Você está na página 1de 37

2019

2019
1
APRESENTAÇÃO
Bem-vindo(a) à disciplina TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO E ORGANIZAÇÕES! Esta é uma disciplina básica do
curso de Bacharelado em Administração, que trata das teorias organizacionais que têm uma interface com os
diversos cenários econômicos históricos e contemporâneos. Aborda conceitos essenciais à formação de todos
os gestores, uma vez que estuda os processos estruturais, funcionais e gerenciais, bem como sua correlação
com as estratégias de liderança e desenvolvimento profissional. Nesse sentido, apresenta um panorama de
abordagens teóricas que será aprofundado em outras disciplinas do curso, preparando e fundamentando a
compreensão do desenvolvimento organizacional e sua relação com a dinâmica mercadológica. Aqui serão
estudados os modelos administrativos de Taylor, Fayol, da Toyota, abordagens humanísticas,
comportamentais, sistêmicas e contingencial, além disso, serão abordadas tratativas de reengenharia,
aprendizagem organizacional, ética e demais temas emergentes da administração. A disciplina tem por
objetivo que os conhecimentos teóricos aprendidos fundamentem a prática na gestão, por isso, oferece
inúmeras oportunidades de discussão e planejamento de ações administrativas. Desse modo, você poderá
compreender melhor e se apropriar de práticas de ensino-aprendizagem úteis ao seu futuro cotidiano
profissional.

2
ORIENTAÇÕES ACADÊMICAS
Para tornar-se um profissional competente naquilo que faz, o mercado de trabalho exige que você mantenha
uma atitude de buscar aprender sempre, de modo cada vez mais ativo e autônomo. Pensando nisso, suas aulas
utilizam metodologias ativas, que buscam levá-lo(a) a envolver-se nas atividades e fomentar uma
aprendizagem realmente significativa. As aulas são estruturadas em 3 partes:

Todos esses momentos são importantes, pois constroem um todo planejado para que você compreenda e se
aproprie dos conhecimentos da disciplina. No entanto, isso não acontecerá de forma passiva: por melhor que
seja o plano de aula do professor ou sua didática, só VOCÊ pode construir seus conhecimentos. Por isso, é
essencial que você mantenha uma atitude positiva de aprendizagem, que se traduz em:

 Chegar no horário de início e ficar até o final da aula.


 Participar ativamente das propostas de trabalho de cada aula.
 Anotar as explicações e orientações do professor(a).
 Respeitar as opiniões divergentes de colegas ou do professor.
 Buscar fundamentar suas opiniões com dados científicos.
 Fazer os exercícios indicados como atividades extraclasse.

Além disso, organizamos um conjunto de orientações para ajudá-lo(a) a ir além do que você aprende nas aulas.
A seguir você encontrará uma ficha para cada aula, com indicações de sites, bibliografias e atividades para o
aprofundamento dos temas tratados em sala. Aproveite mais essa oportunidade de aprendizagem!

3
VOCÊ EM AÇÃO

4
SEMANA 1: Introdução à Teoria Geral da Administração

VERIFIQUE!
Prepare seus estudos! Nesta semana, você deverá ser capaz de:
 Compreender e identificar as principais Abordagens Administrativas;

PESQUISE!
Aprofunde seus estudos pesquisando na internet e consultando a bibliografia da disciplina sobre:
 História e evolução da administração. Disponível em < https://www.rhportal.com.br/artigos-rh/histria-e-
evoluo-da-administrao/ >

EXPERIMENTE!
Realize aplicações práticas sobre o que está aprendendo:
Construa um mapa mental fazendo relações históricas com o desenvolvimento das organizações. Tome nota
das datas, fatos e autores.

COLABORE!
Algumas perguntas chave ligadas às aulas dessa semana merecem sua atenção. O que acha de
discuti-las com os seus colegas?
Como a revolução industrial estimulou o estudo pelo comportamento organizacional?

ATIVIDADES DE APRENDIZAGEM
Questão:
A Teoria Científica da Administração tinha como ênfase:
a) A estrutura formal da empresa; a adoção de princípios administrativos pelos altos escalões e a definição
clara das funções administrativas.
b) Descentralização das decisões, salário s baixos e ausência de especialização.
c) Liderança, Motivação, Comunicação, Organização Informal e Dinâmica de Grupo.
d) A adoção de métodos racionais e padronizados, bem como a máxima divisão de tarefas.
e) O estudo do comportamento humano e dos fatores motivacionais e sua influência na Administração.

5
REFERÊNCIAS
CHIAVENATO, Idalberto. Teoria Geral da Administração: Abordagens Prescritivas e Normas. 7ª ed. São Paulo:
2014. Disponível em: Minha Biblioteca. Acesso em: 09 de outubro de 2017.
BARROS NETO, João P. Teorias da administração - curso compacto: manual prático para estudantes e
gerentes profissionais. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2002.

6
SEMANA 2: Abordagem Clássica: As premissas da Administração Científica

VERIFIQUE!
Prepare seus estudos! Nesta semana, você deverá ser capaz de:
• Apontar os princípios da Administração Científica;
• Identificar a relevância da organização racional do trabalho;
• Explicar o estudo da fadiga

PESQUISE!
Aprofunde seus estudos pesquisando na internet e consultando a bibliografia da disciplina sobre:
Assistir Tempos Modernos, é um filme de 1936 dos Estados Unidos do cineasta Charlie Chaplin em que o seu
famoso personagem "O Vagabundo" tenta sobreviver em meio ao mundo moderno e industrializado.

EXPERIMENTE!
Realize aplicações práticas sobre o que está aprendendo:
Que tal montar um mapa mental com o conteúdo desta semana? Aproveite a ferramenta POPPLET e registre
as informações principais dessa teoria. Quando concluir seu mapa, aproveite para compartilhar no mural do
blackboard.

