imperativo, no entanto, ela existe, viu?! Os exemplos analisados até
aqui são da forma afirmativa do imperativo.
Embora no inglês não haja uma distinção clara entre os modos, pois o sistema está construí-
do com base nos aspectos, vale dizer que o imperativo, não é um tempo verbal, mas um modo,
no português. Temos três modos no português: INDICATIVO, SUBJUNTIVO e IMPERATIVO, você se
lembra? No caso do IMPERATIVO, só há duas formas: afirmativa e negativa. Como você já foi apre-
sentado(a) à forma afirmativa, veja como fica a negativa.

Don’t use your cell phone here.

Veja que a forma USE separada é igual às outras formas apresen-


tadas na afirmativa. O que mudou então? Ela recebeu uma partícula de
negação DON’T para compor a negativa do imperativo, entendeu? Resu-
mindo, toda vez que você quiser construir uma frase no imperativo nega-
tivo, basta acrescentar DON’T antes do verbo.
Vale dizer também que não existe diferenciação entre pessoas do
discurso nas formas do imperativo, nem na afirmativa, nem tampouco
na negativa, entendido? Portanto, nem pense em usar DOESN’T, certo?
Observe mais alguns exemplos para vir como são usadas suas formas na
prática.

- I don’t know why my game is not working, Barakah. Figura 92: Boys talking
- Emir, you put the card into the console. Push the compart- Fonte: http://cmy.on.ca/
ministries/multimedia/
ment and make sure the card is in the middle of it, ok? gallery/israel/ Acesso em
- Ok! 17 set. 2013.
- Don’t forget to check the disc before starting the console.
- Hum, great, Barakah. I’ll do that.

As formas em negrito, do diálogo apresentado, são exemplos de uso prático do imperativo


afirmativo e negativo. Assim como no guia do usuário, que introduziu esse tópico. Mais uma vez,
você pode constatar que o texto tem a ver com instruções expressas pelos verbos em sua forma
imperativa. Outro contexto bem comum de uso das formas imperativas são as receitas culinárias
como a que foi inserida a seguir.

89
UAB/Unimontes - 2º Período

Tips for Making the Perfect Cheesecake Follow These Tips to


Prevent Common Cheesecake Problems
Para saber mais By Danilo Alfaro, About.com Guide
Precisamos tomar
muito cuidado com as Room Temperature:  Make sure all ingredients — the cream cheese, sour cream, eggs and
formas imperativas,
pois elas deixam im- even the sugar — are at room temperature. This will allow the ingredients to blend together
plícita uma autoridade better, giving you a smoother cheesecake.
da parte de quem fala.
Não faça isso, faça aqui- Don’t Overbeat: Overbeating can cause the cheesecake to crack when you bake it.
lo, não converse, fale So, when you’re combining the sugar, cream cheese, eggs and other ingredients, do
baixo, por exemplo, são
algumas dessas ordens it on a medium-low speed. The paddle attachment (as opposed to the whip attach-
que muitas vezes po- ment) of a stand mixer is best so that you don’t beat too much air into the batter.
dem ser amenizadas se
usarmos o tom de voz Use a Springform Pan: The best pan for baking a cheesecake is a springform pan. Make sure
correto. Imagine um the bottom is greased when you press the graham cracker crumbs into the bottom, and also
chefe irritado que grite
com você “Entregue os make sure the sides of the pan are well-greased when you pour in the batter. Melted butter
relatórios hoje sem fal- is great for greasing the pan, but you can just rub it with butter or even spray it with cooking
ta” e uma pessoa amá- spray. They make springform pans with a nonstick coating, but grease it anyway.
vel que suavemente
te diga “Não faça isso, Keep it Moist:  A dry cheesecake will also crack. To prevent this, we bake a cheesecake
filho(a), você poderá se
arrepender.” Pergunta: with a pan of water in the oven. A steamy oven will prevent the cheesecake from drying
Os dois exemplos estão out. Note that this is similar to the way we bake a  creme brulee in a water bath  — both
construídos em cima creme brulee and cheesecake are essentially baked custards. But when we bake a che-
do imperativo? Respos- esecake, we don’t put the springform pan in the water, because it might leak. Just put
ta: Sim! Mas, o tom de the roasting pan of water on the lower rack and bake the cheesecake on the upper rack.
voz e a forma de falar
fazem com que tenham
impactos completa- No Peeking: Don’t open the oven while baking! You don’t want to let all that steamy air out.
mente diferentes sobre Also, changes in temperature during baking can cause the cheesecake to crack or sink in the
o ouvinte, correto? O middle.
chefe tem autoridade
e a mulher do segundo
exemplo se investe de Also, No Poking: Don’t poke anything into the center of a cheesecake to see if it’s done. You’ll
autoridade para dar just make a hole in it. That goes for instant-read thermometers. It so happens that when the
um conselho, mas, center of a cheesecake hits 150°F, it’s done. But the only way to know that is to poke it with a
embora esteja usando thermometer. Don’t do it. Instead, just give it a jiggle. If it’s firm at the edges and still wobbles
uma forma imperativa, a little in the center, it’s done.
o impacto de sua fala
sobre a pessoa que está
recebendo “a ordem”
Fonte: http://culinaryarts.about.com/od/bakingdesserts/a/Cheesecake-Tips.htm Acesso em 17 set. 2013.
fica bem camuflado de-
vido ao recurso do tom
de voz que ela decidiu Não se preocupe com o tamanho dos textos, você não precisa lê-los para compreendê-los
utilizar. Assim, que haja neste momento. Eles foram inseridos aqui apenas para você ter uma ideia do uso prático dos
autoridade no uso das tópicos estudados, ok? Na verdade, concentre-se apenas nas formas em evidência. Todas elas tra-
formas imperativas, não
zem exemplos do imperativo afirmativo e negativo.
há como negar, mas
ela pode ser abranda- Vale dizer que os imperativos também são muito usados em receituários médicos, quando
da a partir de alguns são dadas instruções de como administrar os medicamentos prescritos, em placas de sinalização
recursos como o uso e, como dito, em toda sorte de escritos instrucionais, ok?
apropriado da ento-
nação, do tom de voz,
expressão facial, etc.
Activity 37
Use the forms of the IMPERATIVE to complete the sentences.

open think sing make silence eat don’t open sleep don’t use forget

1. _______________ your mobile here. This is a library.


2. _______________! You’re at church.
3. _______________ your eyes until we get there, ok?

90
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

4. _______________ your books to page 15.


5. _______________ a song when you’re down.
6. _______________ less junk food to lose weight.
7. _______________ 7-8 hours a day to restore your strength.
8. _______________ positive!
9. _______________ about your problems for a while at least.

Agora você já sabe como usar uma linguagem instrucional no inglês. Certamente isso am-
pliará o seu leque de conhecimentos sobre esse idioma. Siga em frente e não desanime!

