Você está na página 1de 23

Caderno do Estudante

Uma parceria entre a


SEEDUC/RJ e o Instituto
Ayrton Senna

Matemática
Medidas, Geometria e Padrões

2º ano/2º bimestre
2º ano/2º bimestre
Uma parceria entre a Caderno do Estudante
SEEDUC/RJ e o Instituto
Ayrton Senna

Matemática

Medidas, Geometria e Padrões

Introdução
Olá! Pronto para aprender mais Matemática no 2º bimestre?

Preparamos muitas novidades para você e seus colegas. Há novos jogos, mais cálculo
mental, problemas desafiadores e outras novidades.

Que tal, antes de começar este novo bimestre, uma conversa com seu professor para falar
de dúvidas que ficaram do 1º bi? Essa conversa pode ser bem importante para que você
não avance sem saber os conceitos que estudou, especialmente de geometria.

Vamos juntos nesse novo momento que se inicia.

Bom bimestre!

Caderno do Estudante Matemática – 2º ano/2º bimestre 2


Matemática
Ficha 1 – Cubo numerado
Você vai aprender: a usar sua percepção espacial e seu raciocínio lógico.

Você precisa: organizar as informações; analisar possibilidades; formular hipóteses e


testá-las.

(Insper-SP)
Uma pessoa dispõe de seis adesivos numerados reproduzidos a seguir, devendo colar um
em cada face de um cubo.

Sabe-se que:

 Se numa face do cubo for colado um número ímpar, então na face oposta será colado
um número maior que ele.
 A soma dos números colados em duas faces opostas quaisquer do cubo pertence ao
intervalo [6,5; 12,5].

Nessas condições, multiplicando os números colados em duas faces opostas qualquer


desse cubo obtém-se, no máximo.

a) 20
b) 24
c) 30
d) 32
e) 40

Caderno do Estudante Matemática – 2º ano/2º bimestre 3


Matemática
Ficha 2 – Peixes, Ração e Tanques
Você vai aprender: a ler o texto de um problema; utilizar a álgebra para a resolução;
calcular volumes.

Você precisa: ler o texto do problema com muitas informações e selecionar o que é preciso
para resolvê-lo; discutir o problema com seus colegas.

Esse é um problema com muitas informações. Você precisa de um bom plano para resolvê-
lo. Que tal seguir algumas sugestões!

1ª parte – individual

Organize-se para a leitura:


1º Faça uma leitura rápida sem se deter em detalhes, apenas dê uma olhada. O que tem
aí e que já mostra do que trata o problema? Faça isso e volte para continuar a ler essas
instruções.
Tem peixes diferentes, ração, tanques para os peixes... Isso já permite que você se prepare
para o texto.
2º Procure pela pergunta do problema. Encontrada, ela vai direcionar o seu olhar e atenção
para as informações de que precisa para respondê-la, sem se deter em detalhes
desnecessários. Faça isso e volte para essas orientações.
3º Leia e marque com caneta de outra cor as informações que considera importantes para
a resolução. Faça isso e só depois converse com seu colega de dupla.

2ª parte – na dupla

Organize-se para a resolução:


4º Compare o que você marcou no texto para ver se vocês selecionaram os mesmos dados
como sendo relevantes para a resolução. Discutam e cheguem a um acordo.
5º Construam juntos uma estratégia de resolução. Façam como uma listinha assim:
 Vamos calcular...
 Depois vamos...
6º Executem as etapas de sua estratégia de resolução e respondam ao problema.

(Unicamp 2009)

Em um sistema de piscicultura superintensiva, uma grande quantidade de peixes é


cultivada em tanques-rede colocados em açudes, com alta densidade populacional e
alimentação à base de ração. Os tanques-rede têm a forma de um paralelepípedo e são
revestidos com uma rede que impede a fuga dos peixes, mas permite a passagem da água.
a)Um grupo de 600 peixes de duas espécies foi posto em um conjunto de tanques-rede.
Os peixes consomem, no total, 800 g de ração por refeição. Sabendo-se que um peixe
da espécie A consome 1,5 g de ração por refeição e que um peixe da espécie B
consome 1,0 g por refeição, calcule quantos peixes de cada espécie o conjunto de
tanques-rede contém.

b)Para uma determinada espécie, a densidade máxima de um tanque-rede é de 400


peixes adultos por metro cúbico. Suponha que um tanque possua largura igual ao
comprimento e altura igual a 2 m. Quais devem ser as dimensões mínimas do tanque
para que ele comporte 7 200 peixes adultos da espécie considerada?

