Você está na página 1de 136

70 ano

livro do aluno

artesanato
sustentável
aprender, sempre é um bom negócio
Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae
Unidade de Capacitação Empresarial

artesanato sustentável

7º ANO – LIVRO DO ALUNO

Brasília-DF
2012
© 2012. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – SEBRAE.
Todos os direitos reservados.
A reprodução não autorizada desta publicação, no todo ou em parte, constitui violação dos direitos autorais (Lei nº 9.610).

Informações e contatos
Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae
Unidade de Capacitação Empresarial – UCE
SGAS 605 – Conj. A – Asa Sul – 70.200-645 – Brasília / DF
Telefone: (61) 3348-7168
Site: www.sebrae.com.br

Presidente do Conselho Deliberativo


Roberto Simões

Diretor-Presidente
Luiz Barretto Pereira Filho

Diretor-Técnico
Carlos Alberto dos Santos

Diretor de Administração e Finanças


José Claudio dos Santos

Gerente da Unidade de Capacitação Empresarial


Mirela Malvestiti

Coordenação Nacional
Flávia Azevedo Fernandes

Coordenação Estadual Sebrae SP


Ana Maria de Araújo Brasílio
Ana Paula Sefton
Rejane Leatrice De Marco

Consultores Conteudistas
Eliana Sabará Teixeira Silva – C&T Cooperativa de Trabalho
Maria Estela Lacerda Ferreira – C&T Cooperativa de Trabalho

Revisão de Conteúdo
Elimara Clélia Rufino – R&R Associados Ltda.

Consultor Educacional
Adilson César de Araujo – Viva Educação Consultoria Ltda.

Revisão Ortográfica
Grupo Informe Comunicação Integrada

Editoração Eletrônica
Grupo Informe Comunicação Integrada
artesanato sustentável

7º Ano Livro do Aluno

Nome: ______________________________________________ Turma: ________________________

Escola:________________________________________________________________________________
7º Ano
Livro do Aluno
Sumário
8
Introd
ução
10

1
Encont
ro
18

2
Encont
ro a tur
28 Ma do
s Jov

3
Encont ens eM
ro Preen
o PriM dedor
40 eiro d es

4
os Pr
Encont iMeir
ro os Pa
a oPo ssos
52 rtuni

5
dade
Encont Mora
ro ao la
ConH do
60 eCend

6
o Mai
Encont s soB
ro re art
CoMo esana
64 será n to

7
osso
Encont Produ
ro to?
uM es
70 PaÇo
o

8
rGani
Encont Zado
ro Produ Para
Z o tra
84 soBre indo e aP BalHo
suste rende

9
Encont ntaBi ndo M
ro lidad ais
Práti e
90 Cas s

10
Encont usten
ro távei
Conta s
98 nosso s , M u it

11
Encont s Pro as Contas
ro dutos Para
vende
Quali r

12
102 dade
HoJe
Encont e seM
ro Pre
110 Conve

13
rsand
Encont o CoM
ro nosso
Produ s Clie
120 Zindo ntes

14
Encont ainda
ro Mais
a resP

15
122 onsaB
Encont ilidad
ro e de t
odos
132 reta F
inal
inauG
suste urando a l
ntáve oJa d
l e arte
sanat
avali o
ar e r
eCoMe
Çar
reFer
ÊnCia
s BiBl
ioGrá
FiCas
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Uma turma de jovens


empreendedores

Pâmela, Mieko, Maurício e Leonardo estudam juntos na turma do 7º ano de uma cidade brasileira.
Os quatro amigos estão aprendendo sobre empreendedorismo e pensando em como contribuir com a
sustentabilidade do planeta.

VOCê Já OUVIU FALAR EM “EMPREEnDEDOR”?

8
Introdução
A TURMA DOS JOVENS
EMPREENDEDORES

O que é um jovem empreendedor?


Empreendedores são pessoas que sonham, definam suas metas e planejam como
alcançá-las.

Será possível empreender e ainda contribuir com a sustentabilidade do planeta?


Você e seus colegas de turma perceberão que sim! E o melhor, aprenderão sobre empreendedorismo e
sustentabilidade na prática.
Você está iniciando o curso Jovens empreendedores Primeiros Passos e com ele terá a oportunidade de
aprender como é ser um empreendedor. Para que isso aconteça vamos desenvolver diversas atividades, e
uma em especial que é a montagem de uma loja de artesanato sustentável.

Prepare-se e participe! Exercite como é ser um jovem empreendedor!

9
Artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

O primeiro dos primeiros


passos

Começando nossas atividades no curso Jovens Empreendedores Primeiros Passos, convidamos você a pensar
no mundo a sua volta e como as diversas coisas que fazem parte deste mundo interagem. Como as pessoas
relacionam-se com o mundo, com as outras pessoas, com a natureza? Pense e guarde sua resposta para
muitas conversas que teremos sobre este assunto durante o curso.
O fato é que o mundo passa constantemente por muitas mudanças. Por incrível que pareça, tudo aquilo que
fazemos interfere no mundo a nossa volta. Sim, mesmo o mundo sempre tão grande quanto é, aquilo que
cada um de nós faz deixa uma marca no mundo e interfere no equilíbrio entre tudo que nele existe.
Durante o curso estudaremos um pouco mais sobre como podemos contribuir para que o mundo se mantenha
em equilíbrio. Colocaremos em prática ideias que mostrarão que estaremos agindo como jovens conscientes!
nossos grandes objetivos durante o curso serão: valorizar a cultura da nossa região e desenvolver ações que
contribuam para uma relação mais equilibrada com o meio ambiente, e favoreçam uma relação amigável e
justa entre as pessoas.

10
enContro

1 o PriMeiro dos
PriMeiros Passos

Estes objetivos serão alcançados com a criação de um negócio. E atenção: não ficaremos só no bate-papo,
montaremos um negócio na prática.
Para isso estaremos sempre ligados em dois assuntos que nos acompanharão nos encontros do curso: os
comportamentos empreendedores e o plano de negócios.
Aprenderemos como se comporta um empreendedor e planejaremos para colocar nossas ideias em prática.

atividades

1. nós e a sustentabilidade
1.1. A sustentAbilidAde
o que você entende Por sustentAbilidAde?

De uma maneira bem simples podemos dizer que sustentabilidade significa buscar formas para melhorar a
vida de todos nós pensando em não prejudicar a vida das pessoas que ainda vão nascer. é cuidar do mundo
como ele é hoje, viver bem nele e com tudo o que ele oferece, e lembrar que novas pessoas virão e precisam
também ter essa condição de viver bem no mundo que elas encontrarem.
Se procurarmos no dicionário o significado da palavra ‘sustentar’, que relaciona-se com a palavra
sustentabilidade, encontraremos alguns significados como: segurar para que não caia, conservar a mesma
posição, impedir a ruína ou queda.
Estamos falando de sustentabilidade, algo que refere-se ao mundo como um todo. Assim, vamos pensar em
sustentabilidade como a forma de preservar tudo de bom que nele há, buscando formas de viver que não
prejudiquem as pessoas e o meio ambiente, por exemplo.

11
artesanato sustentável 7º ano livro do aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Se lembrarmos um pouco da história da humanidade, dá para a gente perceber como o mundo mudou e vem
mudando constantemente:

• Houve uma época em que não existia fogo;

• Houve uma época em que não existia energia elétrica;

• Houve uma época em que não existia telefone;

• Houve uma época em que não existia televisão;e

• Houve uma época em que não existia internet.

Além de todas as mudanças e evoluções pelas quais o mundo enfrentou, enfrenta e certamente enfrentará,
temos que lembrar que, com o passar do tempo mais e mais pessoas passaram a viver no mundo e a usufruir
de tudo que ele oferece: água, solo, natureza, tecnologia etc.
Infelizmente nem todas as pessoas se preocupam com a sustentabilidade, ou seja, em viver bem e
também pensando no seu próprio futuro e nas gerações futuras. Ações como polir o meio ambiente, jogar
lixo em qualquer lugar, explorar injustamente outras pessoas, desperdiçar água e energia, comprar coisas
desnecessárias e em excesso, entre outras, são ações que não mostram preocupação com a sustentabilidade,
são ações de quem somente pensa em si e não pensa em todos.
Sustentabilidade não é somente cuidar do meio ambiente e preservar a natureza como podemos perceber.
é isso também, claro, e envolve ainda pensar no bem-estar das pessoas e na melhor forma de utilizar e
distribuir os recursos que temos disponíveis no mundo, por exemplo.
Sustentabilidade é algo que deve-se praticar todo dia e todas as pessoas podem colaborar!
Sustentabilidade é algo para agora e para o futuro!

1.2. nossA colAborAção PArA A sustentAbilidAde

Muitas ações podem ser colocadas em prática para promover a sustentabilidade, por exemplo, economizar
água e não explorar injustamente o trabalho de outras pessoas.
COLOCAREMOS EM PRáTICA UMA IDEIA QUE SE TRAnSFORMARá EM UM nEGóCIO QUE COnTRIBUIRá
PARA A SUSTEnTABILIDADE: MOnTAREMOS UMA LOJA DE ARTESAnATO SUSTEnTáVEL COM PRODUTOS
QUE nóS MESMOS CRIAREMOS!

12
Encontro

1 O PRIMEIRO DOS
PRIMEIROS PASSOS

Artesanato, de forma simplificada, é todo produto resultante de um trabalho manual. Nós faremos os produtos
que serão vendidos na loja de artesanato sustentável.
O artesanato que faremos será sustentável, porque utilizaremos materiais que seriam normalmente jogados
no lixo, como por exemplo, garrafas plásticas e retalhos de tecido. Faremos nossa produção evitando qualquer
tipo de desperdício e valorizando as pessoas e a cultura da nossa região.

A loja de artesanato sustentável é uma oportunidade para colaborarmos com a sustentabilidade.


Além disso, com a montagem da loja de artesanato sustentável aprenderemos como é ser um
jovem empreendedor.
Respire fundo e participe com animação! Contribua para a sustentabilidade!

2. comportamento empreendedor

Montaremos uma loja de artesanato sustentável. Com essa atividade contribuiremos para a sustentabilidade
e divulgaremos-na para outras pessoas também.

Para que tudo isso aconteça não adianta ficarmos só pensando, pensando, pensando no assunto, não é
mesmo? É preciso agir, é preciso fazer acontecer.

Os empreendedores são pessoas que se dedicam a transformar seus sonhos ou ideias em realidade. Eles
definem o que querem alcançar, pensam no que é preciso fazer para chegar lá e agem, ou seja, buscam
alcançar aquilo que definiram como objetivo.

Costuma-se dizer que empreendedores são pessoas que fazem acontecer!

Falando assim até parece coisa de super-herói, mas não é, tranquilize-se. Conheça comportamentos que
caracterizam um empreendedor e perceba que todos nós podemos praticá-los:

Busca de informações

Buscar aprender, estudar e pesquisar mais informações para saber melhor sobre algum assunto. Manter-
se sempre atualizado.
Busca de oportunidades e iniciativa

Aproveitar oportunidades e colocar ideias em prática antes de ser forçado por qualquer situação.

13
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

ESTABElECImENTo DE mETAS

Definir o que pretende alcançar, para ter uma direção a seguir.

PlANEJAmENTo E moNIToRAmENTo SISTEmáTICoS

Pensar, definir, se organizar e realizar as etapas que precisam ser seguidas para alcançar as metas
estabelecidas. Conforme realiza as etapas planejadas, acompanhar se algo precisa ser alterado.

PERSISTêNCIA

Perseverar diante de obstáculos e problemas, e buscar diferentes soluções caso a situação não resolva-se
numa primeira tentativa.

ComPRomETImENTo

Demonstrar responsabilidade e dedicar-se na busca do melhor resultado possível para a atividade que
estiver realizando.
CoRRER RISCoS CAlCUlADoS

Pensar sobre um determinado assunto ou situação e analisar informações para tomar decisões, avaliando
os riscos envolvidos.
ExIGêNCIA DE qUAlIDADE E EFICIêNCIA

Determinar-se a fazer benfeito, com qualidade e no tempo esperado aquilo que é preciso realizar.

PERSUASão E REDE DE CoNTAToS

Preparar e utilizar bons argumentos para convencer as pessoas sobre um determinado assunto/ideia, e
manter contato com pessoas que podem colaborar na conquista de seus objetivos.

INDEPENDêNCIA E AUToCoNFIANçA

Defender seus pontos de vista sobre um determinado assunto, sendo flexível a mudanças. Confiar no seu
potencial e na sua capacidade, tendo consciência da necessidade de conviver e contar com outras pessoas
para alcançar seus objetivos.

ExERCITAREMOS OS COMPORTAMEnTOS EMPREEnDEDORES DURAnTE OS EnCOnTROS DO CURSO JOVEnS


EMPREEnDEDORES PRIMEIROS PASSOS E COM A MOnTAGEM DA LOJA DE ARTESAnATO SUSTEnTáVEL!

14
Encontro

1 O PRIMEIRO DOS
PRIMEIROS PASSOS

VOCÊ SABIA?

RESUMINDO

resumindo
MOMENTO DO JOGO Aprendemos o PENSE
que éNISSO
um empreendedor e quais seus principais comportamentos. Conversamos
sobre sustentabilidade e sua importância para todos nós. Nós vamos montar uma loja de artesanato
sustentável. Os produtos da loja serão criados por nós. O artesanato que faremos será sustentável,
porque utilizaremos materiais que seriam normalmente jogados no lixo. Faremos nossa produção
MOS APRENDER FAZENDO! evitando qualquer
A HORA DOtipo
CHÁ de desperdício e valorizando as pessoas e a cultura da nossa região. A loja de
artesanato sustentável é uma oportunidade para colaborarmos com a sustentabilidade e aprendermos
como é ser um jovem empreendedor na prática. Nos próximos encontros do curso nós vamos aprender
mais sobre comportamentos empreendedores e sobre plano de negócios.

15
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

A oportunidade
mora ao lado

Sabemos que montaremos uma loja de artesanato sustentável. O que precisaremos fazer para que isso aconteça?
Teremos as respostas do que precisamos fazer para montar a loja de artesanato sustentável ao iniciar o plano
de negócio.
Uma das coisas que precisamos fazer é conhecer mais sobre artesanato sustentável, afinal, esse será nosso
negócio nessa atividade empreendedora.
Sendo assim, vamos continuar nossas atividades neste segundo encontro do curso Jovens Empreendedores
Primeiros Passos.

16
Encontro

2 a oportunidade
mora ao lado

atividades

1. plano de negócios
A loja de artesanato sustentável será o negócio que montaremos.
Negócio? Mas, afinal, que negócio é esse?

–– Olha lá, que negócio é aquele?

–– Sei lá, está tão escuro que eu nem consigo enxergar.

–– Credo, que negócio estranho! Vai lá ver o que é.

–– Eu não, vai você!

Às vezes usamos a palavra negócio quando não sabemos ou não lembramos o nome de alguma coisa ou
mesmo quando não temos certeza do que seja, como no diálogo acima.
O negócio, que é um dos temas centrais no nosso curso, começará sendo quase como nesse diálogo, algo que
no início não sabemos bem o que é, e que, a cada encontro, teremos mais informações e segurança para agir
como empreendedores, pois a nossa visão se ampliará. Hoje não sabemos falar muita coisa sobre a loja de
artesanato sustentável. Com a realização dos encontros do curso passaremos a conhecer mais e mais sobre
nosso negócio. Para isso utilizaremos o plano de negócios.

17
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Conheça os passos que seguiremos no plano de negócios da nossa loja de artesanato sustentável:

passos para um plano de negócios – loja de arTesanaTo susTenTável

Identificar a oportunidade de mercado e definir o tipo de negócio.

Definir um nome para o negócio.

Definir os produtos e serviços.

Definir os clientes do negócio.

Identificar os concorrentes.

Definir o local de funcionamento do negócio.

Estabelecer as ações de produção e para o desenvolvimento dos produtos e serviços.

Definir recursos materiais necessários e parcerias para implantação do plano de negócios.

Definir recursos financeiros necessários para o desenvolvimento do negócio.

Definir ações de marketing para divulgação do negócio.

Organizar e distribuir as tarefas entre os responsáveis pelo negócio.

Avaliar resultados do negócio e desenvolver o sistema de pós-venda, visando à manutenção dos clientes.