5.8 Writing a note

◄ Figura 93: Writing a


note
Fonte: http://bestofbo-
thworlds.blogspot.com.
br/2008_04_01_archive.
html Acesso em 17 set.
2013.

Até aqui praticamente não foi requisitado de você que escrevesse, isso porque a produção
escrita é algo bem sofisticado na aprendizagem de um idioma. Ela geralmente vem com o tem-
po, depois de certa maturidade linguística, mas pequenos fragmentos de texto já podem ser pro-
duzidos por você para começar a trabalhar essa habilidade. So, let’s start it!

Activity 38
Write a NOTE to say to your mother you are going to be late for dinner. Use your creativity.

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
Your daughter/Your son

Activity 39
Write a NOTE to say to your friend you are going to miss the French class today. Use your creativity.

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
Your friend

91
UAB/Unimontes - 2º Período

Activity 40
Choose a MEMBER OF YOUR FAMILY and make a description of him/her. Be specific about his/her
PHYSICAL TRAITS. Use your creativity.

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

Activity 41
Write a SHORT LETTER to YOUR BEST FRIEND, telling him/her about your last holiday. Use the
PAST SIMPLE. Give as many details as you can. Use your creativity.

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
Your friend

Reading passage 5
Before reading:
1. Do you think music can be used to cure people’s diseases?

Figura 94: Music ►


therapy
Fonte: http://frencha-
mericancenter.com/
blog-english/transatlantic-
-bridges-in-music-therapy/
Acesso em 23 set. 2013.

92
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Music Therapy

Introduction
Music therapy is a relatively new and rising topic in the field of medicine. This particular
type of treatment provides numerous benefits over more traditional means of treatment. Mu-
sic therapy is non invasive, has no documented negative side effects, requires no painful pro-
cedures, and is often considered enjoyable. Music therapy is usually implemented, as a sup-
plement to an ongoing, more traditional treatment, however there have been successful cases
of music therapy replacing traditional treatments in extreme cases. Music therapy can be used
to treat a wide spectrum of diseases and disorders, from mood disorders such as depression
and bipolar disorder, to forms of dementia, such as Alzheimer’s disease and schizophrenia.

Means of Administration
There are a variety of methods for the administration of music therapy. Most forms of mu-
sic therapy fall under two principle groups. The first group is social music therapy, and the next
group is called individualistic music therapy. Both types of approaches provide different advan-
tages. Social music therapy allows participants to engage with one another, while individualis-
tic music therapy allows for personalization and self-reflection. In terms of how music therapy
is performed, there is a broad rage of activities. Singing, dancing, playing an instrument, writ-
ing music, and listening to music have all proven to be positive influence in treating patients.
Fonte: https://neurowiki2012.wikispaces.com/Music+Therapy Acesso em 23 set. 2013.

Now answer the questions according to the text:

1. What is the text about?

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

2. Which are the benefits of music therapy over traditional treatments?

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

3. Are there any cases in which music therapy replaces traditional treatments?

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

4. What types of disorder can music therapy treat?

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

5. How many approaches are there for music therapy? Describe them.

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

6. How can music therapy be performed?

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

93
UAB/Unimontes - 2º Período

Listening 5
Listen to the song at http://www.youtube.com/watch?v=56hD0UyfRIk and put the lyrics into the
right order.

Brian Adams - Do I have to say the words?

Figura 95: Couple ►


Fonte: http://www.
theguardian.com/mo-
ney/blog/2009/sep/18/
family-finances-fertility-
-problems Acesso em 23
set. 2013.

( ) Whisper words of desire ( ) Rescue me from despair


( ) Rescue me, darling rescue me ( ) Help me please, darlin’ rescue me
( ) Rescue me from the mire ( ) Tell me you, will be there
( ) Want you here by my side ( ) Every dream, that we share
( ) With your arms open wide ( ) Can’t you see, darlin’ rescue me
( ) Come to me, darling rescue me ( ) Every cross, that we bear
( ) When this world’s closing in
( ) Set me free, darling rescue me, ( ) I don’t want to let you go
oh ( ) So I’m standing in your way
( ) There’s no need to pretend ( ) I never needed anyone like I’m needin’ you today

( ) I don’t want to let you go ( ) Do I have to shout it out?


( ) So I’m standing in your way ( ) Do I have to say the words?
( ) I never needed anyone like I’m ( ) Do I have to tell the truth?
needin’ you today ( ) Do I have to say a prayer?
( ) Do I have to say the words?
( ) Do I have to tell the truth? ( ) Must I prove to you, how good we are together?
( ) Do I have to say the words?
( ) Yeah!
( ) Do I have to shout it out? ( ) Do I have to say the words?
( ) Do I have to say a prayer? ( ) Do I have to tell the truth?
( ) Do I have to say the words? ( ) Do I have to shout it out?
( ) Must I prove to you, how good ( ) Do I have to say a prayer?
we are together? ( ) Do I have to say the words?
( ) Must I prove to you, how good we are together?

Fonte: http://www.lyrics007.com/Bryan%20Adams%20Lyrics/Do%20I%20Have%20To%20Say%20The%20Words%20
Lyrics.html Acesso em 23 set. 2013.

94
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Resumo
Nesta unidade, você foi introduzido às diferenças entre os verbos MAKE e DO, entre o PRE-
SENT SIMPLE e o PAST SIMPLE e viu de que forma estão estruturadas algumas perguntas do in-
glês. Não obstante, teve a oportunidade de conhecer as formas afirmativa e negativa do IMPE-
RATIVE. No que diz respeito ao vocabulário, você conheceu vocábulos específicos sobre algumas
DOENÇAS e SINTOMAS e tomou contato com a forma de se fazer algumas descrições na seção
IN A POLICE STATION. Além disso, teve a oportunidade de escrever um bilhete e uma carta curta,
treinando sua habilidade de escrita. Na seção READING PASSAGE, você leu o texto “MUSIC THE-
RAPY” e fez a atividade de LISTENING sobre a música DO I HAVE TO SAY THE WORDS, interpretada
por Brian Adams.

95
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Unidade 6
Being active
6.1 Introdução
Nesta unidade, você verá as COLLOCATIONS, que são possíveis combinações de palavras. No
que diz respeito ao vocabulário, você tomará contato com algumas palavras específicas sobre as
OUTDOOR e INDOOR ACTIVITIES. Além disso, você será introduzido a algumas formas de se ex-
pressar na seção SOME OTHER WAYS TO SAY SOME THINGS e conhecerá algumas características
dos diferentes TYPES OF SHOPS. Na seção READING PASSAGE, você lerá o texto “HOW TO SAVE
MONEY BY SHOPPING ONCE A MONTH” e fará a atividade de LISTENING sobre a música I’D RA-
THER, interpretada por LUTHER VANDROSS.