COLABORE!
Algumas perguntas chave ligadas às aulas dessa semana merecem sua atenção. O que acha de
discuti-las com os seus colegas?
De que maneira é possível enxergar as contribuições da teoria administrativa de Taylor, formatada no fim do
século XIX, nas organizações de hoje?

7
ATIVIDADES DE APRENDIZAGEM
QUESTÃO: O estudo dos tempos e movimentos visava:
a) Decompor analiticamente e sinteticamente o trabalho dos operários, e recompô-lo empiricamente, para
obter um maior rendimento com o menor esforço e a maior remuneração possível.
b) Decompor analiticamente o trabalho dos operários, e recompô-lo sinteticamente, para obter um maior
rendimento com o menor esforço e a maior remuneração possível.
c) Decompor analiticamente o trabalho dos operários, visando racionalizá-lo e simplificá-lo, a fim de obter o
maior rendimento com o menor esforço e maior remuneração.
d) Decompor analiticamente o trabalho dos operários, visando racionalizá-lo e simplificá-lo por meio da crono
metria e da cronoanálise, para evitar perda de tempo e de movimento s, bem como de material.
e) Recompor analiticamente o trabalho dos operários, visando racionalizá-lo e simplificá-lo, a fim de eliminar
se possível a utilização desnecessária de máquin as e equipamentos.

REFERÊNCIAS
CHIAVENATO, Idalberto. Teoria Geral da Administração: Abordagens Prescritivas e Normas. 7ª ed. São Paulo:
2014. Disponível em: Minha Biblioteca. Acesso em: 09 de outubro de 2017. (Cap. 03)
GIL, Antonio Carlos. Teoria geral da administração: dos clássicos à pós-modernidade /– São Paulo: Atlas, 2016.
Disponível em: Minha Biblioteca. Acesso em: 09 de outubro de 2017. (Cap. 02)

8
SEMANA 3: A Escola Clássica da Administração

VERIFIQUE!
Prepare seus estudos! Nesta semana, você deverá ser capaz de:
 Identificar as funções básicas de uma empresa;
 Reconhecer a cadeia de comando e coordenação;
 Analisar as contribuições de Fayol na estruturação básica da organização.

PESQUISE!
Aprofunde seus estudos pesquisando na internet e consultando a bibliografia da disciplina sobre:
Você sabe quem foi Fayol, o grande personagem da teoria desta semana? Ele tinha apenas 19 anos quando
começou a trabalhar como engenheiro de minas na Compagnie de Commentry-Fourchambeau-Decazeville em
Commentry, por acaso, a mesma se encontrava a beira da falência. Em decorrência de seu trabalho como
gestor, a empresa ganhou um novo patamar de resutados, foi promovido a diretor em 1888, quando a
empresa já contava com cerca de 1000 funcionários, e manteve-se na posição até 1918. Então, fique atento,
o personagem desta semana tem muito a nos ensinar!
Disponível:http://www.historiadaadministracao.com.br/jl/gurus/52-jules-henri-fayol

EXPERIMENTE!
Realize aplicações práticas sobre o que está aprendendo:
Desenvolva um mapa mental contendo as principais características da escola clássica. Identifique quais foram
as descobertas de Fayol para tornar a organização mais eficaz.

COLABORE!
Algumas perguntas chave ligadas às aulas dessa semana merecem sua atenção. O que acha de
discuti-las com os seus colegas?
O francês Henri Fayol foi um dos primeiros a analisar a natureza da atividade empresarial e a definir as
principais atividades do gestor: planejar; organizar; comandar; coordenar; e controlar. Ele também sublinhou
a necessidade de cultivar qualidades de liderança. De que maneira a liderança pode ter influenciado no resgate
da fábrica em que Fayol trabalhava?

ATIVIDADES DE APRENDIZAGEM
Questão:
Segundo Henri Fayol, são princípios gerais da Administração:

9
a) Organização formal, social e informal.
b) Especialização, amplitude administrativa e treinamento.
c) Senso de direção, seleção e promoção de pessoas.
d) Unidade de comando, autoridade e responsabilidade.
e) Supervisão funcional, divisão do trabalho e competitividade.

REFERÊNCIAS
CHIAVENATO, Idalberto. Teoria Geral da Administração: Abordagens Prescritivas e Normas. 7ª ed. São Paulo:
2014. (Cap. 03)
GIL, Antonio Carlos. Teoria geral da administração: dos clássicos à pós-modernidade /– São Paulo: Atlas, 2016.
Disponível em: Minha Biblioteca. Acesso em: 09 de outubro de 2017. (Cap. 02)

10
SEMANA 4: A abordagem clássica da Administração

VERIFIQUE!
Prepare seus estudos! Nesta semana, você deverá ser capaz de:
 Identificar os pontos positivos e críticos de cada abordagem administrativa;
 Desenvolver o pensamento crítico em relação às aplicabilidades e limitações das abordagens de
Taylor e Fayol no âmbito das organizações.

PESQUISE!
Aprofunde seus estudos pesquisando na internet e consultando a bibliografia da disciplina sobre:
Cada autor, estudado até o momento, trouxe em suas abordagens um ou mais eixos estruturais da
administração. O primeiro, mais preocupado com o esforço gerado no processo produtivo; enquanto o
segundo se preocupou com a organização da empresa em si. Que tal pesquisar mais um pouco sobre o assunto
e enxergar os detalhes de cada abordagem? Leia um resumo sobre a abordagem clássica. Disponível em:
http://www.pgsskroton.com.br/seer/index.php/rcger/article/viewFile/2985/2802

EXPERIMENTE!
Realize aplicações práticas sobre o que está aprendendo:
É hora do show “One Minute”: experimente gravar um vídeo de um minuto falando sobre as principais
diferenças entre as premissas de Taylor e de Fayol. Não esqueça de compartilhar no blackboard. Para gravar
o vídeo, você pode utilizar as seguintes ferramentas: ANIMOTO, MOOVLY.

