Você está na página 1de 14

Vereda_digital_sociologia_parte1_unidade2_capitulo4

SOCIOLOGIA UNIDADE 2 Cultura e sociedade: cultura, poder e diversidade nas relações cotidianas
EM MOVIMENTO PARTE I
CAPÍTULO 4 Socialização e controle social

LO
P ÍTU
CA

4 SOCIALIZAÇÃO E
CONTROLE SOCIAL
Vereda_digital_sociologia_parte1_unidade2_capitulo4
SOCIOLOGIA UNIDADE 2 Cultura e socedade: cultura, poder e diversidade nas relações cotidianas
EM MOVIMENTO PARTE I
CAPÍTULO 4 Socialização e controle social

Socialização
Processo de socialização
„ Consiste na transmissão dos códigos e padrões culturais de um grupo social
aos indivíduos que dele fazem parte, possibilitando sua inclusão nessa
coletividade.
„ Esse processo social continua durante toda a vida do indivíduo, por meio
do contato permanente de uns com os outros.
„ Para o sociólogo Peter Berger,

DELFIM MARTINS/PULSAR IMAGENS


a socialização constitui a
interiorização, pelos indivíduos,
da realidade vivida, que é subjetiva.

A escola é um dos espaços de


socialização mais presentes nas
sociedades contemporâneas.
Vereda_digital_sociologia_parte1_unidade2_capitulo4
SOCIOLOGIA UNIDADE 2 Cultura e socedade: cultura, poder e diversidade nas relações cotidianas
EM MOVIMENTO PARTE I
CAPÍTULO 4 Socialização e controle social

Socialização primária
„ São interações estabelecidas nos grupos sociais em que os indivíduos
apresentam maior proximidade, intimidade e afetividade.
 ~ =TbbTcX_^STb^RXP[XiPÍÉ^^aT[PRX^]P\T]c^Ï\PaRPS^_T[^P_aT]SXiPS^
da linguagem e dos comportamentos e valores sociais básicos para a
R^]eXeÐ]RXP]Pb^RXTSPSTD\TgT\_[^STVad_^STb^RXP[XiPÍÉ^_aX\ÇaXP
ÏPUP\Ó[XP

EDSON GRANDISOLI/PULSAR IMAGENS


Núcleo familiar da etnia indígena
desana, em Manaus (AM). A família
é o principal ambiente
de socialização primária.
Vereda_digital_sociologia_parte1_unidade2_capitulo4
SOCIOLOGIA UNIDADE 2 Cultura e socedade: cultura, poder e diversidade nas relações cotidianas
EM MOVIMENTO PARTE I
CAPÍTULO 4 Socialização e controle social

Socialização secundária
„ Trata-se de processos de socialização que ocorrem posteriormente
à socialização primária.
„ Introduz os indivíduos, já socializados, em novos grupos sociais,

possibilitando a continuidade do processo de socialização.


„=TbbTcX_^STb^RXP[XiPÍÉ^

existe maior diversidade de

JEAN-FRANÇOIS MONIER/AFP
agentes. É o caso da escola,
locais de trabalho, grupos
de amigos etc.

Os locais de trabalho são espaços


de socialização secundária.
Vereda_digital_sociologia_parte1_unidade2_capitulo4
SOCIOLOGIA UNIDADE 2 Cultura e socedade: cultura, poder e diversidade nas relações cotidianas
EM MOVIMENTO PARTE I
CAPÍTULO 4 Socialização e controle social

Mecanismos e agentes de socialização


„ Mecanismos de socialização: são os recursos utilizados para transmitir
os padrões e as normas pelos grupos sociais e internalizados pelos
indivíduos, como a aprendizagem, a imitação e a identificação.
 ~ 0identidade socialSTRPSPd\ST]ÙbÏR^]bcXcdÓSP_^a\TX^
dos mecanismos de socialização.
„ Agentes de socialização: são os responsáveis pela implementação

do processo de socialização.
 ~ 4]caT^bPVT]cTbSTb^RXP[XiPÍÉ^STbcPRP\bTT\]^bbPb^RXTSPST
os pais (família), os professores (escola),

SERGIO PEDREIRA/PULSAR IMAGENS


os amigos (vida social), bem como
as personalidades e/ou personagens
produzidas pelos meios de comunicação
de massa ou pelas redes sociais.

Festa religiosa em homenagem a Iemanjá.