6.2 Outdoor activities


Muitas atividades estão disponíveis para pessoas do mundo inteiro. São atividades ao ar li-
vre (OUTDOOR) e também atividades em lugares fechados (INDOOR). O tópico 6.2 apresentará a
você algumas fotos de atividades ao ar livre, mas você terá que descobrir, através de um trabalho
de pesquisa, os nomes dessas atividades. Use seu dicionário, pesquise na internet e enriqueça
seu vocabulário sobre esses tipos de atividades. Let’s go!

___________________________________ ___________________________________

◄ Figura 98: Outdoor


Activity 3
Fonte: http://www.
minispyequipment.com/
what-is-the-very-best-
footwear-for-your-outdoor
-activity/# ¤Bÿa\ Acesso em
17 set. 2013.


Figura 96: Outdoor Activity 1
Fonte: http://www.visitdunkeld.com/Scotland%20Out-
door%20Activities/pages/Scotland%20Outdoor%20Acti- ___________________________________
vities%20012_jpg.htm Acesso em 17 set. 2013.

___________________________________

◄ Figura 99: Outdoor


Activity 4
Fonte: http://www.
gael-net.co.uk/outdoor/
Acesso em 17 set. 2013.


Figura 97: Outdoor Activity 2
Fonte: http://www.perekop.net/outdoor-activities-in-
-crimea/ Acesso em 17 set. 2013.

97
UAB/Unimontes - 2º Período

___________________________________ ___________________________________


Figura 102: Outdoor Activity 7
Fonte: http://www.hdwallpaperstop.com/skiing-desktop-
-hd-wallpapers/ Acesso em 17 set. 2013.

___________________________________


Figura 100: Outdoor Activity 5
Fonte: http://www.cumbriaventures.co.uk/index.
php?p=1_5 Acesso em 17 set. 2013.

___________________________________



Figura 101: Outdoor Activity 6
Figura 103: Outdoor Activity 8
Fonte: http://www.cragganoutdoors.co.uk/Activities.
aspx Acesso em 17 set. 2013. Fonte: http://www.abc-of-snowboarding.com/info/snow-
board-length.asp Acesso em 17 set. 2013.

What types of outdoor activities do you prefer?

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

What are the advantages of outdoor activities?

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

What are the disadvantages of outdoor activities?

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

98
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

6.3 Indoor activities


Agora, você verá fotos de algumas atividades realizadas em lugares fechados (indoor), que
podem ser praticadas em todo o mundo. Coloque seus nomes nos espaços indicados, procuran-
do-os em um bom dicionário ou pesquisando-os na internet. Let’s do it!

___________________________________ ___________________________________



Figura 107: Indoor Activity 4
Figura 104: Indoor Activity 1 Fonte: http://top-interior-design.net/interior-design-
Fonte: http://www.vamospanish.com/blog/2012/07/13/ -indoor-swimming-pool/ Acesso em 17 set. 2013.
indoor-activities-guide-to-combat-buenos-aires-winter/
Acesso em 17 set. 2013.
___________________________________
___________________________________


Figura 108: Indoor Activity 5
▲ Fonte: http://www.topnews.in/general/snooker Acesso
em 17 set. 2013.
Figura 105: Indoor Activity 2
Fonte: http://www.goldendoor.com.au/health-retreats/ ___________________________________
elysia/image-gallery Acesso em 17 set. 2013.

___________________________________


▲ Figura 109: Indoor Activity 6
Fonte: http://behealthyandrelax.com/2007/11/getting-
Figura 106: Indoor Activity 3 -back-to-the-gym-and-staying-with-it/ Acesso em 17 set.
Fonte: http://gazetaweb.globo.com/noticia.php?c=183 2013.
750 Acesso em 17 set. 2013.

99
UAB/Unimontes - 2º Período

What types of indoor activities do you prefer?

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

What are the advantages of indoor activities?

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

What are the disadvantages of indoor activities?

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

Ter conhecido todas essas atividades com certeza enriqueceu mais ainda seu vocabulário,
porém muitas outras atividades não foram inseridas aqui. Então, faça uma pesquisa mais abran-
gente na internet e busque todas aquelas que não tenham sido incluídas nesta seção. Procure
principalmente aquelas que você tenha vontade de saber os nomes, em inglês, of course!

6.4 Collocations
Um dos assuntos mais relevantes na aprendizagem de uma língua tem a ver com as COL-
LOCATIONS, que podemos traduzir por COLOCAÇÕES. O que é isso? Bem, são combinações de
uma classe de palavras com outra. A forma como combinamos as palavras tem tudo a ver com
o quanto sabemos de uma língua. Por isso esse assunto é tão relevante. Como você será enten-
dido, de forma eficaz, se não dominar a maneira como as palavras se arranjam dentro de um
idioma?
No português, como em qualquer outra língua, há muitas colocações. Veja, por exemplo, o
caso de alguém que diga “comer uma sopa”. Se levarmos em conta o português padrão, tal com-
binação não estaria correta, embora talvez seja aceita em alguma variante do português. Imagi-
ne alguém dizendo que “depende em sua irmã” ou que “gosta sobre um livro”, em vez de “depen-
de de sua irmã” ou “gosta de um livro”. Nesses casos, parece que nenhuma variante do português
aceitaria tais construções. Seria no mínimo esquisito ouvir alguém dizendo essas coisas, não é
mesmo? Segundo Chomsky, tais construções poderiam ser consideradas agramaticais, pois não
são produzidas por um nativo do português. São aberrações linguísticas. No entanto, há casos
em que a quebra dessas combinações, embora possa soar estranha, são aceitas como, por exem-
plo, “dirigir uma moto”, quando a forma padrão seria “pilotar uma moto”.
Você certamente já ouviu várias vezes alguém dizendo que iria “tomar um sorvete”, mas é
bem pouco provável que tenha encontrando alguém dizendo que beberia um ou já encontrou?
Todos esses exemplos dizem respeito às colocações. Viu como são muito mais comuns do que
talvez imaginasse?
As colocações dizem muito de um idioma, pois são construídas no convívio social de uma
dada comunidade de fala. São, por excelência, idiomáticas. Por isso são tão específicas. Algumas
colocações do inglês são idênticas às do português, mas há aquelas que são completamente di-
ferentes, revelando, por vezes, uma categorização muito peculiar do mundo.
Dizemos, por exemplo, “ter um sonho”, no português. No inglês britânico, embora possamos
usar “have a dream”, correspondente idêntico ao português, também existe a possibilidade de
usarmos “dream a dream”, ou seja, “sonhar um sonho”. Dizemos “pilotar um avião”, enquanto eles
dizem “fly a plane”, o mesmo que “voar um avião”, etc., got it?
Isso também pode acontecer em termos de qualquer outra classe de palavra. Nos exem-
plos dados, apresentamos ADJECTIVE + ADJECTIVE, NOUN + NOUN, VERB + NOUN. Contudo, es-
sas combinações acontecerão também entre VERB + PREPOSITION, PRONOUN + NOUN, etc. Um
exemplo de VERB + PREPOSITION seria “consist of” que, em vez de ser traduzido por “consistir de”,

