Você está na página 1de 2

Unid.

I – EDUCAÇÃO A DISTÃNCIA E POLÍTICAS DE FORMAÇÃO


TEMPEESTADE DE PALAVRAS: elaborando nuvem de palavras
Data de proposição da atividade: 30 de julho 2018.
Data de apresentação em sala de aula: 13 de agosto 2018.
Nota: de 0,0 a 10,0 - Peso: 01
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO SERIDÓ
DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO
CURSO DE PEDAGOGIA
Disc.: EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA
Profª Drª TÂNIA CRISTINA MEIRA GARCIA

Tempestade de palavras
(Criando nuvem de palavras)

O objetivo dessa atividade é levar você a ter contato com um conjunto inicial de palavras que farão parte do universo das
discussões em Educação a Distância. Para isso você deverá fazer uma ampla pesquisa nos mais diferentes meios de acesso às
informações, e buscar uma definição ou conceituação para cada uma das palavras listadas a seguir. Atente para que essa
conceituação, assim como sua fonte, seja referenciada, devendo, portanto, ser uma conceituação acadêmica.

Elabore um glossário ilustrado com os termos e conceitos sugeridos. O glossário deve ter caráter didático pedagógico adequado
e direcionado para um curso ou oficina de formação de professores do Ensino Fundamental. Utilize uma linguagem objetiva,
clara e didática.

Feito isso você deverá utilizar o recurso que disponibilizo, via web, para formar uma nuvem de palavras a partir do conjunto de
termos ou expressões apresentado nessa orientação de atividade.

Ao elaborar a nuvem de palavras você deverá dar destaque aquela (s) que, na sua compreensão, tem maior importância no seu
atual contexto de aprendizagem. A nuvem que você criará deverá ser apresentada em sala de aula, através do uso de explicação
conceitual e de justificativa da elaboração da mesma no modelo apresentado!

1. TEMPESTADE DE PALAVRAS

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA; PLATAFORMA DE ENSINO; AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM; MOODLE; EDUCAÇÃO ON-
LINE; NATIVO DIGITAL E IMIGRANTE DIGITAL; REDE; WEB; CIBERESPAÇO; E-LEARNING; MÍDIA; LETRAMENTO DIGITAL;
TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO; COMUNIDADE VIRTUAL.

2. CRIANDO UMA NUVEM DE PALAVRAS

Para quem nunca fez uma nuvem de palavras, segue abaixo o passo a passo:

2.1 Acesse o site wordle.net (ele está em inglês, mas é fácil de usar, não requer registro para uso necessitando apenas
da instalação do desenvolvedor JAVA no computador);
2.2 Clique na palavra Create, da frase “Creat your own”;
2.3 Digite ou cole o texto que gerará a nuvem de palavras dentro da caixa indicada. Se você quiser que as palavras
alguma frase e/ou expressão se mantenham juntas, coloque um til (~) entre elas. Depois disso, clique em Go;
2.4 Mude a letra, o layout e a cor da sua nuvem. Para fazer isso, você pode:
 Fazer automaticamente, clicando em Randomize, na parte inferior da tela;
 Fazer manualmente, usando a barra de ferramentas que aparece sobre a sua nuvem.
 Em Font, você muda o estilo da sua letra; em Layout, você ajusta se quer na horizontal, vertical etc.; e em
Color, você tem a possibilidade de escolher outras cores para a sua nuvem de palavras.
2.5 Clique em Save, para salvar sua nuvem na galeria de imagens do site e copiar o link de acesso a ela. Aparecerá uma
janela para você colocar o título da sua nuvem e o seu nome, mas estes campos não são obrigatórios (embora
facilite a busca no site depois).
Unid. I – EDUCAÇÃO A DISTÃNCIA E POLÍTICAS DE FORMAÇÃO
TEMPEESTADE DE PALAVRAS: elaborando nuvem de palavras
Data de proposição da atividade: 30 de julho 2018.
Data de apresentação em sala de aula: 13 de agosto 2018.
Nota: de 0,0 a 10,0 - Peso: 01
2.6 Se você quiser salvá-la em seu computador, faça um Print Screen (Aperte a tecla “Print Screen” do seu teclado,
depois abra o Paint, aperte ctrl+v e salve o arquivo onde desejar).

3. ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DO GLOSSÁRIO

3.1 O glossário deverá ter linguagem clara e objetiva de modo a facilitar a compreensão e a aprendizagem.
3.2 Os termos e/ou expressões devem ser apresentados obedecendo a ordem alfabética.
3.3 Utilize ilustrações que sejam significativas e tenham relação com o conceito e/ou definição proposto por você.
3.4 Quanto à estrutura siga o modelo sugerido a seguir:
 Capa: contendo informações padrão a um cabeçalho (instituição, centro de ensino, curso, disciplina, nome dos
autores do glossário). Coloque a nuvem de palavras elaborada.
 Introdução: o texto dessa introdução deve ser informativo. Use linguagem clara e objetiva. Informe ao leitor
(professores do ensino fundamental) sobre o conteúdo do seu glossário e como deve ser lido e utilizado.
 Objetivo: abaixo do texto da introdução apresente um objetivo de aprendizagem.
 Corpo do glossário: organizado em ordem alfabética incluindo os conceitos ou definições e as ilustrações.
 Referencias: indicando a fonte dos conceitos ou definições bem como das ilustrações.

OBS: O glossário deverá ser alimentado ao longo do semestre com novas palavras e/ou expressões, devendo ser
entregue uma versão final ao término do semestre.

Profª Tânia Cristina