A religião é importante no processo de socialização
e formação das identidades individuais e coletivas.
Vereda_digital_sociologia_parte1_unidade2_capitulo4
SOCIOLOGIA UNIDADE 2 Cultura e socedade: cultura, poder e diversidade nas relações cotidianas
EM MOVIMENTO PARTE I
CAPÍTULO 4 Socialização e controle social

Instituições, grupos e categorias sociais


Instituições sociais
„ Instituições sociais: determinam as diferentes maneiras pelas quais os
X]SXeÓSd^bbÉ^\^[SPS^b]^_a^RTbb^STb^RXP[XiPÍÉ^0bbX\caPcPbT
do conjunto relativamente estável de padrões culturais estabelecidos
coletivamente e que servem como modelo para a construção da
personalidade e das ações dos

CADU ROLIM/FOTOARENA
indivíduos.
 ~ 4 [Pb_a^_PVP\^b_PSaÛTbT
normas aplicados em diferentes
grupos na sociedade. Exemplo:
família (primeira instituição
social com a qual temos contato),
escola, igreja, casamento.
A universidade, assim como outros
órgãos relacionados à educação,
também é considerada uma instituição.
Vereda_digital_sociologia_parte1_unidade2_capitulo4
SOCIOLOGIA UNIDADE 2 Cultura e socedade: cultura, poder e diversidade nas relações cotidianas
EM MOVIMENTO PARTE I
CAPÍTULO 4 Socialização e controle social

Grupos sociais
„ Grupos sociais: são constituídos com base em interesses, práticas
e valores compartilhados por um conjunto de indivíduos.
 ~ 4 [Tb_^ST\bTa

WILLIAMS AGUIAR/AGÊNCIA JCM/FOTOARENA


classificados
como primários,
intermediários e
secundários.

Membros de categorias
profissionais que convivem no
dia a dia são exemplos de grupos
sociais intermediários.
Vereda_digital_sociologia_parte1_unidade2_capitulo4
SOCIOLOGIA UNIDADE 2 Cultura e socedade: cultura, poder e diversidade nas relações cotidianas
EM MOVIMENTO PARTE I
CAPÍTULO 4 Socialização e controle social

Categorias sociais
„ Categorias sociais: são formadas por indivíduos que vivem experiências
semelhantes com relações sociais que podem ser diretas ou não.
Exemplos: professores, alunos ou torcedores de um time de futebol.

CHROMAKEV/SHUTTERSTOCK
Cerimônia de formatura
em uma universidade
de Kiev, Ucrânia, em
2014. Os estudantes de
uma mesma escola, por
exemplo, formam uma
categoria social.
Vereda_digital_sociologia_parte1_unidade2_capitulo4
SOCIOLOGIA UNIDADE 2 Cultura e socedade: cultura, poder e diversidade nas relações cotidianas
EM MOVIMENTO PARTE I
CAPÍTULO 4 Socialização e controle social

Interação social
„ A interação social é um conjunto de influências recíprocas, desenvolvidas
entre os indivíduos e entre esses e os grupos sociais.
„ São formas de interação social: a cooperação, a competição e o conflito.
„ Há uma série de rituais que ordenam e orientam as relações sociais,
permitindo aos indivíduos e aos grupos se identificarem e serem
identificados e monitorados pelo modo de agir, de falar e de responder
às diferentes situações sociais.
„ Uma das tarefas da socialização é a percepção, por parte dos indivíduos
e grupos, da necessidade de adotar condutas reconhecidas socialmente
no processo de interação social.
„ Assim, em cada ambiente ou situação social, adotamos comportamentos
que supomos serem os esperados.
„ Para o sociólogo Erving Goffman, a interação social é realizada segundo
as posições e os papéis executados por atores e grupos sociais.
Vereda_digital_sociologia_parte1_unidade2_capitulo4
SOCIOLOGIA UNIDADE 2 Cultura e socedade: cultura, poder e diversidade nas relações cotidianas
EM MOVIMENTO PARTE I
CAPÍTULO 4 Socialização e controle social

Status social
Status social: posição que um indivíduo

MARINHA DO BRASIL
„

ocupa em uma determinada estrutura


social.
„0d\STcTa\X]PS^status social

correspondem diferentes graus de


prestígio, poder, direitos e deveres.
 ~ >bstatus sociais podem ser legais,
sociais, adquiridos ou ainda
atribuídos.