COLABORE!
Algumas perguntas chave ligadas às aulas dessa semana merecem sua atenção. O que acha de
discuti-las com os seus colegas?
Agora que você já depreendeu o olhar de cada autor e as características de cada teoria, explique qual das
abordagens foi mais colaborativa no período? Qual podemos dizer que seja mais importante?

ATIVIDADES DE APRENDIZAGEM
QUESTÃO:

Qual teoria da administração trata a motivação do trabalhador como sendo exclusivamente resultado da
recompensa salarial?

a) Burocracia b) Contingencial d) Relações Humanas

c) Administração Científica

11
e) Comportamental

REFERÊNCIAS
CHIAVENATO, Idalberto. Teoria Geral da Administração: Abordagens Prescritivas e Normas. 7ª ed. São Paulo:
2014. (Cap. 03)
GIL, Antonio Carlos. Teoria geral da administração: dos clássicos à pós-modernidade /– São Paulo: Atlas, 2016.
Disponível em: Minha Biblioteca. Acesso em: 09 de outubro de 2017. (Cap. 02)

12
SEMANA 5: Modelo Fordista de Produção

VERIFIQUE!
Prepare seus estudos! Nesta semana, você deverá ser capaz de:
 Compreender e identificar as aplicabilidades e limitações das abordagens voltadas para o sistema
produtivo;
 Comparar as técnicas e ferramentas desenvolvidas no taylorismo e fordismo.

PESQUISE!
Aprofunde seus estudos pesquisando na internet e consultando a bibliografia da disciplina sobre:
Você sabe quem foi Henry Ford? Mundialmente conhecido como o fundador da Ford Motor Company foi o
idealizador das modernas linhas de montagem utilizadas na produção em massa e se tornou uma das pessoas
mais ricas de sua época. Seu sistema de produção ficou conhecido como "fordismo", isto é, a produção em
massa de um grande número de automóveis barato utilizando a linha de montagem, associada a elevados
salários de seus trabalhadores. Com visão empreendedora, ele aperfeiçoou o sistema produtivo taylorista,
marcado pelo intenso compromisso de reduzir os custos resultou em muitas inovações técnicas e de negócios,
incluindo um sistema de franquia que punha uma concessionária em cada cidade da América do Norte, e nas
principais cidades em seis continentes. Disponível em:<
http://www.historiadaadministracao.com.br/jl/gurus/145-henry-ford>

EXPERIMENTE!
Realize aplicações práticas sobre o que está aprendendo:
Monte um mapa mental sobre os sistemas produtivos aprendidos na aula desta semana. Identifique as
principais características, mudanças e explique como esses sistemas ainda são utilizados até hoje. Ah! Não
esqueça de compartilhar, poste seu mapa no blackboard.

COLABORE!
Algumas perguntas chave ligadas às aulas dessa semana merecem sua atenção. O que acha de
discuti-las com os seus colegas?
Quais foram as evoluções desenvolvidas por Henry Ford em relação ao sistema taylorista?

ATIVIDADES DE APRENDIZAGEM
QUESTÃO:
A produção artesanal se diferencia em inúmeros aspectos da produção em escala. Quando se observa o
indivíduo trabalhando neste contexto, conclui-se que as características que estão associadas principalmente
à produção em escala são:

13
a) O padrão de produção, a motivação, a divisão do trabalho e a alienação do processo.
b) A divisão do trabalho, a especialização do indivíduo, o padrão de produção e a alienação do processo.
c) A especialização do indivíduo, a visão sistêmica, a máxima produtividade e o comprometimento.
d) A especialização do trabalho, a máxima produtividade, a visão sistêmica e o padrão de produção.
e) O planejamento estratégico, a divisão do trabalho, o tempo-padrão e a visão contingencial.

REFERÊNCIAS
CHIAVENATO, Idalberto. Teoria Geral da Administração: Abordagens Prescritivas e Normas. 7ª ed. São Paulo:
2014. (Cap. 03 e 04)
GIL, Antonio Carlos. Teoria geral da administração: dos clássicos à pós-modernidade /– São Paulo: Atlas, 2016.
(Cap. 02)
RIBEIRO, Antônjo de Lima. Teorias da Administração - 3ª Ed. São Paulo: Saraiva, 2016. (Cap. 03)

14
SEMANA 6: Abordagem Humanística da Administração

VERIFIQUE!
Prepare seus estudos! Nesta semana, você deverá ser capaz de:
 Compreender e identificar as principais Abordagens relativas a Escola de Relações Humanas;
 Compreender e identificar as aplicabilidades e limitações de tais abordagens no âmbito das organizações.

PESQUISE!
Aprofunde seus estudos pesquisando na internet e consultando a bibliografia da disciplina sobre:
Como surgiu a preocupação com o operário? Relação humana x trabalhador. Assunto interessante, leia mais
sobre Helton Mayo e descubra porque ele se tornou o grande autor desata abordagem. Disponível em: <
https://youtu.be/t8nKSu9RhGs>

EXPERIMENTE!
Realize aplicações práticas sobre o que está aprendendo:
Monte um mapa mental explicando sobre a teoria das relações humanas. Identifique os pontos observados
na relação entre o comportamento do trabalhador e seu desempenho.

COLABORE!
Algumas perguntas chave ligadas às aulas dessa semana merecem sua atenção. O que acha de
discuti-las com os seus colegas?
Explique quais foram as descobertas com a experiências de Hawthorne.

