Você está na página 1de 2

Universidade Federal de Minas Gerais

Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas


Departamento de Sociologia Antropologia
Curso de Ciências Sociais

SOA023 M- ANTROPOLOGIA II - 1º semestre de 2010


Professora: Deborah Lima
Monitora: Maria Luísa Lucas (marialuisalucas@gmail.com)

EMENTA
Esta disciplina procura oferecer ao aluno uma formação básica em teoria antropológica. Apresentaremos
a escola estrutural funcionalista inglesa e seus principais autores (Malinowski, Radcliffe-Brown e Evans-
Pritchard) em perspectiva comparada com os precursores da antropologia francesa (Durkheim e Marcel
Mauss). Pretende-se apresentar de forma aprofundada os principais textos destes autores e as principais
diferenças e similitudes entre estas duas escolas de antropologia.

Raça e História.
03/03/10
Texto: LEVI-STRAUSS, Claude. Raça e história. 8. ed. Lisboa: Presença, 2006.
08/03/10 Apresentação do curso
Antropologia inglesa e antropologia francesa.
Textos: Roberto Cardoso de Oliveira. Sobre o Pensamento Antropológico. Rio de
Janeiro/CNPq, Ed. Tempo Brasileiro, 1987; E. E. Evans-Pritchard. Antropologia Social.
10/03/10 Lisboa: Edições 70, 1999. (Cap III). LEACH, E. A diversidade da antropologia. Lisboa:
Edições 70, 2002. A. Kuper, The Reinvention of Primitive Society; Nielsen e T. Eriksen,
História da Antropologia.
Algumas Formas Primitivas de Classificação.
15/03/10 Texto: E. Durkheim e M. Mauss. "Algumas Formas Primitivas de Classificação", In
MAUSS, M. Ensaios de Sociologia. São Paulo, Editora Perspectiva, 1981, pp. 399-455.
As Formas Elementares da Vida Religiosa I.
17/03/10 Texto: E. Durkheim. As Formas Elementares da Vida Religiosa. Editora Abril Cultural,
São Paulo, 1973. (Livro I Cap. 1)
As Formas Elementares da Vida Religiosa II.
Texto: E. Durkheim. As Formas Elementares da Vida Religiosa.Editora Abril Cultural,
22/03/10 São
Paulo, 1973. (Livro II Cap. 1 e 7).
Primeiro Seminário em Sala de Aula
24/03/10 Textos de Durkheim e Mauss: “Algumas Formas Primitivas de Classificação”; As
Formas Elementares da Vida Religiosa.
O Método e a pesquisa em antropologia.
Texto: B. Malinowski. Argonautas do Pacífico Ocidental: um relato do empreendimento
29/03/10
e da aventura dos nativos nos arquipélagos da Nova Guiné Melanésia. Coleção os
Pensadores. São Paulo, Editora Abril, 1978. (Introdução)
A descrição dos Trobriendeses.
Texto: B. Malinowski. Argonautas do Pacífico Ocidental: um relato do empreendimento
31/03/10 e da aventura dos nativos nos arquipélagos da Nova Guiné Melanésia. Coleção os
Pensadores. São Paulo, Editora Abril, 1978. (Capítulos I e II).
A descrição do Kula.
Texto: B. Malinowski. Argonautas do Pacífico Ocidental: um relato do empreendimento
05/04/10
e da aventura dos nativos nos arquipélagos da Nova Guiné Melanésia. Coleção os
Pensadores. São Paulo, Editora Abril, 1978. (Capítulo III e XVII)
A dádiva I.
Texto: Marcel Mauss. “Ensaio sobre a Dádiva: forma e razão da troca nas sociedades
07/04/10
arcaicas”. In Marcel Mauss. Sociologia e Antropologia. São Paulo, Cosac & Naif, 2003.
(Pp. 185-264)
A dádiva II.
Texto: Marcel Mauss. “Ensaio sobre a Dádiva: forma e razão da troca nas sociedades
12/04/10
arcaicas”. In Marcel Mauss. Sociologia e Antropologia. São Paulo, Cosac & Naif, 2003.
(Pp. 264-314)
Universidade Federal de Minas Gerais
Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas
Departamento de Sociologia Antropologia
Curso de Ciências Sociais

