Você está na página 1de 34

Manual de Instruções para Compressores

portáteis de parafusos rotativos

XAS360 CUd - XAS420 CUd -


XATS360 CUd - XAHS360 CUd -
XAS430 CUd - XATS380 CUd -
XAVS300 CUd - XAMS400 CUd

Importante

1. Este manual aplica-se exclusivamente aos compressores XAS360 CUd - XAS420 CUd -
XATS360 CUd - XAHS360 CUd - XAS430 CUd - XATS380 CUd - XAVS300 CUd -
XAMS400 CUd a partir do seguinte número de série: BRP060003

N° 0015 0002 72 - 03/09

Web-site: http://www.atlascopco.com.br
Este Manual de Operação mostra como os Compressores portáteis XAS360 CUd, XAS420 CUd, XATS360 CUd, XAHS360 CUd, XAS430
CUd, XATS380 CUd, XAVS300 CUd eXAMS400 CUd devem ser operados para assegurar o máximo de economia operacional e vida útil.
Antes de iniciar a operação do compressor, leia atentamente e cuidadosamente este Manual. Isto é um pré-requisito muito importante, para que
a máquina receba manutenção adequada desde o princípio de seu funcionamento. O programa de manutenção deste manual contém um resumo
das ações necessárias para manter o compressor em boas condições. Os procedimentos de manutenção são simples, mas devem ser executados
regularmente.
Tenha este Manual sempre a mão e siga cuidadosamente as instruções nas inspeções maiores e nos recondicionamentos periódicos. Registre em
um diário de operação, o tempo de funcionamento, manutenções efetuadas, consumo de óleo diesel, óleos lubrificantes, reparos,
recondicionamentos, etc.
Os trabalhos de reparo devem ser feitos por pessoal especialmente treinado existente em todos os Centros de Ar Comprimido Atlas Copco.
Os motores diesel fabricados pela Cummins devem ser atendidos pela rede autorizada para Assistência Técnica em todo o Brasil.
Quando forem necessárias informações suplementares às contidas neste Manual, entre em contato com a Atlas Copco.
Com essa unidade é fornecido um Manual de Operação (compressor e motor diesel) e lista de sobressalentes para o compressor. Em toda
correspondência referente a este compressor especialmente no pedido de peças sobressalentes, sempre mencione o número de série da unidade
gravado na plaqueta de identificação fixada no compressor. Ao solicitar peças sobressalentes para o motor, é indispensável mencionar o seu
número de série, a qual se encontra gravado no bloco do motor diesel.
A ATLAS COPCO se reserva o direito de fazer modificações sem prévio aviso.

ÍNDICE
1. Precauções de segurança ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○
3 4.6 Especificações relativas ao óleo ○ ○ ○ ○ ○ ○ 22
1.1 Introdução ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○
3 4.7 Especificações do líquido de refrigeração ○ ○
22
1.2 Precauções de segurança gerais ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○
3 4.8 Verificação do nível de óleo ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○
22
1.3 Normas de segurança durante o 4.8.1 Verificação do nível de óle do motor ○ ○
22
transpórte e instalação ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○
4 4.8.2 Verificação do nível de óle do
1.4 Normas de segurança durante a compressor ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○
22
utilização e funcionamento ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○
5 4.9 Substituição do filtro de óleo ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ 23
1.5 Segurança durante a manutenção e reparo ○ ○
6 4.9.1 Substituição do óleo e do filtro
1.6 Segurança na utilização de ferramentas ○ ○ ○
8 de óleo do motor ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ 23
1.7 Precauções de segurança específicas ○ ○ ○ ○
8 4.9.2 Substituição do óleo e do filtro
2. Particularidades Importantes 8 de óleo do compressor ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○
23
4.9.3 Enchimento om óleo do compressor 23
○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

2.1 Descrição geral 8


○ ○

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

4.10 Limpeza dos resfriadores 24


2.2 Etiquetas de informação e de sinalização 10
○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

○ ○ ○

2.3 Peças principais 11


5. Procedimentos de Ajuste e Manutenção 25
○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

2.4 Sistema de regulagem do compressor 11


○ ○ ○ ○ ○

○ ○ ○ ○

5.1 Ajuste do sistema de regulgem contínua 26


2.4.1 Visão geral 11
○ ○

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

5.2 Filtro de ar do motor / compressor 26


2.4.2 Fluxo de ar 12
○ ○ ○ ○ ○

5.2.1 Peças principais 26


○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

2.4.3 Sistema de óleo 13


○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

5.2.2 Substituir o elemento do filtro e


○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

2.4.4 Sistema de regulagem contínua 14


o elemento de segurança 26
○ ○ ○ ○
○ ○ ○ ○ ○ ○

2.5 Sistema elétrico 15


5.2.3 Reservatório de ar 26
○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

5.3 Sistema de combustível 26


3. Instruções de Operação 16
○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

5.3.1 Sistema de combustível - preparação 27


3.1 Instruções de estacionamento, reboque e
○ ○

5.3.2 Substitua o elemento do filtro 27


elevação do compressor 16
○ ○ ○ ○

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

5.4 Válvula de segurança 27


3.1.1 Instruções de estacionamento 16
○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

5.5 Ajuste do freio 28


○ ○ ○ ○

3.1.2 Instruções de reboque 17


○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

5.5.1 Verifique o ajuste do cabo de freio 28


○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

3.1.3 Instruções de elevação 18


○ ○

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

3.2 Antes de iniciar 18


6. Solução de Problemas 31
○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

3.3 Partida / Parada ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ 19 ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

3.3.1 Painel de controle 19


7. Dados Técnicos 31
○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

3.3.2 Durante a operação 19


○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

7.1 Valores de torque 31


○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

4. Manutenção 20 7.1.1 Para aplicações gerais ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ 31


7.1.2 Para conjuntos importantes 31
○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

4.1 Responsabilidade 20
○ ○ ○ ○ ○

7.2 Especificações gerais, limites de corte 32


○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

4.2 Kit de assistência 20 ○ ○ ○ ○

7.3 Dados principais 32


○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

4.3 Jogos de manutenção 20 ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

7.4 Dimensional 32
○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

4.4 Armazenagem ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ 20 ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

4.5 Tabela de manutenção preventiva para


o compressor ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ 20
2 0015 0002 72
1 Precauções de segurança complexas no equipamento.
De uma forma geral, recomenda-se que a máquina não seja
utilizada por um número superior a dois operadores. A
1.1 Introdução existência de mais operadores poderá criar condições de
utilização perigosas. Tome as medidas necessárias no sentido
A política da Atlas Copco baseia-se no fornecimento de de impedir o acesso de pessoas estranhas à máquina e eliminar
produtos eficazes, seguros e confiáveis aos seus clientes. Os todas as causas de perigo relacionadas com a máquina.
fatores a serem observados são, entre outros: Quando os mecânicos manusearem, utilizarem, abrirem e/ou
• a utilização planejada e prevista dos produtos e os res- efetuarem quaisquer tarefas de manutenção ou reparo do
pectivos ambientes de utilização, equipamento da Atlas Copco, deverão aplicar procedimentos
• regras, códigos e regulamentos aplicáveis, seguros e respeitar todos os regulamentos e regras de
• a vida útil prevista para o produto, tendo em conta a segurança locais. A lista seguinte apresenta diretivas e
assistência e manutenção adequadas, precauções de segurança especiais aplicáveis ao equipamento
• fornecimento de atualizações do manual. da Atlas Copco.

Antes de utilizar qualquer produto, deverá ler o respectivo Estas precauções de segurança são aplicáveis a maquinaria de
manual de instruções. Além de apresentar instruções de processamento ou de consumo de ar. O processamento de
utilização detalhadas, o manual fornece ainda informações outro gás exige precauções de segurança adicionais adequadas
sobre normas de segurança, manutenção preventiva, etc. à aplicação em causa e que não são aqui incluídas.
A não observância das precauções de segurança poderá
Mantenha sempre o manual junto da máquina, de modo a
colocar em perigo não só as pessoas mas também o ambiente
facilitar o seu acesso aos respectivos operadores.
e as máquinas:
Consulte ainda as precauções de segurança relativas ao motor
• colocar pessoas em perigo devido a acidentes elétricos,
e a outro tipo de equipamento, que tenham sido enviadas
mecânicos ou químicos,
separadamente ou que sejam mencionadas no equipamento
• colocar o ambiente em perigo devido a fugas de óleo,
ou peças da máquina.
solventes ou outras substâncias,
Estas precauções de segurança são instruções gerais, mas, às • colocar as máquinas em perigo devido a falhas nas suas
vezes, poderão não ser aplicáveis a determinada máquina. funções.

