Você está na página 1de 52

Curso de Redação

ENEM e Vestibulares

Professora Tatiana de Oliveira


REDAÇÕES ENEM – 2014

“Publicidade
infantil em
questão no
Brasil"
REDAÇÕES ENEM – 2015

“Apersistência
da violência
contra a
mulher na
sociedade
brasileira”
REDAÇÕES ENEM – 2016

“Caminhos
para
combater a
intolerância
religiosa no
Brasil”
REDAÇÕES ENEM – 2017
“Desafios para
a formação
educacional
de surdos no
Brasil”
Redação – 2017

•Redações Nota Zero – 309.157

•Redações Nota Mil – 53 55

•Proficiência Média Geral – 558,0


2018
A IMPORTÂNCIA DA NOTA DE REDAÇÃO PARA PASSAR NO VESTIBULAR
A IMPORTÂNCIA DA NOTA DE REDAÇÃO PARA PASSAR NO VESTIBULAR
A IMPORTÂNCIA DA NOTA DE REDAÇÃO PARA PASSAR NO VESTIBULAR
APROVADOS NO CURSINHO POPULAR – ISFP / JUNDIAÍ
Diagnóstico Inicial – Fatores que se repetem
- Tese difusa ou ausente
- Argumentação previsível
- Ausência de uma estratégia argumentativa que se expressa ao
longo do texto
- Uso da coletânea com referenciação inadequada ou pouco uso
- Repertório pessoal pouco empregado
- Proposta de intervenção pouco detalhada ou desarticulada com o
tese (com a discussão presente no texto)
- Poucos problemas gramaticais – inadequação no uso da vírgula e
no uso do paralelismo sintático e semântico
PASSOS PARA SE PREPARAR BEM PARA A REDAÇÃO DO
ENEM E OUTROS VESTIBULARES

1. Conheça bem a banca que vai aplicar a prova;


2. Leia e entenda o edital e a cartilha do candidato;
3. Fique atento às notícias e temas da atualidade;
4. Produza, pelo menos, um texto por semana;
PASSOS PARA SE PREPARAR BEM PARA A REDAÇÃO DO
ENEM E OUTROS VESTIBULARES

5. Dê bastante atenção ao uso correto da língua


portuguesa;
6. Desenvolva o hábito da leitura, amplie o repertório
(a partir de redações prontas e lendo sobre assuntos da
atualidade) para buscar inspiração.
ESTRUTURA DA
DISSERTAÇÃO
ARGUMENTATIVA
E A ELABORAÇÃO
DA TESE
TIPOS DE TEXTO DISSERTATIVO
A estrutura
da
Redação
ENEM
INTRODUÇÃO = ROTEIRO DO TEXTO

• O tema deve estar presente;


• Apresenta-se ao corretor o roteiro da
discussão que será seguido durante o
desenvolvimento;
• Deve ser redigida após o plano de texto;
• Quando mal feito pode se tornar
repetitivo, por isso é importante
desenvolver os argumentos de maneira
criativa.
COMPREENSÃO DO TEMA-DIRECIONAMENTO
PALAVRA(S)-CHAVE DO TEMA

Manipulação do comportamento do usuário


pelo controle de dados na internet

- Relacione as palavras-chave a tudo que você


sabe sobre o tema;
- Busque esquematizar a relação entre as ideias
surgidas e aquelas que aparecem na coletânea.
REDAÇÃO ENEM
PLANO DE REDAÇÃO / PROJETO DE TEXTO
Tema +
Problema + Tese

A+B

A+B
ESTRUTURA DA REDAÇÃO

• FRASE 1: Abordagem do tema


• FRASE 2: Constatação do problema
• FRASE 3: Apresentação da tese (A = B)
COMPREENSÃO DO TEMA-DIRECIONAMENTO
PALAVRA(S)-CHAVE DO TEMA

A persistência da violência contra a mulher


na sociedade brasileira.
- Relacione as palavras-chave a tudo que você
sabe sobre o tema;
- Busque esquematizar a relação entre as ideias
surgidas e aquelas que aparecem na coletânea.
INTRODUÇÃO
A tese = Tema + Problema + Tese (A+B)
A persistência da violência contra a mulher na
sociedade brasileira é um problema muito presente.
Isso deve ser enfrentado, uma vez que, diariamente,
mulheres são vítimas dessa questão. Nesse sentido,
dois aspectos fazem-se relevantes: o legado histórico
cultural e o desrespeito às leis.
TESE (A + B)
TESE = CAUSA DA PERSISTÊNCIA DA VIOLÊNCIA

Aspecto A: o legado histórico

ARGUMENTO 1 = parágrafo 2°
TESE (A + B)
TESE = CAUSA DA PERSISTÊNCIA DA VIOLÊNCIA

Aspecto B: o desrespeito às leis.