100
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

seria corretamente traduzido por “consistir em”, no português padrão, apesar de muitos tradu-
Para saber mais
tores insistirem em cometer tal erro em suas traduções. Poderíamos dar muitos exemplos sobre
esse assunto, mas já deve ter ficado claro do que se trata, não é mesmo? Só fiquei sabendo
da existência dessa
De agora em diante, preste atenção nas COLOCAÇÕES. Aprenda não somente palavras iso-
preciosidade chamada
ladas, mas suas respectivas combinações. Isso certamente te trará muito mais fluência no uso do COLOCAÇÃO, ou em
idioma e impedirá que fique produzindo construções esquisitas no inglês, na maior parte das ve- inglês COLLOCATION, a
zes, fruto da transferência das estruturas do português para aquele idioma. partir da leitura de um
São muitos os casos em geral. Não teríamos tempo para tratar sequer de 10% deles aqui. A dos maiores estudiosos
da área de vocabulá-
dica é voltar ao caderno anterior deste curso, procurando identificar alguns desses casos. Tam-
rio chamado NATION.
bém poderá praticar o uso das colocações com assuntos envolvendo as FREE TIME ACTIVITIES Daquele momento em
(atividades que você costuma desenvolver em seu tempo livre). Porém, isso será feito em forma diante, percebi a im-
de tarefa. So, let’s get down to business! portância do tópico e
gostaria de propagá-lo.
As COLLOCATIONS são
nada mais nada menos
Activity 41 que combinações entre
as várias classes de
Match the VERBS to their COMBINATIONS. palavras de um idioma.
Como visto, pode ser
Free Time Activities uma combinação entre
verbo e preposição,
entre adjetivo e subs-
1. go friends tantivo, entre verbo e
advérbio, e assim por
2. go sport diante. E por que são
tão importantes? Por-
3. go for a walk que elas representam
todas as convenções
4. visit TV de uma língua, a forma
como um idioma está
5. do in consolidado num dado
momento do tempo.
6. stay out Um falante nativo
proficiente geralmente
7. watch friends sabe como combinar
essas classes de pala-
8. do dinner with friends vras em seu idioma, um
aprendiz, normalmente
9. eat to music
influenciado pela sua
10. play with family/friends língua materna, terá
dificuldades em perce-
11. go sightseeing ber tais combinações e
usá-las corretamente,
12. go for a drink principalmente as de
cunho essencialmente
13. listen a book idiomático. A tendên-
cia é a de transferir as
14. watch with the children combinações da língua
materna para a segun-
15. watch a movie da língua. Muitas delas
funcionam, outras não.
16. go gymnastics Por exemplo, DRINK
significa BEBER/TOMAR,
17. read a DVD portanto, falar DRINK
18. phone shopping WATER está OK, mas
falar DRINK A PUNCH
19. stay to the cinema IN THE EYE (tomar um
soco no olho) seria uma
20. play cards verdadeira aberração.

Agora que você já viu algumas colocações para falar de coisas que pode fazer nas suas horas
vagas, veja também as colocações para falar das coisas que você faz no seu dia a dia.

101
UAB/Unimontes - 2º Período

Activity 42
Match the VERBS to their COMBINATIONS.

Every Day Routine

1. go ( ) lunch
2. have ( ) home
3. have ( ) breakfast
4. leave ( ) work
5. have ( ) home
6. get ( ) to sleep
7. start ( ) to bed
8. go ( ) dinner
9. finish ( ) early
10. go ( ) the family
11. wake up ( ) to the gym
12. take care of ( ) the teeth
13. take ( ) work
14. get ( ) a shower
15. take ( ) children to school
16. have ( ) a bath
17. brush ( ) children from school
18. floss ( ) the house
19. clean ( ) the teeth
20. do ( ) the laundry
21. do ( ) the bed
22. make ( ) dressed
23. go ( ) the washing-up
24. comb ( ) the hair

Para finalizarmos o assunto das colocações, por ora, falaremos um pouco daquelas for-
madas com VERBO + PREPOSIÇÃO. Há muita dúvida no que diz respeito a essas combinações.
Existe uma tendência muito grande, de forma inconsciente, na maior parte das vezes, de trans-
ferir as estruturas do português para o inglês, como dissemos. É aí onde comumente erramos.
Portanto, vale a pena começar cedo e aprender o máximo de colocações que você puder. Faça
a atividade a seguir para conhecer o modo como alguns VERBOS + PREPOSIÇÕES se combinam
no inglês, ok?

102
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Activity 43
Match the VERBS to their PREPOSITIONS. Use a line to link them.

Dica
Para saber mais sobre
as COLLOCATIONS,
acesse o site: http://
www.englishclub.com/
vocabulary/colloca-
tions.htm

Fonte: O autor

6.5 Some other ways to say some


things
Há muitas formas de dizer que você quer ou deseja alguma coisa em inglês. Você verá algu-
mas delas neste tópico. Como no português, essas formas estão ligadas a maneiras mais educa-
das ou mais rudes de se dirigir a alguém.
Sempre é bom observar a hierarquia das relações para tentar ser o mais adequado possível
ao usar uma dessas formas. Para isso, você precisa entender que existem relações simétricas e
assimétricas em uma língua. Nossa! Isso está parecendo matemática, não é?!
O que são relações simétricas e assimétricas? Bem, quando você está falando com seu ir-
mão ou irmã, com um colega de classe ou de trabalho você está em uma relação simétrica, isso
quer dizer que ninguém tem autoridade sobre ninguém, pois vocês estão no mesmo nível da
hierarquia relacional. Já quando você está falando com seu patrão, professor, pais, avós e pesso-
as mais velhas em geral espera-se que você reconheça que, de certa forma, essas pessoas exer-
cem autoridade sobre você ou requerem respeito, ou seja, elas estão em um nível hierárquico
diferente do seu. Isso seria uma relação assimétrica, pois você não está em posição igual.
Resumindo, podemos dizer que as relações simétricas se dão no mesmo nível hierárquico,
ao passo que as assimétricas acontecem quando você está em nível inferior ou superior ao da
pessoa com quem está se relacionando naquele momento, entendeu?
Não pode restar dúvida sobre este assunto, pois muitas coisas dependerão dele, inclusive
os verbos modais, muito comuns no inglês, e que você verá adiante, estão quase todos embasa-
dos no princípio discutido aqui, ok? Veja os exemplos!

103
UAB/Unimontes - 2º Período

Figura 110: Giving ►


orders
Fonte: http://www.
englishclub.com/gram-
mar/reported-orders.htm
Acesso em 17 set. 2013.

- Soldier, I want you to march over there now!


- Yes, sir!