ATIVIDADES DE APRENDIZAGEM
QUESTÃO:
Ao salientar a correlação entre o nível de produção (eficiência) e a integração social dos empregados, a Teoria
das Relações Humanas quer dizer:
a) O nível de produção apresenta correlação negativa com a integração social, uma vez que quanto mais ligado
aos grupos sociais, menos o empregado produz.
b) O nível de produção aumenta com a integração social do indivíduo na família e no lar.
c) O nível de produção depende da integração de cada empregado aos grupos sociais que existem na empresa.
d) O nível de produção tem correlação muito pequena com a integração social do empregado, porquanto
depende da organização formal.

15
e) O nível de produção depende do grau de mecanização das organizações.

REFERÊNCIAS
ROBBINS, Stephen P.; Decenzo, David A.; Wolter, Robert M. A Nova Administração - 1ª ed. São Paulo: Saraiva,
2014. (Cap. 07)
RIBEIRO, Antonio Lima. Teorias da administração – 3. ed. – São Paulo: Saraiva, 2016. (cap. 5)

16
SEMANA 7: A Abordagem Estruturalista e o Modelo Burocrático da Administração

VERIFIQUE!
Prepare seus estudos! Nesta semana, você deverá ser capaz de:
 Compreender e identificar as principais Abordagens relativas ao modelo Burocrático;
 Compreender e identificar as aplicabilidades e limitações de tais abordagens no âmbito das organizações;
 Desenvolver pensamento crítico relacionado a tal abordagem.

PESQUISE!
Aprofunde seus estudos pesquisando na internet e consultando a bibliografia da disciplina sobre:
Você sabe o que é burocracia? Quais são as suas características? Assista ao vídeo abaixo que mostra um olhar
jornalístico sobre o sistema burocrático brasileiro e seus impactos. Disponível
em:https://youtu.be/5cEzG00J6mM.

EXPERIMENTE!
Realize aplicações práticas sobre o que está aprendendo:
Pense numa ação prática e simples que poderia ser utilizada para agilizar o sistema burocrático brasileiro ao
se criar uma empresa, por exemplo.

COLABORE!
Algumas perguntas chave ligadas às aulas dessa semana merecem sua atenção. O que acha de
discuti-las com os seus colegas?
Quais são os ruídos no sistema burocrático brasileiro? De que maneira nossas empresas poderiam ser mais
céleres e produtivas? Responda no fórum do blackboard.

17
ATIVIDADES DE APRENDIZAGEM
Questão:
Segundo Max Weber, a burocracia possui várias características importantes, entre elas:
I. Caráter legal das normas e regulamentos;
II. Caráter racional e divisão do trabalho;
III. Especialização da administração;
IV. Competência técnica e meritocracia;
V. Completa previsibilidade do funcionamento.
Associe essas características com as respectivas descrições a seguir:
( ) Na burocracia, tudo é estabelecido no sentido de prever antecipadamente todas as ocorrências e
rotinizar sua execução.
( ) A organização é ligada por normas e regulamentos estabelecidos previamente por escrito.
( ) A burocracia é uma organização na qual a escolha das pessoas é baseada no mérito e na competência
técnica e não em preferências pessoais.
( ) A burocracia é uma organização que se caracteriza por uma sistemática divisão racional do trabalho
visando os objetivos a serem atingidos.
( ) Cada funcionário da burocracia é um especialista, assalariado, ocupante de um cargo e segue carreira
dentro da organização.
Assinale abaixo a alternativa que identifica a associação correta:
a) III; IV; I; V; II. d) IV; II; V; III; I.
b) I; II; III; IV; V. e) V; I; IV; II; III.
c) V; III; IV; II; I.

REFERÊNCIAS
CHIAVENATO, Idalberto. Teoria Geral da Administração: Abordagens Prescritivas e Normas. 7ª ed. São Paulo:
2014. (Cap. 13 e 14)
GIL, Antonio Carlos. Teoria geral da administração: dos clássicos à pós-modernidade /– São Paulo: Atlas, 2016.
(Cap. 02)

18
SEMANA 8: Abordagem Neoclássica da Administração

VERIFIQUE!
Prepare seus estudos! Nesta semana, você deverá ser capaz de:
 Compreender e analisar a abordagem Neoclássica;
 Compreender e identificar as aplicabilidades e limitações de tais abordagens no âmbito das organizações.
 Desenvolver o pensamento crítico acerca da teoria Neoclássica.

PESQUISE!
Aprofunde seus estudos pesquisando na internet e consultando a bibliografia da disciplina sobre:
As ferramentas 5w2h e o check-list tornam a dinâmica do trabalho mais eficientes e fáceis de se controlar.
Vamos pesquisar mais sobre elas? Como posso utilizá-las? Disponível em:<
https://blog.ambracollege.com/ferramentas-de-gestao-essenciais/>

EXPERIMENTE!
Realize aplicações práticas sobre o que está aprendendo:
Com base nas ferramentas e técnicas estudadas sobre eficiência, organização e controle, adote uma delas e
aplique em seu dia-a-dia.

COLABORE!
Algumas perguntas chave ligadas às aulas dessa semana merecem sua atenção. O que acha de
discuti-las com os seus colegas?

Responda ao estudo de caso no blackboard:


O saguão está deserto. Fica fácil ouvir a conversa entre o gerente noturno do Marriott Long
Wharf Hotel em Boston e um hóspede que chegou tarde.

-“Sim, doutor Jones, nós o estávamos esperando. Sei que o senhor reservou três noites, mas sinto
informar que hoje o hotel está completamente lotado. Achávamos que um grande número de
hóspedes sairia hoje, mas isso não aconteceu. Onde é sua reunião amanhã?”
O médico informa o local da reunião.