ARGUMENTO 2 = parágrafo 3°
INTRODUÇÃO
A tese = Tema + Problema + Tese (A+B)
A violência contra a mulher no Brasil tem apresentado
aumentos significativos nas últimas décadas. De acordo com o
Mapa da Violência de 2012, o número de mortes por essa causa
aumentou em 230% no período de 1980 a 2010. Além da física, o
balanço de 2014 relatou cerca de 48% de outros tipos de violência
contra a mulher, dentre esses a psicológica. Nesse âmbito, pode-se
analisar que essa problemática persiste por ter raízes históricas e
ideológicas.
TESE (A + B)
TESE = CAUSA/ORIGEM DA PERSISTÊNCIA DA VIOLÊNCIA

Aspecto A: raízes históricas

ARGUMENTO 1 = parágrafo 2°
TESE (A + B)
TESE = CAUSA/ORIGEM DA PERSISTÊNCIA DA VIOLÊNCIA

Aspecto B: raízes ideológicas

ARGUMENTO 2 = parágrafo 3°
INTRODUÇÃO
A tese = Tema + Problema + Tese (A+B)
De acordo com o sociólogo Émile Durkheim, a sociedade
pode ser comparada a um “corpo biológico” por ser, assim como
esse, composta por partes que interagem entre si. Desse modo,
para que esse organismo seja igualitário e coeso, é necessário que
todos os direitos dos cidadãos sejam garantidos. Contudo, no
Brasil, isso não ocorre, pois em pleno século XXI as mulheres
ainda são alvos de violência. Esse quadro de persistência de
maus tratos com esse setor é fruto, principalmente, de uma
cultura de valorização do sexo masculino e de punições lentas e
pouco eficientes por parte do Governo.
TESE (A + B)
TESE = CAUSA DA PERSISTÊNCIA DA VIOLÊNCIA

Aspecto A: uma cultura de valorização


do sexo masculino

ARGUMENTO 1 = parágrafo 2°
TESE (A + B)
TESE = CAUSA DA PERSISTÊNCIA DA VIOLÊNCIA

Aspecto B: punições lentas e pouco


eficientes por parte do Governo

ARGUMENTO 2 = parágrafo 3°
INTRODUÇÃO
A tese = Tema + Problema + Tese (A+B)
O Brasil cresceu nas bases patriarcais da sociedade europeia,
visto que as mulheres eram excluídas das decisões políticas e
sociais, inclusive do voto. Diante desse fato, elas na grande maioria
das vezes foram tratadas como cidadãs inferiores cuja vontade tem
menor validade que as demais. Esse modelo de sociedade traz
diversas consequências, como a violência contra a mulher, fruto da
herança social conservadora e da falta de conscientização da
população.
TESE (A + B)
TESE = CAUSA DA PERSISTÊNCIA DA VIOLÊNCIA

Aspecto A: violência contra a mulher


fruta da herança social conservadora

ARGUMENTO 1 = parágrafo 2°
TESE (A + B)
TESE = CAUSA DA PERSISTÊNCIA DA VIOLÊNCIA

Aspecto B: violência contra a mulher fruto da


falta de conscientização da população

ARGUMENTO 2 = parágrafo 3°
INTRODUÇÃO = Tema + Problema + Tese (A+B)
Desde o Iluminismo, já sabemos – ou deveríamos saber – que
uma sociedade só progride quando um se mobiliza com o
problema do outro. No entanto, quando se observa a persistência
da violência contra a mulher no Brasil em pleno século XXI,
percebe-se que esse ideal iluminista é verificado na teoria e não
desejavelmente na prática. Muitos importantes passos já foram
dados na tentativa de se reverter esse quadro. Entretanto, para
que seja conquistada uma convivência realmente democrática, hão
de ser analisadas as verdadeiras causas desse mal.
TESE (A + B)
TESE = CAUSA DA PERSISTÊNCIA DA VIOLÊNCIA

Aspecto A: causa 1 (não declarada)

ARGUMENTO 1 = parágrafo 2°
TESE (A + B)
TESE = CAUSA DA PERSISTÊNCIA DA VIOLÊNCIA

Aspecto B: causa 2 (não declarada)

ARGUMENTO 2 = parágrafo 3°
REDAÇÃO ENEM
PLANO DE REDAÇÃO / PROJETO DE TEXTO E INTRODUÇÃO
Competência 1
Demonstrar domínio da escrita
formal da Língua Portuguesa.
Competência 2
Compreender a proposta de redação e
aplicar conceitos das várias áreas do
conhecimento para desenvolver o tema
dentro dos limites estruturais do texto
dissertativo-argumentativo – REPERTÓRIO
SOCIO CULTURAL PRODUTIVO.
Competência 3
Selecionar, relacionar, organizar e
interpretar informações, fatos, opiniões e
argumentos em defesa de um ponto de vista
– SABER ARTICULAR ESSAS
INFORMAÇÕES NA FORMA DE
ARGUMENTOS.
O PAPEL DA COESÃO TEXTUAL
Competência 4
Demonstrar conhecimento dos
mecanismos linguísticos necessários à
construção da argumentação – UTILIZAR
ADEQUADAMENTE OS CONECTIVOS
REPERTÓRIO DIVERSIFICADO.