Caderno do Estudante Matemática – 2º ano/2º bimestre 4


Matemática
Ficha 3 – Um problema desarrumado
Você vai aprender: aconstruir o texto de um problema; utilizar o raciocínio lógico.

Você precisa: observar bem as informações dadas para montar o texto de um problema;
analisar bem a situação do problema para poder resolvê-lo.

Para começar é preciso organizar o texto de um problema colocando em ordem as tiras


com pedaços do texto.

1 QUAL O MENOR NÚMERO DE PESSOAS


2 CADA QUAL DE UMA NACIONALIDADE
3 SERÁ FEITO UM SORTEIO ENTRE ESSAS 30 PESSOAS AO ACASO, UMA
POR UMA.
4 QUE DEVERÃO SER SORTEADAS PARA, COM CERTEZA,
5 DE MESMA NACIONALIDADE?
6 DIFERENTE DA DOS DEMAIS.
7 GARANTIR A FORMAÇÃO DE UM CASAL
8 EM UMA FESTA ESTÃO PRESENTES 15 CASAIS

Agora é preciso resolver o problema. Vamos lá!

Caderno do Estudante Matemática – 2º ano/2º bimestre 5


Matemática
Ficha 4 – Problemas de lógica
Você vai aprender: a utilizar o raciocínio lógico dedutivo.

Você precisa: ser organizado; fazer um registro das informações que o auxilie na
resolução; trocar informações com os colegas.

PROBLEMA A

OBMEP 2013
Durante a aula, dois celulares tocaram ao mesmo tempo.
A professora logo perguntou aos alunos: “De quem são os celulares que tocaram? ”.
Guto disse: “O meu não tocou”, Carlos disse: “O meu tocou” e Bernardo disse:
“O de Guto não tocou”.
Sabe-se que um dos meninos disse a verdade e os outros dois mentiram. Qual das
seguintes afirmativas é verdadeira?

a) O celular de Carlos tocou e o de Guto não tocou.


b) Bernardo mentiu.
c) Os celulares de Guto e Carlos não tocaram.
d) Carlos mentiu.
e) Guto falou a verdade.

PROBLEMA B

OBMEP 2009
Ari, Bruna e Carlos almoçam juntos todos os dias e cada um deles pede água ou suco.

- Se Ari pede a mesma bebida que Carlos, então Bruna pede água.
- Se Ari pede uma bebida diferente da de Bruna, então Carlos pede suco.
- Se Bruna pede uma bebida diferente da de Carlos, então Ari pede água.
- Apenas um deles sempre pede a mesma bebida.

Quem pede sempre a mesma bebida e que bebida é essa?

(a) Ari - água


(b) Bruna - água
(c) Carlos - suco
(d) Ari - suco
(e) Bruna - suco

Caderno do Estudante Matemática – 2º ano/2º bimestre 6


Matemática
Ficha 5 – Alvos
Você vai aprender: a resolver um problema que exige cálculo de áreas de círculos.

Você precisa: fazer um plano de resolução, levando em consideração os dados trazidos


pelo problema; persistir na busca da solução; discutir com seus colegas o problema.

As figuras numeradas de 1 a 3 representam alvos de um jogo de dardos.

Nesse jogo, marca um ponto quem acerta o dardo dentro de um círculo e nenhum ponto
se acerta dentro do quadrado, mas fora do círculo. Quem acerta fora do quadrado pode
jogar novamente.

Qual dos três alvos você escolheria para jogar? Por quê?

Caderno do Estudante Matemática – 2º ano/2º bimestre 7


Matemática
Ficha 6 – O que é que falta?
Você vai aprender: a resolver um problema com um texto longo e com dados que não
estão todos explícitos no problema.

Você precisa: ler o texto duas ou três vezes para compreender o que ele pede; fazer um
plano de resolução, levando em consideração os dados trazidos pelo problema e outros
que você tenha que pesquisar; persistir na busca da solução.

Meu amigo Gilson viajou para Madri e prometeu me chamar no domingo seguinte à 1h da
tarde. Enquanto eu estava esperando a chamada, pus-me a pensar que meu amigo estava
em um país que tinha fuso horário em relação ao Brasil. Nisso o telefone tocou.

-Oi Gilson, eu falei feliz.