Que tipo de relação há entre o tenente e o soldado? Isso mesmo! Uma relação assimétrica.
Eles estão em uma posição hierárquica desigual. Veja bem que um tem autoridade sobre o outro.
O verbo usado foi WANT.
Claro que há outros contextos em que WANT pode ser usado sem soar tão rude. Mas, imagine
o tenente pedindo ao soldado para executar sua ordem usando COULD ou WOULD. Não combi-
naria, concorda? Por quê? Simplesmente porque tais verbos são formas mais educadas para fazer
pedidos ou mesmo dar ordens. No contexto de um quartel, o tom de voz costuma ser tão ríspido
quanto as ordens, demonstração legítima de autoridade e, portanto, de hierarquia, não é mesmo?

Figura 111: Asking for ►


a favor
Fonte: http://www.
voanews.com/content/
reu-kerry-lavrov-rapport-
-smoothed-path-to-
-syria-deal/1750073.html
Acesso em 17 set. 2013.

- Could you do me a favor, please?


- If I’m able to…
- Could you make your speech before mine?

104
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

WOULD poderia substituir COULD no diálogo dado e causaria um efeito semelhante de po-
lidez. Já CAN exigiria certo grau de intimidade ou informalidade. Seria muito bem vindo numa
relação simétrica. Veja o exemplo!

◄ Figura 112: Friends


enjoying conversation
Fonte: http://rustymar-
cellini.blogspot.com.
br/2011_06_01_archive.
html Acesso em 17 set.
2013.

- Come on, John! Didn’t you notice that?


- Yes, I did, but…
- Can I be frank?
-Of course, Clara!

Na figura 97, é possível ver duas pessoas conversando descontraidamente, provavelmente


dois amigos ou colegas de trabalho. O fato é que sua relação parece ser de igual para igual, por-
tanto simétrica. Veja que a forma de pedido usada foi iniciada exatamente com o modal CAN,
(outrora apresentado como modal de habilidade na seção 2.7 da Unidade 2), usado entre iguais
para pedidos informais. Os dois tratam um ao outro pelos primeiros nomes, outro sinal de intimi-
dade na língua inglesa, onde as pessoas costumam ser tratadas pelo sobrenome.
Até aqui, você observou como fazer pedidos mais ou menos formais. Agora, verá também
como sinalizar suas preferências. Look at the example!

◄ Figura 113: Showing


preferences
Fonte: http://www.elo7.
com.br/fofucho-casal-de-
-namorados/dp/2BE337
Acesso em 17 set. 2013.

-Where would you like to go, honey?


-Oh, dear, I’d rather go to the cinema.
-Ok, so let’s do it!

105
UAB/Unimontes - 2º Período

Para dizer a alguém o que preferimos fazer, podemos usar I’D RATHER... ou I PREFER. A dife-
rença fica por conta da estrutura. I’D RATHER, como CAN/COULD/WOULD se juntam a um verbo
principal, sem o auxílio do TO, já PREFER e WANT se ligam ao verbo principal através da partícula
de infinitivo TO. Look at the examples!

I can do you a favor.

I could do you a favor.

I would do you a favor.

I’d rather go to the cinema.

Ao passo que com PREFER, WANT e ‘D LIKE temos:

I want to drink some water.

I prefer to be alone.

I’d like to go out with you.

Quanto à expressão ‘D LIKE TO, ela indica uma vontade, assim como WANT, mas de forma
muito mais polida. É simplesmente uma abreviação positiva da forma WOULD LIKE TO. Check the
following example!

Figura 114: Ordering ►


something
Fonte: http://www.the-
guardian.com/lifeandsty-
le/2011/aug/14/waiters-
-dont-write-orders-down
Acesso em 17 set. 2013.

- What would you like to have, sir?


- I’d like to have a Caesar salad, please.

No exemplo dado, fica clara a forma polida que o garçom usou para perguntar o que seu
cliente queria e a forma educada usada pelo cliente para responder sua pergunta, entendeu? So,
let’s do the activities!

Activity 44
Use the proper expression, paying attention to the kind of relationship between the people in-
volved in the dialogues.

Two workmates

- Hello, Jane!
- Hello, Tom!
- ________ you come here?
- Yes, I’m coming!

106
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Father to his son

- Jim, I don’t ________ you to stay here!


- But dad, please!
No! This is not a place for children.

Student to a teacher

- Sir, _________ I watch this class?


- Of course! Be at ease!

Waiter to client

- What ___________ you like to drink, sir?


- I think I’ll have a coke.

Worker to boss

- What ___________ you prefer, coffee or tea?


- I ___________ have tea.

Client to shop assistant

- I _____________ to try on that shirt.


- Ok, madam. I’ll get it for you. What color ____________you like?
- ____________ you bring me the blue one?
- Yes, of course.

Pratique os diálogos que você acabou de completar até memorizá-los, eles te ajudarão a ter
mais fluência quando estiver nas situações por eles exemplificadas.
Como reservamos a Unidade 6 para enfatizar o trabalho com os itens de vocabulário, intro-
duziremos mais um para enriquecer seu léxico.

6.6 Types of shops

◄ Figura 115: Newsagent’s


Fonte: http://www.192.
com/atoz/business/lon-
don-sw17/newsagents/
dd-newsagent/146f-
8318d186217ef1f384b-
05d75c66be35c3b9f/ldc/
Acesso em 18 set. 2013.

What can we buy in a newsagent’s?


Tick it!
magazines lighters mineral water chocolate cigarettes newspapers stamps
maps phone cards batteries films for camera envelopes postcards
tissues meat curtains armchairs

107
UAB/Unimontes - 2º Período

Figura 116: ►
Greengrocer’s
Fonte: http://www.
gingercookstudios.com/
gallery5.htm Acesso em
18 set. 2013.

What can we buy in a greengrocer’s?


Tick it!
apples beans rice bananas lettuce pineapples carrots potatoes tomatoes
chocolate coffee cauliflowers watermelons pears onions candies sweet potatoes
spinach

Figura 117: Baker’s ►


Fonte: http://www.
essentialbaby.com.
au/forums/index.
php?/topic/838795-a-
-week%E2%80%99s-wor-
th-of-bakers-delight-bre-
ad-for-five-eb-members/
Acesso em 18 set. 2013.

What can we buy in a baker’s?


Tick it!
baguettes bread bread rolls biscuits stamps batteries cakes cheese ham
pork tomatoes croissants pizzas cookies apples jumpers forks spoons

Figura 118: Butcher’s ►


Fonte:http://www.
globalwanderings.co.uk/
countries/spain/madrid/
madrid.shtml Acesso em
18 set. 2013.

What can we buy in a butcher’s?


Tick it!
pork meat chicken beef ham sausages steaks water bread onions lamb
turkey beer candies pepperoni garlic fish rice

108
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

◄ Figura 119: Hardware


store
Fonte: http://www.gra-
berpost.com/our-history
Acesso em 18 set. 2013.

What can we buy in a hardware store?


Tick it!
hammers screwdrivers scissors nails electrical components popcorn paper Phil-
lips screwdrivers saws knife pliers video DVD player drills ax paintbrushes
electric drills sugar

◄ Figura 120: Music store


Fonte: http://www.rock-
bottommusic.com/ Acesso
em 18 set. 2013.