Apenas os funcionários que possuam a especialização A Atlas Copco não assume qualquer responsabilidade por
adequada deverão utilizar, efetuar ajustes e proceder à quaisquer danos ou ferimentos resultantes do não
manutenção ou reparo do equipamento da Atlas Copco. É da cumprimento destas precauções ou da falta de cuidado
responsabilidade da direção a nomeação de operadores que necessária para o manuseamento, utilização, manutenção ou
possuam a formação e especialização adequadas para cada reparo, mesmo que não expressa neste manual de instruções.
tarefa.
O fabricante não assume qualquer responsabilidade por
Nível de especialização 1: Operador eventuais danos decorrentes da utilização de peças que não
Um operador deverá ter recebido formação sobre todos os genuínas, ou de quaisquer modificações, acrescentos, ou
aspectos relativos à utilização da máquina e dos respectivos conversões efetuados no compressor, sem o consentimento
comandos, devendo também conhecer os aspectos relativos à prévio, por escrito, do fabricante.
segurança.
Se qualquer instrução deste manual não respeitar as
Nível de especialização 2: Técnico de mecânica legislações locais, deverá ser aplicada a indicação mais segura.
Um técnico de mecânica deverá não só ter recebido uma As instruções apresentadas nestas precauções de segurança
formação idêntica à do utilizador, mas também formação sobre não deverão ser interpretadas como sugestões,
a manutenção e reparo, descritas no manual de instruções, e recomendações ou interferências utilizadas na violação de
poderá alterar os valores do sistema de controle e segurança. quaisquer leis ou regulamentos aplicáveis.
Um técnico de mecânica não executa tarefas em componentes
elétricos.
1.2 Precauções de segurança gerais
Nível de especialização 3: Técnico de eletricidade
Um técnico de eletricidade possui formação e qualificações
1 O proprietário é responsável pela manutenção da má-
idênticas às de um utilizador e técnico de mecânica. O técnico
quina, conservando-a em perfeitas condições de fun-
de eletricidade deverá ainda proceder a reparos elétricos no
cionamento. As peças e acessórios da máquina deverão
interior da máquina. Estas operações incluem tarefas em
ser substituídos, caso tenham sido extraviádas ou se
componentes elétricos ativos.
encontrem danificados, prejudicando o correto funciona-
Nível de especialização 4: Especialista do fabricante mento do aparelho.
Trata-se de um especialista enviado pelo fabricante, ou um
2 O supervisor, ou pessoa responsável, deverá certificar-se
seu agente, para execução de reparos ou modificações
sempre de que todas as instruções referentes às máqui-
0015 0002 72 3
nas e ao funcionamento e manutenção do equipamento dem aumenta o risco de acidentes.
são seguidas e de que as máquinas, assim como todos os
acessórios, dispositivos de segurança e consumíveis, 15 Quando efetuar qualquer tarefa na máquina, utilize
se encontram em perfeitas condições, não apresentando vestuário de segurança, que deverá variar em função
desgaste, danos ou sinais de qualquer intervenção não do tipo de atividades levadas a cabo: proteções para
autorizada. os olhos e ouvidos, capacete (incluindo visor), luvas,
vestuário e sapatos adequados. Evite o cabelo longo e
3 Sempre que suspeitar ou houver indícios de um sobre- descoberto (proteja o cabelo longo com uma rede para
aquecimento numa peça interna da máquina, deverá cabelo), as roupas largas ou a utilização de jóias.
desligá-la, mas evite retirar qualquer cobertura de
inspeção até que tenha decorrido um período suficiente 16 Tome todas as precauções contra a deflagração de in-
de resfriamento; desta forma poderá evitar o risco de cêndios. Tome cuidado quando manusear combustível,
combustão espontânea do vapor de óleo, quando da óleo e anti-congelante uma vez que estas substâncias
entrada de ar. são inflamáveis. Não fume nem permita a utilização de
chamas perto destas substâncias. Verifique se existe um
4 As especificações normais (pressões, temperaturas, extintor de incêndios nas proximidades.
velocidades, etc.) deverão ser marcadas de forma dura-
doura.
1.3 Normas de segurança durante o transporte e
5 Deverá utilizar a máquina apenas para a função especi-
ficada e cumprindo as especificações definidas (pressão, instalação
temperatura, velocidades, etc.).
Para levantar a máquina, todas as peças soltas ou articuladas,
6 As máquinas e o equipamento deverão encontrar-se por exemplo, as portas e a barra de reboque, deverão ser fixadas
sempre limpos, ou seja, isentos de óleo, poeira ou outros corretamente.
resíduos.
Não ligue cabos, correntes ou cordas diretamente ao suporte
7 Para evitar um aumento da temperatura de funcionamento
de suspensão; utilize um gancho ou outro tipo de suporte que
deverá inspecionar e limpar regularmente as superfícies
respeite os regulamentos de segurança locais. Nunca dobre
de transferência de calor (aletas de refrigeração, dispo-
bruscamente os cabos, correntes ou cordas de suspensão.
sitivos de refrigeração internos, camisas de água, etc.).
Consulte o item 4.5 Tabela de manutenção preventiva É estritamente proibido circular na zona de perigo abaixo de
para o compressor uma carga suspensa. Nunca suspenda a máquina sobre
pessoas ou zonas residenciais. A aceleração e desaceleração
8 Todos os dispositivos de regulagem e de segurança
da carga deverão respeitar os limites de segurança.
deverão ser inspecionados com o devido cuidado, ga-
rantindo o seu correto funcionamento, nunca devendo 1 Antes de rebocar a máquina:
ser desativados.
• assegure-se que o(s) reservatório(s) de pressão estão
9 Deverá tomar muito cuidado para não danificar válvulas despressurizados,
de segurança e outros dispositivos concebidos para • verifique a barra de reboque, o sistema de freio e a tomada
aliviar a pressão, evitando especialmente os bloqueios de reboque. Verifique ainda as ligações efetuadas no
devido à presença de tinta, óleo ou acumulo de sujeira, veículo de reboque,
que poderiam interferir com o funcionamento do dispositivo. • verifique as capacidades de reboque e freio do veículo
de reboque,
10 A precisão dos indicadores de pressão e temperatura • verifique se a barra de reboque, a roda ou o suporte se
deverá ser verificada regularmente, devendo proceder- encontram corretamente bloqueados, na posição superior,
se à sua substituição sempre que os valores obtidos não • certifique-se de que o suporte de reboque roda livremente
respeitarem as tolerâncias aceitáveis. no gancho,
11 Os dispositivos de segurança deverão ser testados da • verifique se as rodas se encontram bem fixas, os pneus
forma descrita na tabela de manutenção do manual de em boas condições e com a pressão correta,
instruções, de modo a determinar as suas condições de • ligue o cabo ou a corrente de segurança ao veículo de
funcionamento.Consulte o item 4.5 Tabela de manutenção reboque,
preventiva para o compressor. • retire os calços das rodas, se necessário, e desengate o
freio de estacionamento.
12 Deverá respeitar as marcações e etiquetas postas na
máquina. 2 Para rebocar uma máquina, utilize um veículo de rebo-
que, de grande capacidade. Consulte a documentação
13 Se as etiquetas de segurança se encontrarem danificadas do veículo de reboque.
ou destruídas, deverão ser substituídas, de modo a
garantir a segurança do utilizador. 3 Se a unidade tiver de ser recuada, utilizando o veículo de
reboque, desengate o mecanismo de travagem secundário
14 Mantenha a zona de trabalho limpa e arrumada. A desor- (se o mecanismo não for automático).
4 0015 0002 72
4 Nunca ultrapasse a velocidade máxima de reboque para atmosfera exterior utilizando um tubo de diâmetro sufi-
a máquina em questão (consulte os regulamentos locais). ciente; esta operação deverá ser realizada de forma a que
não seja criada uma pressão excessiva no motor. Se neces-
5 Coloque a máquina numa superfície nivelada e engate o sário, deverá instalar um exaustor. Cumpra todos os regula-
freio de estacionamento antes de desengatar a máquina mentos locais existentes. Certifique-se de que a máquina
do veículo de reboque. Desengate o cabo ou corrente de possui uma entrada de ar suficiente para realizar a opera-
segurança. Se a máquina não possuir um freio de esta- ção. Se necessário, efetue a montagem de dutos de ar
cionamento ou outro suporte, deverá ser imobilizada adicionais.
através da utilização de calços na frente e/ou atrás das
rodas. Nos casos em que a barra de reboque puder ser 3 Quando efetuar operações em ambientes carregados de
colocada na vertical, o dispositivo de bloqueio deverá partículas, coloque a máquina de forma a evitar o retorno
ser utilizado e mantido em boas condições. de partículas através da ação do vento. A utilização da
máquina em ambientes isentos de poeiras prolonga
6 Para levantar peças pesadas, deverá utilizar um suporte significativamente os intervalos previstos para a limpeza
de grande capacidade, testado e aprovado de acordo dos filtros de entrada de ar e dos núcleos dos sistemas
com os regulamentos locais. de refrigeração.
7 Os ganchos e suportes, etc. de suspensão nunca deverão
ser dobrados e a pressão apenas deverá ser exercida 4 Feche a válvula de saída de ar do compressor antes de
sobre o seu eixo de carga. A capacidade do dispositivo ligar ou desligar uma mangueira. Certifique-se de que
de suspensão diminui quando a força de suspensão é esta se encontra completamente despressurizada antes
exercida de forma angular em relação ao eixo de carga. de a desligar. Antes de aplicar ar comprimido a uma man-
gueira ou tubulação de ar, certifique-se de que a extre-
8 Para obter a máxima segurança e eficácia do mecanismo midade aberta se encontra bem segura e de que não se
de suspensão, todos os membros de suspensão devem poderá soltar, provocando ferimentos.
estar o mais próximo possível da posição perpendicular.
Se necessário, deverá ser colocada uma barra entre o 5 A tubulação de ar ligada à válvula de saída deverá ser
suporte e a carga. protegida com um cabo de segurança, ligado à válvula.
9 Nunca abandone uma carga quando esta se encontrar 6 Não deverá aplicar qualquer força externa sobre as vál-
suspensa no suporte. vulas de saída de ar, por exemplo, puxando as mangueiras
ou instalando equipamento auxiliar diretamente na vál-
10 O suporte terá de ser instalado de forma a que o objeto
vula (ex: um separador de água, um dispositivo de lubri-
suspenso se encontre na perpendicular. Se tal não acon-
ficação) etc. Não pise as válvulas de saída de ar.
tecer, terá de tomar as precauções necessárias para evitar
que a carga balance, por exemplo, através da utilização 7 Nunca desloque uma máquina quando as tubulações
de dois suportes, colocados aproximadamente no mesmo externas ou mangueiras se encontrarem ligadas a válvulas
ângulo, não ultrapassando os 30° em relação à posição de saída, de modo a evitar danificar as válvulas, o tubo
vertical. de distribuição e as mangueiras.
11 Coloque a máquina longe das paredes. Tome todas as 8 Não utilize ar comprimido fornecido por um compressor
precauções necessárias para garantir que o ar prove- antes de tomar todas as medidas de segurança adicionais
niente das saídas de ar quente do motor e dos sistemas referentes à respiração do utilizador uma vez que este
de refrigeração da transmissão não volte a ser utilizado. procedimento poderá provocar ferimentos ou mesmo a
Se permitir a circulação deste ar, poderá provocar um morte. Para manter a qualidade do ar respirável, o ar
sobreaquecimento da máquina; se permitir a entrada comprimido deverá ser purificado corretamente, cumprindo
deste ar na zona de combustão, reduzirá a potência do a legislação local e as normas aplicáveis. O ar respirável
motor. deverá ser fornecido mantendo uma pressão adequada e
estável.
12 Antes de deslocar o compressor, desligue-o.
9 A tubulação de distribuição e as mangueiras de ar deverão
possuir um diâmetro correto e adequar-se à pressão de
1.4 Normas de segurança durante a utilização e trabalho. Nunca utilize mangueiras estriadas, danificadas
funcionamento ou deterioradas. Substitua as mangueiras e tubulações
flexíveis antes que o seu tempo de vida útil termine. Uti-
lize apenas o tipo e dimensão de terminais de mangueira
1 Quando a máquina tiver de ser utilizada num ambiente
e ligações corretas.
sujeito a incêndios, cada um dos tubos de escape do motor
terá de possuir um eliminador de faíscas, de modo a evitar 10 Se tiver de utilizar o compressor para limpeza com areia
o risco de incêndio. ou tiver de ser ligado a um sistema de ar comprimido
comum, monte uma válvula de bloqueio adequada (vál-
2 Os gases de escape contêm monóxido de carbono, que é vula de retenção) entre a saída do compressor e o sistema
um gás letal. Quando a máquina for utilizada num espaço de ar comprimido ou limpeza. Cumpra as indicações rela-
fechado, deverá conduzir os gases de escape para a tivas à posição/direção de montagem corretas.
0015 0002 72 5
11 Antes de retirar o tampão para abastecimento de óleo, descritivas sobre a composição do ruído existente neste
certifique-se de que a pressão é liberada, abrindo uma local, o qual deverá possuir um aviso especial em cada
válvula de saída de ar. uma das entradas.