SOA023 M- ANTROPOLOGIA II - 1º semestre de 2010


Segundo Seminário em Sala de Aula
14/04/10 Textos: B. Malinowski. Argonautas do Pacífico Ocidenta e Marcel Mauss. “Ensaio
sobre a Dádiva”.
19/04/10 Revisão
21/04/10 Feriado
26 e 28/04/2010 Semana das Profissões
03/05/10 Prova
Bruxaria e Feitiçaria I
05/05/10 Texto: E. E. Evans-Pritchard. Bruxaria, Oráculos e Magia entre os Azande. Rio de
Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2005. (Cap. 1, 2, 3, 4 e 6).
Bruxaria e Feitiçaria II
10/05/10 Texto: E. E. Evans-Pritchard. Bruxaria, Oráculos e Magia entre os Azande. Rio de
Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2005. (Cap. 8, 9, 11 e Apêndice 4).
Os Nuer I
12/05/10 Texto: E. E. Evans-Pritchard. Os Nuer. São Paulo: Editora Perspectiva, 1978.
(Introdução, Cap. 1 e 2).
Os Nuer II
17/05/10
Texto: E. E. Evans-Pritchard. Os Nuer. São Paulo: Editora Perspectiva, 1978. (Cap. 3 e 4)
Terceiro Seminário em Sala de Aula
19/05/10
Textos de E. E. Evans-Pritchard. Bruxaria, Oráculos e Magia entre os Azande e Os Nuer.
Estrutura e Função I.
24/05/10 Texto: A. R. Radcliffe-Brown. Estrutura e função na sociedade primitiva. Petrópolis,
Vozes, 1973. (Cap. 6)
Estrutura e Função II.
26/05/10 Texto: A. R. Radcliffe-Brown. Estrutura e função na sociedade primitiva. Petrópolis,
Vozes, 1973. (Cap. 9 e 10)
O Método Comparativo em Antropologia.
Texto: Radcliffe-Brown. “O método comparativo em Antropologia Social”. In Radcliffe-
31/05/10
Brown: Antropologia. São Paulo: Ática, 1978. Da coletânea Júlio Cezar Mellati (org.).
Grandes Cientistas Sociais, n. 3, pp. 43-58.
Sistemas de Parentesco I.
02/06/10 Texto: A. R. Radcliffe-Brown. “Introdução”. In Radcliffe-Brown e Daryll Forde.
Sistemas africanos de parentesco e casamento. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.
Quarto Seminário em Sala de Aula
Textos de A. R. Radcliffe-Brown Estrutura e função na sociedade primitiva; “O método
07/06/10
comparativo em Antropologia Social”; e “Introdução”. In Sistemas africanos de
parentesco e casamento.
Sistemas Políticos I. 1954
09/06/10 Texto: Edmund Leach. Sistemas Políticas da Alta Birmânia. São Paulo: Ed. da
Universidade de São Paulo, 1996. (Introdução, Cap. 1, 2 e 3)
Sistemas Políticos II.
14/06/10 Texto: Edmund Leach. Sistemas Políticas da Alta Birmânia. São Paulo: Ed. da
Universidade de São Paulo, 1996. (Cap. 6, 7, 10 e conclusão).
Quinto Seminário em Sala de Aula
16/06/10 Texto: Edmund Leach. Sistemas Políticas da Alta Birmânia. São Paulo: Ed. da
Universidade de São Paulo, 1996.
21/06/10 Revisão final
23/06/10 Prova final

Notas e sistema de avaliação: As provas são realizadas em sala de aula, com consulta. A leitura dos
textos será verificada na elaboração das provas escritas e fichamentos de dez textos (dois pontos para
cada fichamento). Os seminários serão avaliados pela apresentação em sala de aula em grupo. Avaliação
I (30p.); Seminário: (20p.); Avaliação II (30p.); Fichamentos (20p.).