REALIzAREMOS ESSES PASSOS DO PLAnO DE nEGóCIOS DURAnTE OS EnCOnTROS DO CURSO!


VAMOS PLAnEJAR TUDO PARA QUE A nOSSA LOJA DE ARTESAnATO SUSTEnTáVEL SEJA UM SUCESSO E
ATInJA nOSSOS OBJETIVOS DE VALORIzAR A CULTURA DA nOSSA REGIãO E DESEnVOLVER AçOES QUE
COnTRIBUAM PARA UMA RELAçãO MAIS EQUILIBRADA COM O MEIO AMBIEnTE, E AInDA FAVOREçAM
UMA RELAçãO AMIGáVEL E JUSTA EnTRE AS PESSOAS.

18
Encontro

2 a oportunidade
mora ao lado

1.1. A festa de Pâmela


Para aprender mais sobre os passos do plano de negócios, vamos imaginar uma situação comum no dia a
dia: o acontecimento de uma festa.
Pâmela tem 12 anos, é muito simpática, gosta de dançar, de passear e, é claro, tem muitos amigos.
Como ela adora estar entre os amigos, resolveu receber a turma em sua casa para fazer uma festa e ela tem
certeza de que ninguém vai faltar. Agora é só pensar nos detalhes.
Para que tudo dê certo, ajudaremos nossa amiga Pâmela a fazer dessa festa um sucesso.
Podemos, então, imaginar como seria um plano de negócios aplicado a essa boa ideia da Pâmela.
Com a colaboração do professor e dos seus colegas de turma, vamos aos preparativos da festa! Relacione o
planejamento de uma festa com o plano de negócios e complete o passo a passo, pensando na festa de Pâmela:

Dica:
Pensem que na festa de Pâmela muitas coisas podem contribuir para a
sustentabilidade!

19
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Identificar a oportunidade de mercado e definir o tipo de negócio.

definir um nome para o negócio.

definir os produtos e serviços.

definir os clientes do negócio.

Identificar os concorrentes.

definir o local de funcionamento do negócio.

Estabelecer as ações de produção e para o desenvolvimento dos produtos e serviços.

definir recursos materiais necessários e parcerias para implantação do plano de negócios.

definir recursos financeiros necessários para desenvolvimento do negócio.

definir ações de marketing para divulgação do negócio.

Organizar e distribuir as tarefas entre os responsáveis pelo negócio.

avaliar resultados do negócio e desenvolver o sistema de pós-venda, visando à manutenção dos clientes.

20
Encontro

2 a oportunidade
mora ao lado

Planejar é pensar e relacionar tudo que precisa ser feito para alcançar um
determinado objetivo.
Planejar é importante, pois organiza o que precisa ser feito e ajuda a analisar
se não estamos esquecendo de fazer algo.
Depois de ajudar Pâmela a planejar sua festa, vamos seguir o passo a passo do
plano de negócios para a loja de artesanato sustentável. Os passos do plano serão
realizados durante os encontros do curso.

2. praticando os passos do plano de negócio


Estudaremos um pouco mais algumas informações relativas ao mundo dos negócios, afinal, precisamos
montar nossa loja de artesanato sustentável e queremos que tudo dê certo.
Um dos primeiros passos do plano de negócios é identificar a oportunidade de mercado e definir o tipo
de negócio.
Não estamos falando aqui de mercado como um estabelecimento comercial, como aquele no qual você ou
seus pais costumam comprar alimentos e outros produtos para sua casa. Aqui, mercado significa o conjunto
de situações de compra e venda de produtos ou serviços. O mercado não é um lugar específico, mas, sim, o
resultado do “encontro” daqueles que vendem e daqueles que compram, como um todo.
Às vezes ouvimos falar: “o mercado está aquecido!” Isso quer dizer que as vendas vão bem, ou seja, quem
vende está tendo procura por seus produtos ou serviços, e tem gente querendo comprar - as compras e as
vendas estão acontecendo — até além do que se esperava.
Falando de mercado, de quem compra e quem vende, vamos conhecer mais alguns conceitos importantes
relacionados aos negócios:

21
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

PROduTOS SãO ObjETOS PaLPáVEIS QuE POdEm SER PROduzIdOS E VEndIdOS. POR ExEmPLO,
cOnSEguImOS PEgaR cOm a mãO um PORTa-RETRaTO, QuE é um PROduTO.

SERVIçOS SãO aTIVIdadES Ou TRabaLhOS REaLIzadOS PaRa OuTRaS PESSOaS. POR ExEmPLO,
aO fazER um cuRSO dE IngLêS, VOcê ESTá REcEbEndO um SERVIçO PRESTadO PELO PROfESSOR
RESPOnSáVEL. VOcê aTé POdE PEgaR cOm aS mãOS aS aPOSTILaS dO cuRSO, maS a auLa dE IngLêS
PROPRIamEnTE dITa nãO é PaLPáVEL, POIS é um SERVIçO PRESTadO PELO PROfESSOR dE IngLêS.

cLIEnTE é QuEm cOmPRa OS PROduTOS Ou SERVIçOS OfEREcIdOS PaRa VEnda PELaS OuTRaS
PESSOaS Ou EmPRESaS. cOSTuma-SE, Também, uSaR O TERmO cOnSumIdOR PaRa dESIgnaR QuEm
ESTá cOmPRandO aLgO.

mERcadO cOnSumIdOR, PORTanTO, é PaRTE dO mERcadO fORmadO PELaS PESSOaS QuE POdEm Ou
dESEjam cOmPRaR dETERmInadO PROduTO Ou SERVIçO.

fORnEcEdOR é QuEm VEndE OS PROduTOS Ou SERVIçOS aOS cLIEnTES.

mERcadO fORnEcEdOR, PORTanTO, é a PaRTE dO mERcadO fORmadO PELOS PROfISSIOnaIS E PELaS


EmPRESaS QuE PROduzEm E VEndEm PROduTOS Ou PRESTam SERVIçOS.

oUTRoS PRoFISSIoNAIS oU EmPRESAS qUE ESPERAm vENDER PRoDUToS oU SERvIçoS IGUAIS oU


SImILaRES aOS mESmOS cLIEnTES SãO IdEnTIfIcadOS cOmO cOncORREnTES.

mERcadO cOncORREnTE, PORTanTO, é a PaRTE dO mERcadO fORmadO POR OuTROS PROfISSIOnaIS


E EmPRESAS qUE DESEJAm vENDER PRoDUToS oU SERvIçoS IGUAIS oU SImIlARES AoS DE Um
dETERmInadO fORnEcEdOR, PaRa OS mESmOS cLIEnTES.

TOda VEz QuE acOnTEcEm mOmEnTOS dE cOmPRa E VEnda dE PROduTOS Ou SERVIçOS, dIzEmOS
QuE OcORRE uma RELaçãO dE mERcadO, Ou SEja, OS mERcadOS cOnSumIdOR, fORnEcEdOR E
cOncORREnTE InTERagEm.

Para identificar uma oportunidade de mercado e definir o tipo de negócio é preciso, entre outras coisas,
pensar no mercado consumidor, fornecedor e concorrente sobre a ideia que se teve.
Quando ajudamos a Pâmela a organizar sua festa, pensamos em quem seriam os convidados para a festa
(mercado consumidor da festa), o que seria preciso providenciar e comprar (mercado fornecedor) e, também,
pensamos se não haveria nenhum outro evento no mesmo dia e horário que pudesse fazer com que os
convidados deixassem de ir à sua festa (mercado concorrente).
Às vezes temos uma boa ideia, pensamos em algo que gostaríamos de fazer, mas será que esta ideia é uma
oportunidade, ou seja, será que esta ideia é interessante de ser colocada em prática naquele momento e
situação? Quando falamos de negócios a relação é a mesma: será que toda boa ideia é uma oportunidade de
mercado para montar um negócio?

22
Encontro

2 a oportunidade
mora ao lado

Para se obter a resposta, precisamos analisar alguns fatores, entre eles as necessidades e as expectivas do
mercado e pensar na disposição pessoal para desenvolver tal atividade.
A necessidade de mercado está relacionada a saber se existem pessoas interessadas em comprar aquele
produto ou serviço que pretendo vender e quais são as expectativas dessas pessoas com relação a tais
produtos e serviços.
Também envolve verificar se existem fornecedores para aquilo que eu pretendo fazer e quantos concorrentes
já vendem algo igual ou parecido.
Pensar na disposição pessoal para realizar tal atividade envolve refletir sobre o quanto se gosta de tal
trabalho. Gostar do que faz é algo que pode ser um diferencial num negócio, pois normalmente as pessoas se
dedicam mais àquilo que gostam de fazer do que em situações contrárias. Mas não é só isso, também envolve
pensar no quanto já se tem de conhecimento e experiência naquela atividade e o quanto precisará aprender
para melhor realizar esse trabalho.
Podemos dizer que situações em que, de um lado existem pessoas que necessitam ou querem algo e, de outro,
profissionais ou empresas que se propõem e têm condições de produzir e vender o que os clientes procuram,
existe um sinal de que a ideia imaginada representa uma oportunidade de mercado.
Para montar nossa loja de artesanato sustentável precisamos estudar mais sobre nossa oportunidade de
mercado, para conhecer melhor sobre o assunto e definir que produtos faremos.

2.1. Complete as palavras que faltam no seguinte texto, para que ele fique correto em
suas informações:
Maurício foi com seus pais ao centro da cidade onde mora para comprar um novo caderno.
Existem quatro papelarias no centro da cidade: Papelaria A, Papelaria B, Papelaria C e Papelaria D.
Todas as papelarias vendem cadernos. Assim elas são deste tipo de produto.
Certamente todas as papelarias também ficariam felizes em vender um caderno para o Maurício. Como elas
vendem produtos iguais ou similares, estão localizadas numa mesma região e esperam atender os clientes que
vão ao centro da cidade. Podemos dizer que as quatro papelarias são entre si.
Após pesquisar as opções, Maurício resolveu comprar seu caderno na Papelaria B. Neste momento ele
assumiu o papel de da Papelaria B e essa, por sua vez, o papel de do
caderno de Maurício.

23
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Situações como essa acontecem diariamente e mostram que o mercado está em movimento, ou seja,
consumidores, fornecedores e concorrentes estão interagindo e estabelecendo relações de mercado.

Vale lembrar que a relação de mercado entre concorrentes deve ter como base a cooperação. Esse
será um assunto sobre o qual conversaremos nos próximos encontros.
PARA MOnTAR nOSSA LOJA DE ARTESAnATO SUSTEnTáVEL PRECISAMOS ESTUDAR MAIS SOBRE
nOSSA OPORTUnIDADE DE MERCADO PARA COnHECER MELHOR SOBRE O ASSUnTO E DEFInIR QUE
PRODUTOS FAREMOS.
VAMOS ESTUDAR MAIS SOBRE ARTESAnATO SUSTEnTáVEL, QUE é A nOSSA OPORTUnIDADE DE MERCADO!

3. artesanato sustentável
Identificar a origem do artesanato é tão difícil quanto localizar quando e onde foi inventada a roda. No Brasil,
pesquisas identificam a fabricação de cerâmica no sudeste do Estado do Piauí há 6000 a.C.
A Antropologia, que é a ciência que estuda os seres humanos e tudo que é característico, lhes identifica no
período Paleolítico (6.000 a.C.) os primeiros objetos artesanais. Foi nesse período da história humana que o
homem aprendeu a polir a pedra, a fabricar a cerâmica como utensílio para armazenar e preparar alimentos,
e descobriu a técnica de tecer.
O artesanato resulta do trabalho manual de um artesão e é expressão de uma comunidade, de uma região e
da cultura popular.
O artesanato brasileiro compreende diversos processos de criação e utiliza as mais variadas matérias-primas.
São produções em cerâmica, tecelagem, madeira, fibras vegetais, frutos secos, penas, pedra-sabão, entre
outras. é justamente essa diversidade de conhecimento dos artesãos brasileiros, das cores e da composição
dos materiais que faz o artesanato brasileiro tão rico e apreciado pelo público, colecionadores e pesquisadores
em todo o mundo.
Também, a preocupação com a sustentabilidade tem se tornado um traço marcante na atuação de muitos
artesãos. é muito comum nas cidades brasileiras o trabalho de grupos que se reúnem para desenvolver
alguma atividade artesanal.
Pela própria característica do artesanato de se relacionar com aspectos culturais, por exemplo, com as cores
e costumes da região, pode-se dizer que existe uma relação também com a sustentabilidade.
O artesanato sustentável é, então, aquele que é desenvolvido de forma que não agrida o meio ambiente, que
valorize aspectos culturais e que contribua para ampliar a qualidade de vida das pessoas envolvidas.

24
enContro

2 a oPortunidade
Mora ao lado

3.1. conheceremos exemPlos de PessoAs que trAbAlhAm com ArtesAnAto.


Reúna-se com seu grupo para essa atividade e, conforme a orientação do professor, leia o texto recebido e
responda as seguintes questões.
Pelo exemplo estudado, trabalhar com o artesanato foi bom para as pessoas envolvidas? Por quê?

Pelas informações do exemplo é possível dizer que o artesanato realizado apresenta elementos que
contribuem com a sustentabilidade? Quais seriam estes elementos?

Escolham um representante do grupo para apresentar as respostas para os demais colegas da turma!

3.2. tAmbém PrecisAmos estudAr sobre o ArtesAnAto dA nossA cidAde ou região e, PArA isso,
fAremos umA PesquisA.
nesta pesquisa precisamos levantar dados sobre o artesanato na região em que moramos.
Ideias de informações a serem pesquisas:
• Existe algum artesanato característico da cidade ou região?

• Existem muitos artesãos na cidade ou região?

• Quais materiais são utilizados para produção do artesanato?

• Quals são as técnicas e produtos mais feitos?

• Como é vendido o artesanato produzido?

25
artesanato sustentável 7º ano livro do aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Listem outras informações a serem pesquisadas:

4. meu comportamento empreendedor


A cada encontro do curso Jovens Empreendedores Primeiros Passos estaremos exercitando os comportamentos
empreendedores. Também durante os encontros, vamos falar um pouco mais sobre cada um deles.
Hoje o destaque é para o comportamento de buscar oportunidades e ter iniciativa. Esse é um comportamento
marcante na conduta dos empreendedores.
O que isso significa na prática? Que as pessoas empreendedoras não esperam as situações chegarem aos seus
limites críticos para tomar decisões, ou seja, não esperam “a corda apertar o pescoço”. Também quer dizer que
os empreendedores sempre buscam formas de melhorar aquilo que estão fazendo, procurando ser criativos e
colocando em prática novas ideias.
nós estamos diante de uma oportunidade interessante, que é a loja de artesanato sustentável. Precisamos
ter iniciativa para que essa oportunidade se concretize, isto é, precisamos agir para que a nossa loja de
artesanato sustentável aconteça da melhor forma possível! Se ficarmos parados nada acontecerá!
Por isso é que a cada encontro do curso vamos trabalhar em equipe para montar nossa loja de artesanato
sustentável!

26
enContro

2 a oPortunidade
Mora ao lado

4.1. PensAndo no seu jeito de ser, reflitA e resPondA:

NUNCA mAIS oU mENoS SEmPRE

Esforço-me para colocar em prática novas ideias


que possam melhorar alguma atividade que eu
tenha que realizar.

Costumo ter iniciativa de não deixar minhas


atividades para fazer na última hora.

Procuro sempre aprender coisas novas e realizar


atividades diferentes da rotina do dia a dia.

De que forma você acredita que exercitar o comportamento de buscar oportunidades e ter iniciativa pode ser
útil para você em sua vida? Por quê?

VOCÊ SABIA?

RESUMINDO

resumindo
MOMENTO DO JOGO Conhecemos o PENSE
que é NISSO
um plano de negócios e os passos que devem ser seguidos para sua realização.
Também conhecemos alguns conceitos comuns no mundo dos negócios, como os conceitos de mercado,
produto, serviço, cliente, fornecedor e concorrente. Durante os encontros do curso realizaremos os
passos do plano de negócios para nossa loja de artesanato sustentável. Trabalhamos neste encontro
MOS APRENDER FAZENDO! com um dos primeiros
A HORA DO CHÁ passos do plano de negócios, identificar a oportunidade de mercado e definir o
tipo de negócio. Para isso estudamos sobre artesanato no Brasil e realizaremos uma pesquisa sobre o
artesanato da nossa cidade e região.