12 Nunca retire a tampa de abastecimento do sistema de refri- 18 A unidade é composto de peças nas quais o pessoal
geração quando o motor se encontrar quente. Aguarde possa, inadvertidamente, tocar e as quais podem atingir
até que o motor tenha resfriado. uma temperatura que possa ultrapassar 80 °C (176 °F).
Nunca deverá retirar o isolamento ou resguardos destas
13 Nunca abasteça a máquina com combustível enquanto o peças até que as mesmas tenham resfriado.
motor se encontrar em funcionamento. Mantenha o com-
bustível longe de peças quentes, como por exemplo, 19 Nunca utilize a máquina numa zona onde se verifique o
tubos de saída de ar ou o escape do motor. Não fume risco de absorção de vapores tóxicos ou inflamáveis.
enquanto estiver efetuando o abastecimento. Se utilizar
uma bomba automática, deverá ligar um cabo terra à 20 Se o processo de trabalho produzir vapores, poeira ou
máquina, de forma a descarregar a eletricidade estática. vibrações, etc., tome as precauções necessárias para a
Nunca derrame, nem deixe óleo, combustível, líquido de eliminação do risco de ferimentos.
refrigeração ou agentes de limpeza, na máquina ou em
redor da mesma. 21 Quando utilizar gás comprimido ou inerte para limpar o
equipamento faça-o com alguma precaução e utilize dis-
14 Todas as portas deverão ser fechadas durante o fun- positivos de proteção adequados (pelo menos proteções
cionamento da máquina, de forma a não impedir o fluxo para os olhos). Não aplique gás comprimido ou inerte
de ar no interior da zona de trabalho e/ou tornar os dis- sobre a pele, nem dirija o fluxo de ar ou gás para outras
positivos para redução do ruído ineficazes. Apenas será pessoas. Nunca utilize essas substâncias para retirar a
permitido manter as portas abertas por curtos períodos sujeira das suas roupas.
de tempo, por exemplo, durante a realização de tarefas de
inspeção ou ajuste. 22 Quando efetuar a lavagem de peças com um solvente de
limpeza, verifique se são cumpridos os procedimentos
15 Execute as tarefas de manutenção periodicamente, respei- de ventilação relevantes e utilize os dispositivos de pro-
tando a tabela de manutenção. teção adequados, como por exemplo, filtros para respiração,
óculos de segurança, avental de borracha e luvas, etc.
16 Deverão ser colocados resguardos fixos em todas as
peças rotativas ou móveis, que não se encontrem devida- 23 A utilização de sapatos de segurança deverá ser obriga-
mente protegidas e que possam tornar-se perigosas para tória em qualquer local de trabalho e se existir qualquer
o pessoal. As máquinas nunca deverão ser colocadas risco, mesmo que pequeno, de queda de objetos, deverá
em funcionamento quando esses resguardos tiverem ser incluída a obrigatoriedade de utilização de um capacete.
sido retirados, até que estes voltem a ser montados. 24 Se existir qualquer risco de inalação de gases, vapores
17 O ruído, mesmo em níveis aceitáveis, provoca irritação e ou poeiras perigosas, deverá proteger os órgãos respira-
incômodo que, após longos períodos de exposição, tórios e, dependendo da natureza do perigo, os olhos e a
poderá favorecer o surgimento de lesões graves ao nível pele.
do sistema nervoso dos seres humanos. Quando o nível
de ruído num local de trabalho for: 25 Lembre-se de que onde existir poeira visível, também se
verificará a existência de partículas mais finas e invisíveis;
• inferior a 70 dB(A): não necessita de tomar qualquer no entanto, o fato de a poeira não ser visível não é in-
medida, dicativo de que essas partículas mais perigosas não se
• superior a 70 dB(A): deverão ser fornecidos dispositivos encontrem no ar.
de proteção (EPI) contra o ruído ao pessoal que se en-
contre permanentemente no local, 26 Nunca utilize a máquina com pressões ou velocidades
• inferior a 85 dB(A): não é necessário tomar qualquer me- inferiores ou superiores aos limites impostos nas espe-
dida em relação a visitas ocasionais, desde que a sua cificações técnicas.
duração seja curta,
• superior a 85 dB(A): este local deverá ser classificado
como uma zona perigosa, pelo que deverá colocar um 1.5 Segurança durante a manutenção e reparo
aviso em cada uma das entradas, alertando as pessoas
que desejem entrar no local, mesmo por curtos períodos As tarefas de manutenção, abertura e reparo apenas deverão
de tempo, de que deverão utilizar dispositivos de prote- ser executadas por pessoal especializado e, se necessário, sob
ção (EPI) para os ouvidos, a supervisão de alguém qualificado para a tarefa.
• superior a 95 dB(A): o(s) aviso(s) colocado(s) na(s) entra-
da(s) deverá(ão) ser acompanhado(s) pela recomendação 1 Utilize apenas as ferramentas adequadas para as tarefas
de que as visitas ocasionais também deverão utilizar de manutenção e reparo, e verifique se estas se encon-
dispositivos de proteção (EPI) para os ouvidos, tram em bom estado.
• superior a 105 dB(A): deverão ser fornecidos dispositivos
de proteção (EPI) especiais para os ouvidos e informações 2 As peças apenas deverão ser substituídas por peças
6 0015 0002 72
sobressalentes genuínas da Atlas Copco. como por exemplo, combustível, óleo e agentes de limpeza.
Se o material de isolamento acústico se encontrar danifi-
3 Todo o trabalho de manutenção, além das tarefas de cado, substitua-o, de forma a evitar qualquer aumento
rotina, apenas deverá ser executado quando a unidade do nível de ruído.
se encontrar desligada. Deverão ser tomadas todas as
medidas necessárias para evitar qualquer partida aciden- 14 Utilize apenas os lubrificantes recomendados ou apro-
tal. Deverá ainda ser colocado um aviso com a legenda vados pela Atlas Copco ou pelo fabricante da máquina.
“em manutenção; não ligar” no equipamento de partida. Certifique-se de que os lubrificantes selecionados respeitam
Nas máquinas que possuam motor, deverá desligar e os regulamentos de segurança, em especial, os relativos
retirar a bateria ou cobrir os terminais com tampas de ao risco de explosão ou de incêndio e à possibilidade de
isolamento. No caso de máquinas elétricas, o interruptor decomposição ou criação de gases perigosos. Nunca
principal deverá ser bloqueado na posição aberta e os misture lubrificantes sintéticos e minerais.
fusíveis deverão ser retirados. Deverá ser colocado um
aviso com a legenda “em manutenção; não ligar a corrente” 15 Proteja o motor, alternador, filtro de entrada de ar, compo-
na caixa de fusíveis ou no interruptor principal. nentes elétricos e de regulagem, etc., de modo a evitar a
entrada de umidade, por exemplo, quando recorrer à
4 Antes de desmontar qualquer componente pressurizado, limpeza a vapor.
deverá isolar o compressor ou equipamento de todas as 16 Quando efetuar qualquer operação que implique calor,
fontes de pressão e retirar a pressão de todo o sistema. chamas ou faíscas, deverá proteger os componentes
Não confie inteiramente nas válvulas de bloqueio (vál- circundantes com material não inflamável.
vulas de verificação) para isolar os sistemas de
pressão. Deverá ainda colocar um aviso com a legenda 17 Nunca utilize uma chama para iluminar o interior de uma
“em manutenção; não abrir” na extremidade das válvulas máquina.
de saída.
18 Desligue o grampo da bateria antes de iniciar qualquer
5 Antes de abrir um motor ou outra máquina, ou antes de trabalho de manutenção elétrica ou trabalho de solda
proceder a reparos mais complexos, atue de forma a (rode o interruptor da bateria para a posição “desligado”
que as peças móveis não possam rodar ou mover-se. se for caso disso).

6 Certifique-se de que não ficam ferramentas, peças soltas 19 Quando tiver completado os reparos, a máquina deverá
ou pedaços de pano no interior da máquina. Nunca deixe efetuar uma rotação de verificação, no caso de uma cadeia
pedaços de pano ou roupas soltas perto da zona de entra- de máquinas, ou diversas rotações, no caso de máquinas
da de ar do motor. rotativas, de modo a garantir que não existe qualquer
interferência mecânica na máquina ou no sistema de
7 Nunca utilize solventes inflamáveis para fins de limpeza transmissão. Verifique a direção de rotação dos motores
(risco de incêndio). elétricos quando ligar a máquina pela primeira vez e, se-
guidamente, após qualquer alteração nas ligações elétricas
8 Tome todas as precauções de segurança contra os va- ou mudança de engrenagens, de modo a verificar se a
pores tóxicos dos líquidos de limpeza. bomba de óleo e a ventoinha funcionam corretamente.

9 Nunca utilize as peças das máquinas como apoios para 20 As tarefas de manutenção e reparao de todas as máqui-
o ajudar na subida. nas deverão ser registadas no livro de registo do operador.
A freqüência e natureza das manutenções poderá revelar
10 Efetue todas as limpezas escrupulosamente durante a condições de utilização incorretas.
manutenção e reparo. Evite a sujeira e cubra as peças e 21 Quando tiver de manusear peças quentes, por exemplo,
aberturas expostas com um tecido limpo, papel ou fita. na montagem por dilatação, deverá utilizar luvas espe-
ciais, resistentes ao calor e, se necessário, deverá também
11 Nunca efetue solda, nem execute qualquer tarefa que en- utilizar outras proteções para o corpo.
volva calor perto dos sistemas de lubrificação ou combus-
tível. Antes de executar esse tipo de operação, os tanques 22 Quando utilizar equipamento de filtragem com cartucho,
de combustível e óleo deverão encontrar-se completa- certifique-se de que utiliza o tipo de cartucho correto e
mente vazios, por exemplo, por meio de uma lim- que o período de vida útil do produto não foi ultrapassado.
limpeza a vapor. Nunca efetue a solda, nem modifique,
vasos de pressão. Desligue os cabos do alternador du- 23 Certifique-se de que o óleo, solventes e outras substân-
rante qualquer solda efetuada na máquina. cias susceptíveis de poluir o ambiente são corretamente
eliminadas.
12 Verifique se a barra de reboque e o(s) eixo(s) se encontra(m)
bem apoiado(s) quando efetuar qualquer tarefa sob a 24 Antes de voltar a utilizar a máquina após uma tarefa de
manutenção ou reparo, verifique se as pressões, tempe-
máquina ou quando substituir uma roda. Não confie intei-
raturas e velocidades de funcionamento são as corretas
ramente nos macacos.
e se os dispositivos de controle e desligamento funcionam
13 Não retire, nem altere o material de isolamento acústico. corretamente.
Mantenha esse tipo de material livre de sujeira e líquidos,
0015 0002 72 7
1.6 Segurança na utilização de ferramentas ções especificadas em cima e de acordo com as especifica-
ções. Por razões de segurança ficam proibidas quaisquer
Utilize a ferramenta adequada para cada tarefa. Se souber qual outras aplicações.
a ferramenta que deverá utilizar e as suas limitações, muitos
acidentes poderão ser evitados. 3 Devem ser respeitadas as exigências da legislação nacio-
nal no que diz respeito ás re-inspeções.
Encontram-se disponíveis algumas ferramentas de manutenção
especiais para tarefas específicas, que deverão ser utilizadas 4 Não é permitido qualquer tipo de solda ou tratamento
quando necessário. A utilização destas ferramentas permitirá térmico ás paredes destes vasos que estejam sujeitos a
economizar tempo e evitar danos nas peças. pressão.

5 Os vasos devem estar equipados com os equipamentos


1.7 Precauções de segurança específicas de segurança necessários tais como manômetro, dispo-
sitivos de controle de sobrepressão, válvula de segu-
Baterias rança, etc.