-“É perto do Omni Parker House! Não é muito longe daqui. Vou ligar para lá e conseguir um quarto
para esta noite. Um momentinho só; volto já.”
Alguns minutos mais tarde o recepcionista volta com boas notícias.

19
-“Há um quarto no Omni Parker House disponível para o senhor, e é claro que a diária será por
nossa conta. Eu me encarrego de transferir para lá todos os telefonemas que o senhor receber
aqui. Eis uma carta que explicará a situação e acelerará seu registro e também meu cartão para
que o senhor possa ligar diretamente para mim aqui na recepção, se houver algum problema.”

O humor do hóspede estava passando da exasperação para a calma. Mas o recepcionista ainda não tinha
concluído o encontro. Ele abriu a caixa registradora e disse: “Eis duas notas de 5 dólares para pagar o táxi
daqui até o Parker House e o retorno amanhã de manhã. Nosso problema de falta de quartos é só por esta
noite e não amanhã. E eis aqui um vale de cortesia para seu café da manhã de amanhã, servido no quinto
andar do nosso hotel...e, mais uma vez, peço desculpas pelo ocorrido”.

Quando o médico estava saindo, o gerente da noite disse ao recepcionista. “Espere uns 15 minutos e ligue
para o hotel para ver se está tudo certo”.

Uma semana depois, ainda no período de pico para hotéis naquela cidade, o mesmo hóspede que ouviu a
conversa está em um táxi, dirigindo-se ao mesmo hotel. No caminho, ele comenta com seu companheiro o
grande episódio de recuperação de serviço que testemunhou na semana anterior. Eles chegaram ao hotel e
dirigiram-se à recepção para se registrarem.
Foram saudados com notícias inesperadas: “Desculpem-me senhores. Eu sei que os senhores reservaram
duas noites, mas hoje o hotel está completamente lotado. Onde é sua reunião amanhã?”
Os hóspedes trocaram um olhar de dúvida e informaram seus planos futuros ao recepcionista. “É perto do
Meridien. Vou ligar para lá e ver se consigo um quarto para esta noite.
Um momentinho só.” Quando o recepcionista sai, o hóspede que tinha comentado o caso diz:
“Aposto que ele voltará com uma carta e um cartão”.
Dito e feito, o recepcionista volta para dar a solução; não chegou a ser uma repetição robótica do roteiro,
mas todos os elementos do acontecido na semana anterior estavam presentes.

O hóspede percebeu que a iniciativa que ele havia testemunhado na semana anterior e pensava ser
exclusivamente do recepcionista era planejada – uma resposta predeterminada, mas que parecia
espontânea, para uma categoria específica de problema do cliente.

Apesar da ação planejada de recuperação ao cliente identifique o que está causando o problema de
reservas e de apresente uma solução eficiente para o caso.

20
ATIVIDADES DE APRENDIZAGEM
QUESTÃO:
Para Lawrence e Lorsch o processo de D.O. contém quatro etapas:
a) Levantamento da situação, planejamento da ação, implementação e avaliação.
b) Levantamento da situação, planejamento da ação, diferenciação e integração.
c) Levantamento da situação, implementação, integração e avaliação.
d) Levantamento da situação, planejamento da ação, implementação e integração.
e) Planejamento da ação, diferenciação, implementação e avaliação.

REFERÊNCIAS
CHIAVENATO, Idalberto. Teoria Geral da Administração: Abordagens Prescritivas e Normas. 7ª ed. São Paulo:
2014. (Cap. 08, 09, 10 e 11)
GIL, Antonio Carlos. Teoria geral da administração: dos clássicos à pós-modernidade /– São Paulo: Atlas, 2016.
(Cap. 10)

21
SEMANA 9: Administração Japonesa

VERIFIQUE!
Prepare seus estudos! Nesta semana, você deverá ser capaz de:
 Compreender e identificar a influência da administração japonesa na linha de produção;
 Analisar as ferramentas de controle de qualidade, redução de desperdícios.

PESQUISE!
Aprofunde seus estudos pesquisando na internet e consultando a bibliografia da disciplina sobre:
Você sabe o que é just in time? Essa expressão surgiu sob a influência japonesa na linha de produção. Enquanto
os americanos pensavem em produzir em massa, com os esforços voltados para o quantitativo apenas. Os
japoneses pensaram no cenário econômico recessivo e perceberam que seriam mais eficientes se produzissem
sobre demanda. Logo o produto seria finalizado com mais qualidade, em menos tempo e ocorreria menos
desperdício.
Para continuar com sua pesquisa, acesse o artigo disponível a seguir e aproveite para compreender quais sãos
as diferenças entre as outras teorias desenvolvidas para o sistema produtivo como o fordismo e o Toyotismo.
Disponível em: <file:///C:/Users/Juliana/Downloads/384-1334-1-PB.pdf>

EXPERIMENTE!
Realize aplicações práticas sobre o que está aprendendo:
Uma das ferramentas criadas a partir do Toyotismo foi a 5’s, experiemente utilizá-la em seus estudos ou
mesmo no seu ambiente de trabalho por um dia, e não esqueça de registrar e compartilhar com a turma.

COLABORE!
Algumas perguntas chave ligadas às aulas dessa semana merecem sua atenção. O que acha de
discuti-las com os seus colegas?
De que maneira a administração japonesa melhorou o olhar sobre a gestão em geral?