-Oi, está tudo bem por aí? – perguntou Gilson.
-Você já almoçou? – perguntei, sem saber bem por quê.
-Claro, já faz tempo, respondeu meu amigo.
-E você, que estava fazendo quando eram 3 horas da tarde aqui? – perguntou Gilson.
-Como eu levantei tarde, estava tomando café da manhã. Ontem fui dormir à meia-noite e
então fiquei um pouco mais na cama hoje.
-Eu dormi mal. E tive azar, acordei com dor de dente às 3 da manhã. Mas já passou.
-Que bom. E quando você volta? – perguntei.
-No próximo domingo. O avião sai daqui à meia-noite e chega ao Rio de Janeiro às 8 horas
da manhã.

Após ler esse diálogo, responda:


 Qual era a hora em Madri quando Gilson ligou para mim?
 A que horas tomei café?
 Quando Gilson acordou com dor de dente, eu já havia deitado para dormir ou não?
 Quanto tempo demorará o avião para vir de Madri ao Rio de Janeiro?

Caderno do Estudante Matemática – 2º ano/2º bimestre 8


Matemática
Ficha 7 – Cálculo mental I
Você vai aprender: a calcular com expoentes; a fazer cálculos com logaritmos e com
radicais.

Você precisa: ler com atenção as informações da ficha; saber que esses cálculos serão
úteis também em Química e na sua vida diária; calcular com atenção e analisar os seus
erros.

Aprender Matemática exige fazer muitas relações e cálculos. Exige também que tenhamos
facilidade com algumas técnicas de cálculo que utilizamos muitas vezes e que, se
memorizadas, nos ajudam a resolver problemas mais elaborados.

Para memorizar algo é preciso praticar algumas vezes. Não de uma vez só, mas pouco a
pouco e com alguma frequência. Por isso, desde o primeiro ano estamos trabalhando com
cálculo mental.

Fica a dica: não faça por fazer. Não faça porque seu professor pediu ou “mandou”. Faça
com atenção, sabendo que planejamos esse trabalho para ajudar você a saber mais
Matemática. Se tiver dúvidas, pergunte. Se precisar de ajuda, peça. Fazer a sua parte
também é importante.

1. Qual valor de:

2. Qual é o expoente?

Caderno do Estudante Matemática – 2º ano/2º bimestre 9


3. Qual é a base?

Potências e logaritmos estão sempre presentes em cálculos financeiros, por isso é bom
saber alguns resultados de cabeça, assim eles não atrapalham na resolução de problemas.
Vamos descobrir como calcular.

Observe:
23 = 8 ↔ log 2 8 = 3
52 = 25 ↔ log 5 25 = 2

Lembre-se de que quando não se escreve a base do logaritmo é porque ela é igual a
10.

4. Veja se descobre a regularidade e aplique a regra para obter:


a) log 2 16
b) log 3 9
c) log 1 000
d) log 4 64
e) log 3 81

5. Agora aplique isso para determinar o valor de x:


a) log 𝑥 = 3
b) log 3 𝑥 = − 2
c) log 4 𝑥 = − 1
d) log 𝑥 16 = 2
e) log 𝑥 27 = 3

A propriedade de radicais e produto que vamos utilizar é a seguinte:


√𝑎. √𝑏 = √𝑎. 𝑏 para quaisquer valores positivos ou nulos de a e de b.
Vamos usar isso par reduzir o cálculo de uma raiz quadrada a outras mais simples.
Veja os exemplos:
√2500 = √25. √100 = 5 . 10 = 50
√324 = √4. √81 = 2 . 9 = 18

6. Use essa propriedade para calcular:


a) √1600 b) √1600 c) √900
d) √40000 e) √12100 f) √490000
g) √225 h) √196 i) √256

Caderno do Estudante Matemática – 2º ano/2º bimestre 10


Matemática
Ficha 8 – Cálculo mental II
Você vai aprender: a utilizar o teorema de Pitágoras para cálculos de medidas; fazer
estimativa de medidas; calcular com números decimais.

Você precisa: ler com atenção as informações da ficha; saber que esses cálculos serão
úteis também em Física e Química e na sua vida diária; calcular com atenção e analisar os
seus erros.

1. O que você conhece que tem comprimento:


a) Maior que um metro?
b) Menor que um metro?
c) Menor que 1 cm?
d) Maior que 10 cm?
e) Exatamente igual a 1 m?
f) Entre 1 cm e 10 cm?
g) Entre 10 cm e 50 cm?
h) Maior que 50 cm e menor que 1 m?