6 O dreno dos condensados deve ser efetuado regularmente


Quando efetuar a manutenção de baterias, deverá utilizar quando o vaso está em uso.
sempre roupas e óculos de proteção.
7 Não devem ser alterados desenho nem a instalação.
As baterias utilizadas no equipamento são livres de
manutenção, mas como informação geral, observar a seguinte 8 Os parafusos e as falanges não devem ser usados para
operação para baterias convencionais: fixações extras.
1 O eletrólito nas baterias é uma solução de ácido sulfúrico,
a qual é fatal se cair nos seus olhos, e provoca queima- Válvulas de segurança
duras em contato com a pele. Portanto seja cuidadoso
ao manusear baterias,como por exemplo, ao verificar as Todos os ajustes e reparos deverão ser efetuados por um
condições de carga. representante autorizado do fornecedor de válvulas.

2 Instale um aviso proibindo fogo, chama viva ou fumar no


local onde as baterias são carregadas.
3 Quando as baterias estão com carga forma-se uma mis-
tura explosiva de gases nos elementos que poderão esca- 2 Particularidades importantes
par através dos orifícios de respiração dos bujões. Assim,
pode-se formar uma atmosfera explosiva á volta da bateria
se a ventilação for deficiente, que pode permanecer dentro
e na vizinhança da bateria por várias horas após a carga.
2.1 Descrição geral
Portanto:
• nunca fume perto de baterias á carga ou que tenham O XAS360/420 Cud é um compressor silenciado, helicoidal, de
sido recentemente carregadas, estágio simples com injeção a óleo, e que foi concebido para
• nunca corte circuitos em tensão nos terminais da ba- uma pressão de trabalho efetiva nominal de 6,9 bar (100 psi),
teria, porque normalmente se forma uma faísca. 10 bar (150 psi) ou 12 bar (175 psi) dependendo do seu modelo.

4 Quando ligar uma bateria auxiliar (AB) em paralelo com • Motor


a bateria do compressor (CB) com cabos de partida: ligue O compressor é acionado por um motor diesel refrigerado
o pólo + de AB ao pólo + de CB, depois o pólo - de CB a ar.
amassa do compressor. Desligar na ordem inversa. A potência do motor é transmitida ao elemento de com-
pressor através de um acoplamento reforçado.
Reservatórios de pressão (de acordo com a NR13)
• Compressor
Exigências para manutenção e instalação: A caixa do compressor que está montada em mancais de
roletes e em rolamentos de esferas, contém dois rotores
1 O vaso pode ser usado como depósito ou como separador de tipo parafuso. O rotor macho acionado pelo motor
e é desenhado para armazenar ar comprimido para as aciona o rotor fêmea. O compressor fornece ar livre de
seguintes aplicações: impulsos. O óleo injetado é utilizado para os fins de
• depósito para compressor, vedação, resfriamento e de lubrificação.
• mistura AR/ÓLEO,
• opera de acordo com a chapa de especificações do depósito: • Sistema do óleo do compressor
• pressão máxima de trabalho ps em bar (psi), O óleo é impulsionado pelo ar comprimido. O sistema
• temperatura máxima Tmáx em °C (°F), não tem nenhuma bomba de óleo. O óleo é retirado do ar
• temperatura mínima de pressão Tmín em °C (°F), no recipiente de ar/óleo, em primeiro lugar pela força
• capacidade do depósito V em l (US gal, Imp gal, cu.ft.) centrífuga e em segundo lugar pelo elemento de separação
do óleo. O reservatório está equipado com um indicador
2 O vaso de pressão deve ser usado apenas para aplica- de nível do óleo.
8 0015 0002 72
• Regulagem de refrigeração, mais sensor de nível de água de refri-
O compressor está equipado com um sistema de regulagem geração e combustível. (**)
contínua e com uma válvula de descarga que está inte-
grada no conjunto do descarregador. A válvula encontra- • Estrutura e eixo
se fechada durante o funcionamento da máquina devido A unidade do compressor/motor é apoiada por amortece-
à pressão da entrada de ar, sendo aberta por ação da dores de borracha na estrutura.
pressão de ar que entra através do compressor quando A unidade standard possui uma barra de reboque ajustável,
este é desligado. Quando o consumo de ar aumenta, com freios de estacionamento.
diminuirá a pressão do reservatório de ar e vice-versa. A • Carenagem
variação da pressão do reservatório é detectada pela A carenagem possui aberturas nas extremidades perfila-
válvula reguladora que, através de meios de controle do das dianteira e traseira de modo a possibilitar a entrada e
fornecimento de ar para o descarregador e através de um saída do ar de refrigeração, bem como portas especialmente
regulador pneumático da velocidade do motor, iguala o articuladas que facilitam as operações de manutenção e
débito de ar ao consumo de ar. A pressão do ar do reser- assistência. A carenagem encontra-se internamente
vatório é mantida entre a pressão de trabalho pré- revestida com material absorvente de som.
selecionada e a pressão de descarga correspondente.
• Olhal de içamento
• Sistema de resfriamento Quando a pequena porta no topo da unidade está desblo-
O motor está equipado com um radiador e com um queada tem-se acesso a um olhal de içamento.
intercooler(*) e o compressor está equipado com um
resfriador de óleo. (Para obtenção de informações deta- • Painel de controle
lhadas sobre as opções disponíveis, consultar o capítulo O painel de controle contém todos os instrumentos ne-
7, Opções disponíveis). O ar utilizado no resfriamento é cessários para monitoramento de pressões e tempera-
produzido a partir de um ventilador acionado pelo motor. turas, bem como os controles de liga/desliga e luzes de
indicação.
• Dispositivo de segurança
Um termostato protege o compressor contra o sobre- • Placa de dados
aquecimento. O reservatório de ar encontra-se equipado O compressor possui uma placa de dados que mostra o
com uma válvula de segurança. tipo, número de série e a pressão de trabalho máxima do
O motor encontra-se equipado com sensores de corte de equipamento, localizada no chassi.
baixa pressão do óleo e temperatura excessiva do líquido

(*) Somente para versões XATS, XAHS e XAS 420.


(**) Opcional
0015 0002 72 9
2.2 Etiquetas de informação e de sinalização

Saída de gases perigosos.

Perigo, superfície quente.

Perigo de eletrocussão.

Manual de instruções.

Leia o manual de instruções antes de efetuar trabalho na bateria.

Fusível de restabelecimento.

Botão ligar / desligar.

Probição de abrir as válvulas de ar sem as mangueiras ligadas.

Direção de rotação.

Entrada.

Saída.

Drenagem do óleo do compressor.

Leia o manual de instruções antes de iniciar.

Manutenção.

Não funcione o compressor com as portas abertas.

Elevação permitida.

Use só diesel.

5,2 bar (75,4 psi) Pressão nos pneus.

Leia o manual de instruções antes do levantamento.

Ponto de serviço.

Em caso de acoplamento é necessária a posição horizontal da barra de tração

10 0015 0002 72
2.3 Peças principais

Consultar a lista de peças, que contém a vista explodida dos conjuntos, sua designação e localização.

2.4 Sistema de regulagem do compressor

2.4.1 Visão geral

AFce Filtro do ar (elemento compressor) OFce Filtro de óleo do compressor


AFe Filtro do ar (motor) OFe Filtro de óleo do motor
AOV Válvulas de saída do ar OLG Indicador do nível do óleo
AR Reservatório do ar / Separador de óleo OS Elemento separador de óleo
BV Válvula by-pass termostática do resfriador de óleo OSV Válvula de retenção de óleo
CE Elemento compressor PG Manômetro de trabalho
CV Válvula de retenção de ar PGar Manômetro reservatório de ar
DPar Plug de drenagem, separador de óleo RPS Sensor da Pressão de Comando
DPcv Plug de drenagem, resfriador de óleo RV Válvula de regulagem
E Motor SR Regulador de velocidade
F Ventoinha SV Válvula de segurança
FP Plug de abastecimento de óleo TV Válvula de admissão
LV Solenóide de carga VI Indicador de restrição do filtro de ar
MPV Válvula de pressão mínima VO Válvula de recirculação
OC Resfriador de óleo W Válvula de ventilação

0015 0002 72 11
2.4.2 Fluxo de ar

O ar que passa através do filtro de ar (AFce) para o elemento de compressor (CE) é comprimido. Na saída do elemento, o ar
comprimido e o óleo passam para o reservatório de ar/separador de óleo (AR/OS).

A válvula de retenção de ar (CV) evita que o ar comprimido volte para trás quando o compressor é parado. No reservatório de ar/
separador de óleo (AR/OS), grande parte do óleo é retirado da mistura ar/óleo. O restante óleo é retirado pelo elemento separador.

O óleo junta-se no coletor e no fundo do elemento separador.

O ar abandona o reservatório através de uma válvula de pressão mínima (MPV), a qual evita que a pressão no interior do
reservatório atinja um valor inferior à pressão mínima de trabalho, mesmo na situação em que as válvulas de saída do ar se
encontram abertas (especificada na seção 8.3.2 Limitações). Desta forma, consegue-se assegurar uma adequada injecção do
óleo e simultaneamente evitar o consumo excessivo de óleo.

O sistema compreende ainda um sensor térmico (TS) e um manômetro ligado ao manifold de saída do ar comprimido.

12 0015 0002 72
2.4.3 Sistema de óleo

A parte inferior do reservatório de ar (AR) serve de depósito de óleo.

A pressão do ar força a passagem do óleo a partir do reservatório de ar/separador de óleo (AR/OS), passando pelo resfriador de
óleo (OC), pelos filtros de óleo (OFce) e pela válvula retentora de óleo (OSV) até atingir o elemento do compressor (CE).

Quando o compressor é parado e / ou não existe pressão no sistema, a válvula retentora de óleo (OSV) impede que o óleo volte
a fluir para o interior do elemento do compressor.

A válvula termostática (BV) abre-se quando o óleo atinge uma temperatura superior a 65 °C (149 °F).

O elemento compressor tem uma passagem de óleo no fundo da sua caixa. O óleo para a lubrificação do rotor, resfriamento e
vedação é injetado através de orifícios na passagem.

A lubrificação dos rolamentos está assegurada pelo óleo injetado através de injetores.

O óleo injetado, misturado com o ar comprimido, deixa o elemento compressor e volta a entrar no reservatório de ar onde é
separado do ar, como descrito na seção 2.4.2 Fluxo de ar. O óleo que se junta no fundo do elemento separador volta para o
sistema através da linha de retorno (SL).

A válvula de derivação do filtro de óleo abre quando a pressão que cai sobre o filtro está acima do normal devido ao filtro
entupido. Então o óleo passa pelo filtro sem ser filtrado. Por esta razão, o filtro de óleo deve ser substituído em intervalos de
tempo regulares (ver seção4.5 Tabela de manutenção preventiva para o compressor).
0015 0002 72 13
2.4.4 Sistema de regulagem contínua

O compressor está equipado com um sistema de regulagem contínua. Quando o consumo de ar aumenta, diminuirá a pressão do
reservatório de ar e vice-versa. A variação da pressão do reservatório é sentida pela válvula reguladora (RV) a qual, através do ar
de controle para a válvula de admissão (TV) e o regulador de velocidade (SR), regula a saída de ar para o consumo. A pressão do
reservatório é mantida entre a pressão selecionada e a pressão de descarga correspondente.

