Você está na página 1de 2

Apresentação

A avilcultura em grande escala, com sistemas modernos de produção, cria condições ideais para o
aumento de agentes infecciosos.

Esses agentes podem e devem ser controlados adequadamente através de uma boa biossegurança. A
biossegurança deve ser a maior preocupação da indústria avícola já que todas as pessoas envolvidas
nessa atividade estão, direta ou indiretamente, ligadas à produção de alimentos.

A idéia principal de biossegurança é fixar medidas e programas sanitários para diminuir,


significativamente, a inevitável exposição dos lotes, em geral, aos agentes infecciosos.

Sendo assim, podemos definir biossegurança como "conjunto de medidas sanitárias a serem tomadas
com o objetivo de minimizar o risco de contaminação dos nossos aviários e, consequentemente, proteger
os consumidores no mundo todo".

Um problema importante em biossegurança são as pragas que encontram nas granjas avícolas as
condições ideais para a proliferação. Os agentes infecciosos são encontrados em todos os lugares, mas
seus maiores transmissores são os insetos, principalmente a mosca doméstica, o cascudinho e também
os roedores. Com a apresentação de sua linha de produtos para aves, a Bayer oferece ao setor avícola a
mais completa variedade de excelentes produtos e programas confiáveis que ajudarão a melhorar a
rentabilidade de sua atividade.

Estamos seguros ao afirmar que Bayer significa biossegurança.

Quando as pragas aparecem


A produção avícola em grande escala favorece a proliferação de pragas. Pode-se observar esta
tendência onde quer que a avicultura esteja. A produção avícola é cada vez mais intensiva e
tecnicamente mais sofisticada. Mas a tecnologia tem seu preço. Normalmente os grandes investimentos
financeiros só se tornam rentáveis ao atingirem determinado volume mínimo de produção. Como
resultado deste conceito, as granjas avícolas estão crescendo no que se refere ao seu tamanho físico, o
que significa manejar um maior número de animais por unidade de superfície. Outra característica é o
controle total das condições ambientais, tais como temperatura, umidade, etc. Sem este controle não se
pode obter a máxima produção de carne e ovos. Mas estas condições "ideais" para a avicultura, também
constituem um viveiro "ideal" para o desenvolvimento de pragas que transmitem grande número de
diferentes doenças.

Controlando as pragas
As melhores medidas a serem tomadas contra as pragas são as medidas de saneamento ambiental ou
manejo integrado de pragas. Quando as pragas surgem, as medidas de saneamento ambiental não
podem ficar atrás. Elas são a chave da Biossegurança. As condições climáticas artificialmente criadas
nos atuais empreendimentos avícolas intensivos, evitam a morte dos insetos nocivos, por exemplo
através do frio e dos inimigos naturais.Isto não afeta apenas o habitat avícola onde, por exemplo, as
provisões de alimentos são atacadas pelas pragas, cria problemas também para os próprios animais.

Outro aspecto são as enormes quantidades de esterco que se acumulam nos grandes empreendimentos
avícolas onde a produção ocorre em grande escala e que representam um lugar ideal para o
desenvolvimento de ampla variedade de pragas. As condições mais intensivas de produção exigem
implementar melhor os conceitos de controle de pragas, que é um dever constante. Porque somente os
animais saudáveis dão bons lucros.

Sempre a resposta correta


As pragas, tais como moscas, cascudinhos e roedores quase sempre constituem um problema nos
lugares em que se realizam as criações intensivas de animais. As galinhas, perus, patos etc., não são
uma exceção. Outras pragas atacam exclusivamente determinadas espécies, ou então só ocorrem em
determinados tipos de instalações. Por exemplo, o ácaro vermelho das aves ataca somente as galinhas
reprodutoras e as poedeiras pois elas estão enjauladas e as gaiolas constituem um bom esconderijo:
cantos, beiradas, comedouros, etc. Por sua vez, o cascudinho encontra-se principalmente nas granjas
de corte e nas de criação de perus, já que se desenvolve na cama. Isto significa que as medidas efetivas
de controle requerem um conhecimento específico e um conceito direcionado a cada caso em particular.

E há também outras razões. Existem regiões onde as pragas estão começando a ficar mais resistentes a
determinados inseticidas. Áreas onde as pragas antes eram controladas com facilidade, hoje em dia
enfrentam problemas muito graves decorrentes da falta de ingredientes ativos eficientes ou da ausência
de formulações adequadas. Entretanto, a Bayer oferece alternativas efetivas tanto para a Saúde
Ambiental quanto para a Saúde Animal.

O risco da doença
O perigo das doenças transmissíveis assume uma dimensão completamente nova. Como resultado de
uma produção cada vez mais avançada, tem-se observado que a população de alguns insetos no meio
ambiente já atingiu elevado índice de desenvolvimento populacional e sua crescente presença está
causando um tipo de problema com grande impacto econômico: a transmissão de doenças.

* * *