ATIVIDADES DE APRENDIZAGEM
Questão:
O método 5S (senso de utilização, ordenação, limpeza, saúde/higiene, autodisciplina) é uma ferramenta
utilizada em qual escola/teoria administrativa?
a) Clássica d) Burocracia
b) Fordismo e) Toytismo
c) Científica

REFERÊNCIAS

22
CHIAVENATO, Idalberto Administração nos novos tempos: os novos horizontes em administração / Idalberto
Chiavenato. – 3. ed. – Barueri, SP: Manole, 2014. (cap. 6 e 12)

MAXIMIANO, Antonio Cesar Amaru. Fundamentos da administração: introdução à teoria geral e aos
processos da administração. 3. ed. - Rio de Janeiro. (cap.7)

23
SEMANA 10: Abordagem Comportamental da Administração

VERIFIQUE!
Prepare seus estudos! Nesta semana, você deverá ser capaz de:
 Compreender e identificar a abordagem Behavorista;
 Compreender e identificar as aplicabilidades e limitações de tais abordagens no âmbito das organizações;
 Analisar as melhores abordagens administrativas a serem adotadas, de acordo com o perfil de cada
organização.

PESQUISE!
Aprofunde seus estudos pesquisando na internet e consultando a bibliografia da disciplina sobre:
Você sabe o que seja Pirâmide de Maslow? Para explicar o comportamento organizacional, a Teoria
Comportamental fundamenta-se no comportamento individual das pessoas. Para poder explicar como as
pessoas se comportam, torna-se necessário o estudo da motivação humana. Veja o que a empresa Apdata
faz para motivar seus colaboradores. Disponível em: < https://youtu.be/raEEZ-cYhmQ>

EXPERIMENTE!
Realize aplicações práticas sobre o que está aprendendo:
Segundo Maslow, psicólogo americano, responsável pela pirâmide que define uma hierarquia de necessidades
humanas a auto-realização é a que está no topo da pirâmide. Esta depende unicamente de cada indivíduo e
está relacionado com suas metas individuais e auto-motivação. Você já sabe quais são as suas metas para o
fim deste ano? Como está sua motivação? Separe agora 5 min do seu tempo e experimente refletir sobre um
objetivo e se automotivar para aucansá-lo.

COLABORE!
Algumas perguntas chave ligadas às aulas dessa semana merecem sua atenção. O que acha de
discuti-las com os seus colegas?
Considerando o contexto estressante de promover a mobilidade urbana, explique como uma empresa de
transportes públicos pode estimular/motivar seus colaboradores para que tenham melhor desempenho e
trabalhem mais motivados? Deixe sua resposta no fórum!

ATIVIDADES DE APRENDIZAGEM
QUESTÃO:
As teorias X e Y de Douglas M. McGregor comparam dois estilos op ostos de administrar: de um lado um estilo
baseado na teoria tradicional, mecanicista e pragmática (Teoria X ) e de outro, um estilo baseado nas
concepções modernas da visão comportamentalista (Teoria Y). Diante do exposto, identifique a seguir com
um X as pressuposições da Teoria X e com Y as pressuposições da Teoria Y.
( ) O trabalho físico ou mental é uma atividade tão natural como outra qualquer.

24
( ) O homem pode ser automotivado e autodirigido.
( ) O homem é indo lente e preguiçoso por natureza. (homem econômico).
( ) O homem é esforçado e gosta de ter o que fazer.
( ) O ho mem caracteriza -se pela falta de ambição, evita assumir responsabilidades, a fim de se sentir mais
seguro.
A sequência CORRETA é:
a) Y, X, X, Y, Y c) Y, Y, X, Y, X e) X, X, Y, X, X
b) Y, X, Y, X, Y d) X, Y, X, X, Y

REFERÊNCIAS
CHIAVENATO, Idalberto. Teoria Geral da Administração: Abordagens Prescritivas e Normas. 7ª ed. São Paulo:
2014. (Cap. 15)

25
SEMANA 11: Abordagem Sistêmica na Administração

VERIFIQUE!
Prepare seus estudos! Nesta semana, você deverá ser capaz de:
 Compreender e identificar as principais Abordagens Administrativas;
 Compreender e identificar as aplicabilidades e limitações de tais abordagens no âmbito das organizações.

PESQUISE!
Aprofunde seus estudos pesquisando na internet e consultando a bibliografia da disciplina sobre:
 Indicação de leitura do artigo disponível em:
https://revista.enap.gov.br/index.php/RSP/article/view/310/316.

EXPERIMENTE!
Realize aplicações práticas sobre o que está aprendendo:
Use o enfoque sistêmico para analisar um sistema de educação profissional. Por exemplo, sua graduação.
Identifique as entradas (os alunos etc.), os processos (aulas etc.) e as saídas (formação, empregabilidade etc.).
Identifique outros componentes nas fronteiras do sistema (mercado de trabalho, legislação sobre educação
etc.). Note que as saídas podem ser entendidas como objetivos do sistema.

COLABORE!
Algumas perguntas chave ligadas às aulas dessa semana merecem sua atenção. O que acha de
discuti-las com os seus colegas?
Use o enfoque sistêmico para analisar um sistema de educação profissional. Por exemplo, sua graduação.
Identifique as entradas (os alunos etc.), os processos (aulas etc.) e as saídas (formação, empregabilidade
etc.). Identifique outros componentes nas fronteiras do sistema (mercado de trabalho, legislação sobre
educação etc.). Note que as saídas podem ser entendidas como objetivos do sistema.

ATIVIDADES DE APRENDIZAGEM
Com relação à mudança organizacional e à abordagem sistêmica da administração, analise as assertivas
abaixo.

I. Empresas que se mantêm fortes e competitivas por longos períodos não se preocupam com questões
de mudanças em seus processos. Afinal, êxito no passado assegura êxito no futuro.

II. Quando a mudança de cultura se torna inevitável, a empresa deve seguir independentemente das
resistências que serão encontradas, sendo uma das maiores resistências o forte apoio da administração

26
superior para implantar mudanças.