Ao funcionar o compressor, a válvula de carga (LV) está aberta (posição de alívio no painel) junto com a válvula de admissão (TV)
que e é fechada logo que o compressor (CE) absorve ar a pressão acumulada no reservatório (AR) sentida pela válvula reguladora
(RV) que envia ar de controle a válvula de admissão e o regulador de velocidade (SR).

A saída de ar comprimido é controlada a partir de uma saída máxima (100%) para uma não saída (0%) por:
1 Controle de velocidade do motor entre a velocidade de carga máxima e a velocidade de descarga (a vazão de ar de um
compressor de parafuso é proporcional á velocidade de rotação).
2 Estrangulamento da entrada de ar.

Se o consumo de ar for igual ao débito máximo de ar ou superior a este, diminuirá o ar de controle enviado pela válvula de
regulagem (RV) mantendo velocidade do motor na velocidade de carga máxima e a válvula de admissão (TV) totalmente aberta.
Se o consumo de ar for inferior ao débito máximo de ar, a pressão do reservatório de ar aumenta e a válvula reguladora (RV) fornece
ar de controle á válvula de admissão (TV) e o regulador de velocidade (SR) de modo a reduzir o débito de ar e, além disso, mantém
a pressão do reservatório de ar entre os valores de pressão de funcionamento normal e a respectiva pressão de descarga. Pressão
de descarga = pressão de funcionamento normal + 1,5 bar (14,504 psi).

Quando o consumo de ar é retomado a válvula de recirculação (VO) fecha-se e a válvula de admissão (TV) abre gradualmente
permitindo a entrada de ar para o compressor (CE) e o regulador pneumático de velocidade (SR) aumenta a velocidade do motor.
A válvula reguladora (RV) foi concebida de forma a que qualquer aumento (diminuição) da pressão do ar acima do valor
estabelecido para a válvula de abertura provocará um aumento (diminuição) da pressão de controle da válvula de admissão (TV)
e do regulador pneumático de velocidade (SR).

Através dos respiradouros é liberada parte do ar de controle e parte do condensado é descarregada para a atmosfera.
14 0015 0002 72
2.5 Sistema elétrico

0015 0002 72 15
3.1.1Instruções de estacionamento
3 Instruções de operação

2
3.1 Instruções de estacionamento, reboque e
elevação do compressor
Precauções de segurança 1

O operador deverá tomar todas as relevantes 1


Precauções de segurança

Atenção

• Antes de colocar o compressor em funcionamento,


verifique o sistema de freios tal como se descreve
na seção 5.5.1 Ajuste do cabo de freio. Barra de reboque com roda de manobra e freio, que deverá
• Depois de percorridos os primeiros 100 km: ser recolhida totalmente durante transporte

Verifique e reaperte as porcas da roda e os parafusos


da barra de reboque para a torção de aperto espe- Quando estacionar o seu compressor, fixe o suporte (2) para
cificada. apoiar o compressor numa posição plana e uniforme. Acione o
freio de estacionamento, puxando a alavanca do freio de
estacionamento (1) para cima. Coloque o compressor o mais
Conjuntos Valores de Valores de possível na horizontal; no entanto, o compressor poderá ser
torque (Nm) torque (Ibf.ft) temporariamente utilizado numa posição que não seja nivelada,
desde que a sua inclinação não exceda os 13°. Se o compres-
Porcas das rodas 200-290 148-214
sor se encontrar estacionado numa superfície inclinada,
Parafusos, eixo/fundo 80 +/- 10 59 +/- 7
imobilize o compressor através da colocação de calços das
Parafusos, barra de
rodas na parte da frente ou na parte detrás das rodas. Posicione
tração/balanceiro 205 +/- 20 151,29 +/- 15
o compressor de maneira que a sua extremidade traseira fique
Parafusos, olhal do reboque/
voltada para o vento, afastada das correntes de vento e das
barra de tração 80-90 59-66
paredes contaminadas. Evite a recirculação do ar que é liberado
Parafusos, olhal de içamento/
pelo motor. Tal poderá provocar um sobreaquecimento e uma
balanceiro 205 +20 151,29 +15
diminuição da potência do motor.
Parafusos, motor/caixa de
acionamento (M12) 80 +/- 10 59 +/- 7
Parafusos, motor/caixa de
acionamento (M16) 205 +/- 10 151,29 +/- 7
Parafusos, motor/caixa de
acionamento (M8) 23 +/- 10 17 +1-1
Parafusos, elemento do Barra de reboque
compressor/caixa de com roda de
acionamento 80 +/- 55 59 +/- 4 manobra e freio,
Interruptores de segurança 35 +/- 5 26 +/-4 que deverá ser
Tirante de reboque de recolhida
juntas ajustáveis totalmente
(M24) 250-350 185-258 durante transporte
(M32) 350-400 258-295

Extremidade traseira do compressor voltada contra o vento


16 0015 0002 72
3.1.2 Instruções de reboque

Autocolante na barra de reboque, instruções de reboque

Antes de rebocar o compressor, certifique-se que o


equipamento de reboque do veículo condiz com o
olhal de reboque ou o acoplador esférico do com-
pressor. A barra de reboque, o compressor e o engate
de reboque deverão encontrar-se numa posição ni-
velada.
2
1

Ø A1 máx. (mm)
35 45
Ø A2 37 47
X mín. 60 70
Y máx. 40 30
W máx. 40 30

Empurre a alavanca do freio de mão (1) completamente para • Recomendações


baixo, e engate a barra de tração ao veículo. Fixe a roda de
manobra (2) na posição o mais elevada possível. Desta forma – Utilizar a área livre para acoplar e rebocar o compressor
evita-se que a roda de manobra se movimente. conforme NBR ISO1103;
– Se as dimensões do engate ou pino excederem os limites
Nunca deve deslocar o compressor com os tubos de ar ligados especificados, o limite de movimentação do compressor
às válvulas de saída de ar. será menor que 15º de inclinação dependendo do engate
utilizado;
Antes de deslocar a compressor, desligue-a. – Os valores mencionados nesta instrução são válidos
somente quando a barra de tração do compressor estiver
conforme figura abaixo, ou seja, os 15º de inclinação são
para eventuais subidas e descidas do equipamento du-
• Dimensões máximas para o engate (operação de até 15º) rante o reboque e não para corrigir diferenças de altura
do veículo em relação ao compressor.

0015 0002 72 17
3.1.3 Instruções de elevação
5. Drene toda a água e sedimento do filtro de combustível
até que saia da torneira de drenagem combustível limpo.
Consulte a seção 5.3.2 Sistema de combustível - Preparação.
6. Esvazie o separador de pó de cada um dos filtros de ar
(AF). Consulte a seção 5.2.2 Substituir o elemento do
filtro e o elemento de segurança.
7. No caso do(s) filtro(s) estar(em) obstruído(s), esta situa-
ção será denunciada no mostrador respectivo existente
no filtro de ar. Caso esta situação se verifique, substitua
o elemento do filtro.
8. Verifique o nível do líquido de refrigeração no reservatório
superior de líquido de refrigeração do motor. Se for
necessário encha-o. Consulte o Manual de Utilização do
Motor para determinar as especificações relativas ao
líquido de refrigeração.
Olhal de içamento 9. Fixe a(s) linha(s) de ar à(s) válvula(s) fechada(s) de saída
de ar.

Quando elevar o compressor, o elevador tem de ser colocado Não deve ser aplicada qualquer força externa à(s)
de tal forma que o compressor esteja nivelado e seja levantado válvula(s) de saída de ar, por exemplo, puxando tubos
na vertical. A aceleração e o retardamento da elevação devem ou ligando equipamento diretamente à(s) válvula(s).
ser mantidos dentro dos limites de segurança.

Use de preferência o olhal de içamento (1) depois de abrir a


pequena porta (2).

A aceleração de elevação e de retardamento deve ser


mantida dentro dos limites de segurança (máx. 2xg).
Elevação por meio de helicóptero não é permitida.

3.2 Antes de iniciar

Passo Ação
1. Antes da partida prepare a bateria para operação se ainda
não o tiver feito.
2. Com o compressor numa posição horizontal verifique o
nível do óleo do motor. Se for necessário adicione óleo,
até à marca superior na vareta de óleo. Verifique também
o nível do líquido de refrigeração do motor. Consulte o
Manual de Utilização do Motor para determinar o tipo de
líquido de refrigeração e o tipo e grau de viscosidade do
óleo do motor.
3. Verifique o nível de óleo do compressor. O ponteiro do
indicador de nível do óleo (OLG) deve estar dentro do
limite verde. Se for necessário adicione óleo.
Antes de remover o bujão de abastecimento de óleo
(FP), assegure-se de que a pressão é liberada ao abrir
uma válvula de saída de ar.
4. Verifique se o tanque de combustível tem combustível
suficiente. Se for necessário encha-o. Para o tipo de
combustível a utilizar consulte o Manual de Operação
do Motor.

18 0015 0002 72
3.3 Partida/ Parada 3.3.2 Durante a operação

Certifique-se de que o tanque de combustível se encontra As portas devem encontrar-se fechadas durante a operação
cheio. do compressor e apenas poderão ser abertas durante breves
períodos de tempo.
Quando a compressor é colocado em funcionamento
pela primeira vez e depois de o combustível se esgotar
ou de se mudar o filtro de combustível, é necessário
seguir o procedimento de partida específico descrito
na seção 5.3.2 Sistema de combustível - Substituição
do elemento filtrante.

3.3.1 Painel de controle

1 5

2 6

RV
3 10
9 15

8
7
11 14

12
11

Ref. Nome
Efetue regularmente as seguintes verificações:
1 Tacômetro
1 A válvula de regulagem (RV) encontra-se corretamente
2 Termostato do elemento
ajustada,ou seja começa a reduzir a velocidade do motor
3 Manómetro
quando no reservatório de ar se atinge a pressão de
4 Indicador nível do combustível
trabalho pré estabelecida.
5 Indicador de temperatura - água do motor
6 Indicador de pressão do óleo 2 Verifique a temperatura da saída de ar do elemento do
7 Botão de liga/desliga compressor.
8 Botão de carga/vazio
9 Botão de partida 3 Verifique se a pressão do óleo do motor, a temperatura
10 Botão de reset do líquido de refrigeração e todas as lâmpadas têm leituras
11 Lâmpada de identificação - carga da bateria normais.
12 Lâmpada de identificação - alta temp. saída do elemento
4 Evite que o motor fique sem combustível. No entanto, se
13 Lâmpada de identificação - alta temp. água do motor
tal acontecer, encha o tanque de combustível e verifique
14 Lâmpada de identificação - baixo nível de comb. (opcional)
o sistema de combustível de modo a acelerar a partida
15 Lâmpada de identificação - baixo nível de água do radiador
(ver seção 5.3.1 Sistema de combustível - Preparação).