27
artesanato sustentável 7º ano livro do aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Conhecendo mais sobre


artesanato

Já começamos a realizar o plano de negócios para nossa loja de artesanato sustentável e continuaremos este
importante trabalho, afinal, estamos determinados a contribuir para a sustentabilidade com o artesanato
que produziremos.
Conhecer melhor sobre nossa oportunidade de mercado e o artesanato sustentável, é algo que devemos
buscar a todo momento. O que será que vamos aprender com as pesquisas que os grupos realizaram sobre o
artesanato da cidade e região?
Vamos conferir!
E prepare-se, neste encontro também faremos nossa primeira atividade produtiva de artesanato sustentável!

28
Encontro

3 CONHECENDO MAIS
SOBRE ARTESANATO

atividades
1. Informações da pesquisa sobre artesanato

1.1. Assistiremos as apresentações das informações pesquisadas pelos grupos sobre o


artesanato na nossa cidade e região.

Após a apresentação dos grupos, responda:

>> Quais tipos de artesanato encontramos na nossa cidade e região?

>> Existem muitos artesãos na cidade ou região? Onde e como eles desenvolvem seu trabalho?

>> Quais materiais são utilizados para produção do artesanato?

>> Quals são as técnicas e produtos mais feitos?

>> Como é vendido o artesanato produzido?

29
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

DICAS:
- uTILIzaR maTERIaL QuE SERIa jOgadO nO LIxO, POR ExEmPLO, gaRRafaS PLáSTIcaS E EmbaLa-
gEnS LOnga VIda.
- VaLORIzaR aLgum ELEmEnTO TíPIcO da cuLTuRa da nOSSa cIdadE E REgIãO.
- POdEmOS PEdIR cOLabORaçãO PaRa QuE um aRTESãO nOS EnSInE aLguma TécnIca dE aRTESanaTO.

> A partir das informações pesquisadas, que tipo de artesanato podem produzir, lembrando da preocupação
com a sustentabilidade? Listar algumas ideias.

> Identifique duas das ideias que vocês acham mais interessantes para produzir como artesanato sustentável
considerando materiais disponíveis (aqueles que seriam descartados como lixo) e características culturais
da cidade e região.
Ideia 1:

Ideia 2:

1.2. em conjunto com seus colegAs de turmA e com o Professor, AnAlise AlgumAs informAções
sobre As duAs ideiAs que A turmA escolheu como As mAis interessAntes PArA serem
ProduzidAs como ArtesAnAto.

30
Encontro

3 CONHECENDO MAIS
SOBRE ARTESANATO

Lista de verificação de informações sobre ideias de artesanatos a ser produzido

Ideia 1: Ideia 2:
Aspectos a analisar
Sim Não Sim Não
Vocês acham que as pessoas
comprariam produtos de
artesanato deste tipo?

Qual desses dois tipos de


artesanato ou produtos vocês
acham que seria o preferido
para as pessoas comprarem?
Por quê?

Quanto vocês pensam que


poderiam cobrar e que as
R$ R$
pessoas pagariam pelos
produtos?

Temos ou conseguimos
facilmente os materiais
necessários?

Fica muito caro para fazer


tais produtos artesanais?

É fácil fazer?
Alguém do nosso grupo sabe
fazer?
Conhecemos alguém que
sabe fazer e pode nos ensinar
e ajudar?
Tem perigo de acidente na
hora de fazer este produto
artesanal?
É um produto artesanal
sustentável?

31
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Ideia 1 Ideia 2
opinião do grupo
Sim Não Sim Não
Trata-se de uma boa
oportunidade de negócio
como artesanato sustentável
(pense se é interessante
produzir tal artesanato, se
ele é sustentável e quais
as condições que temos de
elaborá-lo)?
na opinião do grupo a
melhor oportunidade de
negócio como artesanato
sustentável é (marque x):
Argumentem a opinião do grupo com comentários:

Comentários sobre a ideia 1:

Comentários sobre a ideia 2:

observações:

32
Encontro

3 CONHECENDO MAIS
SOBRE ARTESANATO

2. Praticando os passos do plano de negócios

Como é bom agir como um jovem empreendedor não é mesmo? Já prestou atenção quanta coisa nova você
e seus colegas estão aprendendo?

Pois bem, continuando nosso aprendizado empreendedor seguiremos praticando os passos do plano de negócios
para montar nossa loja de artesanato sustentável. Como estamos buscando aprender mais sobre artesanato,
continuamos praticando o passo de identificar a oportunidade de mercado e definir o tipo de negócio.

Na atividade anterior tivemos algumas ideias sobre os produtos que podemos fazer como artesanato
sustentável. No próximo encontro do curso concluiremos o trabalho de definir os produtos que faremos.

Para tomar esta decisão vamos contar com um apoio fundamental: vamos ouvir a opinião dos clientes sobre
os produtos que pretendemos fazer como artesanato sustentável.

Estaremos praticando mais um dos passos do plano de negócios da nossa loja de artesanato sustentável,
a definição de clientes, que envolve pensar em quem serão os clientes que esperamos atender com nossos
produtos, além de buscar conhecer o que eles esperam do nosso artesanato sustentável.

2.1. Definição de clientes.

Definir os clientes para nossa loja de artesanato sustentável, num primeiro momento, é relacionar para que
grupos de pessoas esperamos vender nossos produtos.

De acordo com as ideias de produtos de artesanato sustentável que pensamos em fazer, que pessoas
esperamos que sejam nossos clientes e que comprem nossos produtos?

A nossa loja de artesanato sustentável buscará ter como clientes:

2.2. Conhecer a opinião e a preferência dos clientes.


A relação entre a definição dos clientes e os produtos que serão oferecidos sempre deve ser observada pelos
empreendedores.

Por exemplo, se o que espera-se é atender como clientes jovens de 12 a 15 anos, é preciso pensar em produtos
de artesanato sustentável que sejam interessantes para este público jovem.

33
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Tendo ideias de produtos já relacionadas, é preciso analisar se tais produtos atendem ao que os clientes
definidos para o negócio esperam. Por isso a importância de pesquisar as opiniões e preferências dos clientes.

Para a pesquisa com os clientes utilizaremos um roteiro de perguntas. Definiremos a quantidade de pessoas
que cada um vai pesquisar.

Ao iniciar a conversa para a pesquisa, explique sobre a loja de artesanato sustentável da turma do 7º ano.
Explique que você e seus colegas de turma estão montando uma loja de artesanato sustentável para vender
produtos que contribuam para a sustentabilidade: serão produtos artesanais que não agridem o meio
ambiente, valorizam a cultura da cidade e região, e contribuem de alguma forma para ampliar a qualidade
de vidas das pessoas envolvidas, afinal, estes são elementos que caracterizam a sustentabilidade.

Terminada a pesquisa, agradeça a colaboração da pessoa. Lembre-se de informar que a pessoa também será
avisada sobre a inauguração da loja de artesanato sustentável, para que possa participar desta iniciativa
importante para nosso planeta!

boa pesQuisa!

cada aLunO da TuRma dEVERá PESQuISaR ________ PESSOaS.

SE nEcESSáRIO, dEVEm SER PROVIdEncIadaS cóPIaS dO ROTEIRO da PESQuISa. faLE cOm O


PROfESSOR SObRE ISSO.

34
Encontro

3 CONHECENDO MAIS
SOBRE ARTESANATO

Loja de Artesanato Sustentável

Roteiro de pesquisa da preferência dos clientes

Dados sobre a pessoa pesquisada:


( ) Jovem ( ) Adulto

( ) Parente, vizinho, familiar ( ) Funcionário da escola


( ) Aluno de outra turma
( ) Outro:

1. Você já ouvir falar sobre a importância da sustentabilidade?


(Se necessário, faça uma breve explicação sobre o que é sustentabilidade para a pessoa entrevistada)
( ) Sim ( ) Não
1.1. Você compraria produtos de artesanato que contribuam para a sustentabilidade? Por quê?
( ) Sim ( ) Não
Por quê?
2. Entre as seguintes opções de produtos de artesanato sustentável, qual você mais gostaria de comprar? Por quê?
( ) Opção 1:
( ) Opção 2:
Por quê?
3. Quanto você pagaria pelas opções de produtos de artesanato sustentável apresentadas?
( ) Opção 1: R$ ( ) Opção 2: R$

4. Entre as opções de produtos de artesanato sustentável apresentadas você não compraria alguma
delas de jeito nenhum? Qual e por quê?
( ) Opção 1 ( ) Opção 2
Por quê?

5. Você tem alguma sugestão de produto, além das opções apresentadas, que pode ser feito como
artesanato sustentável? Qual é a sugestão?

35
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

3. Meu comportamento empreendedor

Hoje o nosso destaque é para dois comportamentos dos empreendedores: estabelecer metas e planejar e
monitorar sistematicamente o planejamento realizado, para alcançar os objetivos estabelecidos.

FáBUlA Do CAvAlo-mARINHo
cERTa VEz um caVaLO-maRInhO PEgOu SuaS EcOnOmIaS E SaIu Em buSca dE fORTuna.
nãO haVIa andadO muITO, QuandO EncOnTROu uma águIa QuE LhE dISSE:
— bOm dIa amIgO. PaRa OndE VaI?
— VOu Em buSca dE fORTuna! - RESPOndEu O caVaLO-maRInhO cOm muITO ORguLhO,
Ao qUE A áGUIA RESPoNDEU-lHE:
— ESTá cOm SORTE. PELa mETadE dO SEu dInhEIRO dEIxO QuE LEVE uma aSa PaRa QuE
POSSa chEgaR maIS RáPIdO.
— QuE bOm! - dISSE O caVaLO-maRInhO. PagOu a águIa, cOLOcOu a aSa E SaIu cOmO
um RaIO! LOgO EncOnTROu uma ESPOnja, QuE dISSE-LhE:
— bOm dIa amIgO. PaRa OndE VaI cOm TanTa PRESSa?
— VOu Em buSca da fORTuna! - RESPOndEu O caVaLO-maRInhO, aO QuE a ESPOnja
RESPoNDEU:
— ESTá cOm SORTE. VEndO-LhE ESTE ScOOTTER dE PROPuLSãO POR muITO POucO
dInhEIRO, PaRa QuE chEguE maIS RáPIdO.
FoI ASSIm qUE o CAvAlo-mARINHo PAGoU o RESTo Do SEU DINHEIRo PElo sCooTTer E
SuLcOu OS maRES cOm VELOcIdadE QuInTuPLIcada. dE REPEnTE, ELE EncOnTROu um
TUBARão qUE DISSE-lHE:
— PaRa OndE VOcê VaI, mEu bOm amIgO?
— VOu Em buSca da fORTuna! - RESPOndEu fELIz O caVaLO-maRInhO. O TubaRãO
CoNTINUoU A CoNvERSA:
— ESTá cOm SORTE! SE TOmaR ESTE aTaLhO - dISSE O TubaRãO, aPOnTandO PaRa a Sua
ImEnSa bOca - “ganhaRá muITO TEmPO”.
— ESTá bEm, Eu agRadEçO-LhE muITO! - dISSE O caVaLO-maRInhO, QuE LançOu-SE aO
InTERIOR dO TubaRãO, SEndO dEVORadO E nãO chEgandO aTé a fORTuna QuE ESPERaVa
aLcançaR.

(ROBERT MAGER)

36
Encontro

3 CONHECENDO MAIS
SOBRE ARTESANATO

Para refletir sobre a fábula do Cavalo-marinho:

- O cavalo-marinho sabia exatamente o que queria?

- Estava claro para ele o que era a fortuna que ele buscava?

- Por não ter essa clareza, ele conseguiu planejar adequadamente como chegar até lá?

Estabelecer metas é definir com clareza objetivos que se espera alcançar. A partir disso, é necessário planejar
quais são as etapas necessárias para se chegar à meta estabelecida. Colocando o planejamento em prática,
é necessário monitorar sistematicamente, ou seja, acompanhar constantemente e de forma organizada se o
planejamento elaborado está dando certo ou se algo precisa ser corrigido.

As metas de um empreendedor normalmente são impulsionadas pelos seus sonhos, por aquilo que deseja
alcançar e realizar em sua vida.

3.1. Você tem algum sonho ou meta que deseja alcançar? Qual?

Nunca mais ou menos Sempre

Consigo organizar e planejar a realização das minhas


atividades para que tudo dê certo

Sempre penso nos meus sonhos e defino metas que


quero alcançar em minha vida e no dia a dia

3.2. Pensando no seu jeito de ser, reflita e responda:


De que forma você acredita que exercitar os comportamentos de estabelecer metas e planejar e monitorar
sistematicamente o planejamento realizado pode ser util para você em sua vida? Por quê?

37
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

4. Momento de produção

Faremos nossa primeira atividade de produção de artesanato sustentável.

Os momentos de produção se repetirão em outros encontros do curso. nessa atividade exercitaremos


comportamentos empreendedores e ela também envolve um dos passos do plano de negócios, a estabelecer
ações de produção e desenvolvimento dos produtos e serviços, que começamos a fazer neste momento e
que seguirá sendo realizada a cada momento de produção.

Para melhor controle e organização do nosso trabalho, a cada momento de produção ao longo dos encontros
do curso, vamos registrar um histórico de tudo que produzirmos.

Os momentos de produção são momentos de trabalho em equipe!


Participe, solte sua criatividade, colabore com seus colegas de turma e mãos à obra!

Acompanhe as orientações do professor e bom trabalho!


A CADA MOMEnTO DE PRODUçãO é IMPORTAnTE LEMBRARMOS DO nOSSO OBJETIVO DE COnTRIBUIR
PARA A SUSTEnTABILIDADE.
nOSSO ARTESAnATO SUSTEnTáVEL nãO DEVE AGREDIR O MEIO AMBIEnTE, MAS DEVE VALORIzAR A
CULTURA DA nOSSA CIDADE E REGIãO, E AInDA DEVE SER UMA ATIVIDADE DESEnVOLVIDA DE FORMA
ORGAnIzADA E JUSTA, PARA QUE TODOS OS EnVOLVIDOS POSSAM AMPLIAR SUA QUALIDADE DE VIDA.
VAMOS PRODUzIR EVITAnDO DESPERDíCIO DE MATERIAIS!

LOJA DE ARTESAnATO SUSTEnTáVEL – HISTóRICO DE PRODUçãO

Data:

Quais produtos serão feitos:

Material necessário:

Quantos produtos faremos. Como faremos e como nos organizaremos para esta produção:

38
Encontro

4 como será
nosso produto?

Espaço para anotações:

VOCÊ SABIA?

RESUMINDO

resumindo
MOMENTO DO JOGO Apresentamos oPENSE NISSO
resultado da pesquisa realizada sobre o artesanato na cidade e região. Definimos
algumas ideias do que podemos fazer como artesanato sustentável. Analisamos algumas informações
importantes sobre as duas ideias que achamos as mais interessantes, como por exemplo, se é fácil de
fazer e quem poderia nos ajudar. Definimos quem esperamos que sejam os clientes da nossa loja e
MOS APRENDER FAZENDO! vamos pesquisar a opinião
A HORA DO CHÁ deles sobre a preferência entre as duas ideias de artesanato sustentável que
escolhemos. Estudamos um pouco mais sobre a importância dos comportamentos empreendedores
estabelecimento de metas e planejamento e monitoramento sistemáticos e iniciamos nossos
momentos de produção de artesanato sustentável. Teremos momentos de produção em vários
encontros do curso para que possamos aprender e produzir as peças para nossa loja. Assim, estaremos
exercitando ainda mais os comportamentos empreendedores e contribuindo para a sustentabilidade.

39
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Como será nosso


produto?

Neste quarto encontro do curso temos muitas decisões a tomar: vamos definir os produtos que faremos como
artesanato sustentável e definiremos também um nome para nossa loja de artesanato sustentável.
Muitas atividades empreendedoras nos aguardam, então, vamos lá!

40
Encontro

4 como será
nosso produto?

atividades
1. Informações da pesquisa de preferência dos clientes

Para avaliar as informações conseguidas com a pesquisa sobre preferência dos nossos clientes, precisamos
reunir cada pesquisa realizada e avaliar as informações como um todo. Inicialmente faremos a tabulação dos
dados da pesquisa, para depois analisar as informações.