III. O foco da abordagem sistêmica é a interação da organização com o ambiente.

IV. Uma das características do sistema organizacional aberto é a entropia negativa.

É correto o que se afirma em


a) I e II, apenas. c) II e IV, apenas. e) III e IV, apenas.
b) III, apenas. d) II, apenas.

REFERÊNCIAS
MARTINELLI, Dante P., VENTURA, Carla A. A. Visão Sistêmica e Administração – São Paulo, Saraiva, 2005.
(Cap.01)
RIBEIRO, Antônio de Lima. Teorias da Administração - 3ª Ed. São Paulo: Saraiva, 2016. (Cap. 09)

27
SEMANA 12: Abordagem Contingencial

VERIFIQUE!
Prepare seus estudos! Nesta semana, você deverá ser capaz de:
 Compreender e identificar a Teoria da Contingência;
 Compreender e identificar as aplicabilidades e limitações de tais abordagens no âmbito das organizações.

PESQUISE!
Aprofunde seus estudos pesquisando na internet e consultando a bibliografia da disciplina sobre:
 Indicação de leitura: PAPEL DA CONTROLADORIA NA ADEQUAÇÃO ÀS CONTINGÊNCIAS AMBIENTAIS DAS
AGROINDÚSTRIAS DE CARNE E DERIVADOS LISTADAS NA BOVESPA. Disponível
em:<http://200.131.250.22/revistadae/index.php/ora/article/view/736/420>

EXPERIMENTE!
Realize aplicações práticas sobre o que está aprendendo:
Uma das ferramentas aprendidas no processo de qualidade contínua é a 5s, que tal experimentá-la? Aplique
esta ferramenta em seu processo de estudos.

COLABORE!
Algumas perguntas chave ligadas às aulas dessa semana merecem sua atenção. O que acha de
discuti-las com os seus colegas?
Pensando no processo de melhoria contínua, vamos pensar na experiência de transporte público urbano.
Situação de atendimento dos funcionários, conforto para os cidadãos, limpeza do ambiente, segurança e
agilidade no transporte. De que maneira a experiência com o transporte público poderia ser melhorada?

ATIVIDADES DE APRENDIZAGEM

28
As boas decisões de desenho organizacional devem resultar em estruturas de apoio que satisfaçam as
demandas da situação e permitam que todos os recursos sejam usados com melhor vantagem. Entre os fatores
contingenciais que devem receber atenção gerencial estão:
a) ambiente, tecnologia, tamanho organizacional, ciclo de vida organizacional e pessoas.
b) ambiente, mercado, tamanho organizacional, obsolescência e concorrentes.
c) obsolescência, tecnologia, concorrentes, ciclo de vida organizacional e produtos.
d) concorrentes, produtos, tamanho organizacional, produtos e pessoas.
e) produtos, tecnologia, mercado, ciclo de vida organizacional e obsolescência.

REFERÊNCIAS
RIBEIRO, Antônio de Lima. Teorias da Administração - 3ª Ed. São Paulo: Saraiva, 2016. (Cap. 12).
GIL, Antônio Carlos. Teoria geral da administração: dos clássicos à pós-modernidade /– São Paulo: Atlas, 2016.
(Cap. 05).

29
SEMANA 13: Administração por Objetivos

VERIFIQUE!
Prepare seus estudos! Nesta semana, você deverá ser capaz de:
 Distinguir entre a teoria neoclássica e a Administração por Objetivos
 Estabelecer conexão direta entre os incentivos intrínsecos e o desempenho.

PESQUISE!
Aprofunde seus estudos pesquisando na internet e consultando a bibliografia da disciplina sobre:
 Indicação de leitura do artigo: PREPARO E ADMINISTRAÇÃO DE MEDICAMENTOS: ERROS COMETIDOS PELA
EQUIPE DE ENFERMAGEM. Disponível
em:<http://www.sbrafh.org.br/rbfhss/public/artigos/2014050205000528BR.pdf>.

EXPERIMENTE!
Realize aplicações práticas sobre o que está aprendendo:
Dentre as várias ferramentas apresentadas nesta aula estão os planos estratégicos, táticos e operacionais.
Que tal montar um plano operacional? Pode ser profissional ou de estudo.

COLABORE!
Algumas perguntas chave ligadas às aulas dessa semana merecem sua atenção. O que acha de
discuti-las com os seus colegas?
Quais foram as contribuições que a referida teoria proporcionou para a prática da administração pelas
organizações?

ATIVIDADES DE APRENDIZAGEM
O precursor da Administração por Objetivos (APO) foi:
a) Henry Mintzberg
b) Peter Drucker
c) Frederick Taylor
d) Henri Fayol

REFERÊNCIAS
CHIAVENATO, Idalberto. Teoria Geral da Administração: Abordagens Prescritivas e Normas. 7ª ed. São Paulo:
2014. (Cap. 08, 09, 10 e 11)
GIL, Antônio Carlos. Teoria geral da administração: dos clássicos à pós-modernidade /– São Paulo: Atlas, 2016.
(Cap. 03)

30
SEMANA 14: Reengenharia e downsizing

VERIFIQUE!
Prepare seus estudos! Nesta semana, você deverá ser capaz de:
 Compreender e identificar as aplicabilidades da reengenharia e downsizing

PESQUISE!
Aprofunde seus estudos pesquisando na internet e consultando a bibliografia da disciplina sobre:
Indicação do artigo: Mudança Organizacional. Disponível em:
http://read.adm.ufrgs.br/edicoes/pdf/artigo_161.pdf.

EXPERIMENTE!
Realize aplicações práticas sobre o que está aprendendo:
Escreva uma resenha crítica sobre as mudanças organizacionais vistas no artigo indicado acima.

COLABORE!
Algumas perguntas chave ligadas às aulas dessa semana merecem sua atenção. O que acha de
discuti-las com os seus colegas?
Terceirização quais são os aspectos positivos e negativos do novo contexto de trabalho?