2. O que você conhece que tem capacidade:


a) Menor que 1 mL?
b) Entre 1 mL e 10 mL?
c) Maior que 100 mL e menor do que 500 mL?
d) Maior que 500 mL e menor que 1 000 mL?
e) Igual a 1 l?

3. Escreva aqui o que lembra a respeito do teorema de Pitágoras:

Use o teorema de Pitágoras e calcule o valor de x em cada caso:

4. Use os valores que você obteve no item 1 e calcule o que se pede:

a. A medida da diagonal de um quadrado com 12 cm de lado;


b. A altura de um triângulo equilátero com 12 cm de lado;
c. A medida da diagonal de um quadrado cujo perímetro é 32 cm;
d. A medida da diagonal de um quadrado cuja área é 100 cm2;
e. A medida da altura de um triângulo equilátero cujo perímetro é 15 cm;
f. O perímetro e a área de um triângulo equilátero cuja altura é 3√3 cm.

Caderno do Estudante Matemática – 2º ano/2º bimestre 11


Matemática
Ficha 9 – Jogo capture polígonos
Você vai aprender: a identificar polígonos e suas principais propriedades; comparar
figuras geométricas; ler desenhos de polígonos.
Você precisa: não ficar com dúvidas, por isso, não deixe passar nada – faça perguntas ao
professor e aos seus colegas. Também é importante tentar usar o vocabulário geométrico
para ir se apoderando dele. Saber ler, escrever e falar em geometria mostra que você está
aprendendo, ou então, que ainda precisa resolver dúvidas.

Regras
1. Jogo para 3 ou 4 jogadores (no caso de 4 jogadores, joga-se dupla contra dupla).
2. As 20 cartas de polígonos são colocadas no centro da área de jogo e viradas para cima.
3. As cartas de propriedades relativas a ângulos são embaralhadas e colocadas em uma
pilha com as faces viradas para baixo. O mesmo é feito com as cartas com propriedades
relativas a lados.
4. Os jogadores decidem quem começa o jogo.
5. Na sua vez, o jogador 1 retira uma carta com uma propriedade dos ângulos e uma carta
com uma propriedade dos lados de polígonos. Ele analisa os polígonos sobre a mesa e
pode capturar todos os polígonos que possuírem ambas as propriedades. As figuras
capturadas ficam com o jogador.
6. O jogo prossegue assim, até que restem apenas 2 ou menos polígonos.
7. Se um jogador capturar a figura errada e o jogador seguinte souber corrigir o erro, ele
fica com as cartas.
8. Se um jogador não conseguir relacionar as propriedades com cartas da mesa e outro
jogador souber, ele pode capturar as cartas.
9. Se nenhum polígono puder ser capturado com as cartas retiradas pelo jogador, ele pode
retirar mais uma e tentar capturar polígonos com 2 das 3 cartas de propriedades. Se ainda
assim ele não conseguir capturar um polígono, ele passa a vez.
10. As cartas de propriedades retiradas a cada jogada ficam fora do jogo até que as duas
pilhas terminem. Nesse caso, as cartas retiradas são embaralhadas novamente e
colocadas em jogo, como no início.
11. Se uma das cartas retiradas pelo jogador for um Coringa, ele pode escolher uma
propriedade referente a lado que ele conheça e dizer em voz alta para capturar os
polígonos que desejar. Por exemplo, se ele tirou a carta Todos os ângulos são retos e a
carta Coringa, ele pode dizer Todos os lados opostos têm o mesmo tamanho. Nesse caso,
captura todos os retângulos do jogo.
12. Se um jogador tirar a carta Capture,ele pode capturar cartas de seu oponente. Nesse
caso, o jogador com a carta Capture deve olhar as cartas já capturadas pelo seu oponente,
e, sem selecionar outra carta, deve dizer uma propriedade referente a lados e outra, a
ângulos e capturar todos os polígonos do seu oponente que possuírem essas duas
propriedades. Se o oponente não tem cartas para serem capturadas, é preciso devolver a
carta. Capture a pilha de propriedades referentes a ângulos e retirar outras duas cartas
como em uma rodada normal.
13. O vencedor será o jogador com maior número de polígonos ao final do jogo.