Tabulação refere-se à organização de todos os dados coletados com uma pesquisa realizada, ou
seja, reunir cada pesquisa e organizar as respostas obtidas para que as informações possam ser
analisadas, em conjunto.

1.1. Tabulação dos dados da pesquisa de preferência dos clientes.

Loja de Artesanato Sustentável


Roteiro de pesquisa da preferência dos clientes

Total de pessoas pesquisadas:


Quantas são:
( ) Jovens ( ) Adultos
Quantas são:
( ) Parente, vizinho, familiar
( ) Funcionário da escola
( ) Aluno de outra turma
( ) Outro:
1. Quantas pessoas disseram já terem ouvido falar sobre a importância da sustentabilidade?
( ) Sim ( ) Não
1.1. Quantas pessoas disseram que comprariam ou não produtos de artesanato que contribuíam para a
sustentabilidade? Quais os motivos citados?
( ) Sim ( ) Não
Motivos citados:

41
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

2. Quantas pessoas responderam sobre a preferência para cada uma das opções de produtos de
artesanato sustentável apresentadas? Quais os motivos citados?
( ) Opção 1
Motivos citados para a escolha da opção 1:

( ) Opção 2
Motivos citados para a escolha da opção 2:

3. Quanto ao valor que as pessoas pagariam pelas opções de produtos de artesanato sustentável
apresentadas, qual o maior e menor valor citados para cada uma delas?
( ) Opção 1:
Maior valor: R$ Menor valor: R$
( ) Opção 2:
Maior valor: R$ Menor valor: R$
4. Quantas pessoas citaram que não comprariam de forma alguma uma das opções de produtos de
artesanato sustentável apresentadas? Quais os motivos citados?
( ) Opção 1
Motivos citados para a escolha da opção 1:

( ) Opção 2
Motivos citados para a escolha da opção 2:

5. Quais sugestões de produtos de artesanato sustentável foram apresentadas?

42
Encontro

4 como será
nosso produto?

1.2. Destacando algumas informações da pesquisa:


Total de pessoas pesquisadas:

Opinião dos clientes Opção 1 Opção 2


Quantos preferem cada uma das opções de artesanato
sustentável?

Quantos disseram que não comprariam de forma alguma


uma das opções de artesanato sustentável?

Sugestões de outros produtos de artesanato sustentável:

Quais os três motivos mais citados pelos clientes que afirmaram que comprariam produtos de artesanato
que contribuíam com a sustentabilidade?

2. Praticando os passos do plano de negócios

Seguindo nosso trabalho no plano de negócios da nossa loja de artesanato sustentável, vamos definir os
produtos que faremos e também definiremos um nome para nossa loja.

2.1. Definição de produtos de artesanato sustentável que faremos

Já temos informações sobre o artesanato de nossa cidade e região, já pensamos em algumas ideias do que
produzir como artesanato sustentável e já pesquisamos nossos prováveis clientes sobre a preferência deles
entre duas opções de produtos.

43
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

lEmBRETE!
PaRa TOmaR ESTa dEcISãO VaLE a PEna PEnSaR Também SObRE:
- o qUE Já SE SABE FAzER Como ARTESANATo SUSTENTávEl;
- PESSoAS qUE PoDERão ENSINAR mAIS SoBRE Como PRoDUzIR ARTESANATo SUSTENTávEl;
- DISPoNIBIlIDADE DE mATERIAl NECESSáRIo;E
- PESQuISa dE PREfERêncIa dOS cLIEnTES.

Analisando todas essas informações, defina junto com seus colegas de turma o que será produzido como
artesanato sustentável para a loja que estamos montando:

2.2. definição do nome dA nossA lojA de ArtesAnAto sustentável


Faça uma pesquisa em revistas ou jornais, recorte e cole no espaço abaixo duas imagens que mostrem nomes
de empresas.

44
Encontro

4 como será
nosso produto?

Pense e responda: qual é a importância do nome que escolhe-se para uma empresa?



Se você falou que o nome de uma empresa é importante por que afinal todas as pessoas e os clientes
conhecerão a empresa por esse nome, acertou!

O nome que coloca-se em uma empresa deve ser bem pensado para que seja um nome interessante e que
os clientes guardem na memória.

Algumas dicas para a escolha do nome de uma empresa:

• O nome da empresa pode ser formado por uma ou mais palavras.

• Pense em um nome que seja único, diferente e que descreva o produto e os propósitos da empresa.

• Não copie nomes de empresas que já existem, pois além de sabermos que o nome de uma empresa deve
servir como algo que a diferencia das outras, existem multas previstas para quem copia marcas.

• Use, de preferência, palavras em português.

• Procure um nome fácil de falar e de memorizar. Existem nomes que as pessoas não conseguem pronunciar.

• Gírias e trocadilhos dificilmente dão certo. A gíria sai de moda e nem todas as pessoas a aceitam ou
compreendem. Trocadilhos podem ser considerados sem graça pelas pessoas, embora existam muitos
casos que deram certo.

• Cuidado com palavras e expressões que estão na moda, como nomes de novela, de filme e outros. Esses
nomes têm prazo de validade muito curto.

• O nome tem que estar de acordo com os clientes que se pretende atender. Espera-se que os clientes se
identifiquem com o nome da empresa e, inclusive, recomendem-na para outras pessoas.

• Evite juntar nomes próprios, pois esta mistura pode ficar esquisita, indecifrável e você pode acabar criando
um “Frankenstein”.

45
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

CURIoSIDADE!
QuandO uma EmPRESa é abERTa OfIcIaLmEnTE, é dEfInIda Sua RazãO SOcIaL, QuE é O nOmE
QuE aPaREcERá nOS dOcumEnTOS OfIcIaIS da EmPRESa, aSSIm cOmO nO cOnTRaTO fEITO
EnTRE OS SócIOS E Em OuTROS dOcumEnTOS dE REgISTRO junTO aO gOVERnO. muITaS VEzES,
oS EmPREENDEDoRES ColoCAm SEUS NomES oU SoBRENomES NA RAzão SoCIAl DE SEUS
EmPREEndImEnTOS.
- POR ExEmPLO: IRmãOS aLbERnOzOVISKY cOméRcIO dE aRTIgOS dE dEcORaçãO LTda.
a EmPRESa POdE, aInda, dEfInIR OuTRO nOmE, O chamadO nOmE fanTaSIa, QuE é O nOmE PELO
QuaL a EmPRESa buScaRá SER cOnhEcIda nO mERcadO. SE a EmPRESa QuISER E achaR adEQuadO,
POdE adOTaR a PRóPRIa RazãO SOcIaL PaRa fazER TOda Sua dIVuLgaçãO.
- PoR ExEmPlo: loJA DECoRAvIDA
SE a EmPRESa QuISER E achaR adEQuadO, POdE adOTaR a PRóPRIa RazãO SOcIaL PaRa fazER Sua
dIVuLgaçãO.

Qual será o nome da nossa loja de artesanato sustentável?

Além do nome para nossa loja de artesanato sustentável, vamos também pensar na forma como esse nome
deve ser apresentado, ou seja, como a marca da empresa deve ser mostrada.

A marca é o nome da empresa utilizado para divulgação, ou seja, para que todos conheceçam.

Precisamos pensar na forma como apresentar o nome da nossa loja de artesanato sustentável: como o nome
da marca será escrito, com que tipo de letra, que cores serão usadas e se vamos acrescentar algum símbolo
ou desenho junto ao nome.

é importante pensar nisso desde já, pois como vamos continuar nossa produção de artesanato sustentável,
deveremos identificar as peças produtivas, colocando etiquetas com o nome da nossa loja.

COMO PODEMOS REPRESEnTAR O nOME DA nOSSA LOJA DE ARTESAnATO SUSTEnTáVEL?

Pense sobre isso e traga ideias escritas e desenhadas em folhas extras de papel. Decidiremos sobre
isso no próximo encontro do curso!

46
Encontro

4 como será
nosso produto?

2.3. Identificação de concorrentes

A concorrência acontece quando duas ou mais pessoas ou empresas produzem ou vendem produtos e serviços
parecidos para os mesmos clientes.

Como é comum acontecer, outras pessoas e empresas também poderão produzir e vender produtos
semelhantes aos nossos e não há problema algum nisso. Concorrentes podem ser grandes parceiros!

Imagine, por exemplo, que as papelarias de uma cidade unam-se para visitar uma Feira de Negócios onde
empresas fabricantes de cadernos, livros e material de escritório vão apresentar seus produtos. As papelarias
são concorrentes e formaram uma parceria.

É bom lembrar que não somos os primeiros a produzir artesanato em nossa cidade e região. Quando
pesquisamos sobre o artesanato da nossa cidade e região identificamos pessoas que fazem alguns tipos de
artesanato. Nós também vamos formar uma parceria com essas pessoas, pois, afinal, temos muito a aprender
com quem já produz artesanato para vender.

Como podemos descrever a concorrência para nossa loja de artesanato sustentável?





Ideias:
- Agendar uma visita com a pessoa e solicitar que nos explique sobre os tipos de artesanato
que produz;
- Convidar uma ou mais pessoas para nos visitar na escola, contar sobre sua experiência e
os tipos de artesanato que produz, nos ensinando como fazer algum produto, por exemplo.

47
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Agora, converse com seu professor e seus colegas de turma para determinar como estabelecer parceria com
a concorrência:

3. Atitudes ecológicas para contribuir com a sustentabilidade ambiental

A sustentabilidade ambiental envolve desenvolver práticas que colaborem com a preservação do meio
ambiente.

Um dos grandes problemas enfrentados em quase todos os lugares do mundo é a quantidade de lixo gerada
todos os dias pelas pessoas.

no Brasil, alguns estudos mostram que cada pessoa produz de 500g a 1 kg de lixo por dia, em média.

Se você acha que é pouco, pense na quantidade de pessoas que moram no mesmo bairro ou cidade que você
e faça a conta de quanto lixo produzimos.

Um detalhe interessante nessa história é que nem tudo que vai para o lixo, de fato lixo é! Alguns materiais
podem ser reutilizados ou reciclados. Reciclagem é o processo no qual alguns materiais que seriam
descartados como lixo passam a ser considerados matéria-prima para se fazer novos produtos. A reutilização
e a reciclagem trazem vantagens como a diminuição da quantidade de lixo jogada nos lixões ou aterros,
menor poluição e, além disso, promove a geração de trabalho e renda para muitas pessoas.

Para que a reciclagem aconteça é necessário um passo anterior a ela, que é a coleta seletiva.

Coleta seletiva é uma forma de recolhimento de materiais recicláveis como papéis, plásticos, vidros, metais e
orgânicos, considerando que eles serão previamente separados. Isso facilita a destinação dos materiais para
reutilização ou reciclagem. E, também para facilitar essa coleta seletiva, existe um padrão de cores para os
recipientes de coleta de materiais:

48
Encontro

4 como será
nosso produto?

• AZUL - PAPEL/PAPELÃO • LARANJA - RESÍDUOS PERIGOSOS

• VERMELHO - PLÁSTICO • PRETO - MADEIRA


• CINZA - RESÍDUOS GERAIS NÃO RECICLÁVEIS OU
• AMARELO - METAL MISTURADOS, OU AINDA CONTAMINADOS NÃO
PASSÍVEIS DE SEPARAÇÃO
• VERDE - VIDRO • ROXO - RESÍDUOS RADIOATIVOS
• BRANCO - RESÍDUOS AMBULATORIAIS E DE
• MARROM - MATERIAL ORGÂNICO
SERVIÇO DE SAÚDE

49
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Reciclar é uma atitude ecológica que contribui para a sustentabilidade.

Além disso, podemos ter outras atitudes ecológicas para contribuir com a sustentabilidade. São os chamados 3
“Rs” da atitude ecológica, que podemos entender como passos para ter uma atitude mais ecológica no dia a dia:

passo 1: praTiQue o "r" de reduzir

A ideia é pensar na real necessidade daquilo que estamos comprando, evitando comprar coisas que não
precisamos. Muitas vezes compramos coisas das quais não precisamos ou compramos produtos que têm uma
embalagem muito grande, não reciclável ou desnecessária.

passo 2: praTiQue o "r" de reuTilizar

Uma vez que o passo de reduzir já foi dado, podemos pensar em reutilizar as coisas antes de jogá-las fora.
Imagine que bom se conseguíssemos utilizar pelo menos mais uma vez boa parte daquilo que normalmente
jogamos fora, como embalagens plásticas, retalhos de tecido, entre outros materiais.

passo 3: praTiQue o "r" de reciclar

Muitos materiais podem ser reciclados e isso pode acontecer de diferentes formas: plásticos, metais, papéis,
entre outros materiais podem ser coletados de forma separada para que sejam destinados para a reciclagem.

PRATIQUE ESSAS ATITUDES ECOLóGICAS E COnTRIBUA PARA A SUSTEnTABILIDADE AMBIEnTAL!

4. meu comportamento empreendedor

Vamos relembrar as atividades que fizemos neste encontro do curso. Começamos organizando os dados da
pesquisa que fizemos sobre a preferência dos nossos clientes. A partir disso, analisamos as informações para
tomar a decisão de que produtos poderemos fazer como artesanato sustentável. Ainda decidimos também so-
bre o nome da nossa loja de artesanato sustentável. Conhecemos um pouco mais sobre atitudes que podemos
adotar para contribuir com a sustentabilidade ambiental. Quanta coisa! Quanto trabalho empreendedor!

Isso mesmo, agimos como empreendedores para realizar essas atividades: buscamos informações ao fazer
a pesquisa com nossos clientes e, após organizar e analisar os dados, tomamos decisões importantes para
nosso negócio, para nossa loja de artesanato sustentável.

Buscar informações é um comportamento praticado constantemente pelos empreendedores. As pessoas


empreendedoras se dedicam a pesquisar, conhecer, aprender mais e manterem-se sempre informadas e
atualizadas.

50
Encontro

4 como será
nosso produto?

Manter-se atualizado e ter informações sobre um determinado assunto é importante para colaborar na
tomada de decisão. As informações nos ajudam a entender melhor sobre um assunto ou conhecer mais
detalhes sobre uma determinada situação, ajudando a tomar decisões mais conscientes e seguras.

Assim, estamos falando de outro comportamento comum aos empreendedores, correr riscos calculados.
Na prática, correr riscos calculados significa pensar e analisar informações antes de decidir sobre um
determinado assunto ou situação, sabendo que toda decisão envolve uma dose de risco, pois, afinal, nem
tudo pode sair como esperado.

4.1. Pense no seu comportamento no dia a dia e avalie marcando com X suas respostas:

Comportamento Nunca De vez em quando Sempre

Gosto e sempre busco novos aprendizados

Procuro tomar decisões após pensar sobre o


assunto ou situação

Gosto de desafios, pois sei que posso apren-


der com eles

4.2. De que maneira você acredita que desenvolver e praticar o comportamento de buscar
informações e correr riscos calculados pode ajudá-lo em seu dia a dia?




VOCÊ SABIA?

RESUMINDO

resumindo
MOMENTO DO JOGO Organizamos osPENSE
dadosNISSO
da pesquisa que fizemos sobre a preferência dos nossos clientes e, a partir disso,
analisamos as informações. Decidimos sobre quais produtos faremos como artesanato sustentável.
Ainda, decidimos sobre o nome da nossa loja. Formaremos uma parceria com outras pessoas que
produzem artesanato na cidade e região, para buscar informações e aprender mais sobre nosso negócio.
MOS APRENDER FAZENDO!
Conhecemos um pouco mais sobre atitudes que podemos adotar para contribuir com a sustentabilidade
A HORA DO CHÁ
ambiental e refletimos sobre nosso comportamento de buscar informações e correr riscos calculados.

51
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Um espaço organizado
para o trabalho

Estamos no momento de continuar nossa produção. Para isso vamos organizar nosso espaço de trabalho,
para que as atividades aconteçam da melhor forma possível.
nossa loja de artesanato contribuirá para a sustentabilidade, pois produziremos peças que não agridam o
meio ambiente, valorizem nossa cultura e colaborem para ampliar a qualidade de vida das pessoas!