ATIVIDADES DE APRENDIZAGEM
É uma técnica de mudança organizacional, drástica e dramática, que procura substituir a focalização nas
funções – a velha estrutura funcional e hierárquica – pela focalização nos processos. O seu segredo está em
acentuar os processos organizacionais mais importantes, que integram blocos de trabalho que a organização
precisa realizar para atender ao cliente. Trata-se da(o)

a) Empowerment. c) Outsourcing. e) Terceirização.

b) downsizing. d) Reengenharia.

REFERÊNCIAS
MENDONÇA, J. R. C. de; VIEIRA, M. N. F.. Fundamentos para Análise do Downsizing como Estratégia de
Mudança Organizacional. Disponível em: http://read.adm.ufrgs.br/edicoes/pdf/artigo_161.pdf. Acesso em:
10/05/2016

31
32
SEMANA 15: Organizações de Aprendizagem

VERIFIQUE!
Prepare seus estudos! Nesta semana, você deverá ser capaz de:
 Identificar os aspectos da aprendizagem que interferem no desempenho do individuo e da organização.
 Apontar as técnicas necessárias para implementar conhecimento organizacional.

PESQUISE!
Aprofunde seus estudos pesquisando na internet e consultando a bibliografia da disciplina sobre:
Organizações que desenvolvem uma cultura de aprendizagem organizacional alavancam sua competitividade,
garantem a qualidade na prestação de serviços e ainda fideliza/motiva o colaborador. Veja o exemplo da Veja
SA Transporte Urbano. Disponível em: https://youtu.be/gDGNXnAEUPs.

EXPERIMENTE!
Realize aplicações práticas sobre o que está aprendendo:
Existem várias maneiras de aprimorar o aprendizado, os treinamentos, aulas e palestras são os mais
convencionais. Mas também existem recursos tecnológicos que nos permitem promover o
autodesenvolvimento. Experimente pesquisar no google maneiras de se autodesenvolver profissionalmente.

COLABORE!
Algumas perguntas chave ligadas às aulas dessa semana merecem sua atenção. O que acha de
discuti-las com os seus colegas?
Qualificar e motivar, são as ações desenvolvidas na prática do desenvolvimento do capital humano. Como
criar uma cultura de aprendizagem contínua na empresa?

ATIVIDADES DE APRENDIZAGEM
A gestão do conhecimento no âmbito hospitalar contribui para compreender como os recursos intangíveis
podem melhorar os processos produtivos. Sobre esse tema, cabe ao administrador hospitalar assegurar
a:
a) transferência de conhecimentos através da rejeição de medidas que garantam a implementação de
conteúdos específicos em gestão da clínica.
b) situação de experimentação, alegando a responsabilidade sobre o controle dos experimentos e,
simultaneamente, cerceando a criatividade com punições por eventuais fracassos.
c) transferência de conhecimentos, para expandir o aprendizado de forma rápida e eficiente por toda a
organização.
d) análise dos sucessos e fracassos da organização, avaliando-os sistematicamente e restringindo os
ensinamentos que não obtiveram êxito na experimentação.

33
e) situação de experimentação com o objetivo de evitar a incorporação da inovação na gestão hospitalar.

REFERÊNCIAS
JONES, Gareth R.; George, Jennifer M. Fundamentos da Administração Contemporânea. 4. Ed. – Porto
Alegre. AMGH, 2012. (cap. 3)

ANTONELO, Claudia Simone. Aprendizagem Organizacional no BrasilL. Porto Algre: Bookman, 2011. (cap. 4)

34
SEMANA 16: Temas Emergentes em Administração

VERIFIQUE!
Prepare seus estudos! Nesta semana, você deverá ser capaz de:
 Interpretar o novo papel do administrador frente ao ambiente globalizado;
 Aplicar as ferramentas de diagnóstico organizacional
 Avaliar os recursos tecnológicos como oportunidades e ameaças por meio da interpretação do
comportamento organizacional.

PESQUISE!
Aprofunde seus estudos pesquisando na internet e consultando a bibliografia da disciplina sobre:

35
EXPERIMENTE!
Realize aplicações práticas sobre o que está aprendendo:

36
Experimente um momento de autorreflexão sobre seu comportamento enquanto profissional, que tipo de
gestor/líder você pretende ser?

COLABORE!
Algumas perguntas chave ligadas às aulas dessa semana merecem sua atenção. O que acha de
discuti-las com os seus colegas?
Uma das questõ es gerenciais mais importantes que surgiram nos últimos 30 anos é a diversidade cada vez
maior da força de trabalho. Diversidade diz respeito à s diferenças entre as pessoas com relaçao ̃ a idade,
sexo, raça, etnia, religião, orientação sexual, condições socioeconô micas, educação, experiência, aparência
fi ́sica, capacidades/incapacidades e outras caracteri ́sticas. Como é possível administrar essa diversidade de
modo justo e aumentar a eficácia organizacional?

ATIVIDADES DE APRENDIZAGEM
Julgue o item a seguir, a respeito da ética nas organizações.

A ética na organização está diretamente ligada à forma como estão estabelecidos critérios de
comportamento para todos os colaboradores. Entretanto, adotar padrões eticomorais muito elevados
pode afetar os custos organizacionais.
( ) Certo ( ) Errado

REFERÊNCIAS
SCHERER, Felipe Ost. Gestão da inovação na prática: como aplicar conceitos e ferramentas para alavancar a
inovação. – 2. ed. – São Paulo: Atlas, 2016.
JONES, Gareth R.; George, Jennifer M. Fundamentos da Administração Contemporânea. 4. Ed. – Porto
Alegre. AMGH, 2012. (cap. 3)

37