CARTAS

Caderno do Estudante Matemática – 2º ano/2º bimestre 12


PROPRIEDADES DE ÂNGULOS

PROPRIEDADES DOS LADOS

CURINGA

POLÍGONOS

Caderno do Estudante Matemática – 2º ano/2º bimestre 13


Caderno do Estudante Matemática – 2º ano/2º bimestre 14
Matemática
Ficha 10 – Mais um sólido geométrico
Você vai aprender: a identificar poliedros e suas principais propriedades; comparar figuras
geométricas; identificar prismas e suas propriedades.

Você precisa: manter anotações em seu caderno das conclusões que tirar no trabalho;
realizar as atividades com seu time para que todos façam bem as propostas e aprendam
mais a respeito de geometria.

Caderno do Estudante Matemática – 2º ano/2º bimestre 15


Matemática
Ficha 11 – Descobrindo propriedades dos
prismas
Você vai aprender: a identificar poliedros e suas principais propriedades; comparar figuras
geométricas; identificar prismas e suas propriedades.

Você precisa: manter anotações em seu caderno das conclusões que tirar no trabalho;
realizar as atividades com seu time para que todos façam bem as propostas e aprendam
mais a respeito de geometria.

1. Coloque em sua tela as planificações dos seguintes prismas: de base triangular,


pentagonal, hexagonal, octogonal, decagonal e o cubo. Analise todas elas e produza um
texto com as semelhanças e diferenças entre as planificações a seguir:

2. Use os prismas do conjunto de poliedros que você construiu e preencha a tabela:

Prisma Base Base Base Base Base Base


triangular quadrada pentagonal hexagonal octogonal decagonal
Número de
lados do
polígono da
base
Número de
faces
Número de
vértices
Número de
arestas

a) Observe a tabela que você completou. Que relação existe entre o número de faces do
prisma e o número de lados do polígono da base?

Caderno do Estudante Matemática – 2º ano/2º bimestre 16


b) Que relação você encontrou entre o número de vértices e o número de lados do polígono
da base?
c) Por que o número de vértices de um prisma é sempre par?
d) Que relação há entre o número de arestas e o número de lados do polígono da base?
Matemática
Ficha 12 – Analisando planificações
Você vai aprender: a identificar poliedros e suas principais propriedades; comparar figuras
geométricas; identificar prismas e suas propriedades.

Você precisa: manter anotações em seu caderno das conclusões que tirar no trabalho;
realizar as atividades com seu time para que todos façam bem as propostas e aprendam
mais a respeito de geometria.

Analise cada imagem a seguir e explique por que eles não permitem construir um cilindro:

Figura 1 Figura 2

Figura 3

Caderno do Estudante Matemática – 2º ano/2º bimestre 17


Matemática
Ficha 13 – Problemas de Enem
Você vai aprender: a resolver problemas com cilindros e prismas que apareceram em
provas do Exame Nacional do Ensino Médio – Enem.

Você precisa: utilizar as anotações que você fez das aulas, um dicionário (que pode ser
eletrônico, consultado em seu celular), o livro didático e seguir o roteiro de estudos.

Roteiro de estudos para os problemas


 Antes de resolver, leia todos os problemas uma primeira vez. Nessa leitura, já grife, isto
é, marque com um traço, as palavras que desconhece.
 Volte a ler cada problema e pesquise as palavras desconhecidas.
 Leia uma terceira vez cada problema, anotando qual é a pergunta do problema, bem
como, os dados que ele apresenta.
 Prepare-se para resolver cada umdos quatro problemas: leia novamente e identifique
o conceito ou noção que está envolvido: área lateral? Área total? Cálculo do volume?
 Pense: fazer um desenho ajuda? Ler desenho que aparece no problema é importante?
 Anote suas dúvidas para conversar durante o painel de solução.

1. Enem 2010 - Questão 151 – Prova Rosa.1

Dona Maria, diarista na casa da família Teixeira, precisa fazer café para servir às vinte
pessoas que se encontram numa reunião na sala. Para fazer o café, Dona Maria dispõe de
uma leiteira cilíndrica e copinhos plásticos, também cilíndricos. Com o objetivo de não
desperdiçar café, a diarista deseja colocar a quantidade mínima de água na leiteira para
encher os vinte copinhos pela metade. Para que isso ocorra, Dona Maria deverá:

a) encher a leiteira até à metade, pois ela tem um volume 20 vezes maior que o volume
do copo.
b) encher a leiteira toda de água, pois ela tem um volume 20 vezes maior que o volume
do copo.
c) encher a leiteira toda de água, pois ela tem um volume 10 vezes maior que o volume
do copo.
d) encher duas leiteiras de água, pois ela tem um volume 10 vezes maior que o volume
do copo.
e) encher cinco leiteiras de água, pois ela tem um volume 10 vezes maior que o volume
do copo.