52
enContro

5
uM esPaÇo
orGaniZado Para
o traBalHo

atividades
1. Aprendendo com quem tem mais experiência

1.1. registre suAs conclusões sobre A exPeriênciA de APrender com PessoAs que tAmbém
Produzem ArtesAnAto nA cidAde e nA região:

1.2. vAmos PensAr novAmente sobre os Produtos que fAremos como ArtesAnAto sustentável.
A PArtir dAs informAções AdquiridAs com o APrendizAdo com As PessoAs que já fAzem e
vendem ArtesAnAto, mudAremos Algo nA relAção de Produtos que fAremos nA nossA lojA
de ArtesAnAto sustentável? quAis serão As mudAnçAs?

53
artesanato sustentável 7º ano livro do aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

2. Praticando os passos do plano de negócios

Quando cuidamos bem do nosso espaço de trabalho trazemos harmonia, alegria, espírito de equipe,
concentração e qualidade naquilo que fazemos, evitando erros e desperdício.

Assim como o produto do nosso trabalho (o artesanato sustentável), o local onde trabalhamos também deve
ser aperfeiçoado e constantemente renovado para que este não interfira negativamente em nossa energia e
criatividade para produzir.

Quando falamos em definição do local de funcionamento da empresa, um dos passos do nosso plano de
negócios, precisamos considerar dois lugares distintos: nosso espaço de produção do artesanato sustentável
e o espaço onde montaremos a loja para vender os produtos aos clientes.

Também vamos nos dedicar a outros dois passos do plano de negócios:

Definição dos recursos materiais que precisamos para organizar nosso espaço de produção e de venda de
artesanato sustentável e identificar parcerias possíveis.
Estabelecer ações de produção para o desenvolvimento dos produtos – a cada momento de produção nos
dedicamos a esta etapa — e, agora, vamos organizar nossa produção daqui em diante.

2.1. identificAr o locAl de funcionAmento dA emPresA e definir os mAteriAis necessários

Converse com o professor e com seus colegas de turma para registrar as respostas para as seguintes questões:

O que precisamos ter no local de produção do artesanato sustentável que estamos fazendo?
Equipamentos específicos:

Móveis (mesa, cadeira, prateleiras, etc.):

Material de uso geral (tesouras, réguas, colas, etc.):

Material de limpeza:

54
Encontro

5
UM ESPAÇO
ORGANIZADO PARA
O TRABALHO

Material para elaboração dos produtos:



Outros:

Já temos tudo que precisamos no local de produção? Caso falte algo, liste e identifique como será possível
conseguir tal recurso necessário.

Como podemos descrever o espaço que utilizamos para a produção do nosso artesanato sustentável
(organizado, agradável, confortável, bom espaço, com boa iluminação, bem ventilado etc.)?



Como é feita a organização do material que utilizaremos? É possível organizar de outra forma que fique
melhor para nosso trabalho? Como?



55
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Que ideias podemos descrever para tornar nosso espaço de produção do artesanato sustentável mais
agradável e prático?

Onde montaremos o espaço de venda da nossa loja de artesanato sustentável?

Vamos imaginar o momento das vendas da nossa loja de artesanato sustentável! O que precisaremos ter no
nosso local de venda dos produtos? Já temos tudo que precisaremos para o local de venda? Caso falte algo,
liste e identifique como será possível conseguir tal recurso necessário.

2.2. estAbelecer Ações de Produção PArA o desenvolvimento dos Produtos

Podemos pensar num passo a passo para a produção do artesanato sustentável que decidimos fazer.

é como pensar na elaboração de uma receita de bolo, ou seja, listar o que precisa ser feito em primeiro lugar,
qual a próxima etapa e, assim por diante.

Para exercitar, escolha um dos produtos de artesanato sustentável que foram decididos para produção e
elabore a descrição das etapas de como fazê-lo.

56
Encontro

5
UM ESPAÇO
ORGANIZADO PARA
O TRABALHO

Artesanato Sustentável:

Passo a passo de produção

10

É importante elaborar a descrição do passo a passo de produção para todos os produtos definidos para a
loja de artesanato sustentável. Assim, a produção ficará organizada. Lembre-se de que um ingrediente será
sempre fundamental nos momentos de produção: sua criatividade!

O passo a passo de produção pode ser feito por uma única pessoa ou o trabalho pode ser divido, por exemplo,
alguém cola, outra pessoa pinta e decora a peça e, assim por diante.

57
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

3. Momento de produção

A produção de artesanato sustentável para nossa loja continua e nós também continuaremos a fazer o
registro do histórico de produção.

PRODUzIREMOS nOSSO ARTESAnATO SUSTEnTáVEL!

LOJA DE ARTESAnATO SUSTEnTáVEL – HISTóRICO DE PRODUçãO

Data:

Quais produtos serão feitos:

Material necessário:

58
Encontro

5
UM ESPAÇO
ORGANIZADO PARA
O TRABALHO

Quantos produtos faremos:



Como faremos e como nos organizaremos para essa produção:



Espaço para anotações:



VOCÊ SABIA?

RESUMINDO

resumindo
PENSE NISSO
MOMENTO DO JOGO
Neste encontro cuidamos da organização do espaço que utilizaremos para a produção de artesanato
sustentável. E, também pensamos na organização do espaço para venda dos produtos. Definimos como
devem ser esses locais, os materiais que precisamos e, ainda, elaboramos o passo a passo de como produzir
um dos produtos que faremos. Continuamos nossa produção e exercitamos nossa criativade empreendedora!
MOS APRENDER FAZENDO! A HORA DO CHÁ

59
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Produzindo e
aprendendo mais
sobre sustentabilidade

Empreendedores em ação, continuaremos nossa produção de artesanato sustentável!


Criatividade e trabalho em equipe estarão presentes nas nossas atividades de hoje!

60
Encontro PRODUZINDO E

6 APRENDENDO
MAIS SOBRE
SUSTENTABILIDADE

atividades
1. Momento de produção

Continuaremos produzindo nosso artesanato sustentável e, como sempre, devemos manter um registro do
nosso trabalho!

Loja de Artesanato Sustentável – Histórico de produção

Data:

Quais produtos serão feitos:


Material necessário:

Quantos produtos faremos:



Como faremos e como nos organizaremos para esta produção (lembrem-se de tomar como base as descrições
de passo a passo para elaboração dos produtos feitos no encontro anterior):



Espaço para anotações:





61
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

2. Práticas sustentáveis

Você e seu grupo farão uma pesquisa sobre práticas sustentáveis, ou seja, o que as pessoas podem fazer para
contribuir para a sustentabilidade.

ESTA PESQUISA DEVERá SER APRESEnTADA nO PRóxIMO EnCOnTRO DO CURSO, COnFORME


ORIEnTAçãO DO PROFESSOR!
nOVAMEnTE SERá PRECISO TRABALHAR EM EQUIPE E USAR A CRIATIVIDADE DE TODOS PARA ESSA
PESQUISA.
VOCÊ SABIA?

RESUMINDO

resumindo
PENSE NISSO
MOMENTO DO JOGO
Este encontro foi dedicado à nossa produção de artesanato sustentável. Mantivemos organização,
trabalhamos em equipe e exercitamos nossa criatividade para criar produtos que serão vendidos
em nossa loja de artesanato sustentável. Faremos uma pesquisa sobre práticas sustentáveis para
aprensentar no próximo encontro do curso. Práticas sustentáveis são ações que as pessoas podem
VAMOS APRENDER FAZENDO! fazer para Acontribuir com a sustentabilidade.
HORA DO CHÁ

62
Encontro PRODUZINDO E

6 APRENDENDO
MAIS SOBRE
SUSTENTABILIDADE

63
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Práticas sustentáveis

Hoje é um dia especial durante o curso Jovens Empreendedores Primeiros Passos! Vamos conhecer o resultado
da pesquisa dos grupos sobre práticas sustentáveis!
Como está o andamento do trabalho no plano de negócios para montagem da nossa loja de artesanato
sustentável? Faremos uma atividade para registrar o que já fizemos e o que ainda falta fazer.

64
enContro
enContro

14
7
inauGurando a
PrátiCas
loJa de artesanato
sustentáveis
sustentável

atividades
1. Pesquisa sobre práticas sustentáveis

Após a apresentação dos grupos, registre qual é a prática sustentável que você vai começar a praticar
desde já. Justifique.

2. Meu comportamento empreendedor

Hoje vamos falar sobre dois comportamentos empreendedores que andam sempre juntos: ser persistente e
ter comprometimento.

Pense um pouco sobre a atividade que você e seu grupo desenvolveram ao pesquisar sobre práticas
sustentáveis. Existiram dificuldades? Surgiram ideias diferentes? Como resolveram as situações?

Quando enfrentamos uma dificuldade ou problema e buscamos soluções, sendo firmes mesmo que numa
primeira tentativa não dê certo, estamos sendo persistentes. Podemos dizer que, em situações assim, estamos
sendo também comprometidos. Ter comprometimento com alguma coisa é acreditar naquilo e se dedicar,
assumindo compromisso pessoal e sendo responsável com o que está sendo feito.

no dia a dia, para exercitar práticas sustentáveis como as que estudamos com nossa pesquisa, certamente
também precisamos ser persistentes e ter comprometimento com esse assunto. Quem não achar que esse
assunto é importante e não reconhecer a necessidade de favorecer a sustentabilidade, possivelmente não se
compromete a adotar tais práticas. Da mesma forma, sem comprometimento a persistência não aparecerá,
ou seja, numa primeira dificuldade ou problema, deixa-se de lado o assunto.

65
artesanato sustentável 7º ano livro do aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Persistência e comprometimento são comportamentos sempre presentes no dia a dia dos empreendedores.
Eles funcionam como combustível para que as pessoas empreendedoras ajam com determinação na busca
de seus objetivos. E o melhor de tudo, são combustíveis que não poluem, nem custam nada, a não ser a
disposição de cada um!

Como temos o objetivo de montar nossa loja de artesanato sustentável, também precisamos exercitar nossa
persistência e nosso comprometimento, mantendo nossa disposição e dedicação para que tudo dê certo.

2.1. Pense no seu comPortAmento no diA A diA e AvAlie mArcAndo com x suAs resPostAs:

ComporTamenTo NUNCA DE vEz Em qUANDo SEmPRE

Tenho responsabilidade e disciplina para


realizar minhas atividades

Sou persistente diante de dificuldades ou


problemas que aparecem

Busco e colaboro com soluções para


determinada situação, em vez de ficar só
reclamando

2.2. de que mAneirA você AcreditA que PrAticAr os comPortAmentos emPreendedores


comPrometimento e PersistênciA Pode Ajudá-lo em seu diA A diA?

3. Para saber mais

JEITOS DE MUDAR O MUnDO

Em 2000, a OnU – Organização das nações Unidas, ao analisar os maiores problemas mundiais, estabeleceu
Oito Objetivos do Milênio – ODM, que no Brasil são também chamados de Oito Jeitos de Mudar o Mundo.

1. Erradicar a extrema pobreza e a fome: muitas pessoas passam fome no mundo todo, mais de um bilhão
de pessoas aproximadamente. Atingir essa meta significa dar condições de vida a inúmeras pessoas que
morrem sem ter o que comer, todos os anos, sendo que muitas são crianças.

66
Encontro
Encontro

14
7
INAUGURANDO A
PRÁTICAS
LOJA DE ARTESANATO
SUSTENTÁVEIS
SUSTENTÁVEL

2. Atingir a educação básica de qualidade para todos: no mundo todo muitas crianças não frequentam
escolas. Investir em educação é investir em desenvolvimento humano e social, pois todos saem ganhando,
tanto as pessoas que passam a ter garantido o seu direito à educação, quanto o país em que vivem.

3. Promover a igualdade entre os sexos e a autonomia da mulher: a história do mundo nos mostra que
durante muito tempo os homens e as mulheres não tinham os mesmos direitos e deveres. Em alguns países
isso ainda acontece. Em outros, as mulheres conquistaram direitos que antes lhes eram negados.

4. Reduzir a mortalidade infantil: 11 milhões de bebês morrem todos os anos vítimas da falta de
atendimento especializado, saneamento básico, acesso à água potável e alimentos e, também, pela falta de
acompanhamento pré-natal.

5. Melhorar a saúde materna: é preciso reduzir o número de mortes de mães durante os partos, por falta de
assistência.

6. Combater a AIDS, a malária e outras doenças: saúde é coisa mais do que séria. Algumas doenças matam
milhares de pessoas todos os anos no mundo todo. Para melhorar esta situação é preciso informar as pessoas
sobre essas doenças e como preveni-las.

7. Garantir a sustentabilidade ambiental: quanto mais o ambiente for degragado e ficar sem cuidados, mais
dificuldades teremos no futuro para conviver com a falta de recursos naturais, como a água, por exemplo.

8. Estabelecer uma parceria mundial para o desenvolvimento: buscar que os países cooperem entre si para
que o mundo seja melhor, como um todo, diminuindo-se as desigualdades e injustiças.

67
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Também para alcançar os objetivos dos milênios será preciso praticar a persistência e o comprometimento!

O QUE VOCê E SEUS COLEGAS DE TURMA PODEM FAzER PARA AJUDAR A ALCAnçAR ESSES OBJETIVOS
IMPORTAnTES PARA TODOS?

68
Encontro

8
CONTAS, MUITAS
CONTAS PARA VENDER
NOSSOS PRODUTOS

4. Praticando os passos do plano de negócios

Hoje não vamos praticar nenhum dos passos do plano de negócios em específico. Vamos exercitar ainda
mais o comportamento de planejar e monitorar sistematicamente, fazendo o acompanhamento das nossas
atividades do plano de negócios até aqui. Marque os passos já realizados, assinalando com um X.

Identificar a oportunidade de mercado e definir o tipo de negócio.

Definir um nome para o negócio.

Definir os produtos e serviços.

Definir os clientes do negócio.

Identificar os concorrentes.

Definir o local de funcionamento do negócio.

Estabelecer as ações de produção e para o desenvolvimento dos produtos e serviços.

Definir recursos materiais necessários e parcerias para implantação do plano de negócios.

Definir recursos financeiros necessários para o desenvolvimento do negócio.

Definir ações de marketing para divulgação do negócio.

Organizar e distribuir as tarefas entre os responsáveis pelo negócio.

Avaliar resultados do negócio e desenvolver o sistema de pós-venda, visando à manutenção dos clientes.

Estamos monitorando nosso planejamento e nos próximos encontros nos dedicaremos


VOCÊ SABIA?
aos passos do plano de negócios que faltam ser realizados!
RESUMINDO

resumindo
MOMENTO DO JOGO
Conhecemos práticas
PENSEsustentáveis
NISSO que podemos adotar no nosso dia a dia e contribuir com a sustentabilidade.
Como empreendedores precisamos praticar a persistência e o comprometimento para seguir adiante na
busca de nossos objetivos, como, por exemplo, ter ações que contribuirão com a sustentabilidade do planeta
e, também, para fazer da loja de artesanato sustentável um acontecimento especial.

MOS APRENDER FAZENDO! A HORA DO CHÁ

69
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Contas, muitas contas


para vender nossos
produtos

A preparação para nossa loja de artesanato sustentável continua a todo vapor! Estamos produzindo e
organizando os produtos para venda aos clientes.
Você certamente já comprou algum produto e pagou por ele. Como será que quem vendeu o produto a você
chegou ao valor cobrado?
Continuando nosso exercício dos comportamentos empreendedores e a realização dos passos do plano de
negócios, hoje conversaremos sobre essa “mágica” conta para se chegar ao preço de um produto!

70
Encontro

8
CONTAS, MUITAS
CONTAS PARA VENDER
NOSSOS PRODUTOS

atividades
1. Praticando os passos do plano de negócios

Parece até mágica: encontramos quase tudo que precisamos para comprar. Chegamos numa loja ou num
supermercado e lá está o produto que queremos ou de que precisamos.

Você já parou para pensar no trabalho que gera os produtos que compramos?

Quem produziu uma camiseta ou calça, disponíveis para venda numa loja, por exemplo, teve um trabalho
interessante: precisou comprar tecidos, cortar os tecidos no modelo da camiseta e da calça, precisou comprar
linha, botões, etiquetas, embalagens, enfim, precisou reunir um conjunto de materiais necessários para fazer
esses produtos. Além disso, certamente usou equipamentos como máquina de costura e ferro de passar. E,
claro, essa produção levou um tempo para acontecer e pode ter envolvido várias pessoas. Assim, foi preciso
pensar sobre todos esses fatores, entre outros, para definir o preço de venda da camiseta e da calça.

