Você está na página 1de 28

Adensamento e Resistência ao

Cisalhamento dos Solos

ALFRAN SAMPAIO MOURA, D.Sc.


Programa
Parte 1: Adensamento

1. Compressibilidade e recalque dos solos


2. Recalque devido carregamentos verticais
3. Teoria do adensamento e o recalque ao
longo do tempo
4. Coeficiente de adensamento e compressão
secundária
Programa
Parte 2: Resistência ao Cisalhamento

1. Estados de tensões e critérios de ruptura


2. Ensaios de laboratório
3. Resistência das areias
4. Resistência das argilas
5. Resistência de solos não saturados
Notas

Atividades + 1 prova individual

Bibliografia

Sugerida ao longo do curso


Compressibilidade e Recalque dos
Solos

ALFRAN SAMPAIO MOURA, D.Sc.


Compressibilidade
⇒ Redução de volume de um solo

Causas da compressão:

-Compressão das partículas sólidas e da água existente


nos vazios do solo

- Deslocamento das partículas de solo

-Compressão dos espaços vazios com a consequente


expulsão de água (ADENSAMENTO)
Requisitos básicos para a análise da estabilidade de um
solo de fundação:

- Não deverá haver ruptura do solo;


- Os recalques devem ser compatíveis com os que a
estrutura suporta.
Recalque

Recalque (wf): deslocamentos verticais sofridos pelas


fundações das estruturas

wf = f(tipo de estrutura, tipo de solo)

rígida granular
ou ou
flexível fino
Causas frequentes de recalques de edifícios:

- Normais:
compressão do solo e fundação por ação das carga
σaplic < σult
w previsíveis e calculáveis
- Indeterminados
escoamento do solo (σaplic > σult)
w previsíveis e indeterminados
w↑ indefinidamente - ↑σaplic
erro ou desconhecimento das cargas e σult
- Deteriorização das fundações
apodrecimento das fundações
w previsíveis e evitados por medidas de proteção das fundações
- Imprevisíveis
construções, vizinhos, rebaixamento do NA, terremoto, etc
Tipos de recalques:

- Imediato (wi): imediatamente após o carregamento

- No tempo (wt): ao longo do tempo

w f = wi + wt

wi

wt
wf

w
Recalques imediato (wi) : distorção elástica do solo

retirada de Q → retorno da estrutura original

Q
Q

Retorno da
Estrutura
inicial
Recalque no tempo (wt) :

adensamento primário

compressão secundária
Adensamento primário:

⇒ processo de compressão do solo, com redução de volume, devido a


expulsão de água em seus vazios

Condições iniciais

Condição não-drenada

recalque

Após adensamento
p
p
p
Compressão secundária:

⇒ processo de compressão do solo, com redução de volume, devido a


expulsão e/ou deformação da água adsorvida pelos grãos de solo

Considera-se que ocorra após o adensamento primário (expulsão de toda


água livre)

água
água livre
adsorvida

água
de constituição
De forma que:

wt = wa + ws

Onde:
wt = recalque no tempo
wa = recalque por adensamento primário (expulsão da água livre)
ws = recalque por compressão secundária (expulsão e/ou deformação da
água adsorvida)
Solos de drenagem rápida

- wt rápido devido a água nos vazios fluir com facilidade


- areias ou argilas parcialmente saturadas

Solos de drenagem lenta

- wt lento (baixa permeabilidade)


- argilas saturadas
Recalques Diferenciais Admissíveis

Recalque diferencial (δw): é a diferença entre o recalque


apresentado por dois pontos (fundações) de uma construção

δwBA = 0
recalque diferencial
entre o ponto B e o A

β=0
distorção entre o ponto
BeoA

A B

y y

A’ B’
wA = y wB=y
recalque do recalque do
ponto A ponto B
Distorção angular (tgβ): rotação de uma reta imaginária que une dois
pontos de uma construção

δwBA = wB - wA = y

βBA = β
distorção

A=A’ B

β y
wA = 0

B’
wB=y
Valores limites da distorção angular(tgβ) para edifícios estruturados

Skempton e Mc Meyerhof Bjerrum


Donald (1956) (1956) (1963)
Danos estruturais 1/150 1/250 1/150
Fissuras em paredes 1/300 1/500 1/500
e divisórias
Recalques Totais Limites

Para casos de rotina em que o engenheiro de fundações não julgue


necessário análises mais profundas recomenda-se adotar:

areias →Recalque absoluto limite = 25 mm Velloso e


Recalque absoluto limite = 50 mm p/ radiers Lopes (1996)
Recalque absoluto limite = 40 mm p/sapatas Skempton e
Recalque absoluto limite = 65 mm p/ radiers McDonald (1956)
β limite igual a 1/500

argilas →Recalque absoluto limite = 65 mm p/sapatas


Recalque absoluto limite = 100 mm p/ radiers
Métodos para Estimativas de Recalques

- Métodos empíricos

- Métodos semi-empíricos

- Métodos teóricos
Métodos empíricos

⇒ σadm são estimados a partir


da associação com recalques
usualmente aceitos em
estruturas convencionais com
base na descrição do terreno

É comum a utilização de
tabelas de normas que devem
ser utilizadas apenas em
anteprojetos de obras de
pequeno porte.

A atual NBR 6122/10


não contêm mais a
tabela
Métodos semi-empíricos

⇒ Utilizam correlações para a determinação de propriedades de


deformação dos solos a partir de ensaios de campo (SPT e CPT), que
são utilizados em modelos teóricos.

Burland e Burbidge (1985)

1, 71 (solos arenosos )
s = qa .B . 0,7
1,4
. f s . fl . ft
N spt
onde:
s = recalque em mm
qa = tensão média aplicada (kN/m2)
B = largura da fundação (m)
Nspt = média do número de golpes do SPT
fs = fator de forma = (1,25L/B)/(L/B+0,25)
fl = fator de espessura compressível = H/Z1(2-H/Z1)
ft = fator que considera o tempo de recalque
Terzaghi e Peck (1948, 1967)

 N spt − 3   B + 1' 
2

σ adm = 4, 4.   . 
(sapatas em
solos arenosos)
 10   2.
2.BB 

onde
σadm é a tensão, em kgf/cm2, que produz um recalque de 1”
B é a menor dimensão em pés (B≥4´)
Nspt é o número de golpes da sondagem à percussão (SPT).
Métodos teóricos

⇒ Nos métodos teóricos os parâmetros de deformabilidade são obtidos


por ensaios específicos, de laboratório ou campo, e utilizados em
modelos teoricamente exatos

Teoria da Elasticidade

O recalque imediato de uma sapata sob carga centrada é dado por:

Onde:
Se = rec. elástico
1−υ 2 ∆σ = pressão vertical líquida
S e = ∆σ .B. .I p B = menor dimensão da fundação
Es υ= coeficente de poisson
Es = módulo de elasticidade
Ip = Fator de influência
Recalque por Adensamento Primário

⇒ Deslocamentos verticais sofridos pelas fundações das estruturas,


devido a expulsão de água dos vazios dos solos

Casos internacionalmente
conhecidos

(b) Palacio de las Bellas


(a)Torre de Pisa
Artes, Cidade do México