0015 0002 72 19
4 Manutenção 4.4 Armazenagem

Funcione o compressor regularmente, por ex. duas vezes por


semana até aquecer.
4.1 Responsabilidade
Carregue e descarregue o compressor algumas vezes para
O fabricante não assume qualquer responsabilidade por operar os componentes de descarga e de regulagem. Depois
eventuais danos decorrentes da utilização de peças que não de parar feche as válvulas de saída de ar.
genuínas, ou de quaisquer modificações, acréscimos, ou
conversões efetuadas no compressor, sem o consentimento Se de tempos em tempos o compressor for armazenado
prévio, por escrito, do fabricante. sem funcionar, devem ser tomadas medidas de proteção.

Contate a Atlas Copco.


4.2 Kits de assistência

Um kit de assistência é um conjunto de peças a ser utilizado


4.5 Tabela de manutenção preventiva para o com-
numa operação de manutenção específica, por exemplo, após pressor
250, 500 ou 1000 horas de funcionamento.
A tabela contém um resumo das instruções de manutenção.
Isto garante a substituição, na mesma altura, de todas as peças Leia a respectiva seção antes de tomar medidas de manutenção.
necessárias o que aumenta o tempo de disponibilidade da
unidade. Quando efetuar manutenção, substitua todos os vedantes que
são soltos, por ex.: vedações, O-rings, anilhas.
A cada 3 meses ou a cada 250 horas 1028 8500 71
Para a manutenção do motor consulte o Manual de Operação
Anualmente ou a cada 1000 horas 1028 8500 73 do Motor.

Uso de kits de manutenção O esquema de manutenção deve ser visto como uma linha de
orientação, para os compressores que operam num ambiente
Os jogos de Kits de Manutenção incluem todas as peças de de trabalho típico para de uma aplicação de um compressor. O
originais necessárias para uma manutenção normal do com- esquema de manutenção pode ser adaptado em conformidade
pressor e do motor. com o ambiente da aplicação e a qualidade da manutenção.

Os Kits de Manutenção minimizam o tempo de inatividade e


mantêm baixo custo de sua manutenção.

Encomende os Kits de Manutenção no seu representante


Atlas Copco da sua área.

4.3 Kits de manutenção

Um jogo de manutenção é composto por peças que são


específicas para um tipo de repar ou para um trabalho de
reconstrução.

Isto garante a substituição, na mesma altura, de todas as peças


necessárias o que aumenta o tempo de disponibilidade da
unidade.

Válvula retenção de óleo 1028 8500 75


Válvula de regulagem 1028 8500 76

Para os demais kits, consulte o catálogo de peças

Contate a Atlas Copco.

20 0015 0002 72
ESQUEMA DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA XAS360, XATS360, XAHS360 e XAS420
INTERVALOS
ATIVIDADE 250 hrs 500 hrs 1000 hrs 2000 hrs
DIÁRIO
TRIMESTRAL SEMESTRAL ANUAL BIENAL

COMPRESSOR
Inspecionar o indicador de estado dos filtros. Limpar ou trocar os
X X X X X
filtros se o indicador (es) estiver (em) vermelho
Limpar externamente o radiador de óleo do elemento compressor e
X X X
radiador de água do motor (1)
Verificar o funcionamento da válvula de segurança calibrando-a se
X X
necessário
Substituir o óleo lubrificante (1) (6) (7) X X
Substituir o filtro de óleo lubrificante (1) (7) X X X
Substituir os elementos de filtro de ar (1) X X
Substituir o elemento separador de óleo (2) X X
Verificar o funcionamento da válvula regulagem, regulador de
velocidade e solenóide de carga trocando os reparos se X
necessário
Inspecionar válvula de retenção de ar e óleo X
Medir a queda de pressão no elemento separador (2) X X X X
MOTOR
Substituir o óleo lubrificante e filtro (3) X X X X
Drenar a água no filtro primário e no tanque de combustível X X X X X
Substituir o filtro primário e secundário de combustível (3) (5) X X X X
Substituir o filtro do líquido de arrefecimento (3) (4) X X X X
Substituir os elementos de filtro de ar (1) X X
Regular folga das válvulas de admissão e escape (3) X X
Substituir a correia (3) X X
Inspecionar o líquido de arrefecimento (3) (4) X X X
Substituir o líquido de arrefecimento (3) X X
UNIDADE
Verificar estado geral (peças danificadas, porcas e parafusos
frouxos, problemas em operações anteriores, cor dos gases de X X X X X
escapamento)
Verificar o nível de óleo, água e combustível antes da partida e
X X X X X
durante o funcionamento
Limpar o coletor de pó dos filtros de ar antes da partida X X X X X
Limpar externamente a unidade (1) X X X
Lubrificar dobradiças das portas, abraçadeiras, olhal da barra de
X X X
tração e peças móveis (1)
Verificar possíveis vazamentos de óleo combustível, óleo
X X X X X
lubrificante e líquido de arrefecimento
Limpar internamente o tanque de combustível (1) (5) X X
Inspecionar o aperto dos parafusos das rodas e barra de tração X X X
Verificar, ajustar e lubrificar se necessário os cabos do freio X X X
Verficar a calibração dos pneus (6) X X X X
Verificar bateria e terminais X X X
Verificar os dispositivos de proteção (1) X X
Substituir filtros DDx,PDx e QDx (quando instalado) (6) X X X
Limpar dreno do elemento separador (quando instalado) (6) X X X
Inspeção efetuada por um técnico da Atlas Copco X X

Notas:

1. Mais frequentemente quando se opera o compressor num ambiente com excesso de particulado em suspensão.
2. Substitua o elemento quando a queda de pressão for superior a 0,8 bar (11,6 psi).
3. Consulte o manual de instruções de operação do motor.
4. Verifique a consentração de aditivo em cada 500 horas de operação. Mude o líquido de refrigeração em cada 1000
horas de funcionamento.
5. Substitua regularmente os filtros de combustível. Os filtros colados ou etupidos provocam o estrangulamento da
passagem de combustível e reduzem o desempenho do motor. A frequência de substituição despende da qualidade
do combustível.
6. Consultar o Manual de Instruções do Compressor
7. Para as versões XAHS360 utilizar: 250hrs filtro de óleo e 500hrs óleo do compressor.

0015 0002 72 21
Mantenha os parafusos da caixa, o olhal de içamento, No caso de ser utilizado um aditivo com uma combinação anti-
a barra de tração e o eixo seguramente apertados. congelante / anti-corrosão, a mistura deverá ser composta por
50% de água e 50% de aditivo anti-congelante / anti-corrosivo.
4.6 Especificações relativas ao óleo Os motores refrigerados a água vêm verificados de fábrica
com este tipo de mistura de líquido de refrigeração.
Antes de manusear baterias, leia as precauções de
segurança e haja de acordo com estas.
Consulte o manual de instruções de operação do motor e
respeite sempre as instruções do fabricante.
Nunca misture lubrificantes sintéticos e minerais.
Caso pretenda utilizar óleos de outras marcas deverá
Nunca misture líquidos de refrigeração diferentes, e
consultar a Atlas Copco para obter informações adi-
misture sempre os componentes do líquido de refri-
cionais relativas ao óleo recomendado e aos interva-
geração fora do sistema de refrigeração.
los de manutenção

4.8 Verificação do nível do óleo


4.7 Especificações do líquido de refrigeração
4.8.1 Verificação do nível do óleo do motor
Nunca retire o tampão de enchimento do sistema de
refrigeração enquanto o líquido de refrigeração se
Para especificações acerca do óleo, das recomendações de
encontrar quente.
viscosidade e dos intervalos de mudança de óleo consulte
O sistema poderá encontrar-se sob pressão. Desa-
também o Manual de Operação do Motor.
perte lentamente o tampão e apenas quando o líquido
de refrigeração se encontrar à temperatura ambiente.
Ver tabela 4.5 Tabela de manutenção preventiva para o com-
Uma liberação súbita da pressão de um sistema de
pressor.
refrigeração quente poderá conduzir a lesões pessoais
em resultado dos respingos do líquido de refrigeração
Verifique o nível de óleo do motor de acordo com as instruções
quente.
no Manual de Operação do Motor, e se for necessário
acrescente óleo.
A utilização do líquido de refrigeração apropriado é
extremamente importante para garantir uma boa transferência
térmica e a proteção dos motores refrigerados com substâncias
4.8.2 Verificação do nível do óleo do compressor
líquidas. Os líquidos de refrigeração utilizados nestes motores
deverão corresponder a uma mistura de água de boa qualidade
(destilada ou desionizada conforme tabela abaixo), aditivos de
refrigeração especiais, e se necessário proteção contra o
congelamento. A utilização de líquidos de refrigeração não
conformes com as especificações emanadas pelo fabricante,
poderão conduzir a danos mecânicos no motor.

Elementos Níveis máximos permitidos

Cálcio, Magnésio (dureza) 170ppm (como CaCO3) 1


Cloreto 40ppm (como Cl -1)
Sulfato 100ppm (como SO4 -2)

O ponto de congelagento do líquido de refrigeração deverá


ser inferior à temperatura mais baixa que possa ocorrer na área
de operação. A diferença deve ser ao mínimo 5 °C (41 °F). Se o 3 2
líquido de refrigeração congelar, poderá partir o bloco do
cilindro, o radiador ou a bomba de refrigeração.

De modo a garantir a proteção contra a corrosão, cavitação ou Verificação do nível do óleo do compressor
formação e acumulação de depósitos, a concentração dos
aditivos no líquido de refrigeração deverá ser mantida dentro
de determinados limites, tal como é definido nas linhas de
orientação estabelecidas pelo fabricante. Verificar o nível do
líquido de refrigeração apenas com água altera a concentração,
pelo que o mesmo não é permitido.

22 0015 0002 72
Com a unidade nivelada, verifique o nível do óleo do compres- de drenagem. Os bujões de drenagem encontram-se
sor. O ponteiro do indicador de nível do óleo (1) deve estar localizados no reservatório de ar (DPar), no elemento
dentro das extremidades do limite verde. Se for necessário compressor (DPcv, DPosv) e no refrigerador de óleo do
adicione óleo. compressor (DPoc). Apanhe o óleo para um reservatório
de drenagem. Desaperte o bujão de abastecimento (2)
Antes de retirar o plug de enchimento de óleo (2) para acelerar a drenagem. Após a drenagem, coloque e
assegure-se de que a pressão é eliminada ao abrir aperte os bujões de drenagem.
uma válvula de saída de ar (3).
3 Retire o filtros de óleo (3), por ex. com uma ferramenta
especial. Apanhe o óleo para um reservatório de drenagem.
4.9 Substituição do óleo e do filtro do óleo
4 Limpe a sede do filtro no coletor, preste atenção que no
4.9.1 Substituição do óleo e do filtro do óleo do motor sistema não penetre sujeira. Lubrifique a junta do ele-
mento novo do filtro. Parafuse-a na posição até que a
Consulte a seção 4.5 Tabela de manutenção preventiva para o junta entre em contato com a sua sede, depois aperte-a
compressor. somente meia volta.