Percebeu quantos aspectos diferentes estão envolvidos na produção e na venda de um


produto? quem produz algo para venda precisa ficar atento no momento de definir os
preços dos produtos.

Como nós definiremos os preços dos produtos da nossa loja de artesanato sustentável?

Vamos trabalhar no passo do plano de negócios que vai nos ajudar a resolver esta questão: definir os recursos
financeiros necessários para o desenvolvimento do negócio.

Primeiro precisamos conhecer alguns conceitos sobre a parte financeira dos negócios e vamos tomar como
exemplo nossa atividade empreendedora de montar uma loja de artesanato sustentável.

Estamos produzindo artesanato sustentável e empregando diferentes materiais. Precisamos saber tudo que
usamos para nossa produção e o valor que tais materiais representam. Dessa forma estaremos estimando os
custos que tivemos para elaborar os produtos.

71
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

cuSTO é TOdO VaLOR nEcESSáRIO PaRa fazER O nEgócIO funcIOnaR E PaRa a PROduçãO, nO
nOSSO caSO, dE aRTESanaTO SuSTEnTáVEL.

Conhecer os custos é importante para que se possa planejar o uso dos recursos disponíveis, evitar desperdícios
e, especialmente, para calcular um preço de venda justo e que os clientes possam pagar.

Imagine, por exemplo, que um dos produtos que estamos fazendo é um vaso feito a partir de garrafa plástica.

Para fazer esse vaso, usamos garrafa plástica, retalhos de tecido, cola, retalhos de fita e botões usados para
decorar. Quanto mais vasos decidirmos fazer, mais desses materiais precisaremos. Eles representam custos
variáveis para a produção desse vaso.

cuSTO VaRIáVEL é O TIPO dE cuSTO QuE aumEnTa Ou dImInuI dEPEndEndO da PROduçãO E


VEnda dE um PROduTO. SãO OS cuSTOS cOmO maTéRIa-PRIma, EmbaLagEnS E OuTROS.

Continuando nosso exemplo, imagine que pagássemos um aluguel pelo espaço que usamos para produzir nosso
artesanato sustentável. O valor do aluguel representaria um custo fixo para nossa loja de artesanato sustentável.

cuSTO fIxO é O TIPO dE cuSTO QuE nãO aumEnTa Ou dImInuI dEPEndEndO dIRETamEnTE da
PROduçãO E VEnda dO PROduTO. SãO cuSTOS cOmO aLuguEL, EnERgIa ELéTRIca, água E OuTROS

Para calcular o preço de venda de um produto é importante conhecer os custos.

Ao receber o dinheiro pelas vendas do vaso e de outros produtos, estaremos tendo uma receita em nosso negócio.

REcEITa, QuandO faLamOS dE nEgócIOS, é O dInhEIRO REcEbIdO PELaS VEndaS dE PROduTOS Ou


SERVIçOS PRESTadOS.

72
Encontro

8
CONTAS, MUITAS
CONTAS PARA VENDER
NOSSOS PRODUTOS

Esse dinheiro recebido deverá ser usado para pagar os custos e continuar a produção.

Prejuízo é um resultado negativo e ocorre quando a receita, ou seja, o dinheiro recebido


pelas vendas, não é suficiente para pagar todos os custos fixos e variáveis. Significa
dizer que faltou dinheiro para pagar todas as contas.

1.1. Um exemplo completo

Nós conheceremos um exemplo com um passo a passo de como usar esses conceitos na prática e veremos
como calcular os custos e preços de venda para os produtos de artesanato sustentável.

Esse cálculo é importante, pois para cada modelo de artesanato que faremos, definiremos o seu respectivo
preço de venda.

Imaginemos, só para exemplificar, que estivéssemos produzindo artesanato sustentável usando retalhos de
tecido feltro: sacolas decoradas em feltro, agendas com capa forrada de feltro, camisetas com aplicação em
feltro, entre outros produtos.

Acompanhe o exemplo de cálculo para um desses tipos de produto!

Exemplo

Produto: camiseta com aplicação em feltro – desenho de flor.

Para formar o preço de venda da camiseta com aplicação em feltro é necessário registrar tudo que é empregado
para sua produção.

73
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

camiseta com aplicação em feltro – desenho de flor

UNIDADE DE
mATERIAIS qUANTIDADE vAloR UNITáRIo vAloR ToTAl
mEDIDA

Camiseta 1 unidade unidade R$ 3,00 R$ 3,00

Linha de bordado verde 3m m R$ 0,03 R$ 0,09

Retalhos de feltro (cores variadas) 30 cm m R$ 2,00 R$ 0,60

Folha de revista usada 1 unidade unidade R$ 0,01 R$ 0,01

Total com custo de material por unidade do produto R$ 3,70

neste exemplo:

• O desenho da flor foi transferido numa folha de revista usada para servir de molde. O molde é
composto de quatro partes: caule, folha, pétalas e miolo da flor.

• O molde foi recortado no papel e afixado no feltro.

• Com o molde de papel nos retalhos de feltro, conforme as cores disponíveis, as partes para formar a
flor foram cortadas.

• A flor foi montada sobre a camiseta e costurada à mão com linha de bordado verde.

• E a camiseta ficou pronta.

• Assim, temos que o custo de material para a camiseta é de R$ 3,70.

É chegado o momento de pensar no preço de venda. Agora temos que calcular também os custos fixos.
Devemos lembrar que cada peça de artesanato produzida deve contribuir com uma parcela do seu valor de
venda para cobrir os custos fixos.

No nosso caso não temos uma empresa juridicamente aberta e instalada. Assim, para efeito de simplificação
do cálculo podemos calcular, por exemplo, que o custo fixo será de R$ 6,00, sendo um valor que representará

74
Encontro

8
CONTAS, MUITAS
CONTAS PARA VENDER
NOSSOS PRODUTOS

uma contribuição que faremos à escola. Considerando uma meta de produção de 20 camisetas, o custo fixo será
equivalente, neste exemplo, ao valor R$ 0,30 por produto (R$ 6,00 divididos por 20 camisetas = R$ 0,30).

Calculando dessa forma, cada uma das 20 camisetas vendidas contribuirá com o valor de R$ 0,30 para a
contribuição de R$ 6,00 que se pretende fazer à escola, simbolizando nossos custos fixos.

Para formar o preço de venda ainda precisamos pensar em algumas informações importantes, além dos custos:

• O preço que os clientes estão dispostos a pagar, conforme pesquisa de preferência dos clientes.

• Os preços cobrados pela concorrência, conforme pesquisa sobre artesanato da cidade e região.

Como calcular o preço de venda para a camiseta:

1. Calcular o custo com material:

Valor já calculado = R$ 3,70

2. Somar ao custo com o material o custo fixo:

Custo material + Custo fixo

R$ 3,70 + R$ 0,30 = R$ 4,00

3. Analisar em conjunto as informações:

• Custo do produto;

• O preço que os clientes estão dispostos a pagar, conforme pesquisa de preferência dos clientes;e

• O preço cobrado pela concorrência, conforme pesquisa sobre artesanato da cidade e região.

75
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

4. decidir o Preço de vendA:

CAmISETA Com APlICAção Em FElTRo – DESENHo DE FloR

Preço de venda por unidade (por produto) R$ 5,00

DESAFIO! VAMOS CALCULAR A PORCEnTAGEM DO LUCRO nOS PRODUTOS!

Se a camiseta for vendida ao valor de R$ 5,00 será possível pagar todos os custos para produzi-la e ainda ter
lucro? Vamos calcular:

CAmISETA Com APlICAção Em FElTRo – DESENHo DE FloR

PREçO dE VEnda POR unIdadE (POR PROduTO) R$ 5,00

-
CUSTo Do PRoDUTo R$
=

RESUlTADo R$

O resultado positivo dessa subtração mostra que se a camiseta for vendida a


R$ 5,00, esse valor cobrirá o custo informado do produto e será obtido lucro de R$ _________ para cada
camiseta vendida.

Para calcular a porcentagem do lucro no produto precisamos pensar na relação entre o valor do lucro e o preço
de venda. Dessa forma é possível saber qual percentual de lucro representa em relação ao preço de venda.

• Calculamos da seguinte forma:

lucro
Percentual de lucro por produto = x 100
Preço de venda

76
Encontro

8
CONTAS, MUITAS
CONTAS PARA VENDER
NOSSOS PRODUTOS

• Para a camiseta com aplicação em feltro:

R$
Percentual de lucro por produto = X 100
R$

Percentual de lucro por produto = ________ %

Complete a frase:

Isso significa dizer que do preço de venda da camiseta, que foi definido em R$ ____________, o lucro calculado
de R$ ______________ representa ________ % de lucro sobre o preço de venda.

Ainda pensando na questão financeira do negócio, é importante controlar todos os gastos que possam
acontecer. É possível usar, por exemplo, uma tabela como a seguinte:

Data Descrição do gasto Valor do gasto

R$

R$

Total R$

1.2. Cálculo de custos e decisão sobre o preço dos produtos da loja de artesanato
sustentável

Calcule os preços dos produtos de artesanato sustentável que estão produzindo, usando o mesmo passo a
passo do exemplo apresentado.

77
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Acompanhe as orientações do professor.

CUSTOS COM MATERIAL:

Produto 1: ______________________________

UNIDADE DE vAloR UNI-


mATERIAIS qUANTIDADE vAloR ToTAl
mEDIDA TáRIo
R$ R$
R$ R$
R$ R$
R$ R$
Total R$

Produto 2: ______________________________

UNIDADE DE vAloR UNI-


mATERIAIS qUANTIDADE vAloR ToTAl
mEDIDA TáRIo
R$ R$
R$ R$
R$ R$
R$ R$
Total R$

Produto 3: ______________________________

UNIDADE DE vAloR UNI-


mATERIAIS qUANTIDADE vAloR ToTAl
mEDIDA TáRIo
R$ R$
R$ R$
R$ R$
R$ R$
Total R$

78
Encontro

8
CONTAS, MUITAS
CONTAS PARA VENDER
NOSSOS PRODUTOS

Decisão sobre o preço de venda

Produto 1 Produto 2 Produto 3

Preço de venda R$ R$ R$

Importante Lembrar!
No momento da decisão sobre os preços é importante avaliar:
- O custo dos produtos;
- O preço que os clientes estão dispostos a pagar;
- Consulte sobre a pesquisa de preferência do cliente - encontro 4!;
- O preço praticado pela concorrência.
- Consulte sobre a pesquisa de concorrência - encontro 5!

Também é preciso decidir sobre a quantidade a ser produzida, que passará a representar a
meta de venda dos produtos na loja de artesanato sustentável

Produto 1 Produto 2 Produto 3

Quantidade

Tabela para relacionar outros gastos:


Data Descrição de gastos Valor

R$

R$

Total R$

79
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Atenção Atenção!
no cotidiano das empresas é necessário calcular com precisão todos os valores que compõem o seu
custo fixo, uma vez que existirá uma estrutura de empresa instalada e que precisa ser mantida.
Além disso, deverão ser calculadas outras despesas variáveis não consideradas em nosso exemplo,
como impostos sobre vendas, fretes, comissões, entre outros.
Da mesma forma, a estimativa e o preço de venda precisam ser calculados com atenção para que se
consiga cobrir os custos, propiciar o retorno financeiro esperado pelo empreendedor, e para que os
preços de venda representem um valor justo para os clientes da empresa.

PARA SABER mAIS

leve esta ideia para sua casa!

Da mesma forma que os empreendedores devem controlar seus recursos financeiros e pensar em tudo
que gastam, também podemos fazer isso em nossas casas – é o chamado orçamento familiar.

O orçamento familiar pode ser controlado com uma tabela como esta, por exemplo:

80
Encontro

8
CONTAS, MUITAS
CONTAS PARA VENDER
NOSSOS PRODUTOS

janeiro fevereiro

Receita (registar o dinheiro que a família tem disponível para o mês)

Salários
Outras receitas
Total de receitas (total das entradas de dinheiro)

Despesas (registrar tudo que é pago e gasto no mês)

Aluguel/prestação imóvel
Condomínio
Água
Energia elétrica
Gás
Telefones
Prestações (móveis, eletrodomésticos, roupas, outros)
Transporte
Combustível
Alimentação (supermercado, feira, padaria, outros)

Educação (mensalidade escolar, materiais, livros, cursos, outros)

Plano de saúde
Internet/TV a cabo
Refeições (restaurante, lanchonete, outros)
Cuidados pessoais (cabeleireiro, outros)
Festas, aniversários, presentes
Passeios e viagens
Vestuário (roupas, sapatos, uniformes, outros)

Manutenção (consertos diversos da moradia, veículo, equipamentos, outros)

Despesas extras com médicos, dentistas ou outros tratamentos de saúde

81
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Compras na farmácia
Total das despesas (total de saídas de dinheiro)

compromisso de poupar (valor destinado para a poupança)

Saldo (total das receitas – total das despesas – compromisso de poupar)

VOCÊ SABIA?

RESUMINDO

resumindo
MOMENTO DO JOGO
neste encontroPENSE
conversamos
NISSO sobre a importância de planejar adequadamente o uso dos recursos
financeiros ao se desenvolver uma atividade empreendedora. Também vamos controlar adequadamente
os recursos financeiros envolvidos na nossa loja de artesanato sustentável, pois calcularemos os custos
de produção para definição dos preços de venda, dos produtos.
VAMOS APRENDER FAZENDO! A HORA DO CHÁ

82
Encontro

8
CONTAS, MUITAS
CONTAS PARA VENDER
NOSSOS PRODUTOS

83
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Qualidade hoje e sempre

Durante as atividades no encontro de hoje vamos manter a atenção e a dedicação em tudo que faremos.
Manteremos nosso olhar voltado para a qualidade dos produtos e do trabalho que estamos desenvolvendo
para montar nossa loja de artesanato sustentável.

84
enContro

9 Qualidade
HoJe e seMPre

atividades
1. meu comportamento empreendedor

Estamos montando uma loja de artesanato sustentável e elaborando produtos que esperamos que os
clientes gostem.

Vamos mudar um pouco nosso lado de participação nesse negócio e nos imaginar no lugar dos clientes.
Imagine que você chega à loja de artesanato sustentável para comprar produtos. Como você espera que
sejam e estejam esses produtos?

Quando somos clientes, certamente esperamos que os produtos que formos comprar tenham a qualidade
que desejamos.

Exigência de qualidade e eficiência é um comportamento empreendedor que mostra a atenção constante em


fazer benfeito, com dedicação, no tempo correto e de forma organizada aquilo que pretende-se.

• Qualidade – fazer benfeito, da melhor forma possível, dentro de critérios e padrões estabelecidos.

• Eficiência – fazer no tempo esperado, com organização, evitando desperdícios.

Voltando a nos imaginar no papel de jovens empreendedores montando uma loja de artesanato sustentável
temos que cuidar para que nossos produtos e nosso trabalho, como um todo mostrem qualidade e eficiência.

Praticar o comportamento de exigência de qualidade e eficiência também tem tudo a ver com nosso objetivo
de contribuir para a sustentabilidade do planeta.

85
artesanato sustentável 7º ano livro do aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

1.1. Pense no seu comPortAmento no diA A diA e AvAlie mArcAndo com x suAs resPostAs:

ComporTamenTo NUNCA DE vEz Em qUANDo SEmPRE

Dedico-me para fazer benfeitas todas as


minhas atividades.

Evito desperdício de material ao elaborar


algum trabalho.

Empenho-me para realizar minhas


atividades da maneira mais organizada
possível e para cumprir prazos.

1.2. de que mAneirA você AcreditA que o comPortAmento emPreendedor de exigênciA de


quAlidAde e eficiênciA Pode Ajudá-lo em seu diA A diA?

2. momento de produção

Para continuar a produção de artesanato sustentável, vamos analisar como está a qualidade do que já
produzimos até o momento.

Seguiremos as seguintes etapas para analisar os produtos já prontos e investigar como está a qualidade:

2.1. definir os critérios que AnAlisAremos:

CriTério o qUE oBSERvAR

Observar se o produto está limpo, bem acabado, agradável para visualização do cliente (cores,
Aparência
formato, tamanho).

Colagem Caso tenha colagem – observar se está bem colado ou não.