Na vida militar, as patentes definem


o status de cada profissional.
Vereda_digital_sociologia_parte1_unidade2_capitulo4
SOCIOLOGIA UNIDADE 2 Cultura e socedade: cultura, poder e diversidade nas relações cotidianas
EM MOVIMENTO PARTE I
CAPÍTULO 4 Socialização e controle social

Papéis sociais
Papéis sociais: são os comportamentos

WESTEND61 GMBH/ALAMY/GLOW IMAGES


„

socialmente esperados de indivíduos e/ou


grupos sociais em uma determinada
sociedade. Como exemplo, podemos citar
a relação entre professores e alunos.
 ~ >TgTaRÓRX^ST_P_ÏXbb^RXPXbSTeTbTa
analisado de acordo com as posições
de status com as quais as pessoas se
relacionam.

Os indivíduos exercem vários papéis


sociais ao longo da vida. Na foto, uma
mulher exerce um de seus papéis na
sociedade, o de trabalhadora.
Vereda_digital_sociologia_parte1_unidade2_capitulo4
SOCIOLOGIA UNIDADE 2 Cultura e socedade: cultura, poder e diversidade nas relações cotidianas
EM MOVIMENTO PARTE I
CAPÍTULO 4 Socialização e controle social

Controle social
Controle social
>b\TRP]Xb\^b_T[^b`dPXbbTVPaP]cTR^]U^a\XSPST
à ordem social constituem um conjunto conhecido
como controle social, que podem ser entendidos sob
duas perspectivas: a funcionalista e a do conflito.

Perspectiva funcionalista Perspectiva do conflito


~ Baseia-se na ideia de que o controle deve ~ ?TaRTQT^R^]ca^[Tb^RXP[R^\^d\P
ser exercido para a manutenção da ordem forma de poder, que repercute as
social. contradições e os conflitos da sociedade.
~ 2^]RTQTPb^RXTSPSTR^\^d\^aVP]Xb\^ ~ 0bb^RXP^R^]ca^[Tb^RXP[TPXST^[^VXP]P
no qual as diferentes partes se relacionam medida em que possibilitam que a visão
harmonicamente. de mundo de um grupo se transforme em
~ = TbcTRPb^PbX]bcXcdXÍÛTbbÉ^ um padrão para toda a sociedade.
fundamentais para o exercício do
controle social.
Vereda_digital_sociologia_parte1_unidade2_capitulo4
SOCIOLOGIA UNIDADE 2 Cultura e socedade: cultura, poder e diversidade nas relações cotidianas
EM MOVIMENTO PARTE I
CAPÍTULO 4 Socialização e controle social

Mecanismos de controle social


„ Trata-se de todos os elementos sociais que contribuem com a consolidação
dos padrões de conduta a fim de possibilitar que as ações individuais
tenham limites socialmente previsíveis.
 ~ >b\TRP]Xb\^bSTR^]ca^[T_^ST\bTalegais, quando organizados
em leis ou normas, ou sociais, quando existem apenas como normas
coletivas.

JOÃO PRUDENTE/PULSAR IMAGENS


As roupas que usamos são um exemplo
de como nossas escolhas cotidianas
sofrem influência dos mecanismos de
controle social.
Vereda_digital_sociologia_parte1_unidade2_capitulo4
SOCIOLOGIA UNIDADE 2 Cultura e socedade: cultura, poder e diversidade nas relações cotidianas
EM MOVIMENTO PARTE I
CAPÍTULO 4 Socialização e controle social

Agentes de controle social


„ São os mesmos mecanismos sociais que realizam o processo de socialização
dos indivíduos. Cabe a tais agentes de controle assegurar a semelhança no
comportamento dos indivíduos em uma sociedade.
„ São exemplos de agentes de controle social: a família, a escola, o Estado

e a religião.
„0[Vd]bcTÙaXR^bR^\^Louis Althusser, enfatizam o caráter repressivo

aTbd[cP]cTS^R^]ca^[Tb^RXP[CP[aT_aTbbÉ^ÏTgTRdcPSP_T[^bPVT]cTb
de controle sobre os indivíduos por meio das instituições sociais.
„>dca^bPdc^aTbR^\^Carlos Nelson CoutinhoPRaTSXcP\`dTÏ_^bbÓeT[

aumentar o controle sobre as instituições sociais, alterando o fluxo do


poder e as relações de dominação.