4.9.2 Substituição do óleo e do filtro do óleo do compressor 5 Encha o reservatório de ar até o ponteiro do indicador
do nível de óleo se encontrar no topo da zona verde.
A qualidade e a temperatura do óleo determinam o intervalo de Certifique-se de que não entra qualquer sujeira no sistema.
mudança de óleo. Volte a colocar e a apertar o bujão de abastecimento (2).

O intervalo prescrito é baseado em condições normais de


operação e numa temperatura de óleo até 100 °C (212 °F) (ver 6 Parta o compressor e deixe-o funcionar sem carga du-
seção 4.5 Tabela de manutenção preventiva para o compres- rante alguns minutos.
sor).
7 Pare o compressor, aguarde alguns minutos e verifique o
Quando operar em temperaturas ambiente elevadas, em óleo, até o ponteiro do indicador do nível de óleo se
condições de elevada umidade e pó, recomendamos que mude encontrar no topo da zona verde.
o óleo com mais frequência.
Nunca adicione óleo a mais. Encher demais resulta
Neste caso contate a Atlas Copco num consumo de óleo excessivo.

4.9.3 Enchimento com óleo do compressor

3
2
1

2
Filtros de óleo

1 Coloque o compressor em marcha, e deixe-o funcionar


até ficar quente. Feche a(s) válvula(s) de descarga (1), e Enchimento com óleo do compressor
pare o compressor. Espere até que a pressão seja liberada
1 Pare o compressor e certifique-se de que toda a pressão
através da válvula de descarga automática. Desaperte o
foi libertada através do respiro do bujão de abastecimento
bujão de abastecimento de óleo (2) dando uma volta.
(2) em uma volta.
Isto destapa um respiradouro, o qual permite a fuga de
qualquer pressão que se encontre no sistema.
2 Aguarde alguns minutos até que o nível do óleo seja
constante (Indicador do nível do óleo (1)).
2 Drene o óleo do circuito, retirando os respectivos bujões
0015 0002 72 23
3 Retire o bujão de abastecimento (2) e verifique o óleo,
até o ponteiro do indicador do nível de óleo (1) se encon-
trar no topo da zona verde.

4 Volte a colocar e a apertar o bujão de abastecimento (1).

4.10 Limpeza dos resfriadores

Radiador de óleo do compressor (1) e radiador (2)

Mantenha os dispositivos de refrigeração (1)e (2) limpos, de


modo a manter uma refrigeração eficaz.

Retire toda a sujeira dos dispositivos de refrigeração


utilizando uma escova de fibra. Nunca utilize uma
escova de arame ou objetos metálicos.

Em seguida limpe com ar comprimido, aplicando-o no sentido


contrário ao do fluxo normal.

Para a limpeza dos resfriadores poderá ser utilizado vapor em


combinação com um agente de limpeza.

Para evitar eventuais danos nos resfriadores, o ângulo


entre o jato de limpeza e os resfriadores deverá ser de
aproximadamente 90° (não utilize o jato de limpeza à
potência máxima).

Feche a(s) porta(s) de serviço.

Evite a penetração de umidade no equipamento de


controle, nos filtros de ar, etc.
Nunca deixe que líquidos derramados como combus-
tível, óleo, água, e agentes de limpeza permaneçam no
compressor ou junto ao mesmo.

24 0015 0002 72
5 Procedimentos de ajuste e de manutenção

5.1 Ajuste do sistema de regulação contínua

A pressão de trabalho é determinada pela tensão da mola sobre a válvula de regulagem (RV). Esta tensão pode ser aumentada de
modo a elevar a pressão de trabalho e diminuída para a reduzir, bastando para isso rodar o volante de regulagem no sentido
horário, e no sentido anti-horário, respectivamente.

Para ajustar a pressão normal de trabalho, proceda da seguinte forma:

1 Desaperte a porca com travamento da válvula reguladora


2 Solte a Válvula de Regulagem (para fora).
3 Utilize o compressor sem carga.
4 Com as válvulas de saída (AOV) fechadas coloque o compressor em carga e ajuste a válvula de regulagem (RV), até a pres-
são alcançar a pressão nominal do equipamento + 1,5 bar (+ 21,8 psi).
5 Trave a válvula de regulagem (RV) apertando para o efeito a contraporca.

Para ajustar a regulagem do acelerador:

1 Com o compressor em carga na pressão nominal de trabalho e com o motor na velocidade máxima de trabalho, regule o
avanço máximo do regulador de velocidade (SR) através da porca que fixa o mesmo junto ao suporte no motor. Faça esse
ajuste de modo que a haste do regulador toque levemente o top da bomba injetora.
2 Com o compressor em alívio, meça a velocidade do motor regulando-a, se necessário, para 1200rpm usando a porca e
contra-porca localizadas na ponta da haste do regulador de velocidade. Ao apertar a porca próxima ao corpo do regulador
(SR), a velocidade do motor aumenta e vice-versa.
3 Após efetuar a regulagem trave a porca próxima ao corpo do regulador (SR) com a contra-porca.
0015 0002 72 25
5.2 Filtro do ar do motor / compressor 3 Volte a instalar os elementos seguindo a ordem inversa
à utilizada durante a desmontagem.
5.2.1 Peças principais 4 Inspecione e aperte todas as ligações de admissão do ar.

5.2.3 Reservatório do ar

O reservatório do ar está testado de acordo com os padrões


oficiais. Regularmente são efetuadas inspeções em
conformidade com os regulamentos locais.

Filtro de ar

Ref. Nome

1 Fixador de mola (4x)


2 Tampa do colector de poeiras
3 Elemento de segurança
4 Elemento de filtro
5 Caixa do filtro

Os filtros de ar Atlas Copco são especialmente concebidos 5.3 Sistema de combustível


para esta aplicação. O uso de filtros de ar não originais podem
levar a graves danos no motor e/ou no elemento do compres-
sor.

5.2.2 Substituir o elemento do filtro e o elemento de segurança

As instruções aplicam-se a um filtro de ar e deverão ser


repetidas para ambos os filtros de ar do motor e filtros de ar do 1
compressor.

Passo Ação

1 Libere os grampos de fixação automática (1) e retire a


tampa do coletor de poeiras (2). Limpe a zona interior
da tampa do coletor.
2 Retire o elemento do filtro (4) e o elemento de segurança
(3) do invólucro do filtro (5).
Substitua o elemento do filtro sempre que este se
apresente danificado. 4 3 2
Um elemento de segurança sujo (3) é uma indicação
clara de um mau funcionamento do elemento do filtro. 1 Pré-filtro de combustível

Substituir os elementos de segurança ao mesmo tempo 2 Filtro secundário de combustivel


que os elementos de filtro. Os elementos novos antes
de serem instalados deverão ser inspecionados para 3 Parafuso de sangria do sistema de combustivel
averiguar se apresentam eventuais rasgos e perfurações.
4 Bomba de transferência de combustível
O elemento de segurança não pode ser limpo.

26 0015 0002 72
5.3.1 Sistema de combustível - Preparação Pré-filtro do combustível (1)

O combustível derramado ou salpicado em superfícies Passo Ação


quentes ou componentes elétricos poderá provocar
incêndios. Para evitar possíveis danos, coloque o 1 Drene o combustível da taça.
interruptor “OFF/ON” na posição “OFF” sempre que 2 Remova o filtro e separe a taça do elemento.
proceder à substituição de filtros de combustível ou 3 Aplique uma camada de diesel na sede da nova taça.
elementos do separador de água. Limpe imediatamente 4 Aperte firmemente, com a mão, a taça ao novo ele-
todos os derrames de combustível. mento.
5 Aplique uma camada de diesel no vedante do novo
Prepare o sistema de combustível para poder encher o filtro de elemento.
combustível. Prepare o sistema de combustível para liberar o 6 Aparafuse-o firmemente, com a mão, ao filtro.
ar acumulado. O sistema de combustível deve ser preparado 7 Assegure-se de que não existem vazamentos, volte a
nas seguintes circunstâncias: apertar se necessário.

• O compressor é posto em funcionamento pelo primeira Filtro de combustível (2)


vez
• Falta de combustível Passo Ação
• Armazenar
• Substituição do filtro de combustível 1 Retire o filtro de combustível usando, p. ex., uma fer-
ramenta específica para esse efeito. Drene o combustível
Não desaperte as tubulações de combustível junto para um recipiente.
do coletor de combustível. As uniões poderão estar 2 Limpe a sede do filtro no coletor, tenha atenção para
danificadas e/ou desapertadas, podendo ocorrer uma que no sistema não penetre sujeira. Aplique uma
perda de pressão inicial sempre que as tubulações de pequena camada de diesel na junta do novo elemento
combustível estiverem desapertadas. do filtro. Parafuse-a na posição até que a junta entre
em contato com a sua sede, depois aperte-a somente
Passo Ação meia volta.
3 Siga o procedimento de partida específico descrito na
1 Verificar se os filtros 1 e 2 estão montados com com- seção 5.3.1 Sistema de combustível - Preparação.
bustível até o máximo. 4 Quando o motor estiver em funcionamento verifique
2 Soltar o parafuso tipo banjo n° 3 os vazamentos de combustível.
3 Usando a bomba de transferência, bombeie várias
vezes até qie saia o ar do sistema pelo parafuso n°3 5.4 Válvula de segurança
4 Aperte o parafuso n° 3
5 Bombeie por mais 5 vezes a bomba n° 4 Todos os ajustes ou reparos deverão ser feitos por
6 Efetue a partida do motor um representante autorizado do fornecedor da válvula.

Devem ser efetuadas as seguintes verificações:


5.3.2 Sistema de combustível - Substituição do elemento
filtrante
• Uma verificação do mecanismo de elevação, duas vezes
por ano. Isto pode ser feito ao desaparafusar para a
esquerda a tampa da válvula.
• Uma verificação da pressão ajustada uma vez por ano
de acordo com os regulamentos locais. Esta verificação
não pode ser feita na compressor e deve ser efetuada
1 numa bancada de teste apropriada.

Filtros do combustível
0015 0002 72 27
5.5 Ajuste do freio de estacionamento

Antes de elevar o compressor com a ajuda de um macaco hidráulico, ligue-o a um veículo de reboque, ou coloque
um peso com um mínimo de 50 kg (110 lb) na barra de reboque.

Manter os cabos de freio esticados com o freio de mão sem estar acionado.

5.5.1 Verifique o ajuste do cabo do freio de estacionamento

2 3
1 2

Com a alavanca abaixada, ajuste a tensão nos cabos do freio usando as porcas 2 e 3.

Após o ajuste, acionar a alavanca totalmente até o final do curso.

O máximo de inclinação do compressor para operação eficaz do sistema de freio é de 13°.

28 0015 0002 72
6 Solução de problemas

É suposto que o motor esteja em bom estado e que exista um correto fluxo de combustível para o filtro e equipamento de injeção.

Uma falha elétrica deve ser determinada por um técnico.

Assegure-se de que os fios elétricos não estão danificados e de que estão bem presos nos seus bornes.

Relativamente à denominação dos interruptores, relés, etc., consulte a seção 2.5 Sistema elétrico. Consulte também a seção
3.3.1 Painel de controle.

Problema: Capacidade ou pressão do compressor abaixo do normal.