Observar se o produto atende ao que se propõe. Por exemplo, se o produto for um vaso, analisar se ele
Utilidade
está pronto para funcionar como tal.

Observar se o produto atende ao nosso objetivo de contribuir com a sustentabilidade do planeta:


Sustentabilidade não agredir a natureza, valorizar a cultura da cidade e região e ampliar a qualidade de vida para as
pessoas envolvidas na sua produção.

86
Encontro

9 QUALIDADE
HOJE E SEMPRE

Se necessário, defina outros critérios de análise da qualidade nos produtos já feitos:

Critério O que observar

Todos os critérios definidos devem também ser observados e adotados para


manter a qualidade dos produtos nos próximos momentos de produção.

2.2. Separaremos os produtos prontos e analisados em três grupos:

Produtos que precisam de Produtos que precisam ser


Produtos aprovados
retoques refeitos

Separe os produtos que


Separe os produtos que atendem Separe os produtos que precisam precisam ser refeitos, aqueles
aos critérios de qualidade de retoques, aqueles que que não atendem à qualidade
estabelecidos e já estão prontos necessitam de alguma pequena que se espera oferecer aos
para venda. mudança ou correção. clientes e, por isso, precisam ser
refeitos.

2.3. Vamos nos organizar e continuar a produção de artesanato sustentável!

Continuamos a fazer o registro no histórico de produção.

Acompanhe as orientaçoes do professor e bom trabalho!

87
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

LOJA DE ARTESAnATO SUSTEnTáVEL – HISTóRICO DE PRODUçãO

Data:

Quais produtos serão feitos:

Material necessário:

Quantos produtos faremos:

Como faremos e como nos organizaremos para esta produção:

Espaço para anotações:

VOCÊ SABIA?

RESUMINDO

resumindo
PENSE NISSO
MOMENTO DO JOGO
No encontro de hoje conversamos e exercitamos o comportamento exigência de qualidade e eficiência.
Avaliamos a qualidade dos produtos que já elaboramos e continuaremos nossa produção sempre
fazendo o melhor.

VAMOS APRENDER FAZENDO! A HORA DO CHÁ

88
Encontro

10 conversando com
nossos clientes

89
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Conversando com
nossos clientes

Precisamos nos preparar para convidar os clientes a conhecerem nossa loja de artesanato. Isso quer dizer
que vamos preparar a divulgação da loja de artesanato sustentável.
Como bons empreendedores, também aproveitaremos para divulgar a importância da sustentabilidade para
o planeta terra e para todos nós que nele vivemos.

90
Encontro

10 conversando com
nossos clientes

atividades
1. Meu comportamento empreendedor

Faremos um debate para trocar ideias e conversar um pouco mais sobre o comportamento empreendedor
persuasão e rede de contatos.

Primeiro, registre suas respostas para as seguintes perguntas:

O que você entende por persuadir?

O que você entende por rede de contatos?

Persuadir é preparar e utilizar argumentos para comunicar-se e convencer as pessoas a


aderirem a uma ideia ou proposta.

Uma rede de contatos é formada pelas pessoas que conhecemos e que podem nos ajudar a
atingir nossos objetivos.

O comportamento empreendedor de ter persuasão e manter uma rede de contatos aparecem quando os
empreendedores se preocupam em praticar a melhor comunicação possível, usando bons argumentos e para
manter um bom contato com as pessoas.

91
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

1.1. Pense no seu comPortAmento no diA A diA e AvAlie mArcAndo com x suAs resPostAs:

ComporTamenTo NUNCA DE vEz Em qUANDo SEmPRE

Tenho boa comunicação e costumo


conseguir convencer as pessoas

Costumo me relacionar bem com as


pessoas, sem criar inimizades
Sei a quem recorrer quando preciso
de uma ajuda, ou favor para alcançar
determinado objetivo ou, para realizar
determinada atividade

1.2. quAis são os Pontos fortes em suA comunicAção?

1.3. em que AsPectos você AcreditA que PrecisA melhorAr suA comunicAção?

1.4. de que formA PrAticAr A PersuAsão e mAnter umA boA rede de contAtos Pode ser imPortAnte
PArA você no seu diA A diA e PArA seu futuro?

92
Encontro

10 conversando com
nossos clientes

2. Praticando os passos do plano de negócios

Seguindo os passos do plano de negócios, vamos definir as ações de marketing para divulgação da nossa loja
de artesanato sustentável.

2.1. Jogo – O que a caixa contém?

Acompanhe as orientações do professor e reúna-se com seus colegas de turma para participar deste jogo e
descobrir: o que será que a caixa contém?

2.2. Marketing e seus 4 Ps

Responda:

O que é marketing para você?

93
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Você conhece algum exemplo de marketing? Descreva-o.

Podemos entender que marketing é o conjunto de ações e estratégias que as empresas utilizam para
comunicar-se com o mercado, divulgar seus produtos e conquistar a atenção dos clientes.

Para fazer isso, os empreendedores usam um conjunto de estratégias que auxiliam a definição de como fazer
o marketing. é o chamado composto de marketing, também conhecido como os quatro Ps do marketing:
Produto, Preço, Ponto e Promoção.

produTo

Este já é nosso conhecido. é tudo aquilo que é oferecido para a satisfação de desejos e necessidades do
consumidor, ou seja, é planejar o produto para que ele atenda o que o cliente espera: a qualidade do produto, seu
design, o que ele traz de novidade, de diferencial, suas características, sua embalagem, entre outros aspectos.

Aqui podemos analisar a respeito do produto que estamos produzindo:

• Os nossos clientes notarão que nosso artesanato tem qualidade e é feito pensando em contribuir com a
sustentabilidade?

• A sua forma é prática para usar? O produto é bonito?

• Traz alguma novidade?

• Suas características foram projetadas para atender que necessidades ou desejos dos clientes?

• Qual e como será a embalagem para os diferentes produtos?

94
Encontro

10 conversando com
nossos clientes

Preço

Como já sabemos, o preço é obtido com o estudo dos custos e do preço de mercado. É o valor justo atribuído
ao produto. Aqui podemos analisar a respeito do preço dos produtos que estamos fazendo:

• As pessoas (clientes) estarão dispostas a pagar o preço que determinamos para o produtos? Elas podem
pagar esse preço?

• O preço será considerado justo?

Ponto

Quando falamos em ponto, referimo-nos ao local de venda do produto.

É aqui que analisamos:

• Onde venderemos os produtos?

• Como será a organização e apresentação desse local? Planejar e organizar para que o local seja agradável,
aconchegante, de fácil acesso, com boa iluminação etc.

Promoção

Aqui vamos estudar como apresentar o produto aos clientes.

• Como comunicar-se com os clientes e despertar o interesse para que eles venham até nossa loja de
artesanato sustentável?

• Como faremos a apresentação dos produtos aos clientes?

95
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

2.3. converse com seu Professor e com seus colegAs de turmA PArA definir As Ações de
mArketing PArA A lojA de ArtesAnAto sustentável.
O que faremos para divulgar nossa loja de artesanato sustentável e a importância da sustentabilidade
para o planeta?

IDEIAS:
- fazER caRTazES cOm O nOmE da LOja dE aRTESanaTO SuSTEnTáVEL.
- fazER caRTazES PaRa dIVuLgaR a ImPORTÂncIa da SuSTEnTabILIddE PaRa O PLanETa.
- fazER mÚSIcaS QuE dIVuLguEm OS PROduTOS E Também a SuSTEnTabILIdadE.
- fazER um TEaTRO QuE mOSTRE a ImPORTÂncIa da SuSTEnTabILIdadE.

AGORA, TRABALHO EM EQUIPE E MãOS À OBRA!

Vamos elaborar a campanha de divulgação para nossa loja de artesanato sustentável.


CAPRICHE E BOM TRABALHO!

IMPORTAnTE LEMBRAR E RELEMBRAR:

• Trabalharemos em equipe e com organização;

• Evitaremos desperdício de materiais para elaborar campanha de divulgação.

• Usaremos papéis e outros materiais que possam ser reaproveitados para a elaboração dos cartazes,
convites e outras coisas que faremos para divulgação da nossa loja de artesanato sustentável;e

• Vamos exercitar nossa criatividade!

96
Encontro

10 conversando com
nossos clientes

VOCÊ SABIA?

RESUMINDO

resumindo
PENSE NISSO
MOMENTO DO JOGO
Conversamos sobre o comportamento empreendedor persuasão e rede de contatos, sobre a importância
de melhorar nossa comunicação. No plano de negócios para montar a loja de artesanato sustentável
definimos as ações de marketing para divulgação dos produtos e a importância da sustentabilidade
para o planeta.
MOS APRENDER FAZENDO! A HORA DO CHÁ

97
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Produzindo ainda mais

Produzir artesanato sustentável é o nosso negócio. Estamos trabalhando em equipe na produção e temos um
importante objetivo, que é contribuir para a sustentabilidade do planeta.
Hoje continuaremos a produção e também exercitaremos nossa criatividade criando uma mensagem especial
sobre sustentabilidade.

98
enContro

11 ProduZindo
ainda Mais

atividades
1. Sustentabilidade em forma de arte

Além do artesanato sustentável que estamos produzindo, vamos também nos dedicar a desenvolver outra
forma de arte tendo como tema a sustentabilidade.

Criaremos poesias que abordem o tema sustentabilidade, que mostrem como é bom viver no planeta terra e
como podemos contribuir para que ele seja cada vez melhor!

ESTA ATIVIDADE COnTInUARá nO PRóxIMO EnCOnTRO:

• As poesias da turma poderão formar um painel na loja de artesanato sustentável ou também podem ser
entregues com os pordutos que forem vendidos!

• Também podem ser feitas músicas, desenhos, colagens que mostrem a importância da sustentabilidade
do planeta.

• Que tal prepararmos um teatro ou um “show de talentos” para o dia da inauguração da loja de artesanato
sustentável?

PEnSE SOBRE ESSAS IDEIAS!

99
artesanato sustentável 7º ano livro do aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

2. momento de produção

VAMOS nOS ORGAnIzAR E COnTInUAR A PRODUçãO DE ARTESAnATO SUSTEnTáVEL!


Como sempre, continuaremos a fazer o registro no histórico de produção.

LOJA DE ARTESAnATO SUSTEnTáVEL – HISTóRICO DE PRODUçãO

Data:

Quais produtos serão feitos:

Material necessário:

Quantos produtos faremos:

Como faremos e como nos organizaremos para esta produção:

Espaço para anotações:

VOCÊ SABIA?

RESUMINDO

resumindo
PENSE NISSO
MOMENTO DO JOGO
Continuamos nossa reflexão sobre o tema sustentabilidade e a produção de artesanato sustentável. Estamos
cada vez mais próximos do dia da inauguração da loja de artesanato sustentável da turma do 7º ano!

VAMOS APRENDER FAZENDO! A HORA DO CHÁ

100
Encontro

12 A RESPONSABILIDADE
DE TODOS

101
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

A responsabilidade de
todos

Somar esforços é uma das grandes vantagens de trabalhar-se em equipe. Temos percebido isso acontecer ao
longo dos encontros do curso que estamos realizando.
Como estamos próximos da data de inauguração da loja de artesanato sustentável, vamos organizar nosso
trabalho em equipe para que tudo continue dando certo.

102
enContro

12 a resPonsaBilidade
de todos

atividades
1. Trabalhar em equipe

1.1. jogo

PARTICIPE COM SEUS COLEGAS DE TURMA DE UMA ATIVIDADE EM EQUIPE! PREPARE-SE PARA RESOLVER
UM DESAFIO QUE VEM POR Aí!

converse com seus colegas de turma e com o professor sobre a importância de trabalhar em equipe para
se alcançar um objetivo. Registre suas conclusões:

103
artesanato sustentável 7º ano livro do aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

PARA lEmBRAR E REFlETIR

o que podemos aprender com os gansos selvagens

Podemos aprender muito com os gansos selvagens. Quando um ganso bate as asas, por exemplo,
voando numa formação em V, cria um vácuo para a ave seguinte passar, e o bando inteiro tem um
desempenho 71% melhor do que se voasse sozinho.

Sempre que um ganso sai da formação, sente subitamente a resistência do ar por tentar voar sozinho
e, rapidamente, volta para a formação, aproveitando o vácuo da ave imediatamente à frente.

Quando um ganso líder cansa-se, ele passa para trás e imediatamente outro assume seu lugar, voando
para a posição da ponta.

na formação, os gansos que estão atrás grasnam para encorajar os da frente a aumentar a velocidade.

Se um deles adoece, dois gansos abandonam a formação e seguem o companheiro doente, para ajudá-
lo e protegê-lo. Ficam com ele até que esteja apto a voar de novo ou venha a morrer. Só depois disso
eles voltam ao procedimento normal com outra formação ou vão atrás de outro bando.

104
Encontro

12 A RESPONSABILIDADE
DE TODOS

2. Meu comportamento empreendedor

Confiar no nosso potencial e na nossa capacidade de realizar diferentes atividades e alcançar objetivos é
fundamental. Da mesma forma precisamos buscar o apoio de outras pessoas, reconhecendo e respeitando a
todos num trabalho em equipe. Assim também fazem os empreendedores.

A busca da independência e autoconfiança ajuda o empreendedor a acreditar na sua capacidade, defender suas
ideias e ser consciente da necessidade de conviver e contar com outras pessoas para alcançar seus objetivos.

2.1. Pense no seu comportamento no dia a dia e avalie marcando com X suas respostas:

Comportamento Nunca De vez em quando Sempre

Confio no meu potencial para realizar minhas


atividades e buscar meus objetivos

Acredito que trabalhar em equipe é importante


para que uma pessoa ajude a outra

Gosto de trabalhar em equipe

2.2. De que forma este comportamento empreendedor pode ser importante para você no seu
dia a dia e para seu futuro?

105
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

3. praticando os passos do plano de negócios

Pensaremos em tudo que precisa ser feito até o momento de inauguração da loja de artesanato sustentável.
Como já estamos trabalhando em equipe, definiremos as responsabilidades e organizaremos o trabalho da
equipe nesta reta final.

Estaremos, assim, realizando mais um dos passos do plano de negócios: definir as responsabilidades entre as
pessoas da equipe, que são as responsáveis pelo negócio.

Conforme o que ainda precisa ser feito, poderemos formar as equipes para diferentes atividades, como por
exemplo:

> Equipes para arrumar e organizar o espaço de venda na loja de artesanato sustentável;
> Equipes para atender aos clientes e vender os produtos;
> Equipes para a produção nesta reta final;e
> Equipes para ajudar no controle de caixa da loja de artesanato sustentável.

3.1. orgAnizem As equiPes de trAbAlho e As resPonsAbilidAdes de cAdA umA delAs:

oBJETIvo DA EqUIPE:

PESSOAS RESPOnSABILIDADES PRAzO DE REALIzAçãO

oBJETIvo DA EqUIPE:

PESSOAS RESPOnSABILIDADES PRAzO DE REALIzAçãO

106
Encontro

12 A RESPONSABILIDADE
DE TODOS

Objetivo da equipe:

Pessoas Responsabilidades Prazo de realização

Objetivo da equipe:

Pessoas Responsabilidades Prazo de realização

Objetivo da equipe:

Pessoas Responsabilidades Prazo de realização

Importante:
As atividades durante o curso Jovens Empreendedores Primeiros Passos devem ser
realizadas com o acompanhamento do professor ou outro responsável da escola.

4. Sustentabilidade em forma de arte

Além do artesanato sustentável que estamos produzindo, continuaremos a nos dedicar a outras formas de
arte tendo como tema a sustentabilidade.

Converse com seu professor e com seus colegas de turma e continuem em conjunto a atividade sustentabilidade
em forma de arte.

107
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Que outras ideias para falar da importância da sustentabilidade


colocaremos em prática?

Poesias músicas Teatro

Show de talentos Desenhos Painel de colagens

VOCÊ SABIA?

RESUMINDO

resumindo
PENSE NISSO
MOMENTO DO JOGO
Falamos sobre o comportamento empreendedor independência e autoconfiança. Conversamos sobre
a importância de confiarmos em nós e também de trabalhar em equipe para alcançar objetivos.
Definimos equipes de trabalho e responsabilidades para fazer tudo que é preciso, para a inauguração
da nossa loja de artesanato sustentável.
VAMOS APRENDER FAZENDO! A HORA DO CHÁ

108
Encontro

12 A RESPONSABILIDADE
DE TODOS

109
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Reta final

Hoje é dia de cuidarmos dos últimos ajustes para a inauguração da nossa loja de artesanato sustentável.