What can we buy in a music store?


Tick it!
CD guitars saxophones drums bun drill violins guitar strings banjos ham
rice tuners flutes saws cables music magazines mouthpieces

Reading passage 6
Before reading:
1. How often do you do the shopping?

109
UAB/Unimontes - 2º Período

How to save money by shopping once a month

Figura 121: Doing the ►


shopping
Fonte:http://www.alaska-
-in-pictures.com/woman-
-grocery-shopping-4524-
-pictures.htm Acesso em
23 set. 2013.

How often do you go to the supermarket? Could you get by with making only one trip
per month? What if it saved you money? When people shop more often, they buy more stuff.
Supermarkets and grocery stores know this, and that’s why they often bury the most common
items in the back of the store - so you have to walk through the aisles to get there, and the
probability of an impulse purchase goes up! Besides making a list and sticking to it, another
way to limit your spending is to minimize the amount of time you actually spend in the store.
Why make four or more trips per month when you can make just one? That’s right--go grocery
shopping 12 times a year. It takes time. It also takes organization. Here’s how to pull it off.

1. Make a list of the things you need, which you should update continually.
2. Accumulate coupons and ads for the things you use and the stores you frequent
3. Divide and conquer.
4. Hit multiple stores.
5. When you bring the food home, prioritize.
6. Evaluate and adapt.
Fonte: http://www.wikihow.com/Save-Money-by-Shopping-Once-a-Month Acesso em 23 set. 2013.

Now answer the questions according to the text:

1. What is the text about?

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

2. What are the tips for you to save money doing the shopping?

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

3. How many tips does the author give you?

________________________________________________________________________________

110
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

4. Why is it risky to go to the supermarket more often?

________________________________________________________________________________

5. How many times a year does the author suggest you to do the shopping?

________________________________________________________________________________

Listening 6
Listen to the song at http://www.youtube.com/watch?v=7wlDKqCVhLE and fill in the gaps with
the missing words. Choose them from the following box.

I’d rather have knew left could had met would thought got couldn’t I’d
rather (4X) found

◄ Figura 122: The


weather
Fonte: http://ratu-
bilqiis.wordpress.
com/2011/04/11/is-it-ok/
Acesso em 23 set. 2013.

Luther Vandross - I’d rather

I ____________ sometime alone


was what we really needed
you said this time __________ hurt more than it helps
but I __________see that
I thought it was the end
of a beautiful story
and so I __________ the one I loved at home to be alone (alone)
and I tried to find
out if this one thing is true
that I’m nothing without you
I know better now
and I’ve __________ a change of heart

____________ have bad times with you, than good times with someone else
I’d rather be beside you in a storm, than safe and warm by myself
_____________ have hard times together, than to have it easy apart
I’d rather have the one who holds my heart
whoo-oo-oo-oo yeah

111
UAB/Unimontes - 2º Período

And then I _________ someone


and thought she __________ replace you
we __________ a long just fine
we wasted time because she was not you
we had a lot of fun
though we __________ we were faking
love was not impressed with our connection built on lies, all lies
so I’m here cause I __________ this one thing is true
that I’m nothing without you
I know better now
and I’ve had a change of heart

_______________ bad times with you, than good times with someone else
I’d rather be beside you in a storm, than safe and warm by myself
______________ have hard times together, than to have it easy apart
_____________ have the one who holds my heart
who holds my heart

I can’t blame you if you turn away from me, like I’ve done you,
I can only prove the things I say with time,
please be mine,

I’d rather have bad times with (please be mine) you,


than good times with someone else (I know)
I’d rather be beside you in a storm (anytime),
than safe and warm by myself (so sure baby)
I’d rather have hard times together,
than to have it easy apart
I’d rather have the one who holds my heart (my heart)

I’d rather have bad times with you (surely),


than good times with someone else (surely)
I’d rather be beside you in a storm (oh yeah),
than safe and warm by myself (all by myself )
I’d rather have hard times together,
than to have it easy apart (you know it)
I’d rather have the one who holds my heart

I’d rather have the one who holds my heart


I’d rather have the one who holds my heart
whoooo.....who holds my heart

Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=7wlDKqCVhLE Acesso em 23 set. 2013.

Resumo
Nesta unidade, você viu as COLLOCATIONS, que são possíveis combinações de palavras. No
que diz respeito ao vocabulário, você tomou contato com algumas palavras específicas sobre as
OUTDOOR e INDOOR ACTIVITIES. Além disso, você foi introduzido a algumas formas de se ex-
pressar na seção SOME OTHER WAYS TO SAY SOME THINGS e tomou conhecimento de algumas
características dos diferentes TYPES OF SHOPS. Na seção READING PASSAGE, você leu o texto
“HOW TO SAVE MONEY BY SHOPPING ONCE A MONTH” e fez a atividade de LISTENING sobre a
música I’D RATHER, interpretada por LUTHER VANDROSS.

112
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Referências
BEAUMONT, Digby, GRANGER, Colin. The Heinemann English Grammar: an intermediate refe-
rence and practice book. Oxford: Heinemann, 1992.

CELCE-MURCIA, M., LARSEN-FREEMAN, D. The Grammar Book. 2nd ed. The United States of
America. Heinle & Heinle Publishers, 1999.

COURTNEY, R. Longman dictionary of phrasal verbs. 7th ed. Singapore. Longman Singapore
Publishers,1995.

GAIRNS, R., REDMAN, S. Working with words: a guide to teaching and learning vocabulary. 12nd
ed. Cambridge. Cambridge University Press, 1998.

LARSEN-FREEMAN, D. (Series Director). Grammar Dimensions: form, meaning and use. Boston:
Heinle & Heinle, 1993.

OXENDEN, Clive & LATHAM-KOENIG, Christina & SELIGSON, Paul. New English File Intermedia-
te: student´s book. Oxford: Oxford University Press, 2004.

REDSTON, Chris & CUNNINGHAM, Gillie. Face 2 Face Intermediate Student’s Book, Cambrid-
ge: Cambridge University Press, 2008.

SWAN, Michael. Practical English Usage. Oxford: Oxford University Press, 2005.

____________; WALTER, Catherine. How English Works: a grammar practice book. Oxford:
Oxford University Press, 1997.

113
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Atividades de
Aprendizagem - AA
Question 01 - Complete the text using the words from the box.

how many how much some any a an there is there are

Today is my birthday, ____________ a lot of friends in my house waiting for me to celebra-


te it. They think the party they are preparing for me is going to be ___________ surprise. Un-
fortunately not! ___________ of my friends don’t know how to keep a secret and told me
about it. But it doesn’t matter. What matters is that ____________ a tasty cake on the table,
lots of candies and chocolate. ______________ people are going to be there? I’m very curious
about it. ______________ time are they going to spend to finish the preparation? I don’t have
_____________ ideas about the answers to these questions! The only thing I know is that it’s
going to be ______________ emotional moment when I look at all of them together on my bir-
thday party.