2. Enem 2011 - Questão 167 – Prova Azul.2

É possível usar água ou comida para atrair as aves e observá-las. Muitas pessoas
costumam usar água com açúcar, por exemplo, para atrair beija-flores, mas é importante
saber que, na hora de fazer a mistura, você deve sempre usar uma parte de açúcar para
cinco partes de água. Além disso, em dias quentes, precisa trocar a água de duas a três
vezes, pois com o calor ela pode fermentar e, se for ingerida pela ave, pode deixá-la
doente. O excesso de açúcar, ao cristalizar, também pode manter o bico da ave fechado,
impedindo-a de se alimentar. Isso pode até matá-la.

1 Resolução da questão disponível em: bit.ly/resolucao-enem-151 . Acesso em: set. 2017.


2Ciência Hoje das crianças. FNDE; Instituto Ciência Hoje, ano 19, n. 166, mar. 1996.

Caderno do Estudante Matemática – 2º ano/2º bimestre 18


Pretende-se encher completamente um copo com a mistura para atrair beija-flores. O copo
tem formato cilíndrico, e suas medidas são 10 cm de altura e 4 cm de diâmetro. A
quantidade de água que deve ser utilizada na mistura é cerca de (utilize π(pi) = 3).

a) 20 mL
b) 24 mL
c) 100 mL
d) 12 0 mL
e) 600 mL

3. (Enem – 1998)

Uma pessoa arrumou as bolinhas em camadas superpostas iguais, tendo assim


empregado: (A) 100 bolinhas. (B) 300 bolinhas. (C) 1 000 bolinhas. (D) 2 000 bolinhas. (E)
10 000 bolinhas. Uma segunda pessoa procurou encontrar outra maneira de arrumar as
bolas na caixa achando que seria uma boa ideia organizá-las em camadas alternadas,
onde cada bolinha de uma camada se apoiaria em 4 bolinhas da camada inferior, como
mostra a figura. Deste modo, ela conseguiu fazer 12 camadas. Portanto, ela conseguiu
colocar na caixa:

a) 729 bolinhas.
b) 984 bolinhas.
c) 1 000 bolinhas.
d) 1 086 bolinhas.
e) 1 200 bolinhas

4. (Enem – 2003)

Uma editora pretende despachar um lote de livros, agrupados em 100 pacotes de 20 cm x


20 cm x 30 cm. A transportadora acondicionará esses pacotes em caixas com formato de
bloco retangular de 40 cm x 40 cm x 60 cm. A quantidade mínima necessária de caixas
para esse envio é:

a) 9
b) 11
c) 13
d) 15
e) 17

Caderno do Estudante Matemática – 2º ano/2º bimestre 19


Matemática
Ficha 14 –Que tal resolver?
Você vai aprender: a resolver problemas envolvendo a ideia de logaritmos.

Você precisa: ler com atenção; identificar palavras desconhecidas; participar da discussão
das soluções.

1. O crescimento anual da população de certo país é de aproximadamente 2% ao ano.


Considere que esse crescimento se mantenha e calcule: após quanto tempo a população
do país, atualmente com 100 milhões de habitantes, será de 1 bilhão de pessoas? Dica:
use log 1,02 = 0,009.

2. Uma fábrica produz 250 mil parafusos por dia. O gerente da fábrica planejou aumentar
a produção desses parafusos em 15% em relação ao ano anterior durante um período de
tempo. Daqui a quanto tempo a produção será de 750 mil unidades de parafusos? Use
uma calculadora científica para achar o valor de log 3 e log 1,15.

Caderno do Estudante Matemática – 2º ano/2º bimestre 20


Matemática
Ficha 15 – Regularidades crescentes
Você vai aprender: a investigar padrões e expressar como eles são formados; ler e
interpretar textos em Matemática; escrever para expressar suas conclusões; como usar a
álgebra para expressar regularidades.

Você vai precisar: investigar um padrão que varia, mas segue uma regra que se repete.