Causas possíveis Ações corretivas

O consumo de ar ultrapassa a capacidade Verificar o equipamento ligado.


do compressor.
Elementos do filtro de ar (AF) entupidos. Remover e inspecionar os elementos. Limpar ou substituir, se
necessário.
Válvula reguladora (RV) defeituosa. Desmontar e inspecionar as peças.
Válvula de descarga presa na posição aberta. Verificar e corrigir conforme necessário.
Válvula de carga (LV) vazando depois da junta tórica. Com o compressor funcionando à velocidade máxima, desligar
a mangueira que está ligada ao descarregador. Se existir vaza-
mento de ar da mangueira, remover e inspecionar a válvula de
carga. Substituir as juntas tóricas danificadas ou desgastadas.
Elemento do separador de óleo entupido. Os elementos deverão ser removidos e inspecionados por um
representante de manutenção da Atlas Copco.
Válvula de admissão da entrada de ar Remover os filtros de ar, o coletor de entrada de ar e a sede da
permanece parcialmente fechada. mola da válvula de estrangulamento. Retirar a válvula e inspe-
cionar. Substituir as peças quando necessário. Cuidado: a sede
da mola está fixada com 4 parafuso de fixação curtos e 2 com-
pridos: retire primeiro os parafusos curtos e depois alivie a
tensão da mola desaparafusando os compridos.
Válvula de segurança (SV) vazando. Remover e inspecionar. Substituir se, depois da instalação, não
estiver estanque.
Fuga na válvula de descarga. Remover e inspeccionar. Substituir se necessário.

Problema: A pressão no reservatório de ar ultrapassa o máximo e provoca o rebentamento da válvula de segurança.

Causas possíveis Ações corretivas

A válvula reguladora (RV) abre-se muito tarde ou a Desmontar e inspecionar as peças.


mola da sua válvula de esfera está quebrada.
Há vazamento de ar no sistema de regulagem. Verificar as mangueiras e respectivas uniões. Parar os vaza-
mentos; substituir as mangueiras que vazam.
A válvula de admissão da entrada de ar Remover os filtros de ar, o coletor de entrada de ar e a sede da
não fecha por qualquer motivo. mola da válvula de estrangulamento. Retirar a válvula e
inspecionar. Substituir as peças quando necessário. Cuidado: a
sede da mola está fixada com 4 parafuso de fixação curtos e 2
compridos: retire primeiro os parafusos curtos e depois alivie a
tensão da mola desaparafusando os compridos.
A válvula de pressão mínima está falhando. Remover e inspecionar a válvula.
Avaria na válvula de descarga. Remover e inspecionar a válvula.
0015 0002 72 29
Problema: Depois de funcionar durante algum tempo a máquina pára através de um interruptor de segurança.

Causas possíveis Ações corretivas

Pressão do óleo do motor muito baixa. Consultar o manual de instruções do motor.


Sobreaquecimento do compressor ou do motor. Consultar operações corretivas “Sobreaquecimento do com-
pressor”.
O reservatório de combustível não tem Encher o reservatório de combustível.
combustível suficiente.
Nível do líquido de refrigeração baixo. Encher o sistema de refrigeração.

Problema: Os filtros de ar libertam névoa de ar e de óleo imediatamente após a paragem.

Causas possíveis Ações corretivas

Verificar a válvula na saída do elemento. Remover e inspecionar. Substituir se necessário. Substituir os


elementos do filtro de ar e os elementos de segurança. Verificar
o nível do óleo e adicionar óleo se necessário. Funcionaro com-
pressor durante alguns minutos, parar e voltar a verificar o nível
do óleo.
O êmbolo da válvula retentora de óleo está encravado. Remover e inspecionar. Substituir se necessário. Substituir os
elementos do filtro de ar e os elementos de segurança. Verificar
o nível do óleo e adicionar óleo se necessário. Funcionar o
compressor durante alguns minutos, parar e voltar a verificar o
nível do óleo.

Problema: Sobreaquecimento do compressor.

Causas possíveis Ações corretivas

Resfriamento do compressor insuficiente. Colocar o compressor afastado das paredes. Quando apare-
lhado com outros compressores, deixar um espaço entre os
mesmos.
Resfriador de óleo entupido externamente. Limpar o arrefecedor de óleo. Consultar a seção 4.10 Limpeza
dos resfriadores.
Resfriador de óleo entupido internamente. Consultar a Atlas Copco.
Filtros de óleo entupidos. Substituir os filtros de óleo.
Nível de óleo muito baixo. Verificar o nível de óleo. Encher com o óleo recomendado, se
necessário.

Pá(s) da ventoinha quebrada(s). Verificar e corrigir conforme necessário.


Válvula retentora de óleo falhando. Remover e inspecionar a válvula.
Elemento do separador de óleo (OS) entupido. Os elementos deverão ser removidos e inspecionados por um
representante de manutenção da Atlas Copco.

Precauções a ter com o alternador

1 Nunca inverta a polaridade da bateria ou do alternador.


2 Nunca interrompa quaisquer ligações da bateria ou do alternador enquanto o motor estiver funcionando.
3 Quando recarregar a bateria, desligue-a do alternador. Antes de utilizar cabos auxiliares para partir o motor, verifique a
polaridade e ligue as baterias corretamente.
4 Nunca opere o motor sem que os cabos de captação de voltagem ou de alimentação estejam ligados no circuito.

30 0015 0002 72
7 Dados técnicos

7.1 Valores de torque

7.1.1 Para aplicações gerais

Valores de torque

As seguintes tabelas contêm os torques recomendados usados em aplicações gerais no conjunto do compressor.

Para porcas e parafusos sextavados com um grau de resistência de 8.8

Dimensão da rosca Valores de torque (Nm) Valores de torque (lbf.ft)

M6 9 6,64
M8 23 16,97
M10 46 34,69
M12 80 59,04
M14 125 92,25
M16 205 151,29

Para porcas e parafusos sextavados com um grau de resistência de 12.9

Dimensão da rosca Valores de torque (Nm) Valores de torque (lbf.ft)

M6 15 11,07
M8 39 28,78
M10 78 57,56
M12 135 99,63
M14 210 154,98
M16 345 254,61

7.1.2 Para conjuntos importantes

Conjuntos Valores de torque (Nm) Valores de torque (Ibf.ft)

Porcas das rodas 200-290 148-214


Parafusos, eixo/fundo 80 +/- 10 59 +/- 7
Parafusos, barra de tração/balanceiro 205 +/- 20 151,29 +/- 15
Parafusos, olhal do reboque/barra de tração 80-90 59-66
Parafusos, olhal de suspensão/balanceiro 205 +20 151,29 +15
Parafusos, motor/caixa de acionamento (M12) 80 +/- 10 59 +/- 7
Parafusos, motor/caixa de acionamento (M16) 205 +/- 10 151,29 +/- 7
Parafusos, motor/caixa de acionamento (M8) 23 +/- 10 17 +1-1
Parafusos, elemento do compressor/caixa de acionamento 80 +/- 55 59 +/- 4
Interruptores de segurança 35 +/- 5 26 +/-4
Tirante de reboque de juntas ajustáveis
(M24) 250-350 185-258
(M32) 350-400 258-295

Nota

Aperte bem a tampa do tanque e efetue a drenagem do ar residual do tanque.

0015 0002 72 31
7.2 Especificações gerais, limites de corte

Definições

Designação Valor

Pressão do óleo do motor 1,03 bar


Temperatura do líquido de resfriamento do motor 103 °C *
Temperatura do compressor 120 °C

* A água de arrefecimento deverá ser uma solução de 50% de água desmineralizada e 50% do aditivo recomendado pela Cummins

7.3 Dados do principais

Tipo XAS 360 XATS 360 XAHS 360 XAS 420


Pressão efetiva normal de trabalho bar 6,9 10,0 12,0 6,9
Descarga livre efetiva l/s 353 348 311 406
Descarga livre efetiva cfm 748 737 658 860
Capacidade do sistema de óleo do compressor l 61,5 61,5 61,5 61,5
Máxima temperatura ambiente °C 45 45 45 45
Pressão da abertura da válvula de segurança:
- Tipo EC bar 14 14 16 14

Tipo XAS 430 XATS 380 XAVS 300 XAMS 400


Pressão efetiva normal de trabalho bar 6,9 10,0 14,0 8,6
Descarga livre efetiva l/s 429 367 303 395
Descarga livre efetiva cfm 912 778 642 837
Capacidade do sistema de óleo do compressor l 61,5 61,5 61,5 61,5
Máxima temperatura ambiente °C 45 45 45 45
Pressão da abertura da válvula de segurança:
- Tipo EC bar 14 14 16 14

Motor XAS 360 XATS 360 XAHS 360 XAS 420


Fabricante Cummins Cummins Cummins Cummins
Modelo 6CT 8.3 6CTA 8.3 6CTA 8.3 6CTA 8.3
Número de cilindros 6 6 6 6
Potência à velocidade normal do eixo kw 157 186 186 186
Consumo de combustível a plena carga kg/h 30,35 34,68 35,19 35,70
Capacidade do tanque de combustível l 330 330 330 330
Capacidade do sistema de arrefecimento l 41 41 41 41
Capacidade de óleo (incluindo filtro de óleo) l 23,8 23,8 23,8 23,8
Rotação do eixo do motor, normal e máxima rpm 2200 2200 2200 2200
Rotação do eixo do motor mínima rpm 1200 1200 1200 1200

Motor XAS 430 XATS 380 XAVS 300 XAMS 400


Fabricante Cummins Cummins Cummins Cummins
Modelo 6CTA 8.3 6CTA 8.3 6CTA 8.3 6CTA 8.3
Número de cilindros 6 6 6 6
Potência à velocidade normal do eixo kw 186 186 186 186
Consumo de combustível a plena carga kg/h 38,25 38,25 38,25 38,25
Capacidade do tanque de combustível l 330 330 330 330
Capacidade do sistema de arrefecimento l 41 41 41 41
Capacidade de óleo (incluindo filtro de óleo) l 23,8 23,8 23,8 23,8
Rotação do eixo do motor, normal e máxima rpm 2200 2200 2200 2200
Rotação do eixo do motor mínima rpm 1200 1200 1200 1200
32 0015 0002 72
Unidade XAS 360 XATS 360 XAHS 360 XAS 420

Dimensional
Comprimento mm 4710 4710 4710 4710
Largura mm 1944 1944 1944 1944
Altura mm 2105 2105 2105 2105
Peso (pronto para operação) kg 3400 3400 3400 3400

Unidade XAS 430 XATS 380 XAVS 300 XAMS 400


Dimensional
Comprimento mm 4710 4710 4710 4710
Largura mm 1944 1944 1944 1944
Altura mm 2105 2105 2105 2105
Peso (pronto para operação) kg 3400 3400 3400 3400

7.4 Dimensional

0015 0002 72 33
Atlas Copco Brasil Ltda. - Divisão Compressor Technique
Al. Araguaia, 2.700 - Tamboré - Barueri - SP - CEP 06455-000 - Tel.: (011) 3478-8700 - Fax: (011) 6845-2100
São Paulo - Belo Horizonte - Curitiba - Fortaleza - Porto Alegre - Recife - Rio de Janeiro - Salvador - Vitória