Question 02 - Complete the sentences using SOME/ANY, A/AN.

a. Do you have _______________ money left?


b. I want to meet up _______________ of your friends.
c. That’s ________________ amazing car!
d. I don’t like _______________ kind of dishonest people.
e. Do you live in _______________ big house?

Question 03 - PRESENT SIMPLE or PRESENT CONTINUOUS?

a. I can’t go out, I _______________ (do) my tasks right now, but I always _______________
(do) them on Sundays.
b. How often _________you ___________ (play) soccer?
c. Joan __________________ (run) now, but she generally _______________ (run) at 7 o’clock.
d. I ______________ (do) some exercise in the morning, but today I _______________ (do) it
now.
e. _____________ she ___________ (wait) for me? No, she usually ______________ (wait) for
you, but not today, because she is very tired.

Question 04 - Use the OBJECT PRONOUNS.

a. I don’t like cats. Do you like ________?


b. You have to take your book. Don’t forget _________!
c. I need Paul here, can you call _________?
d. Sarah is not there, did you see _________?
e. I like you. Do you like __________?

115
UAB/Unimontes - 2º Período

Question 05 - Use the prepositions IN, ON or AT.

a. Are you ____ home?


b. I was _____ my way home when I saw Tim.
c. Jenny gets up _____ 5 o’clock every morning.
d. Do you study ______ the middle of the week or ______ the weekend?
e. There is a person ______ the roof.

Question 06 - Use the PAST SIMPLE forms of the verbs to complete the short texts.

start know go meet have visit play be 3x feel

Last Saturday I __________ to an amazing concert. The pianist ___________ one of Mozart’s
symphony. It ___________ beautiful! The conductor and all the musicians ____________ perfect.

My last holiday ________ just great! I _________ Canada. I __________ a lot of nice people
there. I ____________ a course about business English and I __________ one of the best teachers
in the world. I _________ lots of beautiful places and __________ what a cold weather really is.

Question 07 - Change the sentences into negatives and interrogatives in the PAST SIMPLE.

a. Norah Jones is a very good singer.


________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

b. I wake up at 8 o’clock every day.


________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

c. I like tennis and volleyball.


________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

d. Carl goes out with his friends every Saturday night.


________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

e. I live with my family.


________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________

Question 08 - Use the imperative forms of the verbs (affirmative or negative) to complete the
sentences.

use make silence do smoke be

a. _______________ people! I want to start my class.


b. Please, ______________ calm. Your mother is coming.
c. __________________ here, sir. It is not allowed.
d. ______________ your tasks and talk at the same time.
e. ______________ your computer, not mine.

116
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Question 09 - Which ADJECTIVES refer to the weather conditions? Tick them!

sunny, beautiful, picky, cloudy, choosy, breezy, windy, spicy, misty, foggy, costly, pricy,
smoggy, snowy

Question 10 - Describe the people in the pictures. Give details.


◄ Fonte: http://www.kmj580.
com/10/03/13/Kevin-
________________________________________________________ -Juaregui/crimestoppers.
________________________________________________________ html?pn=15&pagefeed=30
95&upf=1
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
◄ Fonte: http://allaboutcolo-
redcontacts.com/cosme-
tic-colored-contacts/why-
-men-like-blue-eyes/

117
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

Glossário
UNIDADE 1

Let’s see the examples! - Vamos ver os exemplos!


porch - varanda
Just for curiosity - Apenas por curiosidade
Are you joking? - Você está brincando?
That’s all! - É isso!
What’s that for? - Para que é isso?
Let’s do the following activity - Vamos fazer a atividade a seguir
Let’s see it! Look at the examples - Vamos ver! Olhe os exemplos
So, pay attention to the examples - Então, preste atenção aos exemplos
Try to see the differences - Tente ver as diferenças
Try to learn through the activity - Tente aprender através da atividade
district - bairro
cake - bolo
others - outros(as)
something - algo/alguma coisa
sneakers - tênis
shoes - sapatos
wear - vestir
cook - cozinhar
boil - ferver
melt - derreter
chess - xadrez
classmate - colega de classe
highlight - destacar
each and every - todo(a)
cognate - cognato
leave - deixar, partir
nowadays - hoje em dia
solve - resolver
rush hour - hora de tráfego intenso (hora do rush)
style - estilo

UNIDADE 2

wokday - dia de trabalho


boss - chefe
pay attention - prestar atenção
if there is a point in it - se houver uma razão nisso
on the left - à esquerda
ask - perguntar
on the right - à direita
type - digitar
send - enviar
review - revisar
clean - limpar
Try to see the differences between the two forms - Tente ver as diferenças entre as duas for-
mas
Let’s get down to business! - Vamos trabalhar!
be discouraged - ficar desanimado, sem coragem
without - sem
consumerism - consumismo
talk to - falar com, conversar com

119
UAB/Unimontes - 2º Período

call - chamar
find - encontrar
Look at the examples proposed - Veja os exemplos propostos
roof - telhado
wall - parede
way home - caminho de casa
bridge - ponte
parking lot - estacionamento
keys - chaves
yard - quintal
rest - descansar
garden - jardim
stay - ficar, permanecer
bottle - garrafa
ago - atrás como em “três anos atrás”
finger - dedo
knife - faca
speak - falar
drive - dirigir
go - ir
be - ser, estar
in mind - em mente
wagon - carro tipo utilitário
sign - assinar
papers - papéis (documentos)
peach - pêssego
listen to - escutar
play - jogar, brincar, tocar
sky - céu
climb - escalar
mountain - montanha
know - saber, conhecer
noon - meio-dia
midnight - meia-noite
survey - pesquisa
birthday - dia do aniversário
party - festa ou fazer festa
meeting - reunião, encontro
be born - nascer
main - principal
character - personagem
happen - acontecer

UNIDADE 3

chart - quadro
change - mudar
knowledge - conhecimento
subject-matter - matéria, disciplina
angel - anjo
overtime - hora extra
blade - lâmina
enough - suficiente
keep - manter, guardar
get - obter, chegar, ficar
refer - referir-se
twice a week - duas vezes por semana
boyfriend - namorado
go away - ir embora

120
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

behind - atrás
in front of - na frente
under - embaixo
next to - ao lado
between - entre duas coisas, pessoas, lugares, etc.
over - sobre (acima)
fly over - voar sobre
teddy bear - urso de pelúcia
bed - cama
box - caixa
couple - casal
high mountains - montanhas altas
cubs - filhotes de leão
chicks - filhotes de pinguins ou de aves em geral
jump - pular
hurdles - obstáculos
bird - pássaro
branch - galho
sitcoms - abreviação de situational comedies (comédias situacionais tipo Seinfeld e Friends)
ghost - fantasma, espírito
alone - sozinho(a)
Maths - abreviação de Matemática
horse racing bet - aposta em corrida de cavalos
whole - todo, inteiro
pack - empacotar, embalar, fazer as malas
bag - sacola
trip - viagem
disease - doença
stamp - selo
wash - lavar
clothes - roupas
addict - viciado(a)
addiction - vício