PARTE I – Observe essa sequência de circunferências e os pontos vermelhos formados


na intersecção delas:

Agora responda:
1. Quantos pontos de intersecção das circunferências tem a quarta figura?
2. Como seria possível saber quantos pontos de intersecção tem a 65ª figura?
3. É possível escrever uma função que conhecida a posição n da figura permita calcular o
resultado total P de pontos de intersecção das circunferências da figura?

PARTE II – Esta nova sequência é mais complexa. As casinhas são formadas por tijolos
(retângulos) e telhas (triângulos).

1. Quantos tijolos e telhas tem a figura que falta na terceira posição?


2. Complete os tijolos da Figura 5. Quantos são?
3. A proposta é descobrir uma lei que permita calcular o total de tijolos e de telhas para a
figura em uma posição qualquer n.

Caderno do Estudante Matemática – 2º ano/2º bimestre 21


Matemática
Ficha 16 – Problemas e progressões
Você vai aprender: a relacionar problemas de matemática financeira com sequências
numéricas: P.A. e P.G.

Você vai precisar: usar um livro didático e suas anotações pessoais para relembrar PA e
PG, bem como suas formulas do termo geral.

PARTE 1 – Em time

Leiam e resolvam os dois problemas a seguir. Vocês podem usar uma calculadora.

Problema 1

Uma empresa que produz tratores de grande porte decidiu começar a produção de um
novo modelo, para lançamento na feira anual de agropecuária do Paraná. Durante a
produção ela precisou guardar os tratores prontos em suas filiais espalhadas por diversas
cidades. A cada semana, nas próximas 72 semanas, três novos tratores serão estocados
em alguma das lojas filiais.
Se o preço deste armazenamento é de R$ 100,00 por trator por semana, qual é o valor
total do custo da guarda dos tratores no período das 72 semanas?

Problema 2

O custo final da empresa para produção de um trator é de R$ 200 000,00. Este valor é
acrescido de 20% para venda ao distribuidor. Por sua vez, o distribuidor aumenta esse
valor em 20% e vende para o lojista. Este aumenta o preço pago ao distribuidor em 20%
para venda ao consumidor.
Qual foi o acréscimo percentual no valor do trator desde seu valor de produção? Quanto
pagará o comprador final deste trator para o lojista?

PARTE 2 – Em time

Vocês sabem o que é uma P.A. e uma P.G.


Com esse conhecimento descrevam a P.A. que aparece na resolução do Problema 1 e a
P.G. que está presente na resolução do Problema 2.
Completem a tabela com essas informações.

Problema 1 Problema 2
Escrevam os termos da P.A. Escrevam os termos da P.G.

1º termo da P.A. 1º termo da P.G.


a1 = a1 =

Razão da P.A. Razão da P.G.


r= q=

Último termo da P.A. que interessa na Último termo da P.G. que interessa na
solução do problema solução do problema

Caderno do Estudante Matemática – 2º ano/2º bimestre 22


an = an =

n= n=

1. Quando terminarem, a tabela preenchida por vocês deve ser trocada com a de outro
time.
2. Confiram se concordam ou não com seus colegas e, se discordarem, escrevam para
eles suas justificativas.
3. Destroquem as tabelas e verifiquem se o outro time trouxe alguma contribuição para
aperfeiçoar a tabela feita por vocês.
4. Se houve algum erro de vocês, façam os acertos necessários, mas atenção para
entender por que erraram e o que podem fazer para não cometer mais esse engano
em situações semelhantes a essa.

PARTE 3 – Em time

Resolvam o problema a seguir, se for preciso usem a calculadora.

Problema 3

Pensando em sua aposentadoria uma pessoa aplicou 1000 reais em uma conta poupança
que paga 10% de juros ao ano. Ou seja, ao final de cada ano o valor dos juros é pago
sobre o valor que está na conta. Quanto essa pessoa terá nessa conta depois de 10 anos,
sem fazer nenhuma retirada durante todo esse tempo?

A seguinte tabela pode auxiliar na resolução, copie numa folha de papel e continue:

Valor no início do Juros recebidos no Valor ao final do ano


ano ano
1º ano 1 000 100 1 100
2º ano 1 100 110 1210
3º ano 1 210 121 1 331
. . . .
. . . .
. . . .
9º ano ? ? ?
10º ano ? ? ?

Agora pensem:
Será que é preciso preencher toda a tabela? Observem se a cada ano não há uma
regularidade que pode gerar uma fórmula para calcular o total em 25 anos.

Caderno do Estudante Matemática – 2º ano/2º bimestre 23