Faremos os últimos ajustes e deixaremos tudo organizado para que os clientes se sintam bem recebidos na
loja e, além de gostar dos produtos, "comprem a ideia da importância da sustentabilidade.

110
Encontro

13 RETA FINAL

atividades
1. Organizando os últimos detalhes

Organizaremos os últimos detalhes de tudo que planejamos para a inauguração da nossa loja de
artesanato sustentável!

Ainda, se for preciso produzir algo mais, nos dedicaremos a isso.

1.1. Para controlar a venda de produtos na loja de artesanato sustentável

Precisamos definir como controlar as vendas dos produtos na loja de artesanato sustentável. Para isso
utilizaremos dois controles administrativos.

Controles administrativos são formas de registrar informações necessárias para que


se consiga saber como o negócio está organizado e sobre seu andamento. Por exemplo,
controle de vendas realizadas, controle dos valores recebidos pelos clientes, entre outros.

Na loja de artesanato sustentável teremos dois controles administrativos: controlaremos o estoque e a


movimentação financeira, que acontecerá com a venda dos produtos.

Tudo que for vendido ou gasto precisa ser devidamente registrado!

111
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Modelos propostos para os controles administrativos para a loja de artesanato sustentável:

conTrole do esToQue

nesta coluna nesta coluna Após a venda dos nesta coluna


nesta coluna
relacionem relacionem os produtos, anote a calcule a
escrevam a
os nomes preços de cada quantidade vendida quantidade de
quantidade de cada
dos produtos produto de cada um deles produtos não
produto elaborado
elaborados nesta coluna vendidos

qUANTIDADE Em qUANTIDADE PRoDUToS Não


NomE Do PRoDUTo PREço DE vENDA
ESToqUE vENDIDA vENDIDoS

ToTAl GERAl DE ToTAl GERAl vENDIDoS: Não vENDIDoS:


PRoDUToS Em DE PRoDUToS
ESToqUE: vENDIDoS E Não
vENDIDoS:

112
Encontro

13 RETA FINAL

Controle de caixa

- Preencha os dados da loja de artesanato sustentável (nome, data da inauguração etc.).


- A cada venda realizada, relacione as informações solicitadas.
- Caso ocorram gastos, anotar o valor e a que eles se referem (descrição do gasto).

Loja de Artesanato Sustentável:

data horário local


Inauguração e vendas:

Vendas realizadas

Nome do produto Quantidade Valor unitário Valor total

Total

113
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

GASToS

DESCRIção Do GASTo qUANTIDADE vAloR UNITáRIo vAloR ToTAl

ToTAl

1.2. últimos detAlhes

Vamos fazer uma verificação analisando algumas questões que nos ajudarão revisar se falta fazermos algo
para a inauguração da nossa loja de artesanato sustentável.

No encontro 9 avaliamos a qualidade dos produtos que elaboramos e nesse momento faremos uma
atividade semelhante. Observem os produtos e, caso algum deles não encontre-se em condição de
venda aos clientes, vamos separá-lo dos demais, sendo que podemos vendê-lo com um preço menor,
usar na decoração da loja de artesanato sustentável ou, ainda, fazer algum ajuste no mesmo.

PRODUTOS

• Os produtos já estão etiquetados com preços e com o nome da loja de artesanato sustentável?

• Falta organizar algo com relação aos produtos? O que e como faremos?

114
Encontro

13 RETA FINAL

Divulgação

• Os cartazes já foram afixados e os convites distribuídos?

• Falta fazer algo para a divulgação? O que e como faremos?

• Colocaremos painéis com poesias, desenhos, colagens sobre sustentabilidade? Faremos algum teatro
ou cantaremos alguma música que criamos ou adaptamos? Já está tudo pronto para que isso aconteça?

Material e equipamentos necessários

• Todo o material e equipamentos necessários já foram providenciados (exemplo: mesas, cadeiras etc.)?

• Falta algo? O que e como providenciaremos?

115
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

EQUIPES DE TRABALHO

• Falta organizar algo com as equipes de trabalho? O que e como faremos?

PRODUçãO

LOJA DE ARTESAnATO SUSTEnTáVEL – HISTóRICO DE PRODUçãO

• Caso seja necessário produzir algo mais para a loja de artesanato sustentável, realizar o registro das
informações.

Data:

Quais produtos serão feitos:

Material necessário:

Quantos produtos faremos:

Como faremos e como nos organizaremos para esta produção:

116
Encontro

13 RETA FINAL

Espaço para anotações:




Outras providências que precisam ser tomadas:





2. Preparando-se para atender aos clientes

Atenderemos nossos clientes para apresentar e vender produtos e, ainda, para divulgar a importância da
sustentabilidade para o planeta.

Precisamos nos preparar para atender aos diferentes clientes que podem aparecer: alguns clientes podem ser
mais sérios, outros podem ser mais engraçados; alguns podem perguntar bastante sobre nossos produtos e
nossa atividade empreendedora e, ainda outros, podem ser mais quietos.

Como jovens empreendedores, atenderemos a todos os nossos clientes com respeito, gentileza e educação.
Atenderemos bem a todos os nossos clientes!

117
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

DICAS PARA Um Bom ATENDImENTo


- SER EducadO – cumPRImEnTaR O cLIEnTE, SEmPRE dIzER POR faVOR aO SOLIcITaR aLguma InfORmaçãO
aO cLIEnTE.
- SER ágIL – nada dE cORRERIa, maS Também nada dE EnROLaçãO.
- dEmOnSTRaR cOnhEcImEnTO dO QuE ESTIVER faLandO – PREPaRaR-SE PaRa aPRESEnTaR OS PROduTOS, a
LOja dE aRTESanaTO SuSTEnTáVEL E a ImPORTÂncIa da SuSTEnTabILIdadE.
- manTER bOa aPaRêncIa – manTER ROuPaS E unhaS LImPaS, cabELOS aRRumadOS E um SORRISO dE
dISPOSIçãO.
- manTER bOa ORganIzaçãO dO LOcaL E dOS PROduTOS – dEIxaR TudO ORganIzadO anTEcIPamEnTE.
- dEmOnSTRaR aLEgRIa E SImPaTIa – TER bOa VOnTadE PaRa aTEndER aO cLIEnTE, InTERESSaR-SE Em OuVIR
O QuE ELE dIz.
- cOmunIcaR-SE cLaRamEnTE – faLaR cLaRamEnTE, SEm gRITaR, SEm faLaR muITO baIxO, nãO faLaR
muITO dEVagaR nEm muITO RáPIdO, Ou SEja, aRTIcuLaR bEm aS PaLaVRaS E dIaLOgaR cOm OS cLIEnTES.

Prepare-se para atender muito bem aos clientes da nossa loja de artesanato sustentável no dia da
inauguração e das vendas dos produtos!
E O GRAnDE MOMEnTO ESTá CHEGAnDO!

no próximo encontro inauguraremos a loja de artesanato sustentável!


VOCÊ SABIA?

RESUMINDO

resumindo
PENSE NISSO
MOMENTO DO JOGO
Elaboramos os controles administrativos que usaremos na loja de artesanato sustentável e cuidamos
dos últimos detalhes para o grande momento da inauguração e das vendas. Conversamos sobre a
importância de atender bem aos clientes na nossa loja de artesanato sustentável.

VAMOS APRENDER FAZENDO! A HORA DO CHÁ

118
Encontro

13 RETA FINAL

119
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Inaugurando a loja de
artesanato sustentável

qUE momENTo ImPoRTANTE!


qUE momENTo ESPERADo!
cOmO jOVEnS EmPREEndEdORES, VamOS aTEndER muITO bEm aOS cLIEnTES E TRabaLhaR Em EQuIPE PaRa
qUE TENHAmoS SUCESSo Em NoSSA loJA DE ARTESANATo SUSTENTávEl!

SucESSO a TOdOS nóS!

120
enContro

14
inauGurando a
loJa de artesanato
sustentável

REGISTRE O MOMEnTO DA InAUGURAçãO E DAS VEnDAS DA LOJA DE ARTESAnATO SUSTEnTáVEL.


PODE SER COM UMA FOTOGRAFIA, COM UM DESEnHO, COM A ELABORAçãO DE UM TExTO, EnFIM, COMO
ACHAR MELHOR!

121
artesanato sustentável 7º ano livro do aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Avaliar e recomeçar

MISSãO CUMPRIDA!

Sonhamos, planejamos e realizamos! Inauguramos nossa loja de artesanato sustentável e vendemos os


produtos que elaboramos.

Como foi essa experiência? O que aprendemos nessa trajetória empreendedora durante o curso Jovens
Empreendedores Primeiros Passos?

Hoje, no último encontro do curso, avaliaremos o resultado da nossa atividade empreendedora e, também,
nossa aprendizagem durante o curso.

122
Encontro

15 avaliar e
recomeçar

atividades
1. Praticando os passos do plano de negócios

É o momento de avaliar os resultados do nosso trabalho empreendedor na loja de artesanato sustentável.

Também conheceremos algumas informações sobre como os empreendedores desenvolvem o sistema de


pós-venda, visando à manutenção dos clientes.

Com essas atividades praticaremos o último passo do plano de negócios: avaliar resultados do negócio e
desenvolver o sistema de pós-venda.

1.1. Avaliar o resultado final da loja de artesanato sustentável


Calcular o total arrecadado com a venda dos produtos:

Total por
Produto Quantidade vendida Preço de venda
produto

x R$ = R$

x R$ = R$

x R$ = R$

x R$ = R$

x R$ = R$

Total R$

123
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Calcular o total dos custos e gastos:

DESCRIção vAloR

R$

R$

R$

R$

R$

R$

ToTAl CUSToS R$

Calcular o resultado financeiro:

ToTAl ARRECADADo Com AS vENDAS R$

-
ToTAl CUSToS R$
=

RESUlTADo FINANCEIRo R$

Tivemos:
( ) Lucro de R$ ________________
( ) Prejuízo de R$ ______________
Houve sobra de produtos no estoque? Qual a quantidade?

PRoDUTo ESToqUE ATUAl

ToTAl GERAl DE PRoDUToS Em ESToqUE

124
Encontro

15 avaliar e
recomeçar

Decisões:

O que faremos, a partir dos resultados financeiros que alcançamos?

O que faremos com produtos em estoque? (caso seja esta a situação)

1.2. Desenvolver o sistema de pós-venda, visando à manutenção de clientes

Converse com seus colegas e responda:

Caso fôssemos desenvolver ações de pós-venda para os clientes da nossa loja de artesanato sustentável, o
que faríamos como ações de pós-venda? Por quê?

125
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

2. fazendo a avaliação

PARA SABER mAIS

Pós-venda

Os empreendedores dedicam grande esforço ao momento de planejamento quando dispõem-se a


montar seus próprios negócios.

A partir do momento em que o negócio começa a funcionar, uma preocupação constante deve ser a
de manter os clientes conquistados. Manter um cliente hoje em dia exige muito jogo de cintura. A
qualidade, o bom atendimento e o cumprimento de prazos são requisitos imprescindíveis, para que
isso aconteça.

Um dos fatores bastante valorizados pelos clientes é o chamado pós-venda.

Pós-venda consiste em manter contato com o cliente para verificar se ele está satisfeito com a
compra realizada, para ouvir suas sugestões e opiniões sobre o produto, o serviço e o atendimento
recebido, por exemplo. Enfim, é manter o canal de comunicação sempre aberto com o cliente para
favorecer um bom relacionamento e para valorizar suas contribuições.

Ligar, enviar e-mails ou cartas aos clientes para manter contato após os momentos de venda,
investigar sua satisfação e convidá-lo a voltar ao estabelecimento são exemplos de ações pós-venda.

Quando nos dispomos a desenvolver alguma atividade, é muito importante avaliarmos o que aprendemos
com seus resultados e com a experiência vivida.

Como estamos no último encontro do curso Jovens Empreendedores Primeiros Passos, faremos uma avaliação
da experiência e do aprendizado durante a caminhada empreendedora que percorremos.

Relembrem as atividades realizadas durante o curso e respondam as seguintes questões com seus colegas
de turma!

126
Encontro

15 avaliar e
recomeçar

2.1. Todos da turma puderam dar suas opiniões durante a realização das atividades do
curso? Se não puderam, por que isso aconteceu?

2.2. Como foram resolvidas situações de conflito ou discordâncias?

2.3. Como foi o ambiente de trabalho da equipe: descontraído, amigável, respeitoso,


organizado ou o contrário? Por quê?

2.4. Houve participação de todos da equipe na realização das atividades? Por quê?

127
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

2.5. vocês considerAm que AlcAnçArAm os objetivos ProPostos no início do curso: montAr
A lojA de ArtesAnAto sustentável e contribuir PArA A sustentAbilidAde do PlAnetA?
justifiquem.

2.6. quAl foi o melhor momento do curso? Por quê?

2.7. Algo PoderiA ter ocorrido de outrA formA durAnte o curso? o que e Por quê?

2.8. como estA exPeriênciA de reAlizAr o curso jovens emPreendedores Primeiros PAssos
Poderá ser útil PArA o diA A diA e PArA o futuro de vocês?

128
Encontro

15 avaliar e
recomeçar

2.9. Responda individualmente:

• Imagine que você vai incentivar um amigo a participar do curso Jovens Empreendedores Primeiros Passos.

Cite cinco razões para que ele se anime a participar do curso.

Qual seu maior aprendizado com o curso, com a montagem da loja de artesanato sustentável e com o estudo
sobre sustentabilidade?

129
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

3. jogo – nossa criação

PARA REALIzAR nOSSA ATIVIDADE DE EnCERRAMEnTO TRABALHAREMOS EM EQUIPE, ASSIM COMO


FIzEMOS DURAnTE TODO O CURSO!

Acompanhe as orientações do professor e participe dessa atividade de encerramento do curso


Jovens Empreendedores Primeiros Passos!

Foi uma honra contar com sua participação nos 15 encontros do curso Jovens Empreendedores
Primeiros Passos!
PARABénS E SIGA EM FREnTE nA BUSCA DOS SEUS SOnHOS!

BOA CAMInHADA EMPREEnDEDORA PELA VIDA AFORA!

130
Encontro

15 avaliar e
recomeçar

131
artesanato sustentável 7º Ano Livro do Aluno
Jovens empreendedores Primeiros Passos

Referências bibliográficas
AnTUnES, Celso. Jogos para estimulação das inteligências múltiplas. 12ª Ed. Petrópolis: Vozes, 1998.

BROTTO, Fábio Otuzi. Jogos cooperativos. Santos: Projeto Cooperação, 1997.

DOLABELA, Fernando. Oficina do empreendedor. Rio de Janeiro: Sextante, 2008.

__________. Quero construir a minha história. Rio de Janeiro: Sextante, 2009.

DRUCKER, Peter. Inovação e espírito empreendedor: entrepreneurship. Prática e princípios. 6ª Ed. São
Paulo: Pioneira, 2006.

GADOTTI, Moacir. Boniteza de um sonho: ensinar – e – aprender com sentido. São Paulo: Inst. Paulo
Freire, 2008.

LOPES, Rose (org.). Educação empreendedora: conceitos, modelos e práticas. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.

MILES, Louella; MAzUR, Laura. Conversas com os mestres da sustentabilidade. São Paulo: Gente, 2010.

MORIn, Edgar. Os sete saberes necessários à educação do futuro. Tradução de Catarina Eleonora F. da
Silva, Jeanne Sawaya; revisão técnica de Edgard de Assis Carvalho. 2ª ed. São Paulo: Cortez; Brasília-DF:
UnESCO, 2000.

PELICIOnI, Maria Cecilia Focesi; PHILIPPI JR., Arlindo. Educação ambiental e Sustentabilidade. São Paulo:
Manole, 2005.

PERREnOUD, Philippe. Construir as competências desde a escola. Porto Alegre: Artmed, 1999.

RAMAL, Silvina Ana. como transformar seu talento em um negócio de sucesso: gestão de negócio para
pequenos empreendimentos. Rio de Janeiro: Elsevier, 2006.

132
Referências
Bibliográficas

133
artesanato sustentável 5º Ano Livro do Aluno