UNIDADE 4

travel - viajar
world - mundo
famous - famoso(a)
summer - verão
weather - tempo
degrees - graus
preferably - preferencialmente
splash around in - jogar água ao redor
stay cool - ficar com a sensação de frescor
hammock - rede
nearby - perto
outlook - aspecto, perspectiva, ponto de vista
winter - inverno
dreary - abominável
grim - cruel, sinistro, impiedoso
drafty - com bastante vento a ponto de ficar desconfortável
improve - melhorar
little - pequeno(a), pouco(a)
smoggy - enfumaçado (geralmente advindo de resíduos químicos)
sunny - ensolarado(a)
steamy - quente e úmido
cloudy - nublado(a)
foggy - com neblina

121
UAB/Unimontes - 2º Período

breezy - com brisa


misty - sinônimo de foggy
frighten - assustar, amedrontar
uncomfortable - desconfortável
stick - ramo
flight - voo
cabinet - armário de cozinha
treasury - casa da moeda
chameleon - camaleão
vegetable - legume
unforgettable - inesquecível
incredible - inacreditável
split - dividir
movement - movimento
snake - cobra
argument - argumento, discussão
luggage - bagagem
massotherapy - massoterapia
proud - orgulhoso(a)
helpful - útil
stubborn - teimoso (a)
wishful - ansioso(a), desejoso(a)
colored - colorido(a)
Physics - Física
alcoholic beverages - bebidas alcoólicas
understand - entender, compreender
point of view - ponto de vista
next-door neighbors - vizinhos (do lado)
location - local
head - cabeça
hair - cabelo
ear - ouvido
neck - pescoço
arm - braço
armpit - axila
nipple - mamilo
elbow - cotovelo
forearm - antebraço
back - costas
chest - peito
stomach - estômago
navel - umbigo
small of the back - região lombar
waist - cintura
hip - quadril
groin - virilha
buttocks - nádegas
thigh - coxa
knee - joelho
calf - panturrilha
heel - calcanhar
arch of the foot - parte central da planta dos pés
ball of the foot - parte anterior da planta dos pés
shin - canela
instep - peito do pé
toenail - dedo do pé
big toe - dedão do pé
sole - sola do pé
ankle - tornozelo

122
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

foot - pé
forehead - fronte, testa
eyelash - cílio
eyebrow - sombrancelha
eyelid - pálpebra
cheek - bochecha
mouth - boca
teeth - dentes
jaw - maxilar
chin - queixo
lips - lábios
nose - nariz
shape - forma, formato
Good job! Bom trabalho!
get cold - ficar com frio
get hot - ficar com calor
level - nível

UNIDADE 5

sick - doente
Oh, gosh! Oh, meu Deus!
ill - mal
sore throat - garganta irritada
have a fever - ficar com febre
hurt - machucar-se
itch - coçar
cough - tosse
kill - matar
headache - dor de cabeça
bother - irmão
strong - forte
medicine - remédio
ache - dor
stand - aguentar, suportar
toothache - dor de dente
pain - dor
What else? O que mais?
blood pressure - pressão sanguínea
symptoms - sintomas
remember - lembrar-se
bald - careca
mustache - bigode
middle-aged - de meia idade (pessoa)
thick skinned-nose - nariz tipo chapoca
thin skinned-nose - nariz afilado
tall - alto(a)
murderer - assassino(a)
short - curto(a), baixo(a)
fat - gordo(a)
round face - rosto redondo
full lips - lábios carnudos
nappy black hair - cabelo de negro
glasses - óculos
washing-up/do the dishes - lavar louças
research - pesquisa
meal - refeição
laundry - lavanderia
arrest - prender

123
UAB/Unimontes - 2º Período

manage - conseguir
thieves - ladrões
beach - praia
cottage - casa de campo
fish and chips - peixe com fritas
motorway - auto estrada
middle - meio
make silence - fazer silêncio
library - biblioteca
church - igreja
to be down - ficar pra baixo
junk food - comida que não é saudável
lose weight - perder peso
restore your strength - restaurar sua força ou vigor
at least - pelo menos
note - bilhete
be late for dinner - estar atrasado para o jantar
miss - perder, sentir falta
trait - traço, característica
details - detalhes
benefit - benefício
treatment - tratamento
replace - substituir
treat - tratar
approach - abordar
perform - desenvolver

UNIDADE 6

outdoor activities - atividades ao ar livre


indoor activities - atividades em lugares fechados
advantages - vantagens
disadvantages - desvantagens
march - marchar
be able to - ser capaz de
make a speech - fazer um discurso
notice - observar, perceber
honey - mel
would rather/’d rather - preferir
proper - adequado
kind - tipo
relationship - relação
be at ease - ficar à vontade
try on - experimentar
shop - loja
magazine - revista
lighter - isqueiro
mineral water - águar mineral
cigarette - cigarro
newspaper - jornal
map - mapa
phone card - cartão telefônico
film for camera - filme para câmera
postcard - cartão postal
tissue - lenço
curtain - cortina
armchair - poltrona com braços
newsagent’s - banca de revistas
greengrocer’s - sacolão

124
Letras Inglês - Língua Inglesa - Nível Básico

apple - maçã
beans - feijão
rice - arroz
lettuce - alface
pineapple - abacaxi
carrot - cenoura
potato - batata
tomato - tomate
cauliflower - couve-flor
watermelon - melão
pear - pera
onion - cebola
candy - doce
sweet potato - batata doce
spinach - espinafre
bread - pão
bread roll - pãozinho
biscuit - biscoito
cheese - queijo
ham - presunto
pork - carne de porco
jumper - suéter
fork - garfo
spoon - colher
baker’s - padaria
butcher’s - açougue
chicken - frango
beef - carne de vaca
sausage - linguiça
steak - bife
lamb - carne de carneiro
turkey - peru
beer - cerveja
garlic - alho
hardware store - loja de ferramentas
hammer - martelo
screwdriver - chave de fenda
scissor - tesoura
nails - pregos/unhas
popcorn - pipoca
paper - papel
Phillips screwdriver - chave Phillips
saw - serra, serrote
plier -alicate
drills - brocas
ax - machado
paintbrush - pincel
electric drill - furadeira
sugar - açúcar
music store - loja de instrumentos musicais
guitar - guitarra, violão
drums - bateria (instrumento)
bun - pão doce
violin - violino
guitar strings - encordoamento de violão, guitarra
tuner - afinador
flute - flauta
cable - cabo
music magazine - revista de música

125
UAB/Unimontes - 2º Período

mouthpiece - boquilha para instrumentos de sopro


tips - dicas
risky - arriscado(a)
more often - mais frequentemente
suggest - sugerir

126